Setor de Ensino fideliza e conquista alunos com Marketing Direto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Setor de Ensino fideliza e conquista alunos com Marketing Direto"

Transcrição

1 DEZEMBRO/2007 Edição nº 70 - Ano VII R$ 10,00 Setor de Ensino fideliza e conquista alunos com Marketing Direto Faculdades, colégios, institutos profissionalizantes e de aperfeiçoamento já descobriram os benefícios dos programas de relacionamento Entrevista: Abaetê de Azevedo revela que Rapp Collins vai às compras Probare: Empresas falam sobre benefícios da certificação

2

3 EXPEDIENTE Diretoria Presidente: Efraim Kapulski Vice-presidente: Pedro Renato Eckersdorff Diretor Financeiro: José Antônio Soler Diretor de Agências: Otavio Dias Diretor de CRM / Database: Eduardo Wilson Ramalho Diretor de Internet: Antonio Rosa Neto Diretor de Listas: Vicente Argentino Diretor de Logística: Fernando Mutarelli Diretor de Regionais: Jeffrey Costa Conselho de Administração Presidente: Fernando Alberto da Costa Vice-presidente: Paulo Fernando Barbosa de Vasconcelos Alexandra Periscinoto, Alexandre Jau, Andréa Russo, Antonio Rosa Neto, Eduardo Bicudo, Eduardo Wilson Ramalho, Eduardo Souza Aranha, Fabio Adiron, Fabio Cecotto Vargas, Fernando Cirne, Fernando Luiz Gomes Guimarães, Fernando Mutarelli, Gil Giardelli, Gunther Klaus Alves Reis, Gustavo Bach, Henrique Mello, Jeffrey Hanson Costa, José Afonso Braga, José Antônio Soler, Marcio Luiz Valente, Márcio Ribeiro, Maria Luiza Vasques Piccioli, Murillo Boccia, Nelson Grunenberg Alves Reis, Odair Gutirres, Otavio Dias, Patrícia Hespanha Madeira, Paulo Geraldo F. Cavalcanti, Pedro Renato Eckersdorff, Pio Borges, Ricardo Musumeci, Roberto Saddy Chade, Silvio Lefèvre, Vicente Argentino, Waldomiro R. Silva Jr. Conselho Fiscal Alexandre Souza Martins Case, Aurélio Lopes, Ivana Colombo Associação Brasileira de Marketing Direto Avenida São Luís, 50 13º andar cj. 132 B Edifício Itália CEP São Paulo/SP Brasil Tel: (11) Comercial: Sérgio Gentile Eventos: Salete Guimarães Administração e Finanças: Pedro Xavier Jorge Revista Marketing Direto é uma publicação da Associação Brasileira de Marketing Direto (ABEMD) Editor: Roberto Perrone Coordenadora Editorial: Janaina Basilio Arte e editoração eletrônica: Adriana Cassiano Pré-impressão, impressão e acabamento: RR Donnelley CARTA AO LEITOR Nos últimos anos vem se falando com freqüência na mídia especializada e em eventos e encontros sobre o desenvolvimento acima da média do mercado de Marketing Direto no Brasil. Alguns fatos confirmavam essa certeza, como a busca dos grandes grupos de comunicação por nossa disciplina, seja implantando unidades ou simplesmente comprando agências; o prêmio ABEMD, que vinha e continua registrando crescente número de trabalhos inscritos; o desempenho de cases e profissionais brasileiros em disputas internacionais, etc. Depois que lançamos os Indicadores ABEMD no início de 2006, referente à avaliação do mercado em 2005, pudemos então continuar fazendo todas estas afirmações com um grau de confiança muito maior. Ao superar a casa dos R$ 15 bilhões em receitas com serviços prestados no ano passado, o Marketing Direto mostra seu vigor. E responsáveis por esta evolução são alguns setores da economia, considerados heavy users da disciplina como o financeiro e o de telecomunicações. Juntos, representam pouco mais de 40% desse bolo. Agora, o que salta aos olhos é perceber, como mostra nossa matéria de capa, que há setores antes totalmente descolados da atividade e que agora adotam as mais refinadas técnicas de relacionamento com os clientes e comemoram seus resultados. Se a indústria automobilística e health care são decantados como promissores para nosso mercado, podem incluir aí o setor de ensino, que está pegando gosto pela coisa. Essa edição traz ainda uma entrevista com o CEO para a América Latina da Rapp Collins, Abaetê de Azevedo. Ele revela que está à procura da expansão de serviços atendendo solicitação dos clientes e vai às compras. Além disso, continuamos nossa cobertura sobre os dois anos de vida do Probare Programa de Auto-regulamentação de Call Center ouvindo agora o que têm a dizer as empresa certificadas com Selo de Ética e de Maturidade. Boa Leitura. O Editor Escreva para a revista Marketing Direto. Mande seus comentários e sugestões para o Marketing Direto 3

4 ÍNDICE ENTREVISTA: Abaetê de Azevedo, da Rapp Collins, fala sobre o mercado brasileiro...6 CAPA: Setor de Ensino revela-se um ótimo segmento para o Marketing Direto...10 PROBARE: Empresas afirmam a importância de serem certificadas 16 ABEMD: Modelo de acordo com os Correios é seguido na Europa...20 Mercado...22 Mercado de trabalho...24 Novos Associados...26 Dicas de Leitura...27 FRASES Se o Marketing Direto não fosse utilizado certamente os processos exigiriam um esforço maior do cliente, seja para buscar os dados que ele necessita, seja para se locomover até a unidade Rafael Mangini, do departamento de Marketing da Associação Alumni Sobre o Probare Obter a certificação não deve apenas significar status para as empresas do setor, mas sim uma prova de qualificação para executar operações e, principalmente, vantagem competitiva Gustavo Almeida, vice-presidente da Montana Soluções Corporativas A obtenção do selo é o reconhecimento pelo esforço de melhorar o nível de serviço aos clientes. Além disso, a premiação confirma para o mercado a transparência e a ética do atendimento Guilherme Hinrichsen, gerente da Central da Icatu Hartford O PROBARE e suas respectivas certificações além de contribuir para uma maior profissionalização do setor, permitirá ao mercado identificar as empresas comprometidas com este segmento Gilberto Coutinho Soares de Gouvêa, gerente de atendimento da Politec Tecnologia da Informação S/A Deu na imprensa...28 Causos do Marketing Direto Marketing Direto

5 SUN/MRM PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO

6 ENTREVISTA Expansão de serviços Como CEO para a América Latina da Rapp Collins, Abaetê de Azevedo sabe da responsabilidade em manter o Marketing Direto no mais alto grau de excelência. Por isso, anuncia que vai promover a expansão da agência aqui com novos serviços. Para ele, o mercado está mais maduro, mas ainda em fase de transição. Temos apenas umas 20 agências de Marketing Direto, enquanto de propaganda são mais de 3 mil, compara ele, que é oriundo justamente da propaganda, mas já há 15 anos em MD, experiência que acredita tenha ajudado a imprimir maior valor aos investimentos em criação. Nesta entrevista, Abaetê avalia a importância da internet e do mobile para o Marketing Direto e analisa porque a disciplina conquistou o respeito dos anunciantes. 6 Marketing Direto

7 Revista Marketing Direto O Marketing Direto conquistou um espaço sem precedentes dentro dos clientes, a que se deve essa evolução? Abaetê de Azevedo Normalmente os profissionais de comunicação são muito orgulhosos da sua atividade e nós, de agências de relacionamento, não somos diferentes. Sempre dizemos que a disciplina está tomando uma importância estratégica. O que aconteceu na comunicação deste país desde os anos 70 é a evolução do lado do cliente. O cliente está ficando mais 360, mais profissional. Não no sentido falso de estar recebendo propostas de propaganda que tenham também alguns insumos de outras atividades, onde essas atividades estão colocadas como complementares. Na verdade, os clientes estão despertando para projetos que não são decorrentes de propagandas complementares e esses sim são projetos estratégicos da companhia. Hoje em dia, há uma visão mais ampla dos profissionais que estão liderando esse processo. São diretores de marketing, vps de marketing e presidentes de grandes empresas que começam a olhar para atividades de CRM e de promoção como estratégicas e não como ferramentas que possam dar coberturas eventuais de cotas de venda não atingidas, mas que possam dar um relacionamento mais sólido e permanente com sua base de consumidores. RMD Essa mudança se deve ao fato de que o consumidor está mudando também? Por que este consumidor quer ser tratado de forma personalizada? Abaetê de Azevedo Sim. Existem os dois lados. Há também novas ferramentas e aí estamos diante da pergunta: quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? Neste caso diria que é o ovo. O ovo é a internet, o home shopping. O consumidor tem essas ferramentas agora com extrema facilidade e descobriu a fórmula de colocar os fabricantes em uma situação mais de comunicação interativa. O consumidor tem evoluído, a questão é de onde vem esta evolução, de onde vêm essas provocações? Não é de uma escola formal, não é do comércio porque o varejo tradicional continua aí apesar de reduzido e em parte substituído por comércio eletrônico. Esse comércio eletrônico é que dá a noção de que é o consumidor que comanda o negócio. Não é que o consumidor teve a consciência de que agora ele estaria no controle, foi a ferramenta de interatividade que proporcionou essa condição. RMD Até onde vai essa tendência de uso da internet no Marketing Direto? Abaetê de Azevedo Não tem mais limites. Aqui na Rapp Collins, uma das linhas fortes é o B2B. Estamos com programas para uma revenda tradicional especialmente para treinar vendedores que vão estar face to face com o consumidor. Mais uma vez é o respeito pelo consumidor. Mais uma vez, qual é a ferramenta que possibilita atender bem ao consumidor em uma loja de varejo, onde ele se deparava com um vendedor não qualificado? É a internet, aliada a processos de intranet, no BtoE. Empresas nacionais, com 50 mil funcionários estão se servindo de programas de relacionamento para manterem o tônus das suas equipes, que são milhares de pessoas espalhadas por todos os quadrantes do país, também em tempo real. A ferramenta propicia trabalhos interativos junto ao consumidor final mas também junto ao varejo e agora também é muito utilizada para programas de endomarketing. RMD Você acredita que a internet possa se sobrepor integralmente aos outros canais de Marketing Direto? Abaetê de Azevedo No grupo Rapp Collins Brasil estamos em igualdade de condições ao mercado americano. Lá existem 220 milhões de internautas, bem mais que os nossos 25 milhões, mesmo assim, o que pesa é a mala direta. Num país de grandes diferenças sociais onde o acesso à internet é ainda limitado, a mala direta continua sendo a ferramenta básica de comunicação com o consumidor. Por outro lado, a internet fica agora como num sanduíche, porque está chegando com força o mobile marketing, que é maravilhoso. Enquanto a internet tem 25 milhões de internautas, no domicílio, mas na verdade são até 60 milhões incluindo aqueles que usam o equipamento que está disponível em diferentes lugares, o móbile já tem 115 milhões de usuários. Claro que ele tem as limitações físicas, porque a tela é menor e o texto tem que ser mais rápido, mas o volume de respostas e SMS trocados no país já ultrapassou a casa de bilhão. E o volume de resposta é surpreendente ainda mais quando se têm os dois elementos que tornam o marketing e a mala direta poderosos, que é a oferta. É a base de dados correta, a mensagem pertinente para esta base e uma oferta realmente motivadora. É o caso do consumidor que bebe refrigerante e recebe um torpedo da Pepsi para ler um número-código na Marketing Direto 7

8 ENTREVISTA lata e, se enviar aquele número código, concorre ao sorteio de um carro ou simplesmente pode resgatar um vale-brinde. É bem fácil, e pega o usuário em uma situação de consumo, por isso ele responde. RMD A Rapp lançou recentemente sua unidade de health care, como está funcionando? Abaetê de Azevedo A unidade de health care foi oficialmente lançada no início deste ano, só que vínhamos aprendendo a fazer marketing de health care em uma série de treinamentos locais e internacionais. Vínhamos ganhando clientes há uns 4 anos. Quando encorajados por iniciativas de Nova York e de Londres, que separaram essas unidades, resolvemos separar também. Foi uma estratégia da Rapp Collins ao descobrir que em Nova York e em Londres com a separação das unidades elas se tornaram mais eficazes. RMD Qual é a característica do cliente de health comparado aos demais? Abaetê de Azevedo A maior parte são fabricantes de medicamentos e laboratórios que vieram para o Brasil, olharam o mercado e descobriram que aqui não haviam agências especializadas, como existe há dezenas de anos nos Estados Unidos e Europa, e resolveram desenvolver seus recursos de CRM in house. Começaram com iniciativas de construção de base de dados até pequenas ações para medicamentos que assim exigiam. Medicamentos de uso contínuo, que dependem muito mais de uma mudança de estilo de vida do que simplesmente tomar a pastilha. Quando perceberam a chegada das agências especializadas começaram a terceirizar o serviço. O principal diferencial realmente é ter uma estratégia e canais que não colidam com as restrições da Anvisa. No mais é Marketing Direto puro. Na verdade as regulamentações são as partes mais delicadas do processo, existe toda uma ética que reveste a atividade de saúde e temos um médico consultor contratado só para isto. RMD O Marketing Direto não tinha tradição de atuar para clientes contínuos. Hoje já é normal. A Rapp tem, por exemplo, Itaú e Credicard, desde a fundação da agência, há 11 anos. A que se deve isso? Abaetê de Azevedo Acredito que tenha uma boa dose de influência minha, porque venho da propaganda e construção de marca é meu foco. Trabalhei com outras disciplinas também e quando entramos nos clientes e isso é algo que passo para minha equipe entramos sempre com uma visão de marca bastante abrangente. Para se ter idéia nossa líder de planejamento estratégico é uma pessoa que veio com a visão do 360. Nós não chegamos lá para vender uma ferramenta ou um tipo de atividade de Marketing Direto. Chegamos para desenvolver um projeto que traga ao cliente as respostas que ele necessita mesmo que isso envolva outras disciplinas. A Rapp Collins pode fazer isso porque não está em um grupo de propaganda, o que nos deixa totalmente à vontade para orquestrar idéias em qualquer agência de propaganda que o cliente tenha. É mais confortável para o cliente e nos dá mais liberdade para chegar a ele com um pensamento 360, que é até meio vicioso, que virou moda. O que acredito nos dar o diferencial de relacionamento e estabilidade com os clientes são dois fatores: construímos marca e entregamos todas as nossas promessas com um mesmo nível de qualidade. O Mathias (Antonio Jacinto Mathias) do Banco Itaú, costuma dizer que a Rapp Collins lhe dá o mesmo padrão de qualidade há 10 anos. Também somos bastante estáveis em termos de equipe. Nesses dias um cliente comentou que isso dá muita confiança. RMD Em uma campanha de Marketing Direto, quando você tem uma estratégia bem delineada com uma criação bem feita o resultado inevitavelmente é bom? Abaetê de Azevedo Não estamos cercando o consumidor no nosso mundo ideal onde ele está esperando a nossa campanha. Esse mundo ideal não existe. Também seria muita pretensão dizer que tendo a estratégia ideal você vai ter boa resposta porque o consumidor está bombardeado por uma série de outros apelos de propaganda, promoção e Marketing Direto, de concorrentes ou de não concorrentes. A teoria de Maslow estabelece uma hierarquia, então você vai atingir o consumidor no momento específico de espaço e de tempo onde ele pode estar mais ou menos tendente a adquirir aquele produto dependendo das suas necessidades. É claro que uma boa estratégia diminui a curva de erro, aumenta a curva de assertividade, mas não diria que garante, porque o consumidor não está isolado, ele está mergulhado em um mundo cheio de apelos. Por outro lado, como nós temos essa visão de orientação para marca e do uso de todas disciplinas, sabemos, por exemplo, que as campanhas de Marketing Direto alinhadas à comunicação do cliente, como fazemos na Telefônica e no Itaú, tendo um resultado maior porque temos o consumidor cercado por várias midias. A agência de propaganda do meu cliente larga as campanhas de propaganda e nós as ações de Marketing Direto. E nossas ferramentas são interativas, são instrumentos para o consumidor confirmar a intenção de compra para a qual ele foi estimulado na propaganda. Esse é o mundo quase ideal, é a combinação conceitual e temporal de várias disciplinas focadas no mesmo target. RMD E a criação pode fazer mesmo a diferença em uma campanha de Marketing Direto? Abaetê de Azevedo Quando deixei a propaganda para o Marketing Direto nos anos 90, decidi investir forte na criação e me dei bem. E os clientes têm hoje em dia, nas melhores agências do mercado, uma atenção, uma resposta de criação muito boa. Da metade dos anos 90 para cá as agências de Marketing Direto que mais têm dado certo no mercado são 8 Marketing Direto

9 as que investiram em criação, porque de lista, oferta pertinente, logística e estratégia todas entendiam, mas até essa época acreditavam só e demais no database correto, no software, no telemarketing. Era uma coisa mais voltada aos canais e ciências exatas. Sempre devemos destacar que uma agência tem que ter duas forças: uma de planejamento e outra de criação, senão é outro tipo de empresa que não pode se chamar de agência. RMD Em que pontos o mercado ainda apresenta deficiências? Abaetê de Azevedo A deficiência ainda está no fator cultural. Somos ainda todos filhos da propaganda e esta pode ser a primeira reação dos clientes, mas já existe um despertar por parte dos clientes para uso maior de nossa atividade, como disse anteriormente. A deficiência é que o mercado ainda é pouco competitivo. Estamos em uma transição pois temos 20 agências boas no Marketing Direto no Brasil e na propaganda mais de 3 mil. O cliente que está no Rio Grande do Norte ou no Rio Grande do Sul encontra facilmente uma pequena agência de propaganda para prestar serviço de boa qualidade. Com o Marketing Direto não acontece a mesma coisa. Essa situação de transição traz desdobramentos. O cliente quer fazer CRM e não encontra agência, então decide fazer por conta própria, compra uma lista disponível, sem qualquer critério de tratamento muitas vezes essa lista não está atualizada, faz uma cartinha, manda e se frustra porque ele não teve criação, não teve limpeza da lista, não teve estratégia. Ou seja, na transição existe o agravante do serviço não profissional e que deixa o cliente insatisfeito. Essa transição deixa vítimas, sem falar na improvisação que surge de novatos ou até empresas um pouco maiores que dizem que fazem e terminam não entregando. Estamos em uma transição, isso faz vítimas mas é parte do jogo de qualquer mercado em desenvolvimento. RMD Essa transição, na sua opinião, demora quanto tempo ainda? Abaetê de Azevedo Não demora muito não. Minha principal atividade é olhar como o mercado vai ficar nos próximos 5, 10 anos. Diria que a virada será entre 2010 e Deveremos ter um desenvolvimento bem significativo em número de ofertas, de agências novas de Marketing Direto de boa qualidade, e muito mais a chegada de anunciantes de peso em Marketing Direto. Por enquanto os grandes demandadores de marketing direto não mudaram muito. Algumas grandes marcas, líderes nacionais dos setores financeiro, telecom, começando agora com o mercado de saúde, automobilístico com uma visível demanda. RMD Quais segmentos têm mais potencial para surgir? Abaetê de Azevedo De imediato: Health Care e Automobilístico. Tem uma indústria para despontar que é a de produtos de luxo, que envolve moda, jóias, carros premium price, e produtos importados. O mercado de luxo tem sido tema até de cursos. Tem outro mercado que também está surgindo que é o varejo tradicional. Estamos com a Pernambucanas e uma série de iniciativas estão mostrando para o varejo que a combinação propaganda/promoção, que sempre funcionou para eles, não é a única. Promover relacionamento com os clientes mais leais, os have users, pode ter um efeito muito bom. RMD Como você avalia o desempenho da Rapp e do mercado de Marketing Direto brasileiro? Abaetê de Azevedo A Rapp fecha o ano mais uma vez com crescimento recorde, que chama atenção inclusive de nossa holding em Nova York. Dos 62 escritórios somos o que ainda tem maior taxa de desenvolvimento. Isso nos credencia a partir para um 2008 de aquisições. Estamos olhando para o mercado, para uma possível expansão do grupo em termos de aquisições novamente, o que fizemos no começo da Rapp. Em 1997 com database e 2000 com digital. Agora, além desse crescimento orgânico, queremos partir para expansão de serviços. Essas aquisições não são apenas uma estratégia nossa, mas uma lealdade aos maiores clientes, que olham para a Rapp e dizem Você já me trouxe database e internet quando precisei, o que mais a Rapp Collins pode me trazer de ferramentas que quero utilizar? Quero manter minha relação com a Rapp, quero que vocês sejam os gestores de toda a comunicação, quero concentrar aí tudo que não é propaganda, o que vocês podem fazer a mais por minha marca?. Essa é uma resposta a mais de como manter os clientes leais: é partir para investimentos e dar o novo serviço que o cliente está precisando. RMD O que te fascina na disciplina de marketing direto? Abaetê de Azevedo O que me fascina é o que era desconforto para mim quando estava na propaganda. Medir resultados.o desconforto era de receber do cliente três, quatro milhões de dólares para relançar um produto com boa propaganda, e o cliente me dizer: Ok, te dei meus milhões de dólares, agora me diz onde, como e quando virá esse retorno, e qual o volume. Não tenho mais esse desconforto. Posso medir e calcular o retorno do investimento após a campanha e dizer ao cliente que ele não só pagou a agência mas também teve lucro. Isso é o que realmente me emociona, que estamos gerando resultados reais para o cliente todos os dias. Marketing Direto 9

10 ENSINO Marketing Direto no setor de Ensino Cada vez mais instituições usam a comunicação dirigida para fidelizar e conquistar novos alunos. Tal prática revela aos profissionais do Marketing Direto um mercado cheio de possibilidades, ainda pouco explorado. Faculdades, colégios, institutos profissionalizantes e de aperfeiçoamento unem-se na busca de comunicação personalizada, mensuração e aumento na quantidade de alunos matriculados resultados que ações de Marketing Direto bem feitas podem assegurar. 10 Marketing Direto

11 Todas as ferramentas são eficazes dentro do mix de comunicação de Marketing Direto para o setor de ensino, principalmente no caso de universidades que precisam de um acompanhamento preciso e constante José Estevão Cocco, presidente da J.Cocco Comunicação e Marketing No Brasil existem aproximadamente 36 mil instituições de ensino privadas. Segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão de censo do MEC, em 2006 existiam estabelecimentos particulares de ensino básico, e em 2005 eram de ensino superior. Tais números comprovam que o setor de ensino privado tem se mostrado uma ótima possibilidade de negócio para agências e profissionais do Marketing Direto. Atualmente grandes universidades e colégios por todo o país já usam as técnicas da disciplina em seus departamentos de marketing, garantindo a alunos e prospects atendimento e ofertas personalizadas. Este é o caso de universidades como São Judas (USJT) e Cidade de São Paulo (Unicid). Para se ter idéia da importância do Marketing Direto na Unicid, por exemplo, basta observar os números de matrículas trazidas: na última oferta de cursos de pós-graduação em fisioterapia, as ações dirigidas contribuíram para a formação de nada menos que 90% da turma. Exemplo de sucesso também é encontrado no Instituto Monitor, que atua na área de educação à distância. Usuária da disciplina desde 1939, a instituição registra que 3% dos receptores de mala direta efetuam a matrícula, e nos boletins semanais enviados para 87 mil s a taxa de clique é de 20%. Hoje o grande desafio é sair da massificação que as instituições estão criando com campanhas parecidas, diz Elaine Cristina Palhares Guarisi, vice-presidente do Instituto Monitor. Para Flávio Salles, presidente da Sun MRM, a concorrência cada vez mais acirrada no setor de ensino tem levado as instituições a procurarem o maior número de disciplinas e ferramentas de comunicação para atingirem o público-alvo de forma eficaz e sem dispersões, e neste mix o Marketing Direto é fundamental. No segmento destacam-se as ações para captação e retenção, afinal, não basta conquistar o aluno, é preciso mantê-lo até o término do curso. Prestação de serviço O que se percebe nas instituições de ensino é que o papel do Marketing Direto vai além da estratégia, ele faz parte da prestação de serviço, já que por si só leva ao cliente a informação que ele deseja e facilita os processos burocráticos. Se o Marketing Direto não fosse utilizado certamente os processos exigiriam um esforço maior do cliente, seja para buscar os dados que ele necessita, seja para se locomover até a unidade, conta Rafael Mangini, responsável pelo departamento de marketing da Associação Alumni. Para usar o Marketing Direto como prestação de serviço a instituição conta com ações de mala direta, telemarketing e um programa de benefícios exclusivos o Alumni Club. Todas as rotinas são apoiadas em CRM, e assim a Associação tem total mensuração dos retornos obtidos tanto por respostas de alunos, quanto pelo retorno de s espontâneos, ligações telefônicas, comentários na secretaria e pesquisas periódicas com os alunos. A partir da análise individual do comportamento de seus clientes, a Alumni toma iniciativas para facilitar a vida desses alunos, por exemplo ligando para os que não retornam após um período letivo. A Unicid também aposta no uso do Marketing Direto para prestar serviços diferenciados a seus 12 mil alunos, que recebem informações por mala direta, telemarketing, marketing e SMS. Para tanto a atualização do banco de dados é feita constantemente e a Universidade acompanha toda a vida acadêmica e Neste segmento tenho percebido que o grande esforço de comunicação é para a carteira atual. Existem frentes de fidelização para trabalhar com alunos atuais e periódicos e iniciativas de rentabilização para fazer vendas de novos produtos como palestras, eventos e novos cursos Fabio Nunes, diretor de serviços da Zartana Marketing Direto 11

12 ENSINO A integração das ações de Marketing Direto com ações de promoção, propaganda e design faz com que os resultados sejam geometricamente aumentados Dado Trench, diretor de Marketing Direto da FabraQuinteiro profissional do aluno e ex-aluno. Para Gabriela May, diretora de atendimento e operações da RMG Connect, o contato com os clientes atuais é de extrema importância, visto que o life time value de um aluno pode ser de mais de 20 anos, no caso de instituições que oferecem ensino desde o berçário até pós-gradução. Isso sem contar que esses alunos passam cerca de 200 dias por ano em contato com o produto e a marca, lembra a profissional. Sazonalidade Não é novidade que ações para prospecção são extremamente sazonais para obtenção de matrículas. Cerca de 80% das campanhas estão concentradas nestas épocas, conta o diretor de negócios da ABCZ Comunicação, Roberto Calderón. A venda é específica em poucos períodos do ano, geralmente são ações para matrículas, vestibulares, bolsas, conta. No entanto, institutos que oferecem cursos profissionalizantes ou de capacitação tem uma busca constante por alunos; como acontece no Instituto Monitor, que realiza matrículas por mês e faz ações constantemente. Destinamos 20% do faturamento para marketing. Os investimentos acompanham o crescimento da empresa e a abertura de novos cursos, conta Elaine Guarisi. Segundo Fábio Nunes, diretor de serviços da Zartana, o mercado está aquecido e as necessidades das instituições variam de acordo com o negócio. Universidades tem ações Com a abertura do mercado para as instituições privadas atributos como excelência do corpo de professores, número de laboratórios, equipamentos, entre outros, já são commodities. Hoje a abordagem criativa deve ir além. É preciso investigar o posicionamento e o diferencial de cada marca e transmitir isso de forma atrativa, sem que se perca a seriedade inerente ao assunto educação Gabriela May, diretora de atendimento e operações da RMG Connect 12 Marketing Direto

13 sazonais, mas escolas especializadas em ofertas de pós-graduação, por exemplo, mantém relacionamento com seus públicos com maior freqüência. Mídias utilizadas O setor de ensino usa praticamente todas as mídias disponíveis para ações de Marketing Direto. Neste segmento o destaque vai para as instituições de ensino superior, que apostam no uso da tecnologia para comunicarem-se. Uma característica interessante do universitário é que ele traz na bagagem as últimas novidades em tecnologia. Isso se caracteriza pela idade do aluno e a constante renovação trazida pela entrada freqüente de novos estudantes, observa Dado Trench, diretor de Marketing Direto da FabraQuinteiro. Praticamente 100% deste público vive na era digital e tem, pelo menos, um aparelho celular. Segundo Fábio Nunes, este é o motivo do uso cada vez mais freqüente do SMS opinião esta reiterada por Gabriela May, da RMG Connect. Atualmente as ações de web e mobile marketing não podem ficar de fora do mix de comunicação, conta May. Quando o assunto são as mídias utilizadas o conselheiro da R.epense, Pio Borges, tem uma opinião clara: as mídias mais adequadas são as que dão melhor resposta, mas é preciso ficar de olho nas novidades. Second Life, Orkut, YouTube e todos os similares já são novas mídias de Marketing Direto para o público jovem e, entre eles os estudantes, diz Borges, que Usar Marketing Direto é extremamente vantajoso A receptividade do Marketing Direto no segmento de Educação é muito alta, principalmente quando os empresários descobrem as vantagens do uso da disciplina e percebem que não precisam ficar disputando a atenção do seu público como mais um produto descartável de supermercado. Além de todas as vantagens já conhecidas (retorno mensurável, diálogo direto com seu público, diminuição do desperdício de verba), o Marketing Direto traz benefícios únicos e sob medida para as instituições de ensino, em relação à propaganda na mídia tradicional. Fábio Marinho, diretor da OPM destaca dois desses diferenciais: Primeiro, a credibilidade. Um Colégio de tradição, quando começa a fazer propaganda de massa, pode passar uma má impressão ao mercado e especialmente à sua própria comunidade de pais e alunos, que começa a questionar se a instituição está indo mal, já que no passado nunca precisou desse tipo de marketing explícito. A propaganda, especialmente com verba curta, pode ser, então, um tiro no pé. Para manter a credibilidade, colégios tradicionais precisam marcar presença de uma forma mais significativa na mente de clientes e prospects. O Marketing Direto é perfeito nesse caso porque ele não grita para todos. Em vez disso, fala com quem interessa. E aí vem o segundo benefício: Pode-se usar o relacionamento direto para desenvolver uma conversa em torno de argumentos sérios e relevantes. E não apenas de uma frase de impacto, que vende a instituição de ensino como mais um sabonete na prateleira. Colaboração: Fábio Marinho, sócio-diretor da OPM O processo de mala direta impressa mantém há mais de 20 anos um retorno de 3% na concretização de matrículas. Usamos o Marketing Direto desde 1939, com anúncios em revistas com cupons e envio de catálogos informativos de cursos Elaine Cristina Palhares Guarisi, vice-presidente do Instituto Monitor Marketing Direto 13

14 ENSINO Além da linguagem, todo o apelo visual deve ser adaptado para esse segmento, que exige criatividade e sensibilidade. Isso porque o mercado de ensino superior tem características específicas, é competitivo e dinâmico, se pauta pelo valor agregado e não apenas ao apelo comercial Lúcia Ribeiro, gerente de marketing da Universidade Cidade de São Paulo (Unicid) Comunicação de Marketing Direto integrada requer a capacidade profissional de gente bem preparada, ainda mais para instituições de ensino Pio Borges, diretor conselheiro da R.epense para lembrar outros fatores a serem considerados nas ações para este público: é preciso usar linguagem e abordagem adequada para os diferentes públicos alunos, ex-alunos, prospects, entre outros -, e ser sempre surpreendentemente relevante. O presidente da J.Cocco Comunicação e Marketing, José Estevão Cocco, ressalta que como as universidades trabalham com diversos tipos de público, é necessário identificar os hábitos de consumo de mídia de cada um deles, para que a própria abordagem seja diferenciada. Assim, para campanhas de vestibular para graduação existem meios de Marketing Direto mais adequados ao público jovem, enquanto para cursos de pós-graduação a forma de atingir e sensibilizar é diferente, conta. Cocco usa como exemplo a última campanha de vestibular 2008 feita para Universidade São Judas Tadeu, que valeu-se de mala direta, call center, marketing, member-get-member entre outras ferramentas. Deve-se conhecer o perfil exato do aluno que a instituição para a qual estamos planejando uma campanha está buscando. Embora o serviço oferecido pelas instituições de ensino seja o mesmo, cada uma tem características e promessas diferentes Flávio Salles, presidente da Sun MRM 14 Marketing Direto

15 Ações que deram certo O curso de idiomas Ann Arbor, atendido pela OPM, fez uma ação especial para o Halloween. Os alunos receberam dois convites para chamarem amigos para participarem da festa. Esses convites só seriam válidos se preenchidos totalmente, assim a Ann Arbor incrementou seu banco de dados. A Universidade São Judas Tadeu, cliente da J.Cocco, faz constantes ações em períodos de vestibular. Neste ano a instituição investiu em diferenciar seu hotsite exclusivo para o vestibular 2008, que conta com uma ferramenta de podcast onde o internauta pode interagir com a música tema da campanha e criar novos sons. O material de comunicação do colégio Andrews, desenvolvido pela OPM, tem diversos diferenciais. Pode-se destacar a carta personalizada enviada a prospects convidando-os a conhecerem o colégio e o jornal interno que, quando enviado para não clientes, contém post-its que destacam os argumentos principais para matrícula. Marketing Direto 15

16 PROBARE Mercado reconhece importância do Probare Empresas que conquistaram os selos do programa garantem que fazer parte do Probare é um diferencial competitivo que faz toda a diferença Criado em 2005, o Programa Brasileiro de Auto-Regulamentação do Setor de Relacionamento (Probare) é o responsável por uma mudança cultural no segmento de telesserviços. Prova disso é o número crescente de empresas que buscam os selos de Ética e de Maturidade conferidos pelo programa para assim reafirmam seu compromisso com a ética no setor. Atualmente, são 15 as empresas certificados com Selo de Ética e 8 com Perfil de Maturidade pode parecer pouco considerando-se o número de empresas de telesserviços existentes no Brasil, no entanto, levando-se em consideração o tempo de existência do Programa e as exigências necessárias a serem cumpridas para obter tais selos, este número é mais do que satisfatório. Obter a certificação é motivo de orgulho por parte das empresas, que provam sua qualificação e o compromisso de seriedade na prestação do serviço aos seus clientes. Quem contrata uma empresa aprovada pelo Probare tem a certeza que receberá serviços de qualidade e de acordo com a ética necessária para garantir um bom atendimento. Representantes das empresas certificadas falam sobre a importância de ter os selos de Ética e de Maturidade O Selo de Ética do Probare marcou o momento em que a Montana chegou à maturidade e ganhou um novo posicionamento no setor de telesserviços. Na época enxergamos isso como o primeiro passo rumo à competitividade justa acompanhada das melhores práticas do mercado. Obter a certificação não deve apenas significar status para as empresas do setor, mas sim uma prova de qualificação para executar operações e, principalmente, vantagem competitiva. Além do Selo Probare, conquistamos o Nível 4, correspondente à Norma de Maturidade do Programa. Isso significa que mantemos todos os requisitos de gestão estratégica, processos, pessoas e tecnologia. O fortalecimento independente do setor, assumindo as responsabilidades do processo de auto-regulamentação, é uma prioridade na ação corporativa e pública da Montana. O bom relacionamento com o consumidor abre portas no mercado de call center e, com o profissionalismo aliado às melhores práticas ficamos prontos para atender qualquer tipo de cliente Gustavo Almeida, vice-presidente da Montana Soluções Corporativas Confira as empresas certificadas pelo Programa: Selo de Ética Empresa Atento Brasil S.A Call Tecnologia e Serviços CTIS Tecnologia S.A. Dedic Icatu Hartford Capitalização S.A. Icatu Hartford Seguros S.A. Meta Soluções Comerciais Montana Soluções Corporativas Politec Tecnologia da Informação Softway Contact Center SPCOM Com. e Promoções Teletech Brasil Serviços TMKT Serv. de Marketing Uranet Projetos e Serviços Voxline Contact Center Perfil de maturidade Sites Auditados Nova São Paulo SIBS SAAN CEF/SIA CEF/507 Norte Contact Center Sampaio Viana Eliseu Guilherme Bernardino de Campos Paulista Atento Atento Itaú Câmara dos Deputados H. D. Senado Federal Núcleo 504 São Paulo Salvador Praça XV Vergueiro Jundiaí Dib Mussi Paulista Água Branca CENESP Sete de Abril Zona Leste JM Líbero Badaró Nações Unidas Empresa Sites Auditados Atento Brasil S.A Nova São Paulo Call Tecnologia e Serviços SIBS SAAN CEF/SIA CEF/507 Norte Dedic Sampaio Viana Eliseu Guilherme Bernardino de Campos Paulista Montana Soluções Corporativas Núcleo 504 Politec Tecnologia da Informação São Paulo Salvador SPCOM Com. e Promoções Água Branca Teletech Brasil Serviços CENESP Sete de Abril Voxline Contact Center Voxline 1 16 Marketing Direto

17 SUN/MRM PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO

18 PROBARE O Probare é uma iniciativa muito importante para que o mercado e o consumidor, através do selo de ética, possam identificar as empresas que prestam serviços com ética e qualidade daquelas que atuam de forma inadequada. Apesar do pouco tempo de existência, o Probare já mostrou que veio para ficar e que ainda há muito trabalho pela frente, pois o consumidor tem uma visão equivocada do atendimento telefônico e cabe a nós, através do Probare, mudar este conceito. A Uranet está engajada com o Probare para mudar esta visão, não só por ter a Certificação do Selo de Ética, mas pela atitude de todos os nossos colaboradores no dia a dia da empresa Andres Enrique Rueda Garcia, presidente da Uranet Projetos e Sistemas Ltda Desde sua criação, em 2005, o PROBARE serviu como guia para o setor de contact center, ajudando a definir parâmetros de auto-regulamentação no segmento e a aprimorar as relações entre as centrais de atendimento, funcionários e clientes. Com grande orgulho, a Dedic foi pioneira em receber, entre as empresas de contact center, o Perfil 4 em Maturidade de Gestão e o Selo de Ética do Probare. Isso nos incentivou a trabalhar para aprimorar ainda mais o padrão de qualidade de nossas operações e serviu como inspiração para os processos que desenvolvemos desde então. Em novembro comemoramos a renovação de nossa certificação com Perfil 4, sendo esta a avaliação máxima concedida pelo selo, um reconhecimento aos nossos esforços na busca da excelência constante e do compromisso com nossos clientes, parceiros e colaboradores Paulo Neto Leite, presidente da Dedic A Call Contact Center viu no PROBARE uma valiosa oportunidade de elevação do conceito do mercado de call center/contact center através de ações efetivas em busca da melhoria da qualidade, com ética e respeito aos consumidores. Nossa participação está inserida no contexto de nossa política de qualidade, implantada em 2004, e prevê a certificação de todos os nossos sites já em Entendemos que o mercado deve lutar para que o Probare seja a base de qualquer tentativa de regulamentação da atividade por parte do governo. Não podemos nos restringir a lutar contra o conceito do not call e sim aproveitar o momento para realmente valorizarmos a atividade Ruy Trida, diretor comercial da Call Contact Center A escolha pela Norma de Maturidade, bem como o Selo de Ética Probare, demonstra a confiança que o Voxline deposita no Projeto de auto-regulamentação do segmento. Os benefícios das certificações são inúmeros, tanto interna como externamente, seja com os cuidados com a documentação e desenho de estratégias como com o reconhecimento pelo mercado de uma empresa disciplinada e orientada a resultados. Porém, é necessário um forte sistema de divulgação de tais benefícios para que os contratantes conheçam, reconheçam e adiram ao Programa. Nossa contribuição para o fortalecimento do Probare foi a busca e conquista dos 4 4. A Norma de Maturidade foi muito bem desenhada, o que nos proporcionou inclusive a certificação simultânea em ISO 9001:2000. Com as certificações fortalecemos nosso foco na excelência em serviços e nossos clientes certamente estão mais satisfeitos Janaina Oliveira, gerente de qualidade da Voxline Contact Center A obtenção do selo é o reconhecimento pelo esforço de melhorar o nível de serviço aos clientes. Além disso, a premiação confirma para o mercado a transparência e a ética do atendimento Guilherme Hinrichsen, gerente da Central da Icatu Hartford Na Atento optamos pela certificação Probare tanto na Maturidade de Gestão quanto no Selo de Ética. Esta norma nos dá uma visão abrangente dos pontos principais que compõe a experiência do cliente com o serviço, razão de ser de nossa atividade. Iniciamos pela Matriz, de onde saem todas as diretrizes, estratégias e onde temos operações de elevada complexidade; agora estamos expandindo para os demais sites pois o centro de comando já foi certificado e as práticas já foram aferidas. Os resultados e reconhecimento do mercado têm sido positivos. Complementamos com esta certificação nossa metodologia já composta por 6 sigma, COPC e ISO9001:2000. O caminho é este, fazer sempre mais e com mais qualidade, eliminando as perdas por ineficiências Emerson Ferreira de Gouveia, Atento Brasil Nós temos seis meses de Selo de Ética. A certificação preparou a empresa para um salto na qualidade de suas vendas, tanto que o site certificado, que é o do Itaú, foi premiado dois meses seguidos com o Selo da Qualidade do próprio banco, sendo a única empresa prestadora de serviço que alcançou o nível de qualidade exigido pela instituição financeira. Em termos operacionais, o Selo ajudou a empresa a definir melhor seus processos e implantar seus procedimentos. Sem dúvida, o Selo auxiliou a empresa a se reposicionar no mercado João Milton Ritter, gerente de qualidade da Meta Soluções Comerciais A criação do Programa de Auto-Regulamentação do Setor de Relacionamento (Probare) e suas respectivas certificações - Selo de Ética e Maturidade - além de contribuir para uma maior profissionalização do setor, permitirá ao mercado identificar as empresas comprometidas com este segmento. Para nós da Politec a recente certificação Probare complementa a certificação NBR ISO 9000:2000 em Help Desk, Call Center e Contact Center, já obtida desde 1998 Gilberto Coutinho Soares de Gouvêa, gerente de atendimento da Politec Tecnologia da Informação S/A 18 Marketing Direto

19 SUN/MRM PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO

20 ABEMD Europa se espelha na ABEMD Carta de compromissos para desenvolvimento do Marketing Direto assinada entre ABEMD e Correios em 2002 agora interessa aos mercados do Primeiro Mundo. Ela estabelece uma nova forma de relacionamento entre as instituições, fundamentada em benefícios que podem ser obtidos por meio de ações conjuntas. A parceria estabelecida em 2002 entre a Associação Brasileira de Marketing Direto (ABEMD) e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) virou alvo do interesse da Fedma (Federação Européia de Associações de Marketing Direto e Interativo) que decidiu apresentá-la como modelo a ser utilizado pelos países integrantes da entidade. O interesse foi despertado durante apresentação recente, feita pelo superintendente executivo comercial dos Correios, Roberto Sant Anna, no Fórum Direct Mail Advisory Board (DMAB), que ocorreu no dia 25 de outubro, uma semana após a 90ª DMA. Denominado Protocolo ABEMD/Correios Carta de Compromissos para o Desenvolvimento do Marketing Direto Brasileiro, a parceria prevê uma série de ações, entre elas convênios, troca de informações, estudos, pesquisas e participação em eventos. Efraim Kapulski, presidente da ABEMD, explica que a partir dessa carta foram criadas as condições para o estabelecimento de um diálogo franco, transparente e permanente. Trata-se de construir uma relação madura e positiva, em que cada um coloca claramente sua posição, na busca conjunta de soluções, afirmou Kapulski à época. De 2002 para cá, o acordo tem refletido em diversas ações conjuntas entre a ABEMD e os Correios, entre elas se destacam o Prêmio Correios de Marketing Direto, entregue durante a festa do Prêmio ABEMD, e o Road Show, seminário de Marketing Direto que em 2005 foi apresentado em 10 grandes cidades brasileiras Belém, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Manaus, Rio de Janeiro e Salvador. Além disso, os Correios aceitaram e entenderam pedido feito em setembro de 2003 pelo presidente da ABEMD, diretamente ao Ministério das Comunicações, no sentido de fazer uma revisão de tarifas das correspondências de Marketing Direto, visto que o aumento aplicado na ocasião implicava em um custo excessivo para as empresas do setor. O pedido não apenas foi atendido como também acabou sendo mantido em O acordo entre a ABEMD e os Correios criou e continua criando várias oportunidades para o desenvolvimento do Marketing Direto no país. Nosso objetivo é que esta parceria se consolide cada dia mais e reflita no amadurecimento e crescimento ainda maior deste mercado, diz Sant Anna. Esta forma madura de relacionamento tem despertado a atenção internacional não apenas da Fedma, mas de países diversos que querem desenvolver parcerias parecidas. Tanto é que em 2003, o projeto foi apresentado a uma seleta platéia reunida na cidade de Berna (Suíça), durante o encontro do Direct Mail Advisory Board (DMAB), grupo vinculado à União Postal Universal, órgão pertencente à ONU. Na ocasião Efraim Kapulski e José Afonso Braga, então líder do departamento de Gestão de Produtos dos Correios, apresentaram o conceito No mundo de hoje não basta ser parceiro. É necessário ter ética e transparência. Os Correios brasileiros, pela potencialidade e presença nacional que tem, já é, mas vai ser um parceiro maior ainda para o segmento de Marketing Direto, afirmou recentemente o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio. 20 Marketing Direto

Comunicação com o Consumidor:

Comunicação com o Consumidor: Comunicação com o Consumidor: Questões éticas no Telemarketing e na Publicidade PROBARE Programa de Auto-Regulamenta Regulamentação do Setor de Relacionamento Setembro 2007 1 Cenário - Mercado - Faturamento

Leia mais

PROBARE. do Setor de Relacionamento CALL CENTER /CONTACT CENTER / HELP DESK / SAC / TELEMARKETING

PROBARE. do Setor de Relacionamento CALL CENTER /CONTACT CENTER / HELP DESK / SAC / TELEMARKETING PROBARE Programa Brasileiro de Auto-Regulamenta Regulamentação do Setor de Relacionamento CALL CENTER /CONTACT CENTER / HELP DESK / SAC / TELEMARKETING www.probare.org Setembro 2007 1 Signatárias Setembro

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Mercado projeta crescimento sólido

Mercado projeta crescimento sólido Indicadores Mercado projeta crescimento sólido Receitas de serviços de Marketing Direto em 2009 atingem R$ 21,7 bilhões e crescem 11,3% com relação ao ano anterior. Projeção do mercado é de evolução de

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

OBJETIVOS DE MARKETING

OBJETIVOS DE MARKETING CASE Banco do Brasil Todo Seu O Banco do Brasil é a mais antiga instituição bancária brasileira. Reconhecido como fundamental para o desenvolvimento econômico e social do país, é também o maior banco da

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Marketing Direto faz bem para a saúde

Marketing Direto faz bem para a saúde capa Marketing Direto faz bem para a saúde Hospitais e laboratórios têm encontrado no Marketing Direto uma forma eficaz de comunicação, sem cair nas restrições da Anvisa. Levando-se em consideração que

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL?

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? Por que oferecer um atendimento multicanal? Este livro reúne em uma única fonte dicas para inovar na experiência com clientes, de um jeito simples e prático;

Leia mais

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE Professor Wagner Luiz Aula - Como obter sucesso em uma implementação de CRM e o Processo da Comunicação. Março de 2014 São Paulo -SP Call Center & CRM 2007 CRM: do

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM Introdução ÍNDICE Boas práticas no dia a dia das clínicas de imagem A Importância de se estar conectado às tendências As melhores práticas no mercado de

Leia mais

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco.

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. NOVAQUEST Apresentação da Empresa A NovaQuest é uma empresa especializada em serviços de recuperação de crédito e atendimento ao cliente. Temos o intuito

Leia mais

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA Mudança da Marca e Posicionamento Esse boletim explicativo tem o objetivo de esclarecer suas dúvidas sobre a nova marca Evolua e de que forma ela será útil para aprimorar os

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

Plano de Marketing: um diferencial competitivo

Plano de Marketing: um diferencial competitivo Plano de Marketing: um diferencial competitivo O Marketing é responsabilidade de TODA a Instituição. Processo criterioso para elaboração de um Plano de Marketing Missão, Objetivos e Metas Identidade e

Leia mais

Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas

Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas SEGMENTOS DE ATUAÇÃO Encomendas Mensagens Financeiro Digital Logística Integrada Conveniência Marketing Direto Serviços Internacionais SEGMENTOS

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 02/01/2013 rev. 00 PAUTA INSTITUCIONAL Sobre a Harpia OUTRAS INFORMAÇÕES Clientes Parceiros SERVIÇOS Responsabilidade Social Consultoria & Gestão Empresarial Planejamento Estratégico

Leia mais

Boas práticas para envio de SMS

Boas práticas para envio de SMS Boas práticas para envio de SMS Saiba como construir suas mensagens para envios de SMS corporativos, atendendo as boas práticas para ter sucesso em suas ações Mensagens para envio de SMS Como Utilizar?

Leia mais

O PERFIL DO SAC 2.0 NO BRASIL O PERFIL DO SAC 2.0 NO BRASIL. scup.com. Página 1. ideas.scup.com @scup facebook.com/scupbrasil

O PERFIL DO SAC 2.0 NO BRASIL O PERFIL DO SAC 2.0 NO BRASIL. scup.com. Página 1. ideas.scup.com @scup facebook.com/scupbrasil O PERFIL DO SAC 2.0 NO BRASIL scup.com Página 1 Para entender a evolução do atendimento ao consumidor por SAC 2.0, o Scup decidiu ouvir quem mais entende sobre a realidade do assunto: quem o faz na prática.

Leia mais

O Evento. Enquanto o Congresso e Seminário, com sua rica programação reuniram 168 palestrantes, e contou com a participação de 1.060 congressistas.

O Evento. Enquanto o Congresso e Seminário, com sua rica programação reuniram 168 palestrantes, e contou com a participação de 1.060 congressistas. O Evento O principal evento do setor na América Latina - a ExpoAlumínio - superou todas as expectativas em sua Edição de 2012. Realizado simultaneamente ao V Congresso Internacional do Alumínio e o XI

Leia mais

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN 50 A ALMA DO NEGÓCIO Serviço de SAC eficiente é o que todos os clientes esperam e é no que todas as empresas deveriam investir. Especialistas afirmam: essa deve ser

Leia mais

FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO

FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO RECURSO DIGITAL Esta apresentação tem por finalidade contar um pouco do que a Recurso Digital faz em campanhas de incentivo, relacionamento e promoção. Reforçamos

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais

CATEGORIA: ATENDIMENTO AO CLIENTE BOAS PRÁTICAS:

CATEGORIA: ATENDIMENTO AO CLIENTE BOAS PRÁTICAS: EXPRESSO GUANABARA S/A - CNPJ: 41.550.112/0001-01 END. ROD BR 116 KM 04 N 700 MESSEJANA FORTALEZA/CE CATEGORIA: ATENDIMENTO AO CLIENTE 2011 BOAS PRÁTICAS: MELHORIA DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS PRESTADOS AOS

Leia mais

PROMOÇÃO DE VENDAS. O problema da Dona Cida resume-se em aumentar as vendas de sua loja e ao mesmo tempo, acabar com alguns estoques indesejáveis.

PROMOÇÃO DE VENDAS. O problema da Dona Cida resume-se em aumentar as vendas de sua loja e ao mesmo tempo, acabar com alguns estoques indesejáveis. 1 PROMOÇÃO DE VENDAS Constituída há pouco mais de dois anos, a loja de confecções da Dona Cida já possuía uma boa clientela, porém ela acreditava que ainda poderia crescer bastante. Assim, tinha na prateleira

Leia mais

O Guia do Relacionamento para o corretor moderno

O Guia do Relacionamento para o corretor moderno O Guia do Relacionamento para o corretor moderno Introdução 3 O que é marketing de relacionamento 6 Como montar uma estratégia de relacionamento 9 Crie canais de relacionamento com o cliente 16 A importância

Leia mais

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes.

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes. A número 1 em vendas. NADA SUPERA ESSA MÁQUINA. Informativo EDIÇÃO 2 TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A CIELO PARA O SEU NEGÓCIO. Palavra do presidente Prezado cliente, A Cielo atua no cenário multibandeira

Leia mais

Briefing O que é? Para que serve?

Briefing O que é? Para que serve? Faculdade de Tecnologia da Paraíba CURSO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA A INTERNET DISCIPLINA DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB ESTÁTICAS PERÍODO: P2 Semestre: 20082 PROFESSOR Geraldo Rodrigues

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

AMÉRICA LATINA INTRODUÇÃO

AMÉRICA LATINA INTRODUÇÃO ANDREA NACCACHE NÚCLEO DE CRIAÇÃO INTRODUÇÃO AMÉRICA LATINA Uma rede de profissionais especializada em processos criativos e de inovação, que trabalha com algumas das mais importantes marcas do planeta,

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

Leia mais

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital Curso de Ecommerce Aula: Marketing Digital Fernando Laudino @espm ci@espm.br Quem sou? Fernando Laudino Bacharel em Direito, com MBA em Identidade Empresarial pela AMF-RS e Gestão Escolar na Anhembi Morumbi.

Leia mais

E-Mail Marketing: Primeiros Passos

E-Mail Marketing: Primeiros Passos E-Mail Marketing: Primeiros Passos E-Mail Marketing: Primeiros Passos Aprenda a utilizar o email marketing para alavancar o seu negócio O Marketing Digital vem ganhando cada vez mais força entre as empresas

Leia mais

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW 2014 A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome www.fispaltecnologia.com.br Fispal Tecnologia, a 30ª edição! Se tem uma edição da Fispal Tecnologia que

Leia mais

Seminário gratuito do PROFUTURO aborda estratégias para o crescimento dos negócios

Seminário gratuito do PROFUTURO aborda estratégias para o crescimento dos negócios Seminário gratuito do PROFUTURO aborda estratégias para o crescimento dos negócios O Programa de Estudos do Futuro da FIA (Fundação Instituto de Administração) realizará no dia 24 de agosto, a partir das

Leia mais

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA Na linha Como a automação contribuiu para o desenvolvimento das empresas de distribuição e atacadistas? A automação foi fundamental para o crescimento e fortalecimento do setor. Sem o uso intensivo da

Leia mais

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL 2 + 67.500.000 + 67,5 MILHÕES DE INTERNAUTAS NO BRASIL FONTE: IBOPE/NIELSEN 58.290.000 58,2 MILHOES DE INTERNAUTAS NO BRASIL ACESSAM A INTERNET SEMANALMENTE -87% FONTE:

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

André Criação e Atendimento. Edson E-commerce e Atendimento. Juciellen Web Design e Programação. Talita Planejamento e Projeto

André Criação e Atendimento. Edson E-commerce e Atendimento. Juciellen Web Design e Programação. Talita Planejamento e Projeto Integrantes André Criação e Atendimento Edson E-commerce e Atendimento Juciellen Web Design e Programação Talita Planejamento e Projeto Vanessa Criação e Conteúdo Briefing Histórico da Empresa - Características

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

RELATÓRIO FORMADORES DE OPINIÃO E ASSOCIADOS

RELATÓRIO FORMADORES DE OPINIÃO E ASSOCIADOS RELATÓRIO FORMADORES DE OPINIÃO E ASSOCIADOS RESULTADOS PESQUISA COM COMITÊS Definição e significado do PGQP para os comitês: Definições voltadas para ao Programa Significado do PGQP Qualificação das organizações

Leia mais

Aula 03 Gestão de Marketing

Aula 03 Gestão de Marketing Aula 03 Gestão de Marketing Análise SWOT, Segmentação de Mercado e Mix de Marketing Prof. Marcopolo Marinho Prof. Esp. Marcopolo Marinho Segmentação é a identificação sistemática de conjuntos e subconjuntos

Leia mais

A grande verdade é que a maioria das empresas está perdendo muito dinheiro tentando criar um negócio online.

A grande verdade é que a maioria das empresas está perdendo muito dinheiro tentando criar um negócio online. Você gostaria de aprender o que os negócios campeões em vendas online fazem? Como eles criam empresas sólidas na internet, que dão lucros por vários e vários anos? A grande verdade é que a maioria das

Leia mais

Campanha para os cursos sequenciais da Faculdade Boa Viagem 1 Marianna Alves Angelos 2 Janaina de Holanda Costa Calazans 3 Faculdade Boa Viagem, PE

Campanha para os cursos sequenciais da Faculdade Boa Viagem 1 Marianna Alves Angelos 2 Janaina de Holanda Costa Calazans 3 Faculdade Boa Viagem, PE RESUMO Campanha para os cursos sequenciais da Faculdade Boa Viagem 1 Marianna Alves Angelos 2 Janaina de Holanda Costa Calazans 3 Faculdade Boa Viagem, PE Em 2011, A OPA Agência Experimental da Faculdade

Leia mais

PARA QUE SERVE O CRM?

PARA QUE SERVE O CRM? Neste mês, nós aqui da Wiki fomos convidados para dar uma entrevista para uma publicação de grande referência no setor de varejo, então resolvemos transcrever parte da entrevista e apresentar as 09 coisas

Leia mais

VEÍCULO: PORTAL UOL SEÇÃO: ECONOMIA DATA: 17.02.2011

VEÍCULO: PORTAL UOL SEÇÃO: ECONOMIA DATA: 17.02.2011 VEÍCULO: PORTAL UOL SEÇÃO: ECONOMIA VEÍCULO: REVISTA ALGO MAIS SEÇÃO: ECONOMIA DATA: 16.02.2011 Algomais - PE 16/02/2011-17:43 Mercado de executivos em alta Com várias empresas chegando para se instalar

Leia mais

está aqui! A solução para a sua marca Projeto gráfico Jornais Publicações customizadas Revistas www.editoranovagestao.com.br

está aqui! A solução para a sua marca Projeto gráfico Jornais Publicações customizadas Revistas www.editoranovagestao.com.br A solução para a sua marca está aqui! Editora www.editoranovagestao.com.br Publicações customizadas Revistas Edição de textos Jornais Diagramação Projeto gráfico revisão Criação de layouts Criação de textos

Leia mais

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale 1.1 Histórico da Prática Eficaz Por meio do Departamento

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO

MARKETING DE RELACIONAMENTO MARKETING DE RELACIONAMENTO 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

Como melhorar a Imagem do Ensino Superior?

Como melhorar a Imagem do Ensino Superior? Algumas reflexões e possibilidades. Brasília, 30 de agosto de 2010 Mekler Nunes www.universitybusiness.com Artigo: Todos nós temos públicos diferentes mas todo nós temos que enviar as mesmas mensagens

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO

CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO Elaborado por: Patrícia Amato e Kátia Périco Alberto Couto & Associados Transformando pessoas para vender

Leia mais

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS CATEGORIA:

Leia mais

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL 10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL Os meses de dezembro e janeiro na maioria das empresas são marcados invariavelmente por atividades de planejamentos, orçamentos e metas para o ano novo. Para o próximo

Leia mais

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO:

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO: RESUMO O presente trabalho constitui em uma elaboração de um Plano de Marketing para a empresa Ateliê Delivery da Cerveja com o objetivo de facilitar a compra de bebidas para os consumidores trazendo conforto

Leia mais

www.valoronline.com.br Apresentação institucional Valor Online

www.valoronline.com.br Apresentação institucional Valor Online Apresentação institucional Valor Online Outubro/2010 Valor Online: o melhor da economia e dos negócios a apenas um clique Valor Online é a mais completa cobertura de economia, negócios e finanças da internet.

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

Termo de Referência para Plano de Comunicação

Termo de Referência para Plano de Comunicação Termo de Referência para Plano de Comunicação Sumário 1. Introdução... 2 1.1. Conceitos... 2 2. Objetivo do Termo de Referência... 2 3. Definições gerais de comunicação... 2 4. Planejamento de comunicação...

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

AGENDA. A evolução da cobrança: os desafios de um segmento em consolidação. 23 de Julho. Hotel Meliã - Jd Europa São Paulo/SP 8ª EDIÇÃO.

AGENDA. A evolução da cobrança: os desafios de um segmento em consolidação. 23 de Julho. Hotel Meliã - Jd Europa São Paulo/SP 8ª EDIÇÃO. AGENDA A evolução da cobrança: os desafios de um segmento em consolidação 8ª EDIÇÃO D 23 de Julho? Hotel Meliã - Jd Europa São Paulo/SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Gold Patrocínio Silver

Leia mais

Caso de Sucesso. Campanhas Personalizadas de Precisão: Como garantir receita incremental melhorando a Experiência do Cliente. Cliente Apresentado:

Caso de Sucesso. Campanhas Personalizadas de Precisão: Como garantir receita incremental melhorando a Experiência do Cliente. Cliente Apresentado: Caso de Sucesso Campanhas Personalizadas de Precisão: Como garantir receita incremental melhorando a Experiência do Cliente Cliente Apresentado: COOP - Cooperativa de Consumo Quem são os clientes da COOP?

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

O que é promoção de vendas e para que serve?

O que é promoção de vendas e para que serve? 4 Para aumentar as vendas, ela precisa basicamente fazer com que os clientes atuais comprem mais ou trazer novos clientes para a loja. Nos dois casos, fica evidente que ela terá que oferecer mais benefícios

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

Apresentação. Quem Somos

Apresentação. Quem Somos Apresentação Quem Somos A UAI Tecnologia e Comunicação, nome fantasia da UAI Software LTDA., (que significa "Unidade de Apoio à Informação do Software") foi fundada em 19 de Março de 2004, por Luiz Gustavo

Leia mais

PROPAGANDA. Propaganda. Considerações iniciais. Propaganda. Propaganda. Papel da propaganda. Propaganda. Propaganda. Missão.

PROPAGANDA. Propaganda. Considerações iniciais. Propaganda. Propaganda. Papel da propaganda. Propaganda. Propaganda. Missão. PROPAGANDA Considerações iniciais É a parte mais glamourosa do Marketing Mix (exposição); Exige talento e planejamento Representa mais de 1% do PIB Todos (acham que) entendem; Papel da propaganda A compra

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD!

Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD! Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD! SocialSuite Rua Claudio Soares, 72-16 andar +55 11 3032 1982 São Paulo - SP Brasil Introdução Esse material foi desenvolvido pela equipe

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

No mercado bancário a competitividade é crescente

No mercado bancário a competitividade é crescente 6 Fortalecendo a marca, gerando negócios Intenso, produtivo e criativo No mercado bancário a competitividade é crescente e a disputa pelos espaços é proporcional ao empenho das instituições em ampliar

Leia mais

AdWords. Anuncie no Google e Venda Mais! Expanda sua empresa! Você tem um argumento de vendas e precisa captar mais clientes?

AdWords. Anuncie no Google e Venda Mais! Expanda sua empresa! Você tem um argumento de vendas e precisa captar mais clientes? Anuncie no Google e Venda Mais! Expanda sua empresa! Você tem um argumento de vendas e precisa captar mais clientes? Ligue para nós e conheça a melhor estratégia para atender às necessidades de vendas

Leia mais

Setembro foi um mês marcante para a. Fim de Ciclo. Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral

Setembro foi um mês marcante para a. Fim de Ciclo. Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral Setembro 2013 São Paulo. Brasil www.vidajovem.org Fim de Ciclo Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral Setembro foi um mês marcante para a associação. Depois de um

Leia mais

SOMOS UM FIQUE DE OLHO NA PRÓXIMA EDIÇÃO. Unidade de Negócios Centro Norte (SP) realiza apresentação na Funenseg

SOMOS UM FIQUE DE OLHO NA PRÓXIMA EDIÇÃO. Unidade de Negócios Centro Norte (SP) realiza apresentação na Funenseg Assessoria de Comunicação Lojacorr S.A. 7ª Edição, Ano 2014. Comunicação Interna Ana Clara Baptistella Assessoria de Imprensa Prisma Comunicação Diagramação Rafael Martins Email: comunicacao@lojacorr.com.br

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

Então resolvi listar e explicar os 10 principais erros mais comuns em projetos de CRM e como podemos evita-los.

Então resolvi listar e explicar os 10 principais erros mais comuns em projetos de CRM e como podemos evita-los. Ao longo de vários anos de trabalho com CRM e após a execução de dezenas de projetos, penso que conheci diversos tipos de empresas, culturas e apesar da grande maioria dos projetos darem certo, também

Leia mais

Otimismo, confiança e cautela

Otimismo, confiança e cautela CAPA Otimismo, confiança e cautela A crise econômica eclodida em setembro passado não foi suficiente para abalar a confiança do mercado de Marketing Direto, até mesmo porque é nas crises que a disciplina

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE MARKETING

COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO INTEGRADA DE MARKETING Meio através do qual a empresa informa, persuadi e lembra os consumidores sobre o seu produto, serviço e marcas que comercializa. Funções: Informação

Leia mais

GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL

GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL Ano XVI Nº 157 2015 R$ 20,00 GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL Fábio Basilone Presidente da CGSC para o Brasil Especial: saiba tudo sobre o 4º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro reuniu mais de 500

Leia mais

Orbitall. Autora: Carolina Fernandes Corrêa Leite. Orientadora: Profa. Ms. Ana Maria Santiago Jorge de Melo. Universidade Presbiteriana Mackenzie

Orbitall. Autora: Carolina Fernandes Corrêa Leite. Orientadora: Profa. Ms. Ana Maria Santiago Jorge de Melo. Universidade Presbiteriana Mackenzie Orbitall Autora: Carolina Fernandes Corrêa Leite Orientadora: Profa. Ms. Ana Maria Santiago Jorge de Melo Universidade Presbiteriana Mackenzie Introdução O setor de cartões de crédito tem crescido a taxas

Leia mais

Política de. [ comunicação] Forluz

Política de. [ comunicação] Forluz Política de [ comunicação] Forluz Índice Apresentação...4 Missão da Forluz...5 Condições para aplicação deste documento...6 Objetivos da Política de Comunicação...7 Diretrizes da Política de Comunicação...8

Leia mais

Assessoria de imprensa Conquista de espaço editorial Publicações Informação direta ao seu público Comunicação interna Muito além do jornalzinho

Assessoria de imprensa Conquista de espaço editorial Publicações Informação direta ao seu público Comunicação interna Muito além do jornalzinho # Tantas # Edição 01 # Ano 01 Assessoria de imprensa Conquista de espaço editorial Publicações Informação direta ao seu público Comunicação interna Muito além do jornalzinho Editorial Missão e Valores

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

CARTA AO LEITOR EXPEDIENTE. O Editor

CARTA AO LEITOR EXPEDIENTE. O Editor EXPEDIENTE DIRETORIA Presidente: Efraim Kapulski Vice-presidente: Pedro Renato Eckersdorff Diretor Financeiro: José Antônio Soler Diretor de Agências: Otavio Dias Diretor de Call Center / Telemarketing:

Leia mais

A 1ª Agência de Marketing Digital do Brasil

A 1ª Agência de Marketing Digital do Brasil A 1ª Agência de Marketing Digital do Brasil Somos os pioneiros no marketing digital. Nossas técnicas e métodos estão no mínimo 5 anos a frente da concorrência. Publiweb Fundada em 2005, a agência de marketing

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

sucesso A chave para o

sucesso A chave para o Novembro/2006 Edição nº 57 - Ano VI R$ 8,00 ENTREVISTA Antônio Cordeiro, da Simonsen Associados, conta novidades sobre o trabalho de campo dos Indicadores ABEMD A chave para o sucesso Num cen rio de alta

Leia mais