Linhas de Produtos de Software. Professor: Uirá DIMAp / UFRN,

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linhas de Produtos de Software. Professor: Uirá DIMAp / UFRN, 2009.2"

Transcrição

1 Linhas de Produtos de Software Professor: Uirá DIMAp / UFRN,

2 Aula 4: Modelagem de Variabilidades em Requisitos

3 Modelagem de Requisitos Documentação textual Não limita a expressividade dos requisitos especificados Pode gerar ambiguidade Requisitos baseado em modelos Conjunto de elementos e regras de composição bem definidos (metamodelo, constraints) Possui expressividade mais restrita

4 Variabilidade em Requisitos Textuais Exemplo: Não fica claro se ambos tipos de câmeras são suportadas ou se são mutualmente exclusivos...

5 Variabilidade em Requisitos Textuais Definição de relações explícitas com o modelo de variabilidades Mais expressividade e permite relacionar várias porções de requisitos a um mesmo feature.

6 Variabilidades em Modelos de Casos de Uso Modelagem de Cenários com Tabelas

7 Variabilidades em Modelos de Casos de Uso Modelagem de Cenários com Diagramas de Seqüência

8 Variabilidades em Modelos de Casos de Uso Modelagem de Cenários com Diagramas de Casos de Uso

9 Rastreamento de Variações Necessidade de propagar variações que ocorrem em uma dada representação para outras Definição de links de rastreamento entre mod. de variabilidades e requisitos permite avaliar se variabilidades estão sendo especificadas de forma consistente Tais links podem ser usados também em atividades de análise de impacto de mudança

10 Rastreamento de Variações

11 Rastreamento de Variações

12 Abordagens para Rastreabilidade Recentemente, várias abordagens foram desenvolvidas para especificar links de rastreamento/dependências entre modelos de requisitos e de variabilidades Abordagens Textuais PLUSS MSVCM Abordagens baseadas em Modelos Model Templates VML4RE

13 PLUSS Oferece suporte para gerência de variações em casos de uso Permite relacionar a features a: Um caso de uso, cenário ou passo de um cenário Permitir definir parâmetros nos casos de uso Texto específico variando

14

15 Implementação

16 MSVCM Modeling Scenario Variability as Crosscutting Mechanisms (MSVCM) Oferece suporte para gerência de variações em casos de uso, usando o conceito de aspectos (early aspects) Scenarios advices são usados para estender scenarios base Implementação: Bibliotecas Haskell para representar e validar modelos de features

17 Composição com Scenarios parâmetro variation point composition

18 Composição com Scenarios parâmetro variation point composition

19 Composição com Scenarios variation point composition

20 Modelo de Feature Produtos Mapeamento (Conhecimento de configuração)

21 Weaving Process

22 Model Templates Oferece suporte para gerência de variações em modelos de forma geral Permitir criar conjunto de anotações em elementos de modelo que indicam dependência para um dado feature Implementação: FMP (Feature Modeling Plugin) Rational Software Modeler Anotações modeladas como estereótipos

23 Exemplo: Model Templates

24 Exemplo: Model Templates

25 Exemplo: Meta-expressions

26 Model Templates: Visão Geral

27 VML4RE Variability Modeling Language For Requirements (VML4RE) Linguagem para composição de requisitos em LPS Propósitos: Suportar a definição de relações entre features (modelo de variabilidades) e requisitos (modelos de requisitos) Especificar a composição de modelos de requisitos para derivar produtos específicos

28 VML4RE: Visão Geral

29 Exemplo da VML4RE

30 Exemplo da VML4RE

31 Exemplo da VML4RE

32 Referências PLUSS M. Eriksson, J. Börstler & K. Borg (2006): Software Product Line Modeling Made Practical - An Example from the Swedish Defense Industry, Communication of the ACM (CACM), vol. 49(12), M. Eriksson, J. Börstler& K. Borg (2005): The PLUSS Approach - Domain Modeling with Features, Use Cases and Use Case Realizations, Proceedings of the 9'th International Conference on Software Product Lines (SPLC'05), LNCS, Vol. 3714, Springer-Verlag, pp

33 Referências PLUSS M. Eriksson, J. Börstler & K. Borg (2006): Software Product Line Modeling Made Practical - An Example from the Swedish Defense Industry, Communication of the ACM (CACM), vol. 49(12), M. Eriksson, J. Börstler& K. Borg (2005): The PLUSS Approach - Domain Modeling with Features, Use Cases and Use Case Realizations, Proceedings of the 9'th International Conference on Software Product Lines (SPLC'05), LNCS, Vol. 3714, Springer-Verlag, pp

34 Referências MSVCM R. Bonifácio, P. Borba: Modeling scenario variability as crosscutting mechanisms. AOSD 2009: Model Templates K. Czarnecki, M. Antkiewicz: Mapping Features to Models: A Template Approach Based on Superimposed Variants. GPCE 2005: VML4RE M. Alferez, J. Santos, A. Moreira, A. Garcia, U. Kulesza, J. Araújo, V. Amaral. Multi-View Composition Language for Software Product Line Requirements. Software Language Engineering (SLE 2009)

Uma Abordagem de Engenharia de Requisitos Para Linhas de Produtos de Software

Uma Abordagem de Engenharia de Requisitos Para Linhas de Produtos de Software Uma Abordagem de Engenharia de Requisitos Para Linhas de Produtos de Software Gabriela Guedes de Souza, Jaelson Castro e Carla Silva ggs@cin.ufpe.br, jbc@cin.ufpe.br, carla@dce.ufpb.br DEPARTAMENTO DE

Leia mais

1. Introdução. Anderson Fonseca e Silva 1, Vinicius Cardoso Garcia 2

1. Introdução. Anderson Fonseca e Silva 1, Vinicius Cardoso Garcia 2 Anderson Fonseca e Silva 1, Vinicius Cardoso Garcia 2 1 2 anderson.fonseka@gmail.com, vcg@cin.ufpe.br Abstract. This work presents a CASE tool for Software Product Line support, aiming to keep traceability

Leia mais

Elaboração de Especificações de Casos de Uso para Linhas de Produto de Software Baseada em Fragmentos

Elaboração de Especificações de Casos de Uso para Linhas de Produto de Software Baseada em Fragmentos Elaboração de Especificações de Casos de Uso para Linhas de Produto de Software Baseada em Fragmentos Diego O. Araújo 1, Eber A. Schmitz 1, Alexandre L. Correa 1, Antonio J. Alencar 1 1 Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Uma ferramenta para rastreabilidade de core assets em linha de produtos de software

Uma ferramenta para rastreabilidade de core assets em linha de produtos de software Uma ferramenta para rastreabilidade de core assets em linha de produtos de software Anderson Fonseca e Silva 1, Vinicius Cardoso Garcia 2 1 Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife C.E.S.A.R. EDU

Leia mais

A Semi-Automatic Strategy to Identify Crosscutting Concerns in PL-AOVgraph Requirement Models

A Semi-Automatic Strategy to Identify Crosscutting Concerns in PL-AOVgraph Requirement Models Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Informática e Matemática Aplicada Natal/RN - Brasil A Semi-Automatic Strategy to Identify Crosscutting Concerns in PL-AOVgraph Requirement Models

Leia mais

Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software

Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software Fábio Levy Siqueira 1 and Paulo Sérgio Muniz Silva 2 1 Programa de Educação Continuada da Poli-USP, São Paulo, Brazil 2 Escola Politécnica

Leia mais

Desenvolvimento de Software Orientado a Características e Dirigido por Modelos Revisitado

Desenvolvimento de Software Orientado a Características e Dirigido por Modelos Revisitado Desenvolvimento de Software Orientado a Características e Dirigido por Modelos Revisitado Autor: Rodrigo Reis Pereira 1 Orientador: Marcelo Almeida Maia 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Leia mais

UMA ABORDAGEM DE PROJETO ARQUITETURAL BASEADO EM COMPONENTES NO CONTEXTO DE ENGENHARIA DE DOMÍNIO

UMA ABORDAGEM DE PROJETO ARQUITETURAL BASEADO EM COMPONENTES NO CONTEXTO DE ENGENHARIA DE DOMÍNIO 231 UMA ABORDAGEM DE PROJETO ARQUITETURAL BASEADO EM COMPONENTES NO CONTEXTO DE ENGENHARIA DE DOMÍNIO Ana Paula Terra Bacelo Resumo Reuso de software é considerada uma forma eficiente de aumentar a produtividade

Leia mais

Linha de Produtos de Software (SPL) em Java: Teoria e Prática

Linha de Produtos de Software (SPL) em Java: Teoria e Prática Linha de Produtos de Software (SPL) em Java: Teoria e Prática Prof. Me. Djan Almeida Santos Prof. Me. Pablo Freire Matos Slides baseados no material elaborado pelos professores: Ingrid Oliveira de Nunes,

Leia mais

Process Tailoring. Ana Luiza Dallora Moraes Felipe Madureira Fonseca. COS723 - Reutilização de Software Toacy Oliveira

Process Tailoring. Ana Luiza Dallora Moraes Felipe Madureira Fonseca. COS723 - Reutilização de Software Toacy Oliveira Process Tailoring Ana Luiza Dallora Moraes Felipe Madureira Fonseca COS723 - Reutilização de Software Toacy Oliveira Agenda 1. Conceituação 2. Artigos Reutilizáveis de Processo 3. Pesquisa sobre Reuso

Leia mais

Linhas de Produto de Software

Linhas de Produto de Software Gerência de Variações em Requisitos 20 de outubro de 2009 Rain of fire PL Mobile media PL Feature model Linhas de produto Abordagem sistemática para reúso de software. Redução dos custos e do tempo de

Leia mais

Desenvolvimento de software orientado a características e dirigido por modelos

Desenvolvimento de software orientado a características e dirigido por modelos Desenvolvimento de software orientado a características e dirigido por modelos Universidade Federal de Uberlândia Rodrigo Reis Pereira Prof. Dr. Marcelo Almeida Maia Agenda Motivação Introdução Modelagem

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software Linhas de Produtos de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Linhas de Produtos de Software Processo de Desenvolvimento de Software Linhas de Produtos de Software Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Departamento Acadêmico de Gestão e Tecnologia da Informação

Leia mais

Grupo de Ferramentas & Implementação. Uirá Kulesza DIMAp/UFRN

Grupo de Ferramentas & Implementação. Uirá Kulesza DIMAp/UFRN Grupo de Ferramentas & Implementação Uirá Kulesza DIMAp/UFRN Par@cipantes Elder, Lucena (PUC Rio) Paulo Pires, Flávia Delicato, Mário, Sindolfo, Uirá (UFRN) Masiero, Rosana (USP SC) Leopoldo, Rodrigo,

Leia mais

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Ricardo Terra 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Campus da Pampulha 31.270-010

Leia mais

ANÁLISE DE REQUISITOS EM LINHAS DE PRODUTO DE SOFTWARE

ANÁLISE DE REQUISITOS EM LINHAS DE PRODUTO DE SOFTWARE ANÁLISE DE REQUISITOS EM LINHAS DE PRODUTO DE SOFTWARE THIAGO FERNANDES LINS DE MEDEIROS Universidade Federal de Pernambuco posgraducao@cin.ufpe.br www.cin.ufpe.br/~posgraduacao RECIFE, 02 DE AGOSTO DE

Leia mais

Engenharia de Linha de Produtos de Software e o Processo de Análise Automática: uma visão geral

Engenharia de Linha de Produtos de Software e o Processo de Análise Automática: uma visão geral Engenharia de Linha de Produtos de Software e o Processo de Análise Automática: uma visão geral Cristiano Politowski - pesquisador Dr. Fabrícia Roos Frantz - orientadora Agenda SPLE Engenharia de Linha

Leia mais

Software Architectures ACM Reference Format

Software Architectures ACM Reference Format Modularization of Variabilities From Software Product Lines of Web Information Systems (Modularizando Variabilidades em Linhas de Produto de Sistemas de Informação Web) DEMÓSTENES SENA (demostenes.sena@ifrn.edu.br),

Leia mais

Investigando o uso de conceitos de Linhas de Produto de Software para o reúso de Modelos de Processos de Negócios

Investigando o uso de conceitos de Linhas de Produto de Software para o reúso de Modelos de Processos de Negócios Investigando o uso de conceitos de Linhas de Produto de Software para o reúso de Modelos de Processos de Negócios Edie C. Santana 1, Cristiano Maciel 1, Marcelo A. S. Turine 2 1 Instituto de Computação

Leia mais

Um Metamodelo para Variabilidade e Rastreabilidade em Linhas de Produtos de Software

Um Metamodelo para Variabilidade e Rastreabilidade em Linhas de Produtos de Software Um Metamodelo para Variabilidade e Rastreabilidade em Linhas de Produtos de Software Yguaratã Cerqueira Cavalcanti Tema: Engenharia e Arquitetura de Software (Processos, métodos e ferramentas para desenvolvimento

Leia mais

Apoio a Configuração de Processos de Negócio

Apoio a Configuração de Processos de Negócio Apoio a Configuração de Processos de Negócio Dinâmicos Tarcísio Pereira 12, Fernanda Alencar 1, Jaelson Castro 1, Edson Alves 1, and Paulo Lima 1 Universidade Federal de Pernambuco - UFPE 1 Instituto Federal

Leia mais

PL-SCIENCE: CONECTANDO ONTOLOGIAS E MODELOS DE FEATURES EM UMA LINHA DE PRODUTO PARA APLICAÇÕES CIENTÍFICAS

PL-SCIENCE: CONECTANDO ONTOLOGIAS E MODELOS DE FEATURES EM UMA LINHA DE PRODUTO PARA APLICAÇÕES CIENTÍFICAS PL-SCIENCE: CONECTANDO ONTOLOGIAS E MODELOS DE FEATURES EM UMA LINHA DE PRODUTO PARA APLICAÇÕES CIENTÍFICAS Gabriella Castro Barbosa Costa gabriellacbc@gmail.com Orientadores Regina Maria Maciel Braga

Leia mais

Usando RDL para Derivação de Produtos em uma Linha de Produtos de Software

Usando RDL para Derivação de Produtos em uma Linha de Produtos de Software Usando RDL para Derivação de Produtos em uma Linha de Produtos de Software Juliano Dantas Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro COPPE - Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa

Leia mais

Descrição Geral da Mobile Media

Descrição Geral da Mobile Media Descrição Geral da Mobile Media Mobile Media (YOUNG, 2005) é uma LPS composta por aplicações que manipulam músicas, vídeos e fotos para dispositivos móveis, como celulares e palm tops. Ela provê suporte

Leia mais

Introdução ao RUP Rational Unified Process. por Denize Terra Pimenta Outubro/2004

Introdução ao RUP Rational Unified Process. por Denize Terra Pimenta Outubro/2004 Introdução ao RUP Rational Unified Process por Denize Terra Pimenta Outubro/2004 1 Contexto Não é suficiente apenas a presença de desenvolvedores altamente treinados: Precisamos de uma linguagem para a

Leia mais

build UNIP Sistemas de Informação Análise Essencial de Sistemas 3 Prof.Marcelo Nogueira A produção de Software é uma atividade build and fix.

build UNIP Sistemas de Informação Análise Essencial de Sistemas 3 Prof.Marcelo Nogueira A produção de Software é uma atividade build and fix. UNIP Sistemas de Informação Análise Essencial de Sistemas Prof.Marcelo Nogueira Análise Essencial de Sistemas 1 Introdução A produção de Software é uma atividade build and fix. Análise Essencial de Sistemas

Leia mais

Model Assets: Um padrão de arquitetura de utilização de técnicas de MDE para geração de artefatos

Model Assets: Um padrão de arquitetura de utilização de técnicas de MDE para geração de artefatos Model Assets: Um padrão de arquitetura de utilização de técnicas de MDE para geração de artefatos Paulo Artur de Sousa Duarte¹, Vanessa. S. Viana², Rossana M. C. Andrade¹, Fernando A.M. Trinta¹, José.

Leia mais

Modelagem Flexível para Processos de Negócio. Resultados de um Estudo Experimental

Modelagem Flexível para Processos de Negócio. Resultados de um Estudo Experimental Modelagem Flexível para Processos de Negócio Resultados de um Estudo Experimental Fabiane Albino Aluna Mestrado Prof. Ricardo Massa Orientador Cenário Atual Modelagem de Processos de Negócio de maneira

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Sistemas para Web

Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Sistemas para Web Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Sistemas para Web } Com o forte crescimento do comércio eletrônico por

Leia mais

Usando Modelos Para Apoiar a Especificação e Verificação de Requisitos de Ubiquidade

Usando Modelos Para Apoiar a Especificação e Verificação de Requisitos de Ubiquidade Usando Modelos Para Apoiar a Especificação e Verificação de Requisitos de Ubiquidade Leonardo Mota, Jobson Massollar, Guilherme Horta Travassos Federal University of Rio de Janeiro/COPPE/PESC Caixa Postal

Leia mais

Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes

Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes Ana Paula Blois 1, 2, Karin Becker 2, Cláudia Werner 1 1 COPPE/UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro,

Leia mais

GLPN Uma Abordagem para Gestão de Linhas de Processos de Negócios

GLPN Uma Abordagem para Gestão de Linhas de Processos de Negócios FACULDADE DE COMPUTAÇÃO - FACOM UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL UFMS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO GERALDO BARBOSA LANDRE GLPN Uma Abordagem para Gestão de Linhas de Processos

Leia mais

Aula 5 UML: Casos de Uso

Aula 5 UML: Casos de Uso Aula 5 UML: Casos de Uso UML Casos de Uso Introdução Casos de uso Elementos do diagrama de casos de uso Descrição de casos de uso Exemplo: Blog Ferramentas de modelagem Bibliografia 2 Introdução Casos

Leia mais

Glossário de Terminologia Engenharia de Requisitos

Glossário de Terminologia Engenharia de Requisitos Martin Glinz Glossário de Terminologia Engenharia de Requisitos Com Dicionário Inglês-Português e Português-Inglês Glossário Padrão para o Curso e Exame de Certificação Certified Professional for Requirements

Leia mais

Um processo para construção de software mais transparente

Um processo para construção de software mais transparente Um processo para construção de software mais transparente Eduardo Almentero 1, and Julio Cesar Sampaio do Prado Leite 1 1 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC - Rio, Brasil {ealmentero,

Leia mais

Introdução a UML. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com

Introdução a UML. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Introdução a UML Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Introdução a UML UML (Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada) é uma linguagem-padrão para a elaboração da estrutura de

Leia mais

Proposta de uma Arquitetura para o Gerenciamento de Regras de Negócio em LPS com Base na MDA

Proposta de uma Arquitetura para o Gerenciamento de Regras de Negócio em LPS com Base na MDA Proposta de uma Arquitetura para o Gerenciamento de Regras de Negócio em LPS com Base na MDA Jaguaraci Batista Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos Universidade Federal da Bahia Salvador, BA jaguarac@ufba.br

Leia mais

DOCUMENTANDO VARIABILIDADE EM CASOS DE USO EM LINHAS DE PRODUTOS DE SOFTWARE

DOCUMENTANDO VARIABILIDADE EM CASOS DE USO EM LINHAS DE PRODUTOS DE SOFTWARE DOCUMENTANDO VARIABILIDADE EM CASOS DE USO EM LINHAS DE PRODUTOS DE SOFTWARE IGOR WANDERLEY CAVALCANTI Universidade Federal de Pernambuco posgraducao@cin.ufpe.br www.cin.ufpe.br/~posgraduacao RECIFE, 03

Leia mais

Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software. Eduardo Barbosa da Costa

Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software. Eduardo Barbosa da Costa Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software Eduardo Barbosa da Costa Juiz de Fora, MG Julho de 2008 Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software

Leia mais

Proposta de abordagem de desenvolvimento de software orientado a modelos para empresas

Proposta de abordagem de desenvolvimento de software orientado a modelos para empresas Proposta de abordagem de desenvolvimento de software orientado a modelos para empresas Tânia Eiko Eishima 1, Jandira Guenka Palma 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Leia mais

UML e a Ferramenta Astah. Profa. Reane Franco Goulart

UML e a Ferramenta Astah. Profa. Reane Franco Goulart UML e a Ferramenta Astah Profa. Reane Franco Goulart História da UML o Percebeu-se a necessidade de um padrão para a modelagem de sistemas, que fosse aceito e utilizado amplamente. o Alguns esforços nesse

Leia mais

Apoiando Alinhamento Estratégico em Organizações Usando Contratos Eletrônicos Estendidos com BLA

Apoiando Alinhamento Estratégico em Organizações Usando Contratos Eletrônicos Estendidos com BLA Apoiando Alinhamento Estratégico em Organizações Usando Contratos Eletrônicos Estendidos com BLA Lilian Florio, Guilherme B. M. Salles, Marcelo Fantinato Escola de Artes, Ciências e Humanidades Universidade

Leia mais

Métodos e Técnicas de Desenvolvimento de Linha de Produto de Software para Sistemas E-Commerce: uma Revisão Sistemática

Métodos e Técnicas de Desenvolvimento de Linha de Produto de Software para Sistemas E-Commerce: uma Revisão Sistemática Métodos e Técnicas de Desenvolvimento de Linha de Produto de Software para Sistemas E-Commerce: uma Revisão Sistemática Joyce Milani Mathias 1, Edson A. Oliveira Junior 2 Resumo. A abordagem de linh a

Leia mais

Model-Driven Engineering Geração de modelos de software e especificações usando a plataforma IBM

Model-Driven Engineering Geração de modelos de software e especificações usando a plataforma IBM Model-Driven Engineering Geração de modelos de software e especificações usando a plataforma IBM Luiz Esmiralha IBM Eduardo Chiote IBM Quem somos Luiz Esmiralha Arquiteto de Aplicações / IBM 15 anos exp.

Leia mais

Um Estilo Arquitetural para Linhas de Produtos de Software

Um Estilo Arquitetural para Linhas de Produtos de Software Um Estilo Arquitetural para Linhas de Produtos de Software Eiji Adachi 1, Thais Batista 1, Christina Chavez 2, Uirá Kulesza 1, Alessandro Garcia 3 1 Departamento de Informática Universidade Federal do

Leia mais

5 Um Modelo Generativo Orientado a Aspectos

5 Um Modelo Generativo Orientado a Aspectos 71 5 Um Modelo Generativo Orientado a Aspectos Nesse capítulo é apresentado um modelo generativo orientado a aspectos que é usado para instanciação de variabilidades OO e OA encontradas em arquiteturas

Leia mais

Checklist-based Inspection Technique for Feature Models Review

Checklist-based Inspection Technique for Feature Models Review Checklist-based Inspection Technique for Feature Models Review Rafael M. de Mello, Eldanae N. Teixeira, Marcelo Schots, Cláudia M. L. Werner, Guilherme Horta Travassos PESC/COPPE Universidade Federal do

Leia mais

são capturados de forma sistemática e intuitiva por meio de casos de uso.

são capturados de forma sistemática e intuitiva por meio de casos de uso. Prevenção de defeitos em Requisitos de Software: Uma caracterização do processo de melhoria Daniela C. C. Peixoto (Synergia, DCC/UFMG), Clarindo Isaías P. S. Pádua (Synergia, DCC/UFMG), Eveline A. Veloso

Leia mais

Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento

Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento Marco Antonio De Grandi, Valter Vieira de Camargo, Edmundo Sérgio Spoto Centro Universitário Eurípides de Marília

Leia mais

Gestão de Projectos de Software - 1

Gestão de Projectos de Software - 1 Gestão de Projectos de Software Licenciaturas de EI / IG 2012/2013-4º semestre msantos@ispgaya.pt http://paginas.ispgaya.pt/~msantos Gestão de Projectos de Software - 1 Objectivos da Disciplina de Gestão

Leia mais

USO DOS CONCEITOS DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR NO DESENVOLVIMENTO WEB PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

USO DOS CONCEITOS DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR NO DESENVOLVIMENTO WEB PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Discutindo a visibilidade da EaD Pública no Brasil USO DOS CONCEITOS DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR NO DESENVOLVIMENTO WEB PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Priscilla Márcia Scarpelli Bastos 1, Diogo Marcos de

Leia mais

Programação orientada a objetos usando a linguagem C++ CDTN Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear

Programação orientada a objetos usando a linguagem C++ CDTN Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear Programação orientada a objetos usando a linguagem C++ CDTN Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear Belo Horizonte, Setembro de 2000 1- Objetivo: Ministrar o curso de Treinamento em Programação

Leia mais

SEMÂNTICA NA WEB BRASILEIRA

SEMÂNTICA NA WEB BRASILEIRA SEMÂNTICA NA WEB BRASILEIRA globo.com Leonardo Burlamaqui GLOBO.COM: GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO WEB COM TECNOLOGIAS SEMÂNTICAS QUEM SOMOS Empresa de mídia multi-diversificada TV ABERTA CINEMA TV A CABO

Leia mais

Uma abordagem semi-automática para a manutenção de links de rastreabilidade

Uma abordagem semi-automática para a manutenção de links de rastreabilidade Uma abordagem semi-automática para a manutenção de links de rastreabilidade Marcelio Leal, Mayara Figueiredo e Cleidson R. B. de Souza. Faculdade de Computação UFPA - Universidade Federal do Pará marcelioleal@

Leia mais

Um Processo de Desenvolvimento de Aplicações Web baseado em Serviços

Um Processo de Desenvolvimento de Aplicações Web baseado em Serviços SBCARS 2007 Um Processo de Desenvolvimento de Aplicações Web baseado em Serviços Fabio Zaupa 1, Itana M. S. Gimenes 1, Don Cowan 2, Paulo Alencar 2, Carlos Lucena 3 1 Departamento de Informática Universidade

Leia mais

Introdução a UML. Introdução a UML (Unified Modeling Language)

Introdução a UML. Introdução a UML (Unified Modeling Language) Introdução a UML (Unified Modeling Language) Régis Patrick Silva Simão Régis Simão 1/33 Agenda Introdução Histórico Por que UNIFICADA? Esquema de Visões 4+1 Modelos e Diagramas Modelagem Ágil Régis Simão

Leia mais

O GERENCIAMENTO DE REQUISITOS E A SUA IMPORTÂNCIA EM PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

O GERENCIAMENTO DE REQUISITOS E A SUA IMPORTÂNCIA EM PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE O GERENCIAMENTO DE REQUISITOS E A SUA IMPORTÂNCIA EM PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Leonardo Manoel Mendes¹, Rogério Homem da Costa², Reinaldo Lorenso³ 1. Especializando do Curso de Pós-Graduação

Leia mais

ONTORMAS: Uma ferramenta dirigida por ontologias para a Engenharia de Domínio e de Aplicações Multiagente

ONTORMAS: Uma ferramenta dirigida por ontologias para a Engenharia de Domínio e de Aplicações Multiagente ONTORMAS: Uma ferramenta dirigida por ontologias para a Engenharia de Domínio e de Aplicações Multiagente Adriana Leite 1, Rosario Girardi 1 1 DEINF/GESEC Universidade Federal do Maranhão (UFMA) Av. dos

Leia mais

Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação Aula 5 Áreas da Engenharia de

Leia mais

Avaliação de Modelos i* com o Processo AIRDoc-i*

Avaliação de Modelos i* com o Processo AIRDoc-i* Avaliação de Modelos i* com o Processo AIRDoc-i* Cleice Souza 1, Cláudia Souza 1, Fernanda Alencar 2, Jaelson Castro 1, Paulo Cavalcanti 1, Monique Soares 1, Gabriela Guedes 1, Eduardo Figueiredo 3 1 Centro

Leia mais

Orientação a Objetos I

Orientação a Objetos I Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Orientação a Objetos I UML: Introdução e Casos de Uso

Leia mais

UML Linguagem de Modelagem Unificada

UML Linguagem de Modelagem Unificada Modelagem de Sistemas UML Linguagem de Modelagem Unificada Prof. Mauro Lopes 1-25 Objetivos Nesta aula iremos apresentar os elementos conceituais da Linguagem de Modelagem Unificada (UML). Boa aula a todos.

Leia mais

Desenvolvimento de uma Técnica de Inspeção de Diagrama de Estados com apoio dos Diagramas de Atividades descrevendo os Casos de Uso do Software

Desenvolvimento de uma Técnica de Inspeção de Diagrama de Estados com apoio dos Diagramas de Atividades descrevendo os Casos de Uso do Software Desenvolvimento de uma Técnica de Inspeção de Diagrama de Estados com apoio dos Diagramas de Atividades descrevendo os Casos de Uso do Software Karen Miyuki Nakazato Guilherme Horta Travassos {kmn, ght}@cos.ufrj.br

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2012/2013 Unidade Curricular Engenharia de Software II ECTS 6 Regime Obrigatório Ano 3º Semestre 1º sem Horas de trabalho globais Docente Maria Clara Silveira Total

Leia mais

AVALIAÇÃO SISTEMÁTICA DE ABORDAGENS DE DERIVAÇÃO DE PRODUTO

AVALIAÇÃO SISTEMÁTICA DE ABORDAGENS DE DERIVAÇÃO DE PRODUTO Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Exatas e da Terra Departamento de Informática e Matemática Aplicada Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Computação AVALIAÇÃO SISTEMÁTICA

Leia mais

GERAÇÃO DE SISTEMAS HOSPITALARES EM TEMPO REAL UTILIZANDO LINHAS DE PRODUTO DE SOFTWARE

GERAÇÃO DE SISTEMAS HOSPITALARES EM TEMPO REAL UTILIZANDO LINHAS DE PRODUTO DE SOFTWARE GERAÇÃO DE SISTEMAS HOSPITALARES EM TEMPO REAL UTILIZANDO LINHAS DE PRODUTO DE SOFTWARE Bruno Gomes Araújo 12, Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim 1, Tulio de Paiva Marques Carvalho 13, Robinson Luís

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. UML-Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. UML-Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE UML-Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução a linguagem UML

Leia mais

Table 1. Dados do trabalho

Table 1. Dados do trabalho Título: Desenvolvimento de geradores de aplicação configuráveis por linguagens de padrões Aluno: Edison Kicho Shimabukuro Junior Orientador: Prof. Dr. Paulo Cesar Masiero Co-Orientadora: Prof a. Dr. Rosana

Leia mais

Objetivos. Conteúdo Programático. Parte 1. Parte 2. Parte 3. UNIFACS - Especialização em Engenharia de Software

Objetivos. Conteúdo Programático. Parte 1. Parte 2. Parte 3. UNIFACS - Especialização em Engenharia de Software Especialização em Engenharia de Software Linhas de Produto de Software Parte 1 Sérgio Soares DSC UPE sergio@dsc.upe.br Objetivos Introduzir os principais conceitos de Linhas de Produto de Software Apresentar

Leia mais

Minicurso do Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software - SBES 2009 - Sérgio Soares

Minicurso do Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software - SBES 2009 - Sérgio Soares Objetivos Introdução a Linhas de Produtos de Software Sérgio Soares scbs@cin.ufpe.br Introduzir os principais conceitos de Linhas de Produtos de Software Apresentar exemplos de Linhas de Produtos de Software

Leia mais

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 BPM CBOK Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócios Corpo Comum de Conhecimento Modelagem de Processos de Negócios Modelagem de processos Análise de

Leia mais

Fernanda E. Espinola Andréia F. da Silva. Universidade Anhembi-Morumbi

Fernanda E. Espinola Andréia F. da Silva. Universidade Anhembi-Morumbi Dra. Judith Pavón (coordenadora) Fernanda E. Espinola Andréia F. da Silva Universidade Anhembi-Morumbi Dr. Sidney Viana (colaborador) UNIFIEO Motivação Objetivos Engenharia de Requisitos Metodologia Técnicas

Leia mais

Um Processo para a Engenharia de Domínio e de Aplicações Multiagente: As Fases de Projeto de Domínio e de Aplicações

Um Processo para a Engenharia de Domínio e de Aplicações Multiagente: As Fases de Projeto de Domínio e de Aplicações Um Processo para a Engenharia de Domínio e de Aplicações Multiagente: As Fases de Projeto de Domínio e de Aplicações Adriana Leite 2, Rosario Girardi 1 1 DEINF/GESEC - Universidade Federal do Maranhão

Leia mais

Uma Abordagem Dirigida por Modelos para Gerência de Variabilidades e Execução de Processos de Software

Uma Abordagem Dirigida por Modelos para Gerência de Variabilidades e Execução de Processos de Software Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Exatas e da Terra Departamento de Informática e Matemática Aplicada Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Computação Uma Abordagem Dirigida

Leia mais

Linha de Produtos de Software: Conceitos e Ferramentas

Linha de Produtos de Software: Conceitos e Ferramentas Capítulo 3 Linha de Produtos de Software: Conceitos e Ferramentas Juliana Alves Pereira, Eduardo Figueiredo, Heitor Costa Abstract Software Product Line (SPL) is a development method for software reuse

Leia mais

LINGUAGEM DE ESPECIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO (SDL) APLICADA AO PROCESSO DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS REATIVOS

LINGUAGEM DE ESPECIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO (SDL) APLICADA AO PROCESSO DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS REATIVOS LINGUAGEM DE ESPECIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO (SDL) APLICADA AO PROCESSO DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS REATIVOS Fabiana Fraga Ferreira Bacharelanda em Sistemas de Informação Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

Requisitos de Software

Requisitos de Software Requisitos de Software Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Kiev Gama kiev@cin.ufpe.br Slides originais elaborados por Ian Sommerville e adaptado pelos professores Márcio Cornélio,

Leia mais

Adaptação da Abordagem Theme para Linhas de Produtos de Software

Adaptação da Abordagem Theme para Linhas de Produtos de Software Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências e Tecnologia Departamento de Informática Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática 1º Semestre, 2009/2010 Adaptação da Abordagem Theme para Linhas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS GUILHERME ERMEL

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS GUILHERME ERMEL UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS GUILHERME ERMEL UMA FERRAMENTA PARA COMPOSIÇÃO DE DIAGRAMAS DE COMPONENTES

Leia mais

Uma Ferramenta para Geração Automática de Testes Funcionais e Protótipos de Interface a partir de Casos de Uso

Uma Ferramenta para Geração Automática de Testes Funcionais e Protótipos de Interface a partir de Casos de Uso Uma Ferramenta para Geração Automática de Testes Funcionais e Protótipos de Interface a partir de Casos de Uso Ernesto C. Brasil 1, Thiago C. de Sousa 2 1 Centro de Ensino Unificado de Teresina (CEUT)

Leia mais

Especificação de Uma Abordagem para Desenvolvimento Distribuído de Software Utilizando SPEM

Especificação de Uma Abordagem para Desenvolvimento Distribuído de Software Utilizando SPEM Especificação de Uma Abordagem para Desenvolvimento Distribuído de Software Utilizando SPEM Gislaine Camila Lapasini Leal, Elisa Hatsue Moriya Huzita Tania Fatima Calvi Tait e César Alberto da Silva Universidade

Leia mais

SERS: Uma Ferramenta de Apoio ao Reuso de Requisitos

SERS: Uma Ferramenta de Apoio ao Reuso de Requisitos SERS: Uma Ferramenta de Apoio ao Reuso de Requisitos Rodrigo Cezario da Silva 1, Fabiane Barreto Vavassori Benitti 1 1 1 Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) Mestrado em Computação Aplicada Caixa Postal

Leia mais

Uma Abordagem para o Desenvolvimento de um Sistema Clínico baseado em Arquétipos e Mapas Mentais

Uma Abordagem para o Desenvolvimento de um Sistema Clínico baseado em Arquétipos e Mapas Mentais Uma Abordagem para o Desenvolvimento de um Sistema Clínico baseado em Arquétipos e Mapas Mentais Fernando Wanderley 1, Legilmo Oliveira 1, Denis Silveira 2, Vinicius Garcia 3. 1 Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Captor-AO: Gerador de Aplicações apoiado pela Programação Orientada a Aspectos

Captor-AO: Gerador de Aplicações apoiado pela Programação Orientada a Aspectos Captor-AO: Gerador de Aplicações apoiado pela Programação Orientada a Aspectos Carlos Alberto de Freitas Pereira Júnior 1 Paulo Cesar Masiero 1 Rosana Teresinha Vaccare Braga 1 1 Instituto de Ciências

Leia mais

Metodologia para a Adaptação de Processos de Software baseada no Modelo SSE-CMM

Metodologia para a Adaptação de Processos de Software baseada no Modelo SSE-CMM Metodologia para a Adaptação de Processos de Software baseada no Modelo SSE-CMM Rosana Wagner, Lisandra Manzoni Fontoura Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) Centro de Tecnologia Universidade

Leia mais

Gerenciando Variabilidade e Reusabilidade em Linhas de Produto de Software

Gerenciando Variabilidade e Reusabilidade em Linhas de Produto de Software Gerenciando Variabilidade e Reusabilidade em Linhas de Produto de Software Luiz Carlos d Oleron, Cleyton Mário de Oliveira Rodrigues Centro de Informática (CIn) Universidade Federal de Pernambuco Recife,

Leia mais

Andrew Diniz da Costa. Automação do Processo de Gerência do Teste de Software. Tese de Doutorado

Andrew Diniz da Costa. Automação do Processo de Gerência do Teste de Software. Tese de Doutorado Andrew Diniz da Costa Automação do Processo de Gerência do Teste de Software Tese de Doutorado Tese apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Doutor pelo Programa de Pós-graduação em

Leia mais

Modelo de Recuperação da Rastreabilidade de Artefatos de Software

Modelo de Recuperação da Rastreabilidade de Artefatos de Software Modelo de Recuperação da Rastreabilidade de Artefatos de Software Autor: Felipe Cézar de Castro Antunes 1, Marcelo de Almeida Maia, D.Sc. 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade

Leia mais

Exame de Qualificação para o Doutorado

Exame de Qualificação para o Doutorado Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Exame de Qualificação para o Doutorado EVOLMANAGER:

Leia mais

Motivação. Motivação (software) Customização em massa. Outros exemplos de uso de plataformas

Motivação. Motivação (software) Customização em massa. Outros exemplos de uso de plataformas Motivação Introdução a Linhas de Produtos de Software Sérgio Soares scbs@cin.ufpe.br twitter.com/scbs Produtos desenvolvidos manualmente para clientes individuais atendimento as necessidades do cliente

Leia mais

HyperCAL 3D MODELADOR DE SÓLIDOS PARA GEOMETRIA DESCRITIVA

HyperCAL 3D MODELADOR DE SÓLIDOS PARA GEOMETRIA DESCRITIVA HyperCAL 3D MODELADOR DE SÓLIDOS PARA GEOMETRIA DESCRITIVA Fábio Gonçalves Teixeira Régio Pierre da Silva Tânia Luísa Koltermann da Silva Anelise Todeschini Hoffmann José Luís Farinatti Aymone UFRGS -

Leia mais

MARCOS DE MORAES BRASIL UMA ANÁLISE DE ALGUMAS ABORDAGENS DE MODELAGEM ORIENTADAS A ASPECTOS

MARCOS DE MORAES BRASIL UMA ANÁLISE DE ALGUMAS ABORDAGENS DE MODELAGEM ORIENTADAS A ASPECTOS FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM FACULDADE DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MARCOS DE MORAES BRASIL UMA ANÁLISE DE ALGUMAS ABORDAGENS DE MODELAGEM ORIENTADAS

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas. O que é modelagem. O que é modelagem. Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML. Ferramenta: Rational Rose.

Análise e Projeto de Sistemas. O que é modelagem. O que é modelagem. Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML. Ferramenta: Rational Rose. Análise e Projeto de Sistemas Unified Modeling Language Benno Eduardo Albert benno@ufrj.br O que é modelagem Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML Ferramenta: Rational Rose. 2 O que é modelagem

Leia mais

UML Visão Geral. Slides baseados em material disponibilizado pela Rational e adaptação da tradução de João P. Faria Univ. Do Porto.

UML Visão Geral. Slides baseados em material disponibilizado pela Rational e adaptação da tradução de João P. Faria Univ. Do Porto. UML Visão Geral Slides baseados em material disponibilizado pela Rational e adaptação da tradução de João P. Faria Univ. Do Porto. 1 Índice Introdução Diagramas O que é a UML? Diagrama de casos de uso

Leia mais

Joaquim Reis ISCTE-IUL mestrados 2011-2012 Fev-2012 Joaquim Reis, DCTI - ISCTE - mestrados de MCC, METI, MEI, MIGE, 2011-2012

Joaquim Reis ISCTE-IUL mestrados 2011-2012 Fev-2012 Joaquim Reis, DCTI - ISCTE - mestrados de MCC, METI, MEI, MIGE, 2011-2012 Generic Shape Grammars projecto GSG an expert system shell for shape grammars Joaquim Reis Joaquim.Reis@iscte.pt ISCTE-IUL Dept. Ciências e Tecnologias de Informação GSG a tool for building computational

Leia mais

Modelagem de Organizações de Agentes Inteligentes: uma Extensão da MAS-ML Tool

Modelagem de Organizações de Agentes Inteligentes: uma Extensão da MAS-ML Tool Modelagem de Organizações de Agentes Inteligentes: uma Extensão da MAS-ML Tool Enyo J. T. Gonçalves 1, 2, Kleinner Farias 3, Mariela I. Cortés 2 Viviane Torres da Silva 4, Robson G. F. Feitosa 2 1 Universidade

Leia mais

ERACE-TOOL - UMA FERRAMENTA BASEADA EM CENÁRIOS PARA À ENGENHARIA DE REQUISITOS

ERACE-TOOL - UMA FERRAMENTA BASEADA EM CENÁRIOS PARA À ENGENHARIA DE REQUISITOS ERACE-TOOL - UMA FERRAMENTA BASEADA EM CENÁRIOS PARA À ENGENHARIA DE REQUISITOS João Caldas Júnior FIL- Fundação Paulista de Educação e Tecnologia Paulo C. Masiero ICMC - Universidade de São Paulo masiero@icmsc.sc.usp.br

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. 2. ORIENTADOR: Prof. Msc. Thelma Elita Colanzi Lopes 3. DEPARTAMENTO: DIN

RELATÓRIO FINAL. 2. ORIENTADOR: Prof. Msc. Thelma Elita Colanzi Lopes 3. DEPARTAMENTO: DIN PPG/PES UEM RELATÓRIO FINAL 1. ACADÊMICO(S) PARTICIPANTE(S): Antonio Carlos Contieri Júnior 2. ORIENTADOR: Prof. Msc. Thelma Elita Colanzi Lopes 3. DEPARTAMENTO: DIN 4. TÍTULO DO PROJETO: Implementação

Leia mais

AIPLE-IS: An Approach to Develop Product Lines for Information Systems Using Aspects

AIPLE-IS: An Approach to Develop Product Lines for Information Systems Using Aspects AIPLE-IS: An Approach to Develop Product Lines for Information Systems Using Aspects Rosana T. Vaccare Braga Fernão S. R. Germano Stanley F. Pacios Paulo C. Masiero Instituto de Ciências Matemáticas e

Leia mais