UMA MOBILIDADE URBANA OU UMA PSEUDOMOBILIDADE URBANA ESTÁ SENDO CONSTRUÍDA NAS CIDADES?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UMA MOBILIDADE URBANA OU UMA PSEUDOMOBILIDADE URBANA ESTÁ SENDO CONSTRUÍDA NAS CIDADES?"

Transcrição

1 UMA MOBILIDADE URBANA OU UMA PSEUDOMOBILIDADE URBANA ESTÁ SENDO CONSTRUÍDA NAS CIDADES? BUENO, Maria Helena Berardo Graduanda em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Estadual de Goiás - UnUCET ( Unidade Universitária de Ciências e Tecnologia). RESUMO Em todo o país estão sendo feitas obras de mobilidade urbana, porém vale a pena pensar se essa mobilidade é para toda a cidade ou é uma pseudomobilidade pontual? E será que o Brasil tem leis ou diretrizes para ajudar essa mobilidade a se desenvolver de maneira a beneficiar a população em geral? Antes de tentarmos responder a essas perguntas, precisamos entender o que significa o termo mobilidade urbana, quais são as obras para a Copa do Mundo e quais são as obras para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, para, ai sim, investigar se há uma mobilidade ou uma pseudomobilidade. Palavras-chave: Mobilidade; Copa 2014; Olimpíadas Rio ABSTRACT Across the country works of urban mobility are being built, but it may be worth thinking about whether this mobility is for the entire city or if it is just a pseudomobility? And could it be that Brazil has laws or guidelines to help this mobility to develop in ways that benefit the general population? Before attempting to answer these questions, we need to understand what the term "urban mobility"means, which are the works for the World Cup and for the Olympics in Rio de Janeiro, and only then to investigate whether there is a mobility or a pseudomobility. Keywords: Mobility; 2014 Cup; Rio 2016 Olympics. INTRODUÇÃO A mobilidade vem sendo estudada em todo o mundo e é uma forma eficaz de se organizar o espaço urbano, visando melhorar a vida do pedestre e aumentar a facilidade de deslocamento das pessoas. Desde a Revolução Industrial, quando ocorreu um êxodo rural, as cidades incharam e cresceram desenfreadamente, após a consolidação do carro na vida da sociedade, priorizando-o ao longo do tempo, e deixando o pedestre de

2 lado. Ao longo do tempo as cidades foram crescendo, criando problemas de mobilidade (considerando mobilidade o deslocamento de pessoas e cargas no território do município, e sendo um conjunto organizado e coordenado de modos de transporte, serviços e infraestruturas urbanas), os quais foram estudados e em algumas cidades foram resolvidas (vide caso de Bogotá). No Brasil a mobilidade urbana é um termo recente, em 2001 foi criado o estatuto das cidades, que deu embasamento para a criação da mobilidade. Em primeiro lugar estudaremos a mobilidade, veremos se as obras serão boas para as cidades ou não. ENTENDENDO A MOBILIDADE URBANA A mobilidade urbana deve garantir a acessibilidade universal com um desenvolvimento sustentável, tendo como garantia uma eficácia e uma eficiência na circulação pública, com segurança e equidade no uso dos espaços públicos. Para a mobilidade o pedestre tem muito mais valor do que o carro, como mostra o gráfico abaixo: Fonte:Ministério das cidades A mobilidade urbana é uma união dos poderes do município (Planejar, executar e avaliar a Política de Mobilidade Urbana) da união (Assistência técnica e financeira aos Estados, DF e municípios) e do estado (Prestar os serviços de transporte público coletivo intermunicipais de caráter urbano).

3 A MOBILIDADE URBANA NO BRASIL O Ministério das Cidades criou diretrizes, para orientar as cidades com de mobilidade. Esse guia, quanto a Lei /2012 (conhecida como Política Nacional de Mobilidade Urbana), diz que as cidades precisam se preocupar com a mobilidade urbana quando e se ela atingir 20 mil habitantes (vinte mil), diferente da lei de 2001 (Lei / Estatuto da Cidade), que diz que é só a partir de 500 mil habitantes que era obrigatório fazer o plano de mobilidade. Mesmo que ela não tenha sido planejada, a cidade deve criar um planejamento pra que no futuro a cidade e os seus moradores não sofram com a falta dessa infraestrutura de qualidade. Segundo o Ministério das Cidades das municípios e apenas 174 deles possuem esse plano elaborado, e a partir de 2015 vai ter que ter esse plano elaborado se não quiser perder o subsidio do governo para a mobilidade Urbana. Fonte: Ministério das cidades Em 2012 o Brasil criou a lei , ou lei da Mobilidade Urbana, que além de ser um marco na história do Brasil, cria a possibilidade de melhorar a vida das cidades. As infraestruturas de mobilidade urbana tendem a gerar uma acessibilidade universal e um desenvolvimento Sustentável para as cidades. Art. 2º. A Política Nacional de Mobilidade Urbana tem por objetivo contribuir para o acesso universal à cidade, o fomento e a concretização das condições que contribuam para a efetivação dos princípios, objetivos e diretrizes da política de desenvolvimento urbano, por meio do planejamento e da gestão democrática do Sistema Nacional de Mobilidade Urbana. (Lei )

4 Na questão de transporte público, agora que se está realmente investindo em outros modelos de transporte como ciclovias, metros, VLT s e trens. A população prefere o bom e velho automóvel, que gera congestionamentos e poluição, sem falar na saúde da população que fica precária por causa da poluição e do nervosismo. Os sistemas de ônibus urbanos e metropolitanos são a modalidade de transporte público predominante no Brasil, operando em cerca de 85% dos municípios. Os sistemas de transportes alternativos por vans e mototáxis, que proliferaram nos últimos 15 anos no país, também apresentam altos níveis de ocorrência. Mais da metade dos municípios brasileiros apresentam ocorrência dessas modalidades. (Comunicados do IPEA) Fonte: Comunicados do IPEA Quando se fala em ciclovias pelo pais são poucas, a maioria estão localizadas próximas as praias como o projeto do Itaú para Salvador, Recife e Rio de Janeiro, chegando agora em São Paulo. Geralmente são parcerias das prefeituras com o Itau para essas ciclo faixas.

5 Bike que as pessoas alugam para andar pela cidade Estações das bicicletas AS OBRAS PARA A COPA As obras de mobilidade criadas para a copa serão feitas em várias capitais do pais, porém nem todas receberão o investimento para construir obras de mobilidade para o melhoramento das grandes cidades. Serão 41 obras em 11 das 12 cidades sede, o que deveria ser nas 27 capitais. Cidades que receberão intervenções de mobilidade para a copa. Fonte: Estadão

6 Dentre essas obras estão VLT s (veiculo leve sobre trilho) e BRT s (Bus rapid transport), aeroportos, obras que influenciarão na qualidade de vida da população mas que ainda precisam de muito estudo para ver se há uma viabilidade de essas obras crescerem, se essas obras seriam o suficiente para a acomodar a cidade e os turistas, faltando muitas coisas a serem discutidas. As obras de mobilidade urbanas são pontuais e ineficientes, pois geram pioram as desigualdades sócio espaciais, pois não trabalha os três principais ponto de vista da mobilidade, que são: o econômico, o social e o ambiental. AS OBRAS PARA AS OLIMPÍADAS As olimpíadas irão acontecer somente na cidade do Rio de Janeiro, onde o plano de mobilidade será apenas pontual, ou seja apenas mais um acupuntura urbana. O projeto para Jogos Rio 2016 contempla a realização de competições em quatro regiões: Copacabana, Barra, Maracanã e Deodoro. Todo o projeto e estrutura montada deve elevar o Rio, e consequentemente no Brasil, em âmbitos sustentáveis urbanos e social. Foi criado então Plano de Gestão da Sustentabilidade com o intuito de desenvolver e realizar projetos sustentáveis na cidade do Rio. Esse plano tem como característica integrar a sustentabilidade aos projetos que serão feitos para a melhoria da cidade na época das olimpíadas. Foram criados 9 eixos temáticos com objetivos específicos e elencados o que cada um iria ter desde projeto a indicadores de progresso. Esses eixos são: Fonte: Plano de Gestão

7 Obras de infraestrutura, transporte, meio ambiente e de gestão estão sendo implementados para a melhoria da cidade. Uma das mais importantes é o VLT (veículo leve sobre trilhos), que terá alguma linhas ainda e transportará 285 mil pessoas. Ao longo de 28km e 46 estações, as seis linhas do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) Praia Formosa/Cinelândia, Praça Mauá/Central, Central/Barcas/Santos Dumont, Central/Cinelândia, Praia Formosa/Central e Praia Formosa/Praça Mauá - vão circular no Centro do Rio e na região portuária. Uma de suas funções principais será a integração entre os diversos tipos de modais, como trens, barcas e metrô, através do Bilhete Único Carioca. (Cidade Olímpica) Além do VLT, o Rio contará também com o BRT (Bus Rapid Transit, ou Transporte Rápido por Ônibus) que liga Santa Cruz a Campo Grande e tem 16 quilômetros de extensão. Apesar de muitas dessas obras ajudarem o Rio a ser uma cidade mais planejada, o rio ainda terá problemas de infraestrutura urbana que custarão a ser sanadas, por ser problemas de ordem social. CONCLUSÃO O Brasil é um país de grande extensão e as obras de mobilidade não terão grandes repercussões em seu território, serão no máximo de grande ajuda para seu estado, mostrando quão falha é ainda a mobilidade no Brasil. A pseudomobilidade é vista pelas várias ações pontuais que mudarão mais uma parte da cidade e não ela toda, apesar de toda a cidade receber regalias. O Brasil ainda não é um modelo de mobilidade, por isso as obras que serão feitas, ajudarão mas não serão a salvação dessas cidades, que precisarão de mais estudos e mais planos e realizações para que as cidades tenham realmente uma mobilidade. Chama-se de pseudomobilidade os projetos que veem sendo feita no Brasil, por serem projetos que ainda engatinham e que não tem tanta estrutura ainda para serem chamados de mobilidade urbana.

8 REFERÊNCIAS Ministério das Cidades. SeMOB Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana. Politica Nacional de Mobilidade Urbana. Encontrado em: < Acessado em: 27 de abril de cadoipea94.pdf %2F2012&oq=Lei %2F2012&gs_l=hp.3..0i22i30l j1j1j c.1.42.hp XpWWta_E5VI /doc_download/220-pedalar-na-copa-2014-e-nas-olimpiadas-2016-nobrasil

MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL. sexta-feira, 29 de junho de 12

MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL. sexta-feira, 29 de junho de 12 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL O QUE É MOBILIDADE URBANA? É um atributo das cidades e se refere ao deslocamentos de pessoas e bens no espaço urbano. Pensar a mobilidade urbana é pensar sobre como se organizam

Leia mais

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Mobilidade Urbana Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Apresentação A política de desenvolvimento urbano é estratégica para a promoção de igualdade de oportunidades, para a desconcentração

Leia mais

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2011/2012

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2011/2012 BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2011/2012 Pela 1ª vez o setor se reúne para divulgar seus números, que refletem a importância dos trilhos para a mobilidade dos brasileiros Aumento de 20% no número de

Leia mais

Luiz Carlos Bueno de Lima

Luiz Carlos Bueno de Lima A política nacional de transporte t e da mobilidade urbana Luiz Carlos Bueno de Lima Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Transporte e

Leia mais

Mobilidade Caminhos para o Futuro

Mobilidade Caminhos para o Futuro EVENTO DIÁLOGOS CAPITAIS: METRÓPOLES BRASILEIRAS O FUTURO PLANEJADO Mobilidade Caminhos para o Futuro Ricardo Young PPS Vereador Município de SP ricardoyoungvereador http://www.ricardoyoung.com.br/ 21/JULHO/2014

Leia mais

Desafios do Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte

Desafios do Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte Nº 1 de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte A escolha do Rio de Janeiro para ser a sede dos Jogos Olímpicos coroou o bom momento vivido pela cidade e pelo estado, que irá receber investimentos

Leia mais

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades.

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. A Política de Mobilidade Urbana no desenvolvimento das cidades! AS CIDADES País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. Processo de urbanização caracterizado pelo

Leia mais

Unidade: Política Habitacional e o Direito à Moradia Digna.

Unidade: Política Habitacional e o Direito à Moradia Digna. OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES, AÇÃO URBANA E FUNDAÇÃO BENTO RUBIÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO: POLÍTICAS PÚBLICAS E O DIREITO À CIDADE Unidade: Política Habitacional e o Direito à Moradia Digna. Módulo III - A

Leia mais

Danilo Munhoz Alves Corrêa Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio danilomunhoz@globo.com. 1 - Introdução

Danilo Munhoz Alves Corrêa Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio danilomunhoz@globo.com. 1 - Introdução Sistema Modal de Transportes no Município do Rio de Janeiro: a modernização dos eixos de circulação na cidade carioca para a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e as Olimpíadas em 2016. 1 - Introdução Danilo

Leia mais

Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana - SeMOB PROGRAMA BRASIL ACESSÍVEL ACESSIBILIDADE E REVITALIZAÇÃO DOS PASSEIOS PÚBLICOSP

Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana - SeMOB PROGRAMA BRASIL ACESSÍVEL ACESSIBILIDADE E REVITALIZAÇÃO DOS PASSEIOS PÚBLICOSP Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana - SeMOB PROGRAMA BRASIL ACESSÍVEL ACESSIBILIDADE E REVITALIZAÇÃO DOS PASSEIOS PÚBLICOSP São Paulo/SP, 28 de agosto de 2009 MOBILIDADE URBANA: Atributo

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES Mobilidade Urbana Sustentável Seminário Infraestrutura turística, megaeventos e promoção da imagem do Brasil no exterior 16 e 17 de agosto de 2011 MINISTÉRIO DAS CIDADES MISSÃO Combate

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA Seminário Internacional sobre Cidades Inteligentes, Cidades do Futuro Comissão de Desenvolvimento Urbano CDU Câmara dos Deputados A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília 06

Leia mais

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 A gestão pública brasileira é marcada pela atuação setorial, com graves dificuldades

Leia mais

Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal

Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal Audiências Públicas Investimento e Gestão: Desatando o Nó Logístico do Pais 2º Ciclo Financiamento e Gestão da Infraestrutura de Transportes no

Leia mais

3ª Conferência de Logística Brasil - Alemanha

3ª Conferência de Logística Brasil - Alemanha 3ª Conferência de Logística Brasil - Alemanha Henrique Futuro Assessor Agência Metropolitana de Transportes Urbanos Rio Setembro de 2011 Panorama Location: southeast of Brazil (57% of the GNP); Area: 43.910

Leia mais

Estádios. 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 15 janeiro / março, 2012 www.flc.org.br. Por Sen. Demóstenes Torres *

Estádios. 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 15 janeiro / março, 2012 www.flc.org.br. Por Sen. Demóstenes Torres * 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 15 janeiro / março, 2012 www.flc.org.br ARTIGO COPA 2014 - Falta tudo para o Brasil Por Sen. Demóstenes Torres * No dia 30 de outubro, completou-se quatro anos

Leia mais

50 Mil Mortos no Trânsito 2014. Uma Guerra Não Declarada no Brasil

50 Mil Mortos no Trânsito 2014. Uma Guerra Não Declarada no Brasil Uma Guerra Não Declarada no Brasil O Que leva as Pessoas morarem nas Cidades? Nasceram lá: Oportunidades de Trabalho: Estudar Saúde: Êxodo Rural e a Urbanização dos Séculos XIX a XXI Seul / Coréia do Sul

Leia mais

A consolidação da rede de BRS do Rio de Janeiro.

A consolidação da rede de BRS do Rio de Janeiro. A consolidação da rede de BRS do Rio de Janeiro. Aline Leite 1 ; Diego Mateus da Silva 1 ; Eduardo Tavares da Silva 2 ; Luciana Brizon 2 ; Luciana Pires 2 ; Marcelo Mancini 1 ; Miguel Ângelo de Paula 2

Leia mais

Implantação de serviço de ônibus executivo metropolitano pela EMTU/SP na Copa do Mundo FIFA 2014.

Implantação de serviço de ônibus executivo metropolitano pela EMTU/SP na Copa do Mundo FIFA 2014. Implantação de serviço de ônibus executivo metropolitano pela EMTU/SP na Copa do Mundo FIFA 2014. Sérgio Ricardo Fortes EMTU/SP Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo - SP Fone:

Leia mais

Formas de Atuação. Operações Diretas. Operações Indiretas. Contratadas diretamente com o BNDES. Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES

Formas de Atuação. Operações Diretas. Operações Indiretas. Contratadas diretamente com o BNDES. Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES Julho de 2013 Formas de Atuação Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES EMPRESÁRIO Informação e Relacionamento Instituição

Leia mais

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014 Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Novembro de 2009 Participação do Gov. Fed. na Copa de 2014 Setor hoteleiro Estádio Aeroporto Investimentos Federais Porto Mobilidade

Leia mais

MOBILIDADE URBANA: OS MODAIS DE TRANSPORTE

MOBILIDADE URBANA: OS MODAIS DE TRANSPORTE Engº Emiliano Affonso Neto 20 de Setembro de 2013 Realização: ASPECTOS A SEREM ABORDADOS 1. A Escolha do Modo de Transporte 2. Modos de Transporte 3. Recomendações ASPECTOS A SEREM ABORDADOS 1. A Escolha

Leia mais

A SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA (SEMOB)

A SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA (SEMOB) A SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA (SEMOB) ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1. SEMOB 2. POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA 3. PPA DA UNIÃO 2012-2015 4. PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO

Leia mais

Alternativas para as propostas da Copa em Belo Horizonte

Alternativas para as propostas da Copa em Belo Horizonte 8ª BIENAL INTERNACIONAL DA ARQUITETURA Workshop para Qualificação Urbana em Cidades-Sede da COPA 2014 Belo Horizonte Alternativas para as propostas da Copa em Belo Horizonte 24 a 27 de novembro de 2009

Leia mais

ANEXO II DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO DO RIO DE JANEIRO

ANEXO II DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO DO RIO DE JANEIRO ANEXO II DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO DO RIO DE JANEIRO 1. Perspectiva para o Sistema de Transporte Futuro 1.1. Introdução 1.2. Definições 2. Política Tarifária 3. Tecnologias

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana

Política Nacional de Mobilidade Urbana Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana SIMT - Seminário Internacional Mobilidade e Transportes Agosto 2013 Estrutura

Leia mais

Mobilidade no Campus Faixa Exclusiva de Ônibus e Ciclofaixa na CUASO

Mobilidade no Campus Faixa Exclusiva de Ônibus e Ciclofaixa na CUASO Mobilidade no Campus Faixa Exclusiva de Ônibus e Ciclofaixa na CUASO A Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira (CUASO), no Butantã, tem uma média de circulação de 40 mil veículos por dia. Inserida

Leia mais

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ 1 1 Introdução Sustentabilidade Mudança nos atuais modelos de produção e consumo Alternativas

Leia mais

Projeto Grêmio em Forma. relato de experiência

Projeto Grêmio em Forma. relato de experiência Projeto Grêmio em Forma relato de experiência Instituto Sou da Paz Organização fundada em 1999, a partir da campanha dos estudantes pelo desarmamento. Missão: Contribuir para a efetivação, no Brasil, de

Leia mais

Sistema Integrado de Transporte e o Metrô de Porto Alegre Março de 2008

Sistema Integrado de Transporte e o Metrô de Porto Alegre Março de 2008 Sistema Integrado de Transporte e o Metrô de Porto Alegre Março de 2008 Estudo de Planejamento Estratégico de Integração do Transporte Público Coletivo da RMPA Plano Integrado de Transporte e Mobilidade

Leia mais

Copa do Mundo de 2014. em Brasília. Prof. Dr. Rômulo Ribeiro PPG-FAU e FUP/UnB

Copa do Mundo de 2014. em Brasília. Prof. Dr. Rômulo Ribeiro PPG-FAU e FUP/UnB Copa do Mundo de 2014 em Brasília Prof. Dr. Rômulo Ribeiro PPG-FAU e FUP/UnB A Escolha A pergunta que nos move: Por que escolher cidades sem tradição em futebol? Brasília por ser capital do Brasil Será

Leia mais

Discurso Copa 2014. Senhoras Senadoras, Senhores Senadores. Amigos que nos acompanham pelas redes sociais e pela Agência Senado

Discurso Copa 2014. Senhoras Senadoras, Senhores Senadores. Amigos que nos acompanham pelas redes sociais e pela Agência Senado 1 Discurso Copa 2014 Senhor presidente, Senhoras Senadoras, Senhores Senadores Amigos que nos acompanham pelas redes sociais e pela Agência Senado Promessas são como juramentos. A beleza da promessa está

Leia mais

ESTUDO DE ACESSIBILIDADE ÀS ESTAÇÕES DO METRÔ DE SALVADOR

ESTUDO DE ACESSIBILIDADE ÀS ESTAÇÕES DO METRÔ DE SALVADOR ESTUDO DE ACESSIBILIDADE ÀS ESTAÇÕES DO METRÔ DE SALVADOR RESUMO Priscila da Mota Moraes 1 Taís Fonseca de Medeiros 2 O presente trabalho trata do estudo da acessibilidade relativa às estações do Sistema

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de Salvador. Secretaria Municipal de Mobilidade

Plano de Mobilidade Urbana de Salvador. Secretaria Municipal de Mobilidade Plano de Mobilidade Urbana de Salvador Secretaria Municipal de Mobilidade Lei Federal nº 12.587/12 (Lei de Mobilidade) Os objetivos da Política Nacional de Mobilidade Urbana são a integração entre os modos

Leia mais

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 Frota antiga e tecnologia obsoleta; Serviço irregular de vans operando em todo o DF 850 veículos; Ausência de integração entre os modos e serviços; Dispersão das linhas;

Leia mais

PREPARAÇÃO PARA A INTERPRETAÇÃO DA FORMA URBANA FORTALEZENSE

PREPARAÇÃO PARA A INTERPRETAÇÃO DA FORMA URBANA FORTALEZENSE PREPARAÇÃO PARA A INTERPRETAÇÃO DA FORMA URBANA FORTALEZENSE TODAS AS RELAÇÕES SOCIAIS, MESMO SENDO LIGADAS A CLASSE, FAMÍLIA, COMUNIDADE, MERCADO, ESTADO E PODER, MANTÊM-SE ABSTRATAS E SUBTERRÂNEAS ATÉ

Leia mais

Mobilidade Urbana. GT de Infraestrutura do CREA-ES, 22/dez/2014

Mobilidade Urbana. GT de Infraestrutura do CREA-ES, 22/dez/2014 Mobilidade Urbana GT de Infraestrutura do CREA-ES, 22/dez/2014 Mobilidade Urbana É quando todos os modais de tráfego têm ou podem ter movimento e acessibilidade. Mobilidade não é distância percorrida,

Leia mais

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 QUEM SOMOS Empresa pública, vinculada ao gabinete do Prefeito; Criada em agosto de 2011 para coordenar os projetos da Prefeitura

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO outubro 2013 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Em atendimento à Lei Federal 12.587 Institui a Política Nacional de Mobilidade Urbana

Leia mais

PROPOSTAS MOBILIDADE PROPOSTAS DE MÉDIO E LONGO PRAZO

PROPOSTAS MOBILIDADE PROPOSTAS DE MÉDIO E LONGO PRAZO PROPOSTAS MOBILIDADE PROPOSTAS DE MÉDIO E LONGO PRAZO AGENDA DO DEBATE: Pedestres Bicicleta Transporte público: ônibus e trilhos Circulação viária carros, motos e caminhões Acessibilidade Educação e trânsito

Leia mais

DOS RESULTADOS DAS OFICINAS REALIZADAS EM MAIO DE 2014 COM ESTE PÚBLICO-ALVO

DOS RESULTADOS DAS OFICINAS REALIZADAS EM MAIO DE 2014 COM ESTE PÚBLICO-ALVO SEMINÁRIOS: representes sociedade civil de SÃO JOSÉ e corpo técnico municipal EXPOSIÇÃO DOS RESULTADOS DAS OFICINAS REALIZADAS EM MAIO DE 2014 COM ESTE PÚBLICO-ALVO 3de Dezembro de 2014 Outubro 2014 OFICINA

Leia mais

A Finep mais abrangente

A Finep mais abrangente _O MOVIMENTO Saiba mais sobre as novas propostas de atuação da Finep, na ENTREVISTA com Glauco Arbix entre outros objetivos, ele quer que a agência seja reconhecida como instituição financeira pelo Banco

Leia mais

Mobilidade Urbana por Bicicletas

Mobilidade Urbana por Bicicletas Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana por Bicicletas Brasília - DF 19 de Novembro de 2013 Ações em prol da Mobilidade por Bicicletas

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE BICICLETAS COM O SISTEMA METRO-FERROVIÁRIO NO RIO DE JANEIRO

INTEGRAÇÃO DE BICICLETAS COM O SISTEMA METRO-FERROVIÁRIO NO RIO DE JANEIRO 18ª REUNIÃO DOS COMITÊS TÉCNICOS DA ALAMYS INTEGRAÇÃO DE BICICLETAS COM O SISTEMA METRO-FERROVIÁRIO NO RIO DE JANEIRO Rio de Janeiro, 20/05/2013 Mauro Tavares M. Sc. Eng. de Transportes SETRANS Mobilidade

Leia mais

Políticas Públicas - Política Nacional de Mobilidade Urbana. Prof. Dr. Stavros Wrobel Abib

Políticas Públicas - Política Nacional de Mobilidade Urbana. Prof. Dr. Stavros Wrobel Abib Políticas Públicas - Política Nacional de Mobilidade Urbana Prof. Dr. Stavros Wrobel Abib ESTADO GOVERNO POLÍTICAS PÚBLICAS O Estado "O Estado é a nação politicamente organizada (política, social e juridicamente

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES THE BRITISH CHAMBER OF COMMERCE AND INDUSTRY IN BRAZIL - BRITCHAM INVESTIMENTOS E PROJETOS DE MOBILIDADE NO RIO DE JANEIRO Julio Lopes Secretário de Transportes do Estado do Rio de Janeiro Maio 2012 EVOLUÇÃO

Leia mais

Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. Porto Alegre - 2008

Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. Porto Alegre - 2008 Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Porto Alegre - 2008 PROGRAMA PRÓ-TRANSPORTES MISSÃO DA SEMOB Promover a Mobilidade Urbana, de forma segura, socialmente inclusiva e com equidade

Leia mais

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Secretaria de Infraestrutura UMA UNIDADE DE MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE

Leia mais

Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano

Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano Programa 9989 Mobilidade Urbana Ações Orçamentárias Número de Ações 19 10SR0000 Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano Produto: Projeto elaborado Unidade de

Leia mais

modelo EMBARQ de parceria para a mobilidade sustentável Luis Antonio Lindau Presidente

modelo EMBARQ de parceria para a mobilidade sustentável Luis Antonio Lindau Presidente Governos Municipais e Terceiro Setor: modelo EMBARQ de parceria para a mobilidade sustentável EMBARQ Brasil Luis Antonio Lindau Presidente BRASIL População: 190 milhões 84% urbana HDI 0,718 = 84ª posição

Leia mais

Boas práticas para Mobilidade Urbana

Boas práticas para Mobilidade Urbana Boas práticas para Mobilidade Urbana PAC para Mobilidade - EMBARQ Otávio Vieira Cunha, Presidente da Diretoria Executiva Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos NTU Brasília, 28 de Novembro

Leia mais

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Otávio Vieira da Cunha Filho Presidente da Diretoria Executiva NTU Rio de Janeiro, 17/08/2012 1 Estrutura 1. Contexto; 2. O que

Leia mais

Plano Cicloviário da Região Metropolitana da Baixada Santista / SP.

Plano Cicloviário da Região Metropolitana da Baixada Santista / SP. Plano Cicloviário da Região Metropolitana da Baixada Santista / SP. Fernanda Faria Meneghello 1 ; Augusto Muniz Campos 2 ; Paulo Carvalho Ferragi 3 1 AGEM Agência Metropolitana da Baixada Santista Diretora

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte

Leia mais

A Lei de Diretrizes da Política

A Lei de Diretrizes da Política A Lei de Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012 Ipea, 06 de janeiro de 2012 Sumário Objetivo: avaliar a nova Lei de Diretrizes da Política de Nacional

Leia mais

39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas

39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas GRANDES NÚMEROS 39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas mais de 1 milhão de atletas, delegações e turistas circulando pelos principais aeroportos do evento. 4 mil são

Leia mais

7º Encontro de Logística e Transportes

7º Encontro de Logística e Transportes 7º Encontro de Logística e Transportes Transportes Metropolitanos na RMSP Roberto Arantes Filho Coordenador de Relações Institucionais da STM Fiesp-SP,21/05/2012 Módulo 1 Contexto de Atuação Regiões metropolitanas

Leia mais

Engenharia de Segurança Viária

Engenharia de Segurança Viária Engenharia de Segurança Viária Transporte sustentável salva vidas Através da promoção do transporte sustentável, a EMBARQ Brasil está trabalhando para reduzir a poluição, melhorar a saúde pública e criar

Leia mais

Belo Horizonte: em direção à

Belo Horizonte: em direção à Belo Horizonte: em direção à mobilidade d sustentável tá INDICADORES DA MOBILIDADE URBANA EM BELO HORIZONTE 3,8 milhões de viagens/dia, 44% pelo transporte coletivo 6,3 milhões viagens/dia na RMBH 1,6

Leia mais

MOBILIDADE URBANA: UM DESAFIO PARA GESTORES PÚBLICOS

MOBILIDADE URBANA: UM DESAFIO PARA GESTORES PÚBLICOS MOBILIDADE URBANA: UM DESAFIO PARA GESTORES PÚBLICOS ARTIGO Manoel Reis Coordenador de projetos da FGV Projetos Manoel Reis é engenheiro naval, mestre em engenharia pela Escola Politécnica da USP e tem

Leia mais

RESENHA PALAVRAS-CHAVE. Informação; transporte público; identidade visual. INTRODUÇÃO

RESENHA PALAVRAS-CHAVE. Informação; transporte público; identidade visual. INTRODUÇÃO Uso de identidade visual como instrumento de consolidação da informação ao usuário do transporte público de Porto Alegre. Arq. Urb. Simone Caberlon 1 1. Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC)

Leia mais

Panorama do Plamus Julho de 2015

Panorama do Plamus Julho de 2015 Panorama do Plamus Julho de 2015 O PLAMUS foi elaborado por consórcio de três empresas LogitEngenharia, Strategy& e Machado Meyer Advogados, com cinco parceiros Consórcio Empresa brasileira, fundada há

Leia mais

Prefeitura Municipal do Natal

Prefeitura Municipal do Natal Prefeitura Municipal do Natal Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças Plano Plurianual 2010/2013 Programa Horizonte Público Objetivo: 8 Mobilidade e Cidadania Contínuo População do município

Leia mais

CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO DE 2014 E DOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016. EDUARDO PAES Prefeito RUY CEZAR Secretário Especial. 07 de junho de 2011

CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO DE 2014 E DOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016. EDUARDO PAES Prefeito RUY CEZAR Secretário Especial. 07 de junho de 2011 CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO DE 2014 E DOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016 Seminário Copa do Mundo 2014 CONFEA - CREA EDUARDO PAES Prefeito RUY CEZAR Secretário Especial 07 de junho de 2011 Os Megaeventos do Rio

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012 Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH Marcelo Cintra do Amaral 20 de novembro de 2012 Roteiro da apresentação: Contexto do PlanMob-BH: prognóstico, caráter de plano diretor, etapas

Leia mais

Empresários debatem obras de mobilidade urbana no RN em Foco

Empresários debatem obras de mobilidade urbana no RN em Foco 22.05.13 No Minuto.com Empresários debatem obras de mobilidade urbana no RN em Foco Projeto da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN aconteceu nesta quarta-feira (22), no Versailles Tirol.

Leia mais

A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?.

A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?. A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?. AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE. Hipótese: Os processos de reestruturação urbana implementados para as cidades sedes da região Nordeste

Leia mais

Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa

Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa Fernanda Borges Monteiro, Vânia Barcellos Gouvêa Campos arqnandy@gmail.com; vania@ime.eb.br Instituto Militar de Engenharia

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade

Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade Porto Alegre RS Abril de 2015 Política

Leia mais

Julieta Cristina Fernandes (*)

Julieta Cristina Fernandes (*) Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico - Turma 7 Os muros e a mobilidade urbana: considerações a partir dos condomínios fechados no Setor Sul de Uberlândia-MG Julieta Cristina Fernandes (*)

Leia mais

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana PAC 2 SÃO PAULO R$ 241,5 bilhões R$ milhões Eixo 2011-2014 Pós 2014 TOTAL Transportes 55.427 2.169 57.596 Energia 57.578 77.936 135.513 Cidade Melhor

Leia mais

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras nº 342 outubro 2014 Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras Odebrecht 70 anos: projetos que contribuem para melhorar as opções de mobilidade urbana das comunidades Odebrecht Infraestrutura Brasil

Leia mais

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para Code-P0 Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para a engenharia brasileira O Mundial e o Desenvolvimento Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Manaus, 30 de março de 2012 Code-P1

Leia mais

Princípios da nova visão de Mobilidade Urbana Mobilidade Sustentável

Princípios da nova visão de Mobilidade Urbana Mobilidade Sustentável Princípios da nova visão de Mobilidade Urbana Mobilidade Sustentável Diminuir a necessidade de viagens motorizadas: Posicionando melhor os equipamentos sociais, descentralizando os serviços públicos, ocupando

Leia mais

Oportunidades criadas pelo Plano Diretor Estratégico

Oportunidades criadas pelo Plano Diretor Estratégico A CRIAÇÃO DE TERRITÓRIOS DE OPORTUNIDADE JUNTO AO SISTEMA METRO-FERROVIÁRIO: EM PROL DE UMA PARCERIA MAIS EFETIVA NOS PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO URBANA NO ENTORNO DAS ESTAÇÕES. ABSTRACT Ao longo dos trinta

Leia mais

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Seminário de Mobilidade Urbana Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Celio Bouzada 23 de Setembro de 2015 Belo Horizonte População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da

Leia mais

Mobilidade urbana: realidade e perspectivas

Mobilidade urbana: realidade e perspectivas Mobilidade urbana: Josef Barat realidade e perspectivas Fórum Nordeste 2030 Visão Estratégica Recife, 14 de Agosto de 2013 Importância da mobilidade urbana Econômica: Necessária para o bom desempenho das

Leia mais

INDUTOR TURÍSTICO: O CASO DE PONTA GROSSA, PARANÁ

INDUTOR TURÍSTICO: O CASO DE PONTA GROSSA, PARANÁ INDUTOR TURÍSTICO: O CASO DE PONTA GROSSA, PARANÁ Agata Marcomini Caires Valéria Albach RESUMO: Ponta Grossa é uma cidade que contém diversos atrativos turísticos, entre eles é possível citar atrativos

Leia mais

2014 Saneamento na Rede

2014 Saneamento na Rede 2014 Saneamento na Rede A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO E DO PROJETO PARA O DESENVOLVIMENTO DE EMPREENDIMENTOS DE INFRAESTRUTURA João Alberto Viol, presidente nacional do Sinaenco Copa 2014 e Olimpíadas

Leia mais

Operação Urbana Porto Maravilha Permanências e Mudanças Alberto Silva Cdurp

Operação Urbana Porto Maravilha Permanências e Mudanças Alberto Silva Cdurp Operação Urbana Porto Maravilha Permanências e Mudanças Alberto Silva Cdurp Rio de Janeiro, outubro, 2012 RIO: MOMENTO ÚNICO Rio + 20 450 Anos da Cidade do Rio de Janeiro 2012 2013 2014 2015 2016 LOCALIZAÇÃO

Leia mais

JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014

JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014 JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014 Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia Tem como principal tarefa formular e executar a política estadual de desenvolvimento urbano, contemplando os setores

Leia mais

Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília.

Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília. Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília Mobilidade Urbana Renato Boareto 1 Organização Não Governamental fundada em 2006

Leia mais

Transporte e Planejamento Urbano

Transporte e Planejamento Urbano Transporte e Planejamento Urbano para o Desenvolvimento da RMRJ Julho/2014 Cidades a maior invenção humana As cidades induzem a produção conjunta de conhecimentos que é a criação mais importante da raça

Leia mais

SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO

SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO ESTRATÉGICO- SP2040 Tema: Política de Estacionamento dos automóveis 09 DE FEVEREIRO DE 2011- AUDITÓRIO DO SEESP-SP PROGRAMAÇÃO Realização: SEESP-SP Quadro geral da

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE MOBILIDADE URBANA

COMISSÃO ESPECIAL DE MOBILIDADE URBANA COMISSÃO ESPECIAL DE MOBILIDADE URBANA AUDIÊNCIA PÚBLICA A LEI DE MOBILIDADE URBANA NO BRASIL CONSTATAÇÕES E DESAFIOS AGOSTO 2013 Dr. Emilio Merino INDICE 1. Antecedentes 2. Cenários urbanos 3. A Lei 12.587/2012

Leia mais

MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA

MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA DE TRANSPORTE E TRANSITO DE JOÃO PESSOA STTRANS EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 001/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2010/047142 ANEXO IV DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO

Leia mais

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA: PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília, 28 de novembro de 2012 Organização Não Governamental fundada em 2006 com a missão de apoiar a

Leia mais

ESTUDO 22: MOBILIDADE URBANA METROPOLITANA

ESTUDO 22: MOBILIDADE URBANA METROPOLITANA ESTUDO 22: MOBILIDADE URBANA METROPOLITANA Pesquisador Ronaldo Balassiano Coordenador Eduardo Cesar Leão Marques Parte 1 1.1. Atividade 1: Diagnóstico Socioeconômico Geral O objetivo principal desse estudo

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL: POR UMA ACESSIBILIDADE MAIS JUSTA

BOAS PRÁTICAS DE MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL: POR UMA ACESSIBILIDADE MAIS JUSTA BOAS PRÁTICAS DE MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL: POR UMA ACESSIBILIDADE MAIS JUSTA Nivaldo Gerôncio da Silva Filho 1 Resumo: Nos últimos 20 anos, as preocupações com os fatores socioambientais vêm se configurando

Leia mais

Planos de Mobilidade e Transportes (PMT) e Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP / PMUS): Diferenças e Semelhanças

Planos de Mobilidade e Transportes (PMT) e Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP / PMUS): Diferenças e Semelhanças Planos de Mobilidade e Transportes (PMT) e Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP / PMUS): Diferenças e Semelhanças Faustino Gomes TIS.pt Planeamento da Mobilidade Urbana Sustentável 1º Workshop

Leia mais

2º CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO EM SAÚDE UNIVERSALIDADE, IGUALDADE E INTEGRALIDADE DA SAÚDE: UM PROJETO POSSÍVEL

2º CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO EM SAÚDE UNIVERSALIDADE, IGUALDADE E INTEGRALIDADE DA SAÚDE: UM PROJETO POSSÍVEL 2º CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO EM SAÚDE UNIVERSALIDADE, IGUALDADE E INTEGRALIDADE DA SAÚDE: UM PROJETO POSSÍVEL A atenção básica e a assistência à população carcerária. Um relato

Leia mais

Yes, Zaqueu Proença. Sonho de

Yes, Zaqueu Proença. Sonho de Yes, Zaqueu Proença Sonho de consumo 92 nós temos ciclovias nelson toledo Aos poucos, as bikes começam a ganhar um espaço nas políticas de trânsito de diversas cidades brasileiras. Saiba onde você pode

Leia mais

CICLOVIAS COMO ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA A MOBILIDADE URBANA UM ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO BONITO - SP

CICLOVIAS COMO ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA A MOBILIDADE URBANA UM ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO BONITO - SP Eixo Temático: Tecnologias CICLOVIAS COMO ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA A MOBILIDADE URBANA UM ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO BONITO - SP Lidia Moura 1 Cynthia Akemi 2 Luiz Eduardo Moschini 3 RESUMO:

Leia mais

A cidadedo futuro. Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br

A cidadedo futuro. Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br A cidadedo futuro Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br O transporte público multimodal é chave para cidades eficientes e sustentáveis Integraçãoé a base da multimodalidade Fonte: Capima (capima.com.br)

Leia mais

BENEFÍCIOS E OPORTUNIDADES

BENEFÍCIOS E OPORTUNIDADES BENEFÍCIOS E OPORTUNIDADES BENEFÍCIOS E OPORTUNIDADES CENÁRIO GESTÃO DE ALTO DESEMPENHO O PAPEL DAS PPPs O PORTO CENÁRIO GESTÃO DE ALTO DESEMPENHO CENÁRIO - GESTÃO DE ALTO DESEMPENHO Em 2009, o Rio de

Leia mais

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Waldir Peres Superintendente Agência Metropolitana de Transportes Urbanos São Paulo Setembro de 2011 Plano Geral Rio

Leia mais

REQUALIFICAÇÃO URBANA - O DESAFIO DA MOBILIDADE URBANA NA REFORMULAÇÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS PARA A COPA DE 2014

REQUALIFICAÇÃO URBANA - O DESAFIO DA MOBILIDADE URBANA NA REFORMULAÇÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS PARA A COPA DE 2014 1 REQUALIFICAÇÃO URBANA - O DESAFIO DA MOBILIDADE URBANA NA REFORMULAÇÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS PARA A COPA DE 2014 GEORGE HARRILSON SILVA RAGÃO 1 EDUARDO NOGUEIRA PEIXOTO 2 ELISÂNGELA MARIA DA SILVA

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO DE PASSAGEIROS 2012/2013 Apoio: QUEM SOMOS ANPTrilhos é uma Associação Civil, sem fins

Leia mais

BRT MANAUS TRANSPORTE PÚBLICO MASSIVO: BRT MANAUS

BRT MANAUS TRANSPORTE PÚBLICO MASSIVO: BRT MANAUS TRANSPORTE PÚBLICO MASSIVO: BRT MANAUS CLAUDEMIR JOSÉ ANDRADE Arquiteto e Urbanista Membro da Comissão Executiva de Planejamento e Gestão de Projetos Manaus Sede da Copa do Mundo de 2014. BUS RAPID TRANSIT?

Leia mais

CORREDOR LESTE-OESTE: LIGAÇÃO ENTRE A ÁREA CENTRAL DO RECIFE E A CIDADE DA COPA EM SÃO LOURENÇO DA MATA 1

CORREDOR LESTE-OESTE: LIGAÇÃO ENTRE A ÁREA CENTRAL DO RECIFE E A CIDADE DA COPA EM SÃO LOURENÇO DA MATA 1 Andresa Maria Mendes da Silva¹ Ana Regina Marinho Dantas Barboza da Rocha Serafim² ¹ Graduanda do Curso de Licenciatura em Geografia do Campus Mata Norte da Universidade de Pernambuco. Bolsista PFA/UPE.

Leia mais