CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE ECONOMIA DA SAÚDE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE ECONOMIA DA SAÚDE"

Transcrição

1 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE ECONOMIA DA SAÚDE 15 a 17 de Outubro de 1997 Auditório da Universidade de Évora - Colégio Espírito Santo ÉVORA - PORTUGAL PROGRAMA

2 Apresentação A realização da Conferência Internacional sobre Economia da Saúde surge no seguimento natural dos Encontros Nacionais, realizados em Lisboa e Coimbra, e encontra-se integrada nas comemorações do X Aniversário da APES. Em anos recentes, as matérias de Economia da Saúde têm suscitado crescente interesse por parte de profissionais de saúde, académicos, gestores e da sociedade em geral. Este interesse gerou uma necessidade de novos espaços para desenvolver o intercâmbio de ideias, experiências e resultados de investigação. Com a realização do Congresso Internacional, a APES vem, uma vez mais, assumir a responsabilidade de abrir um espaço de discussão sobre a aplicação da ciência económica à área da saúde. O programa da Conferência conta com sessões plenárias a cargo de três dos mais importantes especialistas de Economia da Saúde a nível mundial: os Professores Alan Maynard (U. York) e William Hsiao e Joseph Newhouse (ambos da Universidade de Harvard). Serão apresentadas mais de 40 comunicações agrupadas em 12 sessões temáticas. As sessões focam temas como a organização de sistemas de saúde; medição de resultados em saúde; custos da doença; equidade e regionalização; medicamentos; seguros de saúde; interligação entre níveis de cuidados; listas de espera; e avaliação económica. Os autores das comunicações são oriundos de diversos países, tais como Portugal, Espanha, Dinamarca, Grã-Bretanha, Suécia, Alemanha, Bélgica, Holanda, Itália, Africa do Sul e Estados Unidos. As línguas oficiais da Conferência são o Português, Inglês e Espanhol. Haverá tradução simultânea de Português-Inglês no Auditório. Évora Património Mundial, Évora, a cidade branca capital do Alto Alentejo, reúne condições excelentes para a realização da Conferência Internacional. Local de encontro de culturas e centro universitário em crescimento, Évora oferece aos seus visitantes, para além da sua beleza serena e monumental, uma gastronomia ímpar e um ambiente. A APES assume o desafio da descentralização das suas iniciativas, certa que a escolha de Évora constituirá mais um factor de sucesso da Conferência. O Programa Social da Conferência integrará um cocktail de boas-vindas, um jantar a realizar no

3 dia de abertura dos trabalhos com música alentejana e, para os acompanhantes, visitas aos belíssimos arredores de Évora.

4 APES A APES é uma Associação aberta a todos os profissionais e instituições que se interessem pelas matérias e métodos aplicados no domínio da economia da saúde. Criada em 1987, conta actualmente com cerca de 200 sócios individuais (médicos, gestores, economistas, enfermeiros, farmacêuticos) e 50 sócios colectivos (hospitais, regiões de saúde, empresas farmacêuticas). A APES tem por objectivo promover o estudo, discussão e divulgação da Economia da Saúde, em particular, na perspectiva da sua aplicação para fins de desenvolvimento económico e social. A sua actividade desenrola-se nas seguintes áreas: - organização de seminários, conferências e outras reuniões científicas - publicação e divulgação de livros e estudos na área da economia da saúde - colaboração em projectos de análise económica aplicada à saúde - cooperação com entidades nacionais e estrangeiras 10º ANIVERSÁRIO DA APES

5 Organização Comissão Organizadora João António Pereira (Pres.) Ana Harfouche Artur Morais Vaz Maria João Amaral Pedro Pita Barros Comissão Local Natércia Mira (Pres.) Manuel Fialho Paula Valente Rosa Matos Comissão Científica Pedro Pita Barros (Pres.) Andrew Jones António Correia de Campos Carlos Costa Carlos Gouveia Pinto Carlos Murillo Diogo Lucena Francisco Ramos Jean Paul Moatti João António Pereira José Caldeira da Silva José Ferraz Nunes Jorge Simões Lluís Bohigas Manuela Mota Pinto Maria do Rosário Giraldes Miguel Gouveia Pedro Lopes Ferreira Vasco Reis Suzete Gonçalves Secretariado da Conferência APES Escola Nacional de Saúde Pública, Univ. Nova de Lisboa Avenida Padre Cruz 1699 Lisboa Codex - Portugal Tel. (01) / Fax. (01)

6 QUARTA-FEIRA, 15 OUTUBRO 17:00-18:30 Recepção / Cocktail Pousada dos Lóios 18:30 Assembleia Geral da APES Pousada dos Lóios

7 QUINTA-FEIRA, 16 OUTUBRO 08:30-09:30 Entrega de Documentação 09:30-10:00 Sessão de Abertura Presidida pelo Sr. Director Geral de Saúde Auditório 10:00-11:00 Sessão Plenária Alan Maynard Preparar, Disparar, Apontar: Reflexões sobre a Reforma do Sistema de Saúde Britânico Moderador: João Pereira Auditório

8 11:00-11:30 Café 11:30-13:00 Sessões Paralelas Sistemas de Saúde Moderador: José Caldeira da Silva Auditório Pedro Pita Barros, Carlos Gouveia Pinto, Ana Machado Uma teoria da adopção tecnológica excessiva Rena Eichler, Ursula Giedion A introdução de competição gerida: os primeiros resultados obtidos na Colômbia Inês Macho-Stadler Incentivos nos serviços de saúde João Pereira, A. Correia de Campos, Francisco Ramos, Jorge Simões, Vasco Reis A reforma do sistema de saúde e contenção de gastos em Portugal Seguros de Saúde Moderador: Suzete Gonçalves Sala Ana Guerrero, Carmen Herrero Um mercado de seguros regulamentado e competitivo no sector da saúde em Espanha: MUFACE Mireia Bonet, Rosa Maria Garrido Listas de espera e seguro de saúde privado: existe uma relação causal? Roger Feldman, Carlos Escribano, Laura Pellisé O papel do governo no mercado competitivo de seguros de saúde com selecção adversa 13:00-15:00 Almoço Refeitório dos Serviços Sociais da Universidade de Évora 15:00-16:00 Sessão Plenária William Hsiao O Paradigma Emergente na Política de Saúde Moderador: Artur Vaz

9 Auditório

10 16:00-17:00 Sessões Paralelas Custo da Doença e Custo Efectividade Moderador: António Correia de Campos Auditório Joan Rovira O custo da doença: estimação para Espanha e reflexões metodológicas Simone Gerzeli, Roberta Montaneli, Rosanna Tarricone Custos económicos da Esquizofrenia R. Beech, M. Maisey, P. West, D. Sariklis, P. Jacklin Custo-efectividade dos métodos de diagnóstico na doença da artéria coronária no Reino Unido Medicamentos Moderador: Manuela Mota Pinto Sala Eduardo Mesquita Cruz, Emília Alves da Silva, Isaura Pinto Vieira Impacto no mercado do SNS da autorização de novas comparticipações de medicamentos Francisco Batel Marques, Nuno Cobrado, Pedro Lopes Ferreira Auto-medicação: avaliação preliminar transversal da prevalência entre consumidores das farmácias e dos custos monetários correspondentes Eduardo Mesquita Cruz, Emília Alves da Silva, Isaura Pinto Vieira Situação económica do medicamento em Portugal 17:00-17:30 Café

11 17:30-19:00 Sessões Paralelas Procura de Cuidados e Produção de Saúde Moderador: José Ferraz Nunes Auditório Miguel Gouveia O impacto das deduções fiscais sobre as despesas de saúde das famílias N Guessan Francis, Robert Deuson Avaliação da procura de cuidados primários antimalária em meio rural na Costa do Marfim Ana Mafalda Xavier Utilização de serviços dentários na Finlândia. Uma análise com dados de 1991 Maria do Rosário Giraldes Abordagem do modelo explicativo do capital humano. O regresso às origens Organização de Sistemas de Saúde Moderador: Clara Dismuke Sala William Encinosa, Martin Gaynor, James Rebitzer Sociologia dos grupos e economia dos incentivos: teoria e evidência sobre sistemas de compensação Walter Ried Preferências para a saúde com Independência de Utilidade Generalizada Begoña Garcia Mariñoso Acesso óptimo aos cuidados especializados/hospitalares a partir dos cuidados de saúde primários Izabela Jelovac, Inês Macho-Stadler Estrutura organizacional óptima nos serviços de saúde 21:00 Jantar da Conferência Hotel da Cartuxa

12 SEXTA-FEIRA, 17 OUTUBRO 09:00-11:00 Sessões Paralelas Avaliação Económica Moderador: Jorge Simões Auditório Maria Suzete Gonçalves A avaliação, o investimento num novo hospital e o seu impacto na qualidade de vida: estudo de caso Mo Malek, Ann-Marie Craig, Manouche Tavakoli Modelo económico para detectar e tratar pacientes com suspeita de clamydia Matilde Pinto Machado Cifrões e desempenho: análise custo-efectividade do tratamento da toxicodependência na cidade do Maine Robert Deuson, Edward Hoekstra, Rebecca Sedjo, David Goldsman, Gerrit Baker Programa de vacinação da hepatite B numa escola primária em Denver: análise custo-efectividade com simulação do risco Werner Brouwer, Marc Koopmanschap, F. Rutten Avaliação de custos do tempo dos doentes na análise custo efectividade Eficiência dos Serviços de Saúde Moderador: Pedro Lopes Ferreira Sala Clara Dismuke, Paulo Guimarães Aplicação de um modelo de contagem à análise de variabilidade da taxa de mortalidade hospitalar Fabienne Fecher, Pierre Gillet Desempenho dos médicos de clínica geral na Bélgica: uma abordagem de fronteira baseada em dados dos doentes Marjon van der Pol, Nigel Rice, John Cairns Uso do estimador dos mínimos quadrados condicionado, iterativo e generalizado (CIGLS) para modelar uma função de custo multinível e uma função desconto com aplicação a observações repetidas Jorge Cabral, Lucy Gilson, Helen Schneider, Malusi Cele O desenvolvimento de sistemas distritais de saúde em duas regiões da África do Sul John Goddard, Manouche Tavakoli Taxas de referência e listas de espera: alguns exemplos empíricos 11:00-11:30 Café

13

14 11:30-13:00 Sessões Paralelas Medição de Custos e Resultados Moderador: Francisco Ramos Auditório Pedro Lopes Ferreira, Francisco Batel Marques, José Lopes Feio Ensaio de campo das versões portuguesas de dois instrumentos genéricos de medição da qualidade de vida associada à saúde (SF 36 e SIP), em doentes com depressão: uma comparação longitudinal e aberta Marc Koopmanschap, J. Polder, W. Meerding, L. Bonneux, P. van der Maas Custos das doenças na Holanda, no período e no futuro Moderador: Carlos Gouveia Pinto Sala José Ferraz Nunes Avaliação económica de programas de reabilitação Dick Jonsson, Magnus Husberg Avaliação socio-económica da reabilitação em cuidados de saúde primários: implicações metodológicas Dick Jonsson, Magnus Husberg Custos socio-económicos da doença reumática: implicações para os estudos de avaliação de tecnologias Laura Carvalho Santos Cálculo dos custos económicos emergentes dos acidentes rodoviários verificados no segundo semestre de 1995 no Distrito de Braga Óscar Lourenço Os custos do ensino médico no hospital Avaliação Económica da Reabilitação 13:00-15:00 Almoço Refeitório dos Serviços Sociais da Universidade de Évora

15 15:00-16:00 Sessão Plenária Joe Newhouse Competição Entre Planos de Saúde: Teoria e Prática Moderador: Pedro Pita Barros Auditório 16:00-16:30 Café 16:30-18:30 Equidade, Eficiência e Reforma Moderador: José Luís Biscaia Auditório Sessão Plenária João Pereira Rendimento, saúde e desigualdade: evidência para Portugal e comparações internacionais Terkel Christiansen Equidade na prestação de cuidados de saúde na Dinamarca Maria Goddard, Russell Mannion Da competição à cooperação: a nova relação económica no SNS do Reino Unido Carlos Murillo, Marc Saez, Corinne Zara Efeitos do aumento do financiamento selectivo de medicamentos em Espanha Maria Suzete Gonçalves, Jorge Simões, Paula Santana A cooperação transfronteiriça na saúde 18:30 Sessão de Encerramento Presidida por Sua Excelência a Ministra da Saúde

16 Auditório

17

18

19 Patrocinadores Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) Caixa Geral de Depósitos Hospital Amadora-Sintra - Sociedade Gestora Baxter Novartis - Farma Bristol Meyers Squibb 10º ANIVERSÁRIO DA APES

apes associação portuguesa de economia da saúde

apes associação portuguesa de economia da saúde apes associação portuguesa de economia da saúde As Reformas dos Sistemas de Saúde Coordenação de Artur Morais Vaz, Carlos Gouveia Pinto, Francisco Ramos e João António Pereira A. Correia de Campos, A.

Leia mais

PROMOVER O CONHECIMENTO NA E DA ADMINISTRAÇÃO Com o apoio:

PROMOVER O CONHECIMENTO NA E DA ADMINISTRAÇÃO Com o apoio: 21 DE NOVEMBRO DE 2011 8H00-9H30 RECEPÇÃO DOS PARTICIPANTES 9H30-10H00 ABERTURA (AUDITÓRIO) HÉLDER ROSALINO, SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FRANCISCO RAMOS, PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010 26 A 29 de abril. GUIMARãES 2010 geotecnia e desenvolvimento sustentável Convite A Sociedade Portuguesa de Geotecnia (SPG) e o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho (DEC-UM) têm a honra

Leia mais

Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital. 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf

Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital. 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf A crescente relevância que as áreas do planeamento e controlo de gestão têm assumido na gestão das organizações

Leia mais

TERAPIAS AVANÇADAS: UMA REALIDADE FARMACÊUTICA? - Desafios do Presente e Perspectivas para o Futuro -

TERAPIAS AVANÇADAS: UMA REALIDADE FARMACÊUTICA? - Desafios do Presente e Perspectivas para o Futuro - III Congresso Científico AEFFUL TERAPIAS AVANÇADAS: UMA REALIDADE FARMACÊUTICA? - Desafios do Presente e Perspectivas para o Futuro - 24 e 25 de Novembro de 2011 (Programa Provisório) Coordenação Científica:

Leia mais

ESCOLA DO SERVIÇO DE SAÚDE MILITAR NEWSLETTER. Junho de 2013 ARTIGO. Sistemas de Saúde versus Serviço Nacional de Saúde

ESCOLA DO SERVIÇO DE SAÚDE MILITAR NEWSLETTER. Junho de 2013 ARTIGO. Sistemas de Saúde versus Serviço Nacional de Saúde ARTIGO CAP Luís Pereira Sistemas de Saúde versus Serviço Nacional de Saúde Cada país da Europa desenvolveu, ao longo de décadas ou de séculos, um modelo de sistemas de saúde que assenta em características

Leia mais

O intercâmbio cultural é um dos pilares do actual processo de globalização.

O intercâmbio cultural é um dos pilares do actual processo de globalização. Qualquer processo de globalização, cultural, científico ou económico, assenta num mesmo factor - o factor humano - que dita não só a sua concepção e desenvolvimento mas também o sucesso com que atingirá

Leia mais

Regionalização e descentralização da educação e autonomia das escolas

Regionalização e descentralização da educação e autonomia das escolas Regionalização e descentralização da educação e autonomia das escolas Seminário Internacional no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia 14 15 de Dezembro em Lisboa Auditório da Faculdade de

Leia mais

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação)

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação) Programa Científico Dia 16 de Novembro, Sexta-feira Auditório 1 10:30 (30 minutos) Sessão de abertura e apresentação do congresso 11:00 (90 minutos) Simulação em Medicina de Emergência Moderadores: Álvaro

Leia mais

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia República de Angola Ministério da Ciência e Tecnologia 3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia A Ciência, Tecnologia e Inovação ao serviço da sociedade Luanda, 11 13 de Setembro de 2013 Datas

Leia mais

Conselho Nacional de Saúde MS OPAS-OMS

Conselho Nacional de Saúde MS OPAS-OMS Conselho Nacional de Saúde MS OPAS-OMS Seminário internacional: Inclusão dos cidadãos em políticas públicas de saúde A participação dos cidadãos no sistema de saúde português Mauro Serapioni Centro de

Leia mais

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA FUNDAÇÃO PORTUGUESA A COMUNIDADE CONTRA A SIDA CENTRO DE DIREITO BIOMÉDICO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BIOÉTICA ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE 5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A

Leia mais

Decreto n.º 20/92 de 4 de Abril Protocolo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Popular de Angola na Área das Finanças Públicas

Decreto n.º 20/92 de 4 de Abril Protocolo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Popular de Angola na Área das Finanças Públicas Decreto n.º 20/92 de 4 de Abril Protocolo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Popular de Angola na Área das Finanças Públicas Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º da Constituição,

Leia mais

ESPAÇOS E ACTORES DA CIÊNCIA EM PORTUGAL (XVIII-XX)

ESPAÇOS E ACTORES DA CIÊNCIA EM PORTUGAL (XVIII-XX) ESPAÇOS E ACTORES DA CIÊNCIA EM PORTUGAL (XVIII-XX) C O O R D E N A Ç ÃO Maria Fernanda Rollo Maria de Fátima Nunes Madalena Esperança Pina Maria Inês Queiroz SUMÁRIO INTRODUÇÃO 7 ESPAÇOS E ACTORES: LUGARES

Leia mais

Workshop Regional de Disseminação do Pacote da Mobilidade

Workshop Regional de Disseminação do Pacote da Mobilidade Workshop Regional de Disseminação do Pacote da Mobilidade Évora, Universidade de Évora, 24 de Abril de 2012 Programa Preliminar Tema Intervenientes 9h30 Receção aos Participantes 9h45 Boas Vindas e Abertura

Leia mais

Os modelos de financiamento da saúde e as formas de pagamento aos hospitais: em busca da eficiência e da sustentabilidade

Os modelos de financiamento da saúde e as formas de pagamento aos hospitais: em busca da eficiência e da sustentabilidade Os modelos de financiamento da saúde e as formas de pagamento aos hospitais: em busca da eficiência e da sustentabilidade Pedro Pita Barros Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa Agenda Enquadramento

Leia mais

PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL

PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL 8 e 9 de Abril de 2010 Lisboa CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE DIREITO CONSTITUCIONAL PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL Local Auditório da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P.

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESS RELEASE Lançamento do MAPA DE BOAS PRÁTICAS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES EM PORTUGAL,

Leia mais

Seminário de Empreendedorismo nos Países de. Língua Oficial Portuguesa

Seminário de Empreendedorismo nos Países de. Língua Oficial Portuguesa Seminário de Empreendedorismo nos Países de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Brasil Empreendedorismo Língua Oficial Portuguesa Dia 22 de Novembro de 2011

Leia mais

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis 5ª feira, 4 de Maio I Reunião interna de parceiros europeus 14:00h 15:00h (UAL, sala 55) - Espaço de trabalho dos parceiros

Leia mais

1. Qualidade em Saúde 20. 2. Politicas de Qualidade em Saúde 21

1. Qualidade em Saúde 20. 2. Politicas de Qualidade em Saúde 21 Índice Índice de autores 11 Introdução 13 Carlos Alberto da Silva Qualidade em saúde: da definição de políticas à avaliação de resultados Paulo Jorge Santos Sousa 1. Qualidade em Saúde 20 2. Politicas

Leia mais

INOVAÇÃO, INVESTIGAÇÃO & DESENVOLVIMENTO E RELAÇÕES UNIVERSIDADE-EMPRESA.

INOVAÇÃO, INVESTIGAÇÃO & DESENVOLVIMENTO E RELAÇÕES UNIVERSIDADE-EMPRESA. Conferência 6 de Outubro, FC Gulbenkian Lisboa INOVAÇÃO, INVESTIGAÇÃO & DESENVOLVIMENTO E RELAÇÕES UNIVERSIDADE-EMPRESA. MANUEL CALDEIRA CABRAL UNIVERSIDADE DO MINHO MANUEL CALDEIRA CABRAL DIAGNÓSTICO(S)

Leia mais

PROMOTOR. Parceria Científica com a UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

PROMOTOR. Parceria Científica com a UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA PROMOTOR Parceria Científica com a UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA Apresentação O objetivo deste curso é proporcionar uma formação avançada, bem como a aquisição de competências e conhecimentos, de forma

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES

PLANO DE ACTIVIDADES PLANO DE ACTIVIDADES 2006 [aprovado em reunião do CC em 11 de Novembro 2005] Introdução O IPRI-UNL definiu como objectivo fundamental para a sua actividade constituir-se como uma estrutura institucional

Leia mais

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS UMA INICIATIVA INTEGRADA NA: URBAVERDE FEIRA DAS CIDADES SUSTENTÁVEIS ª 7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS ARRENDAMENTO E REABILITAÇÃO: DINAMIZAR O MERCADO, REGENERAR A CIDADE 12 de Abril de

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal)

CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal) CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal) Fátima, Centro Pastoral Paulo VI 2 a 5 de Maio de 2012. 1º Dia 2 de Maio O ESTUDO DA REALIDADE Coordenadora Prof. Doutora Ana Sofia Carvalho

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 13897152 ALEXANDRE RIBEIRO DA SILVA Colocado em 0701 9011 11279428 ANA CATARINA MELO DE ALMEIDA Colocada em 0902 14423301 ANA CATARINA VITORINO DA SILVA Colocada em 0604 9229 14306028 ANA JOÃO REMÍGIO

Leia mais

A Gestão dos Recursos Humanos em Saúde:Situação e Perspectivas (*)

A Gestão dos Recursos Humanos em Saúde:Situação e Perspectivas (*) A Gestão dos Recursos Humanos em Saúde:Situação e Perspectivas (*) Covilhã, 18 de Maio de 2007 (*) Manuel Delgado 1 AGENDA I Breve Caracterização dos Recursos Humanos da Saúde II As Despesas com Pessoal

Leia mais

VI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASPESM

VI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASPESM Programa Científico VI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASPESM A Pessoa, a Família, a Comunidade e a Saúde Mental Hospital do Divino Espirito Santo de Ponta Delgada, EPE Ponta Delgada, 8, 9 e 10 de Julho de

Leia mais

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal 22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal Apoios Instituto de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (IDT) Empresa de Electricidade da Madeira ACIF - Associação Comercial e Industrial

Leia mais

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO MODERAÇÃO PEDRO BEJA AFONSO Para além de Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira

Leia mais

Instituto de Geografia e Ordenamento do Território Horários 2015/2016

Instituto de Geografia e Ordenamento do Território Horários 2015/2016 1º SEMESTRE Turma Docente 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª Sala - 1.º Dia Sala - 2.º Dia Introdução à Geografia Física Introdução à Geografia Humana Introdução ao Planeamento Territorial (PGT) Conceitos e Perspectivas

Leia mais

Portugal Making sure your health comes first. www.medicalport.org. Prestador Global de Turismo Médico. Copyright Medical Port 2015

Portugal Making sure your health comes first. www.medicalport.org. Prestador Global de Turismo Médico. Copyright Medical Port 2015 Portugal Making sure your health comes first www.medicalport.org SOBRE PORTUGAL O Índice Global da Competitividade 2014 2015 posiciona Portugal em 24º lugar no campo da Saúde e da Educação Primária com

Leia mais

Relatório de Gestão. Instituto Português de Corporate Governance

Relatório de Gestão. Instituto Português de Corporate Governance Actividades realizadas no exercício de : Publicação do Livro Corporate Governance - Reflexões I da Comissão Jurídica; Contratação de Jurista para Secretário-Executivo do IPCG, com funções de assistência

Leia mais

IV ENCONTRO IBERO-AMERICANO SOBRE OS OBJECTIVOS DO MILÉNIO DA ONU E AS TIC TIC, Inovação e Conhecimento

IV ENCONTRO IBERO-AMERICANO SOBRE OS OBJECTIVOS DO MILÉNIO DA ONU E AS TIC TIC, Inovação e Conhecimento IV ENCONTRO IBERO-AMERICANO SOBRE OS OBJECTIVOS DO MILÉNIO DA ONU E AS TIC TIC, Inovação e Conhecimento Lisboa, 3 e 4 de Novembro de 2009 FIL Feira das Indústrias de Lisboa, Parque das Nações, Lisboa Terça-feira

Leia mais

O 7º PROGRAMA QUADRO

O 7º PROGRAMA QUADRO O 7º PROGRAMA QUADRO de I&DT Eduardo Maldonado (Coordenador de NCP) Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT Estratégia de Lisboa Conselho Europeu extraordinário de Lisboa (Março de 2000): para

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL MEDIAÇÃO FAMILIAR E COMUNITÁRIA. Da Teoria à Prática. PROGRAMA

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL MEDIAÇÃO FAMILIAR E COMUNITÁRIA. Da Teoria à Prática. PROGRAMA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL MEDIAÇÃO FAMILIAR E COMUNITÁRIA. Da Teoria à Prática. Lisboa, 20 a 21 de Maio de 2011 Instituto de Ciências da Família, Universidade Católica Portuguesa Sexta-Feira, 20 de Maio

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas Aviso n.º 6326/2003 (2.ª série). O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas faz publicar por círculos

Leia mais

Workshop O Poder dos Pequenos e Médios Estados na Grande Guerra: Comparação Portugal-Brasil 8 de Abril de 2015. Instituto da Defesa Nacional.

Workshop O Poder dos Pequenos e Médios Estados na Grande Guerra: Comparação Portugal-Brasil 8 de Abril de 2015. Instituto da Defesa Nacional. Workshop O Poder dos Pequenos e Médios Estados na Grande Guerra: Comparação Portugal-Brasil 8 de Abril de 2015 Instituto da Defesa Nacional Programa Auditório 2 10h00-10h45 Abertura do Workshop Vítor Viana

Leia mais

DESLOCAÇÕES DE ALTAS INDIVIDUALIDADES ENTRE AMBOS PAÍSES. Visita ao Japão do Primeiro Ministro, Mário Soares.

DESLOCAÇÕES DE ALTAS INDIVIDUALIDADES ENTRE AMBOS PAÍSES. Visita ao Japão do Primeiro Ministro, Mário Soares. 1984 DESLOCAÇÕES DE ALTAS INDIVIDUALIDADES ENTRE AMBOS PAÍSES Visita ao Japão do Primeiro Ministro, Mário Soares. Visita ao Japão do Ministro das Finanças e do Plano, Ernani Lopes. 1985 Visita privada

Leia mais

I Curso Pós-Graduado de Atualização sobre. Direito e Interioridade PROGRAMA

I Curso Pós-Graduado de Atualização sobre. Direito e Interioridade PROGRAMA I Curso Pós-Graduado de Atualização sobre Direito e Interioridade da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em colaboração com a Câmara Municipal de Bragança 2011-2012 PROGRAMA Abertura (4 Novembro

Leia mais

PROGRAMA DO CONGRESSO

PROGRAMA DO CONGRESSO Sexta 5 Dez PROGRAMA DO CONGRESSO Chegada dos Congressistas a Évora Transferes dos hotéis para o Centro de Congressos, no Évora Hotel. 15h30 SESSÃO OFICIAL DE ABERTURA Com a presença do Vice-Primeiro-Ministro

Leia mais

II CURSO DE VERÃO DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL PROGRAMA SEGUNDA-FEIRA 6/07/09

II CURSO DE VERÃO DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL PROGRAMA SEGUNDA-FEIRA 6/07/09 FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO INTELECTUAL II CURSO DE VERÃO DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL 6 a 10 de Julho de 2009 Coordenador: Prof. Doutor José de Oliveira Ascensão PROGRAMA

Leia mais

ENCONTRO DE TUTORES E INTERNOS SPR-SER I CURSO DE TUTORES E INTERNOS 10-11 ABRIL 2015 / LISBOA This activity is supported by an educational grant from

ENCONTRO DE TUTORES E INTERNOS SPR-SER I CURSO DE TUTORES E INTERNOS 10-11 ABRIL 2015 / LISBOA This activity is supported by an educational grant from I CURSO DE 10-11 ABRIL 2015 / LISBOA This activity is supported by an educational grant from Diretores do curso (Espanha): Dr. Indalecio Monteagudo Sáez Diretores do curso (Portugal): Dr. Luís Cunha Miranda

Leia mais

Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998

Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998 Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998 Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 197.º da Constituição,

Leia mais

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010 Cidade da Praia, Cabo Verde A ponte para o futuro Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL A EUROPA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XXI. - No Limiar da Presidência Portuguesa da União Europeia

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL A EUROPA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XXI. - No Limiar da Presidência Portuguesa da União Europeia INSTITUTO EUROPEU DA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA AREP-ASSOCIAÇÃO INTERUNIVERSITÁRIA DE ESTUDOS EUROPEUS PÓLO EUROPEU DA UNIVERSIDADE DE LISBOA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL A EUROPA E OS DESAFIOS DO SÉCULO

Leia mais

25 Anos na União Europeia 25 Anos de Instituto Europeu. Onde estamos? Para onde vamos? Congresso Internacional

25 Anos na União Europeia 25 Anos de Instituto Europeu. Onde estamos? Para onde vamos? Congresso Internacional Organização: 25 Anos na União Europeia 25 Anos de Instituto Europeu Onde estamos? Para onde vamos? Congresso Internacional 28, 29 e 30 de Nov. de 2011 Auditório da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

José Mendes Ribeiro Ciclo de Conferências ÁGORA: Ciência e Sociedade - 7ª Conferência Desafios e sustentabilidade do sistema de saúde

José Mendes Ribeiro Ciclo de Conferências ÁGORA: Ciência e Sociedade - 7ª Conferência Desafios e sustentabilidade do sistema de saúde Inclusivo, equitativo, sustentável José Mendes Ribeiro Ciclo de Conferências ÁGORA: Ciência e Sociedade - 7ª Conferência Desafios e sustentabilidade do sistema de saúde Auditório do Instituto para a Investigação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Políticas de Segurança 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012

Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012 Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012 Enquadramento As sucessivas e dependentes crises financeiras - do subprime e das dívidas soberanas - têm levado

Leia mais

aelousada.net AE Lousada Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2014

aelousada.net AE Lousada Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2014 ALBERTINO CLÁUDIO DE BESSA VIEIRA Colocado em 3138 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras ALBERTO RAFAEL SILVA PEIXOTO Colocado em 3064 Instituto Politécnico

Leia mais

Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu

Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu 1 Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu Jorge Lima (*) Eurydice é a rede de informação sobre a educação na Europa, criada por iniciativa da Comissão Europeia

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

MBA em Gestão de Unidades de Saúde. 2ª Edição

MBA em Gestão de Unidades de Saúde. 2ª Edição MBA em Gestão de Unidades de Saúde 2ª Edição Funchal Junho de 2011 CURSO DE GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE Justificação Num contexto de especial complexidade socio-económica, encontram fundamento as preocupações

Leia mais

2008-actual Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

2008-actual Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. David Mourão Ferreira Castaño Data de nascimento: 25/01/1979 Nacionalidade: Portuguesa Estado civil: Casado 3 filhos Morada: Av. das Túlipas, 41, 1º Dto. 1495-161 Miraflores Telemóvel: 96 402 23 88 E-mail:

Leia mais

I Curso Pós-Graduado de Atualização

I Curso Pós-Graduado de Atualização I Curso Pós-Graduado de Atualização sobre DIREITO DA MEDICINA & JUSTIÇA PENAL Coordenadores: JOÃO LOBO ANTUNES (Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da MARIA FERNANDA PALMA (Professora Catedrática

Leia mais

CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL

CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL Os Ministros da Educação, ou os seus representantes, de Angola, Brasil,

Leia mais

Valor do sector do Diagnóstico in vitro, em Portugal. Principais conclusões APIFARMA CEMD. Outubro 2014

Valor do sector do Diagnóstico in vitro, em Portugal. Principais conclusões APIFARMA CEMD. Outubro 2014 Valor do sector do Diagnóstico in vitro, em Portugal Principais conclusões APIFARMA CEMD Outubro 2014 1 APIFARMA Valor do Sector do Diagnóstico in Vitro, em Portugal Agenda I Objectivos e metodologia II

Leia mais

PARA ONDE VAI O SEU DINHEIRO?

PARA ONDE VAI O SEU DINHEIRO? PARA ONDE VAI O SEU DINHEIRO? Como preparar um orçamento da saúde que o cidadão contribuinte entenda? Os Medicamentos e o Orçamento José A. Aranda da Silva Auditório da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

FIDELINO DE FIGUEIREDO

FIDELINO DE FIGUEIREDO CONGRESSO INTERNACIONAL FIDELINO DE F i l o s o f i a e L i t e r a t u r a Um Homem na sua Humanidade 12 a 15 de outubro, 2015 Faculdade de Letras da Universidade Porto Faculdade de Letras da Universidade

Leia mais

Inscrição. Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência.

Inscrição. Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência. Inscrição Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência. As inscrições são limitadas ao número de 30. Preço da inscrição 25 000$00

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe Curso Coordenação Direção CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe ESEnfCVPOA Mestre Henrique Pereira Código: 3451 Descrição Objetivos Destinatários

Leia mais

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços Curso de Gestão Empresarial para Comércio e Serviços PROMOÇÃO: COLABORAÇÃO DE: EXECUÇÃO: APRESENTAÇÃO: > A aposta na qualificação dos nossos recursos humanos constitui uma prioridade absoluta para a Confederação

Leia mais

COLOC A Ç ÕES DOS NOSSOS ALUNOS NA 1ª FAS E

COLOC A Ç ÕES DOS NOSSOS ALUNOS NA 1ª FAS E Alexandre Garcia Franco Ana Filipa dos Anjos Soares Ana Filipa Martins Antunes Ana Rita Fragoso Jordão André Daniel Andrade Nunes dos Santos Beatriz Alexandra da Silva Oliveira Beatriz Henriques Xavier

Leia mais

Identificação da Empresa. Missão. Visão

Identificação da Empresa. Missão. Visão Identificação da Empresa Designação social: Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Sede: Rua José António Serrano, 1150-199 - Lisboa Natureza jurídica: Entidade Pública Empresarial Início de actividade:

Leia mais

Associação Portuguesa de Apoio a África. Escolinha Primária e Biblioteca da FL Vida Projeto Mais Além

Associação Portuguesa de Apoio a África. Escolinha Primária e Biblioteca da FL Vida Projeto Mais Além Associação Portuguesa de Apoio a África Escolinha Primária e Biblioteca da FL Vida Projeto Mais Além Moçambique Dondo 2013 APOIAR Objetivo Geral: Desenvolver Projetos no Sector da Educação e da Saúde para

Leia mais

VIª Reunião de Neurocirurgia Pediátrica 5 e 6 de Março 2010 Coimbra

VIª Reunião de Neurocirurgia Pediátrica 5 e 6 de Março 2010 Coimbra VIª Reunião de Neurocirurgia Pediátrica 5 e 6 de Março 2010 Coimbra Estimados colegas Na organização da VIª Reunião da Neurocirurgia Pediátrica Portuguesa preocupamonos em envolver os Neurocirurgiões Pediátricos

Leia mais

Inovação pode poupar. dinneiro

Inovação pode poupar. dinneiro Textos ANA SOFIA SANTOS Fotos PAULO VAZ HENRIQUES novação disruptiva é "aquela que permite tornar bens e serviços complexos e caros em bens e serviços simples e baratos". Marta Temido, presidente da presidente

Leia mais

Análise Multidimensional da Evolução do Sistema de Saúde Português

Análise Multidimensional da Evolução do Sistema de Saúde Português Análise Multidimensional da Evolução do Sistema de Saúde Português Objectivos: Construir participativamente e partilhar amplamente uma visão dos determinantes da evolução do sistema de saúde português,

Leia mais

Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação

Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação Coordenação Mafalda Teixeira Coordenadora da Rede Social da Lourinhã Nélia Feliciano

Leia mais

Gestão das Cidades, Intervenção Tecnológica e Combate a Pobreza

Gestão das Cidades, Intervenção Tecnológica e Combate a Pobreza Project Management Conferência Científica Internacional sobre Gestão das Cidades, Intervenção Tecnológica e Combate a Pobreza PROMOÇÃO: IMETRO REALIZAÇÃO: OMNEN INTELLEGENDA e IMETRO (Instituto Superior

Leia mais

Centro de Simulação Biomédica. Serviço de Anestesiologia. Bloco Operatório Central. Hospitais da Universidade de Coimbra CHUC, EPE.

Centro de Simulação Biomédica. Serviço de Anestesiologia. Bloco Operatório Central. Hospitais da Universidade de Coimbra CHUC, EPE. Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra CHUC, EPE. Curso Plano de Formação Avançada: Business Intelligence e o Novo Cliente

Leia mais

5º Seminário. Propostas da campanha nacional. A Política Ambiental no Sector Energético Português. 3 de Julho de 2008

5º Seminário. Propostas da campanha nacional. A Política Ambiental no Sector Energético Português. 3 de Julho de 2008 5º Seminário A Política Ambiental no Sector Energético Português 3 de Julho de 2008 Propostas da campanha nacional Índice da apresentação - O que é a RFA - RFA Europeia - Exemplos e comparação com PT -

Leia mais

Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 LEXDEBATA - PORTUGAL Fundada em Lisboa no ano de 2006, a LexDebata Seminários

Leia mais

EMERGÊNCIAS MÉDICAS PARA MÉDICOS DENTISTAS CURSO DE 29 30 NOVEMBRO 2013 CENTRO DE SIMULAÇÃO BIOMÉDICA DE COIMBRA

EMERGÊNCIAS MÉDICAS PARA MÉDICOS DENTISTAS CURSO DE 29 30 NOVEMBRO 2013 CENTRO DE SIMULAÇÃO BIOMÉDICA DE COIMBRA CURSO DE EMERGÊNCIAS MÉDICAS PARA MÉDICOS DENTISTAS 29 30 NOVEMBRO 2013 CENTRO DE SIMULAÇÃO BIOMÉDICA DE COIMBRA Atribuição de 1 ECTS pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra O CENTRO DE SIMULAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano

PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDL) Ano lectivo 2014-2015 Introdução PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano Professor Doutor Nuno Cunha Rodrigues DIREITO DA ECONOMIA PROGRAMA Setembro 2014

Leia mais

2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada.

2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada. PROGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E SEGURANÇA 1. Apresentação A Fundação Direito e Justiça e o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, em parceria, com a Faculdade de Direito da

Leia mais

Apuramento do resultado fiscal em SNC

Apuramento do resultado fiscal em SNC www.pwcacademy.pt Apuramento do resultado fiscal em SNC Lisboa, 23 e 29 de Novembro Academia da PwC Lisboa, 7ª edição Esta formação reúne conteúdos para a atribuição de créditos, nos termos previstos no

Leia mais

PROGRAMA Módulo I Propriedade Industrial 29/01/2011 05/01/2011

PROGRAMA Módulo I Propriedade Industrial 29/01/2011 05/01/2011 II CURSO PÓS-GRADUADO DE DIREITO INTELECTUAL 2011 PROGRAMA Módulo I Propriedade Industrial (sábados de manhã, de 29 de Janeiro a 26 de Março) Coordenadores: Prof. Doutor José de Oliveira Ascensão Prof.

Leia mais

ORDENAMENTO CIVIL DO NAS TERRITÓRIO DINÂMICAS TERRITORIAIS: CONTRIBUTO PARA O PLANEAMENTO, GESTÃO DE EMERGÊNCIA

ORDENAMENTO CIVIL DO NAS TERRITÓRIO DINÂMICAS TERRITORIAIS: CONTRIBUTO PARA O PLANEAMENTO, GESTÃO DE EMERGÊNCIA ALTO PATROCÍNIO PROGRAMA DATA: LOCAL: DIA AUDITÓRIO 12 DE NOVEMBRO DO CENTRO (SEXTA CÍVICO EXTA-FEIRA DO EIRA) ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS PROTECÇÃO E CONFERÊNCIA ORDENAMENTO CIVIL DO NAS TERRITÓRIO DINÂMICAS

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

XVII PROGRAMA CIENTÍFICO. 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto. Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual

XVII PROGRAMA CIENTÍFICO. 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto. Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual XVII Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto Presidente de Honra: Prof. Doutor João Barreto Presidente: Dr. José Canas da Silva Secretário

Leia mais

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS 4 de Maio a 12 de Outubro Índice 1. Denominação 2. Objectivos 3. Destinatários 4. Avaliação 5. Conteúdo Programático 6. Programa indicativo

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840721 ADRIANA XAVIER DA SILVA FERNANDES 38 Pré-A1 PT1840722 ALEXANDRA FILIPA AZEVEDO SANTOS 52 A1 PT1840723

Leia mais

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011 NEWSLETTER Nº 9/11 PRODUTOS DA QUINTA Apresentamos os "Produtos da Quinta" à venda esta semana. Relembramos que os nossos produtos têm certificação biológica. As encomendas poderão ser feitas na Sede da

Leia mais

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO Filipe Leonardo De: suporte@sensocomum.pt Enviado: terça-feira, 16 de Outubro de 2012 18:05 Para: mguedes.silva@mjgs.pt ; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto:

Leia mais

No dia 31 de Março decorrerá um Workshop sobre Satisfação e Lealdade do Cliente.

No dia 31 de Março decorrerá um Workshop sobre Satisfação e Lealdade do Cliente. APRESENTAÇÃO Novidades Na sequência de vários pedidos com vista ao alargamento do prazo de entrega das propostas de Comunicação, informamos todos os interessados que a Comissão Organizadora das JOCLAD2004

Leia mais

Ensaios Clínicos: A Perspectiva da Indústria Farmacêutica

Ensaios Clínicos: A Perspectiva da Indústria Farmacêutica Ensaios Clínicos: A Perspectiva da Indústria Farmacêutica Plataforma Nacional de Ensaios Clínicos Lançamento Oficial Lisboa, 20 de Março 2012 Paula Martins de Jesus Grupo de Trabalho de Investigação Clínica

Leia mais

Quadro Competitivo Xadrez CAE - Round 5

Quadro Competitivo Xadrez CAE - Round 5 List of Players Quadro Competitivo Xadrez CAE - Round 5 No Name Feder Club 1. Alexandre Aranda, Ini Conservatório de Música 2. Alexandre Alves, InfA Conservatório de Música 3. Alexandre Magalhães, InfA

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE BANCÁRIA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE BANCÁRIA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE BANCÁRIA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

BASES GERAIS DO REGIME JURÍDICO DA PREVENÇÃO, HABILITAÇÃO, REABILITAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Lei n.º 38/2004, de 18 de Agosto

BASES GERAIS DO REGIME JURÍDICO DA PREVENÇÃO, HABILITAÇÃO, REABILITAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Lei n.º 38/2004, de 18 de Agosto BASES GERAIS DO REGIME JURÍDICO DA PREVENÇÃO, HABILITAÇÃO, REABILITAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Lei n.º 38/2004, de 18 de Agosto Define as bases gerais do regime jurídico da prevenção,

Leia mais

Secretariado e Inscrições. Celebrando o

Secretariado e Inscrições. Celebrando o Celebrando o Secretariado e Inscrições www.osteogeneseimperfeita.tecnovisao.com ou a.p.osteogeneseimperfeita@gmail.com Dia Internacional Osteogénese Imperfeita (International wishbone Day) Rua Cooperativa

Leia mais

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO Coordenação Científica: Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, Prof. Doutora Carla Amado Gomes, Prof. Doutor João Miranda

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Correio electrónico Telefone 96 6257803 Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 08/ 06/1976 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA 3EB DR. JORGE CORREIA - TAVIRA

ESCOLA SECUNDÁRIA 3EB DR. JORGE CORREIA - TAVIRA Horário da turma: P10TAPSI A.INTEGR. CIS 3D.37 A.INTEGR. CIS 3D.37 PSICOLOGIA 3E.39 MATEMÁT 3E.38 PORT 3D.37 PSICOLOGIA 3E.39 MATEMÁT 3E.38 PORT 3D.37 SOCIOLOGIA 3E.38 PORT 3E.39 CIS 3E.38 PORT 4.53 SOCIOLOGIA

Leia mais