Manual de Curso. Avançado e Refrescamento. Curso promovido em parceria

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Curso. Avançado e Refrescamento. Curso promovido em parceria"

Transcrição

1 Manual de Curso Avançado e Refrescamento Curso promovido em parceria

2 Índice Introdução.. 2 Áreas de trabalho.. 3 Help Site Galileo ASK. 5 Desbloqueio de Assinatura e Keyword. 6 Viewtrip.. 9 Outras informações Alianças das Companhias. 10 Outras informações Availability Outras informações Timetable Outras informações Display Connecting Points Outras informações Cálculo de datas Outras informações Mapas.. 14 Booking File Viewtrip Notepad.. 15 Booking File Remarks 15 Booking File Address Booking File Minimum Connecting Time Booking File APIS.. 18 Booking File CHLD Booking File PCTC Booking File EXST Booking File CBBG.. 24 Booking File INFT Booking File UMNR.. 25 Booking File Histórico.. 26 Booking File Past Date Booking. 27 Booking File Listas de reservas. 28 Booking File Claim PNR Booking File Vendor Locator Tarifas Fare Display. 30 Tarifas Fare Route. 31 Tarifas Passengers Type Codes. 31 Tarifas Taxas. 35 Tarifas Conversão Cambial 35 Tarifas - Fare Quote Tarifas - Fare Quote entradas de follow-up Tarifas - Fare Quote Ticketing Fees Tarifas - Fare Quote Best Buy Tarifas - Fare Quote Best Buy modificadores Tarifas - Fare Quote Alternative Tarifas - Fare Quote Histórico Tarifas - Fare Shopping Emissões Acordos de Interline Emissões Cartões de Crédito.. 50 Emissões Comissão Emissões Relatórios de Documentos Emissões Status do Bilhete Electrónico.. 52 Emissões MCO Emissões TASF Emissões Revalidação Emissões Ticket Manager Void Emissões Ticket Manager Revalidação Emissões Ticket Manager Alterações à máscara XP Emissões Ticket Manager Construção manual Barra de Ferramentas Rooms and More. 69 Barra de Ferramentas EasyJet.. 73 Barra de Ferramentas Reservas de Carros.. 78 Vista para a Austrália - ETA.. 84 Bibliografia

3 Introdução Galileo A Galileo é uma das maiores empresas mundiais na distribuição de serviços de turismo, tendo como core business a ligação às agências através de um sistema de distribuição global (GDS), disponibilizando ainda produtos de topo e soluções webbased inovadoras. A empresa, que pertence ao universo, tem como objectivo apoiar fornecedores turísticos, agências de viagem e empresas, expandindo a oferta turística através destas organizações. Refira-se que em Portugal a Galileo é a empresa líder no que toca ao fornecimento de soluções tecnológicas inovadoras na área do turismo, tendo implantado a maior rede de dados privada ao serviço do sector turístico português. A é um dos líderes mundiais no sector da distribuição de serviços de turismo. A multinacional detém as marcas Galileo e Worldspan e providencia informações a agentes de viagens para mais de 145 países. Além disso, fornece serviços para o sector de viagens e turismo por intermédio da subsidiária Shepherd Systems, bem como soluções e software para as principais companhias aéreas a nível mundial. A resulta da convergência dos serviços tradicionais e on-line que servem as companhias aéreas, agentes de viagem, web sites e demais empresas no fornecimento de informações por intermédio de uma plataforma global. O sistema de distribuição global da (Global Distribution System) é um dos maiores fornecedores de serviços a nível mundial na indústria de viagens. A é uma companhia privada detida pelo The Blackstone Group e pela One Equity Partners of New York and Technology Crossover Ventures of Palo Alto, na Califórnia (Estados Unidos da América). SULFORMA A Sulforma - Consultoria e Gestão Empresarial, Lda, é uma empresa jovem, vocacionada para a promoção e execução de projectos de formação profissional co-financiados e privados. Constituída em 20 de Junho de 2002, com sede social no Parque Industrial e Tecnológico de Évora, Rua Circular Poente, n.º 37 Fracção I, Évora, e acreditada enquanto entidade formadora pela Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT), com o processo n.º 3997, a Sulforma tem vindo a crescer e a solidificar a sua actividade, melhorando em termos de estrutura física com a abertura de filiais no Porto, Lisboa e Beja, e dispondo de espaços formativos por todo o País, Açores e Madeira. Diversificou-se assim o raio geográfico de acção para dar resposta a um maior número de necessidades e abranger pontos nevrálgicos do nosso território nacional 2

4 Áreas de Trabalho Áreas de Trabalho Existem cinco diferentes áreas de trabalho no sistema Galileo - A, B, C, D e E. Quando assina, é automaticamente colocado na área A, mas pode mover-se para as outras áreas. OP/W* Para mudar para outra área: SB SB = Switch to B Conforme se pode ver o sistema tem agora a área B activa. Deve ter em conta o seguinte: A palavra ACTIVE, identifica a área de trabalho que neste momento está activa As outras áreas de trabalho mostram um duty code ou a pseudo-city da agência. H/HELP HELP Sistema de Ajuda Existe no sistema uma facilidade que o ajudará sempre que não saiba qual a entrada a fazer para obter determinada informação ou, tenha feito erradamente uma entrada e pretenda saber qual a correcta, para aquele assunto: H/A H/A Neste exemplo, o sistema oferece várias opções, para as quais basta utilizar o Tab para aceder. H/A H/AVAIL Índice de todos os assuntos começados por A Assunto específico (Availability) H/ Help sobre a última entrada, para a qual se obteve uma resposta de erro 3

5 Site da Portugal Como ajuda poderá, também, aceder ao site do Galileo, este disponibiliza informações úteis (contactos, manuais, downloads de actualizações, etc.) acerca do Galileo Portugal. Para tal deve fazer o registo em. Encontra um atalho para o site, na barra de ferramentas do seu Galileo Desktop. Após registar-se, pode fazer aqui o seu Login. Terá acesso a Downloads e manuais. Os contactos do Galileo Portugal. Através deste botão, os técnicos podem aceder ao seu Pc na Agência. Aqui, encontra sempre disponível a barra de ferramentas mais atual. 4

6 ASK ASK Acessível a partir do site Galileo, na opção Apoio ao Cliente, trata-se de um banco de dados onde poderá encontrar rapidamente resposta a uma dúvida relativa ao funcionamento do sistema e/ou procedimento em vigor. É necessário que cada utilizador se registe previamente, bastando para tal o preenchimento dos campos Identificação do Usuário e Senha seguidos da selecção da opção Criar uma conta Nova. Notas : A identificação do Usuário e a Senha são case sensitive. Assim, deve ter em atenção se digitou os dados em letra maiúscula ou minúscula. O endereço que o sistema pede, ao seleccionar a opção Criar uma Conta Nova, não pode ser o geral da Agência pois, a cada usuário tem de estar atribuído um endereço pessoal. O sistema não aceita s repetidos para vários usuários. Encontra um atalho para o site, na barra de ferramentas do seu Galileo Desktop. Na opção a pedido do Helpdesk, poderá dar acesso ao seu PC. Após fazer Login: Na opção, poderá através de palavras chave, encontrar resposta às suas dúvidas. 5

7 Desbloqueio de Assinatura e Keyword Desbloqueio de Assinatura e Keyword Para utilizar o Website de "Desbloqueio de Password Online do Galileo", deverá saber a sua Keyword ou palavra chave. Trata-se de uma Palavra-Chave de segurança da Assinatura do Galileo que vai identificar o usuário quando efectuar um pedido de alteração de Password (SENHA). Se não souber, terá de criar uma nova Keyword. A criação da Keyword é feita no momento da primeira assinatura do sistema Galileo. Só será solicitada novamente se utilizar o serviço online para desbloquear a sua assinatura e trocar a senha. A Keyword apenas pode ser alterada pelo próprio. 1. Assine o Galileo STD/ZXX (Sendo XX o seu sign on) Desbloqueio de Assinatura e Keyword 2. Leve o Tab até o campo KEYWORD e digite em cima uma nova keyword. A keyword deve ter entre 4-6 caracteres. 3. Leve o Tab até o fim da palavra USE KYWD: N e pressione enter. 4. O sistema responderá com AGENT PROFILE CHANGED A assinatura fica bloqueada quando são feitas mais de 3 tentativas no sistema. Para desbloquear encontra um atalho para o efeito, na barra de ferramentas do seu Galileo Desktop. 6

8 Desbloqueio de Assinatura e Keyword 1. Para desbloquear deverá aceder ao botão de ajuda: Desbloqueio de Password Online do Galileo Clique no link para iniciar a sessão. 2. Seleccione o tipo de Assinatura que será desbloqueada, preencha as informações relevantes no quadro e clique no botão. 7

9 Desbloqueio de Assinatura e Keyword Se as suas informações tiverem sido aceites e a Assinatura tiver sido actualizada, será apresentado o ecrã acima. Quando a Assinatura tiver sido desbloqueada, será enviada automaticamente uma confirmação por para o endereço especificado pelo utilizador. 1. Depois de receber a confirmação por , assine no sistema Galileo utilizando a entrada normal: SON/ZXX (em que XX são a Assinatura do usuário) e a Keyword. 2. Em seguida, será solicitado que digite uma nova Password. A sessão foi iniciada no sistema Galileo. 3. O utilizador terá de informar a nova Password na próxima vez que iniciar a sessão, mas não terá de voltar a colocar a Keyword. Para quem não tem o botão na barra de ferramentas, deve entrar em: 8

10 Itinerário Esta plataforma permite-lhe aceder ao itinerário do passageiro, bem como ao bilhete electrónico. Também permite ao próprio passageiro ter acesso a estas informações. Disponível em 23 idiomas, os agentes e clientes têm acesso a inúmeros conteúdos de conselhos de viagem e informações (conversor de moeda, mapas, meteorologia, informações sobre passaportes e vistos, conselhos de saúde, entre outros). Com a reserva activa no Focalpoint: #VT O Viewtrip abre automaticamente na reserva do cliente. Encontra também um atalho para o site, na barra de ferramentas do seu Galileo Desktop. Para aceder à informação, é apenas necessário o código da reserva e o sobrenome do passageiro. Nesta barra encontra toda a informação que necessita, e inclusivamente, pode a partir daqui enviar um . É possível ainda, consultar informação relativa à Bagagem permitida. 9

11 Itinerário Se o passageiro se registar no Viewtrip Mobile, pode também aceder ao seu itinerário, no seu iphone, ipad e Androide. Aqui terá acesso a várias informações adicionais: Alianças de Companhias Aéreas Para consultar as alianças que existem: DCA Outras informações - DCA Para consultar quais as companhias aéreas que pertencem a determinada aliança: DCA/*A 10

12 Availability de Alianças Outras informações - //*A Para obter uma disponibilidade apenas com companhias de determinada aliança: A20OCTLISNYC//*A Availability em classe específica Outras informações Availability First Outras informações - :AF Em determinadas datas é difícil encontrar voos com certas classes disponíveis. É possível procurar através do First Availability, voos com determinada classe disponível e um determinado nº de lugares. O sistema faz uma busca por um período de 7 dias no futuro. A entrada AF faz a busca, no entanto não é possível utilizar o Carrier Specif Display, apenas podemos especificar a preferência da Companhia. Deve fazer esta entrada no ambiente Point and Click. 11

13 Outras informações - :AF O sistema, mostra assim, que o próximo voo com 2 lugares em classe U disponível, é a 17 de Abril. A mesma entrada, mas partindo do Fare Display também é muito útil: :FD15APRLISMAD/TP Partindo do Fare Display, podemos ver que a tarifa mais barata, para 15 de Abril, é em classe O. Ao clicar no nº da linha da tarifa, o sistema faz um Availability First, para a mesma data, com preferência à companhia referida. Aqui, podemos ver qual o voo que ainda tem disponível a classe O. 12

14 TimeTable Outras informações - TT O Timetable de um voo pode-se tornar útil quando estamos a planear o itinerário do nosso cliente, ou apenas verificar o voo directo de uma determinada rota, quando no Availability só nos são mostrados voos de ligação. Nota: A entrada de Timetable só mostra informação de voos directos para um par de cidades. Não mostra os voos de ligação da mesma forma como uma disponibilidade de voos. TT20MARLONNBO Outras informações - TT Deve ter em conta o seguinte: O ecrã mostra os dias de frequência do voo cerca de 28 dias a contar da data estipulada, com datas efectivas e descontinuadas. Os dias da semana estão identificados por números 1 7. A entrada de Timetable não mostra disponibilidade de voos. Mostra os voos que estão a operar, independentemente de terem lugares disponíveis ou não. TTB3 TTKL845/5MAY TTBA1/01SEPLHRJFK TTL5 Mostra detalhes específicos do voo do segmento 3 do BF Mostra pormenores de um nº de voo específico Mostra detalhes de um voo específico (Board e Offpoint é opcional) Mostra detalhes do voo na linha 5 de uma disponibilidade 13

15 Display Connecting Points Outras informações - DCP Por vezes pode ser útil, consultar a informação disponível no sistema, quando não sabemos que encaminhamento dar ao passageiro, para um determinado destino. DCPLISMLE Cálculo de datas Outras informações - *TAA Esta funcionalidade permite calcular datas, quer para limites de emissão, quer para a restrição do mínimo e máximo de estadia, de acordo com a regra da tarifa. *TAA/1OCT/30 *TAA/1OCT/+60 Subtrai 30 dias a 01OCT Adiciona 60 dias a 01OCT Aeroporto mais próximo Outras informações - Mapas Por vezes temos que procurar qual o aeroporto mais próximo de uma cidade. Podem obter essa informação de duas formas: Procuramos a cidade de Guanajuato no México. Em Focalpoint: C*MAP/MEXICO-GGGG A entrada base deve mencionar por extenso o país e a 1ª letra da cidade. Dá informação dos aeroportos mais próximos, indicando a distância em milhas. 14

16 Em Viewpoint: Outras informações - Mapas Inserir o nome, ou parte do nome da cidade. Viewtrip NotePad Booking File - Viewtrip NotePad É possível inserir uma informação na reserva, que permite omitir informação no itinerário do passageiro, disponível no Viewtrip. NP.VIEWTRIPNET NP.VIEWTRIPITIN NP.VIEWTRIPWARSAW Inibe a informação do valor da tarifa aparecem as taxas Suprime construção tarifária, endorsements, forma de pagamento e qualquer tipo de informação tarifária Adiciona o texto das Condições de Contrato no final do itinerário Remarks - Comentários Booking File - Remarks É possível inserir na reserva, comentários que poderão ser lidos pelo passageiro, no itinerário. Existem 2 tipos de remarks: Associados: Informações associadas a um determinado segmento de voo Não Associados: Informações de carácter geral Em qualquer altura, antes da emissão de um itinerário, um Remark pode ser adicionado, apagado ou modificado. Os Remarks Associados, aparecem junto ao segmento. Os Remarks não associados, aparecem no final do itinerário do passageiro. RI.S1*TENHA O SEU PASSAPORTE À MÃO RI.PROFILAXIA OBRIGATORIA PARA ENTRADA EM ANGOLA RI.CI*120 ou RI.S1/CI*120 Remark associado Remark não Associado Remark Hora Limite de Check-in Retira um Remark Itinerary do BF 15

17 Booking File - Remarks Estes Remarks podem ou não ser associados aos segmentos de voo e permitem indicar as horas limite de comparência no aeroporto. No BF, a informação vai aparecer num campo novo *RI. No Viewtrip, a informação vai aparecer: Envio automático de Booking File - address É possível inserir na reserva, o endereço de do passageiros (s) e gerar automaticamente o envio do itinerário para o mesmo, sem sequer ser necessário abrir o Viewtrip. MT. MF. Mail To: o endereço para o qual queremos enviar- Podem ser inseridos vários, que serão automaticamente numerados Mail From: o endereço de quem envia uma boa viagem Mail Comment: comentários que se podem inserir no a enviar, a referência 1 remete para o nº do endereço MT inserido, caso haja mais do que um A informação aparece num novo campo *EM 16

18 Booking File - address Para alterar ou retirar: Envio automático do itinerário (Viewtrip) Booking File - Envio automático O é gerado automaticamente com a entrada: R.P e de seguida ERM*LANG-PT O default é inglês, pelo que é possível através desta entrada alterar a língua. ERM1 Envia apenas para o campo MT. 1 ERM1.3.5 Envia apenas para o campo MT. 1,3 e 5 ERMALL Envia para todos os endereços inseridos no *EM Envio automático do Bilhete Eletrónico (Viewtrip) O é gerado automaticamente com a entrada: R.P e de seguida ERM*ETR1*LANG-PT Aparece uma informação temporária em NP. O recebido aparece em texto, com um anexo que remete (link) para o itinerário do Viewtrip. 17

19 Minimum Connecting Time Booking File Minimum Connecting Time O sistema Galileo valida os Minimum Connecting Times sempre que a disponibilidade de lugares fôr pedida de um ponto de origem a um ponto de destino final (ex. A20SEPLISMLE). Caso faça a sua reserva trajecto a trajecto, deverá verificar se os mínimos de ligação são respeitados. Para tal pode fazer a APIS Advance Passenger Information Support Booking File Campos Opcionais - APIS No âmbito do programa Secure Flight, a TSA (Transport Security Administration) obriga as companhias a colectar e transmitir os SFPD (Secure Flight Passenger Data), que são previamente comparados com listas de observação do governo para vôos domésticos e internacionais. Por isso, é exigido a todas as companhias aéreas nacionais e internacionais que voam de ou para um destino nos EUA ou que atravessam o espaço aéreo dos EUA, transmitam os SFPD independentemente do canal de distribuição por meio do qual a reserva é efectuada, até 72 horas antes da saída do vôo, ou imediatamente dentro das 72 horas anteriores ao embarque. Além disso, o programa é válido para todas as companhias aéreas sediadas nos EUA, independentemente dos locais em todo o mundo para onde elas voam. Os dados a enviar ao TSA para cada passageiro, são: Nome completo, Data de nascimento, Género, e Número de "redress", se houver (é um número exclusivo que o Departamento de Segurança Interna (DHS) dos EUA atribui actualmente às pessoas que usam o Programa de Consulta de Compensação de Passageiros (TRIP)) A partir de 1 de Novembro de 2010, as reservas emitidas sem SFPD completos estarão sujeitas a sanções por parte das companhias aéreas. Para ajudar a garantir a observância por parte das companhias aéreas e reduzir os inconvenientes para os passageiros, a recomenda enfaticamente que as agências incluam as informações de SFPD exigidas em cada PNR da, independentemente da transportadora. Isso ajudará a reduzir o risco potencial de possíveis atrasos no aeroporto para seus clientes. As Informações de Documentos de Solicitação de Serviço Especial (Special Service Request Document Information, SSR DOCS) é o método padrão de mercado usado nos PNRs da para ajudar as companhias aéreas a cumprir as exigências do Programa Secure Flight. 18

20 Booking File Campos Opcionais - APIS Algumas companhias aéreas estão a estudar formas de garantir o cumprimento, incluíndo datas antecipadas de implementação, cancelamento de reservas de passagens, emissão de notas de débito para agências e/ou inibição de passagens caso os SFPD não constem no PNR. Incentivamos a pesquisar que medidas específicas estão a ser tomadas pelas principais companhias aéreas parceiras. Desta forma, recomendamos a inserção dos dados dos APIS (Advance Passenger Information Support) como até à data, utilizando o Gestor de SSR APIS disponível na barra do Galileo Desktop ou através da entrada manual como abaixo se demonstra. A última versão do Gestor de APIS está disponível para download no nosso site: (devem encerrar o Galileo Desktop durante a actualização). Exemplo: Caso tente emitir, sem ter a informação inserida, o sistema rejeita. Aceda ao botão do APIS na barra de ferramentas: 19

21 Booking File Campos Opcionais APIS Introduza a informação obrigatória: O sistema mostra 2 opções selecionadas: Informação obrigatória para alguns países. Informação obrigatória nas emissões para os Estados Unidos (até 72 horas antes do voo). Outras informações opcionais que se podem inserir. Botões que são acesso a páginas de ajuda do ASK. Para inserir a informação no Booking File: O sistema mostra automaticamente a informação inserida em *SI: 20

22 Booking File Campos Opcionais - APIS Entrada manual: Para introdução do APIS, coloque o nome completo, dando espaços nos apelidos, como abaixo se demonstra: SI.P1/SSRDOCSTPHK1/P/PT/J /PT/31DEC67/M/31DEC14/SILVA/JOAO/PAULO SI.P1/DOCS* SSRDOCSTPHK1 P PT J PT 31DEC67 M 31DEC14 SILVA/JOAO/PAULO Informação obrigatória, onde P1 é o número do passageiro Informação obrigatória com o código da companhia envolvida Se mais do que uma, usar o código YY Tipo de documento (passaporte) País de emissão do docum Número do documento País de Nascimento Data de Nascimento Sexo / Masculino ou Feminino Data de Validade do Documento Nome completo do passageiro em caso de vários sobrenomes, deixar espaço entre eles (ex. COSTA DA SILVA/JOAO/PAULO Nota: É exigido um SSR (APIS) separado por passageiro. TSA Introduzir os dados para o TSA (SFPD) com as informações obrigatórias: SI.P1/SSRDOCSTPHK1/////31DEC67/M/31DEC14/SILVA/JOAO/PAULO SI.P1/DOCS* Informação obrigatória, onde P1 é o número do passageiro Informação obrigatória com o código da companhia envolvida SSRDOCSTPHK1 Se mais do que uma, usar o código YY ///// Cinco barras 31DEC67 Data de Nascimento M Sexo / Masculino ou Feminino 31DEC1 Data de Validade do Documento Nome completo do passageiro em caso de vários sobrenomes, deixar SILVA/JOAO/PAULO espaço entre eles (ex. COSTA DA SILVA/JOAO/PAULO Nota: É exigido um SSR (APIS) separado por passageiro. A informação está também disponível em H/APIS. 21

23 Informação de SSR-CHLD para criança Booking File SSR - CHLD Os procedimentos para reservas de crianças acompanhadas são específicos. Para além da introdução do nome de forma correcta, é necessário informar a companhia, de que se trata de uma criança e a sua idade. Esta informação é agora automática, desde que o nome seja inserida no BF no formato correcto. N.2TESTE/MR/MSTR*P-C10 10FEB01 Aparece em *SI uma informação automática para a companhia. Para além disso, o sistema identifica os 2 tipos de passageiros (ADT+CNN) e aplica a tarifa com desconto para a criança automaticamente. Informação de SSR-PCTC Contacto de emergência Booking File SSR - PCTC Algumas Companhias Aéreas pedem um SSR de contacto de emergência na reserva. Em Viewpoint, encontra essa opção em: 22

24 Em Focalpoint, o formato é: Booking File SSR - PCTC SI.SSRPCTCTPHK1/MR TESTE/PT Caso o contato não seja do próprio passageiro: SI.SSRPCTCTPHK1/MRS TESTE/PT TESTE/MR. WIFE Caso o passageiro não informe o contato: SI.SSRPCTCTPHK1//REFUSED-1TESTE/MR Informação de SSR-EXST Extra Seat para conforto Booking File SSR - EXST Quando um passageiro solicita um lugar adicional por razões de conforto, é necessário reservar um segundo passageiro, utilizando o sobrenome do passageiro e inserindo como primeiro nome EXST. Inserir o nome: N.2TESTE/MR/EXST Em Viewpoint, encontra essa opção em: Em Focalpoint, o formato é: SI.P1S1.2/EXST*OBESE PSGR Importante: o SSR de EXST deve ser inserido no momento da criação da reserva. Deve confirmar com a companhia o valor a cobrar pelo 2º lugar, bem como procedimentos específicos da mesma. 23

25 Booking File SSR - CBBG Informação de SSR-CBBG Extra Seat para Bagagem de Cabine Quando um passageiro solicita um lugar adicional por viajar com Bagagem de Cabine (correio diplomático) ou um instrumento musical, por exemplo, é necessário reservar um segundo passageiro, utilizando o sobrenome do passageiro e inserindo como primeiro nome o código CBBG. Inserir o nome: N.2TESTE/MR/CBBG Em Viewpoint, encontra essa opção em: Em Focalpoint, o formato é: SI.P1S1.2/CBBG*EXST REQUIRED FOR CELLO Importante: o SSR de EXST deve ser inserido no momento da criação da reserva. Deve confirmar com a companhia o valor a cobrar pelo 2º lugar, bem como procedimentos específicos da mesma. Informação de SSR-INFT Bebé com direito a lugar sentado Booking File SSR - INFT Nas situações em que um bebé ocupe lugar no avião, deve fazer-se a reserva, inserindo o nome como criança. N.2TESTE/MR/MSTR*P-C01 19MAR10 Deve retirar o SSR automático gerado com a inserção do nome Adicionalmente deverá ser inserida uma informação para a companhia: SI.P2/INFT*19MAR10 Dado tratar-se de uma situação de exceção, deverá verificar com a companhia, procedimentos específicos da mesma. 24

26 Procedimentos para crianças não acompanhadas Booking File SSR - UMNR Quando uma criança específicos: viaja sozinha, a reserva deve obedecer a determinados procedimentos SILVA/ANAMISS*P-U09 19FEB02 SI.UMNR*UM09 SI.TP*CTC Nome SSR UMNR OSI Ao inserir o SSR UMNR, o sistema avisa de toda a informação necessária a inserir. Trata-se apenas de um alerta devendo prosseguir com a introdução dos OSI s: SI.TP*TESTE/TESTEMSTR MALE AGED 9 YEARS PORTUGUESE SPEAKING SI.TP* CTC LIS MOTHER MRS MARIA TESTE TEL SI.TP* CTC LIS AV. LIBERDADE N350 PISO LISBOA SI.TP* CTC MAD GRANDMOTHER MME MARIE CURIE TEL SI.TP* CTC MAD CALLE GRAN VIA N4555 CEDEX MADRID *SI Outros procedimentos específicos, deverão ser verificados com a companhia envolvida. 25

27 Histórico da reserva Booking File Histórico da reserva A história de um booking file regista todas as acções tomadas na respectiva reserva. Deve começar a ler-se do final para o início. Cada linha credited to - CRDT divide as acções históricas. Legenda: 1 >***** HISTORY ZBB55A ***** ** NON-ACTIVE PRODUCTS ** 2 1 AF1243 C 20MAY GVACDG HK O* ** ORIGINAL CREATOR ** 3 RCVD-SECRBLANDIN/MISS/1C CRDT- ZRH/ 1C8/1G AG Z/25MAY 5 ** HISTORY ** 6 XS AF 1542 C 23SEP CDGGVA NN/HK O* 7 RVCD-PSGR/Z 1C8007 CRDT- ZRH/ 1C8/1G AG Z/25MAY VLR AF 1243 C 20MAY GVACDG NN/HK O* VLR AF 1542 C 23SEP CDGGVA NN/HK O* AVL 1A*2T8K8Y MUCRM1A 18MAY 1358 RCVDCRDT-/ /1G 1358Z/18MAY HS AF 1243 C 20MAY GVACDG NN/HS O HS AF 1542 C 23SEP CDGGVA NN/HS O 8 * SERVICE INFORMATION HISTORY EXISTS >*HIS RCVD-SECRBLANDIN/MISS/Z 1C8007 CRDT- ZRH/ 1C8/1G AG Z/18MAY 1 Código de reserva 2 Segmentos voados 3 Received from e sign on do agente 4 Linha credited to mostra o código de cidade (ZRH) e duty code com assinatura do agente, hora GMT (Zulu) e data original da criação da reserva 5 Início da história do Booking File 6 Registo das alterações feitas na reserva. No início de cada linha aparece o código com a descrição da acção tomada 7 Received from field 8 Histórico dos serviços especiais De forma a facilitar a visualização de um histórico, podem pedir-se apenas o registo de acções específicas: *H Entire history *HFF Filed fare history *HI Itinerary history *HNP Notepad history (when optional Historical indicator was used) *HIA Air segment history *HSD Seat data history *HIC Car segment history *HSI Service information history *HIH Hotel segment history *HVL Vendor locator history Para consulta de códigos de acção históricos: H/HIST 26

28 PDQ Past Date Booking File Retrieval Booking File - PDQ Numa reserva, após terminada a sua função e desde que não tenha mais de 13 meses, pode pedir-se a consulta do histórico. Para recuperar a reserva com data passada com o código de reserva V4QVLY será necessário seguir os seguintes passos: PQ/R-V4QVLY Digite CONFIRM após o asterisco (*) e dê enter. Nota: os códigos de reserva não poderão ser reutilizados após o cancelamento total da reserva. Se houver mais de uma reserva com o mesmo localizador o Galileo irá mostrar uma lista com os nomes dos passageiros. Basta dar tab até aquele que nos diz respeito e enter. Uma vez que este código já tem mais de 60 dias, estará disponível em Queue num espaço de 24h. Passadas as 24H, para abrir a reserva no Queue, digite: Q/1*CPD 27

29 Listagens de reservas Booking File - LD É possível obter listagens de reservas (ainda activas). Eis alguns exemplos: LD/ALL/26AUG-D LD List Display ALL All Booking Files 26AUG Data de segmento 26 Aug -D Display no ecrã LD/TKT/HHL/01MAY*31MAY-D LD List Display TKT Reservas emitidas (modificador obrigatório) HHL Hotel 01MAY*31MAY Datas de segmento, período de datas -D Display no ecrã LD/TKT/CCR/28DEC-D LD List Display TKT Reservas emitidas (modificador obrigatório) CCR Carro 28DEC Data de segmento -D Display no ecrã LD/SC-HK.KK.HX/10NOV*20NOV-D LD List Display SC-HK.KK.HX Status Code seguido de um máximo de 5 códigos 10NOV*20NOV Datas de segmento, período de tempo (datas) -D Display no ecrã A entrada base de LD, permite ser composta com outros modificadores, como: LD /BA117 List Display /J Classe J /-Q/50 Envio para queue 50 em vez do display no ecrã /BA Companhia aérea /S-PZ Sign On C10JUN*20JUN Por data de criação de reserva LD* Para voltar à lista Para mais entradas, H/LD Exemplo: Para aceder à reserva, basta usar o Tab. 28

30 Claim PNR Booking File Claim PNR O Claim PNR permite recuperar reservas, que foram criadas originalmente no sistema da Companhia Aérea. Tem por objectivo tomar responsabilidade da mesma, nomeadamente no caso dos grupos, para efeitos de emissão. Através desta operação o Agente de Viagens passa a ter o controlo da reserva. Passos a seguir: - Recuperar a reserva, com o código da Companhia C/TP*A453ED - Aceitar a transferência C/TP/OK - Actualizar a reserva no Galileo, com os campos obrigatórios P.LIST* /BOA VIAGEM TOURS R.VB ER A partir deste momento já pode trabalhar na reserva normalmente. Vendor Locator Booking File Vendor Locator Para introduzir manualmente o Vendor Locator da companhia no Booking File deve fazer: RL.VR*M5RDT RL. VR *M5RDT Entrada base Código da companhia no caso de companhias com sistema Amadeus, o código a utilizar é 1A Código de reserva da companhia 29

31 Entradas de Fare Display Tarifas - FD FD12AUGLISPAR/AF FD12AUGLISPAR/AF/A Tarifas para 12 AUG LIS PAR, tarifas da AF Tarifas para 12 AUG LIS PAR, tarifas da AF taxas incluídas FD12AUGLISPAR/AF /TP/IB Tarifas para 12 AUG LIS PAR, tarifas da AF, TP, IB (máx. 3) FD12AUGLISLON/TP-B FD12AUGLISLON-OW FD12AUGLISLON/BA:AP FD14AUGLISLIS-RTW/AF FDLISAMS20FEB.T20MAR12/KL FDLISAMS20FEB.T20DEC10/KL/2 FD12AUGLISEZE/IB:P FD12AUGLISRIO/IB:A FD12AUGLISMAD/TP:G FD12AUGLISMAD/TP-PRI-POOL FD12AUGLISMAD/TP:C Consulta da tarifa com o Fare Basis indicado Consulta para tarifas com a classe de reserva B Consulta apenas das tarifas de OW Consulta de tarifas que não tenham restrições de Advance Purchase Consulta de tarifas Volta ao Mundo com Air France FD histórico com partida a 20FEB11 e data de emissão a 20MAR12 FD histórico com partida a 20FEB11 e data de emissão a 20DEC10 em Half RoundTrip e em NUC s Mostra apenas as Private Fares Mostra apenas as Airline Private Fares (carregadas pela companhia) Mostra apenas as Agency Private Fares (carregadas pela Agência) Mostra apenas as Private Fares carregadas com Account Code Mostra apenas as Net Fares (carregadas pela Agência) FDOPOMAD/TP:C As Private Fares, aparecem no Fare Display com um entre a linha e a Companhia. 30

32 Tarifas FR FR*3 Consulta do routing permitido, para a tarifa da linha 3 FDC*3//TP Consulta da tabela Secondary Booking Code Exceptions, para a tarifa da linha 3, Envolvendo percursos com a TP FN*2/S Sumário da nota da tarifa da linha 2 FZS1 Conversão do valor indicado na linha 1 do FD, para a moeda local Passenger Type Codes Tarifas - PTC PTC (enter) lista de todos os Passenger Type Codes Alguns dos PTC (Passenger Type Codes) mais frequentes CMA ADT CMP CNN EMI INF ITX LBR LIF LNN SRC SRR STR STU UNN UNR YTH Adult with companion (Adulto com Acompanhante) Adult (adulto) Companion (Acompanhante) Accompanied child (Criança Acompanhada) Emigrant (Adulto Emigrante) Infant without a seat (Bébé não ocupando lugar) Individual inclusive tour (Adulto tarifa Inclusive Tour) Laborer/worker (Adulto Trabalhador) Laborer infant without a seat (Bébé não ocupando lugar com tarifa de Trabalhador) Laborer/worker child (Criança com tarifa de Trabalhador) Senior citizen ( Desconto Idoso) Senior citizen resident (Desconto residente Idoso) State resident (Adulto Residente) Student ( Estudante) Unaccompanied child ( Menor Desacompanhado) Unaccompanied child resident (Menor Desacompanhado tarifa Residente) Youth confirmed (Jovem) Nota: qualquer código com NN (como por exemplo CNN), as letras deverão ser substituídas pela idade (sempre 2 números C08 ou U06). Excepções: STU, YTH e SRC devem também ser seguidos da idade (ex. STU14) 31

33 Tarifas PTC PTD/CHILD Procura do PTC pelo descritivo Passenger Type Codes Fare Display FD18AUGPDLLIS/S4*STU Fare Display para tarifas de estudante (STU) Para confirmar a que tipo de público (elegibilidade) se destina uma tarifa, deve consultar a Categoria 01 da Nota. FN*1/01 32

34 Passenger Type Codes Fare Quote Tarifas - PTC FQ*ITX Algumas situações de exceção: Tarifas de Estudante STU Verificar a idade elegível para esta tarifa: FQ*STU16 FQ*STU14 Neste caso, se inserimos uma idade fora do elegível, o sistema oferece uma tarifa, mas não assumiu o tipo de passageiro. 33

35 Tarifas - PTC Crianças acompanhadas, em reservas separadas CNN/ACC Por vezes temos uma situação, em que uma criança viaja acompanhada de um adulto, no entanto está numa reserva sozinha. Para este tipo de situações existem alguns procedimentos a ter em conta: Deve ser inserida uma informação na reserva, que informa a companhia, de que esta criança viaja na companhia de um adulto, fazendo referência à reserva do mesmo. SI. TP*TCP 2 MR TESTE RLOC TZBDQ2 Para além disso, ao fazer o Fare Quote, deve inserir-se uma informação adicional: FQ*C10/ACC Neste caso a entrada normal de Fare Quote, não ofereceria o desconto. FQ 34

36 Informações sobre Taxas Tarifas - FTAX Se pretender obter informações sobre taxas relacionadas com um determinado país ou sobre a aplicação da taxa de PFC Passenger Facility Charge, por uma companhia de aviação e respectivo valor correspondente a uma cidade fará: FTAX FTAX-I FTAX-FR FTAX*PFC-JFK FTAX*PFC-DL FTAX-US/ATL Lista por ordem alfabética dos Países que cobram taxas Lista de Países começados por I que cobram taxas Informação das taxas de França Passenger Facility Charges para JFK Requisitos de aplicação da taxa PFC para a Delta Informação se a cidade de ATL tem a taxa rural FTAX*PFC-EWR No Fare Quote, a taxa PFC, aparece com o código XF e é indicada da seguinte forma: código do aeroporto onde se aplica e valor original em USD Conversão Cambial moeda local/nuc Tarifas - FZI FZIEUR FZICHF.20FEB12 FZI/ALL FZINUC503.56EUR Consultar ROE Iata para moeda Euro Consultar ROE Iata para moeda Euro numa data passada ROE de todas as moedas Converte NUC para Euros à data de hoje FZINUC503.56EUR.20FEB12 Converte NUC para Euros a 20 Fevereiro

37 Conversão Cambial moeda local Tarifas - FZS FZSGBP230.00EUR FZS3 FZSDKK Converte Libras para Euros Converte o valor da tarifa da linha 3 do Fare Display Consulta do Bank Selling Rate das coroas dinamarquesas Lista de moedas por país Tarifas - FBT FBT*SGD FBT*TH FZS1USD FBT* Pelo código da moeda Pelo código do país Partindo do Fare Display, referindo a linha, converte valor para outra moeda (EUR) Tabela com o nome do país e respectivo código, moeda usada e respectivo código e casas decimais 36

38 Fare Quote obtenção de tarifa Tarifas Fare Quote - FQ O sistema Galileo, distingue três tipos de passageiros (PTC), adulto, criança e bebé, quando é feito o pedido de tarifa, com base na informação que é inserida no Name Field. O sistema, gera automáticamente para a companhia, o SSR obrigatório. FQ Esta entrada permite obter a tarifa, de acordo com a classe reservada e algumas informações adicionais importantes: Valor da tarifa por PTC, taxas e total. 37

39 Tarifas FQ que fez o Fare Quote, a tarifa expira. A tarifa é garantida no ato de emissão. Às 23h59 do dia em Informação sobre outras taxas aplicáveis, a consultar. Data limite para emissão, de acordo com a tarifa. Assume automaticamente a chapa da companhia emissora. Adicionalmente, aparece também informação relativa à Bagagem Permitida. Caso pretenda visualizar de novo este display: FQ* Fare Quote entradas de follow-up Tarifas Entradas de follow-up Após o Fare Quote, é possível obter informação adicional, através de entradas de follow-up: Para ver os detalhes da construção tarifária em formato horizontal: F*Q 38

40 Tarifas Entradas de follow-up Para ver os detalhes da construção tarifária em formato vertical: FQL Para ver os componentes tarifários: FQN Após a entrada anterior, pode consultar a nota e o routing de cada componente: FN1 Consulta da nota do componente 1 mostra as categorias disponíveis FN1/16 Consulta da nota do componente 1 categoria 16 FR2 Consulta o routing do componente 2 39

41 Tarifas - Ticketing Fees Fare Quote informação de Ticketing Fee (FO) Está disponível agora um novo campo em todas as entradas de Fare Quote. Este campo disponibiliza informação sobre taxas de emissão aplicadas pelas companhias na emissão de bilhetes eletrónicos, bem como a cobrança das mesmas no acto de emissão. Fica ao critério de cada companhia a política de cobrança, bem como informar os agentes de viagens. No nosso mercado, atualmente as taxas aplicam-se a pagamentos com cartão de crédito e são cobradas apenas em viagens com origem em determinados países. FQ >FQ PSGR FARE TAXES TOTAL PSG DES FQM 1 GBP ADT GRAND TOTAL INCLUDING TAXES **** GBP **ADDITIONAL FEES MAY APPLY** SEE >FO ADT SUM IDENTIFIED AS UB IS A PASSENGER SERVICE CHARGE ADT LAST DATE TO PURCHASE TICKET: 21AUG08 ADT E-TKT REQUIRED ADT TICKETING AGENCY XG4 ADT DEFAULT PLATING CARRIER LH Utilizar a tecla do Tab para consultar as taxas de emissão aplicáveis ao itinerário. FO Neste ecrã aparece: TKT FEES - LH DESCRIPTION BASE EUR TX EUR TTL EUR ADT CC FEES - LH OBFCA CC FEE > Os títulos: TKT FEES (emissão) e CC FEES (cartão de crédito) Companhia emissora Códigos das taxas: Formas de pagamento Emissão Código Definição Código Definição FCA Todos os cartões de crédito T01 Taxa de emissão código 1 ( vai FC1 Cartões de crédito com a numeração a começar em 1 até ao 20) FC3 Cartões de crédito com a numeração a começar em 3 T90 Taxa de reemissão código 1 (vai FC4 Cartões de crédito com a numeração a começar em 4 até ao 99) FC5 Cartões de crédito com a numeração a começar em 5 FC6 Cartões de crédito com a numeração a começar em 6 Nota: neste momento apenas os códigos para os cartões de crédito estão a ser utilizados, os códigos para taxas de emissão serão para uso futuro. 40

42 Tarifas - Ticketing Fees FO1 Caso pretenda visualizar a informação no Filed Fare : TKT FEES - LH DESCRIPTION BASE EUR TX EUR TTL EUR ADT CC FEES - LH OBFCA CC FEE > Nota: a taxa não é adicionada à tarifa. Aparece apenas a título informativo. Só na emissão é que é incluída no montante a cobrar ao cliente. Quando não houver taxas a aplicar, aparece a seguinte informação: TKT FEES - KL DESCRIPTION BASE EUR TX EUR TTL EUR ADT CC FEES - KL NO ADDITONAL FEES APPLY Novo modificador para inibir a cobrança da taxa OB: Um novo modificador de emissão foi criado para ser possível inibir a cobrança da taxa OB. Este modificador pode ser inserido na entrada de TMU ou na entrada de emissão TKP: TMU1/OBX TKP1/OBX Nota: a utilização deste modificador, implica uma autorização da companhia, sendo da responsabilidade exclusiva do agente de viagens. Outras alterações: Nova resposta na emissão: ELECTRONIC TKT GENERATED TTL FARE EUR CARRIER FEES GENERATED TTL EUR 7.50 TTL FARE/CARRIER FEES EUR SUPPORTING DOCUMENTS GENERATED MIR GENERATED - TTL FARE/CARRIER FEES EUR RECORD LOCATOR: >*XT9ZWY ITINERARY/INVOICE GENERATED Nova informação no Relatório de Vendas HMPR: DOC PRODS JEN TINS REPORT 02 DEC 08 CURRENCY CODE GBP IATA NUMBER A/L TKT/STOCK NBR PASSENGER NAME FARE TAX COMM FOP *FEES 125E SMITH/JOHNMR CK 131E JONES/MARGARETMS CC * CC 016E BROWN/CHARLESMR CR IN 41

43 Tarifas - FQBB FQBB Fare Quote Best Buy Esta entrada permite obter a melhor tarifa com disponibilidade para os voos reservados. Caso concorde com a tarifa oferecida pelo sistema, terá de confirmar a mesma com a entrada FQBBK, que o sistema coloca no final do ecrã. Para tal basta utilizar o Tab. Caso pretenda visualizar de novo este display: FQBB* Para ver, em detalhe, a tarifa dada pelo sistema, deverá fazer: *FF1, obtendo o seguinte: Na última linha, podemos ver a informação que foi inserida, relativa à emissão. O sistema assume automaticamente a companhia emissora: 42

44 Tarifas - FQBB Fare Quote Best Buy com modificadores Por vezes a procura que pretendemos, é mais complexa. As seguintes entradas permitem fazer uma busca mais pormenorizada: Situação: o passageiro pretende viajar em Business. O FQBB vai procurar a tarifa mais barata, logo oferece-lhe classe Económica. Para obter a tarifa mais barata em Business deve especificar o código BUSNS: FQBB++-BUSNS Situação: o passageiro pretende viajar ida em Económica e a volta em Business. O FQBB vai procurar a tarifa mais barata, logo oferece-lhe classe Económica. Para obter a tarifa mais barata nestas condições deve utilizar o código AB, para o sistema fazer uma busca da tarifa mais barata dentro das cabines efectivamente reservas (as booked). Para isso deve reservar os segmentos nas classes correspondentes aos serviços pretendidos: FQBB++-AB 43

45 Tarifas - FQA FQA Fare Quote Alternativo O sistema oferece a tarifa mais económica dentro da classe de reserva (caso existam 2 ou mais tarifas para a mesma classe). Esta entrada permite obter as diferentes tarifas alternativas para uma determinada classe de reserva. O agente terá de escolher a que pretende aplicar. FQA oferece até 4 alternativas. Para ver os detalhes das tarifas oferecidas: F*Q Para registar a segunda tarifa oferecida, basta fazer FF2: 44

46 Fare Quote histórico Tarifas Fare Quote Histórico Á semelhança do Fare Display, é possível obter informação histórica de tarifas (até um ano), na entrada de Fare Quote. FQ.H12SEP11 FQ.H12SEP11/S1.3 Entrada de Fare Quote, especificando Ticketing Date. Cálculo automático para remissões parcialmente utilizadas. Entrada de Fare Quote, especificando Ticketing Date e os segmentos a tarifar o S1 está no *H do BF. Cálculo automático para remissões parcialmente utilizadas. Exemplo de Reemissão com a entrada de Fare Quote histórico: Situação: pax já iniciou a viagem. Pretende alterar o regresso. Para poder utilizar o Fare Quote Histórico, é necessário utilizar a reserva original. 1.1SANTOS/MARCOMR 2. TP 449 E 24AUG ORYLIS HK ***** HISTORY ** NON-ACTIVE PRODUCTS ** 1 TP 436 V 23JUL LISORY HK O* Tarifa cobrada no bilhete original: P1 SANTOS/MARCOMR ADT G E LIS TP PAR TP LIS NUC167.26END ROE FARE EUR TAX 4.03PT TAX 7.97YP TAX 16.99FR TAX 1.00IZ TAX 10.53QX TAX 86.00YQ TAX 35.00XP TOT EUR S1 S2 ***ADDITIONAL FEES MAY APPLY*SEE>FO1 FB-VTAPFR BG-1PC NB-23JUL NA-23JUL FB-ETAPFR BG-1PC NB-24AUG NA-24AUG TKT: NAME: SANTOS/MARCOMR ISSUED: 20JUL12 FOP:CASH PSEUDO: 3K08 PLATING CARRIER: TP ISO: PT IATA: USE CR FLT CLS DATE BRDOFF TIME ST F/B FARE CPN USED TP 436 V 23JUL LISORY 0705 OK VTAPFR 1 NVB23JUL NVA23JUL OPEN TP 449 E 24AUG ORYLIS 2035 OK ETAPFR 2 NVB24AUG NVA24AUG Bilhete original emitido a 20JUL12. FARE EUR TAX 4.03 PT TAX 7.97 YP TAX XT TOTAL EUR LIS TP PAR TP LIS NUC167.26END ROE XT 16.99FR 1.00IZ 10.53QX 86.00YQ 45

47 Alterar a reserva: Tarifas Fare Quote Histórico 1.1SANTOS/MARCOMR 2. TP 449 E 24AUG ORYLIS HK TP 443 H 26AUG ORYLIS HS Pedir o novo Fare Quote: FQ.H20JUL12 FQ.H20JUL12 P1 SANTOS/MARCOMR ADT M EUR LIS TP PAR TP LIS NUC311.43END ROE FARE EUR TAX 4.03PT TAX 7.97YP TAX 16.99FR TAX 1.00IZ TAX 10.53QX TAX 86.00YQ TOT EUR ***ADDITIONAL FEES MAY APPLY*SEE>FO2 S1 FB-VTAPFR BG-1PC NB-23JUL NA-23JUL S2 FB-HTAPFR BG-1PC NB-26AUG NA-26AUG O sistema refaz o cálculo, somando à metade da tarifa voada, metade da nova tarifa aplicável, com valores válidos à data de emissão do bilhete original. O sistema valida a nota da tarifa com excepção da Categ. 16, relativa às restrições de alteração sendo que será sempre necessária a sua consulta e atuar de acordo com a mesma. Nota: situações tais como reemissões de reemissões e upgrade total de tarifa não podem ser calculados através desta entrada. FD23JUL12LISPAR/TP.T20JUL12-E FN*1/16 Continuando os passos para a remissão. Consultar a nota da tarifa: Entrar na máscara e retirar as taxas pagas. Inserir a taxa DU do penalty. Gravar a máscara e a reserva. FBUTAX1/+TAX2/+TAX3/+TAX4/+TAX5/+TAX6/ FBUTAX1/60.00DU/+TTL/ Continuar para a remissão, normalmente. 46

48 Focalpoint Shopping Tarifas - :FS Para o seguinte itinerário, podemos utilizar a funcionalidade :FS. 1. TP 432 H 20OCT LISORY HS O E TH 2. TP 447 H 28OCT ORYLIS HS O E FR Esta função, não só nos oferece a melhor tarifa (apresentada no FQBB), como o mesmo percurso numa outra companhia aérea faz portanto uma busca muito mais abrangente. O exemplo seguinte oferece para o itinerário acima 22 opções de preço para 150 opções de itinerários: Na opção 1 oferece apenas o, no entanto, nas restantes opções, se desejável, deve fazer-se o. Pode também a partir daqui consultar notas de tarifas e respectivos detalhes, bem como continuar a consultar as restantes 149 opções oferecidas. Focalpoint Shopping O Focalpoint Shopping permite a procura de tarifas sem necessidade de fazer uma reserva. Os passos a ter em conta quando utiliza o Focalpoint Shopping: 1. Procura da melhor tarifa 2. Elaboração de reserva 3. Arquivo da tarifa no booking file 47

49 :FSLIS20OCTLON01NOVLIS Tarifas - :FS O sistema faz uma busca, mostrando 30 opções de preços diferentes, para 150 opções de itinerário. Mostra do mais barato para o mais caro. A partir deste ecrã, pode: Iniciar a reserva, reservando os segmentos Consultar os detalhes desta tarifa Consultar as notas da tarifa, por componente tarifário Ver outras opções de voos para o mesmo valor tarifário Ao clicar em, o sistema bloqueia os lugares: Voltando a Focalpoint, faz *R, e aparecem os segmentos vendidos. Tem apenas que acabar de inserir os restantes elementos da reserva. *R 48

50 Tarifas - :FS FSLIS20APRPAR25APRLIS+P1.2*C10 FS2LIS20APRPAR25APRLIS FSLIS20APRMAD--BCN25APRLIS FSLIS20APRMIA20APRLIS++//*A FSLIS20APRMAD20APRLIS+:P FSLIS20APRMAD20APRLIS+:P00 FSLIS20APRMAD20APRLIS+:NR FSLIS20APRMAD20APRLIS-BUSNS Para mais informações, consultar H/FS Pedido de tarifas para 1 ADT + 1 CHD Pedido de tarifas para 2 ADT Pedido de tarifas com percurso surface Pedido de tarifas com preferência a voos da Star Alliance Pedido de tarifas Private apenas Pedido de tarifas sem Penalty Pedido de tarifas sem restrições Pedido de tarifas para a cabine de Business Consulta dos Acordos de Interline Emissões - Acordos de Interline Existem situações de exceção que obrigam à consulta dos Acordos de Interline entre as Companhias Iata. Recomedamos que após consulta destas tabelas, confirme sempre com a companhia envolvida, bem como restrições na nota da tarifa a emitir. A consulta dos Acordos de Interline pode ter como base a: Validação por Companhia emissora DT/IAT/DIS AF Y- TP not mandatory significa que a TP não tem que estar obrigatoriamente envolvida no itinerário. Validação por Transportador DT/IAT/DIS*GA Display das companhias que podem emitir quando a GA está envolvida. 49

51 Emissões - Cartões de Crédito Consulta dos Cartões de Crédito aceites pelas companhias Esta informação é inserida pela Companhia, pelo que é da sua total responsabilidade. DT/AAR/DIS-TP DT/AAR/DIS-MS Neste caso, a companhia MS não aceita qualquer cartão de crédito. Pedido manual de autorização do Cartão de Crédito A autorização do Cartão de Crédito é obtida automaticamente no acto de emissão, mediante a introdução do nº do cartão de crédito como forma de pagamento. No entanto, é possível pedir uma autorização manual via sistema, sem ser necessário obrigatoriamente uma emissão. JV /V1 JV /T210.00/D1212/MTP Verifica apenas, não gera Approval Code Gera approval Code JV Entrada obrigatória 3739 Nº do cartão de crédito / Separador obrigatório T T seguido do valor a aprovar / Separador obrigatório D1212 D seguido da data de validade do cartão / Separador obrigatório MTP M seguido do código da companhia a creditar 50

52 Onde encontrar o código de autorização Emissões - Cartões de Crédito O código de autorização fica registado no *HTE. No entanto é também possível encontrá-lo no Relatório de Bilhetes: HMPR*E TRG131 TP E IT S TESTE/MR PGPWLI YQ 12.74PT 21.13YP ************4531 MTRG131 3K YOWPT G IT554EUR Consulta da comissão Emissões - Comissão O valor da comissão é automaticamente inserido pelo sistema, caso a companhia tenha fornecido essa informação previamente. Para consultar a tabela da comissões carregadas no sistema: CGCTD/CLH Consulta da comissão para a companhia LH A informação aqui inserida refere-se ao valor percentual da comissão da companhia, para percursos domésticos e internacionais, tendo como ponto de venda Portugal. Caso a companhia não tenha disponibilizado o valor, aparece a seguinte informação: A comissão terá que ser inserida através do modificador de emissão Z. É possível ainda consultar a comissão que o sistema irá assumir, antes da entrada da emissão, e tendo presente o *FF da reserva. TPC1 Consulta da comissão assumida para o FF1 51

53 Emissões - Comissão Caso pretenda outra comissão deverá utilizar o modificador de emissão Z. Exemplo: TKP1Z0 Emissões Relatório de Documentos emitidos Relatórios de Documentos emitidos Estes relatórios registam a produção diária, e mantêm registos até 32 dias de emissões. HMPR HMPR/12AUG HMPR/D HMPR/C-TP ou 047 HMPR*E/T HMPR/REF HMPR/REF/12AUG-15AUG HMPR/MCO HMPP HMPP/T HMPP/12AUG-15AUG HMPS HMPS/P Mostra a actividade do dia, por ordem numérica de documento Mostra a actividade de um determinado dia Mostra as emissões em voos domésticos (I=internacionais) Mostra o relatório dos ETK por companhia Mostra o relatório dos ETK apenas com totais Mostra o relatório apenas dos reembolsos Mostra o relatório apenas dos reembolsos Mostra o relatório apenas dos MCO s Mostra o relatório da actividade do período corrente (BSP) Mostra o relatório da actividade do período corrente, apenas totais Mostra o relatório da actividade BSP num determinado período Mostra um sumário dos documentos emitidos no corrente período Mostra um sumário dos documentos emitidos no período anterior Status do bilhete electrónico Os seguintes status podem constar num bilhete electrónico. Emissões Status do ETK Estado OPEN ARPT UNVL CKIN LFTD SUSP EXCH FLWN USED RFND VOID CLSD REMV PRTD Definição Por usar Airport Control, a Companhia que opera o voo tem assegurado o coupon antes do horário da partida A Companhia determinou que o coupon deixou de ser válido tal como emitido. É preciso reemitir ou reembolsar o bilhete Pax fez Check-in /caso necessário anular tkt, é necessário cancelar o Check-in primeiro Pax embarcou A companhia suspendeu o uso do coupon Reemitido Usado Usado Reembolsado Void A Companhia determinou que o coupon deixou de ser válido A Companhia retirou os dados da emissão do seu sistema, após o bilhete ter sido todo usado Bilhete reimprimido no aeroporto ou a companhia aérea emitiu um bilhete de papel para substituir o bilhete electrónico. Para consultar os Status dos ETK: H/ETST 52

54 Emissões - MCO MCO s MCO significa Miscellaneous Charges Order, e pode ser usado para pagamento de serviços como excesso de bagagem, pagamento de penalidades numa reemissão, garantias de grupos, pagamentos de taxas de crianças menores não acompanhadas, etc. Eis os passos para a construção de um MCO referente à garantia de um grupo: MCOB MCOB/P1 (Pax 1) Este comando mostra a lista de razões para a construção do MCO, basta fazer Tab, colocar a letra correspondente à razão e enter. A seguinte máscara aparece para preenchimento. Field: NAME TO AT FOR FOP AMOUNT COMM PTA OR TOD FEE PER MCO/PERSON AMT/PCT TAXES MCO REMARKS Explanation: Nome do passageiro Companhia aérea e localização à qual se refere o serviço Descrição do serviço Forma de Pagamento Moeda e valor do MCO. Se aplicável, deverá informar equivalente e BSR Comissão M se o fee é por MCO ou P se é por pessoa (se aplicável) Se o fee é aplicável, A para montante, ou P para percentagem seguidos do valor. Por defeito N. Y se tiver taxas a incluir Por defeito N. Para adicionar qualquer frase ou indicação necessária deve mudar para Y. 53

55 Emissões - MCO Utilize o Tab: No final, dê enter e a resposta do sistema aparece. Para gravar o MCO na reserva, MCOF Gravar a informação na reserva (R.P+ER). Aparece um novo campo na reserva: *MCO Para imprimir o MCO: MCOP1 É gerado um nº de documento. É gerado um Vendor Remark automático para a Companhia. A informação fica também no *HTI. 54

56 Copiar MCO Emissões - MCO É possível copiar um MCO já existente num Booking File (já emitido ou não). Para tal deve ter a reserva aberta e entrar no *MCO: *MCO01 No final da máscara, fazer a entrada MCOCOPY01. É gerado um MCO02. Basta finalizar com MCOF e R.SN+ER. Relatório de Vendas: O MCO fica reportado no HMPR com a letra M entre a numeração da companhia e a numeração do documento. VOID MCO TRV/ Entrada TRV/ seguida do nº do documento TASF Emissões - TASF TASF significa Travel Agency Service Fee. É uma solução Iata que permite às Agências de Viagens Iata, cobrar ao seu cliente despesas de prestação de serviço (Service Fees) inerentes à sua actividade relacionada com emissão de bilhetes aéreos, reservas de hotéis, carros, etc... Deverá consultar a regulamentação relativa à mesma, no site da IATA, a qual refere o valor máximo por documento em Portugal ( EUR ). Emissão da TASF Para emissão da TASF, é necessário ter uma reserva com um segmento activo (avião, carro, hotel). A emissão da TASF não é uma transacção em papel, pelo que não é possível retransmiti-lo. A TASF não figura no Viewtrip. 55

57 SFPEUR20.00 Emissões - TASF Nota: Todos os elementos podem ser alterados à excepção do amount. Se este estiver incorrecto, deve ignorar esta máscara e pedir novo comando com valor certo. No TASF deve, sempre que possível referir o Related tkt number. Utilize o Tab para preencher os campos necessários e dê enter no último. A informação da TASF aparece na reserva: *HTI No histórico: *H No relatório de Vendas: As transações TASF ficam reportadas no HMPR com a letra F entre a numeração de companhia e a numeração do documento : 954F

58 Emissões VOID TASF VOID TASF TRV/ Entrada TRV/ seguida do nº do documento Emissões - Revalidação Revalidação de bilhetes A revalidação do bilhete electrónico é válida, quando a alteração efetuada, não envolve rerouting, nem alteração/cobrança de valores. O status do coupon deve estar em OPEN ou ARPT. No caso do status CKIN e o passageiro já não pretender viajar, será necessário alterar o status para OPEN (contactando a Companhia Aérea, para de seguida poder anular o bilhete). A Companhia Aérea pode ou não disponibilizar esta funcionalidade. TKRETS2/TN /C2/NVB21OCT12/NVA21OCT12 TKRET Entrada obrigatória S2 Segmento da reserva que sofreu alteração / Separador obrigatório TN125 Ticket Number seguido do nº do documento / Separador obrigatório C2 Nº do coupon do bilhete que corresponde ao segmento da reserva / Separador obrigatório NVB /NVA Novas datas de validade - opcional TKRETS2/TNIN /C2/NVB21OCT12/NVA21OCT12 No caso da revalidação de um bilhete de Infant, o código IN deverá ser adicionado ao TN. 57

59 VOID de bilhete Ticket Manager VOID Só é possível fazer o VOID de um bilhete no próprio dia da emissão. Clicar no botão da barra de ferramentas: Com o Booking File aberto, o sistema mostra de imediato todos os bilhetes disponíveis no *HTE. Seleccionar a opção VOID. Caso o Booking File, tenha mais do que um bilhete, é possível seleccionar todos os bilhetes que se pretendem anular, clicando em. 58

60 Ticket Manager VOID Clicar em. O status do bilhete é actualizado para VOID. 59

61 Revalidação de bilhete eletrónico Ticket Manager Revalidação Nas situações em que a tarifa cobrada não tenha qualquer penalização e a alteração solicitada pelo passageiro não implique alteração de rota (ou aeroporto), é possível fazer a revalidação do bilhete. Nem todas as companhias, no entanto têm esta funcionalidade. Nesse caso terá de ser feita uma reemissão sem ADC. Clicar no botão da barra de ferramentas: Com o Booking File aberto, o sistema mostra de imediato todos os bilhetes disponíveis no *HTE. Clicar no botão. Aparecem os coupons do bilhete: - selecionar o coupon a revalidar - caso pretenda revalidar mais do que um, poderá clicar em - opcionalmente poderá inserir as novas validades do coupon (neste deverá revalidar um coupon de cada vez) - deve confirmar que o segmento alterado corresponde ao coupon selecionado Ao clicar em o sistema processa a revalidação. 60

62 Poderá comprovar a mesma, no *HTE. Ticket Manager Revalidação Caso a companhia não permita a revalidação, obterá a seguinte resposta: Introdução da taxa de serviço - XP Ticket Manager Alterações à máscara Introdução da XP Algumas companhias permitem a introdução de uma taxa de serviço no bilhete do passageiro. Essa taxa é identificada pelo código XP e é adicionada como mais uma taxa no bilhete. Fazer o Fare Quote como habitualmente. Após obter um Filed Fare na reserva, aceder ao Ticket Manager, clicando no botão disponível na barra de ferramentas. Seleccionar a opção acima indicada, e escolher do lado direito o Filed Fare a actualizar. 61

63 Ticket Manager Alterações à máscara Introdução da XP Seleccionar o passageiro e de seguida todos os segmentos. No campo das taxas, adicionar a nova taxa. Para tal basta colocar o cursor na última linha. Clicar em. O sistema grava a alteração na máscara e grava a reserva. 62

64 Voltando a Focalpoint, pode comprovar no *FF1, a introdução da taxa XP. Ticket Manager Alterações à máscara Introdução da XP Nota: caso haja diferentes tipos de passageiros, com diferentes taxas de serviço a aplicar, deverão ser feitos Filed Fares separados. Construção Manual de Tarifas - máscaras Ticket Manager Construção manual Existem situações, para as quais não é possível utilizar as tarifas disponíveis no Fare Display. Nesses casos é necessário fazer a construção manual da tarifa. Um exemplo: tarifa negociada para um grupo. Para se poder fazer a construção manual de uma tarifa, é necessário ter um BF devidamente finalizado. Aceder ao Ticket Manager, clicando no botão disponível na barra de ferramentas. 63

65 Ticket Manager Construção manual Pode seleccionar o pax, no caso de um BF com mais do que um passageiro. Clicar no botão Seleccione a opção indicada. Aparece o quadro seguinte com diferentes menus para preencher. Percorra os menus, preenchendo a informação de acordo com as instruções da Companhia. 64

66 Ticket Manager Construção manual Preencha os campos assinalados: Para facilitar o preenchimento, pode seleccionar todos os segmentos em e ao preencher um campo como o e clicar em, fica tudo automaticamente preenchido. 65

67 Ticket Manager Construção manual O campo do é preenchido automaticamente pelo sistema. Preencher os campos das taxas. O sistema vai inserindo linhas à medida que vamos preenchendo. Os separadores seguintes só se aplicam no caso de tarifas Private/Net. Permite inserir modificadores, que normalmente se inserem no acto de emissão: deverá seleccionar IT ou BT e inserir o Tour Code: Ao seleccionar uma das opções, o sistema irá inibir o valor da tarifa no campo FARE do bilhete. 66

68 Ticket Manager Construção manual deverá inserir o valor negociado: deverá inserir o valor da comissão. Este valor irá sobrepor-se ao do assumido pelo sistema. Corresponde ao modificador Z. 67

69 Ticket Manager Construção manual Após todos os campos necessários preenchidos, deve clicar em : O sistema grava a máscara e a nova informação na reserva automaticamente. Caso falte algum campo obrigatório, o sistema não deixa avançar e avisa quais os campos em falta. Podemos agora fechar o, clicando em. Voltando ao Focalpoint podemos ver a informação nova inserida no *FF. O sistema Galileo verifica se todos os campos obrigatórios estão preenchidos, no entanto, se estes tiverem dados errados, estes são aceites como válidos pelo sistema, pelo que é da inteira responsabilidade do Agente a correcta inserção dos respectivos dados. *FF No campo do Filed Fare aparece a letra B de Build. Os modificadores de emissão estão já introduzidos, a ordem de emissão é apenas TKP. 68

70 Galileo Toolbar A barra do Galileo pode facilmente ser adicionada ao seu Desktop. Encontra-a no site Para fazer o download deve de manter o Galileo Desktop fechado. Rooms and More Galileo Toolbar Rooms and More O Rooms and More é uma solução inovadora que oferece um amplo acesso às ofertas mundiais de alojamento. Não importa o GDS que utiliza ou sequer se usa algum. Tem total liberdade para escolher e reservar alojamento B&B (bed and breakfast), boutique, hotéis de luxo, alojamento económico e qualquer outra opção disponível. O Rooms and More também inclui um processo de pagamento de comissões simplificado que disponibiliza pagamentos mensais na moeda local e muito mais. Criação da conta Paypal Rooms and More Criação da conta Paypal 1º Passo criar uma conta Paypal em: A criação da conta Paypal não tem quaisquer custos. É necessária para poder receber as suas comissões das vendas efectuadas no site Rooms and More. 69

71 Rooms and More Criação da conta Paypal O seu registo deve ser efectuado como: Business/comercial e deve escolher a moeda EUR ( para que não tenha nenhum diferencial de câmbio quando do pagamento da comissão). Registo no site Rooms and More Registo no site 2º Passo registo no Site : https://www.travelportroomsandmore.com ou Aceder através do botão novo na sua barra de ferramentas: Aqui deverá escolher o país : Portugal Para criar a conta: Preencher os dados todos relativos à agência. Vai-lhe ser solicitado que faça o Login à sua Paypal Account. 70

72 Como fazer reservas Rooms and More Fazer reservas Aceda ao site ou click no botão disponível na sua nova barra de ferramentas do Galileo Desktop. Faça o Sign In, introduzindo o seu Login e Password: Preencher os dados necessários para a busca. Caso necessário poderá aceder a mais opções: 71

73 A busca resulta numa lista de hotéis disponíveis: Rooms and More Fazer reservas Ao selecionar o hotel, acede aos diferentes tipos de quartos e preços. Tem também disponível a comissão de cada um dos fornecedores. Após selecionar o quarto, terá acesso a informação adicional: Para mais informações sobre as reservas no TRAM, aceda ao site da, Apoio a Clientes, onde poderá fazer o download do manual completo. 72

74 Galileo Toolbar Reservas EasyJet Reservas Easyjet Trata-se de uma aplicação que permite fazer de reservas com a Easy Jet, de forma rápida e fácil. Para isso, consulte o Availability desejado e faça a venda: Pedir uma disponibilidade com link à U2: A30MARLISGVA*U2 O sistema disponibiliza informação sobre as tarifas de imediato. Para tal basta fazer TAB e colocar o cursor na linha do voo que pretende consultar. Pode consultar ainda a nota, colocando o cursos em ZFN1 ou vender diretamente. Caso necessite pode ainda voltar ao ecrã original das disponibilidades. N1Y1 O sistema gera um segmento em AK. Apresenta também o valor aproximado a cobrar. A tarifa só fica garantida após o fecho da reserva (ER). 73

75 Reservas EasyJet Se pretender visualizar os detalhes da tarifa, faça: ZFQ Outras entradas úteis: ZFQ:P2*CNN mostra os preços para todos os passageiros na reserva, considerando o Pax 2 como uma criança Para consultar informação de outros fees a cobrar: ZFEE1 Para consultar informação dos extras a cobrar: ZFCE1 Para completar a reserva com os dados do passageiro (obrigatórios nas companhias Low Cost, a criou um script que lhe permite facilmente inserir os dados. Para tal deve selecionar o botão na sua barra de ferramentas: 74

76 Surge o primeiro ecrã para preencher: Reservas EasyJet Dar um ENTER no final da última informação inserida. O sistema leva alguns segundos a processar a informação. Introduzir a informação relativa à bagagem. Dar ENTER, para processar a informação. O sistema leva alguns segundos a processar a informação. 75

77 Reservas EasyJet Na janela de Focalpoint a informação vai aparecer inserida, a reserva está completa e já obteve um código Galileo. Aparece o código EasyJet em *VL. O introduzido anteriormente aparece em *EM Após completar a reserva, pode sempre consultar a tarifa com a entrada: Z*FF São inseridos campos DI, resultantes dos ecrãs preenchidos. Os campos DI. contêm detalhes das seguintes informações: Linha 1 - Record Locator EasyJet Linha 2 - número do segmento, tipo de passageiro, número de passageiros, tarifa, taxa, total Linha 3 - número do segmento, número do voo, data do voo, horas de partida e de chegada Linha 4 - número do segmento, classe (Y) Linha 5 - cobrança em cartão de crédito Linha 6 - número do cartão de crédito e custo total Linha 7 - total Linha 8 - aparece em todas as reservas, mas só se aplica se tiver havido reserva e cobrança de bagagem de porão 76

78 Reservas EasyJet Para visualizar a informação que está no sistema da EasyJet: Z*R1 Pode fazer esta entrada após a realização de uma reserva original, ou após uma alteração. De imediato vai receber no seu as confirmações da EasyJet. Para mais informações sobre as reservas Easyjet, aceda ao site da, Apoio a Clientes, onde poderá fazer o download do manual completo. 77

79 Galileo Toolbar Reserva de Carros Reserva de Carros A base de dados CarMaster é uma poderosa ferramenta que lhe permite aceder à disponibilidade de carros, tarifas e regulamentação de venda em cerca de 28 companhias de Rent-a-Car no mundo, distribuídas em mais de estações. Os benefícios para si são inúmeros. Ao contrário das companhias aéreas, as empresas de Rent-a-Car ainda pagam comissões aos agentes de viagens. Fazendo as reservas de carros dos seus clientes através do Galileo-CarMaster poderá obter uma fonte de rendimento suplementar para a sua agencia. Antes de iniciar o processo, deve inserir em Focalpoint, o nome do cliente: N.TESTE/MR Ao seleccionar o botão acima, um ecrã será apresentado para completar com os elementos necessários a uma reserva de carro. Aparecem os seguintes menus: Menu principal onde se encontram os dados obrigatórios para a reserva e para inserir o código da tarifa de determinadas Rent a Car. Menu onde pode inserir dados relacionados com o cliente, nomeadamente o nº de cliente frequente, etc. Menu onde pode inserir o código da tarifa negociada para determinados Rent a Car. Menu onde pode solicitar Equipamento Especial Menu onde pode definir a estação ou local de retorno do carro, caso seja diferente do local de Pick-up. Menu para emissão do E-voucher. 78

80 Reserva de Carros Preencher os dados obrigatórios para a reserva de carro: Preencha de acordo com: - datas de aluguer, - horas de chegada e de devolução, - empresa de Rent-a-Car - local de aluguer (aeroporto, cidade ou estações adicionais) - tipo de carro (nas tarifas negociadas, vem especificado no contrato) As tarifas contratadas podem ser obtidas, mencionando o código correspondente no campo: ou conforme indicado pelo fornecedor. Recomenda-se o preenchimento da informação sobre o voo de chegada, para permitir ao fornecedor, garantir a entrega do carro, mesmo após horário de fecho. Conforme vai preenchendo os dados, estes vão aparecendo do lado direito do ecrã. 79

81 Reserva de Carros No menu preencher os dados do cliente: Para os pedidos de equipamento especial, seleccionar : Neste solicitamos um banco elevatório para uma criança de 10 anos. Recomenda-se que se inclua em texto livre informação relativa à idade da criança. Ao seleccionar, obtém o resumo da venda do carro. Deve ter em conta que apesar de não ter finalizado a reserva com os campos obrigatórios do booking file, já tem um número de confirmação. Aqui, vai também encontrar o Approximate Total, já incluindo todos os valores descritos na regra correspondente a este tipo de carro. Nesta fase, poderá voltar ao Focalpoint de forma a terminar os campos obrigatórios em falta. 80

82 Reserva de Carros Emitir E-voucher A Avis, Europcar, Hertz e Sixt permitem a emissão do E-voucher, para tal deve fazer-se um primeiro contacto com a empresa em questão e a partir daí poderá emitir. Existem 3 tipos de e-voucher: Full Credit Para pagamento da totalidade do aluguer incluindo eventuais extras (equipamento especial, dias extras, upgrade, etc). Group/Day Para pagamento de Determinado numero de dias de aluguer. Eventuais extras serão pagos directamente no momento da devolução (drop-off) do carro. Specified Value Para pagamento de valor fixo. Eventuais extras serão pagos directamente no momento da devolução (drop-off) do carro. CAM1O/EVV-FC/BN CAM Car Modify 1 Nº do segment O Opcional EVV E-voucher FC Full Credit BN Billing Number (nºiata) CAM1O/EVV-FC/BN CAM Car Modify 1 Nº do segment O Opcional EVV E-voucher GDA Group/Day BN Billing Number (nºiata) CAM1O/EVV-EUR156.00/BN CAM Car Modify 1 Nº do segment O Opcional EVV E-voucher EUR Valor do voucher BN Billing Number (nºiata) A companhia de Rent-a-Car devolve o número de confirmação para aceitação do E-voucher. Após gravar a reserva, a informação do E-voucher aparece em *I 81

83 Alterar E-voucher Reserva de Carros CAM1O/EVV-XXX CAM Car Modify 1 Nº de segmento O Opcional EVV E-voucher XXX Retira o valor do voucher Inserir nova entrada para emissão e gravar a reserva. O sistema gera novo nº de E-voucher. Ao cancelar a reserva o E-voucher é cancelado automaticamente. A informação está disponível no Alterar reservas de carros Algumas alterações, tais como mudança de datas ou tipo de carro implicam cancelamento e nova venda. Poderá alterar os campos seguintes: Datas de aluguer Tipo de carro Campos opcionais modificador D modificador T modificador O A entrada base para alterar é: CAM Para alterar as datas de uma reserva: CAM1D/16OCT-21OCT CAM Car Modify 1 Nº de segmento D/ Qualificador de data com separador 16OCT-21OCT Novas datas 82

84 Cancelar reservas de carros Reserva de Carros Quando efectua uma reserva de carro, a mensagem segue imediatamente para a empresa de Rent-a- Car antes mesmo do End-Transaction. Deste modo nunca deverá ignorar (I) o segmento, pois corre o risco da mensagem de cancelamento não chegar e da reserva se manter activa no sistema do Rent-a-Car. Para cancelar uma reserva de carro deverá utilizar: X1 cancela o segmento 1 XC cancela todos os segmentos de carro Nota: não utilizar nunca XI. (Mesmo que a reserva de carro esteja no mesmo BF que a reserva aérea) Consulta de informação CAVS1 Consulta das condições da reserva do segmento de carro 1 CADS1 Consulta das páginas de informação do fornecedor do segmento de carro 1 CADSX LIS Consulta das páginas de informação de um fornecedor específico SX numa determinada estação 83

85 ETA Electronic Travel Authority Visto para Austrália ETA O sistema ETA foi introduzido pelo Departamento de Imigração Australiano para substituir o visto de papel e agilizar o processo de autorização de entrada na Austrália. Este processo não tem qualquer custo. Portugal faz parte da lista de países eleitos para o sistema ETA. Emissão do ETA A emissão do ETA faz-se através do display de uma máscara, não sendo necessário ter uma reserva: TIETAR Preencher a máscara, utilizando o Tab. Não usar a tecla do Delete. Legenda: Type of travel: V BS BL Visitante ou Turista Válido pelo período máximo de 12 meses, com múltiplas estadias com duração de 3 meses cada. (Visitor) Trabalho de curta duração Válido pelo período máximo de 12 meses, com Múltiplas estadias com duração de 3 meses cada. (Business short stay) Trabalho de longa duração Válido pelo período de validade do passaporte (máximo 10 anos), para múltiplas estadias com duração de 3 meses cada. (Business long stay) Ao dar enter, aparece uma 2ª máscara para preencher: 84

86 Visto para Austrália ETA Ao dar enter, aparece uma 3ª máscara para preencher, para confirmação dos dados inseridos anteriormente: Finalmente o último ecrã, onde aparece a aprovação do visto. O sistema ETA é puramente electrónico, pelo que não gera qualquer documento em papel. Pode optar por imprimir o ecrã final onde aparece a aprovação e entregá-lo ao seu cliente como comprovativo. Alterações a um ETA já emitido Caso pretenda fazer alterações a um ETA já emitido, pode fazê-lo através do histórico: TIETAH Aparece uma listagem com os ETA pedidos. Para seleccionar o que pretende, inserir o nº correspondente: 85

87 Visto para Austrália ETA Caso o pedido de visto já tenha mais de 7 dias, nos vistos V e BS, e 30 dias, para os vistos BL, já não é possível fazer qualquer alteração. A solução é solicitar um novo visto. Caso não obtenha aprovação para o pedido de visto, terá que contactar a embaixada da Austrália em Portugal. Consulta das páginas de informação do ETA Pode ainda consultar informação disponível sobre o ETA em: TIETAS A entrada de Scrolling é EAPN. Para informações adicionais: - encontra um manual sobre ETA em - contactos para problemas referentes a ETA (Paris): Fax

Manual Travelport Rooms and More

Manual Travelport Rooms and More Manual Travelport Rooms and More ÍNDICE Introdução......... 2 Criação da conta Paypal.......... 3 Registo no site............... 4 Fazer o LOGIN.... 5 Fazer o LOGOUT...... 5 Pesquisa de hoteis..... 6 Opções

Leia mais

Tarifamento e Reemissão TAM com taxa DU 2011.1

Tarifamento e Reemissão TAM com taxa DU 2011.1 Tarifamento e Reemissão TAM com taxa DU 2011.1 Para download de apostilas e inscrição em cursos visite o nosso Portal de Treinamento www.travelportbrasil.com.br/treinamento Treinamento: Helpdesk: treinamento.br@travelport.com

Leia mais

ÍNDICE. Manual Reservas EasyJet - May 2013 1

ÍNDICE. Manual Reservas EasyJet - May 2013 1 Manual de Reservas ÍNDICE Reservar a partir de uma disponibilidade........ Campos obrigatórios........ 4 Campos opcionais............. 4 Fare Quote........ 5 Additional Services.......... 6 Sports Equipment........

Leia mais

Manual de Curso. Reemissões e Reembolsos

Manual de Curso. Reemissões e Reembolsos Manual de Curso Reemissões e Reembolsos Curso promovido em parceria Índice Introdução.. 2 Reemissões Generalidades.... 3 Regras gerais....... 4 Revalidação... 6 Antes do início da viagem sem cobrança de

Leia mais

Agilidade no processo de vendas feito pelos agentes de viagem no ponto de venda Brasil Garantia de cobrança da taxa DU, quando aplicável

Agilidade no processo de vendas feito pelos agentes de viagem no ponto de venda Brasil Garantia de cobrança da taxa DU, quando aplicável Taxa DU da TAM automatizada no sistema A partir de de março de 24 a forma de aplicação da taxa DU da TAM no Galileo mudará, deixando de ser via script e passará a ser aplicada automaticamente no comando

Leia mais

TICKET MANAGER Manual do Utilizador

TICKET MANAGER Manual do Utilizador TICKET MANAGER Manual do Utilizador TICKET Manager O Galileo Ticket Manager foi desenvolvido para ajudar os agentes de viagens em todos processos associados à gestão de bilhetes emitidos. Os Agentes poderão

Leia mais

Sobre o Reserva Fácil

Sobre o Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil é o portal criado para simplificar o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de passagens Com rapidez e segurança,

Leia mais

O Programa experts plus é válido para o período de viagens de 01.08.2008 a 31.12.2008.

O Programa experts plus é válido para o período de viagens de 01.08.2008 a 31.12.2008. Condições de Participação no Programa experts plus Última actualização: 01 de Agosto de 2008 Com o Programa experts plus, a Deutsche Lufthansa AG (doravante designada por Lufthansa ou LH ) e a Swiss International

Leia mais

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Manual Avançado Portal Agências Sumário 1 Portal Frontur Consolidação... 3 2 Reconhecendo o Portal... 03/04/2014 3 3 Navegando e utilizando o Portal... 5

Leia mais

Galileo Smartpoint. Reembolso. Março, 2014

Galileo Smartpoint. Reembolso. Março, 2014 Galileo Smartpoint Reembolso Março, 2014 1 Sumário REEMBOLSO AUTOMÁTICO... 3 VISUALIZADOR DO E-TKT... 4 REGRA TARIFÁRIA... 5 E-TKT REEMBOLSÁVEL INTEGRALMENTE... 7 E-TKT REEMBOLSÁVEL INTEGRALMENTE COM MULTA...

Leia mais

TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO

TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO Travelport 1 TABLE OF CONTENTS TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO... 1 DESCRIÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 REQUISITOS MÍNIMOS DO SISTEMA...

Leia mais

Amadeus Selling Platform

Amadeus Selling Platform Amadeus Selling Platform Versão 6.1 Distribution & Content

Leia mais

Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick

Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick RESERVAS DE HOTEL Treinamento: treinamento.br@travelport.com Helpdesk: 3351 7201 (São Paulo) (11) 3549-5400 ramal 5434 ou 5429 0800 883 0028 (Outras localidades)

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

GUIA PRÁTICO OPERACIONAL

GUIA PRÁTICO OPERACIONAL 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL Conteúdo APRESENTAÇÃO HOME Parte 1... 8 Parte 2... 9 Parte 3... 10 PESQUISAS Principais recursos de aéreo, hotel e carro AÉREO... 13 Apresentação... 13 Pesquisa Voos... 14

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 2.0 23 Janeiro 2009

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 2.0 23 Janeiro 2009 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 2.0 23 Janeiro 2009 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...4 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...5

Leia mais

COMO EFETUAR UMA RESERVA GOL NO SISTEMA GALILEO

COMO EFETUAR UMA RESERVA GOL NO SISTEMA GALILEO COMO EFETUAR UMA RESERVA GOL NO SISTEMA GALILEO INTRODUÇÃO É com grande satisfação que informamos que a GOL linhas Aéreas Inteligentes, a partir de 05/12/2006, disponibilizará o seu conteúdo de vôos para

Leia mais

Opção Tradução Objetivo

Opção Tradução Objetivo São Paulo, 12/04/2006 Circular Nº 303-A-06 Às Agências de Viagem / Empresas Aéreas Brasil Assunto : Procedimentos emissão reembolsos indiretos via BSPlink Prezado Agente de Viagem, Este é um manual para

Leia mais

ScriptPro Script PNR Básico

ScriptPro Script PNR Básico ScriptPro Script PNR Básico Visão Geral Introdução Nome do Arquivo Este documento contem uma visão geral do Script de PNR Básico. BR_PNRB.CSL Arquivos complementares: ANOS.LST MESES.LST NPAX.LST PTC.LST

Leia mais

Trabalhando na Página Gráfica

Trabalhando na Página Gráfica Trabalhando na Página Gráfica A página gráfica é a principal área do Amadeus Selling Platform, pois é nela que a maioria dos comandos existentes no Sistema Central Amadeus podem ser acessados e enviados

Leia mais

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário 1. Cadastro de colaboradores...5 1.1 Cadastrar/Pesquisar um Colaborador...5

Leia mais

Manual de EMD-S/EMD-A Electronic Miscellaneous Document

Manual de EMD-S/EMD-A Electronic Miscellaneous Document Manual de EMD-S/EMD-A Electronic Miscellaneous Document ÍNDICE Introdução......... 2 Tipos de EMD........ 2 EMD-S............. 3 Inserir segmento manual na reserva... 3 Modificadores de emissão...... 4

Leia mais

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Ao abrir a caixa do CD que contém o programa EMPRESÁRIO, o utilizador aceita os termos do contracto de licenciamento deste acordo. Licença Garantias A T&T outorga-lhe

Leia mais

TRAVELPORT RESERVAS DE HOTÉIS CMNET

TRAVELPORT RESERVAS DE HOTÉIS CMNET TRAVELPORT RESERVAS DE HOTÉIS CMNET 9/9/2008 CMNET RESERVA DE HOTÉIS O que é o Roommaster? O Roommaster permite que sejam feitas reservas em mais de 44.700 hotéis em todo o mundo. É a maneira mais fácil

Leia mais

Guia de uso Reserva Fácil. Guia de uso Reserva Fácil

Guia de uso Reserva Fácil. Guia de uso Reserva Fácil Guia de uso Reserva Fácil Guia de uso Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil simplifica o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de

Leia mais

Tela de Apresentação Informe seu País. Clique no mapa das Américas (Indicado por um círculo amarelo)

Tela de Apresentação Informe seu País. Clique no mapa das Américas (Indicado por um círculo amarelo) Tela de Apresentação Informe seu País Clique no mapa das Américas (Indicado por um círculo amarelo) 2 Tela de Apresentação Informe seu País Clique em Brazil 3 Tela de Acesso Informe seu Login Digite seu

Leia mais

Para além destas, existem uma série de funcionalidades únicas do Panorama:

Para além destas, existem uma série de funcionalidades únicas do Panorama: Requisitos Windows 200 SP4/XP SP2 ou superior com IE 7 o MSXML 3.0 ou superior o Microsoft Scripting Host 5.5 ou superior o MDAC 2.8 SP1 Microsoft.NET Framework 2.0 (Service Pack 1 ou superior) Galileo

Leia mais

Guia Rápido - Copa Airlines

Guia Rápido - Copa Airlines Guia Rápido - Copa Airlines Com o intuito de ajudar o agente de viagens, criamos este guia com o objetivo de resumir e responder as principais dúvidas d do mercado. ÍNDICE. Vacina contra a febre amarela

Leia mais

INTRODUÇÃO... 2. Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3. Efetuando uma reserva... 5. Inserindo o cartão de milhas... 7. Reservando Assentos...

INTRODUÇÃO... 2. Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3. Efetuando uma reserva... 5. Inserindo o cartão de milhas... 7. Reservando Assentos... Sumário INTRODUÇÃO... 2 Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3 Efetuando uma reserva... 5 Inserindo o cartão de milhas... 7 Reservando Assentos... 7 Emitindo o bilhete... 8 Cancelando o bilhete... 9 Cancelando

Leia mais

Confirmação da reserva. Reserva Confirmada. Estado da sua reserva. Números de localizador para a reserva são: Voo: EKMXR15.

Confirmação da reserva. Reserva Confirmada. Estado da sua reserva. Números de localizador para a reserva são: Voo: EKMXR15. Facebook share Cristiano Fonseca De: no-reply@edreams.com Enviado: quinta-feira, 25 de Outubro de 2012 20:52 Para: Assunto: Confirmaçâo reserva Easyjet: EKMXR15 Confirmação da reserva Estado da sua reserva

Leia mais

Emissão Script. Galileo Smartpoint

Emissão Script. Galileo Smartpoint Emissão Script Galileo Smartpoint Abril, 2014 1 Sumário 1.0 Introdução... 3 1.1 Impressoras já linkadas:... 3 1.2 Impressoras não linkadas... 4 2. Emissão de bilhete: Faturado... 5 3.0 Emissão de bilhete:

Leia mais

Criar um PNR com os campos mandatórios Ignorar e finalizar uma transação Alterar os campos da reserva Alterar e cancelar um itinerário

Criar um PNR com os campos mandatórios Ignorar e finalizar uma transação Alterar os campos da reserva Alterar e cancelar um itinerário Lição: Total de horas: PNR 2 horas Descrição da aula: Este curso tem a finalidade de trabalhar os quatro campos mandatórios para a criação de um PNR (Passenger Name Record). Os procedimentos de como acessar

Leia mais

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais.

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. G u i a do u s u á r i o TMS TRISTAR MANAGEMENT SYSTEM Guia do Usuário TRISTAR VIAGENS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 255, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 255, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. RESOLUÇÃO Nº 255, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Estabelece regras sobre a disponibilização de Informações Antecipadas sobre Passageiros (API) e do Registro de Identificação de Passageiros (PNR). A DIRETORIA

Leia mais

Opção Tradução Objetivo

Opção Tradução Objetivo São Paulo, 21/10/2008 Circular Nº 350 Às Agências de Viagem / Empresas Aéreas Brasil Assunto : Procedimentos emissão reembolsos diretos via BSPlink Prezado Agente de Viagem, Este é um manual para o auxilio

Leia mais

BSPlink Virtual MPD v-mpd

BSPlink Virtual MPD v-mpd Os seguintes módulos para Virtual Multiple Purpose Document(MPD), podem ser encontrados no menu principal: Virtual MPD - Issue MPD = Emissão MPD - Query & Reports = Consultas e Relatórios - Configuration

Leia mais

PROMOÇÃO 2x1 AMERICAN EXPRESS

PROMOÇÃO 2x1 AMERICAN EXPRESS PROMOÇÃO 2x1 AMERICAN EXPRESS Os Titulares dos cartões The Platinum Card American Express Aeroméxico, The Platinum Card American Express, American Express Corporate Platinum Card e The Centurion Card American

Leia mais

TRIP no GDS Sabre Pronta Referência

TRIP no GDS Sabre Pronta Referência R E S E R V A R Disponibilidade com Total Acesso ao Banco de dados da TRIP; Disponibilidade com acesso ao Banco de dados do Sabre; Vender 1 lugar na classe Y do vôo da linha 7; 120MARSAOIGU T4 117OCTSAORAO

Leia mais

ProReserve Serviços de Internet Ltda.

ProReserve Serviços de Internet Ltda. [Digite texto] ProReserve Serviços de Internet Ltda. Av. Evandro Lins e Silva, 840-1911, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - 21 2178-2180 São Paulo / Rio de Janeiro / Campinas / Curitiba / Brasília / Fortaleza

Leia mais

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ 06 de Agosto de 2010 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil 2 1) As tarifas da TAM exibidas no Sistema Amadeus serão as mesmas encontradas no portal E-TAM?

Leia mais

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário Modulo I Introdução ao Sistema...3 Requisitos mínimos para utilização do Sistema...3

Leia mais

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04 Índice Informações sobre conteúdo do site...04 Como usar o site...05 Conhecendo o site... 06 Conectando ao site...10 Resumo de suas reservas...11 Iniciando a pesquisa...12 Como fazer reserva de hotel Definindo

Leia mais

TARIFA OPERADORA TAM. Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora. Julho/2013

TARIFA OPERADORA TAM. Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora. Julho/2013 Julho/2013 TARIFA OPERADORA TAM Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000 João

Leia mais

Manual de Curso. Básico de Reservas e Emissões. Curso promovido em parceria

Manual de Curso. Básico de Reservas e Emissões. Curso promovido em parceria Manual de Curso Básico de Reservas e Emissões Curso promovido em parceria ÍNDICE Introdução......... 3 Ambientes de trabalho...... 5 Assinar e Desassinar........... 6 Alterarção de Password............

Leia mais

MANUAL de CURSO BÁSICO DE EMISSÕES. Curso promovido em parceria

MANUAL de CURSO BÁSICO DE EMISSÕES. Curso promovido em parceria MANUAL de CURSO BÁSICO DE EMISSÕES Curso promovido em parceria Introdução Galileo A Galileo é uma das maiores empresas mundiais na distribuição de serviços de turismo, tendo como core business a ligação

Leia mais

Amadeus Pro Tempo 2.3 - Apresentação

Amadeus Pro Tempo 2.3 - Apresentação Amadeus Pro Tempo 2.3 - Apresentação 16 de novembro de 2000 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil Amadeus Pro Tempo - versão 2.3 Introdução Este documento tem como objetivo relacionar as alterações

Leia mais

GoWorkFlow Gestão de Processos

GoWorkFlow Gestão de Processos GoWorkFlow Gestão de Processos Desde criar processos a seguir o seu trajeto, esta plataforma permite uma completa gestão do fluxo de informação entre várias entidades A Dimep Europa S.A. é uma empresa

Leia mais

A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa

A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa Introdução O BESTWAYCORP é um sistema completo de Self Booking voltado para empresas. O sistema permite aos viajantes e assistentes criar suas

Leia mais

TARIFA VOLTA AO MUNDO (RTW)

TARIFA VOLTA AO MUNDO (RTW) TARIFA VOLTA AO MUNDO (RTW) ROUND THE WORLD FARE Atualizado em 25/04/12 TARIFA VOLTA AO MUNDO (RTW) Somos 27 companhias voando mais de 21.900 voos diários São muitas opções de horários e voos para seus

Leia mais

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE TRANSPORTE AÉREO AS NOVAS REGRAS Dia 17 de Fevereiro entra em vigor o Regulamento (CE) n.º 261/2004, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Fevereiro de 2004, que

Leia mais

REGRAS E CONDIÇÕES DOS BILHETES

REGRAS E CONDIÇÕES DOS BILHETES REGRAS E CONDIÇÕES DOS BILHETES A emissão de bilhetes aéreos, através do resgate de Pontos Multiplus, combinados com o pagamento de parcela em dinheiro, é denominado Pontos + Dinheiro ou Produto, e oferecido

Leia mais

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos 06 de Agosto de 2010 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil 2 Índice 1. Introdução:...3 2. Tipo de Acesso TAM no Sistema Amadeus:...3 3. Criando

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES INTRODUÇÃO É com grande satisfação que informamos que a GOL linhas Aéreas Inteligentes, a partir de 05/12/2006, disponibilizará o seu conteúdo de vôos para reservas e vendas no sistema

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.1 Janeiro 2009

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.1 Janeiro 2009 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 1.1 Janeiro 2009 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...4 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...5

Leia mais

Seu Recibo de Bilhete Eletrônico

Seu Recibo de Bilhete Eletrônico Ricardo Anido E-ticket GOL Vinicius Antunes 1 message Simone - Bomsenso Turismo Reply-To: simone@bomsensoturismo.com.br To: Ricardo Anido

Leia mais

Circular 347-D 21/10/08. V-MPD no BSPlink Procedimentos para emissão

Circular 347-D 21/10/08. V-MPD no BSPlink Procedimentos para emissão Circular 347-D 21/10/08 Destinatários: Agentes de Viagem V-MPD no BSPlink Procedimentos para emissão Prezado Agente, Esta circular substitui as de nº 347-A, 347-B e 347-C. Salientamos que as rotinas de

Leia mais

O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa

O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa Sobre a WTS Atua há mais de 13 anos no segmento de Front Offices, exclusivamente no mercado de turismo. Produtos para Agências

Leia mais

Q2: Quem devo contactar no caso de ter algum problema com o (s) meu (s) Bilhete (s) ou qualquer dúvida relativa à minha candidatura ao Bilhete?

Q2: Quem devo contactar no caso de ter algum problema com o (s) meu (s) Bilhete (s) ou qualquer dúvida relativa à minha candidatura ao Bilhete? Q1: Onde será realizada a Final da UEFA Champions League? R1: A Final da UEFA Champions League terá lugar em Munique, na "Fussball Arena München, a 19 de Maio de 2012 às 20:45 (hora local). Q2: Quem devo

Leia mais

Sistema para gestão de viagens corporativas

Sistema para gestão de viagens corporativas Sistema para gestão de viagens corporativas Introdução O WTS Corporate: É um sistema de gestão de viagens que permite aos viajantes e assistentes criarem suas próprias reservas de voo, de hotel, solicitações

Leia mais

[Add date] Page 1. Galileo Smartpoint. Reservas Aéreas e Tarifas

[Add date] Page 1. Galileo Smartpoint. Reservas Aéreas e Tarifas [Add date] Page 1 Galileo Smartpoint Reservas Aéreas e Tarifas Março, 2014 Galileo by Travelport Todos os direitos reservados Este material é de propriedade da Travelport e sua reprodução por quaisquer

Leia mais

Estrutura de um endereço de Internet

Estrutura de um endereço de Internet Barras do Internet Explorer Estrutura de um endereço de Internet Na Internet, cada servidor tem uma identificação única, correspondente ao endereço definido no IP (Internet Protocol). Esse endereço é composto

Leia mais

Ano de Referência 2010 RELATÓRIO ÚNICO E ANEXOS. Perguntas Frequentes Relatório Único e Anexos Versão 1.0 1

Ano de Referência 2010 RELATÓRIO ÚNICO E ANEXOS. Perguntas Frequentes Relatório Único e Anexos Versão 1.0 1 RELATÓRIO ÚNICO E ANEXOS Versão 1.0 1 PERGUNTAS FREQUENTES Relatório Único ENTREGA - QUESTÕES LEGAIS (15 ) Qual é o conteúdo do Relatório Único? O Relatório Único é constituído pelo relatório propriamente

Leia mais

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Manual básico do Utilizador Software de Facturação e Gestão Comercial On-line Level 7 Basic, Light & Premium Este Software é fornecido com um número de

Leia mais

Manual. Passo a Passo AR&B

Manual. Passo a Passo AR&B Manual Passo a Passo AR&B Prezado(a) Colaborador(a), O novo sistema de gestão de viagens tem como o principal objetivo garantir que a política de viagens seja aplicada, garantindo que os preços das passagens

Leia mais

Atividade de Classe: Solicitação de Serviço Especial (SSR) 1. Acessar HELP SSRC p ara obter uma lista de códigos de serviços.

Atividade de Classe: Solicitação de Serviço Especial (SSR) 1. Acessar HELP SSRC p ara obter uma lista de códigos de serviços. Lição: Serviços Especiais, Diversos, OSI & SSR Total de horas: 2 horas Solicitação de Serviços Especiais (SSR) Consideramos Solicitação de Serviço Especial, uma requisição de alimentação específica, cadeira

Leia mais

Apresentar Propostas vortalgov

Apresentar Propostas vortalgov Guia de utilização Apresentar Propostas Janeiro 2008 Índice Preâmbulo... 3 Acesso à Plataforma... 3 Área de Trabalho... 4 PPA / C. Públicos... 4 Funcionalidades da pasta PPA / C. Públicos - Activos...

Leia mais

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda)

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda) Manual de Iniciação FrontOffice (ponto de venda) 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Início de Operador... 5 b) Fazer login de Empregado:... 5 c) Botões de Acção:...

Leia mais

Amadeus Hotel Store. Manual do Usuário 1 de Julho de 2009. Um novo conceito em conteúdo de hotéis em parceria com o Transhotel

Amadeus Hotel Store. Manual do Usuário 1 de Julho de 2009. Um novo conceito em conteúdo de hotéis em parceria com o Transhotel Amadeus Hotel Store Manual do Usuário 1 de Julho de 2009 Um novo conceito em conteúdo de hotéis em parceria com o Transhotel Índice A Amadeus Hotel Store já está aberta para os negócios!... 3 Requisitos

Leia mais

Regulamento do Passatempo Facebook do Capitão Iglo.

Regulamento do Passatempo Facebook do Capitão Iglo. Regulamento do Passatempo Facebook do Capitão Iglo. Participação Este passatempo decorre até às 23h59m do dia 28 de Fevereiro de 2011 e contam todas as participações efectuadas desde as 00h00 do dia 03

Leia mais

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO Bruxelas, 1 de Março de 2011 SN 1704/11 1. INTRODUÇÃO O presente documento descreve

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking. Português - V1

Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking. Português - V1 Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking Português - Índice Introdução... 2 Capitulo I... 3 1.1 Localização da funcionalidade... 3 1.2 Tipo de Ficheiros... 3

Leia mais

Processo de Check-In online para o Quantum of the Seas

Processo de Check-In online para o Quantum of the Seas Processo de Check-In online para o Quantum of the Seas Este documento proporciona uma visão geral do que os hóspedes verão quando acessam o sistema de Check-in Online para cruzeiros a bordo do Quantum

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais

Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador

Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador O Banco de todos os momentos. Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador Índice 1. Introdução ao Mobile Banking BAI... 5 2. Regras de Segurança... 8 3. Guia

Leia mais

ACÇÃO 1.1.2 INVESTIMENTOS DE PEQUENA DIMENSÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO

ACÇÃO 1.1.2 INVESTIMENTOS DE PEQUENA DIMENSÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ACÇÃO 1.1.2 INVESTIMENTOS DE PEQUENA DIMENSÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO Funcionamento genérico Os formulários estão disponíveis apenas nos

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

Actualização. Versão 5.1.36

Actualização. Versão 5.1.36 Actualização Versão 5.1.36 Julho 2009 2 JURINFOR Rua de Artilharia 1, Nº 79 3º Dtº - 1250-038 LISBOA PORTUGAL Introdução Este documento descreve as características principais adicionadas ao JURINFOR JuriGest.

Leia mais

COMPROMISSO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AOS PASSAGEIROS DAS TRANSPORTADORAS AÉREAS COMERCIAIS

COMPROMISSO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AOS PASSAGEIROS DAS TRANSPORTADORAS AÉREAS COMERCIAIS COMPROMISSO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AOS PASSAGEIROS DAS TRANSPORTADORAS AÉREAS COMERCIAIS As transportadoras europeias elaboraram o Compromisso sobre Prestação de Serviços aos Passageiros das Transportadoras

Leia mais

ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA

ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA O Público efectuou uma parceria com a TLC Marketing, a entidade responsável pela gestão da oferta de voos ao abrigo da campanha de assinaturas

Leia mais

Objetivo. Também informar a agências de viagens sobre as práticas indevidas em seu GDS que devem ser evitados para não gerar custos desnecessários.

Objetivo. Também informar a agências de viagens sobre as práticas indevidas em seu GDS que devem ser evitados para não gerar custos desnecessários. Objetivo Conscientizar as agências de viagens sobre a utilização correta dos sistemas de distribuição GDS, sendo essa uma ferramenta tecnológica de importância vital para o negócio, o qual deverá permitir

Leia mais

Azul Viagens. Azul Viagens Manual Agências. Manual de Atendimento para Agências de Viagens PÁGINA: 1/42

Azul Viagens. Azul Viagens Manual Agências. Manual de Atendimento para Agências de Viagens PÁGINA: 1/42 Azul Viagens Manual de Atendimento para Agências de Viagens 1/42 INDICE: 1. PROCEDIMENTOS NO WEB SITE 3 1.1. Acesso ao site da Azul Viagens 3 1.1.1. Acesso via web site pelo cliente 3 1.1.2. Acesso via

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SCUBA TRIP

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SCUBA TRIP CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SCUBA TRIP Passageiros: 1 2 3 4 5 6 Dados do Pacote Comprado: Destino com saída em / / e retorno em / /, através da Agência de Viagens, de acordo com a reserva previamente

Leia mais

Manual Gestix Guia do Utilizador. Gestix.com

Manual Gestix Guia do Utilizador. Gestix.com Manual Gestix Guia do Utilizador Gestix.com Copyright Este documento é Copyright 2008 Westix TI Lda. Todos os direitos reservados. Todas as marcas registadas referidas neste Manual são propriedade dos

Leia mais

GUIA INTERNACIONAL AMÉRICA DO NORTE - 2008 Nº. 16 Versão 8 - Efetivo: 25/10/2008 ÍNDICE

GUIA INTERNACIONAL AMÉRICA DO NORTE - 2008 Nº. 16 Versão 8 - Efetivo: 25/10/2008 ÍNDICE ANEXO DO ACORDO COMERCIAL PARA CONDIÇÃO DE OPERADORA Este anexo é parte integrante do Acordo Comercial para Condição de Operadora e não pode ser dissociado desse. O presente anexo tem início em 20 de Janeiro

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 10-07-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Novo Order Manager para o Software NobelProcera

Novo Order Manager para o Software NobelProcera Novo Order Manager para o Software NobelProcera Guia Rápido Versão 1 O novo Order Manager facilita mais os processos e procedimentos envolvidos nas encomendas através do sistema NobelProcera. Isto inclui

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com

Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com Procurando por um traslado Escolhendo um traslado Preenchendo o formulário de reserva Documentação 2. Informação Útil A2Btransfers informação útil

Leia mais

icq http://www.uarte.mct.pt sobre o programa... ... pag.. 8 e 9 obter o programa... instalar o programa... Registar o icq... menus...

icq http://www.uarte.mct.pt sobre o programa... ... pag.. 8 e 9 obter o programa... instalar o programa... Registar o icq... menus... icq 1 http://www.uarte.mct. sobre o programa...... pag.. 2 obter o programa...... pag.. 3 e 4 instalar o programa...... pag.. 5 Registar o icq...... pag.. 6 e 7 menus...... pag.. 8 entrar num canal e conversar......

Leia mais

Objetivo do guia Copa Airlines

Objetivo do guia Copa Airlines Guia Copa Airlines Objetivo do guia Copa Airlines Ajudar o agente de viagens, resumindo e respondendo as principais dúvidas do mercado quanto as políticas e procedimentos Copa Airlines. . Reservas. Gerenciamento

Leia mais

India Lac Investment Conclave

India Lac Investment Conclave Edição nº 1 India Lac Investment Conclave 06 Dias / 03 Noites Saída: 13 de Outubro de 2014. Visitando: Delhi Roteiro Aéreo e Terrestre Extensão Pré Lac Conclave: Agra, Jaipur DIFERENTES VISÕES, DIFERENTES

Leia mais

Portal Web de Apoio às Filiadas

Portal Web de Apoio às Filiadas Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: 2014-02-03 Versão: 1 1 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades 4 2.1. Entrada no sistema e credenciação de

Leia mais

Pretende-se com o presente documento apresentar de forma detalhada todas as funcionalidades disponíveis através da Aplicação de Inscrições On-Line.

Pretende-se com o presente documento apresentar de forma detalhada todas as funcionalidades disponíveis através da Aplicação de Inscrições On-Line. Índice 1 Introdução... 3 1.1 O que é a Aplicação de Inscrições On-Line... 4 1.2 Acesso à Aplicação de Inscrições On-Line... 5 1.3 Requisitos... 5 1.4 Segurança... 5 2 Funcionalidades da Aplicação... 7

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

Manual Reservas On-Line FAQ WWW.SOLFERIAS.PT

Manual Reservas On-Line FAQ WWW.SOLFERIAS.PT Manual Reservas On-Line FAQ WWW.SOLFERIAS.PT Identificação de Informação Pacote Hotéis Serviços Reservas de pacotes turísticos Reserva de Hotéis Reserva de Serviços Destinos Lista de Destinos Utilizadores

Leia mais