PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO"

Transcrição

1 PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO Wilker Luiz Machado Barros¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil Resumo. Este trabalho propõe o desenvolvimento de uma plataforma que capture dados de um paciente, como pressão arterial e oxigenação do sangue, e envie os mesmos via internet para um médico a distância. A plataforma utilizada será Arduino por ser open source e apresentar baixo custo. Esta plataforma também foi escolhida por disponibilizar diversos sensores que possibilitam sua implementação de forma eficiente e econômica. Os testes iniciais com o Arduino mostraram uma simplicidade no desenvolvimento e diversas bibliotecas para que os dados possam ser enviados via Internet. 1. Introdução Com o crescimento contínuo das populações, tem expandido cada vez mais a tecnologia no mundo inteiro. A tecnologia está crescendo grandemente e proporcionando muitas oportunidades de emprego em diversas áreas da informática, até mesmo na área da medicina. Devido a evolução das populações, gerou-se um problema no atendimento aos pacientes nos hospitais, em relação a qualidade nesse atendimento, [UNICARE, 2012]. Para que esse problema seja resolvido, será necessário desenvolver um aparelho controlador de alguns sinais vitais do corpo humano, chamado Oxímetro. O médico terá um dispositivo móvel com uma interface paciente/médico, que receberá os dados que o Oxímetro enviar, para avaliar o paciente sem que esteja presente no local, caso precisar de atendimento, o médico tomará providência e prestará o serviço. O termo atendimento domiciliar é relativamente recente no mercado de trabalho, mas existente em algumas cidades. Com isso, a tecnologia relacionada com a área da saúde possui medidas que precisam ser melhoradas para o futuro da humanidade, pois possui auto custo benefício. Atualmente os planos de saúde oferecem o Home Care para que as pessoas permaneçam em sua residência durante o período de internação, desta maneira a presença física do médico não é possível. Assim o paciente terá maior segurança, maior conforto e maior confiabilidade no atendimento em seu lar. Em alguns casos, os pacientes não necessitam de monitoramento contínuo, pois o médico avaliará o paciente através do Oxímetro via web, e realizará o atendimento caso houver necessidade. O projeto tem por objetivo realizar um estudo sobre a plataforma Arduino e alguns dispositivos eletrônicos que a mesma possui, para a implementação do protótipo, que irá proporcionar melhorias no Home Care. O paciente e o médico obterá uma

2 grande vantagem, pois com o Oxímetro o paciente terá um pleno acompanhamento de todos os procedimentos do tratamento e proporciona ao médico um excelente acompanhamento mesmo não estando presente. 2. Metodologia Para o desenvolvimento do presente trabalho Técnico-Científico foi levado em consideração uma necessidade que os médicos possuem para monitorar seus pacientes mesmo não estando fisicamente presente. Portanto, será realizado um estudo através de sites, artigos científicos com conteúdos semelhantes, para ajudar a entender o que pode ser melhorado no Home Care de baixo custo. 3. Desenvolvimento 3.1. Home Care O Home Care é uma modalidade que tem por finalidade prestar serviços na área da saúde utilizando tecnologias e ferramentas de eletrônica para auxiliar no atendimento domiciliar, visa melhorar o atendimento aos pacientes no domicílio realizando serviços com maior qualidade. Novas tecnologias adequadas de baixo custo agregando maior conforto para o paciente, evitando que o paciente permanece no hospital, [LAHAM, 2003, p. 2]. Será oferecido suporte de serviço para implantação do protótipo no atendimento domiciliar, tem por finalidade capturar alguns de sinais vitais do corpo humano como pressão arterial, temperatura do corpo e oxigenação do sangue. Desta maneira diminui os riscos de infecção hospitalar, e o paciente se recupera da melhor maneira possível, pois terá os cuidados prestados pelo médico com maior qualidade, [EINSTEIN, 2009]. O objetivo do Home Care não é substituir a consulta médica, mas sim complementar e melhorar nos atendimentos aos pacientes, oferecendo um acompanhamento do tratamento médico e paciente, com o paciente analisando passo a passo todo o tratamento a distância. O monitoramento feito através do atendimento domiciliar promove a qualidade em diversos fatores, com os resultados apresentados no visor do aparelho, o médico saberá se houve alterações nos batimentos cardíacos e se o paciente tomou a medicação no horário correto, [UNICARE, 2012]. Pesquisadores da área da computação buscam um meio de unir a tecnologia com a medicina na área da saúde para auxiliar o ser humano nas limitações que possuem, e aos que necessitam desses atendimentos. Telemedicina são serviços ligados aos cuidados na área da saúde por profissionais que utilizam tecnologias de informação e de comunicação, que através de intercâmbio as informações são validadas, diagnosticadas e tratadas para a prevenção de doenças, e para fins de pesquisas, [JUNIOR, ]. A maioria das clinicas médicas utiliza tecnologia da informação e comunicação para atendimento a distância, com o desenvolvimento dessas tecnologias abriu novas oportunidades para os profissionais de saúde, dando possibilidades para serviços em regiões distantes. O cuidado domiciliar aos pacientes tem por objetivo facilitar e melhorar no atendimento, pois a maioria dos pacientes que necessitam de cuidados domésticos são

3 idosos, por terem maior dificuldade aos tratamentos e alguns possuem dificuldades de se movimentar Arduino Segundo JUNIOR (2012), Arduino é uma plataforma livre de desenvolvimento de Hardware e Software, baseado na linguagem C, porém é de melhor entendimento para se desenvolver. Também é uma plataforma open source, sendo com menor custo benefício, pois existe muitas contribuições dos usuários, sendo assim seu desenvolvimento está sempre sendo atualizado. Pode ser utilizados para desenvolver vários dispositivos através de sensores, motores de passo, servo motores, luzes e leds, entre outros. O software é instalado automaticamente após a execução do programa, após criar um programa que fará o controle do hardware, basta transferi-lo para a placa do Arduino, [JUNIOR, 2012]. Ainda seguindo os conceitos de JUNIOR (2012), pós o mesmo se tornar autônomo, ou seja, não há necessidade de um computador para seu funcionamento. Existe ainda a possibilidade de expandir sua capacidade com o auxílio das Shields, que são placas adicionais para desenvolvimento que ampliam a capacidade da placa do Arduino. O UNO é uma das placas do Arduino que possui um micro controlador baseado no Atmega328, que possui 14 pinos de E/S onde 6 deles podem ser usados como saída PWM(energia), 6 entradas analógicas, cristal oscilador de 16 MHz, uma conexão USB, uma tomada de energia, um conector ICSP (In Circuit Serial Programming) e um botão de reset, [ARDUINO.CC, 2012]. MCROBERTS [2011] afirma que a plataforma Arduino pode ser descrita como um computador de pequeno porte permitindo ser programado, possibilitando o controle de componentes externos que de alguma forma estejam conectados a ela conhecida também como plataforma embarcada, permitindo assim ter total interação com o ambiente através de software e hardware, a plataforma o Arduino tem a vantagem de ser conectado a uma rede local ou até mesmo a internet fazendo o uso de Shields (escudos) tornando possível o recebimento e envio de informações qualquer lugar que haja uma conexão, [PÉRIGO, 2014]. Na Figura 1, mostra a placa UNO da plataforma arduino que será utilizado para o monitoramento dos sinais vitais. Portanto é a mais indicada para o desenvolvimento do aparelho Oxímetro, possui baixo custo benefício e é uma plataforma open source, pois foi realizado alguns testes e seu funcionamento atenderá a necessidade do protótipo proposto a ser desenvolvido. Figura 1: Placa uno da plataforma arduino A figura 1 mostra a placa UNO da plataforma Arduino, na qual será utilizada.

4 3.3. Implementação O projeto proposto utilizará alguns conceitos da plataforma Arduino e dispositivos eletrônicos para o desenvolvimento do protótipo. As informações e os conteúdos necessários para o desenvolvimento do protótipo serão selecionadas para dar inicio a implementação do protótipo, o Arduino fará a comunicação com o computador e transmitirá os sinais vitais do computador para o aparelho controlador. O aparelho ira permitir o controle da temperatura corporal, oxigenação sangüínea e pressão arterial através da plataforma Arduino. Na figura 2, mostra um exemplo de um aparelho que emitirá em tempo real as informações sobre os sinais vitais do paciente via web, o médico fará a visualização dos sinais vitais através de um receptor, que será um dispositivo móvel smarthphone. Porém o médico irá atender o paciente caso houver necessidade. Figura 2: Receptor Smarthphone A figura 2 mostra um exemplo de um aparelho smarthphone, que neste caso é o receptor dos sinais vitais. O receptor recebe os dados que o Oxímetro emite para ele, através do computador, para realizar a comunicação entre os dois dispositivo. 4. Considerações finais As Shields, da plataforma Arduino, escolhidas para desenvolvimento do protótipo são relativamente eficientes em relação ao custo benefício. O protótipo será utilizado para melhorar o atendimento do Home Care, uma vez que possibilitará que o médico mesmo a distância possa acompanhar alguns dados de seu paciente. Uma das vantagens encontrada na utilização do Oxímetro que será desenvolvido é o pleno acompanhamento que o paciente terá durante todo tratamento. Pois a oxigenação e outros dados poderão ser armazenados continuamente e estarão disponíveis a qualquer hora para o médico.

5 5. Referências Junior, Antônio Nechar. ( ) O que é telemedicina. Disponível em: <www.telcor.com.br/artigos/?id=3> Acesso em: 10/05/2014. Einstein, Albert. (2009) O que é home care?. Disponível em: <www.einstein.br/hospital/home-care/o-que-e-home-care/paginas/o-que-e-homecare.aspx> Acesso em: 10/05/2014. Périgo, Paulo Sergio Mattos. (2014) Automação de Aviário Utilizando a Plataforma Arduino. p. 5. Laham, Cláudia Fernandes. (2003) Percepção de perdas e ganhos subjetivos entre cuidadores de pacientes atendidos em um programa de assistência domiciliar. Mestrado em Ciências. Departamento de Fisiopatologia Experimental, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, Unicare, Saúde. (2012) Unicare saúde oferece home care de alta complexidade à distância. Disponível em: <http://www.revistacobertura.com.br/lermais_materias. php?cd_materias=89845&friurl=:-unicare-saude-oferecehomecaredealtacomplexidadea-distancia-> Acesso em: 10/05/2014. Júnior, José de Moura. (2012) Protótipo de mão robótica de baixo custo para reabilitação. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Sistemas de Informação). Sistemas de Informação, Unipar - Universidade Paranaense de Paranavaí, Paranavaí, Kon, F.; Kon, R. (2007) Pesquisadores da usp criam sistema que auxilia atendimento médico domiciliar. Disponível em: <https://www.ime.usp.br/images/arquivos/borboleta.pdf> Acesso em: 27/08/2014. Gambiarras, Guitarras e Gambiarras. (2012) Controlador de pedais com arduino. Disponível em: <http://guitarrasegambiarras.com/category/geral/page/5/> Acesso em: 28/08/2014.

Alarme Automotivo com mensagem para móvel utilizando Arduino

Alarme Automotivo com mensagem para móvel utilizando Arduino Alarme Automotivo com mensagem para móvel utilizando Arduino Maycon Cirilo dos Santos¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil mayconsi2012@gmail.com, wyllian@unipar.br

Leia mais

RECONHECIMENTO DE VOZ UTILIZANDO ARDUINO

RECONHECIMENTO DE VOZ UTILIZANDO ARDUINO RECONHECIMENTO DE VOZ UTILIZANDO ARDUINO Jessica Garcia Luz, Wyllian Fressatti Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí - PR - Brasil jessica.garcia.luz@gmail.com wyllian@unipar.br Resumo. Este artigo

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS PLATAFORMAS ARDUINO E PIC

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS PLATAFORMAS ARDUINO E PIC ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS PLATAFORMAS ARDUINO E PIC Tiago Menezes Xavier de Souza¹, Igor dos Passos Granado¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí- PR- Brasil tiago_x666@hotmail.com,

Leia mais

VEÍCULO CONTROLADO POR ARDUINO ATRAVÉS DO SISTEMA OPERACIONAL ANDROID

VEÍCULO CONTROLADO POR ARDUINO ATRAVÉS DO SISTEMA OPERACIONAL ANDROID VEÍCULO CONTROLADO POR ARDUINO ATRAVÉS DO SISTEMA OPERACIONAL ANDROID André Luis Fadinho Portante¹, Wyllian Fressatti¹. ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil andreportante@gmail.com, wyllian@unipar.br

Leia mais

Técnicas para interação de computador de bordo com dispositivo móvel usando tecnologia bluetooth

Técnicas para interação de computador de bordo com dispositivo móvel usando tecnologia bluetooth Técnicas para interação de computador de bordo com dispositivo móvel usando tecnologia bluetooth João Paulo Santos¹, Wyllian Fressaty¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil Jpsantos1511@gmail.com,

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UM ROBÔ TERRESTRE CONTROLADO REMOTAMENTE UTILIZANDO A PLATAFORMA ARDUINO

CONSTRUÇÃO DE UM ROBÔ TERRESTRE CONTROLADO REMOTAMENTE UTILIZANDO A PLATAFORMA ARDUINO CONSTRUÇÃO DE UM ROBÔ TERRESTRE CONTROLADO REMOTAMENTE UTILIZANDO A PLATAFORMA ARDUINO Leopoldo Jacobsen¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil leopoldojacobsen@gmail.com,

Leia mais

BANCO DE DADOS DISTRIBUIDO PARA CONSULTA DE TEMPERATURA E UMIDADE UTILIZANDO ARDUINO E ANDROID

BANCO DE DADOS DISTRIBUIDO PARA CONSULTA DE TEMPERATURA E UMIDADE UTILIZANDO ARDUINO E ANDROID BANCO DE DADOS DISTRIBUIDO PARA CONSULTA DE TEMPERATURA E UMIDADE UTILIZANDO ARDUINO E ANDROID Douglas Bento Scriptore¹, José de Moura Júnior² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil. douglasscriptore@gmail.com

Leia mais

APLICAÇÃO PARA ANÁLISE GRÁFICA DE EXERCÍCIO FÍSICO A PARTIR DA PLATAFORMA ARDUINO

APLICAÇÃO PARA ANÁLISE GRÁFICA DE EXERCÍCIO FÍSICO A PARTIR DA PLATAFORMA ARDUINO APLICAÇÃO PARA ANÁLISE GRÁFICA DE EXERCÍCIO FÍSICO A PARTIR DA PLATAFORMA ARDUINO Alessandro A. M de Oliveira 1 ; Alexandre de Oliveira Zamberlan 1 ; Péricles Pinheiro Feltrin 2 ; Rafael Ogayar Gomes 3

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE INTERFACE CÉREBRO COMPUTADOR E SUA UTILIZAÇÃO EM DISPOSITIVOS ROBÓTICOS

UM ESTUDO SOBRE INTERFACE CÉREBRO COMPUTADOR E SUA UTILIZAÇÃO EM DISPOSITIVOS ROBÓTICOS UM ESTUDO SOBRE INTERFACE CÉREBRO COMPUTADOR E SUA UTILIZAÇÃO EM DISPOSITIVOS ROBÓTICOS Guilherme Rodrigues Ribeiro¹, Wyllian Fressatti¹, José de Moura Júnior¹ 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí

Leia mais

USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS NA MEDICINA

USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS NA MEDICINA USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS NA MEDICINA Marcos Lima, Júlio César Pereira Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil marcos_jump@hotmail.com juliocesarp@unipar.br Resumo. Este artigo constitui

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA TOUCH SCREEN

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA TOUCH SCREEN INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA TOUCH SCREEN Eduardo Reis Tomiassi¹, Wyllian Fressatti 2 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí -Paraná- Brasil tomiassi88@hotmail.com, wyllian@unipar.br Resumo: Neste trabalho

Leia mais

O USO DE UM SENSOR DE LUZ LINEAR COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DEMONSTRAR PRINCÍPIOS DE DIFRAÇÃO E ESPECTROSCOPIA

O USO DE UM SENSOR DE LUZ LINEAR COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DEMONSTRAR PRINCÍPIOS DE DIFRAÇÃO E ESPECTROSCOPIA Quim. Nova, Vol. 38, No. 3, S1-S6, 2015 O USO DE UM SENSOR DE LUZ LINEAR COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DEMONSTRAR PRINCÍPIOS DE DIFRAÇÃO E ESPECTROSCOPIA Fernando Arruda Mendes de Oliveira a,b, Eduardo Ribeiro

Leia mais

Na primeira aula, conhecemos um pouco sobre o projeto Arduino, sua família de placas, os Shields e diversos exemplos de aplicações.

Na primeira aula, conhecemos um pouco sobre o projeto Arduino, sua família de placas, os Shields e diversos exemplos de aplicações. Na primeira aula, conhecemos um pouco sobre o projeto Arduino, sua família de placas, os Shields e diversos exemplos de aplicações. A partir de agora, iremos conhecer o hardware do Arduino e suas caracteristicas

Leia mais

Monitoramento Remoto de Sinais Fisiológicos em Crianças. Prof. Dr. Fábio Rodrigues de la Rocha

Monitoramento Remoto de Sinais Fisiológicos em Crianças. Prof. Dr. Fábio Rodrigues de la Rocha Monitoramento Remoto de Sinais Fisiológicos em Crianças Prof. Dr. Fábio Rodrigues de la Rocha () 1 / 22 Motivação: Uma criança pequena em casa é uma fonte de alegria para os pais e é normal que estes tentem

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING)

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) Thiago Batista de Oliveira¹, Júlio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil thiagoolyveira@gmail.com,juliocesarp@unipar.br

Leia mais

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 4 Avaliação/validação da implementação do SMD 113

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 4 Avaliação/validação da implementação do SMD 113 Capítulo 4 Avaliação/validação da implementação do SMD 113 CAPÍTULO 4 AVALIAÇÃO/VALIDAÇÃO DA IMPLEMENTAÇÃO DO SMD Para a avaliação e validação do SMD o equipamento biomédico utilizado foi um Oxímetro Dixtal,

Leia mais

Projeto de controle e Automação de Antena

Projeto de controle e Automação de Antena Projeto de controle e Automação de Antena Wallyson Ferreira Resumo expandido de Iniciação Tecnológica PUC-Campinas RA: 13015375 Lattes: K4894092P0 wallysonbueno@gmail.com Omar C. Branquinho Sistemas de

Leia mais

TÍTULO: JANELA AUTOMATIZADA QUE OPERA A PARTIR DE DADOS METEOROLÓGICOS OBTIDOS POR SENSORES

TÍTULO: JANELA AUTOMATIZADA QUE OPERA A PARTIR DE DADOS METEOROLÓGICOS OBTIDOS POR SENSORES TÍTULO: JANELA AUTOMATIZADA QUE OPERA A PARTIR DE DADOS METEOROLÓGICOS OBTIDOS POR SENSORES CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA

Leia mais

TÍTULO: SERVIÇOS HTTP COM GEOPOSICIONAMENTO DE FROTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

TÍTULO: SERVIÇOS HTTP COM GEOPOSICIONAMENTO DE FROTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS TÍTULO: SERVIÇOS HTTP COM GEOPOSICIONAMENTO DE FROTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS AUTOR(ES):

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA MICROCONTROLADO DE BAIXO CUSTO UTILIZANDO SMARTPHONE PARA APLICAÇÕES DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA MICROCONTROLADO DE BAIXO CUSTO UTILIZANDO SMARTPHONE PARA APLICAÇÕES DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA - ELETROTÉCNICA GUILHERME SARTORI LEANDRO ARIEL MOLINA WILLIAN CEZAR GONÇALVES

Leia mais

ARDUINO UNO Guia do Usuário

ARDUINO UNO Guia do Usuário ARDUINO UNO Guia do Usuário Heco Mecatrônica Ltda. e-mail: vendas@hecomecatronica.com.br Visite nosso site: www.hecomecatronica.com.br Loja Virtual: shop.hecomecatronica.com.br Guia do Usuário - Página

Leia mais

Ambientes Inteligentes

Ambientes Inteligentes Ambientes Inteligentes APRESENTAÇÃO Com a grande inovação tecnológica e a evidente demanda por segurança e comodidade, o gerenciamento de todos os processos e máquinas que nos rodeia torna-se indispensável.

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3 DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3 Eduardo Laguna Rubai, Tiago Piperno Bonetti Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR- Brasil eduardorubay@gmail.com, bonetti@unipar.br Resumo.

Leia mais

AUTOR(ES): LUIS WAGNER PASSINHO, ALESSANDRA CRISTINA SILVA, DANIEL ALVES DA ROCHA

AUTOR(ES): LUIS WAGNER PASSINHO, ALESSANDRA CRISTINA SILVA, DANIEL ALVES DA ROCHA TÍTULO: AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL PELA INTERNET COM PHP E ARDUINO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS AUTOR(ES):

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores.

PROJETO DE PESQUISA. Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores. PROJETO DE PESQUISA 1. Título do projeto Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores. 2. Questão ou problema identificado Controlar remotamente luminárias, tomadas e acesso

Leia mais

SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION. Conheça a nova face do. controle de pista.

SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION. Conheça a nova face do. controle de pista. SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION Conheça a nova face do controle de pista. Controle onde você mais precisa. Controle onde voc O Sistema de Pista Wayne Fusion permite uma interface ininterrupta de suas bombas,

Leia mais

FIREWIRE. O logotipo padronizado: Suas principais vantagens:

FIREWIRE. O logotipo padronizado: Suas principais vantagens: FIREWIRE O barramento Firewire, também conhecido como IEEE 1394 ou como i.link, foi desenvolvido inicialmente pela Apple Computer em 1996, como um barramento serial de alta velocidade, e transfere um grande

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 5 Conclusões 133

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 5 Conclusões 133 Capítulo 5 Conclusões 133 CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES Neste capítulo são abordadas as conclusões traçadas no desenvolvimento e validação do SMD, e indicação de estudos futuros. Ressalta-se o atendimento aos

Leia mais

INTRODUÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO PRIMEFACES MOBILE EM APLICAÇÕES JSF

INTRODUÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO PRIMEFACES MOBILE EM APLICAÇÕES JSF INTRODUÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO PRIMEFACES MOBILE EM APLICAÇÕES JSF Guilherme Macedo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil guilhermemacedo28@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina X-015 - MONITORAMENTO VIA INTERNET DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO TIPO

Leia mais

Plataforma ARDUINO Aplicada a Projetos Interdisciplinares. Clebson Joel Mendes de Oliveira Faculdade do Centro Leste - UCL

Plataforma ARDUINO Aplicada a Projetos Interdisciplinares. Clebson Joel Mendes de Oliveira Faculdade do Centro Leste - UCL Plataforma ARDUINO Aplicada a Projetos Interdisciplinares Clebson Joel Mendes de Oliveira Faculdade do Centro Leste - UCL Introdução Projeto Interdisciplinar 2 (PI 2) Elementos de Automação dos Projetos

Leia mais

CBIS 2004 - HandMed. HandMed. Um sistema móvel integrado para captura automática de sintomas

CBIS 2004 - HandMed. HandMed. Um sistema móvel integrado para captura automática de sintomas HandMed Um sistema móvel integrado para captura automática de sintomas 2 Índice Equipe Introdução Materiais e métodos Resultados Conclusão Bibliografia 3 HandMed - Equipe Coordenação do projeto: Professor

Leia mais

Comunicação via interface SNMP

Comunicação via interface SNMP Comunicação via interface SNMP 1 - FUNCIONAMENTO: Os No-breaks PROTEC possuem 3 interfaces de comunicação: Interface RS232, interface USB e interface SNMP. Todas elas permitem o controle e o monitoramento

Leia mais

Software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP

Software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP Software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP Paulo Fernando da Silva psilva@senior.com.br Sérgio Stringari stringari@furbbr Resumo. Este artigo apresenta a especificação

Leia mais

CONTROLE AUTOMÁTICO DO TEMPO DE UM BANHO EM FUNÇÃO DO FLUXO DA AGUA VISANDO A SUSTENTÁBILIDADE

CONTROLE AUTOMÁTICO DO TEMPO DE UM BANHO EM FUNÇÃO DO FLUXO DA AGUA VISANDO A SUSTENTÁBILIDADE CONTROLE AUTOMÁTICO DO TEMPO DE UM BANHO EM FUNÇÃO DO FLUXO DA AGUA VISANDO A SUSTENTÁBILIDADE Marcus Valério Rocha Garcia mvrgarcia70@gmail.com Luiz Flavio Parquet luizflavio0710@gmail.com Matheus Dantas

Leia mais

GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1. NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados

GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1. NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1 NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados IMPORTANTE Máquinas de controle numérico são potencialmente perigosas. A Nevex Tecnologia Ltda não

Leia mais

ACIONANDO DISPOSITIVOS ATUADORES EXTERNAMENTE COM ARDUINO ETHERNET

ACIONANDO DISPOSITIVOS ATUADORES EXTERNAMENTE COM ARDUINO ETHERNET ACIONANDO DISPOSITIVOS ATUADORES EXTERNAMENTE COM ARDUINO ETHERNET Filipe Cavalcanti Fernandes 13filipe11@gmail.com Universidade Federal do Pará (UFPA) Campus de Tucuruí BR 422 km 13, Canteiro de Obras

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM Pedro Victor Fortunato Lima, Ricardo Ribeiro Rufino Universidade Paranaense UNIPAR Paranavaí Paraná Brasil pedrin_victor@hotmail.com, ricardo@unipar.br

Leia mais

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2 ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 Definição de uma tecnologia de implementação e do repositório de dados para a criação da ferramenta

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas......8 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

Todos os produtos são desenvolvidos e produzidos no Brasil!

Todos os produtos são desenvolvidos e produzidos no Brasil! CATÁLOGO DE PRODUTOS 01/2014 A MBTech é uma empresa focada em soluções tecnológicas e desenvolvimento de produtos que aliam a inovação tecnológica ao perfil da indústria brasileira. Com equipe de desenvolvimento

Leia mais

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

Controle de Acesso. Automático de Veículos. saiba mais. automação

Controle de Acesso. Automático de Veículos. saiba mais. automação Controle de Acesso Automático de Veículos Este trabalho tem como objetivo desenvolver uma solução tecnológica que permita o controle dos portões automáticos remotamente através da internet. Aplicando-se

Leia mais

A ideia! Criar uma plataforma de prototipagem de componentes eletrônicos e sistemas de automação para leigos!

A ideia! Criar uma plataforma de prototipagem de componentes eletrônicos e sistemas de automação para leigos! Prof. Cláudio Oliveira Prof. Humberto Zanetti Prof. Júlio Vansan A ideia! Criar uma plataforma de prototipagem de componentes eletrônicos e sistemas de automação para leigos! 1 O que é Arduino? Uma plataforma

Leia mais

TÍTULO: SISTEMA DE MONITORAMENTO DE SENSORES UTILIZANDO O PROTOCOLO ZIGBEE PARA COMUNICAÇÃO SEM FIO

TÍTULO: SISTEMA DE MONITORAMENTO DE SENSORES UTILIZANDO O PROTOCOLO ZIGBEE PARA COMUNICAÇÃO SEM FIO Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: SISTEMA DE MONITORAMENTO DE SENSORES UTILIZANDO O PROTOCOLO ZIGBEE PARA COMUNICAÇÃO SEM FIO

Leia mais

Módulo de captura de imagens do sistema Scisoccer

Módulo de captura de imagens do sistema Scisoccer 1 Módulo de captura de imagens do sistema Scisoccer Rafael Antonio Barro [1] Jailton Farias de Carvalho [2] Resumo: Este artigo descreve como funciona o módulo de captura de imagens do software Sci-soccer,

Leia mais

Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis

Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis Visão Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 24/06/12

Leia mais

PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL

PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL Adson Diego Dionisio da SILVA 1, Saulo Soares de TOLEDO², Luiz Antonio Costa Corrêa FILHO³, Valderí Medeiros

Leia mais

Vitória (ES), 13 de março de 2009. À T.O.D.O.S. OPERADORES S/A.

Vitória (ES), 13 de março de 2009. À T.O.D.O.S. OPERADORES S/A. Vitória (ES), 13 de março de 2009. À T.O.D.O.S. OPERADORES S/A. O OGMO-ES está empenhado em oferecer aos requisitantes de mão-de-obra cada vez mais agilidade no envio e retorno das informações sob sua

Leia mais

Prof. Cláudio Oliveira. Prof. Humberto Zanetti. Coordenador - Fatec Jundiaí. Professor - Fatec Jundiaí Coordenador - Etec de Itatiba

Prof. Cláudio Oliveira. Prof. Humberto Zanetti. Coordenador - Fatec Jundiaí. Professor - Fatec Jundiaí Coordenador - Etec de Itatiba Prof. Cláudio Oliveira Coordenador - Fatec Jundiaí Prof. Humberto Zanetti Professor - Fatec Jundiaí Coordenador - Etec de Itatiba A ideia! Criar uma plataforma de prototipagem de componentes eletrônicos

Leia mais

TÍTULO: SISTEMA DE ACESSIBILIDADE E AUTOMATIZAÇÃO PARA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADE ESPECIAIS

TÍTULO: SISTEMA DE ACESSIBILIDADE E AUTOMATIZAÇÃO PARA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADE ESPECIAIS TÍTULO: SISTEMA DE ACESSIBILIDADE E AUTOMATIZAÇÃO PARA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADE ESPECIAIS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE TECNOLOGIA

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

Manual do Usuário. Desenvolvido para

Manual do Usuário. Desenvolvido para Manual do Usuário Desenvolvido para 1 Obrigado por comprar um Produto Comtac Você comprou um produto de uma empresa que oferece alta qualidade e valor agregado. Conheça nossa linha completa através do

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL TÍTULO I - DO LABORATÓRIO DIDÁTICO CAPÍTULO I - DA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Controle para Motores de Passo usando módulo USB-6008

Controle para Motores de Passo usando módulo USB-6008 Departamento de Física e Ciência dos Materiais Caixa Postal 369-13560-970 São Carlos SP Brasil e-mail : andretec@ifsc.usp.br Controle para Motores de Passo usando módulo USB-6008 Introdução Neste projeto

Leia mais

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Automação de Processos. Jones Madruga

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Automação de Processos. Jones Madruga Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil Automação de Processos Jones Madruga Promover melhorias e inovações que efetivamente criam valor não é simples... Apresentação Ø Organização PRIVADA

Leia mais

IMPACTOS DA IMPLANTAÇÃO DO SiGH NO NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE RESENDE

IMPACTOS DA IMPLANTAÇÃO DO SiGH NO NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE RESENDE SEGeT Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia 1 IMPACTOS DA IMPLANTAÇÃO DO SiGH NO NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE RESENDE RESUMO Este artigo tem como finalidade apresentar a possibilidade de informatização

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Tutorial de Utilização do CellControl SMS I/O em rede DXNET com CLP Dexter µdx série 200

Tutorial de Utilização do CellControl SMS I/O em rede DXNET com CLP Dexter µdx série 200 Tutorial de Utilização do CellControl SMS I/O em rede DXNET com CLP Dexter µdx série 200 julho/2010 GSControl Automação Ltda. Rua Washington Luiz, 675 ITC Conjunto 1101 Centro Porto Alegre RS CEP 90010-460

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Suporte a redes CAN para Aplicações Embarcadas

Suporte a redes CAN para Aplicações Embarcadas Universidade Federal de Santa Catarina UFSC Departamento De Informática e Estatística INE Bacharelado em Ciências Da Computação Suporte a redes CAN para Aplicações Embarcadas Autor: Alessandro Barreiros

Leia mais

V O C Ê N O C O N T R O L E.

V O C Ê N O C O N T R O L E. VOCÊ NO CONTROLE. VOCÊ NO CONTROLE. O que é o Frota Fácil? A Iveco sempre coloca o desejo de seus clientes à frente quando oferece ao mercado novas soluções em transportes. Pensando nisso, foi desenvolvido

Leia mais

Características técnicas Baseado no ATMega da empresa AVR, fabricante de micro-controladores em plena ascensão e concorrente do PIC Pode usar ATMega

Características técnicas Baseado no ATMega da empresa AVR, fabricante de micro-controladores em plena ascensão e concorrente do PIC Pode usar ATMega ARDUINO O que é Arduino Arduino foi criado na Itália por Máximo Banzi com o objetivo de fomentar a computação física, cujo conceito é aumentar as formas de interação física entre nós e os computadores.

Leia mais

Orientações para a falta de Energia Elétrica na residência

Orientações para a falta de Energia Elétrica na residência Orientações para a falta de Energia Elétrica na residência Copyright 2015 Home Health Care Doctor Ser viços Médicos Domiciliares S/S Ltda. Rua Capitão Francisco Teixeira Nogueira, 154 Água Branca Cep:

Leia mais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais BI AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL Sistema Integrado de Teste em Umbilicais Objetivos da Apresentação Demonstrar a Arquitetura de hardware e software da National Instruments utilizada na solução; Discutir

Leia mais

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL Automação e Controle AR026 SUMÁRIO I. Sistemas Supervisórios... 3 II. Automação... 4 III. Arquitetura de Redes Industriais... 5 IV. Comunicação entre Supervisório e CLP...7 V. O Protocolo

Leia mais

TUTORIAL Arduino Nano

TUTORIAL Arduino Nano Conceito: O é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com circuitos de entrada/saída embutido que podem ser facilmente

Leia mais

Arduino. Wanderson Souza wandersonsouza.info@gmail.com Professor de Robótica

Arduino. Wanderson Souza wandersonsouza.info@gmail.com Professor de Robótica Arduino Wanderson Souza wandersonsouza.info@gmail.com Professor de Robótica About me Tecnólogo em Computação - ETER Licenciado em Computação - UEPB Professor de Robótica Pedagógica desde 2008 Grupo de

Leia mais

MCL. Monitoramento de Cuidados no Leito

MCL. Monitoramento de Cuidados no Leito MCL Monitoramento de Cuidados no Leito MCL O MCL é uma solução inovadora, sem similar no mercado, que proporciona aos hospitais a otimização dos seus processos de monitoramento dos pacientes, gerencia

Leia mais

2.1 Montando o cabo serial... 4 2.2 Conectando o receptor ao PC... 5 2.3 Instalando o programa (DRU)... 5

2.1 Montando o cabo serial... 4 2.2 Conectando o receptor ao PC... 5 2.3 Instalando o programa (DRU)... 5 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Instalação... 4 2.1 Montando o cabo serial... 4 2.2 Conectando o receptor ao PC... 5 2.3 Instalando o programa (DRU)... 5 3. Atualizando o receptor... 8 3.1 Qual o software

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO CESSAÇÃO DE USO DE EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL-ECF

MANUAL DE ORIENTAÇÃO CESSAÇÃO DE USO DE EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL-ECF MANUAL DE ORIENTAÇÃO CESSAÇÃO DE USO DE EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL-ECF Junho/2015 1. INTRODUÇÃO... 1 1.1. SIGLAS UTILIZADAS... 1 1.2. OBJETIVO... 1 1.3. ETAPAS DA CESSAÇÃO... 1 1.4. PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Requisito Descrição 6.1 - Produtos de Hardware 6.1.1. GRUPO 1 - IMPRESSORA TIPO I (MONOCROMÁTICA 20PPM - A4) 6.1.1.1. TECNOLOGIA DE IMPRESSÃO 6.1.1.1.1.

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO 0 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO PROJETO INTEGRADO: COBERTURA AUTOMATIZADA COM DETECTOR DE CHUVA CURITIBA 2010 1 TAISA DAIANA DA COSTA PROJETO

Leia mais

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Um Único Dispositivo para Monitoramento e Controle Há várias formas de melhorar a eficiência e a confiabilidade

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Universidade Federal de Pernambuco Ciência da Computação Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Professora: Carla Taciana Lima Lourenço Silva Schuenemann Estudo de Viabilidade Clínica médica

Leia mais

4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através desta Tecnologia? 6. O Adaptador PLC causa um aumento no consumo de Energia Elétrica?

4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através desta Tecnologia? 6. O Adaptador PLC causa um aumento no consumo de Energia Elétrica? 1. O que significa PLC - PowerLine Communications? 2. Quais são as características técnicas do PLC? 3. Quais são as vantagens da Tecnologia PLC? 4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através

Leia mais

CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS

CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS João Antônio Bezerra Rodrigues¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí

Leia mais

TÍTULO: GARRA ROBÓTICA PERCEPTIVA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

TÍTULO: GARRA ROBÓTICA PERCEPTIVA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA TÍTULO: GARRA ROBÓTICA PERCEPTIVA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE AUTOR(ES): EDUARDO REIS ALVES,

Leia mais

GT GPRS RASTREADOR VIA GPS COM BLOQUEADOR

GT GPRS RASTREADOR VIA GPS COM BLOQUEADOR GT GPRS RASTREADOR VIA GPS COM BLOQUEADOR O GT GPRS é um equipamento wireless que executa a função de recepção e transmissão de dados e voz. Está conectado à rede de telefonia celular GSM/GPRS, para bloqueio

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA CCET CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Henrique Soares Hinke José Eduardo da Silva Rodrigues Matheus Augusto de Queiroz

Leia mais

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 Define e regulamenta as atividades da sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) O Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

A Mecatrônica com Arduino como ferramenta para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem

A Mecatrônica com Arduino como ferramenta para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem A Mecatrônica com Arduino como ferramenta para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem Anderson Rodrigo Cassiano dos Santos, Antonio Carlos Falcão Petri, Domingos de Carvalho Villela Júnior, Leonardo

Leia mais

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade O que é o SAT SA T O SAT, Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos, é um sistema que tem por objetivo documentar, de forma eletrônica, as operações comerciais do varejo dos contribuintes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO. Profª Danielle Casillo

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO. Profª Danielle Casillo UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO Profª Danielle Casillo Utilizar os mesmos processos do trabalho anterior (Ladder já existente). Implementar este sistema

Leia mais

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 3 Implementação do SMD 93

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 3 Implementação do SMD 93 Capítulo 3 Implementação do SMD 93 CAPÍTULO 3 IMPLEMENTAÇÃO DO SMD Este capítulo reserva-se à apresentação da implementação do SMD tomando como partida o desenvolvimento do Projeto Preliminar que consta

Leia mais

Prospecto dos projetos realizados pela EMSISTI no período 2010 à 2015

Prospecto dos projetos realizados pela EMSISTI no período 2010 à 2015 Prospecto dos projetos realizados pela EMSISTI no período 2010 à 2015 Este prospecto descreve os projetos realizados pela EMSISTI no período entre janeiro de 2010 à setembro de 2015. Os projetos compreendem

Leia mais

Uso de Dispositivos Móveis na Saúde Mental de Idosos

Uso de Dispositivos Móveis na Saúde Mental de Idosos Painel Aplicações móveis na área da saúde: m-health Uso de Dispositivos Móveis na Saúde Mental de Idosos Profa. Magdala de Araújo Novaes Núcleo de Telessaúde, Hospital das Clínicas, Departamento de Medicina

Leia mais

Caso necessite de mais equipamentos ou em caso de dúvidas, favor enviar email para domingolegal@bistecnologia.com.br

Caso necessite de mais equipamentos ou em caso de dúvidas, favor enviar email para domingolegal@bistecnologia.com.br Instalar os equipamentos é tão fácil quanto afixar um quadro. Se você preferir, pode contratar os serviços de qualquer pessoa para afixar os equipamentos. A BIS já envia todos os equipamentos pré-configurados

Leia mais

3. Cite o nome e características do ponto mais alto e do ponto mais baixo de uma onda?

3. Cite o nome e características do ponto mais alto e do ponto mais baixo de uma onda? Exercícios: 1. Sobre:Ondas Responda: a. O que é a Natureza de Ondas? b. O que origina as Ondas Mecânicas? c. As Ondas Mecânicas se propagam no vácuo? Explique a sua resposta. d. Quais são os elementos

Leia mais

A idéia hardware sugerida é colocar a placa entre o PC e o microcontrolador, conforme mostrado no esquema abaixo.

A idéia hardware sugerida é colocar a placa entre o PC e o microcontrolador, conforme mostrado no esquema abaixo. Circuito de gravação (AVR programmer) Introdução Nossa proposta, nesta parte do trabalho, é apresentar um circuito para gravação ISP (In-System- Programming) para microcontroladores AVR. Este circuito,

Leia mais

Relatório técnico final

Relatório técnico final Estufa Relatório técnico final Integrantes: Cleiton J. Marcon Jefferson A. A. Parisotto Professor Orientador: Guilherme Nogueira 4º Bimestre Visto: Sumário Sumário... 2 Índice das Figuras... 3 Índice das

Leia mais

CONTROLE DO FLUXO DE PESSOAS UTILIZANDO IDENTIFICAÇÃO POR RADIOFREQUÊNCIA

CONTROLE DO FLUXO DE PESSOAS UTILIZANDO IDENTIFICAÇÃO POR RADIOFREQUÊNCIA CONTROLE DO FLUXO DE PESSOAS UTILIZANDO IDENTIFICAÇÃO POR RADIOFREQUÊNCIA Matheus Stephano B. Moreira¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR - Brasil matheus_sbm@hotmail.com,

Leia mais

M A N U A L D O U S U Á R I O

M A N U A L D O U S U Á R I O M A N U A L D O U S U Á R I O S I S T E M A D E A B E R T U R A D E C H A M A D O S D E S E R V I Ç O S Sumário 1. Apresentação... 3 2. Introdução do GLPI... 4 3. Acessando o GLPI... 5 4. Abertura e Registro

Leia mais