A Europa em poucas palavras

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Europa em poucas palavras"

Transcrição

1 A Europa em poucas palavras O que é a União Europeia? É europeia = está situada na Europa. É uma união = une países e pessoas. Examinemos mais atentamente: O que têm os europeus em comum? De que forma se desenvolveu a União Europeia? O que faz hoje a UE? Europa O nosso continente A Europa é um dos sete continentes do mundo. A Europa estende-se desde o oceano Ártico, a norte, até ao mar Mediterrâneo, a sul, e desde o oceano Atlântico, a oeste, até aos Montes Urais, a leste. Na Europa, vivem mais de 700 milhões de pessoas, das quais 500 milhões só na União Europeia.

2 Wikimedia Europa A nossa História Os europeus partilham não só um continente, mas também uma história comum. A filosofia grega, o Império Romano, o Cristianismo, a Reforma e o Iluminismo têm moldado a nossa maneira de pensar, sentir e agir até ao presente. Wi ki me dia As nossas línguas mostram que muitas palavras das línguas europeias têm raízes comuns no grego antigo e no latim; por exemplo, palavras como «Europa» (grego); «união» (latim) e «democracia» (grego). Ao longo dos séculos, novos estilos de música, arquitetura e literatura têm inspirado artistas de toda a Europa. Basta ver as igrejas de estilo gótico em Espanha ou na Polónia, ou ouvir a música clássica escrita por compositores italianos ou austríacos. A família Mozart (Wolfgang Amadeus Mozart com seu pai, Leopold, e sua irmã, Nannerl) fez várias digressões na Europa Guerras europeias Infelizmente, a história da Europa não é só composta por grandes feitos dos quais nos podemos orgulhar. Ao longo dos séculos, as nações europeias travaram guerras terríveis entre si. No século XX, duas guerras, que tinham principiado neste continente, espalharam-se e envolveram países de todo o mundo. As duas «Guerras Mundiais», tal como são designadas, mataram milhões de pessoas e deixaram a Europa empobrecida e em ruínas. No final da Segunda Guerra Mundial, quase todos os edifícios de Varsóvia tinham sido destruídos No final da Segunda Guerra Mundial, os cidadãos europeus colocaram a si mesmos as seguintes perguntas: Será que se pode fazer alguma coisa para impedir que estes acontecimentos terríveis se repitam? Será que alguma vez os europeus aprenderão a trabalhar em conjunto, em vez de lutarem entre si? Veja-se o que aconteceu em seguida. 2

3 Wikimedia Criação da União Europeia Comunidade Europeia do Carvão e do Aço Para se evitarem guerras, é preciso cooperar. É necessário assegurar que os fatores necessários à preparação de uma guerra são controlados em conjunto, como aço para o armamento e a energia para as fábricas e o transporte. Por essa razão, seis países europeus (Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e Países Baixos) concordaram em reunir as suas indústrias do carvão e do aço. Criaram assim a «Comunidade Europeia do Carvão e do Aço». O Tratado da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço foi assinado em Paris, em 1951 Comunidade Económica Europeia (CEE) A bandeira europeia foi adotada pela Comunidade Económica Europeia em 1985 Os seis países entenderam-se tão bem que decidiram ir mais longe e fundar a Comunidade Económica Europeia (CEE). A palavra «económica» significa que passa a estar também relacionada com dinheiro, negócios, emprego e comércio. A ideia principal era criar um «mercado comum». Isto implica eliminar todos os obstáculos nacionais, tais como os controlos nas fronteiras, os atrasos e os direitos aduaneiros, como se a Europa fosse um só país. União Europeia (UE) Ao longo dos anos, cada vez mais países foram aderindo à CEE. Começaram a trabalhar em conjunto em muitos outros domínios, por exemplo, na defesa do ambiente e na construção de melhores estradas e caminhos de ferro por toda a Europa. Por esse motivo, a CEE decidiu mudar o seu nome para «União Europeia». Entretanto, vários acontecimentos excitantes tinham ocorrido fora das fronteiras da UE. Em 1989, os países da Europa Central e Oriental libertaram-se do jugo comunista. A terrível separação entre as zonas oriental e ocidental da Europa, a chamada «Cortina de Ferro», deixou de existir. Os países que conseguiram obter a liberdade reformaram as suas leis e economias e aderiram à UE. A UE é atualmente constituída por 28 países (ver página 6). Vestígios da «Cortina de Ferro» na antiga Checoslováquia 3

4 O que faz hoje a União Europeia A UE procura melhorar a vida de todos nós. Vamos analisar alguns exemplos. Liberdade para todos As pessoas na UE têm a liberdade de residir, trabalhar ou estudar no país da UE da sua escolha. Para atravessar as fronteiras entre a maior parte dos países da UE, já não é preciso passaporte. ( Fotolia/Rido) Liberdade para os jovens A UE apoia os estudantes e os jovens que pretendem passar um período de tempo a estudar ou em formação noutro país europeu. Dinheiro Há alguns anos, cada país na Europa tinha a sua própria moeda. Agora, muitos países da UE utilizam uma moeda única, o euro. ( Shutterstock/Gena96) Ajudar as regiões mais desfavorecidas Algumas zonas da Europa precisam de dinheiro para a construção de novas estradas e de caminhos de ferro; noutros locais, muitas pessoas estão à procura de emprego. A UE procura solucionar estes problemas. Financia novas estradas e ligações ferroviárias e ajuda as empresas a criarem novos postos de trabalho. Ajudar os países vizinhos A UE ajuda ainda outros países a melhorarem as suas escolas, os seus hospitais e a proteção social. Lida e Alina, da Moldávia, beneficiaram desta ajuda. Existem muito mais coisas que a UE faz hoje em dia, a saber: tornar o ar mais puro e combater as alterações climáticas tornar mais baratas as chamadas telefónicas e os SMS garantir que os alimentos que consumimos são seguros contribuir para a poupança de energia e mais, muito mais... A UE está até a trabalhar no domínio espacial, com satélites que contribuem para os automóveis circularem de forma mais inteligente e que tornam mais seguras as viagens de avião. 4

5 Como a UE toma decisões Comissão Europeia A Comissão Europeia é composta por 28 políticos (os «Comissários»), um de cada país da UE. São assistidos por peritos, advogados, secretárias e tradutores. A sua missão é refletir sobre o que será melhor para a UE no seu conjunto e propor nova legislação para a UE. Parlamento Europeu Representa todos os cidadãos da UE. Os seus membros são escolhidos de cinco em cinco anos, através de uma eleição em que todos os cidadãos adultos da UE têm o direito de voto. O Parlamento debate e decide a nova legislação da UE, juntamente com o Conselho. O Conselho é a voz dos países da UE. Os ministros dos governos de todos os países da UE reúnem-se regularmente para a adoção das novas leis da UE. No Conselho Europeu, reúnem-se todos os dirigentes dos países da UE (presidentes, primeiros-ministros ou chanceleres) para definir a estratégia geral para a Europa. O Tribunal de Justiça garante que todos os países da UE respeitam as leis que adotaram de comum acordo. O Tribunal verifica igualmente se essas leis respeitam os direitos fundamentais, por exemplo, se a liberdade de expressão e a liberdade dos meios de comunicação social são salvaguardadas. 5

6 Estados-Membros da União Europeia Quais os países membros da UE e quando aderiram à UE? É possível identificá-los no quadro e no mapa Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e Países Baixos 1973 Dinamarca, Irlanda e Reino Unido 1981 Grécia 1986 Portugal e Espanha 1995 Áustria, Finlândia e Suécia 2004 Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia e República Checa Bulgária, Roménia 2013 Croácia Queres saber mais? Queres saber algo mais sobre as línguas da Europa, a sua natureza, a sua história e sobre a UE de hoje? Consulta a brochura «À descoberta da Europa!» Existe uma brochura: E um jogo em linha: Encontras ainda mais jogos e passatempos sobre a UE no Espaço dos mais novos. Há muito para descobrir e este é o melhor sítio para começar! Diverte-te! UE, salvo indicação em contrário 6

Disciplina: Geografia 9º ano Turma: Professora: Renata Sampaio Ficha: 02 Bimestre: 3º

Disciplina: Geografia 9º ano Turma: Professora: Renata Sampaio Ficha: 02 Bimestre: 3º Disciplina: Geografia 9º ano Turma: Professora: Renata Sampaio Ficha: 02 Bimestre: 3º Apresentação: Esta ficha atende a dois objetivos principais: 1. Oferecer os conteúdos básicos a respeito dos objetivos

Leia mais

Trabalho realizado por: Hélio nº 10 Jorge nº 13 Pedro F nº21 Ricardo P nº24 Miguel F nº27

Trabalho realizado por: Hélio nº 10 Jorge nº 13 Pedro F nº21 Ricardo P nº24 Miguel F nº27 Trabalho realizado por: Hélio nº 10 Jorge nº 13 Pedro F nº21 Ricardo P nº24 Miguel F nº27 Disciplina de: Área de Projecto Nome do Professor: Hélder Baião 1 Este trabalho foi proposto pelo professor de

Leia mais

Breve guia do euro. Assuntos Económicos e Financeiros

Breve guia do euro. Assuntos Económicos e Financeiros Breve guia do euro Assuntos Económicos e Financeiros Sobre o euro O euro nasceu em 1999: surgiu inicialmente em extratos de pagamento, contas e faturas. Em 1 de janeiro de 2002, as notas e moedas em euros

Leia mais

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA 1950 9 de Maio Robert Schuman, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, profere um importante discurso em que avança propostas inspiradas nas ideias de Jean Monnet.

Leia mais

A Bandeira da Europa simboliza a União Europeia e também representa a unidade e a identidade da Europa. O circulo de estrelas douradas representa a

A Bandeira da Europa simboliza a União Europeia e também representa a unidade e a identidade da Europa. O circulo de estrelas douradas representa a Após a II Guerra Mundial alguns países europeus tiveram a ideia de se unirem para melhor resolver os seus problemas. Era necessário garantir a paz, reconstruir cidades e reorganizar o comércio. Só com

Leia mais

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012?

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? junho 2012 PASSO A PASSO 1. 2. 3. 4. A União Europeia Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? Ano Europeu 2012: curiosidades iniciativas quiz Links para saber mais 1. A União Europeia 27 Estados-Membros

Leia mais

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 5 Índice Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 S 163 ANEXO QUADROS DE CORRESPONDÊNCIA A QUE SE REFERE O ARTIGO 5.º DO

Leia mais

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) MEMO/11/406 Bruxelas, 16 de Junho de 2011 Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Em férias nunca se sabe! Está a pensar viajar na UE ou na Islândia,

Leia mais

O ESPAÇO DE SCHENGEN. Trabalho feito por João Dias nº 8 do 2ºJ

O ESPAÇO DE SCHENGEN. Trabalho feito por João Dias nº 8 do 2ºJ O ESPAÇO DE SCHENGEN Trabalho feito por João Dias nº 8 do 2ºJ O QUE É O ESPAÇO DE SCHENGEN? O espaço e a cooperação Schengen assentam no Acordo Schengen de 1985. O espaço Schengen representa um território

Leia mais

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE Durante muito tempo os países da Europa andaram em guerra. A segunda Guerra Mundial destruiu grande parte do Continente Europeu. Para evitar futuras guerras, seria

Leia mais

Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007. Conteúdo e desafios

Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007. Conteúdo e desafios Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007 Conteúdo e desafios Os Tratados Tratado de Paris (CECA) 18 de Abril de 1951 Tratados de Roma (CEE e CEEA) 25 de Março de 1957 Acto Único Europeu 17 de Fevereiro 1986

Leia mais

o alargamento da união europeia em tempos de novos desafios

o alargamento da união europeia em tempos de novos desafios o alargamento da união europeia em tempos de novos desafios Ana Paula Zacarias O ano de 2014 é muito importante para a União Europeia pelo seu simbolismo, uma vez que nele se celebra o 10º aniversário

Leia mais

Ana Maria Magalhães Isabel Alçada PAISES SEM FRONTEIRAS. A Uniao Europeia

Ana Maria Magalhães Isabel Alçada PAISES SEM FRONTEIRAS. A Uniao Europeia Ana Maria Magalhães Isabel Alçada PAISES SEM FRONTEIRAS A Uniao Europeia Países sem Fronteiras: a União Europeia Este livro é baseado na publicação Países sem Fronteiras: a União Europeia, editada pelo

Leia mais

CONVENÇAO EUROPEIA SOBRE O EXERCÍCIO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS

CONVENÇAO EUROPEIA SOBRE O EXERCÍCIO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS CONVENÇAO EUROPEIA SOBRE O EXERCÍCIO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS Preâmbulo Os Estados-membros do Conselho da Europa, bem como os outros Estados signatários da presente Convenção, Considerando que o objetivo

Leia mais

Questões relativas à UE

Questões relativas à UE » Questões relativas à UE » Quantos países constituem hoje a União Europeia? (%) correta 53,6 incorreta/ não sabe 46,4 12 países 15 países 25 países 28 países 31 países Outras respostas 5,1 5,1 18,4 7,9

Leia mais

Tempo para aprender A Cidadania Europeia

Tempo para aprender A Cidadania Europeia TACE Tempo para aprender A Cidadania Europeia Objetivos Reconhecer os marcos importantes da construção europeia Identificar as vantagens e inconvenientes da integração de Portugal na União Europeia Reconhecer

Leia mais

A unificação monetária européia

A unificação monetária européia A unificação monetária européia Especial Panorama Celeste Cristina Machado Badaró 06 de julho de 2007 A unificação monetária européia Especial Panorama Celeste Cristina Machado Badaró 06 de julho de 2007

Leia mais

PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL MANUAL OPERACIONAL

PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL MANUAL OPERACIONAL 2015 PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL 2015 MANUAL OPERACIONAL Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2015 2/13 ÍNDICE 1. DEFINIÇÃO E JUSTIFICAÇÃO... 3 1.1. Um prémio que reconhece a excelência

Leia mais

O Conselho Europeu O Conselho

O Conselho Europeu O Conselho PT SECRETARIADO-GERAL DO CONSELHO COLEÇÃO «INFORMAÇÕES» O Conselho Europeu O Conselho Duas instituições na ação europeia SETEMBRO DE 2013 Advertência A presente brochura é publicada pelo Secretariado-Geral

Leia mais

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS EM POUCAS PALAVRAS OS PRIMEIROS PASSOS DATA/LOCAL DE ASSINATURA E ENTRADA EM VIGOR PRINCIPAIS MENSAGENS QUIZ 10 PERGUNTAS E RESPOSTAS OS PRIMEIROS PASSOS No século XX depois das Guerras No século XX, depois

Leia mais

Consulta pública sobre a futura utilização da banda de radiodifusão televisiva UHF: Relatório Lamy

Consulta pública sobre a futura utilização da banda de radiodifusão televisiva UHF: Relatório Lamy Consulta pública sobre a futura utilização da banda de radiodifusão televisiva UHF: Relatório Lamy Fields marked with are mandatory. Os campos assinalados com um asterisco () são de preenchimento obrigatório.

Leia mais

A União Europeia contra a Exclusão Social. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Relatório

A União Europeia contra a Exclusão Social. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Relatório Inclusion Europe The European Association of Societies of Persons with Intellectual Disability and their Families A União Europeia contra a Exclusão Social A Inclusion Europe representa as pessoas com

Leia mais

Cadernos do CNLF, Vol. XIII, Nº 04

Cadernos do CNLF, Vol. XIII, Nº 04 POR UMA POLÍTICA LINGUÍSTICA DA UNIÃO EUROPEIA? A QUESTÃO DO MULTILINGUISMO Diego Barbosa da Silva (UERJ) vsjd@uol.com.br Com o advento da globalização no século XX e da formação de blocos de países, num

Leia mais

INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS

INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS C 390/10 PT Jornal Oficial da União Europeia 24.11.2015 INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS Primeira atualização das informações referidas no artigo 76. o do Regulamento (UE) n. o 1215/2012 do Parlamento Europeu

Leia mais

A formação da União Europeia

A formação da União Europeia A formação da União Europeia A EUROPA DOS 28 Como tudo começou? 1926: 1º congresso da União Pan- Europeia em Viena (Áustria) 24 países aprovaram um manifesto para uma organização federativa na Europa O

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD Objectivos: ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA FICHA DE ACTIVIDADE N.º 4- " de A a Z " 1. Reconhecer conceitos que integram o indivíduo na sociedade. 2. Conhecer o exercício da cidadania. AUTARQUIAS:

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 54 UNIÃO EUROPEIA: REGIONALIZAÇÃO NA EUROPA

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 54 UNIÃO EUROPEIA: REGIONALIZAÇÃO NA EUROPA GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 54 UNIÃO EUROPEIA: REGIONALIZAÇÃO NA EUROPA Como pode cair no enem Antes da formação da União Europeia, ocorreram outras tentativas de unificação do continente, como retrata

Leia mais

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA)

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA) Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, ecologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança

Leia mais

Identidade(s), integração e laicidade na Europa. Identidade europeia: Quem são os europeus de hoje?

Identidade(s), integração e laicidade na Europa. Identidade europeia: Quem são os europeus de hoje? Identidade(s), integração e laicidade na Europa Identidade europeia: Quem são os europeus de hoje? 11 de Maio. 2015 - Fundação Calouste Gulbenkian Intervenção Dep. Carlos Coelho Felicito os organizadores

Leia mais

O regresso desigual da Europa ao crescimento do emprego

O regresso desigual da Europa ao crescimento do emprego NOTA INFORMATIVA O regresso desigual da Europa ao crescimento do emprego Previsões até 2025 apontam para diferenças significativas na oferta e procura de competências nos Estados-Membros Boas notícias.

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA. Maria do Rosário Baeta Neves Professora Coordenadora

UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA. Maria do Rosário Baeta Neves Professora Coordenadora UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA 1952 CECA (TRATADO DE PARIS 18 de Abril 1951) Países aderentes: França Alemanha Bélgica Holanda Luxemburgo Itália Objectivos do Tratado de Paris: Criação do Mercado Comum

Leia mais

9. o ANO FUNDAMENTAL PROF. ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

9. o ANO FUNDAMENTAL PROF. ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE 9. o ANO FUNDAMENTAL PROF. ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas. 2

Leia mais

Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu

Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu 1 Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu Jorge Lima (*) Eurydice é a rede de informação sobre a educação na Europa, criada por iniciativa da Comissão Europeia

Leia mais

VERSÕES CONSOLIDADAS

VERSÕES CONSOLIDADAS 9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/1 VERSÕES CONSOLIDADAS DO TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA E DO TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA (2008/C 115/01) 9.5.2008 PT Jornal Oficial da

Leia mais

Geografia 03 Tabata Sato

Geografia 03 Tabata Sato Geografia 03 Tabata Sato IDH Varia de 0 a 1, quanto mais se aproxima de 1 maior o IDH de um país. Blocos Econômicos Economia Globalizada Processo de Regionalização Tendência à formação de blocos econômicos

Leia mais

O DOMÍNIO DOS TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS PELOS PRIVADOS, O LOCK-OUT DOS PATRÕES, O PREÇO DO GASÓLEO E A MANIPULAÇÃO DA OPINIÃO PÚBLICA

O DOMÍNIO DOS TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS PELOS PRIVADOS, O LOCK-OUT DOS PATRÕES, O PREÇO DO GASÓLEO E A MANIPULAÇÃO DA OPINIÃO PÚBLICA O DOMÍNIO DOS TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS PELOS PRIVADOS, O LOCK-OUT DOS PATRÕES, O PREÇO DO GASÓLEO E A MANIPULAÇÃO DA OPINIÃO PÚBLICA Eugénio Rosa Como consequência de uma política de transportes

Leia mais

ZA6284. Flash Eurobarometer 413 (Companies Engaged in Online Activities) Country Questionnaire Portugal

ZA6284. Flash Eurobarometer 413 (Companies Engaged in Online Activities) Country Questionnaire Portugal ZA8 Flash Eurobarometer (Companies Engaged in Online Activities) Country Questionnaire Portugal FL - Companies engaged in online activities PT A A sua empresa vende on-line e/ou usa transações tipo EDI

Leia mais

Aos PAIS LEVANDO os FILHOS para o EXTERIOR, TRAZENDO os FILHOS para o JAPÃO

Aos PAIS LEVANDO os FILHOS para o EXTERIOR, TRAZENDO os FILHOS para o JAPÃO Aos PAIS LEVANDO os FILHOS para o EXTERIOR, TRAZENDO os FILHOS para o JAPÃO Problemas relacionados ao sequestro de crianças (Sistema jurídico de cada país e a Convenção de Haia) Ministério dos Negócios

Leia mais

O QUE É O SERVIÇO SOLVIT O SOLVIT PODE INTERVIR

O QUE É O SERVIÇO SOLVIT O SOLVIT PODE INTERVIR O QUE É O SERVIÇO SOLVIT Viver, trabalhar ou estudar em qualquer país da UE é um direito básico dos cidadãos europeus. Também as empresas têm o direito de se estabelecer, prestar serviços e fazer negócios

Leia mais

Discurso do Comissário Hahn, Lisboa, 11/4/2014. Senhor Presidente, senhor Primeiro-Ministro, senhores Ministros, caros amigos,

Discurso do Comissário Hahn, Lisboa, 11/4/2014. Senhor Presidente, senhor Primeiro-Ministro, senhores Ministros, caros amigos, Discurso do Comissário Hahn, Lisboa, 11/4/2014 Senhor Presidente, senhor Primeiro-Ministro, senhores Ministros, caros amigos, Portugal venceu a tormenta. Portugal atravessou a pior crise financeira da

Leia mais

1. As eleições devem ser acessíveis a todos e nós também devemos poder candidatar-nos. 2. O Parlamento Europeu deve ser totalmente acessível.

1. As eleições devem ser acessíveis a todos e nós também devemos poder candidatar-nos. 2. O Parlamento Europeu deve ser totalmente acessível. ELEIÇÕES EUROPEIAS 2 0 1 4 As próximas eleições europeias vão ser em 25 de maio de 2014. Estas eleições são importantes para todos os que vivem na União Europeia. Vamos eleger as pessoas que vão falar

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2010 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 24 7 46

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2010 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 24 7 46 Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal 21 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 21 5 12 83 Empresas de seguros de direito português 15 24 7 46 Empresas de seguros

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2009 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 16 25 6 47

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2009 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 16 25 6 47 Quadro Número de empresas de seguros a operar em Portugal 29 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 22 52 3 87 Empresas de seguros de direito português 6 25 6 47 Empresas de seguros 6

Leia mais

A COMUNIDADE EUROPEIA (a seguir designada por "a Comunidade"), O REINO DA BÉLGICA, A REPÚBLICA CHECA, O REINO DA DINAMARCA,

A COMUNIDADE EUROPEIA (a seguir designada por a Comunidade), O REINO DA BÉLGICA, A REPÚBLICA CHECA, O REINO DA DINAMARCA, ACORDO DE COOPERAÇÃO RELATIVO A UM SISTEMA MUNDIAL DE NAVEGAÇÃO POR SATÉLITE (GNSS) PARA UTILIZAÇÃO CIVIL ENTRE A COMUNIDADE EUROPEIA E OS SEUS ESTADOS-MEMBROS, POR UM LADO, E O REINO DE MARROCOS, POR

Leia mais

Diretiva (UE) 2016/97 do Parlamento Europeu e do Conselho de 20 de janeiro de 2016 sobre a distribuição de seguros (reformulação) ( 1 )...

Diretiva (UE) 2016/97 do Parlamento Europeu e do Conselho de 20 de janeiro de 2016 sobre a distribuição de seguros (reformulação) ( 1 )... Jornal Oficial da União Europeia L 26 Edição em língua portuguesa Legislação 59. o ano 2 de fevereiro de 2016 Índice I Atos legislativos REGULAMENTOS Regulamento (UE) 2016/93 do Parlamento Europeu e do

Leia mais

Reunião Transfonteiriça Espanha Portugal SUMÁRIO. Boletim Informativo n.º 25. Balanço do 25.º Aniversário da Adesão à UE e Desafios para 2012

Reunião Transfonteiriça Espanha Portugal SUMÁRIO. Boletim Informativo n.º 25. Balanço do 25.º Aniversário da Adesão à UE e Desafios para 2012 Boletim Informativo n.º 25 SUMÁRIO REUNIÃO TRANSFONTEIRIÇA ESPANHA- PORTUGAL Pág. 1 MECANISMO INTERLIGAR EUROPA GALILEO SATELITE EUROPEU Pág. 2 FRONTEIRAS INTELIGENTES Pág. 3 LUTA CONTRA AS NOVAS DROGAS

Leia mais

ESTATÍSTICAS DA IMIGRAÇÃO 2009

ESTATÍSTICAS DA IMIGRAÇÃO 2009 ESTATÍSTICAS DA IMIGRAÇÃO 2009 Entrada e Permanência I. FONTES OFICIAIS NACIONAIS... 3 Vistos de Estada Temporária (VET) e de Residência (VR), emitidos em 2009, por Tipo de Visto... 4 Vistos de Estada

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1. Anuidades 1.º Titular Outros titulares Comissões (Euros) 2. Emissão de 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Pagamento devolvido NB Verde --

Leia mais

A REDE EUROPEIA DE CICLOVIAS EUROVELO

A REDE EUROPEIA DE CICLOVIAS EUROVELO DIRECÇÃO-GERAL DAS POLÍTICAS INTERNAS DEPARTAMENTO TEMÁTICO B: POLÍTICAS ESTRUTURAIS E DE COESÃO TRANSPORTES E TURISMO A REDE EUROPEIA DE CICLOVIAS EUROVELO SÍNTESE Resumo A presente atualização do relatório

Leia mais

OS CIDADÃOS EUROPEUS e a PROPRIEDADE INTELECTUAL: PERCEÇÃO, TOMADA DE CONSCIÊNCIA E COMPORTAMENTO SUMÁRIO EXECUTIVO

OS CIDADÃOS EUROPEUS e a PROPRIEDADE INTELECTUAL: PERCEÇÃO, TOMADA DE CONSCIÊNCIA E COMPORTAMENTO SUMÁRIO EXECUTIVO OS CIDADÃOS EUROPEUS e a PROPRIEDADE INTELECTUAL: PERCEÇÃO, TOMADA DE CONSCIÊNCIA E COMPORTAMENTO SUMÁRIO EXECUTIVO OS CIDADÃOS EUROPEUS e a PROPRIEDADE INTELECTUAL: PERCEÇÃO, TOMADA DE CONSCIÊNCIA E COMPORTAMENTO

Leia mais

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES PT PT PT COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 6.1.2010 COM(2009)708 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES sobre a aplicação

Leia mais

CIMEIRA DE PARIS DE DEZEMBRO DE 1974: UM MARCO NA HISTÓRIA DAS COMUNIDADES

CIMEIRA DE PARIS DE DEZEMBRO DE 1974: UM MARCO NA HISTÓRIA DAS COMUNIDADES CIMEIRA DE PARIS DE DEZEMBRO DE 1974: UM MARCO NA HISTÓRIA DAS COMUNIDADES Nº 43 Sétima cimeira da Comunidade desde o Tratado de Roma, a Cimeira de Paris produziu algumas das mais importantes decisões

Leia mais

Questões Específicas. Geografia Professor: Cláudio Hansen 03/12/2014. #VaiTerEspecífica

Questões Específicas. Geografia Professor: Cláudio Hansen 03/12/2014. #VaiTerEspecífica Questões Específicas 1. Considerando os Blocos Econômicos, a União Europeia (27 países em 2011) permanece como relevante importador de mercadorias brasileiras. Considerando os países individualmente, a

Leia mais

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit A solução para os seus problemas na Europa ec.europa.eu/solvit CONHEÇA OS SEUS DIREITOS Viver, trabalhar ou viajar em qualquer país da UE é um direito fundamental dos cidadãos europeus. As empresas também

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( x ) I Unidade ( ) II Unidade ( ) III Unidade BIOLOGIA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental 9.º Ano Letivo: Turma: ABCDEF Data: 19 / / 04 2010 Biologia e Geografia

Leia mais

Juventude em Movimento: apoio da Europa aos jovens

Juventude em Movimento: apoio da Europa aos jovens Juventude em Movimento: apoio da Europa aos jovens ESTUDAR FORMAR-SE TRABALHAR PARTICIPAR OS TEUS DIREITOS APRENDER VIAJAR VOLUNTÁRIO CRIAR na EUROPA Nem a Comissão Europeia nem qualquer pessoa que atue

Leia mais

Newsletter Informação Semanal 08-02 a 14-02-2016

Newsletter Informação Semanal 08-02 a 14-02-2016 EUR / Kg Peso Carcaça CONJUNTURA SEMANAL Newsletter Informação Semanal 08-02 a 14-02- As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas no facebook em: https://www.facebook.com/sima.portugal Na semana

Leia mais

Subsídios para produtos agrícolas na União Européia

Subsídios para produtos agrícolas na União Européia Artigo apresentado no I ENCONTRO DE ESTUDOS TRIBUTÁRIOS ENET promovido pelo Instituto de Direito Tributário de Londrina de 30/08 a 02/09/06 (Selecionado pela Comissão Organizadora). Subsídios para produtos

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO PROGRESSOS NA REALIZAÇÃO DOS OBJECTIVOS DE QUIOTO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO PROGRESSOS NA REALIZAÇÃO DOS OBJECTIVOS DE QUIOTO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 27.11.2007 COM(2007) 757 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO PROGRESSOS NA REALIZAÇÃO DOS OBJECTIVOS DE QUIOTO (nos termos da Decisão n.º 280/2004/CE do Parlamento

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa A educação para a cidadania nas escolas da Europa Em toda a Europa, o reforço da coesão social e a participação activa dos cidadãos na vida social estão no centro das preocupações

Leia mais

EURES. A rede de emprego europeia. Comissão Europeia

EURES. A rede de emprego europeia. Comissão Europeia EURES A rede de emprego europeia Comissão Europeia Nem a Comissão Europeia nem qualquer pessoa que actue em seu nome são responsáveis pelo uso que possa ser feito com as informações contidas nesta publicação.

Leia mais

Newsletter Informação Semanal 30-11 a 06-12-2015

Newsletter Informação Semanal 30-11 a 06-12-2015 EUR / Kg Peso Carcaça CONJUNTURA SEMANAL Newsletter Informação Semanal 30-11 a 06-12- As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas no facebook em: https://www.facebook.com/sima.portugal Na semana

Leia mais

POR QUE INVESTIR EM LISBOA? ESPECIALISTA IMOBILÁRIO EUROPEU

POR QUE INVESTIR EM LISBOA? ESPECIALISTA IMOBILÁRIO EUROPEU POR QUE INVESTIR EM LISBOA? ESPECIALISTA IMOBILÁRIO EUROPEU Introdução Portugal está começando a emergir da crise financeira. Nos últimos anos, o governo reestabeleceu suas estruturas organizacionais e,

Leia mais

Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP)

Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP) Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP) Fórum de Debates sobre Governo Aberto Transparência, Participação e Cidadania: Governo Aberto e o Poder Executivo Ministro Jorge Hage Sobrinho

Leia mais

Arial Bold Alinhado esquerda 27 pt

Arial Bold Alinhado esquerda 27 pt Capitais Públicos e Capitais Privados no Mercado Interno: Assegurar um Ambiente Equitativo para Empresas Públicas e Privadas Arial Bold Alinhado esquerda 27 pt XXIV Congresso FIDE Madrid 2010 Arial Bold

Leia mais

Grupo Parlamentar. Projeto de Resolução n.º 336/XIII/1.ª

Grupo Parlamentar. Projeto de Resolução n.º 336/XIII/1.ª Grupo Parlamentar Projeto de Resolução n.º 336/XIII/1.ª Recomenda ao Governo que reveja a legislação de modo a defender os idosos de penalizações e exclusões abusivas que são alvo em função da idade Exposição

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS A INICIATIVAS DE COOPERAÇÃO BILATERAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS A INICIATIVAS DE COOPERAÇÃO BILATERAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS A INICIATIVAS DE COOPERAÇÃO BILATERAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA Nos termos do Regulamento Geral do Programa Cidadania Ativa (doravante o Regulamento

Leia mais

A COMUNIDADE EUROPEIA (a seguir designada "a Comunidade"), O REINO DA BÉLGICA, A REPÚBLICA CHECA, O REINO DA DINAMARCA,

A COMUNIDADE EUROPEIA (a seguir designada a Comunidade), O REINO DA BÉLGICA, A REPÚBLICA CHECA, O REINO DA DINAMARCA, ACORDO DE COOPERAÇÃO RELATIVO A UM SISTEMA MUNDIAL CIVIL DE NAVEGAÇÃO POR SATÉLITE (GNSS) ENTRE A COMUNIDADE EUROPEIA E OS SEUS ESTADOS-MEMBROS, POR UM LADO, E A REPÚBLICA DA COREIA, POR OUTRO CE/KR/pt

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 NOTA de: para: Assunto: Presidência Grupo de Avaliação de Schengen Projecto de decisão do

Leia mais

BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais

BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais BLOCOS ECONÔMICOS O Comércio multilateral e os blocos regionais A formação de Blocos Econômicos se tornou essencial para o fortalecimento e expansão econômica no mundo globalizado. Quais os principais

Leia mais

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO Portugal situa-se no extremo sudoeste da Europa e é constituído por: Portugal Continental ou Peninsular (Faixa Ocidental da Península Ibérica) Parte do território

Leia mais

Intervenção de Sua Excelência. o Presidente da República Portuguesa. na Comissão Económica para a América. Latina e Caraíbas - CEPAL

Intervenção de Sua Excelência. o Presidente da República Portuguesa. na Comissão Económica para a América. Latina e Caraíbas - CEPAL Intervenção de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa na Comissão Económica para a América Latina e Caraíbas - CEPAL Santiago do Chile, 7 de Novembro de 2007 Senhor Secretário Executivo da

Leia mais

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI Tratado de Lisboa A Europa rumo ao século XXI O Tratado de Lisboa Índice 1. Contextualização 1.1. Porquê um novo Tratado? 1.2. Como surgiu o Tratado de Lisboa? 2. O que mudará com o Tratado de Lisboa?

Leia mais

Sessão de Encerramento do Seminário Diplomático

Sessão de Encerramento do Seminário Diplomático Sessão de Encerramento do Seminário Diplomático Intervenção da Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques (texto de base) Lisboa, 6 de janeiro de 2016 1. Por uma postura nacional mais

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS RELATÓRIO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL E AO COMITÉ DAS REGIÕES

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS RELATÓRIO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL E AO COMITÉ DAS REGIÕES COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 22.12.2008 COM(2008) 882 final RELATÓRIO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL E AO COMITÉ DAS REGIÕES Implementação

Leia mais

(Actos legislativos) DIRECTIVAS

(Actos legislativos) DIRECTIVAS 26.10.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 280/1 I (Actos legislativos) DIRECTIVAS DIRECTIVA 2010/64/UE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 20 de Outubro de 2010 relativa ao direito à interpretação

Leia mais

Psicologia das multidões

Psicologia das multidões 1 Psicologia das multidões O estudo da Psicologia das multidões ou das Psicologia das massas foi feito pela primeira vez pelo sociólogo francês Gustave Le Bon em 1886. Os fatores que determinam as opiniões

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/12 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático -Subsídio para Assistência a Filho

Leia mais

A QUALIDADE E A CERTIFICAÇÃO

A QUALIDADE E A CERTIFICAÇÃO A QUALIDADE E A CERTIFICAÇÃO Em 1977 foi criada no Ministério da Indústria e Energia, a Direcção Geral da Qualidade, actualmente denominada por IPQ, cujo objectivo era o desenvolvimento e divulgação dos

Leia mais

A angústia da Europa. Luiz Felipe Lampreia 1. Ano: 2011

A angústia da Europa. Luiz Felipe Lampreia 1. Ano: 2011 A angústia da Europa 1 Ano: 2011 1 Embaixador e Ministro das Relações Exteriores do Brasil (1995-2001) CEBRI Centro Brasileiro de Relações Internacionais +55 21 2206-4444 Fax: +55 21 2206-4422 Rua da Candelária,

Leia mais

EUROBARÓMETRO. Número de entrevistas: 28.050. Número de entrevistas: 1.016. Metodologia: Entrevistas diretas pessoais DESTAQUES DO PAÍS

EUROBARÓMETRO. Número de entrevistas: 28.050. Número de entrevistas: 1.016. Metodologia: Entrevistas diretas pessoais DESTAQUES DO PAÍS DESTAQUES DO PAÍS Mais de nove em cada dez inquiridos em Portugal dizem que ajudar as pessoas nos países em vias de desenvolvimento é importante (93%). Esta é a terceira maior proporção após a Suécia (97%)

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 09.03.2001 COM(2001) 128 final 2001/0067 (ACC) VOLUME IV Proposta de DECISÃO DO CONSELHO Relativa à posição da Comunidade no Conselho de Associação sobre a

Leia mais

Agora é só com você. Geografia - 131

Agora é só com você. Geografia - 131 Geografia - 131 3 Complete: O espaço da sala de aula é um domínio delimitado por um(a)..., que é sua fronteira. Ainda em grupo faça o seguinte: usando objetos como lápis, palitos, folhas e outros, delimite

Leia mais

BANDEIRAS EUROPÉIAS: CORES E SÍMBOLOS (PORTUGAL)

BANDEIRAS EUROPÉIAS: CORES E SÍMBOLOS (PORTUGAL) BANDEIRAS EUROPÉIAS: CORES E SÍMBOLOS (PORTUGAL) Resumo A série apresenta a formação dos Estados europeus por meio da simbologia das cores de suas bandeiras. Uniões e cisões políticas ocorridas ao longo

Leia mais

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO:

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO: CONSTITUIÇÃO: PARLAMENTO EUROPEU É a instituição parlamentar da União Europeia. Eleito por um período de 5 anos por sufrágio universal directo pelos cidadãos dos estados-membros Presidente do Parlamento

Leia mais

UM NOVO DIREITO PARA OS CIDADÃOS EUROPEUS PARTICIPE NA DEFINIÇÃO DA AGENDA! Guia da iniciativa de. cidadania europeia.

UM NOVO DIREITO PARA OS CIDADÃOS EUROPEUS PARTICIPE NA DEFINIÇÃO DA AGENDA! Guia da iniciativa de. cidadania europeia. UM NOVO DIREITO PARA OS CIDADÃOS EUROPEUS PARTICIPE NA DEFINIÇÃO DA AGENDA! Guia da iniciativa de cidadania europeia Terceira edição Comissão Europeia Secretariado Geral B-1049 Bruxelas Manuscrito concluído

Leia mais

FORMAÇÃO EM COACHING PROFISSIONAL & LÍDER COACH

FORMAÇÃO EM COACHING PROFISSIONAL & LÍDER COACH CHEGOU A HORA DE VOCÊ SE TORNAR UM COACH! CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 4 ING AGORA, COMO CONSEGUIR É A QUESTÃO! A vida nunca está parada, existe sempre movimento, um fluxo que nos leva na direção

Leia mais

Rendimentos e despesas das famílias europeias

Rendimentos e despesas das famílias europeias Insights precisos para o crescimento europeu Rendimentos e despesas das famílias europeias Como está a crise a afetar a vida quotidiana? Think... nº 6 Janeiro 2013 TNS 2013 Insights precisos para o crescimento

Leia mais

O QUE É? É UM EVENTO GLOBAL QUE UNE A POPULAÇÃO EM TORNO DA LUTA CONTRA O CANCRO; DESTINA-SE A SALVAR VIDAS HUMANAS, ATRAVÉS DA SENSIBILIZAÇÃO E

O QUE É? É UM EVENTO GLOBAL QUE UNE A POPULAÇÃO EM TORNO DA LUTA CONTRA O CANCRO; DESTINA-SE A SALVAR VIDAS HUMANAS, ATRAVÉS DA SENSIBILIZAÇÃO E O QUE É? É UM EVENTO GLOBAL QUE UNE A POPULAÇÃO EM TORNO DA LUTA CONTRA O CANCRO; DESTINA-SE A SALVAR VIDAS HUMANAS, ATRAVÉS DA SENSIBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO; É UMA OPORTUNIDADE PARA REFLETIR E PARA AGIR!

Leia mais

Primeira Guerra Mundial E Revolução Russa.

Primeira Guerra Mundial E Revolução Russa. Aula 17 Primeira Guerra Mundial E Revolução Russa. Esta aula abordará a Primeira Guerra Mundial, suas causas e conseqüências, entre as conseqüências; destaque para a Revolução Russa e a criação do primeiro

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DE MAIORES DE 23 ANOS PROVA ESPECIFICA DE ECONOMIA 2014/06/14 GRUPO A1

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DE MAIORES DE 23 ANOS PROVA ESPECIFICA DE ECONOMIA 2014/06/14 GRUPO A1 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DE MAIORES DE 23 ANOS PROVA ESPECIFICA DE ECONOMIA 2014/06/14 (Cotações: 6 x 1,0 = 6 valores) GRUPO A1 1- O sector de atividade que agrupa as atividades relacionadas com o aproveitamento

Leia mais

MÓDULO V B C D E PÓS-EURO

MÓDULO V B C D E PÓS-EURO O PÓS-EURO A B C D E MÓDULO V O Euro face às s principais moedas internacionais Pacto de Estabilidade e Crescimento O Tratado de Amesterdão O Tratado de Nice Reforçar e Reformar as Políticas da União na

Leia mais

Em Portugal o Produto Interno Bruto per capita expresso em Paridades de Poder de Compra situou-se em 76,0 % da média da União Europeia em 2012

Em Portugal o Produto Interno Bruto per capita expresso em Paridades de Poder de Compra situou-se em 76,0 % da média da União Europeia em 2012 Paridades de Poder de Compra 2012 12 de dezembro de 2013 Em Portugal o Produto Interno Bruto per capita expresso em Paridades de Poder de Compra situou-se em 76,0 % da média da União Europeia em 2012 Em

Leia mais

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 52 A EXPANSÃO DO BLOCO EUROPEU

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 52 A EXPANSÃO DO BLOCO EUROPEU GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 52 A EXPANSÃO DO BLOCO EUROPEU Como pode cair no enem Sarkozy e Berlusconi encaminharam pedido à UE, solicitando a revisão do: a) Tratado de Maastricht, o qual concede anistia

Leia mais

México HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO

México HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO México ATENÇÃO VERIFIQUE ATENTAMENTE AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTA PÁGINA PARA FACILITAR SEU ATENDIMENTO. SEM A APRESENTAÇÃO DOS REQUISITOS OBRIGATÓRIOS, O ATENDIMENTO NÃO SERÁ REALIZADO. O Consulado Geral

Leia mais

L 343/10 Jornal Oficial da União Europeia 29.12.2010

L 343/10 Jornal Oficial da União Europeia 29.12.2010 L 343/10 Jornal Oficial da União Europeia 29.12.2010 REGULAMENTO (UE) N. o 1259/2010 DO CONSELHO de 20 de Dezembro de 2010 que cria uma cooperação reforçada no domínio da lei aplicável em matéria de divórcio

Leia mais

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo Relatório sobre de informação feitas pelo governo º de janeiro a de junho de A Apple leva a sério o compromisso de proteger os seus dados e se esforça para fornecer hardware, software e os serviços mais

Leia mais

3 de Julho 2007 Centro Cultural de Belém, Lisboa

3 de Julho 2007 Centro Cultural de Belém, Lisboa Intervenção do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Mariano Gago na abertura da Sessão pública de apresentação das actividades do Conselho Europeu de Investigação (ERC) 3 de Julho 2007

Leia mais

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / /

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 8ºhist301r ROTEIRO DE ESTUDO RECUPERAÇÃO 2015 8º ano do Ensino Fundamental II HISTÓRIA 1º TRIMESTRE 1. Conteúdos Objetivo 1: Africanos no Brasil (Cap.

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 11.4.2007 COM(2007) 178 final RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO Relatório final da Comissão Europeia sobre a continuação da adequação

Leia mais