HARDWARE FUNDAMENTAL. Unidade de sistema CPU Memória Primária Bus ou Barramento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HARDWARE FUNDAMENTAL. Unidade de sistema CPU Memória Primária Bus ou Barramento"

Transcrição

1 HARDWARE FUNDAMENTAL Unidade de sistema CPU Memória Primária Bus ou Barramento

2 Um computador é um sistema capaz de processar informação de acordo com as instruções contidas em programas, independentemente da natureza física dos suportes que armazenam e processam essa informação. Na década de 50, um matemático americano de CPU Unidade de Controlo nome John Von Neumann apresentou um esquema que ilustrava as unidades principais de um Unidade Aritmética E Lógica computador pessoal. Este esquema ainda hoje é referencia de estudo. Dispositivos de Leitura Memória Dispositivos de Escrita

3 Existe uma placa electrónica onde estão fisicamente ligados todos os dispositivos que fazem parte do hardware. A essa placa dá-se o nome de placa-mãe ou motherboard. O manual dos equipamentos é uma ferramenta indispensável para podermos utilizar todas as suas potencialidades. Por exemplo, para sabermos qual a gama de microprocessadores que uma determinada motherboard suporta.

4 CPU A CPU ou UCP (Unidade Central de Processamento), também chamada de processador ou microprocessador, é o cérebro do computador. É no processador que são feitos os cálculos lógicos e aritméticos e o controlo de toda a máquina. A CPU é um circuito integrado (chip) de vital importância para o computador. Dentro de um processador existem milhões de transístores.

5 CPU A velocidade de um sistema é definido principalmente por: 1. Arquitectura do processador 2. Velocidade do relógio (clock) interno 3. Velocidade do relógio do barramento de dados (clock externo) O clock é uma forma de indicar o número de instruções que podem ser executadas a cada segundo (ciclo). A sua medição é feita em Hz (sendo que KHz corresponde a mil ciclos, MHz corresponde a 1000 KHz e GHz corresponde a 1000 MHz). Assim, um processador Pentium II 800 MHz, indica que o mesmo pode realizar 800 milhões de ciclos por segundo. Algumas instruções podem precisar de vários ciclos para serem executadas, enquanto outras, necessitam de um só ciclo.

6 CPU Clock interno: o clock interno indica a frequência na qual o processador trabalha. Portanto, num Pentium 4 de 2,8 GHz, o "2,8 GHz" indica o clock interno. Este geralmente é obtido através de um multiplicador do clock externo. Por exemplo, se o clock externo for de 66 MHz, o multiplicador terá de ser de 3x para fazer com o que processador funcione a 200 MHz (66 x 3). Clock externo: também conhecido como FSB (Front Side Bus), o clock externo, por sua vez, é o que indica a frequência de trabalho do barramento (conhecido como barramento externo) de comunicação com a placa-mãe (na verdade, chipset, memória, etc.). Por exemplo, o processador AMD Sempron trabalha com clock externo de 333 MHz.

7 CPU Existem dois tipos de microprocessadores em função da sua arquitectura de funcionamento: O processador CISC (Complex Instruction Set Computer) Possui um conjunto complexo de instruções que o tornam capaz de executar várias centenas de operações, sendo, portanto, muito versátil. Mas também mais caro. O processador RISC (Reduced Instruction Set Computer) Possui um conjunto limitado de instruções que o tornam capaz de executar apenas algumas operações simples. Actualmente, os processadores comercializados possuem características de ambas as arquitecturas.

8 CPU O poder dos microprocessadores tem vindo sempre a aumentar, o grande segredo desta evolução deve-se à cada vez maior possibilidade de miniaturização por parte das industrias de componentes electrónicos. Foi justamente a miniaturização dos transístores que permitiu criar o circuito integrado, em seguida o microchip e processadores com cada vez mais transístores, podendo operar com frequências cada vez mais elevadas.

9 CPU Nanotecnologia e a fabricação de chips A nanotecnologia é o desenvolvimento de técnicas para manipulação direta de átomos e moléculas. No futuro essas técnicas serão usadas em inúmeras aplicações, como por exemplo, a construção de máquinas microscópicas. A fabricação de chips é uma área que ruma cada vez mais ao uso da nanotecnologia. Os chips modernos são formados por milhões de transístores. O velho processador 80486, lançado em 1989, tinha pouco mais de 1 milhão de transístores, e cada um deles media aproximadamente 1 micron (ou seja, 1 milésimo de milímetro). O Pentium 4, no seu lançamento, já tinha 42 milhões de transístores, e cada um deles media 0,18 microns. A actual geração de processadores Pentium 4 utiliza transístores de 0,13 microns e de 0,09 microns. Assim como vimos recentemente passar do uso de MHz a GHz para indicar a velocidade dos processadores, estamos também a passar a utilizar a unidade nm (nanometros) para medir os minúsculos transístores que formam os chips. Um nm é igual a 0,001 micron, o mesmo que 0, milímetro ou 0, metro.

10 CPU O aumento do número de transístores e da frequência de processamento trouxe um incremento do consumo de energia e, consequentemente, da temperatura no interior do microprocessador. Para arrefecer o componente, utilizam-se dissipadores e ventoinhas. O dissipador (cooler) é um elemento metálico (bom condutor de calor) que está associado ao processador e que, em contacto com o ar, liberta o calor excessivo. Para aumentar o poder de dissipação deste elemento, utilizam-se ventoinhas.

11 CPU A CPU, segundo o esquema de Von Neumann é dividida em duas unidades: ULA ou ALU (Unidade Lógica e Aritmética) é nesta unidade que são efectuados os cálculos: operações aritméticas e lógicas. UC (Unidade de Controlo) controla, directa ou indirectamente, toda a máquina, até mesmo a ULA. A UC cuida do endereçamento de memória, colocando e retirando s dados, envia os dados para a ULA, juntamente comas operações que ela deve realizar e confere os resultados devolvidos pela ULA.

12 CPU Existem ainda outras unidades na estrutura de um processador: - Unidade de descodificação (Decode unit) - Unidade de Registos (registers) - Unidade de Vírgula Flutuante (FPU) - Unidade de memória cache interna - Unidade de Segmentação e Unidade de Paginação - Unidade de Pré-escolha (Prefetch) - Unidade de ligação com o bus (Bus Interface Unit) - Bus externo de dados (Data Bus) - Bus externo de endereços (Adress Bus)

13 CPU Fisicamente, o microprocessador é encaixado em locais próprios na placa-mãe. Podem ser chamados socket ou slot, dependendo do tipo de processador. Socket LGA775

14 Memória Primária As memórias são dispositivos que permitem armazenar dados, instruções e resultados. As memórias primárias (centrais) comunicam directamente com o processador, estão perto dele e armazenam temporariamente (RAM e cache) ou não (ROM) pequenas quantidades de informação. Elas desempenham funções fundamentais para o funcionamento de um computador. A memória está organizada em células. Cada célula é uma unidade básica de armazenamento, podendo conter dados ou instruções. A cada célula corresponde um número, que constitui o seu endereço.

15 Memória Primária A memória central é constituída por três tipos de memória distintos: Memória RAM Memória ROM Memória cache

16 Memória Primária RAM A sigla RAM deriva da expressão Random Access Memory, que significa memória de acesso aleatório. Os dados armazenados nesta memória podem ser lidos, escritos e apagados pelo processador. Quando ligamos o computador é inserida na RAM a informação que o processador necessita para o seu funcionamento.

17 Memória Primária RAM Os chips de memória são basicamente constituídos pelo conjunto condensador/transístor, que é repetido alguns milhões de vezes. O condensador é um componente electrónico que armazena corrente eléctrica; quando o condensador está carregado electricamente temos o bit 1, quando ele está descarregado, temos o bit 0. Para cada condensador temos um transístor (outro componente electrónico), encarregado de ler o bit armazenado no seu interior e transmiti-lo ao controlador de memória. O controlador de memória faz parte do chipset que está localizado na motherboard e permite ler e gravar dados na memória e controlar todo o trânsito de dados entre a memória e os demais componentes do computador.

18 Memória Primária RAM Classificação da memória RAM quanto à sua forma física: Módulo DIP (Dual In-Line Package); Módulo SIMM de 30 contactos (Single In-Line Memory Module); Módulo SIMM de 72 contactos; Módulo DIMM de 168 contactos (Double In-Line Memory Module); Módulo SODIMM de 72, 144 e 200 contactos (Small Out-Line DIMM) Módulo DIMM de 184 contactos;

19 Memória Primária RAM Classificação da memória RAM quanto à tecnologia: DRAM (Dynamic RAM) Associada a módulos SIMM; FPM RAM (Fast Page Mode RAM) Associada a módulos SIMM; EDO RAM (Extended Data Out RAM) Associada a módulos SIMM; BEDO RAM (Burst Extended Data RAM) Associada a módulos SIMM; SDRAM (Syncronous Dynamic RAM) Associada a módulos SIMM ou DIMM; VRAM (Vídeo RAM) DDR (Double Data Rate) Associada a módulos DIMM ou SODIMM; DDR2

20 Memória Primária ROM A memória ROM (Read Only Memory) é apenas de leitura. Têm como função o armazenamento de instruções básicas sobre o hardware do computador, tais como as rotinas de arranque, rotinas de teste de dispositivos de hardware e todas as instruções necessárias para que o processador reconheça e interaja correctamente com os dispositivos de entrada e/ou saída. A ROM é incluída na motherboard a partir de fábrica, com as instruções necessárias para o bom funcionamento do sistema.

21 Memória Primária ROM A memória ROM é constituída por três tipos de programas: BIOS (Basic Input Output System) Permite ao processador trabalhar com periféricos básicos (ex.: teclado, unidade de disquetes). POST (Power-On Self Test) Autoteste de inicialização, realizado sempre que o computador é inicializado. SETUP (Configuração do Sistema) programa de configuração do hardware de computador. Essa configuração pode ser feita manualmente pelo utilizador através da escolha de várias opções num interface próprio.

22 Memória Primária ROM Existem, fundamentalmente, três tipos de memória ROM segundo a forma de gravação: PROM (Programmable Read Only Memory) A informação pode ser gravada uma só vez. EPROM (Erasable and Programmable ROM) A informação pode-se gravar e apagar um determinado número de vezes. EEPROM (Electricaly EPROM) ou EAROM Podem ser programadas electronicamente sem as retirar do seu local na motherboard.

23 Memória Primária Cache O processador é muito mais rápido que a memória RAM. Isto faz provoca uma subutilização quando é necessário enviar muitos dados consecutivamente, durante grande parte do tempo o processador fica à espera que a RAM fique liberta para receber novos dados. Para que isto não acontece é utilizada a a memória Cache, uma memória do tipo SRAM (Static RAM) mais rápida do que a RAM. Os dados são lidos da RAM e copiados para a Cache. Estando esses dados na Cache o processador acede mais rapidamente a eles quando necessita. Existe menos tempo de espera do processador para receber/enviar dados.

24 Memória Primária Cache A memória Cache é encontrada em dois níveis: Memória Cache L1 (Level 1 Nível 1) Presente dentro do microprocessador ou Cache interna. A sua capacidade pode ir até aos 128KB, divididos em duas partes, uma para dados, outra para instruções. Memória Cache L2 (Level 2 Nível 2) Presente na motherboard ou dentro do processador. Quando é externa a sua capacidade depende do Chipset presente na motherboard. Quando é interna a sua capaciade varia de 128KB a 2MB

25 Memória Primária Cache As memórias estáticas quanto à sua tecnologia: Asynchronous SRAM Utilizada a partir do 386, com frequência de funcionamento acima de 33MHz e tempos de acesso entre 20 e 12 ns (nanosegundos). Synchronous SRAM A melhor para computadores com frequência de funcionamento até 66MHz e tempos de acesso entre 12 e 8,5 ns. Pipeline Burst SRAM Para computadores com frequência de funcionamento até 133MHz e tempos de acesso entre 8 e 4,5 ns. Custom SRAM Consegue trabalhar com a mesma frequência de funcionamento do processador, com tempo de acesso de 400MHz.

26 Bus ou Barramento O processador e os restantes dispositivos electrónicos comunicam entre si através de canais de comunicação aos quais se dá o nome de barramentos ou bus. Existem três tipos de barramentos relativamente ao tipo de dados que neles circulam: Barramento de dados Barramento de endereços Barramento de controlo

27 Bus ou Barramento Tipos de barramentos: Barramento de dados são os condutores por onde circulam os dados que o processador vai buscar à memória RAM ou aos dispositivos de I/O. Barramento de endereços Neste canal circulam os endereços, das posições de memória ou de dispositivos de I/O, dos dados que a CPU necessita. Barramento de controlo Barramento onde circulam sinais (eléctricos) que controlam os dispositivos electrónicos para que o sistema possa ler/escrever os dados.

28 Bus ou Barramento Tipos de arquitecturas: ISA (Industry Standard Architecture) MCA (Micro Channel Architecture) EISA (Extended Industry Standard Architecture) VLB (Video Electronics Standard Association Local Bus) PCI (Peripheral Component Interconnect) AGP (Accelerated Graphics Port) AGP PRO USB (Universal Serial Bus) FireWire IrDA

29 Bus ou Barramento PCI (Peripheral Component Interconnect) Com barramentos de 32 ou 64 bit para funcionar a 33 MHz, 66 MHz e 133 MHz; Conceito de configuração automática (Plug and Play); Velocidade de transmissão com o processador de 132MB/s até 1 GB/s; Cor branca com duas secções e contactos; Mais económico em energia e sistema universal; Neste tipo de slots pode-se ligar todo o tipo de placas preparadas para PCI.

30 Bus ou Barramento AGP (Accelerated Graphics Port) Barramento dedicado a placas gráficas; As PG podem aceder directamente à memória RAM para armazenar texturas; Configuração Plug and Play; Largura de banda de 32 bit, com frequência de 66 MHz. Vários tipos de padrões: 1x, 2x, 3x e 8x

31 Bus ou Barramento USB (Universal Serial Bus) Barramento universal; Taxas de transmissão de 12MB/s (versões 1.0 e 1.1) e 480MB/s (versão 2.0); Ligação de periféricos com o computador ligado; Ligação até 127 periféricos numa porta USB; Quantos mais dispositivos tivermos a funcionar menor se torna a taxa de transmissão entre cada um deles e o processador, dado que a largura de banda total é dividida por todos.

32 Bus ou Barramento PCI Express Cada conexão usada no PCI Express trabalha com 8 bits por vez, sendo 4 em cada direcção. A frequência usada é de 2,5 GHz, mas esse valor pode variar. O PCI Express 1X consegue trabalhar com taxas de 250 MB por segundo, um valor bem maior que os 132 MB do padrão PCI. Actualmente, o padrão PCI Express trabalha com até 16X, o equivalente a 4000 MB por segundo. comparadas às taxas do padrão AGP. A tabela compara as taxas do PCI Express com as do AGP : AGP 1X: 266 MBps AGP 4X: 1064 MBps AGP 8X: 2128 MBps PCI Express 1X: 250 MBps PCI Express 2X: 500 MBps PCI Express 8X: 2000 MBps PCI Express 16X: 4000 MBps

33 Bus ou Barramento Links de interesse:

Hardware Fundamental

Hardware Fundamental Hardware Fundamental Arquitectura de Computadores 10º Ano 2006/2007 Unidade de Sistema Um computador é um sistema capaz de processar informação de acordo com as instruções contidas em programas. Na década

Leia mais

Memória ROM. Organização Funcional de um. Computador. ROM (Read-Only Memory) Memória Somente Leitura.

Memória ROM. Organização Funcional de um. Computador. ROM (Read-Only Memory) Memória Somente Leitura. Prof. Luiz Antonio do Nascimento Faculdade Nossa Cidade Organização Funcional de um Computador Unidade que realiza as operações lógicas e aritméticas Comanda as outras operações Sistema Central CPU ULA

Leia mais

Motherboard Significado

Motherboard Significado Motherboard Significado Motherboard, também m designada por mainboard ou Placa-mãe, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos componentes do computador, tais como processador,

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Barramento - Significado

Barramento - Significado Barramento - Significado Barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a ligação entre dispositivos, como a CPU, as memórias e outros periféricos. ricos. Barramento - Significado O Barramento,

Leia mais

Arquitectura de um Sistema PC

Arquitectura de um Sistema PC Arquitectura de um Sistema PC MotherBoard Processadores Memórias (RAM e SRAM) Realizado Por: Rafael Pais Gisela Silva 1º E.I Índice: 1 MotherBoard 1.1 - Introdução... 3 1.2 Como Tudo Começou... 3 1.3 Constituição

Leia mais

DRAM. DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em:

DRAM. DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em: DRAM DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em: FPM RAM (Fast Page Mode) EDO RAM (Extended Data Output RAM) BEDO RAM (Burst Extended Data Output

Leia mais

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Placa Mãe Prof. Alexandre Beletti Ferreira Hardware Todo equipamento, peças, que pode ser tocado. Exemplos: memória, processador, gabinete, mouse, teclado, monitor (também chamados de periféricos). Placa

Leia mais

Figura 1 - Memória 1. OBJETIVO. Conhecer os principais tipos de memórias entendendo suas funcionalidades e características.

Figura 1 - Memória 1. OBJETIVO. Conhecer os principais tipos de memórias entendendo suas funcionalidades e características. MEMÓRIA Memória Principal BIOS Cache BIOS ROOM Cache Externo HD DVD DRIVE DE DISQUETE DE 3 1/2 1/2 DISQUETE DE 3 DISQUETE DE 5 1/4 Figura 1 - Memória MP 1. OBJETIVO Conhecer os principais tipos de memórias

Leia mais

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo Placa-Mãe Christian César de Azevedo Componentes Básicos Placa-Mãe 2 Componentes da Placa-Mãe 1. Soquete do Processador 2. Chipset 3. Soquetes de memória RAM 4. Conector de alimentação 5. Conector do drive

Leia mais

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Principais Componentes Barramentos Placa Mãe Processadores Armazenamento

Leia mais

Memória RAM. Administração de Sistemas Informáticos I 2005 / 2006. Grupo 1:

Memória RAM. Administração de Sistemas Informáticos I 2005 / 2006. Grupo 1: Administração de Sistemas Informáticos I 2005 / 2006 Departamento de Engenharia Informática Grupo 1: Clarisse Matos 1010463 Raquel Castro 1020013 Rui Patrão 1020043 Luís Lima 1020562 Índice Introdução...3

Leia mais

Barramentos 17/10/2011. Redes de Computadores. Arquitetura de Computadores FACULDADE PITÁGORAS DE TECNOLOGIA FACULDADE PITÁGORAS DE TECNOLOGIA.

Barramentos 17/10/2011. Redes de Computadores. Arquitetura de Computadores FACULDADE PITÁGORAS DE TECNOLOGIA FACULDADE PITÁGORAS DE TECNOLOGIA. Redes de Computadores Arquitetura de Computadores Agenda Introdução Tipos de Aplicações 1 Barramento é uma via de comunicação. Temos vários tipos de barramentos em um computador devido a aspectos históricos;

Leia mais

DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR

DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR Componentes de Hardware, Software e Sistemas Operacionais Curso Superior de Redes de Computadores André Moraes SISTEMAS DE COMPUTADOR Um sistema de computador consiste

Leia mais

Sistemas Computacionais

Sistemas Computacionais 2 Introdução Barramentos são, basicamente, um conjunto de sinais digitais com os quais o processador comunica-se com o seu exterior, ou seja, com a memória, chips da placa-mãe, periféricos, etc. Há vários

Leia mais

Introdução à Arquitetura de Computadores

Introdução à Arquitetura de Computadores Introdução à Arquitetura de Computadores Prof. Tiago Semprebom Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Santa Catarina - Campus São José tisemp@sj.ifsc.edu.br 31 de julho de 2009 Prof. Tiago

Leia mais

Memória RAM. A memória RAM evolui constantemente. Qual a diferença entre elas? No clock (velocidade de comunicação com o processador)

Memória RAM. A memória RAM evolui constantemente. Qual a diferença entre elas? No clock (velocidade de comunicação com o processador) Memória RAM Introdução As memórias são as responsáveis pelo armazenamento de dados e instruções em forma de sinais digitais em computadores. Para que o processador possa executar suas tarefas, ele busca

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa É o percurso principal dos dados entre dois ou mais componentes de um sistema de computação, neste caso são os caminhos arquitetados na PLACA MÃE até o ponto

Leia mais

Aula 06. Memórias RAM

Aula 06. Memórias RAM Aula 06 Memórias RAM Memória RAM As memórias RAM são responsáveis por armazenar as informações que estão em uso no computador, fazendo com que o acesso aos dados seja mais rápido. 17/01/2013 2 Encapsulamento

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Aula 03. Componentes Básicos de um Computador, Dispositivos de Entrada e Saída, Dispositivos de Armazenamento de Dados, Periféricos.

Aula 03. Componentes Básicos de um Computador, Dispositivos de Entrada e Saída, Dispositivos de Armazenamento de Dados, Periféricos. Aula 03 Componentes Básicos de um Computador, Dispositivos de Entrada e Saída, Dispositivos de Armazenamento de Dados, Periféricos. Máquina de Von Neuman Memória Entrada Unidade Central de Processamento

Leia mais

Introdução. à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático

Introdução. à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático Introdução à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático Estrutura básica de um sistema informático Componentes de um sistema informático O interior de um PC A placa principal ou motherboard O

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Programador/a de Informática

Programador/a de Informática 481040 - Programador/a de Informática UFCD - 0770 Dispositivos e periféricos Sessão 4 SUMÁRIO Memórias Primárias RAM ROM Cache Comunicam diretamente com o processador; Armazenam pequenas quantidades de

Leia mais

Barramentos e Chipsets

Barramentos e Chipsets Sumário Introdução Barramentos e Chipsets Eduardo Amaral Barramentos Barramento frontal (Front Side Bus) Barramento de memória Barramento de externo ou de I/O Chipset Ponte norte Ponte sul Introdução Organização

Leia mais

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma Aula 04 A Barramentos Prof. Ricardo Palma Definição Em ciência da computação barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, como o CPU, a memória e outros

Leia mais

Placas. Organização e Arquitetura de Computadores

Placas. Organização e Arquitetura de Computadores Placas Organização e Arquitetura de Computadores Barramentos - conceito Barramentos (ou, em inglês, bus): padrões de comunicação utilizados em computadores para a interconexão dos mais variados dispositivos.

Leia mais

Placa - Mãe - Introdução

Placa - Mãe - Introdução Aula de Hardware Placa - Mãe - Introdução Também conhecida como "motherboard" ou "mainboard", a placa-mãe é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD,

Leia mais

Hardware Avançado. Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br

Hardware Avançado. Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br Hardware Avançado Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br Avanços recentes em Processadores Chipsets Memórias Discos rígidos Microeletrônica Um processador moderno é formado por mais

Leia mais

SISTEMAS INFORMÁTICOS

SISTEMAS INFORMÁTICOS SISTEMAS INFORMÁTICOS Nesta apresentação, aprenderá a distinguir Hardware de software, identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções. Hardware e Software Estrutura de

Leia mais

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Elementos que constituem o Computador O funcionamento do computador é possível devido aos vários elementos interligados que o constituem:

Leia mais

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe.

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. PLACA MÃE 1. OBJETIVO Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. 2. COMPONENTES DA PLACA MÃE

Leia mais

Visão geral das placas-mãe

Visão geral das placas-mãe IDENTIFICAÇÃO DOS PRICIPAIS COMPONENTES DA PLACA-MÃE Professor Marlon Marcon Visão geral das placas-mãe Conhecida como: Motherboard Mainboard Responsável pela interconexão de todas as peças que formam

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br ESQUEMA EXTERNO DE UM MICROCOMPUTADOR Agora que

Leia mais

Barramento. Barramentos. Barramento. Barramento

Barramento. Barramentos. Barramento. Barramento s Arquiteturas de Conjunto de conexões elétricas/lógicas paralelas Permitem a transmissão de dados, endereços e sinais de controle entre os diversos módulos funcionais do computador Consiste de vários

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

Arquitectura de Computadores

Arquitectura de Computadores Arquitectura de Computadores 2. Motherboards Arquitectura de Computadores s 6. Buses 7. Portas de Comunicações 1 2 Conceitos Base Computador: é um conjunto de dispositivos electrónicos capaz de aceitar

Leia mais

Capítulo 1 Introdução

Capítulo 1 Introdução Capítulo 1 Introdução Hardware nada mais é do que a parte física de um computador. Uma placa mãe, um disco duro, um gravador de CDs, etc., são o Hardware do computador pessoal. Quando se fala em montar

Leia mais

Curso Profissional de Electrónica, Automação e Computadores. Automação e Computadores

Curso Profissional de Electrónica, Automação e Computadores. Automação e Computadores Curso Profissional de Electrónica, Automação e Computadores Automação e Computadores Memórias Significado Em informática, memória são todos os dispositivos que permitem a um computador guardar dados, temporariamente

Leia mais

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque)

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque) PLACA MÃE Placa mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Processamento de Dados. Processamento de Dados. Informática Receita Federal. Organização Lógica de um Computador

Processamento de Dados. Processamento de Dados. Informática Receita Federal. Organização Lógica de um Computador Processamento de Dados Informática Receita Federal Prof. André Cardia email: andre@andrecardia.pro.br Processamento de Dados Componentes Básicos: Organização Lógica de um Computador Placa Principal: Chamada

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática 04 Organização de Computadores nov/2011 Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento Processador (ou microprocessador) responsável pelo tratamento

Leia mais

Organização de Computadores Como a informação é processada?

Organização de Computadores Como a informação é processada? Curso de ADS/DTEE/IFBA Organização de Computadores Como a informação é processada? Prof. Antonio Carlos Referências Bibliográficas: 1. Ciência da Computação: Uma visão abrangente - J.Glenn Brokshear 2.

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware 1 Prof. Demétrios Coutinho Informática Hardware 2 Componentes Básicos e Funcionamento 2 Hardware 3 Conjunto de dispositivos elétricos/eletrônicos que englobam a CPU, a memória e os dispositivos de entrada/saída

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

1.1 Processador Pentium 4 da Intel. Atualmente existem dois grandes fabricantes de processadores (CPU) no mundo, são eles:

1.1 Processador Pentium 4 da Intel. Atualmente existem dois grandes fabricantes de processadores (CPU) no mundo, são eles: CONCEITOS DE HARDWARE CONCEITOS INICIAIS O QUE É INFORMÁTICA? É a ciência que estuda a informação, buscando formas de agilizar o processo de transformação de dados em informações. Além disso, a informática

Leia mais

Automação e Computadores

Automação e Computadores Automação e Computadores MICROCOMPUTADORES Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores O Computador Hardware Unidades Funcionais de um Sistema Informático Dispositivos de Entrada

Leia mais

ETEC Prof. Massuyuki Kawano Centro Paula Souza Prof. Anderson Tukiyama Berengue Instalação e Manutenção de Computadores Módulo: I Tupã SP Encapsulamento das Memórias Encapsulamento é o nome que se dá ao

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais

Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais Ciência da Computação Arq. e Org. de Computadores Parte II Prof. Sergio Ribeiro de um computador sistema constituído de vários componentes (vários tipos diferentes de memória) interligados e integrados,

Leia mais

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES Escola Europeia de t Ensino Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES TRABALHO REALIZADO: ANDRÉ RIOS DA CRUZ ANO LETIVO: 2012/ 2013 TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS 2012 / 2013 3902 Escola

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA, INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CEEP/TIC MUNICÍPIO: LAURO DE FREITAS DIREC: 1B EMENTA

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA, INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CEEP/TIC MUNICÍPIO: LAURO DE FREITAS DIREC: 1B EMENTA CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA, INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CEEP/TIC MUNICÍPIO: LAURO DE FREITAS DIREC: 1B EMENTA Fundamentos e Arquitetura de Computadores Conhecimento e conceitos

Leia mais

Noções de Informática. Rodrigo Schaeffer

Noções de Informática. Rodrigo Schaeffer Noções de Informática Rodrigo Schaeffer www.cetecnet.com.br/rodrigo Hardware Hardware Parte Física O teclado, mouse, vídeo, impressora, disco rígido, são alguns exemplos de hardware. Software Software

Leia mais

Sigla Nome Tecnologia. vez. Programable Read Only Memory (memória programável somente de leitura)

Sigla Nome Tecnologia. vez. Programable Read Only Memory (memória programável somente de leitura) 1. Introdução As memórias são as responsáveis pelo armazenamento de dados e instruções em forma de sinais digitais em computadores. Para que o processador possa executar suas tarefas, ele busca na memória

Leia mais

$ JXUDPRVWUDEDVLFDPHQWHRVFRPSRQHQWHVH[WHUQRVGHXP3& Figura 4. Componentes externos do micro

$ JXUDPRVWUDEDVLFDPHQWHRVFRPSRQHQWHVH[WHUQRVGHXP3& Figura 4. Componentes externos do micro Unidade 8 8. COMPONENTES DO COMPUTADOR Os computadores possuem uma grande variedade de componentes que podem ser LGHQWL FDGRVFRPRFRPSRQHQWHVLQWHUQRV3ODFD0mH3URFHVVDGRU+'HWFHH[WHUQRVJDbinete, periféricos,

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO MANUTENÇÃO

IDENTIFICAÇÃO MANUTENÇÃO IDENTIFICAÇÃO MANUTENÇÃO ESTRUTURA DOS MICROS PADRÃO PC AULA 01 Sobre aula 1 Números binários e hexadecimais Dispositivos digitais e analógicos Circuitos integrados Estrutura dos micros padrão PC Micros

Leia mais

Periféricos e Interfaces had. 1.1 Conceitos elementares Um sistema computacional pode ser dividido de um modo abstracto em 4 componentes:

Periféricos e Interfaces had. 1.1 Conceitos elementares Um sistema computacional pode ser dividido de um modo abstracto em 4 componentes: 1 Introdução 1.1 Conceitos elementares Um sistema computacional pode ser dividido de um modo abstracto em 4 componentes: 1. Hardware (processador também designado por Central Processing Unit, memória,

Leia mais

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Informática Informática - Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

Curso Manutenção de microcomputadores

Curso Manutenção de microcomputadores Seja Bem Vindo! Curso Manutenção de microcomputadores Carga horária: 55hs 1 Conteúdo Programático: Sistema informatizado Como o computador funciona? Representação da informação Tipos de computadores Arquitetura

Leia mais

Memória é um dispositivo capaz de armazenar informação. Logo, podemos dividir dos dispositivos que podem armazenar dados em Quatro tipos:

Memória é um dispositivo capaz de armazenar informação. Logo, podemos dividir dos dispositivos que podem armazenar dados em Quatro tipos: Memória Memória é um dispositivo capaz de armazenar informação Logo, podemos dividir dos dispositivos que podem armazenar dados em Quatro tipos: Memória Principal ROM RAM Memória Secundária Disco rígidos,

Leia mais

SRAM Static RAM. E/L Escrita Leitura. FPM DRAM Fast Page Mode EDO DRAM Extended Data Output SDRAM Synchronous DDR SDRAM Double Data Rate RDRAM Rambus

SRAM Static RAM. E/L Escrita Leitura. FPM DRAM Fast Page Mode EDO DRAM Extended Data Output SDRAM Synchronous DDR SDRAM Double Data Rate RDRAM Rambus TIPOS DE MEMÓRIA RAM Random Access Memory E/L Escrita Leitura SRAM Static RAM DRAM Dynamic RAM FPM DRAM Fast Page Mode EDO DRAM Extended Data Output SDRAM Synchronous DDR SDRAM Double Data Rate RDRAM Rambus

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação UESC Introdução à Ciência da Computação Dispositivos de entrada CPU Memória Dispositivos de saída Fluxo de Informações Central Processing Unit - CPU Unidade Central de Processamento - UCP Responsável

Leia mais

Placa-mãe mainboard motherboard Tipos de placas-mãe Placa AT - ATX -

Placa-mãe mainboard motherboard Tipos de placas-mãe Placa AT - ATX - Placa-mãe Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Estrutura e funcionamento de um sistema informático

Estrutura e funcionamento de um sistema informático Estrutura e funcionamento de um sistema informático 2006/2007 Sumário A constituição de um sistema informático: hardware e software. A placa principal. O processador, o barramento e a base digital. Ficha

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 3.1 EXECUÇÃO DAS INSTRUÇÕES A UCP tem duas seções: Unidade de Controle Unidade Lógica e Aritmética Um programa se caracteriza por: uma série de instruções

Leia mais

7 - Memória Principal

7 - Memória Principal 7 - Memória Principal A memória é a parte do computador onde os programas e os dados são armazenados. Sem uma memória na qual os processadores possam ler ou escrever informações, o conceito de computador

Leia mais

Tecnologias de Construção de Memórias e Memórias RAM, entrelaçada e Virtual

Tecnologias de Construção de Memórias e Memórias RAM, entrelaçada e Virtual Tecnologias de Construção de Memórias e Memórias RAM, entrelaçada e Virtual Arquiteturas para Alto Desmpenho Prof. pauloac@ita.br Sala 110 Prédio da Computação www.comp.ita.br/~pauloac Tempos de Acesso

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. TIC Conceitos Básicos Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos

Leia mais

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas Óbidos MÓDULO 769 Arquitectura interna do computador Carga horária 25 2. PROCESSADOR (UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO CPU) Formadora: Vanda Martins 3 O processador

Leia mais

CENTRAL PRCESSING UNIT

CENTRAL PRCESSING UNIT Processador O processador, também chamado de CPU ( CENTRAL PRCESSING UNIT) é o componente de hardware responsável por processar dados e transformar em informação. Ele também transmite estas informações

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

INFORMÁTICA. PROCESSAR DADOS realizar com os mesmos operações lógicas e aritméticas. PROCESSAMENTO DE DADOS

INFORMÁTICA. PROCESSAR DADOS realizar com os mesmos operações lógicas e aritméticas. PROCESSAMENTO DE DADOS INFORMÁTICA PROCESSAMENTO DE DADOS COMPUTADOR FUNÇÕES LÊ PROCESSA GRAVA PROCESSAR DADOS realizar com os mesmos operações lógicas e aritméticas. OPERAÇÃO LÓGICA dois resultados (V)/(F). 4>3 (V) 3>7 (F)

Leia mais

CEFET-RS Curso de Eletrônica

CEFET-RS Curso de Eletrônica CEFET-RS Curso de Eletrônica 3.1 - Memória DRAM Profs. Roberta Nobre & Sandro Silva robertacnobre@gmail.com e sandro@cefetrs.tche.br Estrutura básica da DRAM LSB CAS Decodificador de Colunas Endereço Real

Leia mais

Evolução das velocidades de processamento, de acesso à memória, do disco e das interfaces de rede

Evolução das velocidades de processamento, de acesso à memória, do disco e das interfaces de rede Evolução das velocidades de processamento, de acesso à memória, do disco e das interfaces de rede Alberto Bueno Júnior Novembro de 2010 1 Sumário 1 Introdução 3 2 Evolução dos processadores 4 2.1 A lei

Leia mais

Circuitos de Memória: Tipos e Funcionamento. Fabrício Noveletto

Circuitos de Memória: Tipos e Funcionamento. Fabrício Noveletto Circuitos de Memória: Tipos e Funcionamento Fabrício Noveletto Memória de semicondutores São dispositivos capazes de armazenar informações digitais. A menor unidade de informação que pode ser armazenada

Leia mais

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM).

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). PROCESSADOR Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). INTRODUÇÃO O processador é o C.I. mais importante do computador. Ele é considerado o cérebro do computador, também conhecido como uma UCP -

Leia mais

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento CPU - Significado CPU Central Processing Unit Unidade Central de Processamento CPU - Função Na CPU são executadas as instruções Instrução: comando que define integralmente uma operação a ser executada

Leia mais

Computação e Processamento de Dados CPD INF400

Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Professor: André Ferreira andre.ferreira@ifba.edu.br Material baseado: Prof.ª Renata Vilas e outros Apresentação Quem vai solicitar aproveitamento de disciplina?

Leia mais

Hardware - Microprocessador

Hardware - Microprocessador Introdução Um microprocessador é um circuito integrado encarregue de executar as instruções de todos os programas armazenados na memória. É o motor que põe tudo a trabalhar desde o momento em que se liga

Leia mais

Conhecendo o Computador

Conhecendo o Computador Conhecendo o Computador Resumo 1. O Computador 2. Principais componentes do hardware do computador 3. Placa-mãe 3.1. Descrição dos componentes na placa-mãe 3.2. Conexões do painel traseiro 3.3. Barramento

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Aula 03 Prof. Dr. Saulo Amui 1/16 2/16 Memórias Memória A memória é a capacidade de adquirir (aquisição), armazenar (consolidação) e recuperar (evocar) informações disponíveis,

Leia mais

for Information Interchange.

for Information Interchange. 6 Memória: 6.1 Representação de Memória: Toda a informação com a qual um sistema computacional trabalha está, em algum nível, armazenada em um sistema de memória, guardando os dados em caráter temporário

Leia mais

4.4 - Barramentos. CEFET-RS Curso de Eletrônica. Profs. Roberta Nobre & Sandro Silva. robertacnobre@gmail.com e sandro@cefetrs.tche.

4.4 - Barramentos. CEFET-RS Curso de Eletrônica. Profs. Roberta Nobre & Sandro Silva. robertacnobre@gmail.com e sandro@cefetrs.tche. CEFET-RS Curso de Eletrônica 4.4 - Barramentos robertacnobre@gmail.com e sandro@cefetrs.tche.br Unidade 04.4.1 Barramentos São elementos de hardware que permitem a interconexão entre os componentes do

Leia mais

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Arquitetura de Entrada e Saída Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Barramento Meio de transmissão de dados entre a CPU, a memória principal e os dispositivos de entrada e saída.

Leia mais

O quê um Processador e qual a sua função?

O quê um Processador e qual a sua função? O quê um Processador e qual a sua função? O processador é um chip de silício responsável pela execução das tarefas atribuídas ao computador. Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são responsáveis

Leia mais

Bus ou Barramento. Barramento. Barramento de Dados. Barramento de endereços. Barramento de Controlo

Bus ou Barramento. Barramento. Barramento de Dados. Barramento de endereços. Barramento de Controlo Bus ou Barramento Arquitectura de Computadores 10º Ano Barramento Barramento de Dados Barramento de endereços Barramento de Controlo 1 Barramento de Dados São os condutores por onde circulam os dados que

Leia mais

Chama-se sistema informatizado a integração que

Chama-se sistema informatizado a integração que Sistema Informatizado Hardware Sistema Informatizado Chama-se sistema informatizado a integração que acontece de três componentes básicos: a) Os computadores = hardware b) Os programas = software c) Os

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Arquitectura dos computadores Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Outubro de 2006 ENIAC, 1945 História (1) 1800 válvulas 100m 2 de área 5000

Leia mais

Introdução a Ciência da Computação Conceitos Básicos de Sistema PROFESSORA CINTIA CAETANO

Introdução a Ciência da Computação Conceitos Básicos de Sistema PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução a Ciência da Computação Conceitos Básicos de Sistema PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução A informática é uma área que atualmente vem evoluindo muito rapidamente. A cada dia se torna mais importante

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento O processador (ou microprocessador) é responsável pelo tratamento de informações armazenadas

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

Fonte : http://www.infowester.com/memoria.php. Introdução

Fonte : http://www.infowester.com/memoria.php. Introdução Fonte : http://www.infowester.com/memoria.php Introdução No que se refere ao hardware dos computadores, entendemos como memória os dispositivos que armazenam os dados com os quais o processador trabalha.

Leia mais

por +XJR0DQXHO0DUTXHV)HUUHLUD N.º 501000908 hmfer@student.dei.uc.pt /XtV0LJXHO%RUJHV*XLOKHUPH N.º 501000927 lmborges@student.dei.uc.

por +XJR0DQXHO0DUTXHV)HUUHLUD N.º 501000908 hmfer@student.dei.uc.pt /XtV0LJXHO%RUJHV*XLOKHUPH N.º 501000927 lmborges@student.dei.uc. 'HVFULomRGRVYiULRVWLSRVGHPHPyULDDOHDWyULD por +XJR0DQXHO0DUTXHV)HUUHLUD N.º 501000908 hmfer@student.dei.uc.pt /XtV0LJXHO%RUJHV*XLOKHUPH N.º 501000927 lmborges@student.dei.uc.pt Departamento de Engenharia

Leia mais

UNIDADE 1: Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação

UNIDADE 1: Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos básicos Informática, Tecnologias da Informação, Tecnologias da Informação e Comunicação Informação Áreas de aplicação das TIC Computador Informática e Burótica Comunicação Telecomunicações e

Leia mais

Correção da Prova de Informática Policia Civil do Paraná CARGO: DELEGADO Prof(a) ANA de Informática

Correção da Prova de Informática Policia Civil do Paraná CARGO: DELEGADO Prof(a) ANA de Informática Correção da Prova de Informática Policia Civil do Paraná CARGO: DELEGADO Prof(a) ANA de Informática Duvidas mandar para: profanadeinformatica@yahoo.com.br) BLOG: http://profanadeinformatica.blogspot.com

Leia mais

Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação

Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação Colegiado de Engenharia de Computação Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação Aulas 08 (semestre 2011.2) Prof. Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto, M.Sc. rosalvo.oliveira@univasf.edu.br 2 Hardware

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais