SALVA-VIDAS DA AIDS FOLHA ENTREVISTA ACONTECE METROPOLITANO CULTURA UNIBAN

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SALVA-VIDAS DA AIDS FOLHA ENTREVISTA ACONTECE METROPOLITANO CULTURA UNIBAN"

Transcrição

1 Estão abertas as inscrições para o Vestibular 2008 para Cursos Superiores com duração de 2 anos. ENTREVISTA O vice-reitor da UNIBAN Prof. Milton Linhares foi reconduzido ao cargo de Conselheiro no MEC. Eu vejo como um reconhecimento do Ministro da Educação pelo trabalho que desenvolvi durante meu primeiro mandato. (págs. 16 e 17) ACONTECE Pesquisa do CIEE revela os medos e as expectativas do público estudantil em relação ao curso, à instituição de ensino e ao estágio. (pág. 2) EXEMPLAR GRATUITO FOLHA Edição: 369 UNIVERSITÁRIA Jornal da UNIBAN Brasil Ano de junho d e 2008 METROPOLITANO SALVA-VIDAS DA AIDS Pesquisa feita pela Secretaria Municipal da Saúde e Unifesp aponta o aumento no número de casos de jovens com o vírus HIV. Sexo sem camisinha continua sendo o principal motivo do contágio. (págs. 8 e 9) Um passeio noturno pelo centro histórico revela uma faceta pouco conhecida da metrópole. (pág. 4) CULTURA Em época de festas juninas, a Folha Universitária preparou um roteiro especial. (pág. 18) UNIBAN

2 02 ACONTECE O que passa na cabeça do universitário? Pesquisa do CIEE revela os medos e as expectativas do público estudantil em relação ao curso, à instituição de ensino e ao estágio Por Bruno Souza Um dos primeiros passos para exercer uma profissão de destaque é fazer um curso de graduação numa universidade. Só que nessa época da vida surgem inúmeras questões que afligem os estudantes, que vão desde o ensino oferecido pela faculdade, até a identificação com o curso escolhido. A Folha Universitária teve acesso a uma pesquisa feita pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e descobriu quais são os medos e as aspirações do público universitário. Realizado entre 04/12/07 e 14/01/08, o questionário está disponível no portal da entidade (www.ciee.org.br) e é composto por perguntas que foram respondidas por mais de 11 mil pessoas, sendo que mais da metade são estudantes do ensino superior particular. Quando perguntado o que os alunos esperam de uma universidade, em primeiro lugar se destaca o quesito um bom nível de ensino. Em segundo, a necessidade de contar com professores capacitados e comunicativos e que também atuem no mercado de trabalho. Muitas pessoas dizem que ouvem muita coisa em sala de aula, mas quando estão no mercado de trabalho é tudo diferente. Por isso, o professor tem de estar sempre atualizado em termos acadêmicos, e também ser uma pessoa aberta para as coisas que estão acontecendo no mercado, diz a gerente técnica de estágio do CIEE, Sylvana Rocha. Em terceiro lugar, se destaca a incessante procura por oportunidade de estágio na área de atuação, quando ocorre a aproximação entre teoria e prática. Na minha época, a gente fazia a graduação, já tinha um estágio garantido e um emprego. Hoje está muito mais segmentado, além do que, as profissões estão multidisciplinares, afirma a gerente. Ela diz ainda que o jovem entra na faculdade com receio, e uma das opor tunidades que ele tem de verificar se aquela escolha foi certa é sentir como é a profissão na prática. Sobre os maiores medos dos jovens entrevistados ao entrar na universidade, em primeiro lugar se destaca a não identificação com o curso escolhido. Em muitos casos, alguns alunos só per- cebem esta falta de afinidade perto do final da graduação. Em segundo, está a preocupação em não conseguir pagar o curso, que se intensifica na dificuldade de conseguir um emprego ou mesmo um estágio remunerado que ajude no custeamento dos estudos. Em terceiro lugar, está a dificuldade de acompanhar o curso, seja por conta do ritmo do professor, do próprio conteúdo programático da instituição ou de conciliar estudo, trabalho e lazer. Hoje, o jovem faz uma universidade porque ele sabe que se não estiver nela fica difícil conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Mas a gente sabe que o Brasil precisa de técnicos especializados. Muitas pessoas nos questionam quais são as áreas promissoras, e eu respondo assim: são diversas, escolha o que você gosta, procure profissionais da área que você tem interesse, pois quem faz a profissão é o aluno, finaliza Sylvana. Da esq. para dir., o coord. técnico da Confederação Brasileira de Taekwondo, Mauro Hidek, a atleta Débora Nunes e o treinador Carlos Negrão Da defesa pessoal para as Olimpíadas A atleta Débora Nunes começou no Taekwondo para aprender auto defesa. Nos Jogos de Pequim, lutará por medalha na categoria até 57 quilos Por Karen Rodrigues Originário da Coréia, o Taekwondo é uma ar te marcial milenar que se tornou esporte olímpico em 2000, na Olimpíada de Sydney. Antes disso havia sido disputado nos Jogos de Seul (1988) e Barcelona (1992) apenas como modalidade de demonstração. Entre esse período de reconhecimento do esporte, em 1983 nascia uma grande esperança desta modalidade no Brasil, a atleta Débora Nunes. Com total incentivo da mãe, ela começou a praticar lutas de defesa pessoal aos seis anos. Eu brigava na escola (risos) e chegava em casa chorando, com o braço arranhado, e minha mãe me pôs na luta para eu aprender a me defender, lembra. Conheci o Taekwondo por intermédio Fotos: Divulgação/CBTKD Débora Nunes, Natália Falavigna e Márcio Venceslau, da Seleção Brasileira de Taekwondo de um amigo que praticava. Comecei a fazer a luta e já pratico há 12 anos, conta a atleta. Em 2004, Débora passou a integrar a Seleção Brasileira. Ela acredita que o esporte conquistou mais reconhecimento depois dos Jogos Pan-Americanos em 2007, porém ainda é precário de incentivo. A falta de patrocínio torna tudo muito mais difícil. Contamos com o incentivo da Lei nº , conhecida como Lei Agnelo/Piva, no qual recebemos um salário, mas isso é só para a equipe olímpica. Eu e os outros atletas esperamos conquistar medalha olímpica e a partir daí torná-lo mais popular. Além de representar o Brasil, a lutadora porto-alegrense recebeu uma proposta de um clube para mo- rar em São Paulo e se dedicar aos treinos e estudar. Tranquei a faculdade de Educação Física, abdiquei de muita coisa, inclusive de morar com a minha família, mas valeu a pena. Treinar com o técnico da seleção me ajudou muito. Treino com outros atletas da seleção e este intercâmbio fez a diferença para eu conseguir a vaga, afirma. O índice olímpico foi garantido com o título na categoria até 57 quilos da seletiva pan-americana olímpica, em Cali, na Colômbia, no mês de março. Essa medalha de ouro na seletiva me fortaleceu. Hoje em dia vivo em função das Olimpíadas. Se não conseguir uma medalha, pelo menos vou ter a consciência limpa de que fiz tudo que podia para chegar lá, conclui. EXPEDIENTE: Reitor: Prof. dr. Heitor Pinto Filho Vice-Reitores: Prof. Ms. Milton Linhares e Prof. dr. Silvino Lopes. Vice-Presidente da Fundação UNIBAN: Américo Calandriello Júnior. Presidente do Conselho de Comunicação: Eduardo Fonseca. Responsável pelos Veículos de Comunicação: Rogério Carvalho Silva. Jornalista responsável: Cleber Eufrasio (Mtb ). Direção de Arte: Ronaldo Paes. Designer: Ricardo Neves. Editores: Cleber Eufrasio e Renato Góes. Repórteres: Francielli Abreu, Karen Rodrigues, Manuel Marques e Vivian Costa. Fotos: Amana Salles. Estagiário: Bruno Souza. Diário Oficial UNIBAN - Coordenação: Francielli Abreu. Revisora: Marisa De Lucia. Colaboradores: Arismar Monteiro, Marisa De Lucia, Fabiana Mello e Analú Sinopoli. Impressão: Metromídia. Cartas para a redação: Rua Bela Vista, 739-5º andar, Morumbi, São Paulo, CEP Tel. (11) f olha_universitar - Home page: - Tiragem:

3

4 04 METROPOLITANO Aula de história ao luar Toda quinta-feira, um grupo de pessoas se reúne com monitores e caminha por pontos históricos do Centro de São Paulo Por Manuel Marques Centro Cultural Banco do Brasil, Edifício Martinelli, praças da República, do Correio e Ramos de Azevedo. O roteiro é imenso, tão grande quanto o próprio Centro de São Paulo. Mas quem construiu esses lugares tão famosos? Como era a vida das pessoas nesta região há pouco mais de um século? Há três anos, estas e inúmeras outras perguntas são respondidas semanalmente. Toda quinta-feira, com chuva ou luar, um grupo de pessoas se reúne na maior cidade da América Latina para realizar a Caminhada Noturna pelo Centro, projeto que tem como objetivo resgatar a memória e ajudar a revitalização da região. Para participar da caminhada é só aparecer em frente ao Teatro Municipal, às 20h de qualquer quinta-feira. Lá, o leitor encontrará um grupo de pessoas se preparando para a saída. Os guias são uniformizados com um colete amarelo. Os participantes recebem orien- Carlo Ferreri Na imagem à dir., vista aérea da Praça da República Fabio Mattos tação de monitores e guias de turismo credenciados. No final, retornam ao local de saída, ou seja, às escadarias do teatro. Ao longo da caminhada, os participantes têm o privilégio de desfrutar de uma detalhada aula de história ao ar livre. Os guias conhecem profundamente episódios fundamentais na formação do centro antigo de São Paulo, com suas curiosidades, personagens e características arquitetônicas. Criada e organizada por Carlos Beutel, dono do Restaurante Vegetariano Apfel (patrocinador do evento), a Caminhada Noturna pelo Centro é mais que um passeio pela região. É um presente para a cidade de São Paulo, mas também um grito de alerta: Eu tenho um trabalho de recuperação do centro há 13 anos. Em todos os aspectos, urbanístico, moral e enfrentamento da corrupção na Prefeitura Municipal e em outros órgãos que deveriam prestar serviço para a sociedade local, esclarece. O prédio do Centro Cultural Banco do Brasil faz parte do roteiro noturno Agência Luz Na foto à esq., o imponente Teatro Municipal Carlinhos, como é conhecido Beutel, se diz um apaixonado por São Paulo e defensor ardoroso da revitalização do centro. A caminhada foi apenas um sonho de propiciar às pessoas a possibilidade de vir e conhecer o local. Um sonho antigo que se concretizou em outubro de 2005, quando começamos. Quem vem numa caminhada de duas horas tem o perfil de cidadão educado, que gosta da cidade, garante. Cada semana é um roteiro diferente. Mas o mais interessante são as histórias narradas pelos guias. Mesmo passando por lugares já visitados anteriormente, os freqüentadores da caminhada dão testemunho de que diferentes tópicos e novas histórias sempre surgem. Curiosidades, detalhes arquitetônicos, histórias de imigrantes, estabelecimentos e até a origem do nome de diversas ruas estão dentro das muitas explicações e apresentações durante o passeio. A jovem Thalita Ferreira brinca: o centro está cheio de histórias, ainda bem que alguém resolveu contar. Se as pessoas soubessem metade da história de São Paulo, iriam se apaixonar, declara. Basta olhar no rosto dos caminhantes para observar a alegria e o entusiasmo por andar nas velhas ruas. Um exemplo disso é o contentamento demonstrado pela paulistana Tatiane Fonseca, que vez ou outra par ticipa da caminhada. Os guias nos conduzem com suas histórias e deixam cada lugar m uito mais bonito. Incrível o quanto passamos todos os dias nos mesmos lugares e não reparamos à nossa volta. A caminhada nos abre os olhos para esta cidade mais que maravilhosa que vivemos, conta Tatiane. Sua amiga Carla Borotto diz que assina embaixo cada elogio e acrescenta: Eu, como uma estudante de Turismo e admiradora da nossa história, consigo ver através dessas caminhadas um lado de São Paulo que não conhecemos, que não notamos na correria do dia-dia. É engraçado que alguns pontos da cidade viram uma calmaria e ficam muito mais bonitos à noite, finaliza. Caminhada Noturna pelo Centro Partida: Escadaria do Teatro Municipal, na Praça Ramos de Azevedo. Quando: Todas as quintas-feiras, às 20h, com retorno às 22h. Mais informações: Tels.: (Carlos Beutel) e (Fernanda). Os organizadores recomendam aos interessados em participar da caminhada que usem traje leve como bermuda, camiseta e tênis. Em época de frio, é adequado trajar moletom. Bebedouro na balada O prefeito Gilberto Kassab (DEM) sancionou a lei que obriga a instalação de bebedouros nas casas noturnas de São Paulo. Apresentada pela Câmara dos Vereadores e amparada por médicos e psiquiatras, a medida é preventiva e tem como foco evitar a desidratação de consumidores de bebidas alcoólicas e drogas, principalmente o ecstasy. Locais com capacidade superior a 500 pessoas terão que se enquadrar na lei e serão obrigados a ter um espaço reservado e atendimento especializado em primeiros socorros. A regulamentação deve acontecer em dois meses. A Folha Universitária está de olho e vai conferir se as principais baladas da capital vão levar esta lei a sério. Fotos: Fumar agora dá multa Por falar em droga, fumar cigarro em área proibida passou a dar multa no valor de R$ 560,00. A lei vale para repartições públicas, bancos, hospitais e escolas. Por sua vez, estes locais devem fixar avisos de proibição. Varandas e terraços ao ar livre são os únicos locais onde é aberta exceção. A lei segue uma cruzada antitabagista promovida por vários setores da sociedade. No entanto, apresentou algumas brechas como, por exemplo, deixar de lado bares, hotéis, danceterias e restaurantes. Apesar de ter sido sancionada pelo governador José Serra (PSDB), a lei aguarda regulamentação da Secretaria Estadual da Saúde.

5 Saiba mais sobre a carreira no Ministério Público com o Promotor de Justiça Michel Romano. (pág. 6) Dicas, fatos e entrevistas de mulheres que se destacaram profissionalmente. (pág. 7) CADERNO PROFISSÕES Confira as vagas de estágios oferecidas pelo CIEE e Nube. (pág. 7) Um tabu a ser superado Pesquisa aponta que no mercado de trabalho ainda há distinção de funções e salários entre profissionais brancos e negros Por Karen Rodrigues As diferenças entre negros e brancos na sociedade vão muito além da cor da pele. Isso pode ser comprovado na pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que revelou que a média salarial dos negros representa 53% da média entre os brancos. O estudo ainda prevê que uma equiparação salarial entre as raças irá ocorrer só daqui a 32 anos. Na visão da empresária Dinamar Makiyama, essa discrepância salarial se dá em função da ocupação de cargos mais baixos por negros e que isso não quer dizer que um gerente branco ganha mais que um negro, porque dessa for ma estaria contra a CLT. O que ocorre é que o negro não ocupa o cargo de gerência. A falta de líderes acontece muitas vezes por causa do pouco acesso à educação, comenta. De acordo com Antônio Carlos Malaquias, coordenador de políticas públicas e educação do Centro de Estudos das Relações do Trabalho e Desigualdade (CEERT), a sociedade está organizada dentro de uma hierarquia racial que é mais valorativa aos brancos Divulgação Porcentagem de negros e brancos no mercado de trabalho 42,7% 57,3% INDÚSTRIA NEGRO 36,3% 63,7% SERVIÇOS FINACEIROS 60,3% Fonte: IPEA, a partir de dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE. do que aos negros. A pesquisa revelou empiricamente a presença do preconceito e da discriminação. Os cargos de chefia dentro das empresas são setores extremamente conservadores dominados por homens brancos. As mulheres também são privadas do mercado de trabalho, a mulher negra mais ainda. O conservadorismo coloca o O que ocorre é que o negro não ocupa o cargo de gerência. A falta de líderes acontece muitas vezes por causa do pouco acesso à educação, diz a empresária Dinamar Makiyama 39,7% AGRICULTURA 57,9% CONSTRUÇÃO CIVIL 59,1% 42,1% 40,9% BRANCO, AMARELO e INDÍGENA SERVIÇOS DOMÉSTICOS homem branco no comando da sociedade em que vivemos, afirma. Superação de preconceitos A história profissional de Dinamar foi marcada por muita discriminação. Ela conta que com 14 anos buscou seu primeiro emprego em uma agência de viagem. As agências eram lugares muito elitizados. Há 20 anos, só viajava quem tinha muito dinheiro. Todas as entrevistas que fiz para recepcionista, eu tinha sempre como resposta que na recepção não poderia trabalhar por ser negra, mas poderia trabalhar internamente, uma vez que nesses cargos a aparência não era importante, relembra. Por conta disso, ela desistiu dessa área e optou por mudar de car- reira. Fiz curso superior de Matemática e Estatística porque era uma profissão que não exigia contato com o público. Mas não exerci porque era uma coisa que não gostava. Foi mais uma escolha tomada por conta da sociedade, confessa. Ainda insatisfeita profissionalmente, Dinamar decidiu partir para a área de vendas e foi trabalhar numa grande empresa. No local, sempre havia concursos internos, nos quais os funcionários eram promovidos para cargos de gerência. Ela relata que tentou uma vaga durante quatro anos e não conseguiu. Certo dia, sentei com meu chefe e ele disse que o motivo pelo qual eu não conseguia a promoção era por ser negra. Sem desistir, ela desenvolveu uma carreira de sucesso até os 40 anos. Por conta de problemas de saúde deixou o emprego e depois de um tempo tentou voltar ao mercado de trabalho. Já tinha mais de 40 anos, mulher e afro-descendente, não consegui retornar. Mas não desistiu. Cursou Psicologia e iniciou um estágio onde seria possível chegar à diretoria da empresa. Com a experiência que adquiriu na função, Dinamar montou sua própria empresa, dividida nas áreas de informática, recrutamento e seleção, com foco na inclusão social. A empresária afirma que a educação é tudo. Sem ela é impossível conquistar espaço no mercado de trabalho e vencer a barreira do preconceito.

6 06 Promotor de Justiça atua como advogado do povo Integridade moral e aprovação em concurso público rigoroso são requisitos primordiais para seguir uma das carreiras mais concorridas do Direito: o Ministério Público Por Francielli Abreu Trabalhar de alguma forma em prol da sociedade sempre foi um objetivo do paulistano Michel Betenjane Romano. Conseguiu colocá-lo em prática aos 24 anos de idade, quando ingressou no Ministério Público. Hoje, aos 36 anos, é Promotor de Justiça de Indaiatuba e assessor do Procurador Geral do Ministério Público do Estado de São Paulo. Ele conta que começou a carreira no interior e, desde o início, se dedica à luta contra o desvio de recursos públicos. O combate à corrupção é uma interface muito bacana do Ministério com a sociedade, avalia. Michel diz que não havia ninguém em sua família ligado ao Direito. O que o ajudou muito foi o estágio no Ministério Público, realizado nos dois últimos anos da universidade, e também a dedicação ao estudo. De- Além de competência e responsabilidade, a função exige poder de argumentação, capacidades de comunicação oral e escrita e gosto pelos estudos e cultura geral. É indicado ainda que a pessoa seja autoconfiante, discreta e possua capacidades de análise, convencimento e síntese, espírito de investigação e sensos crítico e de ética, entre outros. Fora isso, para ser Promotor é preciso ter formação em Direito, experiência de três anos na área jurídica, comprovada idoneidade moral, ou seja, não ter problemas com a justiça, além de prestar um concurso público concorrido e rigoroso, que inclui todas as matérias do Fotos: Divulgação Como se tornar um Promotor curso de Direito. A avaliação é feita em três fases, que duram cerca de sete meses. A primeira é um teste objetivo. A segunda é uma prova escrita (nesta etapa são avaliados também os conhecimentos gramaticais do candidato). A terceira consiste em um exame oral, mais psicotécnico e avaliação da vida do candidato. Segundo o Promotor de Justiça e diretor-geral do Ministério Público de São Paulo, Wilson Alencar Dores, no último concurso, realizado há dois anos, foram inscritos cerca de candidatos, sendo apenas 70 aprovados. Ele afirma ainda que os concursos são abertos de acordo com a demanda e o próximo será realizado no segundo semestre deste ano, no qual estarão dis- O combate à corrupção é uma interface muito bacana do Ministério com a sociedade, afirma o Promotor de Justiça Michel Betenjane Romano. pois de formado, freqüentou por dois anos e meio um curso preparatório para o ingresso no órgão. Mesmo apaixonado pela carreira, ele pondera que há dificuldades. Uma delas é deixar a família e morar em locais distantes. Outra é o crescimento da violência, que implica em riscos e ameaças. E também o fato da vida particular se tornar pública. poníveis 79 cargos. Wilson comenta que, uma vez aprovado, o candidato se torna Promotor de Justiça substituto e começa a atuar em várias comarcas do Estado. Passado algum tempo, pode ser promovido para Promotor de entrância inicial (atua em cidades pequenas do interior com até 5 mil habitantes), depois vai para a intermediária (cidades de porte maior) e para a entrância final (São Paulo e as grandes cidades do interior). Na área final pode ainda ser promovido para o último cargo da carreira: o de Procurador de Justiça. Ao lado do Juiz, o Promotor possui uma das melhores remunerações no âmbito do Estado. O que faz o Promotor de Justiça O Promotor de Justiça é uma espécie de advogado da sociedade. Sua atuação se dá em duas áreas: criminal e cível. Na primeira, pode entrar com ações penais e conduzir inquéritos para investigar as suspeitas de crimes. Na segunda, também promove a ação e ainda atua como fiscal da lei. Seu trabalho como defensor da coletividade envolve assuntos relacionados ao meio ambiente, à improbidade administrativa (desvio de dinheiro público), à habitação e urbanismo, à infância e juventude, aos idosos e aos consumidores. O Promotor de Justiça e diretor-geral do Ministério Público de São Paulo, Wilson Alencar Dores, exemplifica: vamos supor que aconteça um grande desmatamento na Amazônia. Neste caso, o Ministério Público vai entrar com uma ação em nome de toda uma coletividade. Outro exemplo prático foi a implantação das filas e caixas preferenciais nos bancos. Este direito é estendido para gestantes e portadores de deficiência. Um modelo de atuação como fiscal da lei é se houver um inventário com uma fortuna e menores envolvidos na ação. O Promotor vai garantir que eles não sejam enganados pelos outros e que a herança seja dividida de acordo com a lei.

7 07 Livro - Mulheres no Comando Esta obra é voltada ao público feminino. Por meio de bons e maus exemplos de chefes, entrevistas com profissionais, conselhos e dicas bem-humoradas, as autoras Caitlin Friedman e Kimberly Yorio ajudam as mulheres a fazerem o que é necessário para se tornarem as mentoras que seus funcionários merecem ter. O livro ainda dá dicas de como desfrutar os aspectos positivos de ser líder. Para o público masculino, fica a oportunidade de entender melhor o pensamento feminino no mercado de trabalho e tratar a mulher de igual para igual. WORKSHOP Grupo teatral Do Bosque realiza workshop com textos que passeiam pelas dramaturgias japonesa e brasileira, no qual reúne todos os processos e aspectos que envolvem a montagem de uma cena. O objetivo do grupo é colocar um espetáculo em cena ao final dos trabalhos. O evento, aberto a todos os interessados, acontece na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (Bunkyo), de 07/06 a 30/08, todos os sábados, das 14h às 17h30. O endereço é R. São Joaquim, 381. O ingresso custa R$ 240 à vista, ou em três vezes de R$ 100. Informações pelo telefone: CONCURSOS O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo abriu concurso público para 18 vagas de Contador. O salário é de R$ 3.843,56, mais auxílios para alimentação, saúde e transporte. Para concorrer à vaga, o candidato deve ter concluído o curso superior de Ciências Contábeis e estar inscrito no Conselho Regional de Contabilidade. As inscrições, no valor de R$ 60, vão até o dia 20/06, e devem ser feitas pelo A Secretaria de Estado da Educação abriu concurso para preenchimento de vagas, sendo que delas são para Secretários de escola e 372 para Supervisores de ensino. As remunerações são de R$ 921,86 e R$ 2.400,29 mensais, respectivamente. As inscrições devem ser feitas pelo até o dia 15/06, às 18h. A taxa para Secretário é de R$ 24,60 e de R$ 41 para Supervisor. ESTÁGIOS FEIRAS A Sistran, empresa de informática voltada para o mercado de seguros, abre uma vaga de estágio para a área de Teste em Tecnologia da Informação. O candidato deverá ter conhecimento de roteiro, plano e caso de Teste. Interessados devem enviar curriculum para A empresa de serviços em Tecnologia da Informação CPM Braxis abre inscrições para o programa de estágios e capacitação a universitários e recém-formados. São 60 vagas em Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas em Mainframe. O estágio terá duração de um ano, com possibilidade de efetivação. Os pré-requisitos são conclusão da graduação entre 2009 e 2010 em cursos ligados a TI. É necessário inglês fluente e disponibilidade de tempo integral. As inscrições podem ser feitas até o dia 02/06 pelo site Principal evento de negócios em programação de TV da América Latina, o 9º Fórum Brasil Mercado Internacional de Televisão acontece de 03 a 06/06. Representantes de mais de 20 países fazem do fórum seu portal de troca de informações, análise de mercados locais e oportunidades de fechar bons negócios. O evento ocorre no Centro de Convenções Frei Caneca. Mais informações pelo site Acontece a Fispal Tecnologia 24ª Feira Internacional de Embalagens e Processos para a Indústria de Alimentos e Bebidas, evento que apresenta novidades tecnológicas em embalagens e equipamentos de processamento de alimentos e bebidas. De 03/06 a 06/06, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. Mais informações ou pelo telefone: Cursos... Vagas... Menor Valor... Maior Valor Administração de Empresa R$ 600,00... R$ 1.300,00 Análise de Sistema R$ 700,00... R$ 1.100,00 Arquitetura e Urbanismo R$ 600,00... R$ 1.200,00 Ciência da Computação R$ 700,00... R$ 1.200,00 Ciências Biologicas R$ 500,00... R$ 800,00 Ciências Contábeis R$ 750,00... R$ 1.200,00 Ciências Econômicas R$ 700,00... R$ 1.100,00 Publicidade Propaganda R$ 400,00... R$ 1.150,00 Jornalismo R$ 550,00... R$ 1.000,00 Design R$ 550,00... R$ 1.050,00 Direito R$ 400,00... R$ 1.100,00 Educação Física R$ 400,00... R$ 1.000,00 Engenharia Civil R$ 600,00... R$ 1.300,00 Engenharia Elétrica R$ 700,00... R$ 1.300,00 Far mácia R$ 400,00... R$ 1.000,00 Fisioterapia R$ 400,00... R$ 700,00 Fonoaudiologia R$ 400,00... R$ 550,00 Hotelaria R$ 400,00... R$ 800,00 Informática R$ 500,00... R$ 1.300,00 Letras R$ 400,00... R$ 900,00 Marketing R$ 600,00... R$ 1.300,00 Matemática R$ 500,00... R$ 900,00 Moda R$ 400,00... R$ 800,00 Nutrição R$ 500,00... R$ 850,00 Pedagogia R$ 400,00... R$ 1.000,00 Psicologia R$ 500,00... R$ 1.050,00 Química R$ 500,00... R$ 800,00 Secretariado Executivo R$ 650,00... R$ 1.250,00 Sistema de Informação R$ 800,00... R$ 1.200,00 Turismo R$ 600,00... R$ 1.100,00 Site: ou telefone: (11) oportunidades de estágio para jovens talentos Curso... Semestre... Bolsa Auxílio... OE Análise de Sistemas... Concl. 1 sem R$ 1000, Arquitetura... 2 ao 9 semestre... R$ 700, Administração... 5 e 7 semestre... R$ 1000, Administração... Concl. 2 sem R$ 7,34 por hora Engenharia Mecânica... Concl. 2 sem R$ 7,39 por hora Administração... Concl. 2 sem R$ 5,26 por hora Turismo... 5 e 6 semestre... R$ 1.100, Engenharia Civil Empresarial 1 ao 6 semestre... R$ 900, Pedagogia... 1 ao 6 semestre... R$ 400, Design de Interiores... 1 ao 8 semestre... R$ 630, Ciências Contábeis... 3 ao 6 semestre... R$ 850, Ciências da Computação... Concl. 2 sem R$ 800, Engenharia Eletrônica... 3 ao 9 semestre... R$ 6,84 por hora Economia... 3 ao 6 semestre... R$ 5,60 por hora Processamento de Dados... 1 ao 5 semestre... R$ 720, Engenharia da Computação.. 3 ao 6 semestre... R$ 800, Análise de Sistemas... 3 ao 6 semestre... R$ 700, Turismo... Concl. 2 sem R$ 836, Análise de Sistemas... 5º ao 8º semestre... R$ 1180, Administração... 1º ao 4º semestre... R$ 1015, Arquitetura e Urbanismo... 3 ao 8 semestre... R$ 868, Administração... 3 ao 6 semestre... R$ 8,90 por hora Análise de Sistemas... 2º ao 6º semestre... R$ 1100, Ciências contábeis... 3º ao 6º semestre... R$ 5,87 por hora Pedagogia... 2º ao 6º semestre... R$ 480, Publicidade e Propaganda... 3 ao 6 semestre... R$ 700, Comunicação Social... 1º ao 6º semestre... R$ 800, Site: ou telefone:(11)

8 08 CAPA Jovens são alvo fácil da Aids Pesquisa aponta que pessoas com menos de 25 anos têm se infectado com o vírus HIV por meio de relações sexuais sem preservativos Por Vivian Costa As infecções recentes com o vírus HIV são detectadas com maior proporção em jovens com menos de 25 anos. O número faz parte de uma pesquisa realizada entre maio de 2002 e abril de 2004 em quatro serviços públicos de assistência aos portadores do HIV, oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O estudo mostra que dos 485 portadores do vírus HIV detectados na época, 57 (12% do total) tinham sido infectados recentemente, ou seja, há menos de 170 dias, sendo que 24 deles eram jovens. O resultado pode indicar a necessidade urgente de reforçar as ações de conscientização junto ao público jovem. O estudo, realizado em parceria com a SMS e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), abordou pessoas que procuraram quatro dos 24 serviços do Programa Municipal de DST/ AIDS. Dois Serviços de Assistência Especializada (SAE unidades de Campos Elíseos e Lapa), que ofereciam teste, e outros dois Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA unidades Henfil e Pirituba), que também oferecem tratamento. Segundo Kátia Cristina Bassichetto, uma das autoras da pesquisa, todos os participantes procuraram os serviços espontaneamente e foram convidados a fazer parte do estudo. Eles só tinham que responder a um questionário padrão para mostrar suas características e comportamentos e permitir que seu sangue passasse por outro tipo de análise. Ela observa que as pessoas ainda têm medo de fazer o teste, mas quanto mais cedo descobrir se é soropositivo, mais cedo se começa o tratamento e o corpo agradece, explica. De acordo com Kátia, a pesquisa para verificar a infecção recente só foi possível por causa da parceria com a Unifesp, já que o exame Sthars (realizado por laboratórios capacitados em Atlanta, mas que ainda não está disponível na rede) identifica se a pessoa foi infectada há menos de 170 dias. O estudo mostra que das 485 pessoas portadoras do vírus HIV, 78% eram homens, 66% estavam na faixa dos 25 a 45 anos de idade, 63% eram brancos, 62% solteiros e 41% tinham uma renda mensal de quatro ou mais salários mínimos. A pesquisa apontou ainda que 90% das pessoas foram contaminadas por contato sexual, sendo que 48% diziam ser heterossexuais e 34,5% homossexuais. Os dados mostram que o número de casos positivos tem aumentado porque quanto mais as pessoas se informam, mais elas procuram fazer o teste. E quanto mais cedo se descobrem portadoras, mais cedo podem procurar tratamento, disse Denise Brandão da SMS Kátia afirma que o que chamou a atenção no estudo foi a presença maciça de jovens com menos de 25 anos infectados recentemente. Quatro tinham de 14 a 19 anos, e 20 deles tinham de 20 a 24 anos. Atualmente, as pesquisas mostram que o maior número de infectados é de heterossexuais, principalmente mulheres, o que vai contra o histórico de uma doença associada ao público homossexual. O estudo de São Paulo aponta que dos 57 infectados recentes, 17% deles eram heterossexuais, 10% bissexuais e 21% homossexuais, afirma. Quanto ao perfil predominante dos participantes, a maioria são de homens (78,4%), solteiros (61,7%), com idade entre 25 e 45 anos (65,8%) e com infecção por via sexual (89,4%). Uma das possíveis explicações para a constatação Unidades de saúde do município de São Paulo Estes serviços dispõem de coleta sistemática de dados, permitindo conhecer o perfil epidemiológico dos indivíduos infectados. Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) oferecem orientação, aconselhamento e realização de testes sorológicos. Os Centros são especializados em prevenção e em detecção de doenças sexualmente transmissíveis - DST. O atendimento pode ser anônimo, se desejado. Serviços de Assistência Especializada (SAE) realizam testes sorológicos, atividades de prevenção, diagnóstico, aconselhamento e tratam pacientes das mais variadas DST, entre elas o HIV/AIDS. Conta com um pequeno laboratório e uma equipe multidisciplinar que inclui médicos em mais de uma especialidade - psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e educadores, entre outros. Mais informações no site: eitura.sp.gov.br

9 revela um cenário preocupante: ao receber boas notícias sobre a eficácia dos novos medicamentos, e sem presenciar muitas mortes em decorrência da Aids em sua geração, estes jovens estariam menos convencidos do alto risco da infecção e até da gravidade da doença e relaxaram na prevenção. Muitos deles não sabem que o convívio com o coquetel de remédios pode não ser fácil, já que muitas pessoas têm Amana Salles efeitos colaterais e outros não se adaptam. Reforçando esta hipótese, o estudo também somou maior número de infectados há mais tempo (crônicos) na faixa etária de 26 a 59 anos, grupo que engloba a geração que sofreu o primeiro impacto da Aids e experimentou perdas causadas pela epidemia. Na opinião de Denise Brandão, médica epidemiologista da SMS, o resultado de jovens sendo detectados é de certa forma bom. Os dados mostram que o número de casos positivos tem aumentado porque quanto mais as pessoas se informam, mais elas procuram fazer o teste. E quanto mais cedo se descobrem portadoras, mais cedo podem procurar tratamento, observa. Informação A pesquisadora Kátia acredita que é importante saber onde há mais probabilidade para direcionar as ações. Se tenho pouca munição, tenho que mirar e direcionar os possíveis alvos para atingir um maior número de pessoas, afirma. José Carlos Veloso, do Grupo de Apoio à Prevenção da AIDS (GAPA), revela que faltam trabalhos e ações voltados para os jovens, principalmente para os que estão nos ensinos fundamental e médio, por parte dos municípios e estados. Nessa fase, os jovens estão numa época de descobrimento, sem contar que a mídia, como um todo, tem muito apelo sexual, afirma. Segundo ele, as Organizações não Governamentais (ONGs) têm feito um papel impor tante, mas não têm muito apoio. Claro que algumas ações que são feitas com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a 09 Organização das Nações Unidas (ONU) têm dado resultado, pois contam com propostas interessantes, porém, não são implantadas na íntegra. Ele observa ainda que não há uma educação sexual adequada. Outro agravante é a falta de profissionais qualificados para falar no assunto com os jovens. E completa: o que falta é política verdadeira para barrar o aumento de infectados. Os Estados e municípios deveriam ampliar as ações já estabelecidas pelo governo federal, mas isso não acontece por falta de vontade política, finaliza. Quanto antes, melhor Denise Brandão, médica epidemiologista da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, faz uma compilação dos dados registrados via Sinan (Sistema de Informações de Agravos de Notificação), na qual todos os médicos são obrigados a notificar os casos confirmados de algumas doenças, entre elas, Aids e Hepatite. Temos verificado que o número de Aids em São Paulo tem caído. Em 2007 foram notificados casos, e a faixa etária fica predominantemente entre as idades de 20 a 49 anos, nos dois sexos, explica. Em relação ao HIV, ela afirma que a notificação é apenas recomendada e os dados não são precisos. Nos casos notificados de HIV, a faixa etária fica predominantemente entre as idades de 20 a 29 anos. Além desses dados, a gente trabalha ainda com a mortalidade da Aids, que também tem diminuído. No ano de 2007, essa taxa nas mulheres ficou na faixa de 5,5% contra 9,3% de Isso mostra que nossos pacientes estão tendo uma sobrevida maior. A médica lembra ainda que a Secretaria tem trabalhado de uma maneira intensificada com a transmissão vertical. Ou seja, para que a gestante não passe o vírus para o bebê. Este tipo de transmissão também diminuiu. Ano passado ficou apenas em 1%, afirma. Segundo dados da SMS, a transmissão tem diminuído gradativamente já que, em 2004 e 2003 a taxa ficou em 1,9%. Em 2002 e 2001 o percentual foi de 3,5% e em 2000 foi de 8%. Para Denise, os dados mostram que estamos diante de uma epidemia heterossexual e com um grande número de mulheres infectadas. Ela lembra que a Rede Especializada em DST/AIDS tem serviços que são de assistência e teste sorológico. Porém, é tudo por demanda espontânea. Está sendo implantado em todos os serviços o diagnóstico rápido. O resultado sai em até uma hor a e meia, ao contrário da sorologia convencional que demora até duas semanas. Com isso, a gente evita que o paciente não volte para buscar o exame, comenta. Ao todo são 24 serviços que contam com 170 agentes de prevenção. Nós nos baseamos na pedagogia, na educação de pares para promover a informação e a prevenção, afirma Kátia, uma das mentoras da pesquisa. Segundo ela, é mais fácil falar de igual para igual, por isso, a Secretaria treina pessoas de grupos diferentes para lidar com variados públicos como profissionais do sexo, homossexuais, usuários de drogas injetáveis e jovens de todas as idades para propagarem a informação. Agentes em prol da vida Pámela de Assis Santos (foto) é uma dessas agentes e trabalha há dois anos no projeto Plantão Jovem do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Pirituba. Hoje tem 24 anos, mas trabalha desde os 16 com ações sociais. Comecei na Associação de Bairro da Vila Brasilândia onde moro. Depois fui participar da Ong Ecos (Comunicação em Sexualidade) para ser uma multiplicadora de informação, antes de ir trabalhar na Secretaria Municipal de Saúde, conta. Segundo ela, que quer no futuro ser uma assistente social, quando se é jovem, muitas vezes, não se leva a sério as informações para a vida. O tabu atrapalha o conhecimento. Muitas garotas chegam na gente para tirar dúvidas porque não há diálogo em casa. Outros afirmam que sentem falta de ter uma disciplina sobre sexualidade nas escolas. Pámela concorda que falta informação em todos os sentidos. Muita gente nem sabe da existência desses serviços, e que podem fazer o teste gratuitamente. Tenho certeza que se soubessem, muitos procurariam. Na sua opinião, outro problema é o preconceito da sociedade. Muitos repelem os soropositivos a ponto de nem pegarem em suas mãos. E tudo por falta de informação. Por isso, acho gratificante quando vejo que consegui passar algo. Além disso, os jovens que foram infectados por transmissão vertical (durante a gestação) não escondem sua condição de soropositivo. Os que foram infectados por transar sem preservativo escondem, com medo de serem repreendidos, finaliza. Fotos: Divulgação

10

11 POR DENTRO DA UNIBAN 11 Aluno de Letras mostra dom literário Marcelo Nocelli, na obra O Espúrio, revela sua paixão pela escrita. O livro apresenta os caminhos que um famoso escritor fez para desvendar um fato do passado Por Cleber Eufrasio Após ser abandonado por Geovanna, uma linda garota de programa freqüentadora dos famosos bordéis da Rua Augusta, Eric Resende toma um rumo diferente em sua vida. Nem sua renomada carreira como escritor, com obras consagradas e traduzidas para vários idiomas o livra da triste desilusão amorosa. Até ser surpreendido por uma carta que o faz trilhar caminhos tortuosos na busca de uma verdade. As surpresas tomam conta desta estória e remetem o leitor a observar determinados choques de valores morais que ganham forma na narrativa e Renato Góes motivam o desejo de entender como as indiferenças acontecem e para que fim caminham. Outro detalhe importante na obra são os personagens e os ambientes retratados dentro e fora do Brasil, com particularidades muito semelhantes às nossas. A cada capítulo, um novo e intrigante fato faz com que O Espúrio, o nome do livro, fique marcado pela busca da verdade. Esta prazerosa leitura foi escrita pelo aluno do primeiro ano Professor une conhecimento da História com o Turismo Professor João Batista participou no Maranhão de palestra onde falou do turismo cultural do País de Letras do campus Marte da UNIBAN, Marcelo Nocelli, um leitor assíduo de grandes obras literárias. Seu romance pode ser encontrado na Livraria Cultura, do Conjunto Nacional, onde foi realizado o lançamento, e na Livraria Saraiva, ao preço de R$ 39. Já na Livraria Nobel do campus Marte (MR) ele pode ser adquirido por R$ 24,90. Os três primeiros capítulos do livro estão disponíveis para leitura no site: Marcelo Nocelli nasceu em 1973, na cidade de São Paulo. Desde muito cedo começou a escrever poesias e prosas. Tem mais de cinqüenta contos escritos e uma peça de teatro amador. Escreve para diversos sites de literatura nacional e participou de vários concursos literários. O Espúrio é seu primeiro romance pela LCTE Editora. Por Marisa De Lucia O prof. dr. João Batista Neto, dos cursos de Turismo e História da UNIBAN, ministrou palestra sobre o tema Turismo Cultural no Brasil, no I Simpósio de Turismo e Cultura Popular, promovido pelo SESC-MA, no dia 20 de maio. Realizado na sede campestre do SESC-MA, na praia Olho d Água, em São Luís, o evento teve como proposta possibilitar um panorama a respeito das discussões em torno da integração responsável entre as duas áreas. De acordo com João Batista, o simpósio busca mostrar que o Turismo não é, necessariamente, inimigo das manifestações de cultura popular. Ao contrário, a nossa experiência tem mostrado que a cultura popular pode ser valorizada ou redescoberta ao se tornar um atrativo turístico. Tudo depende da forma como essas manifestações são apresentadas e planejadas pelo turismólogo. O turismo de massa é quem arrasa qualquer atrativo, independentemente de ter suas origens na cultura popular, diz. Da esq. para dir., Prof. Dr. João Batista Neto, Maria dos Remédios Serra Pereira, diretora do SESC-MA e Danilo Santos de Miranda, Diretor Regional do SESC-SP. A palestra do professor foi focada nas lendas e mitos criados pelo povo e sua agregação de valor numa visitação turística. Foram utilizados exemplos de cidades como Ouro Preto, São Paulo e a própria São Luís do Maranhão. Uma das lendas citadas foi a da Carruagem de Ana Jansen, uma mulher muito rica que se instalou com a família em São Luís do Maranhão e, por maltratar seus escravos, teria sido condenada a vagar perpetuamente pelas ruas da cidade numa carruagem assombrada. Divulgação Diferença entre lendas e mitos As lendas são estórias contadas por pessoas e misturam fatos reais e históricos. Os mitos são narrativas que apresentam um fato natural, histórico ou filosófico, e funcionam como ponto de equilíbrio entre o sagrado e o profano. Na Antig üidade, estas estórias faziam o papel da ciência ao explicar fenômenos da natureza. Embora mitos e lendas estejam relacionados a acontecimentos de um passado distante e fabuloso, diferem nos personagens. Os mitos têm os deuses como tema, enquanto que as lendas, homens e animais. A lenda é considerada história falsa, o mito história verdadeira. A Mitologia estuda as lendas e mitos, entre os quais podemos citar: os mitos dos deuses que deram nome aos planetas do nosso sistema como Pégaso e Hércules. Entre as lendas estão: As Lendas do Rei Artur e Robin Hood.

12 12 Alunos visitaram as obras da linha amarela do Metrô A atividade, que faz parte da disciplina Tecnologia da Construção, proporcionou a visita ao local do fatídico acidente Jornada de História no campus RG A palestra abordou o panorama da legitimidade da democracia brasileira Por Marisa De Lucia Alunos do 5º ano do curso de Arquitetura e Urbanismo dos campi Marte e ABC da UNIBAN, realizaram no dia 17 de maio uma visita técnica às obras do Metrô da linha amarela, conhecida pelo acidente que matou sete pessoas no dia 12/ 01/07. Eles foram acompanhados pela arquiteta Maria Cecília Tavares, professora da disciplina de Tecnologia da Constr ução. Recepcionados pelo tecnólogo Mário Bagé e pelo arquiteto Cássio Rebelo, ambos os funcionários das empresas consorciadas que assumem a execução da obra, os alunos puderam conhe- cer o pátio de manobras e manutenção de trens, as tecnologias empregadas e a seleção de materiais de alta resistência que norteiam esta obra de m². Os funcionários esclareceram que o Metrô só trabalha com empresas que tenham preocupação com o meio ambiente, além de possuir estação de tratamento para reuso da água e coleta seletiva dos resíduos da obra. Nos projetos das estações serão empregados materiais que possibilitarão um conforto térmico, minimizando o uso de energia, tais como vidros duplos com aplicação de películas especiais contra a radiação solar. Fotos: Divulgação Por Marisa De Lucia Foi realizada no dia 29 de maio, no campus Rudge (RG) da UNIBAN, a Jornada de História, que teve como tema História do Brasil em duas áreas: a Sociedade e suas manifestações de organização e de expressão. Dentro da Jornada, que contou com a participação de alunos e professores dos 2ºs e 3ºs anos do curso de Licenciatura em História do campus Marte (MR), foi proferida a palestra Liberalismo e Democracia no Bra- sil, que abordou o tema construção democrática no Brasil, sob a ótica das relações entre capitalismo, liberalismo e organização do Estado. Ministrada pelos professores Artur Lauande Mucci, bacharel e licenciado em História, e por Alencar Fernandes de Sousa, mestre em História Social, a palestra teve como objetivo fazer uma revisão do panorama da legitimidade da democracia brasileira e de algumas condições para sua consolidação, especialmente, depois de vinte anos da Constituição de UNIBAN Brasil está com inscrições abertas para o Vestibular dos Cursos Superiores em 2 anos São vinte e um cursos distribuídos em vários campi: Segurança Empresarial - ABC, MC, MBI, RG e VM. Gestão Bancária - ABC, CL, MC, MBI, OS, RG e VM. Gastronomia - MR. Gestão Financeira - ABC, CL, MC, MBI, RG e VM. Hotelaria - MR. Gestão de Seguros e Previdência - MC, MBI, OS e VM. Gestão de Pessoas - ABC, CL, MC, MR, MBI e VM. Gestão em Secretariado - CL e VM. Gestão Comercial - ABC, MR, MBI e VM Logística - ABC, CL, MC, MBI, OS, RG e VM. Rádio e TV - ABC, MR, OS e VM. Comunicação Empresarial - ABC, CL, MR, MBII, OS e VM. Marketing - ABC, CL, MR, MBII e VM. Gestão em Promoção e Merchandising - CL e VM. Design de Moda - ABC, MR e VM. Planejamento Ambiental - ABC, CL, RG e VM. Design de Móveis e Ambientes - ABC. Design de Embalagens - ABC. Radiologia - ABC Gestão de Segurança Pública - MR. Gestão Desportiva - VM. As inscrições já podem ser feitas pelo site - - acessando o link Vestibular 2008.

13 A inclusão jurídica é um direito imprescindível para a realização da cidadania. É, certamente, uns dos fundamentos do Estado democrático de direito que não depende unicamente da positivação de direitos ou do tecnicismo jurídico, mas, também, do ato moral (ou ético) dos agentes (autoridade, empregados, administradores ou funcionários públicos). Vê-se, por exemplo, a corrupção como um fenômeno que repercute tanto no desenvolvimento econômico como na realização da cidadania, aqui definida como um ideal que, na prática, depende da inclusão jurídica, isto é, da possibilidade concreta e objetiva de reivindicar direitos. Eis aí a interconexão possível entre os construtos moralidade, cidadania e inclusão jurídica. Assim, a inclusão jurídica se manifesta como um fenômeno transdisciplinar que diz respeito tanto ao acesso à justiça (e à assistência jurídica) como à existência de crenças, interesses e condutas (atitudes) favoráveis ou não Prof. Pablo Jiménez Serrano Mestre em Filosofia e Doutor em Direito. Professor e Pesquisador da UNIBAN. Ética Pública, Inclusão Jurídica e Cidadania aos dos direitos humanos, à justiça e ao bem-estar social. Eis por que o ideal de cidadania, aqui considerado a base das garantias dos direitos sociais, especificamente da inclusão jurídica, não se realiza unicamente pela legalidade, mas também pela moralidade, princípios prescritos no art. 37 da Constituição da República Federativa do Brasil, que regem a definição e a distribuição eqüitativa do direito à inclusão jurídica. É possível, com efeito, concluir que a inclusão jurídica compreende um direito concretamente determinado tanto pela lei como pela vontade dos agentes públicos encarregados da realização da justiça. Logo, a exclusão jurídica é um problema complexo criado e recriado pelos modelos educacionais, que definem, entre outras coisas, a consciência social: jurídica e moral e que repercute na obediência (respeito) às leis, na moralidade administrativa, na segurança jurídica, no desenvolvimento socioeconômico e cultural e no bem-estar social de um determinado país. TV UNIBAN 13 Destaques da programação: 02/06 a 08/06 Não perca a programação da TV UNIBAN desta semana: REFERÊNCIAS - ZUZA HOMEM DE MELLO O jornalista e crítico musical é referência quando o assunto é a MPB. Ele comenta os bastidores dos festivais da TV Record, de sua relação com a música e comenta depoimentos de amigos como Solano Ribeiro e Jair Rodrigues, entre outros. P2 - MOTOCICLISTAS Amantes da liberdade e apaixonados pelas duas rodas, eles curtem cada detalhe de suas máquinas, customizando e incrementando Harley-Davidson e similares. Mais que um hobby, andar de moto, para eles é um estilo de vida. REVISTA UNIBAN: Nesta semana, um aluno para quem as artes gráficas, a tatuagem e o grafite foram definitivos para sua escolha profissional. O professor Valdevino fala de José Saramago e o livro Ensaio sobre a Cegueira. SALADA MISTA - CARROS Vale a pena comprar um veículo novo, economizar na manutenção, mas pagar valores altos de seguro? Ou vale mais fazer o contrário? Conheça os prós e os contras deste mercado e quanto custa ter e manter um carro. GRANDE SÃO PAULO - TRABALHADORES DA NOITE Dizem que São Paulo não pára. À noite, enquanto alguns cidadãos dormem, outros trabalham. Conheça a rotina das pessoas que trabalham na noite, seja por exigência profissional ou por opção de vida. Confira os canais e toda a programação da TV UNIBAN no site: FOTOS DA SEMANA Divulgação Alunos e professores posam para foto durante a Jornada de Matemática e Física, realizada nos dias 26 e 27/05 no campus Campo Limpo (CL). Saiba mais no hotsite da Central de Comunicação no portal da UNIBAN (www.uniban.br)

14 14 CLASSIFICADOS Motos Compra-se moto até R$ 1.500,00. Alline Martins. Tel.: Vende-se moto Suzuki, Burgman, AN125, cor vermelha, com 7.500km. Valor: R$ 3.700,00. Daniella Caxeta. Tel.: ou Vende-se ou troca-se moto Suzuki GS500, ano 98, vermelha e preta. Com km rodados. Valor: R$ 8.500,00 + débitos. Wagner Almeida. Tel.: Vende-se minimoto, 50 cc, sem uso. Capacidade de 90 kg, motor 2 tempos, na caixa. Valor: R$ 1500,00. Claudio. Tel.: Vende-se moto NX200, cor roxa, doc/ mecânica ok. Valor: R$ 4.700,00. Vende-se NX Sahara 350, ótimo estado, doc. ok. Valor: R$ 5.800,00. Fernando. Tel.: Vende-se Hanter 90, 2007, com 9500 km rodados, doc. ok. Valor : R$ 2.700,00. Tel.: Vende-se Suzuki Yes 2007, com 6 mil Km rodados. Matteo. Tel.: Vende-se CG Titan, 150 km ok. 2008/ Valor: R$ 5.800,00. Rafael. Tels.: / Vende-se CG 150 Titan KS (verde) 2005, em ótimo estado. Único dono. Valor: R$ 3.999,00. Tiago Costa. Tel.: Vende-se CG Titan 150ES, partida elétrica, 2005, azul, c/ 27 mil, licen ok. Valor: R$ 5.100,00. Fernando. Tel.: Carros Vende-se Vectra CD, 2.2, cinza, segundo dono. Completo. Valor : R$ ,00. Alessandro Ken. Tel.: Vende-se corsa 1.0 super 4P, 96. Com nota fiscal GM e manual do proprietário. Ar quente, vidros e travas elétricas, limp. e des. traseiro, som e alarme. Valor: R$ ,00. Kleber. Tel.: Vende-se Vectra GLS 2.0 a gás, c/ roda, cor azul metálico, completo, preço de tabela. Sérgio. Tel.: Vende-se Fiesta, 95, cor vinho, gasolina, documento ok. Valor: R$ 6.800,00. Juliana. Tel.: Vende-se Voyage CL 1.6, 2 portas, prata, 1992/92, gasolina. Valor: R$ 6.700,00. Denilson. Tel.: E- mail: Vende-se Palio 98, ED, 1.0, azul, 4 portas, em ótimo estado. Travas, alarme, desembaçador, ar quente. Imperdível, leva o som CD junto. Valor: R$ ,00. Marcos ou Mariana. Tel.: Vende-se Fiesta 97, básico + RLL, impecável. Para transferência de dívida. Valor: R$ 6.500, x R$ 509,29 c/ som + R$ 4 mil. Aceito moto. Thiago. Tel.: Vende-se Subaru Impreza, azul rally, 00\00, 4x4 automático. Único dono. Todas as revisões feitas em concessionária. Com 83 mil km. Valor : R$ 28 mil. Alessandro. Tel.: Vende-se Fiat Tipo, ano 94, cor prata,completo. R$ 7.000,00. Aceito contra proposta. Rodrigo Farias de Assis. Tel.: Vende-se Br asília, modelo esportiva, 1974, cor azul, insulfilmada, alarme, escapamento de pulma, estofados novos, rodas esportivas, doc ok, motor ok. R$ 3.200,00. Aceito propostas. Ricardo Alves dos Santos. Tel.: E mail: Vende-se Kombi, 1975, raridade, peça para restauração e colecionador. Vários itens originais. R$ 6.000,00. Francisco. Tel.: Vende-se Ford Ecospor t XLS 1.6, Flex, Completo Km. Único dono, IPVA e Licenciamento pagos, placa Final 3. Luis Fernando Felizardo. Tel.: Vende-se Saveiro, 1.8, Plus, Direção Hidráulica, cor cinza, tudo ok. Maurício. Tel.: Vende-se Gol 1.6 MI, 97/98. Cor verde, gasolina, rodas aro 15, alarme, Insulfilm. Alan de Souza Oliveira. R$ ,00 à vista. Tel.: Vende-se Celta cor prata, ano 2003, gasolina, ar condicionado, alarme, trava elétrica, roda esportiva e som. Rosilene Basílio. R$ ,00. Tel.: E- mail: Imóveis Aluga-se kit net mobiliada na Praia Grande, Vila Tupi, perto da praia. Capacidade para 5 pessoas. Feriados, temporadas e finais de semana. Carlos. Tel.: Vende-se terreno em Ilha Comprida, próximo à praia, no bairro Samambaia. Área de 250m². Moises. Valor: R$ 11 mil. Tel.: ou Vende-se apto no bairro Vila Galvão em Guarulhos, próximo ao Lago dos Patos, com 2 dorm, coz., 1 wc e 1 quarto com armários emb utidos, sacada e área de serviço, 1 vaga coberta. Valor: R$ 80 mil. Sabrina. Tels.: / Aluga-se apto móbil.. Enseada Guarujá, 3 dorms (2 camas casal + 3 camas solteiro), 2 banheiros, sala, cozinha, 1 vaga, elevador, 500 m do mar, para até 8 pessoas. Tels.: / Vende-se sobrado c/ 03 dormitórios, sala, cozinha, quintal c/ churrascaria, lavanderia e quarto independente. Não tem garagem. Sem dívida e não aceito financiamento. Valor: R$ 21 mil. Aceito carro. Alexandre. Tel.: Eletrônicos Vende-se retro-projetor em excelente estado de conservação. Modelo Super Por tátil, tipo maleta 007, com lâmpada zerada. Adonias. Tel.: : Vende-se calculadora HP 12C Gold, seminova. Valor: R$ 200,00. Márcia. Tel.: Vende-se câmera digital Canon A mega pixel. Ótimo estado, cartão de memória 128mb, cabe em média 200 fotos em boa resolução, com 4 pilhas recarregáveis Sony. Valor : R$ 400,00. José Luis. Vende-se calculadora científica HP 48G (usada), vem junto cabo de conexão de PC + CD com programas. Valor : R$ 250,00. Nilson. Tel.: Vendem-se teclados da Yamaha PSR 210 PSR. Valor : R$ 150,00. Ley. Tel.: Vende-se guitarra Tomante, preta e branca, com capa + amplificador Brabus Valor: R$ 450,00. Diogo. Tel.:

15 15 Vende-se Playstation 2 (desbloqueado para DVD player) com memory card e CDs. Valor : R$ 400,00. Alan Luiz. Tel.: Vende-se Xbox 360 Elite completo, com 10 jogos, fone de ouvido, cabo hdmi, com inter coler, hd 120, um controle na caixa e destravado. Valor: R$ 2.000,00. Tels.: / Vende-se câmera digital, Durabr and, 5MP, zoom digital 8X, monitor LCD color ido, vídeo clip com áudio, 32 MB de memória interna mais cartão de memória de 256 MB, seminova. Valor : R$ 150,00. Juliana. Tel.: Vende-se Playstation I, com 1 controle, 15 cds, memory card, destravado. Valor: R$ 130,00. Tels.: / Vende-se aparelho Nextel, modelo i835, branco, visor colorido, seminovo. Valor : R$: 250,00. Diego. Tel.: Vende-se Teclado Yamara, ótimo estado. Bom preço. Avilmar. Tel.: E- mail: Vende-se mini-filmadora Handycam Sony lacrada na caixa. Valor: R$ 600,00. Nailson. Tel.: E- mail: Vendem-se dois Car System para carro. Valor: R$ 150,00. Iran. Tels.: / Vende-se calculadora 42 s. Valor: R$ 200,00. Sandro. Tel.: E- mail: Informática Vende-se Palm Zire 71 e Tungsten/E. Tel.: Olésio. Vende-se roteador Wirelles Encore 54 mbps novo c/ garantia. Valor: R$ 99,99. Aleks. Tel.: Vende-se notebook Toshiba Satellite Pentium II - Windows e Office - Modem e LAN e outros acessórios. Valor: R$ 400,00. Aceito troca e contraproposta. Júnior. Tel.: Vende-se impressora Epsom CX5600, com 4 cartuchos de tinta, nota fiscal e certificado de garantia. Valor : R$ 290,00. Eduardo. Tel.: Vende-se Palm TX c/ WI-FI e Bluetooth 128MB + car tão de 128MB. Seminovo. Completo. Com manual, CD, Software e Cabos. Valor: R$ 620,00. Marcio. Tel.: E- mail: Vende-se Palm Zire 71 e Tungsten/E. Tel.: Olésio. Vende-se roteador Wirelles Encore 54 MBps, novo c/ garantia. Valor: R$ 100,00. Aleks. Tel.: Vende-se computador completo - kit preto, com mouse, teclado, monitor LG de 17" (tela plana) e caixa de som. Processador Semprom 2500, HD 40GB Samsung, gravador de CD LG, floppy e gabinete 4 baia black. Valor: R$ 1.500,00. Graziela. Tel.: Vende-se monitor Samsung Syncmaster 793V, preto 17 polegadas. R$ 180,00. Marisa. Tel.: / Vende-se monitor LG 710 c/ 17", tela semi-plana, preto, na caixa, garantia de 6 meses e nota fiscal. Valor : R$ 280,00. Beth. Tel.: Vende-se Pentium III 700 Mhz, 1Gb RAM, gravador de CD, 2 saídas USB, HD 80Gb, revisado, com monitor e Office 2003, tudo funcionando. Valor: R$ 550,00. Tratar c/ Renato. Tel.: Livros Vendem-se livros do 1 ano de Engenharia: Cálculo Integral I ( Louis Leithold ), Vetores e Geometria Analítica (Paulo Interle), Estática (R.C Hibbiller). Valor: R$ 200,00. Livros 2 ano de Engenharia: Resistência materiais, Mecânica dos fluidos e Cálculo II. Valor: R$ 200,00. Altino. Tels.: / raphics.com.br Vendem-se livros de Direito. Direito Comercial Fabio Ulhoa Coelho, Sociologia Jurídica Ana Lucia Sabadell e Direito Civil vol. I 2005 e II Venosa. Sandra. Tel.: Compra-se livro de biomecânica básica: Susan J Hal. Preço acessível. Rodrigo Muniz. Vendem-se 15 títulos de livros de Direito. Diversos autores renomados como Maximilianus Fuhrer, Francisco Bruno Neto, entre outros (seminovos). Tel.: Marcio. Mande seu anúncio com nome, telefone, RA (aluno), RGF (funcionário) e

16 16 ENTREVISTA Palavra de educador Milton Linhares, conselheiro da Câmara de Educação Superior do CNE e vice-reitor da UNIBAN, fala sobre o papel do ensino superior na transformação do País Por Manuel Marques Parabéns pela sua recondução. Conhecedor dos problemas do ensino superior, quem saiu ganhando foi a educação como um todo. Que a sua estrela continue a brilhar e irradiar sua luz nos pareceres elucidativos, escreveu Lúcio Flávio Cosme, do Conselho de Administração Educacional da UNIBAN. (...) você merece. O povo brasileiro merece, acrescentou o deputado Federal Vicentinho (PT). Foi assim que cumprimentaram Milton Linhares por sua recondução ao Conselho Nacional de Educação. Não foram as únicas manifestações. O ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, mandou um e- mail demonstrando satisfação. Lúcia Stumpf, Presidente da UNE, fez o mesmo. Como se não bastasse, secretários de educação, deputados e educadores de todo o País fizeram questão de enviar seus cumprimentos a Milton Linhares. Exagero? Não, pois sabem que Linhares é sinônimo de educação. Em 27 anos na área do ensino superior, inúmeros periódicos publicaram seus artigos. Durante anos foi consultor de educação da rádio Bandeirantes, emissora que detém a maior audiência do radiojornalismo brasileiro. Descrever o seu currículo ocuparia mais de uma página. Por economia de espaço basta dizer que ele é engenheiro, mestre em Educação, pós-graduado em Matemática e doutorando na USP. Milton Linhares também é vice-reitor da UNIBAN e integrará o Conselho Nacional de Educação em seu segundo mandato. É este importante órgão do MEC que formula e avalia a política nacional na área, zela pela qualidade do ensino, vela pelo cumprimento da legislação educacional e assegura a participação da sociedade no aprimoramento da educação brasileira. Educação, como não poderia deixar de ser, foi o tema abordado na seguinte entrevista: Milton Linhares Eu vejo como um reconhecimento do Ministro da Educação (Fernando Haddad) pelo trabalho que desenvolvi durante meu primeiro mandato (2004 a 2008). F.U. Como o senhor avalia seu desempenho nesses quatro primeiros anos? M.L. Procurei dar a meus pareceres o tratamento que a legislação aplicável exige, para que meus pares na Câmara de Educação Superior pudessem deliberar com o maior grau de segurança acadêmica e jurídica possível. Penso que consegui atingir esse objetivo, pois tanto nos pareceres triviais quanto nos mais complexos, ou mesmo naqueles chamados de doutrinários, as aprovações foram quase que exclusivamente por unanimidade, graças ao cuidado que trazia em minhas argumentações e fundamentações. F.U. Pesquisas realizadas por órgãos internacionais têm revelado que os ensinos fundamental e médio do Brasil estão entre os piores do mundo. Quais as causas de um desempenho tão abaixo dos demais? M.L. Os resultados obtidos por estudantes brasileiros nesses testes internacionais apenas refletem a realidade e m Sem um sistema educacional de qualidade, assumido pelo Estado, de forma equilibrada, duradoura e em harmonia com o setor privado, não há investimento que sustente a permanência brasileira na sala dos países desenvolvidos e confiáveis que vivemos. Ao contrário do que acontece no ensino superior, a educação básica é ministrada maciçamente pelo setor público. E, com poucas exceções, nossa escola pública, nesse nível de ensino, tem graves deficiências. Falta de professores capacitados, baixos salários que afastam a procura pelas licenciaturas, violência dentro e fora da escola, pouco tempo de permanência diária no ambiente de aprendizagem, evasão precoce e repetência, só para ficarmos nos problemas mais conhecidos. Isso explica os últimos lugares das crianças e jovens brasileiros nessas avaliações. F.U. O Plano de Desenvolvimento da Educação, lançado pelo MEC no ano passado, que entre tantas coisas cria o piso salarial para professores e inclui metas de qualidade, pode ser a solução? M.L. Temos que ter paciência para colhermos os resultados, mas creio que se esse plano for visto como do Estado brasileiro e não de governo, o cenário atual pode mudar a nosso favor. Folha Universitária Como o senhor viu sua recondução à Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação?

17 17 F.U. No ensino superior, por que o Brasil, que cresce tanto em outras áreas, ainda não é uma grande potência na educação? M.L. Há mais de duas décadas a demanda para o ensino superior vem dando sinais de que iria crescer. E o que fizeram os governos nesses anos todos? Se, durante esse tempo, somarmos os investimentos públicos visando ao aumento de vagas na rede de universidades gratuitas, teremos um resultado pífio, muito aquém das reais necessidades de um país continental como o nosso. O Estado brasileiro transferiu a responsabilidade da expansão do sistema para a iniciativa privada e colaborou para o atual cenário em que nos encontramos. A meu ver, um bom meio de corrigir parte dessa distorção histórica de falta de investimentos é o ProUni, pois estamos vendo hoje mais de 400 mil estudantes carentes freqüentando um curso universitário no setor particular, sem pagar nada, a um custo para o governo quatro vezes menor do que se estivessem numa universidade federal. F.U. O ProUni possibilitou a democratização do ensino superior no País? M.L. Não, pois somente pouco mais de 10% ou 11% de jovens em idade universitária, entre os 18 e 24 anos, freqüentam um curso superior no Brasil. É um importante avanço, mas ainda há muito a ser feito. F.U. Há muita diferença entre as instituições de ensino? Como nivelar para cima essas instituições? M.L. Há diferenças de qualidade de ensino entre IES (Instituições de Educação Superior) de ambos os setores, no público e no privado. As avaliações que compõem o Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) devem, acima de tudo, orientar essas instituições a corrigirem seus projetos pedagógicos e suas metas. Essa é uma questão que não se resolve, mas se acompanha e orienta, pois quem está bem hoje pode não estar amanhã, e vice-versa. O Poder Público tem a melhor das armas para combater o ensino de baixa qualidade: essa arma se chama avaliação Fotos: Amana Salles e seu uso está garantido pela Constituição. Mas para usá-la é necessário dispor de mecanismos e instrumentos eficazes, dentro do que é permitido em lei. F.U. E qual é o papel do poder público no que diz respeito à educação superior? são e regulação são prerrogativas do Estado. F.U. O senhor era bem crítico ao antigo provão, aplicado na gestão do ministro Paulo Renato. E hoje, como avalia o novo método de avaliação do MEC? M.L. O SINAES apresenta um conjunto de avaliações que deve ser considerado pelo MEC para avaliar as instituições de educação superior. Por isso, ele se apóia na avaliação do curso, na avaliação dos alunos ingressantes e concluintes o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), e na avaliação institucional externa. Estas três dimensões convergem para um conceito global da Instituição de ensino. Por isso é mais bem elaborado e abrangente do que o antigo Provão, que não avaliava, M.L. Zelar pelo ensino superior de boa qualidade na graduação e na pós-graduação, tanto nas instituições mantidas por ele quanto naquelas mantidas pelo setor privado, por meio de um marco regulatório que garanta estabilidade ao sistema. As atividades de avaliação, superviapenas classificava as Instituições em rankings baseados numa única dimensão, a nota do aluno. Mas é preciso lembrar que, caso o MEC tenha dificuldade em concluir o ciclo avaliativo do SINAES, o atual Enade corre o risco de ter os mesmos efeitos do antigo e fracassado Provão. Ou seja, ser o único parâmetro para avaliar e ainda sob o risco de boicote dos estudantes na prova, pois a nota individual de cada aluno não é transferida para seu histórico escolar. O que gera total descompromisso com a realização da prova e pode comprometer e mascarar totalmente os resultados. F.U. O senhor é vice-reitor da UNIBAN, uma das maiores instituições de ensino em São Paulo. Que papel ela representa no cenário da educação superior em nosso País? M.L. A UNIBAN está entre as dez maiores universidades particulares do Brasil. Tem o ensino de graduação consolidado e vem investindo recursos próprios para obter grau de excelência na pesquisa e na pós-graduação stricto sensu, visando a formação de recursos humanos de alto nível. Como toda universidade privada brasileira, tem seus problemas com evasão, inadimplência, dentre outros, mas também tem seus pontos positivos como bons professores, excelente infra-estrutura e um dos melhores salários para docentes contratados em regime de tempo integral. Quanto ao corpo discente, talvez seja a universidade com um dos maiores números de alunos matriculados pelo ProUni, acima de estudantes. F.U. Em todos esses anos dedicados à educação brasileira, que ponto o senhor destaca para que os estudantes ingressem com sucesso no mercado de trabalho? M.L. Nas entrevistas de recrutamento e seleção, as empresas costumam valorizar os candidatos que fizeram estágio em locais de trabalho com bom grau de interação entre teoria e prática. Essa combinação entre aprendizagem de qualidade e prática costuma dar certo para o estudante que também se empenha individualmente em seus estudos, pesquisando e procurando alternativas de como entender melhor seu campo de atuação profissional. Não esqueçamos que a sorte na profissão não aparece do nada, ela é uma combinação do talento com a oportunidade. F.U. Há muitas décadas cunharam a frase de que o Brasil é o país do futuro. Qual será o papel da educação para que essa frase se transforme em realidade ainda na nossa geração? M.L. Sem um sistema educacional de qualidade, assumido pelo Estado, de forma equilibrada, duradoura e em harmonia com o setor privado, não há investimento que sustente a permanência brasileira na sala dos países desenvolvidos e confiáveis. Basta analisarmos os países que deram grandes saltos econômicos nas últimas décadas como Japão, Alemanha, Coréia do Sul, China, Finlândia, e, aqui na América do Sul, o Chile: todos desencadearam processos de investimentos maciços em educação básica e superior, em que a elite dominante passou a contar com a contribuição e a participação significativa de mais e mais cidadãos pertencentes à sua sociedade, no contexto da construção de uma nação forte e independente, na qual não há limitações de acesso ao conhecimento. É a Educação quem transforma as pessoas, gera e dá oportunidades profissionais e de empreendedorismo, traz a ética para o centro do debate social e político.

18 18 TOUR CULTURAL Junho é mês de festa A cidade neste mês aumenta suas opções para os finais de semana. As comemorações vão desde festas juninas tradicionais à italianíssima São Vito Na Natureza Selvagem Por Vivian Costa O termo festa junina substitui o nome da festa originária dos países católicos da Europa em homenagem a São João, que era chamada de festa joanina. Foi no período colonial que a tradição chegou ao Brasil e até hoje é comemorada no mês de junho, especialmente nos dias 13 (Santo Antônio), 24 (São João) e 29 (São Pedro). Em todas elas, não pode faltar fogueira, bandeirinhas, barracas de guloseimas, pratos típicos, vinho quente, música e dança. Como já é tradição, acontecem eventos do tipo em toda a Grande São Paulo. A Folha Universitária selecionou alguns dos mais divertidos e tradicionais. Confira: Portuguesa Uma das mais tradicionais festas juninas da zona Norte de São Paulo tem como principais destaques as variadas atrações musicais. Do pagode de Exaltasamba e Sorriso Maroto para o emocore de NxZero e Fresno. Do pop dançante de Latino para o sertanejo romântico de Leonardo. Mas a festa também atrai pela comida típica de Portugal, além de várias atrações para a garotada. R. Comendador Nestor Pereira, 33 - Tel.: Até dia 29/06 (sab. e dom., a partir das 19h) Igreja do Calvário Em sua 28ª edição, a quermesse da Igreja do Calvário atrai pessoas de toda a cidade. Segundo seus organizadores, por ano passam pelo local cerca de quatro mil pessoas. Este ano não será diferente. Barracas com diversas culinárias, que variam da caipira à portuguesa, shows e sorteios de brindes se destacam como principais atrativos. Rua Cardeal Arcoverde, Tel.: Preço: R$ 5 De 31/05 a 06/06 (sab. e dom., das 17h às 22h30) Sesc Ipiranga A festa junina do Sesc Ipiranga conta com uma programação que reúne shows musicais, ambientação temática, demonstração de artesãos, intervenções artísticas, manifestações populares, gastronomia, jogos juninos, contadores de histórias e quadrilhas. Quem comparecer poderá se encantar com as vilas de pescadores e rendeiras do litoral brasileiro, assim como com suas festividades, mitos, lendas, costumes e culinária. Shows de Célia e Celma, Bandas Bafafá e Bicho de Pé, entre outros. Rua Bom Pastor, Tel.: De 07 a 29/6 (sab. e dom., das 17h às 22h) Festa de São Vito No mês de junho, o bairro do Brás se transforma com a festa de São Vito. Com 90 anos de existência, é o principal ponto de encontro de mais de 70 mil pessoas, muitas vindas de caravanas do interior de São Paulo e de outros Estados. Todo o dinheiro arrecadado vai para a Creche São Vito, que há 12 anos atende gratuitamente a 120 crianças com idade entre 0 e 3 anos. A festa conta com duas entradas, a da Cantina, um pouco mais cara, e a da Praça de Alimentação, com preço popular. Os valores de cada uma delas podem ser conferidos no site: Rua Fernandes Silva, 96 Brás. (Cantina); Rua Polignano a Mare, 255. (Praça de Alimentação) - Tels.: / e (De 24/5 a 06/07) A saga do jovem Christopher McCandless é uma daquelas histórias que não passa despercebida. Filho mais velho de uma família de classe média americana, ele abdicou de bens materiais e de uma vida aparentemente já encaminhada para mergulhar de cabeça no ideal utópico de viver Na Natureza Selvagem. Com a idéia obsessiva de ir rumo ao Norte, mais especificamente às montanhas gélidas do Alasca, ele se torna um andarilho que renega seu passado e traumas familiares ao atravessar o interior dos EUA com a cara e a coragem. Dirigido por Sean Penn, o longa é uma compilação de belas imagens com atuações memoráveis, com destaque para o jovem protagonista Emile Hirsch e o veterano coadjuvante Hal Holbrook, indicado ao Oscar nesta categoria. Baseado no livro homônimo e em depoimentos de familiares e pessoas que conviveram com o peregrino, o filme tem uma visão até certo ponto condescendente do protagonista ao não explorar os reflexos desta ação egoísta para com seus familiares. Nada que tire o brilho da obra, que conta com a trilha sonora de Eddie Vedder. Disponível para locação em DVD. (R.G.) Passeio S how XIII Festa do Imigrante Mais de 30 nacionalidades irão mostrar o melhor de sua gastronomia, artesanato e folclore. Memorial do Imigrante R. Visconde de Parnaíba, Mooca. Dias 8 e 15 de junho, das 10h às 17h. Ingressos: R$ 4,00. Mais informações: (11) Site: E xposições Oscar Niemeyer e o Memorial da América Latina: Idéia e a Obra A mostra reúne a reprodução de esboços, croquis e obras raras do arquiteto feitas para o Memorial. Escola Politécnica da USP Av. Prof. Lineu Prestes, Conjunto das Químicas, Bloco 18. Até 06/06, das 8h às 17h. Mais informações: Entrada Franca. Circuito Musical do ABC O SESC e a Universidade Federal do ABC realizam o primeiro circuito de música, com o intuito de apresentar novos artistas universitários da região do Grande ABC. Apresentação de 10 bandas de diversos estilos. SESC Santo André R. Tamarutaca, 302. Dia 07/06. Entrada gratuita. C inema As muitas vidas de Robert Altman Retrospectiva completa de Robert Altman, com a exibição de obras clássicas do cineasta norte-americano. Centro Cultural Banco do Brasil R. Álvares Penteado, 112. De 04/06 a 22/06. R$ 4,00. Confira programação pelo telefone

19 ENTRETENIMENTO 19 Nos últimos anos, têm sido muito freqüentes os diagnósticos psiquiátricos que envolvem sintomas de ansiedade: Transtorno Obsessivo Compulsivo, Síndrome do Pânico, Depressão... Isso nos aponta para o fato de que, dentre outras possibilidades, muitas pessoas têm convivido com a ansiedade, algumas vezes da maneira mais sofrida. Cada vez mais nos deparamos com o aumento da exigência para captarmos e assimilarmos um número maior de informações. Também cresce, é verdade, a demanda de nos adaptarmos e darmos conta de situações que antes não nos eram conhecidas ou delegadas. Diante disso, um grande arsenal de soluções tecnológicas surge. Se, por um lado, ele surge para facilitar nosso dia-adia, por outro também nos enclausura quando nos impõe instrumentos que antes eram desnecessários, mas que agora se tornam essenciais simplesmente pelo fato de rapidamente já terem sido incorporados à rotina como algo essencial ; vide a impaciência que dá, por exemplo, quando por algumas horas ficamos sem o nosso celular ou a Internet. REFLEXÃO Convivendo com nossas ansiedades Tamanha impaciência surge da cultura que viemos cristalizando, de que os problemas precisam ser resolvidos e de que, para que isso aconteça, devemos gastar o mínimo tempo (ou esforço) possível. Bom se sempre isso pudesse acontecer! No entanto, nos damos conta que esse é um grande mal da atualidade, uma vez que para que algumas soluções possam acontecer, muitas vezes é necessário ocorrer mudanças. E quem define o tempo que deve levar esses processos? Vamos ficando mal acostumados, muitas vezes impossibilitados de refletir e de criar, justamente pela pressa que temos em resolvermos ou darmos conta das situações. Vamos sendo compelidos a participar de uma maratona atrás de sucesso, atrelado ao que temos e não ao que somos. Diante de tanta tarefa em busca de reconhecimento, felicidade, controle e perfeição, ansiedades e angústias surgem. Nada mais lógico! Nada mais natural também que apareçam de alguma forma. Entre em contato com o GAPsi pelo site: CRUZADAS PROMOÇÃO A Opus Dei foi citada em qual obra do escritor Dan Brown, que foi levada às telas de cinema? O nome do ganhador sai na próxima edição da Folha Universitária. Resultado da Promoção Concorra ao livro Opus Dei, Os Mitos e a Realidade. Envie um para com nome, RA (alunos) ou RGF (funcionários), curso, campus e a resposta correta da seguinte pergunta: A pergunta da semana passada foi a seguinte: Qual foi o pior fora que você levou de alguém? O aluno André Luiz de Oliveira do curso de Licenciatura de Geografia disse que foi por causa do perfume que usava. Ele ganhou o livro A Fila Anda, Mas Não Empurra que é Pior, que pode ser retirado a par tir de quinta-feira na secretaria de campus.

20

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO é a segunda profissão mais bem paga do país, segundo a FGV

ADMINISTRAÇÃO é a segunda profissão mais bem paga do país, segundo a FGV Page 4 of 13 Mesmo que a difamação parta de um ex-colega de setor, ele fala em nome da empresa, que responde pelos atos de seus funcionários. Segredos Ex-empregados que revelam segredos industriais da

Leia mais

CONSTRUINDO A CIDADANIA POR MEIO DE TECNOLOGIAS COM ALUNOS DO EJA

CONSTRUINDO A CIDADANIA POR MEIO DE TECNOLOGIAS COM ALUNOS DO EJA CONSTRUINDO A CIDADANIA POR MEIO DE TECNOLOGIAS COM ALUNOS DO EJA Neire Oliveira de Castro Souza 1 Lorrainy Dias Mendes 2 Airson José de Moraes Júnior 3 Neusa Elisa Carignato Sposito (Orientador) 4 RESUMO

Leia mais

22/6/2014 - das 14h às 18h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

22/6/2014 - das 14h às 18h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. UNITINS CONCURSO PÚBLICO N 001/2014 NÍVEL SUPERIOR COMISSÃO DE CONCURSO E SELEÇÃO REDAÇÃO 22/6/2014 - das 14h às 18h Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto 1 de 7 04/06/2013 12:52 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos ASSINE JÁ CENTRAL E-MAIL criar e-mail globomail free globomail pro ENTRAR Paraná 04/06/2013 09h20 - Atualizado em 04/06/2013 12h15

Leia mais

M a n u a l E n e m 2 0 1 5 P á g i n a 1. Manual do Enem 2015

M a n u a l E n e m 2 0 1 5 P á g i n a 1. Manual do Enem 2015 M a n u a l E n e m 2 0 1 5 P á g i n a 1 Manual do Enem 2015 Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), segundo o INEP, tinha o objetivo de avaliar o desempenho do aluno ao término da escolaridade

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 27 de Fevereiro de 2013 JORNAIS Sobre a saúde e a doença no Mundo Diário Catarinense

Leia mais

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro Notícias - 18/06/2009, às 13h08 Foram realizadas 8 mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos. A análise das informações auxiliará

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011 Ministério da Educação Secretaria de Educação Média e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Máxima Nova Classe Média autoestima 33%

Máxima Nova Classe Média autoestima 33% Máxima é a primeira revista mensal totalmente voltada para os desejos e as necessidades da mulher da Nova Classe Média. Sua missão é ajudá-la a resolver as questões do seu dia a dia e ser fonte de inspiração

Leia mais

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Vestibular 2014 NÚMEROS DA UNESP Cidades: 24 Unidades: 34 Unidades Complementares: 7 Colégios Técnicos: 3 Carreiras: 69 CURSOS

Leia mais

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA JORNALISMO

Leia mais

O Amarelinho mantém liderança

O Amarelinho mantém liderança Mídia Kit O CAMPEÃO DAS BANCAS! O melhor jornal de empregos mídia exclusiva Empregos, estágios, cursos e concursos Páginas 6, 7 e 8 perfil do leitor Instituto define quem é o leitor do Amarelinho Página

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom Entrevista esclarece dúvidas sobre acúmulo de bolsas e atividadess remuneradas Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes Quinta, 22 de Julho de 2010 19:16 No dia 16 de julho de 2010, foi publicada

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº9 15-21/04 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº9 15-21/04 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO A cadeira que você senta, o quadro que o professor escreve, o portão

Leia mais

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA:

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Fundo Perpétuo de Educação PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Os depoimentos, ensinamentos e metas dos participantes mais bem sucedidos. A escolha da escola fez a diferença na sua colocação

Leia mais

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA Ingressar em um emprego mediante concurso público é ambição para muitas pessoas, isso se deve ao fato de que o salário oferecido, a estabilidade, os benefícios na maioria dos cargos é bastante superior

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais

Resumo do Perfil epidemiológico por regiões. HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 SAÚDE 1

Resumo do Perfil epidemiológico por regiões. HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 SAÚDE 1 Resumo do Perfil epidemiológico por regiões HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 Resumo do perfil epidemiológico por regiões SAÚDE 1 HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 APRESENTAçÃO Hoje, no

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Sumário introdução 03 Capítulo 5 16 Capítulo 1 Pense no futuro! 04 Aproveite os fins de semana Capítulo 6 18 Capítulo 2 07 É preciso

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

Projeto Futuros Craques São Paulo

Projeto Futuros Craques São Paulo Projeto Futuros Craques São Paulo O Projeto Futuros Craques é considerado o carro chefe da B16 em São Paulo, a sua programação destina-se à oferecer esportes de maneira saudável para crianças da rede pública

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E SUCESSO

DESENVOLVIMENTO E SUCESSO DESENVOLVIMENTO E SUCESSO Janeiro de 2014 número 1 DISBEME COMEMORA UM ANO DO SEU PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Neste mês, a Disbeme Distribuidora de Tanhaçú/BA, comemorou um ano do lançamento do seu planejamento

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

Número de casos de aids em pessoas acima de 60 anos é extremamente preocupante

Número de casos de aids em pessoas acima de 60 anos é extremamente preocupante 22 Entrevista Número de casos de aids em pessoas acima de 60 anos é extremamente preocupante Texto: Guilherme Salgado Rocha Fotos: Denise Vida O psicólogo Nilo Martinez Fernandes, pesquisador da Fundação

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

METRÔ RIO NA RMS JUNHO E JULHO 2010 MOBILIZAÇÃO, SENSIBILIZAÇÃO E MONITORAMENTO DE LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS TELEFONE, E-MAIL, RÁDIO E MÍDIAS SOCIAIS

METRÔ RIO NA RMS JUNHO E JULHO 2010 MOBILIZAÇÃO, SENSIBILIZAÇÃO E MONITORAMENTO DE LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS TELEFONE, E-MAIL, RÁDIO E MÍDIAS SOCIAIS METRÔ RIO NA RMS JUNHO E JULHO 2010 MOBILIZAÇÃO, SENSIBILIZAÇÃO E MONITORAMENTO DE LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS TELEFONE, E-MAIL, RÁDIO E MÍDIAS SOCIAIS NÚMEROS GERAIS: 1962 contatos por telefone com lideranças

Leia mais

O ACONSELHAMENTO NO HIV EM UMA COMUNIDADE COMO MEDIDA PREVENTIVA

O ACONSELHAMENTO NO HIV EM UMA COMUNIDADE COMO MEDIDA PREVENTIVA O ACONSELHAMENTO NO HIV EM UMA COMUNIDADE COMO MEDIDA PREVENTIVA Zardo L*¹ Silva CL*² Zarpellon LD*³ Cabral LPA* 4 Resumo O Vírus da Imunodeficiência humana (HIV) é um retrovírus que ataca o sistema imunológico.através

Leia mais

Professor de Harvard diz que, por falta de intimidade com as novas mídias, responsáveis deixam de preparar as crianças para o mundo digital

Professor de Harvard diz que, por falta de intimidade com as novas mídias, responsáveis deixam de preparar as crianças para o mundo digital Professor de Harvard diz que, por falta de intimidade com as novas mídias, responsáveis deixam de preparar as crianças para o mundo digital MARCO AURÉLIO CANÔNICO DO RIO Atordoados com um desenvolvimento

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 80 Memória Oral 24 de abril de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte,

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº31 07-13/10 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº31 07-13/10 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional DIFERENÇAS E INCLUSÃO PROJETO DA PEDAGOGIA REALIZA AULAS DE CAMPO EM COMUNIDADES QUILOMBOLA E INDÍGENA

Leia mais

Enquete. Dia dos Professores

Enquete. Dia dos Professores Enquete Dia dos Professores No dia 15 de outubro será comemorado o dia do professor. Muito se fala que a profissão, apesar de muito importante, perdeu seu glamour e prestígio, sendo incapaz de atrair a

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber, mediante

Leia mais

O Portal do Servidor Homenageia Marília Careli, Servidora que faz a diferença para a comunidade na Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico

O Portal do Servidor Homenageia Marília Careli, Servidora que faz a diferença para a comunidade na Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico Marília Careli O Portal do Servidor Homenageia Marília Careli, Servidora que faz a diferença para a comunidade na Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico Por: Waldedy Maria de Paula, equipe Portal do

Leia mais

Programas de Aulas de Língua Inglesa para Adolescentes de Baixa Renda e a Possível Influência na Qualidade de Vida

Programas de Aulas de Língua Inglesa para Adolescentes de Baixa Renda e a Possível Influência na Qualidade de Vida 3 Programas de Aulas de Língua Inglesa para Adolescentes de Baixa Renda e a Possível Influência na Qualidade de Vida Ana Paula Cavallaro Pedagoga Especialista em Gestão da Qualidade de Vida - UNICAMP INTRODUÇÃO

Leia mais

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Danizieli de OLIVEIRA 2 Diego de OLIVEIRA 3 Renata Cristina FORNAZIERO 4 Thaís Roberta CASAGRANDE 5 Wolnei MENEGASSI 6 Paulo César D ELBOUX 7 Faculdade

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

Edital XVIII CONCURSO DE PROJETOS ELAS Fundo de Investimento Social

Edital XVIII CONCURSO DE PROJETOS ELAS Fundo de Investimento Social Edital XVIII CONCURSO DE PROJETOS ELAS Fundo de Investimento Social O XVIII Concurso do ELAS Fundo de Investimento Social, em parceria com a MAC AIDS Fund, visa fortalecer, por meio de apoio técnico e

Leia mais

I n f o r m e E p i d e m i o l ó g i c o D S T - A I D S 1

I n f o r m e E p i d e m i o l ó g i c o D S T - A I D S 1 1 2 GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO SECRETÁRIO DE ESTADO DE SAÚDE José Leôncio de Andrade Feitosa SUPERINTENDENTE DE SAÚDE Angela Cristina Aranda SUPERINTENDENTE

Leia mais

O PROGRAMA. Colunistas fixos irão falar sobre moda, gastronomia, tecnologia, cinema e estilo.

O PROGRAMA. Colunistas fixos irão falar sobre moda, gastronomia, tecnologia, cinema e estilo. O PROGRAMA Claquete, sua revista eletrônica de entretenimento. Claquete: Sua revista eletrônica de entretenimento. Com seu bom humor e curiosidade característicos, Otávio Mesquita apresenta os bastidores

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo

Leia mais

coleção Conversas #15 - NOVEMBRO 2014 - eg o. m r e é r q Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #15 - NOVEMBRO 2014 - eg o. m r e é r q Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. o coleção Conversas #15 - NOVEMBRO 2014 - Sou d advoga Será a que e é nã p o r consigo e q u e sou n m pr eg r eg o a?. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

Mercado De Trabalho. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Mercado De Trabalho. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Mercado De Trabalho Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade satisfação Mercado de Trabalho Trabalho CLT Consolidação das Leis de Trabalho Previdência

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

NURAP 2 NURAP 3. Colaboração: Aprendizes Raquel André Silva

NURAP 2 NURAP 3. Colaboração: Aprendizes Raquel André Silva EXPEDIENTE Ano 3 - Dezembro - Edição 29 NURAP em revista é uma publicação do NURAP ( Núcleo de Aprendizagem Profissional) Destinada aos seus parceiros e aprendizes. Colaboração: Aprendizes Raquel André

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

O seu maior e mais completo jornal. O seu maior e mais completo jornal. Mídia Kit

O seu maior e mais completo jornal. O seu maior e mais completo jornal. Mídia Kit O seu maior e mais completo jornal Mídia Kit 2013 O Grupo O Grupo Metromídia de Comunicação atua há mais de 26 anos no mercado, inicialmente como agência de publicidade na cidade de São Paulo e há 10 anos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato

PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato O cursinho pré-vestibular comunitário VestJr O cursinho pré-vestibular VestJr surgiu em 2003 seguindo a ideia já em curso da política de implementação de cursinhos

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

UFG (Projetos) e seu conceito (MEC)

UFG (Projetos) e seu conceito (MEC) UFG (Projetos) e seu conceito (MEC) Dos cursos avaliados pelo Ministério da Educação (MEC) em 2007, a maioria obteve conceito bom (nota 4) ou excelente (nota 5) no Enade, no Índice de Diferença de Desempenho

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO

A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO BE_310 CIÊNCIAS DO AMBIENTE UNICAMP ESTUDO (Turma 2012) Disponível em: http://www.ib.unicamp.br/dep_biologia_animal/be310 A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA)

Leia mais

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s.

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s. Bom dia a todos e a todas, Não é difícil apontar vantagens económicas às medidas de gestão empresarial centradas na igualdade de género. Em primeiro lugar, porque permitem atrair e reter os melhores talentos;

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT Proposta do CDG-SUS Desenvolver pessoas e suas práticas de gestão e do cuidado em saúde. Perspectiva da ética e da integralidade

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

Governo planeja ações com base em dados e tenta aprimorar combate à exploração incentivando envolvimento da sociedade civil em fóruns e conselhos

Governo planeja ações com base em dados e tenta aprimorar combate à exploração incentivando envolvimento da sociedade civil em fóruns e conselhos / / Fique ligado Notícias / Especiais Promenino Fundação Telefônica 10/12/2012 Os desafios da fiscalização do trabalho infantil Governo planeja ações com base em dados e tenta aprimorar combate à exploração

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA Nome: Juliana Malacarne de Pinho No. USP 7166759 Curso ECA: Jornalismo Dados do Intercâmbio Universidade: Universidade NOVA de Lisboa Curso: Comunicação Social Período:

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 O Observatório de Favelas torna pública, por meio desta chamada, as normas do processo de seleção de alunos para

Leia mais

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #22 - maio 2015 - assistente social. agora? Sou E Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Histórico do livro Menino brinca de boneca?

Histórico do livro Menino brinca de boneca? Histórico do livro Menino brinca de boneca? Menino brinca de boneca? foi lançado em 1990, com grande aceitação de público e crítica, e vem sendo referência de trabalho para profissionais, universidades,

Leia mais

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956).

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956). 1. INTRODUÇÃO 1.1. MINHA RELAÇÃO COM A FOTOGRAFIA Meu pai tinha uma câmara fotográfica. Ele não era fotógrafo profissional, apenas gostava de fotografar a família e os amigos (vide Foto 1). Nunca estudou

Leia mais

Você conhece a Faculdade Sagrada Família? Quais os cursos que a FASF irá ofertar?

Você conhece a Faculdade Sagrada Família? Quais os cursos que a FASF irá ofertar? 1 Você conhece a Faculdade Sagrada Família? A FASF iniciou as suas atividades no ano de 2011, após ter passado por todos os processos burocráticos exigidos pelo Ministério da Educação para sua abertura

Leia mais

Precisamos fortalecer cada vez mais nossa profissão. Através dos conselhos e de uma nova regulamentação!

Precisamos fortalecer cada vez mais nossa profissão. Através dos conselhos e de uma nova regulamentação! Resultado da pesquisa feita no dia 10/03/2014, através do Site do Conselho Regional de Relações Públicas 4ª Região, a respeito da Lei 6601/13. Foi disponibilizado uma enquete, com a seguinte pergunta:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Programa transmitido em 26 de fevereiro

Leia mais

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Professora Áurea Santos, com o grupo de estudantes do Instituto Federal do Piauí pioneiro no intercâmbio com Espanha e a Portugal: A experiência

Leia mais

HELOISA MARIA LESSA MARA REGINA PALANDI COMPREENDENDO A AIDS: DÚVIDAS E CERTEZAS PROVISÓRIAS. Orientadora: Fernanda Bertoldo

HELOISA MARIA LESSA MARA REGINA PALANDI COMPREENDENDO A AIDS: DÚVIDAS E CERTEZAS PROVISÓRIAS. Orientadora: Fernanda Bertoldo HELOISA MARIA LESSA MARA REGINA PALANDI COMPREENDENDO A AIDS: DÚVIDAS E CERTEZAS PROVISÓRIAS Orientadora: Fernanda Bertoldo Caxias do Sul 2008 2 HELOISA MARIA LESSA MARA REGINA PALANDI COMPREENDENDO A

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO EDITAL N.º 115, DE 09 DE MARÇO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO EDITAL N.º 115, DE 09 DE MARÇO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO EDITAL N.º 115, DE 09 DE MARÇO DE 2015 Dispõe sobre a abertura do processo seletivo simplificado para preenchimento

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Prepare-se para Faculdade Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade Passos para Faculdade 1- Conhecer você mesmo. 2- Características da faculdade.

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais