Cultura e política no Brasil: de Getúlio a Ditadura Militar

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cultura e política no Brasil: de Getúlio a Ditadura Militar"

Transcrição

1 Cultura e política no Brasil: de Getúlio a Ditadura Militar 1

2 A Era Vargas ( ) Assumiu após a vitória sobre as oligarquias em ª Guerra Mundial: Início dúbio com posterior alinhamento aos EUA. Final em 1945 e formação do PTB, PSD e UDN. 2

3 A Era Eurico Gaspar ( ) Eurico Gaspar Dutra ( ) Eleito pelo PSD em aliança com o PTB de Vargas. Alinhamento total aos EUA na Guerra Fria e fundação da ESG (Escola Superior de Guerra). 3

4 A Era Vargas ( ) Getúlio Vargas ( ) Volta ao poder através de eleições diretas. Di[cil conciliação entre trabalhismo que o elegeu, militares e setores conservadores. Ministério parte trabalhista e parte da oposição da UDN. 4

5 A Era Vargas ( ) Lacerda principal opositor de Vargas sofre atentado. Após muita pressão dos conservadores e militares Vargas comete suicídio em

6 A Era Jucelino ( ) Juscelino Kubitschek ( ) Juscelino Kubitschek foi eleito em 1955 após a crise e sua posse foi garan`da por Teixeira Lob. Havia o risco de golpe no Brasil. 50 anos em 5 como plano de desenvolvimento. 6

7 A Era Jucelino ( ) Instauração da indústria automobilís`ca no Brasil com forte par`cipação estrangeira e fundação da atual capital Brasília. Urbanização e formação da classe média urbana principalmente no Rio de Janeiro e São Paulo. 7

8 Os meses de Jânio Quadros (1961) Jânio Quadros (1961) Eleito em aliança com a UDN e apoios conservadores. Polí`ca externa independente. Falta de apoio e renúncia após sete meses de mandato. 8

9 A Era João Goulart ( ) João Goulart ( ) Eleito Vice- presidente pelo PTB assume no lugar de Jânio Quadros. Tenta`va frustrada para que não assumisse a presidência 9

10 A Era João Goulart ( ) João Goulart ( ) Acirramento da Guerra Fria e movimento para derrubar João Goulart da presidência. O presidente tenta aproximação maior com o trabalhismo. Aliança dos governadores de MG, RJ e SP com os EUA para pressionarem Jango. 1964: Golpe Militar e exílio de Goulart. 10

11 A Era Castelo Branco ( ) Castelo Branco ( ) Primeiro presidente militar após o golpe contra João Goulart. Cassação de direitos polí`cos. 1965: Fim do pluripar`darismo. Arrocho salarial para conter inflação. 11

12 A Era Costa e Silva ( ) Costa e Silva ( ) Linha dura no poder. Intensificação dos protestos. Desenvolvimen`smo na economia. 1968: Recrudescimento da repressão com o AI

13 A Era Médici ( ) Garrastazu Médici ( ) Auge da repressão. Ufanismo e milagre brasileiro Vitória na Copa de 1970 usada pelo regime militar. Derrota defini`va das guerrilhas. 13

14 A Era Geisel ( ) Ernesto Geisel ( ) Abertura Lenta, Gradual e Segura. Inves`mentos em estrutura. Crise Mundial refle`da no Brasil. Autonomia nas relações internacionais. Morte de Herzog em

15 A Era Figueiredo ( ) João Figueiredo ( ) Intensificação do movimento sindical. Eleições diretas para governador em 1982 com pluripar`darismo. Campanha para as Diretas Já frustrada em Eleição indireta de Tancredo Neves e fim da ditadura militar no Brasil. 15

16 Música nos anos 1930 e 1940 O samba era o principal ritmo na Era Vargas. Rádio é o veículo de comunicação mais importante. Noel Rosa aparece como um grande compositor brasileiro. 16

17 A primeira metade dos anos 1950 O samba con`nua predominante. A música dos EUA começa a ter mais presença no Brasil Auge das rainhas do rádio. 17

18 Final dos anos 1950 Um grupo de jovens de classe média do Rio de Janeiro começa um som que mescla o samba, o cool jazz e música erudita. É a Bossa Nova. O grande marco é a Chega de Saudade de João Gilberto. Na foto, João Gilberto e Tom Jobim cantam na praia. A Bossa Nova `nha temá`cas como amor, praia e belas mulheres. 18

19 A canção de Protesto Alguns ar`stas vinculados com a Bossa Nova resolvem fazer uma música comprome`da com questões sociais. Entre eles Carlos Lyra e Geraldo Vandré (foto). 19

20 A canção de Protesto Idéias do CPC da UNE obje`vando uma educação polí`ca para as massas. O Golpe de 1964 teve efeito nos ar`stas de protesto. ca Ainda em 1964 Nara Leão, Zé Ké` e João do Vale realizam Opinião. Nara Leão, então musa da Bossa Nova, engaja na canção de protesto. 20

21 Jovem Guarda Em 1965 estréia o programa Jovem Guarda na Rede Record de televisão. As músicas era influenciadas pelo rock dos EUA e pelos Beables. 21

22 1965: Primeiro Grande Fes`val Com a organização de Solano Ribeiro ocorre realização do Fes`val de MPB na TV Excelsior. A inspiração era o Fes`val de San Remo, porém, Ribeiro opta por não vincular às grandes gravadoras. Elis Regina vence o primeiro fes`val com Arrastão de Edu Lobo. 22

23 Grandes Rivalidades O Fes`val de 1966 na TV Record marcou o início das grandes rivalidades das torcidas. A Banda de Chico Buarque e Disparada de Vandré empataram em primeiro lugar. Chico e Jair Rodrigues que cantou Disparada abraçados após o anúncio do resultado. 23

24 1967: Fes`val das Rupturas O Fes`val de MPB de 1967 significou mudanças nas propostas musicais. Foi o aparecimento do Tropicalismo. Sérgio Ricardo quebrando o violão após as insistentes vaias do público. 24

25 Alegria Alegria Quarta colocada no fes`val de 1967, a música de Caetano u`lizou guitarras elétricas no arranjo. Também a linguagem dinâmica de inspiração pop foi uma inovação. No mesmo ano, havia acontecido uma marcha contra as guitarras. Caetano Veloso se apresentou com os beat boys. O arranjo foi um marco no movimento tropicalista. 25

26 Roda Viva Obra de Chico Buarque de Hollanda com o arranjo par`cipação do MPB- 4. A música provoca o efeito de um objeto em rotação. Ficou em terceiro lugar no fes`val de Música Popular Brasileira de Caetano Veloso se apresentou com os beat boys. O arranjo foi um marco no movimento tropicalista. 26

27 Domingo no Parque U`lizando as cri`cadas guitarras e narrando uma tragédia de fim de semana, Gilberto Gil conquista o segundo lugar em A seqüência de imagens intercalando objetos, ações e personagens causa o efeito da roda- gigante. 27

28 Ponteio O arranjo de Edu Lobo mescla vários ritmos tradicionais brasileiros. Considerado um dos tradicionalistas em meio de compositores que u`lizavam meios eletrônicos. Edu Lobo e Marília Medalha cantando Ponteio, a grande vencedora do fes`val de

29 Tropicalismo Foi um movimento que se espalhou pela música, cinema, teatro poesia. O fundamento era o de mesclar tendências da cultura pop com a cultura nacional formando algo novo. Crí`cas às contradições brasileiras: moderno X tradicional, esquerda X direita. 29

30 Fes`val Internacional da Canção 1968 Organizado pela Rede Globo de Televisão. Prá não dizer que não falei das flores de Vandré (foto) era o favorito do público mas perdeu para Sabiá de Chico Buarque e Tom Jobim. 30

31 Fes`vais Posteriores A par`r de 1969 muitos ar`stas vão para o exílio esvaziam o fes`val. Os fes`vais seguem até 1972 e consagram ar`stas como Jorge Ben. 31

32 Música Ufanista A década de 1970 é marcada por pouca produção de ar`stas consagrados nos fes`vais. O governo Médici u`liza a música como propaganda. A mais famosa Você também é responsável de Dom e Ravel. Dom e Ravel que `veram a música usada pelo governo. 32

33 O Desbunde Com a repressão, o meio arzs`co produziu a esté`ca do desbunde como protesto. Foi a época do cinema marginal, e compositores como Raul Seixas (foto). 33

34 Sons da Reabertura Com a anis`a e a grada`va reabertura, ar`stas voltaram a produzir pela causa das diretas. Coração de Estudante de Milton Nascimento (foto) se tornou hino das Diretas. 34

Resistência à Ditadura Militar. Política, Cultura e Movimentos Sociais

Resistência à Ditadura Militar. Política, Cultura e Movimentos Sociais Resistência à Ditadura Militar Política, Cultura e Movimentos Sociais Visão Panorâmica Introdução à ditadura Antecedentes do Golpe A Ditadura A Resistência A Reabertura Duração: 1964 à 1985 Introdução

Leia mais

Questões sobre a Ditadura Militar no Brasil (respostas no final da página) 1. Como teve início a Ditadura Militar no Brasil que durou de 1964 a 1985?

Questões sobre a Ditadura Militar no Brasil (respostas no final da página) 1. Como teve início a Ditadura Militar no Brasil que durou de 1964 a 1985? Questões sobre a Ditadura Militar no Brasil (respostas no final da página) 1. Como teve início a Ditadura Militar no Brasil que durou de 1964 a 1985? A - Através de eleições democráticas que levaram ao

Leia mais

Capítulo. A ditadura militar no Brasil

Capítulo. A ditadura militar no Brasil Capítulo A ditadura militar no Brasil ARQUIVO/O GLOBO 1 Do golpe militar ao AI-5 O golpe militar de 1964 João Goulart é derrubado pelos militares, em 31 de março de 1964, por meio de um golpe, apoiado

Leia mais

MPB ou música popular brasileira?

MPB ou música popular brasileira? junho/01 8 o e 9 o anos MPB ou música popular brasileira? A expressão música popular brasileira se refere aos estilos musicais criados no Brasil, por compositores e cantores brasileiros, em língua portuguesa,

Leia mais

Na ditadura não a respeito à divisão dos poderes (executivo, legislativo e judiciário). O ditador costuma exercer os três poderes.

Na ditadura não a respeito à divisão dos poderes (executivo, legislativo e judiciário). O ditador costuma exercer os três poderes. Ditadura: É uma forma de governo em que o governante (presidente, rei, primeiro ministro) exerce seu poder sem respeitar a democracia, ou seja, governa de acordo com suas vontades ou com as do grupo político

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) DITADURA MILITAR (1964-1979)

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) DITADURA MILITAR (1964-1979) Divisões entre os militares: SORBONNE: oriundos da ESG (Escola Superior de Guerra, intelectuais, veteranos da 2ª Guerra, próximos da UDN, alinhados com os EUA, anticomunistas, executivo forte e soluções

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 9º ano Apostila 1: Segunda Revolução Industrial (características); Neocolonislimo; Brasil no século XX:

Leia mais

Governos. Populistas Brasileiros (1946-1964) Entregar? Nacionalizar? Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS)

Governos. Populistas Brasileiros (1946-1964) Entregar? Nacionalizar? Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS) Governos Entregar? Populistas Brasileiros (1946-1964) OU Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS) Nacionalizar? PRINCIPAIS PARTIDOS PSD (Par(do Social Democrá(co): Principal par*do. Criado

Leia mais

Arquivo Público do Estado de São Paulo

Arquivo Público do Estado de São Paulo Arquivo Público do Estado de São Paulo Oficina: O(s) Uso(s) de documentos de arquivo na sala de aula Ditadura Militar e Anistia (1964 a 1985). Anos de Chumbo no Brasil. Ieda Maria Galvão dos Santos 2º

Leia mais

Colégio Social Madre Clélia Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Disciplina: História Profa Andrea Oitava 1-Manhã

Colégio Social Madre Clélia Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Disciplina: História Profa Andrea Oitava 1-Manhã Colégio Social Madre Clélia Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Disciplina: História Profa Andrea Oitava 1-Manhã BRASIL: ELEIÇÕES DE 1945 Com a deposição de Vargas foram marcadas eleições para

Leia mais

A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964):

A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964): A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964): 1. - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros e latifundiários

Leia mais

MÓDULO 19- O BRASIL DA DITADURA MILITAR( 1964-1985)

MÓDULO 19- O BRASIL DA DITADURA MILITAR( 1964-1985) OS PRESIDENTES MILITARES: MÉDICI GEISEL COSTA E SILVA FIGUEIREDO CASTELLO BRANCO 1 - O governo CASTELLO BRANCO (Sorbonne 1964 1967): PAEG (Plano de Ação Econômica do Governo): Fim da Estabilidade no emprego.

Leia mais

Aula 14 Regime Militar Prof. Dawison Sampaio

Aula 14 Regime Militar Prof. Dawison Sampaio Aula 14 Regime Militar 1 Contexto do Regime Militar Contexto interno: Colapso do Populismo (polêmica das Ref. de Base) Contexto externo: Guerra Fria e os interesses dos EUA (risco de cubanização do Brasil

Leia mais

50 ANOS DO GOLPE MILITAR

50 ANOS DO GOLPE MILITAR 50 ANOS DO GOLPE MILITAR (1964-1985) Prof. Dr. Rogério de Souza CAUSAS Guerra Fria Contexto Internacional: Construção do Muro de Berlim (1961) Cuba torna-se Socialista (1961) Crise dos Mísseis (1962) CAUSAS

Leia mais

Período Democrático e o Golpe de 64

Período Democrático e o Golpe de 64 Período Democrático e o Golpe de 64 GUERRA FRIA (1945 1990) Estados Unidos X União Soviética Capitalismo X Socialismo Governo de Eurico Gaspar Dutra (1946 1950) Período do início da Guerra Fria Rompimento

Leia mais

TINHORÃO, José Ramos. (2ed ano 1975). Pequena História da Música Popular Da Modinha à Canção de Protesto.

TINHORÃO, José Ramos. (2ed ano 1975). Pequena História da Música Popular Da Modinha à Canção de Protesto. Referências de pesquisas de conteúdo: TINHORÃO, José Ramos. (2ed ano 1975). Pequena História da Música Popular Da Modinha à Canção de Protesto. TINHORÃO, José Ramos. História Social da Música Popular Brasileira.

Leia mais

Revisão IV Brasil República

Revisão IV Brasil República Revisão IV Brasil República Prof. Fernando I- Era Vargas 1930-45; República Nova 1930-64 II- República Populista 1946-64 Democratização. Nacionalismo ou Liberalismo? II- República Populista 1946-64 1º

Leia mais

A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL

A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL 1 DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES LICENCIATURA EM LETRAS COM A LÍNGUA INGLESA LITERATURA BRASILEIRA JOÃO BOSCO DA SILVA (prof.bosco.uefs@gmail.com) A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL

Leia mais

AS APROPRIAÇÕES ESTÉTICAS DA CENA TROPICALISTA. Victor Creti Bruzadelli (Universidade Federal de Goiás)

AS APROPRIAÇÕES ESTÉTICAS DA CENA TROPICALISTA. Victor Creti Bruzadelli (Universidade Federal de Goiás) AS APROPRIAÇÕES ESTÉTICAS DA CENA TROPICALISTA Victor Creti Bruzadelli (Universidade Federal de Goiás) 1-Eu sou terrível/ Eu sou o samba No centro do palco um cantor negro empunhando seu violão. Acompanhado

Leia mais

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Próximo HISTÓRIA O BRASIL, O MUNDO E A PAZ NUCLEAR. Caderno 10» Capítulo 4. www.sejaetico.com.

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Próximo HISTÓRIA O BRASIL, O MUNDO E A PAZ NUCLEAR. Caderno 10» Capítulo 4. www.sejaetico.com. CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS HISTÓRIA O BRASIL, O MUNDO E A PAZ NUCLEAR Caderno 10» Capítulo 4 www.sejaetico.com.br CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS A experiência democrática no Brasil (1945-1964)

Leia mais

3ª série História do Brasil Ditadura Militar - 1964/1985 Terceira fase (1974/85) Cap. 22.4, 23.1. Roberson de Oliveira

3ª série História do Brasil Ditadura Militar - 1964/1985 Terceira fase (1974/85) Cap. 22.4, 23.1. Roberson de Oliveira 3ª série História do Brasil Ditadura Militar - 1964/1985 Terceira fase (1974/85) Cap. 22.4, 23.1 Ditadura Militar 3ª fase (1974/1985) Abertura política e crise econômica Governo Geisel março-1974/março-1979

Leia mais

Módulo 13 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com

Módulo 13 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com Módulo 13 - Brasil Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com Marechal Castello Branco (1964 1967) Chegou a presidência via eleição INDIRETA No seu governo foram criados 4 atos institucionais

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 )

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) 1 - Antecedentes: Esgotamento do populismo: manifestações de massa, greves, agravamento de tensões sociais. Temor dos EUA com a possibilidade de novas revoluções cubanas na América Latina. Apoio de setores

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação História 9 o ano Unidade 7 5 Unidade 7 Nome: Data: 1. As sentenças a seguir se referem ao segundo governo de Getúlio Vargas. Marque V nas sentenças verdadeiras e F nas falsas.

Leia mais

Período Populista (1945/64)

Período Populista (1945/64) Período Populista (1945/64) INTRODUÇÃO Período de Democracia, sem censura e eleições direta (o( o povo vota) para presidente. O mundo encontrava-se no Período de Guerra Fria : Capitalistas (EUA) X Socialistas

Leia mais

Prof. Thiago Oliveira

Prof. Thiago Oliveira Prof. Thiago Oliveira Depois da 2ª Guerra Mundial o Brasil passou por um período de grandes transformações no campo da política, economia e sociedade, superando o Estado Novo de Getúlio e experimentando

Leia mais

DITADURA MILITAR (1964-85): o autoritarismo e a repressão

DITADURA MILITAR (1964-85): o autoritarismo e a repressão DITADURA MILITAR (1964-85): o autoritarismo e a repressão A Ditadura Militar foi um período de caráter autoritário e nacionalista que durou quase vinte e um anos: do golpe militar em abril de 1964, que

Leia mais

CANÇÃO POPULAR E ENSINO DE HISTÓRIA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS

CANÇÃO POPULAR E ENSINO DE HISTÓRIA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS CANÇÃO POPULAR E ENSINO DE HISTÓRIA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS Jandynéa de Paula C. Gomes Licenciada em História pela UFPB Palavras-chave: Ensino de História; Canção popular; Análise historiográfica. As

Leia mais

A imprensa brasileira e a representação de Geraldo Vandré como símbolo de protesto contra a ditadura militar

A imprensa brasileira e a representação de Geraldo Vandré como símbolo de protesto contra a ditadura militar A imprensa brasileira e a representação de Geraldo Vandré como símbolo de protesto contra a ditadura militar Dalva Silveira* Resumo O artigo pretende compreender a opção feita pela imprensa brasileira

Leia mais

Exercícios de Ditadura Militar: Geisel e Figueiredo

Exercícios de Ditadura Militar: Geisel e Figueiredo Exercícios de Ditadura Militar: Geisel e Figueiredo Material de apoio do Extensivo 1. Sobre o fim do período militar no Brasil (1964-1985), pode-se afirmar que ocorreu de forma: a) Conflituosa, resultando

Leia mais

PERÍODO MILITAR (1964/1985) PROF. SORMANY ALVES

PERÍODO MILITAR (1964/1985) PROF. SORMANY ALVES PERÍODO MILITAR (1964/1985) PROF. SORMANY ALVES INTRODUÇÃO Período governado por GENERAIS do exército brasileiro. Adoção do modelo desenvolvimento dependente, principalmente dos EUA, que subordinava a

Leia mais

O regime militar brasileiro

O regime militar brasileiro O regime militar brasileiro 1964-1985 Governo militar: período controverso Há críticas negativas e positivas ao Regime Militar brasileiro: Fala-se em ordem, disciplina, crescimento; Também comenta-se sobre

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo II: Conselhos dos Direitos no Brasil

Leia mais

REGIME MILITAR ( ) Dormia a nossa Pátria mãe tão distraída. Sem perceber que era subtraída. Em tenebrosas transações.

REGIME MILITAR ( ) Dormia a nossa Pátria mãe tão distraída. Sem perceber que era subtraída. Em tenebrosas transações. REGIME MILITAR (1964 1985) Dormia a nossa Pátria mãe tão distraída. Sem perceber que era subtraída. Em tenebrosas transações. CHICO BUARQUE DE HOLLANDA MARCOS ROBERTO Construindo a ditadura Crise política:

Leia mais

DOS PRIMÓRDIOS À ATUALIDADE HISTÓRIA DA MPB

DOS PRIMÓRDIOS À ATUALIDADE HISTÓRIA DA MPB DOS PRIMÓRDIOS À ATUALIDADE HISTÓRIA DA MPB RECAPITULANDO ORIGEM CHORO SAMBA A SEGUIR BOSSA NOVA JOVEM GUARDA FESTIVAIS DE MÚSICA TV RECORD TROPICALISMO DÉCADA DE 50 BOSSA NOVA Em fins dos anos 50 (década

Leia mais

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.2 Conteúdo: Brasil na Era Militar

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.2 Conteúdo: Brasil na Era Militar 11.2 Conteúdo: Brasil na Era Militar Habilidades: Compreender os principais acontecimentos no Brasil durante o regime civil-militar Regime Civil-Militar no Brasil Período: 1964 a 1985. Governos Militares

Leia mais

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h.

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programação Geral Música Regional Brasileira A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programa destinado a divulgar a música típica das regiões do Brasil. Toca os grandes mestres da música nordestina e mostra

Leia mais

x + 2 x + x + m pelo polinômio x 2 + 1 tem resto m-2, ou seja, m=2 para

x + 2 x + x + m pelo polinômio x 2 + 1 tem resto m-2, ou seja, m=2 para Solução Comentada da Prova de Matemática 01. Usando as aproximações log 0,3 e log 3 0,4, podemos concluir que log 7 é igual a: A) 0,7 B) 1, C) 1, D) 1,7 E) 1,7 Questão 01 Alternativa E Usando as propriedades

Leia mais

O Sindicato de trabalhadores rurais de Ubatã e sua contribuição para a defesa dos interesses da classe trabalhadora rural

O Sindicato de trabalhadores rurais de Ubatã e sua contribuição para a defesa dos interesses da classe trabalhadora rural O Sindicato de trabalhadores rurais de Ubatã e sua contribuição para a defesa dos interesses da classe trabalhadora rural Marcos Santos Figueiredo* Introdução A presença dos sindicatos de trabalhadores

Leia mais

de 20, à criação do samba no Rio de Janeiro ou ao cinema novo. Ao mesmo tempo procurei levar em conta as aceleradas transformações que ocorriam nesta

de 20, à criação do samba no Rio de Janeiro ou ao cinema novo. Ao mesmo tempo procurei levar em conta as aceleradas transformações que ocorriam nesta 5 Conclusão A década de 70 foi com certeza um período de grande efervescência para a cultura brasileira e em especial para a música popular. Apesar de ser muito difícil mensurar a constituição de um termo

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE HISTÓRIA PERÍODO MILITAR - 1964 A 1985

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE HISTÓRIA PERÍODO MILITAR - 1964 A 1985 EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE HISTÓRIA PERÍODO MILITAR - 1964 A 1985 01 - Considerando-se os fatores que contribuíram para a longevidade do regime militar no Brasil, é CORRETO afirmar que foi de grande relevância

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição SSTEMA SERADO DE AVALAÇÃO 3ª FASE VESTBULAR/2011 Não deixe de preencher as informações a seguir. DADOS DE DENTFCAÇÃO DO CANDDATO Prédio Sala Nome Nº de dentidade Órgão Expedidor UF Nº de nscrição ATENÇÃO

Leia mais

crônicas feitas a par r de um olhar de fora, e, portanto ficcionais, mas sim de uma história real de vida.

crônicas feitas a par r de um olhar de fora, e, portanto ficcionais, mas sim de uma história real de vida. Guerreira Esmeralda Or z tem a energia própria de uma mulher guerreira. E é com essa energia, e um eterno sorriso no rosto, que vem transformando seu di cil passado em matéria-prima para sua arte. Conta

Leia mais

Era Vargas: mudando os rumos da história

Era Vargas: mudando os rumos da história Era Vargas: mudando os rumos da história Conteúdos que serão abordados: O início da era Vargas; Crise na República Velha; 1930: Golpe ou Revolução?; Governo ConsDtucional; Direita X Esquerda; Golpe de

Leia mais

Apresentação Reinaldo Arias

Apresentação Reinaldo Arias Apresentação Reinaldo Arias 2011 Projeto musical Música para envolver, encantar e integrar. Essa é a proposta do músico, produtor e compositor Reinaldo Arias. Artista atuante, gravou, produziu e compôs

Leia mais

O QUE FOI A POESIA MARGINAL

O QUE FOI A POESIA MARGINAL O QUE FOI A POESIA MARGINAL A poesia marginal ou a geração Mimeógrafo surgiu na década de 70 no Brasil, de forma a representar o movimento sociocultural que atingiu as artes e principalmente a literatura.

Leia mais

TÍTULO: VÁRIAS VARIÁVEIS: O BRASIL DOS ANOS 80 PELAS MÚSICAS DO ENGENHEIROS DO HAWAII

TÍTULO: VÁRIAS VARIÁVEIS: O BRASIL DOS ANOS 80 PELAS MÚSICAS DO ENGENHEIROS DO HAWAII Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: VÁRIAS VARIÁVEIS: O BRASIL DOS ANOS 80 PELAS MÚSICAS DO ENGENHEIROS DO HAWAII CATEGORIA: EM

Leia mais

DITADURA CIVIL MILITAR

DITADURA CIVIL MILITAR DITADURA CIVIL MILITAR Argentina + ou 25.000 mortos Chile + ou 4.000 mortos Brasil + ou 500 mortos ARGENTINA Parte forte do Vice Reino do Prata vitoriosa da Guerra do Paraguai Sociedade rural que aos poucos

Leia mais

A CONTRACULTURA MUSICAL NA POLÍTICA DOS ANOS 60

A CONTRACULTURA MUSICAL NA POLÍTICA DOS ANOS 60 1 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA- DCHF LICENCIATURA EM LETRAS COM A LÍNGUA INGLESA SOCIOLOGIA PROFESSOR: ANTÔNIO LIMA DA ANUNCIAÇÃO JOÃO BOSCO DA SILVA (prof.bosco.uefs@gmail.com) A CONTRACULTURA

Leia mais

Obra organizada por Anderson Inácio. Direitos autorais reservados ao site Tropicalia.com.br

Obra organizada por Anderson Inácio. Direitos autorais reservados ao site Tropicalia.com.br Tropicalismo Obra organizada por Anderson Inácio. Direitos autorais reservados ao site Tropicalia.com.br Obra de caráter totalmente educacional. O Movimento O Tropicalismo foi um movimento de ruptura

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) REPÚBLICA POPULISTA ( )

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) REPÚBLICA POPULISTA ( ) 1 - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros e latifundiários associados ao regime de Getúlio Vargas. Políticos

Leia mais

Versão Oficial. Rosa Passos. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares

Versão Oficial. Rosa Passos. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares 1 Versão Oficial Rosa Passos EF107 E S T Ú D I O F - programa número 107 Á U D I O T E X T O Música-tema entra e fica em BG; Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte

Leia mais

Projeto Recreio Musical

Projeto Recreio Musical Colégio Marista de Colatina Apresenta Projeto Recreio Musical Uma viagem educativa pelo universo da música Ano 2015 O Projeto Recreio Musical, em sua segunda edição no Colégio Marista de Colatina, abre

Leia mais

Escolha da Rainha e Princesas do STIMMME 2015 REGULAMENTO

Escolha da Rainha e Princesas do STIMMME 2015 REGULAMENTO Escolha da Rainha e Princesas do STIMMME 2015 REGULAMENTO 1. DA INSTITUIÇÃO 1.1. O STIMMME (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico) institui o Concurso

Leia mais

Temas Governo de Vargas 1930-1945), Populismo (1945-1964) Ditadura Militar (1964-1985) e República Nova (Redemocratização do Brasil) (1985-2010)

Temas Governo de Vargas 1930-1945), Populismo (1945-1964) Ditadura Militar (1964-1985) e República Nova (Redemocratização do Brasil) (1985-2010) Trabalho de História Recuperação _3ºAno Professor: Nara Núbia de Morais Data / /2014 Aluno: nº Ens. Médio Valor: 40 Nota: Temas Governo de Vargas 1930-1945), Populismo (1945-1964) Ditadura Militar (1964-1985)

Leia mais

Festival Estudantil da Música Brasileira

Festival Estudantil da Música Brasileira INTRODUÇÃO - PODER JOVEM Os festivais de música popular que foram, nos anos 1960 e 1970, o ponto culminante da cultura de massa no Brasil praticamente desapareceram no último quarto do século passado.

Leia mais

A DITADURA MILITAR BRASILEIRA (1964-85) ATRAVÉS DA MÚSICA NA SALA DE AULA

A DITADURA MILITAR BRASILEIRA (1964-85) ATRAVÉS DA MÚSICA NA SALA DE AULA A DITADURA MILITAR BRASILEIRA (1964-85) ATRAVÉS DA MÚSICA NA SALA DE AULA Introdução Wescley Wanderley de M. Caldas 1 O docente da disciplina História enfrenta, atualmente, um grande desafio na sala de

Leia mais

CD - Pra te dar um beijo

CD - Pra te dar um beijo História FERNANDA PÁDUA começou a se interessar pela música ainda criança. Um Videokê, comprado por seu pai, foi eleito seu brinquedo favorito e, assim, passava as tardes cantando. Destacou-se de tal forma,

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) DITADURA MILITAR (1964 1985)

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) DITADURA MILITAR (1964 1985) 1 - Antecedentes: Esgotamento do populismo: manifestações de massa, greves, agravamento de tensões sociais. Temor dos EUA com a possibilidade de novas revoluções cubanas na América Latina. Apoio de setores

Leia mais

1. chico buarque de holanda e o golpe militar

1. chico buarque de holanda e o golpe militar AGO. l 2007 l ANO I, Nº 1 l 35-40 INICIAÇÃO CIENTÍFICA 35 A música na ditadura militar brasileira - Análise da sociedade pela obra de Chico Buarque de Holanda carina gotardelo ferro da costa* marcos julio

Leia mais

Cap. 26 Do golpe Militar ao governo Costa e Silva Período de 1964 a 1969.

Cap. 26 Do golpe Militar ao governo Costa e Silva Período de 1964 a 1969. Resumos de aula de História do Brasil Prof. Webster Pinheiro Assunto: Ditadura Militar (1964-85) / Capítulos 26, 27 e 28 do livro didático / 2º Ano Ensino Médio Cap. 26 Do golpe Militar ao governo Costa

Leia mais

Evolução da renda no Brasil segundo o mandato presidencial: 1890-2009. Reinaldo Gonçalves 1

Evolução da renda no Brasil segundo o mandato presidencial: 1890-2009. Reinaldo Gonçalves 1 Evolução da renda no Brasil segundo o mandato presidencial: 1890-2009 Reinaldo Gonçalves 1 Esta nota examina, de forma sucinta, o desempenho da economia brasileira em 120 anos de história da República.

Leia mais

Ruídos Musicais Nos Anos de Chumbo: Televisão e Ideologia Educacional no Brasil Autoritário (1968-1072) 1. Felipe ARAÚJO 2

Ruídos Musicais Nos Anos de Chumbo: Televisão e Ideologia Educacional no Brasil Autoritário (1968-1072) 1. Felipe ARAÚJO 2 Ruídos Musicais Nos Anos de Chumbo: Televisão e Ideologia Educacional no Brasil Autoritário (1968-1072) 1 Resumo Felipe ARAÚJO 2 Analisamos a TV no Brasil (1967-1972) destacando a Rede Globo, parte de

Leia mais

EU PRATICO O BEM-ESTAR

EU PRATICO O BEM-ESTAR EU PRATICO O BEM-ESTAR LAZER EDUCAÇÃO BEM-ESTAR CULTURA Venha Viver o Sesc na Semana do Comércio em Movimento. Participe de atividades gratuitas: cursos, palestras, oficinas, minicursos, apresentações,

Leia mais

Versão Oficial. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares

Versão Oficial. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares 1 Versão Oficial Edu Lobo EF91 E S T Ú D I O F - programa número 91 Á U D I O T E X T O Música-tema entra e fica em BG; Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte Apresentação

Leia mais

O CONTEÚDO POLÍTICO E A EVOLUÇÃO DA MPB

O CONTEÚDO POLÍTICO E A EVOLUÇÃO DA MPB Luiz Carlos Maciel O CONTEÚDO POLÍTICO E A EVOLUÇÃO DA MPB Chico Buarque: 104 sai o barquinho, entra o conteúdo político Quando Pedro pedreiro, composição de Chico Buarque, foi lançada no início da década

Leia mais

Diálogos Regionalistas: Lista de Músicas

Diálogos Regionalistas: Lista de Músicas Danças Características Africanas n 3, Kankikis Heitor Villa-Lobos (1914/1915) Luar do sertão Catulo da Paixão Cearense (1914) Uirapuru Heitor Villa-Lobos (1917) Pelo telefone Donga e Mauro de Almeida (1917)

Leia mais

Samba com musicalidade e estilo

Samba com musicalidade e estilo Samba d Ju Samba com musicalidade e estilo A união entre os diversos ingredientes da musicalidade brasileira, misturados com pitadas de criatividade, alegria, carisma, sensualidade e o jeito moleque de

Leia mais

Período pré-colonial

Período pré-colonial CHILE Período pré-colonial O navegador português Fernão de Magalhães, a serviço do rei da Espanha, foi o primeiro europeu a visitar a região que hoje é chamada de Chile. Os mapuches, grande tribo indígena

Leia mais

virgínia rosa geraldo flach

virgínia rosa geraldo flach virgínia rosa geraldo flach virgínia rosa geraldo flach O gaúcho Geraldo e a paulista Virgínia se apresentaram juntos pela primeira vez na série Piano e Voz, da UFRGS. Quando tocou em São Paulo, no Supremo

Leia mais

49 e 50. Populismo Conceito teórico e o governo Dutra. Aulas. Exercícios de Sala HISTÓRIA 1

49 e 50. Populismo Conceito teórico e o governo Dutra. Aulas. Exercícios de Sala HISTÓRIA 1 HISTÓRIA 1 Aulas 49 e 50 Populismo Conceito teórico e o governo Dutra Nestas aulas, o fundamental é compreender o momento histórico vivido pelo Brasil, pela América Latina e pelo mundo, imediatamente após

Leia mais

MÚSICA POPULAR BRASILEIRA E O ENSINO DE FLAUTA DOCE

MÚSICA POPULAR BRASILEIRA E O ENSINO DE FLAUTA DOCE 51 MÚSICA POPULAR BRASILEIRA E O ENSINO DE FLAUTA DOCE Prof a. Dr a. Ana Paula Peters UNESPAR/EMBAP anapaula.peters@gmail.com Para comentar a relação que estabeleço entre música popular brasileira e o

Leia mais

Realização. Co-Produção PRODUÇÕES

Realização. Co-Produção PRODUÇÕES Realização Co-Produção PRODUÇÕES O PROGRAMA Do som à arte uma série documental, com 13 episódios de 26 minutos, que retrata a busca do músico Bernardo Lobo por um significado maior sobre o som e como este

Leia mais

ARTES 9 ANO PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL

ARTES 9 ANO PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL ARTES 9 ANO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª GABRIELA DACIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura- A pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 3.2 Conteúdos Gêneros

Leia mais

Ditadura Militar no Brasil. 50 anos

Ditadura Militar no Brasil. 50 anos Ditadura Militar no Brasil 50 anos É difícil expurgar da lembrança tempos que deixaram marcas tão fortes como as da censura, da prisão, da tortura e do assassinato político. Tempos que também foram de

Leia mais

POTY BURCH 8/NOVEMBRO 18h

POTY BURCH 8/NOVEMBRO 18h POTY BURCH 8/NOVEMBRO 18h TUIA LENCIONI CUE TRIO PIXINGANDO ELIAS BARBOZA TRIO BICO DE PENA CAFÉ OU CHIMARRÃO? FLOR DE LIO BANDÃO DA OFICINA CHORO E SAMBA Oficina Choro e Samba Ensaio aberto do Bandão

Leia mais

- 2008 A MPB NA LUTA PELA DEMOCRACIA - PR

- 2008 A MPB NA LUTA PELA DEMOCRACIA - PR SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE CAMPUS DE MARECHAL CÂNDIDO RONDON PARANÁ PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PDE 1 Luiz Miolla Professor PDE

Leia mais

Apostilado de sociologia: Temas para debates e estudos

Apostilado de sociologia: Temas para debates e estudos Ditadura Militar no Brasil Apostilado de sociologia: Temas para debates e estudos 3º bimestre Prof º Jesus Podemos definir a Ditadura Militar como sendo o período da política brasileira em que os militares

Leia mais

ATIVIDADES ON LINE 9º ANO DITADURA MILITAR

ATIVIDADES ON LINE 9º ANO DITADURA MILITAR ATIVIDADES ON LINE 9º ANO DITADURA MILITAR 1-"O movimento de 31 de março de 1964 tinha sido lançado aparentemente para livrar o país da corrupção e do comunismo e para restaurar a democracia, mas o novo

Leia mais

Anderson Inácio 2013 Todos os direitos reservado desde que sua autoria. Todos os textos compilados estão identificados com suas respectivas fontes. Edição de texto: Anderson Inácio Preparação de texto:

Leia mais

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO HISTÓRIA DO LEGISLATIVO Maurício Barbosa Paranaguá Seção de Projetos Especiais Goiânia - 2015 Origem do Poder Legislativo Assinatura da Magna Carta inglesa em 1215 Considerada a primeira Constituição dos

Leia mais

A PRODUÇÃO DO SILÊNCIO E DA SUSPEITA: A VIOLÊNCIA DO REGIME MILITAR CONTRA A MPB NOS ANOS 70

A PRODUÇÃO DO SILÊNCIO E DA SUSPEITA: A VIOLÊNCIA DO REGIME MILITAR CONTRA A MPB NOS ANOS 70 A PRODUÇÃO DO SILÊNCIO E DA SUSPEITA: A VIOLÊNCIA DO REGIME MILITAR Marcos Napolitano Professor-Adjunto Depto. História Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Brasil napoli@ufpr.br Resumo: A partir

Leia mais

O GÊNERO LETRA DE MÚSICA: CONCEPÇÕES IDEOLÓGICAS

O GÊNERO LETRA DE MÚSICA: CONCEPÇÕES IDEOLÓGICAS O GÊNERO LETRA DE MÚSICA: CONCEPÇÕES IDEOLÓGICAS Alex Sandro Lucas dos Santos Kátia Valéria Amaro Renata Cristina Bento (G- CLCA- UENP/CJ) Vera Maria Ramos Pinto (Orientadora- CLCA- UENP/CJ) INTRODUÇÃO

Leia mais

Seja um incentivador da arte e da cultura brasileira

Seja um incentivador da arte e da cultura brasileira Seja um incentivador da arte e da cultura brasileira Um de Bananal, outra de Piracicaba, um nasceu há 100 anos, outra há 29, um aos nove anos foi pro Rio de Janeiro e apesar do pouco reconhecimento se

Leia mais

A América Latina na Guerra Fria A ditadura militar no Brasil

A América Latina na Guerra Fria A ditadura militar no Brasil ID/ES Tão perto e ainda tão distante A 90 milhas de Key West. Visite Cuba. Cartão postal de 1941, incentivando o turismo em Cuba. 1 Desde a Revolução de 1959, Cuba sofre sanções econômicas dos Estados

Leia mais

A cultura durante a ditadura militar

A cultura durante a ditadura militar A cultura durante a ditadura militar Introdução De 1964 a 1985, o Brasil viveu a Ditadura Militar, uma época em que os militares passaram a governar o país. Esse regime de governo foi chamado de ditadura,

Leia mais

INSTITUI NO CALENDÁRIO OFICIAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO O DIA TOM JOBIM EM HOMENAGEM À BOSSA NOVA. Autor: Vereador Stepan Nercessian

INSTITUI NO CALENDÁRIO OFICIAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO O DIA TOM JOBIM EM HOMENAGEM À BOSSA NOVA. Autor: Vereador Stepan Nercessian 2007 Nº Despacho PROJETO DE LEI nº 1048/2007 INSTITUI NO CALENDÁRIO OFICIAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO O DIA TOM JOBIM EM HOMENAGEM À BOSSA NOVA. Autor: Vereador Stepan Nercessian A CÂMARA MUNICIPAL DO

Leia mais

Natura apresenta o Show de Lançamento do CD Lia Sophia

Natura apresenta o Show de Lançamento do CD Lia Sophia Natura apresenta o Show de Lançamento do CD Lia Sophia Lia Sophia mistura os ritmos locais com batidas internacionais, para criar uma música original e de alta qualidade. Ela não veio para ficar. Ela já

Leia mais

Populismo no Brasil ( )

Populismo no Brasil ( ) Populismo no Brasil (1945-1964) O Populismo foi um fenômeno da América Latina, característico de um mundo pós Segunda Guerra Mundial, momento que exigiase democratização. Fortalecimento das relações entre

Leia mais

3ª série História do Brasil Ditadura Militar (1964/1985) Primeira fase (1964/1969) Cap. 22.1. Roberson de Oliveira

3ª série História do Brasil Ditadura Militar (1964/1985) Primeira fase (1964/1969) Cap. 22.1. Roberson de Oliveira 3ª série História do Brasil Ditadura Militar (1964/1985) Primeira fase (1964/1969) Cap. 22.1 Ditadura Militar 1ª fase (1964 / 1969) 2ª fase (1969 / 1974) Perseguições, reformas políticas e estabilização

Leia mais

Projetos selecionados pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura

Projetos selecionados pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura Projetos selecionados pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura dia 06 Sábado Circo na cidade Praça Monte Castelo - 16h Cultura na praça alegria de graça Praça Sô Teco (Água Branca) - 14 às 18h dia 07

Leia mais

O MOVIMENTO DA MÚSICA DE PROTESTO NO BRASIL (1961-1968)

O MOVIMENTO DA MÚSICA DE PROTESTO NO BRASIL (1961-1968) O MOVIMENTO DA MÚSICA DE PROTESTO NO BRASIL (1961-1968) INTRODUÇÃO Letícia Aparecida da Paixão (PG), (Bolsista CAPES/PPH), UEM, leepaixao@gmail.com Filipe dos Santos Vieira (PG) Bolsista CAPES/PPH/UEM,

Leia mais

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar O fim da Quarta República e o golpe civil-militar Carlos Lacerda derrubador de presidentes Participou da ANL Contra o integralismo, os latifundiários e o imperialismo Preso durante o golpe do Estado Novo,

Leia mais

Histórico das constituições: direito de sufrágio

Histórico das constituições: direito de sufrágio 89 Histórico das constituições: direito de sufrágio André de Oliveira da Cruz Waldemar de Moura Bueno Neto José Carlos Galvão Goulart de Oliveira Graduandos pela Faculdade de Educação, Administração e

Leia mais

Currículo Referência em Música Ensino Médio

Currículo Referência em Música Ensino Médio Currículo Referência em Música Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

InfoReggae - Edição 16 Grupos: Orquestra AfroReggae 25 de outubro de 2013. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 16 Grupos: Orquestra AfroReggae 25 de outubro de 2013. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA Ditadura Militar Eventos Fundamentais: Goulart propõe as reformas de base Eleitoral Educacional Bancária / Tributária Agrária Marcha da TFP Tradição Família e Propriedade

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES

O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES material de apoio O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES DIVULGAÇÃO FICHA TÉCNICA Direção: Walbercy Ribas e Rafael Ribas Roteiro: Walbercy Ribas Produção: Juliana Ribas Direção de arte e fotografia: Rafael

Leia mais