III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO"

Transcrição

1 III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO CAPITULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - O Campeonato de Voleibol Masculino 2015 OAB SP/CAASP, organizado pelo Departamento de Esportes e Lazer da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo/OABSP, tem como objetivo principal, o estímulo da prática do esporte, promovendo a cultura, a saúde, e a integração/congraçamento dos advogados e estagiários obedecendo ao disposto neste Regulamento. Art. 2º - Poderão participar da competição, advogados e estagiários devidamente inscritos nos quadros da Secional São Paulo, quites com suas obrigações junto à tesouraria da entidade, e que não estejam cumprindo pena disciplinar, além de funcionários regularmente registrados na CAASP e OAB SP. Art. 3º - As equipes deverão nomear dois (02) dirigentes, podendo ser técnico e/ou atletas\advogados devidamente inscritos, que participarão juntos ou isoladamente, das reuniões do Departamento Esportes e Lazer, respondendo pela equipe, em todos os praticados. Art. 4º - Os Dirigentes responsáveis pelas Equipes receberão usuário e senha que permitira aos utilizadores efetuarem as inscrições no site, no ato do registro serão necessárias as seguintes informações: I. Nº. OAB-SP; II. nome completo; III. ; 01/10

2 IV. data de nascimento; V. telefone; VI. CPF; VII. Se houver parcelamento, será necessário indicar a data do vencimento de parcelas como consta no carnê. 1º - Os dirigentes deverão inscrever no mínimo (06) Atletas\Advogados, podendo complementar as inscrições até o final da primeira fase. 2º - As exclusões de Atletas\Advogados deverão ser formalizadas através do ao Departamento de Esportes e Lazer. Art. 5º - As equipes poderão inscrever 1 (um) Técnico(a) e l (um) Fisioterapeuta/Massagista, desde que, formalizada inscrição juntamente com a cópia da Cédula de Identidade (OAB SP) ou (RG), caso não seja advogado informar o endereço, telefone comercial e residencial e . Art. 6º - Durante os jogos serão obedecidas às regras oficiais adotadas pela Confederação Brasileira de Voleibol, (CBV). Art. 7º _ A locação de quadras, arbitragens, e premiação correrão por conta do Departamento de Esportes e Lazer da OAB SP/CAASP, ficando as despesas de locomoção e materiais esportivos (uniformes/bolas) por conta única e exclusiva das equipes participantes. 1º - Nos jogos, as equipes deverão se apresentar devidamente uniformizadas, de acordo com as regras da C.B.V. (Confederação Brasileira de Voleibol); 2º - Será permitido inserir publicidade nos uniformes, de acordo com a legislação vigente; 02/10

3 3º - Cada equipe deverá comparecer na quadra do jogo no mínimo com uma (01) bola para a partida. CAPITULO II Da Condição de Jogo dos Atletas Art. 8 - Por ocasião dos jogos, os atletas serão identificados, apresentando à mesa de controle, a Cédula de Identidade Profissional expedida pela OAB SP, no caso de advogado ou estagiário, e Cédula de Identidade (RG) no caso de funcionário. 1º - Os membros da Comissão Técnica, também deverão apresentar os documentos acima mencionados. indicado. 2º - Não serão aceitos cópias xerográficas dos documentos antes Art. 9º - As partidas serão realizadas aos sábados, segundo a tabela que o Departamento de Esportes e Lazer fará publicar: Paragrafo Único - A primeira partida terá início às 13h30min, com 15 (quinze) minutos de tolerância. A segunda partida iniciar-se-á às 14h30min. Art. 10º - Cada equipe poderá relacionar na súmula do jogo, o mínimo de seis (06) Atletas e o máximo de 15 (quinze) Atletas, podendo permanecer na quadra de jogo somente os Atletas relacionadas mais os membros da Comissão Técnica e 1 (um) Dirigente. 03/10

4 Art. 11º - Perderá os pontos da partida, em favor da equipe adversária, a equipe que não comparecer em quadra no horário determinado na tabela, com o mínimo de seis atletas regularmente inscritas e em condições de jogo, na forma deste regulamento. Paragrafo Único - Neste caso, a equipe adversária será declarada vencedora, considerando o placar de 2 x 0 (25 x 0 25 x 0). Art. 12º- A equipe que der causa a dois (02) W. O. na primeira fase será eliminada da competição. Paragrafo Único - Eliminada a equipe, os resultados das partidas por ela realizada, serão alterados para 2 x 0 (25 x 0 25 x 0), em favor das equipes adversárias, valendo este para todos os fins deste regulamento. Art. 13º - A equipe que contrariando as normas deste regulamento, utilizar atleta em condição irregular ou sem condição de jogo, será punida com a perda de cinco (05) pontos, na fase, após serem computados os pontos porventura obtidos na partida. CAPITULO III Sistema de Disputa Art. 14º - O III Campeonato Masculino de Voleibol OAB SP/CAASP, da temporada de 2015 será disputado pelas quatro Equipes que se inscreveram para participar da Competição, conforme o Anexo A Relação dos Participantes terá início em 11 de abril e término em meado de outubro de 2015 e será realizada em duas fases, classificatória e final. As equipes formarão um grupo único e serão elencadas de acordo com o Ranking do ultimo campeonato. 04/10

5 Paragrafo Único - Em todos os jogos do campeonato da primeira fase, as disputas serão no sistema de três (03) SETS, com melhor de dois (02) SETS vencedores, (pontos por rallye) em caso de empate (1 sets a 1), sera realizado o terceiro SETS (tie-break), onde quem fazer 15 pontos primeiro ganha. Art. 15º - A competição será disputada em três fases denominadas classificatória, semifinal e final. As equipes formarão um grupo único e serão elencadas de acordo com o seu nível técnico. Paragrafo Único - Fica determinado pelo Departamento de Esportes e Lazer que os jogos das semifinais e finais serão disputados em 5 (cinco) SETS. Art. 16º - 1º Fase: Classificatória - A Fase Classificatória será disputada no sistema de Turno e returno, as equipes jogam todas contra todas, classificando-se para a fase seguinte as quatro equipes. Art. 17º - 2ª Fase: Semifinal - Será disputada, pelas quatro (04) equipes classificadas na fase anterior, respeitando-se o ordenamento, vencedores dos jogos 1º x 4º, 2º x 3º no sistema de play-off melhor de 3 (três) jogos. Art. 18º - 3º Fase: Final A Final será disputada pelas duas equipes vencedoras da fase anterior, em um único jogo, sagrando-se campeão a melhor equipe por pontos ganhos na fase. Paragrafo Único - Haverá somente a disputa de 1º e 2 colocação, em partida única, seguindo-se as os critérios do artigo 19º. 05/10

6 CAPITULO IV Pontuação Art. 19º - A pontuação para a classificação geral, na fase classificatória e Final, será a seguinte: I. Pontuação II. Vitória (2x0) - 3 Pontos; III. Vitória (2x1) - 2 Pontos; IV. Derrota (0x2) - 0 Pontos; V. Derrota (1x2) - 1 Pontos Art. 20º - Todas as fases se iniciam de zero (0) ponto ganho. CAPITULO V Critérios Para Índice Técnico Art. 21º - O critério de desempate, entre duas ou mais equipes, obedecerá aos seguintes critérios pela ordem: I. Número de Vitórias; II. Sets average; III. Pontos average; IV. Confronto direto (caso haja empate entre duas equipes); V. Sorteio (cujas normas de realização serão definidas pelo DEL). CAPITULO VI Das Infrações e Penas 06/10

7 Art. 22º - As infrações disciplinares corresponderão às seguintes penas: I. advertência; II. III. IV. suspensão; exclusão do campeonato; perda de pontos. Art Em caso de expulsão, independentemente de ser o atleta ou membro da comissão técnica submetido a julgamento, deverá cumprir suspensão automática. CAPITULO VII Dos Julgamentos e Recursos Art. 24º - Todos os atos de indisciplina dos atletas, dirigentes e equipes, serão julgados pelo Departamento de Esportes e Lazer. Art. 25º - A critério do Departamento de Esportes e Lazer, o atleta ou dirigente submetido a julgamento poderá ser convidado a participar da sessão. Art. 26º - Cada equipe poderá apresentar suas razões ficando citados a fazê-lo sob pena de revelia sobre os fatos ocorridos antes, durante e após a partida, até a Terça-feira seguinte à rodada. Paragrafo Único - O Departamento de Esportes e Lazer tomará as decisões sobre cada partida, de acordo com as súmulas, razões apresentadas e demais provas admitidas. Art. 27º - Todo e qualquer julgamento de que trata o artigo 25º será feito no mínimo por três (03) Membros, cabendo recurso que terá a composição mínima de três (03) Membros. 07/10

8 Art. 28º - Das decisões tomadas pelo TJD OAB SP/CAASP caberá, que poderá ser apresentado até à sexta feira seguinte, cuja vistas será dada à parte contrária que, poderá apresentar suas contra-razões até à segunda feira seguinte. CAPITULO VIII Das Disposições Gerais Art. 29º - Em nenhuma hipótese haverá transferência de jogador inscrito por uma equipe para outra durante a disputa do torneio. Art. 30º - O jogador ou membro de comissão técnica das equipes que sofrer punição de eliminação por ato de indisciplina estará automaticamente impedido de participar do Torneio no ano seguinte. Art. 31º - O mando de quadra de cada jogo do Campeonato, em qualquer das fases, será sempre do Departamento de Esportes e Lazer da OAB SP/CAASP, que distribuirá as partidas de acordo com as quadras e horários que puder utilizar. Art. 32º - Ao vencedor geral da competição e segundo colocados, serão ofertados troféus, além de medalhas aos atletas e comissão técnica. Art. 33º - Não será permitido pedido de adiamento de jogos, diante da inexistência de datas disponíveis. Art. 34º Os casos omissos serão resolvidos pelo Departamento de Esportes e Lazer da OABSP/CAASP. São Paulo 27 de março de 2015 DEPARTAMENTO DE ESPORTES E LAZER 08/10

9 III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO RGC REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO RELAÇÃO DOS PARTICIPANTES ANEXO A Nº NOME 1 GUARULHOS 2 DINAMO LEX 3 VMASC 4 VOLEISPRUDENCIA Observações: 1) As Equipes estão relacionados em ordem alfabética. 3) O Anexo A é parte integrante do RGC do Campeonato/ /10

10 XXXIII COPA PRINCIPAL REC REGULAMENTO ESPEFÍCIO DA COMPETIÇÃO COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS ANEXO B 1ª FASE: Grupo A DINAMO LEX GUARULHOS VMASC VOLEISPRUDENCIA 2ª FASE: 1º VS. 2º 10/10

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR COPA LIGA PAULISTANA REGULAMENTO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem a Copa Liga Paulistana. Artigo 2º - A Copa tem por finalidade promover

Leia mais

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DA 1ª DIVISÃO DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO Disposições Preliminares: CAPÍTULO I Art. 1º - O campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira

Leia mais

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES/2011,

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN Artigo 1º - Os Jogos Universitários tem como objetivo: * Incentivar a participação dos jovens em atividades saudáveis do ponto de vista social,

Leia mais

NOTA OFICIAL N 50/2013 ATOS DA PRESIDÊNCIA

NOTA OFICIAL N 50/2013 ATOS DA PRESIDÊNCIA NOTA OFICIAL N 50/2013 Rio de Janeiro, 19 de março de 2013. ATOS DA PRESIDÊNCIA COPA BRASIL NORTE - 2013 Tornar sem efeito a Nota Oficial nº 29/2013 por força de alteração na programação, motivada pela

Leia mais

GRUPOS CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 13 CATEGORIA SUB: 15

GRUPOS CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 13 CATEGORIA SUB: 15 GRUPOS CAMPO (01) 1º BPM CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 09 1. Associação Teotônio Segurado- 1º BPM 2. Associação Aureny III 3. Instituto Fernandes Futebol Clube 4. Escolinha FLA CAMPO (03) 606

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE 1. As competições de basquete serão realizadas de acordo com as regras internacionais da FIBA e os regulamentos e normas do Novo Desporto Universitário 2012 NDU. 2. Cada

Leia mais

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 REGULAMENTO

Leia mais

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo Regulamento 1 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIII COPA FUTEL DE FUTEBOL DE CAMPO tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes e criar alternativas

Leia mais

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL JÚNIOR DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO Disposições Preliminares: CAPÍTULO I Art. 1º - O campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira de Futebol Júnior de

Leia mais

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares LIGA IMBITUBENSE DE FUTEBOL - LIF DEPARTAMENTO TÉCNICO COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º - A Copa Sul dos Campeões de 2015, será promovida

Leia mais

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres.

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres. DA FINALIDADE: Art. 1º - Os JOGOS DE VERÃO ARCO SPM 2013 MODALIDADE VOLEIBOL 4X4, tem como finalidade principal, promover o congraçamento das equipes e o aumento da adesão à prática de exercícios físicos

Leia mais

Federação Gaúcha de Futebol

Federação Gaúcha de Futebol Traffic Assessoria de Comunicações Ltda. RUA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, 55 SÃO PAULO - SP Telefone 2189-7000 Fax 2189-7022 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COPA SUB 23 DE FUTEBOL PROFISSIONAL - 2010 DA DENOMINAÇÃO

Leia mais

DIRETORIA DOS INTERESSES TÉCNICOS

DIRETORIA DOS INTERESSES TÉCNICOS DIRETORIA DOS INTERESSES TÉCNICOS 2 0 1 2 XXI - CAMPEONATO SUB-12 MASCULINO DA G.S.P. XLIV - CAMPEONATO SUB-13 MASCULINO DA G.S.P. LIV - CAMPEONATO SUB-14 MASCULINO DA G.S.P. LXXIII - CAMPEONATO SUB-15

Leia mais

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO 6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS Art. 01 - A 6º TAÇA SAÚDE DE FUTSAL E VOLEIBOL - SES é um evento promovido pelos Servidores da Secretaria de Estado da Saúde SES Art. 02 - O campeonato tem por

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO

CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO Dispõe sobre as normas a serem estabelecidas no Regulamento do Campeonato de MÁSTER

Leia mais

I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO

I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE O I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO (SOCIETY), visa incrementar a prática de futebol de sete

Leia mais

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA DIVISÃO PRINCIPAL DE 2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA DIVISÃO PRINCIPAL DE 2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA DIVISÃO PRINCIPAL DE 2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º O CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA

Leia mais

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares LIGA LAGUNENSE DE FUTEBOL - LLF DEPARTAMENTO TÉCNICO COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º - A Copa Sul dos Campeões de 2016, será promovida pela

Leia mais

Copa Rio Profissional :: 2015

Copa Rio Profissional :: 2015 Copa Rio Profissional :: 2015 REGULAMENTO DA COPA RIO DE PROFISSIONAIS 2015 Art. 1º - Poderão participar da Copa Rio de 2015 até 20 associações, a saber, ressalvadas as disposições do parágrafo único do

Leia mais

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO XX Copa PMU/ Futel de Futsal Regulamento Geral MASCULINO UBERLÂNDIA MG 1 XX COPA PMU/ FUTEL DE FUTSAL MASCULINO CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XX COPA PMU/FUTEL DE FUTSAL MASCULINO tem por objetivo

Leia mais

COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014

COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014 COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO Anualmente a CBT - Confederação Brasileira de Tênis promoverá a Copa das Federações, para definir o Estado Campeão Brasileiro. A Copa das

Leia mais

Período: 06/09 a 29/11 11 datas. Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes

Período: 06/09 a 29/11 11 datas. Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes Período: 06/09 a 29/11 11 datas Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes COORDENAÇÃO: Prof. Eurico Gaspar de Oliveira CREF 0124 - G/BA CONTATO: (75) 8307-1261 / 9165-4938 / 3223.4158

Leia mais

COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015

COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015 COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015 OBJETIVOS - PROMOVER UMA COMPETIÇÃO COM CUSTOS BAIXOS; - PROPORCIONAR JOGOS EM AMBIENTES FAVORÁVEIS AO CRESCIMENTO TÉCNICO, TÁTICO E EMOCIONAL, UTILIZANDO O ESPORTE COMO

Leia mais

COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO

COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO CENTRO DE PRÁTICAS ESPORTIVAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO S. EVENTOS COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS A COPA CEPEUSP DE FUTEBOL DE CAMPO tem como objetivo a integração dos docentes

Leia mais

26º CAMPEONATO DE FUTSAL DA 13ª SUBSEÇÃO DA OAB/UBERLÂNDIA R E G U L A M E N T O

26º CAMPEONATO DE FUTSAL DA 13ª SUBSEÇÃO DA OAB/UBERLÂNDIA R E G U L A M E N T O 26º CAMPEONATO DE FUTSAL DA 13ª SUBSEÇÃO DA OAB/UBERLÂNDIA R E G U L A M E N T O CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - O 26º CAMPEONATO DE FUTSAL promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil 13ª Subseção

Leia mais

REGULAMENTO REALIZAÇÃO. Prefeitura Municipal de Irará PARCERIA. Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia SUDESB

REGULAMENTO REALIZAÇÃO. Prefeitura Municipal de Irará PARCERIA. Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia SUDESB REGULAMENTO REALIZAÇÃO Prefeitura Municipal de Irará PARCERIA Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia SUDESB APOIO: FEDERAÇÃO BAHIANA DE FUTEBOL FBF SETEMBRO / NOVEMBRO 2015 1 Disposições Preliminares

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURVELÂNDIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER CURVELÂNDIA MT

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURVELÂNDIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER CURVELÂNDIA MT Árbitros Capacitados Equipe Campeã Copa do Queijo 2012 Divulgação com abrangência Segurança e Atendimento de Primeiros Socorros Estimativa de um bom Público CURVELÂNDIA MT REGULAMENTO 1 DAS FINALIDADES

Leia mais

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º O CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A

Leia mais

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 6ª COPA NOVE DE JULHO DE FUTEBOL AMADOR 2016 REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 1 REGULAMENTO DA 6ª COPA NOVE DE JULHO 2016 CAPITULO I Da PARTICIPAÇÃO Esta copa contará com a participação de 48 (quarenta

Leia mais

3ª COPA INTER-ADVOGADOS

3ª COPA INTER-ADVOGADOS Data/ Local: Competição: Maio à Julho * início previsto para 26/maio Local: Centro Iraí Pinhais-PR www.centroirai.com.br Gustavo@centroirai.com.br DA PARTICIPAÇÃO: Artigo Primeiro: Só poderão participar

Leia mais

REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014

REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014 I - FINALIDADES ARTIGO 1º - A COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL, na categoria masculino/adulto, tem por finalidade congregar os alunos das unidades do Santo

Leia mais

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO Promoção: VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 PROMOÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO SMEL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER CDL CÂMARA DOS DIRIGENTES LOJISTAS DE SORRISO REGULAMENTO

Leia mais

2º CAMPEONATO DE FUTSAL DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICO CULTURAL PAINCO REGULAMENTO GERAL

2º CAMPEONATO DE FUTSAL DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICO CULTURAL PAINCO REGULAMENTO GERAL 1 2º CAMPEONATO DE FUTSAL DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICO CULTURAL PAINCO REGULAMENTO GERAL Disposições Preliminares 1 O Campeonato de Futsal da Associação Atlético Cultural Painco de 2010 será dirigido pelo Departamento

Leia mais

GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014

GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014 Av.Presidente Antonio Carlos 40-3 Andar Centro Rio De Janeiro Cep 20020-010 Rio de Janeiro Tel.021-22623697 secretaria@conibrasile.org GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014 Dando continuidade ao trabalho desenvolvido

Leia mais

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO REGULAMENTO APRESENTAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Espírito Santo SESCOOP/ES está promovendo o 1º FUTCOOP INFANTIL MASCULINO, que será realizado no mês de julho

Leia mais

As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. REGULAMENTO I- FINALIDADES

As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. REGULAMENTO I- FINALIDADES As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. Após todos os jogos REGULAMENTO I- FINALIDADES ARTIGO 1º - O TORNEIO FUTSAL DA FACULDADE NOVOS HORIZONTES,

Leia mais

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO:

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO: FUTEBOL DE CAMPO Todos os atletas deverão apresentar o Documento Original (conforme Art.do Regulamento Geral) É obrigatório (e indispensável) o uso de caneleiras para todos os atletas participantes das

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA OPEN /NACIONAL

REGULAMENTO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA OPEN /NACIONAL REGULAMENTO DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA OPEN /NACIONAL Etapas de Cuiabá/MT e Goiânia/GO ÍNDICE CAPÍTULO 1: 1.1 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL...04 1.2 DIREITOS DA CBV SOBRE OS EVENTOS

Leia mais

Copa Cariri Garden Shopping de Tênis de Mesa - CE

Copa Cariri Garden Shopping de Tênis de Mesa - CE Copa Cariri Garden Shopping de Tênis de Mesa - CE A Federação dos Mesatenistas do Ceará-FMC tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes das Federações e Clubes filiados a CBTM, a

Leia mais

1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL

1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL REGULAMENTO 1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL 1- DOS OBJETIVOS: A 1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL tem como objetivo, a integração dos atletas de Futsal do clube, associados, e demais interessados

Leia mais

Federação Paulista de Futebol

Federação Paulista de Futebol Federação Paulista de Futebol RUA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, 55 SÃO PAULO - SP Telefone (11) 2189-7000 Fax 2189-7022 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO 3º CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL AMADOR DE SELEÇÕES DE

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Secretaria de Esportes SESP COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 R E G U L A M E N T O. Da Organização e Fins

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Secretaria de Esportes SESP COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 R E G U L A M E N T O. Da Organização e Fins COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 Atualizado em 02/02/2016 R E G U L A M E N T O Da Organização e Fins Art. 1º A COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016, realizada pela Prefeitura, através

Leia mais

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti Regulamento Geral I Das Disposições Gerais Obs: A COMISSÃO É COMPOSTA pelos integrantes: Rafael Rangel,

Leia mais

REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY

REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY 2012-2ª DIVISÃO 1. Disposições Gerais Todas as partidas serão disputadas de acordo com as Leis do jogo em vigor conforme estipulado pelo IRB. Se surgirem dúvidas

Leia mais

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A DE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A DE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A DE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º O CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA SÉRIE A

Leia mais

R e g u l a m e n t o Q u a d r a n g u l a r d e A s c e n s o / D e s c e n s o N B B - 2 0 1 2 / 2 0 1 3 Página 1

R e g u l a m e n t o Q u a d r a n g u l a r d e A s c e n s o / D e s c e n s o N B B - 2 0 1 2 / 2 0 1 3 Página 1 R e g u l a m e n t o Q u a d r a n g u l a r d e A s c e n s o / D e s c e n s o N B B - 2 0 1 2 / 2 0 1 3 Página 1 1. Competição: Quadrangular de Ascenso e Descenso do NBB 2012/2013 2. Bases legais a.

Leia mais

Federação Paulista de Futebol

Federação Paulista de Futebol Federação Paulista de Futebol RUA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, 55 SÃO PAULO - SP Telefone 2189-7000 Fax 2189-7022 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COPA PAULISTA - 2015 DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO Art. 1º

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015 I - DAS FINALIDADES Art.º 1º - A 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR, Competição não-profissional coordenada e organizada pela Decathlon Marketing

Leia mais

BARRAGEM TENNIS OPEN 2015

BARRAGEM TENNIS OPEN 2015 REGULAMENTO BARRAGEM TENNIS OPEN 2015 I - Da barragem: Art. 1 - Os Torneios e a Barragem têm como principal objetivo a integração dos alunos e maior variedade de parceiros, bem como a manutenção e garantia

Leia mais

XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE

XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE REGULAMENTO OFICIAL - 2015 Da Finalidade Art. 01 - A XI Copa Paulista de Futebol de Base, tem por finalidade o estimulo à prática esportiva saudável, ao caráter formativo

Leia mais

PROJETO E REGULAMENTO GERAL

PROJETO E REGULAMENTO GERAL OLIMPÍADAS DO INSTITUTO EDUCACIONAL NOVOS TEMPOS PROJETO E REGULAMENTO GERAL Ensino Fundamental II e Médio OUTUBRO DE 2015 APRESENTAÇÃO: As Olimpíadas do Instituto Educacional Novos Tempos (OLIENT), visam

Leia mais

COPA INCENTIVO 2012 3ª. DIVISÃO DA COMPETIÇÃO, INSCRIÇÃO DAS AGREMIAÇÕES, ATLETAS E PENALIDADES

COPA INCENTIVO 2012 3ª. DIVISÃO DA COMPETIÇÃO, INSCRIÇÃO DAS AGREMIAÇÕES, ATLETAS E PENALIDADES COPA INCENTIVO 2012 3ª. DIVISÃO DA COMPETIÇÃO, INSCRIÇÃO DAS AGREMIAÇÕES, ATLETAS E PENALIDADES Art. 1 o. - A Copa Incentivo de Futebol 2014-3 a. Divisão será regida por este Regulamento específico e único

Leia mais

PROPOSTA DE FORMULA DE COMPETIÇÃO PARA O CAMPEONATO SERGIPANO DE FUTEBOL SERIE A-1

PROPOSTA DE FORMULA DE COMPETIÇÃO PARA O CAMPEONATO SERGIPANO DE FUTEBOL SERIE A-1 PROPOSTA DE FORMULA DE COMPETIÇÃO PARA O CAMPEONATO SERGIPANO DE FUTEBOL SERIE A-1 01 A Competição será realizada com dez equipes em um único grupo em 03 Fases, a saber: 1ª Fase As equipes jogarão entre

Leia mais

III Virada Esportiva ATC Gênesis - 2013

III Virada Esportiva ATC Gênesis - 2013 III Virada Esportiva ATC Gênesis - 2013 CIRCUITO INTERNO DE TÊNIS ATC RANKING GERAL 2013 REGULAMENTO 4ª ETAPA VIRADA ESPORTIVA DO TORNEIO: O Ranking Geral do Alphaville Tênis Clube objetiva a melhor integração

Leia mais

IX Guará Open de Tênis

IX Guará Open de Tênis IX Guará Open de Tênis Regulamento v1 [07/07/2015] Pág.: 1/8 IX Guará Open de Tênis Organizado pela Liga Real e pela Associação dos Tenistas Peladeiros ATPe Regras e disposições gerais O torneio será disputado

Leia mais

Art. 3º - No Novo Desporto Universitário NDU serão reconhecidos os seguintes poderes:

Art. 3º - No Novo Desporto Universitário NDU serão reconhecidos os seguintes poderes: REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE DO EVENTO Art. 1º - O Novo Desporto Universitário NDU tem por finalidade reunir as Associações Atléticas Acadêmicas fundadoras e associadas a participar de atividades

Leia mais

PRIMEIRA DIVISÃO 2014

PRIMEIRA DIVISÃO 2014 CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO ESPECIAL R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2014 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL

Leia mais

COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Artigo 1º A 13ª Copa Rural de Veteranos (Futebol de Campo), tem como finalidades, contribuir para a integração sócio

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL Confederação Brasileira de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Campeonato Brasileiro da Série B 2015 1 SUMÁRIO DEFINIÇÕES... 2 CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO...

Leia mais

Poderá participar qualquer Tenista residente ou não residente na cidade de Paulínia-SP, que esteja de acordo com o regulamento do ranking Itapoan.

Poderá participar qualquer Tenista residente ou não residente na cidade de Paulínia-SP, que esteja de acordo com o regulamento do ranking Itapoan. REGULAMENTO DO RANKING TÊNIS ITAPOAN Versão 3.0 Sumário 1. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO RANKING 2 2. PARTICIPAÇÃO NO RANKING 2 2.1. Nível Técnico dos Jogadores 2 3. RANKING 2 3.1. Ingresso ao Ranking 3 3.2.

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE RUGBY

FEDERAÇÃO PAULISTA DE RUGBY REGULAMENTO CIRCUITO PAULISTA UNIVERSITÁRIO DE RUGBY SEVENS FEMININO E COPA SP M19 Capítulo I - Disposições Gerais O Circuito Paulista Universitário de Rugby Sevens Feminino Adulto e a Copa M19 ou é um

Leia mais

CAMPEONATO BRASILEIRO DE PADEL

CAMPEONATO BRASILEIRO DE PADEL CAMPEONATO BRASILEIRO DE PADEL REGULAMENTO 2015 O Campeonato Brasileiro de Padel é promovido, implantado e administrado pela Confederação Brasileira de Padel COBRAPA. O presente regulamento é válido para

Leia mais

COPA GRANBEL DE FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA INFANTIL E JUVENIL

COPA GRANBEL DE FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA INFANTIL E JUVENIL COPA GRANBEL DE FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA INFANTIL E JUVENIL 2011 REGULAMENTO 2011 1 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: ARTIGO 1 A Copa Granbel de Futebol Infanto-Juvenil 2011 é uma organização da Granbel com

Leia mais

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Sistema Competitivo Artigo 4º - Ordem dos Jogos Artigo 5º - Duração dos Jogos Artigo

Leia mais

APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA

APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA II COPA CINQUENTÃO BOTAFOGO DE FUTEBOL AMADOR APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA Acesse o site WWW.BOTAFOGODEGUAIANASES.COM.BR REALIZAÇÃO: ACOCESP: Promoções de Eventos e Coordenação de Esporte

Leia mais

CLUBE COMERCIAL DE LORENA

CLUBE COMERCIAL DE LORENA TORNEIO DE BILHAR 2015 I - Dos Objetivos: REGULAMENTO Art. 1 - O evento tem por finalidade promover o intercambio social e esportivo entre os associados do Clube Comercial de Lorena e de toda a região,

Leia mais

R E G U L A M E N T O XII CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO - 2 0 1 1

R E G U L A M E N T O XII CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO - 2 0 1 1 R E G U L A M E N T O XII CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO - 2 0 1 1 DOS OBJETIVOS Art.1º- O XII Campeonato Estadual de Futebol de Campo - 2011, organizado pelo Departamento de Esportes e Lazer

Leia mais

COPA METROPOLITANA DE FUTSAL 2015 REGULAMENTO

COPA METROPOLITANA DE FUTSAL 2015 REGULAMENTO COPA METROPOLITANA DE FUTSAL 2015 CATEGORIA: ADULTO MASCULINO - SÉRIE OURO REGULAMENTO CAPÍTULO I - DA ORGANIZAÇÃO Art. 1 - A Copa Metropolitana de Futsal - Edição 2015 - Categoria ADULTO MASCULINO SÉRIE

Leia mais

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES Capítulo 1 Da Finalidade Artigo 1º - A DANONE COPA DAS NAÇÕES tem como objetivo incentivar a prática esportiva no meio estudantil e comunitário e promover o intercâmbio,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO 3ª OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE FLORIANÓPOLIS (OLESF)

REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO 3ª OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE FLORIANÓPOLIS (OLESF) REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO 3ª OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE FLORIANÓPOLIS (OLESF) 03 A 14 DE OUTUBRO DE 2011 2011 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este Regulamento é o conjunto

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Diretoria de Competições

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Diretoria de Competições COPA UNIMED FORTALEZA DE FUTEBOL 2011 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - A Copa Unimed Fortaleza de Futebol 2011, doravante denominada Copa, será

Leia mais

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal Regulamento da Copa UniBH de Futsal FINALIDADE O presente regulamento contêm as normas que regem na 9ª Copa UniBH de Futsal, sendo conhecedores de seu conteúdo todos os inscritos que se submetem sem ressalvas

Leia mais

FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI)

FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI) 8 o CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTSAL MASCULINO/ FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI) 1. DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO TÉCNICO 1.1. O 8º Campeonato Municipal de Futsal Masculino será promovido e

Leia mais

XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite

XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite XXIV INTERAMIZADE Carta Convite O Colégio São Luís tem o prazer de convidar esta conceituada instituição de ensino a participar dos XXIV Interamizade 2014, principal evento esportivo de nosso calendário.

Leia mais

1º Aberto Distrital de Tênis de Mesa

1º Aberto Distrital de Tênis de Mesa 1º Aberto Distrital de Tênis de Mesa A FTMDF tem a honra de convidar a todos os atletas, técnicos e dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM, a participarem desse grande evento. REGULAMENTO GERAL:

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL REC. Regulamento Específico Série A 2015 CAMPEONATO CEARENSE 2015 SÉRIE A REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL REC. Regulamento Específico Série A 2015 CAMPEONATO CEARENSE 2015 SÉRIE A REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CAMPEONATO CEARENSE SÉRIE A REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - O Campeonato Cearense de da Série A, doravante denominado Campeonato Cearense Serie A,

Leia mais

TAÇA FPF TEMPORADA 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO (REC) CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO

TAÇA FPF TEMPORADA 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO (REC) CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO TAÇA FPF TEMPORADA 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO (REC) CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO Art. 1º - A Taça FPF Temporada 2015, doravante denominada CAMPEONATO, é organizada pela Federação

Leia mais

1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015

1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015 19º CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR DE NOVO GAMA-GO DE 2015 1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015 PROMOÇÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO GAMA - GO REALIZAÇÃO: SECRETARIA

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES

REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES RGC / 2015 REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES (RGC) - 2015 DEPARTAMENTO TÉCNICO Capítulo I Disposições Preliminares Art. 1º - As Competições promovidas pela FEFUSPA têm

Leia mais

REGULAMENTO GERAL 2016. Capitulo l Das disposições preliminares

REGULAMENTO GERAL 2016. Capitulo l Das disposições preliminares Artigo 1º REGULAMENTO GERAL 2016 Capitulo l Das disposições preliminares O presente regulamento determina as diretrizes e normas para as Competições da Federação Paulista de Basquete Sobre Rodas para o

Leia mais

17ª COPA DE VOLEIBOL

17ª COPA DE VOLEIBOL 17ª COPA DE VOLEIBOL PROFESSOR JORGE GUIMARÃES 2013 CURRAIS NOVOS/RN REGULAMENTO OFICIAL 1.OBJETIVOS Despertar e estimular o prazer pela pratica desportiva através da competição sadia e com fins educativos.

Leia mais

Confederação Brasileira de Futebol

Confederação Brasileira de Futebol Confederação Brasileira de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2015 1 SUMÁRIO DEFINIÇÕES... 3 CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO...

Leia mais

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO I - DOS LOCAIS DOS JOGOS Art. 1º - Os jogos serão realizados nos seguintes locais: Quadras 01,02 e 03 - térreo do Prédio 80 Quadras 01,02 e 03-4º andar do Prédio

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE. COORDENADORIA DE ESPORTE E LAZER

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE. COORDENADORIA DE ESPORTE E LAZER PORTARIA G. CEL 16/2016 REGULAMENTO DA 3ª COPA DE VOLEIBOL DO ESTADO DE SÃO PAULO O Coordenador de Esporte e Lazer, no uso de suas atribuições, expede a presente Portaria, que estabelece o Regulamento

Leia mais

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL * Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL 1. DOS JOGOS: Os jogos de Futsal serão regidos pelas Regras Oficiais vigentes da Confederação Brasileira de Futsal, observadas as exceções previstas neste Regulamento

Leia mais

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015 REGULAMENTO 2015 1º Torneio Bancário Society de Clubes Paulista 2015, é uma promoção da Secretaria de Esporte do Sindicato dos Bancários, e tem por finalidade efetuar o congraçamento entre os bancários

Leia mais

I TORNEIO CAARN OPEN DE TRIO MISTO DE VÔLEI DE PRAIA REGULAMENTO GERAL

I TORNEIO CAARN OPEN DE TRIO MISTO DE VÔLEI DE PRAIA REGULAMENTO GERAL I TORNEIO CAARN OPEN DE TRIO MISTO DE VÔLEI DE PRAIA 2015 REGULAMENTO GERAL Artigo 1º. Evento: O 1º. Torneio Estadual de Trio Misto de Vôlei de Praia CAARN OPEN será realizado no dia 15 de agosto de 2015,

Leia mais

COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO

COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO Art. 1º Á COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015, será disputada pelas 7 (sete) equipes Campeãs e as 7(sete) equipes Vice Campeãs das

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL/2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL/2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL/2016 1 Art. 1º - A competição de basquetebol do Programa Minas Esportiva/Jogos Escolares de Minas Gerais - JEMG/2016 obedecerá às regras oficiais da International Basketball

Leia mais

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Atualizado em 24/02/2005 DOS OBJETIVOS Art. 1 o.- Promover o desporto educacional através de várias modalidades esportivas, dando a

Leia mais

V ENCONTRO DESPORTIVO DOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ. Juazeiro do Norte-CE, 03 a 06 de dezembro de 2015

V ENCONTRO DESPORTIVO DOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ. Juazeiro do Norte-CE, 03 a 06 de dezembro de 2015 V ENCONTRO DESPORTIVO DOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ Juazeiro do Norte-CE, 03 a 06 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL NOVEMBRO-2015 REGULAMENTO GERAL TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

8 8 COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR

8 8 COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR 8 8 COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR Resolve publicar as seguintes normas para disputa da COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR 2014 INICIO DIA 09 fevereiro DE 2014 DA FORMA DE DISPUTA Art.01- a Copa capelinha

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20)

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20) REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20) I DISPOSIÇÔES GERAIS ARTIGO 1º O Campeonato Nacional Gira-Praia é uma competição de Voleibol de Praia de âmbito nacional, organizada pela

Leia mais

Regulamento Geral da 12ª Edição dos Jogos de Integração FAI

Regulamento Geral da 12ª Edição dos Jogos de Integração FAI Regulamento Geral da 12ª Edição dos Jogos de Integração FAI Art. 1º Este Regulamento é o conjunto de disposições que regem a 12 Edição dos Jogos de Integração FAI 2015 e submete, os que com ele tenham

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL

CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL 1. Os jogos de Futsal serão realizados de acordo com as Regras Oficiais, salvo o estabelecido neste Regulamento. 2. Cada equipe poderá inscrever

Leia mais

COPA GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE 2005 RELAÇÃO DOS CLUBES PARTICIPANTES

COPA GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE 2005 RELAÇÃO DOS CLUBES PARTICIPANTES COPA GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE 2005 RELAÇÃO DOS CLUBES PARTICIPANTES 1) ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CONFIANÇA 2) ASSOCIAÇÃO OLÍMPICA DE ITABAIANA 3) ATLÉTICO CLUBE LAGARTENSE 4) CLUB SPORTIVO SERGIPE 5) RIACHUELO

Leia mais

COPA-SINDI-CLUBE METROPOLITANA DE VOLEIBOL 2012

COPA-SINDI-CLUBE METROPOLITANA DE VOLEIBOL 2012 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO PRIMEIRO SOBRE O PEPAC E A COPA SINDI-CLUBE METROPOLITANA ARTIGO 1.1 O SINDI-CLUBE (Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo), promove o PEPAC (Programa Esportivo para Associados

Leia mais

COLÉGIO MOTIVA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES COORDENAÇÃO DE EVENTOS BASQUETE

COLÉGIO MOTIVA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES COORDENAÇÃO DE EVENTOS BASQUETE BASQUETE Art. 1º - As competições da modalidade de Basquete serão regidas pelas regras oficiais da FIBA, em consonância com este regulamento específico e o Regulamento Geral da competição. a) Fase Classificatória

Leia mais