Um conjunto de soluções para auxiliar problemas do controle estatístico do processo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um conjunto de soluções para auxiliar problemas do controle estatístico do processo"

Transcrição

1 1x1 qs-stat Um conjunto de soluções para auxiliar problemas do controle estatístico do processo Version: 1 / Outubro 2009 DAS Quality LTDA Rua Antonio Vieira do Amaral, 64 sl II Araçoiaba da Serra SP / Brazil CEP Hotline: Tel.: / Fax: / Internet : Copyright 2009 Q-DAS GmbH & Co. KG Eisleber Str. 2 D Weinheim Tel.: ++49/6201/ Fax: ++49/6201/ Internet:

2 2 1x1 qs-stat Prefácio Gostaríamos de agradecer todos os nossos clientes pela confiança contínua e apoio nos nossos produtos e serviços. O objetivo deste manual é de servir como um guia rápido para as funções do qs-stat. Desejamos sucesso na aplicação do Q-DAS QM-Tools. Nota: A Q-DAS terá o prazer em enviar a você uma cópia do programa de treinamento. Informações atualizadas e as recentes agendas de treinamento estão disponíveis na homepage Além disso, a Q-DAS pode customizar programas de treinamentos on-site. Para o auto aprendizado, recomendamos nosso livro de referência estatística. A DAS Quality Ltda é a representante brasileira dos produtos Q-DAS, e informações sobre treinamento e assistência operacional poderão ser obtidas através da pagina Direitos Legais e Garantia Todos os direitos da documentação e os direitos do software qs-stat pertencem à Q-DAS GmbH. A informação contida neste documento ou no texto do help do programa está sujeita à alterações a qualquer momento sem notificação. Q-DAS GmbH não assume obrigações com este documento. Aquisição legal das licenças do software e dos manuais permite o uso dos programas em conformidade com o número de licenças. Cópias podem ser usadas apenas para o propósito de segurança de dados (cópia de trabalho). Quem aplicar este software para outro propósito que não seja àquele para o qual foi designado está sujeito às aplicação da lei criminal. Limitação da Garantia Nenhuma garantia para os erros do conteúdo deste manual é assumida. Apesar de todos esforços, erros nunca podem ser totalmente eliminados, e agradecemos a notificação dos mesmos.

3 3 1x1 qs-stat Tabela de Conteúdos Prefácio... 2 Direitos Legais e Garantia... 2 Limitação da Garantia... 2 Tabela de Conteúdos Iniciando o Programa Aparência do Programa Análise de Amostra Análise de Capacidade do Processo Ajuda do Programa Primeira Avaliação Carregando Arquivo Visualização dos Gráficos das Individuais Gráfico das Individuais Valores Plot Histograma Curva Acumulada Gráfico de Probabilidade Visualização de Gráficos para Valores Estatísticos Carta de Controle - QCC Resultados Numéricos Procedimento de Teste (Dependendo da Configuração) Modelos de Distribuição Resumo de Características Múltiplas Box Plot C-Valores Resultados Estatísticos Correlação Relatórios... 12

4 4 1x1 qs-stat 2.7 Mais Funcões Alterar telas dos Gráficos ao mesmo tempo Zoom Seleção Regressão Gravando Dados Criando Novo Plano de Teste Máscar da Peça Máscara da Característica Máscara de Valores Aquisição / Importar Dados Salvar dados Avaliação Dados Após a Entrada dos Dados Outras Funções Configuração Configurar Gráficos Ajustar campos de saídas Numéricas Ajuste de Relatórios Login de Usuário Método de avaliação Catálogos EasyToUse Redução Peça / Máscara da característica Barra de Botões... 22

5 5 1x1 qs-stat 1 Iniciando o Programa Após o sucesso da instalação do software, você pode abrir o programa usando o link no menu Iniciar do Windows. Selecione Programs - Q-DAS QM-TOOLS - Q-DAS ME 8 - [Product]. Na janela de registo, crie uma conta de usuário ou escolha uma conta de usuário. Selecione um produto para iniciar o software e confirmar a sua escolha clicando em OK. Se você usar somente um produto, você não tem que escolher um produto para iniciar o software. Após um início bem sucedido, a aparenciado programa é exibido. Use a barra de menus e barra de ferramentas para carregar ou criar conjuntos de dados. 1.1 Aparência do Programa A aparência do programa consiste na bara de menu1, a barra de ferramentas2, a área de trabalho3 e a linha de estatus4 com algumas informações básicas

6 6 1x1 qs-stat 1.2 Análise de Amostra A análise da amostra avalia os dados de uma única amostra. Todos os valores de medição de uma característica são considerados como uma amostra. Este procedimento corresponde aos métodos da Capacidade de curto prazo e também para os métodos da capacidade da máquina. 1.3 Análise de Capacidade do Processo A Análise de Capacidade do Processo examina os dados constituídos de inúmeras amostras simples (subgrupos). Este procedimento resulta em gráficos especiais e métodos estatísticos. 1.4 Ajuda do Programa Encontre mais informações clicando no menu Ajuda e pesquisa na ajuda online. Se você trabalhar com um gráfico, você também pode abrir a ajuda on-line, tocando a função <F1>.

7 7 1x1 qs-stat 2 Primeira Avaliação Para se familiarizar com os métodos de avaliação rápida, tentar trabalhar com os dados de teste fornecidos em primeiro lugar. Capítulo 3,1 Criar novo Plano de Teste descreve como inserir valores de si mesmo. 2.1 Carregando Arquivo Carregue um exemplo clicando no ícone ou escolha no menu Arquivo Abrir. Abrir \Q- DAS\ME_8\CommonFiles\Data\Examples\GER do diretório de instalação do software. Selecione um dos exemplos fornecidos práticas (por exemplo, TEST_03.DFQ). Depois de abrir o arquivo, os dados de teste são avaliados automaticamente por meio da estratégia de avaliação prédefinidos. Então, é visualizado na amostra do programa. Como aternativa, um banco de dados contendo exemplos práticos correspondente está disponível. Clique no ícone a seguir. 2.2 Visualização dos Gráficos das Individuais As seções seguintes descrevem como acessar gráficos para valores indivíduais Gráfico das Individuais Toque na tecla de função <F2> ou clique no menu das indivíduais e selecionar gráfico das indivíduais. comportamento temporal dos valores de medição Mudanças Sistemáticas Valores Plot Toque na tecla de função F3 ou clique no menu das indivíduais e selecione Gráfico de Frequencia de Valores indivíduais Plot. Resolução do instrumento Distribuição da frequencia de valores Disfunções do Sistema de Medição

8 8 1x1 qs-stat Histograma Toque na tecla de função F4 ou clique no menu das indivíduais e selecione Histograma. classificação frequencias / probabilidades modelo de distribuição Curva Acumulada Clique no meu Individuais e selecione Curva Acumulada. Visualização acumulada no histograma / valores plot Adaptação da distribuição Gráfico de Probabilidade Toque na tecla de função F5 ou clique no menu das indivíduais e selecione Gráfico de Probabilidade. probabilidades modelo de capacidade, adaptação de distribuição quantis

9 9 1x1 qs-stat 2.3 Visualização de Gráficos para Valores Estatísticos Os gráficos passados foram baseados em indivíduos Considerando que a Analise de capacidade Processo calcula os valores estatísticos para cada amostra. Esses valores podem ser exibidos em diagramas. Selecione Os valores estatísticos gráfico de valores - Desvios. O gráfico do valor das variâncias é um exemplo para uma visualização gráfica dos valores estatísticos. Pesquisar mais gráficos e diagramas no menu de valores estatísticos. 2.4 Carta de Controle - QCC O QCC é uma ferramenta importante de controle do processo. Clique no item do menu para mostrar QCC, calcular e configurar o QCC. Para calcular o QCC, você pode usar o gráfico de controle Shewhart, a curva de Pearson, limites extendidos e as cartas de aceitação. Qualquer número de combinações de x / médio / gráficos e R / gráficos s são possíveis. Se a avaliação estiver sendo executado, um quadro de análise para posterior avaliação do processo e um gráfico de SPC para soluções on-lite são calculadas. Além disso, gráficos e seus dados podem ser salvos. Selecione Salvar QCC para exibi-los. Itens do Menu: QCC - Analysis QCC QCC - SPC QCC QCC - Salvar QCC Use os intens do menu QCC Modify Analysis QCC QCC Modify calculate SPC QCC para parametrizar suas cartas novamente e para calculá-los. É importante clicar sobre o botão de parâmetro e selecione os estimadores para a situação e das variações que são depráticas comuns para você. Selecione os critérios de estabilidade, clicando no botão de Estabilidade.

10 10 1x1 qs-stat 2.5 Resultados Numéricos Para exibir os resultados nurmericos, clique no item de menu Numerico. Particularmente, as listas são apresentadas sob Numérico Planilha de Resultados - Forma - Design 3 contêm os resultados estatísticos padrão e os índices de capacidade. Selecione Indivíduos - tabela de valores individuais - todas as características ou Indivíduais - tabela de valores individuais - seqüência natural para exibir os valores brutos Procedimento de Teste (Dependendo da Configuração) Os procedimentos de teste servem a propósitos diferentes, como o objectivo de verificar se uma avaliação estatística pode ser aceito ou não. Em particular, existem testes de distribuição e testes de verificação de aleatoriedade e aberrantes, mas também a igualdade de variâncias e valores médios. Os resultados são exibidos em diagramas claros. Na base da coloração, você pode ver se sua hipótese H0 foi aceita (verde) ou se foi rejeitada com um certo nível de significância α (vermelho) o apoio à hipótese alternativa H1. Obter uma visão geral dos resultados do teste principal, selecionando Numérico - os procedimentos de ensaio - Resumo. Pesquisar mais procedimentos de teste sob Resumo - Teste F / T Test Modelos de Distribuição Para descrever os valores de medição, uma seleção de modelos de distribuição está disponível. Estes modelos deverão ser lançados com a ajuda da estratégia de avaliação (ver capítulo 4.2 Ajuste numérico Formatos de saída). O primeiro modelo de seleção é feita de acordo com o procedimento de ensaio pré-definidos e sequência de ensaio. No decorrer do manual de avaliação, você pode selecionar outras distribuições, se necessário. Selecione Numérico - Distribuições (incl. offset) para ativar novos modelos de distribuição. Nota: Apenas escolha um modelo de distribuição manualmente quando você tem uma razão para isso. O software escolhe a melhor solução em termos de aspectos estatísticos utilizando os critérios de selecção da configuração própria avaliação. Use esse recurso com cuidado.

11 11 1x1 qs-stat 2.6 Resumo de Características Múltiplas Carregar o arquivo TEST_ALL.DFQ como descrito no capítulo 2,1 carregar o arquivo. Um resumo incluindo todas as peças e características carregadas é exibida. Aqui você pode desativar elementos e características para acelerar a sua próxima avaliação. Alterar o status de uma característica, clicando duas vezes sobre a respectiva característica. Características pode ser ativado ou desativado. Por padrão características desativadas são exibidas em vermelho. Por enquanto, manter o status das características como está e clique em OK. Utilize os botões para alternar entre os gráficos características descritas no capítulo 2.2 Visualização de Gráfico para indivíduais ou 2,5, os resultados numéricos ou mudar para o início ou o final da lista de características. O resumo gráfico a seguir ajuda-o a obter uma visão geral de todas as características Box Plot Clique no menu Resumo e selecione Box plot. Estes comparativos gráficos mostram os valores estatísticos como Valor médio mediana variação do processo (99.73% or +/-3s) valor máximo valor mínimo numero de valores de medição C-Valores Escolha o menu Sumário e selecione índices de capacidade ou clique no menu tolerâncias posicionais e índices de capacidade de seleção. Aqui, você pode exibir índices de capacidade comparativamente. O índice de capacidade potencial (Cm, Cp, PP...) e o índice de capacidade de saída (Cmk, Cpk, PPK...) são exibidos em gráficos de barras próximo ao outro Resultados Estatísticos Selecione o menu Resumo e escolha o menu resultados Estatísticos para obter um resumo com todas as características avaliadas. As tabelas de resumo são pré-definidos e pode ser configurado.

12 12 1x1 qs-stat Correlação O software oferece análise de correlação de acordo com métodos diferentes. Para ver todas as possibilidades para as características avaliadas exibido em uma matriz, clique em Resumo Correlação - Pearson Resumo Correlação - Spearman's rank correlation Resumo Correlação - Kendall's rank correlation Relatórios Para selecionar e imprimir relatórios relatórios, clique no ícone ou no menu Arquivo e selecione Imprimir -. Você pode exibir relatórios em uma nova janela na área do programa selecionando Arquivo - Preview Report. Se você proceder como descrito acima, todos os relatórios que estão disponíveis atualmente podem ser selecionados. Examinar os relatórios fornecidos como um exemplo. Usando o designer - formulário (opcional), você pode alterar ou criar novos relatórios a qualquer momento. 2.7 Mais Funcões As seções seguintes ilustram mais algumas funções software Alterar telas dos Gráficos ao mesmo tempo Você pode transferir ou muda de características ou configurações dos gráficos de múltiplas janelas ao mesmo tempo. Janela corrente intervalo Todas janelas Configurações / aplicam-se a características de alerta A janela corrente o intervalo (só para as janelas do tipo ativa, como o gráfico de valor) Todas Janela (ou caracteristicas).

13 13 1x1 qs-stat Zoom Várias funções de zoom estão disponíveis para analisar uma única escala do gráfico com mais precisão. Procurar três exemplos de ilustrações ampliada nas próximas páginas. A ajuda online do programa oferece-lhe apoio. Exosmples de zooms Klick Exemplo Klick Klick 3 As funções disponíveis dependem de qual gráfico que atualmente trabalha e qual o produto que você usa. Encontre mais informações na ajuda online.

14 14 1x1 qs-stat Seleção Análoga à função de zoom, o gráfico valor inclui também uma função de seleção. No caso de um gráfico valor ativo dos indivíduos, clique no ícone abaixo e diferentes métodos de seleção estão disponíveis. Usando a função de selecionar, você pode excluir ou excluir valores de medição individuais ou intervalos de valor da avaliação. Encontre mais informações sobre os métodos de selecção a ajuda online. As funções disponíveis dependem de qual gráfico que atualmente trabalha e qual o produto que você usa. Encontre mais informações na ajuda online Regressão Use esta função clicando no botão a seguir. Duas barras são exibidos. Usá-las para reduzir o intervalo de valores para o cálculo de regressão.

15 15 1x1 qs-stat 3 Gravando Dados Editar e ampliar os planos de teste usando a máscara de gravação de dados (da máscara da peça, a máscara característica e uma máscara de valor). Use os ícones correspondentes ou o menu Editar para mudar para a máscara de entrada desejado. Se você criar um novo plano de teste, a máscara correspondentes da peça e característica serão abertas automaticamente. 3.1 Criando Novo Plano de Teste A seção seguinte explica como você mesmo pode inserir dados. Clique no seguinte icone Arquivo. A janela Criar nova característica é aberta. Definir quantas características o tipo respective decaracterística que pretende criar para o novo plano de teste. Use um dos botões padrão para definir as informações de características individuais como a informação padrão para todas as características. Clique no botão OK para fechar a caixa de diálogo. As máscaras da peça e característica serão exibidas. ou no Menu Arquivo, selecione Novo

16 16 1x1 qs-stat Máscar da Peça Clique no ícone seguinte para abrir a máscara da peça Na máscara da peça, insira as informações relevantes para a identificação do plano de teste ou da peça, como o número de série da peça e a descrição da peça. Mais informações podem ser inseridas e são possivelmente relevantes para a identificação, mas não são necessárias em primeiro lugar Máscara da Característica Clique no ícone seguinte para abrir a máscara característica. Insira as informações sobre a característica na máscara de característica, como a descrição, o valor nominal e os limites de especificação. Mais informações não são necessárias em primeiro lugar. Acrescente mais características em uma peça, clicando no ícone seguinte para abrir as peças e lista de características. Na lista de peças e características, clique sobre a parte desejada uma vez e depois clique o botão direito sobre ela. Um menu de contexto se abre. Selecione o menu acrescentar novo item de característica. Se você clicar em uma característica, em vez de uma peça, você pode inserir e eliminar características ou criar características subordinados Máscara de Valores Clique no ícone seguinte para abrir a máscara de valores. Você pode exibir apenas os valores de uma característica única no valor de máscara ou você pode exibir todas as características próximas umas das outras. Selecione sua exibição desejada na máscara de valor na janela de máscara opção Mostrar valor. Em Exibir, clique no botão de características especiais e, em seguida, no ícone da máscara de valor visualizar. Um número mínimo de medições e amostras é necessária para determinadas avaliações. Se existem valores menores do que o necessário, a avaliação não é exibida. Para inserir dados adicionais, é necessária para acessar o correspondente, a definição de catálogo existente. Você pode ter dados adicionais a partir da definição. Configurar os dados adicionais usando o menu de contexto de exibição e selecionar os dados complementares. Em seguida, eles podem ser exibidos. O software utiliza o catálogo do banco de dados ativo como padrão. Para acessar o conteúdo do catálogo dos campos de dados adicionais, clique duas vezes no respectivo campo de dados adicionais no valor de máscara ou toque na barra de espaço.

17 17 1x1 qs-stat 3.2 Aquisição / Importar Dados A maneira mais simples de importar dados é para copiá-lo usando a o EXCEL. É necessário que os dados-fonte estejam disponíveis, por exemplo, em uma tabela do Excel que é classificada por característica coluna por coluna. Destaque e copie os dados que pretende importar(você só pode destacar colunas como características que foram criadas). Mude para o valor da máscara e colar o arquivo. Similarmente, você pode copiar e colar características múltiplas e / ou dados adicionais, como hora / data, lote e assim por diante. Você também pode importar arquivos TXT e CSV, selecionando o menu File e arquivos de texto Importar. Nota: Os valores de medição de cada característica só deve estar disponível coluna por coluna. 3.3 Salvar dados Há duas formas principais de salvar os dados. Clique em Arquivo - Salvar / Salvar como para armazenar dados em um arquivo ou Arquivo - Salvar para banco de dados para armazenar dados no banco de dados. Se você deseja armazenar grandes quantidades de dados no banco de dados, use a base de dados do upload. Por favor note que a versão experimental é restrita. A versão experimental não é possível guardar dados. 3.4 Avaliação Dados Após a Entrada dos Dados Se você alterar os dados, os dados terão que ser avaliados novamente. Se não, as alterações não serão salvas. Clique no botão Executar avaliação para avaliar os dados. A avaliação padrão é descrito no capítulo 2 Primeira Avaliação. 3.5 Outras Funções Saiba mais sobre outras funções na ajuda online. Transformação linear (simplificação de entrada ) dados adicionais sequencia de entrada associar características gravação de dados on-line

18 18 1x1 qs-stat 4 Configuração Embora a configuração não faz parte dos princípios básicos, este capítulo apresenta um breve resumo das configurações possíveis para clientes específicos. 4.1 Configurar Gráficos Você pode encontrar as funções de configuração do gráfico na barra de ferramentas. Apenas os botões que podem ser usadas em conexão com o gráfico selecionado estão ativos. Botões de mudanças a fonte as cores a lingua linhas, simbulos, a visualização 3ª-dimensão 3-D a grade, linhas da grade o sentido de rotação dos gráficos Estes botões oferecem valores dos limites, valores estatísticos um eixo de valor um eixo de dados adicionais quantis relação de gráficos especiais, tais como: o médias móveis o gráfico de valores separados o ivalores informados o visualização de histogramas o o grau de probabilidade de confiança da região Um clique como botão direito do mouse sobre a janela respectiva abre uma caixa de diálogo que exibe todas as possibilidades de configuração.

19 19 1x1 qs-stat 4.2 Ajustar campos de saídas Numéricas Os pontos de saída nas tabelas e listas em Resumo / numérico pode ser personalizado. Use o botão especial para mudar o modo de edição para o gráfico. Com botão direito do mouse sobre a respectiva área do gráfico abre uma caixa de diálogo para se adaptar a saída. O procedimento exato e as possibilidades de configuração disponíveis dependem do gráfico. 4.3 Ajuste de Relatórios Para modificar os relatórios, um conhecimento mais profundo de configuração ou de criação opcional do formulário é necessário. De qualquer forma, os relatórios podem ser adaptados a um certo ponto, utilizando a área do programa. Uma das funções mais importantes é a modificação do logotipo impresso nos relatórios. Para adaptar o logotipo para o seu logotipo corporativo, selecione Configuração Parãmetros de sistema - Caminhos. Uma caixa de diálogo. Clique no botão Alterar logotipo. As informações sobre o operador, departamento, centro de custo e assim por diante é transferido do login do usuário (ver capítulo 4.4 de Usuário). 4.4 Login de Usuário Para configurar o acesso ao software e aos vários grupos de funções, selecione Configuração parâmetros do Sistema - Usuários. Você pode conceder permissões de acesso a determinados grupos de usuários e você pode ativar a proteção por senha. Se você ativar a proteção por senha, você precisa de uma senha para login em sua conta.

20 20 1x1 qs-stat 4.5 Método de avaliação O Método de avaliação é muito importante para os resultados. O software inclui várias estratégias de avaliações personalizadas em geral. Para escolher um método de avaliação, selecione o item do menu de configuração e clique em Método de avaliação. Nas configurações padrão, um exemplo Q-DAS predefinido de método. Use o fluxograma para rastrear o processo de avaliação. Um clique sobre um elemento do fluxograma abre uma caixa de diálogo para ajustes adicionais. Você pode selecionar uma das estratégias pré-definidas, mas você também pode definir e ajustar novas estratégias individuais. Para ajustar as avaliações de suas necessidades, selecione o item do menu de configuração e clique em método de avaliação. Clique no botão Alterar. Enter "SUPERUSER" no nome do campo de entrada de usuário e senha (se você não tiver alterado sua senha ainda). Nota: Você não pode mudar as estratégias de avaliação pré-ajustadas nas configurações padrão e não é possível salvar uma nova estratégia com o mesmo nome. 4.6 Catálogos Para inserir dados adicionais, é necessária acessar a definição correspondente de catálogo existente. Você pode ter dados adicionais a partir da definição. Configurar os dados adicionais usando o menu de contexto de exibição e selecionar os dados complementares. Em seguida, eles podem ser exibidos. O software utiliza o catálogo do banco de dados ativo como padrão. Clique no menu Configuração e selecione Parâmetros do Sistema - Catálogos para acessar os registros do catálogo de arquivos de catálogo (por exemplo, catalag.dfd). Ative a opção de catálogo de dados de arquivo e você pode acessar dados do catálogo de arquivos em vez de partir da base de dados. Quando você tiver selecionado essa opção, use o botão "Selecionar arquivo e escolher o respectivo arquivo de catálogo. Confirme sua escolha clicando em OK.

21 21 1x1 qs-stat 5 EasyToUse Além dos links oferecidos em Programas - Q- DAS QM-TOOLS - Q-DAS ME x - [Produto], você também pode selecionar o link [nome do produto] Easy2use. Use este link para iniciar o respectivo produto de software com uma barra de botões, especialmente configurado. Na caixa de diálogo Registro, selecione o nome do usuário "easy2use" e confirmar a sua escolha clicando em OK. Esta versão do produto oferece não apenas a barra de botões préconfigurados, mas também uma máscara de entrada de dados que foi reduzida a um número mínimo de campo. 5.1 Redução Peça / Máscara da característica

22 22 1x1 qs-stat 5.2 Barra de Botões Botões de Planejamento de teste Clique no botão nova peça para criar uma nova peça. A máscara de peça correspondente se abre. Digite a informação da peça (produto) disponível. Use o botão nova característica para criar as características exigidas. A máscara correspondente característica para a gravação de informação específica característica é exibida automaticamente. Cada clique no botão nova característica acrescenta uma outra característica do plano de teste. Se você quiser transferência de dados on-line via interface RS232, selecione a interface ligada no campo de tipo de gravação. Clique em Salvar no arquivo do novo plano teste em um diretório pré-definido. Use o botão Alterar para abrir máscaras peça / característica novamente. Lá posteriormente você pode adicionar mais informações ou alterar os dados do cabeçalho, etc. Clique em Fechar para fechar o novo plano de teste. Se você não salvou ainda, você será solicitado a salvar antes de fechar. Botões de Medição Clique em Gravar para abrir planos de teste existentes ou a registar valores de medição. Botões de resultados Use o botão para abrir o resultado da seleção Peças numa caixa de diálogo que exibe uma lista de seus planos de teste. Selecione um plano de teste e clique em OK para fechar a caixa de diálogo. Agora, o respectivo plano de teste é carregado e avaliado. Clique em Estatística, Resumo, C-valores ou Box Plot para abrir os resultados da avaliação e para exibi-los usando os gráficos selecionados. Para visualizar e imprimir relatórios com valores estatísticos e gráficos, clique no botão "Imprimir relatório.

M-QIS-Server Reporting-System

M-QIS-Server Reporting-System M-QIS-Server Reporting-System Versão : 1 / Janeiro / 2010 DAS Quality LTDA Rua Antonio Vieira do Amaral, 64 sl II Araçoiaba da Serra SP / Brazil CEP 18190-000 Hotline: Tel.: 55 15 / 3281.4360 Fax: 55 15

Leia mais

M-QIS Client Long Term Analysis

M-QIS Client Long Term Analysis M-QIS Client Long Term Analysis Version: 1 / Outubro 2009 DAS Quality LTDA Rua Antonio Vieira do Amaral, 64 sl II Araçoiaba da Serra SP / Brazil CEP 18190-000 Hotline: Tel.: 55 15 / 3281.4360 Fax: 55 15

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Migrando para o Word 2010

Migrando para o Word 2010 Neste guia O Microsoft Word 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber as partes principais da nova interface,

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Prestador de Serviços

Prestador de Serviços Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Serviços...3 Os Recibos... 5 Como imprimir?... 6 As Listagens...7 Clientes... 9 Consulta...9 Inclusão... 11 Alteração... 12 Exclusão... 13 Serviços...

Leia mais

Manual Carteiro Virtual

Manual Carteiro Virtual Manual Carteiro Virtual CONFIGURAÇÕES INICIAIS Introdução...3 Como acessar o Carteiro Virtual...4 Personalizando seus dados de acesso...6 LISTAS DE CONTATOS Criando Lista de Contatos...8 Inserindo contatos

Leia mais

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.2 SENHA 4 1.3 INSTALAÇÃO 4 1.3.1 INSTALAÇÃO PARA MODERADOR 4 1.3.2 INSTALAÇÃO PARA PARTICIPANTES 8 1.3.2.1 PELO

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop, browser

Leia mais

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis.

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. Capítulo 1 Guia de Início Rápido Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. PRIMEIRO PASSO: Entrando no ClaireMeeting Use o seu navegador e acesse: http://www.clairemeeting4.com.br

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Móvel Versão 2.0 para Android

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Móvel Versão 2.0 para Android Guia do Usuário Avigilon Control Center Móvel Versão 2.0 para Android 2011-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. AVIGILON é marca comercial registrada e/ou não registrada da Avigilon

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

DHL IMPORT EXPRESS ONLINE

DHL IMPORT EXPRESS ONLINE DHL IMPORT EXPRESS ONLINE GuIa DE usuário RaPIDaMENTE VOCÊ PODE PREPaR E CONTROLaR SuaS REMESSaS COM TODOS OS DETaLHES E VISIBILIDaDE DO ENVIO COM a FERRaMENTa DHL IMPORT EXPRESS. DHL IMPORT EXPRESS é

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Núcleo de Tecnologia da Informação Gerenciamento do Conteúdo de Sítios Institucionais Versão 1.4 Atualizado em: 8/10/2015 Sumário Sumário................................................

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop,

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Criar as tabelas para um banco de dados

Criar as tabelas para um banco de dados Treinamento Criar as tabelas para um banco de dados ANTES DE COMEÇAR O primeiro curso desta série, "Criar as tabelas de um novo banco de dados", forneceu uma lista de tabelas e campos para uso no banco

Leia mais

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Maio de 2012 Conteúdo Capítulo 1: Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Introdução ao Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Instalando

Leia mais

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO 2015 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 O QUE MUDOU... 3 5 COMO COMEÇAR... 4 6 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 5 7 CADASTRO DE

Leia mais

Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença será

Leia mais

Lifesize Video Table of Contents

Lifesize Video Table of Contents Table of Contents Vamos começar Para quem devo ligar? Criar uma reunião Enviar um convite Ligar para alguém Vamos nos reunir Vamos conversar Compartilhando dados em uma chamada Como discar Tópicos avançados

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA CALC para Windows OpenOffice.org 3.0: Manual do usuário A sua Planilha de Cálculos SUMÁRIO Introdução...3 Apresentando o OpenOffice.org Calc 3.0...4 Iniciando o Calc 3.0...4 Componentes Básicos da janela

Leia mais

FedEx Ship Manager Software. Guia do Usuário

FedEx Ship Manager Software. Guia do Usuário Guia do Usuário 1 Bem-vindo! O que é o software FedEx Ship Manager? Simplifique e agilize o gerenciamento de remessas importantes via FedEx com o software FedEx Ship Manager (FSM). As ferramentas de produtividade

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso Carrera Pessoal 2015 Guia de uso Bem vindo ao Carrera Pessoal 2015, o gerenciador financeiro ideal. Utilizando o Carrera Pessoal você poderá administrar com facilidade as suas finanças e/ou da sua família.

Leia mais

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7 DIRETO Manual do Usuário PROCERGS Divisão 7 Este documento foi produzido pela PROCERGS Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br Sumário Sobre

Leia mais

ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR

ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR 1º passo: Acesse a página através do link existente no site de Newton laboratório e audiovisual: 2º passo: Na tela inicial do sistema digite seu usuário e sua senha nos

Leia mais

TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY

TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY Registrar Adicionar uma câmera comum Config. Serviços Web em Câmeras PowerShot Config. Serviços Web em Câmeras PowerShot Configurar Serviços Web em Câmeras EOS Configurar Serviços

Leia mais

Modelos de Caso de Administração

Modelos de Caso de Administração Modelos de Caso de Administração Instruções Ajude a equipe Premier+ a concluir seus Casos de Administração de forma rápida e eficiente! Este documento lista as informações necessárias para concluir as

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia Wordpress - Designtec Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia 1 Índice Acessando o painel administrativo... 3 Gerenciamento de edições... 3 Gerenciamento de artigos... 3 Publicando mídias...

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP. Versão 1.2.0.1

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP. Versão 1.2.0.1 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP Versão 1.2.0.1 Copyright 2000-2014 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual estão

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

Criar formulários preenchidos pelos usuários no Word

Criar formulários preenchidos pelos usuários no Word Página 1 de 5 Word > Criando documentos específicos > Formas Criar formulários preenchidos pelos usuários no Word Usando um modelo, você pode adicionar controles de conteúdo e texto com instrução no Microsoft

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos Versão 1.0.1.0 Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

Mais configuração OptraImage

Mais configuração OptraImage 1 fax Personalizarconfiguraçõesdecópia...2 Definirmanualmenteasinformaçõesbásicasdofax...3 Criardestinospermanentesdefax...5 Alterarasconfiguraçõesderecebereenviarfax...7 Ajustarasopçõesdeenviodefax...8

Leia mais

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015 Monitor de Comercialização Ofertante MT 43-1-00015-0 Última Atualização 12/11/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Como inserir subitens V Emissão de Relatórios VI

Leia mais

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Pré requisitos: Elaboração de questionário Formulário multimídia Publicação na internet Uso de senhas na Web Visualização condicionada ao perfil A

Leia mais

Histórico. Software estatístico utilizado em mais de 80 países por pesquisadores, engenheiros, analistas empresariais, professores, estudantes.

Histórico. Software estatístico utilizado em mais de 80 países por pesquisadores, engenheiros, analistas empresariais, professores, estudantes. MINITAB 14 Histórico Software estatístico utilizado em mais de 80 países por pesquisadores, engenheiros, analistas empresariais, professores, estudantes. Possui ferramentas para diversos tipos de análise

Leia mais

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Pró-Reitoria de Educação a Distância Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Como acessar o ambiente 1. Entre no Ambiente Virtual de Aprendizagem localizado na página principal do Portal

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0)

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0) Parte:Manual Atualização: OriginalPágina 1 Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária () Instalação Se houver alguma versão do FireBird Instalada na máquina desinstale antes de

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais

Configurar e gerenciar comunidades do Salesforce

Configurar e gerenciar comunidades do Salesforce Configurar e gerenciar comunidades do Salesforce Guia do usuário, Spring 16 @salesforcedocs Última atualização: 17/12/2015 A versão em Inglês deste documento tem precedência sobre a versão traduzida. Copyright

Leia mais

REGISTRO DA EMPRESA. Acesse: www.ventrevista.com. Em Login do Cliente, digite login e senha.

REGISTRO DA EMPRESA. Acesse: www.ventrevista.com. Em Login do Cliente, digite login e senha. REGISTRO DA EMPRESA Acesse: www.ventrevista.com Em Login do Cliente, digite login e senha. Insira a logo da sua empresa PAGINA DE INÍCIO Clique neste módulo para criar uma vídeo-entrevista NOME DO PROCESSO

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Writer

Treinamento em BrOffice.org Writer Treinamento em BrOffice.org Writer 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. BARRA DE FERRAMENTAS...3 III. CONFIGURAR PÁGINA...4 1. Tamanho, Margens e Orientação...5 2. Cabeçalhos...6 3. Rodapés...6 4. Numerando

Leia mais

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Sede das Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 EUA http://www.cisco.com Tel.: +1 408 526-4000

Leia mais

CA Clarity PPM. Guia do Usuário de Gestão de Demanda. Release 14.2.00

CA Clarity PPM. Guia do Usuário de Gestão de Demanda. Release 14.2.00 CA Clarity PPM Guia do Usuário de Gestão de Demanda Release 14.2.00 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

Para criar uma nova apresentação: 1.Escolha a opção Apresentação em Branco Clique no botão Ok

Para criar uma nova apresentação: 1.Escolha a opção Apresentação em Branco Clique no botão Ok Microsoft P ow erp oint Apresentação Microsoft PowerPoint é utilizado para desenvolver apresentações. Os trabalhos desenvolvidos com este aplicativo normalmente são apresentados com o auxílio de um data

Leia mais

Manual Introdutório do DataStudio

Manual Introdutório do DataStudio Manual de Instruções Manual N.º 012-08107 Manual Introdutório do DataStudio Manual N.º 012-08107 Manual N.º 012-08107 Manual Introdutório do DataStudio Introdução O que é o DataStudio? O DataStudio é

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Neste tópico, você aprenderá a criar facilmente um banco de dados para uma nova empresa e a definir configurações comuns de uma empresa no SAP

Neste tópico, você aprenderá a criar facilmente um banco de dados para uma nova empresa e a definir configurações comuns de uma empresa no SAP Neste tópico, você aprenderá a criar facilmente um banco de dados para uma nova empresa e a definir configurações comuns de uma empresa no SAP Business One, em apenas uma etapa usando um assistente guiado.

Leia mais

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL.

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL. Nome do Software: Gerenciador de Projetos Versão do Software: Gerenciador de Projetos 1.0.0 1. Visão Geral Este Manual de Utilização do Programa Gerenciador de Projetos via Web, tem por finalidade facilitar

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Avaya Softconsole Versão 1.5 Referência Rápida

Avaya Softconsole Versão 1.5 Referência Rápida Avaya Softconsole Versão 1.5 Referência Rápida 555-233-773PTB 1ª edição Fevereiro de 2003 Copyright 2003, Avaya Inc. Todos os direitos reservados Impresso nos EUA Aviso. Considerando-se que foram empregados

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações

Leia mais

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. INSERIR TEXTO 3. SALVAR UM DOCUMENTO 4. FECHAR UM DOCUMENTO 5. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 6. ABRIR UM DOCUMENTO 7. SELECIONAR TEXTO 8. RECORTAR,

Leia mais

Guia rápido de instrução EPC

Guia rápido de instrução EPC Guia rápido de instrução EPC Índice EPC Modificações da aplicação em relação aos dados e figuras deste guia rápido de instrução estão reservadas. Impressão, tradução e reprodução, mesmo parcial, não é

Leia mais

MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO

MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO 1 CONTEÚDO ÍNDICE DE FIGURAS ACESSO AO USUÁRIO CADASTRO DE CONTÊINERES REGIME DE EXPORTAÇÃO NOTA FISCAL AGENDAMENTO ALTERAR VEÍCULO/MOTORISTA

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Instalação... 1. 2. Operações... 3. 2.1 Comunicação... 4. 2.1.1 Modo... 4. 2.1.2 Ethernet... 5. 2.1.3 Serial... 6

SUMÁRIO. 1. Instalação... 1. 2. Operações... 3. 2.1 Comunicação... 4. 2.1.1 Modo... 4. 2.1.2 Ethernet... 5. 2.1.3 Serial... 6 SUMÁRIO 1. Instalação... 1 2. Operações... 3 2.1 Comunicação... 4 2.1.1 Modo... 4 2.1.2 Ethernet... 5 2.1.3 Serial... 6 2.1.4 Configurações da placa de rede... 6 2.2 Edição base... 7 2.2.1 Produto... 7

Leia mais

Do Word 2007 para o Office 365 para empresas

Do Word 2007 para o Office 365 para empresas Do Word 2007 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft Word 2013 para área de trabalho está diferente das versões anteriores. Assim, veja a seguir uma visão geral dos novos recursos e

Leia mais

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 Seção de Implantação de Sistemas Divisão de Sistemas Judiciais de Segundo Grau Diretoria de Tecnologia da Informação DTI/TJSC suporte: saj2grau@tjsc.jus.br Índice: Página 1.

Leia mais

SAP Guia de signatário da DocuSign

SAP Guia de signatário da DocuSign SAP Guia de signatário da DocuSign Índice 1. SAP Guia de signatário da DocuSign... 2 2. Recebimento de uma notificação por e-mail... 2 3. Assinatura do documento... 3 4. Outras opções... 4 4.1 Concluir

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário

Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário Copyright 2008 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows e Windows Vista são marcas registradas da Microsoft Corporation

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com.

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com. MANUAL SICCL SQL ÍNDICE ACESSANDO O SISTEMA SG - COMPRAS E CONTRATOS... 3 ATENDENDO SOLICITAÇÕES DE ITENS E SERVIÇOS... 5 VERIFICANDO A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS... 7 ATENDER SOLICITAÇÕES COM PROCESSO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

M a n u a l d o U s u á r i o F i n a l

M a n u a l d o U s u á r i o F i n a l M a n u a l d o U s u á r i o F i n a l I T I L A D V A N C E D Todos os direitos reservados ao Qualitor. Uso autorizado mediante licenciamento Qualitor Porto Alegre RS Av. Ceará, 1652 São João 90240-512

Leia mais

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Você pode adicionar fotos e histórias da família aos registros dos seus antepassados na Árvore Familiar. Com o novo recurso Adicionar Fotos e Histórias,

Leia mais

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia de implementação

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia de implementação Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia de implementação Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes que ajudam você a usar melhor os recursos do computador. CUIDADO:

Leia mais

Sumário. 1 Introdução ao Excel 2013 1

Sumário. 1 Introdução ao Excel 2013 1 Sumário Introdução...xiii A quem se destina este livro... xiii Como este livro está organizado... xiii Como baixar os arquivos de prática... xiv Suporte técnico... xvii 1 Introdução ao Excel 2013 1 Identificação

Leia mais

Como criar um blog. Será aberta uma janela onde você deverá especificar o título do blog, o endereço do blog, e o modelo.

Como criar um blog. Será aberta uma janela onde você deverá especificar o título do blog, o endereço do blog, e o modelo. Como criar um blog Criando o blog Vá em www.blogger.com. Entre com sua conta google (a mesma que você usa para acessar o gmail). Escolha um perfil. Na página seguinte, clique no botão novo blog. Será aberta

Leia mais

Channel. Módulo Gerencial. Tutorial. Atualizado com a versão 4.02

Channel. Módulo Gerencial. Tutorial. Atualizado com a versão 4.02 Channel Módulo Gerencial Tutorial Atualizado com a versão 4.02 Copyright 2009 por JExperts Tecnologia Ltda. todos direitos reservados. É proibida a reprodução deste manual sem autorização prévia e por

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Versão 1.2.3 27 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

Lync Acessando o Lync Web App

Lync Acessando o Lync Web App Lync Acessando o Lync Web App Saiba como ingressar em uma reunião, quais são os recursos disponíveis, as configurações e conheça o layout do Lync Web App. Sumário Lync Web App... 1 Ingressar em uma Reunião

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas

PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft PowerPoint 2013 tem uma aparência diferente das versões anteriores. Assim, veja a seguir uma visão geral dos novos recursos e

Leia mais

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW GUIA RÁPIDO DE USO

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW GUIA RÁPIDO DE USO BEM-VINDO AO dhl PROVIEW GUIA RÁPIDO DE USO O DHL PROVIEW COLOCA VOCÊ NO CONTROLE DE SEUS ENVIOS. PROVIEW O DHL ProView é uma ferramenta de rastreamento on-line que permite a visibilidade dos envios e

Leia mais

BEM VINDOS AO DHL WEB SHIPPING GUIA DE USO

BEM VINDOS AO DHL WEB SHIPPING GUIA DE USO Envio de Remessas Online BEM VINDOS AO DHL WEB SHIPPING GUIA DE USO webshipping.dhl.com ACESSE O DHL WEB SHIPPING DE QUALQUER LUGAR DO MUNDO. Ideal para qualquer empresa com acesso à internet, o DHL Web

Leia mais

Relatórios. Manual. Pergamum

Relatórios. Manual. Pergamum Relatórios Manual Pergamum Manual PER-MAN-005 Estatísticas Circulação de Materiais - Geral Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 1-4 1.1 PESQUISANDO ESTATÍSITICAS E RELATÓRIOS... 1-10 1.2 UTILIZANDO O MÓDULO RELATÓRIOS...

Leia mais