- PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego);

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego);"

Transcrição

1 Orientações de pacutação Prefeitura/MDS PRONATEC O que é o PRONATEC? Informamos que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que visa a ampliar a oferta de vagas na educação profissional brasileira e melhorar as condições de inserção no mundo do trabalho. Existem várias modalidades de PRONATEC: - PRONATEC Copa do Mundo (Ministério do Turismo); - PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego); - PRONATEC Brasil Sem Miséria (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome); - PRONATEC Bolsa - Formação Estudante (Ministério da Educação); - PRONATEC Bolsa - Formação Trabalhador (Ministério da Educação); - PRONATEC Financiamento da Educação Profissional e Tecnológica (Ministério da Educação) e; - PRONATEC Brasil Maior (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior). O PRONATEC atenderá prioritariamente três públicos: 1. Pessoas inscritas no Cadastro Único: é o que chamamos de PRONATEC/Brasil Sem Miséria. É implementado em parceria do MDS Ministério do Desenvolvimento Social - com as Secretarias Estaduais e Municipais de Assistência Social. 2. Estudantes do ensino médio da rede pública: sob responsabilidade do MEC Ministério da Educação - em parceria com as Secretarias Estaduais de Educação. 3. Beneficiários do Seguro-Desemprego: sob responsabilidade do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). As Instituições autorizadas a realizar os cursos do PRONATEC são chamadas de Unidades Ofertantes. Os cursos são disponibilizados nas escolas das seguintes instituições: Institutos Federais de Ciência e Tecnologia (IFs);

2 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI); Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC); Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) e; Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR); Rede estadual de educação profissional e tecnológica (dos estados que aderiram). O que é o PRONATEC/BSM? O PRONATEC/BSM é uma das modalidades do PRONATEC do Ministério da Educação. Ao prever o atendimento prioritário aos beneficiários de programas federais de transferência de renda, como o Programa Bolsa Família e o Benefício de Proteção Continuada (BPC), o PRONATEC alinha-se ao esforço de superação da extrema pobreza do Plano Brasil Sem Miséria. Essa linha de atuação do programa, voltada ao público do programa Bolsa Família e aos inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CADÚNICO), é chamada PRONATEC/Brasil Sem Miséria. São ofertados gratuitamente cursos presenciais de formação inicial continuada (FIC), com no mínimo 160 horas de duração, em diversas áreas profissionais. Os alunos recebem, após o início do curso, o chamado auxílio estudantil para custear alimentação (lanche leve) e transporte, de modo a viabilizar a participação no curso. Este auxílio poderá ser fornecido em dinheiro ou por meio de vale-transporte e lanche na unidade de ensino. Os alunos recebem, ainda material escolar e, quando exigido pela instituição, uniforme. Para ser o próximo aluno (a), é necessário somente escolher o curso e realizar a prématrícula. Procure a Secretaria de Assistência Social do município,os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou os Centros de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS). É importante lembrar que o PRONATEC não oferece benefício financeiro aos participantes. Para mais informações, acesse: O que é o PRONATEC nas Penitenciárias? Caso o município tenha interesse na realização dos cursos do PRONATEC nas penitenciárias, informamos que esse assunto é de responsabilidade do Ministério da

3 Justiça ( que cuida de temas como execução penal, suas regras/ diretrizes e a ampliação da rede de educação nas prisões. Sugerimos, desta forma, que entre em contato com o Ministério da Justiça pelo O que é o PRONATEC/Copa? O Ministério do Desenvolvimento Social é responsável apenas pelo PRONATEC/Brasil Sem Miséria. O PRONATEC/Copa é de responsabilidade do Ministério do Turismo. Para mais informações, acesse o link ou entre em contato com o Ministério do Turismo por meio do telefone ou do Qual o objetivo do PRONATEC? Oferecer cursos de formação profissional para os beneficiários de programas federais de transferência de renda, de forma a ampliar suas possibilidades de inserção qualificada no mercado de trabalho e; Expandir a abrangência da oferta de cursos de qualificação social e profissional dos beneficiários de programas federais de transferência de renda, levando em conta as variadas demandas por mão de obra qualificada nas localidades e o perfil dos beneficiários das transferências de renda. Quem pode participar do PRONATEC? Os pré-requisitos para participação no PRONATEC/BSM são: - Ter idade mínima de 16 anos e; - Estar cadastrado ou em processo de cadastramento no CADÚNICO. O candidato não precisa ser beneficiário do Programa Bolsa Família ou do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Adolescentes de 16 e 17 anos de idade não poderão se matricular em cursos de qualificação relacionados a atividades econômicas vedadas a menores de 18 anos, de acordo com o Decreto 6.481/2008, de 12 de junho de É importante lembrar que o PRONATEC não oferece benefício financeiro aos participantes. O beneficiário poderá obter informações nos CRAS, CREAS e na Secretaria Municipal de Assistência Social. Para mais informações, acesse: Como o município pode ofertar o PRONATEC?

4 Qualquer município poderá ofertar o PRONATEC/BSM, independemente do número de habitantes. A adesão ao PRONATEC/BSM é realizada com o preenchimento de formulário eletrônico disponível no portal do Plano Brasil Sem Miséria: No portal, clique em Inclusão Produtiva, PRONATEC/BSM e, em seguida, formulário eletrônico de adesão ao PRONATEC. Para acessar o formulário, o gestor municipal da assistência social deve inserir o CPF e a senha do Sistema CADSUAS. A adesão terá validade até Ainda no Termo de Adesão, a Prefeitura também deverá preencher os dados de designação de interlocutor municipal assinada pelo Prefeito. O interlocutor será o responsável pela negociação dos cursos com as unidades ofertantes, pela estratégia de inscrição dos alunos no SISTEC/MEC, pelo acompanhamento da execução dos cursos e pela interlocução com os governos federal, estadual e Unidades Ofertantes. Os cursos a serem ofertados, as datas de início, entre outras decisões, são negociados entre o município e a Unidade Ofertante. Há prazo para adesão ao PRONATEC/BSM? (Preenchimento do formulário) A adesão pode ser feita a qualquer momento. Existe algum termo de aceite a ser preenchido para que os municípios continuem a ofertar os cursos do PRONATEC? Não. A adesão somente expirará em Quem não está cadastrado no Cadastro Único pode participar do PRONATEC? O candidato interessado nos cursos PRONATEC/BSM que não esteja cadastrado no CADÚNICO, mas que tenha o perfil para cadastramento poderá participar dos cursos do PRONATEC/BSM, desde que seja encaminhado ao órgão municipal responsável pela inclusão de famílias no CADÚNICO. A prioridade para inscrição no PRONATEC/BSM é dada aos cidadãos em situação de extrema pobreza (renda familiar por pessoa de até R$70) e aos beneficiários do Programa Bolsa Família e do BPC. É importante lembrar que o PRONATEC não oferece benefício financeiro aos participantes. O beneficiário poderá obter informações nos CRAS, CREAS e na Secretaria Municipal de Assistência Social. Para mais informações, acesse:

5 O beneficiário do Bolsa Família perderá o benefício ao se matricular no PRONATEC? O beneficiário do Bolsa Família não perderá o benefício ao se matricular no PRONATEC. A perda do benefício ocorrerá apenas nos casos em que o aumento da renda familiar ultrapassar o limite de R$140 por pessoa. Se a renda familiar não for superior a R$140 por pessoa, a família continua no Programa Bolsa Família. Mesmo quando a elevação da renda ultrapassaro patamar de R$140, a regra de permanência do Programa Bolsa Família garante que não haja o cancelamento imediato do benefício. Como faço a inscrição no PRONATEC/BSM? A pessoa interessada deve dirigir-se à Secretaria Municipal de Assistência Social ou unidade do CRAS ou CREAS. A assistência social do município irá registrar a prématrícula no curso de interesse do cidadão, que será um dos cursos disponíveis no município. Após a pré-matrícula, o cidadão receberá um comprovante com os detalhes do curso, tais como: endereço da unidade de ensino, data para apresentação do interessado na unidade de ensino para confirmar a matrícula, carga horária, entre outras informações. É importante observar que somente a confirmação da matrícula na unidade ofertante garante a vaga no curso de qualificação. Em relação à documentação necessária (para a participação no PRONATEC), o único documento obrigatório para a realização da pré-matrícula e da matrícula dos candidatos no PRONATEC/BSM é o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Caso não tenha CPF, informamos que esse documento pode ser adquirido em bancos credenciados, Correios, entidades públicas que atendam ao cidadão ou no site da Receita Federal ( - (A Unidade Ofertante não poderá exigir do candidato a comprovação de inscrição no Cadastro Único nem o cartão do Programa Bolsa Família. Essa comprovação é de responsabilidade exclusiva da Prefeitura). Informações sobre escolaridade e residência devem ser autodeclaradas. Comprovantes de escolaridade e de residência são desejáveis, mas não são obrigatórios, podendo o estudante confirmar a matrícula mesmo não apresentando esses documentos. A Unidade Ofertante não pode exigir que o estudante custeie fotos 3x4 e cópias de documentos. Para mais informações, procure a Secretaria de Assistência Social do município, os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou os Centros de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS). Quais são os cursos oferecidos pelo PRONATEC/BSM no meu município? O interessado poderá obter mais informações na Secretaria de Assistência Social do

6 município de domicílio, nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou nos Centros de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS). O PRONATEC/BSM disponibiliza aos beneficiários de programas federais de transferência de renda cursos de qualificação profissional na modalidade de Formação Inicial e Continuada (FIC), que são divididos entre cursos disponíveis para pessoas com as seguintes categorias de escolaridade: Letramento Inicial (saber ler e escrever); 1 ao 4 ano do Ensino Fundamental e; 5 ao 9 ano do Ensino Fundamental. Os cursos disponíveis estão relacionados em um guia elaborado pelo Ministério da Educação, chamado de Guia PRONATEC de Cursos FIC, que pode ser acessado pelo link São exemplos de cursos: eletricista industrial, recepcionista e fotógrafo. Os cursos do PRONATEC são pagos? Não. Os cursos do PRONATEC são totalmente gratuitos. Além disso, o Programa também vai custear alimentação e transporte dos alunos. Essa assistência estudantil será disponibilizada pelas escolas a partir do início do curso. É também obrigação das escolas oferecer aos estudantes todo o insumo necessário para participação nos cursos, incluindo materiais didáticos, cadernos, canetas, materiais escolares gerais ou específicos e, quando exigidos para a frequência às aulas, uniformes. O que é o SISTEC? O Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) é o sistema do Ministério da Educação (MEC) utilizado para a gestão da oferta e da execução da Bolsa-Formação do PRONATEC/BSM. É no SISTEC que as Prefeituras são habilitadas, a pactuação dos cursos e a oferta das turmas são inseridas, a pré-matrícula e a matrícula são efetuadas. A partir dos dados registrados no SISTEC será realizado o monitoramento da oferta da Bolsa-Formação. O sistema é online e pode ser acessado em Para acesso ao SISTEC, devem ser utilizados os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome, que podem ser obtidos gratuitamente nos endereços e ATENÇÃO! As validações de funcionalidades do SISTEC ainda não foram feitas para o

7 Internet Explorer. O que significa a mensagem que aparece no SISTEC Não existe instituição deferida ou perfil atribuído no SISTEC para o CPF informado. Entre em contato com o gestor da sua instituição? Primeiramente o município deve confirmar se realmente aderiu ao PRONATEC/BSM ao receber o de confirmação deste Ministério (MDS). Caso ainda não tenha recebido, favor enviar um para Se o município tiver recebido o de confirmação da adesão ao programa e habilitação no SISTEC, significa que a pessoa que está tentando acessar o SISTEC não é o interlocutor titular designado pela Prefeitura.. Caso tenha dúvidas sobre o sistema, entre em contato com o Ministério da Educação (MEC) através do telefone (opção 8) ou envie um para o Ministério da Educação: Todos os municípios que enviam para recebem resposta? Sim. As respostas são enviadas na medida em que as demandas são processadas. Como obter informações sobre o SISTEC? O gestor/assessor municipal deve entrar em contato com o MEC por meio do telefone (opção 8), para qualquer dúvida ou inconsistência no SISTEC. As prefeituras devem monitorar a assistência estudantil? As Prefeituras devem ajudar no acompanhamento à assistência estudantil prestada pelas Unidades Ofertantes aos estudantes, particularmente em relação à forma de repasse do auxílio, de modo a cumprirmos o disposto nas Resoluções do FNDE. Qualquer inconsistência nos valores e/ou na forma de repasse deverá ser comunicada por meio do com cópia para ou pelo telefone do MEC: O que a Prefeitura deve fazer para ter acesso ao SISTEC? Não há como a Prefeitura realizar o primeiro acesso ao SISTEC sem antes observar o seguinte: Para que seja cadastrada como órgão supervisor de demanda no SISTEC/MEC, a Prefeitura deve aderir ao PRONATEC/BSM com o preenchimento de formulário eletrônico no Sistema CADSUAS. O formulário está disponível no site

8 Em seguida, clique em Inclusão Produtiva e depois em PRONATEC/BSM. Para acessar o formulário, insira CPF e senha do gestor municipal da assistência social no CADSUAS. A partir das informações do formulário, o MDS irá cadastrar, no SISTEC, a Prefeitura como órgão supervisor de demanda e o interlocutor titular como gestor responsável pelo órgão supervisor de demanda. O MDS, então, enviará para o do interlocutor cadastrado os procedimentos para geração de senha e os próximos passos a serem seguidos. O MDS não gera nem envia uma senha automática de acesso para o interlocutor titular da Prefeitura. A criação de senha é feita pelo próprio interlocutor titular. Os cursos a serem ofertados, as datas de início, entre outras decisões, são negociados entre o município e unidade ofertante. Perdi a senha de acesso ao SISTEC. Contudo, o gestor mudou e a nova senha que foi enviada para o dele. O que fazer? A Prefeitura deverá acessar o formulário com a senha do sistema CADSUAS e atualizar os dados do interlocutor titular. Posteriormente, deve enviar informando a alteração para O MDS irá providenciar as alterações no SISTEC, de modo a permitir a recuperação de senha. Na página inicial do sítio Plano Brasil Sem Miséria ( à direita, clique no banner PRONATEC Brasil Sem Miséria e em seguida no tópico Formulário de adesão ao PRONATEC/BSM. Insira a senha do CADSUAS do(a) secretário(a) municipal de assistencial social para alterar o formulário de adesão do município. Quais são as atribuições do Interlocutor titular? São atribuições do interlocutor titular: Realizar primeiro acesso no SISTEC e criar sua senha; Cadastrar assessores no SISTEC; Negociar com as unidades ofertantes vagas e cursos de qualificação para o município, com apoio do Governo Estadual; Elaborar em conjunto com os ofertantes o cronograma de execução dos cursos; Estabelecer os critérios de priorização dos que serão pré-matriculados; Elaborar e executar estratégias de mobilização do público-alvo;

9 Realizar pré-matricula no SISTEC; Apoiar, em parceria com a unidade ofertante, a realização de aula inaugural; Acompanhar a trajetória dos beneficiários no curso de qualificação profissional; Articular políticas para os beneficiários dos cursos (saúde oral, correção visual, elevação da escolaridade); Promover junto às unidades de atendimento do SINE a inscrição do beneficiário do PRONATEC/BSM no sistema Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), para a intermediação de mão-de-obra. Articular junto com o empresariado local, com o SEBRAE e demais secretarias municipais relacionadas com o desenvolvimento econômico, empreendedorismo e associativismo a inserção dos alunos no mundo do trabalho; Outras atribuições poderão ser relacionadas ao interlocutor titular e à equipe municipal responsável pelo PRONATEC/BSM, a critério da Prefeitura. Como alterar o interlocutor do PRONATEC/BSM? Para alterar o interlocutor titular do PRONATEC/Brasil Sem Miséria, a prefeitura deverá alterar o formulário com a senha do sistema CADSUAS, informando os dados do novo interlocutor titular e atualizando os demais dados, quando necessário. Na página inicial do sítio Plano Brasil Sem Miséria ( à direita, clique no banner PRONATEC Brasil Sem Miséria e em seguida no tópico Formulário de adesão ao PRONATEC/BSM. Insira a senha do CADSUAS do(a) secretário(a) municipal de assistencial social para alterar o formulário de adesão do município. O MDS solicita que seja enviado à caixa postal para informar a alteração, que será efetivada no SISTEC pela equipe do MDS. Coloque no título do Alteração de Interlocutor. O novo interlocutor titular receberá com orientações de primeiro acesso e de criação de senha. Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Relacionamento do MDS pelo telefone ou pelo ATENÇÃO! Caso não tenha havido substituição de interlocutor, não será necessário qualquer procedimento de atualização. No meu município somente o gestor foi alterado, contudo o interlocutor continua o mesmo. Devo preencher o formulário de alteração? Nesse caso, a atualização do formulário ficará a critério da Prefeitura. O interlocutor titular continuará normalmente habilitado, a menos que o novo gestor queira substituí-lo.

10 Como é a identificação e mobilização do público alvo do PRONATEC? É importante que a Prefeitura considere as comunidades e/ou os territórios com maior concentração de pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza, observando as exigências de escolaridade dos cursos ofertados para esse público. O mapeamento dos adultos pobres e extremamente pobres nos territórios é fundamental para propiciar o acesso desse público ao Programa. Identificadas as comunidades prioritárias, a Prefeitura poderá iniciar a estratégia de mobilização do público-alvo para os cursos ofertados. As prefeituras poderão recorrer a panfletos, cartas, rádios, entre outras formas de divulgação. É importante a realização de reuniões explicativas nas comunidades identificadas, envolvendo as lideranças locais, para maior alcance na divulgação dos cursos. É recomendável que seja mobilizado número de pessoas duas vezes superior à quantidade de vagas disponíveis, uma vez que nem sempre as pessoas que demonstram interesse inicial comparecem à Prefeitura para efetuar inscrição. IMPORTANTE! As prefeituras poderão utilizar os recursos do Índice de Gestão Descentralizada (IGD) do Programa Bolsa Família para custear as ações de mobilização. É importante contar com o apoio das Unidades Ofertantes para mobilização do público alvo, seja nas visitas às comunidades, seja na construção de materiais de divulgação. Como adquirir material PRONATEC/BSM? Os materiais atualizados sobre o PRONATEC/Brasil Sem Miséria estão disponíveis no site Brasil Sem Miséria: No caso de material de divulgação do programa, é de responsabilidade do próprio município a elaboração e distribuição. Para isso, pode-se utilizar os recursos do IGD-PBF ou do ACESSUAS. Fontes: Formulário de Adesão ao PRONATEC / BSM, Designação e/ou de Substituição de Interlocutores Municipais

Pronatec Brasil Sem Miséria

Pronatec Brasil Sem Miséria Pronatec Brasil Sem Miséria 2012 I. Apresentação O Plano Brasil Sem Miséria (BSM), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), dispõe de um conjunto de programas e ações

Leia mais

Dicas para a Transição no seu Município

Dicas para a Transição no seu Município Dicas para a Transição no seu Município 1. Cartilha Brasil Sem Miséria Para auxiliar a gestão municipal na superação da extrema pobreza, o MDS construiu a cartilha Brasil Sem Miséria no seu Município.

Leia mais

Pronatec. Brasil Sem Miséria

Pronatec. Brasil Sem Miséria Pronatec Brasil Sem Miséria 2014 Pronatec/ Brasil Sem Miséria 2014 Apresentação O Plano Brasil Sem Miséria (BSM), lançado em junho de 2011, com a ambiciosa finalidade de superar a condição da extrema pobreza,

Leia mais

Pronatec. Brasil Sem Miséria. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Pronatec. Brasil Sem Miséria. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Pronatec Brasil Sem Miséria 2013 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Apresentação O Plano Brasil Sem Miséria (BSM), lançado em junho de 2011, tem a finalidade de superar a condição da

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS PROGRAMA BPC TRABALHO PASSO A PASSO O QUE É O Programa de Promoção

Leia mais

ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO

ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO 1) Apresentação da estratégia da inclusão produtiva urbana. 2) Detalhamento operacional de cada programa: descrição, resultados, restrições e providências. 3) Parcerias: ABRAS,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

Município: JOÃO PESSOA / PB

Município: JOÃO PESSOA / PB O Plano Brasil Sem Miséria O Plano Brasil Sem Miséria foi lançado com o desafio de superar a extrema pobreza no país. O público definido como prioritário foi o dos brasileiros que estavam em situação de

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO

GABINETE DO MINISTRO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.007, DE 9 DE OUTUBRO DE 2013. Altera a Portaria MEC nº 168, de 07 de março de 2013, que dispõe sobre a oferta da Bolsa-Formação no âmbito do Programa Nacional de Acesso

Leia mais

Manual de Operações Bolsa- Formação

Manual de Operações Bolsa- Formação Manual de Operações Bolsa- Formação Este manual destina-se aos usuários do Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica SISTEC, no que tange à gestão e operacionalização da Bolsa-Formação,

Leia mais

Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas nº 05/2013 Assunto: - Processo de Ingresso Pronatec-Tec/RS e Idiomas 02/2013

Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas nº 05/2013 Assunto: - Processo de Ingresso Pronatec-Tec/RS e Idiomas 02/2013 Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas nº 05/2013 Assunto: - Processo de Ingresso Pronatec-Tec/RS e Idiomas 02/2013 1- Encontros de Formação Regional de Gestores Locais Pronatec Tec e Idiomas nas CREs

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 57 SENARC/ MDSBrasília,08de janeirode 2013. Assunto:Divulga aos municípios orientações para a substituição de Gestor Municipal, Prefeito, Órgão Responsável, Equipe de Gestão e

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

NOTA INFORMATIVA BOLSA-FORMAÇÃO 01/2013

NOTA INFORMATIVA BOLSA-FORMAÇÃO 01/2013 E-Mail: pronatec@mec.gov.br http://pronatec.mec.gov.br Brasília, 26 de Fevereiro de 2013 NOTA INFORMATIVA BOLSA-FORMAÇÃO 01/2013 No dia 18 de fevereiro de 2013, aconteceu uma reunião com representações

Leia mais

RESOLUÇÃO MEC/FNDE/CD Nº 23, DE 28 de JUNHO DE 2012.

RESOLUÇÃO MEC/FNDE/CD Nº 23, DE 28 de JUNHO DE 2012. RESOLUÇÃO MEC/FNDE/CD Nº 23, DE 28 de JUNHO DE 2012. Diário Oficial da União nº 125, de 29 de Junho de 2012 (sexta-feira) Seção 1 Págs.19_25 Ministério da Educação FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA

Leia mais

A Importância da Gestão do Pronatec como Estratégia de Inclusão Social e Produtiva

A Importância da Gestão do Pronatec como Estratégia de Inclusão Social e Produtiva A Importância da Gestão do Pronatec como Estratégia de Inclusão Social e Produtiva Belo Horizonte, outubro de 2015 Estratégias do Plano Mapa da Pobreza Aumento das capacidades e oportunidades Garantia

Leia mais

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL SECRETARIA DE NAVEGAÇÃO AÉREA CIVIL Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR EDITAL Nº 04/2016 SENAV/SAC-PR A Secretaria de Navegação

Leia mais

EDITAL Nº 013/2014 PRONATEC/IFMS

EDITAL Nº 013/2014 PRONATEC/IFMS EDITAL Nº 013/2014 PRONATEC/IFMS PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTENCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO. V. Ex.ª Prefeito do Município de XXXXXXXXXX

ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTENCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO. V. Ex.ª Prefeito do Município de XXXXXXXXXX V. Ex.ª Prefeito do Município de XXXXXXXXXX V. S.ª Secretário(a) Municipal da Assistência Social de XXXXXXXXX Cumprimentando-os(as) cordialmente, vimos informar que tendo em vista, a execução dos cursos

Leia mais

Data de Aprovação: 17/04/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA PRONATEC/IFPI Nº 01

Data de Aprovação: 17/04/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA PRONATEC/IFPI Nº 01 13/213- CONSUP 17/4/13 Pág. 1 de 18 TEMA: INSTRUÇÃO NORMATIVA PRONATEC/IFPI N 1 DO INSTITUTO INSTRUÇÃO NORMATIVA PRONATEC/IFPI Nº 1 ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS REFERENTES ÀS ATIVIDADES ACADÊMICAS E DO SISTEMA

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

TEXTO 4. 2. Realizar o planejamento das ações do Programa, definir as ações a serem executadas e as

TEXTO 4. 2. Realizar o planejamento das ações do Programa, definir as ações a serem executadas e as TEXTO 4 PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO ACESSO AO MUNDO DO TRABALHO - ACESSUAS TRABALHO GESTÃO. No texto anterior vimos o fluxo do ACESSUAS TRABALHO a partir se seus três eixos de ação: articulação, mobilização

Leia mais

Abre-se, então, a tela Solicitação de Cadastro de Usuários. O Módulo Escola já aparece selecionado.

Abre-se, então, a tela Solicitação de Cadastro de Usuários. O Módulo Escola já aparece selecionado. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica Diretoria de Fortalecimento Institucionais e Gestão Educacional Plano de Desenvolvimento da Escola SIMEC Sistema Integrado de Planejamento Orçamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC EDITAL SETEC Nº, DE DE JANEIRO DE 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SISUTEC O Secretário

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento,

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Projetos e Capacitação Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Projeto Agência: PNUD

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD Nº

Leia mais

O PRONATEC como política estruturante da Educação Profissional Brasileira

O PRONATEC como política estruturante da Educação Profissional Brasileira PRONATEC Programa MINISTÉRIO Nacional de Acesso DA EDUCAÇÃO ao Ensino Técnico e Emprego O PRONATEC como política estruturante da Educação Profissional Brasileira Maio de 2012 FINALIDADE ampliar a oferta

Leia mais

O BRASIL SEM MISÉRIA NO SEU MUNICÍPIO Município: VITÓRIA DA CONQUISTA / BA O Plano Brasil Sem Miséria O Plano Brasil Sem Miséria foi lançado com o desafio de superar a extrema pobreza no país. O público

Leia mais

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Curso A Escola no Combate ao Trabalho Infantil (ECTI), Este tutorial pretende

Leia mais

MANUAL DO AVA GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Rua Ramos Ferreira, 991 A - Centro Fone: (92) 3878-7479 / 3233-6836 Manaus AM CEP: 69010-120

MANUAL DO AVA GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Rua Ramos Ferreira, 991 A - Centro Fone: (92) 3878-7479 / 3233-6836 Manaus AM CEP: 69010-120 MANUAL DO AVA 1. O QUE É EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA? A Educação a Distância, como dispõe o Decreto nº 5.622, de 19/12/2005, caracterizase como uma modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 43/2014, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 43/2014, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

Sumário. Tutorial de acesso ao Veduca 2

Sumário. Tutorial de acesso ao Veduca 2 Sumário Tutorial de acesso ao Veduca 2 Introdução... 3 Sobre o Veduca... 3 Navegação... 5 Página inicial... 5 Primeiro acesso... 6 Como fazer o seu login... 7 Como acessar seu perfil... 7 Recursos da área

Leia mais

Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF

Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF Guia de Navegação Simplificado Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF APRESENTAÇÃO Caro participante, Bem-vindo ao Guia de Navegação Simplificado.

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Programa Bolsa Família AGENDA DA FAMÍLIA DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Copyright 2009 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Todos os direitos

Leia mais

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Projeto ECA na Escola, Este tutorial pretende auxiliá-lo na navegação na Plataforma de Educação à Distância

Leia mais

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito)

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) Primeiro Acesso O aluno deve acessar o endereço http://s2.aesanet.net/cades e clicar no botão Cadastre-se como mostra a figura abaixo; Em seguida

Leia mais

NOTA INFORMATIVA Nº 20/2014 de 07 de novembro de 2014. Assunto: processo de pactuação de vagas 2015-1. Prezados Coordenadores,

NOTA INFORMATIVA Nº 20/2014 de 07 de novembro de 2014. Assunto: processo de pactuação de vagas 2015-1. Prezados Coordenadores, NOTA INFORMATIVA Nº 20/2014 de 07 de novembro de 2014 Assunto: processo de pactuação de vagas 2015-1. Prezados Coordenadores, Nos dias 3 e 4 deste mês participamos de reunião com a coordenação nacional

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS PORTARIA Nº 693, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS PORTARIA Nº 693, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS PORTARIA Nº 693, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014 Estabelece regras e critérios de execução e monitoramento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania 1) CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PERGUNTA: Em relação ao IGD-M, pode se pagar hora extra, em casos de demandas do MDS, como revisão cadastral, BPC e outras? RESPOSTA DO MEDIADOR: Os recursos do IGD-M podem ser

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS 01/2014 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS 01/2014 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS 01/2014 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD/DIRPS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO Curso de Extensão a Distância Formação Continuada em Conselhos Escolares EDITAL Nº 02/FCCE/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO Curso de Extensão a Distância Formação Continuada em Conselhos Escolares EDITAL Nº 02/FCCE/2014 EDITAL Nº 02/FCCE/2014 Seleção para 240 vagas do Formação Continuada em Conselhos Escolares da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, para o segundo semestre de 2014, com início previsto para 11

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão Social: Políticas Públicas, Redes e Defesa de Direitos, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp,

Leia mais

Orientações Estruturantes

Orientações Estruturantes Ministério do Esporte Programa Esporte e Lazer da Cidade PELC & Vida Saudável Orientações Estruturantes 2016 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO E PROJETO TÉCNICO PEDAGÓGICO...3 3. RELAÇÃO

Leia mais

SELEÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FICs) PRESENCIAIS

SELEÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FICs) PRESENCIAIS EDITAL Nº 010/CCEI, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2015. SELEÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FICs) PRESENCIAIS DA ABERTURA O DIRETOR-GERAL DO CAMPUS CEILÂNDIA DO INSTITUTO

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO 1 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu a distância em Psicologia do Esporte, na modalidade virtual. O Reitor da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por meio

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010 MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO Caro Aluno, Este manual tem o objetivo de tirar suas dúvidas e tornar seu curso no INED o mais completo possível. Leia tudo com muita atenção e, se ao final ainda tiver

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. MODALIDADE VAGAS: Produto 1 (uma) vagas

TERMO DE REFERÊNCIA. MODALIDADE VAGAS: Produto 1 (uma) vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Esplanada dos Ministérios Bloco L, Edifício Sede 4º Andar Bairro Zona Cívico Administrativa, Brasília/DF, CEP 70047 900 Telefone: 2022 8581 e Fax: 2022 8582 http://www.mec.gov.br

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. Sistema Eletrônico Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. PARTE I Seleção do município e inserção de dados cadastrais

MANUAL OPERACIONAL. Sistema Eletrônico Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. PARTE I Seleção do município e inserção de dados cadastrais MANUAL OPERACIONAL Sistema Eletrônico Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação PARTE I Seleção do município e inserção de dados cadastrais Tela 1. Abertura do Sistema Tela 2: 1. Arquivo: Selecione

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 Versão Preliminar 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...4 1.1 Apresentação...4 1.2 Organização e uso do manual...4 1.3 Dúvidas e canais de atendimento...4 2 VISÃO GERAL

Leia mais

Edital Nº 004/PPGEGC/2014

Edital Nº 004/PPGEGC/2014 Edital Nº 004/PPGEGC/2014 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC) torna pública a abertura das inscrições, para o preenchimento de vagas, considerando

Leia mais

MBA EM GESTÃO PÚBLICA

MBA EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO PÚBLICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF MANUAL DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD/DOWNLOAD Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS

APRESENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS Sumário APRESENTAÇÃO... 5 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 6 1.1. O que é PRONATEC?... 6 1.2. Quais cursos podem ser ofertados pelo PRONATEC?... 8 1.3. O que são as instituições demandantes?... 9 1.4. O que são

Leia mais

EDITAL Nº 011/2014 - PRONATEC/IFMS

EDITAL Nº 011/2014 - PRONATEC/IFMS EDITAL Nº 011/2014 - PRONATEC/IFMS PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC CURSO DE FORMAÇAO INICIAL E CONTINUADA (FIC) DE BOVINOCULTOR DE LEITE NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

Este documento tem o objetivo de orientar e esclarecer sobre os procedimentos para adesão ao ProInfo Programa Nacional de Informática na Educação.

Este documento tem o objetivo de orientar e esclarecer sobre os procedimentos para adesão ao ProInfo Programa Nacional de Informática na Educação. Prezado(a) Prefeito(a), Este documento tem o objetivo de orientar e esclarecer sobre os procedimentos para adesão ao ProInfo. Estes procedimentos estão divididos em três etapas: Primeira Etapa Termo de

Leia mais

1.1 Eventos de Divulgação do Processo de Ingresso no Pronatec:

1.1 Eventos de Divulgação do Processo de Ingresso no Pronatec: Nota Orientadora Pronatec-Tec/RS e Idiomas nº 02/2014 Assunto: Processo de Ingresso Pronatec-Tec/RS 2014 1. Processo de Ingresso Pronatec-Tec/RS 2014 1.1 Eventos de Divulgação do Processo de Ingresso no

Leia mais

Fortalecimento do Cadastro Único como porta de entrada para Programas Sociais para a população de baixa renda

Fortalecimento do Cadastro Único como porta de entrada para Programas Sociais para a população de baixa renda Fortalecimento do Cadastro Único como porta de entrada para Programas Sociais para a população de baixa renda Mesa: Cadastro Único, Bolsa Família e Brasil sem Miséria. Cadastro Único É um mapa representativo

Leia mais

1Ò&/(2'(('8&$d 2$',67Æ1&,$1($' PROCEDIMENTOS PARA DISCIPLINAS A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO

1Ò&/(2'(('8&$d 2$',67Æ1&,$1($' PROCEDIMENTOS PARA DISCIPLINAS A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO 1Ò&/(2'(('8&$d 2$',67Æ1&,$1($' PROCEDIMENTOS PARA DISCIPLINAS A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 03 2 PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA...04 3. PARTICIPAÇÃO NAS DISCIPLINAS EAD...04 4 AVALIAÇÃO

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL CANDIDATOS FORMALMENTE ENCAMINHADOS POR EMPRESAS CONTRIBUINTES DO SENAI-SP 1SEM15 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1. Das Inscrições 1.1 As inscrições para o processo seletivo

Leia mais

Brasil Sorridente e Pronatec. Brasil Sem Miséria 2013. Ministério da Saúde

Brasil Sorridente e Pronatec. Brasil Sem Miséria 2013. Ministério da Saúde Brasil Sorridente e Pronatec Brasil Sem Miséria 2013 Ministério da Saúde Introdução O Plano Brasil Sem Miséria coordena, integra e amplia programas e ações com a finalidade de superar a condição de pobreza

Leia mais

RESPONSABILIDADES NO PBA 2012 PREFEITURAS E SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

RESPONSABILIDADES NO PBA 2012 PREFEITURAS E SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RESPONSABILIDADES NO PBA 2012 PREFEITURAS E SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Quando da adesão municipal ao programa suas atribuições são: Indicar e/ou selecionar o coordenador de turmas junto à Seduc;

Leia mais

Roteiro para Cadastramento no Módulo PC Online do SiGPC Data de atualização: 10/2/2012

Roteiro para Cadastramento no Módulo PC Online do SiGPC Data de atualização: 10/2/2012 Roteiro para Cadastramento no Módulo PC Online do SiGPC Data de atualização: 10/2/2012 Para começar, tenha em mãos o seguinte: A mensagem eletrônica ou ofício que você recebeu do FNDE contendo Usuário

Leia mais

SISTEMA DE SEGURANÇA DIGITAL - SSD MANUAL DE OPERAÇÃO

SISTEMA DE SEGURANÇA DIGITAL - SSD MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE SEGURANÇA DIGITAL - SSD MANUAL DE OPERAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica - SETEC Página 1 APRESENTAÇÃO O Sistema de Segurança Digital é um sistema de cadastro único que objetiva

Leia mais

MANUAL DO. estagiário

MANUAL DO. estagiário MANUAL DO estagiário ESTÁCIO SUMÁRIO MANUAL DO ESTAGIÁRIO 1) Vai fazer estágio...5 a) Importância do estágio...5 b) Estágio obrigatório x estágio não obrigatório...5 c) Como é a legislação de estágio?...5

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal.

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. Para que serve o Cadastro Único? O Cadastro Único serve para que as famílias de baixa renda possam participar

Leia mais

MANUAL DO SUPERVISOR DE ESTAGIÁRIO

MANUAL DO SUPERVISOR DE ESTAGIÁRIO MANUAL DO SUPERVISOR DE ESTAGIÁRIO Rua Dr. Alberto Ferreira, 179 - Centro - 13480-074 - Limeira/SP - (19) 3404.9634 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO:... 4 2. PERGUNTAS E RESPOSTAS:... 4 1. O que é estágio?... 4

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA N.º 08/2013

SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA N.º 08/2013 1 SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA N.º 08/2013 FINALIDADE Selecionar profissional para o Cargo de Agente de Recrutamento e Seleção NATUREZA DA INSTITUIÇÃO O

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Edital Nº 09/ 2007

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Edital Nº 09/ 2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Edital Nº 09/ 2007 Estabelece normas do Processo Seletivo para ingresso no Curso de Especialização

Leia mais

EDITAL 01/2015-PCG ESCOLA/SESC/ES

EDITAL 01/2015-PCG ESCOLA/SESC/ES EDITAL 01/2015-PCG ESCOLA/SESC/ES O Diretor do Serviço Social do Comércio - Administração Regional no Estado do Espírito Santo - SESC-AR/ES, entidade de natureza jurídica privada, sem fins lucrativos,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2014

PROCESSO SELETIVO 2014 PROCESSO SELETIVO 2014 EDITAL N 47/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA: GESTÃO E ATENÇÃO NO SUS - LATO SENSU O Centro de Educação Tecnológica e Pesquisa em Saúde Escola GHC e o Instituto

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 42 DE 28 DE AGOSTO DE 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 42 DE 28 DE AGOSTO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 42 DE 28 DE AGOSTO DE 2012 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Constituição Federal artigos 205, 206, 208, 211 e

Leia mais

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3);

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3); 1. Digite em seu navegador de Internet (Google Chrome, Mozilla Firefox, Internet Explorer, etc) o endereço eletrônico s2id.integracao.gov.br; 2. Clique em Registro e Reconhecimento (Figura 1); Figura 1

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

Contexto. Educação para o mundo do trabalho. Por Mozart Neves Ramos - Todos Pela Educação em 01/03/2013

Contexto. Educação para o mundo do trabalho. Por Mozart Neves Ramos - Todos Pela Educação em 01/03/2013 META NACIONAL 11 - Educação Profissional- Triplicar as matrículas da Educação Profissional Técnica de nível médio, assegurando a qualidade da oferta e pelo menos 50% da expansão no segmento público. Contexto

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 3 TERMO DE COMPROMISSO... 4 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 4

Leia mais

Guia do Usuário ProAnalir 2012. Introdução... 2. Acessando a Central OnLine pelo site do ProAnalir... 3

Guia do Usuário ProAnalir 2012. Introdução... 2. Acessando a Central OnLine pelo site do ProAnalir... 3 Área Universidade Prosoft Autor Valquíria Coelho Criação 15/02/2011 Publicação Distribuição Franqueadora, Franquias e Clientes. Guia do Usuário ProAnalir 2012 Conteúdo: Introdução... 2 Acessando a Central

Leia mais

P Prefeitura Municipal Paulínia Secretaria de Educação

P Prefeitura Municipal Paulínia Secretaria de Educação INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULÍNIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL 02/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE ALUNOS PARA OS CURSOS TÉCNICOS EM

Leia mais

O QUE VOU SER QUANDO CRESCER?

O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? Cartilha Educativa Elaborada no Projeto de Extensão: Cartilha e Artigos Coordenação: Profª Emiliana Debetir Centro de Ciências da Administração

Leia mais

GUIA INFORMATIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO

GUIA INFORMATIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO GUIA INFORMATIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO Parabéns por ter escolhido a FAMÍLIA PROMINAS para estudar, agradecemos a preferência e confiança depositadas em nossos serviços educacionais. Faremos de tudo para lhe

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MATRÍCULA / ALUNOS NOVOS ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO

ORIENTAÇÕES PARA MATRÍCULA / ALUNOS NOVOS ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO Senhores Pais: É com a sensação do dever cumprido que terminamos mais um ano letivo. São Paulo, 09 dezembro de 2015. Comunicado 103 Aproveitamos o momento para desejar a todos um excelente final de 2015

Leia mais

ANÁLISE DE UMA POLÍTICA PÚBLICA VOLTADA PARA A EDUCAÇÃO: PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO

ANÁLISE DE UMA POLÍTICA PÚBLICA VOLTADA PARA A EDUCAÇÃO: PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 1 ANÁLISE DE UMA POLÍTICA PÚBLICA VOLTADA PARA A EDUCAÇÃO: PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO AUTORES Antônio Roberto Silva Santos arsilvasantos@gmail.com Elisângela Santana Nascimento esna_1@yahoo.com.br Fânia

Leia mais

Manual do Usuário. Pólo de Ensino a Distância (EaD) Prefeitura Municipal de João Pessoa Secretaria. Secretaria. de Ciência e Tecnologia - Secitec

Manual do Usuário. Pólo de Ensino a Distância (EaD) Prefeitura Municipal de João Pessoa Secretaria. Secretaria. de Ciência e Tecnologia - Secitec Manual do Usuário Pólo de Ensino a Distância (EaD) Prefeitura Municipal de João Pessoa Secretaria de Ciência e Tecnologia - Secitec Secretaria João Pessoa Setembro, 2013 Introdução A Estação Virtual é

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

Questionário Rede Privada

Questionário Rede Privada MONITORAMENTO SUAS CENSO SUAS 2010 Questionário Rede Privada O Censo Rede Privada 2010, tem como finalidade proporcionar subsídios para a construção e manutenção de indicadores de monitoramento e avaliação

Leia mais

Guia do Usuário ProAnalir 2013. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3

Guia do Usuário ProAnalir 2013. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3 Área Universidade Prosoft Autor Valquíria Coelho Criação 26/02/2013 Publicação - 28/02/2013 Distribuição Franqueadora, Franquias e Clientes. Guia do Usuário ProAnalir 2013 Conteúdo: Introdução... 2 Liberação

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. João Hilton Sayeg de Siqueira Vice-Coordenadora: Prof. Dra. Jeni Silva Turazza Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U,

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 03/2015 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 03/2015 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 03/2015 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD/DIRPS

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 04/2016 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 04/2016 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 04/2016 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD/DIRPS

Leia mais

Acesso ao Credenciamento

Acesso ao Credenciamento 2 1 Credenciamento Para todas as pessoas jurídicas que acessarem o sistema da NFS-e, será necessário inicialmente efetuar o credenciamento. O credenciamento é obrigatório para todas as empresas estabelecidas

Leia mais

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO EDUCAÇÃO ESPECIAL CATEGORIA Desenho TEMA: As coisas que ligam o campo e a cidade e nosso papel para melhorar o mundo. O concurso é dirigido aos alunos com necessidades

Leia mais

Indicador(es) Órgão(s) 26 - Ministério da Educação

Indicador(es) Órgão(s) 26 - Ministério da Educação Programa úmero de Ações 13 1060 Brasil Alfabetizado e Educação de Jovens e Adultos Objetivo Indicador(es) Garantir acesso e permanência de jovens e adultos a programas educacionais que visam atender as

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 PARA SELEÇÃO AO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM DOCÊNCIA NA ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL - MODALIDADE SEMIPRESENCIAL

EDITAL Nº 001/2013 PARA SELEÇÃO AO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM DOCÊNCIA NA ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL - MODALIDADE SEMIPRESENCIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE CURRÍCULO E EDUCAÇÃO INTEGRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ - PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO FACULDADE DE EDUCAÇÀO

Leia mais

MDS DISPONIBILIZA RELATÓRIOS ATUALIZADOS DAS FAMÍLIAS PÚBLICO DA AVERIGUAÇÃO CADASTRAL E REVISÃO CADASTRAL 2015

MDS DISPONIBILIZA RELATÓRIOS ATUALIZADOS DAS FAMÍLIAS PÚBLICO DA AVERIGUAÇÃO CADASTRAL E REVISÃO CADASTRAL 2015 Prezado Coordenador do Programa Bolsa Família e Cadastro Único, Leia com atenção o comunicado operacional e socialize com a rede socioassistencial. Rio de Janeiro, 12 de Setembro de 2012. MDS DISPONIBILIZA

Leia mais