Geografia Agrária Geral

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Geografia Agrária Geral"

Transcrição

1 1. (Uerj) Geografia Agrária Geral Analisando os gráficos, verifica-se que, além dos EUA, alguns países europeus são simultaneamente grandes exportadores e grandes importadores de produtos agrícolas. Apresente, em relação aos países europeus, duas justificativas para cada uma dessas condições comerciais. 2. (Uerj 2005) Em recentes reuniões internacionais, eu estive reiterando que o Tesouro brasileiro não pode competir com os Tesouros das economias desenvolvidas em termos de dar subsídios agrícolas à exportação. Estimativas da OCDE indicam que são dados mais de US$ 360 bilhões de dólares anuais como subsídios à agricultura nos países desenvolvidos. Marcus Vinícius Pratini de Moraes ( Os subsídios dados à agricultura nos países desenvolvidos constituem uma política extremamente cara e, aparentemente, contraditória com o fato de que o setor primário dessas nações responde por uma fatia pequena do PIB. Aponte: a) duas justificativas para a manutenção dessa política por parte de alguns países desenvolvidos; b) a principal conseqüência para o Brasil da política citada. 3. (Uerj 2008) "(...) hoje já é legítimo se colocar a dúvida quanto à validade da distinção entre campo e cidade. Não é difícil prever uma situação em que a maioria da população "rural", no sentido ecológico, se dedique a funções urbanas e que a prática da agricultura em nada se distinga das demais atividades urbanas. (PAUL Singer Adaptado de "Economia política da urbanização". São Paulo: Brasiliense, 1995.)

2 Campo e cidade, apesar de ocuparem diferentes porções do espaço geográfico, são complementares, sendo cada vez mais difícil apontar os limites físicos e funcionais entre um e outro. Considerando as atividades econômicas, apresente dois exemplos de intercâmbio que demonstram a atual relação de interdependência entre o espaço urbano e o rural. 4. (Uerj 98) (MAGNOLI, Demétrio. "União Européia - história e geopolítica. Moderna, São Paulo, 1994.) O mapa anterior registra um zoneamento das áreas mais carentes da União Européia, evidenciando a necessidade de uma política regional. No tocante às áreas do meio rural dos países assinalados no mapa, há predominância de estrutura produtiva baseada em: a) sistemas do tipo plantation b) atividades agropecuárias tradicionais c) sistemas agrícolas de propriedade coletiva d) práticas de cultivos altamente mecanizadas 5. (Uerj 2000) O esquema indica as articulações entre os setores da atividade econômica, dos últimos 30

3 anos, nos CAI - Complexos Agroindustriais. Os principais efeitos dessa articulação estão expressos em: a) - concentração da propriedade dos fatores produtivos - transformações nas relações de trabalho b) - ampliação do mercado de trabalho - facilidade de acesso a terra c) - reforço da produção de subsistência - deslocamento da população do campo para a cidade d) - diversificação da produção para a exportação - subordinação do setor industrial ao capital agrário 6. (Uerj 2004) MORTE NA FESTA DOS RICOS O interesse despertado pela reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), iniciada na semana passada em Cancún, no México, deveu-se justamente ao assunto central em pauta para os países emergentes, a agricultura. Pela primeira vez, a questão das práticas comerciais prejudiciais ao grupo de nações em desvantagem no cenário da globalização seria o foco das reuniões. O balneário mexicano deveria ser o marco de uma mudança que deixaria para trás a impressão predominante nos países emergentes de que os países ricos fazem a festa no comércio mundial usando a OMC apenas como um jogo de cartas marcadas. (Veja, 17/09/2003) A notícia acima reflete o debate sobre o comércio internacional que tem colocado os países desenvolvidos e subdesenvolvidos em campos opostos. Uma das razões desse antagonismo está indicada na seguinte alternativa: a) pressão por parte dos países desenvolvidos para que os subdesenvolvidos abram seus mercados, enquanto aqueles mantêm suas práticas protecionistas b) manutenção de intensas barreiras protecionistas por parte dos países subdesenvolvidos no setor agrícola, ao passo que os países desenvolvidos praticam o livre comércio c) discussão entre os países desenvolvidos, que desejam o fim do protecionismo através da constituição de blocos comerciais, e os subdesenvolvidos, que se opõem ao multilateralismo comercial d) oposição entre os países subdesenvolvidos, que defendem a OMC como fórum adequado para manter o protecionismo, e os desenvolvidos, que querem usá-la para garantia do livre comércio

4 Geografia Geral - Urbana 1. (Uerj 97) Observações: - os limites físicos e políticos, propositadamente, não foram representados. - a parte européia da extinta URSS não foi considerada. Percebe-se nitidamente, na leitura do mapa, a existência de diferentes padrões espaciais quanto à distribuição das aglomerações urbanas na Europa. A Europa Ocidental expõe um padrão de distribuição bastante heterogêneo, ao contrário do chamado Leste Europeu. a) Com base no mapa, estabeleça a relação existente entre o padrão espacial de urbanização verificado no Leste Europeu e o modelo sócio-econômico que ali vigorou majoritariamente até o final dos anos 80. b) Comparando duas áreas, a Península Ibérica e a Grã-Bretanha, aponte aquela que apresenta maior densidade de urbanização e indique uma causa de ordem econômica para a diferença apontada. 2. (Uerj 2002) A cidade cresce horizontalmente e verticalmente. O crescimento horizontal revela a ocupação de áreas anteriormente vazias ou utilizadas para atividades primárias. Essas áreas são divididas em lotes que se multiplicam na periferia urbana. O crescimento vertical é demonstrado pelo aumento da construção de edifícios bem altos. Neste contexto de

5 crescimento das cidades do mundo capitalista, os lotes urbanos refletem claramente seu caráter de mercadoria através de um processo de valorização do espaço urbano. Levando em conta a dinâmica do crescimento das cidades, marcada pela segregação socioespacial, a) explique como se dá o processo de valorização do espaço urbano; b) apresente duas medidas a serem adotadas pelo poder público para combater essa segregação. 3. (Uerj 2005) Observe os quadros a seguir, que tratam das grandes aglomerações urbanas mundiais. (Adaptado de Apresente: a) duas conseqüências socioespaciais para os países que apresentam o fenômeno de macrocefalia urbana expresso no quadro I; b) duas justificativas para o processo diferenciado de concentração de população urbana retratado no quadro II. 4. (Uerj 2008) Observe na ilustração a seguir um modelo de organização espacial que se disseminou entre muitas metrópoles americanas a partir da década de 1920:

6 Identifique duas características da organização espacial do Distrito Central de Negócios e apresente duas justificativas para a localização da área residencial da população de renda média e alta. 5. (Uerj 2000) Observe a figura e o texto sobre o tema da exclusão social: O processo de globalização da economia, que envolve a reestruturação técnica da produção e a redefinição da organização do trabalho, tem provocado drásticas mudanças sobre o nível de emprego e sobre a distribuição de renda. (Adaptado de Projeto RS - "2010 Realizando o Futuro, Pobreza Urbana", 1998.) Atualmente, a modernização da economia brasileira vem ocorrendo com o apoio da orientação neoliberal e com o empenho de acompanhar os novos patamares tecnológicos da Revolução Técnico-científica em curso. Considerando que, segundo muitos estudiosos, as medidas adotadas para tal opção têm um caráter excludente, visto que promovem a destruição de atividades tradicionais e a nãoinclusão dos destituídos no setor moderno, a) explique como esse processo de modernização com exclusão ocorre nas cidades; b) aponte um posicionamento defendido por aqueles que contestam a supervalorização do

7 desenvolvimento tecnológico apoiada na política neoliberal. 6. (Uerj 2008) A análise da tabela permite estabelecer uma associação entre demografia e hierarquia urbana que pode ser formulada corretamente como: a) o país desenvolvido com maior população urbana abriga a metrópole mais rica b) a concentração de riqueza não apresenta relação direta com a população absoluta c) as megacidades são encontradas sobretudo na rede urbana dos países centrais d) os aglomerados urbanos mais ricos não se localizam nas grandes megalópoles do planeta 7. (Uerj 2004) Observe os dados da tabela a seguir, que estão correlacionados com as mudanças na organização espacial metropolitana nas últimas décadas. (Adaptado de SASSEN, S. The global city. New York: Princeton University Press, 2001.) Podemos concluir que Nova York e Chicago são exemplos de cidades onde vem se acentuando o processo de: a) terceirização b) periferização

8 c) terciarização d) hierarquização 9. (Uerj 2004) As figuras identificadas pelos números 1 e 2 correspondem, respectivamente, às seguintes formas urbanas: a) megacidade e megalópole b) megacidade e cidade global c) região metropolitana e megalópole d) região metropolitana e cidade global 1. (Uerj) SÃO PAULO POPULAÇÃO (milhões de habitantes): 18,8 PIB (em dólares): 225 bilhões Posição que a cidade ocuparia, se fosse um país, no ranking das maiores economias: 33 LONDRES POPULAÇÃO (milhões de habitantes): 8,5 PIB (em dólares): 452 bilhões Posição que a cidade ocuparia, se fosse um país, no ranking das maiores economias: 20 PARIS POPULAÇÃO (milhões de habitantes): 9,9 PIB (em dólares): 460 bilhões Posição que a cidade ocuparia, se fosse um país, no ranking das maiores economias: 19 NOVA YORK POPULAÇÃO (milhões de habitantes): 19 PIB (em dólares): 1,1 trilhão Posição que a cidade ocuparia, se fosse um país, no ranking das maiores economias: 11

9 TOQUIO POPULAÇÃO (milhões de habitantes): 35,7 PIB (em dólares): 1,2 trilhão Posição que a cidade ocuparia, se fosse um país, no ranking das maiores economias: 10 Neste ano, segundo dados da ONU, o número de pessoas no mundo que mora em áreas urbanas ultrapassará a população que vive em áreas rurais. Entretanto, o processo de urbanização da humanidade é extremamente desigual, tanto em termos quantitativos como qualitativos. As cidades da tabela fazem parte de um grupo caracterizado por uma especificidade que o distingue da maioria dos centros urbanos. Essa especificidade está enunciada na seguinte alternativa: a) cidades globais polarizam a economia mundial. b) megacidades concentram a urbanização dos países desenvolvidos. c) centros urbanos com PIB elevado agregam a função de capital nacional. d) megalópoles abrigam a maior parte da população de baixa renda do hemisfério norte. 10. (Uerj) E os governos do Terceiro Mundo sabem ainda menos sobre as suas fronteiras urbanas, esses estranhos limbos onde se faz a transição entre cidades ruralizadas e campos urbanizados. A ORLA URBANA É A ZONA DE IMPACTO SOCIAL ONDE A FORÇA CENTRÍFUGA DA CIDADE COLIDE COM A IMPLOSÃO DO CAMPO". MIKE DAVIS. Adaptado de "Planeta favela". São Paulo: Boitempo, O trecho destacado sugere que a orla urbana das grandes metrópoles do Terceiro Mundo é a expressão espacial da convergência de dois processos. Esses dois processos, significativos na segunda metade do século XX, são: a) verticalização e imigração b) periferização e êxodo rural c) conurbação e migração pendular d) industrialização e tráfico de mão-de-obra

Avaliação: EXERCICIOS ON LINE DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR(A): FELIPE Curso: TURMA: 3101 DATA: / / Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média:

Avaliação: EXERCICIOS ON LINE DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR(A): FELIPE Curso: TURMA: 3101 DATA: / / Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: Avaliação: EXERCICIOS ON LINE 3 º Bimestre DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR(A): FELIPE Curso: TURMA: 3101 DATA: / / Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: NOME: Nº.: 1 Preencher com letra legível o cabeçalho

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL NEOLIBERAL E OS DESAFIOS PARA O SÉCULO XXI

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL NEOLIBERAL E OS DESAFIOS PARA O SÉCULO XXI GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL NEOLIBERAL E OS DESAFIOS PARA O SÉCULO XXI Como pode cair no enem A desconcentração industrial verificada no Brasil, na última década, decorre, entre outros fatores,

Leia mais

BLOCO DE ATIVIDADES / EXERCÍCIOS PROPOSTOS

BLOCO DE ATIVIDADES / EXERCÍCIOS PROPOSTOS Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais:

Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais: QUESTÃO 01 2 Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais: Um grupo de turistas, hospedado na pousada localizada nesse mapa, realizou uma caminhada ecológica

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS Como pode cair no enem Os 10 maiores aglomerados urbanos Leia o texto e observe o quadro abaixo: O terceiro milênio se inicia com

Leia mais

Geografia. Exercícios de Revisão I

Geografia. Exercícios de Revisão I Nome: n o : E nsino: Médio S érie: T urma: Data: Profa: 1 a Geografia Exercícios de Revisão I 1 Analisando o mapa a seguir, correlacione a incidência de malária e da doença do sono com as condições naturais

Leia mais

Questões Específicas. Geografia Professor: Cláudio Hansen 03/12/2014. #VaiTerEspecífica

Questões Específicas. Geografia Professor: Cláudio Hansen 03/12/2014. #VaiTerEspecífica Questões Específicas 1. Considerando os Blocos Econômicos, a União Europeia (27 países em 2011) permanece como relevante importador de mercadorias brasileiras. Considerando os países individualmente, a

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %)

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) GEOGRAFIA QUESTÃO 11 Observe a tabela. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) * Estimativa. Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, 2003. Com relação ao processo

Leia mais

Mudanças Socioespaciais em um Mundo Globalizado

Mudanças Socioespaciais em um Mundo Globalizado Mudanças Socioespaciais em um Mundo Globalizado Colégio Salesiano São José 8º ano Geografia Professor: Juliano Mudanças no Espaço Geográfico Como ocorrem essas mudanças: Formas; Funções; Fluxos; Modos

Leia mais

Problemas Ambientais e Globalização

Problemas Ambientais e Globalização Problemas Ambientais e Globalização 1. (UFES 2014) O mapa acima ilustra as ameaças ambientais no Brasil decorrentes da ocupação do solo. a) Cite duas finalidades para o desflorestamento na região do "Arco

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 8º 2º TRI. Assinale a única alternativa que não indica uma característica do sistema capitalista.

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 8º 2º TRI. Assinale a única alternativa que não indica uma característica do sistema capitalista. EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 8º 2º TRI Questão 1 Assinale a única alternativa que não indica uma característica do sistema capitalista. a) Os preços das mercadorias variam de acordo com a procura por

Leia mais

Questão 13 Questão 14

Questão 13 Questão 14 Questão 13 Questão 14 Observe a paisagem da cidade do Rio de Janeiro para responder à questão. O mapa representa dois graves problemas ambientais no Brasil. Identifique-os seqüencialmente: Assinale a alternativa

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 5 - GEOGRAFIA AGRÁRIA

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 5 - GEOGRAFIA AGRÁRIA Questão n o 1 Conhecimentos Específicos O candidato deverá contemplar em seu texto os seguintes aspectos: Na perspectiva da Geografia Tradicional, até os anos 60 do século XX, período em que se enfatizavam

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 3ª Etapa 2014. Ano: 7º Turma: 7.1

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 3ª Etapa 2014. Ano: 7º Turma: 7.1 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 3ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor (a): Fernando Parente Ano: 7º Turma: 7.1 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014 GEOGRAFIA QUESTÃO 1 A Demografia é a ciência que estuda as características das populações humanas e exprime-se geralmente através de valores estatísticos. As características da população estudadas pela

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Série: 1ª Professor (a): SUELI COSTA Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Questão 1. Resposta A. Resposta B

Questão 1. Resposta A. Resposta B Questão 1 Ao longo do século XX, as cidades norte-americanas se organizaram espacialmente de um modo original: a partir do Central Business District (CBD), elas se estruturaram em circunferências concêntricas

Leia mais

GEOGRAFIA. 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser

GEOGRAFIA. 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser GEOGRAFIA 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser determinada a declividade do terreno e pode ser traçado seu perfil. Observe a figura.

Leia mais

Aula5 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA NO BRASIL. Debora Barbosa da Silva

Aula5 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA NO BRASIL. Debora Barbosa da Silva Aula5 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA NO BRASIL META Refletir sobre as características da população brasileira como fundamento para a compreensão da organização do território e das políticas de planejamento e desenvolvimento

Leia mais

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO 1. A TEORIA LIBERAL Os Países pobres são pobres porque não atingiram ainda a eficiência produtiva e o equilíbrio econômico necessário à manutenção de um ciclo de prosperidade

Leia mais

O Serviço Social em Defesa pelo Direito à cidade: Limites e Possibilidades da Intervenção Profissional

O Serviço Social em Defesa pelo Direito à cidade: Limites e Possibilidades da Intervenção Profissional O Serviço Social em Defesa pelo Direito à cidade: Limites e Possibilidades da Intervenção Profissional Tânia Maria Ramos de Godoi Diniz Londrina, Agosto de 2011 O direito à cidade é um direito coletivo,

Leia mais

TEXTO 1 1. CONJUNTURA BRASILEIRA. 1.1. As Transformações Recentes

TEXTO 1 1. CONJUNTURA BRASILEIRA. 1.1. As Transformações Recentes TEXTO 1 1. CONJUNTURA BRASILEIRA 1.1. As Transformações Recentes O Brasil, do ponto de vista econômico e social, vem sofrendo uma constante mutação em seus principais indicadores básicos como: população;

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / /2011 ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIE: 6ª série/7 ano TURMA: TURNO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: Equipe de Geografia Roteiro e lista de Recuperação

Leia mais

1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº

1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº . 1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº Valor: 10 Nota:. ASSINALE AS ALTERNATIVAS CONFORME PEDEM OS ENUNCIADOS E DEPOIS PREENCHA O GABARITO

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( x ) I Unidade ( ) II Unidade ( ) III Unidade BIOLOGIA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental 9.º Ano Letivo: Turma: ABCDEF Data: 19 / / 04 2010 Biologia e Geografia

Leia mais

Trabalho Online DISCIPLINA: GEOGRAFIA. PROFESSOR: FELIPE VENTURA 3º ANO - EM TURMA: 3101 2º Bimestre DATA: / / Nota: 1-5

Trabalho Online DISCIPLINA: GEOGRAFIA. PROFESSOR: FELIPE VENTURA 3º ANO - EM TURMA: 3101 2º Bimestre DATA: / / Nota: 1-5 Trabalho Online NOME: Nº: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: FELIPE VENTURA 3º ANO - EM TURMA: 3101 2º Bimestre DATA: / / Nota: 1. (Fuvest 2009) O processo de desconcentração industrial no Brasil vem sendo

Leia mais

Questão 25. Questão 27. Questão 26. alternativa A. alternativa D

Questão 25. Questão 27. Questão 26. alternativa A. alternativa D Questão 25 Observe os mapas, que representam as sub-regiões e as bacias hidrográficas do Nordeste brasileiro. (IBGE.) Indique a alternativa que contém as sub-regiões inteiramente localizadas na Bacia de

Leia mais

É CORRETO afirmar que essa modalidade de desemprego é conseqüência. A) da adoção de novas tecnologias de produção e gerenciamento industrial.

É CORRETO afirmar que essa modalidade de desemprego é conseqüência. A) da adoção de novas tecnologias de produção e gerenciamento industrial. PROVA DE GEOGRAFIA QUESTÃO 09 Parcela considerável do desemprego que se verifica, atualmente, no mundo, está associada a mudanças estruturais na economia é o denominado desemprego estrutural. É CORRETO

Leia mais

INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA AGRICULTURA 1

INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA AGRICULTURA 1 INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA AGRICULTURA 1 SOUZA, Nali de Jesus. Desenvolvimento Econômico. 5 a ed. São Paulo: Atlas, 2005. Como foi visto nas seções anteriores do livro de Souza (2005), à medida que a economia

Leia mais

1) Explique quais foram os efeitos das inovações tecnológicas industriais sobre a agricultura. 2. A partir do texto e de seus conhecimentos, responda.

1) Explique quais foram os efeitos das inovações tecnológicas industriais sobre a agricultura. 2. A partir do texto e de seus conhecimentos, responda. Revisão de Geografia 3 Bimestre 2014 6 Ano 1) Explique quais foram os efeitos das inovações tecnológicas industriais sobre a agricultura. 2. A partir do texto e de seus conhecimentos, responda. A paisagem

Leia mais

GEOGRAFIA-2009. Com base nas informações do texto, na análise do mapa e nos conhecimentos sobre os elementos e fatores geográficos do clima,

GEOGRAFIA-2009. Com base nas informações do texto, na análise do mapa e nos conhecimentos sobre os elementos e fatores geográficos do clima, UFBA UFBA- -2ª2ªFASE FASE 2009 2009-2009 01. A variação climática na superfície terrestre está diretamente ligada à localização de cada região nas diversas latitudes, sendo, portanto, resultante do comportamento

Leia mais

Profª: Sabrine Viviane Welzel

Profª: Sabrine Viviane Welzel Geografia 9 ano Japão 1- A importância de não nascer importante. Porque, essa frase de Eduardo Galeano, pode ser relacionada ao Japão? 2 A indústria japonesa desenvolveu-se aceleradamente no Pós-Segunda

Leia mais

Regionalização Brasileira

Regionalização Brasileira GEOGRAFIA DO BRASIL Regionalização Brasileira A República Federativa do Brasil é formada por 26 estados e pelo Distrito Federal. Os estados, por sua vez, dividem-se em municípios, os quais são as menores

Leia mais

Conceitos introdutórios

Conceitos introdutórios População Conceitos introdutórios 1. POPULAÇÃO: conjunto de pessoas que habita determinado espaço geográfico. 2. POPULAÇÃO ABSOLUTA: número total de habitantes de um país, podendo este ser classificado,

Leia mais

Os BRICS no capitalismo transnacional

Os BRICS no capitalismo transnacional Os BRICS no capitalismo transnacional William Robinson O s BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) são países considerados, pelos sistemas mundiais e por vários analistas, como estados ou

Leia mais

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta. O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno.

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta. O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno. Questão 11 O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno. b) Porque há diferentes modos de ocupação do solo. Nas áreas onde a cobertura vegetal é mais densa, ocorre uma

Leia mais

(GIANSANTI, Roberto. O desafio do desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atual, 1998. p. 13.)

(GIANSANTI, Roberto. O desafio do desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atual, 1998. p. 13.) PROCESSO SELETIVO/2006 1 O DIA GAB. 1 25 GEOGRAFIA QUESTÕES DE 41 A 50 41. Leia o trecho abaixo: Considera-se, em economia, o desenvolvimento sustentável como a capacidade de as sociedades sustentarem-se

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 54 UNIÃO EUROPEIA: REGIONALIZAÇÃO NA EUROPA

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 54 UNIÃO EUROPEIA: REGIONALIZAÇÃO NA EUROPA GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 54 UNIÃO EUROPEIA: REGIONALIZAÇÃO NA EUROPA Como pode cair no enem Antes da formação da União Europeia, ocorreram outras tentativas de unificação do continente, como retrata

Leia mais

A ONU ESTIMA QUE, ATÉ 2050, DOIS TERÇOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL ESTARÃO MORANDO EM ÁREAS URBANAS.

A ONU ESTIMA QUE, ATÉ 2050, DOIS TERÇOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL ESTARÃO MORANDO EM ÁREAS URBANAS. A ONU ESTIMA QUE, ATÉ 2050, DOIS TERÇOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL ESTARÃO MORANDO EM ÁREAS URBANAS. EM 1950, O NÚMERO CORRESPONDIA A APENAS UM TERÇO DA POPULAÇÃO TOTAL. CERCA DE 90% DO AVANÇO DA POPULAÇÃO URBANA

Leia mais

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO Unidade 5 1. (D) Arábia Saudita e Irã (A) Rússia (F) Indonésia e Tailândia (C) Índia e Paquistão (E) China e Japão (B) Cazaquistão e Uzbequistão 2.

Leia mais

GEOGRAFIA Professores: Ronaldo e Marcus

GEOGRAFIA Professores: Ronaldo e Marcus GEOGRAFIA Professores: Ronaldo e Marcus Comentário Geral Prova com estruturação clássica com divisão entre questões de geografia física, econômica e humana com maior peso para os conceitos envolvendo o

Leia mais

Aumentar a fonte Diminuir a fonte

Aumentar a fonte Diminuir a fonte 1 de 6 31/01/2014 23:46 Aumentar a fonte Diminuir a fonte SOMOS CINCO - Líderes dos países integrantes dos Brics em reunião na China, em 2011, que marcou a entrada da África do Sul Crédito: Roberto Stuckert

Leia mais

Geografia Geral: Geopolítica Vestibulares 2015-2011 - UNICAMP

Geografia Geral: Geopolítica Vestibulares 2015-2011 - UNICAMP Geografia Geral: Geopolítica Vestibulares 2015-2011 - UNICAMP 1. (Unicamp 2015) a) Apresente dois fatores explicativos para a difusão das zonas francas no mundo contemporâneo. b) Mencione a principal Zona

Leia mais

- Observatório de Política Externa Brasileira - Nº 67 02/09/05 a 08/09/05

- Observatório de Política Externa Brasileira - Nº 67 02/09/05 a 08/09/05 - Observatório de Política Externa Brasileira - Nº 67 02/09/05 a 08/09/05 Lula faz um balanço da política externa O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um balanço de sua política externa na cerimônia

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

Estes são os conteúdos e sugestões de atividades para os estudos de recuperação semestral.

Estes são os conteúdos e sugestões de atividades para os estudos de recuperação semestral. Nome: Nº: Ano: 8º ano Ensino Fundamental Disciplina: Geografia Data: / / Prof: Flávio Alexander Ribeiro Nota: Roteiro de Recuperação 2ª etapa Caro aluno, Estes são os conteúdos e sugestões de atividades

Leia mais

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Leia mais

Economia. Comércio Internacional Taxa de Câmbio, Mercado de Divisas e Balança de Pagamentos,

Economia. Comércio Internacional Taxa de Câmbio, Mercado de Divisas e Balança de Pagamentos, Economia Comércio Internacional Taxa de Câmbio, Mercado de Divisas e Balança de Pagamentos, Comércio Internacional Objetivos Apresentar o papel da taxa de câmbio na alteração da economia. Iniciar nas noções

Leia mais

Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br

Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br Natal 29/02/2012 1 Considerações Gerais; Principais conceitos demográficos; Gráficos de indicadores sociais; Estrutura das populações mundiais:

Leia mais

SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS

SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS Simulado do Enem: 1 - Analise as representações cartográficas a seguir: Estas representações são anamorfoses geográficas. Uma anamorfose geográfica representa

Leia mais

HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIAS HORA/ AULA I - CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIA: II - PRODUÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO:

HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIAS HORA/ AULA I - CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIA: II - PRODUÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO: CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE CH ANO 1ª 68 2012 COMPETÊNCIAS: Compreender

Leia mais

PETRÓLEO E GÁS NATURAL

PETRÓLEO E GÁS NATURAL PANORAMA DOS MERCADOS DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO BRASIL E NO MUNDO* Ivan Magalhães Júnior** * Novembro de 2004. ** Engenheiro da Área de Planejamento do BNDES. PETRÓLEO E GÁS NATURAL Resumo O objetivo

Leia mais

Geografia Leituras e Interação

Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação às Orientações Teórico-Metodológicas para o Ensino Médio do estado de PERNAMBUCO Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para

Leia mais

Conceitos introdutórios

Conceitos introdutórios População Conceitos introdutórios 1. POPULAÇÃO: conjunto de pessoas que habita determinado espaço geográfico. 2. POPULAÇÃO ABSOLUTA: número total de habitantes de um país, podendo este ser classificado,

Leia mais

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base nas afirmações referentes à água potável no mundo.

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base nas afirmações referentes à água potável no mundo. GEOGRAFIA 16) Qual é a hora solar de uma cidade localizada 25º Oeste, sabendo-se que, no centro do fuso na qual está situada, a hora solar corresponde a 18 horas? A) 18 horas. B) 17 horas e 40 minutos.

Leia mais

Sugestões de avaliação. Geografia 9 o ano Unidade 2

Sugestões de avaliação. Geografia 9 o ano Unidade 2 Sugestões de avaliação Geografia 9 o ano Unidade 2 5 Nome: Data: Unidade 2 1. Observe a imagem. Museu Naval, Madri, Espanha As caravelas de Colombo, gravura de Rafael Monleon de Torres (1853-1900). a)

Leia mais

03. O Leste europeu sofreu grandes transformações nas duas últimas décadas do século XX, como as que são referidas a seguir, exceto uma. Assinale-a.

03. O Leste europeu sofreu grandes transformações nas duas últimas décadas do século XX, como as que são referidas a seguir, exceto uma. Assinale-a. VESTBULAR/2005 GEOGRAFA 01. Leia, com atenção, a notícia a seguir. Na véspera de um fim de semana prolongado, o mal faz um certo bem. O ar muito seco vem incomodando, mas é justamente a umidade baixa que

Leia mais

Desenvolvimento. Unidade 6: América: contrastes no desenvolvimento

Desenvolvimento. Unidade 6: América: contrastes no desenvolvimento Unidade 6: América: contrastes no desenvolvimento Capítulo 1: América: Um continente de Contrastes Capítulo 2: Estados Unidos e Canadá Apresentação elaborada pelos alunos do 8º Ano A Desenvolvimento Processo

Leia mais

GEOGRAFA 01. Esse autor, porém, traria a grande contribuição para a formulação esquemática do conhecimento geográfico, com seu livro Antropogeografia e com a propagação das idéias deterministas, que consideravam

Leia mais

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO ATIVIDADES ONLINE 9º ANO 1) A fotografia acima, tirada em Pequim, na China, em 1989, pode ser identificada, corretamente, como a) Reveladora do sucateamento do exército chinês, sinal mais visível da crise

Leia mais

5,1 4,9 3,4 2,9 2,4 2,0

5,1 4,9 3,4 2,9 2,4 2,0 MUNDO BRASIL PERNAMBUCO MUNDO Crescimento menor com mais protecionismo norte-americano. DESACELERAÇÃO Depois do melhor período de bonança das últimas três décadas (desde 1976, com a alta dos preços do

Leia mais

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa D. alternativa B

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa D. alternativa B Questão 45 O aumento do número de mortes de soldados das forças de ocupação do Iraque, mesmo após o anúncio do final da guerra pelo governo dos Estados Unidos, deve-se à a) participação tardia da Rússia,

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na fgv

CPV O cursinho que mais aprova na fgv CPV O cursinho que mais aprova na fgv FGV economia 1 a Fase 05/dezembro/2010 GEOGRAFIA 61. O mundo necessita de novas fontes de energia, entre as quais o aproveitamento do lixo. Observe o mapa. 62. Analise

Leia mais

OS DILEMAS DA DICOTOMIA RURAL-URBANO: ALGUMAS REFLEXÕES.

OS DILEMAS DA DICOTOMIA RURAL-URBANO: ALGUMAS REFLEXÕES. OS DILEMAS DA DICOTOMIA RURAL-URBANO: ALGUMAS REFLEXÕES. Fausto Brito Marcy R. Martins Soares Ana Paula G.de Freitas Um dos temas mais discutidos nas Ciências Sociais no Brasil é o verdadeiro significado,

Leia mais

Resolução de questões

Resolução de questões Resolução de questões A Conferência de Copenhagen (COP-15), em 2009, foi mais uma reunião realizada com o objetivo de estabelecer um novo acordo global sobre clima, baseado no conceito do desenvolvimento

Leia mais

Roteiro de Estudos. 2 trimestre - 2015 Disciplina: Geografia 2ª série

Roteiro de Estudos. 2 trimestre - 2015 Disciplina: Geografia 2ª série Roteiro de Estudos 2 trimestre - 2015 Disciplina: Geografia 2ª série Professor: Eduardo O que devo saber: Globalização, comércio mundial e blocos econômicos. O Comércio Global. O protecionismo. O comércio

Leia mais

Sobre o acelerado crescimento das cidades nos países subdesenvolvidos, podemos afirmar que

Sobre o acelerado crescimento das cidades nos países subdesenvolvidos, podemos afirmar que Lista de exercícios de Urbanização Professor: Jair Henrique 1. (Uemg) URBANIZAÇÃO PLANETÁRIA Estudos feitos até 30/7/13 informam que o número de habitantes nas cidades cresce a uma velocidade assustadora:

Leia mais

Ano: 7º Turma: 7.1 e 7.2

Ano: 7º Turma: 7.1 e 7.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor (a): Fernando Parente Ano: 7º Turma: 7.1 e 7.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO

O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO Capitulo 11 páginas 45 a 46 PROF. º Eraldo Morais GEOGRAFIA UM BREVE HISTÓRICO SOBRE URBANIZAÇÃO AS PRIMEIRAS CIDADES SURGIRAM NA MESOPOTÂMIA (ATUAL IRAQUE), DEPOIS VIERAM ÀS

Leia mais

Questão 13. Questão 14. Resposta. Resposta

Questão 13. Questão 14. Resposta. Resposta Questão 13 Rochas são agregados naturais de grãos de um ou mais minerais. São formadas por diferentes processos, podendo ser classificadas como sedimentares, metamórficas e magmáticas. A partir dessas

Leia mais

D) Em uma Ordem Multipolar, o poder mundial estaria dividido entre Estados Unidos, Rússia, Inglaterra, Índia e Coreia do Sul.

D) Em uma Ordem Multipolar, o poder mundial estaria dividido entre Estados Unidos, Rússia, Inglaterra, Índia e Coreia do Sul. Aluno(a): PROF.: B - Negão DISCIP.: Geografia DATA: / /2016 ATIVIDADE INSTRUMENTAL 9 º A ( x ) B ( x ) C ( x ) D ( ) 1 - (UERN-2011) GAB=C Nova Ordem Mundial e o nome dado a configuração de relações internacionais

Leia mais

Novas perspectivas para o Comércio entre Brasil e China. Resenha Economia e Segurança

Novas perspectivas para o Comércio entre Brasil e China. Resenha Economia e Segurança Novas perspectivas para o Comércio entre Brasil e China Resenha Economia e Segurança Daniel Mendes 21 de outubro de 2004 Novas perspectivas para o Comércio entre Brasil e China Resenha Economia e Comércio

Leia mais

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. Na folha de respostas, indique de forma legível a versão da prova.

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. Na folha de respostas, indique de forma legível a versão da prova. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Geografia A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 719/2.ª Fase 16 Páginas Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância:

Leia mais

SÉRIE/ANO: 2º TURMA(S): A, B, C, D, E, F, G, H Disciplina: Geografia DATA: 05 / 10 / 2015

SÉRIE/ANO: 2º TURMA(S): A, B, C, D, E, F, G, H Disciplina: Geografia DATA: 05 / 10 / 2015 SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS SÉRIE/ANO:

Leia mais

BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais

BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais BLOCOS ECONÔMICOS O Comércio multilateral e os blocos regionais A formação de Blocos Econômicos se tornou essencial para o fortalecimento e expansão econômica no mundo globalizado. Quais os principais

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DESEMBARGADOR FLORIANO CAVALCANTI. Atividade 1

ESCOLA ESTADUAL DESEMBARGADOR FLORIANO CAVALCANTI. Atividade 1 ESCOLA ESTADUAL DESEMBARGADOR FLORIANO CAVALCANTI ALUNO: Série: Bolsistas: Leonardo Andrade e Roberto Junior Supervisor (a): Sérgio Roberto Vidal Atividade 1 Questão 01. Observe a imagem e o mapa a seguir

Leia mais

Seu pé direito nas melhores Faculdades FUVEST 23/11/2008

Seu pé direito nas melhores Faculdades FUVEST 23/11/2008 Seu pé direito nas melhores Faculdades FUVEST 23/11/2008 FUVEST 06/01/2009 47 GEOGRAFIA 01. O conflito envolvendo Geórgia e Rússia, aprofundado em 2008, foi marcado por ampla repercussão internacional.

Leia mais

Fuvest 2014 Geografia 2ª Fase (Terceiro Dia)

Fuvest 2014 Geografia 2ª Fase (Terceiro Dia) GEOGRAFIA 1 (População) Fuvest 2014 Os gráficos abaixo representam a composição da população brasileira, por sexo e idade, nos anos de 1990 e 2013, bem como sua projeção para 2050. Observe que, para cada

Leia mais

Portugal - João Seixas: "As cidades são grandes espelhos de nós próprios"

Portugal - João Seixas: As cidades são grandes espelhos de nós próprios Portugal - João Seixas: "As cidades são grandes espelhos de nós próprios" Nas crônicas urbanas do investigador João Seixas, agora publicadas em livro, a cidade é o reflexo das realizações e aspirações

Leia mais

A RECUPERAÇÃO DA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NO BRASIL. Joffre Kouri (Embrapa Algodão / joffre@cnpa.embrapa.br), Robério F. dos Santos (Embrapa Algodão)

A RECUPERAÇÃO DA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NO BRASIL. Joffre Kouri (Embrapa Algodão / joffre@cnpa.embrapa.br), Robério F. dos Santos (Embrapa Algodão) A RECUPERAÇÃO DA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NO BRASIL Joffre Kouri (Embrapa Algodão / joffre@cnpa.embrapa.br), Robério F. dos Santos (Embrapa Algodão) RESUMO - Graças a incentivos fiscais, ao profissionalismo

Leia mais

NOTA CEMEC 05/2015 INVESTIMENTO E RECESSÃO NA ECONOMIA BRASILEIRA 2010-2015: 2015: UMA ANÁLISE SETORIAL

NOTA CEMEC 05/2015 INVESTIMENTO E RECESSÃO NA ECONOMIA BRASILEIRA 2010-2015: 2015: UMA ANÁLISE SETORIAL NOTA CEMEC 05/2015 INVESTIMENTO E RECESSÃO NA ECONOMIA BRASILEIRA 2010-2015: 2015: UMA ANÁLISE SETORIAL Agosto de 2015 O CEMEC não se responsabiliza pelo uso dessas informações para tomada de decisões

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

1) a) Caracterize a Nova Ordem Econômica Mundial;

1) a) Caracterize a Nova Ordem Econômica Mundial; 1) a) Caracterize a Nova Ordem Econômica Mundial; A Nova Ordem Econômica Mundial insere-se no período do Capitalismo Financeiro e a doutrina econômica vigente é o Neoliberalismo. Essa Nova Ordem caracteriza-se

Leia mais

I. INTRODUÇÃO. 1. Questões de Defesa e Segurança em Geografia?

I. INTRODUÇÃO. 1. Questões de Defesa e Segurança em Geografia? I. INTRODUÇÃO O fim da Ordem Bipolar, a partir do esfacelamento do Bloco Soviético em 1991, e o avanço do processo de globalização 1 pareciam conduzir o sistema internacional em direção à construção de

Leia mais

GLOBALIZAÇÃO. O tema da redução da jornada de trabalho é, ainda hoje, uma questão envolta em polêmicas.

GLOBALIZAÇÃO. O tema da redução da jornada de trabalho é, ainda hoje, uma questão envolta em polêmicas. LISTA: 01 1ª série Ensino Médio Professor(a): B - Negão Turma: A ( ) / B ( ) Aluno(a): Segmento temático: GLOBALIZAÇÃO DIA: MÊS: 01 2016 QUESTÃO 01 03 (PUC-RIO-2012-1) O tema da redução da jornada de trabalho

Leia mais

Equipe de Geografia GEOGRAFIA

Equipe de Geografia GEOGRAFIA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 7B Ensino Médio Equipe de Geografia Data: GEOGRAFIA 1. Agricultura no Brasil: Breve histórico - Brasil Colônia: monocultura da cana se destacava como produto principal,

Leia mais

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROF. FERNANDO NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo GEOGRAFIA Professores: Marcus, Ronaldo Questão que trabalha conceitos de cálculo de escala, um tema comum nas provas da UFPR. O tema foi trabalhado no Módulo 05 da apostila II de Geografia I. Para melhor

Leia mais

Colégio São Paulo Geografia Prof. Eder Rubens - 2013

Colégio São Paulo Geografia Prof. Eder Rubens - 2013 Colégio São Paulo Geografia Prof. Eder Rubens - 2013 CAP. 02 A Dinâmica dos espaços da Globalização. (9º ano) *Estudaremos a difusão do modo capitalista de produção, ou seja, do modo de produzir bens e

Leia mais

Coordenadores: Prof. Luis E. Aragón, Universidade Federal do Pará, Belém Prof. José Aldemir de Oliveira, Universidade Federal do Amazonas, Manaus

Coordenadores: Prof. Luis E. Aragón, Universidade Federal do Pará, Belém Prof. José Aldemir de Oliveira, Universidade Federal do Amazonas, Manaus ST7 - A Amazônia no cenário sul-americano Coordenadores: Prof. Luis E. Aragón, Universidade Federal do Pará, Belém Prof. José Aldemir de Oliveira, Universidade Federal do Amazonas, Manaus Introdução Esta

Leia mais

Questão 41. Questão 43. Questão 42. alternativa B. alternativa A. alternativa D

Questão 41. Questão 43. Questão 42. alternativa B. alternativa A. alternativa D Questão 41 Os famosos Lençóis Maranhenses apresentam a) paisagem litorânea semelhante a um deserto com dunas, embora a pluviosidade da região forme lagoas doces. b) estuário em forma de delta, constituindo

Leia mais

Questão 25 Questão 26

Questão 25 Questão 26 Questão 25 Questão 26 A Antártida apresenta um quadro natural com características marcantes: o inverno é longo, com seis meses sem luz solar e médias térmicas ao redor de 60ºC negativos; no verão, o albedo

Leia mais

2) Leia atentamente a manchete da revista abaixo e escolha a alternativa correta:

2) Leia atentamente a manchete da revista abaixo e escolha a alternativa correta: ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO DOS ESTUDOS INDEPENDENTES DO ANO 2013 Aluno: Nº: 9º ano: Matéria: Geografia Valor: 30,00 pontos Nota: Professora: Claudia Vicentino Supervisora: Daniella

Leia mais

APOSTILA DE GEOGRAFIA (3º ano ensino médio -EJA) Seremos quase 9 bilhões na metade do século. Professor Sidney Júnior

APOSTILA DE GEOGRAFIA (3º ano ensino médio -EJA) Seremos quase 9 bilhões na metade do século. Professor Sidney Júnior Seremos quase 9 bilhões na metade do século A diferença entre ricos e pobres torna-se assustadora, embora o crescimento da população mundial seja menor do que o previsto População Mundial A população mundial

Leia mais

TRABALHO DE GEOGRAFIA ESTUDOS ORIENTADOS 1º ANO ENSINO MÉDIO NOTURNO

TRABALHO DE GEOGRAFIA ESTUDOS ORIENTADOS 1º ANO ENSINO MÉDIO NOTURNO TRABALHO DE GEOGRAFIA ESTUDOS ORIENTADOS 1º ANO ENSINO MÉDIO NOTURNO 1) O gráfico baixo indica uma forma de organização do espaço rural. Sobre esse gráfico é possível inferir: a) Trata-se da representação

Leia mais

29/01/2009. Entrevista do Presidente da República

29/01/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao jornal O Liberal, do Pará Publicada em 29 de janeiro de 2009 Jornalista: Mesmo com a grave crise mundial

Leia mais

PROVA COMENTADA GEOGRAFIA/ ÍRIS TIPO B

PROVA COMENTADA GEOGRAFIA/ ÍRIS TIPO B PROVA COMENTADA GEOGRAFIA/ ÍRIS TIPO B Questão 1 A partir de seus conhecimentos sobre projeções cartográficas e analisando a que foi utilizada no mapa a seguir, você pode inferir que se trata da projeção:

Leia mais

Desafio mundial. Paralelamente a questões

Desafio mundial. Paralelamente a questões KPMG Business Magazine 31 Getty Images/Alexander Bryljaev Muitas tendências apontadas pelo estudo já são evidentes, e a lentidão na busca de soluções para mitigá-las trará sérias consequências para a população

Leia mais