W.PE Ponto Eletrônico 8.0. Manual do Usuário

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "W.PE Ponto Eletrônico 8.0. Manual do Usuário"

Transcrição

1 W.PE Ponto Eletrônico 8.0 Manual do Usuário BMA Sistemas

2 SUMÁRIO 1 IMPLANTANDO O W.PE Primeiro Acesso ao Sistema Senhas de Acesso e Cadastro de Usuários Cadastro de Coletores X REP Cadastro de Empresas Cadastro de Sindicatos Adicional Noturno Percentual Hora Extra (após a Meia Noite) Aplicação de Faixa Cadastro de Situações Definir Prioridade Situação Extras Cadastro de Horários Cadastro de Escalas Cadastro de uma Escala Fixa Cadastro de uma Escala Fixa (ciclo de sete 7 dias 2ª feira a Domingo) Cadastro de uma Escala de revezamento (ciclo de seis dias) Cadastrando uma Escala Programada Cadastro de Locais Cadastro de Funções Cadastro de Feriados Cadastro de Funcionários Cadastrando um Funcionário Dados Complementares Observações Inserindo uma Foto Regime de Compensação de Horas Importação do Cadastro de Funcionários Cadastro de Crachás TRABALHANDO COM O W.PE Coleta das Marcações (off-line) Coleta das Marcações Coleta Automática das Marcações Como configurar a Coleta Automática das Marcações Conferência do Movimento Aba Movimento Aba Marcações Visualização e Impressão do Cartão Ponto via Acerto de Movimento Aba Situações Aba Afastamento Aba Horários Aba Escalas Aba Abono Conferência por Dia

3 2.4 Programação Coletiva Recálculo do Movimento Banco de Horas Configurando o Banco de horas Configurando as Situações para trabalhar com Banco de Horas Integração Folha de Pagamento Eventos DSR à Descontar Configurações Aba Geral Aba Eventos Aba Lay-Out Digitação Movimento por Funcionário Digitação Movimento por Evento Geração do Movimento Relatórios Exportação de Relatório para outros aplicativos Cartão Ponto Assinalamentos de Impressão Cartão Ponto Ocorrências Situações Movimentadas Absenteísmo Refeitório Implantando o refeitório Lay-out do Coletor Tipo de Refeição Valores Acerto de Refeições Relatórios do Módulo Refeitório Resumo por Funcionário Resumo Descontos Backup Realizando o Backup Retorno de Backup Histórico do Backup Configuração do Backup Automático Arquivos Fiscais Arquivo Fonte de Dados Tratados (AFDT) Arquivo de Controle de Jornada para Efeitos Fiscais (ACJEF) Atestado Técnico

4 1 IMPLANTANDO O W.PE Este manual tem como objetivo fornecer informações do W.PE Ponto Eletrônico para um melhor entendimento das suas rotinas, contemplando desde o primeiro acesso ao sistema, até a exportação do movimento para a folha de pagamento. 1.1 Primeiro Acesso ao Sistema Para acessar o W.PE pela primeira vez utilize o usuário PONTO e a senha PONTO (letras maiúsculas). Após o primeiro acesso, esta senha pode ser alterada, bem como cadastrado novos usuários Senhas de Acesso e Cadastro de Usuários (UTILITÁRIOS\USUÁRIOS\CADASTRO USUÁRIOS) Para evitar que pessoas não autorizadas tenham acesso as informações do sistema devem ser criadas senhas personalizadas para cada usuário do W.PE. 4

5 1.2 Cadastro de Coletores X REP (PARÂMETROS GERAIS \ COLETORES \ COLETORES) O primeiro cadastro a realizar é o dos COLETORES. Existem Dois tipos: coletor normal (não adaptado a portaria 1.510) e o REP (adaptado a portaria 1.510). Segundo a portaria do MTE, as empresas tem até 01/03/2011 para adaptarem seus coletores de ponto, ou fazer a substituição dos mesmos por modelos REP. Coletor (Relógios e catracas de acesso): A principal informação deste cadastro é o lay-out do arquivo de marcações (arquivo no qual ficam armazenadas as batidas coletadas do relógio) e o local onde o arquivo é gravado. Estas informações devem ser obtidas junto ao fornecedor do equipamento (Coletor). 5

6 Segue abaixo imagem com os campos reconhecidos pelo W.PE para a definição do LAY-OUT (esta informação encontra-se disponível no help-online da tela de cadastro de coletores): Quando marcada a opção RENOMEAR O ARQUIVO DE MARCAÇÕES, após o término da coleta das marcações o arquivo de batidas será renomeado para o período final da coleta seguido de uma seqüência numérica. Exemplo: Data da Coleta: 01/11/2010 à 30/11/2010 Nome do Arquivo de Marcações: C:\BMA\APO\COLETA.TXT Nome do Arquivo de Marcações Renomeado: C:\BMA\APO\ Caso a coleta seja realizada com sucesso, o arquivo COLETA.TXT será renomeado para

7 REP (Registrador Eletrônico de Ponto): Deve ser marcada a opção Registrador Eletrônico de Ponto (REP), informar o local onde o relógio se encontra (Ex.: Uma construtora deverá informar o local da construção onde o REP está instalado), bem como o Número de Série do equipamento. Neste caso não há a necessidade de configurar o Lay-out como no procedimento realizado para cadastrar um Relógio comum, pois o REP possui um lay-out padrão. 7

8 1.3 Cadastro de Empresas (PARÂMETROS GERAIS \ EMPRESAS) Neste cadastro são definidos os dados que aparecerão no cabeçalho do cartão ponto. Portanto, é aconselhado que todos os campos sejam preenchidos com atenção e atualizados sempre que necessário, visando evitar complicações legais. 1.4 Cadastro de Sindicatos (PARÂMETROS GERAIS \ SINDICATOS) Neste cadastro são definidas as faixas para cálculo de horas extras e as configurações do adicional noturno Adicional Noturno Consulte o sindicato de sua empresa para saber qual o período de adicional noturno que deve ser utilizado. Na maioria dos casos o período é das 22:00 às 05:00. Quando marcada a opção Pagar Adicional nos Intervalos, os intervalos das refeições são somados no cálculo das horas do Adicional Noturno (Ex.: 22:00 01:00 02:00 05:00). Quando marcado o campo Estender Adicional nas Horas Extras, as horas que excederem o término do período do adicional também serão somadas ao cálculo das horas de adicional noturno (Ex.: 22:00 às 07:00). 8

9 1.4.2 Percentual Hora Extra (após a Meia Noite) Definir no cadastro do Sindicato se o percentual de Horas Extras após a meia noite será aplicado: Pela Entrada: O sistema considera o dia que foi efetuado a entrada para verificar o percentual que será aplicado para o cálculo de horas extras. Pelo Dia: O Sistema verifica o dia para aplicar o percentual de hora extra, sendo que até a meia noite poderá ser um percentual de hora extra e após a meia noite outro percentual de hora extra. (será diferente quando no dia seguinte for um sábado, domingo ou feriado e o percentual de hora extra for diferente do dia anterior) Aplicação de Faixa Primeiramente deve ser definida se a aplicação das faixas, optando por: Diária, Semanal ou Mensal. Obs.: Quando optado por Semanal ou Mensal será realizada a aplicação das faixas apenas nos relatórios de Cartão Ponto e Totais Cartão Ponto. Para o cálculo das horas extras deverá ser configurada a tabela que permite a configuração de até 5 percentuais (faixas) diferentes. Os percentuais podem ser classificados em Dias Úteis, Sábados, Domingos e Feriados. As horas extras ainda poderão ser desmembradas por Entrada, Saída e Refeições. Caso opte por não efetuar o desmembramento, deverá ser informado o mesmo percentual em todas as colunas. Quando for definido 99:99 no campo Horas, todas as horas referentes a esta faixa serão lançadas na situação vinculada. Exemplo de aplicação de faixa diária: 9

10 O funcionário pertencente ao sindicato definido acima realiza 04h45min de extras num dia útil, estas horas serão divididas da seguinte forma: Quantidade de horas Código da situação Descrição da Situação 02:00 8 Horas Extras 50% 02:00 10 Horas Extras 100% 00:45 49 Horas Extras 120% Caso realize 07h15min horas extras num mesmo dia, serão divididas da seguinte forma: Quantidade de horas Código da situação Descrição da Situação 02:00 8 Horas Extras 50% 02:00 10 Horas Extras 100% 01:00 49 Horas Extras 120% 01:00 50 Horas Extras 150% 01:15 51 Horas Extras 200% 1.5 Cadastro de Situações (PARÂMETROS GERAIS \ SITUAÇÕES) Neste cadastro são definidas as situações que são apuradas ou lançadas manualmente pelo W.PE. 10

11 Obs: O sistema traz na própria instalação uma série de situações gravadas, e, caso seja necessário, podem ser cadastradas novas situações ou alteradas as já existentes. Situação Noturna: Neste campo pode ser informado um código de situação referente às horas noturnas. Se este campo for preenchido, as horas apuradas dentro do Período Noturno serão somadas nesta situação, desta forma, separando horas diurnas de noturnas. Abreviação Quadro: Informe à abreviação que deverá ser impressa no quadro de horários emitido pela rotina de RELATÓRIOS\QUADRO HORÁRIOS. Tipo Horas: Definir qual o seu tipo, Trabalhada, Falta, Afastamento, Atestado, etc. Percentual Horas Extras: Deverá ser informado o percentual da Hora Extra quando o tipo da situação for Extras. Este cadastro é necessário para efetuar a geração do Arquivo de Controle de Jornada para Efeitos Fiscais (ACJEF), previsto na Portaria Tipo Compensação: Não Compensa: Quando a empresa não trabalha sob regime de Compensação de horas. Dia: Quando a compensação de horas é feita somente no dia, ou seja, compensa a horas extras das horas faltas do dia. Mês: Quando a compensação de horas é apurada mensalmente, ou seja, se o funcionário chegar mais tarde num dia ele poderá compensar essas horas no decorrer do período. 11

12 Essa informação será solicitada sempre que o campo Tipo Horas estiver definido como Faltas, Afastamento, Atestado, Férias. Banco de Horas: Não Utiliza: Quando a empresa não trabalha sob regime de Banco de horas. Creditar: Quando a situação deve creditar no banco de horas. Ex: Horas Extras. Debitar: Quando a situação deve debitar no banco de horas. Ex: Horas Faltas. Percentual Banco: Neste campo pode ser informado o percentual para ser aplicado sobre as horas de banco de horas, fazendo a valorização (Somente se acordo de Banco de Horas Exigir a valorização). Exemplo: Horas Extras 50% se informar nesse campo, e o funcionário fizer 1h:00min de Crédito Banco Horas o sistema valorizará automaticamente para 1h:30min conforme percentual Constar como Ocorrência: Assinale esta opção se a situação deverá ser tratada como ocorrência no sistema, desta forma, os dias que contiverem essa situação aparecerão na Conferência do Movimento diferenciado pela cor vermelha, e também serão listados no Relatório de Ocorrências. 12

13 Totalizar Cartão Ponto: Assinale se a situação deverá ser totalizada no rodapé do Cartão Ponto. Totalizador Script: Opção utilizada somente para as situações que serão tratadas como um acumulador no Script. Assim, ela não será mostrada no acerto de movimento. Desconsiderar Registro de Afastamento na Folha: (Apenas quando integrado ao WGep): Marque esta opção para que o registro de afastamento que utilize a situação em questão não seja considerado pelo módulo de folha de pagamento. Ex: Afastamentos para fins de suspensão, compensação de férias, compensação de banco de horas. As horas da situação poderão ser exportadas normalmente para a folha. Esta configuração determina apenas se a folha deve ou não considerar este afastamento para fins de SEFIP e demais controles pertinentes somente a gestão de folha e pagamento. Obs: Esta opção está disponível apenas para clientes que possuam o módulo de folha de pagamento da BMA Sistemas (W.GEP) Definir Prioridade Situação Extras Nesta opção serão definidas a ordem das situações que o sistema deverá considerar para Debitar ou Creditar as horas nos regime de Banco de Horas e Compensação. 13

14 Obs: Esta opção será utilizada somente para as Empresas que utilizarem Banco de Horas ou Compensação de Horas. 1.6 Cadastro de Horários (PARÂMETROS EMPRESA \ HORÁRIOS) Neste cadastro são definidos todos os horários de entrada e saída dos funcionários ou terceiros na empresa, bem como as tolerâncias para cálculo das horas faltas e horas extras. Obs: Os códigos de horário 950 (Folga), 951 (Sábado) e 952 (DSR) são utilizados internamente pelo sistema. Limite Dia O Limite Dia é utilizado para ajustar o dia de alocação da última marcação em alguns casos em que o funcionário realiza hora extra por um período prolongado. Observe, através de um exemplo prático, como o W.PE faz o cálculo para alocar a marcação: Supondo que o horário do funcionário seja das "8:00 às 18:00", o sistema calcula o intervalo da saída do funcionário até a sua próxima entrada no dia seguinte. Saída Entrada (dia seguinte) 10/05 11/05 18h00min 08h00min 14

15 Total do intervalo entre saída do dia 10/05 e entrada do dia 11/05 = 14h00min. - O total do intervalo deverá ser dividido por 2. 14h00min / 2 = 07h00min (horas sexagenais) - O resultado anterior é somado ao horário de saída do funcionário. 07h00min + 18h00min = 01h00min AM (uma hora da manhã) Limite Dia = 01h00min No exemplo acima, o limite para a marcação de saída do funcionário ser alocada no dia (10/05) será até às 01h00min (uma hora da manhã), ou seja, se o funcionário sair antes das 01h00min o sistema alocará a marcação no dia 10/05. Caso a marcação seja realizada após a 1:00, será alocada no dia seguinte (11/05). Para que as marcações até as 02h00min (duas horas da manhã) sejam alocadas no dia 10/05, deverá ser informado no campo limite dia "60" (valor em minutos). Sendo assim o limite seria reajustado: 01h00min + 60 (minutos) = 02:00 Caso o valor informado no campo limite seja negativo (Exemplo: "-60") essa quantidade de minutos será subtraída do limite dia. Limite reajustado: 1:00-60 (minutos) = 00:00 (meia noite). Geração Automática das Marcações Nesta opção as marcações podem ser configuradas para ser geradas automaticamente, caso não sejam registradas pelo funcionário. Para tanto devem ser assinalados os campos Gerar ao lado das definições dos horários que devem ser gerados automaticamente. Estas batidas serão geradas conforme a definição do horário. Esse recurso pode ser utilizado somente para as marcações de Intervalo. Exemplo: Intervalo para o almoço, conforme tela abaixo. 15

16 1.7 Cadastro de Escalas (PARÂMETROS EMPRESA / ESCALAS) Nas escalas devem ser definidos os horários praticados pelos funcionários durante a semana, podendo também ser definido um ciclo de horários para um período maior. Estas escalas podem ser definidas de duas formas: Fixa e Programada. Escala Fixa São escalas que seguem uma seqüência já definida antecipadamente pela empresa. Será obedecida à definição dos horários em todos os períodos. Temos como exemplo uma escala Administrativa na qual a carga horária diária de segunda a sexta é de 08h48min, compensando o sábado, e o domingo sendo o seu descanso semanal (DSR). Uma vez definido o ciclo de uma escala fixa, o W.PE projetará este ciclo infinitamente. Obs: Clicando no botão Padrão, o sistema irá criar a programação da semana inteira utilizando o código do primeiro horário definido, gerando a escala conforme o exemplo da escala administrativa citada no item do manual. Escala Programada São escalas que necessitam ser programadas mensalmente ou semanalmente em função de alguma particularidade da empresa que não permita ao W.PE projetá-las automaticamente. Por exemplo: Escalas de Folguistas que trabalham nos dias de folgas dos demais funcionários (Ex.: Funcionários de hospitais, vigias noturnos, etc.). Obs: Neste caso o início do ciclo deve ser obrigatoriamente o seu primeiro dia de trabalho na escala Cadastro de uma Escala Fixa Para os dias de folga devem ser informados os códigos de horário padrão do sistema, para dias de Folga utiliza-se o código 950, para os Sábados Compensados utiliza-se o código 951 e para os Dsr s, utiliza-se o código 952. Segue exemplos abaixo: Cadastro de uma Escala Fixa com ciclo de sete 7 dias 2ª feira a Domingo Funcionários que trabalham de segunda a sexta-feira em horário normal de trabalho, folgam no sábado e tem o Descanso Semanal Remunerado (DSR) no domingo. No exemplo abaixo encerramos a programação da escala no dia 07/01/2001 uma vez que, no dia 08/01/2001, a mesma retorna para o horário A partir desta programação o W.PE fará as projeções para os próximos dias automaticamente, respeitando os dias da semana. 16

17 Cadastro de uma Escala de revezamento (ciclo de seis dias) Escala para um funcionário que trabalha no sistema de revezamento, 12X36. 17

18 Neste exemplo o funcionário trabalha 12 Horas e folga 36 Horas. Quando marcada a opção Revezamento irá habilitar o campo Início Escala, que deverá ser a data da primeira movimentação do funcionário no sistema W.PE, além disso, o sistema sempre respeitará a escala, independente se o dia seja Feriado Cadastrando uma Escala Programada Definição de escala para funcionários que trabalham com horários em dias fixos. Verifique que o início do ciclo da Escala Programada é 01/11/2010, sendo que o funcionário vinculado a essa escala, trabalhará somente nos dias 01, 02 e 03/11/2010. Já para o dia 04/11/2010, deverá ser programado um novo horário para esse funcionário nessa escala, ou vinculado o mesmo a outra escala. 1.8 Cadastro de Locais (PARÂMETROS EMPRESA \ LOCAIS) Neste cadastro são definidos os departamentos, setores e seções nos quais os funcionários serão alocados. O cadastramento dos departamentos é obrigatório. Setor e seção são opcionais. 1.9 Cadastro de Funções (PARÂMETROS GERAIS \ FUNÇÕES) Neste cadastro serão informadas as Funções (ou CBO s - Cadastro Brasileiro de Ocupação) para que sejam vinculadas ao funcionário para exibição no cabeçalho do cartão. 18

19 1.10 Cadastro de Feriados (PARÂMETROS GERAIS \ FERIADOS) Os feriados nacionais são criados automaticamente pelo W.PE. Sendo assim, somente feriados municipais e facultativos necessitam ser gravados manualmente. Para que seja exibida a descrição do feriado no Cartão Ponto é necessário que a situação de 2 - Horas Repouso esteja configurada para ser listada no Cartão Ponto. Esta configuração é feita na seguinte rotina RELATÓRIOS\CARTÃO PONTO botão CONFIGURAÇÃO aba SITUAÇÕES Cadastro de Funcionários (PARÂMETROS EMPRESA \ FUNCIONÁRIOS) Neste cadastro são definidas configurações específicas de cada funcionário como: escala de trabalho, locais, PIS, sindicato e outras informações cruciais para a apuração correta do ponto funcionário Cadastrando um Funcionário Após informar os dados cadastrais do funcionário é necessário definir os dados referentes à apuração do ponto. Esses dados irão influenciar nas rotinas de cálculo do sistema, portanto, devem ser configurados com atenção para evitar problemas futuros. Vinculando a Escala Todo funcionário terá que ser vinculado a uma escala de trabalho. O funcionário pode ser vinculado a uma escala de trabalho já cadastrada ou uma nova escala, pode ser vinculada ao funcionário no momento do cadastro do mesmo. 19

20 Busca Automática de Horário Utilize essa opção para os casos em que os funcionários podem mudar o turno de trabalho sem comunicar o departamento de pessoal. Podem ser utilizados até três horários alternativos para que o W.PE faça a busca automaticamente. Desta forma, evita-se que o sistema gere ocorrências de faltas ou extras quando realizadas as trocas de turno. Obs.: Caso o funcionário trabalhe somente em um turno este campo não deve ser preenchido Assinalar 20

21 Gerar Movimento Folha: Caso o movimento deste funcionário deva ser exportado para a folha de pagamento (Quando configurado Integração com a Folha de Pagamento), assinale esta opção. Compensação horas: Assinale esta opção caso o funcionário deva realizar a compensação de horas faltas por horas extras. Refeição livre: Assinale esta opção caso o funcionário possa marcar mais de uma refeição por dia. Exemplo de uso: Funcionários que estão levando clientes para almoçar na empresa. Exportação para Folha de Pagamento: O sistema irá gerar a movimentação apenas dos funcionários que estiverem com o campo Gerar Movimento Folha marcado. Nos casos em que os códigos da empresa e/ou da matrícula forem diferentes dos cadastrados no sistema de folha de pagamento, podem ser definidos os valores referentes nos campos Empresa Folha e Matrícula Folha Dados Complementares As informações da aba Dados Complementares não influenciam em apurações e cálculos no W.PE. São apenas para fins de consulta e emissão na relação de funcionários. Clicando no botão Outlook Express. o W.PE abrirá automaticamente uma nova mensagem de no 21

22 Observações Através da aba Observações o usuário poderá gerenciar o registro de observações dos funcionários diariamente, podendo inclusive registrar mais de uma observação por dia para o funcionário (desde que com Motivos diferentes). Dica: Também é possível listar um relatório das observações, acessando o menu RELATÓRIOS\OBSERVAÇÕES ou diretamente na inclusão das observações no botão IMPRIMIR Inserindo uma Foto Clique no botão Procurar e localize a foto do funcionário. Após localizá-la, dê um duplo clique sobre a mesma. Obs.: Aconselhamos o uso de imagens no formato GIF ou JPG, pois estes possuem um tamanho reduzido em comparação a alguns formatos como o BMP. 22

23 1.12 Cadastrando um funcionário para trabalhar com regime de compensação de horas No cadastro do funcionário, na aba APURAÇÃO PONTO, assinale a opção Compensação Horas e clique no botão Gravar, conforme a tela a seguir. Na seqüência acesse a rotina PARÂMETROS\SITUAÇÕES e configure as situações de falta informando que será realizada a compensação. Existe a opção por dois tipos: Compensação Dia e Compensação Mês. Caso opte pela Compensação Mês, a compensação das horas extras e faltas será realizada apenas na emissão do relatório Cartão Ponto e Totais Cartão Ponto. 23

24 Não Compensa: Para as situações de faltas que não realizarão compensação. Dia: Para efetuar a compensação no dia em que são realizadas as horas. Ex.:O horário do funcionário é das 8:00 às 18:00. Supondo que o funcionário marcou a entrada às 10:00 e a saída às 20:00, caso a situação de Horas Atraso esteja configurada para efetuar a compensação no dia, às 2 horas de atraso compensarão às 2 horas extras no dia. Mês: Para efetuar a compensações entre total de faltas e de extras período, no momento da emissão do cartão ponto. 24

25 1.13 Importação do Cadastro de Funcionários (UTILITÁRIOS \ IMPORTAÇÃO FUNCIONÁRIOS) As informações do cadastro de funcionários poderão ser importadas de qualquer sistema de folha de pagamento ou outro sistema de PONTO que disponibilize essas informações em arquivo texto. Para efetuar a importação com sucesso é necessário que o lay-out de importação do W.PE esteja alinhado adequado ao arquivo texto que será importado. A definição do lay-out é composta por letras que indicam a posição e o tamanho do campo no arquivo a ser importado. Os registros deverão possuir tamanho fixo. Os campos do tipo numérico deverão ser alinhados à direita e preenchidos com zeros à esquerda. Já os campos alfanuméricos deverão ser alinhados à esquerda e preenchidos com brancos à direita. Abaixo segue a relação dos campos disponíveis para a composição do lay-out: Campos Obrigatórios Caracter Descrição Tamanho F Código do funcionário 015 Numérico D Código do departamento 003 Numérico A Data de admissão 008 Numéricos (DDMMAAAA) P Número da CTPS 009 Numérico p Série da CTPS 005 Numérico X Estado da CTPS 002 Alfanumérico B Código do CBO 005 Numérico q Descrição do CBO 020 Alfanumérico I Numero do PIS 012 Numérico Campos Opcionais Caracter Descrição Tamanho C Código da empresa na folha de 003 Numérico pagamento D Descrição do departamento 020 Alfanumérico S Código do setor 003 Numérico s Descrição do setor 020 Alfanumérico E Código da seção 003 Numérico c Descrição da seção 020 Alfanumérico N Nome do funcionário 030 Alfanumérico F Situação do funcionário 001 Numérico T Tipo de salário 001 Numérico (1=Mês e 5=Horta) e Código da escala de horários 005 Numérico b Seqüência CBO 002 Numérico G Gerar movimentação para a folha de 001 Alfanumérico (S=Sim, pagamento N=Não) u Utiliza banco de horas 001 Alfanumérico (S=Sim, N=Não) 25

26 L Código da empresa/estabelecimento 003 Numérico para exportação para folha de pagamento i Código do sindicato 003 Numérico Depois de ajustar o lay-out conforme o arquivo texto, basta acessar o menu UTILITÁRIOS\IMPORTAÇÃO FUNCIONÁRIOS e realizar a importação do arquivo. Obs.: Caso o WPE seja integrado ao sistema W.GEP (solução de Gestão de Recursos Humanos da BMA Sistemas), o cadastro de funcionários deverá ser efetuado pelo WGEP, que automaticamente efetuará o cadastro do funcionário no W.PE Cadastro de Crachás (PARÂMETROS EMPRESA \ CRACHÁS) Esta rotina deve ser utilizada quando o código da matrícula do funcionário é diferente do código do seu crachá. Os crachás provisórios também deverão ser cadastrados nesta rotina. O campo Data Final deve ser preenchido apenas se o crachá for provisório. Caso contrário, a data final deve ser deixada zerada, caracterizando um crachá definitivo. 2 TRABALHANDO COM O W.PE O W.PE possui um ciclo básico de trabalho mensal. Este ciclo pode ser representado pelo fluxograma abaixo: Início Período Coleta das Marcações Conferência do Movimento Término Período Exportação Folha de Pagamento Opcional Emissão do Cartão Ponto Coleta das Marcações: É a importação das informações contidas no arquivo de marcações gerado pelo REP (Coletor\Relógio). Conferência do Movimento: É a principal tela do sistema. Através dela podem ser efetuadas todas as consultas e manutenções nos funcionários. É possível realizar lançamentos de horas extras, horas faltas, afastamentos, troca de horário, troca de escala, abonos e consulta/emissão do cartão ponto. 26

27 Emissão do Cartão Ponto: Depois de realizada toda a conferência da movimentação de ponto dos funcionários, pode ser emitido o cartão ponto. Exportação Folha de Pagamento: O W.PE possui o recurso para exportar a movimentação dos funcionários para qualquer sistema de folha de pagamento, visto que possui um lay-out de exportação configurável, e que permite ainda a aplicação de Script s. É possível também digitar eventos de descontos como: Vale Transporte, Plano de Saúde, Adiantamento... Evitando o uso de planilhas para envio à contabilidade. A exportação do movimento encerra o ciclo de trabalho no período. Convém lembrar que a exportação do movimento é opcional. 2.1 Coleta das Marcações (Off-line): A coleta das marcações é a importação dos registros de ponto do relógio. Existem duas opções para realizar a coleta off-line: Coleta das Marcações (MOVIMENTO\COLETA DAS MARCAÇÕES) ou Coleta Automática das Marcações (PARÂMETROS GERAIS\COLETA AUTOMÁTICA) Coleta das Marcações (MOVIMENTO \ COLETA DAS MARCAÇÕES) Esta rotina fará a leitura das informações contidas no arquivo de marcações do coletor utilizando o lay-out definido no cadastro de coletores (Caso seja REP, lay-out será padrão). Antes de realizar a coleta é necessário informar o código do coletor que será utilizado, já que podem existir diferentes coletores dentro da empresa. Após selecionar o coletor, basta informar o período inicial e final para coleta, podendo ainda fazer um filtro por faixa horária do dia. É importante lembrar que o período informado deve estar dentro do período de apuração do ponto. Após a coleta das marcações o W.PE fará automaticamente a apuração do movimento, restando ao usuário apenas conferir o ponto dos funcionários. 27

28 Obs.: Caso a empresa utilize o Coletor Virtual BMA não será necessário selecionar o arquivo para coleta das marcações. Dica: Se informado 99 no campo COLETOR, o sistema irá coletar as informações de todos os coletores cadastrados, assim como no campo ESTAB. informando Coleta Automática das Marcações (PARÂMETROS GERAIS \ COLETA AUTOMÁTICA) Esta rotina tem como objetivo evitar que o usuário tenha que realizar a coleta manual do movimento de ponto do relógio. Se este recurso for ativado, ao ligar o computador será iniciado automaticamente o programa de monitoramento das coletas, que é responsável por efetuar a coleta das marcações. Esse aplicativo trará na tela a informação da última coleta e a hora da próxima coleta que será realizada. Após verificar estas informações, minimize o aplicativo. Caso o aplicativo seja fechado ao invés de minimizado, as coletas automáticas não serão realizadas. No tópico seguinte está descrito como configurar a Coleta Automática das Marcações. Obs.: Antes de configurar a coleta automática é necessário fazer o cadastro do coletor\rep na rotina PARÂMETROS GERAIS\COLETORES\COLETORES Como configurar a Coleta Automática das Marcações Primeiramente marque a opção Habilitar Coleta Automática e informe o horário de verificação das marcações na opção Horário da Coleta. Observe que no exemplo abaixo a hora da verificação foi configurada para 10h00min. Depois de informado o horário clique no botão Incluir para selecionar as empresas em que será realizada a coleta automática. Será exibida uma nova tela. Selecione a empresa e o coletor e clique no botão Incluir. No exemplo abaixo, selecionamos a Empresa 1 e o Coletor 1. 28

29 Na tela inicial aparecerão às configurações definidas como mostra a figura abaixo. 2.2 Conferência do Movimento (MOVIMENTO \ CONFERÊNCIA DO MOVIMENTO) Através desta rotina pode ser realizada a conferência da maioria das informações referente ao movimento dos funcionários. Pode ser realizada a Inclusão de marcações, no caso de esquecimento do funcionário, ou também desconsiderar marcações realizadas de forma equivocada; programações de afastamentos (férias, demissões, etc.); trocas de horário; trocas de escala; programação de abonos de extras e faltas, validação de extras não autorizadas, dentre outros recursos. 29

30 Para facilitar na conferência do movimento dos funcionários com ocorrências clique na opção Visualizar Somente Funcionários com Ocorrências. Desta forma, ficarão visíveis apenas os funcionários que possuem ocorrências no período Aba Movimento: Na aba Movimento são exibidos todos os dias do período do funcionário acompanhados das suas marcações. Os dias que possuem ocorrências e ainda não foram conferidos são destacados na cor vermelha. Os demais dias, destacados na cor branca, não possuem nenhuma anormalidade, e, portanto, não necessitam de conferência. Para facilitar ainda mais a conferência, é possível visualizar somente os dias que possuem ocorrência. Para tanto, basta marcar a opção Visualizar Somente Dias com Ocorrências. 30

31 À medida que o movimento do funcionário for conferido, é possível alterar o status do dia para caracterizá-lo como um dia conferido. A maneira mais fácil de fazer isto é selecionar o dia desejado e teclar F2. Com isto o dia conferido será destacado na cor verde, conforme ilustrado na tela abaixo Aba Marcações: Ao dar um duplo clique em uma data da aba Movimento, será carregada a aba Marcações. Nesta aba serão exibidas todas as batidas realizadas pelo funcionário no dia. Caso essas batidas sejam do tipo Pré-assinaladas, ficará o registro da alteração através do campo origem, que indicará a letra P. Também podem ser incluídas novas batidas, no caso de esquecimento por parte do funcionário, ou desconsideradas as batidas, no caso de marcação equivocada. Caso sejam realizadas alterações no movimento da jornada, Deve ser marcada a opção Dia Conferido (F2), ou deve ser feito um recálculo do movimento. Toda marcação possui uma origem. Abaixo segue a lista de Origens existentes: Identificação R I P D Origem Coletado do Relógio (REP) Incluída Pré-assinalada Desconsiderada 31

32 Visualização e Impressão dentro da tela de Conferência do Movimento: Na aba marcações também é possível visualizar o Cartão Ponto do funcionário, conforme ilustra a tela abaixo. Para visualizar o cartão ponto diretamente do esboço do mesmo basta clicar no botão Imprimir, conforme ilustrado na tela abaixo. 32

33 O relatório será gerado com as configurações do modelo da última emissão efetuada através da rotina RELATÓRIOS\CARTÃO PONTO Aba Situações: Esta aba é utilizada para tratamento de exceções. Podem ser realizados lançamentos de situações sem alterar as marcações. Alguns exemplos: lançamento de horas extras, horas faltas, abonos ou ainda a exclusão/alteração de alguma situação existente. Após a digitação das situações e da quantidade de horas, informe 0 (zero) no código da situação e tecle ENTER para habilitar o botão Gravar. Obs.: Caso seja realizado o recálculo do movimento com o campo Eliminar as Situações Digitadas marcado, as alterações que foram realizadas através desta rotina serão eliminadas, sendo assumidas as situações apuradas antes das alterações. 33

34 2.2.4 Aba Afastamentos: Nesta aba serão informados todos os afastamentos dos funcionários cuja ausência na empresa seja maior ou igual há um dia. Alguns exemplos: férias, atestados, viagens, demissões, licença maternidade, licença paternidade, etc. Para realizar a programação de um afastamento deve ser acessado, na aba Movimento, o dia correspondente ao início do afastamento do funcionário. Após, selecione a aba Afastamentos e informe a Data de Retorno ao trabalho e o motivo pelo qual o funcionário ficará afastado. Para informar a Demissão do funcionário deve ser programado um afastamento com a Data de Retorno zerada e utilizado o motivo 9 (Empregado Demitido) Aba Horários: Esta aba é utilizada para realizar as trocas de horário dos funcionários. A troca de horário deve ser realizada quando o funcionário trabalhar por um ou mais dias em um turno diferente do definido em sua escala. Para trocas de turno definitivas, deve ser utilizada a aba Escala, na qual pode ser realizada a troca da escala de trabalho do funcionário Aba Escalas: Esta aba é utilizada para realizar as trocas de escala dos funcionários. Esta rotina deve ser utilizada quando o funcionário for trabalhar por um período maior, ou definitivamente, em um outro turno de trabalho. Para efetuar uma troca de escala definitiva basta deixar a Data de Retorno zerada Aba Abono: Esta aba é utilizada para realizar o abono de horas faltas e de horas extras. Ela deve ser utilizada somente quando for necessário abonar algumas horas de um dia. Para abono de um dia ou mais deve ser utilizada a aba Afastamentos. Ao efetuar um abono, deve ser informada na Data Retorno o dia seguinte ao abono. Dica: É possível listar os abonos do funcionário no rodapé do cartão ponto. Para tanto, basta marcar a opção Abonos Período na tela de emissão do cartão ponto. 2.3 Conferência por Dia (MOVIMENTO \ CONFERÊNCIA POR DIA) Com o advento da Portaria 1.510, a necessidade de conferir o ponto diariamente é ainda maior. Pensando nisso, a BMA Sistemas criou uma rotina com interface projetada exclusivamente pra facilitar a conferência e manutenção diária do movimento de ponto. Abaixo os recursos disponíveis nessa Ferramenta: Consulta de Marcações com diversos filtros (nome, matrícula, somente com ocorrências, com marcações, sem marcações, origem marcação) Inclusão de Marcações Desconsideração de Marcações Registro de Afastamentos Trocas de Horário Registro de Abonos Registros do Status de Conferência Emissão do Cartão Ponto Acesso ao Cadastro de Funcionários, Horários e Escalas 34

35 Para visualizar as opções disponíveis para cada marcação basta clicar com o botão direito do mouse sobre a mesma, conforme demonstrado na figura abaixo. Clicando no botão Abrangência é possível fazer o filtro por Escala, Departamento e Situação, conforme pode ser observado na tela abaixo. Possibilidade de Cadastrar Justificativas diretamente das telas de Inclusão e Desconsideração de marcações, conforme demonstra a tela abaixo. Recurso também disponível na Conferência do Movimento 35

36 Possibilidade de informar a hora inicial e final do abono para que o sistema calcule a quantidade de horas, conforme demonstra a tela abaixo. Recurso também disponível na Conferência do Movimento. 36

37 2.4 Programação Coletiva (MOVIMENTO \ PROGRAMAÇÃO COLETIVA) Por meio da programação coletiva podem ser utilizados os mesmos recursos existentes na conferência do movimento (Afastamento, Troca de Horário, Troca de Escala e Abono) para mais de um funcionário. Exemplos de uso: férias coletivas, trocas de turno, abono de faltas no caso de falha do relógio ou queda de energia. Após informar as datas e demais campos surgirá na tela a opção Abrangência. Nesta tela poderão ser efetuados os filtros ou simplesmente ignorados os campos, aplicando a ação em todos os funcionários. 2.5 Recálculo do Movimento (MOVIMENTO \ RECÁLCULO DO MOVIMENTO) Esta rotina é utilizada para recalcular o movimento dos funcionários com base na posição atual das marcações, afastamentos, troca de horários e outras intervenções que foram efetuadas após a coleta das marcações. Obs.: Caso seja realizado o recálculo do movimento com o campo Eliminar as Situações Digitadas marcado, todas as situações alteradas ou digitadas através do Acerto de Movimento (aba Situações) serão eliminadas. 3. Banco de Horas: Este recurso deve ser utilizado caso os funcionários trabalhem em regime de banco de horas. O W.PE permite o gerenciamento completo do banco de horas, possibilitando inclusive a emissão do extrato do banco de horas juntamente com o cartão ponto do funcionário Configurando o Banco de horas (BANCO DE HORAS \ PROGRAMAÇÃO) Para definir que o funcionário irá trabalhar com o regime de banco de horas é necessário efetuar a programação do período de banco de horas do mesmo. Esta programação pode ser realizada individualmente ou coletivamente. Caso o funcionário possua um saldo anterior de horas deve ser utilizada a opção Individual de programação. 37

38 Informe o Período Inicial do banco de horas. O Período Final será sugerido automaticamente pelo sistema, totalizando o período de um ano. O período final pode ser alterado caso a empresa utilize um tempo menor para fechamento do banco de horas Configurando as Situações para trabalhar com Banco de Horas: As situações do tipo Falta deverão ser configuradas para Debitar no campo Banco de Horas. Já as situações do tipo Extras deverão ser configuradas para Creditar no campo Banco de Horas. Nas demais situações este campo deve estar preenchido como Não Utiliza. 38

39 4. Integração Folha de Pagamento (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO) Através desta rotina será gerado o arquivo para integração com o sistema de folha de pagamento. Nele farão parte todas as Situações e Eventos configurados para integrar na Folha de Pagamento como Horas Extras, Atestado, Faltas, Adicional Noturno, etc. Obs: O lay-out do Arquivo de integração é configurável para qualquer sistema de Folha de Pagamento que comporte este tipo de importação. 4.1 Eventos (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO \ EVENTOS) Nesta rotina serão cadastrados todos os códigos de eventos que serão gerados para folha de pagamento como: horas extras, faltas, adicional noturno, horas repouso etc. Deverá ser consultado o código de Evento utilizado no sistema da folha de pagamento, em seguida, vincular o código da Situação relacionada ao Evento. 39

40 No exemplo acima, está sendo configurado o Evento 8 Hora Extra 50% (da Folha de Pagamento). Nele está sendo vinculada a situação 8 Horas Extras 50% (do sistema W.PE). Desta forma, a quantidade de horas da situação 8 hora extra 50% será gerada no arquivo de integração como evento 8 hora extra 50%. 4.2 DSR a Descontar (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO \ DSR A DESCONTAR) Para desconto do DSR deverão ser definidas as situações que geram a perda do DSR. A mesma poderá ocorrer no dia ou na semana podendo ainda ser definido se pelo número de ocorrências ou quantidade de horas. 40

41 Período: O Período poderá ser Diário ou Semanal. Este item indica o período em que esta situação deve ocorrer para ocasionar a perda do DSR. Essa informação está relacionada com as informações Limite e Quantidade. Limite: O limite poderá ser em Horas ou Ocorrências. Ele Indica se o desconto deve ocorrer conforme o total de horas apuradas na situação ou pelo número de vezes que a mesma se repetir no período. Quantidade: O Desconto será efetuado somente quando a quantidade da situação no movimento ultrapassar a quantidade informada neste campo. No exemplo da tela acima o desconto do DSR só vai ocorrer se a quantidade de horas falta no dia (na Conferência Movimento) for maior do que 7h19min. 4.3 Configurações (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO \ CONFIGURAÇÕES) Nesta tela serão efetuadas algumas configurações das informações que farão parte do arquivo de integração com a folha de pagamento Aba Geral Horas Centesimais: Sim ou Não. Indica se as horas geradas deverão ser Centesimais ou Sexagenais. Separa DSR Horas Mês: Sim ou Não. Indica se as horas DSR deverão ser separadas das horas Normais para os funcionários mensalistas. 41

42 DSR Última Semana: Mês ou Próximo Mês. Indica se, quando houver perda do DSR na última semana do período do ponto, o mesmo deverá ser descontado no mesmo mês ou somente no mês seguinte. Gerar Movimento Admitidos no Mês: Sim ou Não.. Indica se os funcionários admitidos no período deverão fazer parte do arquivo de importação para a folha de pagamento. Gerar Movimento Demitidos no Mês: Sim ou Não. Indica se os funcionários demitidos no período deverão fazer parte do arquivo de importação pra folha de pagamento. Integrar Saldo Banco de Horas: Não Integrar: Não será exportado o saldo de banco de horas. Vencidos: Será exportado o saldo de horas dos funcionários que estiverem com banco de horas vencendo no período de geração do movimento para folha de pagamento. Todos: Será exportado o saldo de horas de todos os funcionários que estiverem programados em com saldo de banco de horas. Tipo Integração Banco de Horas: Total: O saldo de banco de horas do funcionário será exportado somente em um evento. Caso o saldo seja positivo, o W.PE irá utilizar o evento definido no campo "Evento Saldo Banco de Horas a Pagar", e caso seja negativo, o evento definido no campo "Evento Saldo Banco de Horas a Descontar" (Os dois campos se localizam na aba EVENTOS ). Por Percentual: Caso o saldo do banco de horas seja positivo, a exportação do saldo será realizada nos eventos correspondentes aos saldos de horas por percentual. Observe o exemplo abaixo. Caso o saldo do banco de horas seja negativo, a exportação será realizada no evento definido no campo "Evento Saldo Banco de Horas a Descontar". Exemplo: Saldo total do banco de horas: +100 horas Saldo de horas por percentual: +7 5 horas (percentual de 50%) +25 horas (percentual de 100%) Neste caso será realizada a exportação de dois eventos, um equivalente as horas com percentual de 50% e outro as horas com percentual de 100%, respeitando a vinculação efetuada na rotina Eventos. 42

43 4.3.2 Aba Eventos Evento DSR Mês Anterior: Deverá ser informado o código do evento referente ao desconto do DSR da última semana do período anterior. Nos casos onde a empresa optar por descontar o DSR no próprio período, deverá ser informado zero neste campo. Evento Saldo Banco de Horas a Descontar: Neste item será Informado o código do evento referente ao desconto do Banco de Horas. Nos casos onde o saldo do Banco de Horas for negativo, o mesmo será exportado no evento informado nesse campo. Evento Saldo Banco de Horas a Pagar: Informar o código do evento referente ao pagamento do Banco de Horas. Nos os casos onde o saldo do Banco de Horas for positivo, o mesmo será exportado no evento informado nesse campo. Obs: Os eventos referentes a Banco de Horas somente serão solicitados quando o campo Integrar Banco de Horas estiver assinalado como Vencidos ou Todos. 43

44 4.3.3 Aba Lay-Out Nesta rotina será definido o formato do arquivo de exportação para a folha de pagamento. Identificador Campo Fixo: Informe qual o caracter que identifica os campos fixos do layout. Entende-se por campos fixos aqueles que não estão disponíveis no W.PE mas fazem parte do lay-out do arquivo de exportação. Registro Mestre: O que for informado neste campo será gerado na primeira linha do arquivo de integração com a folha de pagamento. Entende-se por registro mestre aquele que é gerado como primeiro registro no arquivo de exportação. Caso não exista, deixe em branco esse campo. Registro Detalhe: Este campo define quais informações deverão ser geradas no arquivo de integração com a folha de pagamento, de acordo com os campos disponíveis no lay-out, conforme tela abaixo do Help-online. 44

45 Arquivo Geração Folha: Indica o nome e o local onde o arquivo gerado será salvo. Arquivo Script: Caso tenha sido criado um Script específico para geração do movimento para folha ele deverá ser informado neste campo. 4.4 Digitação Movimento por funcionário (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO \ DIGITAÇÃO POR FUNCIONÁRIO) Esta tela facilita a digitação dos eventos por funcionário. Nesta rotina será efetuada a digitação dos Eventos que também farão parte do arquivo de integração da folha de pagamento além dos eventos gerados a partir do W.PE, como por exemplo, desconto de vale transporte, vale refeição, farmácia, etc. Esta rotina também permite efetuar acertos diretamente no evento fazendo com que seja assumido o digitado e não o calculado pelo W.PE. Obs:Para alteração ou exclusão de um determinado movimento, o mesmo deverá ser selecionado através do mouse. 45

46 4.5 Digitação Movimento por Evento (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO \ DIGITAÇÃO POR EVENTO) Esta rotina utiliza à mesma função mencionada no item anterior, porém, a digitação será efetuada definindo como primeiro plano o Evento e não o Funcionário. Obs:Para alteração ou exclusão de um determinado movimento, o mesmo deverá ser selecionado através do mouse. 46

47 4.6 Geração do Movimento (MOVIMENTO \ INTEGRAÇÃO FOLHA PAGAMENTO\ GERAÇÃO DO MOVIMENTO) Através desta rotina será gerado o movimento das horas apuradas para a folha de pagamento. Horas Normais pelo Movimento: Se este campo estiver assinalado, as Horas Normais e Horas DSR serão geradas conforme o movimento do período. Caso contrário, as horas serão projetadas conforme a escala horária. Período: Informe o período inicial e final para geração do movimento. Este período não poderá ser maior que o período definido em MOVIMENTO\PERÍODO APURAÇÃO. Obs: O arquivo será gerado e gravado no local e com o nome informado na rotina de MOVIMENTO\ INTEGRAÇÃO FOLHA DE PAGAMENTO\ CONFIGURAÇÕES, na aba LAY-OUT, no campo ARQUIVO GERAÇÃO FOLHA. Após a geração do movimento irá aparecer na tela um relatório com todos os dados gerados no arquivo texto. 5. Relatórios: O W.PE oferece grande quantidade de relatórios permitindo obter qualquer tipo de informação referente aos funcionários e suas movimentações. Todo relatório será visualizado primeiramente em tela antes de ser impresso. O W.PE também permite a exportação dos relatórios para o pacote Office (Word, Excel, PowerPoint, etc), PDF e também para o Outlook. Obs.: Na emissão da maioria dos relatórios pode ser feita a filtragem das informações por Lote, Departamento, Setor, Seção, Matrícula, Escala Horária e Sindicato. Esse filtro é acessado através do botão Abrangência. Também existem algumas opções de classificação como ordem alfabética e matrícula. 47

48 5.1 Exportação de Relatório para outros aplicativos Para realizar a exportação de um relatório para os formatos citados no item anterior deverão ser efetuados os seguintes procedimentos: Após visualizar o relatório na tela clique no botão Export, que se encontra na barra de botões localizada na parte superior da tela. Escolha o formato desejado para realizar a exportação e clique no botão OK. Na próxima janela clique no botão OK novamente. 5.2 Cartão Ponto (RELATÓRIOS \ CARTÃO PONTO) Depois de finalizada a conferência do movimento dos funcionários deverá ser realizada a emissão do Cartão Ponto. Existem cinco modelos de cartão Ponto disponíveis para emissão: Total por Dia, Simplificado, Banco de horas, Totais por Dia com Banco de Horas e Portaria O modelo Total por Dia, permite que sejam criados Totais de Situações para serem listadas por dia, e exibidos em colunas no lado direito da página. Para configurar as colunas basta clicar no botão Configuração localizado na tela de emissão do cartão ponto. No modelo Banco de horas, as informações da movimentação de ponto do funcionário serão exibidas de forma resumida, no lado esquerdo da página, e no lado direito será exibido o extrato do banco de horas. No Modelo Simplificado são exibidas informações do ponto de forma resumida. No modelo Totais por Dia com Banco de Horas, além dos totais listados nos dias, na parte inferior direito do relatório listará o saldo do Bando de Horas. Por fim, o modelo cartão Ponto Portaria 1.510, possui todas as características exigidas na portaria Assinalamentos de impressão Cartão ponto Existem as seguintes opções de personalização dispostas na tela de emissão do cartão ponto: Origem das Marcações: Marque esta opção caso queira listar a origem de cada marcação. 48

49 Código da Situação: Assinale este campo se desejar imprimir o código da situação no resumo total das situações do Cartão Ponto Abonos Período: Marque esta opção para listar os abonos realizados no período. Código da Situação: Assinale esta opção para listar o código das situações nos totais. Trocas de Horário do Período: Marque esta opção para listar as trocas de horário realizadas no período. 5.3 Ocorrências (RELATÓRIOS \ OCORRÊNCIAS) Neste relatório serão listados todos os dias que possuem ocorrências dentro do período informado na emissão. As ocorrências podem ser filtradas pelo tipo (Extras, Faltas), ou podem ser emitidos ambos os tipos. Também existem duas opções de lay-out, uma visando a melhor formatação, e outra a redução de páginas de impressão (Horizontal\Vertical). 5.4 Situações Movimentadas (RELATÓRIOS \ SITUAÇÕES MOVIMENTADAS) Esse relatório tem como finalidade a geração da quantidade de horas de determinada situação dentro de um determinado período que for escolhido na tela. Poderão ser selecionadas até 7 situações diferentes. 49

50 Além de ser um relatório praticamente todo configurável, temos a opção de listar gráficos de totais por Escala (Barras) e por Situações (Pizza). 5.5 Absenteísmo (RELATÓRIOS \ ABSENTEÍSMO) Relatório utilizado para verificar o percentual de Absenteísmo por funcionário dentro de um determinado período. 50

51 Cálculo Absenteísmo: O cálculo do absenteísmo é flexível, pois o usuário escolhe quais situações fazem parte do cálculo, aba AVANÇADO na tela de emissão do relatório. A fórmula do Absenteísmo é : Absenteísmo = ((Horas Faltas / Horas Trabalhadas) * 100) Dica: Aba AVANÇADO na tela antes da emissão do relatório, o usuário pode escolher qual situação que irá fazer parte do grupo Horas Trabalhadas e Horas Faltas. 6. Refeitório: O módulo pode ser implantado em empresas que possuem refeitório para facilitar o controle sobre as refeições efetuadas pelos funcionários. Neste tópico iremos explicar como implantar o módulo. 6.1 Implantando o Refeitório Primeiramente devemos cadastrar uma função do relógio para Refeição no seguinte caminho: PARÂMETROS GERAIS\COLETORES\FUNÇÕES COLETORES. No exemplo foi criada a função 1 Reserva de Refeição com o campo Tipo Função selecionada como Refeição. Pode também ser cadastrado o Tipo Função como Reservas + Refeição dessa forma a batida também aparecerá na Conferência de Movimento. 51

52 Existe uma função que é utilizada somente para Cancelamento da Refeição (Cancela Refeição). No exemplo abaixo cadastramos o Cancelamento no código 10 como mostra a figura abaixo. 6.2 Lay-out do Coletor No lay-out do coletor (PARÂMETROS GERAIS\COLETORES\COLETORES) que irá importar as informações do relógio é necessário preencher o lay-out com Função Coletor (FF) conforme mostra o exemplo abaixo. 52

53 6.3 Tipo de Refeição Para efetuar a configuração dos tipos de refeição iremos acessar a seguinte rotina REFEITÓRIO\TIPOS REFEIÇÃO e preencher os campos dessa rotina, conforme mostra a figura abaixo. Obs.: No nosso exemplo utilizamos as funções 1 e 10 (Reserva e Cancela refeição) que haviam sido cadastradas anteriormente na rotina PARÂMETROS GERAIS\ COLETORES\ COLETORES. O campo Evento Folha é preenchido quando é necessário enviar os valores diretamente para um evento da folha de pagamento, e o campo Refeições Subsidiadas quando a empresa subsidiar uma quantidade de refeições. Depois de preenchidos os campos basta clicar no botão Gravar Registro. 53

54 6.3.1 Valores Após salvar o Tipo de Refeição, deve-se entrar novamente na rotina para preencher a aba Valores. No exemplo abaixo, o valor da refeição é de R$ 5,00, desse valor R$ 2,50 são subsidiados pela empresa. 6.4 Acerto de Refeições: Essa rotina é utilizada para fazer o acerto de refeições, digitar refeições ou excluir refeições feitas em uma data do período. Exemplo: Incluímos uma refeição para o funcionário 1, no dia 01/11/2010 as 12h00min. 54

55 6.5 Relatórios do módulo Refeitório Ao coletar as marcações, as que foram efetuadas utilizando a função refeição serão armazenadas no módulo de refeitório e poderão ser visualizadas através dos relatórios do módulo de refeitório. Existem vários relatórios, neste manual demonstraremos o Relatório de Resumo por Funcionário e Resumo Descontos Resumo por Funcionário Esse relatório procura demonstrar a quantidade e o valor das refeições por funcionário Resumo Descontos Esse relatório procura demonstrar o total de descontos que o funcionário recebe por refeição. 55

56 7. Backup: Esta rotina permite ao usuário realizar uma cópia de segurança das informações do W.PE. Obs.: A cópia de segurança das informações é de total responsabilidade do cliente. 7.1 Realizando o Backup (UTILITÁRIOS \ BACKUP \ CÓPIA \ RETORNO BACKUP) Para realizar um Backup basta informar o nome do arquivo que será criado e o local no qual será gravado, conforme ilustra a tela abaixo: 56

57 O arquivo pode ser gerado com outro nome, como por exemplo, a data que está sendo efetuado o backup. Ex.: COPIABMA SQL. O nome do arquivo deverá ter sempre a extensão.sql. O destino no qual será gravado o arquivo também pode ser alterado. Selecionando a opção Compactar o Arquivo o backup gerado será compactado(zipado). No exemplo acima o nome do arquivo de backup final seria COPIABMA.ZIP. Após clicar no botão OK surgirá a seguinte tela: IMPORTANTE: Não efetue nenhuma operação até que apareça a mensagem BACKUP REALIZADO COM SUCESSO, conforme mostra a tela abaixo. 7.2 Retorno de Backup (UTILITÁRIOS \ BACKUP \ CÓPIA \ RETORNO BACKUP) Caso seja necessário fazer o retorno da cópia de segurança, deverá ser utilizada esta rotina. Por questões de segurança a senha de retorno de backup será disponibilizada somente através do suporte técnico da BMA Sistemas, ou do fornecedor do W.PE Ponto Eletrônico. 57

58 7.3 Histórico do Backup (UTILITÁRIOS\ BACKUP\ CÓPIA/RETORNO BACKUP) Clicando na aba Histórico pode ser visualizado um LOG de todos os backup s realizados no W.PE. 7.4 Configuração do Backup Automático (UTILITÁRIOS \ BACKUP \ CONFIGURAÇÃO BACKUP AUTOMATICO) Através desta rotina é feita a configuração para o W.PE realizar as cópias de segurança automaticamente. A configuração deste recurso é muito simples, bastando apenas informar o local no qual será realizada a cópia e o intervalo de dias que o W.PE deverá considerar para realizar o backup. 58

59 Efetuada esta configuração, ao sair do W.PE surgirá a tela abaixo. Nesta tela será exibida a Data e o nome do Usuário que estava logado quando o W.PE realizou o último Backup. Clicando no botão SIM o sistema iniciará a realização do backup. 8 Arquivos Fiscais (UTILITÁRIOS \ GERAÇÃO ARQUIVOS FISCAIS) 8.1 Arquivo Fonte de Dados Tratados (AFDT): Nesta Rotina será gerado o Arquivo de Fonte de Dados Tratados, conforme previsto na Portaria do MTE. 8.2 Arquivo de Controle de Jornada para Efeitos Fiscais (ACJEF): Nesta rotina será gerado o Arquivo de Controle de Jornadas para Efeitos Fiscais, conforme previsto na Portaria do MTE. 59

Este manual foi desenvolvido usando a versão 3.4.81 do Ponto Secullum 3 e a versão 1.0.51 do Ponto Secullum 4.

Este manual foi desenvolvido usando a versão 3.4.81 do Ponto Secullum 3 e a versão 1.0.51 do Ponto Secullum 4. Migrando do Ponto Secullum 3 para o Ponto Secullum 4 A Secullum Sistemas de Ponto e Acesso vem através desse manual esclarecer as duvidas em relação a migração do sistema de Ponto Secullum 3 para o Ponto

Leia mais

Manual de Referência do Usuário. Programa de Tratamento de Registro de Ponto (PTRP) - JPonto5. Copyright 2012 Tecno Soluções em Informática LTDA

Manual de Referência do Usuário. Programa de Tratamento de Registro de Ponto (PTRP) - JPonto5. Copyright 2012 Tecno Soluções em Informática LTDA Programa de Tratamento de Registro de Ponto (PTRP) - JPonto5 Copyright 2012 Tecno Soluções em Informática LTDA Todos os Direitos Reservados Índice Cadastro de usuários... 8 Elementos da tela.... 8 Cadastrando

Leia mais

SISPONTO RH Versão 1.1

SISPONTO RH Versão 1.1 SISPONTO RH Versão 1.1 www.sisponto.com.br 1 Entrada no Programa Tela Principal Barra de Tarefas CADASTRO AÇÕES PORTARIA CONFIGURAÇÕES RELATÓRIOS UTILITÁRIOS AJUDA Barra de Atalhos Rodapé Barra de Tarefas

Leia mais

SISPONTO RH Versão 1.2

SISPONTO RH Versão 1.2 SISPONTO RH Versão 1.2 www.sisponto.com.br 1 Entrada no Programa Tela Principal Barra de Tarefas CADASTRO AÇÕES PORTARIA CONFIGURAÇÕES RELATÓRIOS UTILITÁRIOS AJUDA Barra de Atalhos Rodapé Barra de Tarefas

Leia mais

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E.

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. Tela de Acesso insira sua Senha Menu Rápido Aba de Cadastro Menu Estender

Leia mais

Tecsmart Ponto. Documento de Uso Interno - Não Reproduzir Tecsmart Sistemas Ltda. 2014 - Todos os Direitos Reservados 1

Tecsmart Ponto. Documento de Uso Interno - Não Reproduzir Tecsmart Sistemas Ltda. 2014 - Todos os Direitos Reservados 1 Tecsmart Ponto Tecsmart Sistemas Ltda. 2014 - Todos os Direitos Reservados 1 Conteúdo Sistema Ponto... 5 Apresentação e Ambientação do Sistema... 6 Menu Principal... 6 Cadastros... 7 Estados... 7 Cidades...

Leia mais

Manual Ponto System CB7 WWW.PONTOSYSTEM.COM.BR. Telefones: (041) 3333-4740

Manual Ponto System CB7 WWW.PONTOSYSTEM.COM.BR. Telefones: (041) 3333-4740 Manual Ponto System CB7 WWW.PONTOSYSTEM.COM.BR Telefones: (041) 3333-4740 1 ÍNDICE Instalação do Sistema... 3 Atualização do Sistema... 4 Acesso ao Sistema... 5 Janela principal... 6 Cadastros Cadastro

Leia mais

ÍNDICE. Futura Ponto (REP)...03. Configurações Iniciais...04. Cadastrar Horário...05. Configurar Hora Extra...07. Cadastrar Departamento...

ÍNDICE. Futura Ponto (REP)...03. Configurações Iniciais...04. Cadastrar Horário...05. Configurar Hora Extra...07. Cadastrar Departamento... Futura Ponto (REP) ÍNDICE Futura Ponto (REP)...03 Configurações Iniciais...04 Cadastrar Horário...05 Configurar Hora Extra...07 Cadastrar Departamento...10 Cadastrar Função...11 Cadastrar Funcionário...12

Leia mais

1998-2012 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2012 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

MANUAL PAPELETA MOTORISTA Criado em: 15/02/2013 Atualizado em: 12/11/2014

MANUAL PAPELETA MOTORISTA Criado em: 15/02/2013 Atualizado em: 12/11/2014 O objetivo deste manual é explicar passo a passo o controle da papeleta do motorista realizado no SAT. De acordo com a LEI Nº 12.619, DE 30 DE ABRIL DE 2012, que pode ser acessada em: http://www.planalto.gov.br

Leia mais

Manual Resumido do Sistema Ponto Secullum 4

Manual Resumido do Sistema Ponto Secullum 4 Manual Resumido do Sistema Ponto Secullum 4 Cadastrando no Ponto Secullum 4 > Funcionários Cadastro de Funcionários Cadastro de funcionários no sistema. Nesta tela são listados todos os funcionários cadastrados

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Rua Uicó, 345 São Paulo SP- CEP 03621-020 Telefax (11) 6091-9353 E-Mail: mhfmhf@terra.com.br http//www.pontoeletronico.com.br 1 Índice 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 11.1 11.2.

Leia mais

Sistema Futura Ponto. Aparecida Legori Futura Sistemas 27/05/2014

Sistema Futura Ponto. Aparecida Legori Futura Sistemas 27/05/2014 2014 Sistema Futura Ponto Aparecida Legori Futura Sistemas 27/05/2014 Índice Cadastro 1. Departamentos 2. Função 3. Empresa 4. Eventos 5. Feriados 6. Grade Horária 7. Justificativas 8. Funcionários 9.

Leia mais

Ponto On-Line - Apontamento. Fluxo de Informações

Ponto On-Line - Apontamento. Fluxo de Informações Ponto On-Line - Apontamento O módulo de Apontamento tem como finalidade fazer a gestão de ponto dos funcionários de acordo com a parametrização definida pela empresa, para apresentar os cálculos juntamente

Leia mais

A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL

A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL Futura Ponto (REP) A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL Website: www.futurasistemas.com.br Telefone: (11) 3227-8984/ (11) 3929-8980 ÍNDICE Futura Ponto (REP)...03 Configurações Iniciais...04 Cadastrar Empresa...05

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

TopPonto Rep. Manual de Instruções TopPonto Rep - MP09301-01 Rev 04 01/03/2010 PG - 1 -

TopPonto Rep. Manual de Instruções TopPonto Rep - MP09301-01 Rev 04 01/03/2010 PG - 1 - TopPonto Rep Manual de Instruções TopPonto Rep - MP09301-01 Rev 04 01/03/2010 PG - 1 - Índice 1 APRESENTAÇÃO... 5 2 INSTALAÇÃO DO TOPPONTO REP... 6 3 INICIANDO O TOPPONTO REP...10 4 REGISTRAR...12 4.1

Leia mais

Manual EzPoint. Versão 3.7.1.1

Manual EzPoint. Versão 3.7.1.1 Manual EzPoint Versão 3.7.1.1 1 Sumário 1- Instalação EzPoint...04 2- Registro EzPoint...06 3- Menu Cadastro...07 3.01 Cargos...07 3.02 Departamentos...08 3.03 Empresas...09 3.04 Feriados...10 3.05 Funcionários...11

Leia mais

Em Receber de Arquivo AFD, criada opção para selecionar vários arquivos.

Em Receber de Arquivo AFD, criada opção para selecionar vários arquivos. Página 1 de 14 Versão 1.30.0 08/02/2013 11:00 Criado relatório Funcionários por Funções. Em Receber de Arquivo AFD, criada opção para selecionar vários arquivos. Para equipamentos Henry, criada comunicação

Leia mais

Funcionários. Adicionar Funcionários. Abaixo na tela clicar no botão. *Dados obrigatórios: Matrícula, Nome, PIS e data de admissão

Funcionários. Adicionar Funcionários. Abaixo na tela clicar no botão. *Dados obrigatórios: Matrícula, Nome, PIS e data de admissão Funcionários Adicionar Funcionários Abaixo na tela clicar no botão *Dados obrigatórios: Matrícula, Nome, PIS e data de admissão Funcionários Aplicar escala a um funcionário Selecione o(s) funcionário(s)

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III FOLHA DE PAGAMENTO MÓDULO III - MOVIMENTOS Folha Union> Vale transporte> Geração de movimento de Vale transporte Para que o sistema calcule o valor do vale transporte para o mês de referência é necessário

Leia mais

TopPonto Rep. Manual de Instruções TopPonto Rep - MP09301-01 Rev 18 16/03/2012 PG - 1 -

TopPonto Rep. Manual de Instruções TopPonto Rep - MP09301-01 Rev 18 16/03/2012 PG - 1 - TopPonto Rep Manual de Instruções TopPonto Rep - MP09301-01 Rev 18 16/03/2012 PG - 1 - Índice 1 APRESENTAÇÃO... 5 2 INSTALAÇÃO DO TOPPONTO REP... 7 3 INICIANDO O TOPPONTO REP...11 4 REGISTRAR...12 4.1

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

Manual do Usuário Sistema Gerenciador de Acesso DOKEO. Manual do Usuário. Neokoros TI Biometric Technology.

Manual do Usuário Sistema Gerenciador de Acesso DOKEO. Manual do Usuário. Neokoros TI Biometric Technology. Manual do Usuário Sistema Gerenciador de Acesso DOKEO Manual do Usuário Neokoros TI Biometric Technology. IMPORTANTE Existe a possibilidade de ausência de algumas funcionalidades do sistema comentadas

Leia mais

Sistema de Registro Eletrônico de Frequência - SIREF MANUAL DO USUÁRIO: SERVIDOR E CHEFIA IMEDIATA

Sistema de Registro Eletrônico de Frequência - SIREF MANUAL DO USUÁRIO: SERVIDOR E CHEFIA IMEDIATA Sistema de Registro Eletrônico de Frequência - SIREF Ministério da Saúde Secretaria-Executiva Subsecretaria de Assuntos Administrativos Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas MANUAL DO USUÁRIO: SERVIDOR

Leia mais

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Flex Acesso Manual do Usuário MHF SISTEMAS LTDA mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Índice INTRODUÇÃO... 3 Solicitação de Identificação e Senha para Acesso ao Sistema... 3 ARQUIVOS... 4 PROCEDIMENTOS

Leia mais

PowerPonto - Automação de Ponto Biométrico. O funcionário só precisa colocar o dedo no leitor para marcar o ponto. É exibida a foto do

PowerPonto - Automação de Ponto Biométrico. O funcionário só precisa colocar o dedo no leitor para marcar o ponto. É exibida a foto do PowerPonto - Automação de Ponto Biométrico O funcionário só precisa colocar o dedo no leitor para marcar o ponto. É exibida a foto do funcionário na tela e uma mensagem informando que o ponto foi registrado.

Leia mais

Manual. ID DATA Config Versão 3.3

Manual. ID DATA Config Versão 3.3 Manual ID DATA Config Versão 3.3 Sumário 1. Introdução... 4 2. Pré-Requisitos... 4 2.1. Atualização... 4 3. Instalação do ID DATA Config... 5 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2.

Leia mais

Você está em uma Nova Era! Era em que é possível otimizar o tempo para ganhar produtividade e qualidade.

Você está em uma Nova Era! Era em que é possível otimizar o tempo para ganhar produtividade e qualidade. Você está em uma Nova Era! Era em que é possível otimizar o tempo para ganhar produtividade e qualidade. A Secullum traz sua experiência para atender as necessidades de sua empresa através do software

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS 2.93A 1- Adequada a rotina Módulos\ Férias\ Férias Normais para calcular as férias em dobro quando

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

Ponto Secullum 4 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FUNCIONALIDADES FICHA TÉCNICA. Ficha Técnica

Ponto Secullum 4 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FUNCIONALIDADES FICHA TÉCNICA. Ficha Técnica ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Ponto Secullum 4 Sistema Operacional: compatível com Windows 98 ou superior Banco de Dados: Access, SQL Server ou Oracle; Computador Requerido: Processador com 500Mhz, Memória Ram

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS V PORTAL WEB Revisão: 07 Versão: 7.9.109 JM Soft Informática Março, 2015 SUMÁRIO 1 AVALIAÇÕES... 9 2 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL...

Leia mais

Sistema de Registro Eletrônico de Frequência - SIREF MANUAL DO ADMINISTRADOR DO SISTEMA - SIREF

Sistema de Registro Eletrônico de Frequência - SIREF MANUAL DO ADMINISTRADOR DO SISTEMA - SIREF Sistema de Registro Eletrônico de Frequência - SIREF Ministério da Saúde Secretaria-Executiva Subsecretaria de Assuntos Administrativos Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas MANUAL DO ADMINISTRADOR DO

Leia mais

DIMAS DE MELO PIMENTA Sistemas de Ponto e Acesso Ltda.

DIMAS DE MELO PIMENTA Sistemas de Ponto e Acesso Ltda. Elaborador por: Qualidade de Software Rev. 11.0 Data: 19/12/2011 Índice Apresentação... 3 Requisitos Mínimos... 3 Instalação do Software... 4 Acessando o Programa... 7 Menu Cadastro... 8 Cadastro de Usuários...

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

Ponto Eletrônico. Protheus P11

Ponto Eletrônico. Protheus P11 Todos os direitos autorais reservados pela TOTVS S.A. Proibida a reprodução total ou parcial, bem como a armazenagem em sistema de recuperação e a transmissão, de qualquer modo ou por qualquer outro meio,

Leia mais

RESULTWEB Módulo Ponto Eletrônico Versão 1.01

RESULTWEB Módulo Ponto Eletrônico Versão 1.01 Manual do Usuário RESULTWEB Módulo Ponto Eletrônico Versão 1.01 Manual do Usuário Módulo ResultWeb Ponto Eletrônico Pág.: 2 de 55 As informações contidas neste documento estão sujeitas a alteração sem

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Análise de Dados do Financeiro

Análise de Dados do Financeiro Análise de Dados do Financeiro Introdução Para reunir em um só local as informações de contas a pagar e receber cadastradas e/ou geradas no sistema TTransp existe a interface de análise de dados do financeiro.

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Produto Gestão de Pessoas - Versão 4w

Produto Gestão de Pessoas - Versão 4w Produto Gestão de Pessoas - Versão 4w Módulo Administração de Pessoal (Rubi) Processo: Férias Senior Sistemas S.A Rua São Paulo, 825 - Bairro Victor Konder - CEP 89012.001 - Blumenau/SC Fone: (047) 3221-3300

Leia mais

Manual das Férias Coletivas. Índice

Manual das Férias Coletivas. Índice Manual das Férias Coletivas Índice 1. COMO CALCULAR FÉRIAS COLETIVAS... 2 2. REGRAS BÁSICAS... 3 2.1. CONTAGEM DOS AVOS DE DIREITO... 4 2.2. DEDUÇÃO DE DIAS JÁ CONCEDIDOS... 6 2.3. COMPARAÇÃO DOS DIAS

Leia mais

Manual de Utilização SCI-Ponto

Manual de Utilização SCI-Ponto Manual de Utilização SCI-Ponto Sumário 1. Cadastro de Empregador... 2 2. Cadastro de Locais... 3 3. Cadastro de REPs... 3 4. Cadastro de Horário de Verão... 5 5. Cadastro de Funcionários... 6 6. Exportação

Leia mais

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração... Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...3 2.1.2.Contabilização de Notas Fiscais...4 2.1.3.Agrupamento...4

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Educação Corporativa Ponto Eletrônico Todos os direitos reservados. Planejamento e controle orçamentário

Educação Corporativa Ponto Eletrônico Todos os direitos reservados. Planejamento e controle orçamentário Educação Corporativa Ponto Eletrônico Matriz - Av. Braz Leme, 1.717-02511-000 - São Paulo - SP - Brasil. Tel.: 55 (11) 3981-7001 www.microsiga.com.br Planejamento e controle orçamentário 1 Sumário VISÃO

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Relatórios. Janela Calculadora Ajuda. Sobre o Sistema

Relatórios. Janela Calculadora Ajuda. Sobre o Sistema MANUAL DO SISTEMA Prerrequisitos para instalação do sistema Instalação do sistema Utilizando o sistema / Primeiros Passos Cadastros Empresa Horários Funcionários Escalas Escalas Cíclicas Escala Mensal

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Inventário Manual...2 Relatório de contagem...2 Contagem...3 Digitação...3 Inventário Programado...6 Gerando o lote...7 Inserindo produtos manualmente no lote...8 Consultando

Leia mais

Relógio de Ponto Nova Portaria WebPic Softwares http://suporte.webpic.com.br

Relógio de Ponto Nova Portaria WebPic Softwares http://suporte.webpic.com.br 1 SUMÁRIO Versão 4.0.1 1. FUNCIONALIDADE GERAL...3 1.1 Botões de uso... 3 1.2 Modo Consulta... 3 1.3 Construção de Consultas... 4 2. CADASTRO...5 2.1 Empresa... 5 2.2 Parâmetros da Empresa... 5 2.3 Turno

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão.

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão. Impairment Produto : TOTVS Gestão Contábil 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Razão Data publicação da : 12/11/2014 O relatório razão tem a finalidade de demonstrar a movimentação analítica das

Leia mais

MANUAL PONTO ELETRÔNICO PORTAL RH

MANUAL PONTO ELETRÔNICO PORTAL RH MANUAL PONTO ELETRÔNICO PORTAL RH. 2012 ÍNDICE Tela inicial Portal RH... 3 Alteração de competência/mês... 4 Justificar Atrasos... 5 Lançamento de Atestado Médico... 7 Lançamento de Folgas... 10 Aprovação

Leia mais

Relatórios. Janela Calculadora Ajuda. Sobre o Sistema

Relatórios. Janela Calculadora Ajuda. Sobre o Sistema MANUAL DO SISTEMA Prerrequisitos para instalação do sistema Instalação do sistema Utilizando o sistema / Primeiros Passos Cadastros Empresa Horários Funcionários Escalas Escalas Cíclicas Escala Mensal

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual para Preenchimento de Requerimentos On-line Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilizando o novo Sistema de Requerimento

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Manual Sistema AtecSoftware

Manual Sistema AtecSoftware Manual Sistema AtecSoftware ÍNDICE Sistema Janela principal... 3, 4 Cadastros Cadastro de Horários... 5, 6, 7, 8, 9, 10 Cadastro de Funcionários... 11 Feriados... 12,13 Movimentações Movimentações... 14,

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS. Versão 1.0

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS. Versão 1.0 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS Versão 1.0 SUMÁRIO 1. Descrição do Local de Acesso... 1 2. Módulo Registrar Diárias... 3 3. Módulo Aprovar Diárias... 11 4. Registrar Prestação de Contas...

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

AhgoraPontoWEB Manual de configuração e uso

AhgoraPontoWEB Manual de configuração e uso AhgoraPontoWEB Manual de configuração e uso Sumário Configurando sua empresa... 3 Bem-vindo ao Ahgora PontoWEB... 4 Dashboard Interativo... 5 Administra Empresa... 6 Usuários do PontoWEB... 10 DSR... 11

Leia mais

Em Layouts de Exportação de Cálculos, criadas opções Nome do Funcionário, Departamento e Função.

Em Layouts de Exportação de Cálculos, criadas opções Nome do Funcionário, Departamento e Função. Página 1 de 20 Versão 1.56.0 13/10/2015 15:00 Em Layouts de Exportação de Cálculos, criadas opções Nome do Funcionário, Departamento e Função. Em Ponto Diário, Imprimir, criada opção Salvar em Excel. Criada

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III FOLHA DE PAGAMENTO MÓDULO III - MOVIMENTOS Folha Union> Vale transporte> Cadastro de tarifas Valor - Insira o valor atual e a data de vigência. Cadastre ou altere os tipos de transportes utilizados de

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Veja abaixo como duplicar as informações da empresa modelo para as empresas.

Veja abaixo como duplicar as informações da empresa modelo para as empresas. 1 1. Duplicação das informações da empresa modelo Juntamente com a instalação da empresa modelo encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas a serem

Leia mais

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 1 9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 9.1 Cópia de Segurança (Backup)...2 9.1.a Adicionar ou Remover Empresas da Lista... 2 9.1.b Empresas Cadastradas no Sistema... 2 9.1.c Inserir uma Empresa...

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS ASSUNTO: ESPELHOS DE PONTO, COMPROVANTES E ARQUIVOS 11. O REP poderá emitir um comprovante de marcação de ponto por dia? Não. É obrigatória a emissão de um comprovante a cada batida.

Leia mais

Manual do Ponto Digital 3.5

Manual do Ponto Digital 3.5 Manual do Ponto Digital 3.5 Índice 1 Conhecendo o sistema (Cadastros) 1.1 Cadastro de Carga Horária 1.2 Cadastro de Funcionários 1.2.1 Selecionando Carga Horária para funcionário 1.2.2 Capturando impressão

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

Neste bip. Férias Coletivas. Você Sabia? Edição 53 Janeiro de 2015

Neste bip. Férias Coletivas. Você Sabia? Edição 53 Janeiro de 2015 Neste bip Férias Coletivas... 1 Configurar Tarefas Automáticas... 2 Pedido de Rescisão e Interrupção do Aviso Prévio... 3 Cadastro NIS em Lote... 3 Erro ao Gerar a Depreciação de Um Período... 5 Férias

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

Novas Implementações Sistema de Ponto WinPto. Foi implementado um novo folder com complemento de cadastro, conforme figura:

Novas Implementações Sistema de Ponto WinPto. Foi implementado um novo folder com complemento de cadastro, conforme figura: Novas Implementações Sistema de Ponto WinPto 1. Cadastro de funcionários: Foi implementado um novo folder com complemento de cadastro, conforme figura: b 2. cadastro de empresas, foi acrescentado campo

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO

ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Persona pode automatizar. Sem entrar em detalhes, você saberá

Leia mais

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND...

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND... Sage CND Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma Sage... 4 1.2.1. Seleção de Empresa de Trabalho... 4 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações... 5 1.2.3.

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO. Índice

FOLHA DE PAGAMENTO. Índice FOLHA DE PAGAMENTO Índice Instalando a Folha de Pagamento Abertura e Tela de Senha Configuração de Aparência Colocando seus Logotipos em relatórios Calendário/ Mudança de Período Para Lançamentos da Folha

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Manual da Rescisão Complementar

Manual da Rescisão Complementar Manual da Rescisão Complementar Atualizado em Abril/2009 Pág 1/16 Sumário Rescisão Complementar... 2 Reajuste salarial para funcionários demitidos... 3 Novos Campos cadastro de Sindicato... 4 Recálculo

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo II

Treinamento Sistema Condominium Módulo II CONDOMINIUM - Módulo II GERAÇÃO DE EMISSÕES RATEIO Neste módulo o aprendizado será a emissão dos boletos bancários. O sistema disponibiliza algumas maneiras para facilitar o seu dia-a-dia: Sequencia para

Leia mais