HTML5 e CSS3 O presente e o futuro da WEB. Danilo Borges da Silva

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HTML5 e CSS3 O presente e o futuro da WEB. Danilo Borges da Silva Daniloborges_@hotmail.com"

Transcrição

1 HTML5 e CSS3 O presente e o futuro da WEB Danilo Borges da Silva

2 Agenda Introdução Histórico Características Conclusão Referências

3 Introdução

4 HTML HTML é uma abreviação de Hypertext Markup Language - Linguagem de Marcação de Hypertexto. Resumindo em uma frase: o HTML é uma linguagem para publicação de conteúdo (texto, imagem, vídeo, áudio e etc) na Web. Com o HTML, autores definem a estrutura das páginas Web usando marcações <tags>

5 HTML5 O novo padrão para HTML, XHTML e HTML DOM Melhora a interoperabilidade Introduz marcações e APIs para aplicações web

6 Histórico

7 1989 Tim Berners-Lee propôs um sistema de internet baseado em hipertexto para os pesquisadores do CERN* usarem e compartilhar documentos. *Conseil Européen pour la Recherch Nucléaire

8 1990 Tim publicou a primeira especificação do HTML um documento chamado HTML Tags

9 1991 HTML 1.0 publicado por IETF* * Internet Engineering Task Force

10 1994 Tim financiou W3C* uma organização de padrões para o World Wide Web *World Wide Web Consortium

11 1995 HTML 2.0 publicado por IETF

12 1997 HTML 3.2 foi a primeira versão desenvolvida pela W3C e publicado como uma Recomendação HTML 4.0 publicado como uma Recomendação pela W3C

13 1999 HTML 4.1 publicado como uma Recomendação pela W3C

14 2000 XHTML 1.0 publicado como uma Recomendação pela W3C

15 2001 XHTML 1.1 publicado como uma Recomendação pela W3C

16 2004 XHTML 2.0 rascunho A maioria dos browsers não estavam dispostos a implementar os novos recursos

17 2004 WHATWG* foi fundado por desenvolvedores de empresas como Mozilla, Apple e Opera. Eles não estavam felizes com o caminho que a Web tomava e nem com o rumo dado ao XHTML. Por isso, estas organizações se juntaram para escrever o que seria chamado hoje de HTML5. * Web hypertext Application Technology Working Group

18 2007 W3C formou o HTML Working Group para trabalhar com o WHATWG. Desde então, os dois grupos vem trabalhando juntos para desenvolver a especificação HTML5

19 2009 While we recognize the value of the XHTML 2 Working Group s contributions over the years, after discussion with the participants, W3C management has decided to allow the Working Group s charter to expire at the end of 2009 and not to renew it.

20 2011

21 2011 A W3C anunciou 2014 como sendo a meta para transformar o HTML5 em Recomendação.

22 Características

23 DOCTYPE DOCTYPE não é uma tag, é uma instrução para o browser a respeito da linguagem de marcação HTML5 DOCTYPE <!DOCTYPE html>

24 Exemplo <!DOCTYPE html> <html lang= pt-br > <head> <meta charset= UTF-8 > <title>documento Exemplo</title> </head> <body>

25

26 Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível Novos elementos Terceiro nível Quarto nível Quinto nível

27

28

29

30 Tipos de Input Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível Terceiro nível Quarto nível Quinto nível

31 Tipos de Input

32 Validação Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível Terceiro nível Quarto nível Quinto nível

33

34 Storage API Nova maneira de armazenar dados no cliente (alternativa aos cookies) Objeto Storage possui os métodos: getitem(key); setitem(key); removeitem(key); clear(); Dois objetos disponíveis: localstorage sessionstorage

35 Aplicações Offline HTML5 provê uma maneira de se indicar ao navegador que elementos devem ser postos em cache para que uma aplicação funcione offline. Para permitir que o usuário acesse uma página offiline é preciso escrever um arquivo de manifesto, indicando que URLs CACHE MANIFEST meu.html meu.css meu.js <html manifest= meu.manifest">

36

37 Drag and Drop A API de Drag and Drop é relativamente simples. Basicamente, inserir o atributo draggable= true num elemento o torna arrastável. E há uma série de eventos que você pode tratar. Os eventos do objeto sendo arrastado são:

38 Drag and Drop Dragstart - O objeto começou a ser arrastado. O evento que a função recebe tem um atributo target, que contém o objeto sendo arrastado. Drag - O objeto está sendo arrastado Dragend - A ação de arrastar terminou Dragenter - O objeto sendo arrastado entrou no objeto target Dragleave - O objeto sendo arrastado

39 Geolocation API Há três populares maneiras de um agente de usuário descobrir sua posição no globo: Geolocalização IP - É o método usado pela maioria dos navegadores web em computadores. Através de consultas whois e serviços de localização de IP, vai determinar a cidade ou região em que você está. Triangulação GPRS - Dispositivos conectados a uma rede de celulares e sem um GPS, ou com o GPS desligado, podem determinar sua posição pela triângulação das antenas GPRS próximas. É bem mais preciso que o método baseado em IP, vai mostrar em que parte do bairro você está. GPS - É o método mais preciso. Em condições ideais, a margem de erro é de apenas 5 metros.

40

41 WebSockets Define um canal de comunicação fullduplex que opera através de um único socket na web.

42

43 Audio <audio id= audio src= sound.mp3 controls> </audio> <script> document.getelementbyid( audio ).mut ed=false; </script>

44 Audio Nem todo browser suporta o codec livre OggVorbis É preciso oferecer um formato alternativo de áudio Ou <audio até mesmo controls= true uma opção autoplay= true /> para baixar o conteúdo <source src= musica.oga /> <source src= musica.mp3 /> <source src= musica.wma /> <p>faça o download <a href= musica.mp3 >da música</a>.</p> </audio>

45 Video <video id= video src= movie.mp4 autoplay controls></video> <script>

46 Video Também suporta controle com vários sources <video controls= true autoplay= true /> <source src= video.ogg /> <source src= video.mp4 /> <source src= video.wmv /> <p>faça o download <a href= video.mp4 >do vídeo</a>.</p> </video>

47 Video - Codecs É importante incluir informações a respeito do container e codecs utilizados Isso antecipa a detecção de alguma incompatibilidade A extensão do arquivo não é relevante para isso Para indicar OGG usando essas os informações codecs Theora usa-se e Vorbis: o atributo type <source src= video.ogv type= video/ogg; codecs= theora,vorbis /> Para MPEG-4: <source src= video.mp4 type= video/mp4; codecs= mp4v , mp4a.40.2 />

48

49 2D Canvas <canvas id="canvas" width="838" height="220"></canvas> <script> var canvascontext = document.getelementbyid("canvas").g etcontext("2d"); canvascontext.fillrect(250, 25, 150, 100); canvascontext.beginpath();

50

51 3D Canvas

52 SVG Linguagem para marcação de gráficos vetoriais Também pode ser incorporada com facilidade <svg width= 400 height= 400 > <rect x= 10 y= 10 width= 150 height= 50 stroke= # strokewidth= 5 fill= #FF0000 /> <circle cx="70" cy="240" r="60" stroke="#00ff00" strokewidth="5" fill="#ffffff" /> </svg>

53 SVG A maioria dos editores gráficos vetoriais exporta e importa automaticamente SVG Pode-se construir javascript para manipular SVG, usando métodos do DOM Isso possibilita gráficos dinâmicos, com animação, escaláveis e com excelente qualidade visual, programáveis em javascript e sem tecnologias proprietáris e plugins

54

55 Web Worked Está nova API fornece a capacidade de processamento de aplicações web mais longas utilizando threads e o processamento multicore das CPUs, evitando as temidas slow-script warnings

56

57 CSS3 Novos seletores Fontes Embutidas Colunas Sombras Multiplos Backgrounds Opacidade Gradientes Cantos arredondados Transformação Transição Animação...

58 Desenvolvimen to de uma Página Web

59 Conclusão

60 O HTML5 é um conjunto de características chamadas features. Pode-se notar que a depender do browser ele poderá suportar ou não as features. Para utilizar o html5 basta especificá-lo no doctype

61 Referências

62 Web: / Livros/e-books: ALBERS, Brian; LUBBERS, Peter; SALIM, Frank. Pro HTML5 Programing Powerful APIs for Richer Internet

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução Desenvolvimento em Ambiente Web HTML - Introdução O que é HTML? HTML é uma linguagem para descrever a estrutura de uma página WEB. Ela permite: Publicar documentos online com cabeçalhos, texto, tabelas,

Leia mais

ROTEIRO VISÃO GERAL FORMULÁRIOS MULTIMÍDIA A NOVA GERAÇÃO DE APLICAÇÕES WEB CSS 3 DEMONSTRAÇÕES

ROTEIRO VISÃO GERAL FORMULÁRIOS MULTIMÍDIA A NOVA GERAÇÃO DE APLICAÇÕES WEB CSS 3 DEMONSTRAÇÕES SOBRE O PALESTRANTE Desenvolvedor Web e líder técnico do projeto ICD (Intercâmbio de Conteúdos Digitais) pela Dynavideo Mestrando em Informática pela UFPB Tecnólogo em Sistemas para Internet pelo IFPB

Leia mais

Linguagem de Estruturação e Apresentação de Conteúdos

Linguagem de Estruturação e Apresentação de Conteúdos UNIVERSIDADE TECNOLOGICA FEDERAL DO PARANA MINISTERIO DA EDUCAÇÃO Câmpus Santa Helena Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Linguagem de Estruturação e Apresentação de Conteúdos Prof. Me. Arlete

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 Alex de Andrade Catini¹, Tiago Piperno Bonetti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil Alex.catini@gmail.com, bonetti@unipar.br Resumo:

Leia mais

Programação para Internet I 9. HTML5. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I 9. HTML5. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 9. HTML5 Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Resumidamente, é o novo standard para estruturar conteúdo de páginas web. A última versão de HTML surgiu em 1999,

Leia mais

HTML5 - POR QUE USÁ-LO?

HTML5 - POR QUE USÁ-LO? HTML5 - POR QUE USÁ-LO? Ícaro Carlos Andrade Costa (icarocarlosandrade@gmail.com) Igor Antônio Santos Andrade (igorantonioandrade@gmail.com) RESUMO A linguagem HTML surgiu a mais de duas décadas como um

Leia mais

Afinal o que é HTML?

Afinal o que é HTML? Aluno : Jakson Nunes Tavares Gestão e tecnologia da informacão Afinal o que é HTML? HTML é a sigla de HyperText Markup Language, expressão inglesa que significa "Linguagem de Marcação de Hipertexto". Consiste

Leia mais

HTML5 O Futuro da Web Multimídia sem limites Senac Santo André 05 de outubro de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br

HTML5 O Futuro da Web Multimídia sem limites Senac Santo André 05 de outubro de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br HTML5 O Futuro da Web Multimídia sem limites Senac Santo André 05 de outubro de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br Um pouco do W3C É um consórcio internacional, que conta com: organizações filiadas, uma equipe

Leia mais

Web Design Aula 11: XHTML

Web Design Aula 11: XHTML Web Design Aula 11: XHTML Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação HTML 1.0-2.0: Havia hipertextos, não havia preocupação com a apresentação HTML 3: Guerra dos Browser (Microsoft

Leia mais

Análise da Nova Linguagem HTML5 para o Desenvolvimento Web

Análise da Nova Linguagem HTML5 para o Desenvolvimento Web Análise da Nova Linguagem HTML5 para o Desenvolvimento Web Sergio N. Ikeno¹, Késsia Rita da Costa Marchi¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil sergioikn@gmail.com, kessia@unipar.br Resumo.

Leia mais

HTML5. André Tavares da Silva. andre.silva@udesc.br

HTML5. André Tavares da Silva. andre.silva@udesc.br HTML5 André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br O que é HTML5? HTML5 será o novo padrão para HTML, XHTML e HTML DOM (Document Object Model). A última versão (4.01) foi definida em 1999 e a Web mudou

Leia mais

O HTML 5 E SUAS NOVAS API s

O HTML 5 E SUAS NOVAS API s O HTML 5 E SUAS NOVAS API s David William Rosa de Souza 1, Rafael Cunha Cardoso 1 1 Tecnologia de Sistemas para a Internet Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (IF-Sul)

Leia mais

HTML Página 1. Índice

HTML Página 1. Índice PARTE - 1 HTML Página 1 Índice HTML A HISTÓRIA... 2 O COMEÇO E A INTEROPERABILIADE... 3 Primeira Página... 4 Entendendo seu código... 5 Abrindo o código fonte da sua página... 6 Comentários na página...

Leia mais

A INOVAÇÃO DA WEB COM HTML5

A INOVAÇÃO DA WEB COM HTML5 A INOVAÇÃO DA WEB COM HTML5 Willian Dias BRITO 1 Ana Paula Ambrosio ZANELATO 2 RESUMO: O presente artigo aborda o inicio do HTML e as suas evoluções até a chegada do que hoje chamamos de HTML5. Uma nova

Leia mais

Análise Comparativa dos Recursos e Diferenças das Tecnologias de Programação HTML5 e HTML4

Análise Comparativa dos Recursos e Diferenças das Tecnologias de Programação HTML5 e HTML4 Análise Comparativa dos Recursos e Diferenças das Tecnologias de Programação HTML5 e HTML4 Guilherme Miranda Martins 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

HTML5 E SUAS NOVIDADES

HTML5 E SUAS NOVIDADES HTML5 E SUAS NOVIDADES Gabrie Dalla Porta 1, Julio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil gabrieldallap@gmail.com, juliocesarp@gmail.com Resumo: Este artigo apresenta uma

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DESTA UNIDADE HTML TAG S HTML LINGUAGEM HTML Hypertext Markup Language Interpretada pelo navegador Não linearidade da informação Formatação

Leia mais

HTML5 e Mobile Web Reinaldo Ferraz W3C Brasil

HTML5 e Mobile Web Reinaldo Ferraz W3C Brasil HTML5 e Mobile Web Reinaldo Ferraz W3C Brasil Um pouco do W3C O W3C no Brasil Web e W3C 5 Tim Berners-Lee criou / propôs a Web em 1989 (há 23 anos) (URI + HTTP + HTML) HTML5 - Futuro da Web Web em 1989

Leia mais

O W3C Futuro da Web HTML5. Março/2011 Web Expo Fórum

O W3C Futuro da Web HTML5. Março/2011 Web Expo Fórum O W3C Futuro da Web HTML5 Março/2011 Web Expo Fórum Web e W3C Tim Berners-Lee criou / propôs 2 a Web em 1989 (há 21 anos) http://www.w3.org/history/1989/proposal.html (URI + HTTP + HTML) Web e W3C 3 Tim

Leia mais

Internet. Gabriela Trevisan Bacharel em Sistemas de Infomação

Internet. Gabriela Trevisan Bacharel em Sistemas de Infomação Internet Gabriela Trevisan Bacharel em Sistemas de Infomação Histórico da Web World Wide Web o nosso www é o meio de comunicação mais utilizado no mundo atualmente. Através da WWW qualquer usuário conectado

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Estrutura Básica do Documento HTML

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Estrutura Básica do Documento HTML IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage EstruturaBásicadoDocumentoHTML ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger

Leia mais

O papel do "devigner" e as novidades do HTML5. O novo profissional de Interfaces

O papel do devigner e as novidades do HTML5. O novo profissional de Interfaces O papel do "devigner" e as novidades do HTML5 O novo profissional de Interfaces O Surgimento da Web A web surgiu na década de 80 em um centro de pesquisa científica (CERN) Características: Documentos em

Leia mais

O W3C Futuro da Web HTML5 Web Semântica. Março/2011 SENAC Ribeirão Preto Road Show TI 2011

O W3C Futuro da Web HTML5 Web Semântica. Março/2011 SENAC Ribeirão Preto Road Show TI 2011 O W3C HTML5 Web Semântica Março/2011 SENAC Ribeirão Preto Road Show TI 2011 Web e W3C Tim Berners-Lee criou / propôs a Web em 1989 (há 21 anos) http://www.w3.org/history/1989/proposal.html (URI + HTTP

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação HTML

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação HTML Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação HTML Desenvolvimento de Sistemas para WEB Site: http://jeiks.net E-mail: jacsonrcsilva@gmail.com Visão

Leia mais

Minicurso introdutório de desenvolvimento para web em HTML5. Cristiano Costa

Minicurso introdutório de desenvolvimento para web em HTML5. Cristiano Costa Minicurso introdutório de desenvolvimento para web em HTML5 Cristiano Costa Sobre mim Graduando em Engenharia Eletrônica - UNIFEI Trabalhou em desenvolvimento de sistemas empresariais (Base em servidores

Leia mais

HTML5, UM NOVO DESENVOLVIMENTO PARA A WEB 1

HTML5, UM NOVO DESENVOLVIMENTO PARA A WEB 1 HTML5, UM NOVO DESENVOLVIMENTO PARA A WEB 1 Ricardo Schroeder 2 Orientador: Prof. MSc. Fernando Andrade Bastos 3 RESUMO Este artigo tem como objetivo mostrar a nova versão da principal linguagem para construção

Leia mais

Prof.: Melba Lima Gorza Aula Introdutória de HTML. Componentes do HTML. Estrutura de um documento XHTML

Prof.: Melba Lima Gorza Aula Introdutória de HTML. Componentes do HTML. Estrutura de um documento XHTML Prof.: Melba Lima Gorza Aula Introdutória de HTML Componentes do HTML Estrutura de um documento XHTML primeiro Documento XHTML meu primeiro documento XHTML

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -HTML 5: ARMAZENAMENTO DE DADOS (CLIENTE) Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -HTML 5: ARMAZENAMENTO DE DADOS (CLIENTE) Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about. PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -HTML 5: ARMAZENAMENTO DE DADOS (CLIENTE) Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução Compatibilidade Principais características

Leia mais

HTML5 HyperText Markup Language v5

HTML5 HyperText Markup Language v5 HTML5 HyperText Markup Language v5 Composição Web Engenharia InformáBca / InformáBca Web 2014/15 Artur M. Arsénio O Que há de novo no HTML5? A declaração DOCTYPE do HTML5 é muito simples:

Leia mais

Linguagem de Programação Visual. Estrutura Basica do HTML5 Prof. Gleison Batista de Sousa

Linguagem de Programação Visual. Estrutura Basica do HTML5 Prof. Gleison Batista de Sousa Linguagem de Programação Visual Estrutura Basica do HTML5 Prof. Gleison Batista de Sousa O que vai ser estudado Codificação; Linguagem de Programação; Infra Estrutura Basica; Ferramentas; Implantação;

Leia mais

Folha Prática Nº4 HTML5. UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

Folha Prática Nº4 HTML5. UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática Tecnologias Internet - 0/0, 0/0 Folha Prática Nº HTML . NAV UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Tecnologias Internet - 0/0, 0/0 0 NAV: permite que um conjunto de links seja

Leia mais

Incorporando JavaScript em HTML

Incorporando JavaScript em HTML Incorporando JavaScript em HTML Existem quatro maneiras de incorporar JavaScript em HTML. Vamos abordar as três primeiras, por ser mais comum: Entre as tags dentro do código HTML. A partir

Leia mais

HTML5 E WEB SEMÂNTICA, A WEB COM SIGNIFICADO

HTML5 E WEB SEMÂNTICA, A WEB COM SIGNIFICADO HTML5 E WEB SEMÂNTICA, A WEB COM SIGNIFICADO Djalma Gonçalves Costa Junior¹, Willian Barbosa Magalhães¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí - PR - Brasil djalma.g.costajr@gmail.com wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

Aplicativos para Internet Aula 01

Aplicativos para Internet Aula 01 Aplicativos para Internet Aula 01 Arquitetura cliente/servidor Introdução ao HTML, CSS e JavaScript Prof. Erika Miranda Universidade de Mogi das Cruzes Uso da Internet http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/paginas/world-wide-web-ou-www-completa-22-anos-nesta-terca-feira.aspx

Leia mais

Introdução. Introdução a HTML. A Linguagem HTML. Estrutura de uma Página. Mário Antonio Meireles Teixeira

Introdução. Introdução a HTML. A Linguagem HTML. Estrutura de uma Página. Mário Antonio Meireles Teixeira Introdução Introdução a HTML Mário Antonio Meireles Teixeira Dept o. de Informática - UFMA mario@deinf.ufma.br Página Web: É um documento composto de texto e códigos especiais, chamados tags, que especificam

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -HTML 5: ARMAZENAMENTO DE DADOS (CLIENTE) Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -HTML 5: ARMAZENAMENTO DE DADOS (CLIENTE) Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about. PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -HTML 5: ARMAZENAMENTO DE DADOS (CLIENTE) Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução Compatibilidade Principais características

Leia mais

Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima. Formação: E-mail: paulapeniel@gmail.com

Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima. Formação: E-mail: paulapeniel@gmail.com Introdução a Linguagem HTML: Conceitos Básicos e Estrutura ANA PAULAALVES DE LIMA INFORMÁTICA E METODOLOGIA - SUBSEQUENTE 1 Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima Formação: Bacharel em Sistemas de Informação;

Leia mais

XHTML 1.0 DTDs e Validação

XHTML 1.0 DTDs e Validação XHTML 1.0 DTDs e Validação PRnet/2012 Ferramentas para Web Design 1 HTML 4.0 X XHTML 1.0 Quais são os três principais componentes ou instrumentos mais utilizados na internet? PRnet/2012 Ferramentas para

Leia mais

Aplicação para Web I. Começando a compreender o HTML

Aplicação para Web I. Começando a compreender o HTML Aplicação para Web I Começando a compreender o HTML A Linguagem da WEB O HTML ou HyperText Markup Language linguagem universal compreendida pelos navegadores web (browsers) para a comunicação utilizando

Leia mais

Webdesign HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza

Webdesign HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza Webdesign Introdução a e as principais tags da linguagem Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Apresentar a Apresentar as

Leia mais

MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS. Redes de Comunicação

MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS. Redes de Comunicação MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS Redes de Comunicação Regras para um website eficaz Categorização dos conteúdos estrutura lógica dos conteúdos Condensação conteúdos simples e directos

Leia mais

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção de páginas de internet e é responsável

Leia mais

Formatos de publicidade

Formatos de publicidade 1 Formatos de publicidade Superfull 728x90 px Superfull 728x90 px E-mail marketing E-mail marketing Anuncie no ZAP Publicidade Anuncie no ZAP Publicidade Formato disponível para a home de imóveis, revista

Leia mais

HTML Básico Formulários. Matheus Meira

HTML Básico Formulários. Matheus Meira HTML Básico Formulários Matheus Meira 1 Objetivos Neste apresentação conheceremos os fundamentos básicos de HTML para a manipulação com servlets e jsp. Serão vistos Formulários Links Elementos de disparo

Leia mais

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML O Desenvolvimento Web O desenvolvimento web é o termo utilizado para descrever atividade relacionada

Leia mais

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Curso HTML & CSS > Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Sumário > Apresentação > Introdução ao HTML História Começando a Programar > Tags em HTML Headings (Cabeçalhos) Parágrafos Formatação

Leia mais

Exemplo de uso correto da semântica HTML

<!DOCTYPE html> <html lang = pt-br> <head> <meta charset = UTF-8> <title> Exemplo de uso correto da semântica HTML </title> </ head > Para um navegador exibir corretamente uma página web, devemos informar explicitamente o tipo do documento. O tipo do documento é informado com a declaração . TAG

Leia mais

Acessibilidade na web e HTML5 Desenvolvendo uma web para todos. Frontin BH 13 de agosto de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br

Acessibilidade na web e HTML5 Desenvolvendo uma web para todos. Frontin BH 13 de agosto de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br e HTML5 Desenvolvendo uma web para todos Frontin BH 13 de agosto de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br Um pouco do W3C É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim Berners- Lee com organizações filiadas,

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3 DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3 Eduardo Laguna Rubai, Tiago Piperno Bonetti Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR- Brasil eduardorubay@gmail.com, bonetti@unipar.br Resumo.

Leia mais

HTML 5, UM ESTUDO SOBRE SEUS NOVOS RECURSOS

HTML 5, UM ESTUDO SOBRE SEUS NOVOS RECURSOS HTML 5, UM ESTUDO SOBRE SEUS NOVOS RECURSOS Clodoaldo Hiroiti Iamashita 1, Willian Barbosa Magalhães 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil hiroiteiamashita@hotmail.com wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web 2010 HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Elementos da Seção do Cabeçalho

Introdução à Tecnologia Web 2010 HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Elementos da Seção do Cabeçalho IntroduçãoàTecnologiaWeb2010 HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage ElementosdaSeçãodoCabeçalho ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger

Leia mais

Algoritmia e Programação APROG HTML. Introdução. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15

Algoritmia e Programação APROG HTML. Introdução. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15 APROG Algoritmia e Programação HTML Introdução Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15 O que é o HTML? Sumário Geral Documento HTML Elemento HTML Estrutura Básica de Documento HTML Elementos Títulos

Leia mais

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Surgimento da internet Expansão x Popularização da internet A World Wide Web e a Internet Funcionamento e personagens da

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com No início A Web é criada em 1989, para ser um padrão de publicação e distribuição de textos científicos e acadêmicos.

Leia mais

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Linguagem de Programação para Web Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Prof. Mauro Lopes 1-31 20 Objetivo Iremos aqui apresentar a estrutura básica de um documento HTML e iremos também apresentar

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web 2010

Introdução à Tecnologia Web 2010 IntroduçãoàTecnologiaWeb2010 CSS CascadingStyleSheets Sintaxe ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger CascadingStyleSheets Sintaxe Índice 1 O que é CSS?... 2 2 Vantagens do uso de CSS...

Leia mais

Web Design. Prof. Felippe

Web Design. Prof. Felippe Web Design Prof. Felippe 2015 Sobre a disciplina Fornecer ao aluno subsídios para o projeto e desenvolvimento de interfaces de sistemas Web eficientes, amigáveis e intuitivas. Conceitos fundamentais sobre

Leia mais

Bem-vindo ao XML. Apostila de XML

Bem-vindo ao XML. Apostila de XML Bem-vindo ao XML Bem-vindo a Extensible Markup Language, XML, a linguagem para tratamento de dados em uma forma compacta, fácil de gerenciar sem mencionar o mais poderoso avanço visto na Internet nos últimos

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web 2010 HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Seção do Corpo Listas

Introdução à Tecnologia Web 2010 HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Seção do Corpo Listas IntroduçãoàTecnologiaWeb2010 HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage SeçãodoCorpo Listas ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger SeçãodoCorpo Listas Índice

Leia mais

HTML (Hypertext Markup Language)

HTML (Hypertext Markup Language) HTML (Hypertext Markup Language) Hipertexto: modo de organizar o conteúdo de forma não linear. Marcação: distinguir títulos, subtítulos, conteúdo etc. Desenvolvido originalmente por Tim Berners-Lee. W3C:

Leia mais

Introdução. História. Como funciona

Introdução. História. Como funciona Introdução O HTML é uma linguagem de marcação utilizada para desenvolvimento de sites. Esta linguagem surgiu junto com o HTTP, ambos possibilitaram a internet ser popularizada. História O HTML foi criado

Leia mais

PRnet/2013. Linguagem de Programação Web

PRnet/2013. Linguagem de Programação Web Linguagem de Programação Web Linguagem de Programação Web Prnet/2013 Linguagem de Programação Web» Programas navegadores» Tipos de URL» Protocolos: HTTP, TCP/IP» Hipertextos (páginas WEB)» HTML, XHTML»

Leia mais

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br Desenvolvimento Web Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas http://www.saymonyury.com.br Vantagens Informação em qualquer hora e lugar; Rápidos resultados; Portabilidade absoluta; Manutenção facilitada

Leia mais

DESENVOLVIMENTODE APLICAÇÕESPARAINTERNET:PHP. VitorFariasCoreia

DESENVOLVIMENTODE APLICAÇÕESPARAINTERNET:PHP. VitorFariasCoreia DESENVOLVIMENTODE APLICAÇÕESPARAINTERNET:PHP VitorFariasCoreia INFORMAÇÃOECOMUNICAÇÃO Autor Vitor Farias Correia Graduado em Sistemas de Informação pela FACITEC e especialista em desenvolvimento de jogos

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web Introdução à Tecnologia Web JavaScript Sintaxe da Linguagem: Delimitadores e etc Profª MSc. Elizabete Munzlinger JavaScript Sintaxe da Linguagem Índice 1 SINTAXE DA LINGUAGEM... 2 1.1 Delimitadores de

Leia mais

Relatório referente a compreensão da programação JSP. Realizado do dia de 22 abril de 2010 a 03 de maio de 2010.

Relatório referente a compreensão da programação JSP. Realizado do dia de 22 abril de 2010 a 03 de maio de 2010. Relatório do GPES Relatório referente a compreensão da programação JSP. Realizado do dia de 22 abril de 2010 a 03 de maio de 2010. Compreender a programação JSP. Os Servlets assim como JSP são tecnologias

Leia mais

Links e Frames José Antônio da Cunha

Links e Frames José Antônio da Cunha Links e Frames José Antônio da Cunha Links Até agora, produzimos documentos simples. Mas os documentos de hipertexto têm como principal característica, fazer ligações com outros hipertextos. Os pontos

Leia mais

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web RNP REDE NACIONAL DE PESQUISA Centro Regional de Brasília CR/DF ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip janeiro 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web Parte IV - Hypertext

Leia mais

Técnicas e processos de produção. Profº Ritielle Souza

Técnicas e processos de produção. Profº Ritielle Souza Técnicas e processos de produção Profº Ritielle Souza INTRODUÇÃO HTML Sigla em inglês para Hyper Text Markup Language, traduzindo daria algo como Linguagem para marcação de Hipertexto. E o que seria o

Leia mais

XML XML. XML extensible Markup Language HTML. Motivação. W3C: World Wide Web Consortium XML 1.0. Mário Meireles Teixeira DEINF-UFMA

XML XML. XML extensible Markup Language HTML. Motivação. W3C: World Wide Web Consortium XML 1.0. Mário Meireles Teixeira DEINF-UFMA Mário Meireles Teixeira DEINF-UFMA Motivação extensible Markup Language W3C: World Wide Web Consortium http://www.w3.org 1.0 W3C Recommendation, 10/Fev/1998 (inicial) W3C Recommendation, 04/Fev/2004, 3

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Internet Internet é o conjunto de diversas redes de computadores que se comunicam entre si Internet não é sinônimo de WWW (World Wide

Leia mais

SMIL. Samuel Macêdo. Judith Kelner e Outros

SMIL. Samuel Macêdo. Judith Kelner e Outros SMIL Samuel Macêdo Judith Kelner e Outros Grupo de Pesquisa em Realidade Virtual Multimídia Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Informática Um pouco de história Em outubro de 1996, um grupo representando

Leia mais

Aula 1 Desenvolvimento Web. Curso: Técnico em Informática / 2º módulo Disciplina: Desenvolvimento Web Professora: Luciana Balieiro Cosme

Aula 1 Desenvolvimento Web. Curso: Técnico em Informática / 2º módulo Disciplina: Desenvolvimento Web Professora: Luciana Balieiro Cosme Aula 1 Desenvolvimento Web Curso: Técnico em Informática / 2º módulo Disciplina: Desenvolvimento Web Professora: Luciana Balieiro Cosme Plano de Aula Ementa Avaliação Ementa Noções sobre Internet. HTML

Leia mais

HTML5. features para usar no futuro já! @w3cbrasil @w3cteam

HTML5. features para usar no futuro já! @w3cbrasil @w3cteam HTML5 features para usar no futuro já! @w3cbrasil @w3cteam @yaso @vanessametonini W3C Há muito tempo atrás... TimBL propôs a Web em 1989 (há 23 anos) - URI + HTTP + HTML Há muito tempo atrás... a Web em

Leia mais

CAPÍTULO 2. Entendendo a Internet

CAPÍTULO 2. Entendendo a Internet CAPÍTULO 2 Entendendo a Internet 2.1 O que é a Internet Internet é a rede mundial pública de computadores interligados, por meio da qual se transmite informações e dados para outros computadores conectados

Leia mais

Aula 2: Listas e Links

Aula 2: Listas e Links Aula 2: Listas e Links Nesta segunda aula, você aprenderá a utilizar listas numeradas ou não, a entender o que são listas de definições e como fazer referências a outros documentos. Vamos entender a diferença

Leia mais

Autoria Web HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza

Autoria Web HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza HTML Introdução a HTML e as principais tags da linguagem Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Apresentar a HTML Apresentar

Leia mais

Para minha esposa maravilhosa, Vittoria, e para meus filhos Sean e Rocky. Tenho muito orgulho de vocês! - Peter Lubbers

Para minha esposa maravilhosa, Vittoria, e para meus filhos Sean e Rocky. Tenho muito orgulho de vocês! - Peter Lubbers Para minha esposa maravilhosa, Vittoria, e para meus filhos Sean e Rocky. Tenho muito orgulho de vocês! - Peter Lubbers Para John. Você faz tudo valer a pena. - Brian Albers -Para as pessoas que ainda

Leia mais

TAW Tópicos de Ambiente Web

TAW Tópicos de Ambiente Web TAW Tópicos de Ambiente Web Teste rveras@unip.br Aula 11 Agenda Usabilidade Compatibilidade Validação Resolução de tela Velocidade de carregação Acessibilidade Testes Nesta etapa do projeto do web site

Leia mais

Samuel da Costa Rodrigues Estudo e Implementação de Interfaces Web em HTML5

Samuel da Costa Rodrigues Estudo e Implementação de Interfaces Web em HTML5 Samuel da Costa Rodrigues Estudo e Implementação de Interfaces Web em HTML5 Janeiro de 2014 Departamento de Informática Samuel da Costa Rodrigues Estudo e Implementação de Interfaces Web em HTML5 Mestrado

Leia mais

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02 Turma 3003. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02 Turma 3003. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Turma 3003 Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 Um analista de sistemas deseja enviar para seu cliente um arquivo de 300 Mb referente a uma atualização do software. Para transferir

Leia mais

Monday, January 23, 12. Introdução sobre Acessibilidade na web

Monday, January 23, 12. Introdução sobre Acessibilidade na web Introdução sobre Acessibilidade na web Acessibilidade na web é o consumo da informação por qualquer pessoa por qualquer tipo de meio de acesso. Para que serve a web? A web serve para compartilhar informação.

Leia mais

História e Evolução da Web. Aécio Costa

História e Evolução da Web. Aécio Costa Aécio Costa A História da Web O que estamos estudando? Período em anos que a tecnologia demorou para atingir 50 milhões de usuários 3 As dez tecnologias mais promissoras 4 A evolução da Web Web 1.0- Passado

Leia mais

Layouts de páginas com HTML e CSS

Layouts de páginas com HTML e CSS Layouts de páginas com HTML e CSS Layouts de Páginas com CSS.... 2 Layout com tamanho Líquido... 2 Layout com tamanho Fixo... 3 Desenvolvendo um layout com tamanho fixo.... 5 Layouts de Páginas com CSS.

Leia mais

HTML5 Curso W3C Escritório Brasil

HTML5 Curso W3C Escritório Brasil HTML5 Curso W3C Escritório Brasil Autores: Elcio Ferreira e Diego Eis ÍNDICE 1. Visão geral do HTML5 7 Hypertexto 7 O começo e a interoperabilidade 8 WHAT Working Group 8 O HTML5 e suas mudanças 9 O que

Leia mais

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (versão A) 120 minutos * 11.04.2013

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (versão A) 120 minutos * 11.04.2013 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder e tenha atenção que algumas perguntas podem ter alíneas de resposta em páginas diferentes. Escreva as suas

Leia mais

Web Design Aula 01: Conceitos Básicos

Web Design Aula 01: Conceitos Básicos Web Design Aula 01: Conceitos Básicos Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação Motivação Motivação Motivação Roteiro Introdução Papéis e Responsabilidades Construindo um site

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET WEBSITE MUNDO MULHER GABRIELA DE SOUZA DA SILVA LUANA MAIARA DE PAULA SILVA

Leia mais

FACULDADE DE BALSAS CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE DE BALSAS CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE DE BALSAS CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADE EDUCATIVA INTERATIVA, EM HTML5 PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DAYLON NOLETO SOUSA BALSAS MA 2013 FACULDADE DE BALSAS CURSO SISTEMAS

Leia mais

Vejamos um exemplo. Vamos supor que queiramos montar uma tabela 3X2, ou seja de 3 colunas por 2 linhas, o código HTML para isso é :

Vejamos um exemplo. Vamos supor que queiramos montar uma tabela 3X2, ou seja de 3 colunas por 2 linhas, o código HTML para isso é : TABELAS As tabelas são muito importantes para o designer de uma home-page. Com elas podese fazer alinhamentos que dificilmente seriam possíveis com simples comandos. A funcionalidade de uma tabela faz

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Seção do Corpo Elementos Textuais Básicos

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Seção do Corpo Elementos Textuais Básicos IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage SeçãodoCorpo ElementosTextuaisBásicos ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger SeçãodoCorpo

Leia mais

6.2 - Formulários: form
...
form action method POST GET exceto outros formulários form

6.2 - Formulários: form <form action=url_de_script method=método>...</form> form action method POST GET exceto outros formulários form 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

FTIN - Módulo de WebDesign. Prof. Iran Pontes

FTIN - Módulo de WebDesign. Prof. Iran Pontes FTIN - Módulo de WebDesign Prof. Iran Pontes FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA IMPLEMENTAÇÃO HTML/CSS Hipertexto É um sistema para a visualização de informação cujos documentos contêm referências internas

Leia mais

HTML5. Jhonny R. S. Frischembruder

HTML5. Jhonny R. S. Frischembruder HTML5 Jhonny R. S. Frischembruder RESUMO O HTML5 surgiu com o intuíto de preencher a lacuna de necessidades da programação com HTML de sua versão antecessora 4.01 que foi congelada em 1999. Dificuldades

Leia mais

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Objetivos Detalhar conceitos sobre TAGS HTML: elementos, atributos, elemento vazio, links. Implementar páginas de internet com uso da linguagem HTML; Ferramentas Necessárias

Leia mais

Introdução a Servlets e JSP. Prof. Samuel Martins samuellunamartins at gmail dot com Faculdade São Miguel

Introdução a Servlets e JSP. Prof. Samuel Martins samuellunamartins at gmail dot com Faculdade São Miguel Introdução a Servlets e JSP samuellunamartins at gmail dot com Conteúdo da aula Introdução a HTML Introdução a Servlets Preparando o ambiente de programação Exemplo de Servlets 2 Websites na década de

Leia mais

XML. na gestão de informações. Helder da Rocha Consultor. Integração total de negócios usando XML. Integração total de negócios usando XML

XML. na gestão de informações. Helder da Rocha Consultor. Integração total de negócios usando XML. Integração total de negócios usando XML Integração total de negócios usando XML Integração total de negócios usando XML São Paulo, 08 de maio de 2002 XML na gestão de informações Helder da Rocha Consultor 1 Objetivos Responder às questões Como

Leia mais