Projetos de PPP na STM. Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projetos de PPP na STM. Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos"

Transcrição

1 Projetos de PPP na STM Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos São Paulo, 18/03/2013

2 Regiões metropolitanas do Estado de São Paulo América do Sul Brasil A.U. Jundiaí R.M Vale R.M. do Paraíba e Litoral R.M. São Paulo Norte R.M. Campinas Baixada Santista

3 Macrometrópole Paulista RM s de São Paulo: Maior mancha urbana do Hemisfério Sul, responsável por 27% do PIB brasileiro

4 Rede Metroferroviária atual Tucuruvi

5 Mapa do transporte metropolitano Rede Futura 5 Linhas que continuarão em construção após 2014

6 Investimentos previstos R$ ,50 Metrô ,00 CPTM 9.388,00 STM 4.915,00 EMTU 863,00 EFCJ 15,50 Em R$ milhões

7 Orçamento % 90% 80% 70% 60% 50% 40% 2013 (Previsto) 2012(Medido) 30% 20% 10% 0% STM METRÔ CPTM EMTU EFCJ GERAL

8 Orçamento Orçamento 2013/ STM METRÔ CPTM EMTU EFCJ GERAL

9 Financiamentos contratados Internacionais Valores em US$ milhões BIRD BID JBIC BIRD BID JBIC Total R$ milhões Total geral 3364 em US$ milhões

10 Financiamentos contratados nacionais Valores em R$ milhões BNDES CEF Total R$ milhões BNDES 550 CEF Total geral 6.858

11 Financiamentos a contratar Valores em R$ milhões BNDES CEF Total Metrô 5636 Total R$ milhões BNDES BB AFD Total CPTM 3807

12 Empréstimos internacional e nacional Capacidade de endividamento do Estado Enquadramento às condições exigidas pelos bancos e órgãos financiadores Tratamento da população afetada pelo empreendimento planos de reassentamento

13 Parceria Público-Privada PPP Concessão pura Parceria Público-Privada PPP Patrocinada - tarifa do usuário + contrapartida Administrativa - contrapartida

14 Parcerias público-privadas fluxo de aprovação Secretarias Proposta Preliminar Unidade de PPP Companhia Paulista de Parcerias CPP Conselho Gestor Estudos Técnicos Unidade de PPP Companhia Paulista de Parcerias - CPP Secretaria Executiva do Conselho Unidade de PPP Companhia Paulista de Parcerias - CPP Conselho Gestor Licitação Contrato

15 Projetos de PPP - fatores críticos Modelagem financeira criteriosa Identificação de riscos envolvidos no empreendimento Definição de critérios para mitigação desses riscos

16 PRINCIPAIS RISCOS Demanda, Construção, Geológicos, Arqueológicos, Ambientais, Interferências urbanas, Desapropriações

17 Mitigação de riscos Mitigação de Risco de Demanda: Banda de demanda com mitigação a partir de variação 15% da demanda base. Compartilhamento de Riscos Geológicos: Conhecidos pelos estudos publicados são de responsabilidade da Concessionária. Desconhecidos = Reequilíbrio contratual. Riscos Arqueológicos = Poder Concedente. 17

18 Mitigação de riscos Mitigação de Riscos Ambientais: - Licença Prévia de responsabilidade do Estado (ações mitigadoras para SPE); - Licença de Instalação e Licença de Operação: responsabilidade do Concessionário. Garantias ao privado para as contraprestações => 6 meses de contraprestação em conta especial com reposição automática com recursos oriundos da Clearing house de arrecadação de tarifas públicas cobradas dos usuários. Operação parcial incentivada no Edital, com remuneração adicional aos 19 anos previstos. Regulação do contrato e fiscalização da implantação: STM unidade independente.

19 MITIGAÇÃO DO RISCO DE DEMANDA Pass.mil / dia Faixas de Mitigação da Demanda Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano % + 20% + 10% Projetada - 10% - 20% - 40%

20 Ineditismo da PPP da Linha 6 abrange construção, material rodante, sistemas e operação (PPP completa) por 25 anos. aportes de recursos públicos durante o período de obras. orçamento compatível com ante-projeto de engenharia ( MIP ou do Estado ) bonificação por antecipação de operação (parcial ou plena) desonerações de ICMS (Obras, Sistemas e Material rodante)

21 Ineditismo da PPP da Linha 6 desapropriações de propriedades privadas realizadas pelo Privado e das áreas públicas pelo setor público licenças ambientais prévias, sob responsabilidade do Estado e as demais licenças pelo privado. compartilhamento de riscos demanda, geológicos e interferências compartilhados obras - privado arqueológicos - Estado

22 Vantagens uso da gestão privada nos empreendimentos (transcende o periodo de construção / responsabilidade pelos 25 anos ) menor nível de problemas nas interfaces; maior velocidade na implantação e operação da linha. possíveis ganhos de custo para o Estado (Capex e Opex) desde que haja concorrência. aporte de recursos privados ajudando o financiamento do Projeto possível ampliação know.how de construção e operação de linhas de metro no Brasil.

23 Linha 6 - Laranja Edital janeiro 2013 Contrato junho 2013 Construção, operação e manutenção 15,3 Km 15 estações 23 trens 630 mi pass/dia útil Investimentos R$ 7,8 bi 25 anos Contraprestação anual R$ 540 mi Licitação internacional Menor valor da contraprestação

24 Linha 18 - Bronze Edital junho 2013 Construção, operação e manutenção 14,4 Km 12 estações 23 trens 365 mi pass/dia útil Investimentos R$ 3,01 bi 25 anos Contraprestação anual R$ 170 mi Licitação internacional Menor valor da contraprestação

25 Linha 20 - Rosa Edital outubro 2013 Contrato março 2014 Construção, operação e manutenção 25,0 Km (12,3 na ppp) 25 estações ( 14 na ppp ) 30 trens (13 na ppp ) 468 mi pass/dia útil Investimentos R$ 7,5 bi 25 anos Contraprestação anual R$ 540 mi Licitação internacional Menor valor da contraprestação

26 Trens Regionais Edital novembro 2013 Contrato abril 2014 Construção, implantação de trens e sistemas 416 km 465 mi pass/dia útil Investimentos R$ 18,5 bi (30% pu ) 30 anos Licitação internacional Menor valor da contraprestação ou menor investimento público

27 Trens Regionais Edital novembro 2013 Contrato abril 2014

28 Outros projetos de concessões SIM da RMBS Monotrilhos da RMSP L 15 L 17

Em R$ milhões. empresas empresas. fiscal. fiscal 5.723 5.440 4.824 3.469 1.398 15.769 16.474 15.797 1.281 1.634 11.535 8.067 6.491 5.266 22.197 21.

Em R$ milhões. empresas empresas. fiscal. fiscal 5.723 5.440 4.824 3.469 1.398 15.769 16.474 15.797 1.281 1.634 11.535 8.067 6.491 5.266 22.197 21. Evolução dos Investimentos Em R$ milhões 20.593 22.197 21.237 15.004 4.824 5.723 5.440 7.772 6.900 1.281 1.634 6.491 5.266 9.465 1.398 8.067 3.469 11.535 15.769 16.474 15.797 empresas empresas fiscal fiscal

Leia mais

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA VOCÊ, UMA ÓTIMA AÇÃO PARA SÃO PAULO.

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA VOCÊ, UMA ÓTIMA AÇÃO PARA SÃO PAULO. PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA VOCÊ, UMA ÓTIMA AÇÃO PARA SÃO PAULO. São Paulo State Government São Paulo State Government PARCERIA PARA O DESENVOLVIMENTO. Nossa proposta é ampliar

Leia mais

Mobilidade Urbana Planos e Estratégias do GESP

Mobilidade Urbana Planos e Estratégias do GESP Mobilidade Urbana Planos e Estratégias do GESP Mancha Urbana da MMP e Sistema Viário PIB da MMP 2009/2010 (em milhões correntes) PIB 2009 PIB 2010 29.758 55.595 27.886 39.993 34.178 6.303 4.790 RMSP RMC

Leia mais

7º Encontro de Logística e Transportes

7º Encontro de Logística e Transportes 7º Encontro de Logística e Transportes Transportes Metropolitanos na RMSP Roberto Arantes Filho Coordenador de Relações Institucionais da STM Fiesp-SP,21/05/2012 Módulo 1 Contexto de Atuação Regiões metropolitanas

Leia mais

ESQUEMAS DE PARTICIPACÍON PÚBLICA Y PRIVADA EN EL DISEÑO, FINANCIACIÓN, CONSTRUCCIÓN, OPERACIÓN Y GESTIÓN

ESQUEMAS DE PARTICIPACÍON PÚBLICA Y PRIVADA EN EL DISEÑO, FINANCIACIÓN, CONSTRUCCIÓN, OPERACIÓN Y GESTIÓN ESQUEMAS DE PARTICIPACÍON PÚBLICA Y PRIVADA EN EL DISEÑO, FINANCIACIÓN, CONSTRUCCIÓN, OPERACIÓN Y GESTIÓN José Kalil Neto jkalil@metrosp.com.br Bogotá Colombia 08 y 09 de septiembre de 2008 MAPA DO TRANSPORTE

Leia mais

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS Carteira de Projetos 2013 Pedro Pereira Benvenuto. Secretário Executivo. secretariaexecutiva@sp.gov.br Setembro 2013 Projetos Contratados Linha 4 Amarela (STM/Metrô) Sistema

Leia mais

O METRÔ DE SÃO PAULO. Apresentação para a Cámara Colombiana de la Infraestructura Bogotá Colômbia 28/10/2010. Engº Epaminondas Duarte Junior

O METRÔ DE SÃO PAULO. Apresentação para a Cámara Colombiana de la Infraestructura Bogotá Colômbia 28/10/2010. Engº Epaminondas Duarte Junior O METRÔ DE SÃO PAULO Apresentação para a Cámara Colombiana de la Infraestructura Bogotá Colômbia 28/10/2010 Engº Epaminondas Duarte Junior REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO MERCADO CENTRAL - SÃO PAULO

Leia mais

TIPOS DE RELACIONAMENTO COM A INICIATIVA PRIVADA E FORMAS DE ESTRUTURAÇÃO DE PROJETOS

TIPOS DE RELACIONAMENTO COM A INICIATIVA PRIVADA E FORMAS DE ESTRUTURAÇÃO DE PROJETOS TIPOS DE RELACIONAMENTO COM A INICIATIVA PRIVADA E FORMAS DE ESTRUTURAÇÃO DE PROJETOS terça-feira, 10 de novembro de 2015 Objetivo Apresentar os alguns dos tipos de relacionamento estabelecidos entre a

Leia mais

Operações Estruturadas sob o Conceito de Parceria Público Privado -PPP

Operações Estruturadas sob o Conceito de Parceria Público Privado -PPP Operações Estruturadas sob o Conceito de Parceria -PPP Premissas: Modelos apresentados são meramente exemplificativos; Não há comprometimento do BB na concessão de crédito ou prestação de garantia; Trata-se

Leia mais

Programa de Engenharia de Transportes COPPE/UFRJ

Programa de Engenharia de Transportes COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Transportes COPPE/UFRJ O financiamento de sistemas de transporte coletivo público envolve: As fontes de recursos de capital para investimento e A recuperação do capital investido

Leia mais

PPP s em Projetos de Infraestrutura 8º Encontro de Logística e Transportes

PPP s em Projetos de Infraestrutura 8º Encontro de Logística e Transportes PPP s em Projetos de Infraestrutura 8º Encontro de Logística e Transportes Maio, 2013 Índice Contexto do Surgimento da LEI das PPPs Comparação Fazer uma PPP não é fácil Características e Requisitos das

Leia mais

SIM da RMBS. AUDIÊNCIA PÚBLICA DA PPP DO SIM DA RMBS 23/Outubro/2013

SIM da RMBS. AUDIÊNCIA PÚBLICA DA PPP DO SIM DA RMBS 23/Outubro/2013 SIM da RMBS Sistema Integrado Metropolitano Voltado à prestação do serviço de transporte público coletivo na Região Metropolitana da Baixada Santista RMBS AUDIÊNCIA PÚBLICA DA PPP DO SIM DA RMBS 23/Outubro/2013

Leia mais

Santos 23/09/09. Sistema Integrado Metropolitano SIM. Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve)

Santos 23/09/09. Sistema Integrado Metropolitano SIM. Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) Santos 23/09/09 Sistema Integrado Metropolitano SIM Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 1 1 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos - STM Três regiões metropolitanas do Estado de São Paulo:

Leia mais

METRÔ 2020. Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo

METRÔ 2020. Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo METRÔ 2020 Expansão Metrô 2020, Novas Linhas já programadas, Linhas em estudo, Aspecto multimodal - Integração com outros meios de transporte Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento

Leia mais

Fundamentos de Parcerias Público-Privadas (PPPs)

Fundamentos de Parcerias Público-Privadas (PPPs) Fundamentos de Parcerias Público-Privadas (PPPs) Organização: Unidade de Parcerias Público-Privadas - Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP) Vitória, 26.11.2010 Objetivos do Curso Apresentar

Leia mais

SEMINARIO 10 ANOS DA LEI DE PPP

SEMINARIO 10 ANOS DA LEI DE PPP SEMINARIO 10 ANOS DA LEI DE PPP Manifestações de Interesse da Iniciativa Privada (MIP) A experiência de São Paulo Companhia Paulista de Parcerias CPP Secretaria da Fazenda Salvador - Setembro/2014 Visão

Leia mais

Prof. Murillo Sapia Gutier. www.murillogutier.com.br

Prof. Murillo Sapia Gutier. www.murillogutier.com.br Prof. Murillo Sapia Gutier www.murillogutier.com.br é acordo firmado entre Administração Pública e pessoa do setor privado; Objetivo: implantação ou gestão de serviços públicos, com eventual execução de

Leia mais

Proposta preliminar para discussão com. Versão de 23 de abril de 2004. Potenciais Parceiros Privados

Proposta preliminar para discussão com. Versão de 23 de abril de 2004. Potenciais Parceiros Privados Proposta preliminar para discussão com Versão de 23 de abril de 2004 Potenciais Parceiros Privados Apresentação O Governo do Estado de Minas Gerais, com a publicação da Lei nº 14.868, de 16 de dezembro

Leia mais

P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia

P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia causada pelo endividamento público Limitação provocada pela

Leia mais

Aspectos Relevantes da Assessoria Técnica Prestada ao Projeto do Aeroporto Internacional de Pouso Alegre Francisco Humberto Vignoli

Aspectos Relevantes da Assessoria Técnica Prestada ao Projeto do Aeroporto Internacional de Pouso Alegre Francisco Humberto Vignoli Aspectos Relevantes da Assessoria Técnica Prestada ao Projeto do Aeroporto Internacional de Pouso Alegre Francisco Humberto Vignoli Coordenador de Projetos Data: 21 de outubro de 2015 AGENTES ENVOLVIDOS

Leia mais

EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. 6 a 8 de fevereiro de 2012

EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. 6 a 8 de fevereiro de 2012 EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Disciplina: D 3.3 Fundamentos do Direito Público (20h) (Aula 4: Parcerias na Administração Pública) Professores: Eduardo Xavier e Wellington Márcio Kublisckas 6 a 8 de fevereiro

Leia mais

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Encontro Econômico Brasil - Alemanha 2009 Cooperação para o Crescimento e Emprego Idéias e Resultados TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Secretaria de Política Nacional de Transportes / MT - Engº Marcelo Perrupato

Leia mais

REGIÕES METROPOLITANAS DE SÃO PAULO

REGIÕES METROPOLITANAS DE SÃO PAULO SISTEMA DE INFORMAÇÕES CAMINHOS METROPOLITANOS REGIÕES METROPOLITANAS DE SÃO PAULO www.caminhosmetropolitanos.sp.gov.br ATRIBUIÇÕES STM Executar a política estadual de transportes urbanos de passageiros

Leia mais

Financiamentos para Empreendimentos Públicos de Saneamento e Urbanização

Financiamentos para Empreendimentos Públicos de Saneamento e Urbanização 8º ENAENCO Financiamentos para Empreendimentos Públicos de Saneamento e Urbanização ROGÉRIO DE PAULA TAVARES Superintendente Nacional Saneamento e Infra-estrutura São Paulo, 29 de novembro de 2007 Fonte:

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira Diretor Presidente maio/2013 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco

Leia mais

PROJETO ARENA FONTE NOVA. São Paulo, 27 de novembro de 2014

PROJETO ARENA FONTE NOVA. São Paulo, 27 de novembro de 2014 São Paulo, 27 de novembro de 2014 CONTRATOS PPP/BA CONTRATOS ASSINADOS % EM RELAÇÃO A RCL 2014 2015 2016 2017 2018 Contrato n 30/2010 - Hospital do Subúrbio 0,655% 0,635% 0,613% 0,592% 0,571% Contrato

Leia mais

PAINEL 2014 PACTO PELA INFRAESTRUTURA NACIONAL E EFICIÊNCIA LOGÍSTICA TEMA: CENÁRIOS PARA INVESTIMENTOS

PAINEL 2014 PACTO PELA INFRAESTRUTURA NACIONAL E EFICIÊNCIA LOGÍSTICA TEMA: CENÁRIOS PARA INVESTIMENTOS PAINEL 2014 PACTO PELA INFRAESTRUTURA NACIONAL E EFICIÊNCIA LOGÍSTICA TEMA: CENÁRIOS PARA INVESTIMENTOS BRASÍLIA, 03 DE SETEMBRO DE 2014 Luis Henrique T. Baldez Presidente Executivo OBJETIVOS E PRINCÍPIOS

Leia mais

PROGRAMA ESTADUAL DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PRIVADAS (PPP) Primeiro Semestre de 2006

PROGRAMA ESTADUAL DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PRIVADAS (PPP) Primeiro Semestre de 2006 PROGRAMA ESTADUAL DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PRIVADAS (PPP) Primeiro Semestre de 2006 MOMENTO ATUAL / AVANÇOS Discussão sobre PPP Processo muito rico, inserido na discussão sobre a retomada do desenvolvimento

Leia mais

Parceria P ú blico-privada PPP. Novembro/2003 -

Parceria P ú blico-privada PPP. Novembro/2003 - Parceria P ú blico-privada PPP Novembro/2003 - Definição de Contrato de PPP Execução Clique de para obras, editar serviços os estilos e do atividades texto de mestre interesse Segundo público, cuja nível

Leia mais

3. PLANO DE EMPREENDIMENTO SELECIONADO E SITUAÇÃO DE APOIO FINANCEIRO. 3.1. Projeto Ação Metrópole - Obras integradas de transporte

3. PLANO DE EMPREENDIMENTO SELECIONADO E SITUAÇÃO DE APOIO FINANCEIRO. 3.1. Projeto Ação Metrópole - Obras integradas de transporte 3. PLANO DE EMPREENDIMENTO SELECIONADO E SITUAÇÃO DE APOIO FINANCEIRO 3.1. Projeto Ação Metrópole - Obras integradas de transporte 3.1.1. SÍNTESE DO PROJETO AÇÃO METRÓPOLE Como o 1.º projeto do sistema

Leia mais

Investimentos 2013-2016 O Desafio da Universalização

Investimentos 2013-2016 O Desafio da Universalização Investimentos 2013-2016 O Desafio da Universalização 30 de novembro de 2013 O desafio da universalização Planejamento CV Planejamento em trajetória:! Planejamento Estratégico 1995! BSC Gestão Estratégica

Leia mais

Agencias De Fomento e Garantias em Contratos de Parcerias Público Privadas: perspectivas e possibilidades

Agencias De Fomento e Garantias em Contratos de Parcerias Público Privadas: perspectivas e possibilidades Agencias De Fomento e Garantias em Contratos de Parcerias Público Privadas: perspectivas e Marcus Vinicius Macedo Pessanha Sócio Coordenador de Direito Regulatório Escritório Nelson Wilians e Advogados

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Março/2012 Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco da Rocha Caieiras REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Itaquaquecetuba Osasco Barueri São

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Subsecretaria de Finanças

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Subsecretaria de Finanças EXPLÍCITAS DIRETAS Governo do Estado do Rio de Janeiro III PROJETO PPP LINHA 3 Os valores listados na Tabela, abaixo, possuem referência no Estudo Técnico apresentado pelo Consórcio Rio de Janeiro em Movimento

Leia mais

81º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção. PAINEL Saneamento: Desafios para a Universalização

81º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção. PAINEL Saneamento: Desafios para a Universalização 81º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção PAINEL Saneamento: Desafios para a Universalização Rogério de Paula Tavares Superintendente Nacional de Saneamento e Infra-estrutura Rio de Janeiro,

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ANEXO XVI. DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ANEXO XVI. DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS ANEXO XVI. DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS Sumário INTRODUÇÃO... 3 1 CAPEX... 4 2 OPEX... 12 3 CAPITAL DE TERCEIROS... 22 4 DRE... 24 5 FLUXO DE CAIXA LIVRE... 28 6 TIR... 30 Página 1 de

Leia mais

Ferrovias em expansão

Ferrovias em expansão Ferrovias em expansão Brasil pode ter acréscimo de 8.040 quilômetros de ferrovias. Atualmente, 4.849 km estão em obras O o transporte de carga e oito para passageiros. conta com mais 19 projetos no papel

Leia mais

PROJECT FINANCE NO BRASIL - Fortaleza 2.009

PROJECT FINANCE NO BRASIL - Fortaleza 2.009 Desmitificando o Project Finance O Project Finance não é uma técnica em si, mas um conjunto de técnicas conhecidas e testadas, que devem conviver harmoniosamente e coordenadas entre si, permitindo que

Leia mais

MBA PPPs e Concessões Programa do Curso

MBA PPPs e Concessões Programa do Curso MBA PPPs e Concessões Programa do Curso (Versão preliminar - para consulta pública) MÓDULO BÁSICO (108 horas) O objetivo do Módulo Básico é criar uma base de conhecimento comum para todos os participantes

Leia mais

A SOCIEDADE A SETEPLA TECNOMETAL ENGENHARIA LTDA,

A SOCIEDADE A SETEPLA TECNOMETAL ENGENHARIA LTDA, Novembro de 2009 A SOCIEDADE A SETEPLA TECNOMETAL ENGENHARIA LTDA, empresa brasileira de engenharia, atua há mais de 40 anos em consultoria, projetos e gerenciamento de empreendimentos nas áreas de transporte,

Leia mais

Gestão de Contratos de PPP. Bancabilidade, Financiamento e Garantias

Gestão de Contratos de PPP. Bancabilidade, Financiamento e Garantias Gestão de Contratos de PPP Bancabilidade, Financiamento e Garantias Roteiro da Apresentação Bloco 1 Alinhamento Conceitual Aspectos Legais dos Financiamentos Evolução da modelagem (BNB) Bloco 2 Riscos

Leia mais

Patrícia Pacheco Bertozzi. PPB Engenharia Av. Eliseu de Almeida, 2046, 72D, 05533-000, São Paulo (11) 2309-4385 patricia.bertozzi@gmail.

Patrícia Pacheco Bertozzi. PPB Engenharia Av. Eliseu de Almeida, 2046, 72D, 05533-000, São Paulo (11) 2309-4385 patricia.bertozzi@gmail. 1 O Gerenciamento de Riscos em Projetos de Novos Sistemas de Transporte Público sobre Trilhos através de Parceira Público-Privada (PPP): Estudo de Caso do Metrô de Curitiba. Patrícia Pacheco Bertozzi PPB

Leia mais

Conhecendo a Compesa

Conhecendo a Compesa Conhecendo a Compesa Conhecendo a Compesa Informações Gerais Companhia Pernambucana de Saneamento Compesa Economia Mista de Direito Privado 43 anos de existência Faturamento: R$ 1,22 bi (2014) Número de

Leia mais

VLT do Rio. VLT DO RIO Julho de 2011. VLT do Rio

VLT do Rio. VLT DO RIO Julho de 2011. VLT do Rio VLT DO RIO Julho de 2011 VLT do Rio IMPLANTAÇÃO FASEAMENTO Rodoviária Novo Rio 1 Vila de Mídia Cordeiro da Graça Equador Novo Rio 2 Pereira Reis Santo Cristo Pedro Pça. Santo Hernesto Cristo Cidade do

Leia mais

Perspectivas do Trem de Alta Velocidade

Perspectivas do Trem de Alta Velocidade Perspectivas do Trem de Alta Velocidade Bernardo Figueiredo Julho/2013 TRENS DE ALTA VELOCIDADE Segurança: Trem de Alta Velocidade é mais seguro. AVIÃO Número de mortes por bilhão de passageiro/km RODOVIA

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

A atuação da EBP no desenvolvimento da infraestrutura

A atuação da EBP no desenvolvimento da infraestrutura A Estruturadora Brasileira de Projetos tem por missão desenvolver, com imparcialidade e transparência, projetos de infraestrutura que contribuam para o desenvolvimento econômico e social brasileiro criando

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO METROPOLITANO SIM VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS VLT

SISTEMA INTEGRADO METROPOLITANO SIM VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS VLT SISTEMA INTEGRADO METROPOLITANO SIM VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS VLT ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLITANAS ATENDIDAS CAMPINAS SÃO PAULO VALE DO PARAÍBA A EMTU/SP é responsável pela estruturação, gerenciamento

Leia mais

a) Poderão participar empresas isoladas detentoras de projetos eólicos estruturados ( Projetos );

a) Poderão participar empresas isoladas detentoras de projetos eólicos estruturados ( Projetos ); CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE POTENCIAIS PARCEIROS PRIVADOS, DETENTORES DE PROJETOS EÓLICOS ESTRUTURADOS, PARA PARTICIPAR DA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE PROPÓSITO ESPECÍFICO (SPE) VISANDO A GERAÇÃO

Leia mais

O BANCO QUE ACREDITA NAS PESSOAS SR CAMPINAS 2009

O BANCO QUE ACREDITA NAS PESSOAS SR CAMPINAS 2009 O BANCO QUE ACREDITA NAS PESSOAS SR CAMPINAS 2009 Brasil Agências: 2.064 PAB: 464 Total Rede Própria: 2.528 Rede Lotérica: 8.838 Corresp. Bancários: 9.489 Total Rede Parceira: 18.327 Total Geral: 20.855

Leia mais

Negócios nos Trilhos-Encontrem 2006

Negócios nos Trilhos-Encontrem 2006 eixos de atuação Negócios nos Trilhos-Encontrem 2006 São Paulo - novembro de 2006 eixos de atuação SISTEMAS METRO-FERROVIÁRIOS IMPORTÂNCIA DO SETOR METRO-FERROVIÁRIO melhorias urbanas e eficiência como

Leia mais

Financiamento Projetos de Infra-estrutura: Financiamento Corporativo, Project Finance e Parcerias Público-Privadas (PPP)

Financiamento Projetos de Infra-estrutura: Financiamento Corporativo, Project Finance e Parcerias Público-Privadas (PPP) Lei nº 11.079, de 30.12.2004 Decreto nº 5.385, de 04.03.2005 Financiamento Projetos de Infra-estrutura: Financiamento Corporativo, Project Finance e Parcerias Público-Privadas (PPP) Luiz Ferreira Xavier

Leia mais

PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS RISCOS FISCAIS

PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS RISCOS FISCAIS SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA Subsecretaria de Política Fiscal Órgão da SEFAZ PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS RISCOS FISCAIS Breves reflexões sobre o tema. George Santoro BREVE HISTÓRICO: DO ESTADO BUROCRÁTICO

Leia mais

Gestão de contratos de PPP

Gestão de contratos de PPP Gestão de contratos de PPP Workshop Aperfeiçoando as PPP no Brasil Bruno Ramos Pereira Salvador 26 de fevereiro de 2014 Estrutura Apresentação do PPP Brasil CenáriodasPPPsnoBrasil Contexto Riscos e desafios

Leia mais

CAIXA: POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO EM CONCESSÕES DE INFRAESTRUTURA

CAIXA: POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO EM CONCESSÕES DE INFRAESTRUTURA CAIXA: POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO EM CONCESSÕES DE INFRAESTRUTURA 85º Encontro Nacional da Indústria da Construção Rogério de Paula Tavares Diretor Executivo de Infraestrutura e Saneamento Fortaleza/CE,

Leia mais

Elementos econômico- financeiros na gestão de contratos de Parceria Público-Privada

Elementos econômico- financeiros na gestão de contratos de Parceria Público-Privada GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA DO PROGRAMA DE PPP Elementos econômico- financeiros na gestão de contratos de Parceria Público-Privada Frederico Araujo Turolla fredturolla@pezco.com.br

Leia mais

AS/DEURB. 2 Seminário de Trólebus. Instituto de Engenharia SP. 14 de maio de 2013

AS/DEURB. 2 Seminário de Trólebus. Instituto de Engenharia SP. 14 de maio de 2013 AS/DEURB 2 Seminário de Trólebus Instituto de Engenharia SP 14 de maio de 2013 Carlos Malburg Gerente Setorial de Mobilidade Urbana cmalburg@bndes.gov.br Transporte (recentes) Principais Contratações Metro

Leia mais

CORREDOR GUARULHOS-SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS - SÃO PAULO

CORREDOR GUARULHOS-SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS - SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS - SÃO PAULO ACE Associação Comercial Empresarial de Guarulhos 25/Outubro/2013 MISSÃO: Promover e gerir o transporte intermunicipal de baixa e média capacidades para passageiros

Leia mais

Programa Minas PCH Viabilizando Investimentos em PCH no Estado de Minas Gerais

Programa Minas PCH Viabilizando Investimentos em PCH no Estado de Minas Gerais Viabilizando Investimentos em PCH no Estado de Minas Gerais Criação Instituído através do Decreto Estadual Nº 43.914 e lançado pela Cemig através de Chamada Pública. Objeto da Chamada: Convocação de Empresas

Leia mais

A Experiência do BNDES na Estruturação de Projetos

A Experiência do BNDES na Estruturação de Projetos A Experiência do BNDES na Estruturação de Projetos 1 Roteiro 1. Importância da Estruturação de um Projeto Identificação do Projeto Elaboração dos Estudos Procedimento Licitatório Execução 2. Como selecionar

Leia mais

PARA MUDAR DE VERDADE

PARA MUDAR DE VERDADE PARA MUDAR DE VERDADE os transportes Nos 20 anos de sucessivos governos, o PSDB foi incapaz de enfrentar o colapso da mobilidade urbana com políticas compatíveis com a gravidade do problema, sobretudo

Leia mais

LINHA 13 DA CPTM UM EXEMPLO DE GERENCIAMENTO INTELIGENTE

LINHA 13 DA CPTM UM EXEMPLO DE GERENCIAMENTO INTELIGENTE LINHA 13 DA CPTM UM EXEMPLO DE GERENCIAMENTO INTELIGENTE copyright Seminário de Mobilidade Inteligente - Business França Setembro 2015 1 INDICE 1 BREVE APRESENTAÇÃO DO GRUPO 2 PROJETO LINHA 13 - CPTM 3

Leia mais

Processo de Crédito. Setor Público. Implementação de Medidas Estruturantes. XI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

Processo de Crédito. Setor Público. Implementação de Medidas Estruturantes. XI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Processo de Crédito Setor Público Implementação de Medidas Estruturantes XI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios - Abril /2008 - Agenda 1 Operações de Crédito com ente público 2 Parceria Público

Leia mais

Seminário "Espaço Fiscal e Projetos de Investimento nos Estados do Brasil: o papel de Parcerias Público-Privadas. REGISTRO E CONTABILIZAÇÃO DAS PPPs

Seminário Espaço Fiscal e Projetos de Investimento nos Estados do Brasil: o papel de Parcerias Público-Privadas. REGISTRO E CONTABILIZAÇÃO DAS PPPs Seminário "Espaço Fiscal e Projetos de Investimento nos Estados do Brasil: o papel de Parcerias Público-Privadas REGISTRO E CONTABILIZAÇÃO DAS PPPs Marcelo Spilki Rio de Janeiro, 2013 Conceito de Parceria

Leia mais

TAV BRASIL (RIO DE JANEIRO SÃO PAULO CAMPINAS)

TAV BRASIL (RIO DE JANEIRO SÃO PAULO CAMPINAS) TAV BRASIL (RIO DE JANEIRO SÃO PAULO CAMPINAS) 11 Ligação Rio São Paulo - Antecedentes No final da década de 90 o Governo Brasileiro com a cooperação do Governo Alemão realizou estudo de alternativas para

Leia mais

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2 Municípios Habitantes PIB (Regional) Comércio e Serviços 39 18,6 milhões 10,5% população Brasileira R$ 244 Bilhões 15,7% PIB Brasileiro

Leia mais

Infraestrutura, Segurança e PPPs

Infraestrutura, Segurança e PPPs www.pwc.com Infraestrutura, Segurança e PPPs Dezembro, 2011 Agenda - Características de uma PPP - Alguns Projetos de PPP no Brasil - Exemplos de PPP em Infraestrutura e Segurança 2 Características de uma

Leia mais

Formação em Parcerias Público Privadas. Desenvolvimento de uma carteira de projetos

Formação em Parcerias Público Privadas. Desenvolvimento de uma carteira de projetos Formação em Parcerias Público Privadas Desenvolvimento de uma carteira de projetos Novembro de 2013 1. Contexto Atual 2. Análise das Demandas do Setor Público 3. Como Estruturar um Procedimento 4. Como

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Geraldo Alckmin. SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS Jurandir Fernandes

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Geraldo Alckmin. SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS Jurandir Fernandes GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Geraldo Alckmin SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS Jurandir Fernandes 1 A Secretaria dos Transportes Metropolitanos STM, nos termos da Ata da 52ª Reunião Ordinária

Leia mais

PPP / Concessões: Experiência da Alstom. Março 2013

PPP / Concessões: Experiência da Alstom. Março 2013 PPP / Concessões: Experiência da Alstom Março 2013 Papel da Alstom em projetos de Parcerias Público-Privadas Uma forma de viabilizar projetos Projetos de PPP incluíem em um só contrato... construção de

Leia mais

CARTEIRA DE PROJETOS DO PLANO DE AÇÃO DA MACROMETRÓPOLE PAM 2013/2040

CARTEIRA DE PROJETOS DO PLANO DE AÇÃO DA MACROMETRÓPOLE PAM 2013/2040 Seminário Internacional - Ministério das Cidades Planejamento Metropolitano: Governança, Ordenamento Territorial e Serviços Metropolitanos em Debate CARTEIRA DE PROJETOS DO PLANO DE AÇÃO DA MACROMETRÓPOLE

Leia mais

Rev. Data Resp. Téc/Proj. Resp. Téc/Concess. ANTT Verificado. - ANTT Aprovado - ANTT

Rev. Data Resp. Téc/Proj. Resp. Téc/Concess. ANTT Verificado. - ANTT Aprovado - ANTT Código RT-BR0000364-000-0.000-0-0P3-Y05-400 Rev. 00 Emissão: 14/04/2015 Folha 1 / 62 Resp. Técnico / Projetista: Resp. Técnico / Concessionária: Lote: Edital de Chamamento Público Nº 4/2014 Rodovia: BR-364

Leia mais

INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SÃO PAULO. Simpósio Trólebus. 22 de março de 2011. Painel 2 Projetos e Obras. Apresentação: Engº Maurício S.

INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SÃO PAULO. Simpósio Trólebus. 22 de março de 2011. Painel 2 Projetos e Obras. Apresentação: Engº Maurício S. INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SÃO PAULO Simpósio Trólebus 22 de março de 2011 Painel 2 Projetos e Obras Apresentação: Engº Maurício S. Jardini A BBL Bureau Brasileiro Ltda. BBL-BUREAU BRASILEIRO LTDA é uma

Leia mais

Programa de Investimento em Logística

Programa de Investimento em Logística Programa de Investimento em Logística HÉLIO MAURO FRANÇA Empresa de Planejamento e Logística Logística e Desenvolvimento Econômico Imperativos para o desenvolvimento acelerado e sustentável: Ampla e moderna

Leia mais

LOCAÇÃO DE ATIVOS UMA NOVA MODALIDADE DE CONTRATAR OBRAS PÚBLICAS. Aldo Dórea Mattos i

LOCAÇÃO DE ATIVOS UMA NOVA MODALIDADE DE CONTRATAR OBRAS PÚBLICAS. Aldo Dórea Mattos i LOCAÇÃO DE ATIVOS UMA NOVA MODALIDADE DE CONTRATAR OBRAS PÚBLICAS Aldo Dórea Mattos i Ante a realidade do grande déficit de infraestrutura do país e a dificuldade de obtenção de recursos por parte do governo,

Leia mais

Felipe Jens Odebrecht Investimentos em Infraestrutura 29 de novembro de 2009

Felipe Jens Odebrecht Investimentos em Infraestrutura 29 de novembro de 2009 Inovações nas infraestruturas de transporte Felipe Jens Odebrecht Investimentos em Infraestrutura 29 de novembro de 2009 Agenda Organização ODEBRECHT Desafios para o Crescimento Sustentável da América

Leia mais

RODOVIA DOS TAMOIOS (ESTADO DE SÃO PAULO)

RODOVIA DOS TAMOIOS (ESTADO DE SÃO PAULO) RODOVIA DOS TAMOIOS (ESTADO DE SÃO PAULO) ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/12/2014 ETAPA DO PROJETO Intenção Modelagem Iniciada PMI Iniciado Consulta Iniciada Consulta Encerrada Licitação em Andamento Vencedor Declarado

Leia mais

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 Classificação: Documento Reservado Restrição de Acesso: Empresas do Sistema BNDES - Uso no Âmbito Interno Unidade Gestora: AS/DEURB AS/DEURB -

Leia mais

PROJETO DE LEI DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS

PROJETO DE LEI DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PROJETO DE LEI DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS 9 PROJETO DE LEI Institui normas gerais para licitação e contratação de parceria público-privada, no âmbito da administração pública. O CONGRESSO NACIONAL

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO SÃO PAULO

PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO SÃO PAULO PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO SÃO PAULO SUSHI SUSTAINABLE SOCIAL HOUSING INICIATIVE FINAL WORKSHOP USP São Paulo 21 de Junho 2011 O ESTADO DE SÃO PAULO E SEUS DESAFIOS ESTADO DE SÃO PAULO Estado da federação

Leia mais

PPP em Saneamento: Fatores críticos de sucesso

PPP em Saneamento: Fatores críticos de sucesso PPP em Saneamento: Fatores críticos de sucesso Rubens Teixeira e Leonardo Grilo Workshop Parcerias Público-Privadas em Saneamento Básico Secretaria de Estado de Economia e Planejamento - Unidade PPP Novembro

Leia mais

Diretoria de Planejamento de Transporte e de Gestão Corporativa APRESENTAÇÃO SMT 09 02 2012 RT DT/SPT 09/12

Diretoria de Planejamento de Transporte e de Gestão Corporativa APRESENTAÇÃO SMT 09 02 2012 RT DT/SPT 09/12 MOBILIDADE (e ACESSIBILIDADE) URBANA NO CONTEXTO DO PLANO ESTRATÉGICO SP2040 Superintendência de Planejamento de Transporte Diretoria de Planejamento de Transporte e de Gestão Corporativa planejamento@sptrans.com.br

Leia mais

PPPS E ILUMINAÇÃO PÚBLICA SOB

PPPS E ILUMINAÇÃO PÚBLICA SOB PPPS E ILUMINAÇÃO PÚBLICA SOB A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS Caso não haja nova prorrogação, por determinação da ANEEL, até 31/12/2014, as distribuidoras de iluminação pública deverão concluir a transferência

Leia mais

A contabilização das PPP pelo Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP), publicado pela STN. Henrique Ferreira Souza Carneiro

A contabilização das PPP pelo Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP), publicado pela STN. Henrique Ferreira Souza Carneiro A contabilização das PPP pelo Manual Contabilida Aplicada ao Setor Público (MCASP), publicado pela STN Henrique Ferreira Souza Carneiro Contexto: Padronização Contábil - MCASP 1. Procedimentos Contábeis

Leia mais

Teleconferência BR - 101 19 DE JANEIRO DE 2012

Teleconferência BR - 101 19 DE JANEIRO DE 2012 Teleconferência BR - 101 19 DE JANEIRO DE 2012 RESUMO DA CONCESSÃO Em 18 de janeiro de 2012, o Consórcio Rodovia da Vitória foi declarado vencedor da Concorrência Pública da rodovia BR 101 Composição do

Leia mais

PPP Aspectos Contábeis. Coordenação Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação STN/CCONF

PPP Aspectos Contábeis. Coordenação Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação STN/CCONF PPP Aspectos Contábeis Coordenação Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação STN/CCONF I. Características das PPP no Brasil Parceria Público Privada Características no Brasil Compartilhamento

Leia mais

A Egis no Brasil. Perfil

A Egis no Brasil. Perfil A Egis no Brasil Perfil A EGIS NO BRASIL O Grupo Egis, no Brasil, participa ativamente do mercado de engenharia de projetos e consultoria na área de infraestrutura de transportes. Essa participação se

Leia mais

9º Encontro Nacional SINAENCO Novas formas de contratação 1º. de dezembro de 2011

9º Encontro Nacional SINAENCO Novas formas de contratação 1º. de dezembro de 2011 A Estruturadora Brasileira de Projetos tem por missão desenvolver, com imparcialidade e transparência, projetos de infraestrutura que contribuam para o desenvolvimento econômico e social brasileiro criando

Leia mais

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA 1 CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA Secretaria de Fazenda Prefeitura de Sorocaba A Cidade 2 No próximo ano de 2014 Sorocaba completará 360 anos de sua fundação; A história

Leia mais

Estruturação de Projetos no BNDES Guilherme Miranda Mendonça

Estruturação de Projetos no BNDES Guilherme Miranda Mendonça Estruturação de Projetos no BNDES Guilherme Miranda Mendonça Área de Estruturação de Projetos (AEP) Março/2013 O BNDES 1950 Infraestrutura Econômica - Siderurgia > Plano de Metas 1960 Indústrias de Base

Leia mais

Formas de Atuação. Operações Diretas. Operações Indiretas. Contratadas diretamente com o BNDES. Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES

Formas de Atuação. Operações Diretas. Operações Indiretas. Contratadas diretamente com o BNDES. Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES Julho de 2013 Formas de Atuação Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES EMPRESÁRIO Informação e Relacionamento Instituição

Leia mais

Sistemas de Garantias os desafios e o modelo de São Paulo

Sistemas de Garantias os desafios e o modelo de São Paulo Sistemas de Garantias os desafios e o modelo de São Paulo Companhia Paulista de Parcerias CPP Tomás Bruginski de Paula Seminário BID - GEFIN RJ junho/2013 1 Sistema de Garantias Lei 11.079/2004 Art. 8º

Leia mais

GESTÃO DE PROGRAMAS E EMPREENDIMENTOS, COMO ATINGIR O SUCESSO. 6º ENCONTRO DE INOVAÇÃO DA CESAN 30 E 31 DE OUTUBRO de 2012

GESTÃO DE PROGRAMAS E EMPREENDIMENTOS, COMO ATINGIR O SUCESSO. 6º ENCONTRO DE INOVAÇÃO DA CESAN 30 E 31 DE OUTUBRO de 2012 GESTÃO DE PROGRAMAS E EMPREENDIMENTOS, COMO ATINGIR O SUCESSO 6º ENCONTRO DE INOVAÇÃO DA CESAN 30 E 31 DE OUTUBRO de 2012 A Sabesp A Sabesp STATUS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO: R$ 10,5 bilhões* EMPREGADOS: 14.896

Leia mais

Agenda. A Companhia. Nossa Operação. 3 Nossa Performance Financeira

Agenda. A Companhia. Nossa Operação. 3 Nossa Performance Financeira APIMEC RIO Resultados do 1T12 Diretoria Econômico-Financeira e de Relações com Investidores Aviso Esta apresentação pode conter considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas

Leia mais

MODELAGEM DA PARCERIA PÚBLICO- PRIVADA PARA GESTÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE UBERABA

MODELAGEM DA PARCERIA PÚBLICO- PRIVADA PARA GESTÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE UBERABA MODELAGEM DA PARCERIA PÚBLICO- PRIVADA PARA GESTÃO DA NO MUNICÍPIO DE UBERABA Aspectos legais para o pagamento da contraprestação. Lei 11.079/04 Estabelece as diretrizes para os contratos de PPP Artigo

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO / ENTIDADE FISCALIZADA. Município/UF: Recife/PE

1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO / ENTIDADE FISCALIZADA. Município/UF: Recife/PE 1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO Município/UF: Recife/PE DA FISCALIZAÇÃO Objeto da fiscalização: Arena Multiuso da Copa 2014 Tipo de obra: Estádio de Futebol Período abrangido pela fiscalização: junho/2011

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Agenda Dinâmica do Setor Imobiliário Estrutura Societária Modelo de Negócio Diferenciado Diversificação Geográfica e de Mercado Histórico de Resultado Operacional Futuros Projetos

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA MINHA CASA MINHA VIDA SINDUSCON, 24/05/2009

PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA MINHA CASA MINHA VIDA SINDUSCON, 24/05/2009 PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA MINHA CASA MINHA VIDA SINDUSCON, 24/05/2009 OBJETIVO DO PROGRAMA Subsidiar a aquisição de IMÓVEL NOVO para os segmentos populacionais de menor renda Política Social

Leia mais

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 1 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 Sistema Integrado Metropolitano SIM e do Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos STM Três

Leia mais