CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1"

Transcrição

1 CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 COSTA 2 Daiane dos Santos; FONSECA 3 Aurea Evelise dos Santos; ZUCOLO 4 Rosana Cabral 1 Trabalho submetido ao SEPE 2011 Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNIFRA 2 Aluna egressa do Curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano 3 Orientador do trabalho. Professora do Curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil 4 Orientador do Trabalho. Professora do Curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil RESUMO Este trabalho trata da rotina produtiva de alunos de jornalismo em uma agência experimental de notícias Online. Para os acadêmicos do curso, representa um espaço de aprendizagem, uma oportunidade para desenvolver textos jornalísticos e vivenciar o dia-dia de um repórter. Por se constituir num espaço experimental de prática jornalística, a Agência CentralSul de Notícias se torna um meio que possibilita ampliação dos conhecimentos apreendidos em sala de aula através da vivência dos passos que integram a atividade produtiva do jornalismo. Palavras-chave: jornalismo online; websites; rotinas produtivas. Trabalho desenvolvido durante a monitoria em Jornalismo Especializado na Agência CentralSul de Notícias, no laboratório de Jornalismo Impresso e Online. 1

2 1.INTRODUÇÃO A Agência Central Sul 5 (ACS) faz parte do Núcleo de Jornalismo Impresso e Online do Centro Universitário Franciscano (Unifra), de Santa Maria - RS. Caracteriza-se por ser um veículo experimental para prática laboratorial dos alunos do curso de Jornalismo, do 1º ao 8º semestre. Foi criada em 2005 por um grupo de professores e, desde então, tem seu conteúdo produzido por estudantes da graduação na função de repórteres. A ACS integra a proposta pedagógica do curso que inclui, além das atividades curriculares obrigatórias, oportunidades de práticas experimentais em distintos núcleos: Jornalismo Impresso e Online, Produção Radiofônica, Produção Audiovisual, Fotografia e Memória, núcleo de Comunicação (Assessoria de Imprensa) e de Pesquisa em Comunicação. Em cada um desses setores, há professores orientadores, monitores e alunos voluntários que dedicam tempo extra e em horário em que não há aulas (turnos manhã e noite) para produções específicas. O conteúdo produzido e veiculado pela Agência CentralSul 5 de Notícias visa alcançar o público-alvo composto pelos veículos de comunicação regionais e estadual, assim como a comunidade acadêmica do Centro Universitário Franciscano, além da população de Santa Maria e também da região central do estado do Rio Grande do Sul. Por se tratar de uma agência experimental de notícias Online, utiliza os recursos da web, com um custo operacional bastante reduzido do ponto de vista institucional. A ACS possibilita novas estratégias de comunicação e do ensino de jornalismo. Remete à dimensão do suporte digital Online com a convergência de textos, imagens, áudio e vídeo. 2. OBJETIVOS O objetivo é desenvolver um site experimental de notícias, onde o conteúdo é produzido por alunos da graduação. Esta modalidade de Agência Jr. de Jornalismo (conjunto/série) institui rotinas produtivas de uma redação de jornalismo online e mostra a importância de um núcleo onde se desenvolvem práticas a partir de um jornalismo multimídia. 5 2

3 3. JUSTIFICATIVA A Agência CentralSul de Notícias busca um diferencial em relação às pautas diárias. Sempre se procura dar outros ângulos a um fato, evidenciando o que ainda não foi visto nem desenvolvido. É por meio desse modo diferente de mostrar o cotidiano, os fatos e os acontecimentos locais e regionais, que a Agência tem pautado veículos locais de comunicação, especialmente a mídia impressa e radiofônica. Com isso, cumpre um papel inerente aos modos de funcionamento das agências: de ser referência e servir de fonte a outras mídias. Para o acadêmico do curso de Jornalismo da Unifra, a ACS representa um espaço de aprendizagem, uma oportunidade para desenvolver seu texto jornalístico e praticar a tarefa de repórter mesmo antes de concluir o curso. É possível praticar as técnicas de reportagem e entrevista, trabalhar em equipe e receber a orientação dos professores para escrever melhor e mais apropriadamente para o meio Online. O conhecimento do Jornalismo Online na ACS é mais utilizado quanto à formatação do texto noticioso. Textos muito longos fazem o leitor se dispersar. Por isso os recursos são textos mais curtos e com subtítulos. Além disso, textos ilustrados com fotografias ou ilustrações têm mais aceitação pelo leitor. Incluir hipertextos/links com vídeos ou sites oficiais de determinado assunto também acrescentam credibilidade e serviço à notícia. A agilidade de informação e o jornalismo de ambiente similar ao espaço profissional, ao permitir que o aluno vivencie o tempo real do jornalismo e experimente o alcance e a agilidade da informação, investigação, apuração, mediação, interpretação e produção de matéria jornalística. Independentemente das múltiplas definições, o Jornalismo Online apresenta características bem definidas por Meira (2000), como a instantaneidade a capacidade de transmitir um fato das publicações em rede aproxima-se do atingido pelo rádio; a perenidade o material jornalístico produzido Online pode ser guardado indefinidamente. O custo de armazenamento de informações é inferior ao custo de uma produção impressa. É possível guardar grande quantidade de informação em pouco espaço; convergência ou multimediação o jornalismo Online se utiliza de vários tipos de mídias e de formatos de arquivos de computador (texto e hipertexto, áudio, vídeo e fotografias); interatividade as mídias alternativas sempre tiveram algum tipo de interação, como nas seções de cartas de jornais e telefonemas para programas de rádio e de televisão. No Jornalismo Online a interação atinge sua interação máxima. 3

4 4. MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADA 4.1 A rotina de produção da agência experimental de notícias online Não há rigidez na seleção dos repórteres pela ACS no que diz respeito a critérios preestabelecidos que impossibilitem ao acadêmico fazer parte da equipe. Podem ser integrantes do núcleo como aprendizes (alunos colaboradores) e monitores de algumas disciplinas do curso. Os monitores são selecionados através de uma prova aplicada com o conteúdo da disciplina na monitoria pretendida. Já aos aprendizes é exigido que tenham cursado ou estejam cursando a disciplina de Redação Jornalística II. A cada semestre a equipe é renovada, o que possibilita aos vários estudantes fazer parte da ACS e ter seus textos publicados no site. Uma vez por semana são reunidos monitores e aprendizes que atuam como repórteres, para a discussão e elaboração de pautas. As pautas são sugeridas pelos próprios repórteres, professores e por s enviados à ACS, em geral, release de assessorias de impressa de órgãos locais e regionais. Após a reunião de pauta, os acadêmicos ficam responsáveis pela primeira etapa das rotinas de produção detalhadas por Wolf (2003), a coleta dos materiais informativos. Nessa fase, os alunos fazem a consulta a fontes, sejam primárias ou secundárias, além da apuração e checagem dos fatos. Durante esse processo, os alunos contam com a orientação dos professores, seja para tirar dúvidas sobre seleção de fontes, roteiro de entrevista, redirecionamento de angulação e abordagem, estratégias de redação, dúvidas de formatação, entre outros aspectos. Durante a elaboração de pauta, há pelo menos um editor-chefe presente na sala de reunião da ACS para orientação e sugestão de fontes. Para que o repórter possa ter contato com as fontes, é oferecida uma linha telefônica da instituição, estando à disposição para que sejam efetuados os devidos agendamentos prévios com os entrevistados. Há também a possibilidade do repórter utilizar os s da equipe para que o contato com a fonte se estabeleça de maneira mais rápida. O repórter da ACS e o fotógrafo do Núcleo de Fotografia e Memória procuram discutir a pauta e sair juntos à rua, trocando impressões e buscando tornar o trabalho produtivo de apuração e captação de informações mais dinâmicas e integradas. O prazo máximo que todos os repórteres têm para o envio de suas matérias e para que os fotojornalistas enviem as imagens, é no máximo de um dia. Todos são 4

5 orientados sobre a agilidade que devem ter na apuração dos fatos e no desenvolvimento dos textos. Depois de redigida pelo repórter, a matéria é revisada por um dos dois professores que permanecem diariamente na ACS. Após a revisão e a escolha da editoria, o texto é postado no sistema da Agência (Joomla 6 - sistema open source que possibilita acesso de toda a equipe da ACS), para então depois ser publicado. 5. DESCRIÇÃO DO PROCESSO Um website pode ter centenas de páginas separadas ou ligadas entre si, como também pode ser lidas isoladamente. Isso amplia a quantidade e o alcance tanto na cobertura dos fatos quanto o seu público. Na ACS, o conteúdo encontra-se dividido por editorias, são elas: Ciência; Comunidade; Cotidiano; Cultura; Criança e Adolescente; Esportes; Meio Ambiente; Movimentos Sociais; Pelo Mundo; Reportagem; Saúde; Universidade; e Artigos. Ainda em sua página, a ACS disponibiliza outros conteúdos desenvolvidos por alunos nos demais núcleos como o de Impresso, o de Fotografia e Memória e do Laboratório Pesquisa em Comunicação, através de links como do blog Noticiência, a versão online do Jornaleco (jornal ambiental impresso) e Unifra Rádio Web. Também é possível encontrar os links para acessar o Twitter da Agência, mandar s, participar de enquetes e visualizar a foto da semana. 5.1 A organização visual e o sistema do gerenciamento do site Os sistemas de gerenciamento de conteúdos (Content Management System CMS) CMS é um acrônimo para Content Management System ou Sistema Gerenciador de Conteúdo. Atualmente o emprego mais popular desta sigla se refere especificamente ao gerenciamento de conteúdo web. Um CMS serve para ajudar você a criar um web site ou um web portal de forma rápida e eficiente. Até mais importante, serve para ajudar a publicar e administrar conteúdo web mais facilmente, inclusive por pessoas não técnicas - tudo isso a partir de uma base já pronta. Disponível em: 5

6 são estruturas de website/portal pré-programadas que oferecem recursos básicos à criação, armazenamento e administração de conteúdo de forma dinâmica, utilizando recursos de programação avançada e banco de dados. A Agência Central Sul de Notícias utiliza um CMS denominado Joomla. O sistema Joomla é baseado em código aberto (Open Source) em encontra-se disponível a qualquer pessoa que tenha acesso à World Wide Web. A estrutura com base em módulos que, apesar de pré-concebidos, permitem alterações de acordo com as necessidades do veículo. É importante ressaltar que a configuração do sistema exige certo conhecimento técnico, pois envolve uma série de etapas em seu processo, incluindo a de instalação e manutenção. A página inicial da ACS está organizada em cinco áreas básicas que facilitam sua navegabilidade: cabeçalho, coluna da esquerda, área de visualização de conteúdo, coluna da direita e rodapé. (Figura 1) Figura 1 - Cinco áreas básicas que estruturam a página inicial da ACS O cabeçalho está localizado na área superior da página, apresentando, à esquerda, o nome do veículo e o núcleo responsável por sua produção e manutenção. No lado direito, está posicionada a marca do curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano. Este cabeçalho tem por objetivo identificar o projeto e a instituição responsável além de contribuir na fixação da identidade visual da ACS, pois se encontra visível em todas as páginas do website. Segundo Memória (2005), a posição da marca dos websites provavelmente surgiu 6

7 em função da ordem de leitura adotada pela cultura ocidental, ou seja, da esquerda para a direita, de cima para baixo. Dessa forma, a identificação do veículo é de fácil localização, mesmo para usuários que nunca visitaram o portal, pois intuitivamente, já buscam o padrão de navegação instituído na maioria dos websites na Internet. A coluna da esquerda é composta por quatro módulos: menu Editorias, Menu Principal, Login e Arquivo. O menu Editorias é composto por links de navegação local, ou seja, ligações que direcionam os usuários às seções de conteúdo específico. Já o Menu Principal traz links de navegação global, direcionando os usuários aos conteúdos mais gerais do portal. 6 CONSIDERAÇÕES FINAIS Por se constituir num espaço experimental de prática jornalística, a Agência CentralSul de Notícias se torna um meio que possibilita ampliação dos conhecimentos apreendidos em sala de aula através da vivência dos passos que integram a atividade produtiva do jornalismo. É neste espaço que o aluno pratica diariamente as atividades de um repórter. Ainda neste ano, de 2011, o site da ACS vai passar por algumas reformulações para que o conteúdo possa interessar mais o leitor e possibilitar maior interação. Será incluído um espaço para comentários de matérias, tornando o diálogo mais rápido que a ferramenta , já utilizada. Outras seções farão parte das editorias do site. Na editoria de Cultura haverá espaço para a Feira do Livro (evento anual da cidade de Santa Maria) e Programações. Já uma nova editoria será criada para abrigar os Artigos e Colunas, será a editoria de Opinião. Com a aquisição câmeras filmadoras digitais, pelo núcleo Online, todos os repórteres poderão também fotografar e fazer vídeos durante a apuração de suas matérias. Isto possibilita uma rapidez na apuração dos fatos e que torna cada vez mais, a nova geração repórteres em verdadeiros jornalistas multimídia. 7

8 REFERÊNCIAS MEIRA, José Antonio. Entendendo o jornalismo online. In: Tendências na comunicação. Porto Alegre: L&PM, MEMÓRIA, Felipe. Design para a Internet: projetando a experiência perfeita. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005 WOLF, Mauro. Teorias das comunicações de massa. São Paulo: Martins Fontes,

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

Joseane Marques 1 Marcelli Alves 2. Faculdade Estácio de Sá - Campo Grande/MS RESUMO

Joseane Marques 1 Marcelli Alves 2. Faculdade Estácio de Sá - Campo Grande/MS RESUMO Joseane Marques 1 Marcelli Alves 2 Faculdade Estácio de Sá - Campo Grande/MS RESUMO A agência de Noticias da Faculdade Estácio de Sá já ganhou o primeiro lugar na expocom realizada no Rio de Janeiro, alem

Leia mais

Normas da Assessoria de Comunicação

Normas da Assessoria de Comunicação Normas da Assessoria de Comunicação Julho de 2014 10 passos para uma boa comunicação na internet 10 passos para uma boa comunicação na internet 1) Normas para envio das informações que devem ser publicadas

Leia mais

Instruções para Construção dos Sites das Escolas Públicas Estaduais do Paraná

Instruções para Construção dos Sites das Escolas Públicas Estaduais do Paraná Instruções para Construção dos Sites das Escolas Públicas Estaduais do Paraná CRIAÇÃO: crteldna@gmail.com (43) 3371-1336 (43) 3371-1337 APOIO: ldagabrielmartins@seed.pr.gov.br (43) 3327-4141 Janeiro/2008

Leia mais

Segunda Chamada: Jornalismo Digital e Educação 1

Segunda Chamada: Jornalismo Digital e Educação 1 Segunda Chamada: Jornalismo Digital e Educação 1 Marília DALENOGARE 2 Aline MARTINS 3 Camila Pilla de Azevedo e SOUZA 4 Dieison MARCONI 5 Josafá Lucas ROHDE 6 Luciano MIRANDA 7 Universidade Federal de

Leia mais

Acerola Assessoria de Comunicação: Uma Vivência em Assessoria na Universidade 1

Acerola Assessoria de Comunicação: Uma Vivência em Assessoria na Universidade 1 Acerola Assessoria de Comunicação: Uma Vivência em Assessoria na Universidade 1 Ana Vitória Silva Matos 2 Joana D arc Pereira 3 Universidade de Fortaleza, Fortaleza, CE RESUMO O artigo apresenta o trabalho

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL PROFESSOR

NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL PROFESSOR NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL PROFESSOR 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS

MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS Este documento tem o objetivo de apresentar algumas possibilidades de divulgação dos processos seletivos para ingresso de alunos no Instituto Federal do Espírito Santo.

Leia mais

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS REFLEXÕES PEDAGÓGICAS A forma como trabalhamos, colaboramos e nos comunicamos está evoluindo à medida que as fronteiras entre os povos se tornam mais diluídas e a globalização aumenta. Essa tendência está

Leia mais

Manual do Usuário PORTAL CNI CMS PUBLICA

Manual do Usuário PORTAL CNI CMS PUBLICA Manual do Usuário PORTAL CNI CMS PUBLICA SUMÁRIO 1. CONCEITOS INICIAIS...04 1.1 O que é um CMS?...04 1.2 Especificidades do Publica...04 1.3 O que é uma template?...04 1.4 O que são Páginas...04 1.5 O

Leia mais

ORIENTAÇÃO NORMATIVA 001/REITORIA/DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO/2011

ORIENTAÇÃO NORMATIVA 001/REITORIA/DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO/2011 ORIENTAÇÃO NORMATIVA 001/REITORIA/DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO/2011 Estabelece orientações e procedimentos para captação, produção e veiculação de matérias jornalísticas O Diretor de Comunicação da Universidade

Leia mais

Números 2014 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz

Números 2014 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Números 2014 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Referência: Dezembro Rio de Janeiro, Dezembro de 2014 Números do Icict 2014 Assessoria de Comunicação do Icict/Fiocruz 2 Assessoria de Comunicação

Leia mais

Plano Editorial Julho 2006

Plano Editorial Julho 2006 Plano Editorial Julho 2006 Missão Uma agência que noticia processos ocorridos no espaço público político (governo, Estado e cidadania), com foco nos interesses do cidadão brasileiro. Público-Alvo Cidadãos

Leia mais

AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM UCDB VIRTUAL TUTORIAL Moodle AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System 1 TUTORIAL Moodle UCDB VIRTUAL Missão Salesiana de Mato Grosso Universidade Católica Dom Bosco Instituição

Leia mais

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL ITU/SP 2013 2 CAPÍTULO I Do Conceito Artito 1

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0 COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2015 SUMÁRIO 1. O MOODLE 3 2. Acesso à Plataforma 3 2.1. Cadastrar-se em uma disciplina 4 2.2. Página Inicial do Curso 5 3.

Leia mais

Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação X Prêmio Expocom Sul Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação X Prêmio Expocom Sul Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação Associação de Jovens e Adolescentes de São Miguel do Guaporé (Rondônia) 1 Diego Henrique da SILVA 2 Dilair Maria QUEIROZ 3 Elza Aparecida de Oliveira FILHA 4 Universidade Positivo, Curitiba, PR RESUMO

Leia mais

3ª EXPOQUINHA ETAPA LOCAL DA EXPOCOM/INTERCOM SUDESTE

3ª EXPOQUINHA ETAPA LOCAL DA EXPOCOM/INTERCOM SUDESTE 3ª EXPOQUINHA ETAPA LOCAL DA EXPOCOM/INTERCOM SUDESTE O presente projeto, elaborado pela Plugue Agência de Comunicação Integrada (projeto experimental do curso de Comunicação Social da Uniube), consiste

Leia mais

Apresentação. A Equipe do Semipresencial coloca-se à disposição para quaisquer informações adicionais através dos seguintes contatos:

Apresentação. A Equipe do Semipresencial coloca-se à disposição para quaisquer informações adicionais através dos seguintes contatos: Apresentação Este Manual de Orientações Gerais foi concebido com a intenção de fornecer todas as informações de que você precisa para cursar disciplinas na modalidade semi-presencial. Acompanhando as inovações

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia Wordpress - Designtec Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia 1 Índice Acessando o painel administrativo... 3 Gerenciamento de edições... 3 Gerenciamento de artigos... 3 Publicando mídias...

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

Manual do Moodle. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1

Manual do Moodle. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 Manual do Moodle para alunos (Versão 1.0) 29/Junho/2009 Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 O que é?... 3 Acesso... 4 Atualizando suas informações... 4 Enviando Mensagens... 5 Acessando os seus cursos...

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: projeto experimental; relações públicas, planejamento, terceiro setor, cultura. 1. INTRODUÇÃO

PALAVRAS CHAVE: projeto experimental; relações públicas, planejamento, terceiro setor, cultura. 1. INTRODUÇÃO Projeto Experimental em Relações Públicas: Associação Pró-Cultura - Casa das Artes Regina Simonis 1 Bruna Luisa Henn² Grazielle Betina Brandt³ Universidade de Santa Cruz do Sul RESUMO: O presente trabalho

Leia mais

FACULDADE SATC CURSO DE JORNALISMO PROJETO EDITORIAL PORTAL SATC

FACULDADE SATC CURSO DE JORNALISMO PROJETO EDITORIAL PORTAL SATC FACULDADE SATC CURSO DE JORNALISMO PROJETO EDITORIAL PORTAL SATC 1. Contexto A transmissão e o acesso às informações é uma preocupação constante do ser humano. Ser bem informado e informar bem são, portanto,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS Guia Inicial de Acesso e Utilização Para Docentes Versão 1.0b Outubro/2010 Acesso e utilização do Ambiente Virtual de Ensino

Leia mais

Portal Toque da Ciência: jornalismo científico em diferentes linguagens 1

Portal Toque da Ciência: jornalismo científico em diferentes linguagens 1 Portal Toque da Ciência: jornalismo científico em diferentes linguagens 1 Lydia Rodrigues SOUZA 2 Aline Ferreira PÁDUA 3 Gabriela Vanni ARROYO 4 Angela Maria Grossi de CARVALHO 5 Juliano Maurício de CARVALHO

Leia mais

Manual do usuário do Portal Gemas da Terra

Manual do usuário do Portal Gemas da Terra Rede Gemas da Terra de Telecentros Rurais Manual do usuário do Portal Gemas da Terra Versão 1.0 Agosto de 2006. Rede Gemas da Terra de Telecentros Rurais Transferindo Poder para as Comunidades Rurais Através

Leia mais

Divisão de Divulgação

Divisão de Divulgação PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 52 Divisão de Divulgação Elaborado por: Mário Adolfo Aryce

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA SC Nº. 001/2011 DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS E EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES DE COMUNICAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ. Versão: 01 Aprovação: 26/09/2011 Ato de aprovação: 26/09/2011 Unidade

Leia mais

PORTAL MODELO. APOSTILA DE ATUALIZAÇÃO CONSELHOS REGIONAIS - CRAs. PASSO A PASSO PARA ATUALIZAÇÕES Conselhos Regionais de Administração

PORTAL MODELO. APOSTILA DE ATUALIZAÇÃO CONSELHOS REGIONAIS - CRAs. PASSO A PASSO PARA ATUALIZAÇÕES Conselhos Regionais de Administração PORTAL MODELO APOSTILA DE ATUALIZAÇÃO CONSELHOS REGIONAIS - CRAs 2015 PASSO A PASSO PARA ATUALIZAÇÕES Conselhos Regionais de Administração projeto portal modelo SUMÁRIO Apresentação Áreas da home 1 Login

Leia mais

Título: Guia do Aluno EAD Autor: Adriana V. Bassut Edição: Novembro 2009. Guia do Aluno EAD

Título: Guia do Aluno EAD Autor: Adriana V. Bassut Edição: Novembro 2009. Guia do Aluno EAD Título: Guia do Aluno EAD Autor: Adriana V. Bassut Edição: Novembro 2009 Guia do Aluno EAD Sumário SUMÁRIO...2 INTRODUÇÃO...3 METODOLOGIA...3 AULAS VIRTUAIS...4 INSCRIÇÃO...4 APROVAÇÃO...5 PRESENÇA...5

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

Concurso Público para o provimento de vagas em Cargos de Nível Superior da Carreira de Gestão, Planejamento e Infraestrutura em Ciência e Tecnologia

Concurso Público para o provimento de vagas em Cargos de Nível Superior da Carreira de Gestão, Planejamento e Infraestrutura em Ciência e Tecnologia QUESTÕES DE MÚLTIPLAS ESCOLHAS 1- Quais são os processos de produção da notícia usados pelos diferentes meios: rádio, televisão e jornalismo? (A) Pauta, Checagem, Entrevista, Redação, Edição. (B) Produção,

Leia mais

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo WEBJORNALISMO Aula 04: Características do Webjornalismo Prof. Breno Brito Características do webjornalismo O webjornalismo apresenta algumas características específicas em relação a aspectos que quase

Leia mais

PLANO DE APRENDIZAGEM CURSO DE FORMAÇÃO CONTÍNUADA SOBRE RELACIONAMENTO DA JUSTIÇA COM A MÍDIA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PLANO DE APRENDIZAGEM CURSO DE FORMAÇÃO CONTÍNUADA SOBRE RELACIONAMENTO DA JUSTIÇA COM A MÍDIA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PLANO DE APRENDIZAGEM CURSO DE FORMAÇÃO CONTÍNUADA SOBRE RELACIONAMENTO DA JUSTIÇA COM A MÍDIA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 1. Data de início: 22 de outubro de 2015 2. Data de término: 29 de novembro

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO PLANO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA A VIRTUALLINK

PLANO DE COMUNICAÇÃO PLANO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA A VIRTUALLINK PLANO DE COMUNICAÇÃO PLANO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA A VIRTUALLINK - Equipe de Comunicação Multimídia e Relações Públicas: Márcio Lobato Nayanne Pacheco 1. - OBJETIVO: A presente proposta objetiva estruturar

Leia mais

O jornal-laboratório como instrumento de desenvolvimento local: a experiência do jornal A Notícia

O jornal-laboratório como instrumento de desenvolvimento local: a experiência do jornal A Notícia FÓRUM NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO (FNPJ) XIII ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO IX CICLO NACIONAL DE PESQUISA EM ENSINO DE JORNALISMO MODALIDADE DO TRABALHO: Relato de Experiência

Leia mais

3º Encontro Nacional de Produção Cultural: Website 1. Caio Amaral da CRUZ 2. Sérgio Sobreira ARAUJO 3. Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA

3º Encontro Nacional de Produção Cultural: Website 1. Caio Amaral da CRUZ 2. Sérgio Sobreira ARAUJO 3. Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA 3º Encontro Nacional de Produção Cultural: Website 1 Caio Amaral da CRUZ 2 Sérgio Sobreira ARAUJO 3 Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA RESUMO Com o objetivo de divulgar informações e ações importantes

Leia mais

Papiro: jornal-laboratório da Faculdade 7 de Setembro 1. Sammia SANTOS 2 Alessandra MARQUES 3 Faculdade 7 de Setembro, Fortaleza, CE

Papiro: jornal-laboratório da Faculdade 7 de Setembro 1. Sammia SANTOS 2 Alessandra MARQUES 3 Faculdade 7 de Setembro, Fortaleza, CE Papiro: jornal-laboratório da Faculdade 7 de Setembro 1 Sammia SANTOS 2 Alessandra MARQUES 3 Faculdade 7 de Setembro, Fortaleza, CE RESUMO O presente trabalho apresenta a experiência de produção laboratorial

Leia mais

PROPOSTA DE SERVIÇOS

PROPOSTA DE SERVIÇOS PROPOSTA DE SERVIÇOS SUMÁRIO QUEM SOMOS 3 NOSSAS EXPERTISES 4 PROFISSIONALISMO 5 NOSSO PORTFÓLIO 7 NOSSOS CLIENTES 22 QUEM SOMOS A Estudioab é uma empresa de Publicidade, especializada em Assessoria de

Leia mais

REQUERIMENTO Nº, DE 2008 (Do Sr. JOÃO MATOS)

REQUERIMENTO Nº, DE 2008 (Do Sr. JOÃO MATOS) C Â M A R A D O S D E P U T A D O S COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REQUERIMENTO Nº, DE 2008 (Do Sr. JOÃO MATOS) Senhor Presidente, Solicita que seja apreciada a implantação do Blog da Comissão de Educação

Leia mais

Projeto Visibilidade UFG

Projeto Visibilidade UFG RELATÓRIO ANUAL ASCOM UFG 2014 Projeto Visibilidade UFG Criado em Janeiro de 2014, o Projeto Visibilidade UFG é uma iniciativa integrada das áreas de Relações Públicas e Jornalismo da Assessoria de Comunicação,

Leia mais

Analisado por: Aprovado por: Equipe do Gabinete do Corregedor-Geral da Justiça (CGJ)

Analisado por: Aprovado por: Equipe do Gabinete do Corregedor-Geral da Justiça (CGJ) Proposto por: Analisado por: Aprovado por: Equipe do Gabinete do Corregedor-Geral da Justiça (CGJ) Chefe do Gabinete do Corregedor-Geral da Justiça (CGJ) Corregedor- Geral da Justiça 1 OBJETIVO Estabelecer

Leia mais

Bem vindo ao Tutorial Peso Ideal

Bem vindo ao Tutorial Peso Ideal Bem vindo ao Tutorial Aqui você encontrará informações sobre como u lizar o portal do aluno. 1 Acessando o Portal Ao acessar em seu navegador o você será direcionado para esta página, que é a área de login

Leia mais

Manual de Procedimentos Relatórios de Análise de Mídia. Informar Qualificar Influen

Manual de Procedimentos Relatórios de Análise de Mídia. Informar Qualificar Influen Manual de Procedimentos Relatórios de Análise de Mídia Informar Qualificar Influen ÍNDICE O QUE É ANÁLISE DE MÍDIA / AUDITORIA DE IMAGEM? QUAL A IMPORTÂNCIA DO RELATÓRIO DE ANÁLISE DE MÍDIA? O QUE É PRECISO

Leia mais

Manual do Aluno para o Curso do SEER à Distância

Manual do Aluno para o Curso do SEER à Distância Manual do Aluno para o Curso do SEER à Distância Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Consultor TI / Monitor Colaborador: Dr.Miguel Ángel Márdero Arellano Coordenador SEER - IBICT Brasília, 2011

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

Plano de comunicação interna

Plano de comunicação interna Carolina Lima Franco Plano de comunicação interna Relatório do Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à disciplina de Projetos Experimentais Orientadora: Valentina Nunes Florianópolis Novembro de 2013

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS - CIESA CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS CPD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS - CIESA CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS CPD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS - CIESA CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS CPD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.8 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Profª Drª Flavia Garcia Guidotti 37219490

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Profª Drª Flavia Garcia Guidotti 37219490 Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Parecer Criação= 486, de 29/06/1978 - Conselho de Ensino e Pesquisa Portaria criação= 387, de 21/08/1978 Documento Criação= 476 Curso reconhecido pela portaria/mec

Leia mais

CURSO: Orientações. MÓDULOS: Orientações/Calendário/Links. Curso 3/3 2009. Contato com o suporte: Nome.: Empresa.: Data.: / / E-mail.

CURSO: Orientações. MÓDULOS: Orientações/Calendário/Links. Curso 3/3 2009. Contato com o suporte: Nome.: Empresa.: Data.: / / E-mail. CURSO: Orientações MÓDULOS: Orientações/Calendário/Links Curso 3/3 2009 Contato com o suporte: Tel.:11-3857-9007 ramal 4 Fax.: 11-3857-9007 ramal 211 Cellular: 11-9333-21 E-mail.: suporte@webcontabil.com.br

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: website; jornalismo online; comunicação organizacional.

PALAVRAS-CHAVE: website; jornalismo online; comunicação organizacional. Contribuições para a comunicação organizacional de um curso de Jornalismo: Website do Curso de Comunicação Social - Jornalismo da UFSJ 1 Priscila NATANY 2 Alessandra de FALCO 3 Universidade Federal de

Leia mais

Faces do Telejornalismo: O Processo de Construção de Telejornalismo na Cidade de Uberlândia 1

Faces do Telejornalismo: O Processo de Construção de Telejornalismo na Cidade de Uberlândia 1 Faces do Telejornalismo: O Processo de Construção de Telejornalismo na Cidade de Uberlândia 1 Lucas Felipe JERÔNIMO 2 Mirna TONUS 3 Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG RESUMO O texto tem

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DPEP ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO (C Mil Edc Fis / 1922)

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DPEP ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO (C Mil Edc Fis / 1922) MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DPEP ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO (C Mil Edc Fis / 1922) Curso de Instrutor de Educação Física do Exército (CI 2014) Sumário Bem-vindo à EsEFEx

Leia mais

ROTEIRO PASSO A PASSO COMO CRIAR E ALIMENTAR UM BLOG

ROTEIRO PASSO A PASSO COMO CRIAR E ALIMENTAR UM BLOG ROTEIRO PASSO A PASSO COMO CRIAR E ALIMENTAR UM BLOG Elaborado por Márcia Azevedo Professora Formadora / Multiplicadora NTE Municipal de Campinas - 2010 - ÍNDICE Criando um blog... 3 Conhecendo as opções

Leia mais

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Pró-Reitoria de Educação a Distância Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Como acessar o ambiente 1. Entre no Ambiente Virtual de Aprendizagem localizado na página principal do Portal

Leia mais

Das disciplinas ao estágio: percepções dos alunos sobre essa relação

Das disciplinas ao estágio: percepções dos alunos sobre essa relação Das disciplinas ao estágio: percepções dos alunos sobre essa relação Alexandra Aguirre Resumo: O trabalho baseia-se na entrevista com alunos de jornalismo sobre o tópico: quais disciplinas contribuem para

Leia mais

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

Consumo de bebidas alcoólicas é alto nas noites de Campo Grande 1

Consumo de bebidas alcoólicas é alto nas noites de Campo Grande 1 Consumo de bebidas alcoólicas é alto nas noites de Campo Grande 1 Patrick Alif Fertrin BATISTA 2 Victor Hugo Sanches PEREIRA 3 Gerson Luiz MARTINS 4 Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS RESUMO

Leia mais

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Ana Carolina Fernandes MAXIMIANO 2 Bruno da SILVA 3 Rita de Cássia Romeiro PAULINO 4 Universidade Federal de Santa Catarina,

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Design de navegação para tablet : Abordagem projetual da revista digital Wired

Design de navegação para tablet : Abordagem projetual da revista digital Wired Design de navegação para tablet : Abordagem projetual da revista digital Wired Gabriel da Costa Patrocínio Universidade Anhembi Morumbi patrocínio.design@gmail.com O presente artigo tem como proposta analisar

Leia mais

GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL - HABILITAÇÃO JORNALISMO

GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL - HABILITAÇÃO JORNALISMO 1 GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL - HABILITAÇÃO JORNALISMO ESTRUTURA CURRICULAR O curso de Comunicação Social - habilitação Jornalismo será ofertado, preferencialmente, no turno matutino, terá a duração

Leia mais

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA 2015 INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA - Rua Torquato Laranja, nº 92 Centro CEP 29100-370 - Vila - Velha ES - Tel: (27) 3320-3400 Seja

Leia mais

Tecnologia Móvel & Educação: a Escola a Qualquer Tempo e em Todo Lugar 1. Alcyr ARAUJO2 2

Tecnologia Móvel & Educação: a Escola a Qualquer Tempo e em Todo Lugar 1. Alcyr ARAUJO2 2 Tecnologia Móvel & Educação: a Escola a Qualquer Tempo e em Todo Lugar 1 Alcyr ARAUJO2 2 Desde os tempos mais antigos, os educadores sempre buscaram inserir ferramentas tecnológicas no ambiente e rotina

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 135/2013/TCE-RO

RESOLUÇÃO N. 135/2013/TCE-RO RESOLUÇÃO N. 135/2013/TCE-RO Institui a Política de Comunicação Social e Marketing do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC. Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia

Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC. Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia Setembro/2011 Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro

Leia mais

Assessoria de Imprensa na era digital ABRIL/2016

Assessoria de Imprensa na era digital ABRIL/2016 Assessoria de Imprensa na era digital ABRIL/2016 "Consumidores e marcas se relacionam através das mídias sociais". Isabela Pimentel PÁGINA 3 COMUNICAÇÃO INTEGRADA ARTIGO DA ASSESSORIA À GESTÃO DA INFORMAÇÃO

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Por que foca?

APRESENTAÇÃO. Por que foca? APRESENTAÇÃO Por que foca? O foca, jornalista iniciante, tem grande dificuldade de encontrar um guia entre os textos técnicos publicados no Brasil. Com a pauta lhe queimando as mãos, ele se inquieta: por

Leia mais

Aliás Comunicação Tutorial WordPress. Belo Horizonte, Setembro de 2012.

Aliás Comunicação Tutorial WordPress. Belo Horizonte, Setembro de 2012. Aliás Comunicação Tutorial WordPress Belo Horizonte, Setembro de 2012. Apresentação Para o melhor entendimento de como funciona o administrador de conteúdo da plataforma do site, a Aliás Comunicação desenvolveu

Leia mais

Estágio em Comunicação: Processos em grandes veículos 1

Estágio em Comunicação: Processos em grandes veículos 1 Estágio em Comunicação: Processos em grandes veículos 1 Guilherme MILETTA 2 Isabella SARAFYAN 3 Thais GIANNA 4 Rafaela RIBEIRO 5 Beatriz CONSOLIN 6 Ana Carolina ALVES 7 Daniel Ladeira de ARAÚJO 8 ESPM,

Leia mais

Proposta 063.10. Desenvolvimento Website

Proposta 063.10. Desenvolvimento Website Proposta Desenvolvimento Website 063.10 www.iwcomunicacao.com.br 1 ÍNDICE 1 Apresentação 03 2 Projeto 04 3 Etapas de Desenvolvimento 07 4 Cronograma 07 5 Investimento 08 6 Âmbito de intervenção do cliente

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL Questão n o 1 a) O candidato deverá apresentar seis dentre as seguintes vantagens: Domínio de tecnologia capaz de produzir bens preferidos por certas classes de compradores Aumento dos índices de qualidade

Leia mais

Campanha de Reinauguração do Escritório-Escola de Comunicação Social 1

Campanha de Reinauguração do Escritório-Escola de Comunicação Social 1 Campanha de Reinauguração do Escritório-Escola de Comunicação Social 1 Delberson Moura SOARES 2 Alciene C. de Souza LYRA 3 Inara Regina Batista da COSTA 4 Universidade Federal do Amazonas RESUMO A Agência

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Padronizar os procedimentos relativos às atividades do Departamento de Tecnologia de Informação e Comunicação.

Padronizar os procedimentos relativos às atividades do Departamento de Tecnologia de Informação e Comunicação. Proposto por: Diretor do Departamento de Tecnologia de Informação e Comunicação (DETEC) Analisado por: Assessor da Assessoria de Gestão Estratégica (ASGET) Aprovado por: Secretário da Secretária Geral

Leia mais

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL-HABILITAÇÃO EM JORNALISMO

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL-HABILITAÇÃO EM JORNALISMO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL-HABILITAÇÃO EM JORNALISMO O presente relatório toma por base os dados apresentados na Avaliação Institucional no segundo semestre de

Leia mais

Curso Juventude Brasileira e Ensino Médio Inovador. Manual do ambiente Moodle

Curso Juventude Brasileira e Ensino Médio Inovador. Manual do ambiente Moodle Curso Juventude Brasileira e Ensino Médio Inovador Manual do ambiente Moodle CURSO DE INTRODUÇÃO AO MOODLE 1. Introdução Estamos começando nossa viagem e nossa primeira parada é na unidade denominada Curso

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL Novembro, 2014 Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares CCS Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares Setor Comercial Sul - SCS, Quadra 09, Lote C, Ed. Parque

Leia mais

GAiN Brasília 2014. Palestra Webwriting. Bem-vindos

GAiN Brasília 2014. Palestra Webwriting. Bem-vindos Palestra Webwriting Bem-vindos sou Consultor de Comunicação e Marketing Digital para a Petrobras desde 1997; produzi o padrão brasileiro de redação online, Padrões Brasil e-gov: Cartilha de Redação Web,

Leia mais

UNIPAMPA Universidade Federal do Pampa. Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI)

UNIPAMPA Universidade Federal do Pampa. Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) UNIPAMPA Universidade Federal do Pampa Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) Instruções para gerenciamento dos sites em Joomla (versão 1.5.3) Níveis: Editor e Administrador Junho/2008 Í N D I C E Usuários

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES Curso de Publicidade e Propaganda

ATIVIDADES COMPLEMENTARES Curso de Publicidade e Propaganda ATIVIDADES COMPLEMENTARES Curso de Publicidade e Propaganda INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS ATIVIDADES O QUÊ? As atividades complementares são atividades extracurriculares obrigatórias no seu curso de graduação

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO Desenvolvido por: Patricia Mariotto Mozzaquatro SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....03 2 O AMBIENTE MOODLE......03 2.1 Quais as caixas de utilidade que posso adicionar?...04 2.1.1 Caixa

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org REUNIÃO: ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DO FSM 2002 (Este é um dos primeiros textos sobre a comunicação

Leia mais

Site Fácil. Guia do Usuário. PROCERGS Divisão 5

Site Fácil. Guia do Usuário. PROCERGS Divisão 5 Site Fácil Guia do Usuário PROCERGS Divisão 5 Este documento foi produzido pela PROCERGS - Divisão 5. Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br

Leia mais

REGULAMENTO. 10ª NOITE DE PRÊMIOS ESPM-Sul

REGULAMENTO. 10ª NOITE DE PRÊMIOS ESPM-Sul REGULAMENTO 10ª NOITE DE PRÊMIOS ESPM-Sul Atualização em Maio/2015 0 Sumário NOITE DE PRÊMIOS ESPM-Sul...2 1 ASPECTOS GERAIS...2 2 INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS...2 3 SELEÇÃO E PREMIAÇÃO...3 4 ATRIBUIÇÕES AOS

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Chuteiras Fora de Foco; jornalismo digital; blog; Salvador; Copa das Confederações 1 INTRODUÇÃO

PALAVRAS-CHAVE: Chuteiras Fora de Foco; jornalismo digital; blog; Salvador; Copa das Confederações 1 INTRODUÇÃO Blog Chuteiras Fora de Foco: das Ruas, dos Campos às Mídias Digitais 1 Lícia Lara Dantas BARROS 2 Adeilton Gonçalves da SILVA JÚNIOR 3 Alexandre Borges CAVALCANTE 4 Alieny Aparecida da SILVA 5 Eriskarine

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 17/06/2015 17:31. Centro de Ciências Humanas e da Comunicação

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 17/06/2015 17:31. Centro de Ciências Humanas e da Comunicação 7/6/5 7: Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Curso: 85 Jornalismo (Matutino) Currículo: / COM..- Teorias da Comunicação I Ementa: Conceituação e objetivo da Comunicação Social. História da comunicação.

Leia mais

BLOG ESCOLAS. Após acessar o seu respectivo blog, você será direcionado a tela a seguir. Vamos conhecê-la um pouco melhor.

BLOG ESCOLAS. Após acessar o seu respectivo blog, você será direcionado a tela a seguir. Vamos conhecê-la um pouco melhor. 1 CONHECENDO A PÁGINA PRINCIPAL Após acessar o seu respectivo blog, você será direcionado a tela a seguir. Vamos conhecê-la um pouco melhor. PAGINAS- Mostras as paginas do blog LOCALIZADOR área de busca

Leia mais

MÍDIA-KI 2014. "Credibilidade e informação na velocidade do Porto."

MÍDIA-KI 2014. Credibilidade e informação na velocidade do Porto. MÍDIA-KI 2014 "Credibilidade e informação na velocidade do Porto." PUBLICIDADE O Jornal Portuário é o grande ponto de encontro entre profissionais e empresas na internet. Todos os meses, mais de 10 mil

Leia mais

ENTENDENDO A CERTIFICAÇÃO DIGITAL NO TST

ENTENDENDO A CERTIFICAÇÃO DIGITAL NO TST 1 ÍNDICE 1. O que é certificado digital? 2. Para que serve o certificado digital? 3. Para que serve o certificado digital no âmbito do TST? 4. Qual a legislação que envolve a certificação digital? 5. O

Leia mais

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação)

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a inclusão digital, instalando computadores nas escolas públicas de ensino fundamental

Leia mais

Relatório de Gestão Setorial 2010

Relatório de Gestão Setorial 2010 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial 2010 Cruz das Almas BA 2010 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES Período: Janeiro

Leia mais