O PREPARO DO PROJETO DE PESQUISA: ALGUMAS DIRETRIZES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O PREPARO DO PROJETO DE PESQUISA: ALGUMAS DIRETRIZES"

Transcrição

1 INPE PUD/215 O PREPARO DO PROJETO DE PESQUISA: ALGUMAS DIRETRIZES Maria do Carmo Silva Soares Registro do documento original: INPE São José dos Campos 2009

2 PUBLICADO POR: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Gabinete do Diretor (GB) Serviço de Informação e Documentação (SID) Caixa Postal CEP São José dos Campos - SP - Brasil Tel.:(012) /6923 Fax: (012) CONSELHO DE EDITORAÇÃO: Presidente: Dr. Gerald Jean Francis Banon - Coordenação Observação da Terra (OBT) Membros: Dr a Maria do Carmo de Andrade Nono - Conselho de Pós-Graduação Dr. Haroldo Fraga de Campos Velho - Centro de Tecnologias Especiais (CTE) Dr a Inez Staciarini Batista - Coordenação Ciências Espaciais e Atmosféricas (CEA) Marciana Leite Ribeiro - Serviço de Informação e Documentação (SID) Dr. Ralf Gielow - Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPT) Dr. Wilson Yamaguti - Coordenação Engenharia e Tecnologia Espacial (ETE) BIBLIOTECA DIGITAL: Dr. Gerald Jean Francis Banon - Coordenação de Observação da Terra (OBT) Marciana Leite Ribeiro - Serviço de Informação e Documentação (SID) Jefferson Andrade Ancelmo - Serviço de Informação e Documentação (SID) Simone A. Del-Ducca Barbedo - Serviço de Informação e Documentação (SID) REVISÃO E NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA: Marciana Leite Ribeiro - Serviço de Informação e Documentação (SID) Marilúcia Santos Melo Cid - Serviço de Informação e Documentação (SID) Yolanda Ribeiro da Silva Souza - Serviço de Informação e Documentação (SID) EDITORAÇÃO ELETRÔNICA: Viveca Sant Ana Lemos - Serviço de Informação e Documentação SID)

3 Aprende-se pesquisa fazendo pesquisa. A elaboração de Projetos de Pesquisa é um passo importante na vida de pesquisadores e estudantes. A ciência é um questionamento inesgotável da realidade. Pedro Demo, 1991

4 O Projeto de Pesquisas: Algumas Diretrizes Estou convencido de que, pelas leis da natureza, todo Estou convencido de que, pelas leis da natureza, todo problema em sua essência mais profunda abrange e sugere sua própria solução. (Louis Sullivan, 1896)

5 Projeto de Pesquisa Quem de vós, com efeito, querendo construir uma torre, primeiro não se senta para calcular as despesas e ponderar se tem com que terminar? Não aconteça que, tendo colocado o alicerce e não sendo capaz de acabar, todos os que virem comecem a caçoar dele dizendo: Esse homem começou a construir e não pôde acabar! Ou ainda, qual o rei que, partindo para guerrear com um outro rei, primeiro não se senta para examinar se com dez mil homens poderá confrontar-se com aquele que vem contra ele com vinte mil. Do contrário, enquanto o outro ainda está longe, envia uma embaixada para perguntar as condições de paz. (Lc 14, 28-32)

6 A Necessidade de um Planejamento A parábola bíblica chama a atenção para a necessidade de um projeto (calcular, ponderar, examinar) antes de se iniciar qualquer empreendimento. Esse ensinamento expressa a convicção profunda de que qualquer ação deve ser planejada de antemão. Ninguém deve se lançar a qualquer atividade sem antes avaliar as possibilidades de sua execução e determinar o roteiro a seguir para atingir os objetivos a que se propõe. p I l bt ã d l t fi Isso vale para a obtenção dos elementos que configuram uma pesquisa científica.

7 Projeto de Pesquisa Toda Pesquisa de certa magnitude tem de passar por uma fase pré-preparatória p p de planejamento. [...] Deve estabelecer-se certas diretrizes de ação e fixar-se uma estratégia global. Certas decisões cruciais deverão ser colocadas em primeiro plano, embora a vitalidade da pesquisa dependa de um certo grau de flexibilidade que se deve manter. A realização desse trabalho prévio é imprescindível. (CASTRO apud KÖCHE, 1976, p. 77)

8 O projeto de pesquisa é importante para demonstrar a viabilidade da pesquisa. Ele é um documento que contempla a descrição da pesquisa em seus aspectos fundamentais, com informações relativas ao objeto da pesquisa, à qualificação dos pesquisadores e a todas as instâncias responsáveis.

9 Desenvolvimento de Projetos Desenvolver habilidades de escrever projetos é especialmente importante para o jovem cientista, seja para a academia ou para sua vida profissional. Um projeto serve a, pelo menos, três propósitos: 1. É a comunicação com o orientador, com o curso ou com o órgão financiador de pesquisas. 2. É um acordo (contrato) t entre o autor e o orientador. 3. É um plano de ação pessoal para realizar a monografia ou a pesquisa.

10 Projeto de Pesquisa Uma pesquisa científica não deve ser realizada a esmo. Pelo contrário, deve ser planejada. Antes de ser realizada, há a necessidade da elaboração de um Projeto de Pesquisa. É claro que durante o desenvolvimento da pesquisa muita coisa pode mudar. Isso acontece quase sempre. O que interessa é ter pelo menos uma ideia registrada do percurso a ser feito. Ele não é apenas um documento a ser apresentado como mais um requisito burocrático, mas deve acompanhar constantemente o pesquisador em seu trabalho. Pode ser modificado durante a realização da pesquisa, se necessário.

11 O que é um projeto de Pesquisa? É nele que se define: - o que fazer; por que fazer; para quem fazer; onde fazer; como, com que, quanto e quando fazer; com quanto fazer; quem vai fazer. Prepare o seu Projeto de Pesquisa! Elaborar um projeto de pesquisa é planejar as ideias a serem desenvolvidas, prevendo as etapas do trabalho.

12 Projeto Para Quem? Público-Alvo Pesquisador GRUPO DE PESQUISA PARCEIROS Institucionais TCC FINANCIADOR ORIENTADOR CNPQ EMPREGADOR

13 Projeto de Pesquisa: Uma Exigência Universidades, Instituições de Pesquisas Não é raro o universitário, ou aquele que realiza Pós-graduação, encontrar a EXIGÊNCIA da apresentação de um Projeto de Pesquisa, cuja aprovação é requisito para o início de elaboração de uma monografia. Trata-se de uma ótima oportunidade para reflexão sobre o tema e o trabalho propostos, bem como para o planejamento das atividades, que vão dar condições para o sucesso da conclusão de uma monografia (incluindo dissertação ou tese). DIFERENÇA: Nível de profundidade do estudo. GRADUAÇÃO Monografia PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu Especializações PÓS-GRADUAÇÃO Stricto Sensu Mestrado Doutorado

14 Constatação: Dificuldade para a elaboração de projetos Este momento é desafiante, pois a produção acadêmica exige tempo, curiosidade científica, organização pessoal, método. A elaboração de um projeto de pesquisa não pode ser feito às pressas. É necessário determinar com precisão o que será estudado. d Delimitar o problema e preparar um Projeto de Pesquisa. O COMEÇO DA PESQUISA A difícil escolha...

15 Projeto de Pesquisa Tente responder... Qual o tema, o problema, o fenômeno a ser estudado? Para que se deseja fazer a pesquisa? Como será realizada a pesquisa? Projetar um caminho. Quais os recursos serão necessários para a execução? Quanto vai custar, quanto tempo vai se levar para executála e quem serão os responsáveis pela sua execução. Delinear o tamanho do esforço a ser feito. O que temos? O que ler? Referências. Nem tudo é possível prever. Questão Metodológica. O Projeto de Pesquisa é uma PREVISÃO das etapas que constituem o processo de pesquisa.

16 Elementos de um Projeto de Pesquisas Tema e Delimitação Problema Revisão da Literatura Referencial Teórico Hipótese Objetivos Justificativa Procedimentos Metodológicos Resultados Esperados Cronograma das Atividades Orçamento Referências Bibliográficas Esses elementos não podem faltar em um Projeto de Pesquisas. É necessária uma pesquisa bibliográfica inicial (teoria, metodologia, exemplos etc.) para que seja possível escolher o tema, fazer a sua delimitação it e encontrar o problema. Caso necessário, incluir Apêndices e Anexos.

17 Elementos de um Projeto de Pesquisa (PESCUMA; CASTILHO, 2008) Elementos O QUE de um É? Projeto de Pesquisa ELEMENTO O QUE É? PERGUNTA TEMA JUSTIFICATIVA REFERENCIAL TEÓRICO Assunto sobre o qual a pesquisa será realizada. Razões para se realizar a pesquisa. Conteúdo que o pesquisador Qual é meu tema? Por que fazer? O que sei TEÓRICO conhece sobre o assunto. sobre o assunto? DELIMITAÇÃO Pergunta que o pesquisador Qual é a DO PROBLEMA quer responder sobre o assunto. minha pergunta? FORMULAÇÃO Respostas antecipadas e provi- O que o DE HIPÓTESES sórias ao PROBLEMA questões trabalho que encaminharão o desenvolvi- pretende mento da pesquisa. demonstrar?

18 Elementos de um Projeto de Pesquisa (Cont.) ELEMENTO O QUE É? PERGUNTA TÍTULO Nome que o trabalho irá receber. Como se chamará? O que se pretende atingir i com a Para que pesquisa. fazer? Conjunto de atividades organizadas Como vou para levantamento dos dados para desenvolver a realização da pesquisa. Como. minha pesquisa? Lista, por ordem e prazos, da realiza- Quando e em OBJETIVOS O t d ti i METODOLOGIA CRONOGRAMA DE ATIVIDADES ção e conclusão das atividades rela- que ordem cionadas com a pesquisa. vou realizar a pesquisa? RECURSOS Lista de custos de materiais e mão- De que vou Humanos/Mate- de-obra necessários para a realização precisar? riais-orçamento da pesquisa. O que REFERÊNCIAS Lista das obras consultadas/pesquisa. consultei?

19 PROJETO DE PESQUISA Pode-se resumir o desenvolvimento de um projeto de pesquisa na execução de seis etapas. 1. Seleção do tópico ou problema para a investigação. 2. Definição e diferenciação do problema, sua importância. Objetivos. 3. Levantamento de hipóteses de trabalho. 4. Coleta, sistematização e classificação dos dados. 5. Análise e interpretação dos dados. 6. Relatório do resultado da pesquisa.

20 Escolha do Assunto 1º PASSO: PESQUISA BIBLIOGRÁFICA - Escolha do assunto O campo é vasto, aparecem a indecisão, a perplexidade e até a angústia para decidir o assunto e, depois, para encontrar o problema a ser investigado. Mesmo quando professores, ou responsáveis por pesquisas, sugerem o assunto, sempre o estudante estará incumbido de delimitar o assunto e determinar o aspecto sob o qual vai focalizá-lo. lo. Não é um processo fácil. ONDE ENCONTRAR O ASSUNTO? DE ONDE BROTAM ASSUNTOS? Vivência - Polêmicas Reflexão Muitas Leituras

21 Critérios para a Escolha do Assunto Da Parte do Pesquisador Tendências e Preferências Pessoais/Interesse O entusiasmo e a dedicação, o empenho, a perseverança e decisão para superar obstáculos dependem do ajustamento do pesquisador ao assunto. Aptidão Não basta gostar do assunto, e importante ter aptidão, ser capaz de desenvolvê-lo. Aptidão significa formação cultural adequada ou específica, experiência ou vivência na área em que se situa o assunto. Tempo Diante do problema, é importante considerar o tempo disponível e o necessário para realizar a pesquisa. O pesquisador deve ter predisposição para enfrentar e vencer vários desafios.

22 Critérios para a Escolha do Assunto Da parte do próprio assunto Relevância do Assunto Ela deve ser encarada como um desafio, a fim de que possa dar mais um passo para o estudo e a solução do problema. Relevância social do tema e prioridades do momento. Existência de fontes de consulta Sem uma base teórica para a sustentação de hipóteses, argumentações e discussões não há como desenvolver uma pesquisa. Viabilidade Só poderá ser percebida se houver uma pesquisa bibliográfica detalhada, se houver contatos com pesquisadores e especialistas do tema e com aprofundamentos. Aplicabilidade da Pesquisa - Deve-se interrogar se a aplicação prática da pesquisa atende às necessidades da ciência e se contribui p/a solução de problemas concretos da sociedade.

23 Quais as atitudes do pesquisador? O PROJETO DE PESQUISA impõe ao pesquisador uma necessária DISCIPLINA: Na leitura cuidadosa Na coleta e análise de textos de dados Na argumentação rigorosa No cumprimento dos prazos Durante todo o processo de preparo do projeto e, depois, na fase da realização da pesquisa, o pesquisador deve estar atento ao que foi planejado e às necessidades do momento. Se necessário, ele deve modificar o que foi proposto, porque durante a experimentação, o observação, o estudo, a análise podem ocorrer fatos que não puderam ser previstos.

24 As origens de um Projeto de Pesquisa provêm da vida do pesquisador EXPERIÊNCIA DE VIDA DO PESQUISADOR Questionamentos Polêmicas (relevância, faltam esclarecimentos) Vivência, leituras, discussão etc. Circunstâncias pessoais e profissionais PROBLEMA(S) Reflexão Vivência, polêmicas são reservatórios de problemas à espera de solução. Necessidades da sociedade O PROBLEMA é o ponto de partida de todo o trabalho de pesquisa.

25 Requisitos para uma Pesquisa Conhecimento do assunto Confiança na experiência Paciência Persistência Estágio atual dos estudos do tema em estudo Curiosidade Criatividade Autonomia intelectual Responsabilidade Imaginação disciplinada Espírito crítico e empreendedor Humildade Autocrítica Raciocínio lógico

26 Tema e Delimitação Escolher um assunto que necessite ser melhor compreendido. Delimitação Tema O pesquisador é sonhador realista. Calcula, mas corre riscos. Assunto/Área Delimitação: - área ou campo de observação; - unidades de observação; - variáveis principais. O que sei sobre o tema? Ler em busca de alguma pista. É viável avançar?

27 Planejamento da Pesquisa Para Gil (1991,p.19), a pesquisa é um procedimento formal, com método de pensamento e reflexivo, e que requer um tratamento cientifico e se constitui no caminho para conhecer a realidade ou para descobrir verdades parciais. O planejamento da pesquisa (projeto) dependerá de três fases: FASE DECISÓRIA: escolha do tema, definição e a delimitação do problema de pesquisa; FASE CONSTRUTIVA: construção de um plano de pesquisa (Projeto) e a execução da pesquisa; FASE REDACIONAL: análise dos dados d e redação do relatório final.

28 O Planejamento da Pesquisa Ao andar sem destino, passamos várias vezes pelo mesmo lugar, não vamos longe, mesmo caminhando muito! Pensar Planejar Escrever Rever Desde o começo: Planejar as atividades/projeto: - economia de tempo; racionalização de recursos; disciplina científico-acadêmica. orientação segura para o pesquisador; apoio em todas as fases da pesquisa (roteiro); requisito burocrático cumprido.

29 Problema no sentido científico A Formulação do PROBLEMA PROBLEMA PROJETO DE PESQUISA Toda pesquisa tem início com algum tipo de problema. Para que haja um problema Problema na acepção de pesquisa, ele deve ser científica: bem delimitado, utilizar Qualquer questão não resolvida conceitos bem definidos, e que é objeto de discussão, em permitir procedimentos qualquer domínio do conheci- metódicos (dependendo mento. da área de pesquisa no Dificuldade, teórica ou prática, qual se insere), ser passível no conhecimento de alguma de análise e permitir uma coisa de real importância, para resposta adequada ao a qual se deve encontrar uma problema. solução. (MARCONI;LAKATOS,1990, p. 24)

30 O Problema, Cerne do Projeto Os elementos iniciais de um Projeto de Pesquisa, isto é, TEMA, JUSTIFICATIVA, REFERENCIAL TEÓRICO, desembocam na delimitação e formulação do PROBLEMA. PROBLEMA Do problema decorrem os demais elementos (levantamento das hipóteses, título,objetivos, metodologia, cronograma das atividades, id d recursos e orçamento, referências). Assim, o PROBLEMA é o CENTRO do Projeto de Pesquisa. Não há regras para se formular um Problema, mas alguns autores sugerem que ele seja expresso em forma de pergunta ou afirmação.

31 Ninguém pode retirar do vácuo um Projeto de Pesquisa. Ele tem seu processo normal de nascimento. É evidente que a opção por um determinado assunto deve anteceder o preparo do projeto. EM SEGUIDA: Leituras em bibliografia genérica, os primeiros questionamentos, as progressivas delimitações do assunto, a definição da compreensão e da extensão dos termos da proposição p do tema. O Projeto está em GESTAÇÃO. PRÓXIMO PASSO: Conversão do TEMA EM PROBLEMA. A pesquisa só tem sentido quando se desenvolve na procura da resposta para um PROBLEMA.

32 Assunto e Problema Escolha do Assunto e Delimitação do Problema Conforme já detalhado aqui, a escolha do ASSUNTO e do PROBLEMA exige reflexão crítica do pesquisador, pois disso vai depender a VIABILIDADE da pesquisa e sua ORIGINALIDADE, bem como a CONTRIBUIÇÃO que ela poderá trazer para o conhecimento científico e para a própria FORMAÇÃO do pesquisador. Diante do conhecimento que possui e dos que foram adquiridos pela pesquisa bibliográfica, mais as interações com professores e especia- listas da área, o pesquisador tem condições de escolher o ASSUNTO e de delimitar o PROBLEMA a ser investigado.

33 Formulação do Problema Formular é expressar de forma precisa, afirmar definida e sistematicamente. (PÁDUA, 1996) É uma tarefa complexa. Este é um dos passos mais desafiadores da pesquisa. Compreende a sua definição e enunciado. É necessário ter conhecimen- tos prévios sobre o assunto, além de imaginação cria- dora, um dos itens responsáveis pelo progresso da ciência. Delimitar um PROBLEMA É UM DESAFIO! Depende também da análise e reflexão crítica do pesquisador. Dessa fase de críticas e questionamentos vai depender a originalidade da pesquisa e a contribuição tib i que ela poderá trazer para o conhecimento científico e para a formação do pesquisador.

34 Perguntas para ajudar a delimitar o PROBLEMA (PESCUMA;CASTILHO,2008,p.30) Por que o TEMA escolhido precisa ser pesquisado? Que tipo de informações permite limitar o tema? Que tipo de informações permite fazer um recorte mais específico do tema? O que investigar? Sob quais aspectos investigar? Qual é o meu problema? É pequeno, restrito, definido id e delimitado? (identificação do problema) Há coerência entre tema e problema? Tenho possibilidades para executar tal estudo? Quais são as informações e teorias já existentes sobre ele? Meu problema está formulado em forma de pergunta? Está redigido de maneira clara e concisa? Utiliza conceitos bem determinados? d Conseguirei resolver o problema? Há tempo suficiente?

35 O Problema deve ser formulado como Pergunta de maneira concisa e clara, com conceitos bem determinados, de modo que sua solução seja possível. A formulação e a descrição do problema da pesquisa não devem ser estabeleci- das de forma mecânica e fechada. PROBLEMA: Mola propulsora do Projeto. É necessário ter um problema inquietando sua mente e que exija uma resposta. Sem a realização dessa etapa, o pesquisador não terá condições de fazer a pesquisa, pois não há nenhuma pergunta para responder. Também o pesquisador perderá o foco do seu trabalho. Elas podem sofrer alterações à medida que o processo avança, ou diante de mais de uma RESPOSTA para o PROBLEMA.

36 Caminho, com etapas, para a realização do estudo (sistematização e disciplina) Embora não haja uma única maneira para se elaborar um Projeto de Pesquisa, há linhas gerais que devem ser seguidas (Pedro Demo, 1991; Sergio Luna, 1996): 1) Formulação de um PROBLEMA de pesquisa, isto é, um conjunto de perguntas que se pretende responder e cujas respostas se mostrem novas e relevantes teórica e/ou socialmente. 2) Determinação das informações necessárias para encaminhar as respostas às perguntas feitas. 3) Seleção das melhores fontes dessas informações. 4) D fi i ã d j t d õ d 4) Definição de um conjunto de ações que produzam essas informações.

37 Caminho, com etapas, para a realização do estudo (sistematização e disciplina) 5) Seleção de um sistema para tratamento dessas informa- ções (tratamento t t dos dados d estatística tí ti computação etc.) 6) A questão metodológica é importante. O desafio de como proceder: passos da análise (bibliografia básica, dados a serem utilizados ou produzidos, modo de interpretação, posi- cionamento científico). O autor deve colocar a sua marca. 7) Buscar as respostas às perguntas formuladas/problema. 8) Indicação da generalidade dos resultados, isto é, a exten- são dos resultados obtidos. Indicar o grau de confiabilidade das respostas obtidas. São as melhores respostas?

38 Exemplos - Problemas Em que medida a escolaridade determina a preferência político-partidária? Ad desnutrição determina o baixo nível intelectual? t l? Técnicas de dinâmica de grupo facilitam a interação entre alunos? Esses problemas citados envolvem variáveis passíveis de observação ou de manipulação. É possível, por exemplo, verificar a preferência político- partidária de determinado grupo, bem como o seu nível de escolaridade, para depois determinar em que medida essas variáveis estão relacionadas entre si. VARIÁVEL: qualquer coisa que possa ser classificada em duas ou mais categorias. Exemplos: Sexo: masculino,feminino; Classe Social: alta, média,baixa. Idade: quantidade de valores numéricos.

39 Exemplo Tema, Problema, Hipótese Tema: A educação da mulher: a perpetuação da injustiça. Problema: A mulher é tratada com submissão pela sociedade. Hipótese é sinônimo de suposição. Neste sentido, a Hipótese é uma suposição que orienta a Investigação. É uma afirmação categórica, que tenta responder o Problema levantado no tema escolhido para pesquisa. É uma pré-solução para o Problema levantado. Uma solução provisória a ser testada. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a Hipótese (ou suposição) levantada. Exemplo: (em relação ao Problema definido acima) Hipótese: A sociedade patriarcal, representada pela força masculina, exclui as mulheres dos processos decisórios.

40 Hipótese (s) Hipótese de um trabalho científico é a suposição que se faz, na tentativa de explicar o que se desconhece e o que se pretende demonstrar, testando variáveis que poderão legitimar ou não o que se quer explicar ou descobrir. Hipótese Explicação para os fatos Se não for possível testar uma hipótese, não é possível desenvolver uma pesquisa, construir um conhecimento. A formulação das hipóteses deve ser expressa de forma simples e compreensiva, passível de verificação ou de experimentação.

41 Revisão da Literatura Referencial Teórico Texto que apresenta fontes (livros, revistas, jornais etc.) Teoria - Quadro conceitual utilizado pelo pesquisador para fundamentar sua pesquisa e não uma simples relação de obras que tratam do tema. Estudo que evidencia diversas posições sobre o assunto, ainda que conflitantes, apresentando os contextos histórico e atual no qual se inserem. Com ele o pesquisador mostrará seu conhecimento e posição a respeito do tema. Este estudo permitirá ao autor ter maior clareza na formulação do problema da pesquisa; facilitará a formulação de hipóteses ou de suposições; possibilitará identificar o procedimento mais adequado para a coleta e tratamento dos dados, e como os dados foram interpretados por diversos autores.

42 Revisão da Literatura Também chamada Referencial Teórico, Quadro Teórico, Quadro Referencial ou Revisão da Literatura. Trata da literatura pertinente ao tema da pesquisa. Levantamento do Material impresso. Leitura metódica dos textos selecionados. Elaboração do referencial teórico. Iniciar a leitura pelas obras mais gerais e atuais. Há obras de valor perene. A partir das pesquisas bibliográficas e sua análise, o pesquisador terá fundamentos para preparar seu Projeto de Pesquisas. O que sei sobre o assunto? Quais autores e textos tratam do assunto? Tenho acesso a eles? Há mais de uma posição sobre este assunto? Como esse material se relaciona com a minha pesquisa? Necessito de qual material?

43 Estabelecimento dos Objetivos Indicação precisa do que se pretende alcançar na pesquisa. Apontam os resultados teóricos e práticos a serem alcançados. Orientam o trabalho do pesquisador. Os objetivos devem ser formulados com a utilização dos verbos no Infinitivo, tais como aplicar, buscar, rever, caracterizar, determinar, enumerar, formular etc. Cada verbo representa um compromisso assumido pelo autor, o qual deve ser atingido até o final da pesquisa. OBJETIVO GERAL Caracteriza de forma clara e resumida a finalidade do projeto. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Caracterizam os resultados de etapas do projeto, isto é, constituem detalhamento do Objetivo Geral.

44 Exemplo: Objetivos (CECCATO, V., 1994) Geral Desenvolver uma proposta metodológica de avaliação de qualidade de vida urbana, integrando dados de sensoriamento remoto, de campo e pré-existentes (convencionais), através de um banco de dados georrelacional e de um Sistema de Informação Geográfica (SIG). Específicos a) Desenvolver e um modelo o conceitual ce de Qualidade de Vida Urbana (QVU) que utiliza na sua implementação dados de sensoriamento remoto e convencionais. b) Testar, em alguns módulos de imagem, a relação entre padrões de textura e classes de índice de vegetação com os níveis de renda da população. c) Analisar a utilidade do banco de dados georrelacional c) Analisar a utilidade do banco de dados georrelacional integrado ao SIG para a manipulação dos dados de QVU.

45 Exemplo: Objetivos Específicos d) Avaliar a qualidade de vida da população da área de estudo (Rio Claro) a partir do modelo conceitual desenvolvido. e) Confrontar a avaliação de QVU, realizada a partir do modelo, com aquela a obtida através a da percepção da população. Fonte: CECCATO, V. Proposta metodológica para avaliação da qualidade de vida urbana a partir de dados convencionais e de sensoriamento remoto, Sistema de Informações Geográficas e Banco de Dados Georrelacional p. (INPE TDI/536). Dissertação (Mestrado em Sensoria- mento Remoto). Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). São José dos Campos, 1994.

46 Fase da Problematização, construção racional das questões para interrogar o objeto investigado. HIPÓTESES Deve-se e fazer uma suposição que tente responder ao Problema levantado. É uma pré-solução (resposta) que será confirmada ou negada ao final do trabalho. São respostas plausíveis e provisórias a um problema. Fontes de HIPÓTESES Elas têm origem de diversas fontes: a) Simples observação dos fatos (procedimento fundamental na construção de hipóteses); b) Outras pesquisas já realizadas; c) Obtidas a partir de teorias; d) Palpites ou intuições.

47 Hipótese: Uma suposta resposta ao problema É uma proposição que se forma e que será aceita ou rejeitada. O papel principal da hipótese na pesquisa é sugerir explicações para os fatos. Exemplo (CECCATO, V, 1994). No que se refere aos dados das imagens de satélite, o presente estudo considera as seguintes hipóteses de trabalho: a) Setores residenciais com semelhantes padrões de renda possuem condições físicas similares (espaço construído e áreas verdes) e, portanto, apresentam padrões de textura semelhantes na imagem orbital. Através da identificação destes padrões na imagem, pode-se chegar à análise das características típicas de cada segmento da população. b) Da mesma forma, classes de índices de vegetação obedecem a condições de qualidade de vida urbana: locais com alto índice de vegetação referem-se e e às áreas de melhor qualidade e com alto padrão sócio-econômico econômico, excetuando as porções mais periféricas de uma cidade.

48 Satélite IKONOS Out./2000 Área do INPE e entorno (Copyright Space Imaging).

49 Área do Banhado Região Central São José dos Campos IKONOS, 2000 (Copyright Space Imaging).

50 Justificativa O autor estará livre para apresentar sua argumentação para justificar o desenvolvimento do tema, usando os textos pesquisados para embasamento, citando textos, estatísticas, opiniões, uso de técnicas, métodos etc. Ele deve mostrar que está preparado para realizar a pesquisa, considerando que ela é VIÁVEL, SIGNIFICATIVA E RELEVANTE, merecendo apoios técnico e financeiro ou a orientação de um especialista. A Justificativa exalta a importância do tema, ou seja, justifica a necessidade de empreender uma investigação sobre o objeto de estudo. Aponta sua revelância científica, tecnológica e social, além da adequação ao tempo e aos recursos disponíveis. Mostra os benefícios sociais dos resultados e qual segmento poderia beneficiar-se deles. Na avaliação de projetos, ela constitui um ponto forte a favor da aprovação do projeto.

51 Metodologia METODOLOGIA Caminho seguido de forma ordenada para chegar a um fim determinado. Breve,,porém suficiente para possibilitar a outro pesquisador repeti-la. RECURSOS METODOLÓGICOS Esta é uma parte importante do projeto de pesquisa. É onde devem constar a forma e as ferramentas da investigação. A importância da descrição da metodologia reside na expectativa de que outros pesquisadores tenham condições de desenvolver outra pesquisa semelhante.

52 Métodos, Técnicas, Materiais O pesquisador deve verificar quais os métodos que tem possibilidade de utilizar e que podem solucionar o problema Quais os instrumentos, equipamentos? Equipe de trabalho? Amostras? Dente, pele, osso, solo? Equipamentos? GPS, rádio, TV? Instrumentos? Questionário? Entrevista? Trabalho de Campo? Trabalho de Laboratório?

53 Metodologia A Sistematização dos Procedimentos É importante explicar como o trabalho será conduzido. O pesquisador deve saber utilizar adequadamente os métodos e técnicas de investigação. A Metodologia é a explicação minuciosa, detalhada, rigorosa e exata de toda ação a ser desenvolvida no método do trabalho de pesquisa. COMO A PESQUISA VAI SER FEITA? É preciso descrever a metodologia que se pretende utilizar JUSTIFICANDO sua adequação ao projeto. METODOLOGIA É a explicação do tipo de pesquisa, do instrumental a ser utilizado (questionário, entrevista etc.), do tempo previsto, da equipe de pesquisadores e da divisão do trabalho, das formas de tabulação e tratamento dos dados, enfim, de tudo aquilo que se utilizará no trabalho de pesquisa.

54 Resultados Esperados Forma Concreta Realçar os resultados que se espera obter, durante ou ao final da pesquisa, de acordo com o que foi estabelecido nos objetivos, com o uso da metodologia, dentro do prazo estabelecido e usando os recursos planejados. Estimar a Repercussão que poderá ocorrer na sociedade com os resultados. Definir que tipo de PRODUTO FINAL esta pesquisa irá produzir (mapa, livro, um modelo, diagnóstico, equipamento etc.) Este detalhamento poderá trazer BENEFÍCIOS ao pesquisador,,pois vai influenciar no JULGAMENTO do Projeto por especialistas, professores, chefias, pelos órgãos financiadores, entre outros. Item importante!

55 Cronograma das Atividades Estabelecer um cronograma para a realização das atividades. Sua função é indicar a sequência e as datas em que serão executadas as ações relativas à pesquisa. Com ele o pesquisador poderá avaliar o estágio do desenvolvimento da pesquisa. Dividir o tempo disponível em função das principais etapas da pesquisa. Como o pesquisador tem um TEMPO certo para executar as tarefas, o cronograma vai nortear suas ações até o final da pesquisa. O cronograma poderá ser realizado com base em dias, semanas, quinzenas, meses, anos. O tempo deverá ser dividido de acordo com as prioridades da pesquisa.

2. TRABALHOS ACADÊMICOS, DISSERTAÇÕES E TESES

2. TRABALHOS ACADÊMICOS, DISSERTAÇÕES E TESES 1. PROJETO DE PESQUISA O projeto de pesquisa surge como proposta da solução de um problema, ou seja, da identificação de uma necessidade a ser satisfeita. É o resultado do planejamento para a solução do

Leia mais

Aula 9 COMO ESCOLHER UM TEMA?

Aula 9 COMO ESCOLHER UM TEMA? Aula 9 COMO ESCOLHER UM TEMA? Existem alguns pontos essenciais que podem intervir na escolha de um tema para o trabalho de pesquisa desejado. Mostraremos alguns itens que devemos levar em consideração:

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS DOS TRABALHOS Formato: A4 Cor preta Espaçamento entre linhas: 1,5cm Fonte texto: Times New Roman, 12 ou Arial, 11 Margem superior

Leia mais

NOME DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR À QUAL VOCÊ PERTENCE CURSO: SEU CURSO

NOME DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR À QUAL VOCÊ PERTENCE CURSO: SEU CURSO NOME DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR À QUAL VOCÊ PERTENCE CURSO: SEU CURSO Escreva aqui o título do seu trabalho (Não esqueça que tem de delimitá-lo, o quê, quando e onde?) Escreva aqui seu nome completo

Leia mais

5 - O Projeto da Pesquisa

5 - O Projeto da Pesquisa 5 - O Projeto da Pesquisa 5.1 - Escolha do Tema Existem dois fatores principais que interferem na escolha de um tema para o trabalho de pesquisa. Abaixo estão relacionadas algumas questões que devem ser

Leia mais

Metodologia do Trabalho Científico

Metodologia do Trabalho Científico Metodologia do Trabalho Científico Diretrizes para elaboração de projetos de pesquisa, monografias, dissertações, teses Cassandra Ribeiro O. Silva, Dr.Eng. METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Porque escrever

Leia mais

O Projeto de Pesquisa

O Projeto de Pesquisa O Projeto de Pesquisa CLÁUDIA BARBOSA O objetivo desta unidade é ensinar ao aluno sobre a definição e elaboração de um Projeto de Pesquisa. Ao final desta aula o aluno deverá apresentar seu projeto de

Leia mais

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R INTRODUÇÃO A pesquisa é um procedimento reflexivo e crítico de busca de respostas para problemas ainda não solucionados. O

Leia mais

O Projeto da Pesquisa. 1 - Escolha do Tema

O Projeto da Pesquisa. 1 - Escolha do Tema O Projeto da Pesquisa 1 - Escolha do Tema Existem dois fatores principais que interferem na escolha de um tema para o trabalho de pesquisa. Abaixo estão relacionadas algumas questões que devem ser levadas

Leia mais

Tópico 7 Planejamento e Projetos. O que você deverá saber. Ao final do estudo do Tópico 7 você deverá:

Tópico 7 Planejamento e Projetos. O que você deverá saber. Ao final do estudo do Tópico 7 você deverá: Tópico 7 Planejamento e Projetos n. O que você deverá saber Ao final do estudo do Tópico 7 você deverá: - ser capaz de elaborar e orientar projetos de serviços e projetos de pesquisa; - ter adquirido conhecimentos

Leia mais

1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA

1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA Roteiro para projeto de pesquisa Gildenir Carolino Santos, 2005. 1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA Antes de passar para a construção ou montagem de um projeto de pesquisa, é importante saber que esse

Leia mais

INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA

INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Rose Romano Caveiro CONCEITO E DEFINIÇÃO É um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para formular e resolver problemas

Leia mais

TGI CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (CB-CCBS) PROJETO DE PESQUISA

TGI CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (CB-CCBS) PROJETO DE PESQUISA PROJETO DE PESQUISA 1. Introdução Quando se pretende elaborar um trabalho acadêmico e sua respectiva comunicação científica, é necessário que se faça inicialmente um planejamento, no qual devem constar

Leia mais

Aula 2: Projeto de pesquisa

Aula 2: Projeto de pesquisa 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 2: Projeto de pesquisa 1 O projeto de pesquisa O projeto de pesquisa é a base da organização do seu trabalho de pesquisa. Ao elaborar o projeto você organiza suas

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO OSWALDO CRUZ

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO OSWALDO CRUZ Introdução Quando se pretende elaborar um trabalho acadêmico e sua respectiva comunicação científica, é necessário que se faça inicialmente um planejamento, no qual devem constar os itens que permitirão

Leia mais

3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO)

3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO) 3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO) 2 cm (arial / times roman 12 ) TIRAR NUMERAÇÃO PARA IMPRESSAO CAPA CIDADE/ESTADO 2 c m ANO (NOME) TÍTULO DO PROJETO) (arial / times roman

Leia mais

Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento.

Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento. Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Título provisório (uma expressão

Leia mais

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica :: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica José Mauricio Santos Pinheiro em 21/04/2005 Os princípios indispensáveis à redação científica podem ser resumidos em quatro pontos fundamentais: clareza,

Leia mais

ORIENTAÇÃO SOBRE COMO DEVE SER FEITO O TCC DENTRO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

ORIENTAÇÃO SOBRE COMO DEVE SER FEITO O TCC DENTRO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ORIENTAÇÃO SOBRE COMO DEVE SER FEITO O TCC DENTRO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Ministrantes: Anita Maria da Rocha Fernandes César Albenes Zeferino Maria Cristina Kumm Pontes Rafael Luiz Cancian Itajaí,

Leia mais

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador:

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador: INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador: São Luis 2015 (TÍTULO DO PROJETO) (NOME DO ALUNO) Projeto de Pesquisa do Programa

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Gerontologia

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Av. Av. Prof. Moraes Rego s/n - Cidade Universitária - CEP: 50739-970 Recife PE Fone: (81)21268538

Leia mais

ARTIGO CIENTÍFICO. O artigo científico pode ser entendido como um trabalho completo em si mesmo, mas possui dimensão reduzida.

ARTIGO CIENTÍFICO. O artigo científico pode ser entendido como um trabalho completo em si mesmo, mas possui dimensão reduzida. ARTIGO CIENTÍFICO O artigo científico pode ser entendido como um trabalho completo em si mesmo, mas possui dimensão reduzida. O artigo é a apresentação sintética, em forma de relatório escrito, dos resultados

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Prof. Marcos Nicolau (Artigo científico, Monografia e Projeto de Pesquisa)

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Prof. Marcos Nicolau (Artigo científico, Monografia e Projeto de Pesquisa) METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Prof. Marcos Nicolau (Artigo científico, Monografia e Projeto de Pesquisa) APRESENTAÇÃO Os cursos de especialização do país têm adotado, como exigência para conclusão

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA 2 O PROJETO DE PESQUISA DEVE, ESSENCIALMENTE, RESPONDER ÀS PERGUNTAS:

PROJETO DE PESQUISA 2 O PROJETO DE PESQUISA DEVE, ESSENCIALMENTE, RESPONDER ÀS PERGUNTAS: 1 PROJETO DE PESQUISA 1 CONCEITO O Projeto de pesquisa é um intento, um plano mais ou menos detalhado das atividades que se pretende empreender num trabalho de natureza investigativa, explicitando-se as

Leia mais

Metodologia Científica

Metodologia Científica Metodologia Científica Prof. William Costa Rodrigues FAETEC/IST Paracambi 2007 Metodologia Científica: Conceitos e Definições É um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para

Leia mais

FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE (fonte 16) CURSO DE FISIOTERAPIA (fonte 16)

FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE (fonte 16) CURSO DE FISIOTERAPIA (fonte 16) FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE (fonte 16) CURSO DE FISIOTERAPIA (fonte 16) TÍTULO DO TRABALHO ( 14) Autor: ( fonte 14, o aluno deverá colocar seu nome completo) Orientador: (14, nome completo, sem títulos)

Leia mais

PPGEM - Iniciação a Pesquisa

PPGEM - Iniciação a Pesquisa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE ENGENHARIA Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica, Materiais e de Minas Av. Antonio Carlos, 6627 Bloco II - sala 2230 31270-901 Belo Horizonte,

Leia mais

COMO DESENVOLVER UMA PESQUISA E COMO ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA?

COMO DESENVOLVER UMA PESQUISA E COMO ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA? COMO DESENVOLVER UMA PESQUISA E COMO ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA? Conhecimento: Conhecimento: nada mais é que a apreensão da realidade, de forma real ou imaginada. Entendendo realidade como aquilo

Leia mais

Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa

Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa Estrutura de um projeto de pesquisa: 1. TEMA E TÍTULO DO PROJETO 2. DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA 3. INTRODUÇÃO 4. RELEVÂNCIA E JUSTIFICATIVA 5. OBJETIVOS

Leia mais

AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO

AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO 1 AUÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 2 2 O QUE É UM PROJETO?... 2 2.1 PROJETO DE PESQUISA... 2 3 CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS... 4 4 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA O projeto deve, OBRIGATORIAMENTE, ser elaborado pelo Coordenador do Projeto (titulação mínima Mestre PBIC/UniEVANGÉLICA; titulação mínima Doutor

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE O CONTEÚDO DO PROJETO

ORIENTAÇÕES SOBRE O CONTEÚDO DO PROJETO ORIENTAÇÕES SOBRE O CONTEÚDO DO PROJETO ESCOLHA DO TEMA - Seja cauteloso na escolha do tema a ser investigado. Opte por um tema inserido no conteúdo programático da disciplina pela qual teve a maior aptidão

Leia mais

FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO. Curso de filosofia Bacharelado e Licenciatura. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso 2015/1

FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO. Curso de filosofia Bacharelado e Licenciatura. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso 2015/1 FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO Curso de filosofia Bacharelado e Licenciatura Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso 2015/1 1 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO DO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO ARTIGO CIENTÍFICO Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas

Leia mais

Projeto de Graduação 1 Prof. Fabiano Dorça. Metodologia Científica

Projeto de Graduação 1 Prof. Fabiano Dorça. Metodologia Científica Projeto de Graduação 1 Prof. Fabiano Dorça Metodologia Científica Metodologia Científica Conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para formular e resolver problemas de aquisição

Leia mais

Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO O que é pesquisa? Pesquisar significa, de forma bem simples, procurar respostas para indagações propostas. INTRODUÇÃO Minayo (1993, p. 23), vendo por

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA IHG109 - METODOLOGIA DA PESQUISA EM GEOGRAFIA COMO ELABORAR SEU PROJETO DE PESQUISA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA IHG109 - METODOLOGIA DA PESQUISA EM GEOGRAFIA COMO ELABORAR SEU PROJETO DE PESQUISA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA IHG109 - METODOLOGIA DA PESQUISA EM GEOGRAFIA COMO ELABORAR SEU PROJETO DE PESQUISA Professor: Msc. Rogério R. Marinho 2015 COMO ELABORAR SEU

Leia mais

TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS

TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS IFAM CAMPUS HUMAITÁ CURSO DE... NOME DO(A) DISCENTE TÍTULO DA PESQUISA HUMAITÁ AM ANO EM QUE O TRABALHO

Leia mais

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Escolha do tema 2. Formulação do problema 3. Justificativa 4. Determinação dos objetivos 5. Referencial teórico 6. Referências 1 Escolha do Tema 1. Escolha do Tema Nesta

Leia mais

UNIVERSIDADE IGUAÇU FACUDADE DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

UNIVERSIDADE IGUAÇU FACUDADE DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE IGUAÇU FACUDADE DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE MONOGRAFIA FILOMENA MARIA RATES SOARES VITOR TENÓRIO NOVA

Leia mais

Orientações para a elaboração dos projetos de pesquisa (Iniciação científica)

Orientações para a elaboração dos projetos de pesquisa (Iniciação científica) GRUPO PAIDÉIA FE/UNICAMP Linha: Episteduc Coordenador: Prof. Dr. Silvio Sánchez Gamboa Orientações para a elaboração dos projetos de pesquisa (Iniciação científica) Os projetos de pesquisa se caracterizam

Leia mais

Projeto de Pesquisa: Estrutura e natureza

Projeto de Pesquisa: Estrutura e natureza Projeto de Pesquisa: Estrutura e natureza Após a entrega do exercício D (folha síntese do projeto de pesquisa, vamos rever o projeto de pesquisa e a introdução da tese. Após a aula, além do exercício D

Leia mais

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA Estrutura do Projeto de Pesquisa CAPA FOLHA DE ROSTO SUMÁRIO 1. RESUMO 2. PROBLEMA DE PESQUISA OU INTRODUÇÃO 3. REFERENCIAL TEÓRICO (REVISÃO DE

Leia mais

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA 1 Prezado(a) aluno(a), Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração de sua monografia (TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira

Leia mais

PESQUISA PURA E PESQUISA APLICADA PARA TCC

PESQUISA PURA E PESQUISA APLICADA PARA TCC PESQUISA APLICADA À COMUNICAÇÃO EM MÍDIAS DIGITAIS - DEMID Prof. Marcos Nicolau TRABALHO CIENTÍFICO - TCC As informações aqui apresentadas foram recolhidas de diversos autores que se encontram nas referências,

Leia mais

ELEMENTOS DO PROJETO DE PESQUISA ROTEIRO DO PROJETO

ELEMENTOS DO PROJETO DE PESQUISA ROTEIRO DO PROJETO ELEMENTOS DO PROJETO DE PESQUISA ELEMENTO EXTERNO Capa (seguir modelo em anexo); ELEMENTOS INTERNOS PRÉ-TEXTUAIS Folha de rosto e sumário (seguir modelo em anexo); TEXTUAIS itens 1 a 8 do roteiro do projeto

Leia mais

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5. 5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.2 Capa... 48 5.3 Folha de rosto... 51 5.4 Errata... 53

Leia mais

Metodologia Científica. César de Paula Diego Vilela Elisane Silva Fabrício Aranda Wesley Sato

Metodologia Científica. César de Paula Diego Vilela Elisane Silva Fabrício Aranda Wesley Sato Metodologia Científica César de Paula Diego Vilela Elisane Silva Fabrício Aranda Wesley Sato Metodologia Científica Introdução Métodos Introdução Metodologia científica é a forma como se conduz uma pesquisa,

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso (Administração) ETEC TEOTÔNIO ALVES PEREIRA

Trabalho de Conclusão de Curso (Administração) ETEC TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Trabalho de Conclusão de Curso (Administração) ETEC TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Objetivo: Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos Cursos Técnicos

Leia mais

Nome do candidato TÍTULO DO PROJETO

Nome do candidato TÍTULO DO PROJETO Nome do candidato TÍTULO DO PROJETO Projeto de Pesquisa apresentado ao Programa de Pós- Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria como requisito parcial para a seleção de ingresso

Leia mais

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA PROJETO DE PESQUISA DA FACULDADE DE IMPERATRIZ

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA PROJETO DE PESQUISA DA FACULDADE DE IMPERATRIZ MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA PROJETO DE PESQUISA DA FACULDADE DE IMPERATRIZ IMPERATRIZ 2010 MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA MONOGRAFIAS DA FACULDADE DE IMPERATRIZ Curso de Odontologia Faculdade de Imperatriz

Leia mais

Universidade Presidente Antônio Carlos REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.)

Universidade Presidente Antônio Carlos REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) Colaboração: Dirlhê Maria Lima Pereira Bibliotecária FUPAC Itabirito ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA BARBACENA SUMÁRIO 1 PROJETO DE PESQUISA...2 1.1 Capa...2 1.2

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Dr. JALMAR BOWDEN PROJETO DE PESQUISA NOEME VIANA TIMBÓ

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Dr. JALMAR BOWDEN PROJETO DE PESQUISA NOEME VIANA TIMBÓ UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Dr. JALMAR BOWDEN PROJETO DE PESQUISA NOEME VIANA TIMBÓ MANUAL PARA PROJETO DE PESQUISA: SEGUNDO ABNT NBR 15287 AGOSTO DE 2002 SÃO BERNARDO DO

Leia mais

União do Ensino Superior de Nova Mutum - UNINOVA Nome dos acadêmicos em ordem alfabética. Orientações Sobre a Elaboração de Projetos de Pesquisa

União do Ensino Superior de Nova Mutum - UNINOVA Nome dos acadêmicos em ordem alfabética. Orientações Sobre a Elaboração de Projetos de Pesquisa União do Ensino Superior de Nova Mutum - UNINOVA Nome dos acadêmicos em ordem alfabética Orientações Sobre a Elaboração de Projetos de Pesquisa Nova Mutum 2009 Nome dos acadêmicos em ordem alfabética Orientações

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA

METODOLOGIA CIENTÍFICA METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Projeto de Pesquisa PROJETO DE PESQUISA Em uma pesquisa, nada se faz ao acaso. Tudo é previsto no PROJETO DE PESQUISA deve ser detalhado e apresentar rigor

Leia mais

Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA

Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA Curso: Especialização em Redes Convergentes e Tecnologia de Voz sobre Ip Disciplina:Metodologia Científica Profa. : Kátia Lopes Silva FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújotere

PROJETO DE PESQUISA. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújotere PROJETO DE PESQUISA Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújotere Etapas da pesquisa: Etapas da pesquisa: O projeto de pesquisa: É a organização do raciocínio Pretende

Leia mais

MODELO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS Elaborado por Prof. Dr. Rodrigo Sampaio Fernandes Um projeto de pesquisa consiste em um documento no qual

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE ALTA FLORESTA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS

Leia mais

União do Ensino Superior de Nova Mutum - UNINOVA Nome dos acadêmicos em ordem alfabética. Orientações Sobre a Elaboração de Projetos de Pesquisa

União do Ensino Superior de Nova Mutum - UNINOVA Nome dos acadêmicos em ordem alfabética. Orientações Sobre a Elaboração de Projetos de Pesquisa União do Ensino Superior de Nova Mutum - UNINOVA Nome dos acadêmicos em ordem alfabética Orientações Sobre a Elaboração de Projetos de Pesquisa Nova Mutum MT 2012 Nome dos acadêmicos em ordem alfabética

Leia mais

Escolha do tema. Etapas da pesquisa. Como nascem as idéias? Como nascem as idéias?

Escolha do tema. Etapas da pesquisa. Como nascem as idéias? Como nascem as idéias? Escolha do tema Etapas da pesquisa O que pretendo abordar? O tema é um aspecto ou uma área de interesse de um assunto que se deseja provar ou desenvolver. Eleger uma parcela delimitada de um assunto, estabelecendo

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PRÉ-PROJETOS DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO/FAJ

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PRÉ-PROJETOS DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO/FAJ Faculdade de Jussara FAJ Curso de Direito Coordenação de Trabalho de Conclusão de Curso MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PRÉ-PROJETOS DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO/FAJ Jussara 2013 APRESENTAÇÃO Este manual

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá. Pró-Reitoria de Pós-Graduação Curso de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá. Pró-Reitoria de Pós-Graduação Curso de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pós-Graduação Curso de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Segundo a NBR 15287:2011

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Porto Alegre RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO

Leia mais

Etapas da construção de um projeto de pesquisa

Etapas da construção de um projeto de pesquisa Etapas da construção de um projeto de Primeiro passo: escolha do tema Consiste na descrição do objeto de estudo, evidenciando qual a pretendida. O dor deve levar em conta sua formação e/ou experiência

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL - RELATÓRIO DE ESTÁGIO

MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL - RELATÓRIO DE ESTÁGIO MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL Estrutura formal do relatório Estrutura Elemento Capa Folha de Rosto Pré-textuais Folha de Identificação Sumário 1. Introdução Textuais 2. Atividades

Leia mais

3 cm UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE LUZIÂNIA

3 cm UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE LUZIÂNIA 3 cm UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE LUZIÂNIA NOME DO AUTOR (fonte tamanho 12, arial, todas em maiúscula, negrito, centralizado) ESTÁGIO SUPERVISIONADO I OU II DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 1 manual de pré-projeto

Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 1 manual de pré-projeto Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1 manual de pré-projeto Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC ANEXO A TERMO DE COMPROMISSO DE ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE Nome do Aluno: Matricula: Título do TCC CONCLUSAO DE CURSO (TCC) Solicito que seja designado como meu Orientador do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO Aprovado pelo Colegiado do Curso através da Resolução nº 03 de 13 de agosto de 2010 NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS CURSO DE JORNALISMO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS 1 1 ÁREAS TEMÁTICAS Respeitada a disponibilidade de carga horária dos professores orientadores e a escolha dos alunos,

Leia mais

Slide 1. Slide 2. Slide 3. Verbo jurídico Metodologia da pesquisa. Conteúdo programático. Bibliografia básica. Prof. Me.

Slide 1. Slide 2. Slide 3. Verbo jurídico Metodologia da pesquisa. Conteúdo programático. Bibliografia básica. Prof. Me. Slide 1 Verbo jurídico Metodologia da pesquisa Prof. Me. Walter Corrêa Slide 2 Conteúdo programático noção de pesquisa científica; estrutura do projeto, escolha do tema, métodos de pesquisa, coleta de

Leia mais

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto.

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Pré-texto Capa Folha de Rosto Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Sumário Texto

Leia mais

ORIENTAÇÕES AOS ACADÊMICOS BOLSISTAS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA SMS/RJ

ORIENTAÇÕES AOS ACADÊMICOS BOLSISTAS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA SMS/RJ ORIENTAÇÕES AOS ACADÊMICOS BOLSISTAS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA SMS/RJ OBSERVAÇÕES Todos os estagiários deverão elaborar trabalho de conclusão de estágio (edital processo seletivo da SMS),

Leia mais

FACULDADE DECISÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SATISFAÇ DOS CLIENTES DA VIDRAÇARIA CLÁUDIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO DE EXECUÇÃO PARCIAL TÍTULO DO SEU RELATÓRIO

FACULDADE DECISÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SATISFAÇ DOS CLIENTES DA VIDRAÇARIA CLÁUDIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO DE EXECUÇÃO PARCIAL TÍTULO DO SEU RELATÓRIO FACULDADE DECISÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SATISFAÇ DOS CLIENTES DA VIDRAÇARIA CLÁUDIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO DE EXECUÇÃO PARCIAL TÍTULO DO SEU RELATÓRIO DIGITE SEU NOME FLORIANÓPOLIS ANO Digite seu nome RELATÓRIO

Leia mais

MODELO BÁSICO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO BÁSICO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO BÁSICO DE PROJETO DE PESQUISA 2 CAPA 3 cm CENTRO UNIVERSITÁRIO CÂNDIDO RONDON - UNIRONDON NOME DO ALUNO (Centralizado e em letras maiúsculas) PROJETO DE MONOGRAFIA APLICABILIDADE DA TEORIA DOS FATOS

Leia mais

O trabalho de pesquisa é a procura de respostas para algum problema pela aplicação de métodos científicos.

O trabalho de pesquisa é a procura de respostas para algum problema pela aplicação de métodos científicos. 1 Manual de TCC O Trabalho de Conclusão de Curso, como o próprio nome indica, deve ser apresentado pelos alunos no final do curso de graduação. Trata-se de um estudo sobre um tema específico ligado a área

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DO TFG DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

NORMAS ESPECÍFICAS DO TFG DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA NORMAS ESPECÍFICAS DO TFG DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Art. 1º - Este regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e avaliação do Trabalho Final de Graduação (TFG) do curso de

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Partes Iniciais ou Elementos Pré- Textuais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Partes Iniciais ou Elementos Pré- Textuais Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Partes Iniciais ou Elementos Pré- Textuais Disciplina: Orientação de Conclusão de Curso Professor: Fernando Zaidan PROJETO - Elaboração de um projeto é de grande importância

Leia mais

As pesquisas podem ser agrupadas de acordo com diferentes critérios e nomenclaturas. Por exemplo, elas podem ser classificadas de acordo com:

As pesquisas podem ser agrupadas de acordo com diferentes critérios e nomenclaturas. Por exemplo, elas podem ser classificadas de acordo com: 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 4: Tipos de pesquisa Podemos classificar os vários tipos de pesquisa em função das diferentes maneiras pelo qual interpretamos os resultados alcançados. Essa diversidade

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA - MG NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: SUBTÍTULO DO PROJETO (SE HOUVER)

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA - MG NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: SUBTÍTULO DO PROJETO (SE HOUVER) FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA - MG NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: SUBTÍTULO DO PROJETO (SE HOUVER) UBERLÂNDIA 2013 NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: subtítulo do projeto (se houver) Projeto de Pesquisa

Leia mais

Fundamentos de Metodologia de Pesquisa Científica. Prof. Dayana Costa

Fundamentos de Metodologia de Pesquisa Científica. Prof. Dayana Costa Fundamentos de Metodologia de Pesquisa Científica Prof. Dayana Costa Conteúdo Conhecimento Científico O que é Pesquisa Científica? Por que se faz pesquisa? O que é necessário para fazer uma pesquisa? Por

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA

METODOLOGIA DA PESQUISA METODOLOGIA DA PESQUISA O texto monográfico, que constitui o trabalho de conclusão de curso na pós-graduação, e que tantas vezes causa desconforto aos alunos, pode e deve ser encarado como um coroamento,

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA:

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA: PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social Coordenação: Naiara Magalhães Professor (a): Adriana Barros Disciplina: Pesquisa Social I Carga horária: 60h Período: 1º/2014

Leia mais

TÍTULO DA FUTURA MONOGRAFIA: SUBTÍTULO, SE HOUVER.

TÍTULO DA FUTURA MONOGRAFIA: SUBTÍTULO, SE HOUVER. 1 UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE HUMANIDADES E DIREITO CURSO DE DIREITO NOME DO AUTOR TÍTULO DA FUTURA MONOGRAFIA: SUBTÍTULO, SE HOUVER. SÃO BERNARDO DO CAMPO 2014 2 NOME DO AUTOR TÍTULO

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE PIO XII REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ( 6º PERÍODO/2013-7º PERÍODO/2014-8º PERÍODO/2014 ) Cariacica 2013/2014 FACULDADE DE ESTUDOS

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS. FAIBI Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS. FAIBI Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS FAIBI Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga Ibitinga/ SP 2010 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 REGRAS GERAIS... 3 2.1 DAS FINALIDADES... 3 2.2

Leia mais

TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC SUPERVISÃO EDUCACIONAL REGIÃO BAURU CETEC / 2011

TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC SUPERVISÃO EDUCACIONAL REGIÃO BAURU CETEC / 2011 TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC SUPERVISÃO EDUCACIONAL REGIÃO BAURU CETEC / 2011 III IV ELEMENTOS BASILARES DO CURRÍCULO Módulo I CH Módulo II CH Módulo III CH Linguagem, Trabalho e Tecnologia 40/50

Leia mais

Como fazer pesquisa? Faculdade Pitágoras 20/08/2011. Projeto de Pesquisa 1 PROJETO PROJETO. Professor: Fernando Zaidan

Como fazer pesquisa? Faculdade Pitágoras 20/08/2011. Projeto de Pesquisa 1 PROJETO PROJETO. Professor: Fernando Zaidan Como fazer pesquisa? Faculdade Pitágoras realizar a pesquisa interpretar resultados Projeto de Pesquisa 1 Professor: Fernando Zaidan Tema Título (provisório) Objetivos e Questão PROJETO Artigo e Defesa

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA: a escolha do tema e a construção do problema

PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA: a escolha do tema e a construção do problema PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA: a escolha do tema e a construção do problema de pesquisa, temos que traçar um caminho a seguir durante a investigação. Realizar um estudo mais planejado dos aspectos que

Leia mais

FACULDADE BATISTA BRASILEIRA NOME DO AUTOR TÍTULO

FACULDADE BATISTA BRASILEIRA NOME DO AUTOR TÍTULO FACULDADE BATISTA BRASILEIRA NOME DO AUTOR TÍTULO Salvador 2008 NOME DO AUTOR TÍTULO Relatório Técnico Científico de Estágio Supervisionado apresentado ao Curso de Administração, Faculdade Batista Brasileira,

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA CURSO DE ENFERMAGEM MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) AV. José de Grande, 332 Marília - SP FONE (14) 34021813 e.mail: serie3e4enf@famema.br http://www.famema.br

Leia mais

PROGRAMA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

PROGRAMA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL A preparação de um projeto de tese: indagações preliminares 1. Que conhecimento se tem sobre o estado da questão? 1.1. O que quero saber? Tema Problema geral da

Leia mais

FERRAMENTAS DO WORD2007 DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO TDIINPE.DOTX

FERRAMENTAS DO WORD2007 DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO TDIINPE.DOTX INPE-16627-PUD/214 FERRAMENTAS DO WORD2007 DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO TDIINPE.DOTX Maria do Rosario Gifoni Tierno Registro do documento original:

Leia mais

Escrevendo trabalhos acadêmicos (monografia, dissertação e tese)

Escrevendo trabalhos acadêmicos (monografia, dissertação e tese) Escrevendo trabalhos acadêmicos (monografia, dissertação e tese) Baseado nas notas de aula da Prof. Dra. Diana Paula Andrade desta mesma disciplina. Disciplina: Metodologia do Ensino Superior em Ciências

Leia mais