Gráficos de uma função para análise e interpretação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gráficos de uma função para análise e interpretação"

Transcrição

1 Gráficos de uma função para análise e interpretação 1. (Insper 014) Um leitor enviou a uma revista a seguinte análise de um livro recém-lançado, de 400 páginas: O livro é eletrizante, muito envolvente mesmo! A cada página terminada, mais rápido eu lia a próxima! Não conseguia parar! Dentre os gráficos apresentados abaixo, o único que poderia representar o número de páginas lidas pelo leitor (N) em função do tempo (t) de modo a refletir corretamente a análise feita é a) b) c) d) e) Página 1 de 30

2 . (Udesc 014) Considere a função cujo gráfico está representado na figura. Esta função pode ser expressa por: x, se x 0 cos(3x), se 0 x π a) f(x) ( π 1 x)(x 5), se x π ( π 5) c) e) x, se x 0 sen (x) 1, se 0 x π f(x) (x 5), se x π (5 π) x, se x 0 sen(3x) 1, se 0 x π f(x) (x 1 π)(x 5), se x π ( π 5) 3. (Ufpr 014) Suponha que um líquido seja despejado, a uma vazão constante, em um recipiente cujo formato está indicado na figura ao lado. Sabendo que inicialmente o recipiente estava vazio, qual dos gráficos abaixo melhor descreve a altura h, do nível do líquido, em termos do volume total V, do líquido despejado no recipiente? b) d) x, se x 0 sen(3x), se 0 x π f(x) (x 1 π)(x 5), se x π ( π 5) log( x), se x 0 sen(3x) 1, se 0 x π f(x) (x 5), se x π (5 π) a) b) c) d) e) Página de 30

3 4. (Unicamp 013) A figura abaixo mostra a precipitação pluviométrica em milímetros por dia (mm/dia) durante o último verão em Campinas. Se a precipitação ultrapassar 30 mm/dia, há um determinado risco de alagamentos na região. De acordo com o gráfico, quantos dias Campinas teve este risco de alagamento? a) dias. b) 4 dias. c) 6 dias. d) 10 dias. 5. (Enem 013) Deseja-se postar cartas não comerciais, sendo duas de 100g, três de 00g e uma de 350g. O gráfico mostra o custo para enviar uma carta não comercial pelos Correios: O valor total gasto, em reais, para postar essas cartas é de a) 8,35. b) 1,50. c) 14,40. d) 15,35. e) 18,05. Página 3 de 30

4 6. (Ufsj 013) Na figura a seguir, são dados os gráficos de y f x funções. e de outras quatro Com base no gráfico, é CORRETO afirmar que f x. a) (IV) representa a função b) (II) representa a função f x 4. c) (III) representa a função f x 3. d) (I) representa a função f x (Ufpr 01) Considere as funções f(x) x 1 e g(x) (x 1)(x ). 3 a) Esboce o gráfico de f(x) e g(x) no sistema cartesiano abaixo. b) Calcule as coordenadas (x, y) dos pontos de interseção dos gráficos de f(x) e g(x). Página 4 de 30

5 8. (Uff 01) Esboce, no sistema de eixos coordenados abaixo, o gráfico de uma função real cujo domínio é o intervalo 1, e cuja imagem é o conjunto, 1,3. 9. (Upf 01) Na figura abaixo estão representadas no plano cartesiano duas funções, y f(x) e y g(x), ambas definidas no intervalo 0, 7. Seja E o conjunto de números reais definido por E {x f(x).g(x) 0}. Então, é correto afirmar que E é: a) {x 0 x 1} {x 5 x 7} b) {x 0 x } {x 4 x 6} c) {x 0 x } {x 5 x 7} d) {x 1 x 5} e) {x 0 x 6} Página 5 de 30

6 10. (Enem 01) A figura a seguir apresenta dois gráficos com informações sobre as reclamações diárias recebidas e resolvidas pelo Setor de Atendimento ao Cliente (SAC) de uma empresa, em uma dada semana. O gráfico de linha tracejada informa o número de reclamações recebidas no dia, o de linha continua é o número de reclamações resolvidas no dia. As reclamações podem ser resolvidas no mesmo dia ou demorarem mais de um dia para serem resolvidas. O gerente de atendimento deseja identificar os dias da semana em que o nível de eficiência pode ser considerado muito bom, ou seja, os dias em que o número de reclamações resolvidas excede o número de reclamações recebidas. Disponível em: Acesso em: 1 jan. 01 (adaptado). O gerente de atendimento pôde concluir, baseado no conceito de eficiência utilizado na empresa e nas informações do gráfico, que o nível de eficiência foi muito bom na a) segunda e na terça-feira. b) terça e na quarta-feira. c) terça e na quinta-feira. d) quinta-feira, no sábado e no domingo. e) segunda, na quinta e na sexta-feira. 11. (Enem PPL 01) Um jovem lança uma bola de borracha para observar sua trajetória e altura h (em metros) atingida ao longo de um certo intervalo de tempo t (em segundos). Nesse intervalo, a bola quica no chão algumas vezes, perdendo altura progressivamente. Parte de sua trajetória está descrita na figura a seguir. Em suas observações, quantas vezes o jovem pôde constatar que a bola atingiu a marca de 35 metros? a) Nenhuma. b) Uma vez. c) Duas vezes. d) Quatro vezes. e) Cinco vezes. Página 6 de 30

7 1. (Ufpb 01) O gráfico a seguir representa a evolução da população P de uma espécie de peixes, em milhares de indivíduos, em um lago, após t dias do início das observações. No 150º dia, devido a um acidente com uma embarcação, houve um derramamento de óleo no lago, diminuindo parte significativa dos alimentos e do oxigênio e ocasionando uma mortandade que só foi controlada dias após o acidente. Com base no gráfico e nas informações apresentadas, julgue os itens a seguir: ( ) A população P de peixes é crescente até o instante do derramamento de óleo no lago. ( ) A população P de peixes está representada por uma função injetiva no intervalo 150,10. ( ) A população P de peixes atinge um valor máximo em t ,10, atinge um valor mínimo em t 10. ( ) A população P de peixes, no intervalo ( ) A população de peixes tende a desaparecer, após o derramamento de óleo no lago. 13. (Uftm 01) A figura indica o gráfico da função contínua f, de domínio [ 1, 16] e imagem [ 5, 16]. De acordo com o gráfico, o número de soluções da equação f(f(x)) = 5 é a) 3. b) 4. c) 5. d) 6. e) 7. Página 7 de 30

8 14. (Enem 01) O gráfico fornece os valores das ações da empresa XPN, no período das 10 às 17 horas, num dia em que elas oscilaram acentuadamente em curtos intervalos de tempo. Neste dia, cinco investidores compraram e venderam o mesmo volume de ações, porém em horários diferentes, de acordo com a seguinte tabela. Investidor Hora da Compra Hora da Venda 1 10:00 15:00 10:00 17: :00 15: :00 16: :00 17:00 Com relação ao capital adquirido na compra e venda das ações, qual investidor fez o melhor negócio? a) 1 b) c) 3 d) 4 e) (Enem PPL 01) Uma empresa analisou mensalmente as vendas de um de seus produtos ao longo de 1 meses após seu lançamento. Concluiu que, a partir do lançamento, a venda mensal do produto teve um crescimento linear até o quinto mês. A partir daí houve uma redução nas vendas, também de forma linear, até que as vendas se estabilizaram nos dois últimos meses da análise. O gráfico que representa a relação entre o número de vendas e os meses após o lançamento do produto é a) b) c) d) e) Página 8 de 30

9 16. (Uel 01) O gráfico de uma função f mostra o deslocamento vertical de um surfista sobre uma onda, em função do tempo. Com base no gráfico e nos conhecimentos sobre funções, considere as afirmativas a seguir. I. Para todo t (t 3,t 7) ; f é constante. II. Para todo t 0,t 3, f(t) cos(t). III. Para todo t (t 7,t 10 ) ; f(t) m t b, onde m 0. IV. A função f assume seu valor máximo em t t. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e III são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas II e III são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 17. (Ufba 011) O gráfico representa uma projeção do valor de mercado, v(t), de um imóvel, em função do tempo t, contado a partir da data de conclusão de sua construção, considerada como a data inicial t = 0. O valor v(t) é expresso em milhares de reais, e o tempo t, em anos. Com base nesse gráfico, sobre o valor de mercado projetado v(t), pode-se afirmar: 01) Aos dez anos de construído, o imóvel terá valor máximo. 0) No vigésimo quinto ano de construído, o imóvel terá um valor maior que o inicial. 04) Em alguma data, o valor do imóvel corresponderá a 37,5% do seu valor inicial. 08) Ao completar vinte anos de construído, o imóvel voltará a ter o mesmo valor inicial. 16) Se v t 00. t igual na um oitavo do seu valor inicial., então, ao completar trinta anos de construído, o valor do imóvel será Página 9 de 30

10 18. (Enem 011) Uma empresa de telefonia fixa oferece dois planos aos seus clientes: no plano K, o cliente paga R$ 9,90 por 00 minutos mensais e R$ 0,0 por cada minuto excedente; no plano Z, paga R$ 49,90 por 300 minutos mensais e R$ 0,10 por cada minuto excedente. O gráfico que representa o valor pago, em reais, nos dois planos em função dos minutos utilizados é a) b) c) d) e) 19. (Uff 011) Os gráficos I, II e III, a seguir, esboçados em uma mesma escala, ilustram modelos teóricos que descrevem a população de três espécies de pássaros ao longo do tempo. Sabe-se que a população da espécie A aumenta 0% ao ano, que a população da espécie B aumenta 100 pássaros ao ano e que a população da espécie C permanece estável ao longo dos anos. Assim, a evolução das populações das espécies A, B e C, ao longo do tempo, correspondem, respectivamente, aos gráficos a) I, III e II. b) II, I e III. c) II, III e I. d) III, I e II. e) III, II e I. Página 10 de 30

11 0. (Uem 011) Considerando a figura abaixo, que ilustra o gráfico de uma função f : 8,4 em um sistema ortogonal de coordenadas cartesianas xoy, em que a porção referente ao subintervalo do domínio 8, 4é parte de uma parábola, e o restante do gráfico é uma linha poligonal, assinale o que for correto., então 01) Se 8 x 4, f x x 10x ) f. 3 3 f f 4 f f 1 04). 3 f x 1 possui apenas cinco raízes reais distintas. 08) A equação 16) Se x é solução da equação f x,, então 0 x (Ufpe 011) Na ilustração a seguir, temos parte dos gráficos das funções f: dada por f(x) 5 x e g: {0} dada por g(x). x Analise as afirmações a seguir referentes às duas funções. ( ) Um dos pontos de interseção dos gráficos de f e g e (, 1). ( ) As abscissas dos pontos de interseção dos gráficos de f e g são as raízes reais 3 da equação x 5x 0. (x )(x x 1) ( ) f(x) g(x), para x todo x real e diferente de zero. ( ) O ponto de interseção dos gráficos de f e g situado no terceiro quadrante tem ordenada (1 ). ( ) Os gráficos de f e g se interceptam em quatro pontos. Página 11 de 30

12 . (Fgv 010) A figura indica o gráfico da função f, de domínio [ 7,5], no plano cartesiano ortogonal. O número de soluções da equação f(f(x)) = 6 é a). b) 4. c) 5. d) 6. e) 7 3. (Ufg 010) Grande parte da arrecadação da Coroa Portuguesa, no século XVIII, provinha de Minas Gerais devido à cobrança do quinto, do dízimo e das entradas (Revista de História da Biblioteca Nacional). Desses impostos, o dízimo incidia sobre o valor de todos os bens de um indivíduo, com uma taxa de 10% desse valor. E as entradas incidiam sobre o peso das mercadorias (secos e molhados, entre outros) que entravam em Minas Gerais, com uma taxa de, aproximadamente, 1,15 contos de réis por arroba de peso. O gráfico a seguir mostra o rendimento das entradas e do dízimo, na capitania, durante o século XVIII. Com base nessas informações, em 1760, na capitania de Minas Gerais, o total de arrobas de mercadorias, sobre as quais foram cobradas entradas, foi de aproximadamente: a) b) c) d) e) Página 1 de 30

13 4. (Ufc 010) Seja, 1 ] [1, ) R a função definida por afirmar que: a) f (1) =. b) f (x) = - x - c) f (x) = - x - x 1se x 1. x 1se x 1. d) f (x) = - x + x 1se x 1. e) f (x) = 0 para todo real x no domínio de f. f(x) x x 1. É correto 5. (Ibmecrj 010) Num certo país, o imposto de renda é cobrado da seguinte forma: os que têm rendimento até u.m (unidades monetárias) são isentos: aos que possuem renda entre u.m e u.m, cobra-se um imposto de 10%; acima de u.m, o imposto é de 0%. Qual dos gráficos melhor representa a situação acima descrita? a) b) c) d) 6. (Ufc 010) Sobre a função f : [0,+ ) [0,+ ) dada por f(x) = que: a) f é estritamente crescente. b) f é estritamente decrescente. c) o gráfico de f é uma parábola. d) f o f = f. e) f (a + b) = f (a) + f (b), para todos a, b [0, + ). x, é correto afirmar x 1 Página 13 de 30

14 7. (Ufpb 010) Paulo é um zoólogo que realiza suas observações em um ponto, o de observação, e guarda seus equipamentos em um outro ponto, o de apoio. Em certo dia, para realizar seu trabalho, fez o seguinte trajeto: Partiu do ponto de apoio com destino ao de observação e, da metade do caminho, voltou ao ponto de apoio, para pegar alguns equipamentos que havia esquecido. Ali demorou apenas o suficiente para encontrar tudo de que necessitava. Em seguida, partiu novamente em direção ao ponto de observação, e lá chegou. Depois de fazer algumas observações e anotações, partiu com destino ao ponto de apoio. Após alguns minutos de caminhada, lembrou que havia esquecido o binóculo no ponto de observação e, nesse instante, retornou para pegá-lo. Ao chegar ao ponto de observação, demorou ali um pouco mais, pois avistou uma espécie rara e resolveu observá-la. Depois disso, retornou ao ponto de apoio, para guardar seus equipamentos, encerrando o seu trabalho nesse dia. O gráfico a seguir mostra a variação da distância do zoólogo ao ponto de apoio, em função do tempo, medido em minutos, a partir do instante em que ele deixou o ponto de apoio pela primeira vez. Com base nas informações apresentadas e no gráfico acima, identifique as afirmativas corretas: ( ) O zoólogo chegou ao ponto de apoio, para pegar os equipamentos que ali havia esquecido, 10 minutos depois de ter saído desse ponto pela primeira vez. ( ) O zoólogo chegou ao ponto de observação, pela primeira vez, 15 minutos depois de ter saído do ponto de apoio, após apanhar os equipamentos que ali havia esquecido. ( ) O zoólogo esteve no ponto de observação durante 0 minutos. ( ) O zoólogo notou que havia esquecido o binóculo, 5 minutos após deixar o ponto de observação. ( ) O tempo transcorrido da chegada do zoólogo ao ponto de observação, pela primeira vez, a sua chegada ao ponto de apoio, para encerrar o trabalho, foi de 50 minutos. Página 14 de 30

15 8. (Enem simulado 009) A figura a seguir mostra a porcentagem de oxigênio (O ) presente na atmosfera, ao longo de 4,5 bilhões de anos, desde a formação da Terra até a era dos dinossauros. Considere que a escala de tempo fornecida seja substituída por um ano de referência, no qual a evolução química é identificada como 1º de janeiro à zero hora e a era dos dinossauros como dia 31 de dezembro às 3h59 min e 59,99 s. Desse modo, nesse ano de referência, a porcentagem de oxigênio (O ) presente na atmosfera atingiu 10% no a) 1º bimestre. b) º bimestre. c) º trimestre. d) 3º trimestre. e) 4º trimestre. 9. (Fgv 009) A figura a seguir representa parte do gráfico de uma função periódica f :. O período da função g(x) f(3x 1) é: a) 1 3 b) 3 c) d) 3 e) 6 Página 15 de 30

16 30. (Enem cancelado 009) A importância do desenvolvimento da atividade turística no Brasil relaciona-se especialmente com os possíveis efeitos na redução da pobreza e das desigualdades por meio da geração de novos postos de trabalho e da contribuição para o desenvolvimento sustentável regional. No gráfico são mostrados três cenários pessimista, previsível, otimista a respeito da geração de empregos pelo desenvolvimento de atividades turísticas. De acordo com o gráfico, em 009, o número de empregos gerados pelo turismo será superior a a) no cenário previsível. b) no cenário otimista. c) e inferior a no cenário previsível. d) e inferior a no cenário pessimista. e) e inferior a no cenário otimista. 31. (Enem simulado 009) As condições de saúde e a qualidade de vida de uma população humana estão diretamente relacionadas com a disponibilidade de alimentos e a renda familiar. O gráfico I mostra dados da produção brasileira de arroz, feijão, milho, soja e trigo e do crescimento populacional, no período compreendido entre 1997 e 003. O gráfico II mostra a distribuição da renda familiar no Brasil, no ano de 003. Considere que três debatedores, discutindo as causas da fome no Brasil, chegaram às seguintes conclusões: Página 16 de 30

17 Debatedor 1 O Brasil não produz alimento suficiente para alimentar sua população. Como a renda média do brasileiro é baixa, o País não consegue importar a quantidade necessária de alimentos e isso é a causa principal da fome. Debatedor O Brasil produz alimentos em quantidade suficiente para alimentar toda sua população. A causa principal da fome, no Brasil, é a má distribuição de renda. Debatedor 3 A exportação da produção agrícola brasileira, a partir da inserção do País no mercado internacional, é a causa majoritária da subnutrição no País. Considerando que são necessários, em média, 50 kg de alimentos para alimentar uma pessoa durante um ano, os dados dos gráficos I e II, relativos ao ano de 003, corroboram apenas a tese do(s) debatedor(es) a) 1. b). c) 3. d) 1 e 3. e) e 3. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: A população mundial está ficando mais velha, os índices de natalidade diminuíram e a expectativa de vida aumentou. No gráfico seguinte, são apresentados dados obtidos por pesquisa realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), a respeito da quantidade de pessoas com 60 anos ou mais em todo o mundo. Os números da coluna da direita representam as faixas percentuais. Por exemplo, em 1950 havia 95 milhões de pessoas com 60 anos ou mais nos países desenvolvidos, número entre 10% e 15% da população total nos países desenvolvidos. 3. (Enem 009) Em 050,a probabilidade de se escolher, aleatoriamente, uma pessoa com 60 anos ou mais de idade, na população dos países desenvolvidos, será um número mais próximo de a) 1 b) 7 0 c) 8 5 d) 1 5 e) 3 5 Página 17 de 30

18 33. (Enem 004) Para medir o perfil de um terreno, um mestre-de-obras utilizou duas varas (V I e V II), iguais e igualmente graduadas em centímetros, às quais foi acoplada uma mangueira plástica transparente, parcialmente preenchida por água (figura abaixo). Ele fez 3 medições que permitiram levantar o perfil da linha que contém, em sequência, os pontos P 1, P, P 3 e P. 4 Em cada medição, colocou as varas em dois diferentes pontos e anotou suas leituras na tabela a seguir. A figura representa a primeira medição entre P 1 e P. Vara I Vara II Diferença Medição Ponto Leitura Leitura Ponto L I (cm) L II (cm) (L I - L II ) (cm) 1ª P 1 39 P ª P 189 P ª P 3 9 P Ao preencher completamente a tabela, o mestre-de-obras determinou o seguinte perfil para o terreno: a) b) c) d) e) Página 18 de 30

19 34. (Enem 003) Após a ingestão de bebidas alcoólicas, o metabolismo do álcool e sua presença no sangue dependem de fatores como peso corporal, condições e tempo após a ingestão. O gráfico mostra a variação da concentração de álcool no sangue de indivíduos de mesmo peso que beberam três latas de cerveja cada um, em diferentes condições: em jejum e após o jantar. Tendo em vista que a concentração máxima de álcool no sangue permitida pela legislação brasileira para motoristas é 0,6 g/l, o indivíduo que bebeu após o jantar e o que bebeu em jejum só poderão dirigir após, aproximadamente, a) uma hora e uma hora e meia, respectivamente. b) três horas e meia hora, respectivamente. c) três horas e quatro horas e meia, respectivamente. d) seis horas e três horas, respectivamente. e) seis horas, igualmente. 35. (Enem 001) O quadro apresenta a produção de algodão de uma cooperativa de agricultores entre 1995 e O gráfico que melhor representa a área plantada (AP) no período considerado é: Produção (em mil toneladas) Produtividade (em kg/hectare) Safra a) b) c) d) e) Página 19 de 30

20 TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Um boato tem um público-alvo e alastra-se com determinada rapidez. Em geral, essa rapidez é diretamente proporcional ao número de pessoas desse público que conhecem o boato e diretamente proporcional também ao número de pessoas que não o conhecem. Em outras palavras, sendo R a rapidez de propagação, P o público-alvo e x o número de pessoas que conhecem o boato, tem-se: R(x) = k. x. (P - x), onde k é uma constante positiva característica do boato. 36. (Enem 000) O gráfico cartesiano que melhor representa a função R(x), para x real, é: a) b) c) d) e) 37. (Enem 1999) Para convencer a população local da ineficiência da Companhia Telefônica Vilatel na expansão da oferta de linhas, um político publicou no jornal local o gráfico I, abaixo representado. A Companhia Vilatel respondeu publicando dias depois o gráfico II, onde pretende justificar um grande aumento na oferta de linhas. O fato é que, no período considerado, foram instaladas, efetivamente, 00 novas linhas telefônicas. Analisando os gráficos, pode-se concluir que a) o gráfico II representa um crescimento real maior do que o do gráfico I. b) o gráfico I apresenta o crescimento real, sendo o II incorreto. c) o gráfico II apresenta o crescimento real, sendo o I incorreto. d) a aparente diferença de crescimento nos dois gráficos decorre da escolha das diferentes escalas. e) os dois gráficos são incomparáveis, pois usam escalas diferentes. Página 0 de 30

21 Gabarito: Resposta da questão 1: [B] Segundo a análise feita, o único gráfico que possui concavidade apenas para cima, ou seja, aceleração positiva, e apresenta velocidade crescente de leitura das páginas é o da alternativa [B]. Resposta da questão : [E] Como f é crescente no intervalo ], 0], só pode ser x f(x). Além disso, o ponto ( π,1) pertence ao gráfico de f. Daí, tem-se que f(x) sen(3x) 1, se x ]0, π[. Com essas informações, segue-se o resultado. Resposta da questão 3: [D] De acordo com a figura, a primeira parte do gráfico não pode ser uma reta, pois a variação da altura no cone não é constante. A segunda parte do gráfico deverá ser uma reta, pois a variação da altura no cilindro é constante. O único gráfico que obedece a essas condições é o da alternativa [D]. Resposta da questão 4: [B] Observando o gráfico podemos notar que em quatro dias Campinas teve risco de alagamento. Resposta da questão 5: [D] De acordo com o gráfico, segue que o resultado pedido é 1,7 3,65 4 R$ 15,35. Resposta da questão 6: [D] Função (I): f(x + 4) Função (II): f(x 4) Função (III): f(x) + 3 Função (IV): f(x) Portanto, a alternativa [D] é a correta. Página 1 de 30

22 Resposta da questão 7: a) A função f é uma função do afim; logo, seu gráfico é uma reta. Para construir o gráfico de f, basta obter as coordenadas de pontos. Para x 0 y 1 Portanto Para x 1 y 0 A função g é uma função quadrática; logo, seu gráfico é uma parábola com concavidade voltada para cima (a > 0). Para construir o gráfico de 4 g(x) (x 1)(x ) g(x) x x, temos: Intercepta y (0,c) 0, 3 Intercepta x (x 1,0) e (x,0) (1,0) e (,0), onde x1 e x são as raízes de g(x) Coordenadas do vértice: b ( x 6) 3 v xv a () 4 ( ) 4 Δ yv yv 4a Portanto, localizando os pontos no Plano Cartesiano, obtemos a representação abaixo: 3 b) f(x) g(x) x 1 x 1 x x 9x 7 0 Logo, os pontos de interseção entre f(x) e g(x) são: 7 5 1,0 e, x 1 y x y Página de 30

23 Resposta da questão 8: Resposta da questão 9: [B] Como f(x) 0 para todo x 0, 4 e g(x) 0 para todo x 0, 6, 7, f(x) g(x) 0 para todo x 0,. Além disso, como f(x) 0 para todo x 4, 7 para todo x, 6, vem que f(x) g(x) 0 para todo x 4, 6. Portanto, E x 0 x x 4 x 6. segue que e g(x) 0 Resposta da questão 10: [B] Observando os gráficos é fácil verificar que o nível de eficiência foi muito bom na terça e na quarta-feira. Página 3 de 30

24 Resposta da questão 11: [D] Gabarito Oficial: [A] Gabarito SuperPro : [D] O jovem pode constatar com certeza que a bola atingiu 35m em quatro pontos mostrados pela intersecção de sua trajetória com a reta h = 35. No ponto assinalado como dúvida, o jovem não pode afirmar com certeza que a bola atingiu 35m. Resposta da questão 1: V - V - V - F - F. (V) Ver gráfico. (V) Cada elemento da imagem está associado a um único elemento do domínio. (V) Ver gráfico (F) Seu mínimo será para t = 10. (F) Tende a 1 milhões (ver gráfico). Resposta da questão 13: [D] Do gráfico, temos que f( 1) 5, f( 7) 5, f(5) 5 e f(13) 5. Assim, queremos calcular para quantos valores de x se tem f(x) 1, f(x) 7, f(x) 5 ou f(x) 13. Portanto, como f(x) 5 tem 4 soluções e f(x) 13 tem soluções, segue que f(f(x)) 5 tem 4 6 soluções. Resposta da questão 14: [A] Tabela obtida com as informações da tabela dada. Investidor compra venda ganhou perdeu Portanto, o investidor 1 fez o melhor negócio. Resposta da questão 15: [E] Gabarito Oficial: [D] Gabarito SuperPro : [E] O único gráfico que apresenta uma função linear crescente, uma função afim decrescente e uma função constante, nessa ordem, é o da alternativa [E]. Página 4 de 30

25 Resposta da questão 16: [B] I. Correta. Para todo t (t 3, t 7), f(t) 1,5. II. Errada. Do gráfico, temos que f(0) 0. Por outro lado, f(0) cos III. Errada. Para todo t (t 7, t 10), f(t) m t b, com m 0. IV. Correta. Do gráfico, temos que 0 f(t), para todo t [0, t 10]. Além disso, f(t ). Resposta da questão 17: 01) Verdadeira, para t = 10, o gráfico assume seu ponto máximo. 0) Falsa, o valor para t = 0 é igual o valor para t = 0. 04) Verdadeira, pois existe um valor de t que corresponde a 37,5. 08) Verdadeira, o valor para t = 0 é igual o valor para t = 0. 16) Verdadeira, v v(30) 00. v(30) 1, Que corresponde a um oitavo de 100. Resposta da questão 18: [D] 9,90 se 0< t 00 No plano k: y = 9,90 + (t- 00).0,0 se t >00 49,90 se 0< t 300 No plano z: y = 49,90 + (t- 300).0,0 se t >300 Portanto, a resposta correta é a letra [D]. Resposta da questão 19: [E] Sejam P, P e 0A 0B P 0 C, respectivamente, as populações iniciais das espécies A, B e C. De acordo com as informações do enunciado temos: P (t) P (1,), A 0A t P B(t) P0 B 100 t e P C(t) P 0 C, em que P A(t), P B(t) e P C(t) indicam a população das espécies A, B e C após t anos. Portanto, como P A é uma função exponencial, P B é uma função afim e P C é uma função constante, segue que a alternativa correta é a letra (e). Página 5 de 30

26 Resposta da questão 0: = ) Correto. Seja f a função definida por f(x) ax bx c. Temos que os pontos ( 8, 5), ( 7, 0) e ( 4, 3) pertencem ao gráfico de f. Assim, 64a 8b c 5 a 1 49a 7b c 0 b a 4b c 3 c 1 Portanto, f(x) x 10x 1, com 8 x ) Correto. Temos que 3. Como o gráfico de f no subintervalo [, 4] é um segmento 3 de reta que passa pelos pontos (, 3) e (4, 1), segue que a lei de f nesse intervalo é da forma f(x) ax b. Calculando a taxa de variação e o valor inicial, obtemos: 3 1 a 4 e 3 b b 7. Portanto, f ) Correto. Do gráfico sabemos que f() 3, f(4) 1 e f( 1) 1. Assim, f() f(4) 3 ( 1) f() f( 1) ) Incorreto. Do gráfico, temos que existem infinitos valores reais de x no intervalo ] 4, 1] para os quais f(x) 1. 16) Incorreto. Existe um valor de x no intervalo [ 8, 4] para o qual f(x). Resposta da questão 1: V V F V F. Temos que f() 5 1 e g() 1. Logo, f() g() e, portanto, o ponto (,1) é um dos pontos de intersecção dos gráficos de f e g. As abscissas dos pontos de intersecção dos gráficos de f e g são tais que 3 f(x) g(x) 5 x x 5x 0. x Temos que f(x) g(x) 5 x x 3 x 5x x (x )(x x 1) (x )(x x 1). x x Como x é raiz da equação 3 x 5x (x )(x x 1) 0, segue que as raízes de Página 6 de 30

27 x x 1 0 são as abscissas dos outros pontos de intersecção dos gráficos de f e g. Assim, x x 1 0 (x 1) 11 0 (x 1) x 1. Portanto, a ordenada pedida é dada por f( 1 ) 5 ( 1 ) 5 (1 ) (1 ). Conforme mostrado acima, os gráficos de f e g se intersectam em três pontos. Resposta da questão : [D] Observando o gráfico, concluímos que os valores de x para os quais f(x) = 6 são - e 1 (reta r). Considerando agora f(x) = -, temos dois valores de x, pois a reta t intercepta o gráfico da função em dois pontos. Considerando agora f(x) = 1, temos quatro valores de x, pois a reta t intercepta o gráfico da função em quatro pontos. Logo, a equação proposta possui 6 soluções. Resposta da questão 3: [D] Em 1760 o valor das entradas foi de = contos de reis. 4 Dividindo por 1,15(taxa de 1 arroba) = arrobas Página 7 de 30

28 Resposta da questão 4: [C] Para x 1 (pertencente ao domínio) x + x 1 assume valores negativos Logo f(x) x x 1 = - x - x 1se x 1. Resposta da questão 5: [A] O gráfico A representa melhor a situação, possui o primeiro intervalo nulo, o segundo uma reta crescente (y = 0,1x) e o terceiro uma reta crescente (y = 0,x) com inclinação maior que a anterior (porcentagem maior). Resposta da questão 6: A função é estritamente crescente para X maior ou igual a zero. Como mostra parte de seu gráfico. Resposta da questão 7: V - F - V - V - V. (V) A imagem do 10 é o zero; (F) 5 15 = 10 minutos; (V) Pois, (35-5) + (55-45) = 0 minutos; (V) = 5 minutos; (V)75 5 (apoio) 0 (observação) = 50 minutos. Resposta da questão 8: [D] 4 bilhões de anos atrás - 1 de janeiro( primeiro trimestre). 3 bilhões de anos atrás - 1 de abril( segundo trimestre). bilhões de anos atrás - 1 de julho( terceiro trimestre). 1 bilhão de anos atrás - 1 de outubro( quarto trimestre). Eucariontes atuais entre 1 e dois milhões de anos atrás. Portanto no terceiro trimestre. Resposta da questão 9: [B] Página 8 de 30

29 Resposta da questão 30: [E] De acordo com o gráfico em 009 no cenário otimista o número de empregos será maior que e menor que Resposta da questão 31: [B] A quantidade de alimentos produzidos é suficiente para alimentar a população. Em 003 a produção de alimentos foi de 84 milhões de toneladas. Isto daria para alimentar aproximadamente 3,3 bilhões de pessoas. No gráfico, nota-se uma má distribuição de rendas (pessoas sem rendimento). Resposta da questão 3: No gráfico o número procurado se encontra entre 30% e 35% Escrevendo todas as frações na forma decimal temos: ½ = 50% 7/ 0 = 35% 8/5 = 3% 1/5 = 0% 3/5 = 1% Então o valor procurado é de 3%( ou seja 8/5) Resposta da questão 33: [A] De acordo com as informações da tabela, temos o seguinte gráfico: Página 9 de 30

30 Resposta da questão 34: [C] Observando o gráfico, temos: Após o jantar 3 horas. Em jejum 4,5 horas Resposta da questão 35: [A] Área = Produção em kg dividida pela produtividade. Em hectares Em hectares Em hectares Em hectares Em hectares Em hectares Portanto, o gráfico que melhor representa esta variação de área é o da alternativa A. Resposta da questão 36: [E] Pode-se dizer que a função, que representa a rapidez da propagação, é de segundo grau. R(x) kx k P x Como k é positivo, k será negativo, logo seu gráfico é uma parábola com concavidade para baixo. Alternativa E. Resposta da questão 37: [D] É fácil observar que o crescimento é o mesmo nos dois gráficos. Ou seja, 50 linhas por trimestre. Portanto, a aparente diferença de crescimento nos dois gráficos decorre da escolha das diferentes escalas. Página 30 de 30

CAPÍTULO 2 FUNÇÕES 1. INTRODUÇÃO. y = 0,80.x. 2. DEFINIÇÃO DE FUNÇÃO DE A EM B ( f: A B) 4. GRÁFICO DE UMA FUNÇÃO

CAPÍTULO 2 FUNÇÕES 1. INTRODUÇÃO. y = 0,80.x. 2. DEFINIÇÃO DE FUNÇÃO DE A EM B ( f: A B) 4. GRÁFICO DE UMA FUNÇÃO CAPÍTULO 2 FUNÇÕES 1. INTRODUÇÃO Muitas grandezas com as quais lidamos no nosso cotidiano dependem uma da outra, isto é, a variação de uma delas tem como conseqüência a variação da outra. Exemplo 1: Tio

Leia mais

Função do 2º Grau. V(x) 3x 12x. C(x) 5x 40x 40.

Função do 2º Grau. V(x) 3x 12x. C(x) 5x 40x 40. Função do º Grau. (Espcex (Aman) 04) Uma indústria produz mensalmente x lotes de um produto. O valor mensal resultante da venda deste produto é dado por C(x) 5x 40x 40. V(x) 3x x e o custo mensal da produção

Leia mais

TEORIA DOS CONJUNTOS PLANO CARTESIANO. Matemática Professor: Mattheus Jucá REVISÃO ENEM

TEORIA DOS CONJUNTOS PLANO CARTESIANO. Matemática Professor: Mattheus Jucá REVISÃO ENEM TEORIA DOS CONJUNTOS 01. (ENEM Cancelado 2009) Uma pesquisa foi realizada para tentar descobrir, do ponto de vista das mulheres, qual é o perfil da parceira ideal procurada pelo homem do séc. XXI. Alguns

Leia mais

Problemas do 1º grau 2016

Problemas do 1º grau 2016 Problemas do º grau 06. (Unicamp 06) O gráfico abaixo exibe o lucro líquido (em milhares de reais) de tręs pequenas empresas A, B e C, nos anos de 03 e 04. Com relaçăo ao lucro líquido, podemos afirmar

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web . (Pucrj 015) Sejam as funções f(x) = x 6x e g(x) = x 1. O produto dos valores inteiros de x que satisfazem a desigualdade f(x) < g(x) é: a) 8 b) 1 c) 60 d) 7 e) 10 4. (Acafe 014) O vazamento ocorrido

Leia mais

LISTA DE FUNÇÃO POLINOMIAL DO 1º GRAU - 2012. ax b, sabendo que:

LISTA DE FUNÇÃO POLINOMIAL DO 1º GRAU - 2012. ax b, sabendo que: 1) Dada a função f(x) = 2x + 3, determine f(1). LISTA DE FUNÇÃO POLINOMIAL DO 1º GRAU - 2012 2) Dada a função f(x) = 4x + 5, determine x tal que f(x) = 7. 3) Escreva a função afim f ( x) ax b, sabendo

Leia mais

Inequação do Segundo Grau

Inequação do Segundo Grau Inequação do Segundo Grau 1. (Pucrj 01) A soma dos valores inteiros que satisfazem a desigualdade a) 9 b) 6 c) 0 d) 4 e) 9. (G1 - ifce 014) O conjunto solução S da inequação 4 S,,1. 4 S,,1. 4 S, 1,. 4

Leia mais

(Testes intermédios e exames 2010/2011)

(Testes intermédios e exames 2010/2011) (Testes intermédios e eames 00/0) 57. Na Figura, está parte da representação gráfica da função f, de domínio +, definida por f() = log 9 () Em qual das opções seguintes está definida uma função g, de domínio,

Leia mais

Problemas de função do 1º grau

Problemas de função do 1º grau Problemas de função do º grau. (Ucs 204) O salário mensal de um vendedor é de R$ 750,00 fixos mais 2,5% sobre o valor total, em reais, das vendas que ele efetuar durante o mês. Em um mês em que suas vendas

Leia mais

QUESTÕES MATEMÁTICA MASTERMED. n 2. 20x 40 se 0 x 2 0 se 2 x 10 T(x) 10x 100 se 10 x 20 100 se 20 x 40

QUESTÕES MATEMÁTICA MASTERMED. n 2. 20x 40 se 0 x 2 0 se 2 x 10 T(x) 10x 100 se 10 x 20 100 se 20 x 40 1 QUESTÕES 01. Em uma experiência realizada com camundongos, foi observado que o tempo requerido para um camundongo percorrer um labirinto, na enésima tentativa, era dado pela função f(n) = 3 + n minutos.

Leia mais

Gráfico: O gráfico de uma função quadrática é uma parábola. Exemplos: 1) f(x) = x 2 + x -3-2 -1-1/2 1 3/2 2. 2) y = -x 2 + 1 -3-2 -1

Gráfico: O gráfico de uma função quadrática é uma parábola. Exemplos: 1) f(x) = x 2 + x -3-2 -1-1/2 1 3/2 2. 2) y = -x 2 + 1 -3-2 -1 Engenharia Civil/Mecânica Cálculo 1 1º semestre 2015 Profa Olga Função Quadrática Uma função f : R R chama-se função quadrática quando existem números reais a, b e c, com a 0, tais que f(x) = ax 2 + bx

Leia mais

b) a 0 e 0 d) a 0 e 0

b) a 0 e 0 d) a 0 e 0 IFRN - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN PROFESSOR: MARCELO SILVA MATEMÁTICA FUNÇÃO DO º GRAU 1. Um grupo de pessoas gastou R$ 10,00 em uma lanchonete. Quando foram pagar a conta,

Leia mais

VESTIBULAR 2004 - MATEMÁTICA

VESTIBULAR 2004 - MATEMÁTICA 01. Dividir um número real não-nulo por 0,065 é equivalente a multiplicá-lo por: VESTIBULAR 004 - MATEMÁTICA a) 4 c) 16 e) 1 b) 8 d) 0. Se k é um número inteiro positivo, então o conjunto A formado pelos

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro De Ciências Exatas e da Terra. Departamento de Física Teórica e Experimental

Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro De Ciências Exatas e da Terra. Departamento de Física Teórica e Experimental Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro De Ciências Exatas e da Terra Departamento de Física Teórica e Experimental Programa de Educação Tutorial Curso de Nivelamento: Pré-Cálculo PET DE FÍSICA:

Leia mais

Supondo que se mantém constante o ritmo de desenvolvimento da população de vírus, qual o número de vírus após uma hora?

Supondo que se mantém constante o ritmo de desenvolvimento da população de vírus, qual o número de vírus após uma hora? Lista prova parcial 4º bimestre. 1. (Upf 01) Num laboratório está sendo realizado um estudo sobre a evolução de uma população de vírus. A seguinte sequência de figuras representa os três primeiros minutos

Leia mais

Questão 02 (UFJF MG/2012) Considere as afirmativas abaixo envolvendo as funções f (x) = sen(x), g(x) = x 2 3x + 2 e h(x) = e x.

Questão 02 (UFJF MG/2012) Considere as afirmativas abaixo envolvendo as funções f (x) = sen(x), g(x) = x 2 3x + 2 e h(x) = e x. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: ª Série

Leia mais

Função Quadrática Função do 2º Grau

Função Quadrática Função do 2º Grau Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Função Quadrática 1º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 5 º Bimestre/13 Aluno(a): Número: Turma: Função Quadrática

Leia mais

Capítulo 5: Aplicações da Derivada

Capítulo 5: Aplicações da Derivada Instituto de Ciências Exatas - Departamento de Matemática Cálculo I Profª Maria Julieta Ventura Carvalho de Araujo Capítulo 5: Aplicações da Derivada 5- Acréscimos e Diferenciais - Acréscimos Seja y f

Leia mais

(c) 2a = b. (c) {10,..., 29}

(c) 2a = b. (c) {10,..., 29} 11 Atividade extra UNIDADE CONJUTOS Fascículo 4 Matemática Unidade 11 Conjuntos Exercı cio 11.1 Sejam os conjuntos A = {a, 7, 0} e B = {0, 1, b}, tal que os conjuntos A e B sejam iguais. Qual é a relação

Leia mais

Inequação do Primeiro Grau

Inequação do Primeiro Grau Inequação do Primeiro Grau 1. (Unicamp 015) Seja a um número real positivo e considere as funções afins f(x) ax 3a e g(x) 9 x, definidas para todo número real x. a) Encontre o número de soluções inteiras

Leia mais

POLINÔMIOS. x 2x 5x 6 por x 1 x 2. 10 seja x x 3

POLINÔMIOS. x 2x 5x 6 por x 1 x 2. 10 seja x x 3 POLINÔMIOS 1. (Ueg 01) A divisão do polinômio a) x b) x + c) x 6 d) x + 6 x x 5x 6 por x 1 x é igual a:. (Espcex (Aman) 01) Os polinômios A(x) e B(x) são tais que A x B x x x x 1. Sabendo-se que 1 é raiz

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 2011 1 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia.

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 2011 1 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR a Fase Profa. Maria Antônia Gouveia. Questão. Considerando-se as funções f: R R e g: R R definidas por f(x) = x e g(x) = log(x² + ), é correto afirmar: () A função

Leia mais

Prova 3 - Matemática

Prova 3 - Matemática Prova 3 - QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: N ọ DE INSCRIÇÃO: NOME DO CANDIDATO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, que constam na etiqueta

Leia mais

Lista de exercícios: Funções de 1ºgrau Problemas Gerais Prof ºFernandinho. Questões:

Lista de exercícios: Funções de 1ºgrau Problemas Gerais Prof ºFernandinho. Questões: Lista de exercícios: Funções de 1ºgrau Problemas Gerais Prof ºFernandinho Questões: 01.(UNESP) Apresentamos a seguir o gráfico do volume do álcool em função de sua massa, a uma temperatura fixa de 0 C.

Leia mais

MATEMÁTICA. y Q. (a,b)

MATEMÁTICA. y Q. (a,b) MATEMÁTICA 1. Sejam (a, b), com a e b positivos, as coordenadas de um ponto no plano cartesiano, e r a reta com inclinação m

Leia mais

FUNÇÃO DO 2 GRAU. Chamamos de função do 2 grau, ou também função quadrática, toda função que assume a forma: onde

FUNÇÃO DO 2 GRAU. Chamamos de função do 2 grau, ou também função quadrática, toda função que assume a forma: onde FUNÇÃO DO GRAU Professora Laura 1. Definição Chamamos de função do grau, ou também função quadrática, toda função que assume a forma: f : R R; f ( x) ax bx c onde a, b, c R e a 0. Podemos classificar as

Leia mais

UFMS - PRÓ ENEM Matemática Estatística e Médias

UFMS - PRÓ ENEM Matemática Estatística e Médias 1. (Ufsm 01) O Brasil é o quarto produtor mundial de alimentos, produzindo mais do que o necessário para alimentar sua população. Entretanto, grande parte da produção é desperdiçada. O gráfico mostra o

Leia mais

Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z

Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z Rua Oto de Alencar nº 5-9, Maracanã/RJ - tel. 04-98/4-98 Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z Podemos epressar o produto de quatro fatores iguais a.... por meio de uma potência de base e epoente

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-2 INSPER. ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-2 INSPER. ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR - INSPER. ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA Utilize as informações a seguir para as questões e. Uma estação de trens é constituída

Leia mais

1)Faça a representação gráfica das seguintes funções do primeiro grau: a)y = - x + 3 b)f(x) = - 3x + 5 c)y = x + 2 d)y = x + 3

1)Faça a representação gráfica das seguintes funções do primeiro grau: a)y = - x + 3 b)f(x) = - 3x + 5 c)y = x + 2 d)y = x + 3 Função do Primeiro Grau 1)Faça a representação gráfica das seguintes funções do primeiro grau: a)y = - x + 3 b)f(x) = - 3x + 5 c)y = x + 2 d)y = x + 3 2)Uma função polinomial do 1 o grau y = f(x) é tal

Leia mais

FÍSICA. Exatas/Tarde Física e Matemática Prova A Página 1

FÍSICA. Exatas/Tarde Física e Matemática Prova A Página 1 FÍSICA 01 - A figura a seguir representa um eletroímã e um pêndulo, cuja massa presa à extremidade é um pequeno imã. Ao fechar a chave C, é correto afirmar que C N S (001) o imã do pêndulo será repelido

Leia mais

Considerando que, ao colocar o sólido dentro da caixa, a altura do nível da água passou a ser 80 cm, qual era o volume do sólido?

Considerando que, ao colocar o sólido dentro da caixa, a altura do nível da água passou a ser 80 cm, qual era o volume do sólido? 1 2 Com o objetivo de trabalhar com seus alunos o conceito de volume de sólidos, um professor fez o seguinte experimento: pegou uma caixa de polietileno, na forma de um cubo com 1 metro de lado, e colocou

Leia mais

ESCOLA DR. ALFREDO JOSÉ BALBI UNITAU APOSTILA PROF. CARLINHOS NOME: N O :

ESCOLA DR. ALFREDO JOSÉ BALBI UNITAU APOSTILA PROF. CARLINHOS NOME: N O : ESCOLA DR. ALFREDO JOSÉ BALBI UNITAU APOSTILA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS FUNÇÕES PROF. CARLINHOS NOME: N O : 1 FUNÇÃO IDÉIA INTUITIVA DE FUNÇÃO O conceito de função é um dos mais importantes da matemática.

Leia mais

FUNÇÃO DO 1º GRAU. Vamos iniciar o estudo da função do 1º grau, lembrando o que é uma correspondência:

FUNÇÃO DO 1º GRAU. Vamos iniciar o estudo da função do 1º grau, lembrando o que é uma correspondência: FUNÇÃO DO 1º GRAU Vamos iniciar o estudo da função do 1º grau, lembrando o que é uma correspondência: Correspondência: é qualquer conjunto de pares ordenados onde o primeiro elemento pertence ao primeiro

Leia mais

MATEMÁTICA 3. Resposta: 29

MATEMÁTICA 3. Resposta: 29 MATEMÁTICA 3 17. Uma ponte deve ser construída sobre um rio, unindo os pontos A e, como ilustrado na figura abaixo. Para calcular o comprimento A, escolhe-se um ponto C, na mesma margem em que está, e

Leia mais

FICHA DE TRABALHO DERIVADAS I PARTE. 1. Uma função f tem derivadas finitas à direita e à esquerda de x = 0. Então:

FICHA DE TRABALHO DERIVADAS I PARTE. 1. Uma função f tem derivadas finitas à direita e à esquerda de x = 0. Então: FICHA DE TRABALHO DERIVADAS I PARTE. Uma função f tem derivadas finitas à direita e à esquerda de = 0. Então: (A) f tem necessariamente derivada finita em = 0; (B) f não tem com certeza derivada finita

Leia mais

Função Trigonométrica

Função Trigonométrica Função Trigonométrica 1. (Ufpr 013) O pistão de um motor se movimenta para cima e para baixo dentro de um cilindro, como ilustra a figura. Suponha que em um instante t, em segundos, a altura h(t) do pistão,

Leia mais

Matemática. O coeficiente angular dado pelo 3º e 4º pontos é igual ao coeficiente angular dado pelo 1º e 3º. Portanto:

Matemática. O coeficiente angular dado pelo 3º e 4º pontos é igual ao coeficiente angular dado pelo 1º e 3º. Portanto: Matemática O gráfico de uma função polinomial do primeiro grau passa pelos pontos de coordenadas ( x, y) dados abaixo x y 0 5 m 8 6 4 7 k Podemos concluir que o valor de k m é: A 5,5 B 6,5 C 7,5 D 8,5

Leia mais

Estudo de funções parte 2

Estudo de funções parte 2 Módulo 2 Unidade 13 Estudo de funções parte 2 Para início de conversa... Taxa de desemprego no Brasil cai a 5,8% em maio A taxa de desempregados no Brasil caiu para 5,8% em maio, depois de registrar 6%

Leia mais

UNIDADE 4 FUNÇÕES 2 MÓDULO 1 FUNÇÃO QUADRÁTICA 1 - FUNÇÃO QUADRÁTICA. 103 Matemática e Lógica Unidade 04. a > 0 a < 0 > 0

UNIDADE 4 FUNÇÕES 2 MÓDULO 1 FUNÇÃO QUADRÁTICA 1 - FUNÇÃO QUADRÁTICA. 103 Matemática e Lógica Unidade 04. a > 0 a < 0 > 0 1 - FUNÇÃO QUADRÁTICA UNIDADE 4 FUNÇÕES 2 MÓDULO 1 FUNÇÃO QUADRÁTICA 01 É toda função do tipo f(x)=ax 2 +bx+c, onde a, b e c são constantes reais com a 0. Ou, simplesmente, uma função polinomial de grau

Leia mais

FGV-EAESP PROVA DE RACIOCÍNIO MATEMÁTICO CURSO DE GRADUAÇÃO AGOSTO/2004

FGV-EAESP PROVA DE RACIOCÍNIO MATEMÁTICO CURSO DE GRADUAÇÃO AGOSTO/2004 QUESTÃO 1. Numa cidade do interior do estado de São Paulo, uma prévia eleitoral entre 2.000 filiados revelou as seguintes informações a respeito de três candidatos A, B, e C, do Partido da Esperança (PE)

Leia mais

Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.)

Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) Colégio Santa Catarina Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) 17 Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) 3.1- Aceleração Escalar (a): Em movimentos nos quais as velocidades

Leia mais

Resolução dos Exercícios sobre Derivadas

Resolução dos Exercícios sobre Derivadas Resolução dos Eercícios sobre Derivadas Eercício Utilizando a idéia do eemplo anterior, encontre a reta tangente à curva nos pontos onde e Vamos determinar a reta tangente à curva nos pontos de abscissas

Leia mais

Capítulo 1. x > y ou x < y ou x = y

Capítulo 1. x > y ou x < y ou x = y Capítulo Funções, Plano Cartesiano e Gráfico de Função Ao iniciar o estudo de qualquer tipo de matemática não podemos provar tudo. Cada vez que introduzimos um novo conceito precisamos defini-lo em termos

Leia mais

α rad, assinale a alternativa falsa.

α rad, assinale a alternativa falsa. Nome: ºANO / CURSO TURMA: DATA: 0 / 09 / 0 Professor: Paulo (G - ifce 0) Considere um relógio analógico de doze horas O ângulo obtuso formado entre os ponteiros que indicam a hora e o minuto, quando o

Leia mais

Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias

Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias 21. (UFAL 2008) Uma copiadora pratica os preços expressos na tabela a seguir: Número de cópias Preço unitário (em reais) 1 a 10 0,20 11 a 50 0,15 51 a 200

Leia mais

Função do 2º Grau. Alex Oliveira

Função do 2º Grau. Alex Oliveira Função do 2º Grau Alex Oliveira Apresentação A função do 2º grau, também chamada de função quadrática é definida pela expressão do tipo: y = f(x) = ax² + bx + c onde a, b e c são números reais e a 0. Exemplos:

Leia mais

Exercícios de Matemática Funções Função Composta

Exercícios de Matemática Funções Função Composta Exercícios de Matemática Funções Função Composta TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufba) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a soma dos itens corretos. 1. Considerando-se as funções f(x) = x

Leia mais

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980 Questão 1. Uma venda imobiliária envolve o pagamento de 12 prestações mensais iguais a R$ 10.000,00, a primeira no ato da venda, acrescidas de uma parcela final de R$ 100.000,00, 12 meses após a venda.

Leia mais

FUNÇÃO DE 1º GRAU. = mx + n, sendo m e n números reais. Questão 01 Dadas as funções f de IR em IR, identifique com um X, aquelas que são do 1º grau.

FUNÇÃO DE 1º GRAU. = mx + n, sendo m e n números reais. Questão 01 Dadas as funções f de IR em IR, identifique com um X, aquelas que são do 1º grau. FUNÇÃO DE 1º GRAU Veremos, a partir daqui algumas funções elementares, a primeira delas é a função de 1º grau, que estabelece uma relação de proporcionalidade. Podemos então, definir a função de 1º grau

Leia mais

Exercícios de Matemática para Concurso Público. Média Aritmética (simples) Média Ponderada

Exercícios de Matemática para Concurso Público. Média Aritmética (simples) Média Ponderada Exercícios de Matemática para Concurso Público Média Aritmética (simples) Média Ponderada 1. (Uema 201) Em um seletivo para contratação de estagiários, foram aplicadas duas provas: uma de Conhecimentos

Leia mais

Estudo de funções parte 2

Estudo de funções parte 2 Módulo 2 Unidade 3 Estudo de funções parte 2 Para início de conversa... Taxa de desemprego no Brasil cai a 5,8% em maio A taxa de desempregados no Brasil caiu para 5,8% em maio, depois de registrar 6%

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M5 Função Polinomial

Matemática. Resolução das atividades complementares. M5 Função Polinomial Resolução das atividades complementares Matemática M Função Polinomial p. 6 (UFRJ) Uma operadora de celular oferece dois planos no sistema pós-pago. No plano A, paga-se uma assinatura de R$, e cada minuto

Leia mais

UMA PROPOSTA DINÂMICA PARA O ENSINO DE FUNÇÃO AFIM A PARTIR DE ERROS DOS ALUNOS NO PRIMEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

UMA PROPOSTA DINÂMICA PARA O ENSINO DE FUNÇÃO AFIM A PARTIR DE ERROS DOS ALUNOS NO PRIMEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC/SP Adinilson Marques Reis UMA PROPOSTA DINÂMICA PARA O ENSINO DE FUNÇÃO AFIM A PARTIR DE ERROS DOS ALUNOS NO PRIMEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO Dissertação apresentada

Leia mais

Construção Geométrica com Espelhos Esféricos

Construção Geométrica com Espelhos Esféricos Construção Geométrica com Espelhos Esféricos 1. (Ufsm 2012) A figura de Escher, Mão com uma esfera espelhada, apresentada a seguir, foi usada para revisar propriedades dos espelhos esféricos. Então, preencha

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFPE. VESTIBULAR 2013 2 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia.

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFPE. VESTIBULAR 2013 2 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. PROVA DE MATEMÁTICA DA UFPE VESTIBULAR 0 a Fase Profa. Maria Antônia Gouveia. 0. A ilustração a seguir é de um cubo com aresta medindo 6cm. A, B, C e D são os vértices indicados do cubo, E é o centro da

Leia mais

5º MATERIAL EXTRA 3º ANO PROF. PASTANA

5º MATERIAL EXTRA 3º ANO PROF. PASTANA 5º MATERIAL EXTRA 3º ANO PROF. PASTANA RESOLUÇÃO DOS DESAFIOS 1º Material Extra Ex. 10 E h D 45 0 60 0 45 0 6 C A 6 B plano que passa pelo ponto D Seja h a altura da torre. DÊB = 45 0 O EDB é retângulo

Leia mais

Módulo 2 Unidade 7. Função do 2 grau. Para início de conversa... Imagine você sentado. em um ônibus, indo. para a escola, jogando uma

Módulo 2 Unidade 7. Função do 2 grau. Para início de conversa... Imagine você sentado. em um ônibus, indo. para a escola, jogando uma Módulo 2 Unidade 7 Função do 2 grau Para início de conversa... Imagine você sentado em um ônibus, indo para a escola, jogando uma caneta para cima e pegando de volta na mão. Embora para você a caneta só

Leia mais

MATEMÁTICA TIPO A GABARITO: VFFVF. Solução: é a parábola com foco no ponto (0, 3) e reta diretriz y = -3.

MATEMÁTICA TIPO A GABARITO: VFFVF. Solução: é a parábola com foco no ponto (0, 3) e reta diretriz y = -3. 1 MATEMÁTICA TIPO A 01. Seja o conjunto de pontos do plano cartesiano, cuja distância ao ponto é igual à distância da reta com equação. Analise as afirmações a seguir. 0-0) é a parábola com foco no ponto

Leia mais

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS EXERCÍCIOS ª SÉRIE - LANÇAMENTOS 1. (Unifesp 01) Em uma manhã de calmaria, um Veículo Lançador de Satélite (VLS) é lançado verticalmente do solo e, após um período de aceleração, ao atingir a altura de

Leia mais

Onde usar os conhecimentos os sobre função?

Onde usar os conhecimentos os sobre função? II FUNÇÃO E LOGARITMO Por que aprender função?... As funções exponenciais e logarítmicas estão presentes no estudo de fenômenos que envolvem taxas de crescimento e de decrescimento. Onde usar os conhecimentos

Leia mais

Métodos Quantitativos Prof. Ms. Osmar Pastore e Prof. Ms. Francisco Merlo. Funções Exponenciais e Logarítmicas Progressões Matemáticas

Métodos Quantitativos Prof. Ms. Osmar Pastore e Prof. Ms. Francisco Merlo. Funções Exponenciais e Logarítmicas Progressões Matemáticas Métodos Quantitativos Prof. Ms. Osmar Pastore e Prof. Ms. Francisco Merlo Funções Exponenciais e Logarítmicas Progressões Matemáticas Funções Exponenciais e Logarítmicas. Progressões Matemáticas Objetivos

Leia mais

Cilindro. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 13

Cilindro. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 13 Cilindro 1. (Ueg 01) Uma coluna de sustentação de determinada ponte é um cilindro circular reto. Sabendo-se que na maquete que representa essa ponte, construída na escala 1:100, a base da coluna possui

Leia mais

( ) = = MATEMÁTICA. Prova: 28/07/13. Questão 17. Questão 18

( ) = = MATEMÁTICA. Prova: 28/07/13. Questão 17. Questão 18 Prova: 8/07/13 MATEMÁTICA Questão 17 A equação x 3 4 x + 5x + 3 = 0 possui as raízes m, p e q. O valor da expressão m + p + q é pq mq mp (A). (B) 3. (C). (D) 3. Gabarito: Letra A. A expressão é igual a:

Leia mais

Os gráficos estão na vida

Os gráficos estão na vida Os gráficos estão na vida A UUL AL A Nas Aulas 8, 9 e 28 deste curso você já se familiarizou com o estudo de gráficos. A Aula 8 introduziu essa importante ferramenta da Matemática. A Aula 9 foi dedicada

Leia mais

Prova Final de Matemática. 3.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 92/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Prova Final de Matemática. 3.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 92/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos. PROVA FINAL DO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 92/1.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI

Leia mais

Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística - SEPLAG-2010 - APO

Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística - SEPLAG-2010 - APO Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística - SEPLAG-010 - APO 11. O Dia do Trabalho, dia 1º de maio, é o 11º dia do ano quando o ano não é bissexto. No ano de 1958, ano em que o Brasil ganhou,

Leia mais

ITA - 2004 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

ITA - 2004 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR ITA - 2004 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Matemática Questão 01 Considere as seguintes afirmações sobre o conjunto U = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9} I. U e n(u) = 10 III. 5 U e {5}

Leia mais

000 IT_005582 000 IT_007009

000 IT_005582 000 IT_007009 000 IT_00558 Um copo cilíndrico, com 4 cm de raio e cm de altura, está com água até a altura de 8 cm. Foram então colocadas em seu interior n bolas de gude, e o nível da água atingiu a boca do copo, sem

Leia mais

INTITUTO SUPERIOR TUPY 2009/1

INTITUTO SUPERIOR TUPY 2009/1 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULO I ANÁLISE GRAFICA, FUNÇÃO CONSTANTE, FUNÇÃO DO 1º GRAU E FUNÇÃO DO º GRAU 1) A dívida pública dos EUA (em bilhões de dólares) para alguns anos encontra-se no gráfico abaixo.

Leia mais

Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística SEFAZ - Analista em Finanças Públicas Prova realizada em 04/12/2011 pelo CEPERJ

Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística SEFAZ - Analista em Finanças Públicas Prova realizada em 04/12/2011 pelo CEPERJ Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística SEFAZ - Analista em Finanças Públicas Prova realizada em 04/1/011 pelo CEPERJ 59. O cartão de crédito que João utiliza cobra 10% de juros ao mês,

Leia mais

COLÉGIO MACHADO DE ASSIS. Turma: Data: / /

COLÉGIO MACHADO DE ASSIS. Turma: Data: / / Disciplina: Matemática Professor: Eduardo Nagel COLÉGIO MACHADO DE ASSIS Turma: Data: / / Aluno: ( ) Avaliação ( x ) Exercício / Revisão ( ) Recuperação Bim ª Chamada ( ) 1ª Prova ( ) ª Prova Estude e

Leia mais

MATEMÁTICA UFRGS 2011

MATEMÁTICA UFRGS 2011 MATEMÁTICA UFRGS 2011 01. Uma torneira com vazamento pinga, de maneira constante, 25 gotas de água por minuto. Se cada gota contém 0,2 ml de água, então, em 24 horas o vazamento será de a) 0,072 L. b)

Leia mais

Revisão ENEM. Conjuntos

Revisão ENEM. Conjuntos Revisão ENEM Conjuntos CONJUNTO DOS NÚMEROS NATURAIS N Números naturais são aqueles utilizados na contagem dos elementos de um conjunto. N = {0,1,2,3,...} N* = {1,2,3,4,...} CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS

Leia mais

Uma lei que associa mais de um valor y a um valor x é uma relação, mas não uma função. O contrário é verdadeiro (isto é, toda função é uma relação).

Uma lei que associa mais de um valor y a um valor x é uma relação, mas não uma função. O contrário é verdadeiro (isto é, toda função é uma relação). 5. FUNÇÕES DE UMA VARIÁVEL 5.1. INTRODUÇÃO Devemos compreender função como uma lei que associa um valor x pertencente a um conjunto A a um único valor y pertencente a um conjunto B, ao que denotamos por

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PFV - GABARITO

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PFV - GABARITO COLÉGIO PEDRO II - CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO III 1ª SÉRIE MATEMÁTICA I PROF MARCOS EXERCÍCIOS DE REVISÃO PFV - GABARITO 1 wwwprofessorwaltertadeumatbr 1) Seja f uma função de N em N definida por f(n) 10 n Escreva

Leia mais

Funções. Parte I. www.soexatas.com Página 1

Funções. Parte I. www.soexatas.com Página 1 Funções Parte I 1. (Uerj 01) O reservatório A perde água a uma taxa constante de 10 litros por hora, enquanto o reservatório B ganha água a uma taxa constante de 1 litros por hora. No gráfico, estão representados,

Leia mais

07. (PUC-MG) Uma função do 1 o grau é tal que f(-1) = 5 e f(3)=-3. Então f(0) é igual a : a) 0 b) 2 c) 3 d) 4 e) -1

07. (PUC-MG) Uma função do 1 o grau é tal que f(-1) = 5 e f(3)=-3. Então f(0) é igual a : a) 0 b) 2 c) 3 d) 4 e) -1 01. (PUC-PR) Dos gráficos abaixo, os que representam uma única função são: 06. (FGV-SP) O gráfico da função f(x) = mx + n passa pelos pontos ( 4, 2 ) e ( -1, 6 ). Assim o valor de m + n é: a) - 13/5 b)

Leia mais

1ª Parte Questões de Múltipla Escolha

1ª Parte Questões de Múltipla Escolha MATEMÁTICA 11 a 1ª Parte Questões de Múltipla Escolha A soma dos cinco primeiros termos de uma PA vale 15 e o produto desses termos é zero. Sendo a razão da PA um número inteiro e positivo, o segundo termo

Leia mais

Em busca da trajetória perfeita!

Em busca da trajetória perfeita! Reforço escolar M ate mática Em busca da trajetória perfeita! Dinâmica 4 1º Série 3º Bimestre DISCIPLINA Série CAMPO CONCEITO Aluno Matemática Ensino Médio 1ª Algébrico Simbólico Função polinomial do 2º

Leia mais

Departamento de Matemática - UEL - 2010. Ulysses Sodré. http://www.mat.uel.br/matessencial/ Arquivo: minimaxi.tex - Londrina-PR, 29 de Junho de 2010.

Departamento de Matemática - UEL - 2010. Ulysses Sodré. http://www.mat.uel.br/matessencial/ Arquivo: minimaxi.tex - Londrina-PR, 29 de Junho de 2010. Matemática Essencial Extremos de funções reais Departamento de Matemática - UEL - 2010 Conteúdo Ulysses Sodré http://www.mat.uel.br/matessencial/ Arquivo: minimaxi.tex - Londrina-PR, 29 de Junho de 2010.

Leia mais

FUNÇÕES E INEQUAÇÕES

FUNÇÕES E INEQUAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA ANDRÉIA SCHMIDT GEHHANNY ASSIS JAQUELINI ROCHA SIMÃO LARISSA VANESSA DOMINGUES FUNÇÕES E INEQUAÇÕES CURITIBA 2012

Leia mais

www.aliancaprevestibular.com

www.aliancaprevestibular.com Professor Victor Eduardo Disciplina Matemática Lista nº 2 Assuntos Função - Modelo UERJ e Exercícios Complementares 1 - (Uerj 2002) Sabedoria egípcia Há mais de 5.000 anos os egípcios observaram que a

Leia mais

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV FGV Economia 1 a Fase /nov/014 MATEMÁTICA 01. Observe o diagrama com 5 organizações intergovernamentais de integração sul-americana: Dos 1 países que compõem esse diagrama,

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Enem 2013) Na aferição de um novo semáforo, os tempos são ajustados de modo que, em cada ciclo completo (verde-amarelo-vermelho), a luz amarela permaneça acesa por 5 segundos, e o tempo em que a luz

Leia mais

(Exames Nacionais 2002)

(Exames Nacionais 2002) (Exames Nacionais 2002) 105. Na figura estão representadas, num referencial o.n. xoy: parte do gráfico de uma função f, de domínio R +, definida por f(x)=1+2lnx; a recta r, tangente ao gráfico de f no

Leia mais

FUNÇÕES. 1. Equação. 2. Gráfico. 3. Tabela.

FUNÇÕES. 1. Equação. 2. Gráfico. 3. Tabela. FUNÇÕES Em matemática, uma função é dada pela relação entre duas ou mais quantidades. A função de uma variável f(x) relaciona duas quantidades, sendo o valor de f dependente do valor de x. Existem várias

Leia mais

BANRISUL SIMULADO PRÉ-PROVA

BANRISUL SIMULADO PRÉ-PROVA BANRISUL SIMULADO PRÉ-PROVA MATEMÁTICA Instrução: Para responder às questões desta prova, considere, se necessário, as tabelas abaixo, as quais contêm resultados de cálculos de algumas fórmulas pertinentes

Leia mais

EQUAÇÕES DIFERENCIAIS

EQUAÇÕES DIFERENCIAIS GRUPO Educação adistância Caderno de Estudos EQUAÇÕES DIFERENCIAIS Prof. Ruy Piehowiak Editora UNIASSELVI 2012 NEAD Copyright Editora UNIASSELVI 2012 Elaboração: Prof. Ruy Piehowiak Revisão, Diagramação

Leia mais

( ) O lado do sexto quadrado construído medirá

( ) O lado do sexto quadrado construído medirá Matemática Questões 01 a 25 01. O nível β, de um som que tem intensidade I, é dado pela fórmula β= 10.log I, em que I0 I 0 = 10 12. Se a intensidade I for multiplicada por 100, em quantos decibéis aumenta

Leia mais

APOSTILA 1 Funções e Estatística Básica

APOSTILA 1 Funções e Estatística Básica ' Disciplina de Matemática Aplicada II Curso Técnico em Mecânica Professora Valéria Espíndola Lessa APOSTILA 1 Funções e Estatística Básica 014 FUNÇÕES Noção de Função A ideia de função surgiu de observações

Leia mais

MATEMÁTICA. Prof. Paulo Roberto MÓDULO I

MATEMÁTICA. Prof. Paulo Roberto MÓDULO I MATEMÁTICA Prof. Paulo Roberto MÓDULO I ENCONTRO 01---------------Função, Domínio e Imagem, Tipos, composição e inversibilidade. ENCONTRO 0 ---------------Função (função do primeiro grau). ENCONTRO 03---------------Função

Leia mais

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br 1. (Ufv 2000) Um aluno, sentado na carteira da sala, observa os colegas, também sentados nas respectivas carteiras, bem como um mosquito que voa perseguindo o professor que fiscaliza a prova da turma.

Leia mais

Estatística. x = 1, o ano 2011, e assim por diante, e y representa o índice de perdas expresso em porcentagem. Determine as duas funções.

Estatística. x = 1, o ano 2011, e assim por diante, e y representa o índice de perdas expresso em porcentagem. Determine as duas funções. Estatística 1. (Uem 2012) Em uma área de preservação ambiental, pesquisadores estudaram uma população de macacos-prego. A área em questão é de 84 ha (1 ha = 10000 m 2 ). Considerando o tamanho inicial

Leia mais

Simulado ENEM: Matemática

Simulado ENEM: Matemática Simulado ENEM: Matemática Questão 1 Cinco diretores de uma grande companhia, doutores Arnaldo, Bernardo, Cristiano, Denis e Eduardo, estão sentados em uma mesa redonda, em sentido horário, para uma reunião

Leia mais

Nome: Data. Prof: Manoel Amaurício. p p% de C é C. 100 exemplo 1: 14% = 0,14 20% = 0,2 2% = 0,02

Nome: Data. Prof: Manoel Amaurício. p p% de C é C. 100 exemplo 1: 14% = 0,14 20% = 0,2 2% = 0,02 M A T E M Á T I C A PROPORÇÕES Nome: Data Prof: Manoel Amaurício P O R C E N T A G E M p p% de C é C. 100 exemplo 1: 14% = 0,14 20% = 0,2 2% = 0,02 Após um aumento de p% sobre C passamos a ter 100 p C.

Leia mais

4. A FUNÇÃO AFIM. Uma função f: R R chama-se afim quando existem números reais a e b tais que f(x) = ax + b para todo x R. Casos particulares

4. A FUNÇÃO AFIM. Uma função f: R R chama-se afim quando existem números reais a e b tais que f(x) = ax + b para todo x R. Casos particulares 38 4. A FUNÇÃO AFIM Uma função f: R R chama-se afim quando existem números reais a e b tais que f(x) = ax + b para todo x R. Casos particulares 1) A função identidade fr : Rdefinida por f(x) = x para todo

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Prova Multidisciplinar 2015-2 3 o Período

FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Prova Multidisciplinar 2015-2 3 o Período Esta prova no curso de Engenharia Civil é considerada como o projeto integrador do curso, e o aluno que acertar 70% da prova terá 1,0 ponto extra em uma das disciplinas do semestre, este ponto será adicionado

Leia mais

Módulo de Geometria Anaĺıtica 1. Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano. 3 a série E.M.

Módulo de Geometria Anaĺıtica 1. Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano. 3 a série E.M. Módulo de Geometria Anaĺıtica 1 Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano a série EM Geometria Analítica 1 Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano 1 Exercícios

Leia mais

É usual representar uma função f de uma variável real a valores reais e com domínio A, simplesmente por y=f(x), x A

É usual representar uma função f de uma variável real a valores reais e com domínio A, simplesmente por y=f(x), x A 4. Função O objeto fundamental do cálculo são as funções. Assim, num curso de Pré-Cálculo é importante estudar as idéias básicas concernentes às funções e seus gráficos, bem como as formas de combiná-los

Leia mais