Palavras chave: adolescentes, alimentação, biologia, ensino, PIBID.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Palavras chave: adolescentes, alimentação, biologia, ensino, PIBID."

Transcrição

1 ANÁLISE E AMOSTRAGEM DA QUANTIDADE DE CARBOIDRATO, SÓDIO E GORDURAS DOS PRINCIPAIS ALIMENTOS CONSUMIDOS POR ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE BETIM EM MINAS GERAIS, POR BOLSISTAS DO PIBID. Nayara Gonçalves Martins (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Bolsista PIBID) Fernanda Aparecida Brandão (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Bolsista PIBID) Vanessa Alves de Souza (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Bolsista PIBID) Isabela de Melo Maia (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Bolsista PIBID) Paula Danielle Pinheiro Silva (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Bolsista PIBID) Edna Madureira Lanza (Escola Estadual Nossa Senhora do Carmo bolsista PIBID) Izabella Scalabrini Saraiva (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Bolsista PIBID). RESUMO O presente trabalho fez uma análise dos alimentos ingeridos por alunos do ensino médio de uma escola pública para esclarecer dúvidas e evidenciar as consequências do consumo exacerbado de alimentos pouco nutritivos. Bolsistas do PIBID aplicaram um questionário para saber quais são os alimentos ingeridos pelos alunos no desjejum, colação, almoço, jantar e finais de semana. Foi feita uma amostragem da quantidade de sódio, carboidratos e gorduras dos alimentos por eles consumidos. Após a atividade foi aplicado um questionário para saber o impacto da intervenção sobre os estudantes. Os resultados mostraram a carência de nutrientes e surpresa dos alunos, comprovando a importância de atividades práticas associadas á teoria que levem á mudanças de hábitos. Palavras chave: adolescentes, alimentação, biologia, ensino, PIBID. INTRODUÇÃO O presente trabalho constitui uma das ações do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, desenvolvido pelos estudantes de graduação do Curso de Ciências Biológicas da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. O Programa promove a inserção dos acadêmicos nas escolas públicas para que desenvolvam atividades didáticopedagógicas sob orientação de um docente da licenciatura e de um professor da escola. 5986

2 O PIBID/PUC Minas atua na Escola Estadual Nossa Senhora do Carmo, no município de Betim, desde agosto de Durante este período de atuação do PIBID na referida Instituição Escolar foi discutida a importância de se trabalhar o consumo de alimentos industrializados pelos estudantes. Neste contexto, aescola é o espaço ideal para promover discussões sobre o comportamento alimentar de seus estudantes. O objetivo deste trabalho foi esclarecer aos alunos do Ensino Médio sobre as quantidades de sódio, açúcares e gorduras presentes nos alimentos industrializados que eles mais consomem e relatar as consequências do consumo exagerado. O comportamento alimentar dos estudantes tem despertado o interesse de pesquisadores, o que mostra a relevância deste tema (CANUTO 2013, DÓRIA 2013, ENES & SLATER 2010, FILHO et al 2005, BLEIL 1998). Os autores citados evidenciam a ocorrência de mudanças nos hábitos alimentares da população mundial, principalmente, nos adolescentes. Ressalta-se a importância de avaliar o consumo alimentar das crianças e adolescentes, pois são nessas fases que as alterações corporais acontecem e que os hábitos alimentares são formados e se consolidam. DÓRIA(2013) em seu estudo sobre evolução do padrão de consumo das famílias brasileiras, no período de 2003 a 2009, percebeu que houve uma redução na compra de alimentoscomo arroz, feijão, hortaliças e carne e um aumento notável (de até 400%) na compra de alimentos processados, como bolachas, refrigerantes e pratos prontos. BLEIL (1998) também relatou em seu trabalho que os novos produtos alimentares criados pela indústria têm conquistado milhõesde brasileiros.salienta-se que as mudanças no padrão de consumo da população têm favorecido o aumento de doenças cardíacas, obesidade, câncer e diabetes e constituem importantes causas de morte em muitos países e também no Brasil. Aalimentação e nutrição constituem requisitos básicos para a promoção e proteção da saúde (BRASIL, 2008) e devido ao importante papel da escola na formação dos estudantes e na qualidade de vida, o presente trabalhovem mostrar a importância de atividades práticas educativas que os envolvam e que possam ser capazes de provocar reflexões acerca do tema. METODOLOGIA A pesquisa foi realizada na Escola Estadual Nossa Senhora do Carmo e teve como público alvo os alunos de duas turmas do 2º ano da Professora Supervisora do PIBID e ocorreu em quatro etapas. Na primeira etapa, as bolsistas do PIBID, juntamente com a Professora do Programa elaboraram uma tabela para conhecer os alimentos mais consumidos 5987

3 pelos adolescentes do segundo ano do ensino médio dareferida Instituição e saber se os alimentos industrializados fazem parte da dieta deles. A tabela está abaixo representada: O que você habitualmente come e bebe no(s): Desjejum Colação Almoço Colação Jantar Finais de semana Comida Bebida A segunda etapa foi destinada ao preenchimento da tabela pelos estudantes durante a aula teórica de sistema digestório da professora supervisora do PIBID. O anonimato reforçou a importância da veracidade das informações e a liberdade que teriam para preenchê-la. É importante dizer que nem todos os alunos preencheram a tabela, uma vez que não se tratava de uma atividade obrigatória. Desta forma, 48 voluntários de 16 a 18 anos demostraram interesse em participar da pesquisa. Os alunos foram instruídos a escreverem o que eles têm costume de se alimentareme quais líquidos ingerem durante os dias da semana, inclusive aos sábados e domingos. Após o preenchimento da tabela, a professora e as bolsistas do PIBID solicitaram aos mesmos que separassem e levassem à escola rótulos dos alimentos industrializados que são consumidos regularmente por eles. Na terceira etapa do trabalho, as bolsistas do PIBID analisaram as tabelas preenchidas pelos alunos e fizeram um levantamento dos alimentos mais consumidos. Foi pesquisadatambém a quantidade de sódio, açúcares e gorduras presentes nosalimentosindustrializados e obviamente que estavam incluídos nas dietas deles. Estas informações foram retiradas dos rótulos dos produtos levados pelos alunos e entregues às bolsistas. Na quarta etapa do trabalho, os alunos voluntários da pesquisa foram convidados a participarem de uma aula prática no laboratório da escola. A atividade iniciou-se com uma pequena introdução sobre a importância de uma alimentação saudável, os prejuízos de uma alimentação inadequada e como evitar doenças como hipertensão, diabetes, obesidade e câncer.posteriormente, os estudantes visualizaram as bancadas do laboratório e observaram todo o material exposto. As bolsistas comentaram que todo o material usado para a construção 5988

4 das figuras ilustrativas e montagem das exposições nas bancadas representavam os alimentos que eles consomem no cotidiano. Para finalizar esta etapa, cada participante respondeu àquatro perguntas: 1. Você ficou surpreso com a quantidade de açúcar, sal e gordura presente nos alimentos consumidos? 2. Você pretende diminuir a ingestão de alimentos com alto teor de sódio, açúcar e gordura na sua dieta? 3. Você gostou da atividade? 4. O que você aprendeu com a atividade realizada pelas bolsistas do PIBID? As respostas dos alunos foram analisadas e se encontram descritas nos resultados e nas análises dos dados. RESULTADOS E ANÁLISES DOS DADOS A tabela 1 mostra os alimentos e bebidas consumidos pelos alunos no desjejum: Alimentos e bebidas Quantidade de alunos consumidos Biscoito recheado 19 Biscoito integral 2 Bolo 4 Fruta 5 Pão 33 Pão integral 1 Café puro 19 Chá 2 Leite puro 13 Nenhuma bebida 2 Refrigerante 1 Suco 15 Tabela 1: Alimentos e bebidas consumidos no desjejum pelos alunos participantes da pesquisa. 5989

5 Analisando o desjejum dos estudantes, observa-se que os alimentos mais consumidos por eles foram o pão e o biscoito recheado. O Café puro, o leite e o suco são as bebidas preferencialmente ingeridas. Porém, a ingestão de frutas e uma fonte de proteínaapareceram em menor quantidade na dieta dos mesmos. Para GAMBARDELLAet al(1999), o desjejum padrão deve conter alimentos com fonte de cálcio e de energia. O leite e o pão consumidos pelos alunos fornecem cálcio e energia, mas a ingestão de biscoitos recheados parece não ser adequada, uma vez que apresentam um teor de gorduras, açucares e sódio elevados. Para ENES&SLATER (2010),entre os adolescentes, a alimentação inadequada, caracterizada pelo consumo excessivo de açúcares simples e gorduras, associada à ingestão insuficiente de frutas e hortaliças, contribui diretamente para o ganho de peso. A tabela 2 ilustra os tipos de alimentos e bebidas ingeridos pelos estudantes durante a colação: Alimentos e bebidas Quantidade de alunos consumidos Biscoito recheado 6 Fruta 10 Nenhum alimento 26 Pão 4 Salgado 2 Cereal 1 Água 4 Café 2 Coca Cola 2 Nenhuma bebida 27 Suco 11 Tabela 2: Alimentos e bebidas consumidos na colação pelos alunos participantes da pesquisa. Foi observado que a maioria dos alunos não ingere nenhum alimento durante o intervalo entre as principais refeições, o que é preocupante e merece uma atenção especial.este dado também foi observado no trabalho de GAMBARDELLA, FRUTUOSO& FRANCH (1999), uma vez que estes autores verificaram que os adolescentes consomem refeições de modo irregular e tendem a "pular" refeições, o que pode acarretar em desequilíbrio nutricional e ausência de nutrientes essenciais. Um resultado relevante é que

6 alunos se alimentam de frutas e segundowitt (2010), as frutas são uma excelente opção em qualquer cardápio, além de serem ricas em vitaminas.o consumo adequado de frutas, legumes e verduras têm sido apontado como um fator protetor para a ocorrência de obesidade ENES & SLATER (2010).Este bom hábito deve ser estimulado na comunidade escolar para que continue. O biscoito recheado apareceu novamente no cardápio dos alunos, isso provavelmente, deve-se à facilidade de transportá-lo de casa para a escola e também por ser um alimento saboroso. Com relação às bebidas, 27 alunos não costumam ingerir líquidos durante a colação. Este hábito precisa ser trabalhado na escola porque de acordo com RICASAUDE (2012)deve-se também beber líquidos durante as refeições, pois é muito importante hidratar-se em qualquer momento do dia. No almoço, os alimentos/bebidas consumidos pelos alunos foram: Alimentos e bebidas Quantidade de alunos consumidos Arroz 42 Carne 43 Feijão 41 Macarrão 9 Nenhum alimento 2 Salada 22 Água 11 Chá 1 Nenhuma bebida 3 Refrigerante 26 Suco 40 Tabela 3: Alimentos e bebidas consumidos no almoço pelos alunos participantes da pesquisa. Segundo, GAMBARDELLA, FRUTUOSO& FRANCH (1999), o almoço padrão deveconter alimentos com fonte de proteína, energia, vitaminas, minerais e fibras. Como fonte protéica, observou-se o consumo de feijão e carnes e a energética ficou representadapelo arroz e macarrão. As fibras aparecem no cardápio dos alunos quando eles escreveram que comem saladas, mas a quantidade de fibras por refeição necessita ser quantificada, assim como todos os itens do cardápio. Observou-se também que os alunos ingerem bebidas no almoço, 5991

7 hábito que PASQUA (2014) trata como inadequado, pois quando se ingere líquidos com as refeições, as enzimas são diluídas modificando o PH, fazendo com que suas atividades fiquem comprometidas.de fato, o elevado consumo de bebidas, especialmente refrigerantes, tem sido apontado por pesquisadores como um dos possíveis fatores relacionados ao ganho de peso em vários países, segundo ENES & SLATER (2010). Na colação, os alimentos/bebidas consumidos pelos alunos foram: Alimentos e bebidas Quantidade de alunos consumidos Barra de cereal 2 Biscoito recheado 19 Bolo 8 Fruta 1 Pão 5 Salgadinho 2 Água 10 Café 7 Leite e achocolatado 8 Nenhuma bebida 10 Refrigerante 4 Suco 20 Tabela 4: Alimentos e bebidas consumidos na colação pelos alunos participantes da pesquisa. Foi observado que 19 alunosingerem biscoitos recheados e bebem suco. Existe uma grande necessidade de atentar aos alunos sobre a quantidade de sódio, açucares e gorduras que sucos e biscoitos industrializados contêm. Estes alimentos são consumidos pelos estudantes porque são gostosos, práticos efornecem energia, mas de acordo com a Pró-teste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, muitas marcas abusam na quantidade de gordura saturada, sódio e açucares.poty (2008) afirma que o consumo exagerado e rotineiro desses alimentos pode levar ao desequilíbrio nas taxas de colesterol e é fator de risco para o surgimento de graves doenças cardiovasculares e da obesidade. No jantar, os alimentos/bebidas consumidos pelos alunos foram: 5992

8 Alimentos e bebidas Quantidade de alunos consumidos Arroz 33 Carne 33 Feijão 31 Macarrão 3 Miojo 1 Nenhum alimento 5 Pipoca 1 Água 9 Leite e achocolatado 3 Nenhuma bebida 9 Refrigerante 19 Suco 27 Tabela 5: Alimentos e bebidas consumidas, no jantar,pelos alunos participantes da pesquisa. Analisando os dados percebe-se que o jantar dos adolescentes é semelhante ao do almoço,uma vez que consomem arroz como fonte de carboidrato e feijão e carne como alimentos construtores. O miojo e a pipoca apareceram como jantar de dois estudantes. Novamente nota-se um consumo de comidas industrializadas com alto teor calórico de sódio e gordura. Os líquidos também são ingeridos durante o jantar e os adolescentes tem preferência pelos sucos, mas 19 voluntários da pesquisa bebem refrigerantes. Entretanto, a Organização Mundial da Saúde alerta que não se deve beber nada durante as refeições, pois faz mal à saúde e pode levar ao aumento de peso. Ao ingerir algum líquido, seja água, suco ou refrigerante durante a refeição o suco gástrico fica mais diluído e retarda a digestão dos carboidratos e das proteínas aumentando a fermentação, que pode gerar gases e arrotos. Além disso, a refeição se torna menos nutritiva porque os nutrientes presentes na refeição podem não ser devidamente digeridos e parte das vitaminas e minerais da refeição não são absorvidas (ZANIN, 2014). Já as gorduras, quando ingeridas em proporções adequadas são fontes importantes de energia, de ácidos graxos essenciais, além de servirem como veículo de vitaminas lipossolúveis, principalmente no pico de crescimento do adolescente. No entanto, estudos têm 5993

9 demonstrado que adolescentes ingerem quantidades acima do recomendado em gordura saturada e sódio. Os hábitos alimentares na infância e na adolescência, com ingestão de altos teores de gordura, a vida sedentária e frações lipídicas se correlacionam e determinam o perfil lipídico dessa população (FILHO; VIER; CAMPOS; ÜNTHER& CAROLINO, 2005) O excesso de sódio, observado na alimentação dos adolescentes é preocupante. Uma ingestão de sódio acima do limite considerado pela Organização Mundial de Saúdemenos de 2 gramas de sódio ou menos de 5 gramas de sal,pode provocar hipertensão arterial, litíase renal, insuficiência renal, além de aumentar a probabilidade de desenvolver doenças autoimunes, agravar a osteoporose, afetar o paladar e acelerar o envelhecimento(gnt, 2013).O sódio, encontrado naturalmente em alimentos derivados do leite e nos ovos, está presente "em quantidades bem maiores nos produtos processados", como pão, carnes, bacon, refrigerantes, salgadinhos, doces, massas instantâneas, sopas, caldos em cubos e condimentos como molho de soja, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Aos finais de semana, os alimentos consumidos pelos alunos foram: Alimentos e bebidas Quantidade de alunos consumidas Batata frita 6 Cachorro quente 2 Comida normal 17 Churrasco 11 Hambúrguer 11 Lasanha 5 Pizza 14 Água 5 Açaí 3 Cerveja 3 Refrigerante 37 Sorvete 5 Suco 20 Tabela 6: Alimentos e bebidas consumidas, nos finais de semana,pelosalunos participantes da pesquisa. 5994

10 Foi observado que aos finais de semana, os adolescentes consomem fastfoods e o consumo de refrigerante aumentou neste período da semana. Afrequência de consumo das comidas rápidas e industrializadas, bem como os seus valores nutricionais podem prejudicar a saúde dos indivíduos. O consumo de fastfoods é aceitável, quando parte de uma dieta adequada e balanceada, mas há que se dizer que estes apresentam alta quantidade de energia e baixa quantidade de ferro, cálcio, vitamina A e fibras (GAMBARDELLAet al 1999). Na quarta etapa do trabalho como foi mencionado na metodologia, os voluntários da pesquisa responderam à quatro questões. A análise das respostas encontra-se abaixo: 97,44% dos alunos responderam sim e 2,56% dos alunos responderam não ao perguntar se ficaram surpresos com a quantidade de açúcar, sal e gordura dos alimentos. 83,34% dos alunos responderam sim e 16,66% dos alunos responderam não ao perguntar se eles pretendem diminuir a ingestão de alimentos com alto teor de sódio, açúcar e gordura. 100% dos alunos responderam que gostaram da atividade que participaram. Quando foi perguntado O que você aprendeu com a atividade realizada pelas bolsistas do PIBID? as seguintes respostas foram dadas: Eu aprendi que nós devemos ser mais atenciosos a nossa alimentação e cuidar da nossa saúde adequadamente. ; A reavaliar a minha alimentação. ; Que devo me alimentar de forma mais saudável agora. ; Bom, eu percebi que minha alimentação tá bem ruinzinha, pois descobri muitas coisas sobre os alimentos que como. ; Descobri o motivo do meu colesterol ser alto. ; Que muitos alimentos passam do limite diário, e que devemos pensar muito no que devemos colocar em nossa dieta. (sic) Os resultados mostraram que os adolescentes do Segundo ano do Ensino Médio da Escola Estadual Nossa Senhora do Carmo necessitam de uma reeducação alimentar devido ao grande consumo de alimentos pouco nutritivos e com grandes concentrações de sódio, açúcar e gorduras, uma vez queo organismo começa a crescer num ritmo mais acelerado a partir dos 12 ou 13 anos de idade. Para que esse processo seja eficiente, é necessário tomar alguns cuidados com a alimentação tendo uma alimentação rica em nutrientes e evitando o pular refeição (RAYMUNDO, 2014). CONCLUSÃO O presente trabalho permitiu conhecer os hábitos alimentares de alguns alunos do 2 ano do ensino médio, avaliar a escolha dos alimentos ingeridos por eles, quantificar os mais consumidos e orientá-los a terem uma alimentação mais saudável. 5995

11 Foi possível observar e abordar temas relacionados à alimentação saudável e os efeitos de uma alimentação inadequada, com excesso de gorduras, açúcares e sódio no organismo, sendo evidenciada a importância de pesquisas como a finalidade de mostrar aos alunos que os hábitos mais saudáveis devem estar presentes no cotidiano deles. A nutrição tem um papel determinante na saúde e bem-estar e a formação de hábitos alimentares aliada a outros costumes como práticas regulares de atividades físicas são fundamentais para garantir a qualidade de vida. Contudo, a escolha do ambiente escolar para a promoção de hábitos de vida saudáveis também deve ser encorajada, por ser um local de intenso convívio social e propício para atividades educativas. Logo, as intervenções nos hábitos de vida devem ser iniciadas o mais precocemente possível, já que na adolescência ocorrem mudanças importantes na personalidade do indivíduo e por isso é considerada uma fase favorável para a consolidação de hábitos que poderão trazer implicações diretas para a saúde na vida adulta. REFERÊNCIAS BLEIL, Susana Inez O Padrão Alimentar Ocidental: Considerações Sobre a Mudança de Hábitos no Brasil. Disponível em: < obre_a_mudanca_de_habitos_no_brasil.pdf>. Aceso em 05 Mai CANUTO,Raquel; A Obesidade Sob o Enfoque das Mudanças do Sistema Alimentar. Disponível em:< em 05 Mai DÓRIA, Rosa UFRJ. Evolução do padrão de consumo das famílias brasileiras no Período e relações com a distribuição de renda. Disponível em:< Acesso em 18 maio ENES, Carla C.; SLATER, Betzabeth Obesidade na adolescência e seus principais fatores determinantes. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 13, n. 1, p ,

12 GAMBARDELLA, Ana Maria Dianezi; FRUTUOSO, Maria Fernanda Petroli; FRANCH, Claudia. Prática Alimentar de Adolescentes. Disponível em: < Acesso em: 15 abr FILHO, Eduardo de Almeida Rego; VIER, Berenice Pelizza; CAMPOS, Ely de; GÜNTHER, Luciene Akimoto& CAROLINO, IdalinaRegla Avaliação nutricional de um grupo de adolescentes. Acta Sci. Health Sci. Maringá, v. 27, n. 1, p , 2005 GNT Conheça as doenças provocadas pelo excesso de sal no organismo. Disponível em:< Acesso em : 29 jul POTY, Clarissa O risco dos biscoitos recheados.medimagem. Disponível em < Acesso em 11 maio PASQUA, Iara Cecília Não beba líquidos com as refeições.nutconsult. Disponível em < Acesso em 11 maio WITT, Cláudia Alimentação Saudável e Equilibrada. Nutrirbem. Disponível em: < Acesso em 11 maio RAYMUNDO, Gisele Pontaroli Como deve ser a alimentação de um adolescente. Disponível em:< Acesso em : 04 ago RICASAUDE A importância de beber líquidos. Disponível em: < em: 29 jul BRASIL anos de Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Disponível em: < Acesso em: 04 ago ZANIN, Tatiana Beber durante as refeições faz mal. Disponível em:< em: 29 jul

PESQUISA SOBRE HÁBITOS ALIMENTARES NA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL ANDRÉ VIDAL DE NEGREIROS EM CUITÉ-PB.

PESQUISA SOBRE HÁBITOS ALIMENTARES NA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL ANDRÉ VIDAL DE NEGREIROS EM CUITÉ-PB. 1 PESQUISA SOBRE HÁBITOS ALIMENTARES NA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL ANDRÉ VIDAL DE NEGREIROS EM CUITÉ-PB. ¹Thatiany de Sousa Pereira; ¹ Sebastião Ângelo da Silva; ¹Adeilma Fernandes de Sousa

Leia mais

PROPONDO UM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR NA ESCOLA: DO ASPECTO INFORMATIVO À PRÁTICAS TRANSFORMADAS

PROPONDO UM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR NA ESCOLA: DO ASPECTO INFORMATIVO À PRÁTICAS TRANSFORMADAS PROPONDO UM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR NA ESCOLA: DO ASPECTO INFORMATIVO À PRÁTICAS TRANSFORMADAS RESUMO Maria Márcia Melo de Castro Martins 1 Leandra Fernandes Nascimento 2 Maria Gorete de Gois 3

Leia mais

AÇÕES DO PIBID BIOLOGIA NA PROMOÇÃO DE HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS ENTRE ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO ATRAVÉS DA ARTICULAÇÃO COM A ESCOLA

AÇÕES DO PIBID BIOLOGIA NA PROMOÇÃO DE HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS ENTRE ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO ATRAVÉS DA ARTICULAÇÃO COM A ESCOLA AÇÕES DO PIBID BIOLOGIA NA PROMOÇÃO DE HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS ENTRE ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO ATRAVÉS DA ARTICULAÇÃO COM A ESCOLA Margareth Machado e Silva Sousa (1), Maria Rizoneide Araújo Belarmino

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO... 2 SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...12 OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS...14 ATIVIDADE FÍSICA...14 CUIDADOS

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL X ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL X ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL X ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS Resumo PRZYBYSZ, Mariângela Prefeitura Mun. Curitiba mari_prz@yahoo.com.br MENEGAZZO, Raquel Cristina Serafin Prefeitura Mun. Araucária Prefeitura Mun.

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável ANO LECTIVO 2010/2011 Alimentação Saudável Turma: 8º A Elaborado por: Adriana nº1, Carolina Pereira nº8 e Cátia nº10 Disciplina: Área de Projecto e Formação Cívica Professores: Eurico Caetano e Helena

Leia mais

PROMOVENDO A REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS NOS MUNICÍPIOS DE UBÁ E TOCANTINS-MG RESUMO

PROMOVENDO A REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS NOS MUNICÍPIOS DE UBÁ E TOCANTINS-MG RESUMO 1 PROMOVENDO A REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS NOS MUNICÍPIOS DE UBÁ E TOCANTINS-MG RESUMO Iara de Souza Assunção 1 Josiane Kênia de Freitas 2 Viviane Modesto Arruda 3 Silvana Rodrigues Pires Moreira 4

Leia mais

Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes

Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes Projeto Novos Talentos Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes Oficina: Comer bem, para viver melhor! Cristiane da Cunha Alves Tatiane Garcez Bianca Maria de Lima Danielle Costa INTRODUÇÃO/JUSTIFICATIVA

Leia mais

Congregação das Filhas do Amor Divino

Congregação das Filhas do Amor Divino Congregação das Filhas do Amor Divino EXERCÍCIO FÍSICO E ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Em se tratando dos conhecimentos necessários para a prática de exercícios e/ou atividades físicas, a alimentação deve ser considerada

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

Alimentação Escolar Saudável. Apresentação: Lidiane Farias lidianefarias@quas.com.br

Alimentação Escolar Saudável. Apresentação: Lidiane Farias lidianefarias@quas.com.br Alimentação Escolar Saudável 1. 2. 3. Agenda 4. 5. 6. A infância é o período no qual os hábitos alimentares são desenvolvidos. É uma fase onde as necessidades nutricionais estão aumentadas e devem ser

Leia mais

10 Alimentos importantes para sua saúde.

10 Alimentos importantes para sua saúde. 10 Alimentos importantes para sua saúde. 10 Alimentos importantes para sua saúde. Os alimentos funcionais geram inúmeros benefícios para o organismo. Como muitas patologias se desenvolvem por deficiência

Leia mais

PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF. Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini

PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF. Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini As maiores médias de consumo diário per capita ocorreram para Feijão (182,9 g/ dia), arroz (160,3 g/ dia), carne bovina

Leia mais

Biologia. 8 o ano. Caderno 2

Biologia. 8 o ano. Caderno 2 Biologia 8 o ano Caderno 2 Módulos 7 e 8 1 A atividade das enzimas no organismo humano varia em função do grau de acidez do meio. Observe o gráfico e responda: Qual curva representa o local da ação da

Leia mais

Os erros que te impedem de emagrecer!

Os erros que te impedem de emagrecer! Os erros que te impedem de emagrecer! Os 20 erros que comprometem o seu emagrecimento Este artigo é de total responsabilidade e criação de GWBrasil. Acesse e saiba mais: http://goworkoutbrasil.com 1. Não

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA Andréa Ott 1, Arléia Maria Gassen 1, Catiana de Moura Morcelli 1, Elisângela Maria Politowski 1, Débora Krolikowski 2 Palavras-chave: nutrição humana, criança, saúde. INTRODUÇÃO

Leia mais

Criança nutrida & criança Vitaminada

Criança nutrida & criança Vitaminada Criança nutrida & criança Vitaminada IMC INFANTIL Muitos pais se preocupam com o peso e a estatura de seu filho. Questionam-se se a massa corporal da criança está de acordo com a idade, se a alimentação

Leia mais

Hábitos saudáveis na creche

Hábitos saudáveis na creche 11 Hábitos saudáveis na creche Elvira Bezerra Pessoa: elvirabe@gmail.com Patrícia Edióne da Silva Graduada edionne.jp@hotmail.com Adeilson Paulino de Barros UEPB 1.INTRODUÇÃO No Brasil o atendimento á

Leia mais

Principais propriedades físicas da água.

Principais propriedades físicas da água. BIOQUÍMICA CELULAR Principais propriedades físicas da água. Muitas substâncias se dissolvem na água e ela é comumente chamada "solvente universal". Por isso, a água na natureza e em uso raramente é pura,

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

Anamnese Alimentar Infantil

Anamnese Alimentar Infantil Anamnese Alimentar Infantil Identificação da Criança Nome do Aluno: Data de Nascimento: Tipo Sanguíneo: Refeições realizadas na escola: ( ) Colação ( ) Almoço ( ) Lanche Gravidez e Pós-Parto Com quantas

Leia mais

O LANCHE EM ESCOLAS PARTICULARES E SUA RELAÇÃO COM AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE ALUNOS DE 6ª SÉRIE.

O LANCHE EM ESCOLAS PARTICULARES E SUA RELAÇÃO COM AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE ALUNOS DE 6ª SÉRIE. O LANCHE EM ESCOLAS PARTICULARES E SUA RELAÇÃO COM AS AULAS Bruno da Silva Freire Carlos Vinícius da Silva Fonseca Diogo José dos Santos Ferreira DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE ALUNOS DE 6ª SÉRIE. RESUMO O estudo

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Alimentação saudável É saborosa, variada, colorida e com harmonia entre quantidades e qualidade! Sempre que possível faça as refeições junto à família,

Leia mais

QFase REVISTA TJ 11. Tiago Elias Junior. Volume 02 julho/2014 Ano 1 Bebedouro SP. Redator chefe. Experiências. Bebe da Semana. Obesidade infantil

QFase REVISTA TJ 11. Tiago Elias Junior. Volume 02 julho/2014 Ano 1 Bebedouro SP. Redator chefe. Experiências. Bebe da Semana. Obesidade infantil Marca registrada Volume 02 julho/2014 no 1 Bebedouro SP QFase REVIST Obesidade infantil Por : Dr. Tiago Elias Diferença da criança gordinha da criança obesa Bebe da Semana O Bebê da semana do facebook

Leia mais

Nossa Linha de Produtos

Nossa Linha de Produtos Nossa Linha de Produtos PerSHAKE Chocolate e Baunilha Fonte de proteína de soja, vitaminas, minerais e fibras. 0% Gordura, 0% Açúcar e 0% Sódio. A alimentação equilibrada vai além do bom funcionamento

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

Dicas para uma alimentação saudável

Dicas para uma alimentação saudável Dicas para uma alimentação saudável NECESSIDADE FISIOLÓGICA ATO DE COMER SOCIABILIZAÇÃO Comida Japonesa PRAZER CULTURAL Alimentação aliada à saúde Hábitos alimentares pouco saudáveis desde a infância,

Leia mais

MEDICINA PREVENTIVA HÁBITOS ALIMENTARES

MEDICINA PREVENTIVA HÁBITOS ALIMENTARES MEDICINA PREVENTIVA HÁBITOS ALIMENTARES HÁBITOS ALIMENTARES Hoje, em virtude da vida agitada, trabalho, estudo, família e outras inúmeras responsabilidades, todos ficam vulneráveis às doenças causadas

Leia mais

Obesidade Infantil. O que é a obesidade

Obesidade Infantil. O que é a obesidade Obesidade Infantil O que é a obesidade A obesidade é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos Valor Energético É a energia produzida pelo nosso corpo proveniente dos carboidratos, proteínas e gorduras totais. Na rotulagem

Leia mais

Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO

Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO ricos em cores, aromas e sabores. As frutas e hortaliças (legumes e verduras) são alimentos

Leia mais

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é?

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é? Receitas COMIDA DE ESCOLA O que é? Comida de Escola é um conjunto de vídeos de culinária gravados no ambiente real da escola e destinados às merendeiras. Neles, um chefe e duas cozinheiras compartilham

Leia mais

Nutrientes. E suas funções no organismo humano

Nutrientes. E suas funções no organismo humano Nutrientes E suas funções no organismo humano O corpo humano necessita de uma série de substâncias básicas indispensáveis para a formação de tecidos, para obtenção de energia, para a realização de atividades

Leia mais

Triglicerídeos altos podem causar doenças no coração. Escrito por Fábio Barbosa Ter, 28 de Agosto de 2012 11:19

Triglicerídeos altos podem causar doenças no coração. Escrito por Fábio Barbosa Ter, 28 de Agosto de 2012 11:19 Os triglicerídeos são a principal gordura originária da alimentação, mas podem ser sintetizados pelo organismo. Altos níveis de triglicerídeos (acima de 200) associam-se à maior ocorrencia de doença coronariana,

Leia mais

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL PARCIAL

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL PARCIAL ABÓBORA Abóbora pertence ao grupo das hortaliças, que é composto pelas verduras e. Em sua composição nutricional você encontra carboidratos, proteína, pouquíssima gordura, cálcio, sódio, potássio, fósforo,

Leia mais

APÊNDICE A TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

APÊNDICE A TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO APÊNDICES APÊNDICE A TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO Prezada Senhora: Estamos desenvolvendo uma pesquisa cujo título é ANÁLISE DO CONSUMO ALIMENTAR DE GRÁVIDAS QUE PARTICIPAM DO GRUPO DE GESTANTES

Leia mais

Tipos de Diabetes e 10 Super Alimentos Para Controlar a Diabetes

Tipos de Diabetes e 10 Super Alimentos Para Controlar a Diabetes Esse Ebook Tem O Objetivo de Ajudar Diabéticos, a Levar Uma Vida Normal Lembrando Que A Diabetes E Uma doença Silenciosa, e Muito Perigosa se Você Ignora-la. Um Outro Ponto Importante e Que A forma de

Leia mais

A DIETA CERTA SAÚDE IATE

A DIETA CERTA SAÚDE IATE Ganhar músculos ou perder peso requer alimentos diferentes. Adequar o hábito alimentar aos objetivos garante resultados mais rápidos e eficazes A DIETA CERTA A alimentação equilibrada é essencial para

Leia mais

Análise Nutricional do Contador de Pontos (Carinhas)

Análise Nutricional do Contador de Pontos (Carinhas) Análise Nutricional do Contador de Pontos (Carinhas) Finalidade da ferramenta Verificar se a alimentação do dia está adequada, contendo alimentos de boa qualidade, ou seja, com baixa quantidade de gorduras,

Leia mais

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana HOSPITAL DAS CLÍNICAS - UFMG Programa de Reabilitação Cardiovascular e Metabólica Residência Multiprofissional em Saúde Cardiovascular CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica

Leia mais

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é?

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é? Receitas COMIDA DE ESCOLA O que é? Comida de Escola é um conjunto de vídeos de culinária gravados no ambiente real da escola e destinados às merendeiras. Neles, um chefe e duas cozinheiras compartilham

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome:

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- A alimentação é uma necessidade de todas as pessoas. Para termos uma alimentação saudável, é preciso comer alimentos variados e em quantidades adequadas.

Leia mais

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós Trabalho elaborado por: Enf. Anabela Queirós O que é a diabetes? Uma doença que dura toda vida Provocada pela ausência ou perda de eficácia da insulina; Provoca a subida de açúcar no sangue A diabetes

Leia mais

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é?

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é? Receitas COMIDA DE ESCOLA O que é? Comida de Escola é um conjunto de vídeos de culinária gravados no ambiente real da escola e destinados às merendeiras. Neles, um chefe e duas cozinheiras compartilham

Leia mais

Importância da Nutrição na Qualidade de Vida. Aline T. Carrera CRN3 21498 Nutricionista Clinica Funcional

Importância da Nutrição na Qualidade de Vida. Aline T. Carrera CRN3 21498 Nutricionista Clinica Funcional Importância da Nutrição na Qualidade de Vida Aline T. Carrera CRN3 21498 Nutricionista Clinica Funcional Repensar Mudanças (constante); Adaptações (necessárias); Escolhas (depende de você) o que você

Leia mais

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação.

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. NUTRIÇÃO DE GATOS DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3 Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. Introdução Nutrição veterinária é a ciência que tem por objetivo descobrir

Leia mais

O PRÉ-ESCOLAR DE DOIS A CINCO ANOS DE IDADE: COMO ANDA SUA ALIMENTAÇÃO?

O PRÉ-ESCOLAR DE DOIS A CINCO ANOS DE IDADE: COMO ANDA SUA ALIMENTAÇÃO? ISBN 97-5-191-5-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 7 a 3 de outubro de 9 O PRÉ-ESCOLAR DE DOIS A CINCO ANOS DE IDADE: COMO ANDA SUA ALIMENTAÇÃO? Pâmela Carla de Andrade¹, Fabíola Roberta

Leia mais

MÉDIO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE CAMPO GRANDE/MS

MÉDIO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE CAMPO GRANDE/MS HÁBITOS ALIMENTARES E NUTRICIONAIS DE JOVENS DO ENSINO MÉDIO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE CAMPO GRANDE/MS Daniela Santana de Carvalho Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Vera de Mattos Machado

Leia mais

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO SENADO FEDERAL CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuidados com a alimentação apresentação Uma boa saúde é, em grande parte, resultado de uma boa alimentação. Há muita verdade no dito

Leia mais

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL?

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? O Ministério da Saúde está lançando a versão de bolso do Guia Alimentar para a População Brasileira, em formato de Dez Passos para uma Alimentação Saudável, com o objetivo

Leia mais

QUAL É O SEU NOME? NOME DA SUA ESCOLA: NOME DO PROFESSOR (A):

QUAL É O SEU NOME? NOME DA SUA ESCOLA: NOME DO PROFESSOR (A): QUAL É O SEU NOME? NOME DA SUA ESCOLA: NOME DO PROFESSOR (A): ASSIM COMO VOCÊ, OS ALIMENTOS TAMBÉM TÊM NOME. NO QUADRO ABAIXO, FAÇA UMA REPRESENTAÇÃO COM DESENHOS, COLAGENS OU PINTURAS DOS ALIMENTOS DE

Leia mais

Delícias com Arroz e Feijão

Delícias com Arroz e Feijão Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Delícias com Arroz e Feijão Priscila Zaczuk Bassinello Renilda Aparecida Ferreira

Leia mais

Onze superalimentos que você deveria consumir mais

Onze superalimentos que você deveria consumir mais 1 Onze superalimentos que você deveria consumir mais Eles são pouco populares, mas enchem o prato de vitaminas, minerais e proteínas Por Fernando Menezes - atualizado em 07/05/2012 http://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/12441-onze-superalimentos-que-voce-deveria-consumirmais?utm_source=news_mv&utm_medium=alimentacao&utm_campaign=785913

Leia mais

UM NOVO ESTILO DE VIDA A

UM NOVO ESTILO DE VIDA A 1 UM NOVO ESTILO DE VIDA A Dieta de South Beach sempre se propôs a ser mais do que uma dieta. Na verdade, ela foi desenvolvida para ajudar meus pacientes diabéticos e cardíacos a emagrecer e a se prevenir

Leia mais

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar A Rede Asbran e Filiadas lança nesta sexta-feira, dia 31, mais uma ação da campanha nacional pela redução no consumo do sal e do açúcar,

Leia mais

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA VAMOS FALAR SOBRE OBESIDADE OBESIDADE A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura corporal no organismo ou quando o peso do corpo ultrapassa em 20% o peso ideal. É atualmente

Leia mais

NASFITO. Programa Saúde nas Escolas PSE 2014

NASFITO. Programa Saúde nas Escolas PSE 2014 NASFITO Volume 8, edição 1 Maio, 2014 Programa Saúde nas Escolas PSE 2014 Na semana de 07 à 11 de Abril, ocorreu a mobilização de abertura do Programa Saúde nas Escolas - PSE. Neste ano o tema foi Práticas

Leia mais

Plano de Aula: Caderno de Receitas Saudáveis

Plano de Aula: Caderno de Receitas Saudáveis Objetivos: Escrever um caderno de receitas saudáveis para ser utilizado tanto na escola como em casa. Conteúdos: Meio Ambiente e Saúde: valorização e prática de dieta saudável. Língua Portuguesa: escrita

Leia mais

Assunto: Restrição da oferta de doces e preparações doces na alimentação escolar.

Assunto: Restrição da oferta de doces e preparações doces na alimentação escolar. Nota Técnica nº 01/2014 COSAN/CGPAE/DIRAE/FNDE Assunto: Restrição da oferta de doces e preparações doces na alimentação escolar. A Coordenação de Segurança Alimentar e Nutricional COSAN do Programa Nacional

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Último Encontro: Vila Velha 1 Escolha dos temas a serem trabalhados. Tema de hoje: Oficina sobre alimentação saudável 1) Alimentos Alimentos construtores: fornecem proteínas

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

Promover saúde atualmente envolve considerar um conjunto

Promover saúde atualmente envolve considerar um conjunto 5 Saúde Coletiva: Ações em Nutrição Jaqueline Girnos Sonati Nutricionista PUCCAMP Mestre em Qualidade de Vida, Saúde Coletiva e Atividade Física - UNICAMP Promover saúde atualmente envolve considerar um

Leia mais

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS 2013 Diretoria Executiva Diretor-Presidente: Cassimiro Pinheiro Borges Diretor Financeiro: Eduardo Inácio da Silva Diretor de Administração: André Luiz de Araújo Crespo

Leia mais

Nem bem acabaram as festas de fim de ano e lá vem ele com toda sua festa, sua agitação... Noites mal dormidas, alimentação fora do horário,!!!!

Nem bem acabaram as festas de fim de ano e lá vem ele com toda sua festa, sua agitação... Noites mal dormidas, alimentação fora do horário,!!!! Nem bem acabaram as festas de fim de ano e lá vem ele com toda sua festa, sua agitação... Noites mal dormidas, alimentação fora do horário,!!!! Excessos ou faltas que podem trazer uma dor de cabeça por

Leia mais

Granola Soft. Benefícios

Granola Soft. Benefícios Granola Soft A granola é um mix de cereais, castanhas e frutas secas que contêm vitaminas, proteínas, nutrientes, muitas fibras e outros componentes importantes para o equilíbrio do organismo e para controle

Leia mais

GUIA DE BOLSO. Está na hora de incluir a fruta e os hortícolas na alimentação! SAIBA PORQUÊ

GUIA DE BOLSO. Está na hora de incluir a fruta e os hortícolas na alimentação! SAIBA PORQUÊ GUIA DE BOLSO Está na hora de incluir a fruta e os hortícolas na alimentação! SAIBA PORQUÊ Sumário Introdução Benefícios do consumo de hortofrutícolas A importância dos hortofrutícolas segundo a Roda dos

Leia mais

Preferências alimentares individuais; Disponibilidade dos alimentos no mercado; Influência das propagandas no mercado, na televisão.

Preferências alimentares individuais; Disponibilidade dos alimentos no mercado; Influência das propagandas no mercado, na televisão. Nutrição na Infância e Adolescência A alimentação e a nutrição constituem requisitos básicos para a promoção e a proteção da saúde, possibilitando a afirmação plena do potencial de crescimento e desenvolvimento

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO ENSINO DAS CIÊNCIAS NOS HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS DAS CRIANÇAS DAS SÉRIES INICIAIS

A INFLUÊNCIA DO ENSINO DAS CIÊNCIAS NOS HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS DAS CRIANÇAS DAS SÉRIES INICIAIS A INFLUÊNCIA DO ENSINO DAS CIÊNCIAS NOS HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS DAS CRIANÇAS DAS SÉRIES INICIAIS Josefa Cristiane Ferreira de Oliveira 1 Glória Maria Duarte Cavalcanti 2 Anamélia Sales Assis 3 EIXO

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO NUTRICHEF CSD

EDITAL DO CONCURSO NUTRICHEF CSD EDITAL DO CONCURSO NUTRICHEF CSD 1. DO OBJETO O presente instrumento tem por objetivo selecionar receitas que priorizem a utilização de ingredientes naturais e nutritivos que assegurem pratos saudáveis,

Leia mais

EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS

EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS (ALUNOS) Público Alvo: 6ºs E 7ºs ANOS (DISCIPLINA) Área de Conhecimento: MATEMÁTICA e LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSORES: JANAINA ROSEMBERG

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIV OS:

JUSTIFICATIVA OBJETIV OS: JUSTIFICATIVA Para termos um corpo e uma mente saudável, devemos ter uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes, carnes, cereais, vitaminas e proteínas. Sendo a escola um espaço para a promoção

Leia mais

Projeto Ação Social. Relatório equipe de Nutrição Responsável pelos resultados: Vanessa de Almeida Pereira, Graduanda em Nutrição.

Projeto Ação Social. Relatório equipe de Nutrição Responsável pelos resultados: Vanessa de Almeida Pereira, Graduanda em Nutrição. Projeto Ação Social Relatório equipe de Nutrição Responsável pelos resultados: Vanessa de Almeida Pereira, Graduanda em Nutrição. Objetivo Geral: A equipe de Nutrição teve por objetivo atender aos pacientes

Leia mais

Unidade IV Nutrição no diabetes melitus e doenças cardiovasculares NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno

Unidade IV Nutrição no diabetes melitus e doenças cardiovasculares NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno Unidade IV Nutrição no diabetes melitus e doenças cardiovasculares NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM Profa Dra Milena Baptista Bueno Diabetes melitus A dieta adequada para pacientes diabéticos poderá reduzir

Leia mais

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO ALIMENTAÇÃO NO VERÃO 1 - Quais os alimentos devem ser privilegiados no verão e quais devem ser evitados? Os alimentos que devem ser privilegiados no verão são as frutas, verduras e legumes, pois são ótimas

Leia mais

Análise dos resultados

Análise dos resultados Análise dos resultados Percepção do estado de saúde Autoavaliação da saúde A avaliação do estado de saúde consiste na percepção que os indivíduos possuem de sua própria saúde. Por conseguinte, é um indicador

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO CIÊNCIA PARA SAÚDE E OPERACIONALIDADE

INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO CIÊNCIA PARA SAÚDE E OPERACIONALIDADE INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO CIÊNCIA PARA SAÚDE E OPERACIONALIDADE PROGRAMA DE TREINAMENTO FÍSICO PARA O CURSO DE AÇÕES DE COMANDOS ELABORADO PELO INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO

Leia mais

Nutrição. O alimento como aliado da sua saúde.

Nutrição. O alimento como aliado da sua saúde. Nutrição O alimento como aliado da sua saúde. alimentação saúdavel Alimentação saúdavel e cuidados nutricionais são importantes em todas as fases da vida e devem ser tratados com distinção em cada período.

Leia mais

ALIMENTAÇÃO/APETITE como lidar com a situação!

ALIMENTAÇÃO/APETITE como lidar com a situação! ALIMENTAÇÃO/APETITE como lidar com a situação! ISABEL DINIS Fases da Infância e as Problemáticas Infantis. Oliveira do Hospital, 2009 Importância da alimentação saudável Estado de saúde adequado Óptimo

Leia mais

1,ROT000LO :11_ SP :8/NOW201: 18:52 10006715

1,ROT000LO :11_ SP :8/NOW201: 18:52 10006715 1,ROT000LO :11_ SP :8/NOW201: 18:52 10006715 / PROJETO DE LEI N 3/-3 /2013 ITUI A SEMANA DE PREVENÇÃO E CO ROLE DA DIABETE E COLESTEROL NO M ICÍPIO DE LIMEIRA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS". Art. 1 - Fica instituída

Leia mais

Residência Saúde 2012. Nutrição Clínica. Discursiva C COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO D A. wwww.cepuerj.uerj.br ATIVIDADE DATA LOCAL

Residência Saúde 2012. Nutrição Clínica. Discursiva C COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO D A. wwww.cepuerj.uerj.br ATIVIDADE DATA LOCAL HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PEDRO ERNESTO C COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO D A Nutrição Clínica Discursiva Residência Saúde 2012 ATIVIDADE DATA LOCAL Divulgação do gabarito - Prova Discursiva 31/10/2011

Leia mais

Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza

Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza Conteúdos 2ª Avaliação do 4º bimestre Área de Ciências da Natureza Habilidades Revisar os conteúdos da Área de Ciências

Leia mais

O que comer quando não tem apetite

O que comer quando não tem apetite O que comer quando não tem apetite Princess Margaret What to eat when you don t feel like eating Portuguese Para pacientes que têm falta de apetite devido ao cancer e seu tratamento Please visit the UHN

Leia mais

OBSERVATÓRIO JOSUÉ DE CASTRO. Lutar pela Alimentação Saudável dos Brasileiros. PARA QUÊ E COMO???? Sandra Chemin

OBSERVATÓRIO JOSUÉ DE CASTRO. Lutar pela Alimentação Saudável dos Brasileiros. PARA QUÊ E COMO???? Sandra Chemin OBSERVATÓRIO JOSUÉ DE CASTRO Lutar pela Alimentação Saudável dos Brasileiros. PARA QUÊ E COMO???? Sandra Chemin A alimentação saudável é essencial para o crescimento, desenvolvimento e manutenção da saúde.

Leia mais

ELES QUE FAÇAM O QUE EU DIGO!

ELES QUE FAÇAM O QUE EU DIGO! ELES QUE FAÇAM O QUE EU DIGO! ESTRATÉGIAS PARA COMBATER A OBESIDADE PROPOSTAS PELAS CRIANÇAS NAS PASE 2008 Rosalina Gabriel, Ana Moura Arroz, Ana Cristina Palos, Isabel Estrela Rego, António Félix Rodrigues,

Leia mais

Sais minerais. Capítulo 5

Sais minerais. Capítulo 5 Sais minerais Os sais minerais são elementos químicos presentes na natureza, embora nós não sejamos capazes de sintetizá-los ou produzi-los em nosso corpo. Portanto, precisamos ingeri-los para que o corpo

Leia mais

E-book Como Diminuir Diabetes em 30 dias

E-book Como Diminuir Diabetes em 30 dias E-book Como Diminuir Diabetes em 30 dias Dicas e Informações sobre Diabetes Nesse e-book você vai aprender um pouco mais sobre diabetes e também vai descobrir algumas dicas para diminuir o seu nível de

Leia mais

Quiche de palmito. levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma.

Quiche de palmito. levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma. CARDÁPIO DETOX Quiche de palmito levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma. Quiche de Espinafre levíssima massa recheada com creme de espinafre finamente temperado e harmonizado

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

Quem come bem vive melhor. Hábitos alimentares

Quem come bem vive melhor. Hábitos alimentares Quem come bem vive melhor. Hábitos alimentares HÁBITOS ALIMENTARES Hoje, em virtude da vida agitada, trabalho, estudo, família e outras inúmeras responsabilidades, todos ficam vulneráveis às doenças causadas

Leia mais

ESTADO D O AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE MAN AUS GABINETE VEREADOR JUNIOR RIBEIRO

ESTADO D O AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE MAN AUS GABINETE VEREADOR JUNIOR RIBEIRO PROJETO DE LEI Nº. 253 / 2014 Dispõe sobre a obrigatoriedade do uso de equipamentos de Ionização de água potável em Unidades de Tratamento de doenças degenerativas da Rede Pública Municipal e de Organizações

Leia mais

Atividade física no ambiente escolar

Atividade física no ambiente escolar Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção BásicaB Coordenação ão-geral da Política de Alimentação e Nutrição Atividade física x alimentação saudável no ambiente escolar

Leia mais

8 atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer. Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão

8 atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer. Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão 8 atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão Olá seja bem vindo ao ebook da Piccola Italia Bangu! Ficamos orgulhosos com seu interesse

Leia mais

Light ou diet? O consumo de produtos diet e light cresceu em grande escala no mercado mundial. É visível

Light ou diet? O consumo de produtos diet e light cresceu em grande escala no mercado mundial. É visível Light ou diet? O consumo de produtos diet e light cresceu em grande escala no mercado mundial. É visível nas prateleiras dos supermercados o quanto de espaço eles ganharam. É comum encontrarmos, hoje,

Leia mais

PIBID - FÍSICA. Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Relatório Semestral. Fabiane de Carvalho Milagres Pereira.

PIBID - FÍSICA. Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Relatório Semestral. Fabiane de Carvalho Milagres Pereira. PIBID - FÍSICA Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Relatório Semestral Fabiane de Carvalho Milagres Pereira Bolsista Profa. Cibele Andrade Resende Machado Professora Supervisor da Escola

Leia mais

Maio 2011. Mais saúde e bem estar para você e seus colaboradores. Maior produtividade para sua empresa.

Maio 2011. Mais saúde e bem estar para você e seus colaboradores. Maior produtividade para sua empresa. Maio 2011 Mais saúde e bem estar para você e seus colaboradores. Maior produtividade para sua empresa. O que comer antes e após a atividade física? Alimentação e exercício Importância da alimentação saudável

Leia mais

Alimentação infantil Dicas para emagrecer

Alimentação infantil Dicas para emagrecer Alimentação infantil Dicas para emagrecer 01 Introdução Alimentar-se é fonte de prazer, mas, primeiramente, fonte de energia e nutrientes para o organismo. Quando se fala em dieta ou disciplina alimentar

Leia mais

PROC. Nº 0838/06 PLL Nº 029/06 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 0838/06 PLL Nº 029/06 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS A obesidade é uma das patologias nutricionais que mais tem apresentado aumento em seus números, não apenas nos países ricos, mas também nos países industrializados. Nos últimos anos,

Leia mais

GUIA DIETA ONLINE UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL DIETA ONLINE. por Nutricionista Dr.ª Joana Carido. Dr.ª Joana Carido

GUIA DIETA ONLINE UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL DIETA ONLINE. por Nutricionista Dr.ª Joana Carido. Dr.ª Joana Carido GUIA DIETA ONLINE DIETA ONLINE Dr.ª Joana Carido VISITE A MINHA PÁGINA NO FACEBOOK UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL por Nutricionista Dr.ª Joana Carido Relembro que este plano alimentar é apenas orientativo

Leia mais