ConeFit TM para máxima flexibilidade.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ConeFit TM para máxima flexibilidade."

Transcrição

1 Competência em produtos _COMPETÊNCIA EM USINAGEM Fresamento ConeFit TM para máxima flexibilidade.

2 WALTER PROTOTYP ConeFit sistema modular para fresamento O SISTEMA DA FERRAMENTA Sistema modular de fresamento em metal duro com rosca autocentrante (patente requerida) Máxima precisão do batimento radial através da centralização cônica A face de apoio axial assegura a melhor rigidez Faixa de diâmetros de 10 até 25 mm Ampla gama de cabeças intercambiáveis de alta performance para a usinagem dos mais diversos materiais dos grupos ISO P, M, K, N e também geometrias para a usinagem de grafite Revestimentos TAX, TAZ e diamante (DIA) Hastes de aço e hastes de metal duro em diversas versões e comprimentos com dimensões em mm e polegadas Adaptadores monobloco em HSK63, SK40, MAS BT 40, bem como Capto C5 e C6 Hastes diversas Cone retificado com face de apoio A APLICAÇÃO Para os grupos de materiais ISO P, M, K, N, S, O Desbaste e acabamento de todos os contornos e usinagem das formas mais diversas Para aplicação na usinagem em geral, nas indústrias automotiva e de energia, nas indústrias aeroespacial e de moldes e matrizes SPADE Versão econômica Sinterizada na forma final, inclusive na área de saída de cavacos Faixa de diâmetros de 10 até 16 mm A APLICAÇÃO Fresamento em plunging, chanframento, centragem ou espelhamento de furos usinados Versão econômica com canal de escoamento de cavacos sinterizado Rosca com patente requerida Ampla gama de geometrias SUAS VANTAGENS Combinação modular com diversos tipos de hastes Ampla gama de geometrias Máxima estabilidade e precisão devido às faces de apoio planas e cônicas com rosca autocentrante patenteada Elevada vida útil na usinagem de grafite em razão do revestimento especial de diamante e novas geometrias Grande escoamento de cavacos na versão N 10 Fresa para cópia com 2 arestas H1E Fresamento com metal duro

3 SUBLINE WALTER PROTOTYP ÜBER HEADLINE (1.1) Headline ConeFit in Resumo grün (1.2), do auch programa für Umbrüche als 3- Zeiler möglich. Headline in grün, auch für Umbrüche als 3- Zeiler möglich. Ferramenta para a usinagem de grafite Geometria macro otimizada Cavacos e ângulo de saída para grafite Ferramenta para a usinagem de aço Microgeometria otimizada específica para materiais ISO P Revestimento DIA Revestimento TAZ de canto para uma aresta estável Microgeometria otimizada específica para grafite 4 arestas com passo diferencial Interface ConeFit 4 arestas H3E20419 métrica de canto Proto max ST H4E34217 métrica H4E38217 métrica com raio de canto Tough Guys para aplicação universal Revestimento TAX Fresa de avanço elevado ConeFit TM com geometria Flash específica Aresta longa 0,8 x D C Revestimento TAX Com e sem raio de canto E10 até E16 Ângulo de hélice 50 4 arestas com passo diferencial 2 arestas Ângulo de hélice 10 Grande escoamento de cavacos em razão da versão sinterizada N 50 Tough Guys H3E21317 H3E20317 com raio de canto N 10 H3E21317 H3E20317 com raio de canto Fresamento com metal duro 3

4 WALTER PROTOTYP Proto max Inox com interface ConeFit A FERRAMENTA Uma fresa de metal duro de alta performance específica para a usinagem de aços inoxidáveis Disponível com e sem raio de canto Raio de canto de 0,5 até 4 mm Faixa de diâmetros de 10 até 25 mm Ângulo de hélice 50 4 ou 5 arestas Interface ConeFit de E10 até E25 Revestimento de TAA Geometria para materiais ISO M e ISO S A APLICAÇÃO Aplicação principal: grupo de materiais ISO M Aplicação secundária: grupo de materiais ISO S Para desbaste e acabamento Usinagem de canais integrais de até 0,55 x D c Fresamento de bolsões, plunging inclinado e fresamento de contornos Ideal para utilização em máquinas com refrigeração interna Campos de aplicação: usinagem em geral, indústria de energia, indústrias médica e aeroespacial Saídas de agente refrigerante Proto max Inox com interface ConeFit Revestimento de TAA H2EC34217 métrica H2EC38217 métrica com raio de canto SUAS VANTAGENS Máximo volume de remoção, até 50 % maior, em comparação com as ferramentas modulares convencionais Grande volume de remoção, garantindo alta produtividade na usinagem de aços inoxidáveis Operação com pouca vibração devido ao passo diferencial específico Corte suave graças à microgeometria otimizada Em razão da refrigeração interna, máxima segurança de processo e transporte otimizado dos cavacos Máxima vida útil devido ao inovador revestimento de TAA e à refrigeração interna 4 Fresamento com metal duro

5 A FERRAMENTA Fresa de metal duro de alta performance com geometria específica para avanços elevados ideal para a usinagem de aços inoxidáveis Faixa de diâmetros de 10 até 25 mm Ângulo de hélice 50 4 arestas Interface ConeFit de E10 até E25 Revestimento de TAA Geometria específica para avanços elevados em materiais ISO M e ISO S Revestimento de TAA Saídas de agente refrigerante Proto max Inox com perfil Flash H2EC94717 Peça de demonstração Material da peça: X6CrNiMoTi17 (1.4571) ISO M Resistência à tração: 700 N/mm 2 Ferramenta: Proto max Inox com interface ConeFit H2EC38217-E Dados de corte Antes sem refrigeração interna Proto max Inox com refrigeração interna Ø 12 mm 12 mm z 4 4 ae 10 mm 10 mm ap 2 mm 2 mm vc 82 m/min 82 m/min n 2200 rpm 2200 rpm fz 0,05 mm 0,05 mm vf 433 mm/min 433 mm/min Vida útil em metros Antes % Proto max Inox Fresamento com metal duro 5

6 WALTER PROTOTYP ConeFit Resumo do sistema 100 % de flexibilidade Todos os adaptadores podem ser usados com todas as fresas Fresamento a 90º Fresamentos de canais /a 90º Tipo B Metal duro AK610 C Tipo A Metal duro AK610 C Adaptadores monobloco Adaptadores cilíndricos Tipo C Aço AK610 Tipo B Aço AK610 Tipo A Aço AK610 Tipo A Aço reforçado AK610 Walter Capto TM C5 + C6 AK681 HSK 63A AK631 N 50 H3E23138 N 50 H3E21138 Proto max Inox H2EC34217 AL 45 Z = 3 H6E2211 AL 45 H6E2511 Qmax F 40 H3E82378 Qmax F 45 H3E85378 Proto max ST H4E34217 Tough Guys H3E21317 SK40 + MAS-BT 40 AK641 6 Fresamento com metal duro

7 Fresamento de canais / a 90º com raio de canto Fresamento em cópia Fresamento de perfil Com perfil Flash Proto max Inox H2EC94717 Proto max Inox H2EC38217 com raio N 10 H1E12018 Fresa para chanfrar 60 H1E58518 N 50 para grafite H3E20419 N 10 para grafite H1E01219 Fresa para chanfrar 90 H1E58318 Flash Z = 4 H3E94718 N 10 H1E01118 Fresa para chanfrar 120 H1E58118 Flash Z = 3 H3E93718 N 10 H1E0111 Fresas para chanfrar 150 H1E58018 com raio Flash H1E92718 N 40 H8E01118 Fresa para chanfrar 60 Z = 4-6 H3E58518 AL 45 H6E2311 N 40 Z = 4 H8E11118 Fresa para chanfrar 90 Z = 4-8 H3E58318 Proto max ST H4E38217 Fresa para chanfrar 120 Z = 6 H3E58118 Tough Guys H3E20317 Fresa arredondada Z = 4 H3E68118 Fresamento com metal duro 7

8 WALTER PROTOTYP ConeFit Descrição da ferramenta (resumo) Aplicações Tipo de ferramenta Observações sobre o campo de aplicação Grupo de material da peça de trabalho P M K N S H O Aço Aço inoxidável Ferro fundido Metais não-ferrosos Materiais de difícil usinagem Materiais endurecidos Outros Ângulo de hélice Revestimento Desbaste Qmax Flash Qmax HR Fresa de desbaste de metal duro com perfil serrilhado HR Sem refrigeração interna Aplicável em usinagens unicamente de desbaste Particularmente adequada para relações instáveis N 50 até 55 HRC Fresa de metal duro com geometria específica na área frontal para a usinagem HSC Sem refrigeração interna Aplicação universal C C C C 45 / 50 TAX C C C C C C C 50 TAX Proto max ST 4 cortes Fresa de metal duro de alta performance para a usinagem de canais com até 0,4 x Dc de profundidade Com e sem raio de canto Específica para aço, mas aplicável em materiais inoxidáveis C C C 50 TAZ Desbaste/acabamento Tough Guys N 50 até 48 HRC Fresa de metal duro de alta performance com e sem raio de canto Aplicação universal C C C C C C 50 TAX Fresa esférica N 10 até N 40 2 a 4 arestas Com corte no centro Para desbaste, semi-acabamento e acabamento de contornos C C C C C C C 10 / 40 Sem revestimento / TAX Acabamento Fresa multitarefa N 50 Fresa de metal duro de alta performance com 6 até 8 arestas Diâmetro Dc de 10 a 25 mm Ângulo de hélice de 50 específico para operações de acabamento C C C C 50 TAX 8 Fresamento com metal duro

9 WALTER PROTOTYP ConeFit Exemplos de aplicação Braço de suporte: Fresamento de contornos Barra para válvula: Fresamento de canais Material da peça: Ferramenta: (XCrNi1810) ConeFit Tough Guys H3E20317-E Diâmetro de 16 mm, Z=4, R=2 Material da peça: Ferramenta: (XCrNi1810) Fresa esférica ConeFit H8E11118-E16-16 Diâmetro de 16 mm, Z=4, R=8 Dados de corte Dados de corte Concorrência ConeFit v c 126 m/min 126 m/min n rpm rpm z 4 4 f z 0,07 mm 0,07 mm V f 700 mm/min 700 mm/min a p 5 mm 5 mm a e 8 mm 8 mm Concorrência ConeFit v c 50 m/min 134 m/min n 995 rpm rpm z 4 4 f z 0,04 mm 0,09 mm V f 150 mm/min 975 mm/min a p 3 mm 5,9 mm a e 8 mm 8 mm Custo total por lote (em EUR) Tempo de usinagem por peça (em segundos) Concorrência ConeFit % Concorrência ConeFit 36 seg 600 seg -94 % Resultado: Redução dos custos com ferramentas de aprox. 63 % com simultânea redução com custos com pessoal de aprox. 38 %. 0 seg 100 seg 200 seg 300 seg 400 seg 500 seg 600 seg 700 seg Resultado: Redução do tempo de usinagem de aprox. 94 % e simultâneo aumento de 7 para 15 peças por ferramenta. Bloco de compressor: Fresamento a 90º Dados de corte Concorrência ConeFit v c 212 m/min 230 m/min n rpm rpm z 4 8 f z 0,03 mm 0,06 mm V f 324 mm/min mm/min a p 2 mm 2 mm a e 18 mm 18 mm Material da peça: (GGG60) Ferramenta: Fresa multitarefas ConeFit N 50 H3E21138-E25-25 Diâmetro de 25 mm, Z=8 Custo total (em EUR) Concorrência ConeFit % Resultado: Redução do tempo de usinagem de aprox. 54 % e, desta forma, uma economia de custos de aprox. 45 %. Fresamento com metal duro 9

10 WALTER PROTOTYP ConeFit Soluções em blank para ferramentas especiais Blanks para formatos especiais Para a usinagem de soluções especiais, por exemplo, fresa para canal em T com interface ConeFit Disponível com tamanhos de interface E10, E12, E16, E20 e E25 E E E D c d 2 D c d 2 D c d 2 L c l 4 y y y L c l 4 l 1 l 1 L c l 4 l 1 Tabela resumida para blanks com comprimento excedente (até 1,5 x D C ) Para a fabricação de soluções especiais com interface ConeFit TM Disponível com tamanhos de interface E10, E12, E16, E20 e E25 D c mm L c mm d 2 mm l 2 mm l 4 mm d 1 10,2 15,8 9,7 33,4 22,6 E10 12,2 18,8 11,7 40,1 26,7 E12 16,2 24,8 15,5 51,5 34,9 E16 20,2 30,8 19,3 60,1 41 E20 25,2 38,3 24,2 74,1 50,5 E25 10 Fresamento com metal duro

11

12 Walter AG Derendinger Straße 53, Tübingen Postfach 2049, Tübingen Alemanha Walter do Brasil Ltda. Sorocaba SP, Brasil , Walter Tools Ibérica S.A.U. El Prat de Llobregat, España +34 (0) , Printed in Germany (08/2014) PT

Mais garra, mais força, mais Tiger.

Mais garra, mais força, mais Tiger. _ AS NOVAS CLASSES PARA TORNEAMENTO E FRESAMENTO Mais garra, mais força, mais Tiger. agora também para operações de torneamento: a nova geração ISO P _ PRATA, PRETO, MAIS FORTE : O referencial de excelência.

Leia mais

Potente, precisa, confiável

Potente, precisa, confiável _ WALTER BLAXX: A NOVA GERAÇÃO DE FRESAS Potente, precisa, confiável Inovações em produtos Fresamento Página 6/7: O programa Walter BLAXX ampliada para uma produtividade ainda maior! 2 COMBINAÇÃO IMBATÍVEL:

Leia mais

Fresamento. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville

Fresamento. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville Fresamento DEPS Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Visão sistêmica de um processo de usinagem Aplicação

Leia mais

Conteúdo. Ferramentas Especiais Definição... 4. Classificação CT (Custom Tooling)... 5

Conteúdo. Ferramentas Especiais Definição... 4. Classificação CT (Custom Tooling)... 5 A Seco Tools tem a reputação de ser um dos líderes mundiais na fabricação e fornecimento de ferramentas de corte de metal duro e equipamentos correlatos. No entanto, a Seco apresenta uma força maior como

Leia mais

Precisas, confiáveis, econômicas

Precisas, confiáveis, econômicas Manual do produto Roscas _ ROSCAS COM WALTER PROTOTYP Precisas, confiáveis, econômicas ÍNDICE Roscas 2 Índice 4 Introdução geral ao tema 8 Resumo do programa 9 Rosqueamento 12 Laminação de roscas 13 Fresamento

Leia mais

Machos Laminadores. Métrico. The Right Tool at the Right Time

Machos Laminadores. Métrico. The Right Tool at the Right Time Rua do Manifesto, 221 - Ipiranga - São aulo Fone: + (11) 2271-3211 The Right Tool at the Right Time Machos Laminadores Métrico Rua do Manifesto, 221 - Ipiranga - São aulo Fone: + (11) 2271-3211 Características

Leia mais

Implementações 2009. Sistema: Interface Geral: Interface Display: Licenciamento:

Implementações 2009. Sistema: Interface Geral: Interface Display: Licenciamento: Implementações 2009 O GibbsCAM 2009 v9.3.21, versão esta que apresenta mais de 150 melhorias significativas em toda a linha do software GibbsCAM fornecendo assim um valor excepcional para os clientes em

Leia mais

BROCAS DIN 338 N - HSS M2 HASTE CILÍNDRICA DESCRIÇÃO DIÂMETRO APLICAÇÃO

BROCAS DIN 338 N - HSS M2 HASTE CILÍNDRICA DESCRIÇÃO DIÂMETRO APLICAÇÃO DIN 338 N - HSS M2 HASTE CILÍNDRICA Broca cilíndrica corte direito 100% retificado, HSS-M2 std afiada. 118 º. Tolerância Ø: h8. Concentricidade assegurada. acabamento brilhante. Dureza 63-66 HRc. Construção

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas TABELA DE ESCOLHA DO TIPO DE FRESA TIPO DE FRESA MATERIAL A SER CORTADO Com geometria de corte N aço com resistência até 80 kg/mm² aço beneficiado até 100 kg/mm² ferro fundido até

Leia mais

Serras circulares. A forma dos dentes, bem como os ângulos de corte, variam com o tipo de operação e com a natureza do material que vai ser serrado.

Serras circulares. A forma dos dentes, bem como os ângulos de corte, variam com o tipo de operação e com a natureza do material que vai ser serrado. Serras circulares Serras circulares são discos dentados que trabalham em máquinas muito solicitadas em marcenarias, carpintarias e serrarias. Estas serras efetuam cortes longitudinais, paralelos, transversais

Leia mais

Usinagem com Altíssima Velocidade de Corte

Usinagem com Altíssima Velocidade de Corte Capítulo 2 Revisão da Literatura Usinagem com Altíssima Velocidade de Corte 2.1. Aspecto Histórico A primeira sugestão de um trabalho com HSM foi feita por Salomon, em 1931, que propôs que existiria uma

Leia mais

Como selecionar o sistema de fixação SISTEMAS DE FERRAMENTAS. Selecione o método de montagem da ferramenta. Selecione um tipo de adaptador

Como selecionar o sistema de fixação SISTEMAS DE FERRAMENTAS. Selecione o método de montagem da ferramenta. Selecione um tipo de adaptador TOOLIN SYSTMS How to select tool holding SISTMAS D FRRAMNTAS Como selecionar o sistema de fixação Como selecionar o sistema de fixação 1 Selecione o método de montagem da ferramenta - Para ferramenta modular

Leia mais

USINAGEM. Prof. Fernando Penteado.

USINAGEM. Prof. Fernando Penteado. USINAGEM 1 USINAGEM Usinagem é um processo onde a peça é obtida através da retirada de cavacos (aparas de metal) de uma peça bruta, através de ferramentas adequadas. A usinagem confere à peça uma precisão

Leia mais

Perfeitamente integrados para um processo contínuo. cad integration

Perfeitamente integrados para um processo contínuo. cad integration Perfeitamente integrados para um processo contínuo cad integration hypermill no Autodesk Inventor A integração do hypermill no CAD Autodesk Inventor é uma solução confiável que permite você implementar

Leia mais

Para programação automatizada e fabricação eficiente. estratégias cam

Para programação automatizada e fabricação eficiente. estratégias cam Para programação automatizada e fabricação eficiente estratégias cam O hypermill reduz os tempos de programação e usinagem Um software CAM completo: Uma gama ampla de estratégias de usinagem e de funcionalidades

Leia mais

Def e in i i n ç i ã ç o S o ã o f er e ram a en e t n as a s rot o at a iva v s a s pa p r a a a us u i s na n g a e g m e d e d

Def e in i i n ç i ã ç o S o ã o f er e ram a en e t n as a s rot o at a iva v s a s pa p r a a a us u i s na n g a e g m e d e d Definição Fresas São ferramentas rotativas para usinagem de materiais, constituídas por uma série de dentes e gumes, geralmente dispostos simetricamente em torno de um eixo. Os dentes e gumes removem o

Leia mais

ESTUDO DO DESGASTE DURANTE FRESAMENTO DO AÇO ENDURECIDO AISI D2 COM DIFERENTES CONDIÇÕES DE REFRIGERAÇÃO

ESTUDO DO DESGASTE DURANTE FRESAMENTO DO AÇO ENDURECIDO AISI D2 COM DIFERENTES CONDIÇÕES DE REFRIGERAÇÃO ESTUDO DO DESGASTE DURANTE FRESAMENTO DO AÇO ENDURECIDO AISI D2 COM DIFERENTES CONDIÇÕES DE REFRIGERAÇÃO Lucas Scholz Bandeira Oliveira 1 ; Éd Claudio Bordinassi 2 1 Aluno de Iniciação Científica da Escola

Leia mais

TBA 42/60. Tornos automáticos CNC de carros múltiplos

TBA 42/60. Tornos automáticos CNC de carros múltiplos TBA 42/60 Tornos automáticos CNC de carros múltiplos TBA 42/60 - nova geração com moderna tecnologia Os tornos automáticos CNC de carros múltiplos Ergomat TBA 42 e TBA 60 se tornaram mais versáteis e produtivos

Leia mais

Diamantados e CBN. Abrasivos Diamantados. Tipos de diamante Industrial:

Diamantados e CBN. Abrasivos Diamantados. Tipos de diamante Industrial: iamantados e CN Abrasivos iamantados Tipos de diamante Industrial: Sintéticos: Em forma de pó, pastilhas ou insertos; Naturais: Em forma de pó, pedra bruta ou lapidada; Nitreto de boro cúbico-cn: Em forma

Leia mais

TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. PARA FURAR MATERIAIS DE ALTA RESISTÊNCIA OU EM CONDIÇÕES EXTREMAS, UTILIZE NOSSA GAMA DE SOLUÇÕES. ALTA PERFORMANCE COM MÁXIMA

Leia mais

CoroTurn SL70 - o futuro da usinagem flexível

CoroTurn SL70 - o futuro da usinagem flexível PARTN AN ROOVN CoroTurn SL70 CORTES E CANAS - o futuro da usinagem flexível Hnformações de fixação A lâmina CoroTurn SL70 modular e o sistema adaptador foram projetados para se adequarem à maioria das

Leia mais

INFORMAÇÕES TÉCNICAS MANDRIL DIN 69893 / ISO 12164-1

INFORMAÇÕES TÉCNICAS MANDRIL DIN 69893 / ISO 12164-1 INFORMÇÕES TÉCNICS MNDRI DIN 69893 / ISO 12164-1 Características das diferentes formas FORM 1 Forma : Forma preferencial para centros de usinagem. - Troca automática de ferramentas. - Chavetas de arraste

Leia mais

MBC020. Classe de CBN com cobertura para aço endurecido B093Z

MBC020. Classe de CBN com cobertura para aço endurecido B093Z Expansão de insertos B093Z Classe de CBN com cobertura para aço endurecido sistência excepcional ao desgaste e à fratura Classe superior para usinagem de materiais endurecidos Uso da tecnologia de cobertura

Leia mais

MACHOS FRESAS COSSINETES STD OSG. Folheto N º 1

MACHOS FRESAS COSSINETES STD OSG. Folheto N º 1 MACHOS FRESAS COSSINETES STD OSG Folheto N º 1 STD OSG MACHOS MÁQUINA ALTA PERFORMANCE Macho Ponta Helicoidal (POT) DIN 371 250/4 Métrica Grossa 6H rápido 280/4 Unificada Grossa UNC 2B 281/4 Unificada

Leia mais

Ferramentas de Diamante. Competência MAPAL Ferramentas PCD

Ferramentas de Diamante. Competência MAPAL Ferramentas PCD Ferramentas de Diamante Competência MAPAL Ferramentas PCD Brilhante dois parceiros que se complementam perfeitamente Foi o material de corte PCD que uniu as empresas MAPAL e WWS. Como especialista em usinagem

Leia mais

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial 3 Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui: Janeiro/2002 Página 1 de 8 Introdução: As Rodas Laminadas EXL e EXL Roloc Scotch-Brite para rebarbação

Leia mais

Afiação de ferramentas

Afiação de ferramentas A UU L AL A Afiação de ferramentas Após algum tempo de uso, as ferramentas de corte geralmente se desgastam, apresentando trincas ou deformações na forma e nas propriedades. Devido a este desgaste, as

Leia mais

Linha Miyano Evolution BNJ

Linha Miyano Evolution BNJ Centro de Torneamento CNC com 2 Fusos, 2 Torres e 1 Eixo- Deslizante Linha Miyano Evolution BNJ As Linhas Evolution & Innovation são o Futuro Quase tudo é possível para as Miyano BNJ - 42 e 51 S3 O movimento

Leia mais

informações técnicas

informações técnicas informações técnicas www.tdc-tools.com.br brocas helicoidais em metal duro brocas helicoidais em metal duro sem cobertura din 338 ref mcd 001 velocidade de corte (vc)para broca metal duro - base din 338

Leia mais

Fresas Ferramentas de fresar

Fresas Ferramentas de fresar Fresas Ferramentas de fresar As maiores exigências de trabalho de usinagem de madeiras, de painéis aglomerados e MDF são hoje feitas para as ferramentas de fresar. 1. Condições de segurança 2. Alto rendimento

Leia mais

LaserControl NT. Controle e medição confiável da ferramenta Máxima precisão de medição Controle preciso de desgaste

LaserControl NT. Controle e medição confiável da ferramenta Máxima precisão de medição Controle preciso de desgaste LaserControl NT Controle e medição confiável da ferramenta Máxima precisão de medição Controle preciso de desgaste LaserControl NT Os sistemas a laser de alta tecnologia da BLUM garantem a mais alta precisão

Leia mais

AULA 33 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: OPERAÇÕES DE CORTE

AULA 33 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: OPERAÇÕES DE CORTE AULA 33 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: OPERAÇÕES DE CORTE 257 33. PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: OPERAÇÕES DE CORTE 33.1. Introdução As peças que serão retificadas, normalmente, chegam à retificadora com um sobremetal

Leia mais

GCaet OnLine Divisão de Conteúdos

GCaet OnLine Divisão de Conteúdos GCaet OnLine Divisão de Conteúdos Minimização de Custos com Ferramentas de Usinagem Por Delmonte Friedrich, Msc. Eng. Todos os direitos reservados. É proibido reproduzir total ou parcialmente esta publicação

Leia mais

Furação NOMENCLATURA A B C D E F G H I J K L M N O P Q

Furação NOMENCLATURA A B C D E F G H I J K L M N O P Q NOMENCLATURA A B C D E F G H I J K L M N O P Q Comprimento Total Haste Corpo Extremidade cônica neste comprimento Largura do Campo Largura das Costas Ângulo da Ponta Aresta Principal de Corte Diâmetro

Leia mais

PFERD. Tradição, tecnologia e inovação

PFERD. Tradição, tecnologia e inovação PFERD Tradição, tecnologia e inovação Fundada na Alemanha, em 1799, a PFERD é conhecida pela excelência na fabricação de ferramentas industriais e está presente em mais de 0 países. Com 6 unidades de produção

Leia mais

Equipamento para medição e ajuste de ferramentas DMG MICROSET - Gerenciamento de Ferramentas

Equipamento para medição e ajuste de ferramentas DMG MICROSET - Gerenciamento de Ferramentas www.gildemeister.com DMG tecnologia e inovação Equipamento para medição e ajuste de ferramentas DMG MICROSET Gerenciamento de Ferramentas 02 I 03 DMG MICROSET 04 I 08 Equipamento de Ajuste Vertical 09

Leia mais

Disco Bristle Radial Scotch-Brite Industrial

Disco Bristle Radial Scotch-Brite Industrial 3 Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui Janeiro/2002 Página 1 de 7 Introdução: Os Produtos Bristle são abrasivos tridimensionais moldados na forma de discos radiais, utilizando

Leia mais

Escola Técnica SENAI Caruaru Técnico em Eletromecânica TORNEARIA

Escola Técnica SENAI Caruaru Técnico em Eletromecânica TORNEARIA Escola Técnica SENAI Caruaru Técnico em Eletromecânica TORNEARIA Profº Carlos Eduardo ALUNO(A): TURMA: Caruaru 2011 Afiação de ferramentas Após algum tempo de uso, as ferramentas de corte geralmente se

Leia mais

TOOLS NEWS. Corpo de alta rigidez desenvolvido com tecnologia de ponta. Disponível em comprimentos de 2 ~ 6xD B202Z. Broca intercambiável MVX

TOOLS NEWS. Corpo de alta rigidez desenvolvido com tecnologia de ponta. Disponível em comprimentos de 2 ~ 6xD B202Z. Broca intercambiável MVX TOOLS NEWS Atualiz. 2014.7 B202Z Broca intercambiável Novo quebra-cavaco US Corpo de alta rigidez desenvolvido com tecnologia de ponta. Disponível em comprimentos de 2 ~ 6xD Broca intercambiável 4 arestas

Leia mais

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 265 34. PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 34.1. Introdução Para obter uma boa operação de usinagem em retificação, alguns cuidados devem ser

Leia mais

TRABALHOS PRÁTICOS PROGRAMAÇÃO NC

TRABALHOS PRÁTICOS PROGRAMAÇÃO NC Universidade de Brasília Faculdade de Tecnologia Engenharia Mecatrônica Tecnologias de Comando Numérico Prof. Alberto J. Alvares TRABALHOS PRÁTICOS PROGRAMAÇÃO NC 1. Peça Exemplo: Elaborar um programa

Leia mais

Catálogo de Ferramentas

Catálogo de Ferramentas Catálogo de Ferramentas Tel. 55 11 4793-7474 vendas@vitorciola.com.br www.vitorciola.com.br CONTATO www.vitorciola.com.br Fábrica e Showroom Av. João XXIII, 2431 Mogi das Cruzes / SP CEP 08830-000 faleconosco@vitorciola.com.br

Leia mais

A afiação das ferramentas é feita somente nas superfícies que determinam os ângulos de ataque, de cunha e saída.

A afiação das ferramentas é feita somente nas superfícies que determinam os ângulos de ataque, de cunha e saída. O que é afiação? 1 Afiação é a operação de dar forma e perfilar arestas de ferramentas novas (última fase do processo de fabricação) e de restaurar o corte ou o perfil de ferramentas desgastadas pelo uso.

Leia mais

Introduction for Milling Inserts Apresentação de pastilhas de fresamento

Introduction for Milling Inserts Apresentação de pastilhas de fresamento Introduction for Milling Inserts Apresentação de pastilhas de fresamento Classes recomendadas para pastilhas de fresamento Material a ser usinado Aço (Aço carbon, liga de aço) Aço inoxidável (Aço inoxidável,

Leia mais

A KORLOY vem desenvolvendo e aplicando continuadamente as mais recentes inovações na produção de Ferramentas para Usinagem da mais alta qualidade e

A KORLOY vem desenvolvendo e aplicando continuadamente as mais recentes inovações na produção de Ferramentas para Usinagem da mais alta qualidade e Produtos de VENDA contínua e Novidades da KORLOY A KORLOY vem desenvolvendo e aplicando continuadamente as mais recentes inovações na produção de Ferramentas para Usinagem da mais alta qualidade e elevado

Leia mais

Código Sumiko Diâmetro (D1) Comp. Útil (L2) Comp. Total (L1) Haste (D2) FR 2C MD H4 - D FR 2C MD H4 - D

Código Sumiko Diâmetro (D1) Comp. Útil (L2) Comp. Total (L1) Haste (D2) FR 2C MD H4 - D FR 2C MD H4 - D FRESAS DE TOPO RETO - METAL DURO - 2 CORTES MICRO DIÂMETRO / LONG NECK FR 2C MD H4 - D02 0.2 0.4 50 4 FR 2C MD H4 - D03 0.3 0.6 50 4 FR 2C MD H4 - D04 0.4 0.8 50 4 FR 2C MD H4 - D05 0.5 1.0 50 4 FR 2C

Leia mais

AVANÇOS 2014 TORNEAMENTO FRESAS DE TOPO INTEIRIÇAS FRESAMENTO INTERCAMBIÁVEL SISTEMAS DE FERRAMENTAS MÉTRICO

AVANÇOS 2014 TORNEAMENTO FRESAS DE TOPO INTEIRIÇAS FRESAMENTO INTERCAMBIÁVEL SISTEMAS DE FERRAMENTAS MÉTRICO AVANÇOS 2014 TORNEAMENTO FRESAS DE TOPO INTEIRIÇAS FRESAMENTO INTERCAMBIÁVEL SISTEMAS DE FERRAMENTAS MÉTRICO WIDIA significa qualidade completa Como uma inovadora há mais de 80 anos, a WIDIA Products Group

Leia mais

PROCESSOS A CNC. Objetivo da disciplina Cronograma O projeto Critérios de avaliação Contrato didático A máquina O Comando eletrônico

PROCESSOS A CNC. Objetivo da disciplina Cronograma O projeto Critérios de avaliação Contrato didático A máquina O Comando eletrônico PROCESSOS A CNC Objetivo da disciplina Cronograma O projeto Critérios de avaliação Contrato didático A máquina O Comando eletrônico 1 CFP SENAI VW OBJETIVO da disciplina PROCESSOS A CNC Exercício básico

Leia mais

Spotlight. Soluções Avançadas em Rosqueamento. www.vargus.com

Spotlight. Soluções Avançadas em Rosqueamento. www.vargus.com Spotlight Soluções Avançadas em Rosqueamento www.vargus.com Classe Superior Multiuso Redefinindo o Padrão de Rosqueamento Nova Classe Superior Multiuso para Maior Resistência ao Desgaste e Aumento de Produtividade

Leia mais

Essa ferramenta pode ser fixada em máquinas como torno, fresadora, furadeira, mandriladora.

Essa ferramenta pode ser fixada em máquinas como torno, fresadora, furadeira, mandriladora. Brocas A broca é uma ferramenta de corte geralmente de forma cilíndrica, fabricada com aço rápido, aço carbono, ou com aço carbono com ponta de metal duro soldada ou fixada mecanicamente, destinada à execução

Leia mais

PROF. FLAUDILENIO EDUARDO LIMA UNIDADE 3. Projeções Ortogonais

PROF. FLAUDILENIO EDUARDO LIMA UNIDADE 3. Projeções Ortogonais UNIDADE 3 Projeções Ortogonais PROF. FLAUDILENIO E. LIMA Entendendo desenho técnico t mecânico Como introdução ao desenho técnico, na grande maioria dos cursos é feita o desenho mecânico. Abaixo temos

Leia mais

TESTES DE VIDA EM FRESAMENTO COM REDUÇÃO DO NÚMERO DE FERRAMENTAS

TESTES DE VIDA EM FRESAMENTO COM REDUÇÃO DO NÚMERO DE FERRAMENTAS TESTES DE VIDA EM FRESAMENTO COM REDUÇÃO DO NÚMERO DE FERRAMENTAS André Richetti Jovani Panato Márcio Bacci da Silva Álisson Rocha Machado Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Engenharia Mecânica,

Leia mais

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição Medição de vazão Bocal de vazão para instalação interna na tubulação, modelo FLC-FN-PIP Bocal de vazão para montagem entre flanges, modelo FLC-FN-FLN WIKA folha de dados FL 10.03 Aplicações Geração de

Leia mais

Como escolher sua broca

Como escolher sua broca pdrilling Content w Como escolher sua broca Como escolher sua broca 1 Defina o diâmetro da broca e profundidade do furo Procure as faixas de diâmetro e profundidade do furo para as brocas relacionadas

Leia mais

Limas. Índice 2 I 201

Limas. Índice 2 I 201 Limas 201 Limas Índice As limas PFERD são conhecidas no mundo inteiro, há cerca de 200 anos, como produto de primeira qualidade. A utilização de limas de qualidade é mais rentável. O elevado rendimento

Leia mais

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira 1 7 FURAÇÃO 7.1 Furadeira A furadeira é a máquina ferramenta empregada, em geral, para abrir furos utilizando-se de uma broca como ferramenta de corte. É considerada uma máquina ferramenta especializada

Leia mais

TOOLS NEWS. Insertos ISO para torneamento de aços inoxidáveis

TOOLS NEWS. Insertos ISO para torneamento de aços inoxidáveis TOOLS NEWS Atualiz. 2013.10 Insertos ISO para torneamento de aços inoxidáveis B201Z Expansão volução no torneamento de aços inoxidáveis Excelente resistência ao entalhe e ótimo controle de rebarbas. Alta

Leia mais

3M SISTEMAS ABRASIVOS. Soluções. completas. para o mercado. metalúrgico.

3M SISTEMAS ABRASIVOS. Soluções. completas. para o mercado. metalúrgico. 3M SISTEMAS ABRASIVOS Soluções completas para o mercado metalúrgico. INOVAÇÃO 3M SOLUÇÕES COMPLETAS EM TODO O PROCESSO METALÚRGICO 1 2 3 1. CORTE DO METAL 2. REMOÇÃO DE REBARBAS E CORDÕES DE SOLDA 3. ACABAMENTO

Leia mais

Linha Cincom Evolution Torno Automático CNC Tipo Cabeçote Móvel (Swiss Type)

Linha Cincom Evolution Torno Automático CNC Tipo Cabeçote Móvel (Swiss Type) Linha Cincom Evolution Torno Automático CNC Tipo Cabeçote Móvel (Swiss Type) Alta Produção com Excelente Custo Benefício A linha Cincom Evolution da Citizen Apresenta a K16E Processos mais rápido e manuseio

Leia mais

Sistema de conexão VOSSForm SQR / VOSSForm SQR VA. Segurança Qualidade Rentabilidade

Sistema de conexão VOSSForm SQR / VOSSForm SQR VA. Segurança Qualidade Rentabilidade Sistema de conexão VOSSForm SQR / VOSSForm SQR VA Segurança Qualidade Rentabilidade Informação sobre o produto conexão pelo sistema VOSSForm SQR As exigências essenciais para conexões hidráulicas podem

Leia mais

Retificação. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville

Retificação. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville Retificação DEPS Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Visão sistêmica de um processo de usinagem Aplicação

Leia mais

Tabela para consulta de avanço e profundidade de corte

Tabela para consulta de avanço e profundidade de corte Tabela para consulta de avanço e profundidade de corte R Desbaste Pesado CNMM 19N - R ap: 3,5 ~ 1, mm f:,5 ~ 1,5 mm 1 1 1,, 1, 1, 1,, R Desbaste Pesado CNMM 11EN - R ap: 1, ~ 7, mm f:,3 ~,7 mm CNMM 19EN

Leia mais

Aula 09. Processo de Furação

Aula 09. Processo de Furação Aula 09 Processo de Furação Prof. Dr. Eng. Rodrigo Lima Stoeterau Formas de obtenção de furos Processos de Usinagem Processo de usinagem onde movimento de corte é principal rotativo, e o movimento de avanço

Leia mais

Kit inicial de ferramentas. para novas máquinas

Kit inicial de ferramentas. para novas máquinas Kit inicial de ferramentas para novas máquinas Tenha sua máquina ferramentada! Uma máquina nova é um grande investimento, portanto ter um rápido retorno é sempre bem-vindo. Para que sua nova máquina entre

Leia mais

Mandrilamento. determinado pela operação a ser realizada. A figura a seguir mostra um exemplo de barra de mandrilar, também chamada de mandril.

Mandrilamento. determinado pela operação a ser realizada. A figura a seguir mostra um exemplo de barra de mandrilar, também chamada de mandril. A UU L AL A Mandrilamento Nesta aula, você vai tomar contato com o processo de mandrilamento. Conhecerá os tipos de mandrilamento, as ferramentas de mandrilar e as características e funções das mandriladoras.

Leia mais

Introdução. Torneamento. Processo que se baseia na revolução da peça em torno de seu próprio eixo.

Introdução. Torneamento. Processo que se baseia na revolução da peça em torno de seu próprio eixo. Prof. Milton Fatec Itaquera Prof. Miguel Reale / 2014 Introdução Torneamento Processo que se baseia na revolução da peça em torno de seu próprio eixo. Tornos Tornos são máquinas-ferramenta que permitem

Leia mais

CURSO TÉCNICO DE MECÂNICA INDUSTRIAL

CURSO TÉCNICO DE MECÂNICA INDUSTRIAL Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais CURSO TÉCNICO DE MECÂNICA INDUSTRIAL HUDSON FABRÍCIO XAVIER PEREIRA Vespasiano-2012 FRESAGEM Apostila elaborada para a disciplina de Fresagem para

Leia mais

TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. BROCAS TW103 E TW203 PROPORCIONAM FUROS COM EXCELENTE QUALIDADE E MÁXIMO DESEMPENHO NO LATÃO E MATERIAIS DE CAVACO QUEBRADIÇO EM GERAL. Conheça suas características:

Leia mais

Processo de Forjamento

Processo de Forjamento Processo de Forjamento Histórico A conformação foi o primeiro método para a obtenção de formas úteis. Fabricação artesanal de espadas por martelamento (forjamento). Histórico Observava-se que as lâminas

Leia mais

LIMAGEM. Introdução Noções de limagem Tipos de Lima

LIMAGEM. Introdução Noções de limagem Tipos de Lima LIMAGEM Introdução Noções de limagem Tipos de Lima Temas a abordar Limagem manual; Classificação de limas; Métodos e regras de trabalho; Materiais industriais; Outros tipos de limagem; Exercícios simples

Leia mais

Conta com um equipado pátio industrial, fabricando mais de 80.000 amortecedores ao mês.

Conta com um equipado pátio industrial, fabricando mais de 80.000 amortecedores ao mês. Nossa História Líder desde 1956, a empresa VIBRA-STOP consolidou-se no segmento de amortecedores para vibração e impacto em todos os ramos industriais, sempre propondo soluções práticas, inteligentes e

Leia mais

KNIPEX NOVIDADES 2015

KNIPEX NOVIDADES 2015 KNIPEX NOVIDADES 2015 2 KNIPEX Pinça para sifões e conectores Para sifões, tubos de plástico e conectores até Ø 80 mm Ajuste de precisão para adaptar-se de forma ideal aos mais variados diâmetros Robusta,

Leia mais

RESUMO SECO NEWS 2015-1

RESUMO SECO NEWS 2015-1 RESUMO SECO NEWS 2015-1 A PRODUTIVIDADE QUE VOCÊ PRECISA & O CONHECIMENTO QUE VOCÊ SEMPRE BUSCOU Em 2007, a Seco apresentou ao mundo a tecnologia Duratomic. Essa abordagem revolucionária utilizada na criação

Leia mais

Disco Corte Aço Classic

Disco Corte Aço Classic 03 CORTE DISCOS ABRASIVOS DISCOS DIAMANTADOS DISCOS DE RELVA E MATO BROCAS HSS DIN338 BROCAS SDS PLUS BROCAS UNIVERSAIS CONJUNTOS DE BROCAS FOLHAS DE SERRA DISCOS ABRASIVOS Disco Corte Inox Disco de corte

Leia mais

Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro

Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro Introdução O programa de fresas de metal duro para interpolar rosca da Dormer é abrangente e as ferramentas são de alta performance oferecendo ao usuário uma

Leia mais

AÇOS PARA FERRAMENTAS

AÇOS PARA FERRAMENTAS AÇOS PARA FERRAMENTAS FEA Processo de Fabricação de Aços Convencionais e s Lingotamento Convencional Forno Panela VD Lingotamento Contínuo ACIARIA Processo Fusão (Convencional): FEA (Forno Elétrico Arco)

Leia mais

EFEITO DE VARIÁVEIS DE PROCESSO NA ALTAS VELOCIDADES DE CORTE (HSM). silvio.bauco@sandvik.com

EFEITO DE VARIÁVEIS DE PROCESSO NA ALTAS VELOCIDADES DE CORTE (HSM). silvio.bauco@sandvik.com EFEITO DE VARIÁVEIS DE PROCESSO NA TOPOGRAFIA DE SUPERFÍCIES USINADAS EM ALTAS VELOCIDADES DE CORTE (HSM). silvio.bauco@sandvik.com Objetivo O objetivo do ensaio, é avaliar a influência da profundidade

Leia mais

Discussão sobre os processos de goivagem e a utilização de suporte de solda

Discussão sobre os processos de goivagem e a utilização de suporte de solda Discussão sobre os processos de goivagem e a utilização de suporte de solda Liz F Castro Neto lfcastroneto@gmail.com Dênis de Almeida Costa denis.costa@fatec.sp.gov.br 1. Resumo Na soldagem de união, a

Leia mais

Materiais de Corte Segmento Madeireiro

Materiais de Corte Segmento Madeireiro Materiais de Corte Segmento Madeireiro Devido a necessidade do aumento de produção no setor madeireiro, ao longo de décadas vem-se desenvolvendo cada vez mais os materiais para ferramentas de corte, visando

Leia mais

ESCOVAS TÉCNICAS PFERD

ESCOVAS TÉCNICAS PFERD ESCOVAS TÉCNICAS PFERD PFERD makes the difference PFERD Tradição, tecnologia e inovação Com mais de 5000 diferentes ferramentas e respectivos acionamentos, a PFERD é parceira nos processos de fabricação

Leia mais

Série DMU / DMC monoblock

Série DMU / DMC monoblock www.dmgmori.com DMU 65 / 85 / 105 / 125 monoblock DMU 65 / 85 / 105 / 125 FD monoblock DMC 65 / 85 monoblock DMC 65 / 85 FD monoblock Fresadoras universais de cinco eixos Série DMU / DMC monoblock Aplicações

Leia mais

Tubos mecânicos Vallourec. facilitam o seu trabalho e aumentam o seu retorno. www.vallourec.com/br

Tubos mecânicos Vallourec. facilitam o seu trabalho e aumentam o seu retorno. www.vallourec.com/br Tubos mecânicos Vallourec. facilitam o seu trabalho e aumentam o seu retorno. www.vallourec.com/br Tubos mecânicos: Aço VMec134AP Diferencial nas Condições de Fornecimento do VMec134AP. Análise Química

Leia mais

Usinagem. Processos de Fabricação. Filipi Vianna. Porto Alegre, 2013. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Engenharia

Usinagem. Processos de Fabricação. Filipi Vianna. Porto Alegre, 2013. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Engenharia Usinagem Processos de Fabricação Filipi Vianna Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Engenharia Porto Alegre, 2013 Processos de Fabricação Dentre os processos tradicionais

Leia mais

Nesta aula, você vai estudar exatamente isso. E para acabar com o suspense, vamos a ela.

Nesta aula, você vai estudar exatamente isso. E para acabar com o suspense, vamos a ela. Mete broca! Nesta aula, vamos estudar uma operação muito antiga. Os arqueólogos garantem que ela era usada há mais de 4000 anos no antigo Egito, para recortar blocos de pedra. Ela é tão comum que você

Leia mais

Usinagem I. 2016.1 Parte I Aula 6 Processos não convencionais e MicroUsinagem. Prof. Anna Carla - MECÂNICA - UFRJ

Usinagem I. 2016.1 Parte I Aula 6 Processos não convencionais e MicroUsinagem. Prof. Anna Carla - MECÂNICA - UFRJ Usinagem I 2016.1 Parte I Aula 6 Processos não convencionais e MicroUsinagem Processos não- convencionais O termo usinagem não tradicional refere- se a este grupo, que remove o material em excesso de uma

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAD/CAM. Profº Emerson Oliveira Matéria: CAD/CAM emerson.oliveira@ifsc.edu.br Câmpus Joinville

INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAD/CAM. Profº Emerson Oliveira Matéria: CAD/CAM emerson.oliveira@ifsc.edu.br Câmpus Joinville INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAD/CAM Profº Emerson Oliveira Matéria: CAD/CAM emerson.oliveira@ifsc.edu.br Câmpus Joinville Etapas CAD/CAM Quando o sistema tem comunicação direta. CAD/CAM Quando

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho SÉRIE DV14 1417 / 1422 / 1432 / 1442 CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA O Centro de Usinagem

Leia mais

Maquinas para Roscas por Turbilhonamento. Entalhadeiras para Perfis e Chavetas. Laminadoras de Rosca e Estriados LEISTRITZ PRODUKTIONSTECHNIK GMBH

Maquinas para Roscas por Turbilhonamento. Entalhadeiras para Perfis e Chavetas. Laminadoras de Rosca e Estriados LEISTRITZ PRODUKTIONSTECHNIK GMBH LEISTRITZ PRODUKTIONSTECHNIK GMBH Maquinas para Roscas por Turbilhonamento Páginas 2-17 Entalhadeiras para Perfis e Chavetas Páginas 18-21 Laminadoras de Rosca e Estriados Páginas 22-33 LWN 65 Maquinas

Leia mais

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos A TORCISÃO A Torcisão foi fundada em 1968, iniciando suas atividades na fabricação de peças para a indústria automobilística. Em 2006, o grupo se expandiu e fundou

Leia mais

PerfectSense Indicações de aplicação / armazenamento

PerfectSense Indicações de aplicação / armazenamento PerfectSense Indicações de aplicação / armazenamento Descrição de produto PerfectSense PerfectSense define-se como uma nova categoria de placas decorativas ultra brilhantes e foscas em versão Premium baseando-se

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Apresentação Corporativa Introdução Empresa Palbit Empresa Fundada em 1916, na exploração mineira, tornou-se produtor de ferramentas de metal duro em 1952. A nossa experiência permite-nos ser um fornecedor

Leia mais

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL LINHA Romi D

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL LINHA Romi D ROMI D 600 ROMI D 800 ROMI D 1000 ROMI D 1000AP ROMI D 1250 ROMI D 1500 CENTROS DE USINAGEM VERTICAL LINHA Romi D Complexo Industrial Romi, em Santa Bárbara d Oeste - SP inovação + QUALIDADE Romi: Desde

Leia mais

Escolha o melhor, escolha Gold.

Escolha o melhor, escolha Gold. _ COMPETÊNCIA EM USINAGEM Escolha o melhor, escolha Gold. Inovações em produtos Fresamento VOCÊ TEM GRANDES EXPECTATIVAS NÓS TEMOS LONGA VIDA ÚTIL. Superfície de saída lisa para um comportamento ideal

Leia mais

Leitz: fatos e números

Leitz: fatos e números A Leitz foi fundada em Oberkochen, sul da Alemanha, em 1876. As ferramentas de precisão e os sistemas de ferramentas são desenvolvidos e produzidos para atender às necessidades das indústrias madeireira

Leia mais

Processos de Fabricação - Furação

Processos de Fabricação - Furação 1 Introdução Formas de obtenção de furos Definição de furação (usinagem): A furação é um processo de usinagem que tem por objetivo a geração de furos, na maioria das vezes cilíndricos, em uma peça, através

Leia mais

Concurso Público para Técnico-Administrativo em Educação Edital no. 047/2015 TIPO 1

Concurso Público para Técnico-Administrativo em Educação Edital no. 047/2015 TIPO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos Concurso para Técnico-Administrativo em Educação 27 de setembro

Leia mais

Índice MAS 403 BT DIN 69871-SK DIN 69893 - HSK 45 DIN 2080 ISO 48 CONE MORSE (TIPO A) CONE MORSE (TIPO B) PORTA PINÇA ER (DIN 228 B)

Índice MAS 403 BT DIN 69871-SK DIN 69893 - HSK 45 DIN 2080 ISO 48 CONE MORSE (TIPO A) CONE MORSE (TIPO B) PORTA PINÇA ER (DIN 228 B) 03 Índice ROSQUEEIRA PNEUMÁTICA COM BRAÇO ARTICUO 04 SUPER IVISOR 05 IVISOR UNIVERSA 06 IVISOR SEMI UNIVERSA CONJUNTO CABEÇOTE ÂNGUO RETO 07 MESA IVISORA VERTICA/HORIZONTA CONTRA PONTO MORSA ANGUAR UNIVERSA

Leia mais

Visivelmente diferente, liderança com segurança.

Visivelmente diferente, liderança com segurança. _ DC 170: A FURAÇÃO TEM UMA NOVA CARA Visivelmente diferente, liderança com segurança. Inovações de produtos Furação DC 170 O IKONE DA FURAÇÃO. FASCINAÇÃO POR UMA SOLUÇÃO MELHOR. DC 170 O IKONE DA FURAÇÃO.

Leia mais

PPMEC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PROCESSO SELETIVO DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2014

PPMEC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PROCESSO SELETIVO DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PPMEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA PROCESSO SELETIVO DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 PROVA DE SIMULAÇÃO NUMÉRICA DO COMPORTAMENTO DOS MATERIAIS

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM DE DUPLA COLUNA (TIPO PORTAL)

CENTRO DE USINAGEM DE DUPLA COLUNA (TIPO PORTAL) CENTRO DE USINAGEM DE DUPLA COLUNA (TIPO PORTAL) COLUNA FIXA (SÉRIE FD) COLUNA MÓVEL (SÉRIE SD) Projeto Estrutural D ESTRUTURA PARA GUIAS TRANSVERSAIS Estrutura traversal fundida com nervuras reforçadas

Leia mais