LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA NOTÍCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA NOTÍCIA"

Transcrição

1 Boletim Informativo LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA NOTÍCIA Nº 259 DEZEMBRO DE 2010 GERÊNCIA DE REL AÇÕES EXTERNAS Biblioteca Arx Tourinho Brasília DF

2 1 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - CONSELHO FEDERAL GESTÃO DIRETORIA Ophir Cavalcante Júnior Alberto de Paula Machado Marcus Vinícius Furtado Coêlho Márcia Machado Melaré Miguel Ângelo Cançado Presidente Vice-Presidente Secretário-Geral Secretária-Geral Adjunta Diretor Tesoureiro Conselheiros Federais AC: Cesar Augusto Baptista de Carvalho, Renato Castelo de Oliveira e Tito Costa de Oliveira; AL: Felipe Sarmento Cordeiro, Marcelo Henrique Brabo Magalhães e Paulo Henrique Falcão Brêda; AP: Adamor de Souza Oliveira, Sandra do Socorro do Carmo Oliveira e Vera de Jesus Pinheiro; AM: Jean Cleuter Simões Mendonça, José Alberto Ribeiro Simonetti Cabral e Miquéias Matias Fernandes; BA: Durval Julio Ramos Neto, Luiz Viana Queiroz e Marcelo Cintra Zarif; CE: Hércules Saraiva do Amaral, José Danilo Correia Mota e Paulo Napoleão Gonçalves Quezado; DF: Daniela Rodrigues Teixeira, Délio Fortes Lins e Silva e Meire Lúcia Gomes Monteiro Mota Coelho; ES: Djalma Frasson, Luiz Cláudio Silva Allemand e Setembrino Idwaldo Netto Pelissari; GO: Felicíssimo Sena, João Bezerra Cavalcante e Miguel Ângelo Cançado; MA: José Guilherme Carvalho Zagallo, Raimundo Ferreira Marques e Ulisses César Martins de Sousa; MT: Francisco Anis Faiad, Francisco Eduardo Torres Esgaib e José Antonio Tadeu Guilhen; MS: Afeife Mohamad Hajj, Carmelino de Arruda Rezende e José Sebastião Espíndola; MG: José Murilo Procópio de Carvalho, Paulo Roberto de Gouvêa Medina e Raimundo Cândido Junior; PA: Angela Serra Sales, Frederico Coelho de Souza e Roberto Lauria; PB: Genival Veloso de França Filho, Vital Bezerra Lopes e Walter Agra Júnior; PR: Alberto de Paula Machado, René Ariel Dotti e Romeu Felipe Bacellar Filho; PE: Jayme Jemil Asfora Filho, Leonardo Accioly da Silva e Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves; PI: José Norberto Lopes Campelo, Marcus Vinicius Furtado Coêlho e Willian Guimarães Santos de Carvalho; RJ: Carlos Roberto Siqueira Castro, Cláudio Pereira de Souza Neto e Marcus Vinicius Cordeiro; RN: Lucio Teixeira dos Santos, Sérgio Eduardo da Costa Freire e Wagner Soares Ribeiro de Amorim; RS: Cléa Carpi da Rocha, Luiz Carlos Levenzon e Renato da Costa Figueira; RO: Celso Ceccatto, Gilberto Piselo do Nascimento e Orestes Muniz Filho; RR: Ednaldo Gomes Vidal, Francisco de Assis Guimarães Almeida e Maryvaldo Bassal de Freire; SC: Paulo Marcondes Brincas, Rafael de Assis Horn e Walter Carlos Seyfferth; SP: Arnoldo Wald Filho, Guilherme Octávio Batochio e Márcia Machado Melaré; SE: Henri Clay Santos Andrade, Valmir Macedo de Araujo e Miguel Eduardo Britto Aragão; TO: Antonio Pimentel Neto, Manoel Bonfim Furtado Correia e Mauro José Ribas. Ex-Presidentes 1. Levi Carneiro (1933/1938) 2. Fernando de Melo Viana (1938/1944) 3. Raul Fernandes (1944/1948) 4. Augusto Pinto Lima (1948) 5. Odilon de Andrade (1948/1950) 6. Haroldo Valladão (1950/1952) 7. Attílio Viváqua (1952/1954) 8. Miguel Seabra Fagundes (1954/1956) 9. Nehemias Gueiros (1956/1958) 10. Alcino de Paula Salazar (1958/1960) 11. José Eduardo do P. Kelly (1960/1962) 12. Carlos Povina Cavalcanti (1962/1965) 13. Themístocles M. Ferreira (1965) 14. Alberto Barreto de Melo (1965/1967) 15. Samuel Vital Duarte (1967/1969) 16. Laudo de Almeida Camargo (1969/1971) 17. *José Cavalcanti Neves (1971/1973) 18. José Ribeiro de Castro Filho (1973/1975) 19. Caio Mário da Silva Pereira (1975/1977) 20. Raymundo Faoro (1977/1979) 21. *Eduardo Seabra Fagundes (1979/1981) 22. *J. Bernardo Cabral (1981/1983) 23. *Mário Sérgio Duarte Garcia (1983/1985) 24. *Hermann Assis Baeta (1985/1987) 25. *Márcio Thomaz Bastos (1987/1989) 26. *Ophir Filgueiras Cavalcante (1989/1991) 27. *Marcello Lavenère Machado (1991/1993) 28. *José Roberto Batochio (1993/1995) 29. *Ernando Uchoa Lima (1995/1998) 30. *Reginaldo Oscar de Castro (1998/2001) 31. *Rubens Approbato Machado (2001/2004) 32. *Roberto Antonio Busato (2004/2007) 33. *Cezar Britto (2007/2010). *Membros Honorários Vitalícios Gerente de Relações Externas: Aline Machado Costa Timm Editora responsável: Suzana Dias da Silva Colaboração: Ana Maria Olimpio Aguiar Periodicidade: mensal O GDI Informa a partir do Nº 158 passa a se chamar BOLETIM INFORMATIVO Crítica e sugestões: Boletim Informativo-Biblioteca - Conselho Federal da OAB, SAS Q. 05, Lote 02, Bloco N - Ed. OAB, CEP Brasília, DF. Fones: (61) , Fax: (61)

3 2 LANÇAMENTOS EDITORIAIS Direito processual penal e sua conformidade constitucional Aury Lopes Jr. Editora Lumen Juris 5ª edição Trata-se de uma densa e profunda análise de todos os institutos fundamentais do direito processual brasileiro trabalhados por este extraordinário processualista brasileiro. Obra dividida em dois volumes. Constituinte e constituição: a democracia, o federalismo, a crise contemporânea Paulo Bonavides Malheiros Editores 3ª edição Esta obra reúne vários trabalhos sobre temas de constitucionalismo do consagrado Mestre Paulo Bonavides que ajudam a compreender a história constitucional do Brasil. A jurisprudência do STF nos 20 anos da Constituição Editora Saraiva Em 2008 o Observatório da Jurisdição Constitucional, do Instituto Brasiliense de Direito Público, abrigou o projeto A Jurisprudência do STF nos 20 anos da Constituição destinados à produção de comentários de renomados jurista e alunos do programa de pósgraduação do IDP sobre as principais decisões do STF nesses dois decênios. O resultado agora é apresentado ao público, em mais uma parceria entre o IDP e a Editora Saraiva, e certamente representará um relevante instrumento de compreensão da Jurisdição Constitucional no Brasil e de seu desenvolvimento na nova ordem constitucional. 80 anos da OAB e a história do Brasil OAB Editora A obra, que tem como finalidade o registro da criação da Ordem dos Advogados do Brasil e seus 80 anos de atuação, reúne artigos de renomados juristas que retratam um pouco da nossa história e o papel da advocacia em prol da ética e da democracia.

4 3 PODER LEGISLATIVO Nº da Lei Ementa , de Publicada no DOU de Edição extra , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de Edição extra , de Publicada no DOU de Edição extra , de Publicada no DOU de Edição extra , de Publicada no DOU de Edição extra , de Publicada no DOU de Regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo; cria o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil - CAU/BR e os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal - CAUs; e dá outras providências. Altera o art. 2º e o Anexo IV da Lei nº , de 12 de agosto de 2009, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e a execução da Lei Orçamentária de 2010, e o art. 2º e o Anexo III da Lei nº , de 9 de agosto de 2010, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e a execução da Lei Orçamentária de Mensagem de veto Altera a ementa do Decreto-Lei no 4.657, de 4 de setembro de Altera a Lei no , de 28 de maio de 2003; transforma Funções Comissionadas Técnicas em cargos em comissão, criadas pela Medida Provisória no , de 6 de setembro de 2001; altera a Medida Provisória no , de 6 de setembro de 2001, e as Leis nos 8.460, de 17 de setembro de 1992, , de 27 de agosto de 2009, , de 29 de dezembro de 2003, , de 28 de novembro de 2006, , de 11 de junho de 2.010, , de 27 de maio de 2009, 8.685, de 20 de julho de 1993, , de 10 de janeiro de 2002, A, de 25 de abril de 1961, , de 15 de março de 2004, , de 9 de dezembro de 2009, e , de 4 de outubro de 2007; revoga dispositivo da Lei no 8.162, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Mensagem de veto Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor do Ministério da Integração Nacional, crédito especial no valor de R$ ,00, para os fins que especifica. Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor dos Ministérios da Justiça e da Defesa, crédito suplementar no valor global de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor dos Ministérios de Minas e Energia, dos Transportes e das Comunicações, crédito suplementar no valorglobal de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da LeiOrçamentária vigente. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor dos Ministérios da Justiça e dadefesa, crédito suplementar no valor global de R$ ,00, para reforçode dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre aos Orçamentos Fiscal e de Investimento da União, em favor da Câmara dos Deputados, do Senado Federal, das Justiças Federal, Eleitoral e do Trabalho, da Presidência da República, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e do Ministério Público

5 4 Nº da Lei Ementa da União, crédito especial no valor global de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor do Ministério dos Transportes, crédito especial no valor de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor dos Ministérios do Planejamento, Orçamento e Gestão e das Cidades, crédito suplementar no valor global de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor do Ministério do Desenvolvimento Agrário, crédito suplementar no valor de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor do Ministério da Justiça e de Operações Oficiais de Crédito, crédito especial no valor global de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor dos Ministérios do Meio Ambiente e da Integração Nacional, crédito especial no valor global de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor dos Ministérios do Planejamento, Orçamento e Gestão e das Cidades, crédito suplementar no valor global de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor dos Ministérios da Educação e da Cultura e de Operações Oficiais de Crédito, crédito suplementar no valor global de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre ao Orçamento de Investimento para 2010 crédito especial no valor total de R$ ,00, em favor de FURNAS Centrais Elétricas S.A., para os fins que especifica. Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor do Ministério da Defesa, crédito especial no valor de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor do Ministério do Meio Ambiente, crédito especial no valor de R$ ,00, para o fim que especifica. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor dos Ministérios de Minas e Energia e dos Transportes, crédito especial no valor global de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, crédito especial no valor de R$ ,00, para o fim que especifica. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor da Justiça do Trabalho, crédito suplementar no valor de R$ ,00, para reforço de

6 5 Nº da Lei Ementa dotação constante da Lei Orçamentária vigente , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de Abre ao Orçamento de Investimento para 2010 crédito especial no valor total de R$ ,00, em favor da Empresa Brasileira de Infra- Estrutura Aeroportuária - INFRAERO, para os fins que especifica. Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor das Justiças Federal, Eleitoral e do Trabalho, da Presidência da República e do Ministério Público da União, crédito suplementar no valor global de R$ ,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor da Presidência da República e do Ministério dos Transportes, crédito especial no valor global de R$ ,00, para os fins que especifica, e dá outras providências. Dispõe sobre a participação de empregados nos conselhos de administração das empresas públicas e sociedades de economia mista, suas subsidiárias e controladas e demais empresas em que a União, direta ou indiretamente, detenha a maioria do capital social com direito a voto e dá outras providências. Altera o Anexo I da Lei nº , de 7 de abril de 2008, que dispõe sobre o Plano Plurianual para o período , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de Dispõe sobre a exploração e a produção de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos, sob o regime de partilha de produção, em áreas do pré-sal e em áreas estratégicas; cria o Fundo Social - FS e dispõe sobre sua estrutura e fontes de recursos; altera dispositivos da Lei n o 9.478, de 6 de agosto de 1997; e dá outras providências. Mensagem de veto Dispõe sobre medidas tributárias referentes à realização, no Brasil, da Copa das Confederações Fifa 2013 e da Copa do Mundo Fifa 2014; promove desoneração tributária de subvenções governamentais destinadas ao fomento das atividades de pesquisa tecnológica e desenvolvimento de inovação tecnológica nas empresas; altera as Leis n os , de 17 de setembro de 2008, , de 12 de fevereiro de 2001, 9.430, de 27 de dezembro de 1996, 7.713, de 22 de dezembro de 1988, 9.959, de 27 de janeiro de 2000, , de 18 de junho de 2004, , de 13 de outubro de 2009, , de 30 de abril de 2004, , de 2 de agosto de 2004, , de 27 de agosto de 2009, 9.504, de 30 de setembro de 1997, , de 15 de dezembro de 2004, , de 7 de julho de 2009, e , de 11 de junho de 2010, os Decretos-Leis n os 37, de 18 de novembro de 1966, e 1.455, de 7 de abril de 1976; revoga dispositivos das Leis n os , de 21 de novembro de 2005, 8.630, de 25 de fevereiro de 1993, 9.718, de 27 de novembro de 1998, e , de 29 de dezembro de 2003; e dá outras providências. Mensagem de veto Altera as Leis nos 8.666, de 21 de junho de 1993, 8.958, de 20 de dezembro de 1994, e , de 2 de dezembro de 2004; e revoga o 1o do art. 2o da Lei no , de 6 de fevereiro de , de Dispõe sobre o limite de endividamento de Municípios em operações de

7 6 Nº da Lei Ementa Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de Publicada no DOU de , de 1º Publicada no DOU de , de 1º Publicada no DOU de , de 1º Publicada no DOU de crédito destinadas ao financiamento de infraestrutura para a realização da Copa do Mundo Fifa 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016, sobre imóveis oriundos da extinta Rede Ferroviária Federal S.A. - RFFSA, sobre dívidas referentes ao patrimônio imobiliário da União e sobre acordos envolvendo patrimônio imobiliário da União; transfere o domínio útil de imóveis para a Companhia Docas do Rio de Janeiro - CDRJ; altera a Medida Provisória no , de 24 de agosto de 2001, e as Leis nos 9.711, de 20 de novembro de 1998, , de 31 de maio de 2007, 9.702, de 17 de novembro de 1998, , de 8 de maio de 2003, e 9.469, de 10 de julho de 1997; e dá outras providências. Mensagem de veto Revoga o art. 508 da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de Altera a Lei no 9.615, de 24 de março de 1998, de forma a obrigar a realização de exames periódicos para avaliar a saúde dos atletas e prever a disponibilização de equipes de atendimento de emergência em competições profissionais. Fixa critério para instituição de datas comemorativas. Altera a redação do inciso II do art da Lei no , de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil), para aumentar para 70 (setenta) anos a idade a partir da qual se torna obrigatório o regime da separação de bens no casamento. Institui o Plano Nacional de Cultura - PNC, cria o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais - SNIIC e dá outras providências. Mensagem de veto Altera a Lei no , de 19 de outubro de 2006, no tocante ao subsídio dos Policiais Rodoviários Federais. Define prioridades para a destinação de produtos de origem animal e vegetal apreendidos na forma da lei, alterando as Leis nos 7.889, de 23 de novembro de 1989, e 9.972, de 25 de maio de Dispõe sobre o Sistema Nacional de Defesa Civil - SINDEC, sobre as transferências de recursos para ações de socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução nas áreas atingidas por desastre, e sobre o Fundo Especial para Calamidades Públicas, e dá outras providências.

8 7 PODER EXECUTIVO Nº do Decreto Ementa 7.423, de Publicado no DOU de Edição extra 7.422, de Publicado no DOU de Edição extra 7.421, de Publicado no DOU de Edição extra 7.420, de Publicado no DOU de Edição extra 7.419, de Publicado no DOU de Edição extra 7.418, de Publicado no DOU de Edição extra 7.417, de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de Regulamenta a Lei no 8.958, de 20 de dezembro de 1994, que dispõe sobre as relações entre as instituições federais de ensino superior e de pesquisa científica e tecnológica e as fundações de apoio, e revoga o Decreto no 5.205, de 14 de setembro de Regulamenta os incentivos de que tratam o art 11-A da Lei no 9.440, de 14 de março de 1997, e o art. 1o da Lei no 9.826, de 23 de agosto de Acresce número ao item VII da relação a que se refere o art. 7º do Regulamento aprovado pelo Decreto nº , de 12 de agosto de Concede indulto natalino e comutação de penas, e dá outras providências. Dá nova redação ao art. 21 do Anexo ao Decreto no , de 9 de março de 1972, no tocante ao hasteamento do Pavilhão Presidencial e incluindo disposição sobre o Pavilhão do Vice-Presidente. Prorroga a validade dos restos a pagar não-processados inscritos nos exercícios financeiros de 2007, 2008 e Altera os Anexos I e II do Decreto no 6.997, de 4 de novembro de 2009, relativos ao Programa de Dispêndios Globais - PDG das empresas estatais federais para 2010, e dá outras providências. Regulamenta os arts. 10 e 12 da Lei nº , de 23 de dezembro de 2009, que tratam da concessão de bolsas para desenvolvimento de atividades de ensino e extensão universitária. Institui a Política Nacional de Formação dos Profissionais da Educação Básica, dispõe sobre o Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas de Ensino Público - Profuncionário, e dá outras providências. Dispõe sobre a obrigatoriedade de exibição de obras audiovisuais cinematográficas brasileiras, e dá outras providências. Dispõe sobre a estrutura, composição, competências e funcionamento do Conselho Nacional de Segurança Pública - CONASP, e dá outras providências. Altera o Decreto no 6.306, de 14 de dezembro de 2007, que regulamenta o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários - IOF. Dispõe sobre remanejamento de cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores - DAS, aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Gratificações de Exercício em Cargo de Confiança do Gabinete de Segurança

9 8 Nº do Decreto Ementa Institucional da Presidência da República; altera o Anexo II do Decreto n o 7.063, de 13 de janeiro de 2010, e dá outras providências , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de Edição extra 7.406, de Publicado no DOU de Altera os Decretos n os 6.521, de 30 de julho de 2008, 6.359, de 18 de janeiro de 2008, 6.280, de 3 de dezembro de 2007, 6.191, de 20 de agosto de 2007, 5.743, de 4 de abril de 2006, e 5.551, de 26 de setembro de 2005, para prorrogar, em caráter excepcional, o prazo de remanejamento dos cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores - DAS. Altera o Anexo I do Decreto n o 7.094, de 3 de fevereiro de 2010, que dispõe sobre a programação orçamentária e financeira e estabelece o cronograma mensal de desembolso do Poder Executivo para o exercício de Autoriza o aumento de capital da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia - HEMOBRÁS. Aumenta o capital social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES e altera o seu Estatuto Social, aprovado pelo Decreto n o 4.418, de 11 de outubro de Dispõe sobre o remanejamento de cargo em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores - DAS e altera os arts. 2 o e 11 do Anexo I e o Anexo II ao Decreto n o 6.382, de 27 de fevereiro de , de Publicado no DOU de Edição extra 7.404, de Publicado no DOU de Edição extra 7.403, de Publicado no DOU de Edição extra 7.402, de Publicado no DOU de Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social e Econômica dos Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis o Comitê Interministerial da Inclusão Social de Catadores de Lixo criado pelo Decreto de 11 de setembro de 2003, dispõe sobre sua organização e funcionamento, e dá outras providências. Regulamenta a Lei no , de 2 de agosto de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cria o Comitê Interministerial da Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Comitê Orientador para a Implantação dos Sistemas de Logística Reversa, e dá outras providências. Estabelece regra de transição para destinação das parcelas de royalties e de participação especial devidas à administração direta da União em função da produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos em áreas do pré-sal contratadas sob o regime de concessão, de que trata o 2o do art. 49 da Lei no , de 22 de dezembro de Dispõe sobre a parcela referida no inciso II do 1o do art. 17 da Lei no 9.648, de 27 de maio de 1998, paga por titular de concessão ou autorização para exploração de potencial hidráulico.

10 9 Nº do Decreto Ementa 7.401, de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de Dispõe sobre a criação da Embaixada do Brasil em Palikir, nos Estados Federados da Micronésia, cumulativa com a Embaixada em Manila. Promulga o Protocolo Adicional ao Acordo Básico de Cooperação Técnica entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República Italiana sobre Cooperação Descentralizada, firmado em Roma, em 17 de outubro de Cria o Consulado-Geral do Brasil em Faro, na República Portuguesa. Promulga a Quarta Emenda ao Convênio Constitutivo do Fundo Monetário Internacional. Institui a Estratégia Nacional de Educação Financeira - ENEF, dispõe sobre a sua gestão e dá outras providências. Promulga o Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República do Chile sobre Cooperação em Matéria de Defesa, firmado em Santiago, em 3 de dezembro de Estabelece a remuneração para as contratações temporárias voltadas a atividades de assistência à saúde para comunidades indígenas, de que trata a Lei no 8.745, de 9 de dezembro de Prorroga, até 31 de dezembro de 2011, a redução de alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI incidentes sobre veículos de transporte, bens de capital e materiais de construção constantes dos Anexos I, V, VIII e IX do Decreto n o 6.890, de 29 de junho de 2009, e altera a Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados - TIPI, aprovada pelo Decreto n o 6.006, de 28 de dezembro de Dispõe sobre a Central de Atendimento à Mulher - Ligue , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de Aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão da Advocacia-Geral da União, aprova o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão da Procuradoria-Geral Federal e remaneja cargos em comissão para a Advocacia-Geral da União e para a Procuradoria-Geral Federal. Altera o início da vigência do Decreto nº 7.386, de 8 de dezembro de 2010, que aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Funções Gratificadas do Ministério da Fazenda. Regulamenta os arts. 6o, 11 e 12 da Lei no , de 29 de dezembro de 2009, que institui a Política Nacional sobre Mudança do Clima - PNMC, e dá outras providências. Regulamenta o incentivo de que trata o art. 11- B da Lei no 9.440, de 14 de março de 1997, que estabelece incentivos fiscais para o desenvolvimento regional.

11 10 Nº do Decreto Ementa 7.388, de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de Publicado no DOU de , de 1º Publicado no DOU de , de 1º Publicado no DOU de , de 1º Publicado no DOU de , de 1º Publicado no DOU de Dispõe sobre a composição, estruturação, competências e funcionamento do Conselho Nacional de Combate à Discriminação - CNCD. Institui o Inventário Nacional da Diversidade Linguística e dá outras providências. Aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Funções Gratificadas do Ministério da Fazenda, e dá outras providências. Institui o Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA- SUS, e dá outras providências. Promulga o Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República do Benim sobre o Exercício de Atividade Remunerada por parte de Dependentes do Pessoal Diplomático, Consular, Militar, Administrativo e Técnico, firmado em Cotonou, em 13 de março de Dá nova redação a dispositivos do Decreto n o 7.137, de 29 de março de 2010, que autoriza a prorrogação e concede desconto para liquidação de operações de crédito rural contratadas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte - FNO, de que trata o art. 56 da Lei n o , de 17 de setembro de Regulamenta os Capítulos I a VI e VIII da Lei nº , de 4 de março de 2009, que dispõe sobre as atividades relativas ao transporte de gás natural, de que trata o art. 177 da Constituição Federal, bem como sobre as atividades de tratamento, processamento, estocagem, liquefação, regaseificação e comercialização de gás natural. Regulamenta a Lei nº , de 17 de setembro de 2008, que dispõe sobre a Política Nacional de Turismo, define as atribuições do Governo Federal no planejamento, desenvolvimento e estímulo ao setor turístico, e dá outras providências. Dá nova redação ao art. 33 do Decreto no 2.594, de 15 de maio de 1998, que regulamenta a Lei no 9.491, de 9 de setembro de Dá nova redação e acresce dispositivos ao Decreto no 6.555, de 8 de setembro de 2008, que dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências. Aprova o Macrozoneamento Ecológico-Econômico da Amazônia Legal - MacroZEE da Amazônia Legal, altera o Decreto no 4.297, de 10 de julho de 2002, e dá outras providências. Promulga o Acordo-Quadro sobre Complementação Energética Regional entre os Estados Partes do Mercosul e Estados Associados, protocolizado ao amparo do Tratado de Montevidéu de 1980 como Acordo de Alcance Parcial de Promoção do Comércio no 19 (AAP.PC no 19), celebrado em Montevidéu, em 9 de dezembro de 2005, entre a República Federativa do

12 11 Nº do Decreto Ementa Brasil, a República Argentina, a República do Paraguai, a República Oriental do Uruguai, a República da Colômbia, a República do Chile, a República do Equador e a República Bolivariana da Venezuela , de 1º Publicado no DOU de Cria a Embaixada do Brasil em Tarawa, na República de Kiribati, cumulativa com a Embaixada em Wellington.

13 12 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL ACÓRDÃOS (DJ , p. 67) CONSELHO FEDERAL PRIMEIRA CÂMARA MARCUS VINÍCIUS FURTADO COELHO PRESIDENTE ACÓRDÃOS/RECURSOS/DESPACHOS Recurso nº Recorrente: Jorge Luis Martins OAB/DF Advogado: Francisco Lúcio da França OAB/SP Recorrido: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Relator: Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves (PE). Ementa/PCA/91/2010. Transferência de inscrição da Seccional do DF para Seccional de SP - Vício na inscrição originária - Inocorrência - A reprovação em inúmeros exames prestados na seccional cuja transferência se postula não se constitui, por si só, como indícios de fraude no exame prestado em outra Seccional - A prova de domicílio funcional recorrente no Distrito Federal, à época de sua submissão ao exame, é suficiente para revelar ausência de vício na inscrição originária Provimento 109/2005 não se sobrepõe ao Art. 72, Caput, do Código Civil - Recurso que se dá provimento para confirmar a validade da inscrição originária e deferir a transferência. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em prover o recurso, confirmando a validade da inscrição originária e deferindo a transferência. Impedido de votar o representante Seccional da OAB/SP. Brasília, 18 de outubro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves, Conselheiro Relator. (DJ , p. 67) Recurso nº Recorrente: Osires Aparecido Ferreira de Miranda, OAB/SP Recorrido: Conselho Seccional da OAB/SP. Interessado: José Kioshi Taniguch - Tenente Coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Relator: Felipe Sarmento Cordeiro (AL). Relator para acórdão: Rafael de Assis Horn (SC). Ementa/PCA/92/2010. RECURSO. CONTRA DECISÃO UNÂNIME. ANÁLISE DO CABIMENTO. DISPOSITIVO LEGAL PRETENSAMENTE VIOLADO NÃO MENCIONADO NAS RAZÕES RECURSAIS. POSSÍVEL CONSTAR, PELA LEITURA DA PEÇA RECURSAL, ARGUMENTOS E ALEGAÇÕES NO SENTIDO DE APONTAR SUPOSTA VIOLAÇÃO AO ART. 18 DO EAOAB PELA DECISÃO RECORRIDA. CONHECIMENTO. PEDIDO DE DESAGRAVO INCABÍVEL. EM QUE PESE ALGUM EXCESSO NO LINGUAJAR DA AUTORIDADE, INEXISTEM ELEMENTOS QUE DÃO ENSEJO AO DESAGRAVO. OFENSA OCORRIDA SEIS ANOS ATRÁS E INCAPAZ DE ATINGIR AS PRERROGATIVAS DA CLASSE. NEGADO PROVIMENTO. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, por maioria de votos, em conhecer do recurso interposto e, também por maioria, negar provimento ao recurso, nos termos do voto do relator.

14 Impedido de votar o representante da Seccional da OAB/SP. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Rafael de Assis Horn, Conselheiro para Acórdão. (DJ , p. 67) Representação nº Representante: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Representado: Conselho Seccional da OAB/Acre. Interessado: Luiz Eduardo da Silva Jamberg, OAB/AC Relator: Evandro Luiz Castello Branco Pertence (DF). Redistribuição: José Danilo Correia Mota (CE). Vista: Luiz Viana Queiroz (BA). Ementa/PCA/93/2010. Representação. Vício na inscrição original. Ausência de prova de domicílio na seccional do exame de ordem. Não havendo prova de domicílio do advogado na Seccional onde fez Exame de Ordem, declara-se a nulidade original e cancela-se a inscrição. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, por maioria (11 x 3), no sentido de acolher o voto divergente, parte integrante deste, pela procedência da representação e o conseqüente cancelamento da inscrição. Impedido de votar o representante da Seccional da OAB/SP. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Luiz Viana Queiroz, Relator para acórdão. (DJ , p. 67) Representação nº Representante: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Representado: Conselho Seccional da OAB/Rio de Janeiro. Interessada: Mônica Regina Teixeira, OAB/RJ Relator: Miquéias Matias Fernandes (AM). Ementa/PCA/94/2010. Inscrição suplementar. Direito do advogado previsto no art. 10, 3º do EAOAB. Comprovado que o bacharel possuía domicílio na cidade onde realizou o Exame de Ordem e a inscrição principal. Inexistência de nulidade na inscrição original. É direito/dever a transferência da inscrição principal para a Seccional para onde transferiu seu domicílio profissional. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em julgar improcedente a representação nos termos do voto do Relator. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/RJ e OAB/SP. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Miquéias Matias Fernandes, Conselheiro Relator. (DJ , p. 67) Recurso nº Recorrente: Claudio Pacheco Prates Lamachia - Presidente do Conselho Seccional da OAB/Rio Grande do Sul. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Rio Grande do Sul. Interessado: Mário Hertz, OAB/RS Advogado do Interessado: Mário Frederico Wunderlich OAB/RS Relator: Conselheiro Felicíssimo José da Sena (GO). Relator ad hoc: Miguel Eduardo Britto Aragão (SE). Ementa/PCA/95/2010. Recurso interposto por Presidente da Seccional em face de decisão proferida pelo Conselho Respectivo. Intempestividade do recurso. O prazo para interposição de recurso é de 15 (quinze) dias. A contagem do prazo para interposição tem início a partir do conhecimento inequívoco da decisão recorrida. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em não conhecer do recurso, nos termos do voto do Relator. Impedido de votar o representante Seccional da OAB/RS. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Miguel Eduardo Britto Aragão, Conselheiro Relator ad hoc. (DJ , p. 67) 13

15 14 Recurso nº: Recorrente: Marcelo Felício Lo Monaco, OAB/SP Recorrido: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Relatora: Conselheira Sandra do Socorro do Carmo Oliveira (AP). Ementa/PCA/96/2010. Servidor público ocupante do cargo de analista processual do MP. Incompatibilidade. Incursão no inciso II do artigo 28 do estatuto da OAB. Cancelamento da inscrição na OAB de origem. Incidência do artigo 11, IV do Estatuto. Cargo permanente. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em conhecer dos recursos e negar-lhes provimento nos termos do voto da Relatora. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/SP. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Sandra do Socorro do Carmo Oliveira, Conselheira Relatora. (DJ , p. 67) Representação nº Representante: Conselho Seccional da OAB/Mato Grosso. Representados: Conselho Seccional da OAB/Goiás e Conselho Seccional da OAB/AM. Interessado: A.H.D.S.N. (Antonio Horácio da Silva Neto, OAB/AM 7277). Interessado: M.S.D.B. Advogado: Marcos Souza de Barros, OAB/MT 3947 e outros. Relator: Conselheiro Federal José Guilherme Carvalho Zagallo (MA). Ementa/PCA/97/2010. Representação contra deferimento de inscrição a magistrado aposentado compulsoriamente por conduta incompatível. Perda de objeto face ao cancelamento exofficio da inscrição pela seccional representada pelo retorno do advogado ao exercício da magistratura por força de decisão judicial. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade, no sentindo de acolher o voto do relator, parte integrante deste. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. José Guilherme Carvalho Zagallo, Conselheiro Relator. (DJ , p. 67/68) Recurso nº Recorrente: C.A.C.C. Advogado: Paulo Barbosa Gonçalves OAB/RS Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Rio Grande do Sul. Relator: Guilherme Octávio Batochio (SP). Ementa/PCA/98/2010. Perda de idoneidade moral - Exclusão - Exigência de quorum qualificado de 2/3 dos Conselheiros - inteligência do Art. 38, parágrafo único do Estatuto da Advocacia da OAB - Inocorrência - Nulidade Decretada. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, por maioria de votos, no sentido de anular o julgamento levado a efeito aos 27/11/2009. Impedido de votar o representante Seccional da OAB/RS. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Guilherme Octávio Batochio, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº: Recorrente: Cláudia Molinaro Aloise. Advogado: Eduardo Barcellos Figueiredo, OAB/RJ Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Rio de Janeiro. Relator: Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves (PE). Ementa/PCA/99/2010. Pedido de conversão de cancelamento de inscrição em licenciamento - Pleito formulado após decurso de mais de 5 (cinco) anos do deferimento do cancelamento - Alegação de problemas de saúde mental - Propósito de contagem de

16 períodos descontínuos do exercício da profissão para fins de enquadramento no provimento nº 102/2004 do CF da OAB Impossibilidade jurídica - Cancelamento de inscrição que se operou como ato jurídico perfeito e acabado - A cura de quadro depressivo, aliada ao superveniente interesse em se somar períodos descontínuos de advocacia, não são fundamentos hábeis para que se "transforme" a disciplina jurídica da situação da recorrente junto à OAB em tempo pretérito - recurso que se nega provimento. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, pelo improvimento do recurso para manutenção da decisão recorrida. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/RJ. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº: Recorrente: Luciano Silveira. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/ Santa Catarina. Relatora: Conselheira Cléa Carpi da Rocha (RS). Vista: Conselheiro José Guilherme Zagallo (MA). Ementa/PCA/100/2010. Ocupante de cargo de Técnico em Contabilidade, lotado no Serviço de Dívida Ativa da Procuradoria Geral da Fazenda, exerce função com poder de decisão relevante sobre interesse de terceiros. Incidência do Art.28, incisos III, VII e parágrafo 2º da Lei nº 8.096/94. Inscrição indeferida. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em conhecer do recurso, mas julgá-lo improcedente, nos termos do voto da Relatora. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/SC. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Cléa Carpi da Rocha, Conselheira Relatora. José Guilherme Carvalho Zagallo, Conselheiro Revisor. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Valdenir Iara Aprigio, OAB/RJ , Advogada: Mônica Regina Teixeira, OAB/RJ Recorrido: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Relator: Conselheiro José Danilo Correia Mota (CE). Ementa/PCA/101/2010. Pedido de inscrição suplementar. Exame de Ordem realizado em Seccional diversa daquela onde concluíra o curso. 1. Afirmação da candidata de residência fixa em um Estado não é óbice a que comprove endereço também noutra jurisdição da OAB em determinados períodos. 2. Documentos satisfatórios para comprovar o domicílio também na Seccional em que a advogada se inscreveu. Inscrição suplementar deferida. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em julgar procedente o recurso nos termos do voto do Conselheiro Relator. Impedidos de votar os representantes das Seccionais da OAB/SP e OAB/RJ. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. José Danilo Correia Mota, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Fineio Vieira de Souza, OAB/PR Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Paraná. Relatora: Conselheira Meire Lúcia Monteiro Coelho (DF). Ementa/PCA/102/2010. Inscrição definitiva nos quadros da OAB/PR. Denúncia de incompatibilidade com o cargo Agente Penitenciário. Omissão de informação funcional. Recurso alega que desvio de função é acatada pelo Estado e 15

17 afasta o cargo da atividade policial. Descumprimento de requisito inerente ao art. 8º, inciso V do EAOAB. Descumprimento do Art. 28, V, EAOAB. Inscrição eivada de vício inicial. Nulidade. Cancelamento da inscrição ab initio. Improvimento do Recurso. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em conhecer do recurso e negá-lo provimento, nos termos do voto da Conselheira Relatora. Impedido de votar o representante da Seccional da OAB/PR. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Meire Lucia Monteiro Mota Coelho, Conselheira Relatora. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Damião Henriques Cavalcante Santos, OAB/AC Advogado: José Maria Lucas, OAB/SP e outros. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Relator: Conselheiro Ednaldo Gomes Vidal (RR). Ementa/PCA/103/2010. PRELIMINARES DE NULIDADES EM FACE DE PARTICIPAÇÃO DE ADVOGADOS NÃO CONSELHEIROS NO JULGAMENTO E CERCEAMENTO AO DIREITO DE DEFESA EM FACE DE AUSÊNCIA DE INTIMAÇÃO DO ADVOGADO CONSTITUÍDO PELA PARTE. 1ª PRELIMINAR NEGADA EM FACE DA SÚMULA 01/2007 DO ÓRGÃO ESPECIAL. 2ª PRELIMINAR ACATADA. POSTO QUE, NÃO CONSTA INTIMAÇÃO DO ADVOGADO CONSTITUÍDO PARA SESSÃO DE JULGAMENTO OCORRIDO NO DIA 18 DE AGOSTO DE Considerando que é imperioso e causa nulidade intransponível a ausência de intimação do advogado para o julgamento quando devidamente instrumentalizado nos autos por mandato (fl. 68), tenho como matéria insuperável. Mercê do acolhimento em preliminar. Cerceamento de Defesa caracterizado. 2 - Julgamento depois de intimado as partes. Recurso conhecido e provido. Decisão indiscrepante. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em julgar procedente o recurso nos termos do voto do Conselheiro Relator. Impedidos de votar o Representante Seccional da OAB/SP. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Ednaldo Gomes Vidal, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº: Recorrente: Martha Rodrigues Sgobbi, OAB/AC Advogado: Fernando Manfredo Fialdini, OAB/SP e outros. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Relator: José Antônio Tadeu Guilhen (MT). Ementa/PCA/104/2010. Não cabe recurso ao Conselho Federal de decisões unânimes proferidas pelo Conselho Seccional, que não contrariam o Estatuto da Advocacia e da OAB, decisão do Conselho Federal ou de outro Conselho Seccional, o Código de Ética e Disciplina, o Regulamento Geral e os Provimentos, consoante dispõe o Art. 75, do referido Estatuto. Recurso não conhecido. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em não conhecer do recurso. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/SP. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. José Antônio Tadeu Guilhen, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) 16

18 Recurso nº Recorrente: Paulo Roberto de Borba - Presidente do Conselho Seccional da OAB/Santa Catarina. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Santa Catarina. Interessado: André Luiz Premoli. Advogado: Antonio Carlos Premoli, OAB/SC Relator: Conselheiro Federal José Guilherme Carvalho Zagallo (MA). Ementa/PCA/105/2010. Incompatibilidade para o exercício da advocacia do ocupante de cargo público vinculado indiretamente a atividade policial de qualquer natureza em unidade prisional. Incompatibilidade do art. 28, inciso V, da lei 8.906/94. Indeferimento da Inscrição. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade, no sentindo de acolher o voto do relator, parte integrante deste, reformando a decisão recorrida e determinando o indeferimento da inscrição do recorrido. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. José Guilherme Carvalho Zagallo, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº: Recorrente: Sabrina de Oliveira Santana, OAB/SC Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Santa Catarina. Relator: José Antônio Tadeu Guilhen (MT). Ementa/PCA/106/2010. Não cabe recurso ao Conselho Federal de decisões unânimes proferidas pelo Conselho Seccional, que não contrariam o Estatuto da Advocacia e da OAB, decisão do Conselho Federal ou de outro Conselho Seccional, o Código de Ética e Disciplina, o Regulamento Geral e os Provimentos, consoante dispõe o Art. 75, do referido Estatuto. Correta é a decisão que declara a incompatibilidade do cargo de técnico administrativo perante o Ministério Público Federal com o exercício da advocacia, nos termos do art. 28, II do EAOAB e Súmula 2/2009 do Órgão Especial do Conselho Pleno do Conselho Federal da OAB. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em não conhecer do recurso. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/SC. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. José Antônio Tadeu Guilhen, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Leonisio Lauro Marques, OAB/SC Advogado: Nícolas Chales Marques, OAB/SC Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Santa Catarina. Relator: Conselheiro Afeife Mohamad Hajj (MS). Ementa/PCA/107/2010. Recurso. Pedido de inscrição originária sem Exame de Ordem. Inteligência do art. 84 da Lei Federal n /94 (EAOAB) cumulado com o art. 7º, par. Único, da Resolução n. 02/94 e art. 1º do Provimento 81/96. Ausência de direito adquirido. Inexistência de inscrição definitiva no quadro indeferida. Recorrente sujeito as regras do art. 8º do EAOAB. Recurso improvido. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os Conselheiros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade, pelo improvimento do recurso. Impedido de votar o representante Seccional da OAB/SC. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Afeife Mohamad Hajj, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Moisés Antônio Knopf dos Santos. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Rio Grande do Sul. Relator: Conselheiro Vital Bezerra Lopes (PB). Ementa/PCA/107/2010. INSCRIÇÃO NOS QUADROS DE 17

19 ESTAGIÁ-RIOS DA OAB/RS. PEDIDO DE PRORROGAÇÃO. PRAZO SUPERIOR A 03 (TRÊS) ANOS. IMPOSSIBILIDADE. INTELIGÊNCIA DO ART. 9º DA LEI 8.906/94 C/C ART. 35 DO SEU REGULAMENTO GERAL. 1 - Não há que se falar em prorrogação de inscrição nos quadros de estagiário da seccional que exceda o limite estabelecido em lei de 03 (três) anos, incluído o período realizado na condição de bacharel em Direito. 2 - A condição do estágio profissional de advocacia pressupõe transitoriedade, a fim de melhor formação pedagógica e intelectual do estagiário antes do exercício profissional na forma legal. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em negar provimento ao recurso, nos termos do voto do relator. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/RS. Brasília, 16 de novembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Vital Bezerra Lopes, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Representação nº Representante: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Representado: Conselho Seccional da OAB/Goiás. Interessado: Sérgio de Almeida Prado Capps - OAB/GO Relator: Conselheiro Sérgio Eduardo da Costa Freire (RN). Ementa/PCA/108/2010. REPRESENTAÇÃO. PEDIDO DE INSCRIÇÃO POR TRANSFERÊNCIA. VÍCIO APONTADO QUE NÃO MERCE PROSPERA, TENDO EM VISTA A INEXISTÊNCIA DE INTENÇÃO DE FRAUDE E MÁ-FE DO INTERESSADO. PROVA DO DOMICÍLIO. IMPROCEDÊNCIA DA REPRESENTAÇÃO. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos estes autos, acordam os Senhores Conselheiros integrantes da Primeira Câmara do CFOAB, por unanimidade, conhecer do recurso e dar-lhe provimento, nos termos do voto do Relator. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/SP. Brasília, 6 de dezembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Sérgio Eduardo da Costa Freire, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Representação nº Representante: Conselho Seccional da OAB/São Paulo. Representado: Conselho Seccional da OAB/Minas Gerais. Interessada: Janaína do Nascimento Nunes, OAB/MG Relator: Conselheiro Frederico Coelho de Souza (PA). Ementa/PCA/109/2010. Pedido de transferência de inscrição para OAB/SP. Inscrição originária na OAB/MG. Suspensão na Seccional de São Paulo e Representação ao Conselho Federal por suposto vício ou ilegalidade. Não caracterização de fraude. Precedentes da Primeira Câmara do Conselho Federal. Representação improcedente. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em conhecer da Representação, mas julgá-la improcedente, nos termos do voto do Relator. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/SP. Brasília, 6 de dezembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Frederico Coelho de Souza, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Magnus Körbes, OAB/RS Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Rio Grande do Sul. Relator: Conselheiro Frederico Coelho de Souza (PA). Ementa/PCA/110/2010. Pedido de isenção de débitos de anuidade. Profissional inscrito em Período contabilizado desde o ano da formatura. Inaplicabilidade da resolução 11/2007. Improcedência do pedido de 18

20 retificação de classes de anuidades. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, à unanimidade de votos, em conhecer do recurso, mas negar-lhe provimento, nos termos do voto do relator. Impedido de votar o Representante Seccional da OAB/RS. Brasília, 6 de dezembro de Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. Frederico Coelho de Souza, Conselheiro Relator. (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Flávio José Pedro. Recorrido: Conselho Seccional da OAB/Paraná. Relator: Conselheiro Frederico Coelho de Souza (PA). Relator para Acórdão: José Danilo Correia Mota (CE). Ementa/PCA/111/2010. Agente Socioeducativo. Incompatibilidade. É ampla a abrangência dos cargos ou funções vinculados à atividade policial de que cuida o Art. 28, V, da Lei 8.906/94. É incompatível com o exercício da advocacia, a função desempenhada pelos Agentes Socioeducativos, que tenham dentre suas atribuições a vigilância e escolta de adolescentes. Inscrição indeferida. Recurso improvido. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, por maioria de votos (13 x 3), em conhecer do recurso, mas lhe negar provimento nos termos do voto divergente. Brasília, 6 de dezembro. Marcus Vinícius Furtado Coêlho, Presidente da Primeira Câmara. José Danilo Correia Mota, Conselheiro para Acórdão. (DJ , p. 68) AUTOS COM VISTA AOS RECORRIDOS (DJ , p. 68) Os processos a seguir relacionados encontram-se com vista aos Recorridos/ Interessados para, no prazo de 15 (quinze) dias, querendo, apresentarem contrarrazões/manifestação aos recursos interpostos. 1 - Recurso Recorrente: Conselho Seccional da OAB/Paraná. Recorrido: Paulo Carneiro da Silva OAB/RO Advogado: Adelino Rodrigues dos Santos, OAB/PR Recurso Recorrente: Ilson Andrade Silva, OAB/TO Advogado: Hassem Haluen, OAB/SP Recorridos: Conselho Seccional da OAB/São Paulo e Conselho Seccional da OAB/Acre. DESPACHOS (DJ , p. 68) Recurso nº Recorrente: Mariangela Ferreira Bortolozzo. Recorrida: Conselho Seccional da OAB/Rio Grande do Sul. Relator: Conselheiro Federal Celso Ceccatto (RO). DESPACHO: (...) Feito um exame preliminar, constato que o objeto de exame recursal versa sobre matéria atinente a conduta ética (inidoneidade) e, neste caso, dita o RG/EAOAB, que em sede recursal a matéria é de competência da Segunda Câmara (art. 89, I). Por sua vez, o art. 188, também do RG, estabelece que, excetuados os embargos de declaração, os recursos são dirigidos ao órgão julgador superior competente. Insta salientar que, in casu, não estamos a tratar de hipótese de pedido de inscrição, em que se verifique impeditivo de ordem ética a obstálo. Estamos, isto sim, 19

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 26 de outubro de 2005

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 26 de outubro de 2005 PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 01 /12 /2005 Fls. Processo nº: E04/261.891/1998 Data: 11/09/1998 Fls. SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 26 de outubro de 2005

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 781.703 - RS (2005/0152790-8) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : UNIÃO : MARCOS ROBERTO SILVA DE ALMEIDA E OUTROS : WALDEMAR MARQUES E OUTRO EMENTA

Leia mais

QUEM É QUE ESTÁ DISPENSADO DO EXAME DE ORDEM DA OAB?

QUEM É QUE ESTÁ DISPENSADO DO EXAME DE ORDEM DA OAB? QUEM É QUE ESTÁ DISPENSADO DO EXAME DE ORDEM DA OAB? Autor: Joselito Alves Batista. Advogado atuante na Capital do Estado de São Paulo, graduado pela Universidade São Francisco, pós-graduado em Direito

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 236/97 - Plenário - Ata 42/97 Processo nº TC 299.048/93-4. Interessados: Byron Costa Queiroz, Presidente, e Osmundo Evangelista Rebouças, Presidente

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Protocolo: 35475.000930/2013-94 Tipo do Processo: Benefício Unidade de Origem: APS Jaú/SP Nº de Protocolo do Recurso:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.311.383 - RS (2012/0041009-1) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : ANTONIO CHAGAS DE ANDRADE ADVOGADOS : MARCELO LIPERT E OUTRO(S) ROBERTO DE FIGUEIREDO

Leia mais

Representado: A. A.: PRESCRIÇÃO. PRETENSÃO PUNITIVA. NOTIFICAÇÃO PESSOAL. LUSTRO TRANSCORRIDO. AUSENCIA DE CAUSA INTERRUPTIVA. RECONHECIMENTO DE OFICIO. Opera-se a prescrição da pretensão à punibilidade

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

:PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Em revisão : RENATO BARROSO BERNABE E OUTRO(A/S) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - CONDSEF

:PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Em revisão : RENATO BARROSO BERNABE E OUTRO(A/S) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - CONDSEF RECURSO EXTRAORDINÁRIO 693.456 RIO DE JANEIRO RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECTE.(S) :FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA - RECDO.(A/S) FAETEC :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO : RENATO BARROSO

Leia mais

EMENTA EMENTA. Representado: P. M. S. - LOCUPLETAMENTO E AUSENCIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS INFRAÇÃO DISCIPLINAR SUSPENSÃO

EMENTA EMENTA. Representado: P. M. S. - LOCUPLETAMENTO E AUSENCIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS INFRAÇÃO DISCIPLINAR SUSPENSÃO Recorrente: R. P.: ADVOGADO. LOCUPLETAMENTO A CUSTA DE CLIENTE COMPROVADA. DEVOLUÇÃO DO VALOR CONFIGURADA VIOLAÇÃO EXPRESSADA NO ARTIGO 34, XX, XXI DA LEI N 8906/94. PROCEDENCIA DA REPRESENTAÇÃO. O recebimento

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 575.590 - RS (2003/0130567-7) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI RECORRENTE : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADOR : LUCIANA MABILIA MARTINS E OUTROS RECORRIDO : BANCO DO BRASIL

Leia mais

DECISÕES» ISS. 3. Recurso especial conhecido e provido, para o fim de reconhecer legal a tributação do ISS.

DECISÕES» ISS. 3. Recurso especial conhecido e provido, para o fim de reconhecer legal a tributação do ISS. DECISÕES» ISS INTEIRO TEOR. EMENTA. TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. ATIVIDADE DE INCORPORAÇÃO DE IMÓVEIS. EXISTÊNCIA DE DOIS CONTRATOS: O DE COMPRA E VENDA E O DE EMPREITADA. CARACTERIZAÇÃO DE FATO GERADOR

Leia mais

BOLETIM DE PESSOAL E SERVIÇO - V.3 N º 45 Brasília - DF, 07 de Novembro de 2008 SUMÁRIO I - DIRETORIA

BOLETIM DE PESSOAL E SERVIÇO - V.3 N º 45 Brasília - DF, 07 de Novembro de 2008 SUMÁRIO I - DIRETORIA BOLETIM DE PESSOAL E SERVIÇO - V.3 N º 45 Brasília - DF, 07 de Novembro de 2008 SUMÁRIO I - DIRETORIA 01 II - ÓRGÃOS DE ASSISTÊNCIA DIRETA E IMEDIATA À DIRETORIA DA ANAC a) Gabinete b) Assessoria de Relações

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 719.474 - SP (2015/0125771-3) RELATOR AGRAVANTE PROCURADOR AGRAVADO : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES : MUNICIPIO DE GUARULHOS : ANA PAULA HYROMI YOSHITOMI : CECÍLIA CRISTINA

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ ATA DA 7ª SESSÃO DE JULGAMENTO DO ANO DE 2015 DA 05ªTR, REALIZADA NO DIA 30/06/2015 ÀS 14:00 h QUANDO PUBLICADAS AS DECISÕES,

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROC: 1/004193/2004 \ AL: 1/200410475 ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/004193/2004 AUTO

Leia mais

DECISÃO. Relatório. Tem-se do voto condutor do julgado recorrido:

DECISÃO. Relatório. Tem-se do voto condutor do julgado recorrido: DECISÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO. CONSTITUCIONAL. DESAPROPRIAÇÃO POR INTERESSE SOCIAL PARA FINS DE REFORMA AGRÁRIA. CLASSIFICAÇÃO DA PROPRIEDADE RURAL. INCLUSÃO DE ÁREAS NÃO APROVEITÁVEIS. PRECEDENTE DO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.191.881 - RJ (2010/0080549-7) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : RECOMEX REPRESENTAÇÃO E COMÉRCIO EXTERIOR LTDA ADVOGADO : ALBERTO DAUDT DE OLIVEIRA E OUTRO(S)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2013.0000216806 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0196471-72.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante SOCIORTHO COMERCIO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 26.044 - MS (2008/0000154-1) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : MÁRCIA ARAÚJO LIMA : IGOR NAVARRO RODRIGUES CLAURE

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 08/09/2015

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 08/09/2015 SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ Atualizado em 08/09/2015 RESOLUÇÃO STJ/GP N. 3 DE 5 DE FEVEREIRO DE 2015. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno de autos no âmbito do

Leia mais

Estado de Goiás Procuradoria-Geral do Estado Procuradoria Judicial

Estado de Goiás Procuradoria-Geral do Estado Procuradoria Judicial Interessados: L. P. D. Processo : 2008.0000.300.6494 Assunto : Ação de Cobrança Expurgos Inflacionários Condenação no Juízo Singular Apelação Provimento Parcial Embargos Declaratórios Improcedência - Dispensa

Leia mais

W PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 5443 Processo SUSEP n 15414.

W PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 5443 Processo SUSEP n 15414. . MINISTÉRIO DA FAZENDA W PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 5443 Processo SUSEP n 15414.004535/2002-35 RECORRENTE: RECORRIDA: COMPANIIIA DE SEGUROS

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal )1( oãdróca atneme97404 RgA-ER Diário da Justiça de 06/11/2006 10/10/2006 SEGUNDA TURMA RELATOR : MIN. CEZAR PELUSO AGRAVANTE(S) : AXA SEGUROS BRASIL S/A ADVOGADO(A/S) : FRANCISCO CARLOS ROSAS GIARDINA

Leia mais

ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 2006 PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA

ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 2006 PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA Mensagem Presidencial Projeto de Lei Orçamentária - 2006 Secretaria de Orçamento Federal Ministério do Planejamento REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EDcl no MANDADO DE SEGURANÇA Nº 13.873 - DF (2008/0219759-2) RELATOR EMBARGANTE ADVOGADA EMBARGADO PROCURADOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : INSTITUTO NOSSA SENHORA DO CARMO : PRISCILLA TRUGILLO MONELLO

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 20/07/2010 Fls. 08 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 08 de dezembro de 2009 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 36.007 (26.807) ACÓRDÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 21.628 - SP (2007/0158779-3) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : AGOSTINHO FERRAMENTA DA SILVA JÚNIOR ADVOGADO : JULIANA FERRAMENTA DA SILVA RECORRIDO : TRIBUNAL DE

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS fls. 122 Processo: 0135890-46.2012.8.06.0001 - Apelação Apelante: Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metrolitana de Fortaleza - SINDIGUARDAS Apelado: Município de Fortaleza Vistos etc. DECISÃO

Leia mais

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00.

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00. Recurso nº 4481 Processo SUSEP nº 15414.004750/2006-60 PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Realizar operação financeira com pessoa jurídica ligada

Leia mais

II - Locação de Imóveis: a) 33903615 - Locação de Imóveis b) 33903910 - Locação de Imóveis

II - Locação de Imóveis: a) 33903615 - Locação de Imóveis b) 33903910 - Locação de Imóveis PORTARIA N o 172, DE 27 DE MAIO DE 2015 O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II do Parágrafo único do art. 87, da Constituição Federal,

Leia mais

(4' IRA DE ALMEIDA Presidente

(4' IRA DE ALMEIDA Presidente (çk - MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP--- --- -- 196 Sessão Recurso n 5886 Processo SUSEP n

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA EMENTA PREVIDENCIÁRIO. APOSENTADORIA. CONTAGEM DE TEMPO DE SERVIÇO EXERCIDO EM CONDIÇÕES ESPECIAIS. COMPROVAÇÃO POR MEIO DE FORMULÁRIO PRÓPRIO. POSSIBILIDADE ATÉ

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA AGRAVANTE : ONDREPSB LIMPEZA E SERVIÇOS ESPECIAIS LTDA ADVOGADO : IVAR LUIZ NUNES PIAZZETA E OUTRO(S) AGRAVADO : FAZENDA NACIONAL PROCURADORES : ANGELA T GOBBI ESTRELLA

Leia mais

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES REQUERENTE(S) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA REQUERIDO(A/S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO REQUERIDO(A/S) :

Leia mais

PU8L~ADO EM SESSlo ACÓRDÃO N 20.018 (17.9.2002) RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 20.018 - CLASSE 22 a - RIO GRANDE DO NORTE (Natal).

PU8L~ADO EM SESSlo ACÓRDÃO N 20.018 (17.9.2002) RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 20.018 - CLASSE 22 a - RIO GRANDE DO NORTE (Natal). PU8L~ADO EM SESSlo TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 20.018 (17.9.2002) RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 20.018 - CLASSE 22 a - RIO GRANDE DO NORTE (Natal). Relator: Ministro Fernando Neves. Recorrente:

Leia mais

EMENTA EMENTA EMENTA. Representado: F. J. S. B.: RETENÇÃO DE AUTOS. comprovado que o representado foi intimado pessoalmente a devolver os autos,

EMENTA EMENTA EMENTA. Representado: F. J. S. B.: RETENÇÃO DE AUTOS. comprovado que o representado foi intimado pessoalmente a devolver os autos, Representada: R. R. T.: RETER ABUSIVAMENTE autos com vista, por advogado devidamente notificada, é infração passível de suspensão do exercício profissional. Infração prevista no artigo 34, inciso XXII,

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº 460.698-6 - 26.08.2004

APELAÇÃO CÍVEL Nº 460.698-6 - 26.08.2004 -1- EMENTA: ANULATÓRIA ADMINISTRADORAS DE CARTÃO DE CRÉDITO NÃO INTEGRAÇÃO AO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ENCARGOS LIMITAÇÃO CLÁUSULA MANDATO VALIDADE APORTE FINANCEIRO OBTIDO NECESSIDADE DE COMPROVAÇÃO.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal )1( oãdróca atneme86242 DE-SM Diário da Justiça de 09/06/2006 03/05/2006 TRIBUNAL PLENO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES EMBARGANTE(S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO EMBARGADO(A/S) : FERNANDA

Leia mais

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 618, DE 2004 (Nº 885/2003, na Câmara dos Deputados)

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 618, DE 2004 (Nº 885/2003, na Câmara dos Deputados) Maio de 2004 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Quinta-feira 27 16139 1) De acordo 2) Encaminhe-se o processo ao Departamento de Fiscalização e Outorgas para prosseguimento. São Paulo, 26 de junho de 1997. Eduardo

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA PRIMEIRO CONSELHO DE CONTRIBUINTES SEGUNDA CÂMARA

MINISTÉRIO DA FAZENDA PRIMEIRO CONSELHO DE CONTRIBUINTES SEGUNDA CÂMARA MINISTÉRIO DA FAZENDA PRIMEIRO CONSELHO DE CONTRIBUINTES SEGUNDA CÂMARA Processo nº : 11080.002645/00-42 Recurso nº : 144.361 Matéria : IRPF - EX.: 1998 Recorrente : TÂNIA REGINA ESTEVES MARQUES Recorrida

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Dispõe sobre o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico FNDCT, e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O

P O D E R J U D I C I Á R I O Registro: 2013.0000791055 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0024907-79.2012.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é apelante CRIA SIM PRODUTOS DE HIGIENE

Leia mais

LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA NOTÍCIA

LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA NOTÍCIA Boletim Informativo LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA NOTÍCIA Nº 256 SETEMBRO DE 2010 GERÊNCIA DE REL AÇÕES EXTERNAS Biblioteca Arx Tourinho Brasília DF 1 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - CONSELHO FEDERAL

Leia mais

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS:

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: PARECER Nº 02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: DIVERSOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. ASSUNTOS: BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS. DA CONSULTA: Trata-se de consulta

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 18/11/2014 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 804.674 SÃO PAULO RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO AGTE.(S) :MUNICÍPIO DE SANTOS PROC.(A/S)(ES)

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça : UNIMED DE ARAÇATUBA - COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO EMENTA PLANO DE SAÚDE. INADIMPLÊNCIA DO SEGURADO SUPERIOR A 60 (SESSENTA) DIAS. NOTIFICAÇÃO PRÉVIA. RESCISÃO UNILATERAL. POSSIBILIDADE. 1. A rescisão

Leia mais

Entidade: Órgão de Origem: Secretaria do Estado da Justiça e Cidadania de Santa Catarina

Entidade: Órgão de Origem: Secretaria do Estado da Justiça e Cidadania de Santa Catarina Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0776-48/99-P Identidade do documento: Decisão 776/1999 - Plenário Ementa: Inspeção. Secretaria de Justiça de Santa Catarina. Pedido de reexame de decisão

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Nº de Protocolo do Recurso: 36994.001921/2010-71 Unidade de Origem: APS Alfenas/GEX Varginha/MG Documento: 42/150.380.270-9

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 31.648 - MT (2010/0037619-1) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : AMAGGI EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO LTDA : EUCLIDES RIBEIRO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS RELATÓRIO O Excelentíssimo Senhor Desembargador Federal FRANCISCO BARROS DIAS (Relator): Trata-se de recurso de apelação interposto por JOSÉ PINTO DA NÓBREGA contra a sentença que, em sede de mandado de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

RELATÓRIO. Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL

RELATÓRIO. Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Órgão: TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA N. Processo: 0500029-74.2008.4.05.8103 Origem: Primeira Turma Recursal do Estado do Ceará Recorrente: João Ferreira

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da 5ª Região Gabinete do Desembargador Federal Rogério Fialho Moreira

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da 5ª Região Gabinete do Desembargador Federal Rogério Fialho Moreira APELANTE : FAZENDA NACIONAL APELADO : SESC/CE - SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO (ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DO CEARÁ) E OUTROS ADV/PROC : REBECA VALENÇA AQUINO E OUTROS REMTE : JUÍZO DA 5ª VARA FEDERAL

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA EMENTA DIREITO ADMINISTRATIVO. RECURSO ESPECIAL. MILITAR. "AJUDA-DE-CUSTO". MUDANÇA TEMPORÁRIA DE SEDE. POSSIBILIDADE. "INDENIZAÇÃO DE TRANSPORTE". MUDANÇA DE DOMICÍLIO.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 844/2009-TCE-Pleno

RESOLUÇÃO Nº 844/2009-TCE-Pleno RESOLUÇÃO Nº 844/2009-TCE-Pleno 1. Processo nº: 02856/2009 2. Classe de Assunto: Consulta 3. Entidade: Câmara Municipal de Dianópolis-To 4. Responsável: Reginaldo Rodrigues de Melo - Presidente 5. Relator:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 100.321 - MT (2011/0227285-6) RELATOR AGRAVANTE ADVOGADO AGRAVADO ADVOGADO : MINISTRO RAUL ARAÚJO : JOSÉ VALMIR BARBOSA DE ALMEIDA : WILSON MOLINA PORTO : TOKIO MARINE BRASIL

Leia mais

AGTR 67.937-PB (2006.05.00.016506-6). RELATÓRIO

AGTR 67.937-PB (2006.05.00.016506-6). RELATÓRIO AGTR 67.937-PB (2006.05.00.016506-6). AGRTE : CEF - CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. ADV/PROC : JUSTINIANO DIAS DA SILVA JÚNIOR E OUTROS. AGRDO : JOSELITA MARIA GOMES TORRES. AGRDO : ANTONIO SANTIAGO FREITAS TORRES.

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS Lúcia Maria Mendonça Santos Marcos Daniel Souza dos Santos Paula Coelho da Nóbrega Departamento de Mobilidade Urbana Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 704.881 - RS (2004/0126471-0) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN AGRAVANTE : TRANSPORTADORA DE CARGAS MERCOSUL LTDA ADVOGADO : CLÁUDIO LEITE PIMENTEL E OUTRO(S) AGRAVADO

Leia mais

REPRESENTANTES - 5ª CCR

REPRESENTANTES - 5ª CCR REPRESENTANTES - 5ª CCR Unidade Procurador(a) E-mail Telefones 5ªCCR Composição 5ª CCR Denise Vinci Túlio Coordenadora Rodrigo Janot Monteiro de Barros Membro-Titular Valquíria Oliveira Quixadá Nunes Membro-Titular

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC)

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC) CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC) COMCITEC Gestão Plenárias Conferência Eventos Legislação QUEM SOMOS? O COMCITEC é um órgão autônomo que atua em estreita articulação com

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO PIAUÍ EDITAL 001/2015 TESTE SELETIVO PARA ADVOGADO. Espelho de respostas Prova Subjetiva

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO PIAUÍ EDITAL 001/2015 TESTE SELETIVO PARA ADVOGADO. Espelho de respostas Prova Subjetiva ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO PIAUÍ EDITAL 001/2015 TESTE SELETIVO PARA ADVOGADO Espelho de respostas Prova Subjetiva Questão 1: Abordar a colisão entre o princípio da legalidade

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 507.536 - DF (2003/0037798-3) RELATOR : MINISTRO JORGE MUSSI RECORRENTE : O SINDICATO DOS SERVIDORES DAS AUTARQUIAS DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS ADVOGADO : JOSÉ

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.451.602 - PR (2014/0100898-3) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS AGRAVANTE : MTD COMÉRCIO LTDA ADVOGADOS : CHRISTIANO MARCELO BALDASONI CRISTIANO CEZAR SANFELICE

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 437.853 - DF (2002/0068509-3) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI RECORRENTE : FAZENDA NACIONAL PROCURADOR : DANIEL AZEREDO ALVARENGA E OUTROS RECORRIDO : ADVOCACIA BETTIOL S/C

Leia mais

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A COORDENAÇÃO DOS SISTEMAS DE SEGURANÇA SOCIAL Estatutos da Comissão Administrativa para a Coordenação dos Sistemas de Segurança

Leia mais

PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA RELATÓRIO

PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA RELATÓRIO PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA Projeto de Lei nº 140 de 28 de agosto de 2013 AUTOR: Poder Executivo PARECER: Favorável, sem apresentação de emendas EMENTA: Autoriza o Poder Executivo a conceder

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça MANDADO DE SEGURANÇA Nº 10.818 - DF (2005/0116531-1) RELATOR : MINISTRO ERICSON MARANHO (DESEMBARGADOR CONVOCADO DO TJ/SP) IMPETRANTE : ADELINO SIMÕES JORGE ADVOGADO : ANNA ANDRÉA SIMÕES JORGE IMPETRADO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.015.473 - RS (2007/0299452-2) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : SIMONE DAI PRA ZAMIN ADVOGADO : FELIPE NÉRI DRESCH DA SILVEIRA E OUTRO(S) AGRAVADO :

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 963.454 - SC (2007/0143805-5) RELATOR RECORRENTE ADVOGADOS RECORRIDO PROCURADOR INTERES. : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO : LIBERTY PAULISTA SEGUROS S/A : SÉRGIO ALEXANDRE SODRÉ

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.374.048 - RS (2013/0073161-8) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HUMBERTO MARTINS : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : EMERSON DA SILVA

Leia mais

PARECER Nº, DE 2009. RELATOR: Senador César Borges

PARECER Nº, DE 2009. RELATOR: Senador César Borges PARECER Nº, DE 2009 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em decisão terminativa, ao Projeto de Lei da Câmara nº 281, de 2009 (Projeto de Lei nº 5.245, de 2009, na origem), do Presidente da

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO : Nº 0125/2008-CRF. PAT : Nº 0140/2006-1ª URT. RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO. RECORRIDO : MARISA LOJAS VAREJISTAS LTDA. RECURSO

Leia mais

Secretaria de Finanças

Secretaria de Finanças SECRETARIA DE FINANÇAS CONSELHO ADMINISTRATIVO FISCAL - CAF PROCESSO/RESTITUIÇÃO Nº 15.79670.7.15 RECORRENTE: CONSELHO ADMINISTRATIVO FISCAL 1ª INSTÂNCIA JULGADORA MÁRCIA MONTEZUMA BATISTA BELO RECORRENTE:

Leia mais

2 - Esta deliberação entra em vigor na data de sua publicação.

2 - Esta deliberação entra em vigor na data de sua publicação. PROCESSO INTERESSADO ASSUNTO CAU/BR PROJETO DE RESOLUÇÃO QUE TRATA DA 1ª REPROGRAMAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO E ORÇAMENTO DO CAU/BR - 2016 DELIBERAÇÃO PLENÁRIA DPOBR Nº 0051-06/2016 Aprova o Projeto de Resolução

Leia mais

P R O N U N C I A M E N T O M I N I S T E R I A L

P R O N U N C I A M E N T O M I N I S T E R I A L P R O N U N C I A M E N T O M I N I S T E R I A L Trata-se de mandado de segurança impetrado por em face do INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL, objetivando assegurar que a autoridade coautora continue

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EMBARGOS DE DIVERGÊNCIA EM AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 342.463 - SC (2014/0101370-3) RELATOR EMBARGANTE EMBARGADO : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES : IPB CORRETORA DE SEGUROS LTDA : RAPHAEL DOS SANTOS BIGATON

Leia mais

PROCESSO ORÇAMENTÁRIO

PROCESSO ORÇAMENTÁRIO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO Consultor de Orçamento: Ricardo Volpe E mail: ricardo.volpe@camara.gov.br PROCESSO ORÇAMENTÁRIO SOCIEDADE E GOVERNO ASPECTO POLÍTICO E LEGAL ASPECTO ECONÔMICO E FISCAL ASPECTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Estado do Rio de Janeiro Procuradoria

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Estado do Rio de Janeiro Procuradoria EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA CNJ A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, serviço público independente, dotado de personalidade jurídica e

Leia mais

RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 DADOS RELATIVO AO PROCESSO NOME DAS PARTES. Réu: Estado de Goiás

RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 DADOS RELATIVO AO PROCESSO NOME DAS PARTES. Réu: Estado de Goiás RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 I Ação de cobrança data-base 2005 6,13% Processo nº: 200803416878 Vara: 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual Natureza: Cominatória Autor: AGGESGO 06/06/2012

Leia mais

DECRETO Nº 7.929, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

DECRETO Nº 7.929, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação DECRETO Nº 7.929, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013 Regulamenta a Lei nº 11.483, de 31 de maio de 2007, no que se refere à avaliação da vocação logística

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ

PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ 1' t PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ ACÓRDÃO Embargos de Declaração na Apelação Cível n 001.2004.027809-3/001 7' Vara Cível da Comarca

Leia mais

i iiiiii uni uni mil uni mil mil mil llll llll

i iiiiii uni uni mil uni mil mil mil llll llll sajfâu PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 397 ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SAC>PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N i iiiiii uni uni mil uni mil mil mil llll llll Vistos,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo n.º: E-04/897.015/1999 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 07 de Novembro de 2000 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO N.º

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito LEI Nº. 632 /2014 03 de dezembro de 2.014 Dispõe sobre a criação do Programa de Coleta Seletiva com inclusão Social e Econômica dos Catadores de Material Reciclável e o Sistema de Logística Reversa e seu

Leia mais

. ' ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS /

. ' ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS / 4, 8 -'. ' ".:". :... ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS / ~~~ RESOLUÇÃO N 449/2005 2 a 'CÂMARA SESSÃO DE: 04 / 05 / 2005 PROCESSO DE RECURSO N 1/3404/03 AUTO DE INFRAÇÃO:

Leia mais

ASTRAU - ASSOCIAÇÃO DOS TRANSPORTADORES DE CARGAS DO NORDESTE PAULISTA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS -

ASTRAU - ASSOCIAÇÃO DOS TRANSPORTADORES DE CARGAS DO NORDESTE PAULISTA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - J MINISTÉRIO DA FAZENDA I'RIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O9 Sessão Recurso n 6085 Processo SUSEP n 15414.004044/2010-02 RECORRENTE: RECORRIDA: ASTRAU - ASSOCIAÇÃO DOS

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO DESPACHO DIGES 1536

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO DESPACHO DIGES 1536 TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA ª REGIÃO DESPACHO DIGES 536 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO E STRICTO SENSU RESULTADO DA CLASSIFICAÇÃO FINAL Em conformidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. Processo nº 10950.000992/2007-74. Recurso nº 148.951

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. Processo nº 10950.000992/2007-74. Recurso nº 148.951 MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA Processo nº 10950.000992/2007-74 Recurso nº 148.951 Matéria IOF - Base de Cálculo e Decadência Acórdão nº 201-81.317 Sessão de 08

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre as Tabelas de Custas e a Tabela de Porte de Remessa e Retorno dos Autos e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI PROCURADORES : CLAUDIO XAVIER SEEFELDER FILHO DEYSI CRISTINA DA 'ROLT E OUTRO(S) EMENTA TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. DECLARAÇÃO DO DÉBITO PELO CONTRIBUINTE (DCTF).

Leia mais

EMENTA: ICMS. IMUNIDADE FISCAL.

EMENTA: ICMS. IMUNIDADE FISCAL. 1 RESOLUÇÃO N )0'" / 2008 1 ao CÂMARA SESSÃO DE: 22 /01 / 2008 PROCESSO DE RECURSO N 1/4535/2006 AUTO DE INFRAÇÃO: 2/200605772-4 RECORRENTE: JOSÉ CARLOS DE CASTRO. RECORRIDO: CÉLULA DE JULGAMENTO DE 1

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 03760/2009 2. Classe de Assunto: (III Plenário) Consulta 3. Entidade: Prefeitura de Arraias TO 4. Responsável: Antônio Wagner Barbosa Gentil - Prefeito

Leia mais

RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632

RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632 PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 23 / 06 / 2014 Fls.: 04 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 03 de junho de 2014 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 99.199.130

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº 539432/2012-3 Nº DE ORDEM 0095/2013-CRF ITCD OS 2307/2012 1ª URT RECURSO EX OFFICIO RECORRENTE

Leia mais