EMENTA. Teórica: 100h/a Prática: 00h/a

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMENTA. Teórica: 100h/a Prática: 00h/a"

Transcrição

1 Disciplina: Fundamentos e Operação de Informática Período: 1º Carga Horária Total: 100h/a Semanal: 5 Teórica: 100h/a Presencial: 80h/a EaD: 20h/a Objetivos Geral: Conhecer conceitos básicos de informática; Conhecer a evolução e história dos computadores; Diferenciar os tipos de memórias; Entender os tipos de dispositivos de hardware; Compreender uma informação e sua representação no sistema numérico; Entender as operações aritméticas; Conhecer estrutura de processamento, velocidade e registradores; Classificar tipos de software; Diferenciar linguagem de programação. Específicos: Descrever conceitos de informática; Descrever a história e a evolução dos computadores; Ser capaz de diferenciar os dispositivos de entrada e saída de dados; Caracterizar os componentes do computador; Identificar a função dos dispositivos; Criar representação de informações; Representar o sistema de numeração dos computadores; Converter o sistema de bases; Criar operações aritméticas; Explicar a utilidade das memórias no computador; Saber a capacidade e os tipos de memórias; Explicar a estrutura de processamento; Definir as diferentes velocidades de processamento; Definir a função dos registradores; Saber classificar o software; Caracterizar as diferentes linguagens de programação; Introdução à Informática, História dos Computadores, Componentes de um Computador, Processador, Memória, Dispositivos de Entrada e Saída, Informação e a sua Representação, Sistemas de Numeração, Conversão de

2 Bases, Operações Aritméticas, Estruturas de Processamento, Software e suas classificações, Tipos de Linguagens de Programação. CRUMLISH. Internet para Pessoas Ocupadas. São Paulo: Makron Books, D ÁVILA, Edison. Montagem, Manutenção e Configuração de Computadores Pessoais. Érica, NASCIMENTO / HELLER. Introdução à Informática. São Paulo: Makron Books, NORTON, Peter. Introdução à Informática. São Paulo: Makron Books, GONICK, L. Introdução Ilustrada à Computação. Harper do Brasil, 1984.

3 Disciplina: Lógica de Programação Período: 1º Carga Horária Total: 100h/a Semanal: 5 Teórica: 100h/a Presencial: 80h/a EaD: 20h/a Objetivo Geral: Desenvolver algoritmos; Desenvolver programas simples; Objetivos Específicos: Interpretar algoritmos e linguagens; Analisar e solucionar problemas em linguagens; Interpretar a lógica computacional; Elaborar rotinas para solucionar problemas computacionais; Utilizar e implementar estruturas de dados básicas, comandos e operações; Selecionar entre as melhoras estruturas de dados, a que melhor se adapta à solução do problema. Conceitos de algoritmo. Conceito de linguagem. Constantes e Variáveis. Tipos de Dados. Operadores. Expressões Aritméticas e lógicas. Comandos básicos: atribuição, condicionamento e repetição. Funções e procedimentos. Vetor e matriz. Registros. EGYPTO, Cândido. Lógica e Algoritmos. CEFET-PB, (Livro-texto) FARRER, Harry et al. Algoritmos estruturados. Guanabara Dois, FARRER, Harry et al. Pascal estruturados. Guanabara Dois, FORBELLONE, André Luiz Villar & EBERSPÄCHER, Henri Frederico. Lógica de programação. 2. ed. Makron Books, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

4 GUIMARÃES, Ângelo de Moura. Algoritmos e estruturas de dados. LTC, MANZANO, José Augusto N. G & YAMATUMI, Wilson Y. Programando em Turbo Pascal7. 0. Érica. RINALDI, Roberto. Turbo Pascal 7.0: comandos e funções. Érica, SCHIMTZ, Eber A & TELES, Antonio A. S. Pascal e técnicas de programação. LTC, TREMBLAY, Jean-Paul & BUNT, Richard B. Ciência dos computadores: uma abordagem algorítmica. Mcgraw-Hill, 1983.

5 Disciplina: Inglês Técnico para Informática Período: 1º Carga Horária Total 40 h/a Semanal: 2 Teórica: 40h/a Presencial: 40h/a EaD: 00h/a Objetivo Geral: Conhecer a importância da Língua Inglesa no mundo eletrônico; Analisar e interpretar textos técnicos em inglês básico. Conhecer as técnicas de leitura; Conhecer as formas de interpretar textos; Compreender Glossário de termos técnicos; Identificar a língua inglesa como instrumento de acesso a informações, a outras culturas e grupos sociais. Objetivos Específicos: Ser capaz de ler e interpretar textos; Ler palavras necessárias para configuração de equipamentos eletrônicos; Recorrer às tecnologias de apoio como dicionário e gramática, informatizados ou não. Importância da Língua Inglesa, Vocabulário: campos semânticos da área de informática, técnicas de leitura instrumental, textos técnicos, publicitários, classificados e telegráficos. Basic Pneumatics Copyright 1971,1974 by Technical Publishing Company, Barrington, Illinois. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR Munhoz, Rosângela. Inglês Instrumental: Estratégias de leitura Módulo I. São Paulo: Texto Novo, 2002.

6 Disciplina: Matemática para Informática Período: 1º Carga Horária Total 40 h/a Semanal: 2 Teórica: 40h/a Presencial: 40h/a EaD: 00h/a Objetivo Geral: Analisar, interpretar, e aplicar a lógica computacional bem como saber aplicá-la ao dia a dia. Objetivos Específicos: Facilitar o processo decisório e de raciocínio lógico, assim como, operacionalizar as decisões tomadas, controlando e avaliando os resultados obtidos, como também posicionar-se como facilitador dos recursos tecnológicos dentro das corporações. Introdução a Lógica; Noções de Probabilidade e Estatistica; Matemática Financeira; Progressões Aritméticas e Geoméricas; Vetores e Matrizes; ALENCAR, Edgard. Iniciação a Lógica Matemática. Nobel BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR COPY, Irving M. Introdução a Lógica. Mestre Jou. 1974

7 Disciplina: Web Design Período: 1º Carga Horária Total: 60h/a Semanal: 3 Teórica: 60h/a Presencial: 40h/a EaD: 20h/a OBJETIVOS Geral: Desenvolver competências para a elaboração do projeto estético e funcional de um web site. Específicos: Aplicar conceitos do Web design; Conhecer e aplicar técnicas para tratamento de imagens para Web; Desenvolver elementos animados para páginas Web; Desenvolver projeto final contendo todos os recursos vistos em aula. História da Internet; História da HTML; Como Funciona a Internet; Tags Básicas em HTML5; Parágrafos, Quebras e Símbolos Especiais; Formatação de Texto com HTML5 e CSS3; Códigos de Cores em HTML5 e CSS3; Imagens em HTML5; Formatação de Imagens com CSS3; Listas em HTML5 com OL e UL; Links em HTML5; Menu com CSS3; Efeitos visuais em CSS3; Formatação de Interfaces com HTML5; Cabeçalho em CSS3; Fontes em CSS3; Semântica em HTML5; Tabelas em HTML; Estilos CSS para Tabelas em HTML5; Introdução ao JavaScript; JavaScript com Objetos; Funções JavaScript; Integrando JavaScript e HTML5; IFRAME em HTML5; Áudio e

8 Vídeo em HTML5; Formulários em HTML5; Como Hospedar um Site; Formulários com JavaScript. Silva M., HTML5 - A Linguagem de Marcação que Revolucionou a Web, editora Novatec, 2011 ISBN: BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR Frederick G. & Lal R., Dominando o desenvolvimento Web para Smartphone, editora Alta Books, ISBN: Silva M., Fundamentos da SVG, editora Novatec, São Paulo, ISBN : Silva, M., JQuery Ui Componentes de Interface rica para suas aplicações web, editora Novatec, São Paulo, ISBN:

9 Disciplina: Engenharia de Sistemas (+IHC) Período: 2º Carga Horária Total: 80h/a Semanal: 4 Teórica: 80h/a Presencial: 40h/a EaD: 40h/a Objetivo Geral: Compreender as reais necessidades do desenvolvedor de um sistema de informação; Entender como funciona a sistemática de projetar um sistema de informação; Capacitar o aluno a entender o que o cliente quer como o desenvolvimento do sistema de informação. Objetivos Específicos: Tipos de sistemas de informação; sistemas de informação nos negócios e na sociedade; aspectos éticos em sistemas de informação; administração de recursos em sistemas de informação. Fundamentos de Sistemas de Informação; Modelagem conceitual de Sistemas de Informação; Processo de desenvolvimento e ciclo de vida de sistemas de informação; Representação em diagramas de processos; PRESSMAN, R. S. Engenharia de software. 8ª ed.; São Paulo : Pearson SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 9ª ed.; Pearson PAULA FILHO, W.P. Engenharia de Software - Fundamentos, Métodos e Padrões, 2ª ed. LTC. Rio de Janeiro, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

10 Audy, Jorge Luis Nicolas. Andrade, Gilberto Keller de. Cidral, Alexandre. Fundamentos de Sistemas de Informação. 1. edição. bookman Porto Alegre Laudon, Kenneth. Laudon, Jane Price. Sistemas de Informação com Internet. 4. edição. LTC editora Rio de Janeiro.

11 Disciplina: Linguagem de Programação I (PHP+OO) Período: 2º Carga Horária Total: 80h/a Semanal: 4 Teórica: 80h/a Presencial: 60h/a EaD: 20h/a Objetivo Geral: Conhecer o ambiente de desenvolvimento integrado; Conhecer os requisitos da linguagem; Apresentar ao aluno as técnicas de programação na linguagem; identificar e utilizar os componentes visuais e não visuais do ambiente de desenvolvimento integrado. Objetivos Específicos: Instalar e configurar os pré-requisitos de uso da linguagem; Aplicar as técnicas de programação na linguagem com intuito de se prototipar um sistema de informação; Requisitos da Linguagem de Programação; Caracterização do Ambiente de Desenvolvimento; Desenvolvimento de interfaces a partir de componentes visuais e não visuais; Acesso às bibliotecas de componentes, Acessórios e Plug-ins; Controle de propriedades e eventos; Acesso a fluxo de entrada e saída de dados; Armazenamento em arquivos de dados. LOPES & GARCIA Guto, Introdução à Programação: 500 Algoritmos Resolvidos Editora: Campus Autor: ANITA, ed. Número de páginas: 488 ISBN: ARAÚJO, Everton Coimbra. Algoritmos: Fundamento e Prática - 3a Edição. 3. ed. Florianópolis: Visual Books, p ARAÚJO, Everton Coimbra. HOFFMAN, Alessandra Bortoleto Garbeloti Delphi - Implementação de Algoritmos e Técnicas para Ambientes Visuais. 1. ed. Florianópolis: Visual Books, p.

12 Disciplina: Metodologia de Projetos de Sistemas Período: 2º Carga Horária Total: 40h/a Semanal: 2 Teórica: 40h/a Presencial: 40h/a EaD: 0h/a Objetivos Geral: Capacitar os discentes do curso a reconhecer as necessidades de desenvolvimento de um sistema computacional bem como especificar os requisitos do sistema proposto com o intuito de formar um protótipo computacional deste sistema. Específicos: Elucidar as operações e processos inerentes ao funcionamento de um sistema identificando os requisitos funcionais e não-funcionais do mesmo; Apoiar o aluno a aplicar as técnicas de desenvolvimento computacional bem como os processos de documentação de sistemas. Representação de conhecimento e raciocínio em Sistemas de Informação; projeto e desenho de sistemas; tecnicas de prototipação de sistemas.

13 Disciplina: Manutenção de Computadores Período: 2º Carga Horária Total: 100h/a Semanal: 5 Teórica:100h/a Presencial: 80h/a EaD: 20h/a Objetivos Geral: Conhecer os componentes do computador; Compreender os tipos e funções de conexões; Conhecer os periféricos; Entender a montagem de um computador; Instalar software; Instalar equipamentos. Objetivos Específicos: Caracterizar os componentes do computador (processador, memória, etc); selecioná-los conforme a necessidade do serviço; Instalação e configuração (particionamento, formatação e instalação de drives); Noções de manutenção corretiva e preventiva. Introdução a Manutenção. Introdução aos Processadores. Memórias. Clock. Discos Rígidos. Placas de Vídeo. Modems. Drives. Placas de Som. Placas USB. Placas de Rede. Monitores. Gabinetes. Fontes. Teclados. Adaptadores. Mouses. Periféricos. Coolers. Soquetes. Slots. Jumpers. Conexões. Interfaces. Etapas de Montagem do Computador: Gabinetes, Placas de CPU, Fixação de Drives e Placas, Conexão de Cabos, CMOS SETUP, Particionar e formatar discos. Instalação de Sistemas Operacionais, drives e programas aplicativos. AMORIM, Rodrigo. Montagem de computadores e Hardware. Rio de Janeiro: Brasport, CARMONA, Tadeu. Guia Profissional Hardware. Digerati Books.

14 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR FERREIRA, Silvio. Montagem de Micros: para Estudantes e Técnicos de PCs. Axcel Books. MAX, Ivan. Treinamento Profissional em Hardware. Digerati Books. VASCONCELOS, Laércio. Manual de manutenção de PCs. São Paulo: Makron Books, 2002.

15 Disciplina: Banco de Dados Período: 2º Carga Horária Total: 60h/a Semanal: 3 Teórica:60h/a Presencial: 60h/a EaD: 0h/a Objetivo Geral: Conhecer os Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados (SBBD); conhecer e identificar o Projeto Físico e Lógico de Banco de Dados; Projetar o Modelo de Entidade-Relacionamento; Normalização de Dados e Linguagem de Banco de Dados (Linguagem de Definição e Manipulação de Dados). Objetivos Específicos: Elucidar os conceitos de Banco de Dados bem como as implicações de modelos Lógicos e Físicos; Projetar e desenhar um modelo de Entidade-Relacionamento, ter a capacidade de transformar o modelo Lógico em modelo Relacional; Conhecer, Identificar e Utilizar as Linguagens de Banco de Dados. Arquitetura de Sistemas de Banco de Dados; Usuários de Banco de Dados; Modelagem Conceitual de Dados; Modelo de entidade-relacionamento (ER); Modelo Lógico de Banco de Dados; Mapeamento do Modelo ER para Modelo Relacional; Formas Normais de Banco de Dados Relacional; Linguagem de Banco de Dados; Linguagem de Definição de Dados; Linguagem de Manipulação de Dados;

16 SILBERSCHATZ, A., KORTH, H., SUDARSHAN, S. Sistema de Bancos de Dados (3a Edição). Makron Books, 1999 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: BYERS, Robert A.. Banco de Dados para todas as Aplicações,1985. Ed. Mc Graw- Hill. DATE, C. J. Banco de Dados: Fundamentos inclui SQL,1989. Ed. Campus. KORTH, Henry F. Sistemas de Banco de Dados, Ed.Makron Books. SOARES, Walace. My Sql: Conceitos e aplicações, Ed.Erica.

17 Disciplina: Redes de Computadores Período: 3º Carga Horária Total: 100h/a Semanal: 4 Teórica:80h/a Presencial: 80h/a EaD: 20h/a Geral: Compreender o conceito de redes de computadores; Entender as topologias de redes, meios físicos, dispositivos e padrões de comunicação; Conhecer as diferentes arquiteturas de redes e tipos de serviços; Capacitar o aluno a confeccionar cabo de LAN; Capacitar o aluno instalar uma rede básica. Específicos: Definir os principais tipos de redes; Identificar arquitetura de redes; Identificar os serviços e funções de servidores e equipamentos; Ser capaz proporcionar para um sistema ou ambiente a capacidade de conectividade de informações e compartilhamento de recursos Introdução a rede de computadores; Conceito de LAN, MAN e WAN; Topologias de Redes; O histórico da internet; Modelo de referência OSI; Arquitetura do protocolo TCP/IP; Periféricos e Equipamentos de Redes de Computadores; Montagem de cabos e conectores para uso numa rede padrão Ethernet; CARLOS, E. Morimoto. Redes, Guia Prático. GDH Press e Sul Editores, HAYDEN, Matt. Aprenda em 24 horas Redes. Rio de Janeiro: Campus, (Livro-Texto) TANENBAUM. Andrew S. Redes de Computadores. Rio de Janeiro: Campus, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR CASAD, Joe. Aprenda em 24 horas TCP/IP. Rio de Janeiro: Campus, HELD, Gilbert. Comunicação de Dados. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

18 Disciplina: Desenvolvimento de Projeto de Sistemas Período: 3º Carga Horária Total: 40h/a Semanal: 2 Teórica:40h/a Presencial: 40h/a EaD: 0h/a Objetivo Geral: Desenvolvimento completo de um projeto, incluindo sua implementação e documentação sob a orientação de um professor Objetivos Específicos: Garantir que o aluno do curso técnico de informática saiba desenvolver um projeto completo de sua área A ser estabelecida conforme as necessidades de cada projeto individual. A ser estabelecida conforme as necessidades de cada projeto individual. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

19 Disciplina: Tópicos Especiais (JAVA) Período: 3º Carga Horária Total: 60h/a Semanal: 3 Teórica: 60h/a Presencial: 40h/a EaD: 20h/a Objetivo Geral: Oferecer ao discente conhecimento generalista. Objetivos Específicos: Capacitar o discente a aprimorar seu conhecimento com o oferecimento de conteúdos atuais e dinâmicos. A ser estabelecida conforme as necessidades de cada projeto individual. A ser estabelecida conforme as necessidades de cada projeto individual. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR A ser estabelecida conforme as necessidades de cada projeto individual.

20 Disciplina: Informática e Mercado de Trabalho Carga Horária Total: 60h/a Teórica: 60h/a Semanal: Prática: 0h/a Período: 3º Presencial: 40h/a EaD: 20h/a OBJETIVOS Geral: Fomentar empreendedores digitais que possam transformar a sua realidade e da comunidade em que vive. Apresentar a legislação vigente aplicada á informática. Possibilitar o entendimento da aplicação dos princípios éticos no exercício profissional. Específicos: Apresentar a definição do Empreendedor Mostrar o Cenário empresarial Nacional Apresentar o Movimento Startup Propiciar situações para o desenvolvimento de um profissional de informática comprometido com a solução de problemas culturais, éticos e técnicocientíficos da comunidade. O papel do empreendedor no processo de criação de novas empresas. Etapas do Processo de Criação de Empresas: a pesquisa de oportunidades, estudo de tendências de mercado. O projeto de criação e início de atividades da nova empresa. Problemas de gestão de micro e pequenas empresas nascentes. Entidades de apoio a pequena e média empresa. Estruturas de cooperação entre empresas. Estudo e análise de situações atuais envolvendo o uso de computadores e como estes afetam a sociedade. Situações específicas: conceito de ética e critérios para tomada de decisões éticas, acesso não autorizado, propriedade intelectual, erros e ameaças à segurança, privacidade e uso de dados pessoais, regulamentação da profissão, inclusão digital, entre

21 outros. Códigos de ética profissional. Direito Autoral e Propriedade Industrial. Aplicações de Direito do Trabalho. Defesa do Consumidor. Ética Profissional. Legislação específica sobre informática. BERNARDI, Luis Antonio. Manual do empreendedorismo e gestão. São Paulo: Atlas DOLABELA, Fernando. Oficina do Empreendedor: A metodologia de Ensino que Ajuda a transformar conhecimento em riqueza. São Paulo: Cultura, Grando, Nei. Empreendedorismo Inovador, Ed. Evora, São paulo, Kawasaki, Guy. A arte do começo - Guia definitivo para iniciar o seu projeto. Ed Best seller, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DOLABELA, Fernando.O segredo de Luísa ed. rev. e atual. -- São Paulo : Editora de Cultura, BES, Fernando Trias de.o Livro Negro do Empreendedor. ed. Best Seller Ltda, RESNIK, Paul. A Bíblia da Pequena Empresa. Makron Books Editora, São Paulo, LICHT, Rene Henrique. Avaliação do perfil empreendedores utilizando a teoria de tipos psicológicos. Revista brasileira de gestão de negócios, Sao Paulo, SP, v. 9, n. 24, p.31-40, AZEVEDO, Solange Coelho de. Empreendedorismo: estratégias para ensinoaprendizagem. Dissertar, Rio de Janeiro, RJ, v. 3, n. 7, p.17-23, 2004.

22 Disciplina: Linguagem de Programação II (PHP) Período: 3º Carga Horária Total: 60h/a Semanal: 3 Teórica: 60h/a Prática: 0h/a Presencial: 40h/a EaD: 20h/a Objetivo Geral: Capacitar o aluno a realizar a programação no modelo Cliente/Servidor, Instruir o aluno nos conceitos de transação com banco de dados por meio de linguagens de programação, bem como os requisitos de operacionalização de um sistema de banco de dados cliente/servidor; Elucidar as funcionalidades da geração de relatórios. Objetivos Específicos: Identificar as técnicas e práticas de programação no modelo cliente/servidor, uso de um sistema de banco de dados cliente/servidor; Construir uma conexão via programação em banco de dados cliente/servidor; Recuperar informações deste banco de dados para geração de relatórios; Instalação e configuração dos requisitos de SGBD para a Linguagem; Conexão com Banco de Dados; Programação de instruções SQL; Manipulação de Dados Cliente/Servidor; Backup e Recuperação de Banco de Dados; Geração de Relatórios. Impressão e Geração de Documentos Fiscais; Criação do Disco de Instalação do Programa ALVES, William Pereira. Delphi 7 : Aplicações Avançadas de Banco de Dados. São Paulo : Érica

23 CANTU, Marcos. Dominando o Delphi 6 - A Bíblia. São Paulo : Makron Books FERREIRA, Marcos dos Santos. Delphi - Tópicos Avançados. São Paulo : Érica MANZANO, José Augusto G. Estudo Dirigido Delphi 7.São Paulo : Érica RUBENKING, Neil J. Programação em Delphi para leigos. São Paulo, Berkeley Manual de Conexão VISA Manual de Conexão POLLYMed.

Ementas Curso Técnico em Informática 1º PERÍODO

Ementas Curso Técnico em Informática 1º PERÍODO Ementas Curso Técnico em Informática 1º PERÍODO Disciplina: Fundamentos de Informática Período: 1º Carga Horária Total 34 h/a Teórica: 24 h/a Prática: 10 h/a Odilon Fernandes Neto Geral: Conhecer conceitos

Leia mais

Disciplina: Fundamentos de Informática

Disciplina: Fundamentos de Informática PréRequisitos: Nenhum Disciplina: Fundamentos de total: 40 Geral: Conhecer conceitos básicos de informática; Conhecer a evolução e história dos computadores; Diferenciar os tipos de memórias; Entender

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS RIO VERDE DIRETORIA DE ENSINO TÉCNICO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS RIO VERDE DIRETORIA DE ENSINO TÉCNICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS RIO VERDE DIRETORIA DE ENSINO TÉCNICO ÁREA PROFISSIONAL INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados;

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados; PLANO DE CURSO Disciplina Competências Habilidades Bases Tecnológicas INGLÊS TÉCNICO Aumentar e consolidar o seu vocabulário ativo e passivo, através da fixação de novas palavras e expressões contidas

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a

Leia mais

Ementário do Curso Técnico em Informática para Internet

Ementário do Curso Técnico em Informática para Internet 1 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico Campus Engenheiro Paulo de Frontin Direção de

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO Este Anexo integra o Edital Nº 35/2007, que disciplina o Concurso Público destinado ao provimento

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Coordenador: Duração: Carga Horária: LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Victor Emanuel Corrêa Lima 6 semestres 2800 horas Situação Legal: Reconhecido pela Portaria MEC nº 503 de 15/02/2006 MATRIZ CURRICULAR Primeiro

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ORGANIZAÇÃO CURRICULAR O curso Técnico em Informática, em Nível Médio Subseqüente, será organizado de forma semestral, com aulas presenciais, compostos por disciplinas, com conteúdos estabelecidos, tendo

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

CURSO TECNOLÓGICO 2008/01 1º SEMESTRE. Programação e Estruturas de Dados Fundamentais

CURSO TECNOLÓGICO 2008/01 1º SEMESTRE. Programação e Estruturas de Dados Fundamentais 1º SEMESTRE Programação e Estruturas de Dados Fundamentais 8 Créditos Desenvolver a lógica de programação através da construção de algoritmos utilizando português estruturado Representar a solução de problemas

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) SISTEMAS PARA INTERNET INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Introdução à Computação A disciplina apresenta a área da Computação como um todo, desde a história e a evolução dos computadores

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CÓDIGO: EXA803 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO CARGA HORÁRIA: 60h EMENTA:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA - PROVA COMUM A TODOS OS CARGOS DE ENSINO MÉDIO 1 Interpretação textual Metáfora, metonímia, ambigüidade, ironia, denotação e conotação, pontos

Leia mais

Disciplina: Informática Introdução à Microinformática (1/3) Carga-Horária: 23 h (30 h/a)

Disciplina: Informática Introdução à Microinformática (1/3) Carga-Horária: 23 h (30 h/a) Disciplina: Informática Introdução à Microinformática (1/3) Carga-Horária: 23 h (30 h/a) Mostrar a evolução do computador ao longo da história; Propiciar ao aluno conhecimentos básicos sobre os computadores

Leia mais

Aplicações para a Web

Aplicações para a Web Aplicações para a Web Universidade Federal do Rio Grande-FURG Pró-Reitoria de Pós-Graduação Secretaria de Educação a Distância SEaD - FURG Sistema Universidade Aberta do Brasil Coordenador: Alessandro

Leia mais

Disciplina: INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO Carga Horária: 68 (sessenta e oito) horas Crédítos: 04 (quatro)

Disciplina: INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO Carga Horária: 68 (sessenta e oito) horas Crédítos: 04 (quatro) Disciplina: INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO Carga Horária: 68 (sessenta e oito) horas Crédítos: 04 (quatro) 1. EMENTA: Histórico da computação. Computadores: estrutura funcional, periféricos, organização

Leia mais

ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário

ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário EDITAL 035/2013 DE 22 DE MAIO DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO/TEMPORÁRIO ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário Área Libras Informática (Hardware/Redes

Leia mais

Sistemas de Computação

Sistemas de Computação Sistemas de Computação Prof. Marcos Portnoi mportnoi@ieee.org Os Computadores Quantas atividades fizemos hoje que não envolveram o uso do computador de alguma forma? Os Computadores O ser humano sempre

Leia mais

Capítulo 2 Introdução à Programação Estrutura de Controle

Capítulo 2 Introdução à Programação Estrutura de Controle Engenharia Elétrica PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA I Capítulo 2 Introdução à Programação Estrutura de Controle Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Plano de Ensino 2. Introdução à Programação

Leia mais

Sistemas de Informação 3º ANO

Sistemas de Informação 3º ANO Sistemas de Informação 3º ANO BANCO DE DADOS Carga horária: 120h Visão geral do gerenciamento de banco de dados. Arquitetura de um Sistema Gerenciador de Banco de Dados. Modelagem e projeto de banco de

Leia mais

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa.

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa. : Técnico em Informática Descrição do Perfil Profissional: O profissional com habilitação Técnica em Microinformática, certificado pelo SENAI-MG, deverá ser capaz de: preparar ambientes para a instalação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

Algoritmos e Linguagem de Programação de Computadores I

Algoritmos e Linguagem de Programação de Computadores I Algoritmos e Linguagem de Programação de Computadores I Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br OBJETIVOS Apresentar conceitos básicos de algoritmos e sua importância na elaboração de soluções

Leia mais

Subáreas. Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos. Formação. Experiência. Conhecimentos. Habilidades

Subáreas. Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos. Formação. Experiência. Conhecimentos. Habilidades Subáreas Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos Design Área: Inovação Perfil Profissional: Instrutor/Consultor Competências Implantação de incubadoras de empresas; Processo de seleção de

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza Ementa Características dos dispositivos móveis. Arquiteturas de aplicação móvel. Infraestrutura móvel.

Leia mais

PLANO PEDAGÓGICO DE ENSINO (PPE)

PLANO PEDAGÓGICO DE ENSINO (PPE) I. IDENTIFICAÇÃO CURSO: CST Análise e Desenvolvimento de Sistemas MODALIDADE/FORMA: Presencial DISCIPLINA: Arquitetura de Computadores CÓDIGO/SIGLA: ADS16 PROFESSOR(A): André Alessandro Stein CARGA HORÁRIA

Leia mais

Ementário das Disciplinas

Ementário das Disciplinas Ementário das Disciplinas As ementas das disciplinas estão agrupadas em semestres para uma melhor visualização da organização da matriz curricular. As referências bibliográficas serão especificadas no

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação O que é lógica? Conjunto de regras e princípios que orientam, implícita ou explicitamente, o desenvolvimento de uma argumentação ou de um raciocínio, a resolução de um problema, etc.

Leia mais

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 50 PRÁTICA: 22

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 50 PRÁTICA: 22 DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Redes de Computadores I PROFESSOR: SERGIO ROBERTO VILLARREAL SIGLA: RED I E-MAIL: sergio.villarreal@udesc.br CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA:

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( X ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016

NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016 NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016 Diante da evolução de técnicas e ferramentas tecnológicas, aliado a novas necessidades curriculares,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO ÁREA: Ciências Naturais e Tecnológicas CURSO: Física Médica PLANO DE ENSINO

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO ÁREA: Ciências Naturais e Tecnológicas CURSO: Física Médica PLANO DE ENSINO CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO ÁREA: Ciências Naturais e Tecnológicas CURSO: Física Médica PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Física Computacional Aplicada à Física Médica Código FSM103 Turma:

Leia mais

Cursos e Treinamentos Profissionais

Cursos e Treinamentos Profissionais Cursos e Treinamentos Profissionais Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com (12) 8124-6853 http://videsouza.scienceontheweb.net Cursos oferecidos Curso de Desenvolvimento de Software Com Java... 1 Curso

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ CURSO PROFISSIONALIZANTE INFORMÁTICA

SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ CURSO PROFISSIONALIZANTE INFORMÁTICA SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ CURSO PROFISSIONALIZANTE INFORMÁTICA Documento elaborado no encontro realizado de 10 a 12 de agosto de 2004. Curitiba, PR Perfil do Profissional Ao final de cada

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( X ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Ambientes de Programação e Banco de Dados Docente: Éberton da Sl Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

Leia mais

DISCIPLINA DO CURRÍCULO

DISCIPLINA DO CURRÍCULO Língua Portuguesa 40 h DISCIPLINA DO CURRÍCULO Possibilitar ao educando o desenvolvimento da escrita, oralidade, capacidade de leitura e competência textual com recursos que auxiliam no âmbito profissional

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza Ementa Características dos dispositivos móveis. Arquiteturas de aplicação móvel. Infraestrutura móvel.

Leia mais

SISTEMA DE BANCO DE DADOS. Banco e Modelagem de dados

SISTEMA DE BANCO DE DADOS. Banco e Modelagem de dados SISTEMA DE BANCO DE DADOS Banco e Modelagem de dados Sumário Conceitos/Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Arquiteturas de um Sistema Gerenciador... 5 3. Componentes de um Sistema... 8 4. Vantagens

Leia mais

CRÉDITO CARGA DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA HORÁRIA TEÓRIC PRÁTICA TEO/PRA T OUTRAS TEOR/PRÁTICAS 20 20 20

CRÉDITO CARGA DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA HORÁRIA TEÓRIC PRÁTICA TEO/PRA T OUTRAS TEOR/PRÁTICAS 20 20 20 UNIDADE UNIVERSITÁRIA: FCT - Faculdade de Ciências e Tecnologia/UNESP CURSO: Ciência da Computação Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado OPÇÃO: DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: DMC Departamento de Matemática e Computação

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º EMENTA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi -97110-767

Leia mais

OPTATIVA IV - PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

OPTATIVA IV - PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza OPTATIVA IV - PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza Ementa Características dos dispositivos móveis. Arquiteturas de aplicação móvel. Infraestrutura

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO 1 FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO Edital numero 005/2014 _ ETEC para o Processo de Seleção de alunos para a Fábrica de Software. FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Introdução a Programação 1º PERÍODO Fundamentos de construção de algoritmos e programas. Algoritmos:

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE VOTAÇÃO WEB UTILIZANDO TECNOLOGIA TOUCHSCREEN

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE VOTAÇÃO WEB UTILIZANDO TECNOLOGIA TOUCHSCREEN DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE VOTAÇÃO WEB UTILIZANDO TECNOLOGIA TOUCHSCREEN José Agostinho Petry Filho 1 ; Rodrigo de Moraes 2 ; Silvio Regis da Silva Junior 3 ; Yuri Jean Fabris 4 ; Fernando Augusto

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

SISCAI - SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO À INTERNET RESUMO

SISCAI - SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO À INTERNET RESUMO SISCAI - SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO À INTERNET Fábio Junior Alves 1 Ernani Vinícius Damasceno 2 RESUMO A Internet é um dos fenômenos mais interessantes em redes, sendo que seu impacto reflete em toda

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR 1º SEMESTRE P101 Desenvolvimento Web 80 CE05 CE06 P102 Língua Portuguesa 40 CG08 CG13 P103 Algoritmos e Lógica de Programação 80

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO

CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO DISCIPLINA: Metodologia Científica H111900 Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia no âmbito das ciências. Metodologia de estudos. O

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA. Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento.

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA. Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento. FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento. FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia, Professor Luiz

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: INFORMÁTICA)

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: INFORMÁTICA) MATRIZ CURRICULAR CURSO: GRADUAÇÃO: REGIME: DURAÇÃO: INTEGRALIZAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: ) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÍNIMO:

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 82/99 CRIA O CURSO SEQÜENCIAL EM PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES, NO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 82/99 CRIA O CURSO SEQÜENCIAL EM PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES, NO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 82/99 CRIA O CURSO SEQÜENCIAL EM PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES, NO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

GERÊNCIA DE DADOS SEMIESTRUTURADOS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

GERÊNCIA DE DADOS SEMIESTRUTURADOS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza GERÊNCIA DE DADOS SEMIESTRUTURADOS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza Ementa Características dos dados da Web. Modelagem de dados semiestruturados. Linguagens de consulta para

Leia mais

SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS

SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br SISTEMA GERENCIADOR

Leia mais

PLANO DE ENSINO. PRÉ-REQUISITO: Modelagem e Programação Orientada a Objetos. PROFESSOR RESPONSÁVEL : Josino Rodrigues Neto

PLANO DE ENSINO. PRÉ-REQUISITO: Modelagem e Programação Orientada a Objetos. PROFESSOR RESPONSÁVEL : Josino Rodrigues Neto UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS

NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2- EMENTA

Leia mais

SIS17-Arquitetura de Computadores

SIS17-Arquitetura de Computadores Sistema de Computação SIS17-Arquitetura de Computadores Apresentação da Disciplina Peopleware Hardware Software Carga Horária: 40 horas 2 Computadores atuais Unidade Central de Processamento Entrada Computadores

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MISSÃO DO CURSO A concepção do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas está alinhada a essas novas demandas

Leia mais

2ª Série (parte técnica)

2ª Série (parte técnica) PROPOSTA CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO COM INFORMÁTICA DO CENTRO PAULA SOUZA E MATRIZ CURRICULAR 2ª Série (parte técnica) LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO 1. Introdução à Lógica de Programação: conceitos básicos;

Leia mais

Computação e Processamento de Dados CPD INF400

Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Professor: André Ferreira andre.ferreira@ifba.edu.br Material baseado: Prof.ª Renata Vilas e outros Apresentação Quem vai solicitar aproveitamento de disciplina?

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CTS DE REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a história e a evolução

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento Unidade de Sobradinho FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia,

Leia mais

FACULDADE INTEGRADAS DE PARANAÍBA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS. Bancos de Dados Conceitos Fundamentais

FACULDADE INTEGRADAS DE PARANAÍBA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS. Bancos de Dados Conceitos Fundamentais FACULDADE INTEGRADAS DE PARANAÍBA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Bancos de Dados Conceitos Fundamentais Tópicos Conceitos Básicos Bancos de Dados Sistemas de Bancos de Dados Sistemas de Gerenciamento de Bancos

Leia mais

Sistema de Gerenciamento do Protocolo Geral da FAPERGS

Sistema de Gerenciamento do Protocolo Geral da FAPERGS Sistema de Gerenciamento do Protocolo Geral da FAPERGS Alcides Vaz da Silva 1 Luiz Gustavo Galves Mählmann 2 Newton Muller 3 RESUMO Este artigo apresenta o projeto de desenvolvimento de um Sistema de Informação

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 27/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Válida para os acadêmicos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Sistemas de Informação

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Sistemas de Informação EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS Disciplina: História do Contestado As civilizações primitivas do contestado. As origens, formação e herança cultural do homem do contestado. A índole guerreira do caboclo catarinense.

Leia mais

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO A Comissão Responsável pela Realização do Concurso Público regido pelo Edital 041/2007 faz saber

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS PAULO ALBERTO BUGMANN ORIENTADOR: ALEXANDER ROBERTO VALDAMERI Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Curso: Informática Modalidade: Bacharelado Turno: Integral.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Curso: Informática Modalidade: Bacharelado Turno: Integral. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2007 ANO DO CURSO 4 o Curso: Informática Modalidade: Bacharelado Turno: Integral Centro: Centro de

Leia mais

Engenharia da Computação Relação das Disciplinas do Currículo Pleno

Engenharia da Computação Relação das Disciplinas do Currículo Pleno Engenharia da Computação Relação das s do Currículo Pleno O curso de Engenharia de Computação apresenta o seguinte currículo pleno, distribuído em 9 períodos letivos. 4 º Período 3 º Período 2 º Período

Leia mais

CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas SÉRIE: 3º Semestre TURNO: Noturno DISCIPLINA: ANÁLISE DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS

CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas SÉRIE: 3º Semestre TURNO: Noturno DISCIPLINA: ANÁLISE DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas SÉRIE: 3º Semestre TURNO: Noturno DISCIPLINA: ANÁLISE DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS CARGA HORÁRIA: 60 horas I - Ementa Modelagem de Processos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CÓDIGO: EXA801 DISCIPLINA: ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO I CARGA HORÁRIA: 60h EMENTA: Classificação

Leia mais

QUALIFICAÇÃO TÉCNICA EM DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

QUALIFICAÇÃO TÉCNICA EM DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Desenvolvimento De Sistemas - Lógica De Programação. 1. Lógica de Programação I 1.1 Introdução á Lógica de Programação 1.2 O que é lógica? 1.3 Lógica Matemática 1.4 Lógica de Programação 1.5 Seqüência

Leia mais

PLANO DE ENSINO ( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA. DEPARTAMENTO: Estatística e Informática (DEINFO) PROFESSOR RESPONSÁVEL: Francielle Silva dos Santos

PLANO DE ENSINO ( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA. DEPARTAMENTO: Estatística e Informática (DEINFO) PROFESSOR RESPONSÁVEL: Francielle Silva dos Santos UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor.

UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor. UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor. Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES Fortaleza - CE Apresentação. O mais famoso tipo de arquitetura utilizada em redes de computadores

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA / MATEMÁTICA / LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de

Leia mais

Noções básicas de Informática: Software

Noções básicas de Informática: Software Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Noções básicas de Informática: Software DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Sobre

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE

Leia mais

2. FOWLER, Martin; SCOTT, Kendall. UML Essencial. São Paulo: Bookman, 2005.

2. FOWLER, Martin; SCOTT, Kendall. UML Essencial. São Paulo: Bookman, 2005. 3º semestre INF302 - Análise e Modelagem de Sistemas I Análise e Modelagem de Sistemas I Identificação: INF302 Semestre: 1º Carga Horária 60 horas Número de Aulas: 72 aulas Aulas 52 aulas Aulas práticas:

Leia mais

Computação Instrumental

Computação Instrumental Computação Instrumental Antonio Cesar Germano Martins amartins@sorocaba.unesp.br Engenharia Ambiental 2º Semestre de 2015 1 Importância da disciplina A informática está totalmente presente no cotidiano

Leia mais

GEE051 - Banco de Dados (BD) Plano de Curso. Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/bd UFU/FACOM - 2011/2

GEE051 - Banco de Dados (BD) Plano de Curso. Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/bd UFU/FACOM - 2011/2 GEE051 - Banco de Dados (BD) Plano de Curso Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/bd UFU/FACOM - 2011/2 Motivação Problemas reais encontrados por engenheiros exigem uma visão

Leia mais

Capítulo 1 Energia Elétrica; Capítulo 2 Montagem; Capítulo 3 Configuração; Capítulo 4 Manutenção; Capítulo 5 Redes;

Capítulo 1 Energia Elétrica; Capítulo 2 Montagem; Capítulo 3 Configuração; Capítulo 4 Manutenção; Capítulo 5 Redes; Capítulo 1 Energia Elétrica; Capítulo 2 Montagem; Capítulo 3 Configuração; Capítulo 4 Manutenção; Capítulo 5 Redes; 1 Colégio Serrano Guardia Módulo I Informática Básica Hardware O hardware é a parte física

Leia mais

CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Franco Vieira Sampaio 1 Atualmente a informática está cada vez mais inserida no dia a dia das empresas, porém, no início armazenavam-se os dados em folhas,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Conceito de Computador Um computador digital é

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3º semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3º semestre EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( X ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA EDITAL DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÕES EM COMPUTAÇÃO MACK COMPUTING CERTIFICATION MCC 2º SEMESTRE DE 2014 O Diretor da Faculdade de Computação e Informática (FCI), no uso de suas atribuições estatutárias

Leia mais

Módulo 1 BLOCO CÓDIGO DISCIPLINA CREDITOS PRÉ-REQUISITOS RECOMENDADOS. (30hs) 4 (60hs) 4 (60hs) (45hs) (30hs) (45hs) 4 (60hs)

Módulo 1 BLOCO CÓDIGO DISCIPLINA CREDITOS PRÉ-REQUISITOS RECOMENDADOS. (30hs) 4 (60hs) 4 (60hs) (45hs) (30hs) (45hs) 4 (60hs) GRADE CURRICULAR Módulo 1 BLOCO CÓDIGO DISCIPLINA CREDIOS PRÉ-REQUISIOS 1 2 3 SIHC-1-1 Introdução à EaD SICC-1-3 SI-1- SI-1-5 SIMM-1-6 SICC-1-7 SICC-1-8 SIC-1-9 Orientação Profissional Construção de Algoritmos

Leia mais

Unidade IV ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS. Software livre se refere à liberdade dos usuários com relação ao software, mais precisamente:

Unidade IV ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS. Software livre se refere à liberdade dos usuários com relação ao software, mais precisamente: ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS Unidade IV DEFINIR A MELHOR SOLUÇÃO DE BANCO DE DADOS PARA AS NECESSIDADES DA EMPRESA.1 O uso das tecnologias.1.1 O software livre 1 A tecnologia de banco de dados, assim

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2015 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 1 Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores

Leia mais

Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Autor: José Augusto Manzano. Capítulo 1 Abordagem Contextual

Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Autor: José Augusto Manzano. Capítulo 1 Abordagem Contextual Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores Autor: José Augusto Manzano Capítulo 1 Abordagem Contextual 1.1. Definições Básicas Raciocínio lógico depende de vários fatores para

Leia mais