1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX"

Transcrição

1 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL 5 - DENOMINAÇÃO SOCIAL ANTERIOR 6 - NIRE 1 - ENDEREÇO COMPLETO 2 - BAIRRO OU DISTRITO Rua General Polidoro, 99-4º andar 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF Botafogo 6 - DDD 7 - TELEFONE 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEX 11 - DDD 12 - FAX 13 - FAX 14 - FAX NOME 2 - CARGO 3 - ENDEREÇO COMPLETO Rua Lauro Muller, º andar 5 - CEP 6 - MUNICÍPIO 4 - BAIRRO OU DISTRITO Botafogo 7 - UF 8 - DDD 9 - TELEFONE 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 13 - DDD 14 - FAX 15 - FAX 16 - FAX ITEM 19 - MUNICÍPIO 20 - UF 21 - DDD 22 - TELEFONE 23 - TELEFONE

2 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - NOME 2 - ENDEREÇO COMPLETO 3 - BAIRRO OU DISTRITO Rua Lauro Muller, 116/22º 4 - CEP 5 - MUNICÍPIO 6 - UF 7 - DDD 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEFONE 11 - TELEX 12 - DDD 13 - FAX 14 - FAX 15 - FAX DATA DE INÍCIO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL 2 - DATA DE TÉRMINO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL 3 - DATA DE INÍCIO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO 4 - DATA DE TÉRMINO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO 5 - NOME/RAZÃO SOCIAL DO AUDITOR Price Water House Coopers 7 - NOME DO RESPONSÁVEL TÉCNICO Rogério Roberto Gollo 1 - BOLSA DE VALORES ONDE POSSUI REGISTRO 2 - MERCADO DE NEGOCIAÇÃO 3 - TIPO DE SITUAÇÃO 4 - CÓDIGO DE ATIVIDADE 5 - ATIVIDADE PRINCIPAL

3 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - NATUREZA DO CONTROLE ACIONÁRIO 2 - VALORES MOBILIÁRIOS EMITIDOS PELA CIA. 1 - AVISO AOS ACIONISTAS SOBRE DISPONIBILIDADE DAS DFs. 2 - ATA DA AGO QUE APROVOU AS DFs. 3 - CONVOCAÇÃO DA AGO PARA APROVAÇÃO DAS DFs. 4 - PUBLICAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 1 - ITEM 2 - TÍTULO DO JORNAL 3 - UF 1 - DATA 2 - ASSINATURA

4 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - ITEM 2 - NOME DO ADMINISTRADOR 3 - CPF 4 - DATA 5 - PRAZO DO MANDATO DA ELEIÇÃO 6 - CÓDIGO TIPO DO 7 - FUNÇÃO ADMINISTRADOR * 01 CARLOS FRANCISCO RIBEIRO JEREISSATI /08/ ANOS 2 PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 02 ARMÊNIO AUGUSTO DE ALMEIDA SABUGUEIRO /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 03 JOSÉ FERNANDES PAULETTI /05/ ANOS 1 Diretor Vice-Presidente de Operações 04 CARLOS ALBERTO DA VEIGA SICUPIRA /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 05 GERALDO PEREIRA DE ARAUJO /05/ ANOS 1 Diretor Vice-Presidente de Tecnologia 06 DERCÍ ALCANTARA /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 07 SÉRGIO LINS ANDRADE /08/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 08 FERNANDO ANTONIO PIMENTEL DE MELO /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 11 HASSAN GEBRIN /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 12 EDO ANTÔNIO FERREIRA DE FREITAS /12/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÀO 13 JOSÉ MARIA DE CESARINO HENRIQUES SOARES /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 14 ROBERTO D'ARAUJO SENNA /08/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 15 JOSÉ MARIA GUIMARÃES MONTEIRO /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 16 JOSÉ MAURO METTRAU CARNEIRO DA CUNHA /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 17 JOSÉ LEITÃO VIANA /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 18 MANOEL HORACIO FRANCISCO DA SILVA /04/ ANOS 3 DIRETOR PRESIDENTE 19 VALDERY FROTA DE ALBUQUERQUE /12/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 20 PAULO EDUARDO CABRAL FURTADO /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 21 WILSON PUMAR DE PAULA /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 22 CARLA CICO /08/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 23 RENATO CESAR MOREIRA BRAGA /05/ ANOS 1 Diretor Vice-Presidente de Finanças 24 CELSO FERNANDEZ QUINTELLA /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO * CÓDIGO: 1 - PERTENCE APENAS À DIRETORIA; 2 - PERTENCE APENAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO; 3 - PERTENCE À DIRETORIA E AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.

5 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - ITEM 2 - NOME DO ADMINISTRADOR 3 - CPF 4 - DATA 5 - PRAZO DO MANDATO DA ELEIÇÃO 6 - CÓDIGO TIPO DO 7 - FUNÇÃO ADMINISTRADOR * 25 FERSEN LAMAS LAMBRANHO /08/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 26 ROSSANO MARANHÃO PINTO /04/ ANOS 2 MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO * CÓDIGO: 1 - PERTENCE APENAS À DIRETORIA; 2 - PERTENCE APENAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO; 3 - PERTENCE À DIRETORIA E AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.

6 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR 1) CARLOS FRANCISCO RIBEIRO JEREISSATI Eleito Conselheiro de Administração da companhia em 10 de agosto de 1998 e, na mesma data, eleito Presidente do Conselho de Administração da Companhia. 52 anos, brasileiro, residente em São Paulo, SP, é Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente da Companhia, sendo o principal executivo do Grupo Jereissati (La Fonte/Iguatemi). Formado em Economia pela Universidade Mackenzie, São Paulo, em Foi Conselheiro da Bolsa de Valores do Estado de São Paulo e vice-presidente do Conselho de Administração da CIA. Vidraria Santa Maria (Grupo Saint Gobain). Atualmente é Membro do Conselho de Diretores da Americel S.A., Presidente do Conselho Deliberativo da ABRASCE (Associação Brasileira de Shopping Centers) e membro do Conselho Consultivo do SECOVI (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo). 2) ARMÊNIO AUGUSTO DE ALMEIDA SABUGUEIRO Eleito Conselheiro de Administração da Companhia Tele Norte Leste Participações S. A em 30 de abril de 1999 Dados Pessoais: Português, 53 anos residente no Rio de Janeiro RJ Formação Acadêmica: Formado pela U.F.R.J com Licenciatura em Física e Físico Tecnólogo. Experiência Profissional: Gerente de Operações Financeiras na Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil PREVI. Exerceu funções docentes em várias Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. 3) JOSÉ FERNANDES PAULETTI - Vice Presidente de Operações 50 anos, brasileiro, ocupando este cargo de 05 de maio de 1999, formado em Administração de Empresas em 1973, Mestrado em Administração de Empresas, Contabilidade e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo em 1975., Vice Diretor Financeiro da Embratel, Diretor de Controle, Vice Presidente e Presidente da Elebra Computadores. Vice Presidente da Digital, Diretor de Suporte da STC Telecomunicações, Diretor Executivo da Promon Tecnologia (1999). 4) CARLOS ALBERTO DA VEIGA SICUPIRA Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em 30 de abril de 1999 Data de nascimento: 01/05/48 22/11/ :25:46 Pág: 6

7 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR Formação Acadêmica: Administração de Empresas - UFRJ sócio-diretor da GP Investimentos S/C Ltda. e ex-diretor do Banco de Investimento Garantia S.A.. Foi Diretor responsável pela área de corporate finance do Banco de Investimento Garantia até 1983, tornando-se, então, Presidente do Conselho e Diretor Superintendente das Lojas Americanas S.A., cargo que ocupou até Atualmente ocupa os cargos de Presidente do Conselho das Lojas Americanas S.A., Presidente do Conselho da Artex S.A. Fábrica de Artefatos Têxteis ( desde 1983), Conselheiro da Companhia e Cervejaria Brahma ( desde 1990 ), Conselheiro e Diretor da Polônia Participações S.A. ( desde 1993 ). 5) GERALDO PEREIRA DE ARAUJO vice-presidente de Tecnologia Ocupando o cargo de 05/05/99, engenheiro de telecomunicações pelo Instituto Militar de Engenharia - IME-RJ e Administrador de Empresas pela Escola de Economia e Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro-1968/1972; pós-graduado (Extensão) em Introdução à Energia Nuclear-IME-RJ-1970/71; Estudo da Distorção e Interferência em Circuitos Integrados - CONSELHO BRASILEIRO DE PESQUISAS FISICAS-1970/71; Nasceu em 09 de dezembro de 1949, natural de Itajaí-SC; ministrou os cursos de Física Pré-Vestibular pelo CURSO ELETRON-1970/72 e Circuitos Lógicos pela UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS; Participou dos seguintes cursos: Estágio de Planejamento e Administração de Tráfego Telefônico BELL-Canadá-1979; Estudos de Sistemas Avançados NTT/NEC-Japão- 04/92; International Programme on Telecomunication Management-IPTM-TELLA-Suécia- 08/94; obteve os seguintes treinamentos específicos no Sistema TELEBRAS: Aperfeiçoamento Gerencial para Executivos de Área de Telefonia - UNIVERSIDADE CÁTOLICA DE MINAS GERAIS-100 horas-1975; Análise Transacional na Empresa (Desenvolvimento Comportamental ); Programa de Integração de Desenvolvimento Gerencial - PUC/MG; Programa Nacional de Desenvolvimento Científico-Tecnológico; Comportamento Organizacional; Organização; Planejamento Estratégico; Finanças; Programa de Desenvolvimento Cultural-EMBRATEL-1982; Participou dos seguintes Congressos, Seminários e outros eventos similares: III, IV, V e VI Congresso Brasileiro de Telecomunicações-Brasília-1974/76/78/80 como representante da TELEMIG; Seminário Centrais de Comutação e Transmissão - TELEBRAS, (ERICSSON,ITT,NEC,PHILIPS); XV Congresso Nacional de Informática-1982; Seminário s/controle de Empresas Estatais-1983; outros na Suécia, Coréia e França. Possui as seguintes experiências profissionais: Engenheiro da CETEL no Departamento de Tráfego - Jan. a Jul./73; Assistente do vice-presidente da TELEMIG - Ago/73 a Jul/74; Chefe do Departamento de 22/11/ :25:46 Pág: 7

8 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR Planejamento da TELEMIG-Jul/74 a Jun/79; Chefe do Departamento de Coordenação da vicepresidência da TELEMIG; Membro Suplente do Conselho de Administração-Mar/79 a Fev/82; Membro do Conselho de Curadores - Jul/77 a Set/90; na EMBRATEL foi Chefe da Assessoria de Planejamento e Coordenação - 02/82 a 11/93, Chefe do Departamento de Coordenação Empresarial - Dez/93 a Jul/95; Diretor de Engenharia da TELEMIG - Jul/95 a Jan/97; vicepresidente da Telerj 04/97 a 07/98. 6) DERCÍ ALCANTARA Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em 30 de abril de anos, brasileiro, casado, residente em Curitiba(PR), Conselheiro de Administração da Companhia Tele Norte Leste. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Santa Maria (RS) no período de 75/78, pós-graduação em MBA - Finanças e Mercado de Capitais pelo IBMEC no período de 96/98. Mestrado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, concluído em Exerceu os seguintes cargos no Banco do Brasil: Gerente Geral de diversas agências, Superintendente Adjunto e Superintendente Regional no Estado do Rio Grande do Sul e Superintendente Estadual no Estado do Paraná. Atualmente é Diretor de Investimentos da PREVI. 7) SÉRGIO LINS ANDRADE Membro do Conselho de Administração Nomeado Membro do Conselho de Administração em 10 de agosto de anos, é diretor da Construtora Andrade Gutierrez desde 1978, sendo também membro do Conselho de Administração desta companhia. Foi membro do Conselho de Administração da Tibras de 1996 a É vice-presidente do Instituto Cultural Minerva. Graduado em Engenharia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. 8) FERNANDO ANTONIO PIMENTEL DE MELO, Eleito suplente de Conselheiro de Administração em Brasileiro, casado, Advogado, formado pela Universidade Federal de Pernambuco Designado advogado da SISTEL junto à TELPE Representante da SISTEL junto à TELPE Assistente do Diretor Superintendente da SISTEL Sem prejuízo da função de Assistente passou a exercer a Chefia da Assessoria Jurídica da SISTEL, até o ano de 1987, quando retornou à TELPE (motivo saúde da filha menor) Participou do 1º Colégio Eleitoral de Curadores 22/11/ :25:46 Pág: 8

9 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR - Designado vice-presidente do Conselho de Curadores (Outubro) - Designado Diretor de Seguridade, tendo em vista ter sido o membro mais votado do 1º Colégio Eleitoral (Novembro) Membro da Comissão Técnica de Assuntos Jurídicos da ABRAPP - São Paulo - Membro da Comissão Jurídica do Conselho de Gestão da Previdência Complementar - setembro de 1995 (Portaria nº 2520 de 19 de setembro de 1995) - Diretor de Previdência da ABRAPP - Associação Brasileira de Entidades de Previdência Privada, São Paulo 1995 a Membro Titular do Conselho de Gestão da Previdência Complementar - Setembro de 1997 (Portaria nº de 08 de setembro de 1997) Titular do Conselho de Administração da TELEMAR Nordeste/Norte/Leste - Membro da Câmara de Recursos do Conselho de Gestão da Previdência Complementar - setembro de 1998 ( Portaria nº de 15 de setembro de 1998) - Membro do Conselho de Administração da TELESP PARTICIPAÇÕES S/A Dezembro de Diretor de Seguridade da SISTEL, de 1991 até a presente data - Vice-presidente do SINDAPP, Rio de Janeiro, janeiro de Diretor Superintendente da SISTEL, Brasília 15 de março de ) HASSAN GEBRIM Eleito Conselheiro de Administração Suplente da companhia em 30/04/ anos, brasileiro, residente e domiciliado na cidade de Brasília DF, com escritório à Rua Senador Dantas, 105 / 31º andar, Rio de Janeiro - RJ, é Diretor vice-presidente da Companhia de Seguros Aliança do Brasil e Diretor da Brasilcap Capitalização S/A desde março de Ex-presidente da Telecomunicações de Brasília, no período de 1993 a Ex-conselheiro de Administração da TELEBRASÍLIA S.A., no período 1993 a Formado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília em ) EDO ANTÔNIO FERREIRA DE FREITAS Membro do Conselho de Administração da Companhia eleito em 01/12/ anos, é diretor-presidente da Fundação dos Economiários Federais desde OUT/1999, sendo também membro do Conselho de Administração da companhia PARQUE TEMÁTICO PLAY CENTER S/A, a partir de Foi membro do Conselho de Gestão da Previdência Complementar de 1994 a 1998, do Conselho Fiscal da SASSE S/A de 1993 a 1996 e do Conselho Consultivo de Gestão Participativa da SASSE S/A de 1992 a 1996, tendo exercido 22/11/ :25:46 Pág: 9

10 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR também, nesta empresa, o cargo Gerente de Área de Previdência para Estado e Municípios, no período de SET/1996 a OUT/1999. Empregado da Caixa Econômica Federal, desde 1975, exerceu funções de Gerência na área de Habitação e Hipoteca. Pós-graduação em Previdência Social pela Fundação Getúlio Vargas. Graduado em Turismo pela Universidade Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. 13) JOSÉ MARIA DE CESARINO HENRIQUES SOARES Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em 30/04/ anos, brasileiro, residente em São Paulo, SP, é Diretor da Consulting Group do Brasil Consultoria e Participações S/C Ltda. desde Ex Superintendente da Bolsa de Valores de São Paulo BOVESPA, no período de Formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas Rio de Janeiro, em 1966, com pós-graduação no Insead (França). 14) ROBERTO D ARAUJO SENNA Membro suplente do Conselho de Administração da Companhia eleito em 01 de agosto de anos, é diretor da Lexpart Participações, sendo também Diretor da Telemar Participações S/A desde Foi diretor-presidente da Opportrans Concessão Metroviária S.A. de fevereiro de 98 a julho de 99 e continua como membro do conselho de Administração. Trabalhou na Construtora Norberto Odebrecht S.A. de janeiro de 1979 a Fevereiro de 1998, tendo sido Diretor na subsidiária na África do Sul de julho de 97 a fevereiro de 98 e Diretor Superintendente da região Norte e Centro-Oeste de 1994 a Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia em ) JOSÉ MARIA GUIMARÃES MONTEIRO Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em anos, brasileiro, residente no Rio de Janeiro -RJ, é Presidente da Companhia de Seguros Aliança do Brasil, da Brasil Veículos Companhia de Seguros e da Brasil Saúde Companhia de Seguros. Foi Presidente da COSESP em Formado em Administração de Empresas pela FGV. 16) JOSÉ MAURO METTRAU CARNEIRO DA CUNHA 22/11/ :25:46 Pág: 10

11 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em 30/04/99 Tem 49 anos, brasileiro, residente no Rio de Janeiro RJ, é vice-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES, desde fevereiro de Diretor do BNDES desde maio de É Conselheiro de Administração da Aracruz Celulose S.A. desde e Conselheiro de Administração da Light S.A. desde Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Católica de Petrópolis RJ. Mestrado em Projetos Industriais e de Transporte na COPPE/UFRJ. 17) JOSÉ LEITÃO VIANA Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em 30 de abril de anos, brasileiro, economista, casado, residente no centro nacional de treinamento da Telebrás, alojamento 01, aptº 114, em Brasília/DF, telefones(061) e , carteira de identidade nº SSP/DF expedida em 14/08/87 e CPF nº Atualmente exerce a função de diretor de investimentos e finanças da fundação Sistel de Seguridade Social - SISTEL; foi diretor econômico-financeiro e vice-presidente da Telecomunicações de Minas Gerais S.A - Telemig; diretor econômico-financeiro da Telecomunicações Brasileiras S.A - Telebrás; diretor econômico da Telecomunicações de Pernambuco S.A Telpe. Participação em conselhos de administração das empresas de Telecomunicações: Telebrasília, Telerj, Telemig e Telpe. Cursos pós-graduação em engenharia econômica e administração industrial. 18) MANOEL HORACIO FRANCISCO DA SILVA - Diretor Presidente e Membro do Conselho de Administração da Tele Norte Leste Participações S.A., eleito conselheiro da administração em 30/04/ anos, naturalizado brasileiro, residente em São Paulo, SP, é Presidente da Companhia, desde fevereiro de 1999, sendo egresso da Companhia Vale do Rio Doce onde ocupava o cargo de Diretor Presidente da Área de Papel e Celulose. Graduou-se em 1969 pela Escola Superior de Administração de Negócios da Universidade Católica em São Paulo, com curso de aperfeiçoamento em Harvard. Foi Diretor Presidente da Ficap/Marvin de 1990 a 1995 e Diretor Presidente Corporativo da Sharp S/A Equipamento Eletrônicos de 1995 a Em 1997 mudou-se para a Companhia Siderúrgica Nacional como Diretor Superintendente para Reestruturação da Cia. Vale do Rio 22/11/ :25:46 Pág: 11

12 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR Doce. Em 1989 foi eleito "O Executivo de Finanças do Ano" pelo IBEF/SP (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças) 19) VALDERY FROTA DE ALBUQUERQUE Membro suplente do Conselho de Administração da Tele Norte Leste Participações S/A, eleito em 01 DEZ 99 Economista com pós-graduação em Política Econômica, pela Universidade de Brasília. Tem 36 anos é Diretor da Caixa Econômica Federal, responsável pela área de Finanças e Controle, desde de 19 JUL 99. Membro do Conselho de Administração da Sasse Cia Nacional de Seguros Gerais, a partir de 30 de novembro de 1999, do Conselho Consultivo Financeiro da Federal Capitalização FEDERALCAP, a partir de 28 de maio de 1997 e Membro suplente do Conselho de Administração da CIBRASEC. Coordenador da Área Financeira do Consórcio AZULPREV (responsável pela estruturação da previdência do Estado do Rio Grande do Sul). Diretor da FENASEG Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização, eleito para o triênio 1998/2001 e Diretor Adjunto da Associação Nacional da Previdência Privada ANAPP. Foi Diretor de Planejamento e Produtos Complementares da Companhia Nacional de Seguros Gerais SASSE (SET/96 a JUL/99) e Diretor Comercial da Caixa Econômica Federal, responsável pela supervisão da área de Renegociação da Dívida dos Estados, a área Comercial e a de Loterias (FEV/95 a SET/96). Analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional, desempenhou, no período de Junho/91 a Fevereiro/95, a função de Coordenador Geral de Administração da Dívida Pública. Anteriormente foi Adjunto da Coordenadoria Macroeconômica na Secretaria Geral da Presidência da República e Assessor do Ministro da Secretaria de Planejamento e Coordenação SEPLAN. 20) PAULO EDUARDO CABRAL FURTADO Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em anos, brasileiro, residente em Brasília - DF, é diretor-presidente da FUNCEF desde JAN/99. Ex-diretor de Adjunto da Diretoria da Caixa Econômica Federal, no período Formado em Direito pela Universidade Federal do Pará, com pós-graduação em Direito Econômico e das Empresas FGV Escola de pós-graduação em Economia. Participa também atualmente do Conselho de Administração da Companhia Vale do Rio Doce CVRD. 22/11/ :25:46 Pág: 12

13 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR 21) WILSON PUMAR DE PAULA Eleito Suplente de Conselheiro de Administração da Companhia em 30/04/ anos, brasileiro, residente no Rio de Janeiro - RJ, é Gerente de Informática da PREVI - Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil S/A desde Analista de sistemas, com MBA na FGV RJ pelo programa de formação de alto-executivos do Banco do Brasil S/A. 22) CARLA CICO Membro do Conselho de Administração da Tele Norte Leste eleita em 02/08/ anos, é diretora da área de telecomunicações do CVC/Opportunity Equity Partners desde Fevereiro de 1999, sendo também membro dos Conselhos de Administração da Telet, a partir de 20/04/1999 e da Americel, a partir de 27/04/1999. Possui larga experiência internacional na área de Telecomunicações (linhas fixa e celular), tendo atuado em diversos cargos de direção e como mais recente posição a condução da fusão e aquisição para as Américas, África e Ásia, na Stet International (Grupo Telecom Itália) e recentemente na IRI S.p.A.. Bons conhecimentos em finanças e procedimentos legais, fazem parte de suas habilidades. Coordenação de times com poder de tomada de decisão, interagindo diretamente com Presidentes das Empresas. 23) RENATO CESAR MOREIRA BRAGA Diretor Vice Presidente de Finanças 42 anos, ocupando este cargo desde 05 de maio de 199; foi diretor de Suporte desta empresa entre dezembro de 1998 e foi diretor financeiro e de relações com o mercado no Grupo Linhas Aéreas TAM e Ericsson Telecom. Antes de 1995, ocupou postos como diretor comercial (Ericsson), diretor de tesouraria (Pepsi-Cola Bottling), e gerente financeiro (Ericsson e Noragro). Obteve o MBA em finanças no Instituto Brasileiro de Mercado Capitais em Também completou o programa MSc em engenharia de produção na Universidade Fluminense Federal onde graduou-se em engenharia química em ) CELSO FERNANDO QUINTELLA 22/11/ :25:46 Pág: 13

14 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR Conselheiro de Administração suplente desde 30 de abril de anos, brasileiro, casado, é Diretor da CONSTRUTURA ANDRADE GUTIERREZ S.A. desde Diretor da TELEMAR PARTICIPAÇÕES S/A a partir de agosto/99. Conselheiro de Administração da COMPANHIA ELETROMECÂNICA CELMA em Conselheiro de Administração da FLEXIBRÁS TUBOS FLEXÍVEIS LTDA. de 1986 / 1989 e Presidente da mesma Sociedade de 1989 a Formado em Engenharia Mecânica pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1996 e Owner/Presidente Management Program (OPM) na Harvard Business School em ) FERSEN LAMAS LAMBRANHO Conselheiro de Administração suplente desde 25 de agosto de anos, é sócio da GP Investimentos Ltda. É também conselheiro do Playcenter, Supermercados ABC, Telemar Participações e Lojas Americanas. Antes de ser Conselheiro das Lojas Americanas, Fersen passou por vários cargos na Empresa, incluindo Analista de Investimento Senior (1986 a 1987), Gerente de Planejamento e Controle da Facilita CFI S.A. (1987 a 1988), Superintendente Financeiro (1988 a 1990), Diretor (1991 a 1996) e Diretor Superintendente (1996 a 1998). Fersen se formou em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, cursou Pós-Graduação em Administração na Coppead e OPM na Universidade de Harvard de Boston. 26) ROSSANO MARANHÃO PINTO Eleito Conselheiro de Administração da Companhia em 30/04/ anos, economista formado pela Associação de Ensino Unificado de Br e Master of Science in Economics pela Univesity of Illinois, EUA. Funcionário do Banco do Brasil desde 1976, exerceu os cargos de Assessor, Coordenador de Equipe e Gerente-Adjunto da Gerência de Operações Externas (janeiro de 1992 a julho de 1994). Entre outubro de 1994 e abril de 1996, exerceu a Gerência de Administração Financeira na Área Internacional, tornando-se Superintendente Executivo da Unidade Estratégica de Negócios da Área Internacional de entre abril de 1996 e novembro de 1998, quando foi nomeado Diretor da Diretoria de Negócios das Áreas 22/11/ :25:46 Pág: 14

15 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Divulgação Externa CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - Informações Anuais Data-Base - 31/12/1998 Reapresentação Espontânea TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A / EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO E DIRETOR Internacional e Comercial. Ocupa o cargo de Conselheiro de Administração da BRAZILIAN AMERICAN MERCHANT BANK desde 1996, e o cargo de Diretor do BANCO LATINO AMERICANO DE EXPORTACIONES, com sede no Panamá. 22/11/ :25:46 Pág: 15

16 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - EVENTO BASE 2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO AGE 22/05/ AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO 8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS 1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - TOTAL DE AÇÕES 11 - % 12 - COMP.CAP.SOC PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS 14 - CONTROLADOR (Mil) (Mil) (Mil) 01 CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ S.A /94 BRASILEIRA MG ,98 0 0, ,08 22/05/1998 SIM 03 MACAL INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA /21 BRASILEIRA RJ ,36 0 0, ,85 22/05/1998 SIM 04 INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES /06 BRASILEIRA PR ,36 0 0, ,85 22/05/1998 SIM 05 FIAGO PARTICIPAÇÕES S.A /23 BRASILEIRA RJ ,69 0 0, ,60 22/05/1998 SIM 06 COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL /43 BRASILEIRA RJ ,20 0 0, ,94 22/05/1998 SIM 07 BRASIL VEÍCULOS COMPANHIA DE SEGUROS /81 BRASILEIRA RJ ,20 0 0, ,94 22/05/1998 SIM

17 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - EVENTO BASE 2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO AGE 22/05/ AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO 8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS 1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - TOTAL DE AÇÕES 11 - % 12 - COMP.CAP.SOC PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS 14 - CONTROLADOR (Mil) (Mil) (Mil) 97 AÇÕES EM TESOURARIA 0 0,00 0 0,00 0 0,00 98 OUTROS , , ,74 99 TOTAL , , ,00

18 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 01 CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ S.A. 22/05/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC.

19 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 03 MACAL INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA 22/05/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC.

20 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 04 INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES 22/05/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC.

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A 9 - TELEFONE 279-2223 14 - FAX - 0 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELE NORTE LESTE PARTICIPACOES S.A 9 - TELEFONE 279-2223 14 - FAX - 0 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ROSSI RESIDENCIAL S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ROSSI RESIDENCIAL S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 CÓDIGO CVM 016306 4 DENOMINAÇÃO COMERCIAL 2

Leia mais

Data-Base - 31/12/2000

Data-Base - 31/12/2000 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2000 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX CVM COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN INFORMAÇÕES ANUAIS DataBase 31/12/1997 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE

Leia mais

Data-Base - 31/12/2001

Data-Base - 31/12/2001 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA,

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01907-0 CALAIS PARTICIPAÇÕES S.A. 04.034.792/0001-76 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01907-0 CALAIS PARTICIPAÇÕES S.A. 04.034.792/0001-76 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/28 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

ANEXO 24 Formulário de Referência

ANEXO 24 Formulário de Referência Reapresentação do Formulário de Referência conforme 4, inciso I do artigo 24 da IN CVM nº 480/2009. (...) ANEXO 24 Formulário de Referência 12.6 Diretoria da Valetron S/A a. Maria Amalia Delfim de Melo

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Divulgação Externa Legislação Societária Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01910-0 CAROACI PARTICIPAÇÕES S.A. 04.032.433/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01910-0 CAROACI PARTICIPAÇÕES S.A. 04.032.433/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/22 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

(c) promover, realizar ou orientar a captação, em fontes internas e externas, de recursos a serem aplicados pela Companhia ou pela sua controlada;

(c) promover, realizar ou orientar a captação, em fontes internas e externas, de recursos a serem aplicados pela Companhia ou pela sua controlada; RELATORIO DA ADMINISTRAÇÃO SENHORES ACIONISTAS, Atendendo às disposições legais e estatutárias, a Administração da TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. sociedade anônima de capital aberto, submete à apreciação

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2003 Divulgação Externa Legislação Societária Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY São convocados os senhores Usuários dos serviços de Telecomunicações e as associações ou entidades que possuam em seu objeto social características

Leia mais

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002 Brasil Telecom Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg Dezembro de 2002 1 OSetor de Telecomunicações no Brasil 2 Empresas de Telefonia Fixa Região IV (Somente Longa Distância) Preço Mínimo: US$1.548

Leia mais

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8.

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. 12.6. Administradores e membros do conselho fiscal 12.7. Membros dos comitês

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS-CEMIG COMPANHIA ABERTA CNPJ 17.155.730/0001-64 - NIRE 31300040127 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO Ficam os senhores acionistas convocados para se reunirem

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários;

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários; O QUE É A CVM? A CVM - Comissão de Valores Mobiliários é uma entidade autárquica em regime especial, vinculada ao Ministério da Fazenda, com personalidade jurídica e patrimônio próprios, dotada de autoridade

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS PLANTA DE TELEFONIA NO BRASIL 2011 Acessos fixos 14,4% Acessos móveis 85,6% FONTE: ANATEL dez/10 PLANTA

Leia mais

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO Disciplina: Direito Empresarial II JUR 1022 Turma: C02 Prof.: Luiz Fernando Capítulo VI SOCIEDADES ANÔNIMAS 1. Evolução Legal: a) Decreto n. 575/49;

Leia mais

II. MESA: Presidente: Paulo Roberto Lopes Ricci Secretário: Luiz Cláudio Ligabue

II. MESA: Presidente: Paulo Roberto Lopes Ricci Secretário: Luiz Cláudio Ligabue BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. (subsidiária integral do Banco do Brasil S.A.) ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 I. DATA, HORA E LOCAL: Em 31 de dezembro de 2012

Leia mais

PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA

PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA ( 44.ª EDIÇÃO ) AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA PRESIDENTE Ronaldo Mota Sardenberg CONSELHEIROS Emília

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02003-6 BRASILAGRO CIA BRAS PROPRIEDADES AGRICOL 07.628.528/0001-59 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02003-6 BRASILAGRO CIA BRAS PROPRIEDADES AGRICOL 07.628.528/0001-59 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/26 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa Legislação Societária O REGISTRO

Leia mais

Manual da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária

Manual da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária Manual da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária 03 de abril de 2014 ÍNDICE 1 - Mensagem da Administração 03 2 - Orientações para Participação nas Assembleias Gerais 2.1 Detentores de Ações 2.1.1.

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELEMAR NORTE LESTE S/A. 7 - SITE http://www.oi.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELEMAR NORTE LESTE S/A. 7 - SITE http://www.oi.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/1999 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 14 - FAX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 14 - FAX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX Data-Base - 31/12/21 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1.1 - IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A 14 - FAX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 017655 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS I - SOBRE AÇÕES DA TELEBRÁS 1. Como ficaram as ações da Telebrás após a cisão? Em 22 de maio de 1998, a Telebrás passou por um processo de reestruturação, que resultou na cisão da

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 IDENTIFICAÇÃO 1 CÓDIGO

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELECOMUNICAÇÕES DO RIO DE JANEIRO S/A 9 - TELEFONE - 0 13 - FAX - 0 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELECOMUNICAÇÕES DO RIO DE JANEIRO S/A 9 - TELEFONE - 0 13 - FAX - 0 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A 9 - TELEFONE 3131-1315 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A 9 - TELEFONE 3131-1315 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 017655 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL

Leia mais

SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES

SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES Ilmos. Srs. Diretores e Acionistas de BVA Seguros S/A Rio de Janeiro - RJ RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Examinamos as demonstrações financeiras individuais

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02101-6 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 08.807.432/0001-10 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02101-6 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 08.807.432/0001-10 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF n.º 02.387.241/0001-60 NIRE n.º 413.000.19886 Companhia Aberta

ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF n.º 02.387.241/0001-60 NIRE n.º 413.000.19886 Companhia Aberta ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF n.º 02.387.241/0001-60 NIRE n.º 413.000.19886 Companhia Aberta PROPOSTA A SER SUBMETIDA À ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A SER REALIZADA EM 5 DE SETEMBRO DE 2006.

Leia mais

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A.

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. Acordo de Acionistas Diretrizes da CPFL de Energia Governança S.A. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. 1 Sumário I Introdução 3 II Estrutura Corporativa

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo. Telefônica 17 de julho de 2009

Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo. Telefônica 17 de julho de 2009 Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo 17 de julho de 2009 1. Grupo 1 Grupo dados de 2008 No Mundo Presença em 25 países na Europa,

Leia mais

Sumário. Demonstrações Contábeis. Notas Explicativas. Pareceres

Sumário. Demonstrações Contábeis. Notas Explicativas. Pareceres Companhia Estadual de Energia Elétrica Participações Divisão Contábil Departamento de Demonstrações Contábeis DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DEZEMBRO 2007 Sumário Demonstrações Contábeis Relatório da Administração...

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO:

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: Denominação Artigo 1º - Corrêa Ribeiro S/A Comércio e Indústria é uma sociedade

Leia mais

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.074/0001 73 NIRE 35.3.001.587 92 TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP FATO RELEVANTE

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.074/0001 73 NIRE 35.3.001.587 92 TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP FATO RELEVANTE FATO RELEVANTE As administrações da Vivo Participações S.A. ( Vivo Part. ) e da Telecomunicações de São Paulo S.A. Telesp ("Telesp") (conjuntamente referidas como Companhias ), na forma e para os fins

Leia mais

ANEXO G Informações Anuais - IAN - da Emissora

ANEXO G Informações Anuais - IAN - da Emissora ANEXO G Informações Anuais - IAN - da Emissora 525 (Esta página foi intencionalmente deixada em branco) 526 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS Divulgação Externa IAN - INFORMAÇÕES

Leia mais

a) Nome b) Idade c) Profissão d) CPF e) Cargo f) Eleição g) Posse h) Mandato

a) Nome b) Idade c) Profissão d) CPF e) Cargo f) Eleição g) Posse h) Mandato 12.6 Administradores e membros do Conselho Fiscal da BB Seguridade Conselho de Administração i) Outros cargos na BB Seguridade j) Indicação Conselho de Administração Membro Independente 2013/2015 Nihil

Leia mais

4. Perfil Abordagem pure mobile com infraestrutura fixa, para gerar inovação e qualidade com objetivo de criar ofertas que revolucionam.

4. Perfil Abordagem pure mobile com infraestrutura fixa, para gerar inovação e qualidade com objetivo de criar ofertas que revolucionam. 4. Abordagem pure mobile com infraestrutura fixa, para gerar inovação e qualidade com objetivo de criar ofertas que revolucionam. istockphoto.com/yuri_arcurs A TIM Participações S.A. é uma companhia holding

Leia mais

PARTICIPAÇÃO EM ASSEMBLÉIAS DE ACIONISTAS 3º TRIMESTRE 2010 Setor de Governança em Participações

PARTICIPAÇÃO EM ASSEMBLÉIAS DE ACIONISTAS 3º TRIMESTRE 2010 Setor de Governança em Participações EMPRESA: PETRÓLEO BRASILEIROS.A. - PETROBRAS DATA DA REALIZAÇÃO: 12/08/2010 TIPO DE ASSEMBLÉIA: AGE REPRESENTANTE: RENATO DE MELLO CARGO: GERENTE DE CONSULTORIA VOTANTE: 1,00 PREFERENCIALISTA: 1,53 TOTAL:

Leia mais

UNICASA INDÚSTRIA DE MÓVEIS S.A.

UNICASA INDÚSTRIA DE MÓVEIS S.A. POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELEVANTE DA COMPANHIA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES E MANUTENÇÃO DE SIGILO POR POTENCIAIS OU EFETIVOS DETENTORES DE INFORMAÇÃO RELEVANTE, NOS TERMOS DA INSTRUÇÃO CVM Nº

Leia mais

MARCOPOLO S.A. C.N.P.J nr. 88.611.835/0001-29 NIRE Nº. 43 3 0000723 5 Companhia Aberta ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

MARCOPOLO S.A. C.N.P.J nr. 88.611.835/0001-29 NIRE Nº. 43 3 0000723 5 Companhia Aberta ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Reunião: Política de Negociação de Valores Mobiliários (Portuguese only) MARCOPOLO S.A. C.N.P.J nr. 88.611.835/0001-29 NIRE Nº. 43 3 0000723 5 Companhia Aberta ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Proposta da Administração Light Energia S.A. Matérias constantes da ordem do dia da Assembleia Geral Extraordinária

Proposta da Administração Light Energia S.A. Matérias constantes da ordem do dia da Assembleia Geral Extraordinária LIGHT ENERGIA S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 Prezados Senhores, A administração da Light Energia S.A. ( Companhia ou Light Energia ) vem submeter à

Leia mais

Proposta da Administração Light S.A. LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015

Proposta da Administração Light S.A. LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 Prezados Senhores, A Administração da Light S.A. ( Companhia ) vem submeter à apreciação dos seus acionistas a

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de 2007.

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de 2007. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer Técnico n.º 06024/2007/RJ COGCE/SEAE/MF Rio de Janeiro, 16 de janeiro de 2007. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de

Leia mais

OGX PETRÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 07.957.093/0001-96 NIRE: 33.3.0027845-1 Companhia Aberta

OGX PETRÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 07.957.093/0001-96 NIRE: 33.3.0027845-1 Companhia Aberta OGX PETRÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 07.957.093/0001-96 NIRE: 33.3.0027845-1 Companhia Aberta Proposta da Administração à Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 12 de setembro de

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas,

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas, INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO ABN AMRO REAL S.A. PELO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. (NOVA DENOMINAÇÃO SOCIAL DO BANCO SANTANDER S.A., EM FASE DE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico A parceria prevê capitalização da empresa brasileira em até R$ 12 bi, reduzindo alavancagem e ampliando capacidade de investimento,

Leia mais

PORTO SUDESTE V.M. S.A. Companhia Aberta - Categoria B. CNPJ n. 18.494.485/0001-82 NIRE 33.3.0030837-7 Código CVM: 02352-3 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

PORTO SUDESTE V.M. S.A. Companhia Aberta - Categoria B. CNPJ n. 18.494.485/0001-82 NIRE 33.3.0030837-7 Código CVM: 02352-3 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA PORTO SUDESTE V.M. S.A. Companhia Aberta - Categoria B CNPJ n. 18.494.485/0001-82 NIRE 33.3.0030837-7 Código CVM: 02352-3 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DE 30 DE ABRIL DE 2015, ÀS 9 HORAS PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Data-Base - 31/03/1999 01763-9 TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.115/0001-21

Data-Base - 31/03/1999 01763-9 TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.115/0001-21 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/3/1999 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA,

Leia mais

Governança Corporativa. Interesses alinhados

Governança Corporativa. Interesses alinhados Governança Corporativa Interesses alinhados O COMPROMISSO COM A TRANSPARÊNCIA E A AMPLA DIVULGAÇÃO DAS INFORMAÇÕES AOS INVESTIDORES INTEGRAM AS BOAS PRÁTICAS DA ITAUTEC, QUE DESDE 2001 NEGOCIA APENAS AÇÕES

Leia mais

VIA VAREJO S.A. CNPJ/MF 33.041.260/0652-90 NIRE 33.3.00141073

VIA VAREJO S.A. CNPJ/MF 33.041.260/0652-90 NIRE 33.3.00141073 VIA VAREJO S.A. CNPJ/MF 33.041.260/0652-90 NIRE 33.3.00141073 Divulgação dos documentos exigidos conforme Artigo 11 da Instrução CVM nº 481, de 17 de dezembro de 2009 São Caetano do Sul, 02 de maio de

Leia mais

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração CEMIG TRADING S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 29-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 12-08-2002, sob o nº 3130001701-0, e pelas Assembléias

Leia mais

NOVA DIRETORIA Marco Aurelio Crocco Afonso

NOVA DIRETORIA Marco Aurelio Crocco Afonso Marco Aurelio Crocco Afonso Diretor-Presidente Bacharel em economia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestre em Economia Industrial e da Tecnologia pela UFRJ e PhD em Economia pela Universidade

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF 6 - DDD 7 - TELEFONE 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF 6 - DDD 7 - TELEFONE 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ

Leia mais

Instruções de Preenchimento Ficha Cadastral

Instruções de Preenchimento Ficha Cadastral Instruções de Preenchimento Ficha Cadastral Ficha de Cadastro A ficha de cadastro tem a finalidade de obter dados necessários para aberturas de contas individualizadas em nome de novos usuários dos serviços

Leia mais

Política de Exercício de Direito de Voto. (Versão 4.0 - Março/2015)

Política de Exercício de Direito de Voto. (Versão 4.0 - Março/2015) Política de Exercício de Direito de Voto (Versão 4.0 - Março/2015) 1. Objeto e Aplicação 1.1. Esta Política de Exercício de Direito de Voto ( Política de Voto ), em conformidade com as disposições do Código

Leia mais

1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado:

1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado: POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS 1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado: 1.1. Companhia : Braskem S.A. 1.2. Controladora

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa Introdução UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Com o aparecimento dos sistemas de comunicação móvel como a telefonia celular, o termo telefonia fixa passou a ser utilizado para caracterizar

Leia mais

Painel IV: Panorama do Crédito no Banco do Brasil. Ary Joel de Abreu Lanzarin Diretor de Micro e Pequenas Empresas

Painel IV: Panorama do Crédito no Banco do Brasil. Ary Joel de Abreu Lanzarin Diretor de Micro e Pequenas Empresas Painel IV: Panorama do Crédito no Banco do Brasil Ary Joel de Abreu Lanzarin Diretor de Micro e Pequenas Empresas As diretrizes estratégicas dão foco ao negócio Perspectivas Simplificar e agilizar a utilização

Leia mais

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A.

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 25-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 01-08-2002,

Leia mais

Anexo 3 - Questionários da Pesquisa Industrial Anual - Empresa - 2003 UF MUNICÍPIO NÚMERO DA PASTA

Anexo 3 - Questionários da Pesquisa Industrial Anual - Empresa - 2003 UF MUNICÍPIO NÚMERO DA PASTA Anexo 3 - Questionários da Pesquisa Industrial Anual - Empresa - 2003 IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PESQUISA INDUSTRIAL ANUAL - EMPRESA

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.gerdau.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.gerdau.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/28 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS

Leia mais

ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA

ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA Art. 1º - EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. é uma sociedade por ações, controladora da Empresa Brasileira de

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02024-9 KLABIN SEGALL S/A 00.187.032/0001-48 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02024-9 KLABIN SEGALL S/A 00.187.032/0001-48 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/28 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

DIBENS LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

DIBENS LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO DIBENS LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL NIRE 35300130707 CNPJ/MF nº 65.654.303/0001-73 COMPANHIA ABERTA PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA 30.4.2015 Horário: 14

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01059-6 SERGEN SERVS GERAIS DE ENG SA 33.161.340/0001-53 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01059-6 SERGEN SERVS GERAIS DE ENG SA 33.161.340/0001-53 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/29 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

AULA 10 Sociedade Anônima:

AULA 10 Sociedade Anônima: AULA 10 Sociedade Anônima: Conceito; características; nome empresarial; constituição; capital social; classificação. Capital aberto e capital fechado. Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Bolsa de Valores.

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01766-3 TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.156/0001-18 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01766-3 TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.156/0001-18 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. - CELPA CNPJ/MF nº 04.895.728/0001-80 NIRE 15.300.007.232 Companhia Aberta

CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. - CELPA CNPJ/MF nº 04.895.728/0001-80 NIRE 15.300.007.232 Companhia Aberta CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. - CELPA CNPJ/MF nº 04.895.728/0001-80 NIRE 15.300.007.232 Companhia Aberta Belém - PA, 11 de outubro de 2010. Aos Srs. Acionistas da CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. - CELPA.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01732-9 TRACTEBEL ENERGIA S.A. 02.474.103/0001-19 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01732-9 TRACTEBEL ENERGIA S.A. 02.474.103/0001-19 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999 INFORMATIVO Silvia M.R. Pereira Relações com Investidores tel: BR 55 21 519-9662 fax: 55 21 519-6388 Wallace Borges Grecco Relações com a Imprensa tel: BR 21 519-7282 fax: 021-519-8010 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

CURSO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EM RECURSOS HUMANOS UFRJ

CURSO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EM RECURSOS HUMANOS UFRJ CURSO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EM RECURSOS HUMANOS UFRJ APRESENTAÇÃO A UFRJ traz para BH, através da Mérito Escola de Negócios, o curso de extensão universitária nível pós graduação em Recursos Humanos.

Leia mais

ELEKEIROZ S.A. CNPJ 13.788.120/0001-47 Companhia Aberta NIRE 35300323971

ELEKEIROZ S.A. CNPJ 13.788.120/0001-47 Companhia Aberta NIRE 35300323971 ELEKEIROZ S.A. CNPJ 13.788.120/0001-47 Companhia Aberta NIRE 35300323971 ATA SUMÁRIA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 7 DE FEVEREIRO DE 2014 DATA, HORA E LOCAL: Em 7 de fevereiro de

Leia mais

Política de exercício de direito de voto em Assembleias

Política de exercício de direito de voto em Assembleias Política de exercício de direito de voto em Assembleias Data Criação: Ago/11 Data última revisão: Jun/13 1 Sumário 1. Objetivos e aplicação da política de voto... 3 2. Princípios gerais... 3 3. Política

Leia mais

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ;

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÕES DA INVITEL S.A. PELA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A., DA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A. PELA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A., E DA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A. PELA BRASIL TELECOM

Leia mais

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2. ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.008 Aos 17 dias do mês de setembro do ano de dois mil e oito,

Leia mais

Reestruturação Societária Grupo Telesp. Criando Valor

Reestruturação Societária Grupo Telesp. Criando Valor Reestruturação Societária Grupo Criando Valor Novembro, 1999 Índice 8 Visão Geral da Reestruturação 2 8 Passos da Reestruturação 3 8 Benefícios da Reestruturação 4 8 Bases da Reestruturação 5 8 As Relações

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01047-2 SARAIVA S.A. LIVREIROS EDITORES 60.500.139/0001-26 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01047-2 SARAIVA S.A. LIVREIROS EDITORES 60.500.139/0001-26 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Edina Biava Abrasca; Marco Antonio Muzilli IBRACON;

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02101-6 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 08.807.432/0001-10 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02101-6 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 08.807.432/0001-10 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 30/06/2010 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS

Leia mais

Data-Base - 31/12/2002 01764-7 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.124/0001-12

Data-Base - 31/12/2002 01764-7 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.124/0001-12 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2002 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 01.417.222/0001-77 Praia de Botafogo, n 228, sala 1201 E Botafogo CEP 22250-906, Rio de Janeiro RJ

Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 01.417.222/0001-77 Praia de Botafogo, n 228, sala 1201 E Botafogo CEP 22250-906, Rio de Janeiro RJ Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 01.417.222/0001-77 Praia de Botafogo, n 228, sala 1201 E Botafogo CEP 22250-906, Rio de Janeiro RJ ELEIÇÃO DE MEMBROS PARA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Atendimento

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01732-9 TRACTEBEL ENERGIA S.A. 02.474.103/0001-19 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01732-9 TRACTEBEL ENERGIA S.A. 02.474.103/0001-19 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais