Jornalismo digital e hipertexto: em busca da informação personalizada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jornalismo digital e hipertexto: em busca da informação personalizada"

Transcrição

1 Jornalismo digital e hipertexto: em busca da informação personalizada Aluna: Priscila Frare Cambraia Orientadora: Profª Paula Cristina Veneroso Resumo Pode-se afirmar que a internet provocou e ainda vem provocando uma verdadeira revolução na transmissão de informações. O objetivo principal deste trabalho é verificar a influência do recurso de hipertexto na aquisição e seleção de informações pelo leitor de jornais digitais, para identificar como se dá o processo de personalização da informação, o que resulta, a nosso ver, numa nova maneira de se ler jornais ou revistas. As possibilidades de seqüência de leitura na internet são infinitas e, conseqüentemente, o grau de personalização da informação é superior ao proporcionado por mídias como a televisão ou a imprensa. A interpretação de cada fato lido é diferente para cada usuário, devido aos diversos contextos e motivos de leitura, o que diferencia a leitura na WWW da feita na imprensa ou na TV, que oferecem um número muito reduzido de pontos de vista diferentes. Portanto, buscamos, a partir dos sites noticiosos brasileiros disponíveis, um que pudesse representar a evolução que a internet vem provocando na distribuição da informação por meio eletrônico. Escolhemos, para efeito de análise, o site da revista Veja, pelo fato de tratar-se em sua versão impressa da maior revista de informação em circulação atualmente no Brasil e, também, por ser uma das empresas jornalísticas pioneiras no lançamento de versões eletrônicas de seu conteúdo editorial. Palavras chave : Hipertexto, jornalismo online/digital., personalização da informação

2 Summary It can affirmed that the Internet provoked and it still comes provoking true revolution in the transmission of information. The objective main of this work is to verify the influence of the resource of hypertext in the acquisition and election of information for the digital reader, to identify as if it gives the process of personalization of the information, what it results, a new way to read newspapers or magazines The possibilities of sequence of reading are infinites at Internet and consequently, the degree of personalization of the information is superior to the proportioned one for medias as the television or the press. The interpretation of each read fact is different for each user whom had to the diverse contexts and reasons of reading, what it differentiates the reading in the WWW of the made one in the press or the TV, that offers a reduced number of different points of view. Therefore, we search, from the available Brazilian news sites, one that could represent the evolution that the InterNet comes provoking in the distribution of the information for half electronic. We choose, for effect analysis, the site of the magazine Veja, for the fact to treat itself? in its version printed it is a the best magazine of information in circulation currently in Brazil and, also, for being one of the pioneering journalistic companies in the launching of electronic versions of its publishing content. Words key: Hypertext, journalism online/digital., personalization of the information O avanço da tecnologia,que influência a vida de todos, contribui para tornar o leitor mais informado, mais seletivo, mais exigente, mais participativo, mais conhecedor dos seus direitos, enfim mais preparado para exercer de corpo inteiro a cidadania. Atualmente, como já é sabido, convivemos com milhares de informações em tempo real: rádio, tv, jornais, atualizações para aumentar nossa experiência diante de novos desafios, tanto profissionais quanto pessoais.

3 A internet, pelo fato de não possuir uma única fonte alimentadora, mas, ser alimentada por diversas redes individuais, provenientes de diversas culturas, de muitos países, de diferentes realidades socioeconômicas, está em permanente metamorfose. Portanto, pode ser considerada como um reflexo da sociedade. E esta metamorfose traduz-se num meio atualizado ininterruptamente sobre os acontecimentos ocorridos no mundo, tornando a internet a fonte mais dinâmica de notícias já surgida. Em nenhuma época anterior do desenvolvimento humano foi tão fácil buscar informações sobre temas diversos. Com isso, a internet demonstra ter potencial libertário, pois possibilita aos indivíduos e aos veículos de comunicação de qualquer tamanho a busca por informação que não passa necessariamente por grandes conglomerados de mídia ou agências de notícias. Na internet é possível encontrar os mais variados assuntos, pessoas podem criar o seu website e disponibilizar essas informações a qualquer um. Além disso, na internet, a busca por informações, notícias ou artigos é bem mais ágil e rápida, assim, o usuário tem a possibilidade de estar sempre atualizado dentro dos assuntos que mais lhe interessem. Um dos recursos mais utilizados para a conexão de informações é o hipertexto. Tal recurso pode ser definido como uma forma de escrita não seqüencial, na qual o texto possui bifurcações (a partir de palavras ou expressões destacadas) que permitem que o leitor tenha livre escolha para ler apenas assuntos de seu interesse, geralmente a partir de uma tela interativa. O recurso hipertextual do jornal digital pode levar o leitor a realizar diversas conexões semânticas (estabelecer elos com outros textos, buscando assuntos afins e de seu interesse), o que se torna praticamente inviável quando pensamos num jornal impresso. Por exemplo, quando lemos um texto, visualizamos várias palavras, frases, parágrafos, páginas, capítulos, e tudo isso possui várias significações. Tais significações podem ser de senso comum ou da personalidade de cada pessoa. O pensamento cria uma rede semântica, na qual uma simples palavra pode ser associada a vários conceitos, bons ou ruins, dependendo de cada pessoa.

4 Essa rede de conexões nos auxilia no dia-a-dia para decodificar informações, notícias, lembranças... e conseguirmos, assim, criar uma opinião própria para os acontecimentos em nossa volta, associando, por exemplo, uma notícia a uma anterior que explicaria as causas da notícia atual. O hipertexto é uma ferramenta com a qual o leitor pode desenhar o seu próprio percurso dentro de um texto, personalizar ou aprofundar uma informação. Tudo isso ocorre a partir do momento em que o usuário usa a sua subjetividade na escolha de um determinado link dentro de um texto na internet. Esse mecanismo é não linear, ou seja, não seqüencial, e está em constante renovação e reorganização. Com o hipertexto, não é mais necessária a existência de textos limitados porque na internet não há preocupação com o espaço. Portanto, em um texto podem ser inseridos vários links para elucidar o seu usuário sobre determinado assunto. E, assim, remeter o leitor a outros textos, indefinidamente. A importância da personalização no jornalismo digital Porém, a demanda de leitores em busca de dados foi suprida e atualmente temos uma avalanche de informações, fazendo com que o leitor que apenas busca por informações atualizadas se veja perdido e confuso diante de tantas informações. Por que é necessária a personalização da informação? Lucia Leão comenta sobre as dificuldades em se buscar informações na internet, fazendo uma analogia à sua própria pesquisa, quando levantava dados para escrever o livro O Labirinto da Hipermídia, lançado em 1999: Enfim, durante a pesquisa realizada para este livro, vivi profundamente o aspecto duplo e paradoxal da experiência hipermediática. Por um lado, convivi com a euforia de estar conectada com o resto do planeta, discutindo questões emergentes e colhendo informações preciosas. Por outro,

5 sofri para conseguir manusear uma profusão de dados (1999: 25). A autora, já conhecedora da rede, dos mecanismos de busca, do para se comunicar com pessoas no mundo inteiro e da consulta em livros de bibliotecas estrangeiras, sentiu-se perdida no mar de informações que são disponibilizadas na internet. E como se sente o usuário que está iniciando a sua experiência na web? Pesquisar na WWW é ao mesmo tempo se encontrar nas multiplicidades e se perder; é avançar e recuar o tempo todo; é não mais separar e ao mesmo tempo, com todas as forças, tentar distinguir; é o ilimitado e o limitado que tentam se manifestar e se confundem (idem:25). O jornalista necessita da informação correta e específica. Nesse sentido, o profissional tem a possibilidade de obter, por exemplo, a notícia de uma descoberta científica, acompanhada de uma lista de discussão sobre saúde; e pode, portanto, selecionar e adicionar novas fontes para a apuração da informação. Por isso, o jornalista é um elemento indispensável para a tarefa de mediar a informação, selecionar, formatar e transmiti-la de uma forma que o leitor assimile o conteúdo sem nenhum tipo de ruído. Ocorre que atualmente já existem programas que facilitam a filtragem de informações e notícias, adequando-as às necessidades do usuário. Alguns exemplos de personalização da informação podem ser observados na internet. Alguns sites possuem ferramentas de personalização, que consistem no envio de s para o usuário que previamente se cadastrou para receber notícias sobre um determinado assunto. Com a informação personalizada, o site de notícias pode elaborar matérias para um perfil específico de usuário do website. Após encontrar o perfil de usuário,

6 o site poderá oferecer conteúdos específicos para o seu leitor, geralmente utilizando um login e uma senha para o estabelecimento da identidade do usuário para que os administradores do site possam entender quem é o seu leitor e, além disso, controlar e obter informações mais específicas sobre a sua audiência. Além disso, pode-se disponibilizar também sites de conteúdo específico de acordo com o interesse de um grupo de usuários. Com a participação ativa do leitor, o jornalista pode desenvolver atividades e percursos (utilizando links), além do contato direto com o seu público por meio de s, fóruns de discussão e chats. Além da personalização da busca pelo conteúdo, a internet permite também a expressão de gostos e desejos pessoais de maneira jamais vista nos meios de comunicação. Alguns especialistas não concordam com a personalização da informação porque acreditam que o usuário/leitor não poderá vislumbrar da pluralidade que os jornais e mídias tradicionais apresentam. Porém, na internet há uma clara potencialização da personalização, pois ela volta-se agora para indivíduos e não para públicos segmentados. Algumas empresas jornalísticas oferecem o serviços personalizados para um segmento de mercado. Tal mecanismo, com a utilização dos links, pode proporcionar a criação de uma argumentação própria, subjetiva, pela qual o leitor pode formar a sua própria opinião sobre determinado assunto. Isso ocorre tanto pela leitura de notícias na internet como na participação em fóruns onde o leitor pode inserir novas informações sem a intermediação de nenhum jornalista ou editor. Ao final, o leitor do site tem várias opções de escolha, por exemplo, ele poderá criar a sua própria argumentação de pensamento ou idéias a partir dos links. No momento do acesso à notícia, o usuário está abrindo uma nova possibilidade de leitura justamente pela possibilidade de o leitor escolher determinado link entre tantos, para que o leitor chegue a sua própria conclusão a partir da leitura dos textos pelo hipertexto.

7 O usuário da internet encontra, a sua disposição, uma variedade de fontes noticiosas, oficiais ou não, grandes veículos de comunicação ou veículos independentes, os quais pode percorrer livremente, através de links nos próprios sites ou por meio de ferramentas de busca: As tecnologias ligadas aos novos media estão a criar virtualmente um novo meio de comunicação pública. Permitindo pela convergência das telecomunicações, da computação e dos media, o novo panorama mediático oferece interatividade e controle total por parte do utilizador e comunicação em formato multimídia. (Bastos,2000:20) Escrever seu próprio texto é a primeira opção interativa da internet, graças ao uso do hipertexto. Portanto, há um alto grau de apropriação e personalização da mensagem recebida. Com a inclusão do hiperlink a leitura é personalizada, pois depende de um percurso delineado subjetivamente pelo leitor. Ele pode abrir esse link ou não. O link complementa a informação e também aguça, atrai o leitor para outros assuntos. Por meio de um sistema de análise estatística de dados, consegue-se identificar o perfil e os interesses dos usuários. Seguindo essa tendência, a Corretora Coinvalores, em 1999, decidiu fazer uma pesquisa para identificar em que aspectos poderiam mudar o site, que fora lançado no final de A empresa consultou 2,5 mil internautas de todo Brasil. Em jornais digitais, por exemplo, é possível fazer com que o usuário veja, logo na primeira página, somente as notícias das editorias que lhe interessem, bastando, para isso, que ele se cadastre e informe suas preferências. Percebendo esta realidade, desenvolvedores de ferramentas, sejam eles empresas ou ainda mesmo que sem fins lucrativos usuários avançados da internet, criaram linguagens de programação que permitem que o conteúdo seja cada vez mais adequado ao usuário.

8 O jornalista Nilson Lage, professor titular do Departamento de Jornalismo da Universiade Federal de Santa Catarina (UFSC), apresentou um artigo 1 sobre softwares que atuam à distância, os agentes inteligentes, que têm a capacidade de compreender, selecionar, organizar e sintetizar informações percorrendo vários sites. Esses softwares utilizam o conceito da inteligência artificial baseando-se no cálculo seqüencial e podem chegar a sistemas semelhantes à mente humana. Lage comenta, no artigo, que tais softwares conseguem, por exemplo, compor letras e espaços para formar sentenças e distribuí-las na área retangular das páginas ou nas colunas da diagramação, competindo com imagens que se estendem, pixel por pixel, nas dimensões pretendidas. O programa descrito por Lage pode procurar por uma determinada informação, como também organizar e resumir a informação, personalizado-a da maneira como o usuário predeterminou. Capazes de programar os seus computadores para recolherem as suas próprias notícias personalizadas, a partir de fontes mais diversificadas do que as dos próprios jornalistas, os utilizadores das redes de comunicação podem de certa forma antecipar a produção noticiosa dos jornalistas (Bastos, 2000:66). O News in Essence é outro sistema que resume notícias e também coleta informações em vários sites de notícias sobre assuntos previamente selecionados pelo usuário. A diferença é que este sintetiza e redige informações, além de seguir diferentes classificações conforme a editoria que a notícia se enquadre, utilizando, para tanto, o conceito da inteligência artificial. 1 Disponível em :

9 Seguindo esse novo tipo de software, o motor de busca Google está oferecendo um novo serviço: o Google News. O funcionamento é idêntico ao do News In Essence, verificando notícias por tópicos específicos em mais de publicações da web. Este serviço é atualizado de quinze em quinze minutos. No que concerne às novas tecnologias, é possível questionar se o uso desse tipo de serviço pode prejudicar um site ou agência de notícias quanto à audiência e obtenção de novos usuários. Ocorre que esses programas não substituem o site ou agência, apenas fornecem mais um modo de o internauta chegar até a notícia, com a vantagem de que o usuário não necessita acessar o site para verificar se houve alguma atualização. Ganham, assim, o internauta pela praticidade e economia de tempo e a agência, que passa a receber um público mais qualificado e realmente interessado no material disponibilizado, já que a credibilidade da internet como fonte de notícias é bastante questionada. Afinal, em meio a milhões de sites, com uma quantidade incontável de informação sendo despejada na rede diariamente, a forma mais lógica de ficar imune às falhas é recorrer somente a sites de veículos ou personalidades de idoneidade confirmada o que reduz, consideravelmente, o número de fontes existentes, quase o igualando ao disponível antes do surgimento da rede. Mesmo assim, sabe-se que o crivo e os métodos dos profissionais da informação devem ser utilizados com ainda mais afinco no momento da apuração da informação proveniente da internet. Portanto, podemos verificar que a tendência na internet, diante de uma cada vez maior oferta de notícias, é a da personalização da informação. Veja On-line: a busca pela informação personalizada A revista Veja elaborou um site especial sobre a crise da Argentina dentro da sua homepage. O site continha um apanhado das matérias que já haviam sido publicadas, como também publicava notícias diárias que foram acompanhadas pela revista entre novembro de 2001 e abril de 2002.

10 Durante esse período, a equipe de jornalismo de Veja alimentou o site com entrevistas de especialistas, jornalistas e economistas, o histórico do país e de sua economia, tanto por meio de matérias jornalísticas como por meio de fotos e gráficos. O objetivo da revista era de que o leitor que já lê a revista Veja, ou mesmo o internauta que não lê Veja, compreendesse a situação do nosso país vizinho, por meio de vários links que contextualizavam e explicavam a crise. A respeito da estrutura gráfica das páginas de sites, Pierre Lévy comenta: A página da web é um elemento, uma parte do corpus intangível composto pelo conjunto dos documentos da World Wide Wed. Mas, pelos links que lança em direção ao restante da rede pelos cruzamentos ou bifurcações que propõe, constitui também uma seleção organizadora, um agente estruturador, uma filtragem desse corpus (1999:160). Podemos relacionar esse comentário de Lévy à questão das possibilidades que a internet pode oferecer ao leitor, no caso, da revista Veja. Ela fez um apanhado de informações que já haviam sido publicadas na versão impressa e as complementou com áudios de entrevistas, galeria de fotos, entre outros, possibilitando uma leitura não linear e, principalmente, personalizada. Nota-se a preocupação da redação de Veja em organizar o conteúdo cronologicamente, da forma mais clara possível, apresentando todas as possíveis respostas, desde a opinião da revista até a de especialistas, leitura de artigos, análises e reportagens de veículos da imprensa argentina e internacional, que podem ser acessadas por meio de links, para novamente estimular o leitor a chegar à sua própria opinião sem a interferência de Veja para as causas da crise na Argentina. O acesso ao link personaliza a informação, pois, mesmo com a característica da internet de ser uma mídia de massa, com a disponibilização de inúmeras notícias, esse mesmo meio massificado, com uma infinidade de

11 informações, é caracterizado também pela segmentação, que é personificada pelo hipertexto: Pensar no leitor como um agente ativo como um construtor de seu próprio labirinto no processo de atualização da obra hipermidiática envolve mexer com antigos esquemas em que os papéis de autor e leitor eram bem definidos e separados (Leão, 1999:42). O hipertexto auxilia a ligação entre vários dados e oferece diversos níveis de informação ao leitor, que poderá escolher qual caminho percorrer, aceitar ou não as análises, notícias e críticas, entre outros serviços oferecidos pelo site: Na internet a opinião é mola propulsora. O simples ato de associar informações no modelo hiperlink pode vir recheado de juízos e valores semelhantes aos da arte do repasse de informações nas entrelinhas (Simone & Monteiro, 2001:12). A partir da integração dos bancos de dados que são disponibilizados aos assinantes da revista Veja, aliada às possibilidades online, abre-se a janela para mais um recurso hipermidiático: o acesso a dados em tempo real (online) e a diversas bases de informação. A quantidade de informações disponíveis no jornalismo digital é infinita porque não está sujeita às limitações da publicação impressa. A partir de recursos oferecidos pelo hipertexto, pode-se acessar informações que transcendem as edições impressas. Portanto, há uma evidente personalização da notícia dentro de uma mídia tradicional no caso, a revista Veja com o acesso às informações adicionais que não puderam ser oferecidas ao leitor tradicional da revista impressa, pela limitação de espaço.

12 Conclusão Apresentamos neste trabalho várias formas de personalização da informação intermediadas pelo hipertexto, já que tal recurso possibilita o acesso a milhões de informações disponíveis na rede mundial de computadores apenas por um simples clique no mouse. Ao acessar um site, o internauta define mentalmente uma hierarquia própria, que será seguida por ele independente de como o site está organizado, justamente pela característica da não linearidade reforçada pelos recursos hipertextuais e das peculiaridades de cada usuário (ao ser guiado por seu próprio juízo de valor ou ainda por palavras-chaves que possam interessá-lo em sua busca). Mais do que isso, podemos afirmar que os recursos da tecnologia digital permitem, atualmente, que o leitor/usuário personalize sua informação, recebendo via internet somente notícias sobre assuntos de seu interesse, imprimindo qualidade não seria exagerado dizer à sua leitura ou pesquisa. Realizamos a análise da estrutura do website especial da revista Veja sobre a crise na Argentina, estabelecendo uma relação entre os conceitos de hipertexto, hipermídia e redes de conexão semântica de informações, com o objetivo de verificar como se dá a personalização da informação a partir da infinidade de informações armazenadas na internet e disponibilizadas aos internautas. Além disso, apresentamos uma comparação entre a quantidade de informações que o leitor encontra na revista impressa e o que é disponibilizado diariamente no website de Veja a respeito do assunto em questão: crise na Argentina. As notícias eram atualizadas várias vezes durante o dia e podiam ser acessadas instantaneamente por leitores em qualquer lugar do mundo. Assim, a revista atendeu a um determinado público que precisava estar constantemente a par das informações do nosso país vizinho.

13 Também mostramos neste trabalho um outro tipo de personalização que seleciona somente informações pré-determinadas pelo usuário, por meio de exemplos de sites e programas que realizam essa seleção. A esse respeito, Nicholas Negroponte, especialista na investigação sobre jornais personalizados, afirmou em 1995: Imagine um futuro no qual seu agente de interface vai poder ler todos os jornais e captar todos os noticiários de tv e rádio do planeta, construindo a partir daí um sumário personalizado para você. Esse tipo de jornal terá uma tiragem de uma única cópia (1995:147). Nos dias de hoje, esse jornal descrito por Negroponte pode ainda parecer um tanto utópico, porém, devemos lembrar que, até poucos anos atrás, era também considerada utopia a popularização do telefone fixo, do telefone celular e do computador. Hoje, esses equipamentos fazem parte do dia a dia da população e não seria insensato dizer que são indispensáveis para agilizar a vida do homem moderno. Portanto, diante da avalanche de informações disponíveis na sociedade industrializada, a personalização da informação é uma opção, entre muitas, para a adequação das necessidades de cada usuário. Nesse sentido, pode-se dizer que a afirmação de Negroponte, nos dias atuais, está a um passo de sair do âmbito da imaginação e se transformar em realidade. 8. Referências Bibliográficas BASTOS, Helder. Jornalismo electrónico. Internet e reconfiguração de práticas nas redações. Coimbra: Minerva, LAGE, Nilson. Jornalistas-robôs: a era das máquinas inteligentes, ano 1. Disponível em: <http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos/da htm>. Acesso em: 16 nov

14 LEÃO, Lucia. O labirinto da Hipermídia. Arquitetura e navegação no ciberespaço. São Paulo: Iluminuras, LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, NEGROPONTE, Nicholas. A vida digital. São Paulo: Companhia das Letras, SIMONE, José Fernando; MONTEIRO, Mariana. Jornalismo Online: o futuro da informação. São Paulo: Webmeio, 2001.

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo WEBJORNALISMO Aula 04: Características do Webjornalismo Prof. Breno Brito Características do webjornalismo O webjornalismo apresenta algumas características específicas em relação a aspectos que quase

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Jornalismo Interativo

Jornalismo Interativo Jornalismo Interativo Antes da invenção da WWW, a rede era utilizada para divulgação de informações direcionados a públicos muito específicos e funcionavam através da distribuição de e-mails e boletins.

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB Gestão do Conhecimento hoje tem se materializado muitas vezes na memória organizacional da empresa. O conteúdo

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais

Mídia Brasil Online Manual do Usuário

Mídia Brasil Online Manual do Usuário 1) Menu Principal O Menu Principal se estende no topo da tela do MBO, apresentando as seguintes opções: Clicar sobre cada uma dessas opções permite o acesso às diferentes seções do site. 2) Funções do

Leia mais

Manual do Usuário Network

Manual do Usuário Network Manual do Usuário Network Aluno Apresentação Apresentamos o manual de uso do site FGV Management Network. Espaço virtual criado com o objetivo de promover a integração, cooperação e convivência entre alunos,

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL

O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL PACOTE DE NOTÍCIAS no dreamweaver O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL União das principais características das mídias "anteriores : - Agilidade (rádio) - rapidez na atualização de conteúdo e na formatação do layout

Leia mais

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO Desenvolvido por: Patricia Mariotto Mozzaquatro SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....03 2 O AMBIENTE MOODLE......03 2.1 Quais as caixas de utilidade que posso adicionar?...04 2.1.1 Caixa

Leia mais

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD)

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD) ******* O que é Internet? Apesar de muitas vezes ser definida como a "grande rede mundial de computadores, na verdade compreende o conjunto de diversas redes de computadores que se comunicam e que permitem

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

Manual do Ambiente Moodle para Alunos

Manual do Ambiente Moodle para Alunos UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Manual do Ambiente Moodle para Alunos Versão 1.0b Setembro/2011 Direitos Autorais: Essa apostila está licenciada sob uma Licença Creative Commons 3.0 Atribuição de

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

// Questões para estudo

// Questões para estudo // Questões para estudo 2 // Ferramentas Básicas de Internet e Web 2.0 1. Sobre a internet, marque a opção correta: A) A internet poder ser definida como uma rede mundial, composta por mihões e milhões

Leia mais

WEBJORNALISMO. Aula 03: Contextualizando o webjornalismo. Conceitos e Nomenclaturas

WEBJORNALISMO. Aula 03: Contextualizando o webjornalismo. Conceitos e Nomenclaturas WEBJORNALISMO Aula 03: Contextualizando o webjornalismo Prof. Breno Brito Conceitos e Nomenclaturas Jornalismo digital Jornalismo eletrônico Ciberjornalismo Jornalismo on-line Webjornalismo 2 Prof. Breno

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Emerald Group Publishing Limited. Descubra como aproveitar os benefícios da editora líder mundial de Pesquisa em Gestão. www.emeraldinsight.

Emerald Group Publishing Limited. Descubra como aproveitar os benefícios da editora líder mundial de Pesquisa em Gestão. www.emeraldinsight. Emerald Group Publishing Limited Descubra como aproveitar os benefícios da editora líder mundial de Pesquisa em Gestão www.emeraldinsight.com Conteúdo Esta apresentação foi elaborada para ajudá-lo a aproveitar

Leia mais

CARDS - Jogo Educativo na Internet para Ensino a Distância

CARDS - Jogo Educativo na Internet para Ensino a Distância CARDS - Jogo Educativo na Internet para Ensino a Distância 1 Introdução Bruno Astuto Arouche Nunes Sergio Barbosa Villas-Boas 1 Henrique Falleiros Tendo em vista que o processo de ensino, nos dias de hoje,

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

Manual do Ambiente Virtual Moodle

Manual do Ambiente Virtual Moodle Manual do Ambiente Virtual Moodle versão 0.3 Prof. Cristiano Costa Argemon Vieira Prof. Hercules da Costa Sandim Outubro de 2010 Capítulo 1 Primeiros Passos 1.1 Acessando o Ambiente Acesse o Ambiente Virtual

Leia mais

CAPÍTULO 4. AG8 Informática

CAPÍTULO 4. AG8 Informática 2ª PARTE CAPÍTULO 4 Este capítulo têm como objetivo: 1. Tratar das etapas do projeto de um Website 2. Quais os profissionais envolvidos 3. Administração do site 4. Dicas para não cometer erros graves na

Leia mais

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos.

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos. Histórico de Alterações Versão Data Autor Função Descrição 1 14/09/2012 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Criação inicial 2 19/11/2013 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Atualização A partir de

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

Manual de Utilização Moodle

Manual de Utilização Moodle Manual de Utilização Moodle Perfil Professor Apresentação Esse manual, baseado na documentação oficial do Moodle foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo

Leia mais

WordPress Institucional UFPel Guia Rápido

WordPress Institucional UFPel Guia Rápido GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NÚCLEO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEÇÃO DE TECNOLOGIAS PARA WEBSITES WordPress Institucional UFPel Guia Rápido Versão 2.0.1 Março de 2015 Introdução

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 -

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 - GUIA RÁPIDO - 1 - Sumário Introdução...3 Por que utilizar o Construtor de Sites?...3 Vantagens do Construtor de Sites...3 Conceitos básicos...3 Configuração básica do site...5 Definindo o layout/template

Leia mais

PROPOSTA DE UM MODELO DE SISTEMA HIPERMÍDIA PARA APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

PROPOSTA DE UM MODELO DE SISTEMA HIPERMÍDIA PARA APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROPOSTA DE UM MODELO DE SISTEMA HIPERMÍDIA PARA APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Fabiana Pacheco Lopes 1 1 Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) fabipl_21@yahoo.com.br Resumo.Este

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA Dayane Ribeiro da Silva (PICV/PRPPG/ UNIOESTE), Greice da Silva Castela (Orientadora), e-mail: greicecastela@yahoo.com.br

Leia mais

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO Análise do professor: Parâmetros para avaliação Ao navegar por Web sites é importante observar alguns tópicos para determinar se um site é bom ou não. Navegação, design, conteúdo, velocidade de acesso,

Leia mais

Inovação e o Telejornalismo Digital

Inovação e o Telejornalismo Digital Inovação e o Telejornalismo Digital Prof. Antonio Brasil Cátedra UFSC - RBS 2011 Telejornalismo Digital Novas práticas, desafios e oportunidades O que é Telejornalismo Digital Inovação tecnológica Interatividade

Leia mais

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica Conteúdo iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica... 3 1. Feedback do Cliente...3 1.1 Feedback do Cliente no Email da Pesquisa Dinâmica... 3 1.2 Página de

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental Ajuda ao SciEn-Produção 1 Este texto de ajuda contém três partes: a parte 1 indica em linhas gerais o que deve ser esclarecido em cada uma das seções da estrutura de um artigo cientifico relatando uma

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará :

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará : 1ª PARTE CAPÍTULO 2 Este capítulo tratará : 1. O que é necessário para se criar páginas para a Web. 2. A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web 3. Navegadores 4. O que é site, Host,

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

MANUAL. Perfil de Professor

MANUAL. Perfil de Professor MANUAL Perfil de Professor Índice 1. Acesso 1.1. Acessando o Canal do Norte... 03 2. Disciplinas 2.1. Acessando Disciplinas... 07 3. Recursos 3.1. Adicionando Recursos... 10 3.2. Página de texto simples...

Leia mais

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Macaé, Outubro de 2010 SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Página 1 de 38 Controle de Revisões Data Comentário Responsável 01/10/2010 Revisão e correção de texto Marcos Lemos 01/10/2010 Correção

Leia mais

Cronograma Encontro I aula 2: Webjornalismo

Cronograma Encontro I aula 2: Webjornalismo Cronograma Encontro I aula 1: Agência de No6cias Imprensa Jovem ü Encontro I aula 2: Webjornalismo Encontro II Fotojornalismo Encontro III - Radiojornalismo I Encontro IV - Radiojornalismo II Encontro

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni Plataforma NetAula Ambiente Aluno Prof. Alexandre Moroni Acessando o site do CEULJI http://www.ulbrajp.edu.br/site/ Acessando o Autoatendimento Entrar com Login e Senha - ENTER Acessando NETAULA Plataforma

Leia mais

INTEGRADOR WEB INTEGRADOR

INTEGRADOR WEB INTEGRADOR O produto e seus processos. - Automatização das operações repetitivas. - Formatação de estilos de entrada e de saída para as várias mídias. Acesso remoto via Web. Diagrama Base INTEGRADOR WEB INTEGRADOR

Leia mais

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery 12 Razões Para Usar Lightroom André Nery André Nery é fotógrafo em Porto Alegre. Arquitetura e fotografia outdoor, como natureza, esportes e viagens, são sua área de atuação. Há dez anos começou a ministrar

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

ANIMAÇÕES WEB AULA 2. conhecendo a interface do Adobe Flash. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

ANIMAÇÕES WEB AULA 2. conhecendo a interface do Adobe Flash. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com ANIMAÇÕES WEB AULA 2 conhecendo a interface do Adobe Flash professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com O layout do programa A barra de ferramentas (tools) Contém as ferramentas necessárias para desenhar,

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais - TJMG Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes - EJEF Programa de Educação a Distância do TJMG EAD-EJEF Programa EAD-EJEF Manual do Estudante Versão

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Guia do Aluno Disciplinas EAD. UNIPs

Guia do Aluno Disciplinas EAD. UNIPs Guia do Aluno Disciplinas EAD UNIPs Sumário GUIA DO ALUNO / DISCIPLINAS EAD - UNIPs 3 1. ACESSO... 3 2. AULA INSTRUCIONAL / INTRODUÇÃO À EAD... 5 3. DISCIPLINA EAD... 8 4. COMO ESTUDAR NA EAD... 10 5.

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO TUTORIAL PARA TUTORES PLATAFORMA MOODLE OURO PRETO 2014 1 SUMÁRIO 1. PRIMEIRO ACESSO À PLATAFORMA... 03 2. PLATAFORMA DO CURSO... 07 2.1 Barra de Navegação...

Leia mais

ENCARTE. www.educarede.org.br. Internet na escola. Caderno do capacitador

ENCARTE. www.educarede.org.br. Internet na escola. Caderno do capacitador DVD Vídeo-Aula Internet na escola ENCARTE www.educarede.org.br Internet na escola Caderno do capacitador Internet na escola 3 Pesquisar Acessar o conhecimento é condição para compreendermos a sociedade

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO BLOG DO CONHECIMENTO APRESENTAÇÃO O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma ferramenta de COLABORAÇÃO que tem como objetivo facilitar

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA Mailing de imprensa e ferramenta de distribuição de e-mails (e-mail marketing) 1. Da justificativa A Assessoria de

Leia mais

Manual do Aluno. NetAula. Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1

Manual do Aluno. NetAula. Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1 Manual do Aluno NetAula Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1 Manual do Aluno NetAula Caro aluno da EAD da ULBRA Para você ter acesso às salas das disciplinas ofertadas

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo 2011 MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo Aprenda como é simples utilizar a ferramenta Flex como seu gerenciador de conteúdo online. Flex Desenvolvido pela ExpandWEB 31/01/2011

Leia mais

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é:

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é: 1. CONCEITO Completo, prático e rápido. Diante do aumento da complexidade da tributação e do risco fiscal, pelos desafios de conhecimento e capacitação e pela velocidade para acompanhar mudanças na legislação,

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1 Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis Resumo Descreve a implantação da Biblioteca Virtual

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

A Rotina de Atualização na TV Uol: Produção, Participação e Colaboração 1. Thais CASELLI 2. Iluska COUTINHO 3

A Rotina de Atualização na TV Uol: Produção, Participação e Colaboração 1. Thais CASELLI 2. Iluska COUTINHO 3 A Rotina de Atualização na TV Uol: Produção, Participação e Colaboração 1 RESUMO Thais CASELLI 2 Iluska COUTINHO 3 Universidade Federal de Juiz De Fora, Juiz de Fora, MG Este trabalho verifica como é a

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

Manual Operacional AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem)

Manual Operacional AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) Manual Operacional AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) ead.clinicajulioperes.com.br Sumário navegável Como acesso o ambiente?... Como assisto aos vídeos?... Como preencher meu perfil?...

Leia mais

NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO

NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO O QUE É MÍDIA DIGITAL? É conjunto de meios de comunicação baseados em tecnologia digital, permitindo a distribuição de informação na forma escrita, sonora

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

Sistema de Gerenciamento da Informação. Mais informação, mais conteúdo, em menos tempo. Mais negócios, mais sucesso profissional.

Sistema de Gerenciamento da Informação. Mais informação, mais conteúdo, em menos tempo. Mais negócios, mais sucesso profissional. Sistema de Gerenciamento da Informação Mais informação, mais conteúdo, em menos tempo. Mais negócios, mais sucesso profissional. O tempo sumiu-1 8 horas dormir; 8 horas trabalhar; 1,5 hora no trânsito;

Leia mais

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário SOUZA, Kauana Mendes 1 ; XAVIER, Cintia 2 Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, PR RESUMO O projeto Portal

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

Serviço técnico de Biblioteca e documentação BIBLIOTECA PROF. PAULO DE CARVALHO MATTOS P@RTHENON

Serviço técnico de Biblioteca e documentação BIBLIOTECA PROF. PAULO DE CARVALHO MATTOS P@RTHENON Serviço técnico de Biblioteca e documentação BIBLIOTECA PROF. PAULO DE CARVALHO MATTOS P@RTHENON Botucatu 2013 NOVA FERRAMENTA DE BUSCA INTEGRADA: P@RTHENON 1. Para acessar o P@rthenon: Há três possibilidades

Leia mais

4. O QUANDO QUISER não possui qualquer responsabilidade pelo CONTEÚDO existente no SITE do ANUNCIANTE;

4. O QUANDO QUISER não possui qualquer responsabilidade pelo CONTEÚDO existente no SITE do ANUNCIANTE; TERMO DE USO DO QUANDO QUISER O presente TERMO DE USO regula as condições gerais de uso dos serviços oferecidos pelo QUANDO QUISER (www.quandoquiser.com.br), da empresa N. O. S. SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação

Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação Universidade de São Paulo/Faculdade de Saúde Pública Curso de Saúde Pública Disciplina: HEP 147 - Informática Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação 1 Introdução ao Microsoft PowerPoint

Leia mais

NAVEGANDO NA INTERNET

NAVEGANDO NA INTERNET UNIDADE 2 NAVEGANDO NA INTERNET OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar esta Unidade você deverá ser capaz de: Definir a forma de utilizar um software de navegação; Debater os conteúdos disponibilizados

Leia mais

Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/

Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/ 1 Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/ 1) O acesso ao sistema é realizado através do link: http://www.semarhtemplate.go.gov.br/sistema/ obs.: após o lançamento do

Leia mais

Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HTM3.0. Tutorial HTML. versão 4.01

Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HTM3.0. Tutorial HTML. versão 4.01 Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HTM3.0 Tutorial HTML versão 4.01 K O M Σ D I Copyright by Editora Komedi, 2007 Dados para Catalogação Rimoli, Monica Alvarez Chaves,

Leia mais

Publicidade com Mavenflip

Publicidade com Mavenflip Publicidade com Mavenflip O sistema MavenFlip foi lançado em 2010, oferecendo uma proposta qualificada a pesquisadores, editoras e órgãos públicos que desejam criar versões digitais de suas publicações

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br 1 - SOBRE O SGR Este manual irá lhe ajudar a entender o funcionamento do SGR (Sistema de Gerenciamento Remoto) permitindo assim que você possa atualizar

Leia mais

NOVOS TEMPOS, NOVOS DESAFIOS E MUITAS OPORTUNIDADES.

NOVOS TEMPOS, NOVOS DESAFIOS E MUITAS OPORTUNIDADES. NOVOS TEMPOS, NOVOS DESAFIOS E MUITAS OPORTUNIDADES. INOVAÇÃO, CRIATIVIDADE E PROFISSIONALISMO A SERVIÇO DA IGREJA NO BRASIL Somos uma agência especializada em gerar soluções criativas em comunicação on

Leia mais

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Redes Sociais e Econômicas Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Até agora: redes onde unidades eram pessoas ou entidades sociais, como empresas e organizações Agora (Cap 13, 14 e

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO]

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Site fácil... 4 4. Acessando o sistema de gestão de conteúdo (SGC)... 5 5. Páginas

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

PORTAL CENTRO DE TREINAMENTO ONLINE CDS INTERATIVOS REVISTA MULTIMÍDIA

PORTAL CENTRO DE TREINAMENTO ONLINE CDS INTERATIVOS REVISTA MULTIMÍDIA PORTAL CENTRO DE TREINAMENTO ONLINE CDS INTERATIVOS REVISTA MULTIMÍDIA Portal Mecânica Online Principal referência sobre mecânica na internet e primeira opção quando se pesquisa no Google sobre mecânica,

Leia mais

Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos. Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012

Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos. Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012 Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012 Marketing criar produtos e serviços que atendam necessidades

Leia mais

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Ana Carolina Fernandes MAXIMIANO 2 Bruno da SILVA 3 Rita de Cássia Romeiro PAULINO 4 Universidade Federal de Santa Catarina,

Leia mais

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 COSTA 2 Daiane dos Santos; FONSECA 3 Aurea Evelise dos Santos; ZUCOLO 4 Rosana Cabral 1 Trabalho submetido ao SEPE 2011 Simpósio

Leia mais