Intensive Language Study: Portuguese for the Health Sciences III

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Intensive Language Study: Portuguese for the Health Sciences III"

Transcrição

1 Intensive Language Study: Portuguese for the Health Sciences III PORT 2000 (3 credits / 45 class hours) SIT Study Abroad Program: Brazil: Public Health, Race, and Human Rights Introdução do Curso O nível 03 do curso de português dado a alunos nativos de língua inglesa se adequa àqueles alunos e aquelas alunas que já se comunicam razoavelmente bem em português embora ainda com interferências tanto da língua espanhola como da língua inglesa. Geralmente, eles têm, a princípio, uma certa dificuldade no processo de comunicação com pessoas de diferentes registros lingüísticos membros das famílias que os hospedam, pessoas com quem interagem nas ruas diferentemente da realidade de sala de aula. Daí se fazer necessário expô-los à realidade tanto do português mais informal como do menos informal, ou seja, o acadêmico. Entretanto, eles já são aptos a ler notícias ou artigos em jornais, revistas, assim como assistir a noticiários ou outros programas na TV. Geralmente, em palestras que assistem não necessitam de tradução, pois conseguem entender a idéia central como também inúmeros detalhes do que lhes está sendo exposto. Objetivos do Curso O principal objetivo é expandir e consolidar a comunicação oral e isso é atingido através de atividades variadas dentro e fora da sala de aula. Além disso, a produção escrita é acompanhada muito de perto através de tarefas diárias. Desse modo, a língua se transforma em uma ferramenta para que as idéias sejam elaboradas e expostas assim como conceitos sejam atingidos. No decorrer do curso, o aluno aprende fazendo, ou seja, é exposto a diversas facetas da nossa realidade (nacional e mundial) e, a partir de sua necessidade, o input lhes é dado de modo a aumentar o seu acervo vocabular, e solidificar o bom uso das normas da língua em estruturas cada vez mais complexas. Copyright SIT, a program of World Learning 1

2 Seguindo os princípios básicos do curso ( por exemplo, Cultura e Desenvolvimento Social), o aluno é levado a ler, pensar, refletir e se posicionar diante de problemas relacionados aos princípios citados acima tanto no âmbito local e nacional como também no seu país de origem e no resto do mundo. Estrutura O planejamento no que tange à estrutura do curso depende exclusivamente da bagagem que os alunos têm. Caso artigos de jornais ou de revistas sejam ainda difíceis para eles, começamos com alguns textos do livro TUDO BEM 2 e até do TUDO BEM 1 A cada dia de aula um texto diferente é abordado e seu conteúdo discutido amplamente.os outros exercícios dos livros citados envolvendo atividades de gramática são usados como suporte para as dificuldades específicas que possam ir surgindo.porém, muitas vezes, os livros que vêm sendo adotados estão aquém do nível dos alunos. Quando isto ocorre, artigos de jornais e de revistas, crônicas e até poemas são utilizados como textos a serem lidos visando uma posterior discussão dos mesmos. As músicas são utilizadas com o objetivo de não só aguçar a capacidade auditiva como também chamar atenção para algum aspecto quer seja no âmbito gramatical, vocabular, cultural, e até envolvendo fonemas mais difíceis da língua. Muitas vezes as letras das músicas são usadas para uma revisão gramatical a qual, aliada ao livro já citado, supre a necessidade de um trabalho mais específico, mais direcionado, no que diz respeito a determinadas estruturas gramaticais.daí, pode-se dizer que o trabalho com a gramática entra como pano de fundo, quando a necessidade se instala quer tenha sido percebida pelo professor ou pelo aluno. A cada dificuldade detectada nessa área (quer seja na produção oral em classe ou na escrita através das redações), o assunto é explorado, explicado, praticado e revisado constantemente. Os assuntos atuais são cruciais no decorrer do curso. A partir daí relaciona-se o fato à realidade do passado e, inclusive, faz-se uma projeção para o futuro. Todos os dias o jornal é lido e diferentes notícias são levadas à sala de aula, discutidas,e assim revelando-se não apenas a compreensão do fato em si mas também o raciocínio crítico, o espírito de co-participação, o seu posicionamento e até sua atitude diante do fato. Além da leitura de notícias de jornais, diariamente o aluno lê ou entrevistas ou artigos de revistas ou de diferentes jornais do país. Também uma redação é feita diariamente sobre assuntos ligados ao que foi lido ou até sobre um tema mais subjetivo. O conhecimento é construído e solidificado aula após aula. À medida que os alunos vão se sentindo mais seguros, eles entrevistam pessoas dentro do próprio estabelecimento de ensino, na rua e também seus familiares sobre questões abordadas em sala de aula. Atividades de Campo São sempre relacionadas ao objetivo geral do curso e ao interesse do aluno conforme sua área de atuação. Durante a atividade, o aluno interage com falantes da língua portuguesa já que se faz Copyright SIT, a program of World Learning 2

3 importante saber o que eles pensam, a capacidade do aluno de entendê-los e a visão que o aluno terá e adicionará,desse modo, ao seu conhecimento já adquirido. A possibilidade de escolha é dada ao aluno e, assim, as aulas de campo são planejadas juntamente com eles e dependendo do que eles escolheram. Após cada atividade, uma tarefa escrita é feita a respeito de algo que ficou da experiência vivida. Conteúdo do Curso Assuntos gramaticais que precisem ser apresentados ou revisados. Inúmeros textos, quer estejam no livro ou em jornais e revistas, que serão discutidos em classe. *Redações e respectivos comentários. *Atividades como discussões, debates, cenários, entrevistas, presentacões de trabalhos individuais ou em grupo. Atividades de campo. Pesquisas envolvendo aspectos da cultura local ou problemas que afligem o país. Exigências do Curso O aluno precisa revelar comprometimento com o curso e, ao faze-lo, chega pontualmente para as aulas e cumpre as tarefas marcadas para aquele dia. Também precisa ter disposição para participar ativamente, trabalhar em grupo e respeitar a opinião dos outros sem tentar monopolizar a atividade em processo. É preciso que o aluno esteja aberto para o novo e o diferente e que tenha humildade e compreensão diante das diferenças. Leitura Obrigatória Como já foi citado anteriormente, no decorrer do curso o aluno tem de ler notícias, artigos, editoriais de jornais locais e de outros estados como também revistas locais e nacionais. As pesquisas também são mandatórias. Leitura Sugerida É sugerida a leitura de outros jornais e revistas brasileiras. Aliado a isso, crônicas, contos, romances e até poemas, onde o aluno será introduzido a várias obras de autores da literatura brasileira. Tarefas Realizada em Casa Conforme foi citado antes, o aluno tem toda aula pelo menos 3(três) tarefas para casa duas envolvendo leitura e um trabalho escrito (redação). Quando se fizer necessário, exercícios envolvendo gramática ou uma pesquisa será adicionado às atividades feitas em casa. Também se requer do/a aluno/a que assista a noticiários (principalmente) e outros programas de TV de modo a desenvolver sua capacidade de perceber auditivamente o que lhe está sendo comunicado. Avaliaçao O aluno é avaliado a cada aula conforme a sua participação. Além disso, há as redações diárias, quatro testes curtos, um teste oral e escrito no meio do curso e um teste oral e escrito no final do curso. Copyright SIT, a program of World Learning 3

4 Student Evaluation and Grading Criteria 2 quizzes 20% 1 midterm 20% Written final exam 20% Oral final exam 20% Participation 20% Participation includes: Attendance promptness to class, and positive presence in class; Active listening - paying attention in class/during field excursions, asking appropriate questions, showing interest and enthusiasm, entertaining contradictory perspectives, taking notes; Self-directed learning Reading the local paper and other materials to see Dutch perspective on relevant issues, discussing issues with your host and others; Involvement in class discussions either in small or large groups; Group accountability during field excursions and classes; Taking leadership roles leading and guiding discussions in a productive direction. Grading Scales and Criteria Grades are given both fairly and rigorously and in accordance with the system below. They will reflect a combination of absolute quality of performance, progress made, the ability to take into account and assimilate the Academic Director s and the teachers advice in assessing the work done. An A letter grade reflects exceptional work, perfect combination of academic competences and personal research and analysis. It shows great ability to integrate field-based investigation and personal reflection into a structured and well argued paper. A B letter grade reflects serious and methodical work as well as a substantial effort at analyzing and understanding cross-cultural issues. A C letter grade shows the work meets the requirements but needs more in-depth reflection and personal involvement. A D letter grade is insufficient and clearly reflects lack of work or serious deficiencies. The grading scale for all classes is as follows: % A 90-93% A % B % B 80-83% B % C % C 70-73% C % D % D below 64 F Please see the SIT Study Abroad student handbook for policies on academic integrity, ethics, academic warning and probation, diversity and disability, sexual harassment, and the academic appeals process. Please note, the syllabus, course content, lecturers, and readings may modified by the Academic Director in order to better suit the needs of the course and its participants. Copyright SIT, a program of World Learning 4

5 Should any change of class topics or lecturers may be necessary, student will be promptly notified Copyright SIT, a program of World Learning 5

Intensive Language Study: Portuguese for the Health Sciences II

Intensive Language Study: Portuguese for the Health Sciences II Intensive Language Study: Portuguese for the Health Sciences II PORT 1500 (3 credits / 45 class hours) SIT Study Abroad Program: Brazil: Public Health, Race, and Human Rights Introdução do Curso O Curso

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Ela está bonita x Ela é bonita Estou com fome, com sede, triste. Estou falando, escrevendo, partindo.

Ela está bonita x Ela é bonita Estou com fome, com sede, triste. Estou falando, escrevendo, partindo. Portuguese for Social and Development Studies I PORT 1000 (3 credits / 45 class hours) SIT Study Abroad Program: Brazil: Social Justice and Sustainable Development PLEASE NOTE: This syllabus is representative

Leia mais

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Código Code Unidade Curricular Course Unit Português para Estrangeiros nível intermédio B Portuguese

Leia mais

MATEMÁTICA REPLAY! matematicareplay.wordpress.com. Christine Córdula Dantas - 16/03/12. Números Racionais, Frações e Representações em Figuras

MATEMÁTICA REPLAY! matematicareplay.wordpress.com. Christine Córdula Dantas - 16/03/12. Números Racionais, Frações e Representações em Figuras MATEMÁTICA REPLAY! matematicareplay.wordpress.com Christine Córdula Dantas - 6/0/ Números Racionais, Frações e Representações em Figuras Definição : Números racionais são aqueles que podem ser escritos

Leia mais

Intensive Language Study: Portuguese for Social and Development Studies I

Intensive Language Study: Portuguese for Social and Development Studies I Intensive Language Study: Portuguese for Social and Development Studies I PORT 1000 (3 credits / 45 class hours) SIT Study Abroad Program: Brazil: Social Justice and Sustainable Development Course Description

Leia mais

Casa de lenguas romances Romance Language House Reed Hall Application for Portuguese speakers

Casa de lenguas romances Romance Language House Reed Hall Application for Portuguese speakers Romance Language House Reed Hall Application for Portuguese speakers The current residents of the Casa de lenguas romances, along with the faculty of the Department of Spanish and Portuguese, invite you

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

O PIPE I LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

O PIPE I LÍNGUAS ESTRANGEIRAS O PIPE I LÍNGUAS ESTRANGEIRAS O PIPE I Línguas Estrangeiras foi desenvolvido juntamente com as Disciplinas de Aprendizagem Crítico-Reflexiva das Línguas Inglesa, Francesa e Espanhola. O objetivo desse

Leia mais

PROJETO LÍNGUA DE FORA

PROJETO LÍNGUA DE FORA DESCRIÇÃO PROJETO LÍNGUA DE FORA O, de responsabilidade dos professores da disciplina de estágio supervisionado das línguas espanhola, francesa e inglesa, corresponde a 50 horas de estágio, das 200 horas

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

1ª A, B, C, D, E Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: 02 TOTAL DE HORAS/AULA/ANO:

1ª A, B, C, D, E Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: 02 TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 2 ÁREA / DISCIPLINA: Inglês (Profa: Maria Luiza da Silveira Bicalho) SÉRIE: 1ª A, B, C, D, E Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: 02 TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: 80 COMPETÊNCIA

Leia mais

O programa Ler e Escrever: guia de planejamento e orientações didáticas para o professor alfabetizador 1a série. Aula de 9 de maio de 2012

O programa Ler e Escrever: guia de planejamento e orientações didáticas para o professor alfabetizador 1a série. Aula de 9 de maio de 2012 O programa Ler e Escrever: guia de planejamento e orientações didáticas para o professor alfabetizador 1a série Aula de 9 de maio de 2012 Apresentação Não é um programa inovador O momento não é de procurar

Leia mais

SUMÁRIO. Introdução... 01. Capítulo 1: Fundamentação teórica... 06. 1.1 Origem e desenvolvimento da abordagem instrumental... 06

SUMÁRIO. Introdução... 01. Capítulo 1: Fundamentação teórica... 06. 1.1 Origem e desenvolvimento da abordagem instrumental... 06 vii Resumo Este estudo apresenta os resultados de uma análise de necessidades de uso da língua inglesa de estudantes de um curso universitário de Publicidade e Propaganda, bem como de profissionais dessa

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

Índice. 1. O Planejamento da 3ª Série...3 2. O Planejamento da 4ª Série...3 3. Como Trabalhar as Múltiplas Linguagens...3. Grupo 6.

Índice. 1. O Planejamento da 3ª Série...3 2. O Planejamento da 4ª Série...3 3. Como Trabalhar as Múltiplas Linguagens...3. Grupo 6. GRUPO 6.3 MÓDULO 5 Índice 1. O Planejamento da 3ª Série...3 2. O Planejamento da 4ª Série...3 3. Como Trabalhar as Múltiplas Linguagens...3 2 1. O PLANEJAMENTO DA 3ª SÉRIE Assuntos significativos: O aluno

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 1. Tipos de turma e duração: O CLECS oferece dois tipos de turma: regular e intensivo. Além destas turmas, o CLECS

Leia mais

Maria Izabel Rodrigues TOGNATO[2]

Maria Izabel Rodrigues TOGNATO[2] PROFESSOR OU EDUCADOR? CIDADANIA UMA RESPONSABILIDADE SOCIAL NO ENSINO DE LITERATURA E DA PRÁTICA DE ENSINO NA FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA Referência: TOGNATO, M.I.R..

Leia mais

O Departamento de Comunicação na Igreja Adventista

O Departamento de Comunicação na Igreja Adventista O Departamento de Comunicação na Igreja Adventista 26 Pontes de Esperança De Silver Springs a Puerto Williams A Igreja Adventista do Sétimo Dia é reconhecida mundialmente por sua organização. A descentralização

Leia mais

9º ANO O progresso da criança

9º ANO O progresso da criança 1 2 3 4 1 2 3 4 6 7 8 PREPARAÇÃO PARA O SUCESSO NO 9º ANO O progresso da criança Uma fonte de recursos para os pais para entender o que a criança deve aprender este ano e sugestões úteis para apoiar o

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1 . PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR Secretaria Municipal de Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E

Leia mais

ritmo; atividades. linguagem verbal e não verbal); filmes, etc); acordo com o interlocutor; respeitar opiniões alheias. textos;

ritmo; atividades. linguagem verbal e não verbal); filmes, etc); acordo com o interlocutor; respeitar opiniões alheias. textos; PLANO DE AULA 1º BIMESTRE LÍNGUA PORTUGUESA 6 º ANO CONTEÚDO ESTRUTURANTE: O DISCURSO COMO PRÁTICA SOCIALMENTE Professora: Rosangela Manzoni Siqueira CONTEÚDOS BÁSICOS: RETOMADA DOS GÊNEROS TRABALHADOS

Leia mais

922 ambientalmentesustentable, 2015, (II), 20

922 ambientalmentesustentable, 2015, (II), 20 922 ambientalmentesustentable, 2015, (II), 20 EA NAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES eissn: 2386-4362 Educação ambiental na escola professora Neilde Pimentel Santos itabaiana/se Environmental education in Neilde

Leia mais

O DESAFIO DO PROFESSOR E DA ESCOLA DA REDE REGULAR DE ENSINO FRENTE Á INCLUSÃO

O DESAFIO DO PROFESSOR E DA ESCOLA DA REDE REGULAR DE ENSINO FRENTE Á INCLUSÃO O DESAFIO DO PROFESSOR E DA ESCOLA DA REDE REGULAR DE ENSINO FRENTE Á INCLUSÃO PRESTES, Simone de Cássia Discente do Curso pedagogia da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva CERDEIRA, Valda

Leia mais

5 Considerações finais

5 Considerações finais 5 Considerações finais 5.1. Conclusões A presente dissertação teve o objetivo principal de investigar a visão dos alunos que se formam em Administração sobre RSC e o seu ensino. Para alcançar esse objetivo,

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO 2015/2016 1º Período Manual adotado: Start Up 10º DISCIPLINA/ÁREA NÃO DISCIPLINAR: Inglês G (cont.) ANO: 10º CURSO: Científico Humanísticos Total de aulas Previstas: 50/52 Mês Set. Out. Nov. Dez Unidades

Leia mais

Portaria GM/MS n 2.914/2011: Padrão de qualidade da água para consumo humano e radioatividade

Portaria GM/MS n 2.914/2011: Padrão de qualidade da água para consumo humano e radioatividade Portaria GM/MS n 2.914/2011: Padrão de qualidade da água para consumo humano e radioatividade Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do

Leia mais

Trabalho de campo. Janete Aparecida Nunes da Silveira 1

Trabalho de campo. Janete Aparecida Nunes da Silveira 1 Trabalho de campo Janete Aparecida Nunes da Silveira 1 Resumo: Este artigo objetiva discutir a importância dos trabalhos de campo. O trabalho de campo utiliza a metodologia do empirismo para obter seus

Leia mais

3º Congresso Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente

3º Congresso Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente Pegada Ecológica dos Diferentes Grupos Sociais que compõem a Comunidade Acadêmica da Universidade Federal do Rio Grande FURG Anaí Fontoura Lessa 1, Thaís Antolini Veçozzi 2 1 Curso de Tecnologia em Gestão

Leia mais

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 COSTA 2 Daiane dos Santos; FONSECA 3 Aurea Evelise dos Santos; ZUCOLO 4 Rosana Cabral 1 Trabalho submetido ao SEPE 2011 Simpósio

Leia mais

12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1. Língua estrangeira nas séries do Ensino Fundamental I: O professor está preparado para esse desafio?

12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1. Língua estrangeira nas séries do Ensino Fundamental I: O professor está preparado para esse desafio? 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA Língua estrangeira

Leia mais

LEITURA E LÍNGUA ESTRANGEIRA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

LEITURA E LÍNGUA ESTRANGEIRA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS LEITURA E LÍNGUA ESTRANGEIRA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Luziana de Magalhães Catta Preta PG/ UFF Nesta comunicação, conforme já dito no título, desejamos apresentar os resultados parciais de uma pesquisa

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR CENECISTA - INESC - CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC -

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR CENECISTA - INESC - CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR CENECISTA - INESC - CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC - PDI Rua Celina Lisboa Frederico, 142 Centro Unaí MG Tel (038) 3677.4747 inesc@inesc.br ANÁLISE DO RELATÓRIO

Leia mais

ANNUAL REPORT 2011-12-13

ANNUAL REPORT 2011-12-13 ANNUAL REPORT 2011-12-13 Member organizationʼs name: Beraca Sabará Quimicos e Ingredientes - Divisão HPC Main address: Rua Emilia Marengo, 682 segundo andar Jardim Analia Franco, São Paulo SP Brasil CEP

Leia mais

Modelagem Matemática e Interdisciplinaridade como Estratégia de Aprendizado Significativo: Solução de um Circuito em série RLC.

Modelagem Matemática e Interdisciplinaridade como Estratégia de Aprendizado Significativo: Solução de um Circuito em série RLC. [~][/~][~][/~][~] [/~][~] [/~] Modelagem Matemática e Interdisciplinaridade como Estratégia de Aprendizado Significativo: Solução de um Circuito em série RLC. Ramos, G. B. G.; Gonzaga, B.R. Coordenadoria

Leia mais

Assessoria de Imprensa. Oficina de Comunicação Apex-Brasil. O papel estratégico da Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa. Oficina de Comunicação Apex-Brasil. O papel estratégico da Assessoria de Imprensa Assessoria de Imprensa Oficina de Comunicação Apex-Brasil O papel estratégico da Assessoria de Imprensa Relacionamento com a Mídia - Demonstrar o papel das entidades como fonte; - Cultivar postura de credibilidade;

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CULTURAS CURSOS LIVRES DE INGLÊS PROGRAMA DE INGLÊS B1.2. - PRÉ-INTERMÉDIO II DOCENTE: Regina Canelas 2012/2013

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CULTURAS CURSOS LIVRES DE INGLÊS PROGRAMA DE INGLÊS B1.2. - PRÉ-INTERMÉDIO II DOCENTE: Regina Canelas 2012/2013 DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CULTURAS CURSOS LIVRES DE INGLÊS PROGRAMA DE INGLÊS B1.2. - PRÉ-INTERMÉDIO II DOCENTE: Regina Canelas 2012/2013 1. Objetivos e Conteúdos Programáticos Objetivos Gerais Compreender

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. BIBLIOTECA ESCOLAR: espaço de ação pedagógica. Victor Hugo Vieira Moura 1 INTRODUÇÃO

RELATÓRIO FINAL. BIBLIOTECA ESCOLAR: espaço de ação pedagógica. Victor Hugo Vieira Moura 1 INTRODUÇÃO 190 RELATÓRIO FINAL BIBLIOTECA ESCOLAR: espaço de ação pedagógica Victor Hugo Vieira Moura 1 INTRODUÇÃO Uma das características mais marcantes da chamada sociedade da informação é o extraordinário desenvolvimento

Leia mais

Experimente os números binários!

Experimente os números binários! Experimente os números binários! Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como funciona o código binário e aplicações do binário para engenheiros de computação. A lição oferece ao estudante

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CULTURAS CURSOS LIVRES DE INGLÊS PROGRAMA DE INGLÊS B1.4. - PRÉ-INTERMÉDIO IV DOCENTE: Regina Canelas 2012/2013

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CULTURAS CURSOS LIVRES DE INGLÊS PROGRAMA DE INGLÊS B1.4. - PRÉ-INTERMÉDIO IV DOCENTE: Regina Canelas 2012/2013 DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CULTURAS CURSOS LIVRES DE INGLÊS PROGRAMA DE INGLÊS B1.4. - PRÉ-INTERMÉDIO IV DOCENTE: Regina Canelas 2012/2013 1. Objetivos e Conteúdos Programáticos Objetivos Gerais Compreender

Leia mais

CRENÇAS DE GRADUANDOS DE INGLÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA SOBRE A PRÓPRIA PRONÚNCIA

CRENÇAS DE GRADUANDOS DE INGLÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA SOBRE A PRÓPRIA PRONÚNCIA CRENÇAS DE GRADUANDOS DE INGLÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA SOBRE A PRÓPRIA PRONÚNCIA Neide Cesar CRUZ Universidade Federal de Campina Grande Resumo: Este estudo de pequeno porte focaliza as crenças que graduandos

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE - IESRIVER REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE - IESRIVER REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE - IESRIVER REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Seção I Da finalidade CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 - O presente regulamento

Leia mais

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PARA O ENSINO DE ESPANHOL: EDUCAÇÃO BÁSICA E O CLIC/UFS.

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PARA O ENSINO DE ESPANHOL: EDUCAÇÃO BÁSICA E O CLIC/UFS. PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PARA O ENSINO DE ESPANHOL: EDUCAÇÃO BÁSICA E O CLIC/UFS. Maria da Conceição da Cruz (PIBIX/PIBID-UFS) marynni@hotmail.com Tayane dos Santos (PIBIX -UFS) tayaneyat@gmail.com Resumo:

Leia mais

Sistema de Acompanhamento ao Desempenho do Aluno

Sistema de Acompanhamento ao Desempenho do Aluno Sistema de Acompanhamento ao Desempenho do Aluno Manoel Cardoso da Silveira Neto 1, Luciana Vescia Lourega 1 1 Instituto Federal Farroupilha Campus Júlio de Castilhos RS - Brasil Caixa Postal 38 98.130-000

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas Departamento de Línguas Estrangeiras - Inglês - 3º Ciclo - 7º Ano Planificação Anual 2010 / 2011 1º Período - Aulas

Leia mais

www.usfirst.org www.firstlegoleague.org

www.usfirst.org www.firstlegoleague.org www.usfirst.org www.firstlegoleague.org Na Pesquisa FLL WORLD CLASS SM, sua equipe irá: Escolher um assunto que ache apaixonante ou sobre o qual sempre quis aprender. Criar uma solução inovadora que aperfeiçoe

Leia mais

A ESCOLA COMO TRANSFORMADOR SOCIAL

A ESCOLA COMO TRANSFORMADOR SOCIAL A ESCOLA COMO TRANSFORMADOR SOCIAL MORAIS, Rafael Oliveira Lima Discente do curso de Pedagogia na Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva RESUMO O profissional que entender que é importante

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM 1 Funcional Unit 0 Let s Recap! (unidade de diagnóstico) - Identificação Pessoal. descrição física. preferências Unit 1 It runs in the family - Família. rotina diária. relações inte- -familiares. tipos

Leia mais

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa Alfabetização em foco: PROJETOS DIDÁTICOS E SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS EM DIÁLOGO COM OS DIFERENTES COMPONENTES CURRICULARES Ano 03 Unidade 06 Organização do

Leia mais

Palavras-chave: cotas universitárias; ensino superior; curso pré-vestibular, acesso à universidade.

Palavras-chave: cotas universitárias; ensino superior; curso pré-vestibular, acesso à universidade. NED NÚCLEO DE ESTUDOS DIRIGIDOS Ano Letivo: 2012/2 ED 2 / ED Comunicação e Expressão Habilidade: Compreender e Expressar Professor: Cleuber Cristiano de Sousa Caro(a) aluno(a), Esta atividade discursiva

Leia mais

Vânia Finholdt Ângelo Leite

Vânia Finholdt Ângelo Leite Vânia Finholdt Ângelo Leite A atuação da coordenação pedagógica em conjunto com os professores no processo de recontextualização da política oficial no 1º ano do Ensino Fundamental no Município do Rio

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 8810005 Ano lectivo: 2009-10 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR LÍNGUA INGLESA E COMUNICAÇÃO ENGLISH LANGUAGE AND COMMUNICATION 1. Unidade Curricular: 1.1 Área

Leia mais

FAQ PROGRAMA BILÍNGUE

FAQ PROGRAMA BILÍNGUE FAQ PROGRAMA BILÍNGUE 1) O que é o bilinguismo? Segundo alguns teóricos, o bilinguismo é qualquer sistema de educação escolar no qual, em dado momento e período, simultânea ou consecutivamente, a instrução

Leia mais

Um mercado de oportunidades

Um mercado de oportunidades Um mercado de oportunidades Como grandes, pequenas e médias empresas se comunicam? Quem são os principais interlocutores e como procurá-los? Como desenvolver uma grande campanha e inovar a imagem de uma

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO MELQUÍADES VILAR

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO MELQUÍADES VILAR SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO MELQUÍADES VILAR PROJETO LER (Leitura, Escrita e Redação) Ana Paula Correia Taperoá - PB 2014 Ana Paula Correia PROJETO LER

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 39/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 39/2013 Parte integrante da Aula 05 do meu Curso de Inglês em Exercícios para AFT do site Canal dos Concursos (www.canaldosconcursos.com.br) Aulas em PDF Olá a todos, Antes de passarmos para a resolução da prova

Leia mais

Este documento faz parte do acervo do Centro de Referência Paulo Freire. acervo.paulofreire.org

Este documento faz parte do acervo do Centro de Referência Paulo Freire. acervo.paulofreire.org Este documento faz parte do acervo do Centro de Referência Paulo Freire acervo.paulofreire.org RENATA GHELLERE PAULO FREIRE E A EDUCAÇÃO NA SALA DE AULA DO CCBEU CURITIBA Dissertação apresentada ao Programa

Leia mais

PROJETO DE TUTORIA DE FÍSICA I DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA UFMG)

PROJETO DE TUTORIA DE FÍSICA I DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA UFMG) PROJETO DE TUTORIA DE FÍSICA I DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA UFMG) Daniele Macedo Soares dannyele_macedo@hotmail.com Universidade Federal de Minas Gerais Campus Montes Claros Avenida Universitária,

Leia mais

TEMAS ABORDADOS NA EDUCAÇÃO FÍSICA PARA O ENSINO MÉDIO

TEMAS ABORDADOS NA EDUCAÇÃO FÍSICA PARA O ENSINO MÉDIO TEMAS ABORDADOS NA EDUCAÇÃO FÍSICA PARA O ENSINO MÉDIO (BOARDED SUBJECTS IN THE PHYSICAL EDUCATION FOR HIGH SCHOOL) Andreia Cristina Metzner 1 ; Juliana da Silva 2 1 Bebedouro SP acmetzner@hotmail.com

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY The Competent Authorities of the Portuguese Republic and the Government of Jersey in

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

Daniele Marcelle Grannier, UnB Tércia A. F. Teles, UnB. Introdução

Daniele Marcelle Grannier, UnB Tércia A. F. Teles, UnB. Introdução 1 Um estudo do vocabulário de crianças ouvintes de cinco anos como subsídio para elaboração de material didático para a iniciação à escrita de crianças surdas Introdução Daniele Marcelle Grannier, UnB

Leia mais

Resenha. Interesses Cruzados: A produção da cultura no jornalismo brasileiro (GADINI, Sérgio Luiz. São Paulo: Paulus, 2009 Coleção Comunicação)

Resenha. Interesses Cruzados: A produção da cultura no jornalismo brasileiro (GADINI, Sérgio Luiz. São Paulo: Paulus, 2009 Coleção Comunicação) Resenha Interesses Cruzados: A produção da cultura no jornalismo brasileiro (GADINI, Sérgio Luiz. São Paulo: Paulus, 2009 Coleção Comunicação) Renata Escarião PARENTE 1 Parte do resultado da tese de doutoramento

Leia mais

Acompanhamento de um Projeto Didático

Acompanhamento de um Projeto Didático Acompanhamento de um Projeto Didático Carlos Eduardo de Brito Novaes carlos.novaes@usp.br Universidade de São Paulo, Escola Politécnica Av. Professor Luciano Gualberto, travessa 3, n 380 05508-010 São

Leia mais

Plano de aula Unit 6. The environment 45. Escola: Aula nº: Data: Turma: Professor:

Plano de aula Unit 6. The environment 45. Escola: Aula nº: Data: Turma: Professor: 62 Plano de aula Unit 6 45 Delivery and correction of the test. Vocabulary about the subject: fill in exercises. Reading comprehension of the text Swap Shop Party. Exercises on the text. Brain Trainer

Leia mais

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user.

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user. Órgão: Ministry of Science, Technology and Innovation Documento: Flow and interaction between users of the system for submitting files to the periodicals RJO - Brazilian Journal of Ornithology Responsável:

Leia mais

SEMINÁRIO SÔBRE SUPERVISÃO EM ENFERMAGEM (1)

SEMINÁRIO SÔBRE SUPERVISÃO EM ENFERMAGEM (1) SEMINÁRIO SÔBRE SUPERVISÃO EM ENFERMAGEM (1) Odete Barros de ANDRADE (2) Nilce PIVA (2) ANDRADE, O. B. de & PIVA, N. Seminário sôbre supervisão em enfermagem. Rev. Saúde públ., S. Paulo, 3(2): 233-241,

Leia mais

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA Cleide Nunes Miranda 1 Taís Batista 2 Thamires Sampaio 3 RESUMO: O presente estudo discute a relevância do ensino de leitura e principalmente, da escrita, trazendo em especial

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Unidade IV Jobs The perfect job for you 2 Aula 10.1 Conteúdos Vocabulary: Jobs; Reading Comprehension 3 Habilidade Dizer o nome das

Leia mais

Wesley Vaz, MSc., CISA

Wesley Vaz, MSc., CISA Wesley Vaz, MSc., CISA Objetivos Ao final da palestra, os participantes deverão ser capazes de: Identificar e compreender os princípios do Cobit 5; Identificar e conhecer as características dos elementos

Leia mais

Humano-Computador (IHC)

Humano-Computador (IHC) 1 INF1403 Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Turma 3WA Professora: Clarisse Sieckenius de Souza Uso de Cenários no Design de IHC 19/05/2010 2 O que é um CENÁRIO? O design de interação pode

Leia mais

Portuguese Translation. Office of ELL Services Malden Public Schools

Portuguese Translation. Office of ELL Services Malden Public Schools Portuguese Translation 1 2 Bem Vindos Bem vindos as Escolas Públicas Malden! As escolas Públicas de Malden têm uma população diversificada e atualmente esta servindo estudantes de diversos países, incluindo

Leia mais

O trabalho docente e suas dificuldades na avaliação por competências e habilidades no ensino técnico: área da saúde

O trabalho docente e suas dificuldades na avaliação por competências e habilidades no ensino técnico: área da saúde O trabalho docente e suas dificuldades na avaliação por competências e habilidades no ensino técnico: área da saúde Cristiane Martins¹ Fabíola Dada² Pablo Assis Almeida Fraga³ Resumo: Este artigo é resultado

Leia mais

INFORMÁTICA: UMA NOVA FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO

INFORMÁTICA: UMA NOVA FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO INFORMÁTICA: UMA NOVA FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO SANTOS, Lucimeire Silva 1 SANTOS, Luciana Silva 2 ALMEIDA, Douglas Ribeiro 3 BARBARESCO, Bárbara Lima 4 SANTOS, Luiz Alberto Alves 5 RESUMO Atualmente para

Leia mais

XADREZ NAS ESCOLAS COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA

XADREZ NAS ESCOLAS COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA XADREZ NAS ESCOLAS COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA LARA, Silvio Carlos Rezende de Discente do curso de Educação Física da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva SANTOS, Mariól Siqueira Docente

Leia mais

USO DE ANIMAIS E PLANTAS COMO INSTRUMENTO DE TRABALHO EM SALA DE AULA

USO DE ANIMAIS E PLANTAS COMO INSTRUMENTO DE TRABALHO EM SALA DE AULA USO DE ANIMAIS E PLANTAS COMO INSTRUMENTO DE TRABALHO EM SALA DE AULA MORAIS, Luciane dos Santos Discente da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva LAMARI, Luciano Brunelli Docente da Faculdade

Leia mais

COMISSÃO DE COORDENAÇÃO DE CURSO INTRA-UNIDADE

COMISSÃO DE COORDENAÇÃO DE CURSO INTRA-UNIDADE PROJETO PEDAGÓGICO I. PERFIL DO GRADUANDO O egresso do Bacharelado em Economia Empresarial e Controladoria deve ter sólida formação econômica e em controladoria, além do domínio do ferramental quantitativo

Leia mais

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature PSICOLOGIA ARGUMENTO doi: 10.7213/psicol.argum.5895 ARTIGOS [T] Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature [R] [A] Pedro Fernando Bendassolli Resumo Received

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO Fevereiro 2016 A MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO O que mais incomoda no discurso/posição que a mulher

Leia mais

Gerenciamento dos Custos

Gerenciamento dos Custos Gerenciamento dos Custos Baseado no PMBOK Guide 2000 Hermano Perrelli hermano@cin.ufpe.br Objetivos desta aula Apresentar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas para gerenciar os custos de um

Leia mais

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2.

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2. TeamSpeak PORTUGUES ENGLISH Tutorial de registo num servidor de TeamSpeak Registration tutorial for a TeamSpeak server Feito por [WB ].::B*A*C*O::. membro de [WB ] War*Brothers - Non Dvcor Dvco Made by:

Leia mais

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso!

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso! GUIA DO ALUNO Olá! Seja bem-vindo novamente! Este guia apresenta algumas informações e orientações para auxiliá-lo na sua participação e aprendizagem. Também lhe ajudará a organizar seu estudo no decorrer

Leia mais

StorageTek Virtual Storage Manager GUI

StorageTek Virtual Storage Manager GUI StorageTek Virtual Storage Manager GUI Guia de Segurança Versão 1.0 E72349-01 Abril de 2015 StorageTek Virtual Storage Manager GUI Guia de Segurança E72349-01 Copyright 2015, Oracle e/ou suas empresas

Leia mais

IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO

IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO Deise Sachetti Pinar,Maria José Gomes Moreira de Miranda 2, Sumiko Hagiwara Sakae 3 Orientadora: Drª. Maria Tereza

Leia mais

AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO

AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO 200 AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO Clayton Cardoso de MORAES 1 Guilherme Bernardo SARDINHA 2 O presente

Leia mais

MANUAL ADOTADO: NEXT MOVE - 9º ANO DE ESCOLARIDADE ANO LETIVO 2015/2016 PROFESSORAS: ISABEL NUNES & MARIA HELENA NOGUEIRA

MANUAL ADOTADO: NEXT MOVE - 9º ANO DE ESCOLARIDADE ANO LETIVO 2015/2016 PROFESSORAS: ISABEL NUNES & MARIA HELENA NOGUEIRA PLANIFICAÇÃO DE INGLÊS - 1º PERÍODO 9º ANO DE ESCOLARIDADE NÍVEL 5 MANUAL ADOTADO: NEXT MOVE - 9º ANO DE ESCOLARIDADE ANO LETIVO 2015/2016 PROFESSORAS: ISABEL NUNES & MARIA HELENA NOGUEIRA COMPETÊNCIA

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE INTERCÂMBIO da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS 1. Favor preencher com letra de forma ou digitar todos os campos em português / inglês. Please complete with block letters or

Leia mais

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL / INDUSTRIAL PROPERTY AND UNFAIR COMPETITION provisório ELEMENTOS DA DISCIPLINA / COURSE DETAILS Docência/ Faculty Evaristo Mendes Ano Lectivo / Academic year:

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

A efetividade da educação à distância para a formação de profissionais de Engenharia de Produção

A efetividade da educação à distância para a formação de profissionais de Engenharia de Produção A efetividade da educação à distância para a formação de profissionais de Engenharia de Produção Carolina Pinheiro Bicalho Maria Clara Duarte Schettino Maria Laura Quaresma Ragone Mário Santiago Israel

Leia mais