Química. Questões 51 a O flúor é um elemento de número atômico 9 e possui apenas um isótopo natural, o 19F.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Química. Questões 51 a 75. 51. O flúor é um elemento de número atômico 9 e possui apenas um isótopo natural, o 19F."

Transcrição

1 Questões 51 a O flúor é um elemento de número atômico 9 e possui apenas um isótopo natural, o 19F. comportamentos distintos quanto à condutividade elétrica. Sobre esse elemento e seus compostos, é correto afirmar que Em relação à condutividade elétrica, assinale a alternativa correta. (A) o isótopo natural do flúor possui 9 nêutrons. (B) o íon F tem 8 elétrons. (C) o flúor é um elemento da família dos elementos calcogênios. (D) no gás flúor, F2, se tem uma ligação covalente polar. (E) na molécula do ácido fluorídrico, HF, o flúor é mais eletronegativo que o hidrogênio. 52. A condutividade elétrica de um material depende muito do tipo de ligação química da qual o material é formado e do estado físico em que este se encontra. Sendo assim, materiais como prata, açúcar de cana (sacarose) e sal de cozinha (cloreto de sódio) apresentam I SIMULADO UFRGS 2015 (A) O açúcar é uma substância iônica que não conduz bem a eletricidade. (B) O açúcar é um bom condutor de corrente elétrica porque possui cargas livres em seu retículo cristalino molecular. (C) O cloreto de sódio fundido não conduz corrente elétrica. (D) Um objeto de prata é bom condutor de corrente elétrica porque apresenta elétrons livres em seu retículo cristalino metálico. (E) O cloreto de sódio é um bom condutor de corrente elétrica em temperaturas inferiores ao seu ponto de fusão. 19

2 53. Desde os primórdios da humanidade, há uma busca por entender questões acerca da origem, do funcionamento e da organização do Universo. Na tentativa de propor explicações, os cientistas elaboram modelos. Considerando que as propriedades físico-químicas da matéria, os tipos de ligações e as geometrias moleculares podem ser explicados por meio de modelos atômicos, modelos de ligações e modelos de moléculas, relacione a primeira coluna com a segunda. I. O NaC é um sólido em temperatura ambiente. II. A água é uma substância molecular, polar e considerada solvente universal. III. O benzeno é uma substância apolar e líquida em temperatura ambiente. IV. O HC é um gás em temperatura ambiente. V. O CO 2 é um gás em temperatura ambiente. A. Geometria linear, ligação covalente e forças intermoleculares do tipo dipolo-dipolo. B. Geometria linear, molécula apolar e forças intermoleculares do tipo dipolo-induzido dipolo-induzido. C. Composto aromático e forças do tipo dipolo-induzido dipolo-induzido. D. Alto ponto de fusão e ebulição, composto formado por ligação iônica. E. Ligações de hidrogênio e geometria angular. Assinale a alternativa que contém a associação correta. (A) I-B, II-A, III-C, IV-E, V-D. (B) I-B, II-A, III-E, IV-D, V-C. (C) I-D, II-C, III-E, IV-B, V-A. (D) I-D, II-E, III-C, IV-A, V-B. (E) I-C, II-E, III-B, IV-A, V-D. 54. Certamente você já estourou pipoca no micro -ondas ou já aqueceu algum alimento utilizando esse eletrodoméstico. Você sabe como isso ocorre? O micro-ondas emite uma radiação eletromagnética com comprimento de onda maior que o da luz e menor que o das ondas de rádio. À medida que as ondas passam pelas moléculas de água, estas absorvem a radiação e movimentam-se mais rapidamente. Ao colidirem com moléculas vizinhas, transferem a elas parte de sua agitação térmica e, assim, o alimento vai sendo aquecido. Moléculas polares são capazes de absorver as micro-ondas e transformar essa energia em agitação térmica. Fonte: CISCATO, Carlos A. M.; PEREIRA, Fernando P. Planeta. São Paulo: Ática, 2008, p (adaptado) Então, analise as afirmações. I. A molécula de água é polar, pois sua geometria é angular; assim, apresenta capacidade de dissolver substâncias polares, como o sal de cozinha e o óleo utilizados para o cozimento de macarrão, formando uma mistura heterogênea com duas fases distintas. II. A água é uma substância simples, formada por elementos com diferentes valores de eletronegatividade. III. O compartilhamento de elétrons entre os átomos de hidrogênio e oxigênio na molécula de água ocorre por meio de ligações do tipo covalente. IV. A água apresenta ponto de ebulição (PE) maior que a amônia, pois as forças intermoleculares na água são maiores que na amônia. Estão corretas (A) apenas I e II. (B) apenas I e III. (C) apenas II e III. (D) apenas II e IV. (E) apenas III e IV. 55. No quadro a seguir, estão apresentadas as temperaturas de fusão e de ebulição, em ºC, sob pressão de 1atm, de diferentes substâncias químicas. Substância química a 25ºC e 1atm Temperatura de fusão (ºC) Temperatura de ebulição (ºC) Oxigênio (O 2(g) ) 218,8 183 Amônia (NH 3(g) ) 77,7 33,4 Metanol (CH 3 OH ( ) ) 97 64,7 Acetona (C 3 H 6 O (l) ) 94,6 56,5 Mercúrio (Hg ( ) ) 38,87 356,9 Alumínio (A (s) ) Cloreto de sódio (NaC (s) )

3 Com base nas informações constantes no quadro, analise as afirmações a seguir e marque (V) para verdadeiro e (F) para falso. ( ) As substâncias metanol e mercúrio, à temperatura de 60ºC, estarão no estado líquido de agregação. ( ) As interações que mantêm unidas, no estado sólido, as moléculas das substâncias amônia, metanol e acetona são forças do tipo dipolo induzido, as quais formam cristais moleculares. ( ) Entre as substâncias listadas, o cloreto de sódio apresenta a maior temperatura de fusão, o que se justifica em razão de seus íons estarem unidos por interações do tipo dipolo permanente, formando retículos cristalinos iônicos. ( ) O modelo para a formação do A (s), no estado sólido, se baseia na interação entre os cátions do metal que se agrupam, formando células unitárias em que as cargas positivas são estabilizadas por elétrons semilivres, que envolvem a estrutura como uma nuvem eletrônica ( ) O gás oxigênio (O 2(g) ) apresenta os menores valores de temperaturas de fusão e de ebulição, pois suas moléculas se mantêm unidas por forças de dipolo induzido, que são de fraca intensidade. A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é (A) V F V F F. (B) F F V F V. (C) V F F V V. (D) F V F F V. (E) V V F V F. 56. Uma das substâncias mais estudadas e presente no nosso dia a dia é a água. Baseado nas suas propriedades, é correto afirmar que a (A) água é uma substância simples. (B) água é formada por 2 (dois) átomos de oxigênio e 1 (um) de hidrogênio. (C) água possui alto ponto de ebulição devido às ligações de hidrogênio. (D) água é uma molécula apolar. (E) água apresenta ângulo de ligação de 180º entre seus átomos. 57. O fosgênio é um gás extremamente venenoso, tendo sido usado em combates durante a Primeira Guerra Mundial como agente químico de guerra. É assim chamado porque foi primeiro preparado pela ação da luz do sol em uma mistura dos gases monóxido de carbono (CO) e cloro (C 2 ), conforme a equação balanceada da reação descrita a seguir: CO (g) + C 2(g) COC 2(g). Considerando os dados termoquímicos empíricos de energia de ligação das espécies, a entalpia da reação de síntese do fosgênio é Dados: (A) +522 kj. (B) 78 kj. (C) 300 kj. (D) +100 kj. (E) 141 kj. Energia de Ligação 745 kj/mol 1080 kj/mol 328 kj/mol 243 kj/mol 58. Pedrinho estava com muita sede e encheu um copo com água bem gelada. Antes de beber observou que o copo ficou todo suado por fora, ou seja, cheio de pequenas gotículas de água na superfície externa do copo. É correto afirmar que tal fenômeno é explicado (A) pela sublimação da água existente no copo. (B) pela porosidade do copo que permitiu que parte da água gelada passasse para o lado de fora do copo. (C) pela vaporização da água do copo para fora do copo. (D) pelas correntes de convecção formada em função do aquecimento da água gelada pelo meio ambiente. (E) pela condensação dos vapores de água da atmosfera em contato com o copo gelado. I SIMULADO UFRGS

4 59. A infraestrutura das cidades deve contar com uma série de serviços, entre eles oferecer uma água de qualidade para a população, cujo tratamento desta pode ser auxiliado, inicialmente, com a adição de CaO, em seguida adiciona-se A 2 (SO 4 ) 3, que reage com o OH formando o precipitado A (OH) 3. A água então, é filtrada e clorada. Durante o processo de cloração, ocorre a seguinte reação: C 2(g) + 2H2 O(l) H3 O + (aq) + C (aq) + HC O(aq) Considerando as informações do texto, é correto afirmar que (A) o CaO é classificado como óxido básico. (B) o CaO é um composto covalente. (C) o HC O apresenta ligações covalentes apolares. (D) o gás cloro é uma molécula polar. (E) o cloro no HC O apresenta Nox igual a Mendeleev ( ), sob a influência da sua segunda esposa, voltou-se para o mundo das artes, tornando-se colecionador e critico. Essa nova paixão não deve ter sido considerada nenhuma surpresa; afinal, Mendeleev fez arte com a química, desenhando e manejando cartas que representavam os elementos, para ajudar na construção da Tabela Periódica. Sua visão da ciência já era um indício de que existia uma veia artística dentro dele. Certa vez, disse: Conceber, compreender e aprender a simetria total do edifício, incluindo suas porções inacabadas, é equivalente a experimentar aquele prazer só transmitido pelas formas mais elevadas de beleza e verdade. Na, as ideias ousadas e o gênio audacioso de Mendeleev renderam-lhe um merecido reconhecimento. Mas ele não se dedicou exclusivamente à Tabela Periódica. Já havia estudado a temperatura crítica dos gases e prosseguiu sua vida acadêmica pesquisando a expansão de líquidos e a origem do petróleo. Em 1955, o elemento de número atômico 101(Z = 101) da Tabela Periódica recebeu o nome Mendelévio em sua homenagem. (http://tinyurl.com/oadx3qe Acesso em: Adaptado) O elemento químico de número atômico 101 apresenta 15 radioisótopos identificados, entre eles os mais estáveis são: 258 Md e 260 Md. A diferença entre os radioisótopos mencionados é de (A) 2 prótons. (B) 2 elétrons. (C) 2 nêutrons. (D) 157 nêutrons. (E) 159 nêutrons. 61. No ano de 2014, o Estado de São Paulo vive uma das maiores crises hídricas de sua história. A fim de elevar o nível de água de seus reservatórios, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) contratou a empresa ModClima para promover a indução de chuvas artificiais. A técnica de indução adotada, chamada de bombardeamento de nuvens ou semeadura ou, ainda, nucleação artificial, consiste no lançamento em nuvens de substâncias aglutinadoras que ajudam a formar gotas de água. (http://exame.abril.com.br. Adaptado.) Para a produção de chuva artificial, um avião adaptado pulveriza gotículas de água no interior das nuvens. As gotículas pulverizadas servem de pontos de nucleação do vapor de água contido nas nuvens, aumentando seu volume e massa, até formarem gotas maiores que, em condições meteorológicas favoráveis, podem se precipitar sob a forma de chuva. Segundo dados da empresa ModClima, dependendo das condições meteorológicas, com 1L de água lançada em determinada nuvem é possível produzir o volume equivalente a 50 caminhões-pipa de água precipitada na forma de chuva. Sabendo que um caminhão-pipa tem capacidade de 10m 3, a quantidade de chuva formada a partir de 300L de água lançada e a força intermolecular envolvida na formação das gotas de chuva são, respectivamente, (A) 150 mil litros e ligação de hidrogênio. (B) 150 litros e ligação de hidrogênio. (C) 150 milhões de litros e dipolo induzido. (D) 150 milhões de litros e ligação de hidrogênio. (E) 150 mil litros e dipolo induzido. 22

5 62. Além do iodeto de prata, outras substâncias podem ser utilizadas como agentes aglutinadores para a formação de gotas de água, tais como o cloreto de sódio, o gás carbônico e a própria água. eletrônicos da camada de valência (VSEPR), é correto afirmar que as moléculas Dados: números atômicos (Z): H = 1, C = 6, N = 7, O = 8, F = 9 e S = 16. Considerando o tipo de força interatômica que mantém unidas as espécies de cada agente aglutinador, é correto classificar como substância molecular (A) o gás carbônico e o iodeto de prata. (B) apenas o gás carbônico. (C) o gás carbônico e a água. (D) apenas a água. (E) a água e o cloreto de sódio. 63. Os gases do efeito estufa envolvem a Terra e fazem parte da atmosfera. Esses gases absorvem parte da radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, impedindo que a radiação escape para o espaço e aquecendo a superfície da Terra. Atualmente, são seis os gases considerados como causadores do efeito estufa: dióxido de carbono (CO 2 ), metano (CH 4 ), óxido nitroso (N 2 O), clorofluorcarbonetos (CFCs), hidrofluorcarbonetos (HFCs), e hexafluoreto de enxofre (SF 6 ). Segundo o Painel Intergovernamental de mudanças do Clima, o CO 2 é o principal culpado pelo aquecimento global, sendo o gás mais emitido (aproximadamente 77%) pelas atividades humanas. No Brasil, cerca de 75% das emissões de gases do efeito estufa são causadas pelo desmatamento, sendo o principal alvo a ser mitigado pelas políticas públicas. No mundo, as emissões de CO 2 provenientes do desmatamento equivalem a 17% do total. O hexafluoreto de enxofre (SF 6 ) é o gás com maior poder de aquecimento global, sendo vezes mais ativo no efeito estufa do que o CO 2. Em conjunto, os gases fluoretados são responsáveis por 1,1% das emissões totais de gases do efeito estufa. A respeito dos gases citados no texto, de acordo com a teoria da repulsão dos pares (A) do metano e do gás carbônico apresentam geometria tetraédrica. (B) do óxido nitroso e do gás carbônico apresentam geometria angular. (C) do hexafluoreto de enxofre apresentam geometria linear. (D) do metano apresentam geometria tetraédrica e as do gás carbônico são lineares. (E) do óxido nitroso têm geometria angular e as do metano são lineares. 64. Gaarder discute a questão da existência de uma substância básica, a partir da qual tudo é feito. Considerando o átomo como substância básica, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir. ( ) De acordo com o modelo atômico de Rutherford, o átomo é constituído por duas regiões distintas: o núcleo e a eletrosfera. ( ) Thomson propôs um modelo que descrevia o átomo como uma esfera carregada positivamente, na qual estariam incrustados os elétrons, com carga negativa. ( ) No experimento orientado por Rutherford, o desvio das partículas alfa era resultado da sua aproximação com cargas negativas presentes no núcleo do átomo. ( ) Ao considerar a carga das partículas básicas (prótons, elétrons e nêutrons), em um átomo neutro, o número de prótons deve ser superior ao de elétrons. ( ) Os átomos de um mesmo elemento químico devem apresentar o mesmo número atômico. Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta. (A) V - V - F - F - V. (B) V - F - V - F - V. (C) V - F - F - V - V. (D) F - F - V - F - F. (E) F - V - F - V - F. I SIMULADO UFRGS

6 65. Considere as seguintes afirmações a respeito da acidez e da basicidade dos compostos orgânicos citados. 67. Os modelos de forças intermoleculares são utilizados para explicar diferentes fenômenos relacionados às propriedades das substâncias. I. Metilamina (CH 3 NH 2 ) possui caráter básico, pois o par de elétrons livres do átomo de nitrogênio pode receber próton, dando origem a uma ligação. II. Metilamina (CH 3 NH 2 ) possui caráter básico, pois um dos átomos de hidrogênio ligados ao átomo de nitrogênio pode ser doado facilmente. III. Fenol (C 6 H 5 OH) possui um caráter ácido fraco, mas, ainda assim, ele pode doar íon H + quando reage, por exemplo, com uma base forte. É correto apenas o que se afirma em (A) I. (B) II. (C) I e II. (D) I e III. (E) II e III. 66. Em uma aula de Geral, o professor falava sobre termoquímica energia produzida por materiais orgânicos e, para esclarecer seus alunos, ele falou: Sabe-se que materiais orgânicos como fezes de animais, se armazenadas dentro de câmaras e colocadas sobre determinadas condições de pressão e temperatura, podem produzir biogás, composto, principalmente, de metano e concluiu: o calor de combustão do metano à pressão constante é 880 kj/mol. Com base nestas informações, assinale a alternativa correta. (A) O metano é um líquido inflamável à pressão atmosférica. (B) Na molécula de metano, cada átomo de hidrogênio é ligado ao átomo de carbono por ligações covalentes e possui estrutura piramidal. (C) A combustão do gás metano é um processo endotérmico. (D) A entalpia dos produtos é maior que a dos reagentes. (E) A queima de 5,0 Kg de gás metano libera uma energia de 2,75 x 10 8 J. 68. Considere esses modelos para analisar as afirmações abaixo. I. As diferenças de intensidade das interações intermoleculares entre as moléculas da superfície de um líquido e as que atuam em seu interior originam a tensão superficial do líquido, responsável pelo arredondamento das gotas líquidas. II. A pressão de vapor da água diminui, ao dissolver um soluto em água pura, pois é alterado o tipo de interação intermolecular entre as moléculas de água. III. A grande solubilidade da sacarose em água deve-se ao estabelecimento de interações do tipo ligação de hidrogênio entre os grupos hidroxila da sacarose e as moléculas de água. Quais estão corretas? (A) Apenas I. (B) Apenas II. (C) Apenas III. (D) Apenas I e III. (E) I, II e III. Sal, vilão ou mocinho? Substância imprescindível ao equilíbrio das funções orgânicas, o cloreto de sódio pode produzir efeitos indesejados se consumido em excesso. A demanda natural desse composto fez com que ele superasse o ouro como valor estratégico e fosse base para remunerar o trabalho. Tanto os íons Na + como os C são essenciais para a manutenção da vida animal, controlando o volume de líquidos e a manutenção da pressão arterial. Fonte: Scientific American Brasil, Ano II, n. 16, p. 50, (adaptado) O sal apresenta inúmeras utilidades, sendo considerado o mais antigo aditivo alimentar. Dentre os usos do NaC, destaca-se o soro fisiológico, uma solução 0,9% de cloreto de sódio. Com base nessas informações, é correto afirmar que a solução é do tipo 24

7 (A) eletrolítica e a concentração do sal é de 0,015 moil 1. (B) não eletrolítica e a concentração do sal é de 0,900 moil 1. (C) eletrolítica e a concentração do sal é de 0,900 moil 1. (D) não eletrolítica e a concentração do sal é de 0,154 moil 1. (E) eletrolítica e a concentração do sal é de 0,154 moil As informações destacadas abaixo foram retiradas do rótulo de um refrigerante zero açúcar : INGREDIENTES: Água gaseificada, extrato de nós e cola, cafeína, aroma natural, corante, caramelo IV, acidulante ácido fosfórico, edulcorantes artificiais: ciclamato de sódio (24mg), acessulfame de potássio 5 mg, e aspartame 12mg, por 100mL, conservador, benzoato de sódio, regulador de acidez, citrato de sódio. Prazo de validade/ lote: vide marcação. Aut. CCI/RJ Ind. Brasileira A água gaseificada apresenta o seguinte equilíbrio químico: CO 2(aq) + 2 H 2 O (l) HCO 3 1 (aq) + H 3 O1+ (aq) E ainda estão presentes acidulantes utilizados para realçar o sabor e para inibir o desenvolvimento de micro-organismos. Os acidulantes, comumente usados pela indústria alimentícia, são os ácidos cítrico (C 6 H 8 O 7 ) e fosfórico (H 3 PO 4 ). Para regular a acidez do meio usa-se o citrato de sódio (C 6 H 7 O 7 Na)e para substituir o açúcar usa-se o aspartame (C 14 H 18 N 2 O 5 ) e o ciclamato de sódio (NaC 6 H 12 SNO 3 ). V. As soluções tampões (formadas por ácido fraco/base conjugada) têm a propriedade de resistir a mudanças de ph quando pequenas quantidades de ácidos ou bases lhes são adicionados. A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é (A) I, II, III e IV. (B) I, II, III e V. (C) I, III, IV e V. (D) I, II, IV e V. (E) II, III, IV e V. 70. Determinado composto orgânico apresenta as seguintes características: (A) (B) I. cadeia carbônica alifática, saturada, ramificada e homogênea. II. possui carbono carbonílico. III. possui enantiômeros. IV. é capaz de formar ligações de hidrogênio. O composto orgânico que apresenta todas as características citadas acima está representado em Com base no texto, considere as afirmativas abaixo. I. Com a retirada de CO 2(aq), o sistema sairá de equilíbrio e será deslocado para o lado esquerdo, formando mais reagentes. II. Com a diminuição da quantidade de CO 2(aq), haverá consumo do íon hidrônio (H 3 O + (aq) ), o que implicará uma elevação no valor do ph do líquido. III. O valor de ph do líquido geralmente permanece em torno de 3,0. Isso significa concentração do íon hidrônio (H 3 O + ) no líquido é 0,003 mol/l. IV. O valor do ph do refrigerante, após ser aberto, se mantém em 3, devido à formação de um tampão entre um ácido fraco (ácido cítrico) e seu sal derivado (citrato de sódio). (C) (D) (E) I SIMULADO UFRGS

8 71. A seguir está representada a estrutura do ácido fumárico. 73. Um dos principais ramos industriais da é o segmento petroquímico. A partir do eteno, obtido da nafta derivada do petróleo ou diretamente do gás natural, a petroquímica dá origem a uma série de matérias-primas que permite ao homem fabricar novos materiais, substituindo com vantagens a madeira, peles de animais e outros produtos naturais. O plástico e as fibras sintéticas são dois desses produtos. O polietileno de alta densidade (PEAD), o polietileno tereftalato (PET), o polipropileno (PP), e o policloreto de vinila (PVC) são as principais resinas termoplásticas. Nas empresas transformadoras, essas resinas darão origem a autopeças, componentes para computadores e para a indústria aeroespacial e eletroeletrônica, a garrafas, calçados, brinquedos, isolantes térmicos e acústicos... Enfim, há tantos itens que fica difícil imaginar o mundo, hoje, sem o plástico, tantas e tão diversas são as suas aplicações. Fonte: Disponível em: <http://atividadesdeciencias.blogspot.com.br>. Acesso em: 16 jun A respeito desse ácido, é correto afirmar que ele possui (A) somente átomos de carbono secundários e cadeia carbônica normal. (B) átomos de carbono primários e secundários, e cadeia carbônica ramificada. (C) átomos de carbono primários e secundários, e cadeia carbônica insaturada. (D) átomos de carbono primários e terciários, e cadeia carbônica saturada. (E) átomos de carbono primários e terciários, e cadeia carbônica ramificada. As substâncias, em destaque, são exemplos de (A) amidos. (B) celulose. (C) proteínas. (D) ácidos nucleicos. (E) polímeros sintéticos. 74. O salicilato de metila é um produto natural amplamente utilizado como analgésico tópico para alívio de dores musculares, contusões etc. Esse composto também pode ser obtido por via sintética a partir da reação entre o ácido salicílico e metanol, conforme o esquema abaixo: 72. A seguir está representada a estrutura da dihidrocapsaicina, uma substância comumente encontrada em pimentas e pimentões. Na dihidrocapsaicina, está presente, entre outras, a função orgânica (A) álcool. (B) amina. (C) amida. (D) éster. (E) aldeído. 75. A reação esquematizada é classificada como uma reação de (A) esterificação. (B) hidrólise. (C) redução. (D) pirólise. (E) desidratação. Sobre a molécula acima, assinale a alternativa correta. (A) A molécula apresentada é um aminoácido. (B) A molécula acima apresenta dois carbonos na sua cadeia principal. (C) O nome correto dessa molécula é ácido amino-metil-etanoico. (D) Essa molécula apresenta sete ligações simples e uma ligação dupla. (E) A molécula apresenta cadeia carbônica heterogênea e insaturada. 26

e hexafluoreto de enxofre

e hexafluoreto de enxofre 4. (Mackenzie 05) Os gases do efeito estufa envolvem a Terra e fazem parte da atmosfera. Estes gases absorvem parte da radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, impedindo que a radiação

Leia mais

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal LIGAÇÃ QUÍMICA Introdução: s átomos, ao se unirem, procuram perder ou ganhar elétrons na última camada até atingirem a configuração eletrônica de um gás nobre. Teoria do octeto: s átomos dos elementos

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda.

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda. 1. (G1 - ifba 2014) A respeito da geometria, polaridade e ligações químicas das moléculas dos compostos, previstas por suas estruturas de Lewis, pode-se afirmar corretamente que a) a molécula do PC 3 é

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Fácil Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Médio www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Difícil Níveis de dificuldade das Questões 01. Em um frasco,

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32 QUÍMICA QUESTÃO 31 Considerando a Tabela Periódica e as propriedades dos elementos químicos, assinale a alternativa correta A) Um metal é uma substância dúctil e maleável que conduz calor e corrente elétrica

Leia mais

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Carbono é um elemento cujos átomos podem se organizar sob a forma de diferentes alótropos. Alótropos H de combustão a 25

Leia mais

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO QUÍMICA CURS API 15. hidróxido de magnésio, Mg() 2, massa molar 58,3 g mol 1, apresenta propriedades antiácidas e laxativas. Ao ser ingerido, reage com o ácido clorídrico presente no estômago, formando

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA 33) Assinale a alternativa correta, na qual todas as substâncias são compostas e líquidas à temperatura ambiente. A O 3, O 2 ; CH 3 CH 2 OH B H 2 ; CO 2 ; CH 3 OH C H 2 O; NH 3 ; CO D H 2 O; CH 3 CH 2

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares 01 I. H 2, linear (a) II. O 2, linear (a) III. H 2 O, angular (b) IV. NH 3, piramidal (c) V. CH 4, tetraédrica (e) VI. CO 2, linear (a) VII. BF 3, trigonal (d) VIII. H 2 S, angular (b) IX. CCl 4, tetraédrica

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Química 26. Alternativa (C) Assunto: Propriedades físicas das substâncias densidade Os materiais apresentam diferentes densidades e mesma massa envolvida logo,

Leia mais

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNULLI CLÉGI E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 A glicose, C 6 6, é uma das fontes de energia mais importantes para os organismos vivos. A levedura, por exemplo, responsável

Leia mais

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R Lista de Exercícios de Geometria e Ligações 1) Numere a segunda coluna (estruturas geométricas) de acordo com a primeira coluna (compostos químicos). 1. NH 3 ( ) linear 2. CO 2 ( ) angular 3. H 2 O ( )

Leia mais

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2.

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2. QUÍMICA 37 B Sabendo-se que a amônia (N 3 ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água o diclorometano (C Cl ) não possui isômeros Sua molécula apresenta polaridade, devido

Leia mais

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L QUÍMICA ª QUESTÃO O aquecimento global é o aumento da temperatura terrestre e tem preocupado a comunidade científica cada vez mais. Acredita-se que seja devido ao uso de combustíveis fósseis e outros processos

Leia mais

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999)

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) 1- (ITA-1980) Um ânion mononuclear bivalente com 10 elétrons apresenta: a) 10 prótons nucleares b) a mesma estrutura eletrônica que a do Mg 2+. c) número de massa igual a

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv Fgv - 05/12/2004

CPV o cursinho que mais aprova na fgv Fgv - 05/12/2004 37 QUÍMICA 31. s irradiadores de alimentos representam hoje uma opção interessante na sua preservação. alimento irradiado, ao contrário do que se imagina, não se torna radioativo, uma vez que a radiação

Leia mais

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente,

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente, 01. (UFGRS/2002) O gráfico abaixo representa a curva de densidade versus temperatura para duas substâncias que são líquidos à temperatura ambiente: água e tetracloreto de carbono. as substâncias A, B e

Leia mais

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g.

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g. QUÍMICA 01 Cardiologistas costumam recomendar a redução no consumo de sal de cozinha para pessoas hipertensas porque ele é a principal fonte de íons sódio da alimentação. De acordo com dados da rganização

Leia mais

QUÍMICA. 32. A neutralização equimolar do HClO com NaOH gera hipoclorito de sódio e água. Questão 21

QUÍMICA. 32. A neutralização equimolar do HClO com NaOH gera hipoclorito de sódio e água. Questão 21 Questão 21 QUÍMICA A irradiação é uma técnica utilizada na conservação de alimentos para inibir a germinação, retardar o amadurecimento e destruir bactérias patogênicas. Os isótopos césio 137 e cobalto

Leia mais

Questão 23 A asparagina ou ácido aspartâmico (fórmula abaixo) é um aminoácido não essencial que apresenta isomeria óptica.

Questão 23 A asparagina ou ácido aspartâmico (fórmula abaixo) é um aminoácido não essencial que apresenta isomeria óptica. QUÍMICA Questão 21 A irradiação é uma técnica utilizada na conservação de alimentos para inibir a germinação, retardar o amadurecimento e destruir bactérias patogênicas. Os isótopos césio 137 e cobalto

Leia mais

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo QUÍMICA Prof. Rodolfo 1. Considere a tabela abaixo, em que H c representa a entalpia de combustão para os compostos listados, a 25 C: Nome IUPAC Nome usual Estado físico (25 C) ΔHc kj/mol Etanol Álcool

Leia mais

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)?

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? EXERCÍCIOS REVISÃO 1ª série 1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? 2. Qual a fórmula do composto formado entre o potássio, K (Z = 19) e o enxofre, S (Z =

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química - 2009

Olimpíada Brasileira de Química - 2009 A Olimpíada Brasileira de Química - 2009 MODALIDADE A ( 1º e 2º anos ) PARTE A - QUESTÕES MÚLTIPLA ESCOLHA 01. O gás SO 2 é formado na queima de combustíveis fósseis. Sua liberação na atmosfera é um grave

Leia mais

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 / Nome: nº 1. Atualmente, a troposfera é constituída por espécies maioritárias, como o azoto, N 2, o oxigénio,

Leia mais

PROF: Alex LISTA 23 DATA: 24/ 11 / 2010

PROF: Alex LISTA 23 DATA: 24/ 11 / 2010 NME: PRF: Alex LISTA DATA: / 11 / 010 Estudar para segunda fase (Mescladas) 1. A configuração eletrônica do átomo de cobalto é dada a seguir: é uma solução contendo,8% (m/v) de ácido etanoico, que a concentração

Leia mais

Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares

Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares #Fases da matéria Fase é qualquer forma na qual a matéria pode existir, sólido, líquido, gás, plasma, dependendo da temperatura e da pressão. É a parte homogênea

Leia mais

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A Questão 76 O hidrogênio natural é encontrado na forma de três isótopos de números de massa, 1, 2 e 3, respectivamente: 1 1 H, 2 1 H e 3 1 H As tabelas periódicas trazem o valor 1,008 para a sua massa atômica,

Leia mais

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões.

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. Processo Seletivo 211 Modalidade B 3º Ano ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO Leia atentamente as instruções: 1 Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. 2 Verifique se recebeu o caderno de

Leia mais

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier Respostas da terceira lista de exercícios de química Prof a. Marcia M. Meier 1) O íon brometo não aceita mais de um elétron, pois este segundo elétron ocupará numeros quânticos maiores quando comparado

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 Estudo das dispersões Definição, classificação, estudo dos coloides, coeficiente de solubilidade... 1 Módulo 2 Concentração de soluções... 3 Módulo 3 Propriedades

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA II. Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N = 6,0x10 23. A) 4,1x10-14 B) 4,1x10-22 D) 4,1x10-18 C) 1,0x10-18 E) 1,0x10 15

PROVA DE QUÍMICA II. Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N = 6,0x10 23. A) 4,1x10-14 B) 4,1x10-22 D) 4,1x10-18 C) 1,0x10-18 E) 1,0x10 15 PROVA DE QUÍMCA 01. A concentração de um gás poluente na atmosfera, medida a 1 atm e 27ºC, é de 1 ppm. A concentração desse poluente, em moléculas/cm 3 de ar, é igual a Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N =

Leia mais

Química. Sistema Positivo de Ensino 112

Química. Sistema Positivo de Ensino 112 A proposta A proposta, para ser elaborada, buscou um panorama que explicitasse os rumos e objetivos do ensino de Química na escola. Sendo assim, priorizou um trabalho que integra diversas dimensões do

Leia mais

SISTEMAS MATERIAIS - 2012

SISTEMAS MATERIAIS - 2012 SISTEMAS MATERIAIS - 2012 1- (UFV) A obtenção de gasolina a partir do petróleo é feita por: A) destilação fracionada; B) destilação simples; C) filtração simples; D) filtração sob pressão reduzida; E)

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento de Engenharia Química e do Ambiente QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) 3ª Série de Exercícios ESTADOS DA MATÉRIA Tomar (2003) 1 Estado

Leia mais

RESOLUÇÃO COMENTADA DA PROVA DA UNESP DE 2014

RESOLUÇÃO COMENTADA DA PROVA DA UNESP DE 2014 RESOLUÇÃO COMENTADA DA PROVA DA UNESP DE 2014 1-Alguns historiadores da Ciência atribuem ao filósofo pré-socrático Empédocles a Teoria dos Quatro Elementos. Segundo essa teoria, a constituição de tudo

Leia mais

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 Nome: Nº de Inscrição: Assinatura: Questão Valor Grau 1 a 2,0 2 a 2,0 3 a 2,0 4 a 2,0 5 a 2,0 Total 10,0 IMPORTANTE: 1) Explique e justifique a resolução de todas as questões.

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 2: O grafite e o diamante são substâncias simples e naturais do elemento carbono. Outras estruturas de substâncias simples do carbono, como o fulereno-60, fulereno-70 e nanotubos de carbono, são

Leia mais

CAPÍTULO 7 EFEITO ESTUFA

CAPÍTULO 7 EFEITO ESTUFA CAPÍTULO 7 EFEITO ESTUFA Será que o homem já se conscientizou do poder destrutivo das suas mãos? Hoje, é freqüente ouvirmos falar do efeito estufa Mas quem é esse vilão que nos apavora? O efeito estufa

Leia mais

Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre

Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre Atmosfera Atmosfera é a camada gasosa ao redor da Terra. Hidrosfera é a parte líquida da Terra que corresponde a cerca de 80% da superfície. A água dos

Leia mais

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS UNIDADE 2 - LIGAÇÕES INTERATÔMICAS 2.1. FORÇAS DE LIGAÇÃO FORTES Importante conhecer-se as atrações que mantêm os átomos unidos formando os materiais sólidos. Por exemplo, uma peça de cobre contém 8,4x10

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE POLAR ELEMENTOS COM ELETRONEGATIVIDADES DIFERENTES MOLÉCULA APOLAR VETORES SE ANULAM ///// µ R = 0 MOLÉCULA APOLAR VETORES

Leia mais

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º Data: / /2012 Química 2º Ano Jesus 2ª UA B Nome completo: N.º ASSUNTO: TERMOQUÍMICA e CNÉTICA QUÍMICA PROFESSOR: JESUS I-Termoquímica Conceito: É o estudo das trocas de energia, na forma de calor, envolvidas

Leia mais

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s)

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s) ITA 2001 DADOS CONSTANTES Constante de Avogadro = 6,02 x 10 23 mol 1 Constante de Faraday (F) = 9,65 x 10 4 Cmol 1 Volume molar de gás ideal = 22,4L (CNTP) Carga Elementar = 1,602 x 10 19 C Constante dos

Leia mais

Exercícios Sobre LigaÇões iônicas

Exercícios Sobre LigaÇões iônicas Exercícios Sobre LigaÇões iônicas Dados: 01. (Ufrj - adaptado) A caiação é um processo tradicionalmente utilizado na pintura de casas. Uma das maneiras de se preparar o pigmento consiste em misturar cal

Leia mais

Água e Soluções Biológicas

Água e Soluções Biológicas Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Disciplina de Biofísica Água e Soluções Biológicas 1. Introdução 2. A estrutura da molécula de água 2.1.

Leia mais

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE IFMS EDITAL Nº 002/2013 CCP IFMS QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA Uso exclusivo do IFMS. GABARITO QUESTÃO 1 (Valor 4 pontos) A Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, equiparou

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA Hibridização Revisão - Química Orgânica Básica 1 Tabela Periódica 2 Moléculas Diatômicas 3 Moléculas Poliatômicas 4 Eletronegatividade 5 A interação da luz e a matéria 6 Hibridização

Leia mais

UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE

UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE 1-O iodo-132, devido à sua emissão de partículas beta e radiação gama, tem sido muito empregado no tratamento de problemas na tireoide. A curva abaixo ilustra o decaimento

Leia mais

IX Olimpíada Catarinense de Química 2013. Etapa I - Colégios

IX Olimpíada Catarinense de Química 2013. Etapa I - Colégios I Olimpíada Catarinense de Química - 2013 I Olimpíada Catarinense de Química 2013 Etapa I - Colégios Imagem: Oxidação Fonte:Gilson Rocha Reynaldo, 2013 Primeiro Ano Conselho Regional de Química CRQ III

Leia mais

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E Questão 13 As três substâncias indicadas abaixo são usadas em remédios para gripe, devido a sua ação como descongestionantes nasais: neo-sinefrina propadrina benzedrex Essas três substâncias apresentam

Leia mais

concentração do íon bicarbonato depende fortemente do fluxo salivar e a termodinâmica desse sistema é complicada pelo fato de envolver o gás

concentração do íon bicarbonato depende fortemente do fluxo salivar e a termodinâmica desse sistema é complicada pelo fato de envolver o gás UFU -2011/1 1-Existe uma série de substâncias de mesma fórmula molecular, mas cujos arranjos espaciais são tais que suas estruturas são relacionadas entre si como a imagem não sobreponível refletida em

Leia mais

PARECER DOS RECURSOS

PARECER DOS RECURSOS Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO ADMISSÃO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO EDITAL Nº 15/ 2012/ SED PARECER DOS RECURSOS CARGO: Professor de Química 11) Com

Leia mais

Exercícios 3º ano Química -

Exercícios 3º ano Química - Exercícios 3º ano Química - Ensino Médio - Granbery 01-ufjf-2003- Cada vez mais se torna habitual o consumo de bebidas especiais após a prática de esportes. Esses produtos, chamados bebidas isotônicas,

Leia mais

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação.

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação. TERMOQUIMICA Estuda a variação de energia, ou seja, a variação de temperatura nas reações químicas. Essa energia é chamada de Entalpia representada pelo símbolo H. Reação endotérmica (absorve energia)

Leia mais

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 04 Termoquímica Entalpia (H) e Fatores que Alteram o ΔH RESUMO Entalpia (H) é a quantidade total de energia de um sistema que pode ser trocada na

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005 33 QUÍMICA 106. Compostos hidratados são sólidos que apresentam moléculas de água em sua estrutura e são mais comuns do que se imagina. Um exemplo disso são os tetos dos cômodos de nossas casas, que podem

Leia mais

LISTA 1 NÍVEL 1. Material Extra

LISTA 1 NÍVEL 1. Material Extra LISTA 1 NÍVEL 1 01. (UEMA) Das três fases de uma substância, a que possui menor energia cinética é a fase, cuja característica é apresentar. Os termos que preenchem corretamente as lacunas são: a) Sólida

Leia mais

3º Bimestre. Química. Autor: Pedro L. S. Dias

3º Bimestre. Química. Autor: Pedro L. S. Dias 3º Bimestre Autor: Pedro L. S. Dias SUMÁRIO UNIDADE III Inorgânica... 5 Capítulo 1... 5 1.1 Soluções... 5 1.2 Solubilidade... 8 1.3 Coeficiente de solubilidade e Curva de solubilidade... 10 1.4 Unidades

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 30 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO E POLUIÇÃO DO AR

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 30 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO E POLUIÇÃO DO AR BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 30 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO E POLUIÇÃO DO AR C ( p f d o m r s a b c d e omo pode cair no enem ENEM) As cidades industrializadas produzem grandes proporções de gases como o

Leia mais

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 2 EXERCÍCIS CMPLEMENTARES Fala Gás Nobre, está na hora de reagir Essa é uma lista complementar, os exercícios aqui contidos irão ajudá-lo a treinar um pouco mais e aprofundar nos temas. Ao contrário a

Leia mais

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES META Apresentar os fatores que influenciam no processo de dissolução. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer um processo de dissolução; identificar

Leia mais

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes.

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. 17 P R O V A D E Q UÍMICA I QUESTÃO 46 A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. Composto Pe ( o C) Solubilidade em água CH 3 CH 2

Leia mais

EXERCÍCIO ESTILO ENEM

EXERCÍCIO ESTILO ENEM EXERCÍCIO ESTILO ENEM 01. O efeito estufa, de grande preocupação atual, decorre da emissão exagerada de certos gases na atmosfera, principalmente o CO 2. Em dezembro de 1997, representantes de 160 nações,

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares Resolução das atividades complementares 4 Química Q50 Forças intermoleculares p. 15 1 (Unifor-CE) Considerando a natureza das ligações químicas intermoleculares existentes nas substâncias: Etanol C 2 H

Leia mais

Equipe de Química QUÍMICA

Equipe de Química QUÍMICA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 11R Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA SOLUÇÕES As misturas podem ser homogêneas ou heterogêneas. As misturas homogêneas possuem uma fase distinta. As misturas

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia 01. (Cesgranrio) Quando se adiciona cal viva (CaO) à água, há uma liberação de calor devida à seguinte reação química: CaO + H 2O Ca(OH) 2 + X kcal/mol

Leia mais

S 2 O 5 (aq) + 2 H + (aq) " 2 SO 2(aq) + H 2 O (,) 2 (aq) + 2 OH (aq) " 2 SO 3 2 (aq) + H 2 O (,) QUESTÃO 2. Combustível.

S 2 O 5 (aq) + 2 H + (aq)  2 SO 2(aq) + H 2 O (,) 2 (aq) + 2 OH (aq)  2 SO 3 2 (aq) + H 2 O (,) QUESTÃO 2. Combustível. Química QUESTÃO 1 O metabissulfito de potássio (K 2 S 2 O 5 ) e o dióxido de enxofre (SO 2 ) são amplamente utilizados na conservação de alimentos como sucos de frutas, retardando a deterioração provocada

Leia mais

*******************TIPO 1*******************

*******************TIPO 1******************* QUESTÕES PARA A PROVA MENSAL QUÍMICA PROF. JOÃO NETO TIPO 1 e TIPO 2 *******************TIPO 1******************* 1. Um grupo de estudantes preparou uma solução, dissolvendo 20 g de sal de cozinha em 100

Leia mais

QUÍMICA. 1. xilocaína é utilizada como um anestésico local. Sua fórmula é a seguinte

QUÍMICA. 1. xilocaína é utilizada como um anestésico local. Sua fórmula é a seguinte QUÍMICA Prof. Daniel Pires CÁLCULOS QUÍMICOS 1. xilocaína é utilizada como um anestésico local. Sua fórmula é a seguinte Responda: a) Por que se usa comumente a xilocaína e não o éter comum, que também

Leia mais

Química - Profa. GRAÇA PORTO

Química - Profa. GRAÇA PORTO Disciplina: Química Química - Profa. GRAÇA PORTO ESTUDO DAS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS Você sabe caracterizar a quanto ao sabor, a cor e ao cheiro? E o sal? Quais são as características do açúcar? Agora, tente

Leia mais

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são QUÍMIA 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o átomo de hidrogênio que era consistente com o modelo de Rutherford e explicava o espectro do átomo daquele elemento. A teoria de Bohr já não é a última

Leia mais

QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997

QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUESTÃO 01 Os valores das sucessivas energias de ionização de um átomo constituem uma evidência empírica da existência de níveis de energia. Os diagramas abaixo pretendem representar,

Leia mais

Química. Questão 61. Questão 63. Questão 62 ETAPA. alternativa B. alternativa D

Química. Questão 61. Questão 63. Questão 62 ETAPA. alternativa B. alternativa D Química Questão 61 Em seu livro de contos, O Sistema Periódico, o escritor italiano Primo Levi descreve características de elementos químicos e as relaciona a fatos de sua vida. Dois trechos desse livro

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 NOME: INSCRIÇÃO: RG: E-MAIL: TEL: INSTRUÇÕES Verifique se este caderno corresponde a sua opção

Leia mais

Química C Extensivo V. 2

Química C Extensivo V. 2 Química C Extensivo V. 2 Exercícios 01) E 02) E Situação 1. Sistema heterogêneo solução saturada com corpo de fundo; 20 C = 46,5/100 g H 2 Na situação 1 há 80 g de soluto em 100 g de água a 20 C. excesso

Leia mais

QUÍMICA. 4. Um professor, utilizando comprimidos de antiácido efervescente à base de NaHCO 3, realizou quatro procedimentos, ilustrados a seguir:

QUÍMICA. 4. Um professor, utilizando comprimidos de antiácido efervescente à base de NaHCO 3, realizou quatro procedimentos, ilustrados a seguir: QUÍMICA Prof. Rodrigo Rocha 1. Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1) A maioria dos

Leia mais

5. (Espcex (Aman) 2013) Uma amostra de 5 g de hidróxido de sódio (NaOH) impuro foi dissolvida em água suficiente para formar 1L de solução.

5. (Espcex (Aman) 2013) Uma amostra de 5 g de hidróxido de sódio (NaOH) impuro foi dissolvida em água suficiente para formar 1L de solução. 1. (Enem ª aplicação 010) Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1. A maioria dos produtos

Leia mais

Noções de química. Conceitos Química molécula substância mistura solução diluição fórmula I NTROD U ÇÃO AO M Ó DULO DE S E RV I Ç O S GE R A I S

Noções de química. Conceitos Química molécula substância mistura solução diluição fórmula I NTROD U ÇÃO AO M Ó DULO DE S E RV I Ç O S GE R A I S I NTROD U ÇÃO AO M Ó DULO DE S E RV I Ç O S GE R A I S Noções de química Conceitos Química molécula substância mistura solução diluição fórmula ficha10_al_serv_gerais_educador_01a.indd 1 5/4/2011 16:11:32

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL OLIMPÍADAS DE QUÍMICA XVI OLÍMPIADA DE QUÍMICA DO RIO GRANDE DO NORTE

PROGRAMA NACIONAL OLIMPÍADAS DE QUÍMICA XVI OLÍMPIADA DE QUÍMICA DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA NACIONAL OLIMPÍADAS DE QUÍMICA XVI OLÍMPIADA DE QUÍMICA DO RIO GRANDE DO NORTE PROVA OBJETIVA E DISCURSIVA MODALIDADE A1 1ª série PARTE OBJETIVA QUESTÃO 1 Em 1º de janeiro de 2014 começou a valer

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 1- Dois elementos químicos X e Y combinam-se formando uma substância molecular XY 3. X e Y podem ter números atômicos, respectivamente: A)1 e 7 B) 2 e 9 C) 13 e 16 D) 15 e 35 E)

Leia mais

Box 2. Estado da solução Estado do solvente Estado do soluto Exemplos

Box 2. Estado da solução Estado do solvente Estado do soluto Exemplos MISTURA E SOLUBILIDADE Box 2 Grande parte das substancias encontradas no dia-a-dia são misturas que sob o aspecto macroscópico apresentam-se com o aspecto homogêneo (uma única fase) ou heterogêneo (mais

Leia mais

Capítulo LIGAÇÕES QUÍMICAS

Capítulo LIGAÇÕES QUÍMICAS Capítulo LIGAÇÕES QUÍMICAS Um dos aspectos mais intrigantes da química é o estudo das forças que agem entre os átomos. Às mais fortes destas forças, denominadas ligações químicas, são forças que unem átomos

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas.

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas. Unidade III Ligações químicas e funções inorgânicas. 2 Aula 12.1 Conteúdo: Geometria molecular Polaridade das moléculas 3 Habilidades: Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de linguagem

Leia mais

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes.

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes. Questão 01) Sejam dados os processos abaixo:. Fe(s) Fe(l).. H 2 O(l) H 2 (g) + 1/2 O 2 (g) C(s) + O 2 (g) CO 2 (g) V. H 2 O(v) H 2 O(s) V. NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 3/2 N 2 (g) A opção que representa somente

Leia mais

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR É o estudo de como os átomos estão distribuídos espacialmente em uma molécula. Dependendo dos átomos que a

Leia mais

Texto: QUÍMICA NO COTIDIANO. Outras disciplinas que são citadas com frequência são a química molecular, a eletroquímica, a

Texto: QUÍMICA NO COTIDIANO. Outras disciplinas que são citadas com frequência são a química molecular, a eletroquímica, a Texto: QUÍMICA NO COTIDIANO Outras disciplinas que são citadas com frequência são a química molecular, a eletroquímica, a química nuclear, a radioquímica e a estereoquímica. É de costume incluir a química

Leia mais

Prova 3 Química ... GABARITO 2 NOME DO CANDIDATO:

Prova 3 Química ... GABARITO 2 NOME DO CANDIDATO: Prova 3 QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA 1. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, que constam da etiqueta

Leia mais

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS Termoquímica é a parte da química que estuda as trocas de energia entre o sistema e o meio durante a ocorrência de uma reação química ou de um processo físico. ENTALPIA É

Leia mais

Aulas 13 e 14. Soluções

Aulas 13 e 14. Soluções Aulas 13 e 14 Soluções Definição Solução é a denominação ao sistema em que uma substância está distribuída, ou disseminada, numa segunda substância sob forma de pequenas partículas. Exemplos Dissolvendo-se

Leia mais

SOLUÇÕES. As misturas homogêneas possuem uma fase distinta. As misturas heterogêneas possuem duas ou mais fases distintas.

SOLUÇÕES. As misturas homogêneas possuem uma fase distinta. As misturas heterogêneas possuem duas ou mais fases distintas. QUÍMICA PROF - 3C13 SOLUÇÕES As misturas podem ser homogêneas ou heterogêneas. As misturas homogêneas possuem uma fase distinta. As misturas heterogêneas possuem duas ou mais fases distintas. Solução é

Leia mais

Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula

Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula Propriedades das Soluções Classificação das Misturas: Soluções e Dispersões Classificação das soluções O Processo de Dissolução em soluções Relações

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess 01. (Unesp - adaptada) Definir, ou conceituar, e discutir, usando exemplos quando julgar conveniente: a) entalpia molar padrão de formação de uma substância;

Leia mais

MÓDULO 7 Cálculos Estequiométricos II... 13 Estequiometria Avançada Excesso de Reagente Processo em duas ou mais etapas Grau de Pureza Rendimento

MÓDULO 7 Cálculos Estequiométricos II... 13 Estequiometria Avançada Excesso de Reagente Processo em duas ou mais etapas Grau de Pureza Rendimento Química SUMÁRI Química 1 MÓDUL 6 Funções rgânicas I... 3 Hidrocarbonetos MÓDUL 7 Funções rgânicas II... 7 Hidrocarbonetos Química 2 MÓDUL 7 Cálculos Estequiométricos II... 13 Estequiometria Avançada Excesso

Leia mais

SIMULADO de QUÍMICA GABARITO COMENTADO 3º ANO 1º BIMESTRE/2011

SIMULADO de QUÍMICA GABARITO COMENTADO 3º ANO 1º BIMESTRE/2011 SIMULADO de QUÍMICA GABARITO COMENTADO 3º ANO 1º BIMESTRE/2011 1. (FATEC-2011) Os elementos cloro (Z = 17) e iodo (Z = 53) pertencem ao mesmo grupo da tabela periódica. Assim, átomos neutros desses elementos

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Caso, para julgamento dos itens, seja necessária a classificação periódica dos elementos, consulte-a ao final deste caderno de provas. "B 2 O 3 (s) + $HF(g) (BF 3 (g) + *H 2 O(g)

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 Questão 26 Como a questão pede a separação do sólido solúvel do líquido, o único processo recomendado é a destilação simples. Lembrando que filtração e decantação

Leia mais