Apresentamos abaixo, os procedimentos que deverão ser seguidos por todos os (as) Professores (as) durante este semestre:

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentamos abaixo, os procedimentos que deverão ser seguidos por todos os (as) Professores (as) durante este semestre:"

Transcrição

1 Circular / (CA) nº 18 / 2015 Unaí-(MG), 03 de agst de ASSUNTO: Faculdade CNEC Unaí Prcediments necessáris para iníci d 2º Semestre de Prezads (as) Prfessres (as), Apresentams abaix, s prcediments que deverã ser seguids pr tds s (as) Prfessres (as) durante este semestre: Principais alterações a serem implantadas neste 2º Semestre de 2015: 1) Alteraçã Regiment Intern e Regulament Avaliaçã (AC, AP, EF e 2ª Chamada) media final para 6,0 (Tds s Plans de Ensin devem ser alterads para media 6,0); 2) Nvs Frmuláris e Dcuments Padrnizads. Utilizar s mdels padrnizads pela Faculdade, para Plans de Ensin, Frmulári de Prva, Crngrama, Carta e utrs dcuments (Enviads via e dispníveis site da Faculdade, ícne Material d Prfessr e Material d Alun); 3) Hrári de términ d Prvã para 22h20 e data limite para envi das questões as Crdenadres é 29/09/2015; 4) Datas para lançament das NOTAS n Perseus: i. AP (AVALIAÇÃO PROGRESSIVA): De 03/08 a 05/12/2015; ii. AC (AVALIAÇÃO CONCLUSIVA): De 09/12 a 23/12/2015; iii. EF (EXAME FINAL): De 16/12 a 23/12/ ) Implantaçã d Relógi Bimétric de Pnt pr tds s Prfessres, pribiçã para realizaçã de hras extras; 6) Regulament ds Prcediments para s cass de falta, substituiçã, repsiçã, antecipaçã e registr n Perseus. 1. DO PLANO DE ENSINO: Alterações: Alteraçã média final para 6,0 (Deve-se alterar tds s Plan de Ensin); Orientações Permanentes: Ns primeirs dias de aula, Prfessr deverá entregar as aluns, de frma impressa, uma via d Plan de Ensin, que deverá ser elabrad, bservand-se as rientações a seguir; Ajustar Plan de Ensin a Mdel Atual da Faculdade, incluind: TAE (Trabalh Acadêmic Efetiv): Para disciplinas de 40hras, atribuir 10 hras de TAE; Para disciplinas de 60hras, atribuir 15 hras de TAE; Para disciplinas de 80hras, atribuir 20 hras de TAE. Observaçã: As atividades individuais e em grup registradas n Plan de Ensin que crrespndem a TAE devem ser registradas n Diári de Cnteúd n Perseus, n dia/aula em que frem recebidas e avaliadas pel Prfessr, cnfrme seu crngrama de aula. Indicar TRÊS títuls para Bibligrafia Básica; Cada Prfessr deverá cnferir e verificar a existência ds livrs indicads n Plan de Ensin na Bibliteca. Send permitida a indicaçã, apenas de livrs existentes n acerv da Instituiçã. Indicar QUATRO títuls para Bibligrafia Cmplementar; 1

2 Em relaçã à Bibligrafia Cmplementar, cada Prfessr deverá cnferir e verificar a existência na Bibliteca, de 02 (dis) exemplares de cada livr indicad n Plan de Ensin. Send permitida a indicaçã, apenas de livrs existentes n acerv da Instituiçã e na quantidade acima mencinada. A EMENTA d Plan de Ensin NÃO pde ser alterada, sem que haja antecipadamente análise e autrizaçã d NDE Núcle Dcente Estruturante d Curs. Observaçã: Qualquer alteraçã de livr indicad n Plan de Ensin deve ser cmunicada a Crdenadr de Curs. Atendiment à Plítica Geral para Atualizaçã d Acerv Bibligráfic: Além das bservações acima, tant em relaçã à bibligrafia básica e cmplementar, cnfrme plítica de atualizaçã d acerv prevista n Regulament da Bibliteca, cada Prfessr deverá cnferir e verificar PERMANENTEMENTE a existência ds livrs indicads n Plan de Ensin na Bibliteca, e, cas necessári, slicitar a cmpra a Crdenadr de Curs. Antes de distribuir/enviar as Aluns, cada Prfessr (a) deverá enviar MINUTA d Plan de Ensin via a Crdenadr de Curs para análise e aprvaçã; O Crdenadr de Curs deverá fazer a análise, cnferência e devlve-l a Prfessr cm a mençã de aprvad u apntar s itens que necessitem de crreçã. Para impressã e entrega d Plan de Ensin as aluns, deverã ser seguids s seguintes prcediments: Após aprvaçã de seu Plan de Ensin, Prfessr deverá envia-l a Crdenadr, COM SUA ASSINATURA EM TODAS AS PÁGINAS; O Crdenadr de Curs, também deverá, SOB CARIMBO, ASSINAR EM TODAS AS PÁGINAS e envia-ls para reprduçã pela Reprgrafia. A Reprgrafia deverá reprduzir s referids Plans, smente e se estiverem cm tdas as assinaturas acima mencinadas. O Crdenadr de Curs é respnsável pel envi d Plan de Ensin, versã eletrônica para e ORIGINAL ASSINADA pel Crdenadr e Prfessr de tdas as disciplinas de seu curs à Secretaria para arquiv; De frma a verificar cumpriment ds cnteúds prpsts n Plan de Ensin, a cada Unidade/Blc de Cnteúd, Prfessr deverá reapresentar e demnstrar as aluns que Plan está send seguid e bedecid; Estes prcediments relacinads as Plans de Ensin sã fundamentais e se justificam em face d Ministéri da Educaçã (MEC), pr mei ds Instruments de Avaliaçã e d ENADE avaliar a IES e questinar s aluns sbre: Os plans de ensin apresentads pels prfessres cntêm s seguintes aspects: bjetivs, metdlgias de ensin e critéris de avaliaçã, cnteúds e bibligrafia da disciplina? (Fnte: MEC/ENADE); Os cnteúds trabalhads pels prfessres sã cerentes cm s que fram apresentads ns respectivs plans de ensin? (Fnte: MEC/ENADE). 2. FORMULÁRIOS E DOCUMENTOS PADRONIZADOS: Utilizar s nvs mdels padrnizads pela Faculdade, para Plans de Ensin, Frmulári de Prva, Crngrama, Carta e utrs dcuments (Enviads via e dispníveis site da Faculdade, ícne Material d Prfessr e Material d Alun). 3. DO PROVÃO: Alterações: Hrári de términ d Prvã para 22h20 e data limite para envi das questões as Crdenadres é 29/09/2015; Orientações Permanentes: 2

3 Prvã da Faculdade CNEC Unaí, bservar atentamente a Resluçã CS/010/2015 que dispõe sbre Regulament Geral d Prvã deste semestre: Neste semestre, pes d Prvã da Faculdade CNEC Unaí crrespnderá a 100% da nta da Avaliaçã Prgressiva d Segund Bimestre (AP2), nã send permitid utr pes u ainda que cmpnha a nta da Avaliaçã Cnclusiva; Prvidenciar as questões até 30 (trinta) dias antes da data de sua realizaçã, u seja, até 29/09/2015; Cm bjetiv de facilitar entendiment, segue a frma de distribuiçã ds pnts a ser utilizada pr tds s Prfessres (as) da Faculdade CNEC Unaí: AVALIAÇÕES PONTOS A SEREM DISTRIBUÍDOS AP1 (AVALIAÇÃO PROGRESSIVA 1) 5,0 AP2 (AVALIAÇÃO PROGRESSIVA 2) 5,0 Cmpsta apenas pela nta d Prvã, que crrespnde a 5,0 AP (AVALIAÇÃO PROGRESSIVA) = (AP1 + AP2) 10,0 AC (AVALIAÇÃO CONCLUSIVA) 10,0 MB = MÉDIA DAS NOTAS BIMESTRAIS = (AP + AC) / 2 10,0 EF (EXAME FINAL) 10,0 NF = NOTA FINAL = (MB + EF) / 2 10,0 4. DO DIÁRIO E CHAMADA PARA ANOTAR FREQUÊNCIA DOS ALUNOS: A respnsabilidade da marcaçã de presença u nã d alun pderá ser questinada pela justiça em eventuais fats ilícits crrids durante hrári de aula que venham pr ventura ser imputads as aluns. Neste particular é cnhecid na jurisprudência pátria cas em que alun alegu cm álibi estar em sala de aula. Nã estand diári devidamente preenchid, Prfessr fi chamad à esclarecer a presença u nã d alun em juíz. Nã há a necessidade de diári impress durante semestre, send exigid apenas que Prfessr insira as infrmações de frequência, cnteúd e nta n sistema Perseus. Prém, para cntrle manual, há a pssibilidade de própri Prfessr imprimir Diári de sua disciplina diretamente d sistema u gerar arquiv em PDF e enviar para reprduçã pela Reprgrafia da Faculdade; A inserçã/alimentaçã d sistema Perseus deverá bedecer às datas limites, cnfrme Calendári d própri sistema, descrit a seguir: FREQUENCIA E CONTEUDO: Deverã ser Lançads Diariamente: Observaçã: Pr determinaçã da CNEC, infrmams que lançament de Cnteúd ministrad e Frequência ds aluns n Sistema Perseus, será pssível até 10 dias após a data da aula ministrada. Após este períd sistema será blquead. NOTAS: AP (AVALIAÇÃO PROGRESSIVA): De 03/08 a 05/12/2015; AC (AVALIAÇÃO CONCLUSIVA): De 09/12 a 23/12/2015; EF (EXAME FINAL): De 16/12 a 23/12/ PROCEDIMENTOS PARA MARCAÇÃO NO RELÓGIO BIOMÉTRICO DE PONTO POR TODOS OS PROFESSORES, PROIBIÇÃO PARA REALIZAÇÃO DE HORAS EXTRAS NA FACULDADE CNEC UNAÍ E REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA OS CASOS DE FALTA, SUBSTITUIÇÃO, REPOSIÇÃO, ANTECIPAÇÃO E REGISTRO NO PERSEUS. Observar a Circular / (CA) nº 17 / 2015 Unaí-(MG), 30 de julh de 2015 que trata ds Prcediments para marcaçã n Relógi Bimétric de Pnt pr tds s PROFESSORES e Pribiçã para realizaçã de hras extras na Faculdade CNEC Unaí. Observar a Resluçã nº CS/011/2015 que trata ds Prcediments para s cass de falta, substituiçã, repsiçã, antecipaçã e registr n Perseus da Faculdade CNEC Unaí. 3

4 6. DO CONTROLE DE PRESENÇA DE ALUNOS NÃO MATRICULADOS: Para cntrle de presença de aluns nã matriculads, está dispnível n site da Faculdade (ícne Material d Alun) Frmulári de Cntrle de Frequência de Alun Nã Matriculad, que deverá ser utilizad da seguinte frma: O alun deverá baixa-l n site da Faculdade e preencher uma via para cada disciplina; O alun deverá apresentar a Prfessr em tdas as aulas em que estiver presente para que Prfessr apnha sua assinatura, cnfirmand a presença d alun na referida aula; Assim que efetivar sua matrícula, certificand-se de que seu nme cnste n Diári de Classe d Perseus, alun deverá apresentar frmulári a Prfessr para que este faça registr de sua frequência. 7. DOS ALUNOS FALTOSOS: Até dia 10 (dez) d mês subsequente, (a) Prfessr (a) deverá infrmar a Crdenadr nme ds aluns faltss (aqueles que pssuírem acima de cinc faltas cnsecutivas) e aqueles ainda nã matriculads, u seja, que nã pssuem nme n Diári; 8. DA MANUTENÇÃO DAS SALAS, ESTRUTURA E UTILIZAÇÃO DE PROJETORES MULTIMÍDIA: Para realizaçã de manutençã ds equipaments e estrutura da instituiçã, fica dispnível na recepçã da Faculdade Frmulári de Manutençã das Salas e Estrutura da Faculdade CNEC Unaí, a ser utilizad da seguinte frma: O prfessr a detectar alguma necessidade de manutençã nas salas de aula e/u estrutura da instituiçã deverá slicitar, preencher itens crrespndentes e devlvê-l a recepcinista da Faculdade que encaminhará a setr respnsável para as devidas prvidências. Orientações sbre utilizaçã de Prjetres Multimídia (Data-shw): Antes d iníci de cada aula, retirar na recepçã a chave d armári; A final de cada aula, devlver a chave d armári na recepçã, para que próxim prfessr pssa utilizar s equipaments; Cada Prfessr (a) deverá utilizar seu ntebk; É de respnsabilidade d Prfessr a utilizaçã, cnservaçã e guarda ds equipaments, pel períd em que estiver de psse da chave d armári. (Equipaments: Amplificadr de Sm, Micrfne e s Cntrles d Prjetr e d aparelh de Ar Refrigerad). Cm bjetiv de us adequad e racinal ds Aparelhs de Ar Cndicinad, slicitams a bservância as seguintes prcediments, em sala de aula, labratóris e demais ambientes da instituiçã: Manter tdas as JANELAS FECHADAS enquant s aparelhs de ar cndicinad estiverem ligads; Manter tdas as PORTAS FECHADAS, enquant s aparelhs de ar cndicinad estiverem ligads; Manter s VENTILADORES DESLIGADOS enquant s aparelhs de ar cndicinad estiverem ligads, pis us em cnjunt faz cm que aumente a temperatura. 9. NECESSIDADE DE APRESENTAÇÃO DE COMPROVANTE DE CONTRIBUIÇÃO AO INSS POR OUTRA EMPRESA Observar a Circular / (CA) nº 05 / 2015 que trata da Necessidade de Entrega Mensal, até dia 15 (quinze) de Declaraçã e/u Cntracheque que cmprve Cntribuiçã a INSS em utra Empresa/IES. 10. DO CURRÍCULO LATTES: Currícul Lattes ( Cnfrme exigência d MEC deve-se atualizá-l SEMESTRALMENTE; 4

5 11. CANAIS DE COMUNICAÇÃO DISPONÍVEIS: TVs internas (mídia in dr); Site; Murais de sala de aula; Facebk; e Representantes de turma. 12. OUVIDORIA E SEU FUNCIONAMENTO: Dispnível n terminal físic lcalizad próxim a recepçã, de frma presencial e n site da instituiçã. 13. PRÁTICA DE ESPORTES: O Ginási e Quadra Externa estã a dispsiçã de Prfessres e Aluns, mediante cnfirmaçã de dias e hrári. 14. BIBLIOTECA E PERIÓDICOS EBSCO: Visitar a Bibliteca e incentivar s aluns a utilizarem, lembrand que tems a nssa dispsiçã e ds Aluns a Base de Dads de Periódics Científics EBSCO, mair empresa de bases de dads nline de periódics estrangeirs e nacinais n mund, dispnibilizand acess nline a periódics via bases de dads em text cmplet para s maires centrs de pesquisa n Brasil e n mund; 15. DO CALENDÁRIO, PERÍODO E HORÁRIO DE AULAS: Independentemente d TAE, cnfrme calendári acadêmic, tds s Prfessres deverã ministrar aulas em sala, até últim dia letiv d semestre, de frma a cmpletar efetivamente a carga-hrária ttal da disciplina de 40, 60 u 80hs em sala; Refrçams a necessidade de que as aulas bedeçam seus hráris de iníci e términ, u seja: De 19h00 às 20h40; De 20h50 às 22h DO NIVELAMENTO: Incentivar e mtivar s aluns a participarem ds Prgramas de Nivelament Presencial e CNEC EAD. 17. LABORATÓRIOS DISPONÍVEIS AOS ALUNOS E PROFESSORES: Infrmática; Química e Física; Brinquedteca; Desenh; e Tpgrafia. Rmuald Neiva Gnzaga Diretr 5

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso Universidade Federal d Ceará Campus de Sbral Curs de Engenharia da Cmputaçã Regulament para realizaçã d Trabalh de Cnclusã de Curs Intrduçã Este dcument estabelece as regras básicas para funcinament das

Leia mais

Apresentamos abaixo, os procedimentos que deverão ser seguidos por todos os (as) Professores (as) durante este semestre:

Apresentamos abaixo, os procedimentos que deverão ser seguidos por todos os (as) Professores (as) durante este semestre: Circular / (CA) nº 26 / 2016 Unaí-(MG), 01 de fevereir de 2016. ASSUNTO: Faculdade CNEC Unaí Prcediments necessáris para iníci d 1º Semestre de 2016. Prezads (as) Prfessres (as), Apresentams abaix, s prcediments

Leia mais

Regulamento Biblioteca FACULDADE IPEL

Regulamento Biblioteca FACULDADE IPEL REGULAMENTO BIBLIOTECA FACULDADE IPEL Regulament Bibliteca FACULDADE IPEL Pus Alegre/MG 2014 REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESTE REGULAMENTO TEM POR OBJETIVO ESTABELECER NORMAS REFERENTES AO FUNCIONAMENTO DA

Leia mais

1- Objetivo Orientar e apoiar a utilização dos serviços de Biblioteca por parte do corpo docente, discente e comunidade.

1- Objetivo Orientar e apoiar a utilização dos serviços de Biblioteca por parte do corpo docente, discente e comunidade. Sistema de Gestã de Prcesss Sistema de Gestã da Qualidade Utilizaçã ds Serviçs de Bibliteca 1- Objetiv Orientar e apiar a utilizaçã ds serviçs de Bibliteca pr parte d crp dcente, discente e cmunidade.

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( )

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médi PLANO DE ENSINO 2009 Médi Prfissinalizante ( ) Prfissinalizante ( ) Graduaçã ( x ) Pós-graduaçã ( ) I. Dads Identificadres Curs Superir de Tecnlgia em Gestã Ambiental

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira DIRETRIZES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DOS CURSOS DE GESTÃO 1 Sumári I. O Estági em Gestã...3 II. O Estági curricular...4 III. Acmpanhament e avaliaçã...5 IV. Mdels de Plan de Atividades e de Relatóri...5

Leia mais

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização Bletim Técnic CAGED Prtaria 1129/2014 MTE Prdut : TOTVS 11 Flha de Pagament (MFP) Chamad : TPRQRW Data da criaçã : 26/08/2014 Data da revisã : 12/11/2014 País : Brasil Bancs de Dads : Prgress, Oracle e

Leia mais

METAS DE COMPREENSÃO:

METAS DE COMPREENSÃO: 1. TÓPICO GERADOR: Vivend n sécul XXI e pensand n futur. 2. METAS DE COMPREENSÃO: Essa atividade deverá ter cm meta que s aluns cmpreendam: cm se cnstrói saber científic; cm as áreas d saber estã inter-relacinadas

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇÃO DE CONTRATO INICIAL E DE ENERGIA ASSEGURADA PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUITE LIBREOFFICE: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUITE LIBREOFFICE: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO Term de Referência Anex I - Especificaçã técnica Cntrataçã de Empresa para prestaçã de Serviçs de Treinament na suíte Libreffice TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUITE LIBREOFFICE: CONTRATAÇÃO

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DE REDES E CRONOGRAMAS SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2 2 ELABORAÇÃO...2 2.1 PLANEJAMENTO...2

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DE REDES E CRONOGRAMAS SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2 2 ELABORAÇÃO...2 2.1 PLANEJAMENTO...2 1 / 5 SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2 2 ELABORAÇÃO...2 2.1 PLANEJAMENTO...2 2.1.1 CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO CRONOGRAMA DE BARRAS TIPO GANTT:...2 2.1.2 CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários.

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários. OBJETIVO Este dcument tem cm bjetiv definir as plíticas referentes à relaçã entre a Siux e seus funcináris. A Siux se reserva direit de alterar suas plíticas em funçã ds nvs cenáris da empresa sem avis

Leia mais

Salvador, Bahia Sexta-feira 19 de Julho de 2013 Ano XCVII N o 21.187 EDITAL Nº 073/2013

Salvador, Bahia Sexta-feira 19 de Julho de 2013 Ano XCVII N o 21.187 EDITAL Nº 073/2013 Salvadr, Bahia Sexta-feira 19 de Julh de 2013 An XCVII N 21.187 EDITAL Nº 073/2013 FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA SELEÇÃO DE DIVULGADORES DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014 DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

Leia mais

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde Anex V Sftware de Registr Eletrônic em Saúde Implantaçã em 2 (duas) Unidades de Saúde Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESTRATÉGIAS E PROCEDIMENTOS DE IMPLANTAÇÃO... 3 4 INFRAESTRUTURA NAS UNIDADES DE SAÚDE -

Leia mais

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS PROJETO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (X) PROJETO DE PESQUISA PROJETO DE EXTENSÃO Acadêmic ; Scial PROJETO DE INTERDISCIPLINARIDADE

Leia mais

Processo/Instruções de Pagamento para Aplicação no Programa de Sustentabilidade de Pequenas Empresas

Processo/Instruções de Pagamento para Aplicação no Programa de Sustentabilidade de Pequenas Empresas Prcess/Instruções de Pagament para Aplicaçã n Prgrama de Sustentabilidade de Pequenas Empresas Requisits de Elegibilidade 1. A empresa deve estar lcalizada em znas de cnstruçã activa na Alum Rck Avenue

Leia mais

PROJETO 23ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 28 e 29 DE OUTUBRO DE 2015 CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO

PROJETO 23ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 28 e 29 DE OUTUBRO DE 2015 CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO PROJETO 23ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 28 e 29 DE OUTUBRO DE 2015 CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO Objetivs: SEGURANÇA DO TRABALHO Desenvlver cmpetências para eliminar u minimizar s riscs de acidentes

Leia mais

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos Guia Prátic d Estági Seu Estági em 5 Passs O que é Estági? A atividade de estági é um fatr significativ na frmaçã d prfissinal, pr prprcinar a interaçã d alun cm a realidade da prfissã e a cmplementaçã

Leia mais

Plano de curso Planejamento e Controle da Manutenção de Máquinas e Equipamentos

Plano de curso Planejamento e Controle da Manutenção de Máquinas e Equipamentos PLANO DE CURSO MSOBRPCMME PAG1 Plan de curs Planejament e Cntrle da Manutençã de Máquinas e Equipaments Justificativa d curs Nã é fácil encntrar uma definiçã cmpleta para Gestã da manutençã de máquinas

Leia mais

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PdC CZ.01 PM 3.5 Versã 1 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid índice. Alterada

Leia mais

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2015.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2015.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Orientações gerais MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL DE RIO DO SUL ESTRADA DO REDENTOR, 5665 BAIRRO CANTAGALO RIO DO SUL (SC) (47) 3521 3700 eafrs@eafrs.gv.br ORIENTAÇÕES GERAIS As rientações

Leia mais

www.datapar.com.br Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários do setor de Patrimônios nos cadastros e movimentação.

www.datapar.com.br Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários do setor de Patrimônios nos cadastros e movimentação. Página 1 de 8 Descriçã Este manual tem cm principal finalidade, ajudar s usuáris d setr de Patrimônis ns cadastrs e mvimentaçã. Relaçã ds Tópics a serem vists neste manual - Cadastr Departaments Itens

Leia mais

Adesão à CCEE. Versão 1 -> Versão 2

Adesão à CCEE. Versão 1 -> Versão 2 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Adesã à CCEE Versã 1 -> Versã 2 Versã 2 METODOLOGIA DO Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã Text tachad refere-se à exclusã de redaçã. Alterações

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Prcediments Prcediments para Submissã de Prjets de MDL à Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Secretaria Executiva Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Prcediments para

Leia mais

Definir e padronizar os procedimentos para o planejamento e a execução de atividades de cerimonial no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Acre.

Definir e padronizar os procedimentos para o planejamento e a execução de atividades de cerimonial no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Acre. Códig: MAP-SERPU-001 Versã: 00 Data de Emissã: 01/01/2013 Elabrad pr: Secretaria de Relações Públicas e Cerimnial Aprvad pr: Presidência 1 OBJETIVO Definir e padrnizar s prcediments para planejament e

Leia mais

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AIKAWA

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AIKAWA (ポルトガル 語 ) 愛 川 町 図 書 館 利 用 案 内 BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AIKAWA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AIKAWA (AIKAWA MACHI TOSHOKAN) Endereç: Aikawa Machi, Sumida 250-1 Telefne: 046-285-6963( 直 通 ) Fax: 046-286-9880 FUNCIONAMENTO:

Leia mais

CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL

CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL Carga Hrária: 16 hras/atividade Hrári: 8h30 às 18h (cm interval para almç) Brasília, 26 e 27 de nvembr de 2015

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE RESOLUÇÃO CONSUN Nº 009/2012

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE RESOLUÇÃO CONSUN Nº 009/2012 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE RESOLUÇÃO CONSUN Nº 009/2012 Regulamenta o Programa de Monitoria da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. Alterada pela

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS O presente Regulamento normatiza as Atividades Práticas Supervisionadas (APS) nos cursos de graduação da Faculdade Shalom de Ensino Superior,

Leia mais

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco Orientações e Recmendações Orientações relativas à infrmaçã periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de ntaçã de risc 23/06/15 ESMA/2015/609 Índice 1 Âmbit de aplicaçã... 3 2 Definições... 3 3 Objetiv

Leia mais

1ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO PROFESSOR NOTA 10 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

1ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO PROFESSOR NOTA 10 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Das Disposições Gerais 1ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO PROFESSOR NOTA 10 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Art. 1º - O Prêmio Experiências de Sucesso 2015 Professor Nota 10, é uma promoção da Secretaria

Leia mais

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 027/ DE 19 DE NOVEMBRO DE VESTIBULAR 16/01 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505,

Leia mais

1.2.1. Proporcionar ao Corpo Docente a participação de monitores junto ao desenvolvimento de suas disciplinas.

1.2.1. Proporcionar ao Corpo Docente a participação de monitores junto ao desenvolvimento de suas disciplinas. A Coordenação de Pesquisa e Extensão (COPEX) da Faculdade Metropolitana da Grande Recife, em conjunto com a Direção Acadêmica, abre inscrições aos alunos de graduação interessados em participar do Programa

Leia mais

OBJECTIVO. Ligação segura às redes públicas de telecomunicações, sob o ponto de vista dos clientes e dos operadores;

OBJECTIVO. Ligação segura às redes públicas de telecomunicações, sob o ponto de vista dos clientes e dos operadores; Prcediments de Avaliaçã das ITED ANACOM, 1ª ediçã Julh 2004 OBJECTIVO De acrd cm dispst n nº 1, d artº 22º, d Decret Lei nº 59/2000, de 19 de Abril (adiante designad cm DL59), a cnfrmidade da instalaçã

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Campus de Rio Paranaíba - MG. Normas do Ambulatório de Atenção Nutricional Curso de Nutrição (UFV/CRP)

Universidade Federal de Viçosa Campus de Rio Paranaíba - MG. Normas do Ambulatório de Atenção Nutricional Curso de Nutrição (UFV/CRP) Universidade Federal de Viçosa Campus de Rio Paranaíba - MG Normas do Ambulatório de Atenção Nutricional Curso de Nutrição (UFV/CRP) Rio Paranaíba Novembro 2012 INTRODUÇÃO O Ambulatório de Atenção Nutricional

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Sã Paul 2013 1 1 INTRODUÇÃO Este Manual tem a finalidade de servir à nrmalizaçã da elabraçã de Trabalhs de Cnclusã de Curs TCC pr mei de artigs científics,

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 Flrianóplis, 25 de janeir de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 1) Cnsiderações Gerais: A Federaçã Nacinal ds Estudantes de Engenharia Civil

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 1º semestre / 2015 O FGV Law Prgram da Escla

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Data: 11/09/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Antecedentes_Criminais.dc

Leia mais

FORMULÁRIO COLETA CAPES DISCENTE 2013

FORMULÁRIO COLETA CAPES DISCENTE 2013 FORMULÁRIO COLETA CAPES DISCENTE 2013 Este frmulári deve ser preenchid pr tds s aluns matriculads n Mestrad em Atençã à Saúde n an de 2013. Os dads servirã para atualizar, n Cleta Capes, as atividades

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

SOGILUB.NET MANUAL DO UTILIZADOR

SOGILUB.NET MANUAL DO UTILIZADOR SOGILUB.NET MANUAL DO UTILIZADOR Índice Intrduçã... 3 Aspect Gráfic... 4 Regist na aplicaçã... 5 Recuperaçã de Códigs de Acess... 6 Área Reservada... 8 Entrar na Área Reservada... 8 Editar Perfil... 9

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2015/2 (Isento de Taxa) Informativo GR nº 002/2015, de 23/06/2015 SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 ATENÇÃO! ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS PARA O COLÉGIO TRAVESSIA ANO LETIVO DE 2016

EDITAL DE PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS PARA O COLÉGIO TRAVESSIA ANO LETIVO DE 2016 EDITAL Nº 01/2015 EDITAL DE PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS PARA O COLÉGIO TRAVESSIA ANO LETIVO DE 2016 O Colégio TRAVESSIA, mantido pela Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas, torna público a realização

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatóri de Gerenciament de Riscs 2º Semestre de 2014 1 Sumári 1. Intrduçã... 3 2. Gerenciament de Riscs... 3 3. Risc de Crédit... 4 3.1. Definiçã... 4 3.2. Gerenciament... 4 3.3. Limites de expsiçã à

Leia mais

M.A.P.A. 2014. ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano)

M.A.P.A. 2014. ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) M.A.P.A. 2014 MANUAL DE APOIO A PAIS E ALUNOS ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) Organização Curricular Língua Portuguesa Matemática Ciências História Geografia Ciências Sociais Arte Educação Física

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA OS PROFESSORES DA FAMA 2 SEMESTRE DE 2015

DIRETRIZES GERAIS PARA OS PROFESSORES DA FAMA 2 SEMESTRE DE 2015 DIRETRIZES GERAIS PARA OS PROFESSORES DA FAMA 2 SEMESTRE DE 2015 1. Os professores devem possuir o Manual do Professor, Calendário Acadêmico e as Diretrizes Gerais. A falta de algum destes instrumentos

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 3 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 5 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 6 CONCLUSÃO DE CURSO 6 RELATÓRIO TÉCNICO 7 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC 1 PREAMBULO Estabelece as normas para o processo seletivo de alunos regulares no Programa

Leia mais

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013.

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013. Serviç de Acess as Móduls d Sistema HK (SAR e SCF) Desenvlvems uma nva ferramenta cm bjetiv de direcinar acess ds usuáris apenas as Móduls que devem ser de direit, levand em cnsideraçã departament de cada

Leia mais

Faculdade São Francisco de Piumhi Curso de Direito da FASPI. Resolução nº 001 de 8 de agosto de 2010

Faculdade São Francisco de Piumhi Curso de Direito da FASPI. Resolução nº 001 de 8 de agosto de 2010 Resolução nº 001 de 8 de agosto de 2010 A Diretoria Acadêmica no exercício regular de suas atribuições legais e regimentais, nos termos do artigo 19, I, Reg. Interno, resolve: Regulamenta a elaboração

Leia mais

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2016.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2016.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seçã 1. Pág. 20 Cmpnente Curricular: BIOLOGIA GERAL Códig: ENF - 101 Pré-requisit: Nenhum Períd Letiv: 2016.1 Prfessr:

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS: Art. 1 - A Biblioteca da FACSETE Faculdade Sete Lagoas, tem como objetivo, a disseminação da informação através da aquisição, organização, e conservação

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO RIBEIRÃO PRETO 2013 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Aluno: RA: Ano/semestre: Período letivo: 2 SUMÁRIO ORIENTAÇÕES

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO

EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO Agrupament de Esclas Vila Flr ESCOLA E.B. 2,3/S DE Vila Flr CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO An Letiv 2015/ 2016 Critéris de Avaliaçã 2 A classificaçã atribuída reflete as cmpetências adquiridas

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Data: 17-09-2008 Data: Aprvad: Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Events.dc

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇAO DE CONTRATO DE LEILÃO DE VENDA EDITAL DE LEILÃO Nº 001 / 2002 - MAE PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão FMUSP - HC. Faculdade de Medicina da USP Diretoria Executiva da FMUSP e Diretoria Executiva dos LIMs

Procedimento Operacional Padrão FMUSP - HC. Faculdade de Medicina da USP Diretoria Executiva da FMUSP e Diretoria Executiva dos LIMs 1. OBJETIVOS: fixar nrma para realizaçã ds prcediments de cleta interna de carcaças de animais de experimentaçã n Sistema FMUSP-HC, bservand-se as devidas cndições de higiene e segurança. 2. ABRANGÊNCIA:

Leia mais

INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2014. SOLICITAÇÕES DE 20/08/13 a 14/03/14

INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2014. SOLICITAÇÕES DE 20/08/13 a 14/03/14 Informativo GR nº 03/14. INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2014 SOLICITAÇÕES DE 20/08/13 a 14/03/14 ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES

Leia mais

Este Informativo serve como norteador da prática docente sendo pautado no Calendário Acadêmico e Regimento da IES.

Este Informativo serve como norteador da prática docente sendo pautado no Calendário Acadêmico e Regimento da IES. APRESENTAÇÃO O CESVALE agradece aos seus colaboradores professores que de maneira especial dedicaram-se ao seu fazer docente durante o ano que findou, esperando contar com o mesmo empenho e desempenho

Leia mais

ANEXO CONDIÇÕES OU RESTRIÇÕES RESPEITANTES À UTILIZAÇÃO SEGURA E EFICAZ DO MEDICAMENTO A SEREM IMPLEMENTADAS PELOS ESTADOS-MEMBROS

ANEXO CONDIÇÕES OU RESTRIÇÕES RESPEITANTES À UTILIZAÇÃO SEGURA E EFICAZ DO MEDICAMENTO A SEREM IMPLEMENTADAS PELOS ESTADOS-MEMBROS ANEXO CONDIÇÕES OU RESTRIÇÕES RESPEITANTES À UTILIZAÇÃO SEGURA E EFICAZ DO MEDICAMENTO A SEREM IMPLEMENTADAS PELOS ESTADOS-MEMBROS 1 Os Estads-Membrs devem garantir que tdas as cndições u restrições relativas

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS ESTÁGIOS FAFIT

REGULAMENTO GERAL DOS ESTÁGIOS FAFIT O significad das cisas nã está nas cisas em si, mas sim em nssa atitude em relaçã a elas. (Antine de Saint-Exupéry, 1943) CURSOS bacharelads: Administraçã Geral Ciências Cntábeis Direit Educaçã Física

Leia mais

DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENFERMAGEM

DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENFERMAGEM DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENFERMAGEM CACOAL 2008 Considerando as exigências da LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL, no atinente às Atividades Complementares

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

Instruções para as apresentações científicas

Instruções para as apresentações científicas Instruções para as apresentações científicas As apresentações pderã ser realizadas na frma de PÔSTER u ORAL, dentr das especialidades dntlógicas: Ciências Básicas, Estmatlgia/Radilgia/Patlgia, Cirurgia,

Leia mais

Admissões para Creche e Pré-escolar 2016 / 2017

Admissões para Creche e Pré-escolar 2016 / 2017 Admissões para Creche e Pré-esclar 2016 / 2017 1ª Fase: Pré-candidatura Decrre entre 4 a 29 de Janeir (2016): - Ficha de candidatura devidamente preenchida e assinada (dispnível na Secretaria u n site:

Leia mais

Curso de Especialização Lato Sensu

Curso de Especialização Lato Sensu Curso de Especialização Lato Sensu em Farmacologia Clínica da UnB Data de início do curso dia 4 de fevereiro de 2011 Local de aula: auditório 2 da Faculdade de Ciências da Saúde. Levar todos os documentos

Leia mais

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

Mestrado em Sistemas de Informação

Mestrado em Sistemas de Informação U n i v e r s i d a d e d M i n h Departament de Sistemas de Infrmaçã Mestrad em Sistemas de Infrmaçã 2003/2005 Tecnlgias de Streaming em Cntexts de Aprendizagem Sb a rientaçã d Prfessr Dutr Henrique Sants

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO AO ENSINO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO AO ENSINO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO AO ENSINO EDITAL DE MONITORIA TECNOLÓGICA A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, torna público o presente Edital e convida o seu corpo

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA SUMÁRIO 1 - INTRODUÇÃO... 3 2 - DO REGULAMENTO E SUA APLICAÇÃO... 3 3 - DAS INSCRIÇÕES... 3 4 - DO ACERVO... 3 5 - DO PRAZO DE EMPRÉSTIMO E QUANTIDADES DE VOLUMES... 4 6 - DA

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Em consonância

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011 COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011 COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011 COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011: Contribuições de 30/11/2011 a 30/12/2011 EMENTA:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO UBERABA-MG RESOLUÇÃO N. 4, DE 16 DE ABRIL DE 2013, DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UFTM.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO UBERABA-MG RESOLUÇÃO N. 4, DE 16 DE ABRIL DE 2013, DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UFTM. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO UBERABA-MG RESOLUÇÃO N. 4, DE 16 DE ABRIL DE 2013, DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UFTM. Aprova as regras de transição do Sistema de Matrícula

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES ESTÁGIO

PERGUNTAS FREQUENTES ESTÁGIO PERGUNTAS FREQUENTES ESTÁGIO 1. O que é estágio? É um período de aprendizado para o futuro profissional, permitindo a integração da formação à prática. O estágio proporciona a aplicação dos conhecimentos

Leia mais

CIRCULAR. Circular nº 17/DSDC/DEPEB/2007. Gestão do Currículo na Educação Pré-Escolar. Contributos para a sua Operacionalização

CIRCULAR. Circular nº 17/DSDC/DEPEB/2007. Gestão do Currículo na Educação Pré-Escolar. Contributos para a sua Operacionalização CIRCULAR Data: 2007/10/10 Númer d Prcess: DSDC/DEPEB/2007 Assunt: GESTÃO DO CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Circular nº 17/DSDC/DEPEB/2007 Para: Inspecçã-Geral de Educaçã Direcções Reginais de Educaçã

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 - PROEX

EDITAL Nº 001/2015 - PROEX EDITAL Nº 001/2015 - PROEX 1. DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DIVULGA O PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM IDIOMA ESTRANGEIRO NA MODALIDADE CURSO DE ITALIANO NÍVEL BÁSICO 1.1 A Universidade Federal

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Regulamento Geral do Provão Faculdade CNEC Unaí Unaí/MG RESOLUÇÃO Nº CS/010/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015. Entra em vigor em 1º de julho de 2015. 1 RESOLUÇÃO

Leia mais

Prova Escrita e Prova Oral de Inglês

Prova Escrita e Prova Oral de Inglês AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AURÉLIA DE SOUSA PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prva Escrita e Prva Oral de Inglês 11.º An de esclaridade DECRETO-LEI n.º 139/2012, de 5 de julh Prva (n.º367) 1.ªe 2.ª Fase 6

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

CONSIDERANDO a Portaria MEC nº 4.059, de 24/11/2004;

CONSIDERANDO a Portaria MEC nº 4.059, de 24/11/2004; Resolução nº 004/2015. Altera o Regulamento das Disciplinas Interativas nos cursos de graduação reconhecidos, do Sistema de Ensino Presencial, ofertadas no Centro Universitário Cândido Rondon UNIRONDON.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. Projeto Monitoria CAp 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. Projeto Monitoria CAp 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO Projeto Monitoria CAp 2014 1. Definição O Projeto Monitoria CAp é uma ação institucional que abre mais um espaço de aprendizagem

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE Bacharelado em Administração Modalidade a Distância

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE Bacharelado em Administração Modalidade a Distância REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE Bacharelado em Administração Modalidade a Distância I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Bacharelado em Administração Modalidade a Distância é uma

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 - O discente ingressante no Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares deverá cumprir obrigatoriamente 240 (duzentas e quarenta) de atividades complementares.

Leia mais

Universidade Federal da Integração Latino Americana MANUAL DO ESTAGIÁRIO

Universidade Federal da Integração Latino Americana MANUAL DO ESTAGIÁRIO Universidade Federal da Integração Latino Americana MANUAL DO ESTAGIÁRIO MANUAL DO ESTAGIÁRIO PROGRAD - Pró-Reitoria de Graduação DEAC - Divisão de Estágios e Atividades Complementares Sumário 1. Apresentação...

Leia mais

Estágio Supervisionado Educação Básica - Matemática

Estágio Supervisionado Educação Básica - Matemática Estágio Supervisionado Educação Básica - Matemática Não se pretende que o estágio se configure como algo com finalidade em si mesmo, mas sim que se realize de modo articulado com o restante do curso. Para

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Escrituração Contábil Digital ECD

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Escrituração Contábil Digital ECD Parecer Cnsultria Tributária Segments Escrituraçã Cntábil Digital ECD 23/12/2013 Parecer Cnsultria Tributária Segments Títul d dcument Sumári Sumári... 2 1. Questã... 3 2. Nrmas Apresentadas Pel Cliente...

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES 1) DO ACESSO E DO FUNCIONAMENTO 1.1) Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h50min. 1.2) Quem pode usar a Biblioteca: I. Alunos regularmente

Leia mais

Universidade de Cruz Alta

Universidade de Cruz Alta UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2016 Dispõe sobre a aprovação do Regulamento do Núcleo de Educação a Distância da Universidade de Cruz Alta, ============================

Leia mais

DISSERTAÇÃO NOS MESTRADOS INTEGRADOS NORMAS PARA O SEU FUNCIONAMENTO

DISSERTAÇÃO NOS MESTRADOS INTEGRADOS NORMAS PARA O SEU FUNCIONAMENTO DISSERTAÇÃO NOS MESTRADOS INTEGRADOS NORMAS PARA O SEU FUNCIONAMENTO 1. PREÂMBULO... 1 2. NATUREZA E OBJECTIVOS... 1 3. MODO DE FUNCIONAMENTO... 2 3.1 REGIME DE ECLUSIVIDADE... 2 3.2 OCORRÊNCIAS... 2 3.3

Leia mais

BIBLIOTECA UEZO REGULAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

BIBLIOTECA UEZO REGULAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este documento tem por finalidade formalizar e instituir as normas de utilização da biblioteca, no que tange aos produtos e serviços oferecidos pela

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL Cntratante: O CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 12º REGIÃO, pessa jurídica de direit públic cnstituída sb a frma de autarquia fiscalizadra,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 04/2014 - GRHS/SEED A Chefia do Grupo de Recursos Humanos Setorial da Secretaria da Educação, no uso das atribuições legais, Resolve Atribuir a competência para a concessão de Ordens

Leia mais

Contabilidade Martins

Contabilidade Martins DOCUMENTOS PARA CONTABILIDADE Visand melhrar nss intercâmbi administrativ e s serviçs prestads pr este escritóri, remetems instruções cm relaçã a sua mvimentaçã mensal, dand ênfase a cntrle de arquivs,

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA - 2016

EDITAL DE MATRÍCULA - 2016 EDITAL DE MATRÍCULA - 2016 A Diretoria do Colégio Presbiteriano Mackenzie São Paulo, no uso de suas atribuições, publica o presente Edital que regulamenta a RENOVAÇÃO de matrículas de seus alunos para

Leia mais