Índice 1. FOX ESTOQUE... 5

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice 1. FOX ESTOQUE... 5"

Transcrição

1 Fox Estoque

2 Índice 1. FOX ESTOQUE Cadastros/Produtos Guia Geral Guia Detalhes Guia Valores Guia Árvore/Kit Guia Embalagens Guia Últ. Compras/Vendas Guia Melhores Cotações Guia Fornec. Por Produto Guia Produtos Equivalentes Guia Controle de Qualidade Guia Desc./ Qtd. Vendida Guia Un. Compra / Produto Guia Compl. Por Produtos Guia Descrição por Países Guia Tabela de Preços Guia Impostos Guia FCI Produtos Guia Determinação de CFOP s Cadastros/Produtos/Local Cadastros/Produtos/Unidades Cadastros/Produtos/Grupo de Produtos Guia Quarentena: Cadastros/Produtos/Produtos em Quarentena Cadastros/Produtos/NCM Cadastros/Produtos/Situação Tributária de ICMS Centros de Custos...52

3 1.8. Moedas e Índices Medição Diária de Produtos Produtos Equivalentes Vinculação Local X Produto Produtos X Código Referência Genéricos Projetos: Tipos Globais Feriados Observações Configuração Geral Guia Geral Guia Geral - Itens Guia Cálculos Guia Comissões Guia Produtos Guia Entrada e Saídas Guia Serviços Guia Contas Fixas Guia Bancos Guia Duplicatas e Contas Guia Ordens de Produção Guia Empresas Guia Aplicações Financeiras Guia Integração Guia Matriz de Lanç MÓDULOS Cadastro de Entradas e Saídas...92

4 2.2. Transferência de Estoque Apuração de Custos Conferência de Reservas Geração de Etiquetas Inventário Geração Contagem Finalização Integração UTILITÁRIOS RELATÓRIOS ERC IMPRESSORAS CALCULADORAS CONSTRUTOR DE CONSULTAS COMUNICAÇÃO / IMPORTA E EXPORTA TABELAS CONFIGURAÇÕES Relatórios ERC Servidor de Sistema

5 1. Fox Estoque O módulo Estoque disponibiliza o controle dos produtos que poderá ser por local de armazenagem ou por projeto. É integrado com os demais módulos do sistema através das movimentações do Módulo Produção, pela entrada do produto acabado e baixa das matérias-primas, Módulo Compras, pela entrada de matérias-primas, produtos para revenda e/ou consumo, Módulo Vendas, através da baixa dos produtos vendidos. As principais vantagens da utilização deste módulo são: - Controle de estoque e custo de projetos; - Rastreabilidade de produtos; - Locais de armazenagem diferenciados; - Facilidade na consulta de estoque; - Controle dos produtos em quarentena; - Geração de Inventário; - Diversos relatórios. 5/101

6 1.1. Cadastros/Produtos Antes de iniciar o Cadastro de Produtos é necessário definir como será efetuado este registro e quais situações serão tratadas neste processo, esta parametrização inicial deve ser efetuada em Cadastro\Configuração Geral na guia Produtos Guia Geral Para iniciar o cadastro de um produto informe inicialmente o Código de inclusão de acordo com a máscara definida em Cadastro\Configuração Geral, na guia Produtos, no campo Código do Produto. O código do produto e o último produto cadastrado ficarão visíveis durante todo o processo de inclusão Campo Tipo: Selecione o tipo do produto, que define o CFOP. Conforme o tipo selecionado serão habilitadas as demais guias do cadastro de produtos. Campo Descrição: Informe a descrição do produto, com até três linhas. Sugerimos inserir na primeira linha porque alguns relatórios possuem limitação para a descrição do produto. Participa da Lista de Preços?: Se marcada incluirá o produto em uma lista de preços. 6/101

7 Importante: Para habilitar o cadastro das Tabelas de Preços, é necessário marcar a opção Utiliza tabelas de preços, nas Configurações Vendas/ Vendas-Itens, no módulo Vendas e Faturamento. Campo Grupo: Informe o Grupo que pertence o produto. Esta informação possibilitará emitir os relatórios baseados no grupo. Importante: Caso informe um código de grupo ainda não cadastrado, quando salvar o registro o sistema permitirá que o cadastro seja efetuado. Campo SubGrupo: Informe o SubGrupo que pertence o produto. Esta informação possibilitará emitir os relatórios baseados no subgrupo. Quadro Unidade Campo Unidade: Selecione a unidade do produto. Utilize a tecla Page Down para listar as opções, que devem estar previamente cadastradas em Cadastro/ Produtos/ Unidades. Para Orçamentos/Pedido de Venda: Unidade Entrada: Informe a unidade de entrada (aquisição) do produto, que pode ser diferente da unidade utilizada na estocagem. O sistema deverá fazer a conversão de unidades no momento dos lançamentos. Para isso, deverá ser informado o fator ou fórmula de conversão em Cadastros/ Produtos/ Unidades. Unidade Auxiliar: Informe a unidade auxiliar da unidade de entrada (aquisição) do produto, que pode ser diferente da unidade utilizada na estocagem. O sistema deverá fazer a conversão de unidades no momento dos lançamentos. Para isso, deverá ser informado o fator ou fórmula de conversão em Cadastros/ Produtos/ Unidades. Unidade Auxiliar 1: Informe a unidade auxiliar da unidade auxiliar informada acima, que pode ser diferente da unidade utilizada na estocagem. O sistema deverá fazer a conversão de unidades no momento dos lançamentos. Para isso, deverá ser informado o fator ou fórmula de conversão em Cadastros/ Produtos/ Unidades. Quadro Estoque Campo Local Padrão: Selecione o local padrão de armazenagem do produto. Utilize a tecla PageDown para listar os locais de estoque cadastrados. 7/101

8 Campo Mínimo: Informe o estoque mínimo para o sistema gerenciar o estoque. Esta informação será utilizada pelas empresas que utilizam os módulos de Compras e Produção, para a emissão dos relatórios de Sugestão de Compra/ Produção do módulo de Estoque, que poderá se basear no estoque mínimo e máximo. Campo Máximo: Informe o estoque máximo para o sistema gerenciar o estoque. Esta informação será utilizada pelas empresas que utilizam os módulos de Compras e Produção, para a emissão dos relatórios de Sugestão de Compra/ Produção do módulo de Estoque, que poderá se basear no estoque mínimo e máximo. Data do Inventário: Informe a data do último inventário. Quadro Consumo Médio Mensal Os campos Vendas e Fabricação, serão apurados quando realizado o cálculo do Consumo Médio do Produto no Módulo Estoque/Cálculo. O Consumo Médio poderá ser baseado nas vendas ou faturamento da empresa, que deverá definir e estipular a quantidade de meses a serem considerados para a apuração. Quadro Data das Últimas Atualizações Os campos Dados do Produto e Valor de Venda, referem-se às datas das últimas alterações realizadas no cadastro de produtos. Neste caso, teremos a última data da atualização do produto e respectivamente o valor alterado nesta última data. Quadro Dimensões Área/m2: Caso seja necessário, informe a área em metros quadrados do produto cadastrado. Exemplo: revestimentos de pisos e paredes, forro, madeira, etc. Foto do Produto: Permite adicionar uma figura para a demonstração do produto, possibilitando um controle visual Guia Detalhes 8/101

9 Quadro Especificações: Peso Líquido: Informe o peso líquido do produto. É possível estipular um percentual a ser somado ao peso líquido para a definição automática do peso bruto na rotina Cadastro/Configuração de Vendas, na aba Vendas. Peso Embalagem: Informe o peso da embalagem do produto. O peso será apresentado na aba Outros dos Pedidos e Notas Fiscais, e permite alteração. Marca: Informe a marca do produto. Utilize a tecla PageDown para listar os fornecedores cadastrados e possibilitar a seleção. Dias para Reposição: Informe o número máximo de dias corridos para a reposição deste produto no estoque. Meses de Garantia: Informe a quantidade de meses de garantia do produto. Quant. por Volume: Informe a quantidade de produtos por volume, no caso do produto ser cadastrado como unidade (UN) e a venda ser concretizada em caixa (CX), informe a quantidade de produtos por caixa, por exemplo 50 unidades. Conv. Un. Produção: Informe o valor para a conversão de unidade de produção. Essa informação será utilizada na guia Unidades de compra por produto. 9/101

10 U.M: Informe a unidade de medida do produto para a produção. Exemplo: Produto cadastrado em peças (PC) que na produção é classificado como barra (metro). Número do Desenho: Informe o número do desenho/ projeto do produto. Código de Barras: Informe o Código de Barras do produto ou insira através do leitor ótico. Este código poderá ser utilizado posteriormente para registrar as vendas do produto. Para a integração com o PDV, é obrigatório o preenchimento deste campo. Situação: Selecione a situação do produto, sendo: Ativo Inativo Bloqueado Inativo Confirmação Baixa Movimentação Pode ser movimentado sem restrições. Esta opção geralmente é marcada quando o produto não existir no estoque. Esta opção pode ser habilitada quando o produto não esta sempre disponível em seu estoque. Produto baixado. Comissão: Defina o percentual de comissão para o produto. Vendedor: Informe o vendedor para este produto. Utilize a tecla PageDown para listar selecionar o vendedor. Informe o Centro de Custo do produto. Informe a Condição de Pagamento caso utilize uma condição de pagamento específica para este produto. % Desc. Máximo: Informe o percentual de desconto máximo que poderá ser concedido para esse produto. Conta Contábil: Informe a conta contábil (código reduzido) do produto, de acordo com o plano de contas cadastrado no Cordilheira Sistema Contábil. Esta informação será utilizada na integração contábil. Quadro Lote Mínimo: 10/101

11 Compras: Informe uma quantidade mínima para a compra deste produto. O sistema apresenta uma mensagem caso seja registrado um pedido ou uma Nota Fiscal com quantidade inferior à definida. Vendas: Informe uma quantidade mínima para a venda deste produto. O sistema apresenta uma mensagem caso seja registrado um pedido ou uma Nota Fiscal com quantidade inferior à definida. Fabricação: Informe uma quantidade mínima para a produção deste produto. O sistema apresenta uma mensagem caso seja registrada uma ordem de fabricação com quantidade inferior à definida. Quadro Especificações Técnicas: Arq. Esp. Técnicas: Existem duas formas de informar as especificações técnicas do produto: Uma através do botão do lado direito do campo que possibilita localizar e selecionar um arquivo no formato (*.doc) contendo as especificações técnicas, e a outra é digitar as especificações no campo abaixo. Esta informação será utilizada nas ordens de produção, orçamentos, pedidos de vendas, etc Guia Valores 11/101

12 Quadro Margens: As margens informadas serão utilizadas para simulação de preço sugerido, bem como para atualização de preços e relatórios. Estes campos serão habilitados quando marcada a opção Utiliza Margem de Venda, na Configurações Gerais guia Produtos. Atacado: Informe em percentual a margem para o Atacado. Varejo: Informe em percentual a margem para o Varejo. Venda: Definido o valor de venda do produto, é necessário definirmos uma Margem de Venda para este produto. Quadro Valores de Venda: Moeda Venda: Informe qual a moeda que vai utilizar com este produto. Un. Valor Venda: Informe a unidade de venda deste produto. Venda: Informe o valor de venda para este produto. Venda Atacado: Esta informação é atualizada automaticamente, segundo o valor de venda informado. 12/101

13 Venda Varejo: Informe o valor de venda varejo. Para a integração com o PDV, é obrigatório o preenchimento deste campo. Transferência: Informe neste campo um valor específico para uma determinada filial do produto. Importante: Poderá ser definido o tipo de preço utilizado pelo cliente. Caso esteja sendo utilizado o sistema Atacado/Varejo onde os preços são diferenciados, é necessário habilitar a opção Controla Valores de Atacado e Varejo, em Configurações/ Vendas/ Vendas-Itens. Quadro Compra/Produção: Compra Original: Campo desabilitado e de preenchimento automático com o valor do produto na compra. Desconto: Campo desabilitado e de preenchimento automático com o valor de desconto sobre este produto em sua compra. Compra: Informe o valor de compra para este produto. Importante: Após definir o valor de compra deste produto, o campo Venda pode ser atualizado automaticamente, mediante parametrização no menu Configurações. O valor de compra poderá ser atualizado de acordo com as Notas Fiscais lançadas em Compras/ Cadastros/ Notas Fiscais. Materiais: Informe, no caso de produto acabado, o valor dos materiais gastos na produção do mesmo. Estes dados serão utilizados na simulação de preço. Mão de Obra: Informe, no caso de produto acabado, o valor da mão de obra aplicada para a produção do mesmo. Estes dados serão utilizados na simulação de preço. Quadro Promoção: Atacado a partir de: Informe a partir de quantas unidades será considerado pelo sistema para a promoção do produto no atacado. Valor: Definir o valor promocional do produto. Validade: Informar a data de validade para o valor promocional do produto. Importante: Os campos Valor e Validade são habilitados conforme a opção Habilita Valores Promocionais, nas Configurações Gerais. 13/101

14 Atacado e Varejo: O sistema oferece a possibilidade de controlar os valores de Atacado e Varejo, para isto, é necessário acessar as Configurações Gerais, e em seguida clicar na opção Controla Valores de Atacado e Varejo. Realizada à configuração, pode-se definir o valor para atacado ou varejo do produto e a data limite para este valor Guia Árvore/Kit Árvore: É um produto composto de vários componentes. Exemplo.: O produto Computador é composto de CPU, Monitor, Teclado, etc. KIT: É um produto que será comercializado, contendo vários outros produtos em sua composição. Caso o produto seja um KIT, determine todos os outros produtos que farão parte deste KIT. Exemplo: Supondo que a empresa fabrique computadores. Para a fabricação do computador é necessário a CPU, o Monitor, o Teclado, etc. A CPU é determinada como um subconjunto do produto acabado Computador, ou seja, é um componente da árvore Computador. 14/101

15 Quando solicitada a fabricação do Computador, a CPU, que possui sua árvore separadamente, automaticamente será encaminhada para produção também, como parte integrante do produto final. Desta forma, a fabricação não dará baixa ao componente CPU, e sim nos componentes do subconjunto CPU (componentes da árvore da CPU). Importante: Para percorrer pelos campos é necessário pressionar a tecla Enter para o sistema gravar a digitação. Data da Ativação: Informe a data a partir da qual o componente fará parte do produto acabado. De duplo clique para inserir a data. Componente: Selecione o componente. Utilize a tecla Page Down para seleção do componente. A descrição do componente selecionado aparece no rodapé. Quantidade: Informe a quantidade do componente indicado. Unidade de Trabalho: Selecione a unidade de trabalho, que tem como finalidade especificar quais componentes passarão por quais Unidades de Trabalho na produção. Utilize a tecla Page Down para seleção da unidade de trabalho. Data de Desativação: Informe a data de exclusão deste componente do KIT. Observações: Inclua as informações adicionais sobre o componente. Sequencial: Campo de preenchimento automático com o número de sequência dos componentes adicionados. O sistema não permite a alteração da ordem dos componentes nesta tela, para alteração é necessário acessar a rotina Matéria Prima x Atividade no módulo Produção. Mostrar os componentes com data de exclusão: Se marcada esta opção, o sistema mostrará toda a árvore do produto (todos os componentes do produto) com data de exclusão e sem data de exclusão. Quando não tiver marcada, mostrará apenas os componentes que não possuem data de exclusão. Importar árvore a partir de outro produto acabado: Permite importar componentes de outro produto. Importante: Quando um componente da árvore de um produto acabado for um Subconjunto, este será considerado teoricamente como um produto acabado. No entanto, terá sua própria árvore de composição. Quando for solicitada a fabricação do produto acabado, automaticamente será considerada também a fabricação do Subconjunto, onde a baixa não será dada ao Subconjunto, mas sim aos seus componentes. 15/101

16 Guia Embalagens Importante: Apenas os produtos cadastrados com o tipo Embalagem serão relacionados. Exemplo: Produto: Caneta Embalagem: Caixa 50 canetas serão embaladas em 1 caixa. Embalagem: Selecione a embalagem. Utilize a tecla PageDown para seleção das embalagens. Quantidade: Informe a quantidade de produtos que serão embalados utilizando uma embalagem Guia Últ. Compras/Vendas Serão listadas automaticamente todas as últimas Compras e Vendas concretizadas com este produto. Clique no botão (relâmpago), Confere e atualiza as últimas Compras e Vendas, na barra de ferramentas. Estão disponíveis para consulta as seguintes informações: Tipo, Data, Empresa, Tipo de Registro, Número, Item, Quantidade, Valor unitário e Observações. 16/101

17 Guia Melhores Cotações Estarão disponíveis para consulta os campos abaixo após o Cadastro de Cotações no módulo Compras / Cadastros/ Cotações, as informações do Fornecedor, Data, Valor e Situação. 17/101

18 Guia Fornec. Por Produto Fornecedor: Selecione o fornecedor. Utilize a tecla PageDown para consulta dos fornecedores. Código do produto no fornecedor: Informe o código do produto no fornecedor. Descrição do produto no fornecedor: Informe a descrição. Valor: Informe o valor do produto no fornecedor. Moeda: Selecione a moeda para compra do produto. Utilize a tecla PageDown para consulta das moedas. Garantia: Informe a quantidade de meses da garantia do produto Guia Produtos Equivalentes Os produtos equivalentes poderão ser utilizados para registrar produtos de outras marcas ou equivalentes no modelo, podendo assim, ter um controle dos possíveis substitutos em caso de falta do Produto Principal. Os produtos equivalentes poderão ser utilizados no módulo Produção, na Geração da Ordem de Produção, quando faltar o Produto Principal. 18/101

19 Os produtos equivalentes poderão ser utilizados para registrar produtos de outras marcas ou equivalentes no modelo, podendo assim, ter um controle dos possíveis substitutos em caso de falta do Produto Principal. Os produtos equivalentes poderão ser utilizados no módulo Produção, na Geração da Ordem de Produção, quando faltar o Produto Principal. Produto: Selecione o produto equivalente e clique no botão Adicionar. Utilize a tecla PageDown para selecionar o produto. Importante: Utilize as setas na lateral direita para ordenar a prioridade de utilização dos produtos equivalentes Guia Controle de Qualidade Como funciona o controle de qualidade de uma indústria? Os primeiros lotes de recebimento de um produto de um fornecedor, que geralmente são fornecidos em quantidades pequenas (150, 200, 300 peças) são chamados lotes de amostra inicial pois a empresa cliente não conhece ainda a qualidade do produto do fornecedor e precisa que as inspeções sejam criteriosas (com maior frequência) no início. Após um determinado número de entradas, o fornecedor (em comum acordo com o cliente), tendo enviado as primeiras entradas sem defeitos começa a enviar uma quantidade um pouco maior de produto (Ex peças) e a frequência de inspeções agora é mais moderada (ex.: a cada 5 entradas). Efetuadas estas entradas sem nenhuma rejeição o fornecedor pode ser classificado em nível superior de qualidade, não sendo realizadas mais inspeções com tanta frequência (ex.: a cada 10 entradas). Ao final desse longo período sem rejeição o fornecedor será classificado no nível de QUALIDADE ASSEGURADA. Este é o desejo de todo cliente pois desse modo, com a redução das inspeções periódicas, a empresa consegue reduzir drasticamente os custos com as inspeções de qualidade no recebimento. Quando um fornecedor atinge o nível de QUALIDADE ASSEGURADA e em algum momento o cliente rejeita uma entrada pelo controle de Qualidade o sistema deve retornar a frequência de inspeção à uma faixa imediatamente anterior à faixa em que estava naquele momento. Desse modo, retomando maior frequência de inspeção, continuando até que o fornecedor consiga o direito de recuperar seu nível de classificação anteriormente obtido. 19/101

20 Cadastre textos, listas de conferências, etc. que serão utilizados na produção pelo controle de qualidade. Podem ser registrados os testes realizados com o produto para atestar a qualidade do mesmo. Os campos Valor Nominal, Valor Mínimo e Valor Máximo devem ser preenchidos com todas as dimensões da peça que estarão sujeitas ao controle de qualidade. O sistema utiliza esses registros como roteiro de inspeção de recebimento ou produção. Especificam o limite mínimo e máximo de tolerância para cada dimensão da peça que estará sujeita ao controle de qualidade. Em Cadastros/ Produtos/ Grupos de Produtos, guia Quarentena, deverão ser registradas as frequências de inspeção conforme a quantidade de entradas (NFEs) do produto / Fornecedor / Tipo de registro Guia Desc./ Qtd. Vendida Define o desconto que poderá ser concedido conforme a quantidade vendida. Este desconto será desconsiderado se no cadastro da empresa, na guia Específicos estiver informado o desconto por cliente. 20/101

21 Item: Selecione o item. Utilize a tecla Page Down para consulta dos itens. Acima de: Informe a quantidade que proporcionará os descontos. Desconto (%): Informe o percentual do desconto. Comissão (%): Informe o percentual das comissões. Importante: As comissões poderão ser definidas para até para 3 vendedores, de acordo com o que for determinado nas Configurações de Vendas. Exemplo: Para vendas acima de 1500 itens será dado um desconto de 15% sobre a venda e o 1º vendedor irá ganhar 10% de comissão, o 2º vendedor 8% e o 3º vendedor 6% Guia Un. Compra / Produto 21/101

22 Importante: As informações deste cadastro terão prioridade sobre o cadastro da unidade do produto, em Cadastros/ Produtos/ Unidades. Percorra os campos com a tecla Enter para o sistema gravar a informação. Unidade de compra: Selecione a unidade de compra. Utilize a tecla Page Down para consulta das Unidades de Compra. Fator: Informe o fator de multiplicação para que o sistema faça a conversão de uma unidade para outra. Exemplo: A empresa é uma indústria e compra um produto em unidade t (tonelada). No entanto, a empresa vende o produto que comprou em kg (quilograma). No campo fator será informado 1.000, ou seja, 1t corresponde a 1.000kg. No registro da compra, o sistema fará a conversão da unidade de compra (t) para a unidade de venda (kg), dando a entrada corretamente no estoque. Guia Compl. Por Empresas 22/101

23 Para cada cliente poderá ser acrescido um determinado complemento, permitindo que o mesmo produto seja diferenciado por cliente. Percorra com os campos com a tecla Enter para o sistema gravar a informação. Empresa: Selecione a empresa. Utilize a tecla PageDown para consulta das empresas cadastradas. Complemento: Informe o complemento Guia Compl. Por Produtos Contém informações complementares dos Produtos, e permite que seja informado mais 3 linhas de complementos. Utilizado em produtos que necessitam de mais especificações a sua descrição original. Percorra os campos com a tecla Enter para o sistema gravar as informações. 23/101

24 Guia Descrição por Países Esta rotina é utilizada para produtos exportados, para que mostre a descrição do mesmo em outras línguas. Exemplo: O produto X tem a descrição Caixa, no Brasil, mas se vendido para os Estados Unidos, por exemplo, a descrição a ser utilizada é Box. Percorra os campos com a tecla Enter para o sistema gravar as informações inseridas. País: Informe o País. Linha1/Linha2/Linha3: Informe a descrição desejada, que poderá ocupar até 3 linhas. Esta descrição é equivalente a descrição informada no cadastro de produtos, na guia Geral Guia Tabela de Preços Esta guia será habilitada se nas Configurações de Vendas na guia Vendas-Itens a opção Utiliza Tabela de Preços, estiver marcada. 24/101

25 Para determinado produto, poderá ser classificado uma tabela de preço exclusiva. Existe a possibilidade do produto ser comercializado em vários Estados por exemplo, havendo a necessidade de estabelecer diferentes margens de preço. Percorra os campos com a tecla Enter para o sistema gravar as informações inseridas. Tabela de Preços: Selecione a tabela de preço, que deverá estar previamente cadastrada no módulo Vendas/ Cadastro/ Tabelas de Preço. Atacado a partir de: Informe uma quantidade mínima para a venda a Atacado. Margem para Valor Atacado: Informe a margem para venda do produto atacado. Valor Atacado: O sistema preenche automaticamente o valor do produto em atacado, mas permite alteração. Margem para Valor Varejo: Informe a margem para venda do produto a varejo. Valor Varejo: O sistema preenche automaticamente o valor do produto em varejo, mas permite alteração. Valor Promocional Atacado: Informe o valor promocional do produto para a venda a atacado. Validade da Promoção Atacado: Informe a data limite para a promoção da venda em atacado. 25/101

26 Valor Promocional Varejo: Informe o valor promocional do produto para a venda a varejo. Validade da Promoção Varejo: Informe a data limite para a promoção da venda em varejo Guia Impostos Esta rotina possibilita informar os tributos relativos às incidências sobre os produtos. Quadro Código - Impostos: NCM: Campo de preenchimento obrigatório. Informe o código do NCM numérico que identifica internacionalmente o produto e facilita a análise da mercadoria pela equipe de fiscalização nos demais países, agilizando o desembaraço alfandegário. Para mais detalhes visite o sitewww.desenvolvimento.gov.br, e em caso de dúvidas consulte o responsável pela contabilidade. Cálculo de IPI: Informe o código da forma de cálculo do IPI, conforme o cadastrado em Cadastros/ Cálculo de IPI. Este código tem preferência sobre o informado no cadastro de NCM. 26/101

27 Cálculo de PIS: Informe o código da forma de cálculo do PIS, conforme o cadastrado em Cadastros/ Forma de Cálculo do PIS. Este código tem preferência sobre o informado no cadastro de NCM. Cálculo de COFINS: Informe o código da forma de cálculo do COFINS, conforme o cadastrado em Cadastros/ Forma de Cálculo do COFINS. Este código tem preferência sobre o informado no cadastro de NCM. Quadro Operações Interestaduais - Produtos Importados: Alíquota Diferenciada: Informe a alíquota de ICMS de acordo com o ajuste SINIEF 19/2012, que regulamenta o percentual de 4% para operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior. Ao informar a alíquota neste campo, em caso de operações interestaduais (Estado da empresa usuário do sistema é diferente do Estado do destinatário da mercadoria), na inclusão de uma nota fiscal de saída, o produto será tributado com o percentual de ICMS definido neste campo e não do cadastro de Estados. Note que esta regra só é válida caso o destinatário da mercadoria (cliente) seja contribuinte do ICMS (Cadastros / Empresas > Guia Impostos > Quadro ICMS > Parâmetro Contribuinte de ICMS ) e operações interestaduais. Do contrário o sistema seguirá a regra já existente, verificando se existe alíquota respectivamente no cadastro do produto (Guia Impostos > quadro % Alíquota > campo ICMS Venda), no cadastro do NCM (Cadastros / Produtos/ Cadastro de NCM > Guia Geral > quadro Regras por Estado > campo Aliq. ICMS interna) e por último no Cadastro do Estado de origem da venda, ou seja, da empresa usuária do sistema (Cadastros / Geral / Estados > Quadro Alíquotas de ICMS (%) > Campo Interna) para vendas à não contribuintes e no campo alíquota externa para operações entre contribuintes. A mesma regra vale para notas fiscais de entrada. Produto importado: Parâmetro utilizado para geração da FCI. Caso seja marcado, para os componentes importados que compõem as árvores/kits dos produtos acabados e/ou subconjuntos, o sistema irá gerar as informações e valores que constam na nota fiscal de importação para posterior geração da FCI Ficha de conteúdo de importação. Gera FCI (Ficha de Conteúdo de importação): Ao marcar este parâmetro, na geração da FCI, o sistema irá gerar as informações desta obrigação acessória. Marque este parâmetro para produtos acabados e/ou subconjuntos somente. 27/101

28 Conteúdo de Importação (%): Preenchimento automático pelo sistema Número de Controle de FCI: Preenchimento automático pelo sistema Quadro Exportação: Possui Concessão Drawback: Marcar esta opção se o produto possuir concessão de DrawBack. Quadro ICMS ICMS ST: Cálculo do ICMS/ST: Informe a forma que deverá ser calculado o ICMS/ST, de acordo com as formas de cálculo cadastradas na rotina Cadastro/ Forma de Cálculo do ICMS/ST. % Alíquota Interna: Informe a alíquota de ICMS para este produto. O sistema aplicará a alíquota informada sobre a base de cálculo de ICMS/ST, ou seja, o valor do produto acrescido da MVA. Sit. Tributária: Campo de preenchimento obrigatório. Situação Tributária é o código que identifica a tributação na qual se enquadra o item. Informe a Situação Tributária do produto. Esta informação será sugerida quando utilizado o produto no cadastro de Notas fiscais, e determinará a tributação do produto. Utilize a tecla Page Down para consulta das Situações Tributárias cadastradas. Quadro % Alíquota: ICMS Venda (%): Informe a alíquota de ICMS para este produto nas operações de venda. Este cadastro terá prioridade sobre a alíquota de ICMS interna, informada em Cadastros/ Gerais/ Estados, e não será considerado nas operações interestaduais, para as quais será sugerida a alíquota informada em Cadastros/ Gerais/ Estados, campo ICMS. ICMS Compra (%): Informe a alíquota de ICMS para este produto nas operações de compra. Este cadastro terá prioridade sobre a alíquota de ICMS interna, informada em Cadastros/ Gerais/ Estados, e não será considerado nas operações interestaduais, para as quais será sugerida a alíquota informada em Cadastros/ Gerais/ Estados, campo ICMS. Margem de Subst. Tributária: Informe o percentual da Substituição Tributária para este produto. 28/101

29 Conceito: De acordo com o Código Tributário Nacional, art. 121, único, inciso II, Substituição Tributária é a instituição pela qual terceira pessoa, sem ser contribuinte, é, por lei, investida em sujeito passivo da obrigação principal e assim obrigada a satisfazer o tributo. Quadro Situação Tributária: IPI: Informe a situação tributária para o IPI, por grupo dos produtos conforme tabela oficial. Pressione PageDown para selecionar uma opção. PIS: Informe a situação tributária para o PIS, por grupo dos produtos conforme tabela oficial. Pressione PageDown para selecionar uma opção. COFINS: Informe a situação tributária para a COFINS, por grupo dos produtos conforme tabela oficial. Pressione PageDown para selecionar uma opção Guia FCI Produtos O sistema gravará em cada produto os respectivos números de controle da ficha e o percentual do conteúdo de importação automaticamente, após a importação, no quadro Operações interestaduais, campos % Conteúdo de Importação e Número de controle de FCI. Você pode imprimir o relatório de controle da FCI, localizado no menu Utilitários / Relatórios ERC / Vendas / Outros / 232 Ficha de Conteúdo de Importação no Módulo Vendas/Faturamento. 29/101

30 Guia Determinação de CFOP s Esta Guia tem o intuito de facilitar o preenchimento de CFOPs (Naturezas de Operação) para a confecção de Orçamentos, Pedidos ou Nota Fiscais, possibilitando a um usuário estabelecer quais as CFOPs que o sistema automaticamente utilizará para cada tipo de operação e destino. 30/101

31 CFOP: Neste campo poderá pressionar PageDown para selecionar Naturezas de Operação por código e/ou por descrição, para vincular a Empresa, juntamente à Destinação para sugerir no momento que estiver cadastrando um Pedido ou Nota Fiscal. Destinação: Neste campo deverá selecionar, de acordo com a operação e a CFOP, qual o destino. O sistema se baseará também neste campo para poder sugerir a CFOP de acordo com a operação quando estiver realizando cadastro de um Pedido ou Nota Fiscal. Esta Guia está presente nos Cadastros de Produtos e Serviços, NCM, Empresas, Ramos de Atividade e Tipo de Lançamento. O Sistema seguirá esta ordem de preferência para a Determinação de CFOP (Iniciando pelo Produto ou Serviço) em um Orçamento, Pedido ou Nota Fiscal. Importante: Após selecionar a CFOP e a Destinação, pressione Incluir para gravar a seleção, ou para excluir, faça um duplo clique sobre o registro da CFOP para carregar o mesmo, em seguida pressione Excluir. Importante 2: Esta funcionalidade está presente apenas no Fox SQL. 31/101

32 1.2. Cadastros/Produtos/Local O objetivo deste cadastro é controlar a movimentação de estoque por Local. Entenda-se local como a divisão física ou lógica do estoque que será utilizado nas movimentações internas ao sistema. Com este conceito é possível, por exemplo, saber o saldo em estoque em um determinado almoxarifado ou prateleira. Campo Código: Informe um código numérico para o cadastro do local. Campo Descrição: Informe a descrição do local. Campo Abreviatura: Informe uma abreviatura para o local. Permite Est. Negativo: SIM ou NÃO. Ativo: Informe se este Local de estoque está Ativo, SIM ou NÃO. Importante: Botão Permissões: Abre a tela de Controle de Permissões de Local de Estoque onde podem ser configuradas as Permissões de Acesso por Local de Estoque, Origem da Movimentação e Usuário. Possibilita um maior controle de acesso Cadastros/Produtos/Unidades Esta rotina possibilita o registro das Unidades de medida dos produtos. 32/101

33 Quadro Unidades: Campo Código: Informe o símbolo da unidade. Exemplos: Un, kg, L, m, etc. Consulte os símbolos corretos a serem utilizados conforme o Sistema Internacional de Unidades - SI, no site do Inmetro. Campo Descrição: Informe a descrição da unidade que foi criada. Exemplo: Unidade, quilograma, litro, metro, etc. Utiliza campos personalizados?: Para habilitar essa opção é necessário acessar as Configurações Gerais na guia Produtos e marcar a opção Utiliza Unidades Personalizadas. Com esta opção marcada serão habilitados os campos abaixo. Quadro Campo Personalizados: Essa rotina será utilizada para que apareçam campos personalizados na rotina de Vendas, em Orçamento e Pedido de Vendas, onde podem ser criados até 3 campos diferentes. 33/101

34 Campo Rótulo Campo 1, Campo 2, e Campo 3: Informe os nomes para os campos personalizados criados. Campo Arredondamento Campo 1, Campo 2, e Campo 3: Informe o valor de arredondamento para o resultado da quantidade calculada através da conversão de unidades, quando utilizar os campos personalizados. Deverão ser cadastradas as fórmulas para conversão de unidades no quadro Conversões da Unidade. Campo Formato descrição: Informe a descrição do formato dos campos personalizados, para efetuar a inclusão do formato, clique no botão e na descrição Inserir, existe as descrições: {UnCampo1},{UnCampo2} e {UnCampo3}. Os dados informados neste campo serão apresentados no cadastro de Notas Fiscais, no campo Qtd. Un. Entrada. Campo Aplicação Arredondamento: Selecione em que momento será aplicado o arredondamento, podendo ser na Entrada ou Conversão. Quadro Conversões da Unidade: Neste quadro, serão informadas as fórmulas das unidades que serão convertidas. Campo Unidade: Informe o símbolo para qual a unidade selecionada será convertida. Campo Fator: Informe o fator de multiplicação para que seja efetuada a conversão de uma unidade para outra. Exemplo: A empresa é uma indústria e compra um produto em unidade t (tonelada). No entanto, a empresa vende o produto que comprou em kg (quilograma). No campo fator será informado 1.000, ou seja, 1t corresponde a 1.000kg. No registro da compra, o sistema fará a conversão da unidade de compra (t) para a unidade de venda (kg), dando a entrada corretamente no estoque. Importante: Este campo será utilizado nas unidades que não possuem campos personalizados. Campo Fórmula: Informe a fórmula para o cálculo da conversão de unidades baseada nos campos personalizados. Para incluir a fórmula clique sobre o campo com qualquer tecla, onde será aberto o editor de fórmulas, no menu INCLUIR, existe as descrições {UnCampo1},{UnCampo2} e {UnCampo3}, pelo o qual será efetuada a fórmula para cálculo. Exemplo: {UnCampo1}*{UnCampo2}/{UnCampo3} 34/101

35 Campo Medição Diária: Este campo possibilita a entrada de um valor na fórmula para que o sistema possa identificar que a conversão será feita através da tabela de medição diária de produtos, visando controlar o critério de avaliação que o produto sofrerá Cadastros/Produtos/Grupo de Produtos Esta rotina tem a finalidade de registrar os grupos de produtos existente na empresa, e controlar os produtos em quarentena. Campo Código: Número sequencial sugerido pelo sistema, podendo ser alterado. Guia Geral: Campo Descrição: Atribua um nome ao grupo. Campo Observação: Campo destinado a informações complementares. Campo Local padrão: Selecione o local de estocagem padrão dos produtos deste grupo, Controla lote: SIM ou NÃO Controla série: SIM ou NÃO Importante: O grupo não poderá controlar apenas série, e sim lote e série. Entretanto poderá ter ape Campo Conta Contábil: Informe a conta contábil (código reduzido) do grupo de produtos, conforme p Check Box Não Permitir Troca: Bloqueia a troca dos produtos deste grupo no módulo Vendas a varejo Grid Subgrupo/descrição: Informe os subgrupos, com a finalidade de designar as partes do grupo. Exemplo: Empresa: Papelaria Grupo: Canetas Subgrupos: Canetas ponta fina, porosa, ponta grossa, etc... 35/101

36 Guia Quarentena: Check Box Controla Produtos em Quarentena: Marque esta opção quando os produtos do grupo devem ter a aprovação do controle de qualidade ou outro departamento da empresa antes de entrar no Estoque da empresa. Neste período tais produtos serão considerados no estoque como Quantidade Bloqueada. Campo Número de dias: Informe o número de dias que os produtos permanecerão em quarentena. Grid Frequências de Inspeção por Quantidade de Entrada: Registre a frequência que os produtos devem ser bloqueados para inspeção. Quantidade inicial: Informe a quantidade inicial de compras. Quantidade final: Informe a quantidade final. 36/101

37 Frequência: Registre a frequência de inspeção conforme a quantidade de entradas do produto. Obs.: O primeiro registro de frequência sempre deve ser 1 para que o primeiro lote de um fornecedor passe pelo controle de qualidade (quarentena). Qtde. Inicial Qtde. Final Frequência No exemplo acima, as primeiras 5 entradas do produto passariam pela inspeção, ficando portanto bloqueado em quarentena. A partir da 5ª entrada o produto só passará pela inspeção a cada 5 entradas, desde que não haja rejeição nas entradas anteriores. Desta forma as demais entradas desta faixa entram desbloqueadas no estoque. Se houver rejeição de uma entrada pelo controle de qualidade o sistema retorna a frequência de inspeção a uma faixa imediatamente anterior a faixa em que estava naquele momento (conforme o exemplo acima o fornecedor voltaria a faixa de 1 a 5) Cadastros/Produtos/Produtos em Quarentena Quarentena: Retenção temporária de matéria-prima, material de embalagem, produtos intermediários ou insumos farmacêuticos ativos, isolados fisicamente ou por outros meios que impeçam a sua utilização, enquanto aguardam decisão de aprovação ou rejeição. Para os grupos de produtos em que a opção Controla Produtos em Quarentena, estiver selecionada em Cadastros/ Grupo de Produtos, guia Quarentena, o registro nessa rotina será automático mediante o cadastro de notas fiscais de entrada e ordens de produção. Outra condição para esse registro é a tabela de Frequências de inspeção por quantidades de Entradas, localizada na mesma rotina. 37/101

38 Raramente o usuário efetuará esse cadastro manualmente. Cabe ao usuário dar manutenção nos campos Quantidade, Situação e Data do Desbloqueio para indicar a liberação do produto, ou seja, a sua entrada no estoque. Esta rotina controla os produtos que antes da utilização ou venda, passam por um processo de controle de qualidade, e após aprovados são liberados para consumo ou comercialização. Esta rotina é alimentada pelos Módulos: FCO - Compras (Inclusão de Nota Fiscal), FPR - Produção (Alimenta Estoque dos Produtos Acabados) e FES - Estoque (Cadastro de Entradas e Saídas). Campo Produto: Produto em Quarentena. Campo Origem: Registros provenientes de Notas Fiscais de Entrada, Ordem de Produção e Entradas/Saídas Manual. Campo Tipo de Registro: Tipo global. Campo Número: Número do documento de origem. Campo Fornecedor: Fornecedor do produto. Campo Local: Local em que está armazenado o produto. Campo Item: Item do documento de origem que está em Quarentena. 38/101

39 Campo Data: Data de Entrada do Produto. Campo Quantidade: Quantidade em quarentena, ou seja, bloqueada. Campo Situação do Produto: Escolha a situação, sendo Bloqueada ou Desbloqueada. Importante: Desbloqueado quando o grupo de produtos controla quarentena, porém a tabela de frequências de inspeção por quantidades de entradas não exige inspeção de acordo com o número de Entradas. Data de Desbloqueio: Informe a data de desbloqueio, é importante lembrar que somente a partir da data informada a quantidade bloqueada na quarentena será liberada para utilização. Campo Usuário: Campo de preenchimento automático com o nome do usuário que efetuou a operação. Campo Quantidade Rejeitada: Informe a quantidade de produto que irá ser rejeitada. Campo Observações: Campo reservado para informações adicionais. Guia Controle de Qualidade: Nesta guia serão apresentados os itens para medição de qualidade do cadastro do produto, que está em Cadastros /Produtos/ Cadastro de Produtos, na guia Controle de Qualidade. Conforme as normas de qualidade, durante o recebimento de produtos de terceiros (fornecedores), a indústria deve possuir um meio de bloquear entradas para que os lotes sejam inspecionados pelo controle de qualidade. Tais bloqueios variam de acordo com a maturidade do processo de um determinado produto no fornecedor. Conforme o fornecedor vai obtendo domínio do processo de fabricação a qualidade do produto vai aumentado e caminhando para um nível chamado de Qualidade Assegurada. Caminhando em Busca da Qualidade Assegurada: Inspecionar 100% dos produtos de terceiros custam caro para a empresa compradora. Por essa razão e aproveitamento as recomendações previstas em normas de qualidade total, o sistema registra históricos de entradas e os compara com tabelas de frequências de inspeção. Se ao longo de várias entradas um fornecedor entregar um produto X sem que haja nenhuma rejeição o seu índice de qualidade aumenta e sua frequência diminui. 39/101

40 Os campos Item, Tipo, Descrição, Mínimo e Máximo são de preenchimento automático do sistema, Campo Resultado: Cabe ao usuário informar manualmente os resultados obtidos. Resultado Mínimo: Informe o menor resultado obtido na amostragem. Resultado Máximo: Informe o maior resultado obtido na amostragem. Exemplo 1: A empresa industrializa farinha. Considere que o controle de qualidade deve verificar o peso do produto embalado e no cadastro de produto o peso nominal apontado é 1000g, que corresponde a informação da embalagem do produto. O mínimo tolerável é 995g e o máximo 1005g. Nessa rotina o usuário aponta o resultado obtido pela média das amostras inspecionadas, no nosso exemplo 998g. O peso mínimo encontrado entre as amostras foi 991g e o máximo 1003g. Exemplo 2: Item 1, Tipo Controle, Descrição Peso, Mínimo 995, Máximo 1005, Resultado 998, Resultado 991 e Resultado Máximo Cadastros/Produtos/NCM Esta rotina tem a finalidade de registrar o código numérico que identifica internacionalmente o produto e facilita a análise da mercadoria pela equipe de fiscalização nos demais países, agilizando o desembaraço alfandegário. Através deste registro serão armazenadas as classificações fiscais do produto, as alíquotas e as regras por Estado. 40/101

41 Campo NCM/SH: Informe a classificação fiscal do produto conforme a Nomenclatura Comum do MERCOSUL / Sistema Harmônico. Campo Descrição: Informe a descrição do produto conforme a NCM. Guia Geral: Campo Legenda: Para um mesmo código de NCM podem existir reduções de alíquota/base de ICMS ou IPI diferenciados. Neste caso é obrigatório cadastrar duas vezes o NCM diferenciando-os pela especificação da letra. Check Box NCM está impresso na Nota: Habilite esta opção caso o NCM já esteja fixo na Nota Fiscal, para não duplicar a informação. Quadro Integração Fiscal: Diferença entre Base ICMS/Valor Contábil: Este parâmetro determina onde será lançado a diferença entre a base de ICMS e o valor contábil da Nota Fiscal (caso de base 41/101

42 reduzida por exemplo), para o processo de integração com o Cordilheira Escrita Fiscal. A diferença poderá ir para Isentas ou Outras. Diferença entre Base IPI/Valor das Mercadorias: Este parâmetro determina onde será lançada a diferença entre a base de IPI e o valor das mercadorias (caso de alíquota de tributação seja 0%), para o processo de integração com o Cordilheira Escrita Fiscal. A diferença poderá ir para Isentas ou Outras. Importante: Caso estas informações tenham sido preenchidas também no cadastro de Naturezas de Operação, será considerada a configuração feita em Cadastros/ Configuração Geral, no quadro Regra Padrão para Cálculo de Impostos na Integração Fiscal, para definir qual será utilizado. Quadro Regras por Estado: o usuário deverá preencher os campos de acordo com as regras do Estado e a legislação vigente: Campo Estado: Selecione o Estado. Utilize a tecla PageDown para busca e seleção. Campo Acréscimo (%): Informe em percentual o acréscimo da alíquota de ICMS. Campo Redução (%): Informe em percentual a redução da alíquota de ICMS. Campo Acréscimo de base (%): Informe em percentual o acréscimo que incidirá na base de ICMS. Campo Redução de base de ICMS (%): Informe em percentual a redução que incidirá na base de ICMS. Campo Substituição Tributária MVA (%): Informe o percentual para a Substituição Tributária. Campo Natureza de Operação: Selecione a Natureza de Operação. Utilize a tecla PageDown para busca e seleção. Campo Complemento: Informe o complemento da Natureza de Operação. Campo Natureza de Operação não Contribuinte: Selecione a Natureza de Operação não Contribuinte. Utilize a tecla PageDown para busca e seleção. Campo Complemento da Natureza de Operação não Contribuinte: Informe o complemento da Natureza de Operação não Contribuinte. Campo Observações para a Nota Fiscal: Descreva a observação para a Nota Fiscal. Campo Observações: Inclua observações para este cadastro. 42/101

43 Campo ICMS (Isentas/Outras): Selecione uma das opções para o ICMS sendo Isentas ou Outras. Campo IPI (Isentas/Outras): Selecione uma das opções para o IPI sendo Isentas ou Outras. Campo Alíquota de Subst. Tributária (%): Informe a alíquota interna de ICMS do substituído específica para o NCM dentro do estado cadastrado. Campo Subst. Tributária - Regime SN (MVA%): Informe a alíquota de MVA específica para regime Simples Nacional para o NCM dentro do estado cadastrado. Campo Alíq. ICMS Interna: Informe a alíquota de ICMS interna específica para o NCM dentro do estado cadastrado. Campo Redução Base de ICMS ST (%): Informe em percentual a redução que incidirá na base de ICMS Substituição Tributária, caso este campo não seja preenchido o sistema utilizara o percentual informado em Redução de Base de ICMS. Importante: Quando não existirem Regras por Estado cadastradas nesta rotina, serão consideras as informações dos campos 'ICMS Acréscimo', 'ICMS Redução', 'ICMS Acréscimo de Base' e 'ICMS Redução de Base' do cadastro principal. Caso também não existam informações nestes campos, então serão considerados os dados informados em Cadastro/ Gerais/ Ramos de Atividade, no quadro 'Regras por Estado'. Guia Observações: Observações para a Nota Fiscal: Neste campo poderá ser registrada as informações para a Nota Fiscal sobre o NCM registrado. Utilize as teclas Shift+PageDown para busca e seleção das Observações cadastradas. Observações: Neste campo poderá ser preenchida as informações complementares. Utilize as teclas Shift+PageDown para busca e seleção das Observações cadastradas. Importante: Caso a observação seja informada também no campo Observações para a Nota Fiscal, localizado no quadro Regras por Estado, o sistema levará em conta, para emissão de uma nota fiscal, a observação gravada neste campo e de acordo com o Estado de entrega correspondente, e não da aba Observações. Guia Impostos: Quadro PIS/COFINS: 43/101

44 Compra: Informe as alíquotas de PIS e de COFINS sobre as compras. Quadro Venda: Reter PIS/COFINS/CSLL/IRRF na venda de produtos: O usuário deverá marcar esta opção se for o caso de retenção e o sistema habilitará os campos para CSLL e IRRF. PIS: Se a opção de retenção estiver marcada, informe a alíquota para retenção. Caso esteja desmarcada a opção de retenção, informe a alíquota normal sobre a venda. COFINS: Se a opção de retenção estiver marcada, informe a alíquota para retenção. Caso esteja desmarcada a opção de retenção, informe a alíquota normal sobre a venda. CSLL: Campo habilitado apenas se estiver marcada a opção de retenção e, neste caso, informe a alíquota de retenção. IRRF: Campo habilitado apenas se estiver marcada a opção de retenção e, neste caso, informe a alíquota de retenção. Quadro Forma de Cálculo: Cálculo de PIS: Informe o código da forma de cálculo do PIS, conforme o cadastrado em Cadastros/ Forma de Cálculo do PIS. Este código tem preferência sobre o informado no cadastro de NCM. Cálculo de COFINS: Informe o código da forma de cálculo do COFINS, conforme o cadastrado em Cadastros/ Forma de Cálculo do COFINS. Este código tem preferência sobre o informado no cadastro de NCM. Quadro IPI: Cálculo: Informe o código da forma de cálculo do IPI, conforme o cadastro em Compras ou Vendas/ Cadastros/ Cálculo de IPI. Caso este código também seja informado no cadastro de produtos, ele terá preferência sobre este. Utilize a tecla PageDown para busca e seleção. As informações abaixo são importantes para a correta apuração de tributos. Em caso de dúvidas contate o responsável pela contabilidade empresa. Importante: As alíquotas de ICMS encontram-se nos módulos de Compras ou Vendas, em Cadastros/ Geral/ Estados. 44/101

45 Redução de Valor (%): Informe em percentual a redução para o valor do IPI. Fórmula de cálculo: (Base de cálculo do IPI * Alíquota do IPI = Valor do IPI) - % IPI Redução de valor. Exemplo: (500,00 * 20% = 100,00) - 10% = 90,00. Quadro Controle Exportação: Núm. Drawback: Informe o número do ato concessório de Drawback, quantidade limitada a 11 números. Reg. Exportação: Informe o número do Registro de Exportação, quantidade limitada a 12 números. Quadro ICMS: Acréscimo (%): Informe em percentual o acréscimo na alíquota de ICMS. Exemplo: Alíquota com acréscimo = alíquota normal de ICMS + % ICMS redução. Redução (%): Informe em percentual a redução da alíquota de ICMS. Exemplo: Alíquota reduzida = alíquota normal de ICMS - % ICMS redução. Acréscimo de Base (%): Informe o percentual de acréscimo sobre a base de ICMS. Exemplo: Base com acréscimo = base normal de ICMS + % ICMS Acréscimo de Base. Redução de Base (%): Informe o percentual de redução na base de cálculo do ICMS. Exemplo: 33,33% (Base reduzida = valor do produto - 33,33%). Red. de Base Consumidor: O percentual informado neste campo será o fator para redução da base de cálculo de ICMS. Importante: Para que este tratamento seja aplicado no lançamento, na coluna Destinação, deve-se selecionar a opção CONSUMO. Quadro Imposto Importação: Alíquota (%): Informe a alíquota do Imposto de Importação. IPI Export./Import.(%): Informe a alíquota de IPI utilizada para operações internacionais. 45/101

46 Quadro ICMS ST: Permite Redução da Base de Cálculo de ICMS somente para Substituição: Quando esta opção estiver marcada, o sistema ira considerar o percentual de Redução, sobre o valor da Base de cálculo do ICMS Substituição. Quadro Lei da Transparência: Alíquota Nacional: Neste campo será demonstrado o percentual da carga tributária dos serviços prestados dentro do país, e de acordo com o NBS informado. Este valor é calculado e disponibilizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário). Ao emitir uma nota fiscal de saída e de acordo com o que foi parametrizado na Natureza de operação (guia Lei da Transparência), este percentual será utilizado para totalização do valor aproximado dos impostos nos produtos cuja ORIGEM da Situação Tributária do ICMS, informada na nota fiscal, seja igual a 0, 3, 4 e 5. Alíquota Importado: Neste campo será demonstrado o percentual da carga tributária dos serviços prestados fora do país, e de acordo com o NBS informado. Este valor é calculado e disponibilizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário). Ao emitir uma nota fiscal de saída e de acordo com o que foi parametrizado na Natureza de operação (guia Lei da Transparência), este percentual será utilizado para totalização do valor aproximado dos impostos nos produtos cuja ORIGEM da Situação Tributária do ICMS, informada na nota fiscal, seja igual 1,2, 6 e 7. Guia Determinação de CFOPs : Esta Guia tem o intuito facilitar o preenchimento de CFOPs (Naturezas de Operação) para a confecção de Orçamentos, Pedidos ou Nota Fiscais, possibilitando a um usuário estabelecer quais as CFOPs que o sistema automaticamente utilizará para cada tipo de operação e destino Campo CFOP: Neste campo poderá pressionar PageDown para selecionar Naturezas de Operação por código e/ou por descrição, para vincular ao NCM, juntamente à Destinação para sugerir no momento que estiver cadastrando um Pedido ou Nota Fiscal. Campo Destinação: Neste campo deverá selecionar, de acordo com a operação e a CFOP, qual o destino. O sistema se baseará também neste campo para poder sugerir a CFOP de acordo com a operação quando estiver realizando cadastro de um Pedido ou Nota Fiscal. Esta Guia está presente nos Cadastros de Produtos e Serviços, NCM, Empresas, Ramos de Atividade e Tipo de Lançamento. O Sistema seguirá esta ordem de preferência para a 46/101

47 Determinação de CFOP (Iniciando pelo Produto ou Serviço) em um Orçamento, Pedido ou Nota Fiscal. Importante: Após selecionar a CFOP e a Destinação, pressione Incluir para gravar a seleção, ou para excluir, faça um duplo clique sobre o registro da CFOP para carregar o mesmo, em seguida pressione Excluir. Importante 2: Esta funcionalidade está presente apenas no Fox SQL Cadastros/Produtos/Situação Tributária de ICMS Esta rotina tem a finalidade de registrar o código da Situação Tributária. Este código é composto por três dígitos, identifica a origem e a tributação do ICMS para a mercadoria ou produto, para fins de emissão dos pedidos e das Notas Fiscais. Para o correto preenchimento deverá observar a tabela abaixo: A) ORIGEM DA MERCADORIA ou SERVIÇO: Código Origem 0 Nacional 1 Estrangeira - Importação Direta 2 Estrangeira - Adquirida no Mercado Interno 47/101

48 B) TRIBUTAÇÃO PELO ICMS: Código Tratamento Tributário 00 Tributada Integralmente 10 Tributada e com cobrança do ICMS por substituição tributária 20 Com redução de base de cálculo 30 Isenta ou não tributada e com cobrança do ICMS por substituição tributária 40 Isenta 41 Não Tributada 50 Suspensão 51 Diferimento 60 ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária 70 Com redução de base de cálculo e cobrança do ICMS por substituição tributária 90 Outras Nota Explicativa: O código de Situação Tributária é composto de três dígitos na forma ABB, onde o 1º dígito deve indicar a origem da mercadoria ou serviço, com base na Tabela A e os 2º e 3º dígitos à tributação pelo ICMS, com base na Tabela B.. Fundamentação Legal: Anexo do Convênio s/nº, de 15 de dezembro de Campos a serem informados no sistema para cadastro: Código: Informe o número da tabela, no formato X-XX. Descrição: Especifique a descrição da situação, de acordo com legislação vigente. Origem: Especifique a origem da tributação. 48/101

49 ICMS: Selecione a tributação do produto conforme abaixo: Tributado Não Tributado Substituição - Base Normal Substituição - Pela Diferença Substituição - Por Dentro Tributado Normalmente de ICMS Isento de ICMS Base de ICMS de Substituição = Valor da Nota * % MVA + Valor da Nota. Valor do ICMS de Substituição = Base de ICMS de Substituição * Alíquota ICMS - ICMS Próprio. Base de Cálculo do ICMS de Substituição = (Valor líquido + Valor do IPI)/(1-(Alíquota de ICMS de Substituição)/100) - Base de Cálculo de ICMS. Valor do ICMS de Substituição = (Base de Cálculo do ICMS de Substituição * Alíquota de ICMS/100) - Alíquota do ICMS. Base de ICMS de Substituição = Valor das Mercadorias / (1 - % ICMS de Substituição/100). Valor do ICMS de Substituição = Base de ICMS de Substituição * % ICMS de Substituição. Motivo: Selecione o Motivo da desoneração de acordo com o Código da Situação Tributária de ICMS. Lista de Opções para cada Código: Código: 0-20 Motivo da desoneração do ICMS. Uso na agropecuária Outros Órgão de fomento e desenvolvimento agropecuário. Código: 0-30 Motivo da desoneração do ICMS. 49/101

50 Utilitários e Motocicletas da Amazônia Ocidental e Áreas de Livre Comércio (Resolução 714/88 e 790/94 CONTRAN e suas alterações). SUFRAMA Outros Códigos: 0-40, 0-41 e 0-50 Motivo da desoneração do ICMS. Táxi Produtor Agropecuário Frotista/Locadora; Diplomático/Consular Utilitários e Motocicletas da Amazônia Ocidental e Áreas de Livre Comércio (Resolução 714/88 e 790/94 CONTRAN e suas alterações). SUFRAMA Venda a Órgão Público Outros. (NT 2011/004) Deficiente Condutor (Convênio ICMS 38/12) Deficiente Não Condutor (Convênio ICMS 38/12) Código: 0-70 Motivo da desoneração do ICMS. Uso na agropecuária Outros Órgão de fomento e desenvolvimento agropecuário. Código: 0-90 Motivo da desoneração do ICMS. Uso na agropecuária Outros Órgão de fomento e desenvolvimento agropecuário. 50/101

51 IPI Tributado: Habilite esta opção caso o IPI seja tributado para esta situação. IPI na Base de Cálculo do ICMS Tributado: Habilite esta opção caso esta situação possua tributação do IPI na base de cálculo do ICMS. Simples Nacional: Se marcada esta opção, o cálculo da Substituição Tributária respeitará este parâmetro, desde que no cadastro da empresa em Cadastro\Geral\Empresas, também esteja marcada a opção de Simples Nacional. Quadro Substituição Tributária: Alíquota ICMS: Informe a alíquota para ICMS no regime do simples nacional. Este tipo de substituição por dentro e por fora, não há previsão na legislação. Para fins de complementação do assunto, existem dois cálculos que poderá inserir na regra. O Cálculo do ICMS ST pelo valor de pauta e o cálculo para o Simples Nacional: Regra de cálculo pelo preço de pauta: Valor do produto X Valor constante em pauta = Base de Cálculo ST. Valor do ICMS ST: Base de Cálculo ST x Alíquota do produto ICMS próprio. Regra de Cálculo para o Simples Nacional: Com preço sugerido (Cálculo pelo Valor de Pauta) O valor do imposto devido por substituição tributária corresponderá à diferença entre: O valor resultante da aplicação da alíquota do produto no estado detentor da competência tributária, sobre o preço máximo de venda a varejo fixado pela autoridade competente ou sugerido pelo fabricante, ou sobre o preço a consumidor usualmente praticado; e O valor resultante da aplicação da alíquota de 7% (sete por cento) sobre o valor da operação ou prestação própria do substituto tributário. Sem preço sugerido (Cálculo pela Margem de Valor Agregado) Na hipótese de inexistência de valores de pauta, o valor do ICMS devido por substituição tributária será calculado da seguinte forma: Imposto devido = [base de cálculo x (1,00 + MVA) x alíquota interna] - dedução, onde: I "base de cálculo" é o valor da operação própria realizada pela ME ou EPP substituta tributária; 51/101

52 II "MVA" margem de valor agregado, divulgada pelo ente a que se refere o 8º; III "alíquota interna" é a do ente a que se refere o 8º; IV "dedução" é o valor mencionado no inciso II do 9º Centros de Custos Os centros de custos destinam-se ao registro dos custos que, por motivos técnicos ou econômicos, não podem ser atribuídos diretamente às unidades de custo, ou seja, aos contratos de clientes. Os centros de custo são estabelecidos, por exemplo, para as unidades organizacionais da empresa (Direção, direções departamentais, divisões, divisões regionais, unidades, etc.). Código: Código sequencial sugerido pelo sistema. Descrição: Informe um nome para o Centro de Custo. Esta informação será requerida no cadastro de notas fiscais, pedidos, orçamentos, etc. Data limite: Informe a data que determinará até quando este centro de custo poderá ser utilizado, assim o sistema não permitirá cadastrar produtos neste centro de custo com data posterior a data limite. É comum utilizar quando o centro de custo corresponde a um projeto com data de entrega determinada, ou seja, a partir da data estipulada o projeto não pode mais receber custos, despesas ou receitas. Código Cordilheira: Informe o código do centro de custo conforme cadastro realizado no Cordilheira Sistema Contábil. 52/101

53 Conta Contábil: Informe a conta contábil correspondente a este centro de custo, conforme cadastro do plano de contas no Cordilheira Sistema Contábil Moedas e Índices Registra as moedas e os índices que serão utilizados no sistema pela empresa. QQuadro Principais: Moeda/Índice: Informe um código ou nome para a moeda ou índice. Descrição: Informe a descrição completa da moeda ou índice. Símbolo: Informe o símbolo da moeda. Quadro Extenso e Centavos: Singular: Informe o extenso da moeda e dos centavos no singular. Plural: Informe o extenso da moeda e dos centavos no plural. Quadro Tipo da Cotação: Selecione o tipo da cotação: 53/101

54 Quadro Forma de Cadastrar as Cotações: Obrigatório: O cadastro da cotação será solicitado diariamente, através de um alerta sempre que acessar qualquer rotina do sistema. Não será possível utilizar a moeda sem que antes seja informada a respectiva cotação. Facultativo: Deve ser utilizada para moedas com cotação diária ou mensal, no entanto, o sistema não irá alertá-lo em nenhum momento que a moeda está sem cotação. Sem Cadastro: nunca solicitará cotação, geralmente utilizada para moeda nacional. Quadro Tipo: Selecione o tipo da cotação, podendo ser Valor (Ex.:Dolar) ou Porcentagem (Ex.: UFESP) Medição Diária de Produtos Nesta rotina será possível informar qual o critério de avaliação que o produto sofrerá e qual item de qualidade daquele produto deve ser levado em conta para validação. Data: Campo de preenchimento automático com a data atual, mas permite alteração, informe o Produto e o Item. 54/101

55 Quadro Controle de Qualidade: Informe número do item para o Controle de Qualidade do produto, o sistema preenche os campos do quadro Valores, de acordo com os dados informados no cadastro de produtos na guia Controle de Qualidade e informe o Vlr. Leitura Produtos Equivalentes Vincula produtos aos componentes de um Produto Acabado ou Subconjunto. Produto: Selecione um produto acabado ou um subconjunto. Caso este possua componentes cadastrados no sistema em Cadastros/Produtos/Cadastro de Produtos, na Guia Árvore/Kit, serão apresentados na tela. Clique sobre o item desejado e em seguida no botão Selecionar, uma nova tela será aberta onde serão feitos os vínculos, ou seja, onde será informado qual(is) produto(s) é(são) equivalente(s) ao componente selecionado. Poderão ser usados: Matéria Prima, Consumo, Subconjuntos, Produtos Acabados, etc. Poderá ser alterada a ordem de prioridade dos produtos vinculados através das setas. A inclusão definitiva somente é feita após clicar no botão Gravar Vinculação Local X Produto 55/101

56 Através desta rotina, pode-se vincular um produto ou grupo de produtos a um determinado local de armazenagem para utilização nas movimentações do sistema, tendo como objetivo saber o saldo em estoque de um determinado local Produtos X Código Referência Realiza a vinculação dos produtos do Fox com códigos de referências de produtos de outros sistemas. Um mesmo produto poderá ter mais de uma referência, esta referência está limitada a 30 caracteres em formato alfanumérico (letras ou números) Genéricos Os cadastros deste menu são compartilhados com todos os módulos do FOX (Estoque, Compras, Vendas/Faturamento, Financeiro, Produção e Assistência Técnica). 56/101

57 1.13. Projetos: O objetivo deste cadastro é controlar a movimentação de estoque por projeto. Através do relacionamento dos projetos com os locais de armazenagem o usuário poderá controlar os produtos movimentados para esse local e consequentemente do projeto. Para o sistema FOX o conceito de projeto é aplicado no módulo Estoque, porém, possuí relação com os demais módulos Tipos Globais Os tipos globais são utilizados nos lançamentos e movimentações no sistema FOX. O tipo Fatura vem pré-cadastrado, mas permite cadastrar outros tipos se necessário. 57/101

58 1.15. Feriados Registra todos os feriados do ano calendário, o que viabilizará os cadastros de orçamentos, pedidos, etc., pois o sistema alertará o usuário caso o dia de vencimento, por exemplo, seja um feriado. Também poderão ser registrados como feriado os dias de festividade que a empresa não terá expediente ou ponto facultativo. DICA: Selecione a opção Feriado Fixo para que o sistema duplique o feriado nos anos seguintes Observações Registra as observações que poderão ser utilizadas no sistema com a finalidade de agilizar os lançamentos. Posteriormente poderão ser inseridas em Notas Fiscais, Pedidos, Orçamentos, etc. 58/101

59 1.17. Configuração Geral As informações registradas nesta rotina servirão para configurar todos os módulos do Fox Guia Geral 59/101

60 Notas que possuírem Carta de Correção poderão ser alteradas: Possibilita que Notas Fiscais que já possuem carta de correção possam ser alteradas. Imprime Razão Social no Complemento da Integração Contábil: Demonstrará no complemento dos lançamentos a razão social dos Clientes e Fornecedores ao invés do nome fantasia (apelido), que é o padrão. Utiliza Pagamento a Fornecedores: Quando habilitada, permite a integração com o sistema de pagamentos PAGFOR. Esta integração está disponível somente para o Banco Bradesco. Visualizar somente Movimentações não Conferidas: Para o Fox, o termo Movimento Conferido, significa o fechamento do módulo, ou seja, a segurança de que nenhum dado possa ser alterado após a marcação do fechamento. Habilitando esta configuração, quando acessar a rotina Módulos / Movimento Conferido e pressionar F3, o sistema demonstrará somente as movimentações que ainda não foram encerradas. 60/101

61 Utiliza Impressora de Cheque: Esta opção habilita a guia Impressora de cheque, no Módulo Financeiro, em Relatórios/ Cheques. Mostrar todos os tipos de produtos em Compras/Vendas: Na consulta de um produto nos Módulos de Compras e Vendas serão mostrados todos os produtos independente do tipo. Exemplos: produto acabado, consumo, matéria prima, etc. Permitir que seja feita uma nota complementar sem informar o número da nota que está complementando: No cadastro das Notas Fiscais, na guia Adicionais, quando seleciona a situação Complementar/Transf. ICMS, são habilitados os campos Tipo de Registro, Número e Natureza da Operação. Esta opção permite gravar a Nota Complementar sem informar o número da Nota que está sendo complementada. Realiza Operação Triangular: Trata operações trianguladas nas Compras e Vendas. Quando habilitada esta configuração, no módulo Compras, em Módulos/ Notas Fiscais de Compra, na guia Adicionais, é habilitada a opção 'Mercadoria de propriedade de terceiro', e o campo 'Empresa' para seleção da empresa proprietária. Observações: Nas Notas Fiscais de retorno, quando é informado o número da Nota Fiscal ou utilizada a pesquisa o sistema apresentará o código do fornecedor e da empresa proprietária da mercadoria na pesquisa. Quando a Nota Fiscal de entrada possuir esta situação o sistema permitirá o retorno da mercadoria para a empresa proprietária. A natureza de operação deve estar marcada com a opção de Remessa/Retorno ou dependendo do caso Beneficiamento. Preencher automaticamente campo número no filtro para impressão de documentos no ReportX View: Nos cadastros de Compras e Vendas (Pedidos, NF, Orçamentos, Serviços, etc.) ao clicar no botão para IMPRIMIR o registro, o número do documento será trazido automaticamente para emissão, sem a necessidade de digitá-lo. Utilização do Horário de Verão: Configuração automática do sistema. Quando o Conceito da Empresa estiver Bloqueado (Travar, Travar com Senha, Só avisar, Não avisar): Esta configuração diz respeito ao cadastro de empresas em Cadastros/ Gerais/ Empresas, na guia Específicos. Existe a opção 'Cliente/Fornecedor Bloqueado', e acima um campo chamado 'Conceito'. A informação do campo Conceito será exibida nas movimentações quando selecionada a empresa bloqueada, e também procederá de acordo com a opção selecionada: 61/101

62 Travar Travar com Senha Só avisar Não avisar Exibe a mensagem e não permite continuar a operação. Exibe a mensagem, mas permite o usuário continuar a operação mediante a informação de uma senha. Avisa que a empresa está bloqueada mas permite continuar a operação. Permite efetuar a operação e não avisa que a empresa está bloqueada. Solicitar Senha para os (Níveis/Usuários) de Vendas: No caso da opção Travar com senha (conforme configuração acima), informe quais usuários ou qual nível de acesso pode liberar este Fornecedor/ Cliente. Os nomes dos usuários ou níveis (grupos) podem ser incluídos separados por ponto e vírgula (;). Controla projeto: S/N Informando SIM, o sistema permitirá o cadastro de projetos em Cadastros/ Genéricos/ Projetos, e nos cadastros de Notas Fiscais, apresenta a coluna Projeto para vinculação junto ao local. Incluir NCM em Observações de Notas Fiscais: S/N Caso o NCM já venha impresso na Nota, configurar no cadastro do NCM, no módulo Estoque, para não incluir o NCM nas Notas Fiscais para que desta forma não duplique a informação na emissão da NF. Confirmar Alteração de Ambiente (Homologação, Produção): O sistema permite alterar o tipo de ambiente para a geração das Notas Fiscais Eletrônicas, podendo ser: Homologação Produção Exibe a mensagem: O sistema esta configurado para ambiente de Homologação. Os documentos eletrônicos gerados não tem validade jurídica. Exibe a mensagem: O sistema esta configurado para ambiente de Produção. 62/101

63 Guia Geral - Itens Calcular descontos do item pelo Valor (Unitário/Total): Selecione a opção que a empresa utiliza, levando em consideração que a forma de cálculo do desconto pode gerar diferenças de centavos. Observe o exemplo abaixo. Cálculo de desconto pelo valor unitário, considerando o desconto de 5%: Item Valor do item (R$) Desconto (R$) Item 1 Item 2 100,00 5,00 685,73 34,29 Item 235,16 11,76 63/101

64 3 Total 1020,89 51,05 Cálculo de desconto pelo valor total, considerando o desconto de 5%: Total dos itens Desconto Valor total (R$) 1020,89 51,04 Ação ao encontrar casas adicionais ao calcular o desconto (Arredondar/Desprezar): Escolha a opção utilizada pela empresa. Tratar Códigos Similares (S/N): Se marcada esta opção o sistema fará o tratamento do respectivo código nos módulos Compras e Vendas, conforme abaixo: No módulo Compras, em Módulos/ Compras/ Requisições, Cotações, Pedidos de Compra e Notas Fiscais, será habilitada a coluna 'Cód Similar', após a coluna 'Produto', onde poderá ser efetuada a pesquisa dos produtos Similares através das teclas Alt + PageDown. No módulo Vendas, em Módulos/ Vendas/ Orçamentos, Pedidos de Venda e Notas Fiscais, será habilitada a coluna 'Cód Similar', após a coluna 'Produto', onde poderá ser efetuada a pesquisa dos produtos Similares através das teclas Alt + PageDown. Importante: No módulo Estoque, em Cadastros/ Vinculação/ Produtos x Código de Referência, deverão ser vinculados os produtos com seus respectivos códigos de referência (produtos similares). Utiliza Complemento de Item: Habilitando esta configuração será criado o campo Complemento ao lado da descrição do produto dentro dos 'grids' de compras. Neste campo podemos definir uma descrição complementar do produto para cada caso específico. Permite alterar Descrição do Produto em Compras/Vendas: Habilitando esta configuração será possível alterar a descrição do produto no momento da digitação nos 'grids' de compras ou vendas. 64/101

65 Utiliza desconto em valor: Habilita no 'grid' de compras/vendas o campo Valor do Desconto, e conforme o valor informado o líquido é calculado. Utiliza desconto em porcentagem: Habilita no 'grid' de compras/vendas o campo Porcentagem do Desconto, e conforme o percentual informado o líquido é calculado. Solicita confirmação de produto repetido nos cadastros de Vendas e Compras: No caso de informação de produtos repetidos o sistema alertará, permitindo confirmar a inclusão, se necessário. Complemento da Natureza de Operação Padrão a ser sugerido: Informe o complemento da Natureza de Operação a ser sugerido, exemplo "A". Será usado quando for necessário criar mais de uma natureza de operação com o mesmo número (5102, 5102-A), definindo uma letra como complemento. Nesta configuração podemos especificar qual letra (complemento) poderá ser sugerida no momento da digitação de um produto em compras e vendas. Utiliza Sugestão Automática de Lote/Série pelo PEPS (FIFO): Para utilizar esta opção as opções Utiliza lote nas movimentações e/ou Utiliza série nas movimentações precisam estar selecionadas. O sistema vai sugerir o lote e a série utilizando o método PEPS (Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair). Utiliza Localização no Estoque dos Produtos: Habilita o campo Localização do Produto, na rotina Lote/Série de Notas Fiscais. A rotina é aberta através do botão. Utiliza Auto complemento de Empresa em Vendas/Compras: Habilitando esta configuração o sistema complementará o nome da empresa após a digitação de cada caractere, sempre buscando o próximo. Ex.: Ao digitar EB, o sistema exibirá EBS que é o cliente cadastrado na base de dados. Este auto complemento está disponível no campo empresa de todos os cadastros em compras e vendas Guia Cálculos 65/101

66 Quadro IPI: Arredondar valores: Arredondará o valor do IPI calculado. Incluir a despesa financeira no valor unitário: Nesta configuração a despesa financeira cadastrada na condição de pagamento será inclusa no valor unitário do produto. Calcular IPI pelo total de mercadorias quando for mesma alíquota para todos os itens: Dentro do cadastro de notas fiscais de entrada e saída, quando houver vários produtos com a mesma alíquota de IPI, o sistema então irá calcular pelo total das mercadorias quando os itens forem para revenda e pelo total da nota quando os itens forem de consumo. Quantidade de casas decimais: Quantidade de casas decimais para o valor do imposto. Quadro ICMS: Arredondar valores: Arredondará o valor do ICMS calculado. Calcular ICMS pelo total de mercadorias quando for mesma alíquota para todos os itens: Dentro do cadastro de notas fiscais de entrada e saída, quando houver vários 66/101

67 produtos com a mesma alíquota de ICMS, o sistema então irá calcular pelo total das mercadorias quando os itens forem para revenda e pelo total da nota quando os itens forem de consumo. Quantidade de casas decimais: Quantidade de casas decimais para o valor do imposto Guia Comissões Quadro Percentual à pagar: Defina o percentual da comissão sobre a venda e quando será calculado. Poderá informar o percentual integral da comissão em apenas uma das opções, ou dividir o percentual conforme a necessidade da empresa. Por exemplo, 25% na emissão do pedido e 25% no pagamento da duplicata. Opções: 67/101

68 Na emissão do pedido (%); Na emissão da nota (%); No pagamento da duplicata (%); Pagar comissão na emissão do cupom fiscal (FOX Varejo). Importante: Caso opte pela opção de pagamento da duplicata, o lançamento da comissão poderá ser efetuado de forma automática no momento da baixa da duplicada no módulo Financeiro, para que isto ocorra, selecione a opção AUTOMÁTICA logo abaixo, em Geração de Lançamentos. Quadro Base do IRRF: Código do serviço para cálculo de IRRF: Selecione o código do serviço PageDown que será utilizado para cálculo do IRRF sobre a comissão. Quadro Gerar Financeiro: Gerar comissão à pagar no Financeiro: Se marcada esta opção gera a comissão a pagar no módulo Financeiro. Quadro Base de cálculo para comissão (Total da Nota ou Total do Pedido): Na coluna Excluir da Base, selecione os tributos que serão descontados da base de cálculo da comissão: ICMS, ICMS de Substituição, PIS, IPI, COFINS, ISS e IRRF. Na coluna Incluir na Base, selecione as opções que serão somadas na base de cálculo da comissão: Juros e Multa, Abatimentos, Seguro, Descontar Comissão no caso de Devolução, Frete e Despesas Acessórias. Importante: A opção de Descontar comissões no caso de devolução, influirá no relatório de comissões. Será apresentado mais uma quebra denominada Devoluções na qual serão impressos os valores de comissões a serem descontadas com sinal negativo. Quadro Lançamentos no Financeiro: Geração de Lançamentos (Manual/Automática): 68/101

69 Manual Automática O usuário deverá acessar o módulo Vendas, em Relatórios/ Comissões, e na guia "Geração de lançamentos" solicitar a geração do valor a ser pago. Os lançamentos de comissões serão gerados automaticamente na baixa da duplicata através do módulo Financeiro. Dias adicionais para Geração: No caso da geração automática, informe quantos dias adicionais a partir da baixa devem ser considerados para a geração da comissão. Cálculo diferenciado para supervisor: Se marcada, e no módulo Vendas, em Cadastros/ Vendedores, estiver selecionado o Tipo Supervisor, este terá um cálculo diferenciado no pagamento das comissões, influenciando diretamente no valor pago aos demais Vendedores cadastrados. Importante: Se uma determinada venda for efetuada por um Supervisor e um Vendedor, o valor da base para cálculo e pagamento das comissões para o Supervisor será o valor total da Nota Fiscal, para o Vendedor será o valor da Nota Fiscal menos o valor da comissão paga ao Supervisor. Divide o valor base da comissão entre os vendedores: Se marcada, a base de cálculo das comissões dos Vendedores será dividida pelo número de vendedores participantes da venda, limitado a 3 vendedores. Habilitado somente se selecionada a opção de Cálculo diferenciado para supervisor Guia Produtos 69/101

70 Código do produto: Podemos definir neste campo a máscara do código de produto a ser utilizada. Informe 9 para números e A para letras. Exemplo: Os códigos a serem utilizados são UIC Informe então no campo AAA Podem ser usados outros caracteres para compor a máscara, exemplo: AAA!9999. Exibir último Produto Cadastrado: Quando habilitado este check box; no cadastro de produtos, em Cadastros/ Produtos, o sistema mostrará o último produto cadastrado independente da máscara de produtos. Ult. Prod. Cadastrado: De acordo com configuração anterior, o sistema efetuará o registro do último produto cadastrado podendo este ser alterado pelo usuário gerando nova sequencia. A descrição do produto pode estar dividida em três linhas, onde cada linha pode conter até 40 caracteres. Informe nas configurações Primeiro Campo, Segundo Campo e Terceiro Campo, a linha apropriada e ao lado a quantidade de caracteres respectivamente. Defina também a separação das linhas por espaço conforme os campos Primeiro Separador e Segundo Separador. 70/101

71 Utiliza Margem de Venda: Nesta configuração será habilitado o controle da margem dos produtos. A margem será importante para o cálculo dos custos, comissões e simulações. Esta simulação poderá ser feita dentro do cadastro dos produtos. Utiliza Unidades Personalizadas: Marque esta opção caso a empresa utilize formas de medidas diferenciadas. Ex: Cabos elétricos normalmente são medidos em metros, mas a empresa pode optar em vender por kg, sendo assim, poderá ser efetuada a conversão, especificando quanto corresponde em metros 1kg de cabo. Serão habilitados os campos: 'Unidade Entrada', 'Unidade Auxiliar' e 'Unidade Auxiliar1' nos lançamentos de Orçamentos, Pedidos de Venda e Nota Fiscal. Essas informações também deverão ser inseridas no cadastro do produto, em Cadastros/ Produtos/ Cadastro de Produtos, guia Geral. Para que possa ser realizada a conversão de unidades no momento do lançamento de saída, marque também a opção 'Utiliza Conversão de Unidades' em Cadastros/ Configuração Vendas, guia Vendas - Itens. Para ser realizada nos lançamentos de entrada, marque esta mesma opção em Cadastros/ Configuração Geral/ Compras Itens. Controla Licença de Produtos: Habilita o campo Obrigatório Cadastro de Licença no Cadastro de Produtos. Utiliza Código de Barras: Habilitando esta configuração poderá ser cadastrado o código de barras do produto na guia detalhes. Produto Padrão para Geração de KIT: Selecione o produto que será utilizado como referência na montagem de novos kits na elaboração de Orçamentos de Vendas. Os produtos devem estar com o tipo Kit para busca e seleção. Arredondamento do valor do produto em N Decimais: Informe quantas casas decimais devem ser consideradas para o arredondamento do valor do produto. Quantidade do produto com N Decimais: Informe quantas casas decimais devem ser consideradas para a quantidade do produto. Outras informações (01-10): Nesta configuração pode-se criar até 10 campos conforme a necessidade na implantação. Estes campos ficarão dentro do cadastro de produtos em uma nova guia chamada outras informações. Para criar, clique com o mouse sobre o primeiro campo e navegue através da tecla TAB para criar o próximo. Permitir basear-se em outro Produto para Peso e Valor: Selecionando esta opção o sistema irá permitir basear-se em outro produto para o peso e valor. 71/101

72 Habilita Valores Promocionais: Selecionando esta configuração será habilitado o controle de valores promocionais dentro do cadastro de produtos, na guia valores, podendo informar valor e data de validade promocionais. Mostrar todos os tipos de produtos em Compras/Vendas: Habilitando esta configuração serão mostrados no momento da pesquisa, todos os produtos independente do tipo. Embutir Comissão, ICMS e Outros Impostos para Composição do Preço (Venda ou Atacado/Varejo): Habilitando esta configuração, o sistema irá agregar no valor de venda base para atacado e varejo a comissão cadastrada para os vendedores, o ICMS do Estado e os outros impostos cadastrados na guia estoque. Outros Impostos para Composição do Custo (%): Informe o percentual adicional de outros impostos para composição do custo dos produtos. Este custo poderá ser visualizado através da simulação no cadastro de produtos clicando no botão Mostra preço de custo e preço sugerido. Outras Despesas para Composição do Preço: Informe o percentual de outras despesas para composição do preço de venda (Exemplo: CPMF = 0,0038). Porcentagem de Custo Indireto: Informe o percentual dos custos referente ao processo de produção de um produto acabado. Tipo de Conversão para Compras e Vendas: A conversão de unidades é realizada no cadastro das notas fiscais, tanto de compras como de vendas, através de uma tela que será apresentada após a informação da quantidade. Essa tela só será apresentada quando efetuadas algumas configurações (ver 'Informações Importantes' logo abaixo). O formato da tela será baseado no tipo de conversão a ser utilizada, que pode ser: Conversão Múltipla Conversão Simples Possibilita escolher no momento do cadastro da nota fiscal qual a unidade de venda a ser utilizada. O fator para conversão da unidade deverá estar informado em Cadastro/ Produtos/ Unidades. A quantidade informada no cadastro da nota fiscal será multiplicada pelo fator definido no cadastro de unidades. Com esta opção é possível ter cadastrado vários fatores para conversão em outras unidades de medida. No momento do cadastro da nota fiscal, após informar a quantidade, na tela aberta serão solicitados os elementos que farão parte da operação de conversão, conforme a fórmula cadastrada 72/101

73 em Cadastro/ Produtos/ Unidades. Ex.: Se informar 10 no campo quantidade (Fórmula = Campo1 * Campo2 + Campo3), no campo1 será trazido 10, deve-se então informar os valores dos campos 2 e 3, por exemplo: 3 e 1. Então: 10*3+1=31, este será o novo valor do campo quantidade, já convertido para a unidade de venda. Nenhuma Não efetua conversão de unidades. Informações Importantes: Para a conversão de Unidades deve-se observar os seguintes cadastros: Configuração Geral guia produtos: Marcar a opção 'Utiliza Unidades Personalizadas', para que seja possível informar a 'Unidade Entrada' e 'Unidade Auxiliar' no cadastro do produto, em Cadastro/ Produtos/ Cadastro de Produtos, guia Geral. Configuração de Vendas guia NFs de Venda - Itens: Marcar a opção 'Utiliza unidades personalizadas de produto em Notas Fiscais de Saída', para que os campos de unidades personalizadas sejam exibidos na tela de Notas Fiscais. Configuração de Vendas guia Vendas - Itens: Marcar a opção 'Utiliza Conversão de Unidades', para que o sistema apresente a tela de cálculo da conversão de unidade, no de cadastro de Notas Fiscais. O valor digitado no campo 'Quantidade' será substituído pelo valor convertido. Se informado algum valor no campo 'Formato Descrição', do cadastro de Unidades, este será apresentado no campo 'Qtd. Un. Entrada'. Configuração Geral guia Compras - Itens: Marcar a opção 'Utiliza Conversão de Unidades', para que o sistema apresente a tela de cálculo da conversão de unidade, no de cadastro de Notas Fiscais. Produtos/ Unidades: Cadastrar os campos personalizados e as respectivas fórmulas ou fatores de conversão. Este cadastro deve ser realizado antes de informar os campos de unidades do cadastro de produtos. Produtos/ Cadastro de Produtos: Preencher os campos: 'Unidade' e 'Unidade Entrada' Guia Entrada e Saídas 73/101

74 Controlar Centro de Custo em Entradas/Saídas: Exibe o campo Centro de Custo na movimentação de entradas/saídas. Gravar Valor de Compra e Calcular Valor de Venda na Entrada: Gravará o valor da compra no cadastro de produtos e através da composição/sugestão de preço, calculará o valor de venda. Utiliza Sugestão Automática de Lote/Série pelo PEPS nas saídas: Conforme a máscara definida no módulo Vendas, em Cadastros/ Configuração Vendas/ Notas Fiscais de Venda - Itens, campo Máscara para Lote em Vendas Guia Serviços 74/101

75 Gravar Informações de Retenções nas Observações: Quando habilitada esta configuração, as observações de retenções de impostos de serviços serão transportadas para o campo de observações da Nota Fiscal. Imposto de Renda Retido na Fonte: Habilita o tratamento para este imposto na base de dados. Imposto de Retenção para Seguridade Social: Habilita o tratamento para este imposto na base de dados. Quadro Impostos: 75/101

76 Valor Mínimo para o DARF de IRRF: Informe o valor mínimo para emissão da DARF quando lançado IRRF nas notas de serviço. Valor Mínimo para a guia de INSS: Informe o valor mínimo para emissão da GUIA de INSS referente as notas de serviço. Valor mínimo para retenção de PIS/COFINS/CSLL: Informe o valor mínimo para retenção de PIS, COFINS e CSLL lançados nas Notas de serviço. Este parâmetro tem por finalidade efetuar o controle das retenções dos impostos (PIS, COFINS e CSLL). Até o valor mínimo (R$ 5.000,00) não deve ser destacado base de cálculo, PIS, COFINS e CSLL na Nota, ou seja, a retenção é ZERO. A partir de R$ no mês os valores que não foram retidos nas Notas anteriores deverão ser retidos na primeira nota que ultrapassar R$ 5000,00 no mês desde que o seu valor seja superior ao valor da retenção, se for não for superior, a próxima Nota fará a retenção. Os valores referentes aos impostos retidos serão demonstrados na guia Observações, destacando cada um em separado bem como a retenção de Outros e sua descrição conforme informado no cadastro do Código de Serviço, esta alteração fez-se necessária para manter a compatibilidade com as versões anteriores do sistema. Importante: Verificar se no módulo Vendas, em Cadastros/ Serviços, no cadastro do Código do Serviço, foram informadas as alíquotas de tributação para os impostos. Quadro Itens: Quantidade Máxima de Itens: Insira o número de itens (serviços) suportados de acordo com o modelo de Nota Fiscal do cliente a ser formatado pelo ReportX Wizard. Utiliza orçamento no item de pedido: Habilitando esta opção, serão criados campos nos grids de serviços dentro da rotina de pedidos, permitindo assim a busca do produto através do orçamento gerado anteriormente. Você pode gerar um pedido através de um orçamento acessando também a rotina de Módulos/ Outros - Serviços/ Geração de Notas Fiscais, no módulo Vendas. Utiliza Pedido no item da nota fiscal: Habilitando esta opção, serão criados campos nos grids de serviços dentro da rotina de Notas Fiscais, permitindo assim a busca do serviço através do pedido gerado anteriormente. Você pode gerar uma Nota Fiscal através de um pedido acessando também a rotina de Módulos/ Outros - Serviços/ Geração de Notas Fiscais, no módulo Vendas. 76/101

77 Não considerar valores negativos no total da nota: Habilitando esta opção, os valores negativos não serão considerados na totalização da Nota. Natureza de Operação Padrão: Informe a Natureza de Operação que será padrão para emissão de Notas Fiscais de Serviços Guia Contas Fixas As despesas com custos fixos são de inteiro domínio da empresa, portanto são totalmente administrativas. Controlar Centro de Custo: Se habilitada permitirá que o cliente cadastre os centros de custos no módulo Financeiro, em Módulos/ Contas a Pagar/ Contas Fixas/Previsão. Gerar Lançamentos de Contas Fixas a cada mês: Habilitando esta opção, quando o usuário acessar o sistema Fox pela primeira vez no mês, o sistema lerá todos os 77/101

78 lançamentos cadastrados no módulo Financeiro, em Módulos/ Contas a Pagar/ Contas Fixas/Previsão, e cadastrará um lançamento, gravando os mesmos em Módulos/ Contas a Pagar/ Lançamentos a Pagar ou Pagos, e também em Módulos/ Contas a Receber/ Lançamentos a Receber ou Recebidos Guia Bancos Quadro Processamento de Boleto por: Vencimento: Ordena a geração dos boletos de acordo com o vencimento. Código/Nota: Ordena a geração dos boletos de acordo com o código/nota. 78/101

79 Guia Duplicatas e Contas Controlar Centro de Custo: Habilitando esta opção será possível cadastrar centros de custos e efetuar rateios no módulo Financeiro, nas rotinas: Módulos/ Contas a Pagar/ Duplicatas a pagar ou pagas e Lançamentos a pagar ou pagos, Módulos/ Contas a Receber/ Duplicatas a receber ou recebidas e Lançamentos a receber ou recebidos, Módulos/ Bancos/ Movimentação de Entrada e Movimentação de Saída. Sequenciar Lançamentos de Entrada e de Saída: Se habilitada, proporciona uma auto numeração das rotinas de lançamentos a pagar e a receber. Caso contrário, o usuário pode informar à numeração que desejar para seus lançamentos. Utiliza modelos específicos para Relatório de Controle Financeiro: Habilitando esta opção, serão disponibilizadas três rotinas nos cadastros do módulo Financeiro: Modelos, Grupos auxiliares e Contas auxiliares. Estes cadastros são úteis aos clientes que querem criar modelos de relatórios seguindo a estrutura do plano de contas financeiro. Estes modelos podem utilizar ainda a soma das contas financeiras escolhidas do plano. 79/101

80 Dias de Antecedência: Número de dias que o sistema trará o alerta, antes da data do vencimento (padrão de 5 dias). Avisar apenas aos: Usuário, Grupo. Este alerta pode ser direcionado apenas aos usuários ou a um grupo de usuários cadastrados no Gerenciador de Sistemas, em Usuários. Lista de usuários válidos: Neste campo, conforme a escolha da opção anterior, especifique quais usuários receberão os alertas de contas vencidas. Note que para cada usuário ou grupo colocado neste campo é necessário separá-los com ponto e vírgula (;) Guia Ordens de Produção Adicionar virtual somente na baixa do produto acabado da ordem de produção: Se habilitado, o sistema irá alimentar o estoque virtual do produto acabado juntamente com o real no momento da baixa da ordem de produção. 80/101

81 Quantidade de Ordens de Produção para determinar o custo real: Informe a quantidade de OPs dependendo da movimentação dos produtos acabados. Em todos os relatórios de custos o sistema vai se basear neste número, podendo ser até 99 OPs. Quando o Estoque do Produto for inferior a quantidade solicitada (Travar, Travar com Senha, Só avisar, Não avisar): Habilitando esta configuração, e conforme a opção escolhida, o sistema irá ou não controlar o saldo da matéria-prima no momento da produção verificando se os componentes do Produto Acabado possuem estoque suficiente para a produção. Esta verificação tomará como base a quantidade definida da matéria-prima para produção de um Produto Acabado, no seu cadastro em Cadastros/ Produtos. Ao escolher a opção Travar com Senha, informe na configuração abaixo: Informe os níveis ou usuários que o sistema deverá solicitar senha, quais usuários ou níveis de acesso poderão liberar o estoque. Número de Etapas Padrão por Sequências de Centro de Trabalho: Informe a quantidades de períodos (turnos) que a produção levará para concluir esta fase da produção. Permitir iniciar sequência de Centro de Trabalho apenas se anterior já tiver sido iniciada: Indica que no apontamento de uma OP, o sistema bloqueará o apontamento para a próxima etapa se a anterior não for concluída (data término). Utiliza Tipo de Registro em Ordem de Produção: Habilitado esta configuração poderemos efetuar o controle das movimentações registradas nas ordens de produção pelo tipo global. O padrão do FOX é o tipo fatura, podendo ser cadastrados mais tipos em Cadastros/ Genéricos/ Tipos Globais. Tipo de Registro Padrão em Ordem de Produção, quando não utilizar Tipo de Registro (Fatura / Outros): Selecione um tipo de registro que ficará padrão para o registro das Ordens de Produção. Conversão de Unidades na Produção: S/N Baixa de Componentes: Selecione uma das opções, sendo: Manual Automática O usuário deverá preencher manualmente a Quantidade Retirada. Quando o usuário informar as baixas o sistema calculará a quantidade do componente necessário para a produção e 81/101

82 alterar essa quantidade como sendo retirada no grid de componentes Guia Empresas Máscara do Apel da Empresa: Neste campo será definido o formato do campo Fantasia. Trata-se de um campo chave no cadastro de empresas (clientes e fornecedores), pois possibilita a definição do formato do nome fantasia da empresa. O campo é alfanumérico, ou seja, aceita inserir letras e números, e suporta até 15 caracteres. Utilizar auto numeração no campo Fantasia: Se habilitada, a numeração para novos cadastros será fornecida pelo sistema. Controlar Direitos Autorais: Esta opção é utilizada por editoras. 82/101

83 Exibir última fantasia cadastrada: No cadastro da empresa será mostrado o nome de fantasia da última empresa cadastrada. Controlar Crédito de Empresas com Valor de Crédito zerado: Habilitando esta configuração o sistema controlará os clientes que estão com informação de limite de crédito igual a zero e exibirá um alerta no momento da gravação de um pedido, orçamento ou nota fiscal da mesma. O limite de crédito é informado em Cadastros/ Geral/ Empresas/ Específicos. Solicitar Senha para os Usuários/Níveis na Alteração de Crédito da Empresa: Informe quais usuários terão permissão para alterar o Crédito no cadastro da empresa, em Cadastros/ Geral/ Empresas/ Específicos. Caso precise informar mais de um usuário separe os nomes por ponto e vírgula (;). Exibir Duplicatas por Empresa: Habilitando esta configuração o sistema exibirá a guia Duplicatas por Empresa, no cadastro da mesma, contendo um histórico de todas as duplicatas emitidas para a empresa. Esta guia é alimentada automaticamente de acordo com as duplicatas geradas no sistema. As configurações citadas a seguir obrigam o preenchimento de um determinado campo no cadastro da empresa. São elas: Não permitir gravar sem Vendedor informado; Não permitir gravar sem Condição de Pagamento informada; Não permitir gravar sem Tabela de Preços informada; Não permitir gravar sem Transportadora informada; Não permitir gravar sem Conta informada; Não permitir gravar sem Banco informado; Quadro Reajuste de Duplicatas: Índice padrão Data Base 1 e Índice padrão Data Base 2: Informar qual data base e índice padrão para reajustes de duplicatas. Usuário(s)/Nível(s) para liberação de empresas com CNPJ/CPF inválido/branco/duplicado: Informe neste campo quais usuários poderão liberar o cadastro de uma empresa quando o número do CNPJ ou CPF estiver inválido, já 83/101

84 cadastrado para outra empresa ou em branco. Caso precise informar mais de um usuário separe os nomes por ponto e vírgula (;) e sem espaços entre os caracteres. Exemplo: usuário1;usuário2;usuário3 Para inserir informações neste campo, poderão ser utilizadas letras maiúsculas ou minúsculas para informar os usuários autorizados porém, no momento da gravação do cadastro, a digitação do login e senha obedecerá o cadastro de usuários, ou seja, respeitará maiúsculas e minúsculas, conforme o cadastro do usuário. Quadro NF-e As informações deste quadro serão utilizadas para o envio do arquivo XML e do DANFE depois do retorno da NF-e autorizada pela Sefaz. Enviar com cópia ao Transmitir a NF-e: Marcada esta opção o Sistema enviará o arquivo XML e DANFE para os endereços eletrônicos adicionais informados. adicional: Informe os endereços eletrônicos adicionais para o envio com cópia, e pressione o botão verde para inserir na lista. Enviar com cópia oculta: Marcada esta opção o Sistema enviará com cópia oculta os arquivos XML e DANFE para os endereços eletrônicos os adicionais informados. Esta parametrização será utilizada tanto para o envio no momento da transmissão quanto para o reenvio do pela rotina de Consulta Transmissão NF-e, do menu Módulos \ Faturamento \ NF-e Guia Aplicações Financeiras 84/101

85 Controlar Centro de Custo: Habilitando esta opção é possível cadastrar um centro de custo no lançamento da aplicação no módulo Financeiro, em Módulos/ Bancos/ Aplicações Financeiras Guia Integração 85/101

86 Quadro Fiscal: Utiliza Integração Fiscal: Marque se for efetuar a integração com o Cordilheira Escrita Fiscal. Número Mapa ECF: Informe o último número de Mapa ECF utilizado. Quadro Regra Padrão para Cálculo de Impostos na Integração Fiscal: NCM Nat. Operação Considera a opção preenchida nos campos Dif. Base ICMS/Valor Contábil e Dif. Base IPI/Valor Mercadorias no cadastro de NCM, no módulo Estoque. Considera a opção preenchida nos campos Dif. Base ICMS/Valor Contábil e Dif. Base IPI/Valor Mercadorias no cadastro de Naturezas de Operação. Quadro Compras: Data para Integração Fiscal: Informe a data que o sistema deverá considerar para a integração: Entrada ou Emissão. 86/101

87 Quadro Contábil: Utiliza Integração contábil: Marque se for efetuar a integração com o Cordilheira Sistema Contábil. O sistema habilitará o campo Operação Contábil nas telas de alguns cadastros e lançamentos. Exportar históricos em caixa alta na Integração Contábil: Se marcada esta opção, automaticamente no momento da integração contábil todos os históricos serão gerados em caixa alta. Data para Integração Títulos: Informe à data que o sistema deverá considerar para a integração: Pagamento ou Liberação. Obs: Por parametrização do sistema a opção "Data para Integração Títulos", estará marcada como "Pagamento". Gerar a Conta Contábil do Cliente/Fornecedor na Integração Fiscal: Ao marcar esta opção, o sistema irá gerar na integração fiscal as contas contábeis de Cliente/Fornecedor no registro 4 do arquivo, possibilitando o cadastro automático destas contas, de acordo com a parametrização da integração no Cordilheira Guia Matriz de Lanç. A Guia Matriz de Lançamentos, possibilita o registro e vinculação de um tipo global padrão para a Nota Fiscal eletrônica e para a Nota Fiscal eletrônica de Serviço. 87/101

88 Feita essa vinculação, ao acessar a rotina de inclusão da Nota Fiscal de Saída no módulo de Vendas/Faturamento, o tipo global que estiver configurado na matriz de lançamentos para as Notas Fiscais Eletrônicas será sugerido pelo sistema, e caso não haja a vinculação com nenhuma matriz de lançamento o sistema manterá o seu padrão, ou seja, o tipo Fatura será sugerido. Inicialmente esta rotina será utilizada para Nota Fiscal de Saída eletrônica, mesmo que seja Nota conjugada, mas, caso não possua esta opção de matriz, será considerada a opção de serviço. Lançamento: Selecione Nota Fiscal eletrônica ou Nota Fiscal eletrônica de Serviço, de acordo com a vinculação que o usuário necessita. Tipo Global: Selecione o Tipo Global adequado para vincular à opção selecionada no campo Lançamento. 88/101

89 As opções de Tipo Global deverão ser previamente cadastradas na rotina de Cadastro \ Genéricos \ Tipos Globais Configuração Estoque Período de movimentação de estoque: Informe o período inicial e final cuja movimentação de estoque será permitida, no formato DDMMAAAA. Valorizar Matéria Prima/Revenda pelo: Especifique a forma de cálculo e valorização do estoque: Custo Médio: Através do cálculo observando os valores de última compra de cada produto. Observação: Custo médio é a soma dos custos de diversos itens similares dividido pelo número deles. É muito utilizado para se ter o custo médio dos estoques. PEPS: As baixas do estoque respeitam os valores de entrada. 89/101

90 Observação: PEPS é a Nomenclatura para o método de armazenagem, em que o produto que é o Primeiro a Entrar no estoque é o Primeiro a Sair ou First-In, First-Out (FIFO). Valorizar Produto Acabado pelo: Maior valor de venda: O sistema irá consistir as notas de saída e valorizar pela maior venda do PA. Árvore/Centro de trabalho: o sistema somará os custos dos componentes que formam a árvore do produto mais o tempo gasto de cada centro de trabalho/unidade de produção. Você pode visualizar o custo no relatório Relatórios/Custos dos Produtos. Percentual sobre maior Valor de Venda (quando Valorizar por Maior Valor de Venda): Informe um percentual que será agregado ao maior valor de venda, quando valorizar pelo mesmo. Percentual de Despesas Indiretas (quando Valorizar por Árvore/Centro de Trabalho): Informe um percentual que será agregado a estrutura do produto acabado, quando valoriza pelo mesmo. Controla Data de Validade dos Produtos: Marcando esta opção o sistema alertará no momento da venda quando determinado produto possuir o prazo de validade vencido. Permitir saldo negativo para Estoque Disponível: Com esta opção marcada o sistema passa a validar o saldo do estoque Físico, e ao gerar notas fiscais através de pedido, ou até mesmo lançar Notas fiscais manuais o sistema irá efetuar a baixa dos pedidos enquanto houver saldo suficiente no estoque Físico, não importando se o Estoque Disponível está negativo. Sugestão de Lote e Série na Entrada de Mercadorias Utiliza Sugestão de Lote na Entrada: Marcando esta opção, o sistema habilita a Máscara de Lote padrão informando os cinco caracteres no campo. Obs: Por padrão o sistema mantém habilitada a opção Seq. Alfanumérica. GRUPO Com está opção marcada o sistema habilita no campo Máscara de Lote 8 (oito) caracteres com a letra G, referente ao grupo. 90/101

91 MÊS ANO Com esta opção marcada o sistema habilita no campo Máscara de Lote 2 (dois) caracteres com a letra M referente ao mês. Com esta opção marcada o sistema habilita no campo Máscara de Lote 2 (dois) caracteres com a letra A referente aos dois últimos dígitos do ano. Utiliza Sugestão de Série na Entrada: Marcando esta opção, o sistema habilita a Máscara de Série padrão informando os cinco caracteres no campo. LOTE Com esta opção marcada o sistema habilita no campo Máscara de Série 5 (cinco) caracteres com a letra L referente ao lote. Obs: O sistema habilita esta opção somente se a Sugestão de Lote estiver habilitada. Por padrão o sistema mantém habilitada a opção Seq. Alfanumérica. Máscara de Lote: Este campo é de um texto não editável, é somente para informar em que formato a máscara vai ficar conforme configurado no sistema. As opções Grupo, Mês e Ano não precisa seguir necessariamente uma sequência. De acordo com a maneira que é habilitada essas opções, o sistema concatena no campo Máscara de Lote a sequência. Máscara de Série: Este campo é de texto não editável, é somente para informar em que formato a máscara vai ficar conforme configurado no sistema. Na sugestão de série, ao habilitar a opção Lote, o sistema vai informar com a letra L o total de caracteres de acordo com a configuração da máscara de lote. 91/101

92 2. Módulos 2.1. Cadastro de Entradas e Saídas Esta rotina permite a movimentação manual dos itens do estoque. Deve ser utilizada somente para efetuar ajustes no estoque (registro de perdas no processo de produção, por exemplo), e para a implantação do saldo inicial do estoque, se necessário. IMPORTANTE: Ao efetuar operações com estoque nos módulos, Compras, Vendas/Faturamento e Produção, o sistema gerará automaticamente as movimentações no módulo Estoque. O campo Código será sugerido pelo sistema, informe a data e o tipo de registro, caso a opção Utiliza Tipo de Registro em Entradas/Saídas estiver marcada no menu Configurações. Após informar a data da movimentação, salve as informações preenchidas antes de dar continuidade ao cadastro. O campo Sequência será preenchido pelo sistema. Produto: Informe o Produto que fará parte da movimentação. <PageDown> Projeto: Informe o número do projeto referente a movimentação. Local: Será preenchido com a informação do local padrão informado no cadastro de produtos. 92/101

93 Centro de Custo: Informe o centro de custo. Este campo será mostrado somente se a opção Controlar Centro de Custo em Entrada/Saídas estiver selecionada no menu Configuração. Quantidade: Informe a quantidade. Função: Identifique a movimentação como Entrada ou Saída. Vlr. Unitário: Informe o valor unitário. Operação Contábil: Traz a operação contábil cadastrada para a integração contábil com o Cordilheira Software Contábil. Situação: Registre a situação do movimento: Efetuada: Constará no estoque físico; ou Pendente: No caso de movimentação de Entrada constará na Quantidade Pendente. No caso de movimentação de Saída constará no Estoque Reservado. Observações: Inclua as informações necessárias. Depois de preencher todas as informações, clique no botão Gravar. Caso deseje excluir algum item lançado, dê um duplo clique sobre o item desejado e clique em Excluir Transferência de Estoque Através desta rotina poderão ser realizadas transferência de saldos em estoque entre os diversos locais de armazenagem cadastrados, bem como a transferência de saldos em lotes. 93/101

94 O campo Nro. Documento é sugerido pelo sistema. Data: Informe a data da transferência. Quadro Origem: Informe o Produto, Local e Quantidade a ser transferida. Quadro Destino: Informe o Produto, Local e Quantidade e informe valor da transferência. Para efetuar a transferência, clique no botão Executar Apuração de Custos Nesta rotina será apurado o custo dos produtos, obedecendo ao seguinte critério: Tipo de Produto Matéria Prima Produto Acabado Regra de Atualização Custo Médio. Maior valor de Venda ou Árvore/Centro de Trabalho, conforme a opção informada em Cadastros/Configuração Estoque. Orientamos a efetuar a apuração de custos antes da geração do inventário e periodicamente para que as consultas e relatórios de movimentações apresentem valores atualizados. De: Esta data será sempre o período inicial da movimentação de estoque definido em Cadastros/Configuração Estoque. Até: Informe o período final para a apuração de custos no formato DD/MM/AAAA. Tecle Enter para a informação da data atual. Somente apuração de custos: Nesta opção o sistema apenas fará a atualização/apuração dos custos. Apuração de custos com Fechamento de Período de Movimentação: Nesta opção além da apuração será efetuado o fechamento do Período de movimentação de estoque e um novo período será iniciado considerando a data do fechamento informada. Não será possível informar os filtros Grupo e Produto nessa opção. A data final informada para fechamento será data inicial de um novo período de movimentação de Estoque Conferência de Reservas 94/101

95 Esta rotina permite a averiguação de diferenças entre as quantidades apresentadas nas consultas do Estoque Reservado, Estoque Pendente e suas origens (pedidos, ordens de produção, entradas/saídas). Através desta rotina será possível efetuar o ajuste das quantidades em estoque Geração de Etiquetas Esta rotina permite a geração de etiquetas para posterior emissão dos produtos cadastrados, trazendo o código e a descrição do produto. Informe a quantidade desejada de etiquetas e para quais produtos, e clique no botão Executar para concluir a geração Inventário Inventário é a auditoria feita na quantidade de itens alocados no local onde é mantido um material controlado. O objetivo é saber se a quantidade de material armazenada é idêntica a quantidade na tela da aplicação Geração Esta rotina captura os saldos em estoque dos produtos que foram armazenados conforme o local informado na geração. A quantidade transportada para o inventário tem sua base na quantidade física em estoque. IMPORTANTE: Deverá ser gerado um inventário para cada local que se deseje inventariar. 95/101

96 DICA: Acesse Módulos/Apuração de Custos antes de efetuar a geração do inventário Contagem Após confrontar os saldos apresentados pelo Fox com a contagem física dos produtos no local de armazenagem, poderá ser necessário ajustar, no sistema, o saldo apurado na contagem. Nesta rotina será efetuada a manutenção do inventário levantado. Informe o número do inventário e da contagem, e clique em Consultar. Serão listados em tela os produtos levantados na rotina Módulos/Inventário/Geração. Na coluna Qtd. Contada deverá ser informado valor apurado na contagem do estoque. Ao finalizar, clique em Executar para gravar as informações. IMPORTANTE: Várias contagens podem ser realizadas para o mesmo inventário Finalização Após a contagem, o próximo passo é a finalização do inventário, que consiste basicamente na geração, se necessário, da movimentação (acerto) de estoque com a quantidade a maior ou a menor. IMPORTANTE: Somente a última contagem será considerada na comparação do saldo do sistema com a contagem e para a finalização do inventário Integração 96/101

97 A Integração Contábil permitirá exportar os cadastros e lançamentos do Fox Gestão Empresarial para o Cordilheira Software Contábil, evitando a redigitação dos eventos e tornando a escrituração contábil e fiscal mais prática e segura. Para efetuar a integração contábil do Fox Estoque com o Cordilheira será necessário realizar algumas parametrizações dentro do sistema, antes de gerar a integração. Essas parametrizações são apresentadas em treinamento específico, gratuito, que pode ser solicitado através do 97/101

98 3. Utilitários Contém outros relatórios e ferramentas utilizadas pelo sistema. 98/101

99 4. Relatórios ERC Permite o acesso ao Fox Visualizador de Relatórios. Caso não possua o novo visualizador de relatórios em seu sistema, efetue juntamente com a atualização do FOX Sistema de Gestão, o download do instalador para o Visualizador de Relatórios (FVR_1.0.XX.EXE) e execute-o somente na máquina definida como servidor para o banco de dados FOX. 99/101

100 5. Impressoras Abre a tela de configuração padrão da impressora permitindo ajustar o tamanho do papel, cores, dimensão do papel, entre outras. 100/101

101 6. Calculadoras Disponibiliza a calculadora, padrão do Sistema Operacional (Windows). 101/101

Índice 1. FOX COMPRAS... 7 2. CADASTROS... 8

Índice 1. FOX COMPRAS... 7 2. CADASTROS... 8 Fox Compras 1/181 Índice 1. FOX COMPRAS... 7 2. CADASTROS... 8 2.1. Geral / Cadastros de Empresas... 8 2.1.1. Principais... 8 2.1.2. Específicos... 11 2.1.3. Endereços... 15 2.1.4. Contatos... 16 2.1.5.

Leia mais

Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP. PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk

Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP. PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk 1 Conteúdo Introdução:... 3 CAMINHO:... 4 Inclusão e inicio do PEDIDO DE VENDAS... 5 DETALHES

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital Página 1 de 15 Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital O cadastro de produtos permite organizar as informações relativas a produtos e serviços, como grupo, marca, peso, unidades e outros, que

Leia mais

Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New

Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New INDICE 1 1. CADASTRO DE USUÁRIOS...1 2. MODULO EMPRESA...4 2.1. Cadastro da Empresa...4 2.2. Parâmetros da Empresa...4 3. MÓDULO

Leia mais

Módulo Faturamento. Sistema Gestor New. Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento

Módulo Faturamento. Sistema Gestor New. Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento Roteiro passo a passo Módulo Faturamento Sistema Gestor New Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New 1 INDICE

Leia mais

Fox Vendas Faturamento

Fox Vendas Faturamento Fox Vendas Faturamento Índice 1. FOX VENDAS E FATURAMENTO - FVF... 10 2. CADASTROS... 11 2.1. Cadastros de Empresas...11 2.1.1. Principais... 11 2.1.2. Específicos... 14 2.1.3. Endereços... 18 2.1.4. Contatos...

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP COMO PROCEDER PARA FAZER BACKUP S

CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP COMO PROCEDER PARA FAZER BACKUP S CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP Atualmente, a DpComp, visando ampliar a capacidade corporativa de seus clientes, acompanha a evolução tecnológica e trabalha hoje com o banco de dados MySQL, um dos bancos

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Estoque...2 Controlando a Garantia - Honda Motocicletas...2 Controlando a Boutique...6 Entrada de Peças no Estoque...7 Entrada de Mercadorias...7 Importação do Faturamento

Leia mais

Já Pensou em um Sistema de Gestão? Então Pense no GESTOR!

Já Pensou em um Sistema de Gestão? Então Pense no GESTOR! Já Pensou em um Sistema de Gestão? Então Pense no GESTOR! Conheça as vantagens de ter o sistema Gestor, como sua melhor ferramenta de trabalho! Clique sobre a imagem para mais detalhes Para mais detalhes

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER Inicialmente, o mais importante O objetivo deste material é apresentar como deve-se proceder em todas as fases, o cadastramento de uma Nota de Importação no Controller. Este material abordará os tópicos

Leia mais

Manual Módulo de Custos

Manual Módulo de Custos Manual Módulo de Custos Emissão: 24/01/2014 Revisão: 20/05/2015 Revisado por: Juliana shp group 1 Alameda dos Jurupis, 452 Cj 73 Moema Conteúdo Introdução...... 3 I - TIPOS DE CUSTOS QUE O ERP JAD POSSUI.......

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema de Administração Tributária Manual do Usuário Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

ÍNDICE. 3 FATURAMENTO v5681 - RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. Todos Direitos Reservados.

ÍNDICE. 3 FATURAMENTO v5681 - RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. Todos Direitos Reservados. FATURAMENTO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este

Leia mais

Ressarcimento de ICMS-ST

Ressarcimento de ICMS-ST Ressarcimento de ICMS-ST Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Planilha de Ressarcimento... 4 Relacionar Nota Fiscal de Entrada...

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais

Conteúdo. Manual de Cadastros Sistema Retaguarda. SIP Sistema Integrado Profissional

Conteúdo. Manual de Cadastros Sistema Retaguarda. SIP Sistema Integrado Profissional Conteúdo CADASTROS... 3 1. CADASTRO DE CLIENTE... 3 2. CADASTRO DE FABRICANTE... 6 3. CADASTRO DE FORNECEDOR... 7 4. CADASTRO DE TRANSPORTADORA... 8 5. CADASTRO DE PRODUTOS... 10 2 CADASTROS 1. CADASTRO

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA Goiânia, 01 de março de 2012 Aos clientes Sabre, Novos procedimentos após atualização do sistema para versão 2.1.289.13 Será disponibilizada versão 2.1.289.13, nossos colaboradores deveram realizar cadastro

Leia mais

Visual Estmatic. Manual do Usuário. Copyright Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução

Visual Estmatic. Manual do Usuário. Copyright Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução Manual do Usuário Copyright Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução ÍNDICE 1. COMENTÁRIOS... 1.1. Apresentação do Sistema (uso, benefícios, características)...7 1.2. Requisitos para implantação

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF)

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF) 1 Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão SEM Impressora de cupom fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa...3 2. Configurações dos Parâmetros......3 3. Cadastro de cliente...4

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos Instalação - Primeiros Passos 1- O download da ultima versão do sistema é disponibilizado em nosso site do no link http://www.tvsistemas.com.br/downloads.html 2- Após realizar o download execute o instalador,

Leia mais

Cadastro de Produtos e Grupo de Produtos

Cadastro de Produtos e Grupo de Produtos Cadastro de Produtos e Grupo de Produtos Antes de iniciarmos a movimentação do estoque é necessário cadastrar os grupos de produtos e em seguida os produtos que terão as movimentações no CIAF 1 - Cadastrando

Leia mais

Roteiro para usar Sped no JB Cepil

Roteiro para usar Sped no JB Cepil Roteiro para usar Sped no JB Cepil Este roteiro tem o objetivo orientar os passos básicos dentro do sistema JB Cepil, para preparar o sistema e as informações para a correta geração do arquivo magnético

Leia mais

Como cadastrar um produto usando o Futura Server

Como cadastrar um produto usando o Futura Server Cadastro do Produto Como cadastrar um produto usando o Futura Server Aqui temos dicas importantes para cadastrar seu produto antes de realizar as suas movimentações. Com o Futura Server aberto, acesse

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Inventário Manual...2 Relatório de contagem...2 Contagem...3 Digitação...3 Inventário Programado...6 Gerando o lote...7 Inserindo produtos manualmente no lote...8 Consultando

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o módulo... 5 Impostos... 5 Situação Tributária... 6 Configurações para I.C.M.S. Retido... 8 Configurações para Redução de Base de Cálculo SP... 10 Natureza de

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais

Geração do Sintegra VisualControl

Geração do Sintegra VisualControl HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Geração do VisualControl I Geração do - VisualControl Tabela de Conteúdo Parte I 1 1 Registro 10... 3 2 Registro 11... 4 3 Registro 50... 4 4 Registro 54... 7

Leia mais

1223o TUTORIAL CADASTRO DE PRODUTO. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL CADASTRO DE PRODUTO. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL CADASTRO DE PRODUTO Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO Casa Magalhães Comércio e Representações Ltda TUTORIAL DE CADASTRO DE PRODUTO NO SYSPDV O objetivo deste

Leia mais

<< Roteiro de Procedimentos >>

<< Roteiro de Procedimentos >> > As ferramentas apresentadas a seguir, permitirão aos usuários do sistema Avance Retguarda, a partir da versão 8.4, o lançamento e manutenção de todas as informações necessárias

Leia mais

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Para emissão da primeira Nota Fiscal eletrônica pelo Ciaf-800 a mesma deve ser obrigatoriamente uma nota de teste. Para que possa efetuar esta emissão faça o seguinte

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário Guia Rápido do Usuário 1 Apresentação Auxiliar o cliente Mesa01 de forma rápida e eficaz é o objetivo deste Manual Através dele, você conseguirá esclarecer dúvidas do dia-a-dia na utilização do sistema

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe ÍNDICE PAG. 01 ACESSO AO SISTEMA PAG. 02 INFORMANDO USUÁRIO E SENHA PAG. 03 MENU DE CADASTROS PAG. 04 CADASTRANDO FORNECEDORES PAG. 05 CADASTRANDO GRUPOS

Leia mais

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015 jfiscal Versão 3.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFISCAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfiscal... 3 3 ADQUIRIR UMA LICENÇA DO

Leia mais

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC)

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) EMPRESA: LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) NOME DO ARQUIVO Existem dois nomes possíveis: um para as notas de saída e outro para as notas de entrada. - Saídas : O nome do arquivo deve

Leia mais

Tela de Cadastro de Usuários Automação Comercial

Tela de Cadastro de Usuários Automação Comercial Tela de Cadastro de Usuários Automação Comercial Senha para Cancelamento de Itens no Check-Out: É a senha obrigatória quando o Check-Out comandar um cancelamento de item (Botão F9). Pedido Automático Balcão

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Cadastro Empresa / Estabelecimento ----------------------------------- Pág. 05

SUMÁRIO. 1 Cadastro Empresa / Estabelecimento ----------------------------------- Pág. 05 1 Apresentação O presente manual tem o objetivo de apresentar o sistema Fortes Compras e Estoque, instruindo o usuário sobre as funcionalidades do sistema, seus benefícios e especificidades. Nele pode

Leia mais

Cadastro de Tabelas de Preços

Cadastro de Tabelas de Preços Cadastro de Tabelas de Preços Para incluir uma nova tabela de preço de produtos, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros em seguida clique na opção Tabelas de

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

Manual do usuário. AeroSoft Emissor de Nota Fiscal

Manual do usuário. AeroSoft Emissor de Nota Fiscal Manual do usuário AeroSoft Emissor de Nota Fiscal Para manter-se atualizado visite sempre nosso web site em http://www.aerosoft.com.br A Internet tornou-se a ferramenta mais eficiente e barata, aproveite

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Produto no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Produto no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Produto no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Seleção de Filtros... 3 III. Cadastro...

Leia mais

Manual do sistema Hiper

Manual do sistema Hiper Manual do sistema Hiper Versão 2.4 Data da última atualização 30/04/2012 1 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS... 6 LISTA DE Siglas... 10 Primeiros passos... 11 Configurando as conexões com o banco de dados... 11

Leia mais

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos...

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos... Índice 1. 2. 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. 2.5. 2.6. 3. 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. 3.5. 3.6. 3.7. 3.8. 4. 5. 5.1. 5.2. 5.3. APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 Primeiros Passos... 2 Minha Empresa... 3 Certificado

Leia mais

SFT. Sistema de Faturamento

SFT. Sistema de Faturamento SFT Sistema de Faturamento SISTEMA DE FATURAMENTO - STF O primeiro passo para utilização do Sistema de Faturamento STF, é configurar os Parâmetros do Sistema: Módulo Utilitários: Parâmetros Cadastrar a

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

Consulta de Produtos - Completa

Consulta de Produtos - Completa PROD1010 Consulta de Produtos - Completa Este programa é utilizado para consultar informação dos produtos de estoque ( cmprodut ), estejam eles em estoque ou não. A partir do Código ou da Descrição do

Leia mais

Manual Prático do MerchSintegra

Manual Prático do MerchSintegra Manual Prático do MerchSintegra Bento Gonçalves Setembro de 2010 Índice 1. Introdução... 3 2. O MerchSintegra... 4 2.1. Configurador... 4 2.2. Inconsistências... 16 2.2.1. Gerar Nota Entrada... 16 2.2.2.

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

Movimentações de Estoque Versão de Sistema: 11.8.0.0 Setembro 2014 Versão do documento: 4.0

Movimentações de Estoque Versão de Sistema: 11.8.0.0 Setembro 2014 Versão do documento: 4.0 Movimentações de Estoque Versão de Sistema: 11.8.0.0 Setembro 2014 Versão do documento: 4.0 Índice Título do documento 1. Introdução... 3 2. Objetivos... 3 3. Movimentações de Estoque... 3 4. Parâmetros...

Leia mais

Manual Girassol Food Cadastro

Manual Girassol Food Cadastro Cadastro INTRODUÇÃO Seja bem vindo ao Guia de Utilização do Sistema Girassol Food. Este guia trará todos os módulos detalhadamente, permitindo o esclarecimento de dúvidas sobre o funcionamento e os recursos

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

+ - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO. Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE

+ - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO. Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE + - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE De acordo com a Resol. 720/2014 Índice Capítulo I LM Gerenciador PDV NFC-E 1 - Executando o LM Gerenciador PDV NFC-E 2 Cadastros Capítulo

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Renato de Cezare Criado em 01/07/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.95a 2 CONTEÚDO CADASTRO DE PRODUTO...5

Leia mais

Configuração Empresa/Filial

Configuração Empresa/Filial Configuração Empresa/Filial Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros

Leia mais

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin Modulo 05 0 CGAINFOMÁTICA Retwin ESTOQUE 2 Estoque Sumário 5.1 Configuração Geral... 3 5.2 Entradas... 4 5.2.1 Manutenção... 4 5.2.2 Consulta... 6 5.2.3 Produção... 6 5.2.4 Relatórios... 8 5.3 Saídas...

Leia mais

Ma M n a ua u l a l d o s i s s i t s e t ma m a Lojamix Versão 1.10 1

Ma M n a ua u l a l d o s i s s i t s e t ma m a Lojamix Versão 1.10 1 Manual do sistema Lojamix Versão 1.10 1 Data da última atualização 05/11/2011 2 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS... 6 LISTA DE Siglas... 11 Primeiros passos... 12 Ativando a sua cópia... 12 Configurando as conexões

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

Cadastros. Cadastro do Emitente

Cadastros. Cadastro do Emitente Página1 Cadastros O sistema dispõe de algumas vantagens interessantes e importantes no processo de emissão da NF-e, como é o caso dos cadastros. A principal funcionalidade é auxiliar o usuário no preenchimento

Leia mais

Entrada de Notas. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática 1 Índice Parametrização... 2 Criando os Diretórios... 2 Parametrização que influenciam a Entrada da Nota Fiscal... 3

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e SUMÁRIO 1. INSTALAÇÃO 2. CADASTROS 2.1. CADASTRO DE USUÁRIO 2.2. CADASTRO DE MODALIDADE 2.3. CADASTRO DE PRODUTO 3. OPERAÇÃO 3.1. VENDA 3.2. CANCELAMENTO

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2 EFD PIS/COFINS SUMÁRIO O que é a EFD PIS/COFINS?...2 A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2 1. Procedimentos Iniciais...2 a) Classificando as Empresas... 3 b) Conferindo os Cadastros que Influenciam

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe.

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. Após clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NF-e, o sistema irá exibir uma série de

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA E.R.P. BUSINESS MILLENNIUM SOFTWARE DE CONTROLE GERENCIAL E FINANCEIRO

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA E.R.P. BUSINESS MILLENNIUM SOFTWARE DE CONTROLE GERENCIAL E FINANCEIRO 1 MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA E.R.P. BUSINESS MILLENNIUM SOFTWARE DE CONTROLE GERENCIAL E FINANCEIRO Versão Janeiro /2009 Nossa Missão: Inovar e Criar para superar as expectativas do nosso cliente, com

Leia mais

Copyright Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução

Copyright Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução Manual do Usuário Copyright Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução 2 ÍNDICE 1. COMENTÁRIOS... 1.1. Apresentação do Sistema (uso, benefícios, características)...7 1.2. Requisitos para implantação

Leia mais

O que é um inventário?

O que é um inventário? Com a chegada do fim de ano e os encerramentos fiscais e contábeis, as empresas fazem o processo de inventário do seu estoque. O que é um inventário? Inventário basicamente é uma lista de bens e materiais

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Gerenciamento de importação

Gerenciamento de importação Sumário Apresentação... 2 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Realizar Cadastros... 4 3. Gerenciar Importação com Controle de Embarque... 18 Etapa 1 Fazer o pedido de compra máster... 19 Etapa 2 Controle

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Sistema de Livros Fiscais Imediata

Sistema de Livros Fiscais Imediata 1 Sistema de Livros Fiscais Imediata 2 Descritivo das Rotinas Operacionais do Sistema de Livros Fiscais para geração EFD PIS/Cofins SPED Contribuições Após a instalação do Sistema de Livros Fiscais, basta

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

www.multi-informatica.com.br

www.multi-informatica.com.br www.multi-informatica.com.br Desenvolvendo sua Empresa Obrigado por adquirir nosso Software! Manual de instruções Índice Objetivo do Sistema Configuração Mínima para uso mono-usuário (recomendada) Disposição

Leia mais

Guia de Primeiros Passos - MOVIMENTAÇÕES

Guia de Primeiros Passos - MOVIMENTAÇÕES Guia de Primeiros Passos - MOVIMENTAÇÕES Este documento tem o objetivo principal de iniciar você de forma rápida e simples no sistema.aprog., configurando as funcionalidades a sua realidade. A série Primeiros

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA 2 Tabela de Conteúdo Compras 3 Lançando N.F Simples Nacional 3 1 Preenchendo... o cabeçalho 5 2 Preenchendo... o Produto 6 3 Lançamento... de Impostos 7 4 Confirmando... o Lançamento NF 8 Lançando N.F

Leia mais

Síntese de fluxo de máquinas e implementos

Síntese de fluxo de máquinas e implementos Síntese de fluxo de máquinas e implementos Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Objetivo... 3 Parâmetros para utilização do processo... 3 Cadastro

Leia mais

Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa

Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa Introdução 1 1 Introdução 1.1 Bem Vindo ao Sistema Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa Sistema desenvolvido nos mais altos padrões tecnológicos que tem por finalidade atender todas as exigências

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

Novidades da Versão 13.01a

Novidades da Versão 13.01a Novidades da Versão 13.01a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: 17 de janeiro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais