A CENTRALIDADE CRIADA PELO COMÉRCIO ATACADISTA DE CIANORTE - MUDANÇAS NO PERÍODO 2011/2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A CENTRALIDADE CRIADA PELO COMÉRCIO ATACADISTA DE CIANORTE - MUDANÇAS NO PERÍODO 2011/2013"

Transcrição

1 1 A CENTRALIDADE CRIADA PELO COMÉRCIO ATACADISTA DE CIANORTE - MUDANÇAS NO PERÍODO 2011/2013 INTRODUÇÃO Karina Biasi Pina Acadêmica - Geografia - UNESPAR/Fafipa Gilmar Aparecido Asalin (orientador) Prof. Me. Col. Geografia - UNESPAR/Fafipa O presente texto objetiva fazer uma breve análise acerca dos shoppings atacadistas de confecções da cidade de Cianorte, uma urbes que nas últimas décadas teve uma progresso que a direcionou para a especialização industrial. Observamos o mecanismo que faz com que exista um deslocamento de atacadistas até a mesma para realizarem compras. Cianorte é um dos maiores centros atacadistas de moda à pronta entrega do Brasil, a moda é o carro-chefe do setor industrial da cidade, o setor gera cerca de 15 mil empregos diretos e aproximadamente 30 mil indiretos em toda a região, sendo que a cada cinco cianortenses, três trabalham nas confecções, tanto que na década de 1980 foi criado um slogan para a cidade que passou a figurar como a capital do vestuário, é apenas um dos indicadores da importância que tal gênero assumiu, tanto pelo número de empresas presentes, quanto pelo número de empregos gerados, pela participação na arrecadação municipal, pelo movimento no comércio local dentre outros, legitimando o valor de tais empreendimentos para a região. Cianorte viveu na década de 1990 uma das fases do expansionismo das indústrias de confecções, tal processo esteve atrelado às primeiras construções dos Shoppings Centers atacadistas de confecções, visando concentrar as lojas das fábricas para efetivar o comércio no atacado. Ciano rte viv eu na déc ada de 1990 uma das fases do expansionismo das indústrias de confecções, tal

2 2 processo esteve atrelado às primeiras construções dos Shopping Centers atacadistas de confecções, visando concentrar as lojas das fábricas para efetivar o comércio no atacado. Para Pintaudi (1992), um Shopping Center pode ser caracterizado como um empreendimento imobiliário, de capital privado, onde são articulados em um ou mais edifícios agrupados, lojas para o comércio varejista, ou serviços. A distinção entre as lojas ocorre tanto pelas mercadorias comercializadas, como pela presença de muitas lojas de mesmo ramo, ou por naturezas diversas, o caso das lojas âncoras. No entanto, para Asalin (2008), o que difere um Shopping Center Atacadista de um Shopping Center de varejo pode ser caracterizada, inicialmente, como o próprio conceito se refere, o primeiro só efetua vendas no atacado, exigindo para a venda um valor ou número de peças mínimas a comprarem. Caracterizam como diferenciais o fato dos compristas chegarem até o Shopping Center Atacadista por intermédio dos guias (profissionais dos lojistas), principal meio de divulgação e transporte, e por apresentarem pousada, infraestrutura própria desse tipo de empreendimento, tal observação é justificada a partir da ocorrência dos shoppings atacadistas de confecções, Asa Moda Shopping, acompanham compristas viajantes e garantem o pagamento de suas compras junto aos Ciavest, Dallas Personnalité, Nabhan Cia Fashion e o Shopping Master Cianorte. Spósito (1991) assegura que os Shopping Centers são novas expressões da centralidade, pois concentram equipamentos de consumo, atividades comerciais e prestação de serviços atraindo significativo contingente de consumidores. Ainda na visão da autora, (...) a centralidade é entendida enquanto processo, e o centro ou os centros como expressão territorial (SPÓSITO, 1996, p.4), assim a centralidade está ligada aos processos que se materializam em certos pontos da cidade, identificados pela densidade dos fluxos e fluidez no território, permitindo a emergência de uma centralidade múltipla e complexa, no lugar da centralidade principal.

3 3 METODOLOGIA Quanto ao referencial teórico-metodológico buscou-se fazer um levantamento bibliográfico, estabelecendo uma base teórica para fundamentar o trabalho, proporcionando compreensão da dinâmica da organização e reorganização do espaço geográfico que levou a centralidade constatada no estudo. No referencial empírico, ocorreram várias visitas in loco aos diversos Shoppings de confecções, onde foram realizadas entrevistas com os industriais lojistas, e pessoas ligadas ao histórico da evolução destes empreendimentos, coletamos informações com os lojistas de como se procedia o funcionamento dos shoppings, as metas de vendas, faturamento mensal, assim como as funções determinadas para os guias. RESULTADOS E DISCUSSÃO Os Shoppings atacadistas de Cianorte - Pr contam com lojas de confecção e outros segmentos, que oferecem uma infraestrutura onde os compristas podem desfrutar de praça de alimentação e restaurante, segurança para que possam aproveitar suas compras com tranquilidade, o que faz com que o consumo de outros produtos venha a movimentar a economia Cianortense. No Polo atacadista de Cianorte as marcas mais procuradas são Osmoze, Morena Rosa, marcas que possuem maior destaque em vendas, sua grande procura se deve ao fato de as mesmas serem pioneiras no ramo da confecção. Dados informados nos shoppings revelam que o mecanismo que leva os atacadistas a Cianorte é a boa mercadoria, o bom preço, além do prazo flexível. As excursões com os compristas ocorrem predominantemente as segundas, terças e quintas-feiras, sempre acompanhados por um guia. Além de comprarem no comércio atacadista de Cianorte a maioria dos compristas consomem produtos de

4 4 Maringá - PR, Brás P e Brusque - SC. As compras em sua maioria são realizadas quinzenalmente e a prazo, em sua grande maioria os atacadistas afirmam que a grande vantagem de se comprar em Cianorte é a facilidade de transporte, pelo fato da boa fluidez nas rodovias. Apontam também que a comodidade e a infraestrutura oferecida pelos shoppings facilitam os compristas a darem preferência a Cianorte na hora de realizarem sua compras. Após observação posterior de dois anos desde o início da pesquisa, devemos ressaltar alguns fatos que com o passar do tempo tem contribuído para a queda dessa centralidade, como a queda parcial dos números de indivíduos presentes na feira expovest no período de três anos, também o fato de entre esse período um shopping importante no meio atacadista, Shopping Univep, ter fechado as portas, fatos como este leva compristas que anteriormente efetuavam suas compras em Cianorte a migrarem para outros polos confeccionistas. CONSIDERAÇÕES FINAIS Cianorte é uma cidade especializada na indústria de confecções e o setor é de suma importância na geração de empregos e impostos. A acessibilidade e os fluxos de bens materiais e imateriais justificam a centralidade criada em Cianorte. Um dos principais produtos das confecções aceitos no mercado é o jeans da região. Os guias têm fundamental função na prosperidade dos Shoppings atacadistas de confecções, assim como, a comodidade, qualidade dos produtos, bons preços, prazos e a infraestrutura oferecida pelos Shoppings facilitam a vida dos compristas. Em inúmeras situações a falta de planejamento prévio de eventos, e investimento em ramos essenciais, como a manutenção de serviços já existentes podem levar a uma queda de produtividade, circulaç ão econômi ca mo vimentada pel o

5 5 setor e consequentemente diminui a centralidade exercida pelo comércio atacadista de vestuário. REFERÊNCIAS ASALIN, G. A. Os Shopping centers atacadistas de Maringá: a lógica de uma centralidade criada pela indústria e comércio de confecções. Dissertação (Mestrado em Geografia). 125p. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, CAMPOS, A. C. Arranjos produtivos no Estado do Paraná: O caso dos municípios de Cianorte. Curitiba, Tese (Doutorado em Desenvolvimento Econômico). Universidade Federal do Paraná. Curitiba, FRESCA, T. M. A rede urbana norte paranaense. Londrina: EdUEL, MENDES, C M.; GRZEGORCYK, V. Centro, Centralidade e Verticalização em Maringá. In: MORO, D. A. (Org.). Maringá - espaço e tempo: ensaio de geografia urbana. Maringá. PINTAUDI JUNIOR, S. M. O Shopping center no Brasil: condições de surgimento e estratégias de localização. In: PINTAUDI, S. M.; FRÚGOLI JUNIOR, H. Shopping centers: espaço, cultura e modernidade nas cidades brasileiras. In: São Paulo: Unesp, SPÓSITO, M. E. B. Multi(poli)centralidade urbana em Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente. Projeto de Pesquisa Integrada, Presidente Prudente, O Centro e as Formas de Expressão da Centralidade. Revista de Geografia, São Paulo: Universidade Estadual Paulista, UNESP, Vol. 10, 1991.

A REINSERÇÃO DE NOVA ESPERANÇA NA REDE URBANA DE MARINGÁ: UMA PROPOSTA DE ESTUDO

A REINSERÇÃO DE NOVA ESPERANÇA NA REDE URBANA DE MARINGÁ: UMA PROPOSTA DE ESTUDO A REINSERÇÃO DE NOVA ESPERANÇA NA REDE URBANA DE MARINGÁ: UMA PROPOSTA DE ESTUDO 5 Amanda dos Santos Galeti Acadêmica de Geografia - UNESPAR/Paranavaí amanda_galeti@hotmail.com Kamily Alanis Montina Acadêmica

Leia mais

O CENÁRIO DO PÓLO DE CONFECÇÕES DO AGRESTE DE PERNAMBUCO

O CENÁRIO DO PÓLO DE CONFECÇÕES DO AGRESTE DE PERNAMBUCO O CENÁRIO DO PÓLO DE CONFECÇÕES DO AGRESTE DE PERNAMBUCO Autora: IZABELLE SOUSA BARROS Resumo Este artigo propõe uma reflexão sobre o atual cenário do Arranjo Produtivo Local de Confecções do Agreste Pernambucano

Leia mais

LÓGICAS ESPACIAIS DAS EMPRESAS FRANQUEADAS DO RAMO COMERCIAL DE CONFECÇÕES E CALÇADOS: CIDADES MÉDIAS E CONSUMO

LÓGICAS ESPACIAIS DAS EMPRESAS FRANQUEADAS DO RAMO COMERCIAL DE CONFECÇÕES E CALÇADOS: CIDADES MÉDIAS E CONSUMO LÓGICAS ESPACIAIS DAS EMPRESAS FRANQUEADAS DO RAMO COMERCIAL DE CONFECÇÕES E CALÇADOS: CIDADES MÉDIAS E CONSUMO Ariane Barilli de Mattos Graduação em Geografia Faculdade de Ciências e Tecnologia ane_cbj@hotmail.com

Leia mais

Condomínios empresariais na Região Metropolitana de Campinas: intencionalidade e fatores locacionais

Condomínios empresariais na Região Metropolitana de Campinas: intencionalidade e fatores locacionais Condomínios empresariais na Região Metropolitana de Campinas: intencionalidade e fatores locacionais Rodolfo Finatti rodolfofinatti@yahoo.com.br FFLCH/USP Palavras-chave: condomínio empresarial, Região

Leia mais

DA FORMAÇÃO AGRÍCOLA PARA O MAIOR POLO DE CONFECÇÃO DO NORTE DO PARANÁ: A GRANDE MUDANÇA NA ECONOMIA MUNICIPAL DE CIANORTE APÓS A GRANDE GEADA DE 1975

DA FORMAÇÃO AGRÍCOLA PARA O MAIOR POLO DE CONFECÇÃO DO NORTE DO PARANÁ: A GRANDE MUDANÇA NA ECONOMIA MUNICIPAL DE CIANORTE APÓS A GRANDE GEADA DE 1975 DA FORMAÇÃO AGRÍCOLA PARA O MAIOR POLO DE CONFECÇÃO DO NORTE DO PARANÁ: A GRANDE MUDANÇA NA ECONOMIA MUNICIPAL DE CIANORTE APÓS A GRANDE GEADA DE 1975 Autor: Ronaldo Vasques UEM Co-autora:MariáhMajolo

Leia mais

MODELAGEM APLICADA À INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: ESTUDO PRÁTICO NA CIDADE DE CIANORTE PR

MODELAGEM APLICADA À INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: ESTUDO PRÁTICO NA CIDADE DE CIANORTE PR MODELAGEM APLICADA À INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: ESTUDO PRÁTICO NA CIDADE DE CIANORTE PR Marlina Salvador Radi 1 Carla Hidalgo Capelassi 2 Joyce Pavão do Prado 3 RESUMO Devido à importância do setor de no

Leia mais

A rede é mais ampla do que a pesquisa que a coloca em movimento num dado momento.

A rede é mais ampla do que a pesquisa que a coloca em movimento num dado momento. Cidades médias: agentes econômicos e reestruturação urbana e regional Metodologia e Resultados Beatriz Ribeiro Soares UFU Universidade Federal de Uberlândia Instituto de Geografia Caracterização da ReCiMe

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

SETOR de shopping center no Brasil: UMA VISÃO DO MERCADO

SETOR de shopping center no Brasil: UMA VISÃO DO MERCADO Informativo setorial de shopping centers Nº01 maio 2011 NÚMERO DE SHOPPINGS, 2 Descubra a distribuição dos shoppings por área bruta comercial. FLUXO DE CLIENTES, 6 Entenda o fluxo médio diário e a densidade

Leia mais

SETOR de shopping center no Brasil:

SETOR de shopping center no Brasil: Informativo setorial de shopping centers Nº01 maio 2011 número de Shoppings, 2 Descubra a distribuição dos shoppings por área bruta comercial. Fluxo de Clientes, 6 Entenda o fluxo médio diário e a densidade

Leia mais

Vamos ao shopping? Crescimento dos centros de compras atrai investidores de ações e de fundos imobiliários. Ainda há muito espaço para lucrar com eles

Vamos ao shopping? Crescimento dos centros de compras atrai investidores de ações e de fundos imobiliários. Ainda há muito espaço para lucrar com eles Página 1 de 5 INVESTIDORES Nº EDIÇÃO: 815 Investimentos 24.MAI.13-21:00 Vamos ao shopping? Crescimento dos centros de compras atrai investidores de ações e de fundos imobiliários. Ainda há muito espaço

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

O design no comércio

O design no comércio O design no comércio SUMÁRIO O que é Comércio Alguns segmentos do Comércio Design no E-commerce Design no Comércio atacadista Design no Comércio de outlets Design no Shopping center Design no Minimercado

Leia mais

Shopping bonsucesso. Transformando o perfil de consumo de guarulhos.

Shopping bonsucesso. Transformando o perfil de consumo de guarulhos. Shopping bonsucesso. Transformando o perfil de consumo de guarulhos. No centro de uma área em pleno desenvolvimento, que vem recebendo novos empreendimentos imobiliários e constantes investimentos em infraestrutura,

Leia mais

DISPARIDADES ENTRE A ZONA SUL E A ZONA NORTE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP

DISPARIDADES ENTRE A ZONA SUL E A ZONA NORTE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP DISPARIDADES ENTRE A ZONA SUL E A ZONA NORTE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP Luiz Henrique Mateus Lima lugano_lima@yahoo.com.br Mestrado em Geografia FCT UNESP Campus de Presidente Prudente 1088 Resumo As

Leia mais

*O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil, dos quais 77% são pequenos e médios estabelecimentos.

*O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil, dos quais 77% são pequenos e médios estabelecimentos. Fonte: A Construção do Desenvolvimento Sustentado, UNC, 2006 *O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil, dos quais 77% são pequenos e médios estabelecimentos. *A cadeia da Construção

Leia mais

Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí/ Colegiado do curso de Geografia Paranavaí-PR.

Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí/ Colegiado do curso de Geografia Paranavaí-PR. A CENTRALIDADE CRIADA PELO COMÉRCIO ATACADISTA DE CIANORTE - PR. Karina Biasi Pina, Karina Dinato Silva (PIC/FAFIPA); Karina_biasi@hotmail.com, Dinato.karina@bol.com.br, Gilmar Aparecido Asalin (Orientador),

Leia mais

Uma perspectiva do turismo em Ponta Grossa: Estudo de Caso do Encontro de Motos Easy Road

Uma perspectiva do turismo em Ponta Grossa: Estudo de Caso do Encontro de Motos Easy Road 8. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO Uma perspectiva do turismo em Ponta Grossa: Estudo de Caso do Encontro de Motos Easy Road Apresentador 1 Ana Paula Cunha Apresentador

Leia mais

Portal de Turismo Divulgando seu empreendimento

Portal de Turismo Divulgando seu empreendimento www.visitesaopedrodaaldeia.com.br Portal de Turismo Divulgando seu empreendimento Tel/ax: (21) 2522-2421 ideias@ideias.org.br Quem Somos O Instituto IDEIAS é uma associação civil, sem fins lucrativos,

Leia mais

SHOPPING CENTERS Evolução Recente

SHOPPING CENTERS Evolução Recente ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Maio/98 N o 16 SHOPPING CENTERS Evolução Recente Este informe apresenta a evolução recente da indústria de shopping

Leia mais

CENTRALIDADE POLINUCLEADA: UMA ANÁLISE DOS SUBCENTROS POPULARES DE GOIÂNIA O CASO DO SETOR CAMPINAS

CENTRALIDADE POLINUCLEADA: UMA ANÁLISE DOS SUBCENTROS POPULARES DE GOIÂNIA O CASO DO SETOR CAMPINAS CENTRALIDADE POLINUCLEADA: UMA ANÁLISE DOS SUBCENTROS POPULARES DE GOIÂNIA O CASO DO SETOR CAMPINAS Flavia Maria de Assis Paula 1,3 Elaine Alves Lobo Correa 2,3 José Vandério Cirqueira Pinto 2,3 RESUMO

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

A expansão sólida e continuada do GRUPO OPPNUS expressa comprometimento com um conjunto de valores em que se sobressai o compromisso com a inovação

A expansão sólida e continuada do GRUPO OPPNUS expressa comprometimento com um conjunto de valores em que se sobressai o compromisso com a inovação A expansão sólida e continuada do GRUPO OPPNUS expressa comprometimento com um conjunto de valores em que se sobressai o compromisso com a inovação num contexto de desafios, superados com parcerias para

Leia mais

Portal de Turismo Divulgando seu empreendimento

Portal de Turismo Divulgando seu empreendimento www.turisangra.com.br Portal de Turismo Divulgando seu empreendimento Tel/ax: (21) 2522-2421 ideias@ideias.org.br Quem Somos O Instituto IDEIAS é uma associação civil, sem fins lucrativos, criada em 8

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2014 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de Janeiro de 2014, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ Acadêmica de Administração Geral na Faculdade Metropolitana de Maringá /PR - 2005 RESUMO: A atividade comercial

Leia mais

Introdução de Práticas de Inovação Contínua nas Micro e Pequenas Empresas do Arranjo Produtivo Local do Vestuário de Maringá: um Estudo de Caso

Introdução de Práticas de Inovação Contínua nas Micro e Pequenas Empresas do Arranjo Produtivo Local do Vestuário de Maringá: um Estudo de Caso Introdução de Práticas de Inovação Contínua nas Micro e Pequenas Empresas do Arranjo Produtivo Local do Vestuário de Maringá: um Estudo de Caso Cleina Yayoe Okoshi, Francisco Rodrigues Lima Junior, Leandro

Leia mais

MBA Executivo UFPE. Disciplina: Ambiente de Negócios. Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS

MBA Executivo UFPE. Disciplina: Ambiente de Negócios. Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS MBA Executivo UFPE Disciplina: Ambiente de Negócios Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS Fonte: MATTAR, Fauze Najib. Administração de Varejo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011 Prof. Bosco Torres

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO

A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO Mariana Ferreira Soares, Priscila Petrusca Messias Gomes Silva e Marcos Alexandre de Melo Barros. Faculdade Senac de Pernambuco. E-mail:

Leia mais

MonteCarmo Shopping. Uma grande oportunidade de negócio esperando por você

MonteCarmo Shopping. Uma grande oportunidade de negócio esperando por você MonteCarmo Shopping Uma grande oportunidade de negócio esperando por você Localização privilegiada, identidade com o público local, arquitetura diferenciada e exclusivo conceito lifestyle, que integra

Leia mais

UM NOVO CONCEITO. UMA NOVA ARQUITETURA. UM NOVO DESIGN. UM NOVO ESPAÇO. BEM-VINDO AO NOVO... SHOPPING VALINHOS.

UM NOVO CONCEITO. UMA NOVA ARQUITETURA. UM NOVO DESIGN. UM NOVO ESPAÇO. BEM-VINDO AO NOVO... SHOPPING VALINHOS. UM NOVO CONCEITO. UMA NOVA ARQUITETURA. UM NOVO DESIGN. UM NOVO ESPAÇO. BEM-VINDO AO NOVO... SHOPPING VALINHOS. Imagem meramente ilustrativa, sujeito a alterações. NOVA GALERIA DE ACESSO - primeiro piso

Leia mais

Imagem ilustrativa. Praça Taquaral Shopping Center, um novo conceito arquitetônico. Traga a sua marca para esta grande vitrine de consumo.

Imagem ilustrativa. Praça Taquaral Shopping Center, um novo conceito arquitetônico. Traga a sua marca para esta grande vitrine de consumo. Imagem ilustrativa Praça Taquaral Shopping Center, um novo conceito arquitetônico. Traga a sua marca para esta grande vitrine de consumo. Piracicaba, um grande polo econômico no interior de São Paulo.

Leia mais

A Contribuição Sírio-Libanesa para o Desenvolvimento de Anápolis 1907 a 1949.

A Contribuição Sírio-Libanesa para o Desenvolvimento de Anápolis 1907 a 1949. A Contribuição Sírio-Libanesa para o Desenvolvimento de Anápolis 1907 a 1949. Palavras-chave: Anápolis, árabe, desenvolvimento, comércio. LUPPI, Sheila Cristina Alves de Lima 1 POLONIAL, Juscelino Martins

Leia mais

CURSO TECNOLÓGICO EM GESTÃO HOSPITALAR 2013.1

CURSO TECNOLÓGICO EM GESTÃO HOSPITALAR 2013.1 UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP 5. Santos: Oportunidades e Riscos do Desenvolvimento CAMPUS- SANTOS A cidade de Santos, na região metropolitana da Baixada Santista, com mais de 430 mil habitantes é na atualidade

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

Programa para Implementação de Sistema de Logística Reversa de Embalagens Plásticas Usadas de Óleos Lubrificantes para o Comerciante Atacadista

Programa para Implementação de Sistema de Logística Reversa de Embalagens Plásticas Usadas de Óleos Lubrificantes para o Comerciante Atacadista Programa para Implementação de Sistema de Logística Reversa de Embalagens Plásticas Usadas de Óleos Lubrificantes para o Comerciante Atacadista 1 . A Lei Federal nº 12.305/10 - instituiu a PNRS e a responsabilidade

Leia mais

Acionistas e parceiros REP

Acionistas e parceiros REP Acionistas e parceiros REP Joint venture* Acionista da REP, a PDG é líder no mercado brasileiro, presente em 17 estados e mais de 100 cidades. Maior grupo das Américas no setor imobiliário em valor de

Leia mais

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO. Resumo Executivo Pesquisa 2013

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO. Resumo Executivo Pesquisa 2013 PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO Resumo Executivo Pesquisa 2013 APRESENTAÇÃO Em ação conjunta para o melhor conhecimento das capacidades do mercado brasileiro da construção em aço, o CBCA Centro

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Marketing 4ª Série Gestão do Relacionamento com os Consumidores A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por

Leia mais

COSMOPOLITANO SHOPPING. orgânico moderno conectado novo completo diverso dinâmico confortável

COSMOPOLITANO SHOPPING. orgânico moderno conectado novo completo diverso dinâmico confortável COSMOPOLITANO SHOPPING orgânico moderno conectado novo completo diverso dinâmico confortável Uma cidade do mundo deve abraçar o mundo. Crescer e prosperar junto com ele. Na era dos novos negócios, coragem

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

Uma fonte inédita de informação

Uma fonte inédita de informação Mensagem do Presidente Uma fonte inédita de informação Este trabalho, patrocinado pelo Sincor-SP, corresponde a uma expectativa do setor quanto aos dados relativos às corretoras de seguros, em um momento

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

A vida anda corrida...

A vida anda corrida... A vida anda corrida... A vida anda corrida......e muitas vezes os desejos das crianças são deixados de lado. O Clube da Criança é a solução ideal para pais e filhos. O Clube da Criança é a solução ideal

Leia mais

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil 2014 Objetivo Metodologia Perfil da Empresa de Consultoria Características das Empresas Áreas de Atuação Honorários Perspectivas e Percepção de Mercado

Leia mais

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS OUTUBRO/2013 FECOMERCIO/TO Hugo de Carvalho Presidente Anselmo da Silva Moraes Vice Presidente Silmara Lustosa Ribeiro Superintendente INSTITUTO FECOMÉRCIO/TO Hugo de

Leia mais

URBANIZAÇÃO BRASILEIRA: ALGUNS COMENTÁRIOS. Profa. Dra. Vera Lúcia Alves França

URBANIZAÇÃO BRASILEIRA: ALGUNS COMENTÁRIOS. Profa. Dra. Vera Lúcia Alves França URBANIZAÇÃO BRASILEIRA: ALGUNS COMENTÁRIOS Profa. Dra. Vera Lúcia Alves França A década de 1930 do século XX traz para a população brasileira um novo momento, quanto a sua distribuição. Até então, a população

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Dezembro/98 N o 20 DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA O comércio é a ponta da cadeia produtiva e é o primeiro

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Dezembro 2010

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Dezembro 2010 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Dezembro 2010 EMPREENDIMENTOS DE USO MISTO Profa.Dra.Eliane Monetti Prof. Dr. Sérgio Alfredo Rosa da Silva Empreendimentos de uso misto

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE DEZEMBRO DE 2013 CURITIBA E R.M Este relatório, referente ao mês de Dezembro de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

A PRESENÇA DAS EMPRESAS MULTINACIONAIS NO INTERIOR PARANAENSE: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

A PRESENÇA DAS EMPRESAS MULTINACIONAIS NO INTERIOR PARANAENSE: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES A PRESENÇA DAS EMPRESAS MULTINACIONAIS NO INTERIOR PARANAENSE: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Jaqueline Pereira de Souza Larissa Aparecida Gonsalves Carlos Horen Graduandos em Geografia junto a Universidade Estadual

Leia mais

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( X ) TRABALHO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PANANÁ EDISON FERREIRA BRUM

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PANANÁ EDISON FERREIRA BRUM UNIVERSIDADE FEDERAL DO PANANÁ EDISON FERREIRA BRUM ANÁLISE DE MERCADO IMOBILIÁRIO DE CURITIBA NO PERÍODO TRANSCORRIDO ENTRE 2005 E 2012 CURITIBA 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PANANÁ EDISON FERREIRA BRUM

Leia mais

Projeto Retraço Novo

Projeto Retraço Novo Projeto Retraço Novo Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Ateliê Bianca Baggio. Cidade: londrina Contato:

Leia mais

O uso do gvsig na Identificação de locais estratégicos para instalação de uma loja de confecções

O uso do gvsig na Identificação de locais estratégicos para instalação de uma loja de confecções O uso do gvsig na Identificação de locais estratégicos para instalação de uma loja de confecções Dionísio Costa Cruz Junior dionisiojunior@iquali.com.br (orientador) Ismael Fiuza Ramos maelfiuza@gmail.com

Leia mais

VERTICALIZAÇÃO E CUSTO DA TERRA: TENDÊNCIAS DE EXPANSÃO DA CIDADE DE CURITIBA

VERTICALIZAÇÃO E CUSTO DA TERRA: TENDÊNCIAS DE EXPANSÃO DA CIDADE DE CURITIBA VERTICALIZAÇÃO E CUSTO DA TERRA: TENDÊNCIAS DE EXPANSÃO DA CIDADE DE CURITIBA Gislene Pereira Universidade Federal do Paraná (UFPR) gislenepereira42@gmail.com Bruna Gregorini Universidade Federal do Paraná

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO SETOR TERCIÁRIO EM FOZ DO IGUAÇU PR: APONTAMENTOS SOBRE O PAPEL DA USINA HIDRELÉTRICA DE ITAIPU NESTE PROCESSO

A EVOLUÇÃO DO SETOR TERCIÁRIO EM FOZ DO IGUAÇU PR: APONTAMENTOS SOBRE O PAPEL DA USINA HIDRELÉTRICA DE ITAIPU NESTE PROCESSO Revista OKARA: Geografia em debate, v.8, n.1, p. 21-32, 2014. ISSN: 1982-3878 João Pessoa, PB, DGEOC/CCEN/UFPB http://www.okara.ufpb.br A EVOLUÇÃO DO SETOR TERCIÁRIO EM FOZ DO IGUAÇU PR: APONTAMENTOS SOBRE

Leia mais

740 mil pessoas estão à espera da sua loja.

740 mil pessoas estão à espera da sua loja. 740 mil pessoas estão à espera da sua loja. Imagem ilustrativa Fonte: Relatório Mapeamento de Mercado Potencial China Associados Geomarketing. Polo de desenvolvimento do NOROESTE PAULISTA, a região de

Leia mais

Orientadora: Profa. Dra. Sonia Aparecida Cabestré (USC)

Orientadora: Profa. Dra. Sonia Aparecida Cabestré (USC) Título (Limite de 250 caracteres incluindo os espaços) Título: Relações Públicas e Ferramentas de Comunicação um estudo abordando à realidade de Ibitinga A capital nacional do bordado 1 Autores (Incluir

Leia mais

FRANCHISING JAIR PASQUALI

FRANCHISING JAIR PASQUALI FRANCHISING JAIR PASQUALI jair.pasquali@marisolsa.com PARTICIPAÇÃO DOS SEGMENTOS DE VAREJO RECEITA TOTAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E DE VEÍCULOS Produtos farmacêuticos 5,7% Tecidos e artigos do vestuário 7,5%

Leia mais

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé?

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé? 1 INTRODUÇÃO As empresas, inevitavelmente, podem passar por períodos repletos de riscos e oportunidades. Com a complexidade da economia, expansão e competitividade dos negócios, tem-se uma maior necessidade

Leia mais

O ESPAÇO PÚBLICO NA CIDADE CONTEMPORÂNEA: O COMPLEXO RECREATIVO CLUBE DO POVO DE CATALÃO (GO)

O ESPAÇO PÚBLICO NA CIDADE CONTEMPORÂNEA: O COMPLEXO RECREATIVO CLUBE DO POVO DE CATALÃO (GO) O ESPAÇO PÚBLICO NA CIDADE CONTEMPORÂNEA: O COMPLEXO RECREATIVO CLUBE DO POVO DE CATALÃO (GO) Palavras-chave: espaço público, cidade, capital. Patrícia Souza Rocha Marçal Universidade Federal de Goiás

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS DE ATER 1º A 3 DE DEZEMBRO DE 2015 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

SEMINÁRIO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS DE ATER 1º A 3 DE DEZEMBRO DE 2015 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL SEMINÁRIO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS DE ATER 1º A 3 DE DEZEMBRO DE 2015 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL www.emater.pr.gov.br O QUE É CONSÓRCIO EMPRESARIAL É a união de várias empresas, com a finalidade de realizar

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA Nº 04

TERMO DE REFERENCIA Nº 04 TERMO DE REFERENCIA Nº 04 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIO NA ELABORAÇÃO DE PRODUTO REFERENTE À AÇÃO 02 DO PROJETO OBSERVATÓRIO LITORAL SUSTENTÁVEL - INSTITUTO PÓLIS EM PARCERIA COM A PETROBRAS. Perfil:

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS BRASILEIRAS E PORTUGUESAS

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS BRASILEIRAS E PORTUGUESAS 1 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS BRASILEIRAS E PORTUGUESAS São Carlos SP Abril 2011 Euro Marques Júnior USP eurojr@uol.com.br Educação Universitária Serviços

Leia mais

RESULTADOS DA PESQUISA DE CAMPO

RESULTADOS DA PESQUISA DE CAMPO CENTRO UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO DE PRESIDENTE PRUDENTE RESULTADOS DA PESQUISA DE CAMPO BAIRRO PARQUE FURQUIM, PRESIDENTE PRUDENTE - SP Introdução/Metodologia Iniciação Científica NEPE/TOLEDO

Leia mais

SISTEMA PARA CONTROLE DE EGRESSOS E INDICADORES DE MEDIÇÃO Pesquisa em Andamento: resultados preliminares

SISTEMA PARA CONTROLE DE EGRESSOS E INDICADORES DE MEDIÇÃO Pesquisa em Andamento: resultados preliminares SISTEMA PARA CONTROLE DE EGRESSOS E INDICADORES DE MEDIÇÃO Pesquisa em Andamento: resultados preliminares Neidson Santos Bastos 1 ; Angelo Augusto Frozza 2 ; Reginaldo Rubens da Silva 3 RESUMO Mensurar

Leia mais

ABERTURA DE EMPRESAS

ABERTURA DE EMPRESAS ABERTURA DE EMPRESAS PLANO DE CONTABILIDADE COM FIDELIDADE 2 ANOS ESCRITÓRIO - Abertura de empresa sem custo no plano de fidelidade; ESCRITÓRIO DE COMERCIO - Carência de 03 (três) meses (honorário); ESCRITÓRIO

Leia mais

MIGRAÇÃO E RELAÇÃO CAMPO-CIDADE 1

MIGRAÇÃO E RELAÇÃO CAMPO-CIDADE 1 MIGRAÇÃO E RELAÇÃO CAMPO-CIDADE 1 Débora Aparecida Tombini* Marcos Aurélio Saquet** INTRODUÇÃO Desde o surgimento da vida humana na Terra até o início do século XIX, a população cresceu em ritmo lento

Leia mais

Fatores Influenciadores do Comportamento do Consumidor Organizacional dos Shoppings de Confecção Atacadistas de Maringá e Cianorte

Fatores Influenciadores do Comportamento do Consumidor Organizacional dos Shoppings de Confecção Atacadistas de Maringá e Cianorte Fatores Influenciadores do Comportamento do Consumidor Organizacional dos Shoppings de Confecção Atacadistas de Maringá e Cianorte Daniel Malgarin da Costa (Bacharel em Administração UEM) Olga Maria Coutinho

Leia mais

EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO RURAL NOS MUNICÍPIOS DO CENTRO- SUL PARANAENSE NO PERÍODO DE 2000 A 2010

EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO RURAL NOS MUNICÍPIOS DO CENTRO- SUL PARANAENSE NO PERÍODO DE 2000 A 2010 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO RURAL NOS MUNICÍPIOS DO CENTRO- SUL PARANAENSE NO PERÍODO DE 2000 A 2010 Juliana Paula Ramos 1, Maria das Graças de Lima 2 RESUMO:

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO REGIÃO OESTE

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO REGIÃO OESTE FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE NOVEMBRO DE 2013 REGIÃO OESTE Este relatório, referente ao mês de NOVEMBRO de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

SHOPPING ILHA DO MEL

SHOPPING ILHA DO MEL Cenário atual O Brasil é o 5º maior país do mundo com grande crescimento no setor de Shopping Centers. Segundo pesquisa da Interscience, encomendada pela Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE),

Leia mais

Relatório do Administrador Anual Fundo de Investimento Imobiliário Polo Shopping Indaiatuba (CNPJ no. 14.721.889/0001-00)

Relatório do Administrador Anual Fundo de Investimento Imobiliário Polo Shopping Indaiatuba (CNPJ no. 14.721.889/0001-00) Relatório do Administrador Anual Fundo de Investimento Imobiliário Polo Shopping Indaiatuba (CNPJ no. 14.721.889/0001-00) Ref.: Exercício de 2013 Em conformidade com o Artigo n. 39 da Instrução CVM n.

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (MECATRÔNICA)

CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (MECATRÔNICA) UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP 5. Santos: Oportunidades e Riscos do Desenvolvimento CAMPUS- SANTOS A cidade de Santos, na região metropolitana da Baixada Santista, com mais de 430 mil habitantes é na atualidade

Leia mais

CUSTO UNITÁRIO BÁSICO PARA A REGIÃO DE SANTA ROSA - RS TEMA: CONSTRUÇÃO CIVIL

CUSTO UNITÁRIO BÁSICO PARA A REGIÃO DE SANTA ROSA - RS TEMA: CONSTRUÇÃO CIVIL PEC I - Primeiro Painel Temático de Pesquisa da Engenharia Civil da UNIJUÍ 14 de Outubro de 2014 CUSTO UNITÁRIO BÁSICO PARA A REGIÃO DE SANTA ROSA - RS TEMA: CONSTRUÇÃO CIVIL Acadêmica: Gabriela Meller

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS 0 UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS AS FUNÇÕES DA CONTROLADORIA E O PERFIL DO CONTROLLER NAS EMPRESAS INTEGRANTES DOS PRINCIPAIS

Leia mais

A PRODUÇÃO SOCIOESPACIAL DO BAIRRO PINHEIRINHO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS-SP: A BUSCA PELA CIDADANIA

A PRODUÇÃO SOCIOESPACIAL DO BAIRRO PINHEIRINHO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS-SP: A BUSCA PELA CIDADANIA A PRODUÇÃO SOCIOESPACIAL DO BAIRRO PINHEIRINHO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS-SP: A BUSCA PELA CIDADANIA Ana Lia Ferreira Mendes de Carvalho liafmc@yahoo.com.br Geografia Bacharelado - UNIFAL-MG INTRODUÇÃO O presente

Leia mais

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR INTERIOR DE SÃO PAULO Flavio Amary Vice-presidente do Interior do Secovi-SP e Diretor Regional em Sorocaba e Região PARTICIPAÇÃO % DO

Leia mais

Giselle Mesquita. Projeto de pesquisa apresentado ao Programa de Iniciação Científica das Faculdades Integradas Simonsen.

Giselle Mesquita. Projeto de pesquisa apresentado ao Programa de Iniciação Científica das Faculdades Integradas Simonsen. Giselle Mesquita O uso da contabilidade na formação do preço e no planejamento das vendas: um estudo empírico sobre micro e pequenas empresas da zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Projeto de pesquisa

Leia mais

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 Juliana Brancaglioni CASCIATORI 2 Letícia Prado dos SANTOS 3 Bruno Monteiro ZONATTO³ Joyce VIEIRA³ Jakeline CASARIN³ Paulo CRISP³ Rodolfo BASSETO³ Weder

Leia mais

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ AREA TEMÁTICA: TRABALHO LAIS SILVA SANTOS 1 CARLOS VINICIUS RODRIGUES 2 MARCELO FARID PEREIRA 3 NEUZA CORTE DE OLIVEIRA

Leia mais

Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil.

Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil. Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil. O Outlet Premium avança pelo território nacional abrindo grandes oportunidades de negócios para você. Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil. Outlet

Leia mais

ESPM ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING MBA EXECUTIVO EM MARKETING PLANO DE MARKETING. Faria Guaspari Administradora de Bens e Comércio Ltda

ESPM ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING MBA EXECUTIVO EM MARKETING PLANO DE MARKETING. Faria Guaspari Administradora de Bens e Comércio Ltda ESPM ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING MBA EXECUTIVO EM MARKETING PLANO DE MARKETING Faria Guaspari Administradora de Bens e Comércio Ltda David Guaspari Barreto dguaspari@terra.com.br Professor

Leia mais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Perfil do Consumidor para Grande Florianópolis DPLAN - Núcleo de Pesquisas PESQUISA INTENÇÕES DE COMPRAS

Leia mais

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0

Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 119,5 bilhões, antes os R$ 108,0 bilhões de 2011, um aumento de 10,6% no período, segundo

Leia mais

No Coração da Freguesia

No Coração da Freguesia No Coração da Freguesia Um conceito de shopping que oferece perfeita harmonia, estilo, conforto e variedade. Pioneiro na região de Jacarepaguá O RioShopping é o primeiro empreendimento comercial de grande

Leia mais

EXPECTATIVAS DE COMPRAS PARA O CARNAVAL 2014

EXPECTATIVAS DE COMPRAS PARA O CARNAVAL 2014 EXPECTATIVAS DE COMPRAS PARA O CARNAVAL 2014 Compradores "Mais compradores devem frequentar os centros de compras no pólo de confecções do Agreste em 2014" Os compradores dos Centros de Compras do Polo

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade III DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Canais de distribuição Canal vertical: Antigamente, os canais de distribuição eram estruturas mercadológicas verticais, em que a responsabilidade

Leia mais

Discente da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE. Docente do Curso de Ciências Contábeis da UNOESTE. E mail: irene@unoeste.br

Discente da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE. Docente do Curso de Ciências Contábeis da UNOESTE. E mail: irene@unoeste.br Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 425 FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA Cassia de Matos Ramos 1, Dayane Cristina da Silva 1, Nathana

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES DE ECONOMIA SOLIDÁRIA SIES DISPONIBILIZA NOVA BASE DE DADOS

SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES DE ECONOMIA SOLIDÁRIA SIES DISPONIBILIZA NOVA BASE DE DADOS Boletim Informativo. Ano I. janeiro/2010 Boletim Informativo - Edição Especial Divulgação do dados do SIES 2013 SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES DE ECONOMIA SOLIDÁRIA SIES DISPONIBILIZA NOVA BASE DE DADOS

Leia mais

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente.

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. A possibilidade de diversificar o investimento e se tornar sócio dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil. Este material tem o objetivo

Leia mais

ANÁLISE DOS OBJETIVOS PRESENTES NOS TRABALHOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL APRESENTADOS NO IX EPEA-PR

ANÁLISE DOS OBJETIVOS PRESENTES NOS TRABALHOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL APRESENTADOS NO IX EPEA-PR ANÁLISE DOS OBJETIVOS PRESENTES NOS TRABALHOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL APRESENTADOS NO IX EPEA-PR Resumo FRANZÃO, Thiago Albieri UEPG/GEPEA thiagofranzao@hotmail.com RAMOS, Cinthia Borges de UEPG/GEPEA cinthiaramos88@yahoo.com.br

Leia mais

Relatório de vagas disponíveis - Bolsa Emprego

Relatório de vagas disponíveis - Bolsa Emprego MODALIDADE : AGRIMENSURA REGIONAL DE CASCAVEL Topógrafo (a) Executar levantamentos geodésicos, por meio de levantamentos altimétricos e planimétricos, implantar no campo pontos de projeto, locando obras

Leia mais

XIX Workshop Anprotec

XIX Workshop Anprotec XIX Workshop Anprotec $ustentabilidade dos Parques Tecnológicos: Sustentabilidade financeira e competitividade do território 24 e 25 de outubro de 2011 Porto Alegre/RS Parque Tecnológico São José dos Campos

Leia mais

Dinâmica Recente da Rede Urbana Brasileira

Dinâmica Recente da Rede Urbana Brasileira http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=590200&page=24 Dinâmica Recente da Rede Urbana Brasileira UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

Leia mais