CONDICIONAIS COM SE NAS LÍNGUAS PORTUGUESA E CHINESA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONDICIONAIS COM SE NAS LÍNGUAS PORTUGUESA E CHINESA"

Transcrição

1 linguística 437

2 438

3 Administração, n. 40, vol. XI, , CONDICIONAIS COM SE NAS LÍNGUAS PORTUGUESA E CHINESA Jiang Hui * Cada língua tem as suas características comuns e especiais, comparativamente a outras línguas. A análise contrastiva entre a língua materna e uma língua estrangeira ajuda, sempre, tanto os alunos que aprendem esta língua como os professores que a ensinam. Neste caso, vou escolher as frases com "se" para fazer uma comparação gramatical entre o chinês e o português. 1. EM PORTUGUÊS AS FRASES COM "SE" COINCIDEM NA SUBORDINAÇÃO CONDICIONAL; E EM CHINÊS AS FRASES COM RU GUO (SE), ESTÃO ENQUADRADAS NAS HIPOTÉTICAS DEFINIÇÃO DAS CONDICIONAIS EM PORTUGUÊS As condicionais iniciam uma oração subordinada em que se indica uma hipótese ou uma condição necessária para que seja realizado, ou não, o facto principal (Celso e Cintra, 92) DEFINIÇÃO DAS HIPOTÉTICAS EM CHINÊS As hipotéticas são subordinações que raciocinam certo resul tado a partir de uma hipótese (Xing, 97). 2. COMPARAÇÃO DAS CONJUNÇÕES 2.1. DEFINIÇÃO DAS CONJUNÇÕES Denominam-se subordinativas as conjunções que ligam duas orações, uma das quais determina ou completa o sentido da outra. * Docente no Curso de Língua e Literatura Portuguesa da Universidade de Línguas Estrangeiras de Beijing. 439

4 Em português as conjunções das frases do tipo com se são as seguintes: se caso no caso de (l) Se faz bom tempo, vamos à praia. (2) Caso você mude de casa, ligue-me DEFINIÇÃO EM CHINÊS As orações das frases complexas são partículas que ligam as orações e que indicam as relações das orações. Em chinês, as conjunções das frases com se são as seguintes: 如 果 (ruguo) 要 是 (yaoshi) 假 若 (jiaruo) 的 話 (dehua), 就 (jiu) 倘 若 (tangruo) 假 如 (jiaru) 的 話 (dehua), 就 (jiu) Os conceitos indicados expressam a mesma ideia se, embora com graus de possibilidade ligeiramente diferentes. (3) 如 果 有 急 事, 就 給 我 打 電 話 Liga-me, se tiveres urgência COLOCAÇÃO DAS CONJUNÇÕES EM CHINÊS Em chinês, a partícula de conjunção pode ser conjunção e, também pode ser advérbio, verbo ou outras palavras. Em chinês, nas frases com se usam-se muitas vezes um par de conjunções 如 果 就 (ruguo...jiu) para indicar uma rela ção de hipótese e de resultado entre as duas orações. 如 果 (ruguo) é um marcador da subordinação hipotética, e fica sempre na cabeça da oração subordinada para apresentar uma hipótese, 就 (jiu) é um advérbio que fica na oração princi pal, tem função de ligar duas orações, e também é um termo de frase: adjunto adverbial. (4) 如 果 下 雨, 我 們 就 不 去 外 面 吃 飯 了 Se chover, não vamos comer lá fora. Oralmente, também se usa 要 是 就 (yaoshi...jiu). (5) 要 是 去 中 餐 館, 我 就 吃 炒 飯 Se vamos comer ao restaurante chinês, quero arroz chaochao. 的 話, 就 (...dehua, jiu) um par de conjunções que também apresentam uma relação hipotética e tem o sentido equivalente a se, 的 話 fica sempre no final da subordina da e também não é termo de frase. 440

5 (6) 没 有 課 的 話, 我 們 就 去 看 電 影 Se não temos aulas, vamos ao cinema. Nas hipotéticas também se podem usar três conjunções numa mesma frase 要 是 的 話, 就 (yaoshi...dehua, jiu). (7) 要 是 今 天 下 午 没 有 課 的 話, 我 們 就 去 參 觀 博 物 館 Se hoje à tarde não temos aulas, vamos visitar o museu EM CHINÊS, QUANDO A SUBORDINADA FICA DEPOIS DA ORAÇÃO PRINCIPAL É PARA COMPLEMENTAR A ORAÇÃO PRINCIPAL E PARA PRESTAR ATENÇÃO (8) 我 把 窗 户 打 開, 如 果 你 不 介 意 的 話 Abro a janela, se não te importas OMISSÃO DAS CONJUNÇÕES EM CHINÊS, NA EXPRESSÃO DE MUITAS RELAÇÕES HIPOTÉTICAS NÃO SÃO NECESSÁRIAS CONJUNÇÕES. AS RELAÇÕES DAS ORAÇÕES RESULTAM DO SIGNIFICADO DAS FRASES (9) 你 不 來, 我 去 看 你 的 話 (Se) não vieres, vou visitar-te. (10) 有 事, 給 我 打 電 話 (Se) tem alguma coisa, ligue-me. (11) 我 有 時 間 一 定 來 看 你 (Se) tenho tempo, vou visitá-lo EM PORTUGUÊS, SE TAMBÉM PODE ESTAR ELÍPTICO,MAS PODEMOS IDENTIFICAR A RELAÇÃO HIPOTÉTICA PELO SEU SIGNIFICADO E PELO TEMPO E MODO DOS VERBOS (12) Fosse ele rico, teria quem o servisse FORMA REDUZIDA Em português tem forma reduzida de infinitivo, gerúndio e particípio passivo. (13)Não irei sem ser autorizado. (14)Não estudando ele, o seu futuro não está garantido. (15)Não aceite esta condição, e nada poderá ser resolvido. Conclusão As conjunções das frases com se em chinês em relação às frases em português são mais complicadas, quer na colocação quer na quantidade de uso das conjunções. Quando o professor explica esta situação aos alunos portugueses, pode primeiro explicar os lugares determinados das conjunções nas orações para não provocar confusão aos alunos, e depois é melhor que os alunos façam exercícios com as conjunções para reforçar a memória. 441

6 3. TRÊS MODALIDADES DE SUBORDINAÇÃO CONJUNCIONAL NA LÍNGUA PORTUGUESA 3.1. CONSTRUÇÕES FACTUAIS (1)Se a água atinge a temperatura de 100 graus, entra em ebulição., entrará A oração subordinada a água atinge a temperatura de 100 graus é uma condição suficiente para que a ebulição seja inevitável. (2) Se hoje faz sol, vamos à praia. (3) Se não sabe cozinhar, comemos no restaurante. (4) Se faz vento, fechamos as janelas. A consequência expressa por oração principal é possível, provável ou necessária relativamente à oração subordinada CONSTRUÇÕES HIPOTÉTICAS (5a) Se o João vier cedo, vamos jantar fora, (6) Se tiver férias, quero fazer uma viagem a Portugal. (7) Se tirares a carta de condução, vou-te comprar um carro. (8) Se chover amanhã, não vamos ao cinema. De um modo geral, a localização temporal dos estados de coisas descritos em construções hipotéticas é o futuro e, no seu resultado, tem, geralmente, duas possibilidades: ou é reali zável ou é irrealizável. 3.3.CONSTRUÇÕES CONTRAFACTUAIS (5b) Se o João viesse cedo, íamos jantar fora., iríamos Nestes exemplos (5a) e (5b) não se modifica o nexo semântico entre as duas proposições. O que as distingue é uma diferença de grau de possibilidade: o estado escrito em subordinada é dado como possibilidade menos possível em (5b) do que em (5a). (9) Se tivesse chovido em Portugal em 1981, não tinha havido seca. teria (10)Se o sol girasse à volta da terra, não havia sistema solar. haveria (l 1) Se a terra não fosse esférica, era cúbica., seria Os três enunciados são condições contrafactuais ou irreais, por isso têm resultados irreais. 442

7 4. TRÊS MODALIDADES DAS FRASES COM "SE" NA SITUAÇÃO CHINESA Em português podemos exprimir sintacticamente três construções condicionais factuais, hipotéticas e contrafactuais por modo indicativo e conjuntivo; em chinês, como não existe gramaticalmente modo, só podemos distinguir as três modalidades pelo raciocínio do conhecimento do contexto e da subordinada, e também pela enunciação e tom dos falantes. Vejamos o exemplo: (1) 如 果 若 奥 不 完 成 作 業, 媽 媽 就 不 讓 他 看 電 視 ru guo ruo ao bu wan cheng zuo ye, ma ma jiu bu rang ta kan dian shi. Se o João não acabar o trabalho, a mãe então não deixar ele ver televisão. Se o João não acaba o trabalho, a mãe não lhe permite que veja televisão. A construção condicional (1) é ligado ao mundo real, o que acontece em muitas famílias, é real. (2) 媽 媽 説 : 如 果 今 天 完 不 成 作 業, 就 不 能 看 電 視 mama shuo ru guo jin tian wan bu cheng zuo ye, jiu bu neng kan dian shi. A mãe dizer se hoje não acabar o trabalho, então não poder ver televisão. A mãe disse: Se o João não acabar o trabalho hoje, não poderá ver televisão. Esta frase é dita pela mãe do João. O enunciado exprime que o João até à altura em que a mãe disse isso, ainda não tinha acabado o trabalho. É uma construção hipotética que tem duas possibilidades de resultado no futuro: uma, é que o João acabará o trabalho e verá televisão; outra, é que ele não acabará o trabalho e não verá televisão. (3) 若 奥 説 : 如 果 没 有 完 成 作 業, 早 就 不 能 看 電 視 了 ruo ao shuo ru guo nei you wan cheng zuo ye, zao jiu kan bu cheng dian shi le. O João dizer se não acabar o trabalho, cedo então não poder ver televisão Se o João não tivesse acabado o trabalho, não podia ver televisão. Esta frase pode ser dita no tempo em que o João está a ver a televisão ou mesmo depois de o João ter visto televisão. O enunciado exprime um tempo passado e não factual CONSTRUÇÕES FACTUAIS NA LÍNGUA CHINESA. As construções factuais exprimem relações entre a oração principal e subordinada no mundo real, a oração principal pode expressar afirmação, previsão, proposição ou fazer uma pergunta ou comentário. 443

8 (4) 要 是 你 不 會 游 泳, 不 要 去 海 裏 潛 水 Se não sabes nadar, não mergulhes no mar. (5) 如 果 你 頭 疼, 我 們 就 去 醫 院 Se tens dores de cabeça, vamos ao hospital. (6) 假 如 我 碰 到 老 師, 就 同 他 打 招 呼 Se encontro o professor Li, cumprimento-o. (7) 如 果 你 喜 歡 吃 蘋 果, 你 一 定 也 喜 歡 糖 水 蘋 果 Se gostas de maçã, vais gostar desta compota CONSTRUÇÕES HIPOTÉTICAS NA LÍNGUA CHINESA. A subordinada apresenta uma hipótese; a partir desta, faz-se uma pergunta ou afirmação na oração principal, mas não é sempre realizável. (8) 假 如 明 天 下 雨, 我 們 就 不 去 上 班 了 Se chover amanhã, não vamos ao trabalho. (9) 如 果 你 有 時 間, 我 們 去 看 電 影 Se tiveres tempo, vamos ao cinema. (10) 要 是 若 奥 不 來 了, 要 不 要 通 知 你? Se o João não vier, não sei se vou avisar-te. (11) 假 如 我 碰 到 老 師, 就 同 他 打 招 呼 Se eu quiser aprender mandarim, irei a Beijing CONSTRUÇÕES CONTRAFACTUAIS NA LÍNGUA CHINESA. Como a subordinada tem o tempo passado e é contra a realidade, tem um resultado também irreal. (12) 如 果 你 聽 從 我 的 勸 告, 就 不 會 不 及 格 Se obedecesses aos meus conselhos, não chumbarias no exame. (13) 假 如 她 是 我 母 親, 我 就 和 她 一 起 生 活 Se ela fosse a minha mãe, viveria com ela. (14) 要 是 不 下 雨, 若 奥 早 就 到 了 Se não chovesse, o João teria chegado. (15) 假 如 她 去 了 商 店, 早 就 把 襯 衫 買 回 來 了 Se ela fosse ao mercado, compraria a blusa. CONCLUSÃO Em chinês, a distinção das construções factuais, hipotéticas e contrafactuais depende do contexto, sobretudo do contexto conhecido pelo falante e ouvinte. 5. COORDENAÇÃO DOS TEMPOS E MODOS DOS VERBOS NAS FRASES COM SE EM PORTUGUÊS 5.1. SE É UMA CONSTRUÇÃO FACTUAL, O VERBO DA SUBORDINADA USA INDICATIVO, O VERBO DA ORAÇÃO PRINCIPAL TAMBÉM COMBINA COM O INDICATIVO. 444

9 5.1.l. O VERBO DA SUBORDINADA E O DA ORAÇÃO PRINCIPAL USAM AO MESMO TEMPO PRESENTE DO INDICATIVO. (1) Porque não vens comigo ao cinema, se não tens aulas? (Expressa uma actualidade do presente) O VERBO DA SUBORDINAÇÃO E O DA ORAÇÃO PRINCIPAL USAM AO MESMO. TEMPO PRETÉRITO IMPERFEITO DO INDICATIVO. (2) No ano passado, se não tínhamos aulas, íamos ao cinema. (expressa uma actualidade do tempo passado) O VERBO DA SUBORDINADA E O DA ORAÇÃO PRINCIPAL USAM AO MESMO TEMPO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO. (3) Se cheguei tarde, foi porque o comboio se atrasou. (expressa uma actualidade do tempo passado) 5.2. SE É UMA CONSTRUÇÃO HIPOTÉTICA, O VERBO DA SUBORDINADA USA FUTURO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO, O VERBO DA ORAÇÃO PRINCIPAL COMBINA COM UM TEMPO FUTURO O VERBO DA SUBORDINADA USA FUTURO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO E, O DA ORAÇÃO PRINCIPAL USA FUTURO IMPERFEITO DO INDICATIVO. (4) Se não tiver aulas à tarde, iremos ao cinema. (um caso que vai acontecer com possibilidade) COMO O PRESENTE DO INDICATIVO PODE EXPRESSAR UM TEMPO DE FUTURO, USA-SE ESTE TEMPO NA ORAÇÃO PRINCIPAL. (5) Se quiseres, vamos juntos. (um caso que vai acontecer com possibilidade) COMO O IMPERATIVO TAMBÉM PODE EXPRESSAR UM TEMPO FUTURO, USA-SE ESTE TEMPO NA ORAÇÃO PRINCIPAL. (6) Se quiser passar no exame, faça mais esforço. (um caso que vai acontecer com possibilidade) 5.3. SE É UMA CONSTRUÇÃO CONTRAFACTUAL, O VERBO DA SUBORDINADA USA PRETÉRITO IMPERFEITO DE CONJUNTIVO, O VERBO DA ORAÇÃO PRINCIPAL COMBINA COM O CONDICIONAL SIMPLES OU COMPOSTO, E PODE EXPRESSAR UM TEMPO PASSADO, PRESENTE OU FUTURO PASSADO. (7) Se não tivéssemos tido aulas (ontem), teríamos ido ao cinema. (expressa irrealidade) PRESENTE (8) Se não tivéssemos aulas (agora), iríamos ao cinema. (expressa irrealidade) 445

10 FUTURO. (9) Se não tivéssemos aulas (amanhã), poderíamos ir ao cinema. (expressa irrealidade) 5.4. SE É UMA CONSTRUÇÃO CONTRAFACTUAL E EXPRESSA UM TEMPO PASSADO, O VERBO DA SUBORDINADA USA PRETÉRITO MAIS-QUE- -PERFEITO DO CONJUNTIVO, O VERBO DA ORAÇÃO PRINCIPAL COMBINA COM A CONDICIONAL SIMPLES OU COMPOSTA. ma. (10) Se eu tivesse acabado o trabalho, acompanhar-te-ia ao cine (11) Se tivesses chegado mais cedo, não teríamos perdido o comboio QUANDO O FALANTE FALA SOBRE UM TEMPO PASSADO A PARTIR DO TEMPO PRESENTE EM QUE ESTÁ A FALAR, USANDO PRETÉRITO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO E CONDICIONAL, EXPRIME UMA IRREALIDADE; QUANDO O FALANTE FALA SOBRE O TEMPO FUTURO DO PASSADO A PARTIR DO TEMPO PASSADO, USANDO PRETÉRITO IMPERFEITO DE CONJUNTIVO E CONDICIONAL, EXPRIME UMA COISA QUE VAI ACONTECER COM POSSIBILIDADE. (12) Ele disse que, se não tivesse aulas no dia anterior, iria ao cinema. (Exprime uma possibilidade) (13)Eu tive aulas ontem. Se não tivesse aulas, iria ao cinema. (Exprime uma irrealidade) 6. INEXISTÊNCIA DA COMBINAÇÃO DO TEMPO E MODO DOS VERBOS DAS FRASES COM "SE" EM CHINÊS CONCLUSÃO Como na gramática chinesa não existe o tempo e o modo dos verbos, os professores têm de explicar as frases condicionais aos alunos chineses, através da semântica, de forma a que possam perceber e utilizar correctamente as três diferentes modalidades de frases com "se" na sintaxe da língua portuguesa. BIBLIOGRAFIA Cunha, Celso e L.F. Lindley Cintra (1992), Nova Gramática de Português Contemporâneo. Casteleiro, João Malaca, Américo Maria e José Pessoal (1988), Nível Limiar Mateus, M.H. Mira, A.M. Brito, I. Duarte e I.H. Faria (1994), Gramática da Língua Portuguesa. Vilela, Mário (1995), Gramática da Língua Portuguesa. Figueiredo, J.M. Nunes e Ferreira A. Gomes (1990), Compêndio da Gramática Portuguesa. 446

11 Li, Charles and Sandra A Thompson (1992), Mandarin Chinese, A Functinal Reference Grammar (versão chinesa). Xing, Fuyi, 1997, Gramática da Língua Chinesa. Departamento da Língua Chinesa Contemporânea da Universidade de Beijing, 1995, Língua Chinesa Contemporânea. Wang, Suoying e Lu, Yanbin, 1996, Gramática da Língua Portuguesa. Lu, Suxiang, 1982, Gramática da Língua Chinesa. Wang, Li, 1979, Gramática da Língua Chinesa Contemporânea. 447

12 448

OFICINA GRAMATICAL: FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO E ORACÕES CONDICIONAIS GUIÃO DE CORRECÇÃO

OFICINA GRAMATICAL: FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO E ORACÕES CONDICIONAIS GUIÃO DE CORRECÇÃO OFICINA GRAMATICAL: FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO E ORACÕES CONDICIONAIS Víctor Mércia Justino (2013) GUIÃO DE CORRECÇÃO SEQUÊNCIA DIDÁCTICA I: A FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO ETAPA I: Comparação dos

Leia mais

Pretérito Imperfeito do Indicativo

Pretérito Imperfeito do Indicativo Pretérito Imperfeito do Indicativo eu tu você ele ela nós vós vocês eles elas Pretérito Imperfeito do Indicativo formas -ar falava falavas falava falávamos faláveis falavam Verbos regulares -er / -ir comia

Leia mais

RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES

RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES Recorda! Verbos são palavras que refer acções ou processos praticados ou desenvolvidos por alguém. Os verbos distribu-se por vários

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Aula 05 - Compromissos

Aula 05 - Compromissos Aula 05 - Compromissos Objetivos Agendar compromissos, utilizando verbos no infinitivo ou a estrutura (ir) + ter que + verbos no infinitivo; conversar ao telefone, reconhecendo e empregando expressões

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Modo: indicativo O modo indicativo expressa um fato de maneira definida, real, no presente, passado ou futuro, na frase afirmativa, negativa ou interrogativa. Presente Presente Passado (=Pretérito) Pretérito

Leia mais

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas.

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. Pág. 41 1 e 2 1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. c) Delimite as orações. Foi o presente

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 19 por

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2. Exercícios Semana 4. 1) Complete os diálogos usando o tempo verbal mais adequado:

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2. Exercícios Semana 4. 1) Complete os diálogos usando o tempo verbal mais adequado: Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 4 Revisão Tempos verbais: 1) Complete os diálogos usando o tempo verbal mais adequado: 1 2 2) Revisão verbos SABER, PODER e QUERER: 3)

Leia mais

LAUDO TÉCNICO. Respostas entre asteriscos indicam que o assunto perturba o depoente.

LAUDO TÉCNICO. Respostas entre asteriscos indicam que o assunto perturba o depoente. Porto Alegre, 21 de julho de 2010. LAUDO TÉCNICO No dia de hoje através de um áudio extraído da entrevista de Fernanda Gomes de Castro para o programa Mais Você de 21/07/2010, foi realizada uma analise

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 4CCHLADLEMPLIC04 OBSERVAÇÃO EM SALA DE AULA E/LE Bruna Mikaele Siquiera (1) María del Pilar Roca (3) Centro de Ciências Humanas, Artes e Letras/ Departamento de Letras Estrangeiras Modernas RESUMO Esse

Leia mais

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo:

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: 1) Complete as frases abaixo com o pretérito perfeito dos seguintes

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas)

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Nome: Data: A Importa-se de responder a umas perguntas? Está bem. Obrigado. 1 Como é que se chama? 2 O que é que faz? 3 Vive aqui agora? 4 Há quanto tempo

Leia mais

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas.

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas. LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL 9º ANO - PORTUGUÊS Caro aluno, seguem abaixo os assuntos para a prova de exame. É só um lembrete, pois os mesmos estão nas apostilas do primeiro bimestre, segundo e terceiro

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por:

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por: COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA AVALIAÇÃO: EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES I DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): ANA PAULA DA VEIGA CALDAS ALUNO(A) DATA: / / TURMA: M SÉRIE: 9º ANO DATA PARA ENTREGA:

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 1 1. Objetivos: Ensinar que Eliézer orou pela direção de Deus a favor de Isaque. Ensinar a importância de pedir diariamente a ajuda de Deus. 2. Lição Bíblica: Gênesis 2

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 6 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 6 I Ir Preposição para + artigo Preposição a + artigo Eu vou Para + o = para o

Leia mais

Texto 2. Julinho, o sapo

Texto 2. Julinho, o sapo Texto 2 Nós vamos ler um texto bem diferente do texto 1. Também tem princesa, sapo, mas o que acontece é difícil de imaginar. Nestes versos você vai encontrar uma pista. Lá no brejo tem um sapo que canta

Leia mais

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada.

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Cláudia Barral (A sala é bastante comum, apenas um detalhe a difere de outras salas de apartamentos que se costuma ver ordinariamente: a presença de uma câmera de vídeo

Leia mais

A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE

A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE Lisboa 2014 A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE O MEU PAI SANGRA HISTÓRIA E AQUI COMEÇARAM OS MEUS PROBLEMAS Tradução de JOANA NEVES Fui visitar o meu pai a Rego Park. Há muito

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

Produção de Texto 5º ano

Produção de Texto 5º ano Produção de Texto 5º ano Quando pequenos, aprendemos que, para conviver em grupo, sempre as coisas vão acontecer conforme as nossas pretensões. Aos poucos, nos relacionamentos com a nossa família, vamos

Leia mais

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque.

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. Ex. Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam. I) Proporcional: funciona como adjunto adverbial

Leia mais

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas.

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. Língua Portuguesa O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. O rápido e grande avanço observado no ambiente da produção, por meio do surgimento

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Pretérito Perfeito Composto do Indicativo

Pretérito Perfeito Composto do Indicativo Pretérito Perfeito Composto do Indicativo Pretérito perfeito composto formas Forma-se o Pretérito perfeito composto do indicativo com o verbo auxiliar ter no presente do indicativo e o particípio passado

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

Professora: Lícia Souza

Professora: Lícia Souza Professora: Lícia Souza Morfossintaxe: a seleção e a combinação de palavras Observe que, para combinar as palavras loucamente, louco e loucura com outras palavras nas frases de modo que fiquem de acordo

Leia mais

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 6º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o texto a seguir. Brasileiros

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Carol Oliveira Diretora de Vendas Independente Mary Kay

EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Carol Oliveira Diretora de Vendas Independente Mary Kay EDUCAÇÃO FINANCEIRA Carol Oliveira Diretora de Vendas Independente Mary Kay COMO A REALIDADE ENSINA... DESPESAS MENSAIS Aluguel Empréstimos Água, luz e internet Despesas com alimentação Despesa com filhos

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

SIMULADO/AVALIAÇÃO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO 3º ANO CADERNO DO ALUNO PRIMEIRO SEMESTRE 2012

SIMULADO/AVALIAÇÃO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO 3º ANO CADERNO DO ALUNO PRIMEIRO SEMESTRE 2012 Escola Estadual Professor Manoel Machado Povoado da Serra Verde Virgínia MG CEP 37465-000 SIMULADO/AVALIAÇÃO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO 3º ANO CADERNO DO ALUNO PRIMEIRO SEMESTRE 2012 ESCOLA: NOME: DATA DE

Leia mais

ANEXO IV Programas de Língua Portuguesa do Ensino Secundário em Cabo Verde

ANEXO IV Programas de Língua Portuguesa do Ensino Secundário em Cabo Verde ANEXO I - O conjuntivo: paradigmas e exercícios ANEXO II - Produções escritas dos aprendentes ANEXO III Formulário ANEXO IV Programas de Língua Portuguesa do Ensino Secundário em Cabo Verde 1 ANEXO I -

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Aula 4.1 Conteúdo: Frase Classificação quanto à intenção Classificação quanto à estrutura (oração) LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES

Aula 4.1 Conteúdo: Frase Classificação quanto à intenção Classificação quanto à estrutura (oração) LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 4.1 Conteúdo: Frase Classificação quanto à intenção Classificação quanto à estrutura (oração) 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 35 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 35 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 35 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA 1. TEMA: Boa Vontade. 2. OBJETIVO: Incentivar as crianças a praticarem

Leia mais

"Organizar evento é como uma grande orquestra"

Organizar evento é como uma grande orquestra "Organizar evento é como uma grande orquestra" Publicação: 25 de Maio de 2014 às 00:00 O primeiro evento que ela organizou foi aos 12 anos, a festa junina da escola. O que Tânia Trevisan não imaginava

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. Trabalho Avaliativo Valor: 30 % Nota: Minhas Férias Eu, minha mãe, meu pai, minha irmã (Su) e meu cachorro

Leia mais

Profª.: Elysângela Neves

Profª.: Elysângela Neves Profª.: Elysângela Neves Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que exige outro) e o termo regido ou subordinado (termo regido pelo primeiro) A regência

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

Após 41 anos de descontos e 65 de idade reformei-me. Fiquei com UMA SÓ reforma calculada a partir dos descontos que fiz nesses 41 anos.

Após 41 anos de descontos e 65 de idade reformei-me. Fiquei com UMA SÓ reforma calculada a partir dos descontos que fiz nesses 41 anos. Vamos lá entender!? Tenho sido questionado sobre a razão de terem terminado a nível do SNS as cirurgias de mudança de sexo que eram feitas por mim no CHLN/Hospital Santa Maria, em Lisboa. Decidi por isso

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

COLOCAÇÃO PRONOMINAL

COLOCAÇÃO PRONOMINAL COLOCAÇÃO PRONOMINAL COLOCAÇÃO PRONOMINAL Na utilização prática da língua, a colocação dos pronomes oblíquos é determinada pela eufonia, isto é pela boa sonoridade da frase. Por isso, em certos casos,

Leia mais

Capítulo 2: A modalização em mandarim

Capítulo 2: A modalização em mandarim Capítulo 2: A modalização em mandarim 2.1. Características do mandarim Tendo por objetivo encontrar os problemas dos alunos chineses de PLE, é essencial fazer uma pesquisa sobre as propriedades da modalização

Leia mais

Preposição e sua construção de sentido. Profª Fernanda Machado

Preposição e sua construção de sentido. Profª Fernanda Machado Preposição e sua construção de sentido Profª Fernanda Machado Conceito Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na frase um valor semântico. A função da

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

VAMOS ESTUDAR OS VERBOS

VAMOS ESTUDAR OS VERBOS VAMOS ESTUDAR OS VERBOS Autores: Ana Catarina; Andreia; Bibiana; Pedro Cardoso. Ano/Turma: 6º A Ano Lectivo: 2007/2008 Índice. 1 Introdução... 2 Pág. Primeira Parte 1-OS VERBOS 1.1 Conceito.. 3 1.2 Tempo.

Leia mais

Paródia 1ªA. Música Fugidinha Michel Teló. Cheguei na escola não consegui entender. Mas depois de um tempo tudo foi se resolver

Paródia 1ªA. Música Fugidinha Michel Teló. Cheguei na escola não consegui entender. Mas depois de um tempo tudo foi se resolver Paródia 1ªA Música Fugidinha Michel Teló Cheguei na escola não consegui entender Mas depois de um tempo tudo foi se resolver Tudo dando certo eu vou ficar esperto E vestibular eu vou fazer Sempre tem aquele

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

VOCÊ QUER LER EM INGLÊS EM APENAS 7 DIAS?

VOCÊ QUER LER EM INGLÊS EM APENAS 7 DIAS? VOCÊ QUER LER EM INGLÊS EM APENAS 7 DIAS? Olá. Eu sou o Charlles Nunes, coordenador do BLZ Idiomas. Aprendi inglês como autodidata e trabalho com ensino há mais de 20 anos. Tenho uma ideia para compartilhar:

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

ENTREVISTA DO PROF. CLAUDIO CEZAR HENRIQUES

ENTREVISTA DO PROF. CLAUDIO CEZAR HENRIQUES 132 ENTREVISTA DO PROF. CLAUDIO CEZAR HENRIQUES September 21, 2010, by pontofinalmacau Claudio Cezar Henriques, filólogo e escritor brasileiro, esteve em Macau para uma palestra sobre a reforma ortográfica,

Leia mais

Ficha de trabalho/ treino 7º ano de escolaridade Modos verbais: indicativo, imperativo e conjuntivo

Ficha de trabalho/ treino 7º ano de escolaridade Modos verbais: indicativo, imperativo e conjuntivo Ficha de trabalho/ treino 7º ano de escolaridade Modos verbais: indicativo, imperativo e conjuntivo 1. Observa uma lista de indicações para uma correta operação de lavagem dos dentes. 1. Pegar na escova

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo. Título: Reencarnação

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo. Título: Reencarnação Plano de Aula 12 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo Educadora: Andréa, Rafael e Erenilton Dia: 04/05/2015 Horário: 20 às 21hs Título: Reencarnação

Leia mais

18/11/2005. Discurso do Presidente da República

18/11/2005. Discurso do Presidente da República Discurso do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega de certificado para os primeiros participantes do programa Escolas-Irmãs Palácio do Planalto, 18 de novembro de 2005

Leia mais

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições O. T. Brito Pág. 2 Dedicado a: Minha filha única Luciana, Meus três filhos Ricardo, Fernando, Gabriel e minha esposa Lúcia. Pág. 3 Índice 1 é o casamento

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 4

Transcrição de Entrevista nº 4 Transcrição de Entrevista nº 4 E Entrevistador E4 Entrevistado 4 Sexo Masculino Idade 43 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante o

Leia mais

CURIOSIDADES GRÁFICAS

CURIOSIDADES GRÁFICAS CURIOSIDADES GRÁFICAS 1. USO DOS PORQUÊS POR QUE: usado em frases interrogativas diretas e indiretas; quando equivale a pelo qual e flexões e quando depois dessa expressão vier escrita ou subentendida

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

Menos paixão: o sucesso na Negociação

Menos paixão: o sucesso na Negociação Menos paixão: o sucesso na Negociação O sucesso de uma negociação está na ausência da paixão. Quanto mais objetiva e baseada em critérios imparciais for a negociação, melhor será o acordo final para todos.

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

COMO INVESTIR NO TESOURO DIRETO

COMO INVESTIR NO TESOURO DIRETO 1 COMO INVESTIR NO TESOURO DIRETO UM GUIA PRÁTICO PARA COMPRAR SEU PRIMEIRO TÍTULO PÚBLICO BILLY C. IMPERIAL Copyright 2015. Todos os Direitos Reservados. EDITADO POR ALEXSANDER GUEDES LIMA ISBN:1508888582

Leia mais

CONTEXTUALIZANDO AS OPERAÇÕES COM SINAIS DOS NÚMEROS INTEIROS RELATO DE EXPERIÊNCIA.

CONTEXTUALIZANDO AS OPERAÇÕES COM SINAIS DOS NÚMEROS INTEIROS RELATO DE EXPERIÊNCIA. 9 CONTEXTUALIZANDO AS OPERAÇÕES COM SINAIS DOS NÚMEROS INTEIROS RELATO DE EXPERIÊNCIA. Adriana A. Silva Éderson O. Passos INTRODUÇÃO Vergnaud (1982) propôs, em sua Teoria dos Campos Conceituais, que o

Leia mais

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II.

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II. Unidade II Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20 Revisão e avaliação da unidade II. 2 Ervas O caule das ervas (plantas herbáceas) é geralmente verde, ao contrário das árvores e arbustos.

Leia mais

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1 1. Pateo do Collegio conhecia conhecia 16 18 0 1. Pateo do Collegio gostei gostei 33 0 1 Pateo do Collegio 3% Pateo do Collegio gostei 0% conhecia 53% conhecia 47% gostei 97% Por quê? Aprendi mais sobre

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo!

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Usar o Youtube profissionalmente é o upgrade que o seu negócio precisa para alavancar e obter muito mais vendas, contatos e visitas!

Leia mais

1- Nem sempre os alunos da tua turma se portam bem na aula de Ciências da Natureza. Porque razão isso acontece?

1- Nem sempre os alunos da tua turma se portam bem na aula de Ciências da Natureza. Porque razão isso acontece? 1.7.2. Regra de reconhecimento e de realização Questionários aos alunos do 2º Ciclo do Ensino Básico (2001) QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS Escola Ano Turma Sexo F M Data / / Este questionário tem por objectivo

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto expositivo e responda às questões de 1 a 5. As partes de um vulcão

Leia mais

Como Instalar Wordpress Manualmente

Como Instalar Wordpress Manualmente Antes de começar quero te fazer uma pergunta: Você gostaria de ganhar R$1714.48 reais de renda extra trabalhando apenas 1 hora por dia? Como Instalar Wordpress Manualmente Pense bem e reflita na pergunta

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES NÍVEL: FUNDAMENTAL TURNO: MANHÃ GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES SUPLETIVO 2013 QUADRO DE PROVAS PORTUGUÊS PRÉDIO: SALA: NOME COMPLETO: RG: Nº DE INSCRIÇÃO:

Leia mais

GUIA PARA ESCREVER MELHOR. Saiba que erros evitar para ter um bom desempenho na prova de redação

GUIA PARA ESCREVER MELHOR. Saiba que erros evitar para ter um bom desempenho na prova de redação GUIA PARA ESCREVER MELHOR Saiba que erros evitar para ter um bom desempenho na prova de redação Í N D I C E Capítulo 1 Não exagere nos adjetivos Capítulo 2 Evite o queísmo Capítulo 3 Não seja intrometido(a)

Leia mais

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário epílogo O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário do rebuliço que batia em seu peito. Quase um ano havia se passado. O verão começava novamente hoje, ao pôr do sol, mas Line sabia que,

Leia mais

COMO GERAR LEADS SEM GASTAR NENHUM CENTAVO

COMO GERAR LEADS SEM GASTAR NENHUM CENTAVO COMO GERAR LEADS SEM GASTAR NENHUM CENTAVO NESTE E-BOOK VOCÊ IRA APRENDER. NÃO EXISTE TRÁFEGO GRATUITO. O QUE É UMA OFERTA IMEDIATA. COMO GERAR TRÁFEGO GRATUITO" AUMENTANDO LISTA USANDO OFERTA IMEDIATA

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre O CASO DA CALÇADA DO JASMIM UM CRIME? Terça-feira, seis de Maio. São catorze horas. A D. Odete não é vista no seu bairro desde hoje de manhã. As janelas da sua casa estão abertas, mas o correio de hoje

Leia mais

Casamentos gay. Jornal Público (excerto)

Casamentos gay. Jornal Público (excerto) Casamentos gay Jornal Público (excerto) As uniões de casais homossexuais já podem ser registadas legalmente no Reino Unido, concedendo-se aos parceiros exactamente os mesmos direitos e responsabilidades

Leia mais

Anexo 1. Materiais Didácticos Fase de Diagnóstico. Documento 1 Teste de compreensão oral de texto (COT)

Anexo 1. Materiais Didácticos Fase de Diagnóstico. Documento 1 Teste de compreensão oral de texto (COT) Anexo 1 Materiais Didácticos Fase de Diagnóstico Documento 1 Teste de compreensão oral de texto (COT) Transcrição do estímulo oral do teste de COT (quatro ano e sexto ano) Experiências em Animais Por causa

Leia mais

Aula 5 Modelo de Roteiro Para Ser Usado nas Suas Entrevistas

Aula 5 Modelo de Roteiro Para Ser Usado nas Suas Entrevistas Aula 5 Modelo de Roteiro Para Ser Usado nas Suas Entrevistas OBS: Tudo que estiver nessa formatação: [vermelho] são os espaços onde você deve preencher com informações pertinentes ao seu projeto (avatar,

Leia mais

NCE UNEMAT 2005 NÍVEL SUPERIOR

NCE UNEMAT 2005 NÍVEL SUPERIOR NCE UNEMAT 2005 NÍVEL SUPERIOR TEXTO URGÊNCIA Ao constatar que, de 40 pessoas que costumam dormir nas praias de Copacabana e Ipanema, 35 vieram de fora da cidade, a Secretaria municipal de Assistência

Leia mais

Nº34B 28º Domingo do Tempo Comum-11.10.2015 Partilhar o que temos

Nº34B 28º Domingo do Tempo Comum-11.10.2015 Partilhar o que temos Nº34B 28º Domingo do Tempo Comum-11.10.2015 Partilhar o que temos Ouvimos hoje, no Evangelho, Jesus dizer É mais fácil passar um camelo por um buraco de uma agulha, que um rico entrar no Reino dos Céus.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. "A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz." Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz. Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2 "A única maneira de fazer um grande trabalho é amar o que você faz." Steve Jobs Por Viva e Aprenda 2 Por Viva e Aprenda Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa O Segredo Das Ações"

Leia mais

Gramática e ensino do português

Gramática e ensino do português Ação de formação Gramática e ensino do português Filomena Viegas Funções sintáticas na frase Sujeito [[Os meus primos] vivem em Santarém. [Esse rapaz alto que tu conheces] estudou no Porto. Chegaram [os

Leia mais