Clipping. Catadoras de mangaba lançam CD no próximo dia 21

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Clipping. Catadoras de mangaba lançam CD no próximo dia 21"

Transcrição

1 Mídia Instituto Recriando Notícias Página Data 15/09/2011 Catadoras de mangaba lançam CD no próximo dia 21 15/09/2011, 15:51 São dezoito faixas com canções que falam da Mangabeira, da atividade de catar mangaba e seus desafios, de atividades diárias como lavar roupa no rio, e até mesmo uma reza, daquelas passadas de geração em geração. Tudo isso compõe a trilha sonora do CD Canto das Mangabeiras, que o projeto Catadoras de Mangaba - Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe lançará na Sociedade Semear, no próximo dia 21, às 19h. A descoberta das Cantadoras e das canções em cada comunidade faz parte do trabalho do projeto realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba de Indiaroba (Ascamai) e patrocinado pelo Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, Conselho de Segurança Alimentar de Sergipe e o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe. Um de seus objetivos, através do CD Canto das Mangabeiras, é reforçar os saberes culturais das Catadoras de Mangaba a partir da valorização e afirmação de seus hábitos e tradições contribuindo para o fortalecimento do sentimento de pertença e de auto-organização das Mulheres. Os ritmos transitam entre o samba de roda, o samba de côco, o reisado, o baião e alguns outros gêneros musicais que são cantados pelas mulheres que catam Mangaba aqui em Sergipe. Nas letras das canções, frases que demonstram a resistência, a sensibilidade e os saberes destas fortes mulheres sergipanas. São cantos de trabalho, do cotidiano, do lazer, cantos do imaginário popular e folclórico destes homens e mulheres, responsáveis por manter viva a cultura desta fruta que é tradicional do estado de Sergipe: a Mangaba. Todos os direitos do CD são liberados, sua reprodução e cópia são permitidas, toda a informação e conteúdo do CD são de domínio público e o uso é livre. As músicas já podem ser baixadas em O lançamento do CD Canto das Mangabeiras será apresentado pela musicista Patrícia Polayne e a presidente da ASCAMAI, Alicia Morais. Para recepcionar os convidados, o DJ Kaska apresenta repertório especial para o evento. O lançamento tem o apoio do Serviço Social do Comércio (SESC), Sociedade Semear e Fundação Aperipê. Agenda: O que: Lançamento do CD 'Canto das Mangabeiras' Onde: Sociedade Semear (Rua Vila Cristina Aracaju) Quando: 21 de setembro, às 19h Contatos: Sônia Meire de Jesus, Consultora Pedagógica Tel.: (79) Mirsa Barreto, Coordenadora Geral Tel.: (79) Bruna Távora, Ascom Tel.: (79)

2 Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Notícias Página 201cmulheres-mangabeiras201d-sera-lancado-em-festival-de-cinema Data 02/09/2011 Documentário Mulheres Mangabeiras será lançado em festival de cinema Data: 02/09/2011 Após a colheita das mangadas, agora as histórias e narrativas das catadoras chegam às telonas do cinema. No próximo dia 17 será lançado, em Aracaju(SE), o filme Mulheres Mangabeiras, um documentário sobre a vida e a realidade das catadoras de mangaba no estado de Sergipe. Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy [Sergipe]. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo, destaca Rita Simone, uma das entusiastas do projeto. O filme compõe o Projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe, realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba de Indiaroba (Ascamai), sob patrocínio da Petrobras, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Consea-SE). O filme será lançado durante o Festival Ibero-Americano de Cinema de Sergipe, o Curta-SE. A exibição será no Cinemark do Shopping Jardins, em Aracaju (SE), às 19 horas. Informações sobre o filme e sobre o projeto: Serviço Lançamento do documentário Mulheres Mangabeiras Dia: 17 de setembro Horário: 19 horas Local: Cinemark, Shopping Jardins, Aracaju (SE) Fonte: Ascom/Consea

3 Combate ao Racismo Ambiental Notícias Página Data 05/09/2011 Documentário Mulheres Mangabeiras será lançado em festival de cinema Após a colheita das mangadas, agora as histórias e narrativas das catadoras chegam às telonas do cinema. No próximo dia 17 será lançado, em Aracaju(SE), o filme Mulheres Mangabeiras, um documentário sobre a vida e a realidade das catadoras de mangaba no estado de Sergipe. Rita Simone e as 'Mulheres Mangabeiras', protagonistas e produtoras do vídeo projeto. Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy [Sergipe]. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo, destaca Rita Simone, uma das entusiastas do O filme compõe o Projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe, realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba de Indiaroba (Ascamai), sob patrocínio da Petrobras, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Consea-SE). O filme será lançado durante o Festival Ibero-Americano de Cinema de Sergipe, o Curta-SE. A exibição será no Cinemark do Shopping Jardins, em Aracaju (SE), às 19 horas. Informações sobre o filme e sobre o projeto: Serviço Lançamento do documentário Mulheres Mangabeiras Dia: 17 de setembro Horário: 19 horas Local: Cinemark, Shopping Jardins, Aracaju (SE)

4 Página Infonet Cultura Data 12/09/2011 Vida de catadoras de mangaba vira documentário O documentário será lançado durante Curta-SE, no sábado 12/09/ :34 O documentário traz histórias de catadoras de várias cidades de Sergipe (Foto: Divulgação) Será lançado durante o Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Cuta-se) o documentário Mulheres Mangabeiras que narra a vida e a realidade das catadoras de mangaba de Sergipe. O filme é fruto dos trabalhos dos projetos Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe. Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo, destaca Rita Simone, diretora do documentário. O documentário é realizado a partir de uma parceria entre a Petrobrás, a Universidade Federal de Sergipe (UFS), o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Consea-SE). A exibição do documentário acontecerá próximo sábado, 17, no Cinemark do Shopping Jardins, às 19 horas. Informações sobre o filme e sobre o projeto no site Com informações da diretoria do projeto.

5 COPLAG Empresa Júnior de Agronomia Notícias Página Noticias&acao=destaque&filtro=Unico&codnoticia=536&data=false Data 09/2011 Documentário Mulheres Mangabeiras é exibido para as Catadoras de Mangaba A história de vida e de trabalho das Mulheres Catadoras de Mangaba de Sergipe ganham roteiro e viram imagens nas mãos sensíveis da jornalista Rita Simone. O documentário Mulheres Mangabeiras, que tem 35 minutos entre imagens da restinga, contação de histórias, desabafos e entrevistas, deixará registrado uma das culturas mais tradicionais do Estado de Sergipe: a Cata da Mangaba. A ação, que compõe o Projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe, realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba- Ascamai, sob patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, e em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar de Sergipe, tem o objetivo de difundir e registrar os processos de trabalho das Catadoras de Mangaba do Estado, valorizando seus saberes e de suas famílias. "Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo", destaca Rita Simone. Reconhecidas como Comunidade Tradicional, as práticas das Mulheres que catam Mangaba em nosso Estado é perpassada por conhecimentos de gerações passadas, heranças indígenas, conflitos sociais e saberes tradicionais. Tudo isto pode ser visto no documentário, que contou com a participação especial do professor indígena Ytxay Pataxó, que foi dirigido por Iradilson Bispo, do Grupo Imbuaça. Além disso, no vídeo, estas trabalhadoras contam e até desabafam como mantém viva a tradição da comercialização/consumo desta fruta. Elas falam sobre as dificuldades, a luta pelo direito à terra, os ensinamentos, as relações de poder no setor do campo em Sergipe e, principalmente, falam da importância da Cata da Mangaba como modo de trabalho, garantia do sustento econômico de suas famílias. O documentário, que levou 5 meses para ficar pronto será apresentado no Festival Ibero-Americando de Cinema de Sergipe, o Curta-SE, no dia 17 de setembro. O Festival é realizado pela casa Curta-SE, que é também co-produtora do documentário Mulheres Mangabeiras. Fonte:

6 Mídia FIAN Brasil Notícias Página Data 02/09/2011 Documentário "Mulheres Mangabeiras" será lançado em festival de cinema Após a colheita das mangadas, agora as histórias e narrativas das catadoras chegam às telonas do cinema. No próximo dia 17 será lançado, em Aracaju(SE), o filme "Mulheres Mangabeiras", um documentário sobre a vida e a realidade das catadoras de mangaba no estado de Sergipe. "Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy [Sergipe]. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo", destaca Rita Simone, uma das entusiastas do projeto. O filme compõe o Projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe, realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba de Indiaroba (Ascamai), sob patrocínio da Petrobras, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Consea-SE). O filme será lançado durante o Festival Ibero-Americano de Cinema de Sergipe, o Curta-SE. A exibição será no Cinemark do Shopping Jardins, em Aracaju (SE), às 19 horas. Informações sobre o filme e sobre o projeto: Serviço Lançamento do documentário "Mulheres Mangabeiras" Dia: 17 de setembro Horário: 19 horas Local: Cinemark, Shopping Jardins, Aracaju (SE) Fonte: Ascom/Consea

7 Mídia Mulher Drama Notícias Página Data 31/08/2011 quarta-feira, 31 de agosto de 2011 Mangabeiras Com muito orgulho recebi a notícia que o documentário sobre a história de vida e de trabalho das Mulheres Catadoras de Mangaba de Sergipe, da minha amiga Rita Simone, irá participar do Curta-se. Mulheres Mangabeiras traz 35 minutos entre imagens da restinga, contação de histórias, desabafos e entrevistas, registrando uma das culturas mais tradicionais do Estado de Sergipe: a Cata da Mangaba. A ação, que compõe o Projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe, realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba- Ascamai, sob patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, e em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar de Sergipe. Foto reprodução site:

8 Página Articulação no Semi-Árido Brasileiro Notícias Data 05/09/2011 Documentário "Mulheres Mangabeiras" será lançado em festival de cinema Ascom/Consea 05/09/2011 Após a colheita das mangadas, agora as histórias e narrativas das catadoras chegam às telonas do cinema. No próximo dia 17 será lançado, em Aracaju(SE), o filme Mulheres Mangabeiras, um documentário sobre a vida e a realidade das catadoras de mangaba no estado de Sergipe. Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy [Sergipe]. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo, destaca Rita Simone, uma das entusiastas do projeto. O filme compõe o Projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe, realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba de Indiaroba (Ascamai), sob patrocínio da Petrobras, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Consea-SE). O filme será lançado durante o Festival Ibero-Americano de Cinema de Sergipe, o Curta-SE. A exibição será no Cinemark do Shopping Jardins, em Aracaju (SE), às 19 horas. Informações sobre o filme e sobre o projeto: Serviço Lançamento do documentário Mulheres Mangabeiras Dia: 17 de setembro Horário: 19 horas Local: Cinemark, Shopping Jardins, Aracaju (SE)

9 Câmara Municipal de Japaratuba Página Inicial Página Data 05/09/2011 Vida de catadoras de mangaba vira documentário O documentário traz histórias de catadoras de várias cidades de Sergipe e será lançado durante Curta-SE, no sábado durante o Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Cuta-se), o documentário Mulheres Mangabeiras narra a vida e a realidade das catadoras de mangaba de Sergipe. O filme é fruto dos trabalhos dos projetos Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe. Através das histórias contadas pelas mulheres dos municípios da Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga D Ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu, pode-se perceber os simbolismos, os cantos, as lutas e a buscas por uma vida mais digna na terra do cacique Serigy. O vídeo nos convida a uma reflexão sobre as perspectivas de desenvolvimento para as comunidades rurais do nosso Brasil Profundo, destaca Rita Simone, diretora do documentário. O documentário é realizado a partir de uma parceria entre a Petrobrás, a Universidade Federal de Sergipe (UFS), o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Consea-SE). A exibição do documentário acontecerá próximo sábado, 17, no Cinemark do Shopping Jardins, às 19 horas. Informações sobre o filme e sobre o projeto no site Fonte: Infonet Com informações da diretoria do projeto

10 Cinform Online Cultura e Variedades Página Data 21/09/2011 Notícias - Cultura e Variedades - 21/09/ :52 'Canto das Mangabeiras' será lançado hoje Dezoito canções sobre a atividade de catar mangaba, a lavagem de roupa no rio e rezas passadas de geração a geração fazem parte do CD Canto das Mangabeiras, cujo lançamento ocorre nesta quarta-feira, 21, às 19h, na Sociedade Semear. O trabalho é resultado do projeto Catadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe e traduz-se em uma verdadeira trilha sonora da vida dessas fortes mulheres sergipanas. Um dos objetivos do disco é reforçar os saberes culturais das Catadoras de Mangaba a partir da valorização e afirmação de seus hábitos e tradições contribuindo para o fortalecimento do sentimento de pertença e de auto-organização das Mulheres. As canções transitam entre os gêneros mais populares, como o samba de roda, o samba de côco, o reisado e o baião. Nas letras das canções, frases que demonstram a resistência, a sensibilidade e os saberes das catadoras. São cantos de trabalho, do cotidiano, do lazer, cantos do imaginário popular e folclórico destes homens e mulheres, responsáveis por manter viva a cultura desta fruta que é tradicional do estado de Sergipe: a Mangaba. O álbum é de domínio público e o uso é livre. O download pode ser feito gratuitamente através do endereço

11 Mídia Infonet Cultura Página Data 19/09/2011 Projeto social patrocinado pela Petrobras lança CD Canto das Mangabeiras em Aracaju O CD surgiu da cantoria durante a cata da mangaba 19/09/ :48 A mangabeira é uma árvore típica do norte e nordeste. Ao anoitecer sua flor perfuma os campos, de dia seus pés dão sombra e alimento. A fruta doce também gera renda para as mulheres que há décadas vivem da sua venda e de produtos derivados, como o suco, a geléia, o licor de mangaba, entre outros. O mais novo produto desta cultura o CD Canto das Mangabeiras nasceu da observação de costume típico das mulheres sergipanas: a cantoria durante a cata da mangaba. O lançamento do CD, que será realizado na próxima quarta (21/9), em Aracaju, é uma das ações do projeto Catadoras de Mangaba: gerando renda e tecendo vida em Sergipe, que integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. Produzido pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (ASCAMAI), o CD divulga a cultura das comunidades tradicionais e reaviva a memória musical passada de geração para geração no Sergipe. O show com as 13 cantoras mangabeiras terá a participação especial da cantora e compositora Patrícia Polayne, conhecida por pesquisar e valorizar em seu trabalho os ritmos da região. No total, foram 90 horas de gravação em um mês de trabalho. No repertório, sambas de coco, baião, forró e marchas contam a lida destas mulheres no seu dia a dia. As canções trazem o registro da esperança de uma vida melhor, o resgate da origem da fruta, da cultura, seus lamentos e alegrias. Sem fins lucrativos, a reprodução, execução pública ou em radiodifusão das músicas do Canto das Mangabeiras é de domínio público. Vamos catar mangaba, vamos encapotar No galho da mangabeira onde vou me balançar Vendo o fogo queimando, nada podemos fazer Vendo a fruta se perdendo, donde tira o que comer (marcha Canto das Mangabeiras) A mangaba é indiana, o índio lhe batizou, O seu nome de mangaba foi ele quem colocou. Vamos seguir para frente, vamos juntas catadeiras, conversar com a presidente. (samba de coco Mangabeira)

12 Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania O projeto Catadoras de Mangaba, gerando Renda e tecendo vida em Sergipe integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. O projeto, que atende a famílias que vivem da cata da fruta nativa nos municípios de Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga d`ajuda, Japaratuba, Japoatã, Pirambu, no Sergipe, contribui para o fortalecimento e a sustentabilidade das comunidades extrativistas da região. Fonte: Ascom Petrobras

13 Página Faxaju Eventos Data 19/09/2011 Publicado em: 19/09/ :16:03 Projeto social patrocinado pela Petrobras lança CD Canto das Mangabeiras em Aracaju A mangabeira é uma árvore típica do norte e nordeste. Ao anoitecer sua flor perfuma os campos, de dia seus pés dão sombra e alimento. A fruta doce também gera renda para as mulheres que há décadas vivem da sua venda e de produtos derivados, como o suco, a geléia, o licor de mangaba, entre outros. O mais novo produto desta cultura o CD Canto das Mangabeiras nasceu da observação de costume típico das mulheres sergipanas: a cantoria durante a cata da mangaba. O lançamento do CD, que será realizado na próxima quarta (21/9), em Aracaju, é uma das ações do projeto Catadoras de Mangaba: gerando renda e tecendo vida em Sergipe, que integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. Produzido pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (ASCAMAI), o CD divulga a cultura das comunidades tradicionais e reaviva a memória musical passada de geração para geração no Sergipe. O show com as 13 cantoras mangabeiras terá a participação especial da cantora e compositora Patrícia Polayne, conhecida por pesquisar e valorizar em seu trabalho os ritmos da região. No total, foram 90 horas de gravação em um mês de trabalho. No repertório, sambas de coco, baião, forró e marchas contam a lida destas mulheres no seu dia a dia. As canções trazem o registro da esperança de uma vida melhor, o resgate da origem da fruta, da cultura, seus lamentos e alegrias. Sem fins lucrativos, a reprodução, execução pública ou em radiodifusão das músicas do Canto das Mangabeiras é de domínio público. Vamos catar mangaba, vamos encapotar No galho da mangabeira onde vou me balançar Vendo o fogo queimando, nada podemos fazer Vendo a fruta se perdendo, donde tira o que comer (marcha Canto das Mangabeiras) A mangaba é indiana, o índio lhe batizou, O seu nome de mangaba foi ele quem colocou. Vamos seguir para frente, vamos juntas catadeiras, conversar com a presidente. (samba de coco Mangabeira) Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania O projeto Catadoras de Mangaba, gerando Renda e tecendo vida em Sergipe integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. O projeto, que atende a famílias que vivem da cata da fruta nativa nos municípios de Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga d`ajuda, Japaratuba, Japoatã, Pirambu, no Sergipe, contribui para o fortalecimento e a sustentabilidade das comunidades extrativistas da região. Fonte: Ascom Petrobras

14 Bangalô Cult Blog Página Data 19/09/2011 CD "Canto das Mangabeiras" será lançado na Semear Quem compareceu no último sábado, ao encerramento do Curta-SE 11, que ocorreu no Cinemark Jardins, pode assistir não só ao filme da jornalista Rita Simone, Mulheres Mangabeiras, que foca o trabalho das catadoras de mangaba do interior sergipano, como também conferiu parte do repertório do CD Canto das Mangabeiras, a ser lançado nesta quarta-feira, às 19h, na Sociedade Semear (rua Vila Cristina, 148). Algumas das 18 faixas presentes no CD compõem a trilha sonora do documentário e não foi apenas durante a projeção do vídeo, que o público pode apreciar a cantoria das catadoras de mangaba. Antes da exibição do filme, uma delas, deu uma palhinha entoando a marcha Canto das Mangabeiras e o samba de coco Mangabeira, envolvendo a plateia com total desenvoltura. O disco, produzido por Mary Barreto e pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (ASCAMAI), é uma das ações do projeto Catadoras de Mangaba: gerando renda e tecendo vida em Sergipe, que integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. A intenção é divulgar as músicas dessas comunidades e dar voz às mestras que guardam a origem pura da mistura (baião, samba de coco, baião, forró e marcha, diz Barreto. Mary teve o cuidado de preservar a essência das canções de domínio público, na produção do disco, porém, o diferencial é que primou pelos arranjos e linha melódica. Como estou trabalhando neste projeto das Catadoras de Mangaba, mais precisamente na cidade de Indiaroba, pincelei músicas que não conhecia e encontrei um vasto repertório. Levei algumas dessas catadoras para o estúdio, a fim de gravar essas cantigas com arranjos mais refinados, conta Mary Barreto. Para isso, as 13 jovens e senhoras extrativistas, que participaram da gravação do produto fonográfico, foram acompanhadas de músicos experientes, como Bruno Leonel (cavaco), Manoel Neto (violão de 7 cordas), Enéas (clarinete), Glauber (sanfona) e Betinho Caixa D Água (percussão). O show de lançamento do CD Canto das Mangabeiras contará com as catadoras e terá participação especial da cantora e compositora Patrícia Polayne, conhecida por pesquisar e valorizar em seu trabalho os ritmos da região. No total, foram 90 horas de gravação em um mês de trabalho e os mil CDs prensados serão distribuídos gratuitamente. O projeto Catadoras de Mangaba: gerando renda e tecendo vida em Sergipe atende a famílias que vivem da cata da fruta nativa nos municípios de Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga d`ajuda, Japaratuba, Japoatã e Pirambu. Mais informações através do site

15 Página Click Sergipe Cultura Data 20/09/2011 Projeto social patrocinado pela Petrobras lança CD Canto das Mangabeiras em Aracaju 20/9/2011 O CD surgiu da cantoria durante a cata da mangaba A mangabeira é uma árvore típica do norte e nordeste. Ao anoitecer sua flor perfuma os campos, de dia seus pés dão sombra e alimento. A fruta doce também gera renda para as mulheres que há décadas vivem da sua venda e de produtos derivados, como o suco, a geléia, o licor de mangaba, entre outros. O mais novo produto desta cultura o CD Canto das Mangabeiras nasceu da observação de costume típico das mulheres sergipanas: a cantoria durante a cata da mangaba. O lançamento do CD, que será realizado na próxima quarta (21/9), em Aracaju, é uma das ações do projeto Catadoras de Mangaba: gerando renda e tecendo vida em Sergipe, que integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. Produzido pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (ASCAMAI), o CD divulga a cultura das comunidades tradicionais e reaviva a memória musical passada de geração para geração no Sergipe. O show com as 13 cantoras mangabeiras terá a participação especial da cantora e compositora Patrícia Polayne, conhecida por pesquisar e valorizar em seu trabalho os ritmos da região. No total, foram 90 horas de gravação em um mês de trabalho. No repertório, sambas de coco, baião, forró e marchas contam a lida destas mulheres no seu dia a dia. As canções trazem o registro da esperança de uma vida melhor, o resgate da origem da fruta, da cultura, seus lamentos e alegrias. Sem fins lucrativos, a reprodução, execução pública ou em radiodifusão das músicas do Canto das Mangabeiras é de domínio público. Vamos catar mangaba, vamos encapotar No galho da mangabeira onde vou me balançar Vendo o fogo queimando, nada podemos fazer Vendo a fruta se perdendo, donde tira o que comer (marcha Canto das Mangabeiras) A mangaba é indiana, o índio lhe batizou, O seu nome de mangaba foi ele quem colocou. Vamos seguir para frente, vamos juntas catadeiras, conversar com a presidente. (samba de coco Mangabeira) Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania O projeto Catadoras de Mangaba, gerando Renda e tecendo vida em Sergipe integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. O projeto, que atende a famílias que vivem da cata da fruta nativa nos municípios de Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga d`ajuda, Japaratuba, Japoatã, Pirambu, no Sergipe, contribui para o fortalecimento e a sustentabilidade das comunidades extrativistas da região. Fonte: Portal Infonet Apud Ascom Petrobras

16 Site do Bareta Cultura Página Data 21/09/2011 Catadoras de Mangaba lançam CD Canto das Mangabeiras Sergipe em 21/09/ :05h por Bareta Comente São dezoito faixas com canções que falam da Mangabeira, da atividade de catar mangaba e seus desafios, de atividades diárias como lavar roupa no rio, e até mesmo uma reza, daquelas passadas de geração em geração. Tudo isso compõe a trilha sonora do CD Canto das Mangabeiras, que o projetocatadoras de Mangaba Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe lançará na Sociedade Semear, dia 21 de setembro, às 19h. A descoberta das Cantadoras e das canções em cada comunidade faz parte do trabalho do projeto realizado pela Associação das Catadoras de Mangaba de Indiaroba (Ascamai) e patrocinado pelo Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, Conselho de Segurança Alimentar de Sergipe e o Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe. Um de seus objetivos,através do CD Canto das Mangabeiras, é reforçar os saberes culturais das Catadoras de Mangaba a partir da valorização e afirmação de seus hábitos e tradições contribuindo para o fortalecimento do sentimento de pertença e de auto-organização das Mulheres. Os ritmos transitam entre o samba de roda, o samba de côco, o reisado, o baião e alguns outros gêneros musicais que são cantados pelas mulheres que catam Mangaba aqui em Sergipe. Nas letras das canções, frases que demonstram a resistência, a sensibilidade e os saberes destas fortes mulheres sergipanas. São cantos de trabalho, do cotidiano, do lazer, cantos do imaginário popular e folclórico destes homens e mulheres, responsáveis por manter viva a cultura desta fruta que é tradicional do estado de Sergipe: a Mangaba. Todos os direitos do CD são liberados, sua reprodução e cópia são permitidas, toda a informação e conteúdo do CD são de domínio público e o uso é livre. As músicas já podem ser baixadas em Venha ver as Catadoras de Mangaba cantando! O lançamento do CD Canto das Mangabeiras será apresentado pela musicista Patrícia Polayne e a presidente da ASCAMAI, Alicia Morais. Para recepcionar os convidados, o DJ Kaska apresenta repertório especial para o evento. O lançamento tem o apoio do Serviço Social do Comércio SESC, Sociedade Semear e Fundação Aperipê.

17 Página Jornal do Dia On Line Negócios Data 20/09/ /09/ :22:41 Será lançado amanhã CD Canto das mangabeiras Será lançado amanhã em Aracaju o CD Canto das Mangabeiras. Trata-se de uma das ações do projeto Catadoras de Mangaba, que integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania e visa gerar renda e tecer vida em Sergipe. Produzido pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (Ascamai), o CD divulga a cultura das comunidades tradicionais e reaviva a memória musical passada de geração para geração no Sergipe. O lançamento do CD acontecerá a partir das 19h na Sociedade Semear e a entrada é gratuita. Com as 13 cantoras mangabeiras, o show terá a participação especial da cantora e compositora Patrícia Polayne, conhecida por pesquisar e valorizar em seu trabalho os ritmos da região. No total, foram 90 horas de gravação em um mês de trabalho. No repertório, sambas de coco, baião, forró e marchas contam a lida destas mulheres no seu dia a dia. As canções trazem o registro da esperança de uma vida melhor, o resgate da origem da fruta, da cultura, seus lamentos e alegrias. Sem fins lucrativos, a reprodução, execução pública ou em radiodifusão das músicas do Canto das Mangabeiras é de domínio público. Flor perfumada - A mangabeira é uma árvore típica do Norte e Nordeste do Brasil. Ao anoitecer sua flor perfuma os campos, de dia seus pés dão sombra e alimento. A fruta doce também gera renda para as mulheres que há décadas vivem da sua venda e de produtos derivados, como o suco, a geléia, o licor de mangaba, entre outros. O mais novo produto desta cultura, o CD Canto das Mangabeiras, nasceu da observação de costume típico das mulheres sergipanas: a cantoria durante a cata da mangaba.

[radiolivre] Música Livre - Catadoras de Mangaba lançam CD Canto das Mangabeiras, Aracaju.

[radiolivre] Música Livre - Catadoras de Mangaba lançam CD Canto das Mangabeiras, Aracaju. Mídia Veículo Seção Internet Freelist Rádio Livre Clipping Página http://www.freelists.org/post/radiolivre/msica-livre-catadoras-de- Mangaba-lanam-CD-Canto-das-Mangabeiras-Aracaju Data 20/09/2011 [radiolivre]

Leia mais

Clipping. Internet Blog Inclusão Sergipe

Clipping. Internet Blog Inclusão Sergipe Clipping Mídia Blog Inclusão Sergipe ---------- Página http://inclusaosergipe.blog.emsergipe.com/2010/10/26/182/ Data 26/10/2010 Petrobras apóia dois projetos sociais em Sergipe Escrito por inclusaosergipe

Leia mais

Rio + Música = Cultura

Rio + Música = Cultura 2013 Rio + Música = Cultura A ORGANIZAÇÃO A Casa da Arte de Educar nasceu da reunião de educadores das favelas com profissionais de educação que buscavam colaborar para a qualificação da educação pública

Leia mais

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ 1. O que é o Mapa Musical da Bahia? O Mapa Musical da Bahia é uma ação da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) para mapear, reconhecer e promover a difusão da música

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Plano de Patrocínio LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO A CULTURA

Plano de Patrocínio LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO A CULTURA Plano de Patrocínio LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO A CULTURA ROSA ARMORIAL PROCESSO: 112.504/11 C.E: 032/12 Patrocinadores Há uma obsessão com a idéia de que a única maneira de descrever o mundo seja através

Leia mais

FUNK CONSCIENTIZA. VAI 1 - música

FUNK CONSCIENTIZA. VAI 1 - música PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, fevereiro de 2010 FUNK CONSCIENTIZA VAI 1 - música Proponente Nome RG: CPF: Endereço Fone: E-mail: DADOS

Leia mais

Setembro/2014. Período. 1 a 30 de setembro de 2014

Setembro/2014. Período. 1 a 30 de setembro de 2014 Setembro/2014 Período 1 a 30 de setembro de 2014 Cine Jardim traz filmes e música ao ar livre no Museu da Energia de Itu Público poderá conferir exibição do clássico do terror Nosferatu, além de show

Leia mais

de braços abertos gravação do CD e DVD

de braços abertos gravação do CD e DVD de braços abertos gravação do CD e DVD o começo A cantora e compositora Marcella Fogaça, com mais de 10 anos de carreira, começou a cantar em Belo Horizonte, onde nasceu. Se mudou para o Rio de Janeiro

Leia mais

Promoção e realização Do objeto Da finalidade Do cronograma

Promoção e realização Do objeto Da finalidade Do cronograma REGULAMENTO I Promoção e realização: O SESCANÇÃO 2015 Mostra Sergipana de Música é uma realização sem fins lucrativos do Serviço Social do Comércio Sesc em Sergipe, entidade integrante do Sistema Fecomércio

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DOCE CNPJ: 18.316.265/0001-69 CEP: 35442-000 ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DOCE CNPJ: 18.316.265/0001-69 CEP: 35442-000 ESTADO DE MINAS GERAIS I FEIRA GASTRO-CULTURAL DE RIO DOCE MG De 24/09 à 01/10/2011, o município de Rio Doce abrigará a I Feira Gastro-Cultural que movimentará a cultura, a arte e a culinária no interior na zona da mata mineira.

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 TÍTULO DO PROGRAMA As letrinhas mágicas. 2 EPISÓDIO TRABALHADO Uma visita ao zoológico. 3 SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO As Vogais vão ao zoológico e têm contato com

Leia mais

GT (07) (Pescadores artesanais e ribeirinhos: formas de resistências às situações de injustiça socioambiental)

GT (07) (Pescadores artesanais e ribeirinhos: formas de resistências às situações de injustiça socioambiental) GT (07) (Pescadores artesanais e ribeirinhos: formas de resistências às situações de injustiça socioambiental) Catadoras de Mangaba: caracterização e ações coletivas Emanuele Maria Leite Suzart 1 RESUMO

Leia mais

Outubro/2014. Período. 1 a 31 de outubro de 2014

Outubro/2014. Período. 1 a 31 de outubro de 2014 Outubro/2014 Período 1 a 31 de outubro de 2014 Museu da Energia de São Paulo promove curso gratuito sobre Educação Patrimonial Essencial para o desenvolvimento cultural, tema será apresentado em um evento

Leia mais

CABEÇA-DE-VENTO Show Musical de Bia Bedran

CABEÇA-DE-VENTO Show Musical de Bia Bedran CABEÇA-DE-VENTO Show Musical de Bia Bedran Cabeça de Vento faz um passeio pelo universo sonoro criado por Bia, numa linguagem cênica que contempla a literatura, a poesia e a ludicidade de seu jeito singular

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima

Leia mais

1- Introdução: Programas Vivenciais para o Desenvolvimento de Comunidades

1- Introdução: Programas Vivenciais para o Desenvolvimento de Comunidades 1- Introdução: Programas Vivenciais para o Desenvolvimento de Comunidades 2015 Um grupo de pessoas conscientes e engajadas pode mudar o mundo Quem Somos Engenheiro Pós Graduado, foi Consultor Socioambiental

Leia mais

PROJETO RODA DE CORDÉIS

PROJETO RODA DE CORDÉIS PROJETO RODA DE CORDÉIS Justificativa Os alunos do Centro Cultural Capoeira Cidadã buscam a Capoeira e as outras atividade da ONG por já terem uma forte afinidade com o ritmo, a música e a rima presentes

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star

Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star O documentário aborda a trajetória artística de Edvaldo Souza, o Edy Star, cantor, ator, dançarino, produtor teatral e artista plástico baiano. Edy iniciou a

Leia mais

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Vocês acham possam a coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - cer d o t t o a r que ga cr ia n y ç a s s? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I ARTES. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de roda.

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I ARTES. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de roda. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de roda. 2 Habilidades: H12 Reconhecer diferentes funções da arte, do trabalho da produção dos artistas em seus meios culturais. 3 Música clássica- baseada no folclore Heitor

Leia mais

ESCOLA PROFESSOR AMÁLIO PINHEIRO ENSINO FUNDAMENTAL

ESCOLA PROFESSOR AMÁLIO PINHEIRO ENSINO FUNDAMENTAL ESCOLA PROFESSOR AMÁLIO PINHEIRO ENSINO FUNDAMENTAL PROJETO MAIS EDUCAÇÃO CANTO CORAL JUSTIFICATIVA É conhecida a importância da música na vida das pessoas, seja no tocante à saúde, auto - estima conhecimento,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAI BA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAI BA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAI BA ASCOM WEB RÁDIO UEPB PROGRAMAÇÃO SEGUNDA / SEXTA MADRUGADA AFORA: 00 A 06:15 As músicas quem embalam as madrugadas de todos nós CIFRÕES: 06:15 A 06:30 Boletim Econômico,

Leia mais

coleção Conversas #6 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #6 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #6 Eu Posso com a s fazer próprias justiça mãos? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte

Leia mais

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD O Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD) aprovou três projetos do Instituto Saúde e Sustentabilidade para serem

Leia mais

3.1. MOSTRA ESTUDANTIL

3.1. MOSTRA ESTUDANTIL REGULAMENTO 2015 1 - O EVENTO O 14º Festival Nacional de Cinema Estudantil de Guaíba / RS, o CinestudantilGuaíba acontece de 20 a 29 de novembro de 2015, em Guaíba, Rio Grande do Sul. O evento tem por

Leia mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais importantes que marcaram a trajetória da MPB nos últimos

Leia mais

Cravos, Cafés, Camélias e Griots

Cravos, Cafés, Camélias e Griots Cravos, Cafés, Camélias e Griots As Negras tigres eram mulheres, que carregavam as fezes dos brancos até as lagoas e praias e assim como elas a Cia. Jongo Banto vem trazendo o peso de manter a cidade limpa

Leia mais

Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados

Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados CURTA-SE VIII Festival Ibero-Americano de Curtas-Metragens de Sergipe Protocolo: 4 Proponente: Centro de Estudos Casa Curta-SE Estado do Proponente:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sousa Fundação Municipal de Cultura Sandoval Silva de Assis

Prefeitura Municipal de Sousa Fundação Municipal de Cultura Sandoval Silva de Assis 12 a 14 DE JULHO 2013 I - INTRODUÇÃO: A FUNDAÇÃO MUNICÍPAL DE CULTURA DE CULTURA, apresenta o projeto Festival Sertanejo da Canção, que será realizado nos dos dias 12, 13 e 14 de Julho de 2013 com a finalidade

Leia mais

Não fique para trás! Submeta seu projeto. Fonte de recursos para projetos julho 2012

Não fique para trás! Submeta seu projeto. Fonte de recursos para projetos julho 2012 Não fique para trás! Submeta seu projeto. Fonte de recursos para projetos julho 2012 1. Patrocínios 1.1 Patrocínio a Eventos e Publicações Data limite: 60 dias de antecedência da data de início do evento

Leia mais

Influência do Programa de Aquisição de Alimentos para a persistência de mulheres agroextrativistas no Norte e Nordeste do Brasil

Influência do Programa de Aquisição de Alimentos para a persistência de mulheres agroextrativistas no Norte e Nordeste do Brasil Influência do Programa de Aquisição de Alimentos para a persistência de mulheres agroextrativistas no Norte e Nordeste do Brasil Dalva Maria da Mota Pesquisadora Embrapa Amazônia Oriental Bolsista CNPq

Leia mais

Mulheres Periféricas

Mulheres Periféricas PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, fevereiro de 2011 Mulheres Periféricas Proponente RG: CPF: Rua Fone: E-mail: 1 Índice Dados do Projeto

Leia mais

E.E.I.E.F SÃO FRANCISCO ROTEIRO DO CURTA METRAGEM TEMA: A LENDA DA PEDRA DA BATATEIRA- MITO E REALIDADE 1ª PARTE

E.E.I.E.F SÃO FRANCISCO ROTEIRO DO CURTA METRAGEM TEMA: A LENDA DA PEDRA DA BATATEIRA- MITO E REALIDADE 1ª PARTE E.E.I.E.F SÃO FRANCISCO ROTEIRO DO CURTA METRAGEM TEMA: A LENDA DA PEDRA DA BATATEIRA- MITO E REALIDADE 1ª PARTE De inicio nos reunimos com alguns monitores do Programa Mais Educação para realizarmos a

Leia mais

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Caravana Cultural VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Desenvolvimento sustentável : É o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender

Leia mais

FÁBRICA DE OPORTUNIDADES OFICINA SOBRE PROCESSOS PARA CONSERVAÇÃO DE FRUTAS" Parte III- PRODUÇÃO DE FRUTAS DESIDRATADAS

FÁBRICA DE OPORTUNIDADES OFICINA SOBRE PROCESSOS PARA CONSERVAÇÃO DE FRUTAS Parte III- PRODUÇÃO DE FRUTAS DESIDRATADAS 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( X) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA FÁBRICA DE OPORTUNIDADES OFICINA

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

Esperamos com isto, incentivar e fortalecer o serviço voluntário, além de reconhecer a atuação daqueles que se dedicam à causa.

Esperamos com isto, incentivar e fortalecer o serviço voluntário, além de reconhecer a atuação daqueles que se dedicam à causa. O Programa Escola da Família em parceria com o Programa SP Voluntário realizará nas escolas estaduais participantes do programa o Festival de vídeos: Ação Voluntária no Programa Escola da Família boas

Leia mais

Versão Oficial. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares

Versão Oficial. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares 1 Versão Oficial Sueli Costa EF98 E S T Ú D I O F - programa número 98 Á U D I O T E X T O Música-tema entra e fica em BG; Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte Apresentação

Leia mais

Clipping de notícias. Recife, 07 de outubro de 2015.

Clipping de notícias. Recife, 07 de outubro de 2015. Clipping de notícias Recife, 07 de outubro de 2015. Recife, 7 de outubro de 2015. CISTERNAS DE PLACAS FAMILIAR ProRural injeta 26 milhões na economia do Estado Recife,7 de outubro de 2015. 07/10/2015

Leia mais

Edição e Lançamento do Livro Fazendo Quitutes II. Porque Patrocinar?

Edição e Lançamento do Livro Fazendo Quitutes II. Porque Patrocinar? Edição e Lançamento do Livro Fazendo Quitutes II Porque Patrocinar? O principal resultado para a empresa financiadora em investir num projeto de cunho social, é o fortalecimento da sua imagem junto aos

Leia mais

PRAIEIRO. Lili Araujo

PRAIEIRO. Lili Araujo PRAIEIRO Lili Araujo APRESENTAÇÃO: "PRAIEIRO" será o terceiro trabalho fonográfico solo da cantora e compositora carioca Lili Araujo. Haverá a produção de uma tiragem mínima do CD em formato físico (1.000

Leia mais

coleção Conversas #11 - agosto 2014 - n a h u e s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #11 - agosto 2014 - n a h u e s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #11 - agosto 2014 - Não quero s o a negra a m e pr s s eu e n ta min Respostas r pais. So perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. h u a n ra a m cis o t r a a?

Leia mais

Fusão de música e educação ambiental

Fusão de música e educação ambiental Fusão de música e educação ambiental O PROJETO PERCUSSUCATA difunde a educação ambiental por meio de vivências musicais diferenciadas, reaproveitando garrafas PET para construção de instrumentos de percussão

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E DO CONTRÁRIO GENTILEZA GERA GENTILEZA

VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E DO CONTRÁRIO GENTILEZA GERA GENTILEZA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL CALDAS JUNIOR SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NOVO HAMBURGO VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E DO CONTRÁRIO GENTILEZA GERA GENTILEZA Professoras: Jane Engel Correa Patrícia

Leia mais

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h.

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programação Geral Música Regional Brasileira A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programa destinado a divulgar a música típica das regiões do Brasil. Toca os grandes mestres da música nordestina e mostra

Leia mais

Plano Estadual de Educação está disponível para consulta pública

Plano Estadual de Educação está disponível para consulta pública Veículo: Portal Agência Alagoas Data: 15/05/2015 Coluna/Editoria: EDUCAÇÃO Página: On-line Agência Alagoas Plano Estadual de Educação está disponível para consulta pública Documento está disponível no

Leia mais

O jornal comunitário como instrumento de reconhecimento social. Moema Novais Costa 1 Angelo Sottovia Aranha 2

O jornal comunitário como instrumento de reconhecimento social. Moema Novais Costa 1 Angelo Sottovia Aranha 2 O jornal comunitário como instrumento de reconhecimento social Moema Novais Costa 1 Angelo Sottovia Aranha 2 RESUMO O Voz do Nicéia é um projeto de extensão da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação

Leia mais

Novos talentos do clipe e da música

Novos talentos do clipe e da música Novos talentos do clipe e da música O que é? Objetivo: Realização do Festival de Clipes e Bandas, que premiará e revelará talentos da área musical e de videoclipes. Além disso, é objetivo do projeto criar

Leia mais

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL Semana Cidades Catraca Livre: Cultura e Educação São Paulo, junho de 2010 AGENDA A B C PRODUÇÃO X ACESSO À CULTURA PROJETOS CULTURAIS ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL N 20/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante

Leia mais

MAUS 2015 JUVENTUDE MARCADA PRA VIVER

MAUS 2015 JUVENTUDE MARCADA PRA VIVER Comprovante de Inscrição da Grande Coleta 2015 Realização: Rua Yamada,nº17, Bairro:Bengui, Belém-Pará www.movimentodeemaus.org de GRANDE Coleta EMAUS 2015 A notícia é : JUVENTUDE MARCADA PRA VIVER Guia

Leia mais

Blitz Desafio das Bandas Unijorge 13/11/2014 Canto dos Malditos na Terra do Nunca

Blitz Desafio das Bandas Unijorge 13/11/2014 Canto dos Malditos na Terra do Nunca O Evento Blitz Desafio das Bandas Unijorge 13/11/2014 Canto dos Malditos na Terra do Nunca Blitz Desafio das Bandas Unime 19/11/2014 Canto dos Malditos na Terra do Nunca Blitz Desafio das Bandas UNEB 25/11/2014

Leia mais

Quando o Jequitinhonha Canta e Dança

Quando o Jequitinhonha Canta e Dança Quando o Jequitinhonha Canta e Dança Quando o Jequitinhonha Às margens deste rio, o povo canta e dança, luta e constrói o sonho de uma vida melhor. A arte o alimenta e lhe devolve a esperança. A vida adquire

Leia mais

Durante todos esses anos o estudo e reflexão da Bíblia nas comunidades foram e são a força geradora na luta.

Durante todos esses anos o estudo e reflexão da Bíblia nas comunidades foram e são a força geradora na luta. Eu, Irmã Rita Rodrigues Pessoa, religiosa do Sagrado Coração de Maria há 57 anos, sou nordestina da Paraíba - Brasil. Há 30 anos trabalho no semi-areado sertão da Bahia nas cidades de Pindobaçu e Filadélfia-

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE PROINFÂNCIA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A

Leia mais

E.E. PROF. JOSÉ AUGUSTO LOPES BORGES SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO ARAÇATUBA

E.E. PROF. JOSÉ AUGUSTO LOPES BORGES SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO ARAÇATUBA E.E. PROF. JOSÉ AUGUSTO LOPES BORGES SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO ARAÇATUBA PROJETO NÃO CAIA NA REDE PROJETO NÃO CAIA NA REDE Responsáveis: Rosana Jussiani Diretora Gláucia

Leia mais

PRIMEIRA VILA OLÍMPICA INDÍGENA DO BRASIL, DOURADOS SEDIA A ESPERANÇA PARA OS POVOS INDÍGENAS. Senhor Presidente,

PRIMEIRA VILA OLÍMPICA INDÍGENA DO BRASIL, DOURADOS SEDIA A ESPERANÇA PARA OS POVOS INDÍGENAS. Senhor Presidente, Discurso proferido pelo deputado GERALDO RESENDE (PMDB/MS), em sessão no dia 10/05/2011. PRIMEIRA VILA OLÍMPICA INDÍGENA DO BRASIL, DOURADOS SEDIA A ESPERANÇA PARA OS POVOS INDÍGENAS Senhor Presidente,

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC

Sistema de Ensino CNEC 1 SUMÁRIO VOLUME 1 "O homem é um pedaço do Universo cheio de vida." Ralph Waldo Emerson Capítulo 1 O Tempo não para 5 Capítulo 2 Você percebendo-se como sujeito histórico 20 Capítulo 3 O Universo que nos

Leia mais

PROJETO ARTE DE FAZER

PROJETO ARTE DE FAZER PROJETO ARTE DE FAZER Iniciado em Março de 2007, o Projeto Arte de Fazer é executado pelo Instituto Arara Azul e tem como principal objetivo o desenvolvimento sustentável de comunidades de baixa renda,

Leia mais

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO Página 1 CONVERSA DE PSICÓLOGO Volume 03 - Edição 01 Agosto - 2013 Entrevistada: Renata Trovarelli Entrevistadora: Cintia C. B. M. da Rocha TEMA: RELACIOMENTO AMOROSO Psicóloga Comportamental, atualmente

Leia mais

ESPM Social abre processo seletivo para consultoria de marketing e comunicação

ESPM Social abre processo seletivo para consultoria de marketing e comunicação Financiamento e apoio técnico Prorrogadas as inscrições para o edital de apoio aos Fundos da Infância e Adolescência 2015 Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de todo o País podem

Leia mais

1.1 Jovens entre 15 e 30 anos, de qualquer lugar do Brasil, podem participar do 3º Prêmio Cazuza de Vídeo.

1.1 Jovens entre 15 e 30 anos, de qualquer lugar do Brasil, podem participar do 3º Prêmio Cazuza de Vídeo. REGULAMENTO 1. QUEM PODE PARTICIPAR 1.1 Jovens entre 15 e 30 anos, de qualquer lugar do Brasil, podem participar do 3º Prêmio Cazuza de Vídeo. 2. FORMATO DOS VÍDEOS 2.1 Os vídeos podem ser realizados em

Leia mais

EU PRATICO O BEM-ESTAR

EU PRATICO O BEM-ESTAR EU PRATICO O BEM-ESTAR LAZER EDUCAÇÃO BEM-ESTAR CULTURA Venha Viver o Sesc na Semana do Comércio em Movimento. Participe de atividades gratuitas: cursos, palestras, oficinas, minicursos, apresentações,

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 12 de março de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I Senhores pais ou responsáveis Iniciamos esta semana os projetos pedagógicos do 1 Trimestre letivo. As turmas de Jardim

Leia mais

Currículo Referência em Música Ensino Médio

Currículo Referência em Música Ensino Médio Currículo Referência em Música Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

MAIS IMPORTANTE GUIA DO RIO DE JANEIRO VEJA RIO é plural como as atrações cariocas e traz em suas páginas o espírito típico dos moradores da cidade.

MAIS IMPORTANTE GUIA DO RIO DE JANEIRO VEJA RIO é plural como as atrações cariocas e traz em suas páginas o espírito típico dos moradores da cidade. MAIS IMPORTANTE GUIA DO RIO DE JANEIRO VEJA RIO é plural como as atrações cariocas e traz em suas páginas o espírito típico dos moradores da cidade. É o mais importante e confiável guia de lazer e cultura

Leia mais

coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Eu posso dizer para "NÃO" filho? meu Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

set-dez 2013 comunidade cabelo seco, marabá cursos projetos ações culturais inscrições 01 a 08 setembro

set-dez 2013 comunidade cabelo seco, marabá cursos projetos ações culturais inscrições 01 a 08 setembro comunidade cabelo seco, marabá set-dez 2013 cursos projetos ações culturais inscrições 01 a 08 setembro Vamos criar uma Universidade Comunitária dos Rios? Querida comunidade de Cabelo Seco! Amigos e amigas

Leia mais

introdução Trecho final da Carta da Terra 1. O projeto contou com a colaboração da Rede Nossa São Paulo e Instituto de Fomento à Tecnologia do

introdução Trecho final da Carta da Terra 1. O projeto contou com a colaboração da Rede Nossa São Paulo e Instituto de Fomento à Tecnologia do sumário Introdução 9 Educação e sustentabilidade 12 Afinal, o que é sustentabilidade? 13 Práticas educativas 28 Conexões culturais e saberes populares 36 Almanaque 39 Diálogos com o território 42 Conhecimentos

Leia mais

Dúvidas Frequentes FOTOGRAFIA

Dúvidas Frequentes FOTOGRAFIA Dúvidas Frequentes FOTOGRAFIA 01) Como devo escolher um fotógrafo? Lembrando que é um momento único e especial e que esse momento se eternizara por muitos anos e deve gerar lembranças agradáveis com belas

Leia mais

6º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS

6º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS 1 6º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS De 22 a 26 de novembro de 2011 Floriano - PI REGULAMENTO

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

RELATORIA DA TROCA DE EXPERIÊNCIAS

RELATORIA DA TROCA DE EXPERIÊNCIAS 1 RELATORIA DA TROCA DE EXPERIÊNCIAS Coordenação: Augusta Rosa Relatoria: Vanduir e Cida Diorio Reciclagem e Artesanato MOVA Guarulhos Meio Ambiente, Geração de Emprego e Renda Rio de Janeiro Projeto Acare

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO PEDREGAL PROJETO OFICINA ESCOLA

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO PEDREGAL PROJETO OFICINA ESCOLA Relatório das Ações Desenvolvidas pelo Projeto Oficina Escola 1. Apresentação Companheiros (as) da Associação Tremembé estamos concluindo mais um ano missão e com isso somos convidados (as) a socializar

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014

ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014 ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014 Justificativa do Projeto Conhecer o corpo humano é conhecer a vida, poucos assuntos são tão fascinantes para os alunos quanto esse. Por menores que sejam as crianças,

Leia mais

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Francine Kemmer Cernev francine@cernev.com.br Universidade Estadual de Londrina/ Colégio Nossa Senhora do Rosário, Cornélio Procópio/PR/

Leia mais

A OBRA MUSICAL DE PAULO LEMINSKI UM PATRIMÔNIO CULTURAL DO PARANÁ E DO BRASIL

A OBRA MUSICAL DE PAULO LEMINSKI UM PATRIMÔNIO CULTURAL DO PARANÁ E DO BRASIL A OBRA MUSICAL DE PAULO LEMINSKI UM PATRIMÔNIO CULTURAL DO PARANÁ E DO BRASIL cd duplo paulo leminski contextualização Paulo Leminski é, sem dúvida, um dos mais importantes poetas da literatura paranaense

Leia mais

Seminário debate medidas para migrantes e refugiados

Seminário debate medidas para migrantes e refugiados Seminário debate medidas para migrantes e refugiados Buscando construir orientações e diretrizes nas ações de acolhida a migrantes e refugiados, a Cáritas Brasileira realizou nos dias 19 e 20 de outubro

Leia mais

PROJETO ESCOLA E CIDADANIA

PROJETO ESCOLA E CIDADANIA PROJETO DE AQUISIÇÃO DE KIT ESCOLAR PROJETO ESCOLA E CIDADANIA 1. HISTÓRICO A preocupação com a causa da criança e do adolescente em situação de risco, faz nascer instituições proféticas espalhadas pelo

Leia mais

Congada PROJETOS CULTURAIS. e ucáçá~o I fa til. Justificativa

Congada PROJETOS CULTURAIS. e ucáçá~o I fa til. Justificativa Congada e ucáçá~o I fa til Justificativa PROJETOS CULTURAIS O Brasil é um país com grande diversidade étnica e cultural. É preciso dar importância e valorizar a cultura dentro e fora da escola, criando

Leia mais

OInstitutoMusiva. O Instituto Musiva trabalha para promover o desenvolvimento econômico e social de comunidades em risco social do Brasil.

OInstitutoMusiva. O Instituto Musiva trabalha para promover o desenvolvimento econômico e social de comunidades em risco social do Brasil. OInstitutoMusiva O Instituto Musiva trabalha para promover o desenvolvimento econômico e social de comunidades em risco social do Brasil. Desde 2009, promove cursos, oficinas de capacitação artística,

Leia mais

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT Proposta do CDG-SUS Desenvolver pessoas e suas práticas de gestão e do cuidado em saúde. Perspectiva da ética e da integralidade

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing Jun/13 APRESENTAÇÃO Natal é momento doce e cheio de significado para toda as nossas vidas. É tempo de repensar valores,

Leia mais

LÍDER: compromisso em comunicar, anunciar e fazer o bem.

LÍDER: compromisso em comunicar, anunciar e fazer o bem. ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / "Quanto mais Deus lhe dá, mais responsável ele espera que seja." (Rick Warren) LÍDER:

Leia mais

CANÇÃO DO FOLCLORE CAPIXABA QUEBRA QUEBRA GABIROBA

CANÇÃO DO FOLCLORE CAPIXABA QUEBRA QUEBRA GABIROBA CANÇÃO DO FOLCLORE CAPIXABA QUEBRA QUEBRA GABIROBA RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE CANÇÃO DO FOLCLORE CAPIXABA MÚSICA: QUEBRA QUEBRA GABIROBA GRUPO: HAROLDO FREITAS SILVA MÁRCIA F. PEREIRA FAUSTINI PATRÍCIA

Leia mais

Guia de Produção da Música Independente Bahia

Guia de Produção da Música Independente Bahia Guia de Produção da Música Independente Bahia Memória do trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social, com Habilitação em Produção em Comunicação e Cultura. Faculdade de Comunicação da Universidade

Leia mais

Páginas: LOGRADOUROS PÚBLICOS. Decreto regulamenta a realização de eventos em logradouros públicos

Páginas: LOGRADOUROS PÚBLICOS. Decreto regulamenta a realização de eventos em logradouros públicos Páginas: 6 LOGRADOUROS PÚBLICOS Decreto regulamenta a realização de eventos em logradouros públicos Por meio do Decreto nº 090, de 21 de agosto de 2015, o prefeito de Canavieiras, Almir Melo, regulamenta

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede 1. Identificação DEPARTAMENTO: Pré-Escolar PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - PROPOSTA DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO - 2010 / 2011 Coordenador(a):

Leia mais

REGULAMENTO Festival Luz de Cinema 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014

REGULAMENTO Festival Luz de Cinema 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014 REGULAMENTO 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014 1 ORGANIZAÇÃO O evento será realizado pela Escola de Comunicação e Artes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Leia mais