SUMÁRIO DA APRESENTAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO DA APRESENTAÇÃO"

Transcrição

1 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar SUMÁRIO DA APRESENTAÇÃO Lei /09 Visão de Futuro, Oportunidades e Desafios PAA e Programa Nacional de Alimentação Escolar Necessidades Alimentação Escolar x Produção Agricultura Familiar Passo a Passo da Compra e Venda Site da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar

2 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar Lei nº /2009 Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola aos alunos da educação básica. Art. 14. Do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo 30% (trinta por cento) deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações, priorizando-se os assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e comunidades quilombolas.

3 Lei nº /2009 (cont.) 1o A aquisição de que trata este artigo poderá ser realizada dispensando-se o procedimento licitatório, desde que os preços sejam compatíveis com os vigentes no mercado local, observandose os princípios inscritos no art. 37 da Constituição Federal, e os alimentos atendam às exigências do controle de qualidade estabelecidas pelas normas que regulamentam a matéria. 2o A observância do percentual previsto no caput será disciplinada pelo FNDE e poderá ser dispensada quando presente uma das seguintes circunstâncias: I - impossibilidade de emissão do documento fiscal correspondente; II - inviabilidade de fornecimento regular e constante dos gêneros alimentícios; III - condições higiênico-sanitárias inadequadas.

4 Visão de Futuro Agricultura Familiar inserida no fornecimento de gêneros alimentícios para o PNAE de forma sustentável, contribuindo para o fortalecimento dos processos sociais organizativos da agricultura familiar e de sua qualificação em procedimentos comerciais, de forma a garantir o aprimoramento da qualidade dessa alimentação, a manutenção e a apropriação de hábitos alimentares saudáveis e para o desenvolvimento local sustentável.

5 Oportunidades Capacidade de produção da AF como fornecedora de alimentos diversificados e de qualidade; Sensibilização crescente das Prefeituras para vislumbrar o PNAE como instrumento de desenvolvimento local; Conscientização crescente da sociedade pela necessidade de hábitos alimentares saudáveis, preservação das tradições alimentares locais e da produção com baixo impacto ambiental;

6 Oportunidades Segurança e garantia de comercialização dos produtos da agricultura familiar com quantidades, periodicidade, tipo de embalagem e preços negociados previamente; Aumento da circulação de riquezas no âmbito local, do Aumento da circulação de riquezas no âmbito local, do dinamismo na economia local e desconcentração da renda regional, estimulando também outras atividades;

7 Oportunidades Potencial da AF se estruturar de modo mais profissional para a comercialização e a inserção no mercado. Possibilidade de incorporação de produtos orgânicos/agroecológicos na AE, disseminando sistemas de produção de menor impacto ambiental;

8 Contextualização histórica PAA Acúmulo de aprendizagem Atores sociais já envolvidos Existência de limite financeiro por agricultor Necessidade de articulação Dispensa de licitação Acesso ao mercado institucional Valorização da agricultura familiar Fortalecimento da economia local Alimentação Escolar

9 A importância da Lei /09 Grande Oportunidade e Grande Desafio Mercado enorme: é no mínimo de 600 mi R$ 600 milhões 100% 90% 60% 30% R$ milhões R$ 2 BI PAA Alimentação Escolar

10 A importância da Lei /09 Grande Oportunidade e Grande Desafio PAA Alimentação + Escolar = FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR

11 a Agricultura Familiar e a Alimentação Escolar Agricultura Familiar Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais com DAP jurídica ou física Alimentação Escolar Alunos da educação básica 47 milhões de alunos matriculados na rede pública de educação básica Geração de renda Alimentos com qualidade e diversidade

12 Principais Produtos da Agricultura Familiar Produtosos Mandioca Cebola Frangos Alface Feijao Banana Uva Caju Suino Leite Melancia Abacaxi Tomate Milho Batata FONTE: Censo Agropecuário 1995/96 IBGE Elaboração: Projeto de Cooperação Técnica INCRA/FAO %

13 Alim entos Alimentos Ofertados na Alimentação Escolar Fonte: FNDE Frequência (%) Enlatados PTS Carne enlatada Frutas Bebida láctea Embutidos Suco natural Ovos Legumes/ verduras Suco artificial Carne/Peixe e Frango Achocoladato Feijão Leite Macarrão Arroz

14 Passo-a-passo para compra e venda Da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar 1º passo - Cardápio 2º passo - Chamada pública 3º passo - Preços de referência 4º passo - Elaboração de Projeto de venda 5º passo - Recebimento de Projeto de venda 6º passo - Seleção dos Projetos de venda 7º passo - Assinatura do contrato 8º passo - Entrega dos produtos

15 Passo-a-passo para compra e venda da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Quem vende Quem compra Grupo formal Cooperativa ou Associação da agricultura familiar com DAP jurídica Grupo informal Grupo de Agricultores familiares com DAP física Entidade Articuladora SIBRATER ou STR ou STRAF ou entidades credenciadas pelo MDA para emissão de DAP Entidade Executora Secretarias estaduais de educação e redes federais de educação básica ou suas mantenedoras

16 1º passo Art 15 da Resolução nº 38/2009 os cardápios da alimentação escolar deverão ser elaborados pelo nutricionista responsável, com utilização de gêneros alimentícios básicos, respeitando-se se as referências nutricionais, os hábitos alimentares, a cultura alimentar da localidade, pautando-se na sustentabilidade e diversificação agrícola da região e na aliemntação saudável e adequada. Os cardápios deverão oferecer três porções de frutas e hortaliças por semana, no mínimo. Cardápio Responsabilidade dos/das nutricionistas Mapear os produtos da agricultura familiar local (Sec. Mun. de Agricultura, EMATER e Organizações da agricultura familiar) Elaborar cardápio respeitando a cultura alimentar local e a diversidade da produção da agricultura familiar da região Informar à Entidade Executora a demanda (especificar produtos e respectivas quantidades)

17 2º passo Chamada pública As Entidades Executoras deverão publicar a demanda de aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar Chamada pública, em jornal de circulação local, regional, estadual ou nacional, em página na internet ou na forma de mural em local público de ampla circulação. Devem constar suficientes para fornecedores corretamente os Venda. informações que os formulem Projetos de Responsável: Entidade Executora Agricultores Familiares e suas organizações precisam ficar atentos para tomar conhecimento da chamada pública! Devem sempre visar o interesse público.

18 3º passo Preços de referência A Entidade Executora deverá considerar os preços de referência praticados pelo PAA (procurar Superintendências Estaduais da CONAB). Nas localidades em que não houver PAA, os preços de referência deverão ser calculados com base em critérios definidos a partir do valor gasto no ano. Compras de até R$ ,00 por ano média dos preços pagos aos produtos da Agricultura Familiar por 3 mercados varejistas (priorizando a feira do produtor da Agricultura Familiar); ou preços vigentes de venda para o varejo em pesquisa no mercado local ou regional Compras iguais ou maiores a R$ ,00 por ano média dos preços praticados no mercado atacadista nos últimos 12 meses; ou preços apurados nas licitações de compras de alimentos realizadas no âmbito da EE, desde que em vigor; ou preços vigentes, apurados em orçamento, de no mínimo 3 mercados atacadistas locais ou regionais Os gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar não poderão ter preços inferiores aos produtos cobertos pelo Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar (PGPAF) Os preços de referência devem ser atualizados semestralmente.

19 4º passo Projeto de venda de gêneros alimentícios da agricultura familiar para a alimentação escolar deverá ser construído pelo: grupo formal ou grupo informal (Entidade Articuladora) em conformidade com a chamada pública. Assinam o representante do grupo formal e os agricultores fornecedores do grupo informal. Projeto de Venda Responsável: Grupo formal e informal I Identificação dos fornecedores participantes II Identificação da Entidade Executora do PNAE/FNDE/MEC III Relação de fornecedores e produtos IV totalização dos produtos V Descrição dos mecanismos de acompanhamento das entregas dos produtos VI características do fornecedor proponente

20 5º passo Recebimento dos Projetos de Venda Documentação exigida para habilitação dos fornecedores Grupos informais DAP de cada agricultor participante CPF Projeto de Venda Grupos formais DAP jurídica CNPJ cópias das certidões negativas junto ao INSS, FGTS, Receita Federal e Dívidas Ativas da União cópias do estatuto Projeto de Venda Recebimento, pela Entidade Executora, dos Projetos de Venda de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar e habilitação dos fornecedores.

21 6º passo Seleção dos Projetos de Venda A seleção dos projetos de venda será realizada pela Entidade Executora e terão prioridade, nesta ordem, os projetos dos municípios, da região, do território rural, do estado e do país. O limite individual de venda do agricultor familiar é de R$9.000,00 por DAP/ano. Os produtos da Agricultura Familiar devem atender a legislação sanitária: SIM SUASA (facilita a produção e inserção dos produtos no mercado formal local, regional e nacional) ANVISA

22 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar Resolução nº 38/2009 Dispõe sobre o atendimento da alimentaçao escolar aos alunos da educação básica no Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE VI DA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR RURAL Art. 18, parágrafo 4º. Na análise das propostas e na aquisição, deverão ser priorizadas as propostas de grupos de municípios. Em não se obtendo as quantidades necessárias, estas poderão ser complementadas com propostas de grupos da região, do território rural, do estado e do país, nesta ordem de prioridade. Art. 20. Os produtos da agricultura familiar e dos empreendedores familiares rurais a serem fornecidos para alimentação escolar serão gêneros alimentícios, priorizando, sempre que possível, os alimentos orgânicos e/ou agroecológicos.

23 7º passo Assinatura do Contrato Contrato estabelece: cronograma de entrega dos produtos data de pagamento dos agricultores familiares O Contrato de aquisição de gêneros alimentícios sem licitação da agricultura familiar para a alimentação escolar deverá ser assinado pela Entidade Executora, pela cooperativa ou associação (grupo formal) e/ou agricultores familiares (grupo informal).

24 8º passo Entrega dos produtos Início da entrega dos produtos de acordo com o cronograma previsto no Contrato. Termo de Recebimento da agricultura familiar deverá ser assinado por representante da Entidade Executora e do grupo fornecedor, além da ciência da Entidade Articuladora, no caso dos grupos informais. Esse Termo de Recebimento atesta que os produtos entregues estão de acordo com o Contrato e com os padrões de qualidade. Necessidade de documento fiscal: nota do produtor rural ou nota avulsa (vendida na Prefeitura) ou nota fiscal (grupo formal)

25 ANEXOS DA RESOLUÇÃO 38 MODELO DE PROJETO DE VENDA Ministério da Educação

26 ANEXO DA RESOLUÇÃO 38 MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DA AF Ministério da Educação

27 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar

28 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar

29 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar

30 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar

31 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar

32 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar Equipe MDA Telefone: (61)

33 Agricultura Familiar na Alimentação Escolar Muito obrigado! Arnoldo Campos Telefone: (61)

Passo-a-passo para compra e venda da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Passo-a-passo para compra e venda da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Passo-a-passo para compra e venda da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Passo-a-passo Quem vende Quem compra Grupo Formal Cooperativa ou Associação com DAP jurídica Entidades Executoras Grupo

Leia mais

Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Hilda Lorena Freitas Agente PNAE/REBRAE Cecane/UNB A partir da Lei n. 11.947/2009 Art. 14. Do total dos recursos financeiros

Leia mais

Maria Luiza da Silva MEC/FNDE/PNAE

Maria Luiza da Silva MEC/FNDE/PNAE Maria Luiza da Silva MEC/FNDE/PNAE Art. 14. da Art. 14. Do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo trinta por cento deverá ser utilizado na aquisição de gêneros

Leia mais

Passo a passo. para venda e aquisição dos produtos da agricultura familiar para atendimento da alimentação escolar.

Passo a passo. para venda e aquisição dos produtos da agricultura familiar para atendimento da alimentação escolar. Passo a passo para venda e aquisição dos produtos da agricultura familiar para atendimento da alimentação escolar 16 Revista CoopAlimento PNAE O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é o maior

Leia mais

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR Com a aprovação da Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, e da Resolução FNDE nº 38, de 16 de julho de 2009, as escolas

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar

Programa Nacional de Alimentação Escolar Programa Nacional de Alimentação Escolar II Seminário Alimentação Escolar e Mercados Institucionais da Agricultura Familiar Jaboticabal/SP outubro 2015 MISSÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR. ISABEL CRISTINA ALMEIDA Nutricionista

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR. ISABEL CRISTINA ALMEIDA Nutricionista PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR ISABEL CRISTINA ALMEIDA Nutricionista Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Novidades da Resolução nº 26, 17/06/2013 Programa Nacional de Alimentação Escolar

Leia mais

PASSO A PASSO - PARA A COMPRA E VENDA DA PRODUÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

PASSO A PASSO - PARA A COMPRA E VENDA DA PRODUÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PASSO A PASSO - PARA A COMPRA E VENDA DA PRODUÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 1º passo: Definição do Orçamento: Repasse dos Recursos Federais e Previsão Orçamentária O repasse ocorre

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Por meio da Lei nº 11.947/2009, a Agricultura Familiar passa a fornecer gêneros alimentícios a serem servidos nas escolas da Rede Pública de Ensino. Conheça a Lei: Lei nº 11.947/2009 Dispõe sobre o atendimento

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PUBLICA Nº. 01/2015 PROCESSO Nº. 28/2015

EDITAL DE CHAMADA PUBLICA Nº. 01/2015 PROCESSO Nº. 28/2015 EDITAL DE CHAMADA PUBLICA Nº. 01/2015 PROCESSO Nº. 28/2015 Chamada Pública n.º 01/2015, para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural conforme

Leia mais

Prestação de Contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar

Prestação de Contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar Prestação de Contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar Orvalina Ornelas Nascimento Santos Coordenadora-Geral de Contabilidade e Acompanhamento de Prestação de Contas Prestação de Contas: Quem

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015 O Município de Três de Maio comunica aos interessados que está procedendo à CHAMADA PÚBLICA, para fins de habilitação e recebimento das propostas de gêneros alimentícios

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLÂNEA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLÂNEA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLÂNEA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N.º 01/2011 PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COM DISPENSA

Leia mais

TÍTULO 30 COMPRA COM DOAÇÃO SIMULTÂNEA CDS

TÍTULO 30 COMPRA COM DOAÇÃO SIMULTÂNEA CDS (*) 1) FINALIDADE: Aquisição de alimentos de organizações fornecedoras constituídas por público descrito no parágrafo 2º, item 4, Art. 3º da Lei Nº 11.326/2006, com vistas à doação para organizações constituídas

Leia mais

ESTADO DO PIAUI SEMED SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO PIAUI SEMED SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº. 001/2015, PARA AQUISIÇÃODE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR, COM DISPENSAS DE LICITAÇÃO, LEI Nº. 11.947, DE 16/07/2009, RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº. 26,

Leia mais

AQUISIÇÃO DE PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

AQUISIÇÃO DE PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR AQUISIÇÃO DE PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 2ª edição - versão atualizada com a Resolução CD/FNDE nº 04/2015 w w w. fn d e. g ov. b r Presidência da República Dilma Rousseff

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação. Marcel Francisco Alvim de Oliveira Abril 2013. Escolar PNAE

Programa Nacional de Alimentação. Marcel Francisco Alvim de Oliveira Abril 2013. Escolar PNAE Programa Nacional de Alimentação Marcel Francisco Alvim de Oliveira Abril 2013 Escolar PNAE ATENDIMENTO DO PNAE Recursos FNDE: Per capitas R$ 1,00 (creches) R$ 0,50 (pré escola) R$ 0,30 (EF, EM, EJA) R$

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL BOM JESUS TRÊS LAGOAS/MS

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL BOM JESUS TRÊS LAGOAS/MS Chamada Pública N.º 02/2015 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE, com dispensa de licitação,

Leia mais

Panorama da Compra da Agricultura Familiar para o PNAE. Profa. Ana Beatriz Almeida de Oliveira Subcoordenadora de Extensão CECANE UFRGS

Panorama da Compra da Agricultura Familiar para o PNAE. Profa. Ana Beatriz Almeida de Oliveira Subcoordenadora de Extensão CECANE UFRGS Panorama da Compra da Agricultura Familiar para o PNAE Profa. Ana Beatriz Almeida de Oliveira Subcoordenadora de Extensão CECANE UFRGS Reconhecimento da Agricultura Familiar... No setor de produção de

Leia mais

Chamada Pública nº 03/2015

Chamada Pública nº 03/2015 Chamada Pública nº 03/2015 Para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com dispensa de licitação, Lei nº 11.947, de 16/07/2009, Resolução nº 26 do FNDE, de 17/06/2013.

Leia mais

O encontro da Agricultura Familiar com a Alimentação Escolar. Edição. atualizada

O encontro da Agricultura Familiar com a Alimentação Escolar. Edição. atualizada O encontro da Agricultura Familiar com a Alimentação Escolar 1 Edição atualizada 2 3 30%, no mínimo, de todo recurso para a alimentação escolar tem que ser comprado em alimentos da Agricultura Familiar.

Leia mais

1. OBJETO. 2. DOTAçÃO ORçAMENTÁRIA

1. OBJETO. 2. DOTAçÃO ORçAMENTÁRIA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAçÃO BODOQUENAÀ4S Ghamada Pública n.o 0112015 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação

Leia mais

OPERACIONALIZAÇÃO DA LEI 11.947/2009 COMPRA DA AGRICULTURA FAMILIAR

OPERACIONALIZAÇÃO DA LEI 11.947/2009 COMPRA DA AGRICULTURA FAMILIAR Seminário de Formação dos atores envolvidos na execução do PNAE OPERACIONALIZAÇÃO DA LEI 11.947/2009 COMPRA DA AGRICULTURA FAMILIAR Me. Ana Laura Benevenuto de Amorim Nutricionista Assessora Técnica São

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEPÉ RIO GRANDE DO SUL www.saosepe.rs.gov.br

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEPÉ RIO GRANDE DO SUL www.saosepe.rs.gov.br CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 MUNICÍPIO DE SÃO SEPÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DEPARTAMENTO DE MERENDA ESCOLAR PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 1833/2015 OBJETO: PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS

Leia mais

EDITAL Nº 002/2015. emitido nos últimos 30 dias;

EDITAL Nº 002/2015. emitido nos últimos 30 dias; EDITAL Nº 002/2015 Chamada Pública para Aquisição de gêneros a- limentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural destinados à Merenda Escolar. O MUNICÍPIO DE TAQUARUÇU DO SUL, Estado do

Leia mais

Inserção da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar. Estratégia e Políticas Públicas de Apoio da SAF/MDA

Inserção da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar. Estratégia e Políticas Públicas de Apoio da SAF/MDA Inserção da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar Estratégia e Políticas Públicas de Apoio da SAF/MDA Objetivo da Apresentação Possibilitar a compreensão das políticas públicas relacionadas e/ou

Leia mais

2. DATA, LOCAL E HORA PARA ENTREGA DOS ENVELOPES 3. DATA, LOCAL E HORA PARA ABERTURA DOS ENVELOPES

2. DATA, LOCAL E HORA PARA ENTREGA DOS ENVELOPES 3. DATA, LOCAL E HORA PARA ABERTURA DOS ENVELOPES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Chamada Pública n.º 05/ 2015 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com Dispensa de Licitação, Lei n.º 11.947 (16/06/2009) e Resolução

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2014 PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COM DISPENSA DE LICITAÇÃO, LEI N.º11.947, DE 16/07/2009, RESOLUÇÃO N.º 38 DO

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA. Edital de Chamada Pública nº 01/2015

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA. Edital de Chamada Pública nº 01/2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA Edital de Chamada Pública nº 01/2015 O Município de Morro Redondo, pessoa jurídica de direito público, com sede à Av. dos Pinhais, nº 53, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE PNAE -OBJETIVO Atender as necessidades nutricionais dos alunos durante sua permanência em sala de aula, contribuindo para o crescimento, o desenvolvimento,

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2013

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2013 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2013 PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR, CONFORME LEI Nº 11.947 DE 16/06/2009 E RESOLUÇÃO Nº 38 DO FNDE DE 16/07/2009.

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Edital de Chamada Pública n.º001/2010 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com dispensa de licitação, Lei n.º 11.947, de 16/07/2009, Resolução n.º 38

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA INDIVIDUAL. Chamada Pública Nº 001/2014

CHAMADA PÚBLICA INDIVIDUAL. Chamada Pública Nº 001/2014 CHAMADA PÚBLICA INDIVIDUAL Chamada Pública Nº 001/2014 A Caixa Escolar Segismundo Pereira, com sede nesta cidade de Uberlândia, Av: Ortízio Borges, 1.284, bairro Santa Mônica, torna público para conhecimento

Leia mais

CONVOCAÇÃO PÚBLICA N 008/2013 PROCESSO Nº 0380-002695/2013 PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DA PRODUÇÃO DA AGRICULTURA PAPA/DF

CONVOCAÇÃO PÚBLICA N 008/2013 PROCESSO Nº 0380-002695/2013 PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DA PRODUÇÃO DA AGRICULTURA PAPA/DF 1 CONVOCAÇÃO PÚBLICA N 008/2013 PROCESSO Nº 0380-002695/2013 PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DA PRODUÇÃO DA AGRICULTURA PAPA/DF A DO DISTRITO FEDERAL SEAGRI/DF, entidade responsável pela operacionalização do PROGRAMA

Leia mais

PAULA REGINA CAMPOS NUTRIÇÃO E SAUDE PUBLICA

PAULA REGINA CAMPOS NUTRIÇÃO E SAUDE PUBLICA PAULA REGINA CAMPOS NUTRIÇÃO E SAUDE PUBLICA ...O grande valor do trabalho associativo se faz notar quando a competição é substituída pela concorrência conjunta e solidária. Concorrer, nesse caso, significa

Leia mais

PARA GESTORES PÚBLICOS

PARA GESTORES PÚBLICOS UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PARA GESTORES PÚBLICOS 1 2014 - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Minas Gerais - Sebrae. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É

Leia mais

Apoio à comercialização da agricultura familiar

Apoio à comercialização da agricultura familiar Apoio à comercialização da agricultura familiar Programa de Aquisição de Alimentos 1. Contexto Liberalização dos mercados de produtos agrícolas (anos 90) Intenso processo de concentração de capitais no

Leia mais

Agricultura Familiar PAA

Agricultura Familiar PAA CÂMARA DOS DEPUTADOS BIODIESEL: COMBUSTÍVEL PARA A CIDADANIA Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar PAA Brasília, 05.04.2006 Programa de Aquisição de Alimentos PAA Institucionalização

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI DO TOCANTINS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI DO TOCANTINS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CHAMADA PÚBLICA N.º- 01/2015, PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COM DISPENSA DE LICITAÇÃO, LEI N.º 11.947, DE 16/06/2009, RESOLUÇÃO N.º 38 DO FNDE,

Leia mais

Educação. Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e agricultura familiar. Maio / 2011

Educação. Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e agricultura familiar. Maio / 2011 Maio / 2011 Educação Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e agricultura familiar Uma educação de qualidade é garantida por diferentes elementos que se relacionam de maneira interdependente:

Leia mais

LOCAL: SALA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS- Prefeitura Municipal de Nova Bandeirantes/MT Fone: (66) 3572-1950

LOCAL: SALA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS- Prefeitura Municipal de Nova Bandeirantes/MT Fone: (66) 3572-1950 CHAMADA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE GENEROS ALIMENTICIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL A PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA BANDEIRANTE, através da, atendendo a Lei nº. 11.947/ 2009, Resolução/FNDE/CD

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010

CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010 CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010 A PREFEITURA MUNICIPAL DE PETROLINA-PE, pessoa jurídica de direito público com sede na Av. Guararapes, nº 2.114 - Centro - Petrolina-PE, inscrita no CNPJ nº. 10.358.190/0001-77,

Leia mais

É HORA DE INCLUIR O DESENVOLVIMENTO LOCAL NAS PRIORIDADES DO SEU MUNICÍPIO! Especialistas em pequenos negócios

É HORA DE INCLUIR O DESENVOLVIMENTO LOCAL NAS PRIORIDADES DO SEU MUNICÍPIO! Especialistas em pequenos negócios É HORA DE INCLUIR O DESENVOLVIMENTO LOCAL NAS PRIORIDADES DO SEU MUNICÍPIO! Especialistas em pequenos negócios MÃOS À OBRA!!! Prefeito e Prefeita, seguem sugestões de Programas e Ações a serem inseridos

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Mapa Companhia Nacional de Abastecimento Conab 1ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG BAHIA Nº 001/2014.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Mapa Companhia Nacional de Abastecimento Conab 1ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG BAHIA Nº 001/2014. 1ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG BAHIA Nº 001/2014. 1ª Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar, no âmbito do PAA, para suplementação alimentar de grupos populacionais

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO 1 GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR INSTRUMENTO DE CHAMADA PÚBLICA Nº 01 /2015 GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR Chamada Pública

Leia mais

Seminário: As Compras Institucionais a Serviço dos Agricultores Familiares. CSA, Bruxelas 23 de Abril de 2014.

Seminário: As Compras Institucionais a Serviço dos Agricultores Familiares. CSA, Bruxelas 23 de Abril de 2014. Seminário: As Compras Institucionais a Serviço dos Agricultores Familiares CSA, Bruxelas 23 de Abril de 2014. ESTRATÉGIA: SEGURANÇA E SOBERANIA ALIMENTAR X FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR Fortalecimento

Leia mais

EDITAL 02/2011 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 02/2011 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 02/2011 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO ENVIO DA PROPOSTA Caixa Postal nº 8575 CEP:.70.312-970 - Brasília-DF Observação: O CANDIDATO DEVERÁ OBRIGATORIAMENTE INFORMAR NA CAPA DO ENVELOPE

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 O MUNICÍPIO DE BARRACÃO comunica aos interessados que está procedendo CHAMADA PÚBLICA, para fins de habilitação dos fornecedores e recebimento do projeto de venda de

Leia mais

Agricultura familiar: Reunião em São Miguel do Tapuio trata da Lei sobre merenda escolar que abre mercado para empreendedor familiar rural.

Agricultura familiar: Reunião em São Miguel do Tapuio trata da Lei sobre merenda escolar que abre mercado para empreendedor familiar rural. Agricultura familiar: Reunião em São Miguel do Tapuio trata da Lei sobre merenda escolar que abre mercado para empreendedor familiar rural. Através da Secretaria Estadual de Educação e Cultura,a Comissão

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N.º 003/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N.º 003/2014 DE CORUMBIARA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N.º 003/2014 PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR DESTINADOS A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR DA REDE DE ENSINO INFANTIL E FUNDAMENTAL, COM DISPENSA

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar:

Programa Nacional de Alimentação Escolar: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa Nacional de Alimentação Escolar: instrumentos e mecanismos de controle Recife Março/2012 Gil Pinto Loja Neto Auditor- Chefe FNDE FNDE A partir de

Leia mais

Modalidade Aquisição de Sementes. Título 86 do MOC CONAB

Modalidade Aquisição de Sementes. Título 86 do MOC CONAB Modalidade Aquisição de Sementes Título 86 do MOC CONAB Brasília, janeiro de 2015 - Decreto nº 8.293, de 12 de agosto de 2014: Cria a Modalidade Aquisição de Sementes - Resolução Grupo Gestor do PAA nº

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar Pnae. Aquisição de produtos da AGRICULTURA FAMILIAR para a ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Programa Nacional de Alimentação Escolar Pnae. Aquisição de produtos da AGRICULTURA FAMILIAR para a ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Programa Nacional de Alimentação Escolar Pnae Aquisição de produtos da AGRICULTURA FAMILIAR para a ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Junho de 2014 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 3 FUNCIONAMENTO 6 Quem compra... 6 Quem vende...

Leia mais

Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar

Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar ACESSO AO MERCADO POLÍTICAS PÚBLICAS GRANDE DESAFIO : AS GRANDES CIDADES Melhorar o desempenho e a qualidade da aplicação da LEI FNDE/11.947/2009 Ampliando

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PREFEITO

AGRICULTURA FAMILIAR UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PREFEITO AGRICULTURA FAMILIAR UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PREFEITO Copyright 2014. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. A reprodução não

Leia mais

As Compras Públicas da Agricultura Familiar para Programas Sociais

As Compras Públicas da Agricultura Familiar para Programas Sociais As Compras Públicas da Agricultura Familiar para Programas Sociais INCLUSÃO PRODUTIVA RURAL Aumento da produção para segurança alimentar e ampliação de canais de comercialização Programa de Aquisição de

Leia mais

Cidade: U.F.: CEP: Fone Representante:

Cidade: U.F.: CEP: Fone Representante: MINISTÉRIO DA SAÚDE - GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO - GERÊNCIA DE MATERIAIS Hospital N.S. da Conceição S.A.-Av.Francisco Trein,596 Porto Alegre RS-CNPJ/MF 92.787.118/0001-20 Hospital Cristo Redentor S.A.-Rua

Leia mais

PAA Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar

PAA Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DA AGRICULTURA FAMILIAR COORDENAÇÃO DE COMERCIALIZAÇÃO PAA Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar Modalidades do PAA MODALIDADES PROGRAMA

Leia mais

A qualidade da alimentação escolar e o fornecimento da Agricultura Familiar

A qualidade da alimentação escolar e o fornecimento da Agricultura Familiar Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Nutrição Programa de Pós-Graduação em Nutrição A qualidade da alimentação escolar e o fornecimento da Agricultura Familiar XIII Seminário Internacional

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA Marco Legal Art 19. da Lei nº10.696/2003 Fica instituído o Programa de Aquisição de Alimentos com a finalidade de incentivar a agricultura familiar, compreendendo

Leia mais

Departamento do Agronegócio. AgroLegis. Estadual. Acompanhamento de Legislações. 17 de abril de 2013 Edição 82. Documento Interno

Departamento do Agronegócio. AgroLegis. Estadual. Acompanhamento de Legislações. 17 de abril de 2013 Edição 82. Documento Interno Departamento do Agronegócio AgroLegis Acompanhamento de Legislações 17 de abril de 2013 Edição 82 Documento Interno Federação das Indústrias do Estado de São Paulo Presidente: Paulo Skaf Departamento do

Leia mais

Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife

Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife Prefeitura da Cidade do Recife Secretaria de Desenvolvimento Econômico PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife Recife, 2004 Preâmbulo O presente projeto

Leia mais

agricultura familiar

agricultura familiar saúde A importância da agricultura familiar na merenda escolar Iniciativas em Santa Rosa do Viterbo são exemplos de sucesso Por Danielle Lautenschlaeger Inúmeras famílias brasileiras ainda obtêm sua renda

Leia mais

Certificação da Produção de Orgânicos. Seminário Agrotóxicos: Perigo à mesa Rastreabilidade dos alimentos no RS

Certificação da Produção de Orgânicos. Seminário Agrotóxicos: Perigo à mesa Rastreabilidade dos alimentos no RS Certificação da Produção de Orgânicos Seminário Agrotóxicos: Perigo à mesa Rastreabilidade dos alimentos no RS Mas afinal, o que são produtos orgânicos? São aqueles produzidos de forma orgânica ou extrativista

Leia mais

PAA Compras Públicas + Desenvolvimento Local - PAA

PAA Compras Públicas + Desenvolvimento Local - PAA PAA Compras Públicas + Desenvolvimento Local - PAA FORPLAD SP Maio 2014 Apoio à Agricultura Familiar - Comercialização COMPRAS PÚBLICAS Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Julho/2003 2003-2012: R$

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE CHAMADA PÚBLICA Nº. 004/2014

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE CHAMADA PÚBLICA Nº. 004/2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE CHAMADA PÚBLICA Nº. 004/2014 A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, pessoa jurídica de Direito Público Interno, com sede na Rua Edília Maria,

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA COLOCAR LOGOMARCA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA MODELO Prefeitura Municipal de Secretaria Municipal de Chamada Pública nº /2013, para aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar e do Empreendedor

Leia mais

Maria Luiza da Silva/FNDE e Ana Muller/MDA

Maria Luiza da Silva/FNDE e Ana Muller/MDA !"" Maria Luiza da Silva/FNDE e Ana Muller/MDA ESTRATÉGIA FOME ZERO Políticas Públicas 1) Estruturais: Geração de emprego e renda; Promoção da agricultura familiar; Intensificação da Reforma Agrária; Qualidade

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) Modalidade: Compra com Doação Simultânea (CDS)

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) Modalidade: Compra com Doação Simultânea (CDS) PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) Modalidade: Compra com Doação Simultânea (CDS) Organização Fornecedora (Associação ou Cooperativa) Organização Recebedora (Creches, Asilos, Escolas, APAE, etc.)

Leia mais

O papel do nutricionista no fortalecimento das Políticas Públicas e Desenvolvimento Local. Novembro de 2015

O papel do nutricionista no fortalecimento das Políticas Públicas e Desenvolvimento Local. Novembro de 2015 O papel do nutricionista no fortalecimento das Políticas Públicas e Desenvolvimento Local Novembro de 2015 1990 Há 1 ano o Brasil comemora a saída do Mapa da Fome UMA GRANDE CONQUISTA TRAZ UM NOVO DESAFIO

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS SISGEN JUN 2012

MANUAL DO SISTEMA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS SISGEN JUN 2012 1.INTRODUÇÃO... 2 1.1.OBJETIVOS DO SISTEMA... 2 1.1.1.NOSSOS USUÁRIOS... 2 1.2. O QUE O SISTEMA OFERECE... 2 1.2.1.PLANEJAMENTO (COMPRAS E CARDÁPIOS)... 2 1.2.1.1 - CARDÁPIO... 2 1.2.1.2 - PROGRAMA NACIONAL

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE

Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE Atualizações com base na Lei 11.947/2009 Alaíde Oliveira do Nascimento Coordenadora de fomento ao Controle Social

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar Pnae. Aquisição de produtos da AGRICULTURA FAMILIAR para a ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Programa Nacional de Alimentação Escolar Pnae. Aquisição de produtos da AGRICULTURA FAMILIAR para a ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Programa Nacional de Alimentação Escolar Pnae Aquisição de produtos da AGRICULTURA FAMILIAR para a ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Junho de 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Dilma Rousseff MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Henrique

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS GERAIS COMISSÃO DE LICITAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS GERAIS COMISSÃO DE LICITAÇÃO Chamada Pública n.º 01/2012-GR/PRA Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para PAA - Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade de Compras Institucionais com dispensa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO JABOATÃO DOS GUARARAPES / PE SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA EXCUTIVA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DO JABOATÃO DOS GUARARAPES / PE SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA EXCUTIVA DE EDUCAÇÃO ANEXO II DO EDITAL DE REGULAMENTO CADASTRO DE FORNECEDORES DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DIRETAMENTE DA AGRICULTURA FAMILIAR OU DO EMPREENDEDOR FAMILIAR PROJETO DE VENDA DE GÊNERO ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA

Leia mais

ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO JUSTIFICATIVA Após a organização do 1 Seminário de Acesso a Sementes Crioulas e Orgânicas em abril de 2010

Leia mais

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E AGRICULTURA FAMILIAR A experiência do município de Pomerode/SC. PREFEITURA MUNICIPAL DE POMERODE SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO EMPREENDEDORA Governo do Estado de Santa Catarina

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Secretaria da Educação SEDUC E.E.M. RAUL BARBOSA Jaguaribe-CE

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Secretaria da Educação SEDUC E.E.M. RAUL BARBOSA Jaguaribe-CE Chamada Pública n.º 0004/2013 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com dispensa de licitação, Lei n.º 11.947, de 16/07/2009, Resolução n.º 38 do FNDE,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CHAMADA PÚBLICA Nº 002/2012

CHAMADA PÚBLICA DE COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CHAMADA PÚBLICA Nº 002/2012 1 CHAMADA PÚBLICA DE COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CHAMADA PÚBLICA Nº 002/2012 A Diretora da Escola CE Parsondas de Carvalho, da Unidade Regional de Educação URE de Barra do

Leia mais

Lei Nº 1.268/2004 Uruaçu-Go., 27 de Fevereiro de 2004.

Lei Nº 1.268/2004 Uruaçu-Go., 27 de Fevereiro de 2004. Lei Nº 1.268/2004 Uruaçu-Go., 27 de Fevereiro de 2004. Dispõe sobre a instituição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, e dá outras providências A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem vive no Brasil Rural.

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA A ALIMENTAÇÃO

CHAMADA PÚBLICA DE COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA A ALIMENTAÇÃO CHAMADA PÚBLICA DE COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CHAMADA PÚBLICA Nº 001/ 2015 Feira Nova do Maranhão MA A Diretora do CE Rosalina Sá, do Município de Feira Nova do Maranhão,

Leia mais

Software de Gestão da Compra de produtos Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

Software de Gestão da Compra de produtos Agricultura Familiar para Alimentação Escolar Sistema Sistema Agrosaf - Sistema de Gestão da Agricultura Familiar Software de Gestão da Compra de produtos Agricultura Familiar para Alimentação Escolar VERSÃO DO SISTEMA PNAE Programa Nacional de Alimentação

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE: O ELO ENTRE EDUCAÇÃO E AGRICULTURA

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE: O ELO ENTRE EDUCAÇÃO E AGRICULTURA PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE: O ELO ENTRE EDUCAÇÃO E AGRICULTURA Terena Peres de Castro 1 Larissa Mies Bombardi 2 RESUMO As propostas contidas no Programa Nacional de Alimentação Escolar

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL

CHAMADA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL CHAMADA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL O MUNICÍPIO DE CRISTALINA através da Secretaria Municipal de Educação, atendendo a Lei nº. 11.947/2009,

Leia mais

ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE

ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE O Superintendente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Itajaí, no uso de

Leia mais

SELO DA AGRICULTURA FAMILIAR

SELO DA AGRICULTURA FAMILIAR SELO DA AGRICULTURA FAMILIAR SAIBA COMO ACESSAR A Agricultura Familiar é a grande responsável pela produção da maioria dos alimentos consumidos por nós, brasileiros, todos os dias. São inúmeros produtos

Leia mais

SIM NÃO B. Equipamentos limpos (geladeira, freezer, fogão, batedeira) SIM NÃO C. Utensílios limpos (panelas, canecas, pratos, talheres)

SIM NÃO B. Equipamentos limpos (geladeira, freezer, fogão, batedeira) SIM NÃO C. Utensílios limpos (panelas, canecas, pratos, talheres) MODELO: ROTEIRO DE VISITAS ÀS ESCOLAS: PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE ESCOLA DATA PERÍODO CONSELHEIRO(S) 1. HIGIENE PESSOAL DAS MERENDEIRAS A. Mãos lavadas e higienizadas B. Asseio (cabelos,

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR O Município de Vale do Sol, pessoa jurídica de direito público, com sede à Rua Augusto Emmel, 96, inscrita

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA AALIMENTAÇÃO ESCOLAR INDIGENA

CHAMADA PÚBLICA PARA COMPRA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA AALIMENTAÇÃO ESCOLAR INDIGENA ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA ADJUNTA DE SUPORTE AO SISTEMA EDUCACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DE SUPORTE A EDUCAÇÃO SUPERVISÃO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 1 CHAMADA PÚBLICA PARA

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA DE HERVAL Secretaria Municipal de Administração

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA DE HERVAL Secretaria Municipal de Administração Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA DE HERVAL Secretaria Municipal de Administração Chamada Pública n.º 001/2010 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2010 Processo nº 04.000380.10.89

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2010 Processo nº 04.000380.10.89 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2010 Processo nº 04.000380.10.89 OBJETO: CREDENCIAMENTO DE GRUPOS FORMAIS DE AGRICULTORES FAMILIARES PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA

Leia mais

Agricultura Familiar

Agricultura Familiar DA UNIDADE EXECUTORA: N ºINEP: OFÍCIO N.: / 20 LOCAL E DATA:, / / Senhor (a) Gestor(a), Encaminhamos, em anexo, a V.S.ª, a prestação de conta desta Unidade, referente aos a Repasses/20, no valor total

Leia mais

KG 4.000 R$1,75 R$ 7.000,00 KG 1.000 R$3,90 R$3.900,00. *Preço de Aquisição (R$) Nº Produto Unidade Quantidade

KG 4.000 R$1,75 R$ 7.000,00 KG 1.000 R$3,90 R$3.900,00. *Preço de Aquisição (R$) Nº Produto Unidade Quantidade PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇAPAVA DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Chamada Pública n.º 03/2015, para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar

Leia mais

A LEI GERAL DE ATER, CHAMADAS PÚBLICAS E CONTRATOS DE ATER SEMINÁRIO DE BALANÇO ATER FEIRA DE SANTANA, 18/01/2012

A LEI GERAL DE ATER, CHAMADAS PÚBLICAS E CONTRATOS DE ATER SEMINÁRIO DE BALANÇO ATER FEIRA DE SANTANA, 18/01/2012 A LEI GERAL DE ATER, CHAMADAS PÚBLICAS E CONTRATOS DE ATER SEMINÁRIO DE BALANÇO ATER FEIRA DE SANTANA, 18/01/2012 Contexto Retomada dos Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural no país em 2003;

Leia mais

Compra Institucional SESAN/MDS

Compra Institucional SESAN/MDS PAA Compra Institucional SESAN/MDS Apoio à agricultura familiar: produção Garantia Safra Assistência técnica (ATER/ATES) PRONAF Seguro Agrícola PGPAF PGPM 1ª e 2ª Água Melhoria da renda dos agricultores

Leia mais

Suely Furtado Soares Presidente da Comissão de Licitação

Suely Furtado Soares Presidente da Comissão de Licitação AVISO DE CHAMADA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR N.º 1/215 TIPO: MENOR PREÇO POR ITEM O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Maués, Pessoa

Leia mais

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Dispõe sobre os critérios e procedimentos relativos ao enquadramento de projetos de produção de biodiesel

Leia mais