Polícia cerca mercado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Polícia cerca mercado"

Transcrição

1 DIRECTOR: JOSÉ GAIO M. DIAS ANO XXII N.º 65 DE ABRIL DE 0 SEMANÁRIO PREÇO: 0,0 (IVA inc.) Tel.: 9 7 Polícia cerca mercado Vamos salvar o Miguel Domingo há Coroas Pág. 5 Assaltos não param Caderno especial Sp. Tomar

2 . de Abril de 0 Sopa de Tomar promovida em Lisboa A Câmara de Tomar está a procurar inovar o Congresso da Sopa criando o slogan Sopas do Mundo e realizando uma acção promocional em Lisboa tendo o Chef Chakall como embaixador. No dia de Abril deslocou-se de Tomar uma equipa dos serviços de turismo da Câmara para uma acção na rua Augusta. Ali e com a participação do cozinheiro Chakall foram distribuídas centenas de kits do Congresso da Sopa. O.º Congresso da Sopa realiza-se no parque do Mouchão em Tomar no dia 7 de Maio. Este ano o argentino Chakall é o padrinho do Congresso da Sopa Tunas de Coimbra e Granada vencem festival de Tomar A Tuna de Medicina de Coimbra foi eleita pelo público como a melhor e foi considerada a Tuna Mais Tuna no X Templário - Festival Internacional de Tunas de Tomar que decorreu no sábado, dia 6, em Tomar. No entanto, o júri considerou a Tuna Universitaria del Colégio Mayor Loyola de Granada a Melhor Tuna atribuindo o.º lugar à Tuna do Distrito Universitário do Porto. Aqui ficam outras classificações atribuídas: Melhor Pandeireta: Tuna de Medicina de Coimbra; Melhor Estandarte: TDUPorto; Melhor Instrumental: Tuna Colégio Mayor Loyola Granada; Melhor Solista: Tuna C.M. Loyola Granada; Tuna Mais Bebedoura: Estudantina Universitária de Lisboa; Melhor Pasacalles: Tuna C.M. Loyola Granada; Melhor Serenata: Tuna C.M. Loyola Granada.

3 de Abril de 0. Assalto frustrado a loja na Corredoura A loja Ego, situada na Corredoura (rua Serpa Pinto), a principal rua comercial do centro histórico de Tomar, foi alvo de uma tentativa de assalto na madrugada de quinta-feira, dia. Os ladrões chegaram numa carrinha amarela, partiram os vidros da porta exterior e de uma porta interior e entraram na loja munidos com caixas de cartão para carregar os produtos. Assustados com o alarme a tocar, puseram-se em fuga e não chegaram a levar qualquer objecto, apesar de já terem dezenas de peças de roupa nos caixotes. A brigada de investigação da PSP de Tomar esteve no local a recolher indícios. Propriedade da empresária Judite Silva (presidente do Conselho de Administração da Afrizal), a loja Ego abriu há três anos e vende roupa e acessórios de marcas como Armani, Burberry, Dielmar e Ralph Lauren. É a primeira vez que esta loja é visitada pelos larápios Tomar: tentativas de assaltos a bares Na Brasa partiram o vidro de uma janela com uma pedra Dois bares de Tomar foram alvo de tentativas de assalto na noite de domingo para segunda-feira. Na Brasa Petiscos, junto à rotunda do McDonalds, partiram o vidro de uma janela com uma pedra depois de tentarem arrombar com os pés. Da esplanada desapareceu uma coluna de som mas do interior não foi dada falta de qualquer produto. O proprietário José Augusto julga que os larápios terão desistido dos seus intentos devido à passagem de viaturas ou de transeuntes. De qualquer há a registar prejuízos materiais e um crescente sentimento de inesegurança. Na mesma noite no café da Nabância retiraram as borrachas de um dos vidros da porta e foram encontradas duas pedras de calçada junto à entrada. Não chegaram a entrar no estabelecimento nem provocaram danos. Tal como aconteceu na Brasa Petiscos também aqui tudo indica a tentativa de assalto foi frustrada devido aos alarmes ou à passagens de viaturas. A PSP tomou conta das ocorrências. Atalaia, Vila Nova da Barquinha Assalto provoca 00 mil euros de prejuízo Na madrugada de domingo, uma empresa de assistência a pesados situada no parque industrial da Atalaia, junto ao nó do IC em Vila Nova da Barquinha, foi assaltada. Entre prejuízos materiais (danos nas instalações e viaturas) e material furtado (ferramentas, GPSs, etc.), o resultado soma cerca de 00 mil euros. Esta foi a segunda vez este mês que a empresa foi assaltada e refira-se que só está a funcionar desde Fevereiro.

4 . de Abril de 0 Quinta-feira, dia Reunião pública da Câmara de Tomar. De a de Abril - III Torneio Internacional de Tomar em hóquei em patins no Pavilhão Jácome Ratton em Tomar. Sexta-feira, dia - Sexta-Feira Santa Sexta-feira, dia 5h00 - Via-sacra ao vivo no centro histórico de Ourém. Sábado, dia (9h0 h00) Recolha de sangue na Associação Cultural e Desportiva da Portela de S. Pedro pela Liga dos Amigos dos Bombeiros de Tomar Sábado, dia 0h00 Leopoldina no Continente de Santarém. De a 5 de Abril Festas de N.ª Sr.ª da Boa Viagem em Constância. Sábado, dia - Aniversário da Delegação de Abrantes da Cruz Vermelha Portuguesa e inauguração oficial do novo quartel. Sábado, dia Almoço de convívio da Páscoa no Centro de Bem Estar Social, Recreativo, Cultural e Desportivo de Valdonas. Sábado, dia 0h00 Lançamento do novo site da Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira. Sábado, dia 0h00 Jantar comemorativo do.º aniversário do Centro de Assistência Social de Olalhas. Sábado, dia º Grande Prémio de atletismo de Constância (atletismo) Domingo, Domingo de Páscoa Domingo, dia 9h0 - Primeira saída de Coroas pelas ruas de Tomar anunciando a Festa dos Tabuleiros. Segunda-feira, 5 de Abril - Dia da Liberdade Segunda-feira, dia 5 - Feriado municipal em Constância e Mação. Segunda-feira, dia 5 Bêncão dos barcos nos rios Tejo e Zêzere - Festas de N.ª Sr.ª da Boa Viagem em Constância. Segunda-feira, dia 5 - h00 Concerto da Primavera pela Banda Filarmónica Gualdim Pais no Cine-Teatro Paraíso Terça-feira, dia 6 0h0 Assembleia geral da Liga dos Amigos dos Bombeiros de Tomar. De 6 de Abril a de Maio - II Encontro de Caravanismo de Vila Nova da Barquinha Quarta-feira, dia 7 - h0 - Palestra sobre "Aquecimento Global: Passado, Presente e Futuro" integrada na disciplina de Área Projecto, na Biblioteca Municipal de Tomar. Quarta-feira, dia 7 - h00 - Sessão pública do º Congresso Distrital do PSD sobre Uma Sociedade em mutação: a Juventude, o Desporto, o Associativismo e a Cidadania no Centro Desportivo Alto Rendimento, em Rio Maior De 9 a 0 de Abril - IX Jornadas do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo. FUNDADO EM DE DEZEMBRO DE 95 Jovens aprendem a ser estátuas vivas Algumas dezenas de jovens do terceiro ciclo e ensino secundário de Tomar participaram num workshop Como construir uma estátua viva, que tem por objectivo lançar o Festival de Estátuas Vivas, a decorrer entre 9 e de Setembro. A sessão decorreu no Pavilhão Municipal entre os dias 5 e 6 de Abril. O formador foi António Santos, o static man, campeão mundial de quietude. Cada grupo de trabalho era composto entre 0 e 0 elementos que tiveram ocasião de aprender algumas técnicas de como ser uma Um mês de teatro em Cem Soldos De 0 de Abril a 9 de Maio decorre em Cem Soldos a XV Mostra de Teatro organizada pelo grupo Ultimacto e pelo Sport Club Operário local. Participam grupos de Albergaria a Velha, Proença a Nova, Lisboa, Tondela, Guarda, Ourém, Santarém e naturalmente Tomar. Alguns espectáculos integram-se na Mostra Concelhia de Tomar. Eles querem fazer de estátuas vivas estátua viva. Do programa do workshop constavam, entre ou.tras, temáticas como história da quietude expressiva e das estátuas vivas, iniciação à mímica, expressão corporal, estudo da maquilhagem, improvisação livre e improvisação em quietude. O workshop previa ainda a possibilidade de alguns alunos integrarem uma nova rubrica no Festival de Estátuas intitulada História aos Quadradinhos, a realizar em espaço aberto. Jovem acidentado recupera em Tomar Fernando Francisco, o jovem de anos que se despistou com um carro furtado no dia na estrada entre Vale dos Ovos e Caxarias, já saiu do coma e já foi transferido do hospital de Santa Maria para o hospital de Tomar onde se encontra a recuperar. EDITORA E PROPRIETÁRIA: Intermagia Comunicação, Unipessoal, Lda - N.P.C.: Redacção: Rua José Raimundo Ribeiro, TOMAR - Telefone: 97 - Fax: Di- rector: José Gaio Martins Dias Cart. Prof. TE 9 Direc- tor Adjunto: José Barros Simões, Cart. Prof. TE Secretariado: Marta Monteiro - Redacção: André Dias Pereira, Cart. Prof Desporto: Nelson Ferreira - Colaboradores: Alexandre Marques, Ana Freitas, Appio Sottomayor, António de Sousa, Aurora Duarte, Carlos Carvalheiro, Casimiro Serra, Ernesto Jana, Fátima Nascimento, Fernanda Leitão, Fernando Rodrigues, Fernando Santos Marques, Guilherme Duarte, Hélder Henriques, Hugo Costa, Joaquim Francisco, José Soares, José Faria, José Sarmento, J. A. Godinho Granada, João Henriques Simões, José Tama-gnini, Luís Tomáz, Ludovico Rosa, Luís-Maria Graça, Manuel António, Margarida Pardal, Manuel Soares Traquina, Pedro Pires César, Paulina Silva, Paulo Graça Rodri-gues, Pedro Silva, Rui Sant' Ovaia, Sérgio Martins, Sílvio Brito - Composição e pagi-nação: Ana Peixoto - Impressão: Imprejornal - Sociedade de Impressão, SA. Loures - Lisboa N.º do registo do título:.56; ISSN Nº do De- pósito Legal: 95/09 CENTRO BEM ESTAR SOCIAL DE ÁGUAS BELAS CONVOCATÓRIA Ao abrigo do Art. n.º alínea c) dos Estatutos do Centro Bem Estar Social de Àguas Belas convocam-se os associados para uma Assembleia Ordinária a realizar no próximo dia 9 de Abril de 0 pelas 0h0, na sua sede provisória cita na Junta de Freguesia de Águas Belas com a seguinte ordem de trabalhos:. Apreciação e votação das contas da Gerência 00.. Outros assuntos do interesse da Instituição. Águas Belas, 5 de Abril de 0 O Presidente da Assembleia José Nunes Tomás Cotrim

5 de Abril de 0.5 Polícia cerca mercado de Tomar tividades Culturais e da Alfândega de Peniche, os agentes passaram a pente fino quase todas as carrinhas e bancas de venda de roupa, acessórios, CDs, DVDs, sapatos e outros produtos. Após cerca de duas horas, o cerco foi levantado e no dia seguinte foram revelados os resultados da operação. Foram levantados três autos de notícia por contrafacção sendo detidos três arguidos suspeitos com idades entre os e os 6 anos. Do rol de objectos apreendidos constam 600 CDs e DVDs, várias munições de calibre mm, 5 relógios e 5 óculos e respectivas bolsas. Segundo o comunicado final da PSP o objectivo deste tipo de operações é potenciar o sentimento de segurança dos cidadãos Foram detidos três vendedores por contrafacção Ninguém ficou indiferente ao aparato policial Mais de 50 operacionais da PSP de Tomar e de outros concelhos apoiados por elementos do corpo de intervenção cercaram o mercado semanal de Tomar na sextafeira, dia 5. Esta operação policial surge depois de se registarem na cidade vários assaltos a lojas sobretudo de produtos de marca. Apoiados por elementos da Inspecção Geral das Ac-

6 6. de Abril de 0 Menino procura nova medula para curar doença rara Quando Miguel Silva tinha 6 meses de vida foi-lhe diagnosticado granulomatosa crónica, uma doença rara que afecta o sistema imunitário. Actualmente com quatro anos de idade prepara-se para fazer um transplante de medula óssea e para isso a sua mãe, Liliana, desempregada de anos de idade, tem feito uma campanha de divulgação do caso. Diz que não é dinheiro que está em causa, mas a doação de medula para que possa ser compatível com a do seu filho. Um menino de quatro anos de idade, residente na localidade de Ervideiras, S. Pedro de Tomar, precisa de uma medula óssea compatível para poder fazer uma intervenção cirúrgica no sentido de tentar curar uma doença rara que lhe está a criar problemas no sistema imunitário. Avó e mãe com o pequeno Miguel Foi em sua casa que a mãe, Liliana Martins, de anos de idade, mãe do pequeno Miguel Martins Silva, explicou a O Templário como está a lutar contra a doença granulomatosa crónica. Trata-se de uma doença hereditária nas quais certas células do sistema imunitário têm dificuldade em formar compostos de oxigénio usados para matar certos agentes patogénicos. A doença foi diagnosticada aos 6 meses de vida quando começou a nascer um alto por baixo do ouvido, relata a mãe. O pequeno Miguel começou então a ser seguido no hospital de Torres Novas, primeiro, e depois no Santa Maria, em Lisboa. Os médicos desconfiaram dessa doença e começaram a medicá-lo. De então para cá essa foi a única manifestação da doença que afecta os gânglios, pele, pulmões e vários órgãos. Quem olhar para ele diz que é um menino saudável, mas na verdade cansa-se muito depressa e tem as suas defesas mais fracas, refere-nos a mãe. Segundo explica a mãe, Liliana, e a avó, Maria Manuela Martins, o pequeno Miguel é um menino agitado, às vezes até demais e que gosta de falar. Frequenta o jardim-de-infância de S. Pedro e é muito desenvolvido. Gostava de cantar no programa do José Luís Goucha, revela-nos a mãe, desempregada, que por estes dias passa o tempo em casa a cuidar do seu filho. Liliana Martins explica que, de acordo com os médicos, foi aconselhada a fazer um transplante de medula ao filho porque se lhe acontecer uma situação pior no futuro a transfusão pode não ser tão bem aceite porque o corpo está com poucas defesas. A mãe comenta que não é uma decisão fácil, porque aparentemente o filho está bem, apesar de a doença estar lá, e que há riscos, apesar de a medicina estar hoje mais evoluída. Numa das últimas consultas no hospital Santa Maria, em Lisboa, o médico aconselhou-a a divulgar o caso para que as pessoas se dirijam aos hospitais e possam doar medula, uma vez que poderá não haver, de reserva, alguma compatível com a de Miguel. Na terçafeira desta semana o pequeno deslocava-se com a sua mãe a Lisboa para fazer as respectivas análises, mas a data da operação ainda não está marcada. É um processo que demora muito tempo, comenta a mãe. Liliana explica que não é dinheiro que está em causa, mas sim a doação de medula óssea junto dos hospitais. As pessoas só têm que se dirigir lá, fazer a colheita e esperar que sejam chamadas. A divulgação está a Apelo ser feita sobretudo por intermédio de flyers, espalhados por vários locais, e também via Facebook na internet. Doença genética A granulomatosa crónica é uma doença genética que se manifestou no pequeno Miguel com apenas 6 meses de vida. A sua mãe, Liliana, é também portadora apesar de, no seu caso, nunca se ter manifestado. Lembra, todavia, o caso de uma prima que sofreu de uma situação semelhante, mas na altura não se descobriu o que era. A medicina, entretanto, evoluiu. Apesar de Miguel aparentar boa saúde e não apresentar sintomas da doença para além do cansaço fácil e reduzidas defesas, a sua família procura encontrar um dador de medula compatível com a do pequeno para tentar ultrapassar a doença que herdou da família. Olá, eu sou o Miguel Martins Silva, tenho anos e sou de S. Pedro de Tomar! Eu tenho uma doença crónica, preciso de um transplante de medula e preciso de encontrar alguém compatível. Por favor, ajudemme e divulguem a minha situação a todos os vossos amigos. Dirijam-se ao Hospital mais perto e digam que querem saber se são compatíveis com o Miguel Martins Silva de Tomar! Obrigado a todos pela vossa atenção! In

7 de Abril de 0.7 Parabéns rancho de Alviobeira O rancho de Alviobeira existe há mais de anos Os ranchos de Cabacinhas de S. Tiago (Viseu), Regional da Trofa, de Reguengo da Parada (Caldas da Rainha), Boidobra (Covilhã) e ainda do Rancho Camponeses de Minjoelho, Tomar, participaram no festival de folclore no sábado, dia 6 em Alviobeira. O Rancho Folclórico e Etnográfico local, que encerrou o festival, comemorava nesse dia o seu.º aniversário. Como é tradicional o espectáculo atraiu largas dezenas de apreciadores de folclore. O Fado e as Rosas A Associação Os Amigos do Fado de Tomar promove a ª grande noite O Fado e as Rosas no dia 0 de Abril no restaurante Pegões em Carregueiros. Os fadistas Maria do Carmo, Cândida Cadima, Ana Dória, Joaquim Pinelas, Sara Condinho, António Nascimento, Arlindo Valério e outras vozes amigas são acompanhadas à viola por Rui Girão e à guitarra portuguesa por Nuno Martins. Os bilhetes estão à venda na papelaria Raiz e na Digicópia. Reservas podem ser feitas para António Leiria (959) ou Maria do Carmo (955656).

8 . Credores da Freitas Lopes convocados pelo tribunal Sexta-feira, 9 de Abril, é o dia D para a empresa Manuel de Freitas Lopes & C.ª, L.da, de Tomar. A Assembleia de Credores vai reunir no Tribunal para decidirem quanto ao futuro da empresa e votarem o plano de insolvência. Em causa estão três unidades fabris do sector da madeira (Tomar, Cernache do Bonjardim e Rojão) num total de quase 00 trabalhadores. As duas anteriores assembleias foram inconclusivas e esta será a última hipótese de a empresa apresentar uma saída para a sua sobrevivência. Sabemos que o administrador Vizela Cardoso e o advogado Jaime Cortesão têm-se desdobrado em contactos para conseguir um parceiro, uma empresa interessada ou bancos financiadores para que a produção seja retomada. Assaltantes detidos e libertados Os suspeitos do assalto à loja Rosa dos Ventos em Tomar registado no dia de Março, foram detidos pela Polícia Judiciária mas foram libertados pelo tribunal. A detenção ocorreu há cerca de 5 dias na zona da Batalha. Os suspeitos, de origem romena, circulavam na mesma carrinha que foi utilizada no assalto em Tomar mas já apresentava outra matrícula. Foram presentes a tribunal mas o magistrado decidiu libertá-los com termo de identidade e residência. Este fim de semana estarei na Bulgária. Vamos começar a filmar o Sonhar Portukália, livro escrito pelo Lyubomir Cholakov. O Lyubomir veio tentar a sua sorte em Portugal há meia dúzia de anos. Meteu-se num carro com o primo e vieram à aventura. Portugal surgia como o El Dorado : havia trabalho, havia calor e havia brasileiras. Além das laranjas, que em búlgaro se diz portugal, referencia à sua origem como deve ser o caso de Tânger e das tangerinas. O primo arranjou emprego numa oficina de carros junto à ponte do Flecheiro, ele arranjou uns biscates na vindima para Carvalhos de Figueiredo, o primo foi para Espanha onde se ganhava mais, ele retornou à Bulgária. Deixou amigos, a família que é dona do bar Willi s, e um projecto para se fazer em Tomar, durante uma semana, horas por dia, um teatro de temática templária, misturando o tempo de hoje com o tempo dos cavaleiros. Foi o meu amigo Sebastião, o arquitec/in/onto mais vistoso da cidade que mo passou, por achar que era melhor chegar às minhas mãos do que às gavetas da cultura camarária. Eu li o projecto e conclui que havia gente tão maluca como eu. Tinha de conhecer este Lyubomir. Contactei-o, combinamos um encontro de fim de semana na Bulgária, ele contou a sua aventura portuguesa, divertimo-nos imenso, e eu digo-lhe, tu devias era escrever isso em livro e ele responde, é o que estou a fazer. O livro foi escrito e publicado na Bulgária, arranjámos um tradutor para percebermos o Sonhar Portukália Carlos Carvalheiro de Abril de 0 que é que aquilo dizia, gostámos da história, ele entretanto radicou-se em Portugal, tem continuado a escrever, e acabámos por decidir passar o Sonhar Portukália a filme. Claro que foi preciso adaptar aquilo a guião de cinema, coisa que ainda se anda a fazer. Mas uma coisa já está decidida: a chegada a Tomar, sim, porque o livro tem a ver com o enorme fascínio que ele sentiu quando se confrontou com esta terra a que ele chama a cidade mágica vai acontecer como se ele tivesse aqui chegado durante um ano de Festa dos Tabuleiros. Por isso vamos filmar o começo e o fim do filme na Bulgária, depois se fará as peripécias da viagem por Espanha, a tentativa falhada de arranjar emprego em Almeida, a paragem no Cristo perto de Penela (não, não é nada de religioso, é mesmo a tasquinha que está ali nos Casais do Cabra, que é do nosso amigo Cristo, tem um barril como porta de entrada, ponto de paragem obrigatório nas idas e vindas para Coimbra por aquela má raça de estrada, nunca mais há IC, malvada crise) e a chegada a Tomar, castelo iluminado lá em cima. Quando o primo lhe pergunta: Que será que nos espera nesta cidade?, ele responde mais a si do que ao primo: Seja o que for, aqui está E é assim. Só se a gente não puder é que não faz propaganda da nossa terra.

9 de Abril de 0.9 Anúncio da Festa dos Tabuleiros Domingo há coroas, se não chover Como manda a tradição, em ano de festa de Tabuleiros o anúncio das festividades começa no domingo de Páscoa com o Cortejo das Coroas e dos Pendões do Espírito Santos. Assim, no próximo domingo, se o tempo o permitir, realiza-se a primeira de sete chamadas saídas de coroas que ao longo de sete domingos (não seguidos) anuncia a festa por todas as ruas da cidade. No próximo domingo, na primeira saída, o percurso, entre quatro a cinco quilómetros, será idêntico ao do cortejo dos Tabuleiros a 0 de Julho, ou seja, passará pelas principais artérias da cidade. Se o tempo o permitir, o cortejo sai às 9.0 horas da sede da Santa Casa da Misericórdia de Tomar, fiel depositária do pendão e coroas da cidade, desce a Av. Cândido Madureira, passa pela Levada, sobe a Corredoura e chega à Praça da República. A missa na igreja de S. João, com as coroas e pendões junto ao altar, está marcada para as 0.0 horas. Cerca de uma hora depois retoma-se o cortejo (ver percurso). Integram o desfile os elementos da provedoria da Misericórdia, o pároco Mário Duarte e autarcas da Câmara, Assembleia Municipal e Juntas de freguesia, estas transportando os seus pendões e as suas coroas. São ainda convidados a participar os antigos mordomos da festa (António Madureira, Manuel Bonet, Raul Coito e Bento Baptista. Mota Lima já não está em condições físicas para participar) e os antigos presidentes de Câmara. As bandas Nabantina e Gual-dim Pais, os Gaiteiros de Carregueiros, os elementos da comissão central e comissões sectoriais e o povo que se quer associar completam o cortejo que é ponteado com lançamento de foguetes. A comissão apela a que os moradores por onde passa o cortejo ornamentem as suas varandas e janelas com colchas. Há quem lance pétalas de flores à passagem das coroas e pendões e quem ornamente o chão com verdura e flores. Para esta semana estavam agendadas duas reuniões preparatórias: na terça-feira, dia 9, com os 6 presidentes de junta e na quinta-feira, dia, a comissão do cortejo para ultimar os pormenores. Percurso da.ª Saída de Coroas Domingo de Páscoa, de Abril 0 Apela-se aos moradores que coloquem colchas nas varandas e janelas Misericórdia (9h0) - Av. Cândido Madureira - R Everard (Levada) - R Serpa Pinto (Corredoura)- Praça da República (Missa - 0h0) - R Serpa Pinto (Corredoura)- R Everard (Levada) - Av Norton de Matos - R Manoel de Mattos - R Miguel Ferreira - Av Ângela Tamagnini - Alameda Um de Março (lado sul) - R Marquês de Pombal - Ponte Velha - Av Marquês de Tomar - R Silva Magalhães - Praça da República - R Infantaria 5 - Misericórdia.

10 0. de Abril de 0 Aboboreiras em alta com ciclo cultural Registou uma adesão assinalável o ciclo cultural organizado pela Associação Recreativa das Aboboreiras, na freguesia de Olalhas, de 5 a 7 de Abril. Durante os três dias funcionou na antiga escola primária uma feira do livro, uma exposição de pintura de Isabel Gil Maia e uma feira /mostra de artesanato e sabores com a presença de vários artesãos como Lena Selway e João Costa. A noite do dia de abertura foi dedicada à poesia com um sarau literário que cativou o interesse de dezenas de pessoas. A noite terminou com um bailarico. O segundo dia foi preenchido com teatro (Grupo Ultim Acto com a peça Médico à Força) e música (actuação dos Memories in the Book, Just Under, Os Snakes, Xtigma e Hands of Guilt ). Duas vertentes diferentes que cativou diferentes tipos de público e que preencheu a noite até altas horas. No último dia, durante a tarde actuaram o Orfeão de Águeda, o Grupo de Teatro do CIRE e o Espaço Zero Teatro com uma peça infantil. Após o jantar de encerramento, o grupo de teatro da aldeia apresentou a peça Sik-Sik. O público aplaude os actores de Cem Soldos Maria de Jesus, presidente da direcção, entrega o certificado ao grupo de Cem Soldos Lena Selway e João Costa, dois artesãos presentes Sábado à noite houve música por jovens bandas

11 de Abril de 0. Ah, leão!

12 . De Álvaro Vasconcelos a Rosa Dias Vinte e nove Presidentes 95 - Álvaro Gomes de Vasconcelos 96 - Álvaro Gomes de Vasconcelos 97 - Álvaro Gomes de Vasconcelos 9 - Álvaro Gomes de Vasconcelos 99 - Álvaro Gomes de Vasconcelos 90 - Abílio Delgado da Silva 9 - António Lopes Quintas 9 - Arnaldo Simões Silva 9 - Júlio Bento M. Baptista 9 - Alfredo Maia Pereira 95 - António Lopes Quintas 96 - António Lopes Quintas 97 - António Lopes Quintas 9 - António Lopes Quintas 99 - Alfredo Rodrigues Correia 90 - Alfredo Rodrigues Correia 9 - Júlio Bento M. Baptista 9 - Alfredo Maia Pereira 9 - António Lopes Quintas 9 - António Lopes Quintas 95 - Dr. Amilcar Casquilho 96 - Dr. António Lopes 97 - Dr. António Lopes 9 - Dr. António Lopes 99 - Dr. António Lopes 90 - Dr. António Lopes 9 - Dr. Jorge Marçal 9 - Dr. Jorge Marçal 9 - Dr. Jorge Marçal 9 - Dr. Jorge Marçal 95 - Dr. Jorge Marçal 96 - Dr. Jorge Marçal 97 - Dr. Jorge Marçal (Ano em que faleceu) 9 - A lista eleita não foi aceite pelo Governo (António Silva Monteiro) 99 - A lista eleita não foi aceite pelo Governo (António Silva Monteiro) Cor. Humberto Passos 95 - Cor. Humberto Passos 95 - Cor. Humberto Passos 95 - Cor. Humberto Passos 95 - Cor. Frederico M. Braga Paixão Cor. Frederico M. Braga Paixão Cor. Frederico M. Braga Paixão Cor. Frederico M. Braga Paixão 95 - Cor. Frederico M. Braga Paixão Cor. Frederico M. Braga Paixão Cor. Frederico M. Braga Paixão 96 - José Torres Pereira Redol 96 - Cap. Eugénio C. A. Rosa Pereira 96 - Guilherme Nunes 96 - José Torres Pereira Redol Dr. Manuel Alcobia Bento Baptista Dr. Manuel Alcobia Bento Baptista Dr. Manuel Alcobia Bento Baptista 96 - Dr. Manuel Alcobia Bento Baptista Dr. Manuel Guimarães António José Nunes Curdia 97 - José Torres Pereira Redol 97 - José Torres Pereira Redol 97 - José Torres Pereira Redol 97 - José Torres Pereira Redol António de Oliveira António de Oliveira Ten. Cor. José Rocha Goulart 97 - Ten. Cor. José Rocha Goulart Ten. Cor. José Rocha Goulart 90 - Ten. Cor. José Rocha Goulart 9 - Ten. Cor. José Rocha Goulart 9 - Ten. Cor. José Rocha Goulart 9 - Dr. Carlos Alberto Sá Correia 9 - Dr. Carlos Alberto Sá Correia 95 - Dr. Libério Grilo 96 - Dr. António Maria de Carvalho 97 - Dr. António Maria de Carvalho 9 - Dr. António Maria de Carvalho 99 - Dr. Carlos Alberto Sá Correia Dr. Carlos Alberto Sá Correia 99/99 - Prof. António Rosa Dias 99/99 - Prof. António Rosa Dias 99/99 - Prof. António Rosa Dias 99/995 - Engº Brito Costa 99/995 - Albino Pereira 995/996 - Albino Pereira 996/997 - Albino Pereira 997/99 - Albino Pereira 99/999 - Albino Pereira 999/000 - Dr. Carlos Marques 000/00 - Dr. Carlos Marques 00/00 - Dr. Carlos Marques 00/00 - Dr. Carlos Marques 00/00 - Dr. Carlos Marques 00 - Prof. António Rosa Dias (C.ADMIN) - 9/05/00 a 0// Prof. António Rosa Dias Prof. António Rosa Dias Prof. António Rosa Dias 00 - Prof. António Rosa Dias Prof. António Rosa Dias 00 - Prof. António Rosa Dias 0 - Prof. António Rosa Dias O Sporting Clube de Tomar foi fundado em 6 de Fevereiro de 95, sendo a sua vida desportiva caracterizada por dois períodos distintos: Colectividade de Utilidade Pública desde 9 (DR 6 II Série //), desde a sua fundação e até 950 a actividade principal era o futebol, embora já nessa altura, muitos dos desportistas do clube se tenham distinguido em várias outras modalidades como o Ciclismo, Ténis de Mesa, Pesca Desportiva, bem como a natação a cargo do grande dirigente e atleta Vasco Jacob que desenvolveu uma intensa actividade a partir de 95, com a utilização da piscina da Fábrica de Fiação e mais tarde na Piscina Municipal Vasco Jacob, com a colaboração do Professor Brito Sá. A partir de 950 e até aos nossos dias a modalidade com mais destaque é o Hóquei em Patins, muito embora se continue a manter a tradição de apadrinhar outras modalidades desportivas, na sequência do grande dinamismo desenvolvido pelas secções de Pesca Desportiva, Badminton e Tiro com Arco, durante dezenas de anos, com muitos títulos conquistados, quer individuais, quer colectivos. Assim, o Sporting Clube de Tomar, ª filial do Sporting Clube de Portugal, é um dos clubes mais representativos da Região Centro, pelo seu historial, sendo a primeira filial do Sporting Clube de Portugal. Foi condecorado com a Medalha de Mérito e Dedicação Leonina e Medalha de Bons Serviços Desportivos (Ministério da Educação - DR. 55/6 de 5 de Março), para além de possuir o Estatuto de Colectividade de Utilidade Pública (DR. 6 - II Série //). Actualmente o Clube possui mais de 500 sócios. Na modalidade de Hóquei em Patins destaca-se a formação e competição, sendo que na formação participam cerca de 50 praticantes distribuídos pelos vários escalões, encontrando-se a competir no Torneio de Abertura, Campeonatos Distritais e Nacionais. O Hóquei em Patins masculino é a modalidade que mais êxitos tem granjeado para o clube, tendo alcançado o título de Campeão Nacional da II Divisão nas épocas de 90/, 99/9 e 999/00 e participado na Taça CERS a nível europeu. Depois de várias épocas na II Divisão, o Sporting de Tomar regressou este ano ao escalão principal do hóquei em patins português. Muitos por ouvir, muito por dizer de Abril de 0 Ter a presunção de colocar na rua um trabalho completo sobre uma colectividade com noventa e seis anos (!) de idade, cuja base de identidade está fortemente enraizada na sociedade tomarense, seria sempre utópico. Há atletas, treinadores, dirigentes, colaboradores, sócios e simpatizantes, que pela dedicação, mérito e empenhamento são parte integrante da vida do clube, estatuto que não perdem nem fica diminuído pelo facto de não serem referidos neste trabalho. Vasco Jacob, à cabeça da lista. Mas há muitos outros como os que carregaram às costas durante anos modalidades que existiram no clube. Fernando Mamede (badminton), José Augusto (atletismo), Miguel Tavares (tiro com arco) enfim, a lista seria sempre incompleta Desengane-se pois quem pense que aqui encontra a história do Sporting Clube de Tomar. Tão pouco se pretendeu resumi-la O que se apresenta nas páginas que se seguem é uma perspectiva actualizada do clube, que obviamente se procurou equilibrada, que olha para o que o Sporting de Tomar é hoje, sem esquecer que para aqui chegar há quase uma centena de anos que ficou para trás. João Damásio

13 de Abril de 0. Início aos pontapés prossegue sobre rodas O Sporting Clube de Tomar nasce como a maioria dos pequenos clubes de província. Um grupo de estudantes: Alfredo Maia Pereira, Júlio Bento, António Quintas, Augusto Correia, Amorim Rosa, António Coelho, Domingos Vistulo, António Souto, entre outros, desejosos de engrandecerem a sua terra, lançam a ideia de criar um grupo desportivo. A iniciativa encontra receptividade, a adesão multiplica-se e em 6 de Fevereiro de 95, fundam o Sporting Clube de Tomar. Escolhem para emblema a Cruz de Cristo sobre o Escudo Preto e iniciam a sua actividade desportiva com a Ginástica e o Futebol. Da sua fundação aos dias de hoje são 96 anos em defesa dos interesses do desporto e da juventude, procurando dignificar a cidade que representa, também no plano cultural e social. No plano desportivo a vida do clube caracterizase por dois períodos distintos: Aquele em que a sua actividade principal é o futebol e que vai da sua fundação até 950 e o que vai desta data até hoje, em que o Hóquei em Patins constitui a principal modalidade. Fundado o clube, iniciam a Ginástica num salão na Rua Dr. Joaquim Jacinto que servia de sede. O futebol era praticado na Várzea Grande, especialmente no período de férias. Conseguem alugar um terreno na Arrascada, onde efectuam treinos mas que por ser exíguo, não serve. Em princípios de 90 efectuam-se diligências perante o Conde de Tomar, com vista a ser obtido um terreno próximo da actual estação de Caminhos de Ferro, mas sem êxito. Porém, em meados de 90, alugam ao Sportinguista Joaquim Barbosa uma vinha denominada Horta d el Rei - onde hoje se situa o Mercado Municipal - e dão-se inicio aos trabalhos da construção do campo de jogos, sendo obtida autorização para a construção duma passarelle sobre o rio Nabão, ligando o campo à parte Sul da cidade. Em Janeiro de 9 é lançada uma campanha de angariação de fundos por meio de acções nominais de 5$00, para beneficiação do campo, cujas obras terminam em fins desse ano. O Sporting não está porém legalizado, pois não existe nem na Cidade, nem em Santarém qualquer associação onde possa filiar-se. Daí que os seus dirigentes tenham recorrido ao Sporting Clube de Portugal de quem se constitui sua ª filial em Janeiro de 9, passando a reger-se pelos estatutos o clube lisboeta. O campo de jogos é oficialmente inaugurado em 0 de Março de 9, com um desafio de Futebol com a ª categoria do Sporting Clube de Portugal, que termina com esclarecedora derrota nabantina (-7). Refira-se que no decurso deste jogo, tendo o árbitro assinalado erradamente uma grande penalidade a favor do Sporting de Tomar, o jogador encarregue da sua conversão, num acto de fair-play, atirou deliberadamente a bola para fora. Em 5 de Junho desse ano o Sporting Clube de Tomar cria os seus próprios estatutos, posteriormente aprovados por alvará do Governo Civil de Santarém de de Setembro de 9, e ao emblema do clube, sobre a cruz de cristo é aposto o leão. Embora oficialmente constituído, não pode o clube disputar provas oficiais por não existir qualquer estrutura associativa no concelho, nem no distrito. Assim, luta pela criação duma associação e em 9 consegue a criação da Liga Tomarense de Futebol de que fazem parte além do Sporting Clube de Tomar, o União Futebol Comércio e Indústria, o Victória Futebol Clube, o Sport Lisboa e Tomar e o Operário Futebol Clube Instrução e Recreio, tendo sido eleito o sportinguista Amorim Rosa para presidente da Liga. Em de Abril de 9, o Sporting Clube de Tomar conquista o seu primeiro título: Campeão da Liga de Tomar. Assiste-lhe assim o direito de disputar o Campeonato de Portugal (actual Taça de Portugal). Não é apenas o Futebol a actividade desportiva que o Sporting fomenta. No parque desportivo constroem-se balneários, um ginásio e um campo de ténis. A ginástica torna-se extensiva a sócios e seus filhos. É também construído o animatógrafo, com uma cabine para projecção de filmes. O atletismo e o ciclismo iniciam-se em Tomar através do Sporting em Agosto de 9. Com todas estas actividades o campo de jogos é já pequeno, e o arrendamento duma parcela de terreno maior torna-se imperioso e por isso negoceia-se com o proprietário. No entanto as condições exigidas são inaceitáveis. A ligação da parte Sul da cidade com o parque de jogos feita por passarelle durante o período de Verão Os primeiros encontros e actividades do Sporting Clube de Tomar terão tido lugar num edifício situado algures na Rua dr. Joaquim Jacinto mas a primeira sede tida como tal localizava-se na zona próxima de onde hoje está a fonte da prata, (visível na primeira foto) edifício esse que foi demolido aquando da construção da ponte eng. Arantes de Oliveira e rotunda Alves Redol. Na sequência dessa demolição, o clube instalou-se na Avenida Combatentes da Grande Guerra, num edifício que deixou recentemente e mais tarde transferiria a sua sede social para a Praça da República.

14 . de Abril de 0 é substituída em 96 por uma ponte de cimento que o Clube constrói a expensas suas. Impossibilitado o Sporting de satisfazer as exigências do proprietário para o alargamento do parque de jogos, um grupo de Sportinguistas constitui-se em Sociedade Desportiva Tomarense e em Julho de 99 adquire por compra o campo de jogos que pôe à disposição do Clube sem qualquer pagamento de renda. O Clube vai passar a uma fase de grande actividade. Assim, em Agosto de 9, cria-se pela primeira vez, no clube e na cidade uma equipa de basquetebol, que de imediato se filia na respectiva Federação. A secção de natação, a cargo do sportinguista Vasco Jacob, nasce em 95, servindo-se da piscina da Fábrica de Fiação cedida ao clube duas vezes por semana. No mesmo ano são criadas as secções de bilhar, tiro aos pratos e ténis de mesa, modalidade em que o Sporting ganha o Campeonato de Tomar. Em Novembro de 96 é inaugura um ginásio tendo um grupo de sócios oferecido na altura o estandarte do Clube. O ciclista Albino Moreira ganha o campeonato distrital de fundo de 96/7 e a equipa de futebol o Campeonato da Zona Norte do Distrito de Santarém. A partir de 97 inicia-se um período difícil na vida do clube, de que irá resultar em 950 a extinção do Futebol. Para tal contribuíu o plano de urbanização, ao abrigo do qual é expropriado o campo de jogos à Sociedade Desportiva Tomarense, sem que o Sporting Clube de Tomar receba qualquer indemnização pelas benfeitorias realizadas (ponte, balneários, cabine de cinema, etc.) assim como o início do profissionalismo que se começa a verificar no futebol. O Clube possui porém uma vitalidade cimentada no seu entusiasmo, no querer da juventude que o apoia e em Julho de 9, são constituídas a Comissão de Propaganda e Iniciativa e a Comissão de Amigos. São essas comissões que impulsionadas por Mário Simões, alugam um quintal junto à travessa da Fonte do Choupo, que denominam Parque Desportivo e Recreativo dos Leões. Aí se organizam semanalmente bailes populares e a receita reverte a favor do clube. Será a partir desse parque que o clube sofre uma radical transformação na sua estrutura desportiva, entrando no segundo período da sua existência: o período do Hóquei em Patins. Em 99, dadas as dificuldades cada vez maiores em manter as equipas de futebol, já declaradamente voltadas para o profissionalismo, os problemas surgidos com o campo de jogos, através da expropriação e muito especialmente, pela conquista do Campeonato do Mundo em Hóquei em Patins pela Selecção Nacional, e dado que o Parque dos Leões dispunha de área que possibilitava a construção de um ringue de patinagem, foi o dinamismo de António da Silva Monteiro, Álvaro de Sousa e José Redol, entre outros, que levou a que se começasse a obra em Maio desse ano, com inauguração logo em Agosto. O A ponte Marreca em madeira e a ponte do Sporting, em cimento. Ambas construídas pelos sócios do Sporting de Tomar para ligar a Travessa João Freire ao campo de jogos da Horta d El Rei (actual mercado municipal), espaço onde para além do campo de jogos existia o animatografo com exibição de cinema ao ar livre. Tudo pertença do Sporting de Tomar futebol termina no clube no final da época de 99/50 e termina assim o que pode chamar-se o primeiro período desportivo da vida do Clube. Inaugurado o ringue de patinagem pode afirmar-se que toda a cidade fica a dever ao Sporting saber patinar. Sem complexos, são os jovens de tenra idade, adolescentes e adultos, de ambos os sexos, de todas as classes sociais, que lado a lado, dão os primeiros passos, as primeiras quedas, as primeiras corridas. Todos são alunos, todos são professores. São dezenas, centenas, milhares de praticantes, que dia a dia passam pelo ringue. É a verdadeira massificação da modalidade. Da patinagem ao hóquei é apenas um curto espaço de três anos. Assim um grupo de jovens saídos das escolas do clube (onde pontificam alguns que aprenderam a patinar com patins alugados na loja do Truca, situada na avenida Torres Pinheiro) constitui a primeira equipa que em 95 se filia na Associação de Hóquei de Oeste e nesse mesmo ano conquista a respectiva Taça de Honra. A vida do clube gira fundamentalmente em torno do seu ringue, que desde Abril de 950, passou a designar-se Parque Dr. Jorge Marçal. A urbanização é no entanto a sombra fantasmagórica do Sporting Clube de Tomar. O ringue é expropriado em 96, vendo-se o clube forçado a utilizar outras instalações com todos os inconvenientes e sacrifícios daí emergentes. É certo porém, que a Câmara Municipal se responsabilizou pela construção de um novo ringue, o que concretiza com atrasos e polémica mas que, de qualquer forma permitiram que o Sporting Clube de Tomar tivesse aí desenvolvido as suas actividades com o mérito e o realce reconhecido. Mas a urbanização tem sido implacável na sua acção demolidora de tudo quanto diz respeito ao Sporting, que em 965 vê demolido o edifício que lhe servia de sede social, onde hoje se encontra a fonte da prata, sem qualquer indemnização ao clube. Posteriormente passa a utilizar o ringue municipal e reinicia a sua campanha do hóquei. Na época de 90/ sagra-se Campeão Nacional da ª Divisão Nacional passando, no ano seguinte a disputar o Campeonato Nacional da ª Divisão onde se mantém largos anos sempre em plano de evidência prestigiando Tomar e a região centro do país. Neste período é de salientar a participação, na época de 95/6, na Taça CERES, que lhe deu também prestígio internacional na modalidade. Também nas épocas de 99/9 e 999/000, voltou a alcançar o título de Campeão Nacional da ª Divisão. Hoje o Hóquei em Patins continua a ser a modalidade mais importante na vida do clube, integrando todos os escalões, das escolas aos veteranos, mas o seu ecletismo está bem evidenciado nas outras modalidades que lhe dão vida e prestígio. O Badminton, Campismo, Futsal, Patinagem Artistica, Pesca Desportiva e o Tiro com Arco, foram actividades com relevo para a formação de atletas internacionais de Campeões Nacionais que muito prestigiaram o Clube. No período de 00 a 005 o clube viu-se privado de instalações dado a Câmara Municipal ter demolido o Pavilhão Municipal, para proceder, no mesmo sítio à construção de outro. Durante esse período foram os pavilhões da ACR de Carvalhos de Figueiredo e de Santa Cita, que valeram ao clube. Actualmente é o Pavilhão Municipal Jácome Ratton a casa do Sporting Clube de Tomar.

15 de Abril de 0 Lisboa, Tomar, Pombal.5 Detentor do Estatuto de Utilidade Pública e Medalha de Bons Serviços Desportivos, o Sporting Clube de Tomar é a filial número um do Sporting Clube de Portugal como se comprova pelo documento que reproduzimos. E a este propósito há um outro dado que muitos desconhecem. O Sporting Clube de Pombal foi filial do Sporting Clube de Tomar. Resultado da forte influência que exercia na sociedade tomarense nos anos vinte e trinta, o Sporting Clube de Tomar teve um jornal próprio, com o mesmo nome do clube, mas que ao contrário do que possa pensar-se não se ficava por notícias de âmbito desportivo. O primeiro número foi publicado em Fevereiro de 9 com periodicidade quinzenal (reproduzimos a primeira página) mas atente-se na edição de de Agosto aí se lê semanário desportivo e noticioso defensor dos interesses do concelho. Mais tarde foram editadas algumas edições especiais, como no caso das bodas de ouro do clube, em 965. Galardão Dr. Jorge Marçal Este galardão foi instituído em Assembleia Geral do Clube de de Novembro de9, baseado na seguinte proposta apresentada por um grupo de sócios: Considerando que o Sporting Clube de Tomar se constituiu nos seus 6 anos de existência, o maior baluarte sócio-desportivo tanto do Concelho como do Distrito e até um dos clubes mais prestigiados da província; Considerando que a projecção atingida se deve, fundamentalmente ao brio e desportivismo dos seus atletas, à determinação e saber dos seus corpos técnicos, à tenacidade e espírito de sacrifício dos seccionistas e à voluntariedade dos Corpos Gerentes; Considerando que entre, cada um daqueles, é de justiça realçar e apontar como exemplo, os que mais se distinguem anualmente, na defesa do ideal sportinguista e no engrandecimento do Clube; Considerando que os ideais do Sporting de Tomar se consubstanciam, na extraordinária figura do Sportinguista que foi o Dr.Jorge Marçal, tanto abnegação, generosidade, amor e dedicação votados ao Clube, como pela sua modéstia e espírito de sacrifício e ainda, e muito especialmente, pela sua enorme figura humana; Considerando assim, ser de inteira justiça perpetuar a memória do homem e sportinguista impar, que foi o Dr. Jorge Marçal e ser dever alienável, apontar aos mais jovens a nobreza do seu exemplo; PROPÕE-SE º - Que seja instituído o Galardão Dr. Jorge Marçal destinado a homenagear o Atleta, o Técnico, o Seccionista, o Associado e o Dirigente que anualmente se distingam, pelo seu desportivismo, espírito de sacrifício, dedicação ao Clube e perfil humano. º - Que sejam considerados por esta Assembleia Geral como os primeiros galardoados, os seguintes Sócios e ex-atletas: Álvaro de Sousa, Mário Duarte Simões, José Torres Pereira Redol, António Silva Monteiro, António da Silva (Chibita), Silvério F. Graça, Ten. Cor. José Rocha Goulart, Daniel Silva Vieira, João Filipe Perfeito Ferreira, António José Nunes Curdia, José Alberto Caetano, Emílio Graña. º - Que os Galardões agora atribuídos e os que vierem a atribuir-se, sejam entregues publicamente, dentro das festas do Aniversário do Clube e na presença do maior número possível de jovens praticantes do Clube. º - Que sejam nomeados dois elementos que juntamente com os agora galardoados elaborem o respectivo regulamento. Esta proposta foi aprovada por unanimidade. Posteriormente o galardão foi já atribuído também a Guilherme Nunes, Cap. Hermann Schultz, António Rosa Dias, Maria Margarida Coelho de Deus Reis e Carlos Mira Coelho.

16 6. de Abril de 0 António Rosa Dias, Presidente da Direcção Matriz do Sporting de Tomar é o centro histórico Depois de três anos como presidente do Sporting Clube de Tomar, entre 99 e 99, António Rosa Dias reassumiu a liderança do clube dez anos depois de a ter deixado para iniciar uma série que já vai em sete anos de comando desta nau. Figura de referência na cidade, enquanto desportista, professor, vereador, coleccionador ou cidadão, Rosa Dias assumiu o confronto com a Câmara Municipal de Tomar, denunciando e batendo-se até à exaustão pelo que considerava serem os direitos do clube no pavilhão municipal. Sabe-se o que aconteceu. O que existia foi destruído e o Sporting de Tomar despejado. Foi por aqui que propusemos começar a nossa conversa: - A história não se apaga. Há pessoas vivas, há relatos, há documentos que atestam os sucessivos prejuízos causados ao Sporting de Tomar. Desde o campo da Horta d el Rei, que era do clube e de onde saímos sem nenhuma compensação para lá ser construído o Mercado Municipal. O clube fez duas pontes, construiu balneários, até um animatógrafo Passámos então para um espaço alugado, na zona onde hoje está o restaurante Nabão e que era designado por Parque dos Leões. O terreno foi acimentado, foi construída uma bancada de madeira. Encontrámos recentemente a lápide com a inscrição Recinto Desportivo dr. Jorge Marçal que lá estava colocada e que na altura em que saímos para o terreno ao lado, onde está o actual Pavilhão Municipal como contrapartida por libertarmos o espaço anterior para a construção de prédios - devia ter sido recolocada no novo espaço como reconhecimento de que aquilo era um recinto do Sporting de Tomar - E como era a vida do clube nessa altura? - O Sporting Clube de Tomar foi sempre um clube muito enraizado na cidade. Encontrou sempre grande adesão por parte da comunidade. Há relatos dos célebres bailes do Sporting o clube era quase o motor da vida cultural da cidade. Os anos vinte e trinta foram anos de grande vivência, de uma dinâmica extraordinária, repare que o clube teve nessa altura um jornal que tratava a actividade desportiva mas não só, dava grande cobertura a outras actividades sociais. - Com personalidades importantes da cidade como dirigentes - Nesta fase há sobretudo a referência Amorim Rosa. Pelo que fez e pelo Sócios Beneméritos distinguidos: Em Assembleia Geral de //96 - António Lopes Quintas, José Maria da Graça, Vasco Costa Jacob, José Torres Pereira Redol, Mário Duarte Simões, Ten. Domingos Nunes, Dr. Júlio Bento Baptista, Álvaro Gomes Vasconcelos, Mário Coelho, Augusto Bebiano C. Correia, João Coimbra, Major Viriato Egídio. Em Assembleia Geral de 0//9 - Ten. Cor. José Rocha Goulart, José Alberto Duarte Caetano, Guilherme Lopes Nunes. Em Assembleia Geral de //9 - Carlos Alberto Pereira. Em Assembleia Geral de /0/9 - Dr. Carlos Alberto Correia Tavares. Em Assembleia Geral de 9//95 - Fernando Rodrigues Oliveira. que nos deixou em termos de divulgação da nossa história. Nos seus anais existem variadíssimas referências por exemplo às grandes festas que se faziam no campo da Horta d el Rei, que era um espaço aprazível, junto ao rio e que era então o local de concentração de eleição da cidade. - E por isso se bateu tanto para que fosse feita justiça ao Sporting de Tomar - O clube foi durante muito tempo o motor desta terra e por isso merecia e merece reconhecimento pelo que tem feito. A verdade é que com altos e baixos fomos capazes de encontrar uma certa estabilidade que tem servido a região. - E sente que de alguma forma houve da parte da Câmara esse reconhecimento? - De certa forma está a ser dado mas em vez de ter sido relegado para a zona onde hoje está e que pode até vir a ser uma zona interessante não é isso que está em causa deveria estar na zona de sempre, junto ao rio e teríamos a hipótese de dinamizar ainda mais o centro histórico. A matriz do Sporting de Tomar é o centro histórico e afastaremnos daí foi um erro. A bem do clube estamos a tentar aproveitar da melhor maneira possível mas a história foi adulterada. - Devo entender aí um certo desânimo? - O meu estado de espírito é o de cumprir o mandato que termina a de Agosto. Tudo farei para que depois o clube prossiga com outros responsáveis. Estamos a tentar criar condições para quem vier a seguir não se queixar de encontrar algo muito pesado. - Tem essa expectativa, que apareça uma nova equipa? - Sim. Reconheço que é necessário uma dinâmica diferente, nem digo que seja melhor ou pior, outra forma de fazer as coisas, mas também reconheço que é preciso alguma coragem. Mas tenho quase setenta anos e isso vai pesar muito na minha decisão. - E se isso acontecer, se chegar alguém, como vai encontrar o clube? - Encontrará estabilidade financeira. Não há dívidas significativas. É verdade que esta é uma altura difícil mas quem vier encontrará equilíbrio, encontrará um clube administrativamente organizado e que vê as condições de trabalho melhoradas com as novas instalações que permitirão também uma abertura ao campo cultural e social. Assim surja gente disponível para levar por diante essa acção e creio que sim, tenho tido boas surpresas. - Como é que avalia a importância dessas novas instalações? - São oitocentos e cinquenta metros quadrados(!) e instalações novas com áreas diversas. Os nossos mil e quinhentos sócios vão finalmente poder beneficiar de um espaço de convívio e realização de encontros só comparável com o que acontecia nos anos 0 e 0 junto ao rio. Depois disso nunca mais tivemos um espaço de contacto de toda a família do clube e em vez de dirigentes e sócios andarem desgarrados, dispersos, isso permitirá outra dinâmica, apesar do trauma do local. - E permitirá também o aparecimento de novas modalidades ou não? - A questão das modalidades não tem a ver apenas com isso. O Sporting de Tomar sempre primou pelo ecletismo. Acho que o clube já desenvolveu todas as modalidades mas há dois aspectos que concorreram em simultâneo para a situação actual, por um lado o hóquei juvenil cresceu e por outro temos a exiguidade de instalações. - E não dá para tudo, não é?

17 de Abril de Coloca-se a questão, vamos ter muitas modalidades sem nos impormos em nenhuma delas e dedicamo-nos ao lazer, porque as horas que temos se forem repartidas por muitas actividades não permitem fazer aquilo que é necessário para competirmos com clubes especializados nessas modalidades. Então temos a patinagem e para termos todas as categorias já temos que recorrer a outras instalações e penso que esta é a melhor forma de nos impormos, com uma fortíssima componente de patinagem, que se traduz no facto de termos três equipas jovens a disputar os campeonatos nacionais. Evidentemente se tivesse menos horas de treino não seria possível conseguirem isso, acho que vale mais fazer pouco mas bem - Esse trabalho traduzir-se-á na inclusão de jovens a formação na equipa sénior? - O nosso grande drama é que estamos no centro do país, mas afastados dos grandes centros do hóquei em patins. Repare que para norte o hóquei se desenvolve de Oliveira de Azeméis para cima e para sul de Torres Vedras para baixo. Nesta região não há opções para os atletas se valorizarem. E por isso, apesar de achar que de futuro haverá possibilidade de incorporar mais atletas da formação nos seniores, o Sporting de Tomar sempre viveu à base de atletas de fora, não porque não tenhamos cá valor, mas porque lhes falta experiência de ª Divisão. - Mas há esse objectivo - A nossa vontade é tentar rentabilizar o trabalho mas é preciso grande força de vontade também da parte deles, porque só com grande sacrifício afirmarão o desejo de quererem ser jogadores de hóquei, porque há a questão dos estudos que leva os atletas para fora de Tomar e veja não temos nenhum profissional e competimos com equipas totalmente profissionais. - E os sócios querem vitórias, não é? - Ninguém gosta de perder. Há quem defenda que uma aposta maior traduzirse-á em melhores resultados e por essa via no aumento das receitas mas é um risco. Hoje as receitas dos jogos mal dão para cobrir as despesas de organização. Por cada jogo em casa pagamos mais de mil euros e o pior aspecto do pavilhão Jácome Ratton é as condições para o público. As novas instalações sociais permitirão maior proximidade entre dirigentes e associados

18 . de Abril de 0 Nuno Lopes, treinador Época só pode ser positiva ou muito positiva Séniores - em cima: Márcio Ornelas, João Lomba, Gonçalo Favinha, Fábio Guerra. Ao meio: Orlando, Nuno Domingos, Gonçalo Santos, Tiago Barros, Ivo Silva. Em baixo: Rui Alves, Esteves, Ricardo Cardoso, Nuno Lopes (treinador), Romain Dias e Joaquim Palricas nou-tras épocas recorria-se a jogadores de Lisboa ou Porto, que custam o dobro. Desta vez não o fizemos, formámos uma equipa da região, à base de jogadores da zona de Leiria. - De uma maneira geral, como é que está a ver o presente campeonato? - Está a ser extremamente competitivo, como perspectivámos. Há quatro equipas que se destacam: Benfica, Porto, Oliveirense e Candelária e depois dez para lutar. Creio que nesta altura o Limianos já está de fora, temos nove equipas para fugir a três lugares, claro que uma estão em melhores condições que outras mas à partida nós éramos o parente pobre e fizemos uma época regular. Nunca andámos abaixo da linha de água e agora temos que unir esforços porque tudo está pendurado para o último mês. No final veremos se esta foi uma época muito positiva ou apenas positiva porque pelo que está feito, negativa nunca será. - O que é que é necessário fazer nos cinco jogos que faltam? - O objectivo é ganhar três jogos. Fazer trinta e três pontos dará de certeza para manter mas até pode acontecer que trinta pontos cheguem. Benfica e Candelária são jogos muito difíceis, o que não significa que não possamos pontuar. Nos outros serão porventura menos difíceis, temos que lutar com todas as nossas armas. Sei que neste momento estou em minoria mas eu acredito. O treinador acredita e só preciso que os jogadores acreditem também porque a chave são os jogadores. - E como é treinar em simultâneo a equipa de Iniciados? - É uma questão de coerência. Eu defendo que o treinador dos seniores deve treinar sempre uma equipa de formação e por outro lado se os técnicos das equipas de seniores são à partida os mais capazes, mais habilitados, então devem estar disponíveis para educar os atletas mais jovens. Defendo isso e quando na segunda época em Tomar me convidaram, aceitei de imediato e vou participando um pouco nalgumas decisões. Olhe é mais uma secção do clube muito organizada. Já tinha previsto que mais tarde ou mais cedo apareceriam resultados muito visíveis e aí estão dois jogadores na selecção nacional, vamos ver se ficam para os dez finais que seria muito bom para o clube mas ainda mais importante é continuar a trabalhar desta forma, um trabalho de muita gente que terá reflexos daqui a alguns anos. Já vai na quinta época como treinador da equipa principal do Sporting de Tomar. Nuno Lopes iniciou o seu percurso como técnico em Alcobaça e antes de chegar ao clube tomarense, treinou também o Sporting Marinhense. Confrontado com a questão sobre como é trabalhar no Sporting de Tomar, respondeu assim: - É trabalhar no melhor clube da zona centro. Um clube que oferece todas as condições, com organização e ambicioso. É verdade que as exigências da nossa parte também não são muitas mas até à data as pessoas fazem tudo para nos proporcionar o que pedimos. Depois o que tem acontecido é que progressivamente temos vindo a melhorar os objectivos, procurando reduzir custos e o treinador também se envolve nisso porque se trata de facto de um clube e de uma cidade que oferece todas as condições. - Condições suficientes para estabilizar na ª Divisão? - Sim, sim. Sem dúvida nenhuma. Neste momento estamos a atravessar a fase que era previsível no início da época. A meio acreditámos que talvez não tivéssemos que passar por isto, mas depois fruto de um misto de arbitragens e pouca experiência da nossa parte fomos empurrados para esta situação. - Arbitragens e pouca experiência...? - Sim. Em quatro jogos fora fomos muito penalizados pelas arbitragens mas em casa, nos jogos com Valongo e Cambra, o que nos faltou foi um pouco mais de experiência. Aí não podemos passar para outros o que é nossa responsabilidade. Agora há que tirar o clube desta situação que não merece e nós próprios também não a merecemos. E quando digo que o clube tem condições para estabilizar na ª Divisão é garantindo jogadores deste patamar. Repare que

19 de Abril de 0.9 Gonçalo Favinha, melhor marcador Acredito que ficamos na ª Divisão Na sua segunda passagem pelo Sporting de Tomar, Gonçalo Favinha é um dos jogadores mais influentes da equipa. O seu percurso começou na Parede e incluiu passagens por Salesianos, Benfica (fez parte da última equipa das águias que foi campeã nacional), Turquel, Sp. Tomar, Juventude Ouriense, Braga, Portosantense e regresso a Tomar. A sua forma de estar na modalidade e a empatia que cria com o público levou a que o clube tenha decidido convidá-lo a orientar os mais jovens atletas do clube. Começámos por questioná-lo sobre o modo como encontrou o Sporting de Tomar neste seu regresso: - Em termos de organização o Sporting de Tomar é dos melhores clubes por que passei, senão mesmo o melhor. Proporciona todas as condições e os jogadores não se podem queixar de nada. Nem em termos de condições de trabalho nem do resto, se a Direcção não nos dá mais é porque não pode, porque as pessoas fazem tudo o que está ao seu alcance. - E em termos desportivos, como é que vê as coisas? - Nada está perdido e eu acredito que vamos conseguir manter-nos na ª Divisão. Seria uma enorme injustiça isso não acontecer, porque andámos quase todo o campeonato na parte de cima da classificação e acabar por descer era frustrante. - O facto do Sporting de Tomar ser a única equipa na região centro do país, tem influência nas dificuldades que estão a sentir? - Tem porque a Associação de Patinagem do Ribatejo não tem o mesmo peso que por exemplo a associação do Minho ou a do Porto. Quem anda lá dentro percebe essa influência. - Que se manifesta como? - Olhe tivemos árbitros do Minho em três ou quatro jogos seguidos - Sentem-se prejudicados pelas arbitragens? - O termo não é esse. Ao longo desta época eu vi arbitragens como nunca tinha visto na minha vida mas mesmo assim às vezes ganhamos. Agora o que aconteceu noutros casos, como por exemplo em Viana do Castelo e Cascais são coisas que se julgam impossíveis, situações que pensamos que só vimos em filmes e contra isso não há nada a fazer

20 0. de Abril de 0 João Tenreiro, Presidente da Assembleia Geral Um clube em franco crescimento O presidente da Assembleia Geral do Sporting Clube de Tomar é João Tenreiro. Advogado de profissão, acompanha com particular interesse a vida o clube e revela grande optimismo quanto ao futuro, assentando as suas expectativas sobretudo na melhoria das condições que está em curso no clube e na importância que as novas instalações sociais pode ter no envolvimento dos sócios. - Que importância atribui ao papel do Sporting de Tomar na sociedade tomarense em quase um século de vida? - O Sporting Clube de Tomar teve e tem um papel muito importante na sociedade tomarense. Se reparar, quase todas as pessoas do concelho de Tomar passaram um período da sua vida ligadas ao clube, que sempre se caracterizou por ter bastantes modalidades desportivas, nos vários escalões. É raro encontrar alguém de Tomar que não tenha passado parte da sua juventude a praticar desporto no Sporting de Tomar, o que diz bem do papel extremamente importante do clube na formação e desenvolvimento da juventude. A partir da década de cinquenta, o hóquei em patins assumiu um papel particular, tornando-se na modalidade rainha de um clube que levou e continua a levar o nome da cidade além fronteiras, sendo uma instituição de reconhecido mérito a nível nacional. - Como caracteriza o actual momento desportivo e social do clube? - A nível desportivo e no caso especial do hóquei em patins, as camadas jovens continuam a realizar excelentes campeonatos e exibições, como tradicionalmente vem sendo hábito ao longo destes últimos anos. As escolas do Sporting de Tomar continuam a formar excelentes praticantes de hóquei em patins. Quanto à equipa sénior, temos a felicidade de o clube se encontrar no escalão máximo da modalidade e apesar da grave situação económica e financeira que infelizmente se tem vivido no concelho nos últimos anos, tem-se conseguido manter a equipa com a qualidade desejável, apenas possível graças ao esforço, empenho e dedicação dos membros da direcção. - Em Agosto chega ao fim o mandato dos actuais corpos gerentes. Depois das dificuldades sentidas para encontrar uma solução para este mandato, acredita que nessa altura será mais fácil? - O Sporting de Tomar é neste momento um clube em franco crescimento, com grandes perspectivas para o futuro. Repare que está a o concluir a construção de um novo espaço para a sua sede social. Um espaço amplo, junto ao pavilhão, que permitirá ao clube desenvolver mais actividades, assim como proporcionar um espaço aos sócios, para maior contacto e convívio no clube. A actual Direcção, liderada pelo prof. Rosa Dias, desde o primeiro dia em que tomou posse, tem vindo gradualmente a dar um novo ânimo à instituição e os frutos deste trabalho estão à vista de qualquer pessoa. O Sporting de Tomar é um clube com reconhecido mérito, Aspecto do bar da nova sede, onde existirá também a sala Vasco Jacob em homenagem ao antigo atleta, treinador e presidente quer desportivo, quer institucional. Nos dias de hoje, em que as pessoas estão cada vez mais absorvidas pelo trabalho, cada vez mais exigente, é sempre difícil encontrar alguém que possa despender parte do seu precioso tempo para o ocupar no associativismo, contudo o projecto do Sporting de Tomar não pode parar por aqui. Por isso, estou convencido que todos os sócios estão interessados na continuação desse mesmo projecto e crescimento do clube. Deste modo, criadas que estão as condições, estou convicto que haverá sempre alguém que deseje continuar com o trabalho que tem vindo a ser realizado no clube.

Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades Objectivos a atingir Meios Humanos

Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades Objectivos a atingir Meios Humanos Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades s a atingir Meios Humanos O Centro Popular de Trabalhadores do Bairro São João Atlético Clube com Estatutos aprovados em 28/02/1990 e publicados

Leia mais

DESPORTISTAS GALARDOADOS

DESPORTISTAS GALARDOADOS Associação Juvenil 31 de Janeiro LUÍS REIS ÉNIO ALVES LURIO ALVES RICARDO FLORES 14 anos 20 anos Associação Mirandelense de Artes Orientais MIGUEL TAVEIRA SANDRA DIAS CRISTINA NOVO JOSÉ SILVA 42 anos 29

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 PRESIDÊNCIA: DR. FRANCISCO RODRIGUES DE ARAÚJO VEREADORES PRESENTES: DR. JOÃO MANUEL DO AMARAL ESTEVES

Leia mais

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar Junho Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar E toda aquela infância Que não tive me vem, Numa onda de alegria Que não foi de ninguém. [ ] (F. Pessoa

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. FL 46 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. Acta º12 --------Aos vinte e quatro dias do mês

Leia mais

" A história URCA MARCA DA NOSSA TERRA

 A história URCA MARCA DA NOSSA TERRA " A história URCA MARCA DA NOSSA TERRA A União Recreativa e Cultural da Abrunheira, faz parte da identidade desta Abrunheira contemporânea. Desde que existe, tem marcado todos os acontecimentos da nossa

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

1º de Maio todos os dias

1º de Maio todos os dias Pág: 22 Área: 15,95 x 21,58 cm² Corte: 1 de 5 1º de Maio todos os dias Numa zona verde da cidade de Lisboa, no bairro de Alvalade, o Parque de Jogos 1º de Maio tem um borbulhar de actividade constante.

Leia mais

Workshop (Da Estrutura e Desenvolvimento)

Workshop (Da Estrutura e Desenvolvimento) NOTA PRÉVIA: Dada a diversidade e quantidade de ideias e propostas manifestadas, optou por fazer-se uma síntese dos assuntos abordados retirando os comentários e as trocas de opiniões que entretanto surgiram,

Leia mais

CORRIDA JOVENS EM CAMPO REGULAMENTO

CORRIDA JOVENS EM CAMPO REGULAMENTO CORRIDA JOVENS EM CAMPO REGULAMENTO "IDE SEM MEDO PARA SERVIR...VÓS SOIS O FUTURO DO MUNDO!" ARTIGO 1º DENOMINAÇÃO 1. No dia 11 de Abril de 2015, pelas 17:00h, realiza-se a 1ª edição da prova denominada

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO CINCO

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO CINCO ACTA NÚMERO CINCO Aos quatro dias do mês de Março de dois mil e dez, pelas vinte e uma horas e quarenta e cinco minutos, deu-se início à reunião ordinária do Executivo da Junta de Freguesia, sob a presidência

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL

MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL ASSEMBLEIA MUNICIPAL * Ruas das Indústrias, 393 * 4786-909 TROFA * Telefone 252 409290 / Fax 252 409299 * E-mail: mesamunicipal@mun-trofa.pt DATA DA REUNIÃO: AOS VINTE E SEIS

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

REMO CÂMARA DE MONTEMOR-O-VELHO E GINÁSIO ASSINAM NOVO ACORDO DE COOPERAÇÃO GINÁSIO FIGUEIRENSE SAÚDA MÁRIO SANTOS

REMO CÂMARA DE MONTEMOR-O-VELHO E GINÁSIO ASSINAM NOVO ACORDO DE COOPERAÇÃO GINÁSIO FIGUEIRENSE SAÚDA MÁRIO SANTOS REMO CÂMARA DE MONTEMOR-O-VELHO E GINÁSIO ASSINAM NOVO ACORDO DE COOPERAÇÃO A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho e o Ginásio Figueirense vêm colaborando com sucesso desde 2004 na promoção desportiva

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106

CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106 CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106 (4ª Reunião Extraordinária 03/ Março / 2015) De acordo com a deliberação nº2 do Conselho de Gestão, de 28 de outubro de 2010, o Conselho Técnico-Científico da ESSA

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL JOSÉ TORRES AMADORA 2014 FUTEBOL 7 INFANTIS COMPLEXO DESPORTIVO MUNICIPAL DO MONTE DA GALEGA 4 e 5 de outubro de 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 01 Regras 02 Escalão etário 03 Equipas

Leia mais

RUGBY. para TODOS. Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social. Departamento de Desenvolvimento. Henrique Garcia

RUGBY. para TODOS. Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social. Departamento de Desenvolvimento. Henrique Garcia RUGBY para TODOS Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social Departamento de Desenvolvimento Henrique Garcia 1. Introdução A Federação Portuguesa de Rugby tem como missão tornar possível que TODAS

Leia mais

Roteiro Do Associativismo Juvenil

Roteiro Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Castelo Branco - Dia 27 de maio 2015 PROGRAMA 09h30 - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados do IPDJ, I.P. em Castelo Branco 10h45 - Visita à ASTA

Leia mais

Ateneu Desportivo de Leiria. Newsletter Ginástica ABRIL 2013

Ateneu Desportivo de Leiria. Newsletter Ginástica ABRIL 2013 Newsletter Ginástica ABRIL 2013 Leiria, 30 de Abril de 2013 Tivemos um mês de Abril muito animado! No dia 20 participámos na 3ª Edição do LudoApta, um evento organizado pela Associação OASIS e pela Escola

Leia mais

Condeixa Aqua Clube. Proposta de patrocínio

Condeixa Aqua Clube. Proposta de patrocínio Condeixa Aqua Clube Proposta de patrocínio Indice 1. Apresentação do Clube 3 2. Modalidades.... 4 3. Corpos Sociais..... 5 4. Técnicos 6 5. Atletas... 7 6. Instalações. 8 7. Estatutos e Regulamentos......

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

ANDDILetter. Portugal... Uma lança em África. 27 medalhas conquistadas. 25 no Atletismo / 2 no Ténis de Mesa. Edição N.º 69 nov.

ANDDILetter. Portugal... Uma lança em África. 27 medalhas conquistadas. 25 no Atletismo / 2 no Ténis de Mesa. Edição N.º 69 nov. Edição N.º 69 nov. 15 ANDDILetter Portugal... Uma lança em África Foi na cidade de Bloemfontein na África do Sul que, Portugal brilhou no 3º Campeonato do Mundo de Atletismo IAADS e no 1º Campeonato do

Leia mais

O Conselho Distrital empreendeu 1 reunião distrital com o conjunto das Delegações de Comarca.

O Conselho Distrital empreendeu 1 reunião distrital com o conjunto das Delegações de Comarca. RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO CONSELHO DISTRITAL DE FARO I - Órgãos Reuniões no Conselho Geral O participou em 2 Assembleias, nomeadamente na Assembleia Geral para Discussão e Votação do Relatório e Contas

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO JUNTA DE FREGUESIA DE S. JOÃO DO CAMPO EDITORIAL SUMÁRIO ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 JULHO AGOSTO SETEMBRO EDITORIAL

BOLETIM INFORMATIVO JUNTA DE FREGUESIA DE S. JOÃO DO CAMPO EDITORIAL SUMÁRIO ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 JULHO AGOSTO SETEMBRO EDITORIAL ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 SUMÁRIO BOLETIM INFORMATIVO EDITORIAL JULHO AGOSTO SETEMBRO A Rua principal, a Dr Jaime Cortesão tem estado cortada EDITORIAL MANIFESTAÇÃO EM LISBOA POSTO MÉDICO ao trânsito, devido

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

CETC NEWSLETTER. Nesta edição: OUTUBRO 2015 CETC NEWSLETTER. Editorial 2. Torneio Inter-Equipas 3. Ténis by Adriano Carvalho. Festa do Ténis 2015 6

CETC NEWSLETTER. Nesta edição: OUTUBRO 2015 CETC NEWSLETTER. Editorial 2. Torneio Inter-Equipas 3. Ténis by Adriano Carvalho. Festa do Ténis 2015 6 OUTUBRO 2015 CETC NEWSLETTER Nesta edição: Editorial 2 Torneio Inter-Equipas 3 Ténis by Adriano Carvalho 4 Festa do Ténis 2015 6 Torneio Prova B 9 International Senior Cantanhede I 14 O Mundo do Ténis

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA Nº. 4 Ao dia nove de Setembro do ano dois mil e nove, nesta Vila de Castelo de Vide, reuniu na Biblioteca Municipal pelas 10,00 horas, o Conselho

Leia mais

REGULAMENTO 1ª CORRIDA EDUCAR PARA A SAÚDE

REGULAMENTO 1ª CORRIDA EDUCAR PARA A SAÚDE REGULAMENTO 1ª CORRIDA EDUCAR PARA A SAÚDE 1. ORGANIZAÇÃO, DATA E OBJETIVOS Numa organização do Centro Pedagógico Crescer Saudável com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, Junta de Freguesia de Fafe, Associação

Leia mais

--------------------------------------------------------Ata número nove----------------------------------------------

--------------------------------------------------------Ata número nove---------------------------------------------- --------------------------------------------------------Ata número nove---------------------------------------------- ---------Aos dezassete dias do mês de junho de dois mil e quinze, pelas vinte e uma

Leia mais

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004 MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Acta n.º3/2004 Aos dez dias do mês de Maio do ano de 2004, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas, reuniu o Conselho Municipal de Educação do Concelho

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ATA NÚMERO UM

Junta de Freguesia da Marinha Grande ATA NÚMERO UM ATA NÚMERO UM Aos oito dias do mês de janeiro de dois mil e quinze, pelas dezanove horas nas instalações da Junta de Freguesia de Marinha Grande, sitas na Rua 25 de abril, reuniu em sessão ordinária o

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

XXXIV MEIA-MARATONA INTERNACIONAL DA NAZARÉ XIII VOLTA À NAZARÉ III CAMINHADA VIII MEIA do FUTURO REGULAMENTO GERAL

XXXIV MEIA-MARATONA INTERNACIONAL DA NAZARÉ XIII VOLTA À NAZARÉ III CAMINHADA VIII MEIA do FUTURO REGULAMENTO GERAL XXXIV MEIA-MARATONA INTERNACIONAL DA NAZARÉ XIII VOLTA À NAZARÉ III CAMINHADA VIII MEIA do FUTURO REGULAMENTO GERAL Artigo 1º Artigo 2º Artigo 3 Numa organização da Meia Maratona Internacional da Nazaré-Associação

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES. Rádio e Televisão

A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES. Rádio e Televisão A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES Rádio e Televisão É na ambiência única de religiosidade, fé e partilha, do Campo de São Francisco, em Ponta Delgada, que vão decorrer as grandes

Leia mais

ATA N.º 75 Mandato 2009-2013. Data da reunião extraordinária: 12-07-2012 Local da reunião: Sala das reuniões da Câmara Municipal de Santarém

ATA N.º 75 Mandato 2009-2013. Data da reunião extraordinária: 12-07-2012 Local da reunião: Sala das reuniões da Câmara Municipal de Santarém REUNIÃO DO EXECUTIVO MANDATO 2009-2013 DE 12-07-2012 83 Data da reunião extraordinária: 12-07-2012 Local da reunião: Sala das reuniões da Câmara Municipal de Santarém Início da reunião: 09:10 horas Términus

Leia mais

JOGOS MUNICIPAIS 2015 REGULAMENTO

JOGOS MUNICIPAIS 2015 REGULAMENTO JOGOS MUNICIPAIS 2015 REGULAMENTO PARTICIPAÇÃO Podem participar munícipes federados ou não federados, em representação de clubes, grupos informais e a título individual, de acordo com o regulamento específico

Leia mais

Do Associativismo Juvenil

Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Secretário de Estado do Desporto e Juventude Dr. Emídio Guerreiro Guarda - Dia 06 de agosto Programa 10:00H Pequeno-almoço com os Jornalistas, nos Serviços Desconcentrados

Leia mais

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO Câmara Municipal Acta nº7/200 /2008 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 26 DE MARÇO DE 2008 * Presenças : - Presidente Aníbal Sousa Reis Coelho da Costa Vereadores : - Francisco José

Leia mais

Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Email

Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Email CAMPOSDEFÉRIAS2015 CAMPOS DE FÉRIAS Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Tel Email 15/6 22/6 29/6 06/7 13/7 20/7 KIDCAMPO STREETGYMN/ STREETDANCE MUSICENTRO FUTEBOL EQUITAÇÃO VOLEIBOL BASQUETEBOL

Leia mais

FREGUESIA DE ALVORNINHA

FREGUESIA DE ALVORNINHA 56 Aos vinte dias do mês de setembro do ano de dois mil e doze, nesta Freguesia de Alvorninha e edifício da Junta de Freguesia, compareceram os Senhores: Presidente Virgílio Leal dos Santos, Secretário

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

INFORMAÇÃO DO PRESIDENTE À ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE SANTA MARINHA 19 DE DEZEMBRO DE 2007

INFORMAÇÃO DO PRESIDENTE À ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE SANTA MARINHA 19 DE DEZEMBRO DE 2007 INFORMAÇÃO DO PRESIDENTE À ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE SANTA MARINHA 19 DE DEZEMBRO DE 2007 De acordo com a alínea o) do nº 1 do artigo 17º da Lei 169/99, de 18 de Setembro com as alterações introduzidas

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO CONCELHO Aprovado na 3.ª Reunião Ordinária

Leia mais

Do Associativismo Juvenil

Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Secretário de Estado do Desporto e Juventude Dr. Emídio Guerreiro Viseu - Dia 17 de julho Programa 10h00 - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados

Leia mais

ACTA N.º 07/2010 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 06/07/2010

ACTA N.º 07/2010 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 06/07/2010 ACTA N.º 07/2010 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 06/07/2010 Nos Termos do art.º 91.º da Lei nº.169/99, de 18/09, as actas são publicitadas na íntegra, mediante edital afixado durante 5 dos 10 dias subsequentes à

Leia mais

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de 6. Associativismo No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de movimento associativo e em termos de serviços/acções disponibilizados

Leia mais

Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação

Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação Coordenação Mafalda Teixeira Coordenadora da Rede Social da Lourinhã Nélia Feliciano

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/05/2002 (Contém folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. --------------------------

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. -------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 18/2012 - JULHO --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. -------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

SPORTING CLUBE DE CASAÍNHOS NEWSLETTER Nº25 FEVEREIRO 2013 S.C.C. NEWSLETTER #25

SPORTING CLUBE DE CASAÍNHOS NEWSLETTER Nº25 FEVEREIRO 2013 S.C.C. NEWSLETTER #25 No próximo sábado, dia 2 de Março, decorrerá uma Via-sacra pelas 21.30 realizada no largo da igreja, pelos grupos de catequese juvenis e também pelo grupo de jovens. No sábado seguinte terá lugar outra

Leia mais

XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem 2014

XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem 2014 XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem 2014 Batalha - 17, 18 e 19 de Outubro de 2014 PROGRAMA 17 de Outubro ( sexta-feira ) 18:00 Receção aos participantes e acompanhantes. Distribuição dos Kit`s de equipamentos

Leia mais

MUNICIPIO DE ALMODÔVAR CÂMARA MUNICIPAL PUBLICITAÇÃO DAS TRANSFERÊNCIAS DE NATUREZA CORRENTE E DE CAPITAL CONCEDIDAS DURANTE O ANO DE 2014

MUNICIPIO DE ALMODÔVAR CÂMARA MUNICIPAL PUBLICITAÇÃO DAS TRANSFERÊNCIAS DE NATUREZA CORRENTE E DE CAPITAL CONCEDIDAS DURANTE O ANO DE 2014 475,00 Deliberação: 19-03-2014 Associação Ajuda a Sorrir 509058566 500,00 Deliberação: 05-02-2014 participação e prémios de Carnaval 2014 75,00 Deliberação: 05-02-2014 participação e prémios de Carnaval

Leia mais

ROTEIRO DO ASSOCIATIVISMO I 2014. Programa

ROTEIRO DO ASSOCIATIVISMO I 2014. Programa ROTEIRO DO ASSOCIATIVISMO I 2014 Vila Real - Dia 10 de dezembro Programa 9h00 - Pequeno-almoço com jornalistas nos Serviços Desconcentrados do IPDJ, I.P. em Vila Real 10h00 Visita à Associação Desportiva

Leia mais

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010 26 A 29 de abril. GUIMARãES 2010 geotecnia e desenvolvimento sustentável Convite A Sociedade Portuguesa de Geotecnia (SPG) e o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho (DEC-UM) têm a honra

Leia mais

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte P I N T U R A 12 12 2013 22 02 2014 Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte I N F O R M A Ç Õ E S [Patente] Galeria de Exposições da Biblioteca Municipal de Vila

Leia mais

Aldeia de Santa Margarida

Aldeia de Santa Margarida Aldeia de Santa Margarida Agenda Cultural Cultural Edição Especial - Nov Dez 2013 Agenda Cultural Propriedade: Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida Edição Especial Nov. Dez. 2013 Distribuição

Leia mais

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março EXPLORAÇÃO DE JOGOS SOCIAIS (DISTRIBUIÇÃO DOS RESULTADOS LÍQUIDOS) (LOTARIAS - TOTOBOLA TOTOLOTO TOTOGOLO LOTO 2 JOKER - EUROMILHÕES) A afectação das receitas dos

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO Acta Assembleia Geral ---- Aos vinte e um dias do mês de Novembro do ano dois mil e doze, reuniu no Auditório Municipal, a Assembleia Geral da Santa Casa das

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO DOIS

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO DOIS ACTA NÚMERO DOIS Aos vinte e um dias do mês Janeiro de dois mil e dez, pelas vinte e uma horas e quarenta e cinco minutos, deu-se início à reunião ordinária do Executivo da Junta de Freguesia, sob a presidência

Leia mais

Torneio Inter-Associações Futsal Sub-19

Torneio Inter-Associações Futsal Sub-19 Associação de Futebol de Setúbal Pag. 1 Saudação do Presidente da Direção da A. F. Setúbal Em primeiro lugar gostaria de saudar as comitivas de todas as Associação de Futebol Distritais e Regionais, bem

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º.

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º. Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de S. João da Madeira Artigo 1º Definição O Conselho Municipal de Juventude é o órgão consultivo do município sobre matérias relacionadas com a política de

Leia mais

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.---------------------------------------------------------------

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ACTA Nº 2/2011 ----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ----- Aos 28 dias do mês de Janeiro

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

REGULAMENTO I Trilhos de Casainhos

REGULAMENTO I Trilhos de Casainhos 1. ORGANIZAÇÃO O Sporting Clube de Casainhos organiza, no próximo dia 15 DE NOVEMBRO DE 2009, com a colaboração da Câmara Municipal de Loures, da Junta de Freguesia de Fanhões e do Atleta Digital (www.atleta-digital.com),

Leia mais

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS O QUE É O Gira Volei é um jogo fácil, divertido e competitivo destinado aos jovens com idade compreendida entre os 8 e os 16 onde apenas se pode utilizar uma técnica: o passe. OBJECTIVOS: Contribuir para

Leia mais

Associação Distrital de Taekwondo de Coimbra (D.R. 108 Serie de 11-05-1998, revisão de estatutos a 30-12-2009) Filiada em: Federação Portuguesa de

Associação Distrital de Taekwondo de Coimbra (D.R. 108 Serie de 11-05-1998, revisão de estatutos a 30-12-2009) Filiada em: Federação Portuguesa de Associação Distrital de Taekwondo de Coimbra (D.R. 108 Serie de 11-05-1998, revisão de estatutos a 30-12-2009) Filiada em: Federação Portuguesa de Taekwondo, Instituto do Desporto de Portugal Relatório

Leia mais

15 DE MARÇO _ 5ª FEIRA

15 DE MARÇO _ 5ª FEIRA FESTAS DE S. JOSÉ - COMEMORAÇÕES DO FERIADO MUNICIPAL 2012 DE 15 A 19 DE MARÇO PROGRAMA 15 DE MARÇO _ 5ª FEIRA 10H00 ÀS 16H00 - CELEBRAÇÃO DOS 865 ANOS DA RECONQUISTA CRISTÃ DE SANTARÉM POR D. AFONSO HENRIQUES

Leia mais

NOS@EUROPE. Anexo I. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão

NOS@EUROPE. Anexo I. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão Anexo I NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão Ana Maria Ribeiro da Cruz Diana Patrícia Henriques Fernandes Joana Catarina

Leia mais

Fls. 1. Fich: EDITAL L - N.º 12 - de 8 de Junho de 2006.doc

Fls. 1. Fich: EDITAL L - N.º 12 - de 8 de Junho de 2006.doc Fls. 1 EDITAL DA REUNIÃO DE CÂMARA DE 8 DE JUNHO DE 2006 CÂMARA Aprovação da acta da reunião ordinária da Câmara Municipal, realizada em 25 de Maio de 2006. -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão

Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO CÂ1VLARA MUNICIPAL Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão ACTA N~ 42 Aos dez dias do mês de Setembro do ano de dois mil e catorze, pelas catorze horas, reuniu

Leia mais

Contos. Tod@s Contamos. Projecto de Intervenção - de Mulher para Mulher2 -

Contos. Tod@s Contamos. Projecto de Intervenção - de Mulher para Mulher2 - Contos Tod@s Contamos Projecto de Intervenção - de Mulher para Mulher2 - Nota Introdutória O livro Contos - Tod@s Contamos é a compilação de quatro contos sobre a Igualdade de Género realizados por dezasseis

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 20132017) ATA DA VIGÉSIMA REUNIÃO DE 2015 Aos vinte e quatro dias do mês de setembro do ano dois mil e quinze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto n.º

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia Gaianima, E. M., Equipamentos Municipais Departamento do Desporto Escolar Escola Profissional de Gaia Academia de Xadrez de

Leia mais

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL Fls.46 46 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO SUL REALIZADA NO DIA 9 DE MARÇO DE 2012 Aos nove dias do mês de março do ano de dois mil e doze, reuniu ordinariamente na sala de

Leia mais

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Câmara Municipal de Montemor-o-Velho Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Montemor-o-Velho, Maio de 2014 Índice REGULAMENTO... 3 1. ORGANIZAÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS/ESCALÕES

Leia mais

------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------ -------- Aos cinco dias do mês de Maio do ano de dois mil e três, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS APOIOS A DIVERSAS ENTIDADES, INSTITUIÇÕES, ASSOCIAÇÕES E COLECTIVIDADES NO ANO DE 2014 APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS Apoio à Associação de Estudantes da Escola Secundária

Leia mais

DELIBERAÇÕES DIVERSAS: --------------------------------------------------------------- 1 BRILHOVAN COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, LDA PEDIDOS DE LICENÇA

DELIBERAÇÕES DIVERSAS: --------------------------------------------------------------- 1 BRILHOVAN COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, LDA PEDIDOS DE LICENÇA DELIBERAÇÕES DIVERSAS: --------------------------------------------------------------- 1 BRILHOVAN COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, LDA PEDIDOS DE LICENÇA ESPECIAL DE RUIDO E DE PROLONGAMENTO DE HORÁRIO RATIFICAÇÃO.

Leia mais

PRAÇA DA REPÚBLICA jardim público

PRAÇA DA REPÚBLICA jardim público PRAÇA DA REPÚBLICA jardim público Com o objetivo de celebrar e promover as flores, os jardins e espaços verdes, a produção e o comércio locais de flores, assim como as tradições e festividades associadas

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

ANÁLISE INTERNA. 1. Balanço da época desportiva do Boccia Sénior 2013/14

ANÁLISE INTERNA. 1. Balanço da época desportiva do Boccia Sénior 2013/14 ACTA Realizamos a reunião do fim de época do Campeonato Nacional de Boccia Sénior 2013/14 no Centro de Reabilitação da APPC no dia 17 de Julho de 2014, pelas 10 horas com a seguinte ordem de trabalhos:

Leia mais

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 + 253 + 51 51 23 / 33 fax: 351 + 253 + 51 51 34 e-mail: camaraguimaraes@mail.telepac.

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 + 253 + 51 51 23 / 33 fax: 351 + 253 + 51 51 34 e-mail: camaraguimaraes@mail.telepac. Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art.º 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 30 de dezembro de 2014. Série. Número 199

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 30 de dezembro de 2014. Série. Número 199 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 30 de dezembro de 2014 Série Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Resolução n.º 1276/2014 Atribui ao atleta Marcos André Sousa da Silva Freitas

Leia mais

LEONARDO CAETANO DE ARAÚJO

LEONARDO CAETANO DE ARAÚJO LEONARDO CAETANO DE ARAÚJO O Conselheiro Leonardo Caetano de Araújo, nasceu em Parada de Gatim, Vila Verde (Braga), a 11 de Maio de 1818, quatro anos antes da independência do Brasil, e faleceu com 85

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GÂMBIA, PONTES E ALTO DA GUERRA

JUNTA DE FREGUESIA DE GÂMBIA, PONTES E ALTO DA GUERRA JUNTA DE FREGUESIA DE GÂMBIA, PONTES E ALTO DA GUERRA De 1 a 30 Exposição José Afonso - Geografias de Uma Vida. Polo da Biblioteca Torneios de sueca e de ténis de mesa. Torneios de damas, sueca, dominó

Leia mais

" FUTSAL FEMININO É PAIXÃO VEM JOGAR COM O CRCQL"

 FUTSAL FEMININO É PAIXÃO VEM JOGAR COM O CRCQL O Centro Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos e a sua secção de Futsal Feminino têm como política apostar na formação. Essa aposta tem dado os seus frutos: 1) Equipa Sénior Feminina Vice-Campeã Distrital

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS -

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS - CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS - Data da última atualização: maio 2015 1 Agrupamento de Centros de Saúde do Grande Porto IX - Espinho/Gaia (ACES

Leia mais

SE O MEU TELEMÓVEL VOASSE

SE O MEU TELEMÓVEL VOASSE SE O MEU TELEMÓVEL VOASSE CONCURSO SOBRE OS DIREITOS DAS CRIANÇAS 1. Apresentação TEMA GERAL DIREITO À DIFERENÇA EU MAIS TU REGULAMENTO DO CONCURSO O IAC-CEDI, Centro de Estudos, Documentação e Informação

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A -----Aos vinte e três dias do mês de Outubro de dois mil e seis, reuniu ordinariamente a Junta de Freguesia de Rio Maior, sob a presidência da Senhora Dra. Isaura

Leia mais

iii 1 ASSEMBLEIA MUNICIPAL LISBOA CONVOCATÓRIAS

iii 1 ASSEMBLEIA MUNICIPAL LISBOA CONVOCATÓRIAS iii 1 ASSEMBLEIA MUNICIPAL LISBOA 27 a 32 REUNIÃO DA 2.2 SESSÃO ORDINÁRIA DE 2014 e 16.2 SESSÃO 28:a EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL CONVOCATÓRIAS Nos termos do disposto no artigo 28. e na àlínea

Leia mais

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços ACTA N.º 08/10 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 19 DE ABRIL DE 2010 Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

Histórico de Confrontos. Rio Ave Futebol Clube. Boavista Futebol Clube

Histórico de Confrontos. Rio Ave Futebol Clube. Boavista Futebol Clube Verde Paixão #4 Histórico de Confrontos Rio Ave Futebol Clube Boavista Futebol Clube Rio Ave FC 4x0 Boavista - 01-09-2014 Rio Ave FC 1x1 Boavista - 01-10-2005 Rio Ave FC 2x2 Boavista - 19-02-2005 Rio Ave

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

Associação Distrital de Atletismo de Coimbra. Comunicado de Resultados nº 02/2011. Grande Prémio Atletismo 20º Aniversário do Cluve

Associação Distrital de Atletismo de Coimbra. Comunicado de Resultados nº 02/2011. Grande Prémio Atletismo 20º Aniversário do Cluve Associação Distrital de Atletismo de Coimbra Comunicado de Resultados nº 02/2011 Grande Prémio Atletismo 20º Aniversário do Cluve Escola Superior Agrária de Coimbra 31 Outubro 2010 500 Metros Masculinos

Leia mais

1ª Liga de Futsal 2014/2015

1ª Liga de Futsal 2014/2015 1ª Liga de Futsal 2014/2015 Patrono RICARDINHO 1 I Liga Futsal 2014/2015 Regulamento Equipas Artigo 1º Esta liga de futsal encontra-se aberta a equipas de empresas devidamente certificadas, podendo ser

Leia mais