- Mesa Redonda: Qualidade de Vida no Trabalho - Pelotas/RS, 26 de novembro de 2014.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Mesa Redonda: Qualidade de Vida no Trabalho - Pelotas/RS, 26 de novembro de 2014."

Transcrição

1 - Mesa Redonda: Qualidade de Vida no Trabalho - Pelotas/RS, 26 de novembro de 2014.

2 - Mesa Redonda Qualidade de Vida no Trabalho - Carlos Cezar Soares Batista Coordenação-Geral de Atenção à Saúde e à Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal Divisão de Promoção à Saúde e Qualidade de Vida do Servidor Departamento de Políticas, Previdência e Benefícios do Servidor

3 Concepção de programas e estratégias de governo Lei Política Planos Ações Estratégias Programas

4 Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal - PASS

5 Decreto 6.833, 29 de abril de Estruturação da PASS Arcabouço Legal Perícia em Saúde Avaliação da capacidade laborativa dos servidores Vigilância Informações acerca dos Ambientes e Processos de Trabalho Promoção à Saúde Prevenção a Agravos e Acompanhamento da Saúde do servidor Base Orçamentária Assistência à Saúde Investidura em Cargo Público Benefício da Saúde Suplementar Monitoramento da Saúde do Servidor

6 A Política de Atenção à Saúde e Segurança no Trabalho no Serviço Público Federal (PASS) como resposta da Administração Publica Federal para a: Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho Servidor Público Federal

7 LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Art A assistência à saúde do servidor, ativo ou inativo, e de sua família compreende assistência médica, hospitalar, odontológica, psicológica e farmacêutica, terá como diretriz básica o implemento de ações preventivas voltadas para a promoção da saúde e será prestada pelo Sistema Único de Saúde SUS, diretamente pelo órgão ou entidade ao qual estiver vinculado o servidor (PASS/SIASS) ou mediante convênio ou contrato (Saúde Suplementar), ou ainda na forma de auxílio, mediante ressarcimento parcial do valor despendido pelo servidor (per capita), ativo ou inativo, e seus dependentes ou pensionistas com planos ou seguros privados de assistência à saúde, na forma estabelecida em regulamento. (Redação dada pela Lei nº de 2006)

8 02 Leis 03 Decretos 09 Portarias 04 Orientações Normativas Base Legal Lei Nº de Lei Nº de Decreto nº de Decreto nº de Decreto nº 7003 de Portaria Normativa SRH Nº 4, de Portaria Conjunta SRH / SOF Nº 1, de Portaria SRH Nº 1.261, de Portaria Normativa SRH Nº 3, de Portaria Normativa SRH Nº 5 de Portaria SRH Nº 783, de Portaria Normativa SEGEP Nº 5 de Portaria Normativa SEGEP Nº 6 de Portaria SEGEP Nº de Portaria SEGEP Nº 3, de ON 06 de ON 03 de ON 02 de ON 06 de

9 Decreto /1.990 Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE. I V IV II III + DW do SIASS

10 Analisar e identificar diferentes fatores relacionados à saúde do servidor Quem são os servidores? Que tipo de atividade laboral é realizada? Sobre quais condições de trabalho? Como são organizados seus processos de trabalho? Do que e de que se afastam? Qual a prevalência de comorbidade e morbidades dessa população? Como são atendidas suas necessidades de saúde e segurança no trabalho? Qual atuação do Estado? na esfera do Trabalho, Saúde e Previdência Social Atuação da APF enquanto empregador Qual atuação dos servidores? Adaptado de Lacaz, Francisco. UNIFESP.

11

12 Força de Trabalho e Idade Média Fonte: Boletim Estatístico de Pessoal. Outubro

13 Força de Trabalho e Idade Média Fonte: Boletim Estatístico de Pessoal. Outubro

14 Força de Trabalho e Idade Média Fonte: Boletim Estatístico de Pessoal. Outubro

15 Política de Atenção à Saúde e Segurança no Serviço Público Federal - PASS Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho Público Federal Estratégias para o desenvolvimento de ações de intervenção nos Ambientes e nos Processos de Trabalho

16 Portaria Normativa Nº 3, de 7 /05/ Objetivo Tem por objetivo definir as diretrizes gerais para implementação das ações de Vigilância e Promoção à Saúde do Servidor Público Federal, para os órgãos e entidades que compõem o Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal SIPEC. NÃO SE TRATA DE UM PROGRAMA

17 DIRETRIZES DE SAÚDE MENTAL: Princípios, Diretrizes e Ações Portaria SRH nº de DIRETRIZES EM SAÚDE BUCAL PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL Portaria Normativa SEGEP Nº 6 de

18 Promoção da Saúde Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal Documento orientador macro para o desenvolvimento de ações de prevenção, promoção, vigilância e educação em saúde, dirigidas ao conjunto dos servidores públicos federais. Construção Coletiva Portaria Normativa SEGEP nº 3, de 25 de março de 2013.

19 PROMOÇÃO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA Objetivos da Promoção à Saúde: Melhorar a saúde e qualidade de vida das pessoas; Aumentar a responsabilidade individual com a saúde; Diminuir os custos de assistência médica e o absenteísmo; Aumentar a qualidade pessoal, a motivação e o comprometimento no trabalho; Diminuir os fatores de riscos de adoecimento, principalmente àqueles relacionados às DCNT; Conscientizar as pessoas para o uso adequado da assistência médica;

20 Promoção da Saúde do Servidor* É o conjunto de ações dirigidas à saúde do servidor, por meio da ampliação do conhecimento da relação saúde-doença e trabalho. Objetiva o desenvolvimento de práticas de gestão, de atitudes e de comportamentos que contribuam para a proteção da saúde no âmbito individual e coletivo. * Dos conceitos. Seção I. Disposições gerais. Portaria Normativa n 3 de 7/mai/2010.

21 Promoção da Saúde do Servidor Fonte: Diagrama de Influência em Camadas de Dahlgren e Whitehead (1991) Dahlgren e Whitehead. Paulo Buss. Determinantes sociais da saúde. Fiocruz

22 Diretrizes Gerais de Promoção da Saúde do Servidor Fonte: Portaria Normativa SEGEP Nº 3, de 25 de março de 2013.

23 Promoção da Saúde do Servidor Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal Levantamento dos recursos: Em que local o programa será desenvolvido? Que espaços, salas ou armários estão disponíveis? Que materiais de suporte aos programas educacionais estão disponíveis? Que condições existem para a prática de atividades? Quais e quantos técnicos serão necessários para realização das atividades? Quais meios de divulgação dispomos? Quanto de dinheiro está disponível? A proposta tem apoio da instituição? Está institucionalizada?

24 Promoção da Saúde do Servidor Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal Definição de Planos, Ações e Estratégias: Quem é o meu público alvo? O que sabemos dele? O que já sabemos sobre os problemas de saúde? Que tipo de informações são necessárias antes de iniciarmos os programas/ações? Quais são as metas prioritárias para minorar os problemas de saúde? Quais os objetivos mensuráveis usados para definir o sucesso do programa? Que organizações podemos ter como parceiras?

25 Modelo de Ambiente de Trabalho Saudável da OMS: Vias de influência, processo e princípios essenciais.

26 Módulo de Promoção da Saúde ( IV ) Disponibilizar Programas de Promoção à Saúde Desenvolvidos no âmbito do SIPEC para a Rede SIASS Curso na Modalidade EaD 40horas MÓDULO PERMITE INSCRIÇÕES Próprio Servidor Equipe de Acolhimento SIASS ou Gestor de RH

27 PACOTES! MODELOS PASTEURIZADOS! RECEITAS! FORMULAS! Programas de Promoção à Saúde

28 PACOTES! MODELOS PASTEURIZADOS! RECEITAS! FORMULAS! Programas de Promoção à Saúde

29

30 Promoção da Saúde do Servidor Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal As ações de segurança e saúde do servidor exigem uma atuação: Multiprofissional Interdisciplinar, e Intersetorial.

31

32

33 Modalidade de Equipe Fonte: PEREZ-RAMOS, Aidyl M. de Queiroz. Modelos de prevenção: perspectivas dos programas de estimulação precoce. Psicol. USP [online]. 1990, vol.1, n.1, pp ISSN

34 O Desafio da Intersetorialidade (s) Intersetorialidade? IntersetorialidadeS!. AKERMAN, Marco et al. Ciênc.ia e Saúde Coletiva vol.19 no.11 Rio de Janeiro. Nov Disponível em Acessado em 24/11/2014.

35 Política de Atenção à Saúde e Segurança no Serviço Público Federal - PASS Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho Público Federal Estratégias para o desenvolvimento de ações de intervenção nos Ambientes e nos Processos de Trabalho

36 Nome do Curso Período Carga Horária 1. Treinamento de Perícia Oficial em Saúde perfis: médico, administrativo e gestor. Relação de Cursos Ofertados pelo DESAP/SEGEP/MP Biênio 2013 e e 30/04/ h Nº de Servidores Envolvidos 16 médicos peritos 14 administrativos/ gestores 13 cirurgiões dentistas Observação 2. Treinamento de Perícia Oficial em Saúde Perfis: médico, administrativo e gestor. 27 e 28/05/ h 07 médicos peritos 18 administrativos /gestores 3. Oficina de Formação de Profissionais das Unidades do SIASS Capacitação em Promoção e Vigilância em Saúde do Servidor Público Federal. Parceria: UFMG. 08/08/2013 a 10/10/ h cada turma Florianópolis: 25 alunos Florianópolis: 16 alunos Manaus: 08 alunos Em andamento. (última turma prevista para a Região Norte) 4. Curso Educação para Aposentadoria: Promoção de Saúde e Desenvolvimento na Administração Pública Federal. Ofertado na modalidade EaD. Parceria com a Universidade de Brasília (UnB). 28/04/2014 a 12/10/ h 350

37 5. Treinamento de Perícia Oficial em Saúde - perfil cirurgião dentista. 30/10/ h 10 cirurgiões dentistas 6. Treinamento de Perícia Oficial em Saúde Perfis: médico, gestor e administrativo. 7. III Fórum de Perícia Oficial em Saúde. Belo Horizonte/MG. Relação de Cursos Ofertados pelo DESAP/SEGEP/MP Biênio 2013 e 2014 Nome do Curso Período Carga Horária 3 e 4/12/ h Nº de Servidores Envolvidos 30 gestores/adm 21 médicos 22 a 24/05/ h 350 Observação 8. Curso de especialização em Perícia Oficial em Saúde Ofertado na modalidade EaD. Parceria com o Centro Universitário de Lins Unilins. Abril de 2013 a maio de h 200 Servidores ocupantes de cargo de médico e cirurgião dentistas 9. Curso Qualidade de Vida no Trabalho (QVT): Diagnóstico, Política e Programa de QVT como instrumentos para a Promoção da Saúde e Segurança no Trabalho na Administração Pública Federal. Ofertado na modalidade EaD. Parceria com a Universidade de Brasília (UnB). 12/06/2012 a 11/04/ h 350

38 Relação de Cursos Ofertados pelo DESAP/SEGEP/MP Biênio 2013 e 2014 Nome do Curso Período Carga Horária 10. Curso para Operacionalização do Módulo Promoção à Saúde do Servidor (SIAPE Saúde), na modalidade EaD. Organizado e ofertado pela Escola SEGEP / UNISERPRO. 01/07/2013 a 03/08/2013 Nº de Servidores Envolvidos 40h 350 Observação

39 Promoção da Saúde do Servidor Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal

40 Promoção da Saúde do Servidor Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal

41 DIRETRIZES EM SAÚDE BUCAL PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL Portaria Normativa SEGEP/MPOG Nº 6 de DIRETRIZES GERAIS PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL Portaria Normativa SEGEP/MPOG Nº 3 de Construção Coletiva

42 Promoção da Saúde do Servidor Diretrizes Gerais para Promoção da Saúde do Servidor Público Federal

43 Fonte: Ministério da Saúde.

44 Portal SIASS - Link: https://www2.siapenet.gov.br/saude/portal/public/index.xhtml

45 Serviços públicos de qualidade, relações de trabalho democráticas e a presença atuante do Estado em todas as regiões deste País de dimensões continentais são indicadores de uma sociedade justa, equânime e próspera. Fonte: A negociação coletiva no setor público e o desenvolvimento de competências para o diálogo. Duvanier Paiva Ferreira e col. Secretaria de Relações do Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Programa de Pós-graduação em Administração. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Hartmann p. il.

46 Tema central: Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, Direito de Todos e Todas e Dever do Estado. Período de 15 a 18 de dezembro de Informações sobre a 4ªCNST: e o Telefone

47

48

49 Carlos Cezar Soares Batista Coordenação-geral de Atenção à Saúde e à Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal Divisão de Promoção à Saúde e Qualidade de Vida do Servidor Departamento de Politicas de Saúde, Previdência e Benefícios do Servidor CGSET/DESAP/SEGEP/MP Telefones: (61)

Política de Atenção à Saúde do Servidor

Política de Atenção à Saúde do Servidor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Secretaria de Recursos Humanos Política de Atenção à Saúde do Servidor um projeto em construçã ção o coletiva Após 2003 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INICIATIVAS INSTITUCIONAIS

Leia mais

A Odontologia na Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal

A Odontologia na Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal A Odontologia na Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal 1 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Departamento de Políticas de Saúde, Previdência e Benefícios

Leia mais

Política de Atenção à Saúde do Servidor

Política de Atenção à Saúde do Servidor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Secretaria de Recursos Humanos Política de Atenção à Saúde do Servidor um projeto em construção coletiva Campina Grande, junho de 2009 Administração Pública Federal Recuperação

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA PORTARIA NORMATIVA Nº 6, DE 23 DE OUTUBRO DE 2012

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA PORTARIA NORMATIVA Nº 6, DE 23 DE OUTUBRO DE 2012 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA PORTARIA NORMATIVA Nº 6, DE 23 DE OUTUBRO DE 2012 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA

Leia mais

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 7 DE MAIO 2010

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 7 DE MAIO 2010 SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 7 DE MAIO 2010 Estabelece orientações básicas sobre a Norma Operacional de Saúde do Servidor - NOSS aos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional Diário Oficial Imprensa Nacional REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF.Nº 206 DOU 24/10/12 seção 1 p.111 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA PORTARIA NORMATIVA

Leia mais

A política de atenção à saúde, previdência e benefícios do servidor público

A política de atenção à saúde, previdência e benefícios do servidor público A política de atenção à saúde, previdência e benefícios do servidor público 1. POLÍTICA E ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR A ausência de uma política nacional de saúde do servidor, articulada em nível central,

Leia mais

GELISE BARROS TEIXEIRA HENRIQUE CISNE TOMAZ

GELISE BARROS TEIXEIRA HENRIQUE CISNE TOMAZ CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde IMPLANTAÇÃO DO SUBSISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR NO MINISTÉRIO DA SAÚDE, TERESINA/PÍ GELISE BARROS

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013

PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013 PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013 Institui as diretrizes gerais de promoção da saúde do servidor público federal, que visam orientar os órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração

Leia mais

Um Projeto em Construção Coletiva

Um Projeto em Construção Coletiva POLÍTICA DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL Um Projeto em Construção Coletiva Brasília, outubro de 2008 1 O CONTEXTO O Poder Executivo Federal possui 529.003 servidores civis ativos 1, distribuídos

Leia mais

Modelo da Avaliação da Capacidade Laboral e do Nexo Técnico Previdenciário

Modelo da Avaliação da Capacidade Laboral e do Nexo Técnico Previdenciário Modelo da Avaliação da Capacidade Laboral e do Nexo Técnico Previdenciário Instituto Nacional do Seguro Social - INSS Proposta Inicial Versão Preliminar Junho/2013 MODELO DE AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE LABORAL

Leia mais

Detalhamento da Implementação Concessão de Empréstimos, ressarcimento dos valores com juros e correção monetária. Localizador (es) 0001 - Nacional

Detalhamento da Implementação Concessão de Empréstimos, ressarcimento dos valores com juros e correção monetária. Localizador (es) 0001 - Nacional Programa 2115 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Saúde 0110 - Contribuição à Previdência Privada Tipo: Operações Especiais Número de Ações 51 Pagamento da participação da patrocinadora

Leia mais

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO É um benefício concedido ao servidor, ativo ou inativo,

Leia mais

ANEXO 15: NECESSIDADES DE CONHECER DA COORDENAÇÃO GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (CGDEP)

ANEXO 15: NECESSIDADES DE CONHECER DA COORDENAÇÃO GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (CGDEP) ANEXO 15: NECESSIDADES DE CONHECER DA COORDENAÇÃO GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (CGDEP) Referentes ao Planejamento Estratégico EIXO 1 - GESTÃO POR COMPETÊNCIAS E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO Objetivo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL PROGRAMA: 0070- Gestão do SUS do Município OBJETIVO: Gerir e controlar

Leia mais

Ofício/CONDSEF Nº 193/2013. Brasília-DF, 7 de outubro de 2013.

Ofício/CONDSEF Nº 193/2013. Brasília-DF, 7 de outubro de 2013. Ofício/CONDSEF Nº 193/2013. Brasília-DF, 7 de outubro de 2013. Ilm.º Senhor SÉRGIO ARBULU MENDONÇA M.D. Secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão MPOG. Nesta.

Leia mais

Mais informações: www.saude.gov.br/academiadasaude http://www.atencaobasica.org.br/comunidades/academia-da-saude

Mais informações: www.saude.gov.br/academiadasaude http://www.atencaobasica.org.br/comunidades/academia-da-saude Ministério da Saúde Brasília - DF 2014 Ministério da Saúde Brasília - DF 2014 CARTILHA INFORMATIVA Quais são as políticas que subsidiam o Programa Academia da Saúde? Política Nacional de Atenção Básica

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO DO SIAPE SAUDE

MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO DO SIAPE SAUDE 1 de 75 12/06/2012 11:18 MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO DO SIAPE SAUDE MÓDULO PROMOÇÃO À SAÚDE Departamento de Políticas de Saúde, Previdência e Benefício do Servidor - DESAP/SEGEP/MP Ministério do Planejamento

Leia mais

Programa Saúde da Família - PSF

Programa Saúde da Família - PSF COORDENAÇÃO-GERAL DE NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADAS À FEDERAÇÃO - CCONF GERÊNCIA DE NORMAS E PROCEDIMENTOS DE GESTÃO FISCAL - GENOP Programa Saúde da Família - PSF REUNIÃO DO GRUPOS TÉCNICOS DE PADRONIZAÇÃO

Leia mais

Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho Relatório Enquete Virtual IFRS Câmpus Bento Gonçalves

Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho Relatório Enquete Virtual IFRS Câmpus Bento Gonçalves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Diretoria de Gestão de Pessoas Seção de Atenção ao Servidor Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho Relatório Enquete Virtual IFRS

Leia mais

Diretrizes de Aplicação Saúde mental de servidores públicos da Administração direta, autárquica e funcacional

Diretrizes de Aplicação Saúde mental de servidores públicos da Administração direta, autárquica e funcacional Diretrizes de Aplicação Saúde mental de servidores públicos da Administração direta, autárquica e funcacional CAPÍTULO I PRINCÍPIOS NORTEADORES Art. 1º Os procedimentos em saúde mental a serem adotados

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

2106 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

2106 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Programa 2106 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Número de Ações 52 Ação Orçamentária 008A - Contribuição à Academia Brasileira de Ciências - ABC Esfera:

Leia mais

Fabiana Maria Nascimento de Figueiredo

Fabiana Maria Nascimento de Figueiredo CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde PROGRAMA DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR, PARNAMIRIM/RN Fabiana Maria Nascimento de Figueiredo Parnamirim/RN Agosto,

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE CIENCIAS DA SAUDE COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO E EXTENSÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

ESCOLA SUPERIOR DE CIENCIAS DA SAUDE COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO E EXTENSÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESCOLA SUPERIOR DE CIENCIAS DA SAUDE COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO E EXTENSÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO NA SAÚDE 1- Introdução: contextualização a iniciativa O curso

Leia mais

A Importância do Planejamento na construção do SUS. Carmen Teixeira

A Importância do Planejamento na construção do SUS. Carmen Teixeira A Importância do Planejamento na construção do SUS Carmen Teixeira A importância do planejamento O planejamento está voltando à moda, depois de mais de uma década de predomínio do ideologismo neoliberal

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE Prioritária 1: Manter o incentivo aos Programas do Núcleo Apoio da Saúde da Família

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2014

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2014 Programa 2123 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Esporte 00M1 - Benefícios Assistenciais decorrentes do Auxílio-Funeral e Natalidade Tipo: Operações Especiais Número de Ações 11 Despesas

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2014

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2014 Programa 2114 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Previdência Social Número de Ações 27 00M1 - Benefícios Assistenciais decorrentes do Auxílio-Funeral e Natalidade Tipo: Operações Especiais

Leia mais

PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE ENCONTRO NACIONAL DE DIRIGENTES DE PESSOAL PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS: UM RELATO

Leia mais

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello Coordenador: Liliane Espinosa de Mello SAÚDE Visão: Que Santa Maria seja o principal Polo na Área de Saúde do interior do Rio Grande do Sul, contribuindo para a melhor qualidade de vida da população da

Leia mais

humor : Como implantar um programa de qualidade de vida no trabalho no serviço público Profa. Dra. Ana Magnólia Mendes

humor : Como implantar um programa de qualidade de vida no trabalho no serviço público Profa. Dra. Ana Magnólia Mendes Universidade de Brasília -UnB Instituto de Psicologia - IP Departamento de Psicologia Social e do Trabalho - PST Só de Pensar em vir Trabalhar, jáj Fico de mau-humor humor : Como implantar um programa

Leia mais

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social II Fórum de Informação em Saúde IV Encontro da Rede BiblioSUS O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social Maria de Fátima Ramos Brandão Outubro/2007 1 Apresentação O Projeto Casa Brasil Modelos

Leia mais

Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime de Previdência dos Servidores Públicos Federais

Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime de Previdência dos Servidores Públicos Federais Programa 0641 Inteligência Federal Objetivo Desenvolver Atividades de inteligência e de Segurança da Informação no interesse do Estado e da Sociedade Indicador(es) úmero de Ações 14 Taxa de Relatórios

Leia mais

Cronograma 2014. Lista de Confirmação. Préinscrição INSCRIÇÕES ENCERRADAS INSCRIÇÕES ENCERRADAS INSCRIÇÕES ENCERRADAS INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Cronograma 2014. Lista de Confirmação. Préinscrição INSCRIÇÕES ENCERRADAS INSCRIÇÕES ENCERRADAS INSCRIÇÕES ENCERRADAS INSCRIÇÕES ENCERRADAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA - UFRA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMEMNTO DE PESSOAS DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO E PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PAC Cronograma Ord. Curso Carga

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES 2014 JANEIRO FEVEREIRO

PROGRAMAÇÃO DE CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES 2014 JANEIRO FEVEREIRO PROGRAMAÇÃO DE CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES 2014 JANEIRO Palestra Direito do Trabalho -Abertura do Ano Judiciário Realizada 20 2h Diversos SGP Fórum Manaus FEVEREIRO Abertura das atividades da 11 - Palestra

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL E A ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR EM PERÍCIA

SERVIÇO SOCIAL E A ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR EM PERÍCIA SERVIÇO SOCIAL E A ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR EM PERÍCIA Ana Paula Balthazar dos Santos Bruna Veiga de Moraes Lucia Goretti Gobatto Junkes Denise Espindola Lucas Bittencourt de Souza Nayanna Zacchi Sabrina

Leia mais

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME Os desafios da Educação Infantil nos Planos de Educação Porto de Galinhas/PE Outubro/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores

Leia mais

2004 - Assistência Médica e Odontológica aos Servidores Civis, Empregados, Militares e seus Dependentes

2004 - Assistência Médica e Odontológica aos Servidores Civis, Empregados, Militares e seus Dependentes Programa 2123 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Esporte Número de Ações 10 Tipo: Operações Especiais 09HB - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime

Leia mais

2101 Programa de Gestão e Manutenção da Presidência da República

2101 Programa de Gestão e Manutenção da Presidência da República 2101 Programa de Gestão e Manutenção da Presidência da República Objetivo específico: Prover as unidades da Presidência dos meios administrativos para a implementação e gestão de seus programas temáticos.

Leia mais

Maria Inês Gazzola Paulino

Maria Inês Gazzola Paulino CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde PROTEÇÃO À SAÚDE DOS SERVIDORES DEFICIENTES DO SUS BETIM Maria Inês Gazzola Paulino Betim Agosto, 2012 1 1. PROBLEMA

Leia mais

GUIA DE ARGUMENTOS DE VENDAS

GUIA DE ARGUMENTOS DE VENDAS GUIA DE ARGUMENTOS DE VENDAS O Plano Diretor é uma lei municipal que estabelece diretrizes para a ocupação da cidade. Ele deve identificar e analisar as características físicas, as atividades predominantes

Leia mais

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa 1374 Desenvolvimento da Educação Especial Numero de Ações 16 Ações Orçamentárias 0511 Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial Produto: Projeto apoiado UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2013

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2013 Programa 2101 - Programa de Gestão e Manutenção da Presidência da República 0110 - Contribuição à Previdência Privada Tipo: Operações Especiais Número de Ações 121 Esfera: 10 - Orçamento Fiscal Função:

Leia mais

Orientações aos servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) quanto aos procedimentos relativos à perícia médica e

Orientações aos servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) quanto aos procedimentos relativos à perícia médica e Orientações aos servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) quanto aos procedimentos relativos à perícia médica e odontológica através da UNIDADE SIASS/INSS, de que trata

Leia mais

META FÍSICA. UNIDADE RESPONSÁVEL GGEP Gerência de Gestão de Pessoas. - Sem meta. física da União. Pessoal Ativo empregados ativos civis da União.

META FÍSICA. UNIDADE RESPONSÁVEL GGEP Gerência de Gestão de Pessoas. - Sem meta. física da União. Pessoal Ativo empregados ativos civis da União. Gerente: Diretor-Presidente 20TP Pagamento de Pagamento de espécies remuneratórias devido servidores e Garantir o pagamento de - Sem meta Pessoal Ativo empregados ativos civis da União. espécies remuneratórias

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012 Programa 2115 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Saúde 0110 - Contribuição à Previdência Privada Tipo: Operações Especiais Número de Ações 78 Assegurar às autarquias, fundações, empresas

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E SAÚDE OCUPACIONAL DA ELETROBRAS ELETRONORTE

POLÍTICA DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E SAÚDE OCUPACIONAL DA ELETROBRAS ELETRONORTE POLÍTICA DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E SAÚDE OCUPACIONAL DA ELETROBRAS ELETRONORTE 1 OBJETIVO... 1 2 CONCEITOS... 3 3 DIRETRIZES... 3 4 RESPOSABILIDADES... 5 5 DISPOSIÇÕES GERAIS... 5 2 1 OBJETIVO

Leia mais

CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011

CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011 1. Apresentação CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011 A Escola de Administração Fazendária Esaf em parceria com a coordenação do Programa Nacional de

Leia mais

Sistema Único de Saúde (SUS)

Sistema Único de Saúde (SUS) LEIS ORGÂNICAS DA SAÚDE Lei nº 8.080 de 19 de setembro de 1990 Lei nº 8.142 de 28 de dezembro de 1990 Criadas para dar cumprimento ao mandamento constitucional Sistema Único de Saúde (SUS) 1 Lei n o 8.080

Leia mais

Política Nacional de Gestão de Pessoas no Governo Lula. uma construção negociada e inovadora

Política Nacional de Gestão de Pessoas no Governo Lula. uma construção negociada e inovadora Política Nacional de Gestão de Pessoas no Governo Lula uma construção negociada e inovadora POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS A construção de uma política de gestão de pessoas para o Governo Federal tem por

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES - Edital Nº 32, de 24 de julho de 2014 - RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES - Edital Nº 32, de 24 de julho de 2014 - RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES - Edital Nº 32, de 24 de julho de 2014 - RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BOLSAS DE RESIDÊNCIA

Leia mais

Auditoria SUS/BA Organograma proposto DIRETORIA GERAL Assessoria Técnica Colegiado Diretoria de Auditorias de Sistemas e Serviços Diretoria de Gestão e Desenvolvimento Coordenação I Coordenação II

Leia mais

Subsistema Integrado de. Atenção à Saúde do Servidor

Subsistema Integrado de. Atenção à Saúde do Servidor Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor POLÍTICA DE ATENÇÃO À SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL: uma construção coletiva. I - CONTEXTO EM TRANSFORMAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 12/2013 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DOS CURSOS DE CAPACITAÇÃO

Leia mais

11º GV - Vereador Floriano Pesaro

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 95/2011 Dispõe sobre a Política Municipal de Atendimento de Educação Especial, por meio do Programa INCLUI, instituído pelo Decreto nº 51.778, de 14 de setembro de 2010, e dá outras providências.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA PLANO DE ENSINO Disciplina: FISIOTERAPIA NA SAÚDE DO TRABALHADOR Curso: FISIOTERAPIA Carga Horária: 120 h Nº. créditos:

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 12. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 12. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 12 Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua Deveria ter sido aprovado um PNE para o período 2011-2020, mas não o foi. O último PNE ( Lei nº 10.172, de 2001) criou metas para a educação

Leia mais

Painel 2 Experiências Setoriais: o Monitoramento nas Áreas da Educação e Saúde Afonso Teixeira dos Reis MS Data: 14 e 15 de abril de 2014.

Painel 2 Experiências Setoriais: o Monitoramento nas Áreas da Educação e Saúde Afonso Teixeira dos Reis MS Data: 14 e 15 de abril de 2014. Painel 2 Experiências Setoriais: o Monitoramento nas Áreas da Educação e Saúde Afonso Teixeira dos Reis MS Data: 14 e 15 de abril de 2014. Ministério da Saúde / Secretaria-Executiva Departamento de Monitoramento

Leia mais

A SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE-SVS e o DECRETO n 7.508/2011

A SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE-SVS e o DECRETO n 7.508/2011 A SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE-SVS e o DECRETO n 7.508/2011 Departamento de Gestão da Vigilância em Saúde-DAGVS Secretaria de Vigilância em Saúde dagvs@saude.gov.br 06/03/2012 IMPLEMENTAÇÃO DO DECRETO

Leia mais

VII - GESTÃO DE PESSOAS

VII - GESTÃO DE PESSOAS VII - GESTÃO DE PESSOAS Política de Recursos Humanos Mensagem Presidencial Política de Recursos Humanos Reestruturação da Força de Trabalho do Poder Executivo Desde 2003, o Governo investe na reestruturação

Leia mais

Os serviços, objetos desse termo de referência, deverão ser desenvolvidos em 03 (três) etapas, conforme descrição a seguir:

Os serviços, objetos desse termo de referência, deverão ser desenvolvidos em 03 (três) etapas, conforme descrição a seguir: Termo de Referência 1. Objeto Contratação de empresa especializada em gestão de saúde para execução de atividades visando a reestruturação do modelo de atenção à saúde, objetivando diagnosticar novas proposituras

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS NORMA OPERACIONAL Nº 001/2009 DIREH, DE 17 DE SETEMBRO DE 2009

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS NORMA OPERACIONAL Nº 001/2009 DIREH, DE 17 DE SETEMBRO DE 2009 FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS NORMA OPERACIONAL Nº 001/2009 DIREH, DE 17 DE SETEMBRO DE 2009 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados para o ressarcimento, mediante auxílio

Leia mais

O Lugar da Educação Infantil nas Políticas para a Primeira Infância. Rio de Janeiro/RJ Setembro/2015

O Lugar da Educação Infantil nas Políticas para a Primeira Infância. Rio de Janeiro/RJ Setembro/2015 SEMINÁRIO NACIONAL CURRÍCULO E AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: POLÍTICAS PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA O Lugar da Educação Infantil nas Políticas para a Primeira Infância Rio de Janeiro/RJ Setembro/2015 Secretaria

Leia mais

SR-3/PRODEC PROGRAMA DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO DO CONSUMIDOR

SR-3/PRODEC PROGRAMA DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO DO CONSUMIDOR SR-3/PRODEC PROGRAMA DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO DO CONSUMIDOR MISSÃO DA UNIDADE: O PRODEC tem como objetivo promover o equilíbrio nas relações de consumo entre fornecedor e consumidor, baseado nos princípios

Leia mais

EDITAL N 003/2015 PROEX SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE UNIDADES AUXILIARES DA UNESP

EDITAL N 003/2015 PROEX SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE UNIDADES AUXILIARES DA UNESP EDITAL N 003/2015 PROEX SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE UNIDADES AUXILIARES DA UNESP Seleção de propostas de extensão universitária de Unidades Auxiliares no âmbito da PROEX/UNESP para

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE TOCANTINS

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE TOCANTINS DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE TOCANTINS EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE DIRETRIZ: Ampliação da cobertura e qualidade dos serviços de saúde, com o aprimoramento

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Metas

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Metas EDUCAÇÃO ESPECIAL Metas Meta 4 (compatível com a meta do Plano Nacional de Educação) Meta 4: universalizar, para a população com deficiência, Transtornos Globais do Desenvolvimento e altas habilidades

Leia mais

PLANO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES INTEGRANTES DO PCCTAE

PLANO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES INTEGRANTES DO PCCTAE PLANO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES INTEGRANTES DO PCCTAE Ministério da Educação Novembro de 2013 1 SUMÁRIO 1. Apresentação 1.1 Introdução 1.2 Base Legal 1.3 Justificativa 2.

Leia mais

SUS: princípios doutrinários e Lei Orgânica da Saúde

SUS: princípios doutrinários e Lei Orgânica da Saúde Universidade de Cuiabá - UNIC Núcleo de Disciplinas Integradas Disciplina: Formação Integral em Saúde SUS: princípios doutrinários e Lei Orgânica da Saúde Profª Andressa Menegaz SUS - Conceito Ações e

Leia mais

CONSELHO DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE

CONSELHO DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA PROFISSIONAL NÍVEL SUPERIOR CONTEUDISTA (MESTRE) PARA O CURSO DE QUALIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA, COM UTILIZAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE GESTÃO DA

Leia mais

Movimento Pró Autista

Movimento Pró Autista POLÍTICAS PÚBLICAS DE ATENDIMENTO PARA AS PESSOAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO Saúde Educação Trabalho Cultura, Esportes e Lazer Transporte Especializado Centros de Convivência Moradias Assistidas

Leia mais

IV CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO E SAÚDE. Os Impactos da Judicialização na Saúde Pública e Privada

IV CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO E SAÚDE. Os Impactos da Judicialização na Saúde Pública e Privada IV CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO E SAÚDE Os Impactos da Judicialização na Saúde Pública e Privada 25/11/2015 HISTÓRICO: Período anterior a CF de 1988 INAMPS População e procedimentos restritos Movimento

Leia mais

Consulta Pública ESTRATÉGIAS

Consulta Pública ESTRATÉGIAS Plano Municipal de Educação PME Secretaria Municipal de Educação São Francisco do Sul Fórum Municipal de Educação Consulta Pública META 3: Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE IMPLANTAÇÃO DO DECRETO 7.508/11 E APRIMORAMENTO DO PACTO PELA SAÚDE

MINISTÉRIO DA SAÚDE IMPLANTAÇÃO DO DECRETO 7.508/11 E APRIMORAMENTO DO PACTO PELA SAÚDE MINISTÉRIO DA SAÚDE IMPLANTAÇÃO DO DECRETO 7.508/11 E APRIMORAMENTO DO PACTO PELA SAÚDE Decreto 7.508/11 Regulamenta a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do Sistema

Leia mais

Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho (DEGERTS)

Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho (DEGERTS) Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho (DEGERTS) Os contratos de gestão e as repercussões na qualificação e valorização dos profissionais

Leia mais

SiMec Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação

SiMec Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação SiMec Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação O SiMec é uma ferramenta gerencial cuja função é instrumentalizar o processo de planejamento, auxiliar as equipes executoras de Programas

Leia mais

Processo Seletivo: Cirurgião Dentista. Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva

Processo Seletivo: Cirurgião Dentista. Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva Processo Seletivo: Cirurgião Dentista Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva Pré-requisitos: 1. Ter Superior Completo; 3. Registro Profissional no Conselho Regional de Odontologia;

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA APRESENTAÇÃO E-mail para contato: ctifor@tjce.jus.br Nome do trabalho: Projeto Qualidade de Vida: celebrando o equilíbrio mente/corpo no ambiente

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração e Serviço social. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão em Saúde da Pessoa

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013

PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013 PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013 Regulamenta o Decreto nº 7.385, de 8 de dezembro de 2010, que instituiu o Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS). Os MINISTROS

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

Censo Escolar INEP. Júlia Pampillon. Abril 2012. Universidade Federal de Juiz de Fora. UFJF (Institute) ECONS - Laboratório de Economia 23/04 1 / 15

Censo Escolar INEP. Júlia Pampillon. Abril 2012. Universidade Federal de Juiz de Fora. UFJF (Institute) ECONS - Laboratório de Economia 23/04 1 / 15 Censo Escolar INEP Júlia Pampillon Universidade Federal de Juiz de Fora Abril 2012 UFJF (Institute) ECONS - Laboratório de Economia 23/04 1 / 15 Introdução O Censo Escolar é um levantamento de dados estatístico-educacionais

Leia mais

EIXO 5 GESTÃO DA POLÍTICA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS

EIXO 5 GESTÃO DA POLÍTICA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS EIXO 5 GESTÃO DA POLÍTICA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS Garantir a elaboração e implementação da política e do Plano Decenal

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Estratégias

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Estratégias EDUCAÇÃO ESPECIAL Metas Meta 4 (compatível com a meta do Plano Nacional de Educação) Meta 4: universalizar, para a população com deficiência, Transtornos Globais do Desenvolvimento e altas habilidades

Leia mais

ABSENTEÍSMO-DOENÇA ENTRE SERVIDORES ESTATUTÁRIOS ESTADUAIS BIÊNIO 2011/2012

ABSENTEÍSMO-DOENÇA ENTRE SERVIDORES ESTATUTÁRIOS ESTADUAIS BIÊNIO 2011/2012 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Administração Pública Subsecretaria de Saúde, Segurança e Previdência dos Servidores ABSENTEÍSMO-DOENÇA ENTRE SERVIDORES ESTATUTÁRIOS ESTADUAIS BIÊNIO

Leia mais

Sistematização das deliberações dos GTs Subtema 2: Consolidação da Unifesp: financiamento da universidade pública

Sistematização das deliberações dos GTs Subtema 2: Consolidação da Unifesp: financiamento da universidade pública Sistematização das deliberações dos GTs Subtema 2: Consolidação da Unifesp: financiamento da universidade pública - Tese 1 Aprovada na íntegra em 7 grupos: 1,2,3,4,6,7,10. Remetida à plenária em 3 grupos:

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento,

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Projetos e Capacitação TEMA: CREAS: SERVIÇOS OFERTADOS, INTERSETORIALIDADE,

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE COORDENAÇÃO GERAL DIRETORIA GERAL DE PLANEJAMENTO - GERÊNCIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA

SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE COORDENAÇÃO GERAL DIRETORIA GERAL DE PLANEJAMENTO - GERÊNCIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA NOTA TÉCNICA 03/13 PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO - 2014 Introdução: O Planejamento é uma tecnologia de gestão que visa articular mudanças e aprimorar o desempenho dos sistemas

Leia mais

CARTA DE SÃO PAULO 5º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS E A SEGURANÇA DO PACIENTE

CARTA DE SÃO PAULO 5º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS E A SEGURANÇA DO PACIENTE CARTA DE SÃO PAULO 5º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS E A SEGURANÇA DO PACIENTE A realização do I Congresso Brasileiro sobre o Uso Racional de Medicamentos

Leia mais

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009;

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009; REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece orientações sobre a LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE E RESSARCIMENTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR dos servidores do Instituto Federal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 27, DE 15 DE JANEIRO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 27, DE 15 DE JANEIRO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 27, DE 15 DE JANEIRO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO DOU de 16/01/2014 (nº 11, Seção 1, pág. 26) Institui o Plano Nacional de

Leia mais

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO LEI N o 5.641, DE 23 DE JUNHO DE 2014. RECONHECE A PESSOA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA COMO PORTADORA DE DEFICIÊNCIA PARA OS FINS DE FRUIÇÃO DOS DIREITOS ASSEGURADOS PELA LEI ORGÂNICA E PELAS DEMAIS

Leia mais

REGULAÇÃO DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS DO COMPLEXO REGULADOR DE FLORIANÓPOLIS

REGULAÇÃO DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS DO COMPLEXO REGULADOR DE FLORIANÓPOLIS TÍTULO DA PRÁTICA: REGULAÇÃO DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS DO COMPLEXO REGULADOR DE FLORIANÓPOLIS CÓDIGO DA PRÁTICA: T66 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Complexo Regulador caracteriza-se

Leia mais

Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas

Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas RESULTADOS Setembro 2010 Parcerias Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; Casa Civil da Presidência da República; Secretaria-Geral

Leia mais