Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT"

Transcrição

1

2 Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT

3 Conceito Segundo Jorge Ulisses Jacoby Fernandes: [...] desenvolvimento institucional compreende o crescimento e o progresso de qualquer coisa em que possa estar compreendido o termo instituição. Em síntese, o desenvolvimento institucional é toda ação de política pública que resulta, ou se espera gerar, um crescimento, aperfeiçoamento, progresso da Instituição e de seus clientes, quer o cidadão, quer outro órgão público.

4 Carta de Belém Documento referência do XXVI Congresso dos Tribunais de Contas do Brasil RELATIVAMENTE AOS TRIBUNAIS DE CONTAS DO BRASIL Estimular modelo de administração pública focado em resultados e baseado em planejamento estratégico; Promover ações destinadas à implantação e efetivo funcionamento do sistema de Controle Interno da administração pública jurisdicionada; Consolidar a implantação do Processo Eletrônico.

5 PDI harmonizado com: Planejamento Estratégico da Gestão ; Planejamento Estratégico de Longo Prazo

6 Critérios Respeito ao poder discricionário. Acesso aos projetos e produtos por adesão.

7 Objetivos Desenvolvimento integrado e permanente do TCE-MT e das unidades gestoras fiscalizadas. Estímulo à adoção do modelo de administração gerencial focado em resultados. Contribuir para a melhoria da eficiência dos serviços públicos. Reforço à função orientadora. Transferência de conhecimentos, tecnologias e boas práticas de gestão.

8 Projetos Apoio ao Planejamento Estratégico. Acesso à Informação e à Consciência Cidadã. Orientação presencial ou por EAD. Controle Gerencial (Geo-Obras). Modernização Institucional.

9 Projeto 1 Apoio ao Planejamento Estratégico

10 TCE-MT atua como orientador e fomentador Disponibilização de software e treinamento Estímulo à adoção do modelo de administração gerencial Cultura do planejamento Projeto 1 - Apoio ao Planejamento Estratégico

11 Meta : 20 maiores municípios de um total de 141; 61% e 54% da população e receita, respectivamente. Ação 2012: 8 maiores municípios com planos municipais aprovados; 12 municípios assinaram termo de adesão ao projeto Projeto 1 - Apoio ao Planejamento Estratégico

12 Execução: Maio/2012 a Dezembro/2013 Custo: R$ ,00 Projeto 1 - Apoio ao Planejamento Estratégico

13 Projeto 2 Incentivo ao Acesso a Informação e à Consciência Cidadã

14 Orientação para o cumprimento da Lei /11 (Lei de Acesso à Informação). Transferência de tecnologia - software Novo Portal Transparência/SIC. Fomento a criação das Ouvidorias dos Municípios. Fortalecimento e capacitação dos Conselhos de Políticas Públicas. Projeto 2 - Incentivo ao Acesso a Informação e à Consciência Cidadã

15 Ações 2012: Disponibilização software Novo Portal Transparência/SIC; Elaboração do Guia de Orientação para implementação da Lei de Acesso a Informação e criação das Ouvidorias dos Municípios; Apresentação do Planejamento Estratégico aos vereadores, conselheiros de políticas públicas, entidades e sociedade civil nos 8 Municípios que aderiram ao projeto; Evento de orientação da Ouvidoria do TCE-MT nos 8 municípios. Projeto 2 - Incentivo ao Acesso a Informação e à Consciência Cidadã

16 Execução: Maio/2012 Dezembro/2013 Custo: R$ ,00 Projeto 2 - Incentivo ao Acesso a Informação e à Consciência Cidadã

17 Projeto 3 Orientação por meio de Cursos Presenciais e a Distância (EAD)

18 Capacitação de agentes públicos das unidades fiscalizadas; Capacitação dos servidores do TCE-MT. Projeto 3 - Orientação por meio de Cursos Presenciais e a Distância (EAD)

19 Realização de 20 aulas-palestras/ano por meio do EAD. Seminários Gestão Eficaz nos municípios pólo. FVG para todos - 100% corpo técnico do TCE-MT nível pós-graduação. Projeto 3 - Orientação por meio de Cursos Presenciais e a Distância (EAD)

20 Execução: Março/2013 a Março/2015 Custo: R$ ,00 (2013) Projeto 3 - Orientação por meio de Cursos Presenciais e a Distância (EAD)

21 Projeto 4 Controle Gerencial (Geo-Obras)

22 Sistema desenvolvido para o Controle Externo gerenciar informações das obras e serviços de engenharia. Ação PDI Aprimorar sistema para permitir utilização do Geo-Obras pelos fiscalizados. Meta Ferramenta para Controle Interno e prestação de contas. Projeto 4 - Controle Gerencial (Geo-Obras)

23 Execução: Maio/2012 a Dezembro/2013 Custo: Adaptação do sistema Projeto 4 - Controle Gerencial (Geo-Obras)

24 Projeto 5 Modernização Institucional

25 Inovação/Modernização. TCE-MT e fiscalizados. Ferramentas eletrônicas. Substituição do papel por meio digital. Segurança, eficiência, economia e preservação ambiental. Projeto 5 - Modernização Institucional

26 (software cedido pelo CNJ) Ferramenta para correspondência (TCE-MT fiscalizados). Agilidade, segurança e economia nas notificações. Ações 2012: Toda comunicação interna por meio digital; Correspondência com MPE e PGE; Adesão mais 50% fiscalizados; Treinamento em execução. Projeto 5 - Modernização Institucional

27 Acompanhamento processual. e SMS. Fiscalizado (advogados, contabilistas). Cidadão (controle social). Projeto 5 - Modernização Institucional

28 Publicação oficial atos do TCE-MT e fiscalizados. Segurança e economia para TCE-MT e fiscalizados. Projeto 5 - Modernização Institucional

29 Uniformização de decisões. Busca textual por semelhança fonética. Disponível para tablets e smartphones. Projeto 5 - Modernização Institucional

30 Módulo Fiscalizado: Ferramenta eletrônica de prestação de contas; Amplia controle do fiscalizado sobre a gestão. Projeto 5 - Modernização Institucional

31 Tecnologia de Inteligência de Negócios (Business Intelligence). Integração de todos os sistemas (TCE-MT e instituições de controle). Facilidade na extração e cruzamento de dados. Projeto 5 - Modernização Institucional

32 Julgamento sem presença física de conselheiros. Melhor aproveitamento das sessões. Redução de tempo e custos associados aos julgamentos. Consultas, Atos de Pessoal, Concursos, Processo Seletivos, Aposentadorias, Representações de Natureza Interna e outros. Projeto 5 - Modernização Institucional

33 Novo Portal do TCE-MT (reformulação). Transmissão Sessões Plenárias para dispositivos móveis. Novo Data-Center (redundância). Digitalização do acervo (70 mil processos). Rádio Web. Assinador Eletrônico de Documentos. Assinador Eletrônico de Decisões. Projeto 5 - Modernização Institucional

34 Fábrica de Softwares Produtos Internos Gestão de Pessoas Gestão de Planejamento e Orçamento Gestão de Compras Gestão de Materiais Gestão de Patrimônio Gestão Previdenciária Gestão de Competências Sistema de Pesquisa Institucional Termo de Referência Eletrônico Gestão Acadêmica Biblioteca Projeto 5 - Modernização Institucional

35 Execução: Maio/2012 a Dezembro/2013 Custo: R$ ,00 Projeto 5 - Modernização Institucional

36 O TCE-MT promovendo soluções inovadoras

37 Muito obrigado! Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT Campo Grande-MS, novembro/2012

Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado

Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado TCE-MT e a modernização Ø Em 2006 o TCE-MT aderiu a administração pública gerencial e implantou o primeiro Plano Estratégico Ø Passou a medir em 2008

Leia mais

SEMINÁRIO REGIONAL DE DISSEMINAÇÃO DO URBEM-CNM

SEMINÁRIO REGIONAL DE DISSEMINAÇÃO DO URBEM-CNM SEMINÁRIO REGIONAL DE DISSEMINAÇÃO DO URBEM-CNM PROJETO O Projeto de Integração e Institucionalização da Lei Geral na gestão Municipal é uma parceria firmada entre o SEBRAE e a CNM: Objetivo de institucionalizar,

Leia mais

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 1 Missão 2 Exercer o controle externo da administração pública municipal, contribuindo para o seu aperfeiçoamento, em benefício da sociedade. Visão Ser reconhecida

Leia mais

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação 25 de maio de 2016 EIXO 1: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 03 Fragilidades; 04 Sugestões de Superação de Fragilidade; 03 Potencialidades. A CPA identificou

Leia mais

Relatório de Eventos/Cursos

Relatório de Eventos/Cursos TRIBUNAL DE CONTAS DE MATO GROSSO Escola Superior de Contas Telefone: 3613-7101/7102/7103/7104 e-mail: escola_contas@tce.mt.gov.br Relatório de Eventos/Cursos Período: janeiro a agosto 2011 Cursos realizados

Leia mais

PORTFÓLIO DE PROJETOS / INICIATIVAS ESTRATÉGICAS DO TCE-RN

PORTFÓLIO DE PROJETOS / INICIATIVAS ESTRATÉGICAS DO TCE-RN TEMA OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PROPÓSITO INICIATIVAS ESTRATÉGICAS Fortalecer o processo de accountability e a responsabilização da gestão pública Diagnosticar e controlar os dados dos jurisdicionados e promover

Leia mais

O Processo Eletrônico como Instrumento de Eficiência da Administração Judiciária

O Processo Eletrônico como Instrumento de Eficiência da Administração Judiciária O Processo Eletrônico como Instrumento de Eficiência da Administração Judiciária ENAMAT Curso de Formação Continuada de Teoria Geral do Processo Eletrônico Brasília-DF, setembro de 2011 Rubens Curado Silveira

Leia mais

ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E METAS

ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E METAS ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E S 31 MATRIZ DE INDICADORES e S Indicador 1 - Visão Visão: Ser reconhecido como um dos 10 Regionais mais céleres e eficientes na prestação jurisdicional, sendo considerado

Leia mais

A Implantação do Ensino a Distância no Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo

A Implantação do Ensino a Distância no Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo A Implantação do Ensino a Distância no Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo Fábio Vargas Souza Patrícia Krauss Serrano Paris Cristiane Herzog Sabino José Caldas da Costa Junior Tribunal de Contas

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARÁ Escola de Contas Alberto Veloso PLANO DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2016

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARÁ Escola de Contas Alberto Veloso PLANO DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2016 O cronograma das ações educacionais do referido plano será divulgado mensalmente. 1 EIXO - DESENVOLVIMENTO GERENCIAL 1.1 Programa de Desenvolvimento de Competências Gerenciais e de Liderança Coaching no

Leia mais

Formação de Recursos humanos em Propriedade Intelectual e Inovação a experiência do INPI

Formação de Recursos humanos em Propriedade Intelectual e Inovação a experiência do INPI Formação de Recursos humanos em Propriedade Intelectual e Inovação a experiência do INPI Araken Alves de Lima Coordenador-Geral da Academia da Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento Instituto

Leia mais

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Revisa o Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI para o período 2013-2018 e dá outras providências. O Presidente do TRE-RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

Melhorando a governança: Umaexperiênciapráticade evoluçãoinstitucional. Novembro de 2015

Melhorando a governança: Umaexperiênciapráticade evoluçãoinstitucional. Novembro de 2015 Melhorando a governança: Umaexperiênciapráticade evoluçãoinstitucional Novembro de 2015 CONCEITO DE GOVERNANÇA A governança pública é a capacidade que os governos têm de avaliar, direcionar e monitorar

Leia mais

Resolução nº 17, de 02 de maio de 2013. Revisão do Plano Diretor 2010/2014. A Estratégia do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima

Resolução nº 17, de 02 de maio de 2013. Revisão do Plano Diretor 2010/2014. A Estratégia do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima Resolução nº 17, de 02 de maio de 2013. Revisão do Plano Diretor 2010/2014. A Estratégia do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima Revisada Vigência 2013 2014 Missão, qual nosso negócio? Identidade institucional

Leia mais

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 -

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 - RECURSOS E PESSOAS PROCESSOS INTERNOS RESULTADOS / SOCIEDADE ANEXO I ( a que se refere o 1º do art. 1º da Resolução nº 732, de 14 de agosto de 2013) MISSÃO Prover soluções tecnológicas efetivas para que

Leia mais

QUADRO RESUMO REALIZAÇÕES IPC 2014

QUADRO RESUMO REALIZAÇÕES IPC 2014 QUADRO RESUMO REALIZAÇÕES IPC 2014 O Tribunal de Contas do Estado, por meio do Instituto Plácido Castelo (IPC) durante o exercício de 2014, ofertou e viabilizou 105 ações educacionais atingindo o total

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SERVIÇO DE CONTROLE INTERNO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SERVIÇO DE CONTROLE INTERNO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SERVIÇO DE CONTROLE INTERNO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO PARA O PERÍODO DE 2014 A 2017 NOVEMBRO - 2013 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 3.477 DATA: 14 de agosto de 2008. SÚMULA: Altera e acresce dispositivos da Lei nº 3.025, de 18 de janeiro de 2005, alterada pela Lei nº 3.264, de 19 de setembro de 2006, que Dispõe sobre a reestruturação

Leia mais

RELATÓRIO SINTÉTICO DAS ATIVIDADES DE AUDITORIA BIÊNIO: FEVEREIRO/2011 A JANEIRO/2013

RELATÓRIO SINTÉTICO DAS ATIVIDADES DE AUDITORIA BIÊNIO: FEVEREIRO/2011 A JANEIRO/2013 ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ Auditoria Administrativa de Controle Interno RELATÓRIO SINTÉTICO DAS ATIVIDADES DE AUDITORIA BIÊNIO: FEVEREIRO/2011 A JANEIRO/2013

Leia mais

A importância do Controle Interno no Poder Judiciário. Tribunal de Justiça do Ceará. Glaucia Elaine de Paula

A importância do Controle Interno no Poder Judiciário. Tribunal de Justiça do Ceará. Glaucia Elaine de Paula A importância do Controle Interno no Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Ceará Glaucia Elaine de Paula 21/10/2011 A importância do Controle Interno no Poder Judiciário Constituição Federal Artigo 37

Leia mais

UFRGS e a estrutura de TI: realidade e perspectivas

UFRGS e a estrutura de TI: realidade e perspectivas UFRGS e a estrutura de TI: realidade e perspectivas UNIFESP 25/09/2013 Jussara Issa Musse Diretora CPD Agenda A UFRGS Estrutura de TI O CPD Recursos Humanos Sistemas de Informações Governança Inovação

Leia mais

PATI - PROGRAMA MUNICIPAL DE AUTONOMIA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PATI - PROGRAMA MUNICIPAL DE AUTONOMIA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Autonomia se estrutura com liberdade de gestão e segurança tecnológica. Os limites da Lei não impõe dependência, semeiam a compreensão de que o município deve gerir seus recursos com o domínio inteligente

Leia mais

DISCURSO DE POSSE. Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Silval da Cunha Barbosa, em nome do qual cumprimento todos os Secretários de Estado;

DISCURSO DE POSSE. Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Silval da Cunha Barbosa, em nome do qual cumprimento todos os Secretários de Estado; DISCURSO DE POSSE Cuiabá, 05 de fevereiro de 2013. Excelentíssimo Senhor Conselheiro José Carlos Novelli, Presidente do Tribunal de Contas, em nome do qual cumprimento todos os Conselheiros deste Tribunal;

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015/2020

PLANO ESTRATÉGICO 2015/2020 PLANO ESTRATÉGICO 2015/2020 Missão Institucional Solucionar conflitos nas relações de trabalho Visão de Futuro, a ser alcançada até 2020 Aprimorar a qualidade na prestação de serviço, com estrutura adequada

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2016

PLANO DE GESTÃO 2015-2016 PLANO DE GESTÃO 2015-2016 FAUSTO DE MARTTINS NETTO Candidato a Diretor Geral Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Câmpus Muriaé Construção coletiva do caminho

Leia mais

XXV Convenção Nacional da ANFIP. Maceió - AL

XXV Convenção Nacional da ANFIP. Maceió - AL XXV Convenção Nacional da ANFIP Maceió - AL 1 Tributação Comércio Exterior Fiscalização Arrecadação Gestão Corporativa 2 Tributação Principais causas de litigiosidade Legislação extensa, complexa, não

Leia mais

Competências Capacitação e Desenvolvimento

Competências Capacitação e Desenvolvimento TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO Rondônia / Acre TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO Rondônia / Acre IDENTIDADE ORGANIZACIONAL DO TRT 14ª REGIÃO (2009/2014) Missão Solucionar conflitos

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSOS. Decanato de Gestão de Pessoas Diretoria de Capacitação, Desenvolvimento e Educação Coordenadoria de Capacitação

CATÁLOGO DE CURSOS. Decanato de Gestão de Pessoas Diretoria de Capacitação, Desenvolvimento e Educação Coordenadoria de Capacitação (Foto: UnB Agência) CATÁLOGO DE CURSOS Aula de Libras (Foto: UnB Agência) Biblioteca Central (Foto: UnB Agência) 2016 A (Procap) vinculada à Diretoria de Capacitação, Desenvolvimento e Educação (Dcade)

Leia mais

Programa 1081 Gestão e Manutenção do Tribunal de Contas

Programa 1081 Gestão e Manutenção do Tribunal de Contas Ação 1196 Implementação do Programa de gestão de pessoas por competência Função 1 - Legislativa Subfunção 12 - Administração Geral Desenvolvimento de atividades em gestão de pessoas por competências tendo

Leia mais

Plano Bianual 2010/2011

Plano Bianual 2010/2011 Plano Bianual 2010/2011 Por meio da Resolução Administrativa nº 55/2010 foi aprovado alterações no Plano Plurianual 2010/2014. Em razão, destas adequações, atualizamos a apresentação do Plano Bianual 2010/2011,

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE Brasília, 18 de maio de 2010. MPE? Conceituação Brasil REPRESENTATIVIDADE

Leia mais

PLANO ANUAL DE AUDITORIA. Tribunal Superior do Trabalho

PLANO ANUAL DE AUDITORIA. Tribunal Superior do Trabalho PLANO ANUAL DE AUDITORIA 2014 Tribunal Superior do Trabalho PLANO ANUAL DE AUDITORIA 2014 Secretaria de Controle Interno PLANO ANUAL DE AUDITORIA DA SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO - EXERCÍCIO 2014 Aprovado

Leia mais

PROJETOS, PARCERIAS E ARRANJOS INOVATIVOS: o caso do Núcleo de Documentação da Universidade Federal Fluminense

PROJETOS, PARCERIAS E ARRANJOS INOVATIVOS: o caso do Núcleo de Documentação da Universidade Federal Fluminense TRABALHO ORAL IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Dimensionamento dos impactos dos serviços digitais na Biblioteca PROJETOS, PARCERIAS E ARRANJOS INOVATIVOS: o caso

Leia mais

ENSINO BÁSICO. Tudo para que o dia a dia da sua instituição seja muito mais ágil e simples.

ENSINO BÁSICO. Tudo para que o dia a dia da sua instituição seja muito mais ágil e simples. Segmento EDUCACIONAL ENSINO BÁSICO As soluções de software de gestão para o segmento educacional da TOTVS simplificam a administração acadêmica, pedagógica e financeira da sua instituição de ensino básico,

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplic...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplic... 1 de 6 02/09/2011 18:54 Metas para o PDI 2011-2020 UNIRIO Imprimir Dados Institucionais Unidade Organizacional: COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Nome do responsável pelo preenchimento: Giane Moliari

Leia mais

Governança de TI com foco no PDTI Caso UFSC

Governança de TI com foco no PDTI Caso UFSC 2015 1 Governança de TI com foco no PDTI Caso UFSC Edison Tadeu Lopes Melo edison.melo@ufsc.br UFSC Agenda 2 A UFSC em números PDTI 2013/2015 O que é o PDTI Referencial Estratégico e Diretrizes Diagnóstico

Leia mais

Fórum Sustentabilidade da Gestão Pública

Fórum Sustentabilidade da Gestão Pública Fórum Sustentabilidade da Gestão Pública Conselheiro Antonio Joaquim Corregedor TCE-MT Presidente ATRICON 18 deantonio Abril 2012 Cons. Joaquim TRÊS TEMAS SERÃO ABORDADOS: 1 Desafio do controle social

Leia mais

SWOT 2009 MP/PR OPORTUNIDADES ORGANIZADAS POR OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

SWOT 2009 MP/PR OPORTUNIDADES ORGANIZADAS POR OBJETIVOS ESTRATÉGICOS SWOT 009 MP/PR OPORTUNIDADES ORGANIZADAS POR OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Nº OCOR- % OPORTUNIDADES RÊNCIAS TOTAL OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Informática: Sistema de automação de dados MP; instituição do processo

Leia mais

SIAPNet e Portal do Cidadão Instrumentos de controle das contas públicas

SIAPNet e Portal do Cidadão Instrumentos de controle das contas públicas SIAPNet e Portal do Cidadão Instrumentos de controle das contas públicas Já conhecidos do público em geral, os sítios do SIAPNet e mais recentemente do Portal do Cidadão têm se demonstrado ótimos instrumentos

Leia mais

4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL

4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL 4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL 4.1. Planejamento Estratégico No trimestre em curso, houve a implementação do módulo de Planejamento Estratégico no SIAP (Sistema Interno de Administração

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2015 a 2020 Versão 1.0 Índice 1. Apresentação 2. Organograma da SETECI 3. Planejamento Estratégico do TJSE 4. Mapa Estratégico do

Leia mais

Comitês do Banco BMG. Comitês Existentes

Comitês do Banco BMG. Comitês Existentes Comitês do Banco BMG Introdução Os Comitês representam coletivamente os interesses do Banco BMG, nos diversos segmentos de sua organização. É política do Banco BMG, manter o controle permanente de seus

Leia mais

Contas Anuais como procedimento de controle: tendências e perspectivas no âmbito do TCEMG

Contas Anuais como procedimento de controle: tendências e perspectivas no âmbito do TCEMG Contas Anuais como procedimento de controle: tendências e perspectivas no âmbito do TCEMG Heloisa Helena Nascimento Rocha (TCEMG) Pampulha (BH) Oscar Niemeyer PLANO ESTRATÉGICO 2004-2008 1 Reformular rito

Leia mais

Linha de Financiamento do BNDES para Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos - BNDES PMAT e BNDES PMAT

Linha de Financiamento do BNDES para Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos - BNDES PMAT e BNDES PMAT Linha de Financiamento do BNDES para Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos - BNDES PMAT e BNDES PMAT Automático BNDES PMAT Apresentação do Programa O que é o

Leia mais

Prestação de Contas Ano de 2012

Prestação de Contas Ano de 2012 Prestação de Contas Ano de 2012 André Longo Araújo de Melo Diretor-Presidente Agência Nacional de Saúde Suplementar A agência reguladora de planos de saúde do Brasil Congresso Nacional, 20 de junho de

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO 2013 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS Dezembro - 2013 2 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS 2013 METAS DE NIVELAMENTO PARA AS CORREGEDORIAS

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO-RESERVA EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO-RESERVA EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO-RESERVA EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 1 DO CONCURSO PÚBLICO 1/2013 CAU/BR - NORMATIVO ANEXO II RELAÇÃO DE EMPREGOS,

Leia mais

ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA.

ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA. 1 ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA. Apresento a Vossas Excelências um breve relato da estatística processual relativa ao primeiro semestre deste ano, bem como

Leia mais

Governança em TI. Lúcio Melre da Silva. 2º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público

Governança em TI. Lúcio Melre da Silva. 2º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público Governança em TI Lúcio Melre da Silva 2º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público 1 Agenda Governança de Tecnologia da Informação Acórdãos TCU Motivação Governança de TI no Supremo Processo

Leia mais

A tecnologia a serviço da Gestão Documental no Poder Judiciário de Santa Catarina:

A tecnologia a serviço da Gestão Documental no Poder Judiciário de Santa Catarina: A tecnologia a serviço da Gestão Documental no Poder Judiciário de Santa Catarina: O case do Sistema de Consulta à Jurisprudência e o nascimento do Sistema de Busca Textual Sérgio Weber Setembro 2013 Agenda:

Leia mais

Os Tribunais de Contas e a Lei de Acesso à Informação. Conselheiro Antonio Joaquim Presidente da ATRICON

Os Tribunais de Contas e a Lei de Acesso à Informação. Conselheiro Antonio Joaquim Presidente da ATRICON Os Tribunais de Contas e a Lei de Acesso à Informação Conselheiro Antonio Joaquim Presidente da ATRICON O que é a ATRICON 20 anos de fundação Representa conselheiros e auditores substitutos de conselheiros

Leia mais

DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO Projeto Qualidade e Agilidade dos TCs QATC2

DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO Projeto Qualidade e Agilidade dos TCs QATC2 DE CONTROLE EXTERNO Projeto Qualidade e Agilidade dos TCs QATC2 Resolução Atricon 02/2014 Controle Externo Concomitante Coordenador: Cons. Valter Albano da Silva TCE/MT Resolução Atricon 09/2014 LC123/2006

Leia mais

Programa de. Liderança

Programa de. Liderança Programa de Liderança Objetivo Aprimorar as lideranças intermediárias dos hospitais associados à ANAHP, tornando um time de alto desempenho. Estrutura do Conhecimento Pré Work Presencial Pós treinamento

Leia mais

CARTA PROPOSTA CARGO: DIRETORIA GERAL DO CAMPUS TERESINA ZONA SUL

CARTA PROPOSTA CARGO: DIRETORIA GERAL DO CAMPUS TERESINA ZONA SUL CARTA PROPOSTA CARGO: DIRETORIA GERAL DO CAMPUS TERESINA ZONA SUL NOME DO CANDIDATO: SUSANA SLOGAN: TRABALHO QUE FAZ EDUCAÇÃO PERFIL DA CANDIDATA SUSANA LAGO MELLO SOARES, 50 anos, casada, mãe de 3 filhas.

Leia mais

PROGRAMAÇA O 2015. Apresentação

PROGRAMAÇA O 2015. Apresentação Escola de Contas Pú blicas - ECP/TCE/AM Fevereiro 2015 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO AMAZONAS PROGRAMAÇA O 2015 Apresentação Aula Inaugural 2014 - Auditório TCE/AM. Programas de Capacitaça o O Tribunal

Leia mais

Unis - MG Centro Universitário do Sul de Minas Comissão Própria de Avaliação - CPA. Varginha - 2013 1

Unis - MG Centro Universitário do Sul de Minas Comissão Própria de Avaliação - CPA. Varginha - 2013 1 Varginha - 201 1 CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO Relatório Avaliação Institucional - 2012 Varginha - 201 2 Sumário 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO... 7 2 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 7 DESENVOLVIMENTO... 9.1 AVALIAÇÃO

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais Presidência Controladoria Interna PLANO DIRETOR CONTROLE INTERNO 2013-2014

Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais Presidência Controladoria Interna PLANO DIRETOR CONTROLE INTERNO 2013-2014 PLANO DIRETOR DE CONTROLE INTERNO 2013-2014 SUMÁRIO Pág. 1. INTRODUÇÃO 02 2. SISTEMA DE CONTROLE INTERNO 02 2.1 Conceituação 02 2.2. Marco legal 04 3. O CONTROLE INTERNO NO ÂMBITO DO TCEMG 4. CONTROLADORIA

Leia mais

PROJETOS DA ADMINISTRAÇÃO PARA O BIÊNIO 2008/2009

PROJETOS DA ADMINISTRAÇÃO PARA O BIÊNIO 2008/2009 PROJETOS DA ADMINISTRAÇÃO PARA O BIÊNIO 2008/2009 LINHAS DE AÇÃO PROJETOS DESCRIÇÃO EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS / CELERIDADE Locação do 2º prédio na esquina da Av. Augusto de Lima com rua Mato

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Casa de Nossa Senhora da Paz Ação Social Franciscana UF: SP ASSUNTO: Credenciamento da Universidade São Francisco,

Leia mais

VALOR DO INVESTIMENTO E DATA PREVISTA PARA OS TREINAMENTOS ABERTOS EM BRASÍLIA NO 2º SEMESTRE DE 2013 CARGA HORÁRIA VALOR NORMAL

VALOR DO INVESTIMENTO E DATA PREVISTA PARA OS TREINAMENTOS ABERTOS EM BRASÍLIA NO 2º SEMESTRE DE 2013 CARGA HORÁRIA VALOR NORMAL NORMAL 1 Gestão Pública 2 Gestão Pública 3 Gestão Pública 4 Gestão Pública 5 Gestão Pública 6 Gestão Pública 7 8 9 10 11 12 13 Logística e Material Logística e Material Logística e Material Gestão Orçamentária

Leia mais

Marcos Paulo SANCHEZ 2 Ruy GUERIOS 3 Mauro Roberto Claro de SOUZA 4. Faculdade Eniac, Guarulhos, SP

Marcos Paulo SANCHEZ 2 Ruy GUERIOS 3 Mauro Roberto Claro de SOUZA 4. Faculdade Eniac, Guarulhos, SP Utilização da Tecnologia como Fator Motivacional no Aprimoramento do Processo de Ensino-Aprendizagem de Jovens Relato de Experiência do Sistema de Ensino Eniac 1 Marcos Paulo SANCHEZ 2 Ruy GUERIOS 3 Mauro

Leia mais

Gestão acadêmica de programas de pós-graduação com o SIGAA

Gestão acadêmica de programas de pós-graduação com o SIGAA EMENTAS A) Eventos de Capacitação do Ambiente Administrativo Aquisição de materiais e serviços Identificar métodos de aquisição de materiais e serviços, utilizando as ferramentas disponíveis no SIPAC.

Leia mais

PROCEDIMENTO SISTÊMICO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO SISTÊMICO DA QUALIDADE 1. OBJETIVO Estabelecer, documentar, implementar, aprimorar e manter um, que assegure a conformidade com os requisitos da norma de referência. 2. CONTROLE DE DOCUMENTOS E REGISTRO 2. CONTROLE DE DOCUMENTOS

Leia mais

PLANO DE AÇÃO GESTÃO 2016 2020 APRESENTAÇÃO

PLANO DE AÇÃO GESTÃO 2016 2020 APRESENTAÇÃO Eu queria uma escola que lhes ensinasse a pensar, a raciocinar, a procurar soluções (...) Eu também queria uma escola que ensinasse a conviver, cooperar, a respeitar, a esperar, saber viver em comunidade,

Leia mais

(MAPAS VIVOS DA UFCG) PPA-UFCG RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UFCG CICLO 2006-2008 ANEXO (PARTE 2) DIAGNÓSTICOS E RECOMENDAÇÕES

(MAPAS VIVOS DA UFCG) PPA-UFCG RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UFCG CICLO 2006-2008 ANEXO (PARTE 2) DIAGNÓSTICOS E RECOMENDAÇÕES 1 PPA-UFCG PROGRAMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UFCG CICLO 2006-2008 ANEXO (PARTE 2) DIAGNÓSTICOS E RECOMENDAÇÕES (MAPAS VIVOS DA UFCG) 2 DIMENSÃO MISSÃO E PDI MAPAS VIVOS DE

Leia mais

PRÁTICAS INOVADORAS EM GC NO SISTEMA DE JUSTIÇA BRASILEIRO JOSÉ VALTER ARCANJO DA PONTE

PRÁTICAS INOVADORAS EM GC NO SISTEMA DE JUSTIÇA BRASILEIRO JOSÉ VALTER ARCANJO DA PONTE PRÁTICAS INOVADORAS EM GC NO SISTEMA DE JUSTIÇA BRASILEIRO JOSÉ VALTER ARCANJO DA PONTE PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NO STJ SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA 19/06/2013 Roteiro Apresentação da Instituição

Leia mais

PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL

PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL INTRODUÇÃO METODOLOGIA RESULTADO CONCLUSÃO INTRODUÇÃO O Poder Judiciário passa por um largo processo de reformulação

Leia mais

Garantir o pagamento devido aos servidores civis inativos e aos seus pensionistas.

Garantir o pagamento devido aos servidores civis inativos e aos seus pensionistas. Programa e Ações Unidade Responsável Principais Metas 0089 PREVIDÊNCIA DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA UNIÃO Indicadores de resultado e impacto, quando existentes Principais resultados 0181 Pagamento de

Leia mais

Composição Orçamentária ISAGS 2015(*) Natureza Valor Anual (US$) Porcentagem (%) Projetos 709.278,97 35,48% Pessoal 822.

Composição Orçamentária ISAGS 2015(*) Natureza Valor Anual (US$) Porcentagem (%) Projetos 709.278,97 35,48% Pessoal 822. Composição Orçamentária ISAGS 2015(*) Natureza Valor Anual (US$) Porcentagem (%) Projetos 709.278,97 35,48% Pessoal 822.543,34 41,14% Gastos Operacionais 467.445,69 23,38% TOTAL 1.999.268,00 100% 100%

Leia mais

12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos

12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos 12. POLÍTICA DE EaD 12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem,

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 18/05/2016 16:38:00 Endereço IP: 200.198.193.162

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 1. Contexto Roteiro 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

MATRIZ ESTRATÉGICA DO IFAM

MATRIZ ESTRATÉGICA DO IFAM PERSPECTIVA EFICIÊNCIA GERENCIAL (PROCESSOS INTERNOS) RACIONALIZAÇÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS APERFEIÇOAMENTO E GESTÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DO IFAM MODELO DE GESTÃO DE TI AVALIAÇÃO

Leia mais

Educação Corporativa no TCU. Vilmar Agapito Teixeira Diretor de Desenvolvimento de Competências Instituto Serzedello Corrêa

Educação Corporativa no TCU. Vilmar Agapito Teixeira Diretor de Desenvolvimento de Competências Instituto Serzedello Corrêa Educação Corporativa no TCU Vilmar Agapito Teixeira Diretor de Desenvolvimento de Competências Instituto Serzedello Corrêa Programa de Formação AUFC-TEFC 2009 Blog de concurseiro Para consultores, combinar

Leia mais

"Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social"

Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social "Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social" 1 Gestão por processos 2 Previdência Social: em números e histórico Estrutura: Administração Direta, 2 Autarquias e 1 Empresa

Leia mais

Nº DESCRIÇÃO EIXO SC PP CPP QTD ORDEM

Nº DESCRIÇÃO EIXO SC PP CPP QTD ORDEM Nº DESCRIÇÃO EIXO SC PP CPP QTD ORDEM Criar rádios e TV's comunitárias voltadas à prestação de contas das ações, programas e 1 projetos existentes nos municípios e divulgação dos serviços públicos locais,

Leia mais

O impacto da Lei de Acesso à Informação (LAI) no ambiente SISP

O impacto da Lei de Acesso à Informação (LAI) no ambiente SISP 6ª Governança Aplicada ISACA Capítulo Brasília O impacto da Lei de Acesso à Informação (LAI) no ambiente SISP João Batista Ferri de Oliveira Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento

Leia mais

LÍDERES QUE ENTREGAM RESULTADOS E VALORES

LÍDERES QUE ENTREGAM RESULTADOS E VALORES LÍDERES QUE ENTREGAM RESULTADOS E VALORES Dr. Gabriel Dias Pereira Filho Presidente Dra Maristela Nogueira Leônidas Diretoria Administrativa PERFIL DA COOPERATIVA ÁREA DE AÇÃO 28 cidades 275 mil habitantes

Leia mais

Os Conselhos de Políticas Públicas: construindo uma cultura de controle social efetivo

Os Conselhos de Políticas Públicas: construindo uma cultura de controle social efetivo Os Conselhos de Políticas Públicas: construindo uma cultura de controle social efetivo Qual é a importância dos Conselhos de Políticas Públicas para a sociedade brasileira? Vamos construir o nosso ideal

Leia mais

Carteira de Projetos da Seção Judiciária do RS

Carteira de Projetos da Seção Judiciária do RS Página 1 Carteira de Projetos da Seção Judiciária do RS Projeto I Padronização e Melhoria dos Procedimentos das Varas Federais, Juizados e Turmas Recursais Escopo: Implementação de método de gerenciamento

Leia mais

Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas

Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas Decreto n 5.707/2006 Marco Legal Decreto nº 5.707, de 23/02/2006 Instituiu a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da administração

Leia mais

Demonstrativo de Programas Temáticos Conferência Por Orgão - PPA 2016-2019. 2017 2018 2019 Total. Rio Grande do Norte 5 5 5 5 20

Demonstrativo de Programas Temáticos Conferência Por Orgão - PPA 2016-2019. 2017 2018 2019 Total. Rio Grande do Norte 5 5 5 5 20 Orgão Programa 0008 - EDUCAÇÃO SUPERIOR E TECNOLÓGICA Objetivo 0307 - Fortalecer a política de ensino superior de graduação e pós-graduação, por meio da sua interiorização, do desenvolvimento da pesquisa,

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 11/06/2014 13:47:32 Endereço IP: 200.253.113.2 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

INTRODUÇÃO. Apresentação

INTRODUÇÃO. Apresentação ANEXO ÚNICO DA RESOLUÇÃO ATRICON 09/2014 DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO ATRICON 3207/2014: OS TRIBUNAIS DE CONTAS E O DESENVOLVIMENTO LOCAL: CONTROLE DO TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS

Leia mais

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Proposta de ações para elaboração do Plano Estadual da Pessoa com Deficiência Objetivo Geral: Contribuir para a implementação

Leia mais

Programa de trabalho para o Quadriênio 2015-2019. Slogan: Pela consolidação da EaD na UFGD

Programa de trabalho para o Quadriênio 2015-2019. Slogan: Pela consolidação da EaD na UFGD Programa de trabalho para o Quadriênio 2015-2019 Slogan: Pela consolidação da EaD na UFGD A Educação a Distância (EaD), no seio da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), tornou-se um projeto coletivo

Leia mais

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014 RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014 Altera o indicador de desempenho organizacional constante no Anexo I da Resolução Administrativa nº 06/2010 e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO N, DE 2015.

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO N, DE 2015. PROPOSTA DE RESOLUÇÃO N, DE 0. Institui a Unidade Nacional de Capacitação do Ministério Público, no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público. O CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no exercício

Leia mais

Sistemas para o. Controle Externo. Tribunais de Contas. nos. Diagnóstico da situação atual

Sistemas para o. Controle Externo. Tribunais de Contas. nos. Diagnóstico da situação atual nos Sistemas para o Controle Externo Tribunais de Contas Diagnóstico da situação atual nos Sistemas para o Controle Externo Tribunais de Contas Diagnóstico da situação atual Dezembro/2012 OBJETIVO ESTRATÉGICO

Leia mais

COGESP/SEPOG/PMF II REUNIÃO

COGESP/SEPOG/PMF II REUNIÃO II REUNIÃO Agenda Horário Assunto Palestrante 8h às 9:30h Apresentação da Proposta de Lei de Capacitação da PMF e da proposta do Plano de Capacitação da Rede de Gestão de Pessoas - RGP 9:30h às 10h Apresentação

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MATO GROSSO

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MATO GROSSO DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MATO GROSSO EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE DIRETRIZ: Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade. Prioritária

Leia mais

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SISTEMATIZAÇÃO DOS RESULTADOS Atendendo a solicitação do CNMP, o presente documento organiza os resultados

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA CONSELHO DE REPRESENTANTES DIRETORIA PRESIDENTE CAMARAS TEMÁTICAS

ESTRUTURA ORGÂNICA CONSELHO DE REPRESENTANTES DIRETORIA PRESIDENTE CAMARAS TEMÁTICAS ESTRUTURA ORGÂNICA CONSELHO DE REPRESENTANTES DIRETORIA PRESIDENTE CONSELHOR CONSULTIVO CONSELHO FISCAL CAMARAS TEMÁTICAS COMÉRCIO VAREJISTA ALIMENTAÇÃO SAÚDE HABITAÇÃO SERVIÇOS TURISMO E HOSPITALIDADE

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO

SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO A Secretaria de Estado da Gestão Pública do Governo de Alagoas torna público o 4º CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO DE ALAGOAS que será regido de acordo

Leia mais

DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO Projeto Qualidade e Agilidade dos TCs

DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO Projeto Qualidade e Agilidade dos TCs DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO Projeto Qualidade e Agilidade dos TCs Resolução Atricon 01/2014 Domínio E Estrutura e Gestão de Apoio-QATC 13 - Corregedoria Conselheiro Edilson de Sousa Silva Corregedor-Geral

Leia mais

Calendário de Eventos 2011 (versão de 13.01.2011)

Calendário de Eventos 2011 (versão de 13.01.2011) Calendário de Eventos 2011 (versão de 13.0011) Reunião Colégio de Presidentes Reunião (virtual) com coordenadores do Grupo Gestão de Pessoas (GGP) Preparação da V Reunião Técnica do SAGF - Módulo cidadão

Leia mais

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional.

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Tema 1: Eficiência Operacional Buscar a excelência na gestão de custos operacionais. Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Agilizar

Leia mais

RESOLUÇÃO ConsUni nº 617, de 09 de outubro de 2008.

RESOLUÇÃO ConsUni nº 617, de 09 de outubro de 2008. RESOLUÇÃO ConsUni nº 617, de 09 de outubro de 2008. Dispõe sobre a política de educação a distância e sobre o regimento da Secretaria Geral de Educação a Distância SEaD. O Conselho Universitário da Universidade

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Controle Externo

Tribunal de Contas da União. Controle Externo Tribunal de Contas da União Controle Externo 1224 Controle Externo Objetivo Assegurar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos federais em benefício da sociedade e auxiliar o Congresso Nacional

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO - Secretaria de Cultura

- REGIMENTO INTERNO - Secretaria de Cultura - REGIMENTO INTERNO - Secretaria de Cultura Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decreto nº 12.633/06, nº 14.770/10, nº 15.416/12 e nº 15.486/12 I - Secretaria Executiva: - auxiliar e assessorar o Secretário

Leia mais