Pesquisa sobre a Demanda Atual

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisa sobre a Demanda Atual"

Transcrição

1 Pesquisa sobre a Demanda Atual Perfil 01. Nome completo do respondente: 02. Telefone de contato (DDD): Estado da Empresa: 05. Cidade da Empresa: 06. Sexo: 1. Masculino 2. Feminino 07. Qual o cargo que ocupa na empresa? 1. Diretor 2. Gerente 3. Outro (especificar): 08. Qual o número de funcionários? 09. Porte da empresa: (enquadrar de acordo com pergunta anterior) 1. Microempresa/Pequena (de 1 a 49 empregados) 2. Média (de 50 a 99 empregados) 3. Grande (acima de 99 empregados) 10. Segmento da atividade principal: (informação da base) 1. Gestão (serviços administrativos/contábeis/financeiros etc) 2. Comércio (varejo/atacado) 3. Gastronomia (restaurante/bar/lanchonete etc) 4. Hotelaria (hotel/pousada etc) 5. Beleza 6. Saúde (consultório/clínica/hospital/diagnóstico por imagem/exames laboratoriais/estética etc) 7. Outro (especificar):

2 11. Quais os mercados atendidos por sua empresa? 1. Local (redondezas, bairro) 2. Município 3. Estado 4. País 5. Fora do País 12. Qual o tipo de clientes que atende: 1. Pessoa Física: % 2. Pessoa Jurídica: % Perfil da Empresa Conceitos Iniciais 13. Quando se fala em educação profissional no setor de comércio de bens e serviços, que nomes de instituições lhe vêm à mente? Imagem Senac 14. Quando você precisa contratar mão de obra qualificada, qual a primeira Instituição que lhe vem à cabeça? Nenhuma 3. Não sabe/não opinou 15. Você conhece o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial)? 1. Sim [pule para a pergunta 18] 3. Não sabe/não opinou [pule para a pergunta 18] 16. Quando você ouve falar em Senac, qual a primeira palavra que lhe vêm à mente? (escolha uma opção) 1. Curso / Ensino Profissionalizante 7. Aprendizado 2. Cursos técnicos 8. Qualidade 3. Profissional Qualificado Instituição de Ensino 5. Treinamento 10. Nada 6. Ensino 11. Não sabe/não opinou

3 17. Em relação ao que você sabe do Senac, informe sua concordância em relação às frases a seguir: 1. O Senac oferece cursos que são fundamentais para a inserção do jovem no mercado de trabalho Concordo Totalmente Concordo Não concordo nem discordo Discordo Discordo Totalmente 2. O Senac é uma instituição que transmite confiança 3. O Senac é fornece cursos de qualidade 4. O Senac oferece cursos para empresas como a minha 5. O Senac é referência em qualificação profissional Qualificação Profissional 18. Quais são as principais dificuldades encontradas para o recrutamento de funcionários em sua empresa? 1. Falta de pessoal com conhecimento técnico 2. Falta de pessoal com experiência profissional 3. Expectativa de salários acima das possibilidades da empresa 4. Outra (especificar): 19. Quais as 3 funções/profissões que mais apresentam dificuldades para contratação? 20. Quais as dificuldades em relação contratação destas ocupações? 1ª 2ª 3ª 2. Falta de Profissional na área 2. Falta de Profissional na área 2. Falta de Profissional na área 3. Falta de mão de obra qualificada 3. Falta de mão de obra qualificada 3. Falta de mão de obra qualificada 21. Quais as 3 funções/profissões que você acha que são mais necessárias hoje? 22. Quais as 3 funções/profissões que requerem maior necessidade de formação profissional hoje em dia?

4 23. De uma forma geral, você acha que outras empresas como a sua têm problemas para encontrar mão de obra qualificada? 1. Sim. Porquê? Falta de Experiência Falta de profissionais no mercado Falta de profissional qualificado Falta de Interesse 24. Você acha que o crescimento do mercado, de uma forma geral, esta sendo afetado pela falta profissionais qualificados? 25. De quem você acha que é a responsabilidade de formar mão de obra qualificada? 1. Governo 2. Instituição do Ensino Fundamental 3. Instituição do Ensino Médio 4. Instituição do Ensino Superior 5. Fornecedores Porquê? 1. A base da qualificação é dada por eles 2. Oferecem cursos para qualificação e treinamento 3. Pela quantidade de impostos cobrados 6. Ensino Técnico 7. O próprio 8. Sistema S São os responsáveis pela qualidade das escolas/da educação A sua empresa realiza capacitação/treinamento dos empregados? 1. Sim Através de: Um especialista da própria empresa Cursos oferecidos por fabricante de produto utilizado na empresa Cursos e treinamentos internos Cursos e treinamentos externos Por quê? Empresa de pequeno porte Falta de capital Falta de incentivo da empresa [Se resposta for Não após responder o porquê, pule para a pergunta 29] 27. A sua empresa encontra dificuldades para a realização de capacitação / treinamento dos empregados? 28. Quais as dificuldades para a realização de capacitação / treinamento dos empregados? (RM Espontânea) 1. Conciliar a capacitação/treinamento com as atividades do trabalho 2. Limitação de recursos para custeio de capacitação/treinamentos 3. Falta de RH internos ou infraestrutura para capacitação/treinamentos 4. Falta de cursos externos adequados para a empresa Qual é a importância da qualificação profissional para o seu negócio?

5 30. Você acha que se tivesse acesso a uma mão de obra mais qualificada, a sua empresa: 1. Teria crescido muito mais nos últimos 3 anos 2. Teria crescido um pouco mais nos últimos 3 anos 3. Estaria na mesma situação que esta hoje Utilização dos serviços do Senac 31. A empresa utiliza o Senac para capacitar os seus funcionários? 1. Sim. De uma forma geral, qual a avaliação que faz dos cursos que sua empresa já utilizou? Muito bom Bom Indiferente Ruim Muito ruim Se indiferente, ruim ou muito ruim, qual o motivo?. A sua empresa teria interesse em contratar serviços e/ou encaminhar funcionários para cursos no Senac? Sim Não Se não, por quê? 32. Você dá preferência a contratação para funcionários qualificados pelo Senac? 33. Você acredita que existe diferença significativa do profissional formado pelo Senac e um outro profissional? 1. Sim. Por quê? 34. Considerando a experiência com o(s) curso(s) que a sua empresa/funcionários da sua empresa fizeram no Senac, com que intensidade, em uma escala de 0 a 10, você recomendaria os cursos do Senac a um membro da família? (Considere 0 como não indicaria de forma nenhuma e 10 como indicaria com excelentes recomendações )

Relatório da Pesquisa de Demanda Atual e Futura da Educação Profissional do Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

Relatório da Pesquisa de Demanda Atual e Futura da Educação Profissional do Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Relatório da Pesquisa de Demanda Atual e Futura da Educação Profissional do Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo 1 Serviço Nacional de Aprendizagem Senac Presidente Antonio Oliveira Santos Departamento

Leia mais

Perspectivas do Investimento na Carreira dos Profissionais de TI

Perspectivas do Investimento na Carreira dos Profissionais de TI Perspectivas do Investimento na Carreira dos Profissionais de TI Amostra da Pesquisa - Amostra: 180 profissionais participantes - Público-Alvo: Profissionais de TI. Características dos Profissionais Há

Leia mais

Programa Jovem Aprendiz

Programa Jovem Aprendiz White Paper 1.0 Programa Jovem Aprendiz Despertando Talentos Uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional para os jovens do Brasil Programa Jovem Aprendiz Despertando talentos. Uma oportunidade

Leia mais

Proposta de Avaliação da Educação a Distância na UFRGS

Proposta de Avaliação da Educação a Distância na UFRGS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E TRANSPORTES DEPROT LABORATÓRIO DE OTIMIZAÇÃO DE PRODUTOS E PROCESSOS - LOPP Proposta de Avaliação

Leia mais

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS Faculdade de Mantena

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS Faculdade de Mantena PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS Faculdade de Mantena MANTENA - MG OBJETIVO GERAL O Programa de Acompanhamento de Egressos da FAMA tem o objetivo geral de criar mecanismos que permitam a contínua

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 10

PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 10 PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 10 Índice 1. Regulamento, Procedimento e Programação em Recursos Humanos...3 2. Aprendizagem...3 3. Como melhorar a aprendizagem...5 4. Avaliação

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS ESTUDO DE CASO NO RAMO VAREJISTA DE SUPERMERCADOS NA CIDADE DE SANTA ALBERTINA/SP

TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS ESTUDO DE CASO NO RAMO VAREJISTA DE SUPERMERCADOS NA CIDADE DE SANTA ALBERTINA/SP TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS ESTUDO DE CASO NO RAMO VAREJISTA DE SUPERMERCADOS NA CIDADE DE SANTA ALBERTINA/SP CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Projeto Educação para o Voto

Projeto Educação para o Voto Projeto Educação para o Voto São Paulo, Maio de 2008 Ipsos Empresa de pesquisa de mercado e opinião pública Fundada na França em 1975 Trabalha com as maiores empresas mundiais em todos os segmentos [[

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA TÉCNICAS DE VENDAS E NEGOCIAÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA TÉCNICAS DE VENDAS E NEGOCIAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675 Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS DOS CURSOS DE QUALIFICAÇÃO E HABILITAÇÃO DAS ÁREAS: ADMINISTRAÇÃO, MODA E BELEZA E TURISMO E HOTELARIA DO SISTEMA SENAC

ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS DOS CURSOS DE QUALIFICAÇÃO E HABILITAÇÃO DAS ÁREAS: ADMINISTRAÇÃO, MODA E BELEZA E TURISMO E HOTELARIA DO SISTEMA SENAC ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS DOS CURSOS DE QUALIFICAÇÃO E HABILITAÇÃO DAS ÁREAS: ADMINISTRAÇÃO, MODA E BELEZA E 1 O projeto de pesquisa do Senac TURISMO E HOTELARIA DO SISTEMA SENAC O Centro de Análises,

Leia mais

A determinação da classe social foi baseada na visão IBGE/ FGV, ou seja, considerando a renda familiar em número de salários mínimos.

A determinação da classe social foi baseada na visão IBGE/ FGV, ou seja, considerando a renda familiar em número de salários mínimos. Objetivo: Levantar informações sobre o uso das redes sociais, característica de seus usuários, motivações de acesso, interação com amigos e marcas, etc. Metodologia: pesquisa quantitativa online com 484

Leia mais

RELATÓRIO GLOBAL DE ESCOLA DO QUESTIONÁRIO ESTUDANTES À SAÍDA DO SECUNDÁRIO 2012/13 I - CARACTERIZAÇÃO DOS ESTUDANTES À SAÍDA DO SECUNDÁRIO

RELATÓRIO GLOBAL DE ESCOLA DO QUESTIONÁRIO ESTUDANTES À SAÍDA DO SECUNDÁRIO 2012/13 I - CARACTERIZAÇÃO DOS ESTUDANTES À SAÍDA DO SECUNDÁRIO Estudantes à Saída do Secundário 12/13 RELATÓRIO GLOBAL DE ESCOLA DO QUESTIONÁRIO ESTUDANTES À SAÍDA DO SECUNDÁRIO 12/13 Código da Escola OTES1213 N.º de respostas 41658 I - CARACTERIZAÇÃO DOS ESTUDANTES

Leia mais

Gestão Estratégica de Recursos Humanos nas Empresas Familiares

Gestão Estratégica de Recursos Humanos nas Empresas Familiares Gestão Estratégica de Recursos Humanos nas Empresas Familiares Empresa Familiar É considerada Empresa Familiar, toda a organização empresarial ligada a uma família, por pelo menos duas gerações. A importância

Leia mais

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Contexto Em abril de 2012, o governo através da diretoria da agência reguladora de energia elétrica (ANEEL) aprovou regras destinadas a reduzir

Leia mais

Sobre o estudo. Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa...

Sobre o estudo. Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa... Sobre o estudo perfil Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa... Amostra: Total: 1.035 respondentes Consumidores: 805 Profissionais: 230 objetivo

Leia mais

Relatório de Boas Práticas

Relatório de Boas Práticas Relatório de Boas Práticas Nome da empresa: WEG EQUIPAMENTOS ELETRICOS S/A CNPJ: 07.175.725/0010-50 Responsável pela prática: Natalino Petry Cargo / Função: Chefe da seção QPOP E-Mail: natalinop@weg.net

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE LETRAS E LINGUÍSTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE LETRAS E LINGUÍSTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE LETRAS E LINGUÍSTICA PIPE 6: Investigando necessidades e interesses para o ensino de Língua Inglesa em diferentes contextos Profª Dra: Maria Clara Carelli

Leia mais

Pesquisa de opinião Profissional de comunicação e sustentabilidade

Pesquisa de opinião Profissional de comunicação e sustentabilidade Pesquisa de opinião Profissional de comunicação e sustentabilidade O Instituto ABERJE de Pesquisas (DATABERJE) realizou uma pesquisa de opinião sobre sustentabilidade com mulheres da área de comunicação,

Leia mais

FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO EMPRETEC

FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO EMPRETEC FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO EMPRETEC PROGRAMA PARA EMPREENDEDORES DADOS PESSOAIS E DA EMPRESA (Interesse do Sebrae) PONTUAÇÃO: DATA DA ENTREVISTA: / / 1. NOME COMPLETO: E-mail: 2. SEXO: ( ) MASCULINO ( )

Leia mais

Segredos. 7do Empreendedor de 7SUCESSO

Segredos. 7do Empreendedor de 7SUCESSO 7 Segredos 7 Segredos empreendedor magnético 2015. Empreendedor Magnético www.empreendedormagnetico.com.br Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte,

Leia mais

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

Meio: Jornal Dez Minutos. Editoria: Economia Caderno: Seu Bolso Data: 12/08/15

Meio: Jornal Dez Minutos. Editoria: Economia Caderno: Seu Bolso Data: 12/08/15 Meio: Jornal Dez Minutos Editoria: Economia Caderno: Seu Bolso Data: 12/08/15 Meio: Diário do Amazonas Editoria: Economia Caderno: - Data: 12/08/15 Meio: Portal do Holanda Editoria: Amazonas Hora: 15:57h

Leia mais

PROFESSOR FORMADOR, MESTRE MODELO? ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de PUC-SP PASSOS, Laurizete Ferragut UNESP GT-20: Psicologia da Educação

PROFESSOR FORMADOR, MESTRE MODELO? ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de PUC-SP PASSOS, Laurizete Ferragut UNESP GT-20: Psicologia da Educação PROFESSOR FORMADOR, MESTRE MODELO? ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de PUC-SP PASSOS, Laurizete Ferragut UNESP GT-20: Psicologia da Educação Considerando a importância de estudos que abordem dimensões

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO NOME: ENDEREÇO: TELEFONE(S): EMAIL: DATA DE CONCLUSÃO:

IDENTIFICAÇÃO NOME: ENDEREÇO: TELEFONE(S): EMAIL: DATA DE CONCLUSÃO: QUESTIONÁRIO EGRESSOS DO CURSO BACHARELADO EM ENFERMAGEM IDENTIFICAÇÃO NOME: ENDEREÇO: TELEFONE(S): EMAIL: DATA DE CONCLUSÃO: QUESTIONÁRIO PARA O EGRESSO DE ENFERMAGEM PARTE I EMPREGABILIDADE 1. Atualmente

Leia mais

PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIJUÍ NO MERCADO DE TRABALHO 1

PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIJUÍ NO MERCADO DE TRABALHO 1 PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIJUÍ NO MERCADO DE TRABALHO 1 Ana Cláudia Bueno Grando 2, Eliana Ribas Maciel 3. 1 Trabalho de Conclusão de curso apresentado a banca

Leia mais

Eixo 4 - Enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres.

Eixo 4 - Enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres. Eixo 4 - Enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres. Estes dados são resultado de um processo participativo sem desenho amostral e cumprimento de cotas, cuja margem de erro não pode

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE DROGAS MARÇO DE 2003 OPP 046 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA - Levantar junto a população da área em estudo opiniões relacionadas a Drogas. - Brasil.

Leia mais

PESQUISADORES. Pesquisadores

PESQUISADORES. Pesquisadores Pesquisadores Objetivos 2 Conhecer a opinião dos pesquisadores apoiados pela FAPESP sobre o tema Ciência e Tecnologia. 3 Principais resultados Principais resultados 4 Melhores recursos financeiros e credibilidade

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 026

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 026 1/7 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão dos Indicadores 02 Revisão geral do documento 03 Item 4.1: Foi inserida uma aprovação final da Diretoria após o Gestor

Leia mais

METODOLOGIA & PERFIL

METODOLOGIA & PERFIL Maio2010 JOB 100283 METODOLOGIA & PERFIL Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar um conjunto de informações

Leia mais

Sob as lentes de. Cristina Buzatto

Sob as lentes de. Cristina Buzatto Sob as lentes de Cristina Buzatto O Laboratório Technopark completou dois anos de operação em abril de 2011, uma das primeiras grandes investidas da Essilor neste setor, no Brasil. Falamos com Cristina

Leia mais

QUANTO VALE O MEU DINHEIRO? EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PARA O CONSUMO.

QUANTO VALE O MEU DINHEIRO? EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PARA O CONSUMO. RESUMO QUANTO VALE O MEU DINHEIRO? EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PARA O CONSUMO. Francinilda Raquel Cardoso Silva (1); José Jorge Casimiro dos Santos (2) Faculdade São Francisco da Paraíba raquelmk06@gmail.com ¹

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

programação de cursos abril a junho 2016 londrina

programação de cursos abril a junho 2016 londrina programação de cursos abril a junho 2016 londrina Saiba mais na pág. 6 ARTES FOTOGRAFIA - ARTE E TÉCNICA - 30h 02/05 a 13/05 seg ter qua qui sex 19h às 22h Pré-requisitos: 16 anos/ Ensino Fundamental completo/

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O PROCESSO DE CREDENCIAMENTO/ LEGALIZAÇÃO DE ARMAS E MUNIÇÕES NO PAÍS NOVEMBRO DE 2006 OPP478 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO, TRABALHANDO A EDUCAÇÃO FREDERICO GUILHERME FERREIRA LIMA Monografia apresentada a Diretoria de Projetos Especiais da

Leia mais

TRABALHOS DO REGIME TUTORIAL-2

TRABALHOS DO REGIME TUTORIAL-2 Edição do Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza 2013-2015 TRABALHOS DO REGIME TUTORIAL-2 Análise pelo Método Q dos valores e atitudes face ao desenvolvimento regional sustentável de uma área de

Leia mais

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA 1 TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA Alan Nogueira de Carvalho 1 Sônia Sousa Almeida Rodrigues 2 Resumo Diversas entidades possuem necessidades e interesses de negociações em vendas, e através desses

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br APRESENTAÇÃO COMERCIAL Porque o GrupoSec? Grande parte do combustível das empresas são os seus colaboradores. Para contratá-los e mantê-los treinados e eficientes é trabalhoso e custa caro? E se dissermos

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS VOLTADA PARA RECRUTAMENTO E SELEÇÃO E CARGOS E SALÁRIOS.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS VOLTADA PARA RECRUTAMENTO E SELEÇÃO E CARGOS E SALÁRIOS. GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS VOLTADA PARA RECRUTAMENTO E SELEÇÃO E CARGOS E SALÁRIOS. BARBOSA, Roger Eduardo 1 Resumo Neste artigo analisaremos como o planejamento estratégico na gestão de pessoas nas

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JUNHO DE 2012 JOB1291 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar o nível de satisfação dos estudantes com relação às FATECs

Leia mais

Reunião de integração aos trabalhos

Reunião de integração aos trabalhos Reunião de integração aos trabalhos 16 de junho de 2015 HU-UFJF integra a 2ª fase de um processo de capacitação para construção dos planos diretores ao lado de outros 14 HUFs Metodologia do Planejamento

Leia mais

Módulo 14 Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas. 14.1. Treinamento é investimento

Módulo 14 Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas. 14.1. Treinamento é investimento Módulo 14 Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas 14.1. Treinamento é investimento O subsistema de desenvolver pessoas é uma das áreas estratégicas do Gerenciamento de Pessoas, entretanto em algumas organizações

Leia mais

Retratos da Sociedade Brasileira. Qualidade dos serviços públicos e tributação

Retratos da Sociedade Brasileira. Qualidade dos serviços públicos e tributação Retratos da Sociedade Brasileira Educação Meio ambiente Qualidade dos serviços públicos e tributação Locomoção urbana Segurança pública Saúde Pública agosto/2010 dezembro/2010 março/2011 agosto/2011 outubro/2011

Leia mais

A PSICOLOGIA CORPORAL NA SALA DE AULA

A PSICOLOGIA CORPORAL NA SALA DE AULA 1 A PSICOLOGIA CORPORAL NA SALA DE AULA Glória Maria Alves Ferreira Cristofolini RESUMO Sala de aula, lugar de construção do saber, de alegrias e sensibilidades. É assim que penso o verdadeiro sentido

Leia mais

A PROGRAMAÇÃO DO ESFORÇO MERCADOLÓGICO

A PROGRAMAÇÃO DO ESFORÇO MERCADOLÓGICO A PROGRAMAÇÃO DO ESFORÇO MERCADOLÓGICO Luiz Carlos Bresser-Pereira Revista Marketing n. 7, vol. II, 1968: 24-32. Um programa mercadológico é um instrumento para se pensar com antecedência, para se estabelecer

Leia mais

CARÊNCIA DE PROFISSIONAIS

CARÊNCIA DE PROFISSIONAIS CARÊNCIA DE PROFISSIONAIS 2013 Caracterização da amostra Título do Slide Pesquisa realizada com 167 empresas. A soma do faturamento dessas empresas respondentes é de mais de 23% do PIB A soma do número

Leia mais

Questionário aos Bolseiros. da Fundação Rotária Portuguesa. Este questionário pretende conhecer as opiniões do bolseiros da Fundação Rotária

Questionário aos Bolseiros. da Fundação Rotária Portuguesa. Este questionário pretende conhecer as opiniões do bolseiros da Fundação Rotária Questionário aos Bolseiros da Fundação Rotária Portuguesa Este questionário pretende conhecer as opiniões do bolseiros da Fundação Rotária Portuguesa sobre o apoio que lhes é prestado. A sua resposta a

Leia mais

A quem se destina a aprendizagem industrial

A quem se destina a aprendizagem industrial Instituto da Aprendizagem Política pública de Estado, convergência de políticas de inserção do jovem no mercado de trabalho, resultado de ações multilaterais e internacionais de combate à exploração do

Leia mais

A OFICINA COMO PRÁTICA EDUCACIONAL NO APOIO À ATUAÇÃO DO JOVEM APRENDIZ JUNTO AO MERCADO DE TRABALHO: UM ESTUDO DO CEPSL.

A OFICINA COMO PRÁTICA EDUCACIONAL NO APOIO À ATUAÇÃO DO JOVEM APRENDIZ JUNTO AO MERCADO DE TRABALHO: UM ESTUDO DO CEPSL. A OFICINA COMO PRÁTICA EDUCACIONAL NO APOIO À ATUAÇÃO DO JOVEM APRENDIZ JUNTO AO MERCADO DE TRABALHO: UM ESTUDO DO CEPSL. RESUMO Hiluey A., Fabiana Medeiros. 1 - SENAI/CEPSL Área: Práticas Pedagógicas

Leia mais

RELATÓRIO FINAL - INDICADORES - ESTUDANTES. Quadro 1: Resultados dos Indicadores para o curso de Pedagogia Campus São Carlos.

RELATÓRIO FINAL - INDICADORES - ESTUDANTES. Quadro 1: Resultados dos Indicadores para o curso de Pedagogia Campus São Carlos. RELATÓRIO FINAL - INDICADORES - ESTUDANTES CURSO: PEDAGOGIA UFSCAR Quadro 1: Resultados dos Indicadores para o curso de Pedagogia Campus São Carlos. INDICADOR CLASSIFICAÇÃO ÍNDICE DE AVALIAÇÃO GERAL ALTO

Leia mais

Como é o RH nas Empresas?

Como é o RH nas Empresas? Como é o RH nas Empresas? Informações gerais da pesquisa Objetivo: entender a percepção dos profissionais de RH sobre clima organizacional Pesquisa realizada entre 24/06 e 12/07 Parceria entre Hay Group

Leia mais

O Trabalho Docente: Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas

O Trabalho Docente: Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO O Trabalho Docente: Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas Vitória - ES A Carga de Trabalho dos Professores - Pode ser analisada

Leia mais

Grande Lisboa 1. Amadora 2.Cascais 3.Lisboa 4.Loures 5.Mafra 6.Odivelas 7.Oeiras 8.Sintra 9. Vila F. Xira 10. Queluz 11.

Grande Lisboa 1. Amadora 2.Cascais 3.Lisboa 4.Loures 5.Mafra 6.Odivelas 7.Oeiras 8.Sintra 9. Vila F. Xira 10. Queluz 11. Nº: Com este questionário pretendemos ficar a conhecer-te um bocadinho melhor: os teus gostos, as tuas preferências, e recolher a tua opinião sobre alguns aspetos do teu CED. Podes responder de forma sincera

Leia mais

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS 274 ESPELHO DE AUTOR DA Evandro Gussi 30940001 Adequação da capacidade do Aeroporto de Presidente Prudente 2017 - Aviação Civil 0083 - Adequar a capacidade

Leia mais

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012 1 Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde Apresentação em Agosto de 2012 Índice 2 Objetivo Metodologia Perfil do médico associado Avaliação das operadoras de planos de saúde

Leia mais

COMO AVALIAR UM CURSO DE EAD EM SAÚDE? UMA EXPERIÊNCIA DO HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ NA ÁREA DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE

COMO AVALIAR UM CURSO DE EAD EM SAÚDE? UMA EXPERIÊNCIA DO HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ NA ÁREA DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE 1 COMO AVALIAR UM CURSO DE EAD EM SAÚDE? UMA EXPERIÊNCIA DO HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ NA ÁREA DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE São Paulo - SP 05/2015 Vitória Kachar Unidade de Educação a Distância

Leia mais

DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Página: 1 de 7 CONTROLE DAS REVISÕES REV. DATA ASSUNTO / REVISÃO / MODIFICAÇÃO 00 01 04/05/10 Edição inicial. 11/08/10 Revisão para adequação da situação de mães grávidas item 5.4 e trabalho infantil item

Leia mais

14/11: DIA NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO ATIVIDADE 1: CARTAZES DE APOIO À ALFABETIZAÇÃO

14/11: DIA NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO ATIVIDADE 1: CARTAZES DE APOIO À ALFABETIZAÇÃO ATIVIDADE 1: CARTAZES DE APOIO À ALFABETIZAÇÃO 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Divulgação na comunidade de cartazes com dicas de como apoiar a alfabetização das crianças. 1.2 CRONOGRAMA Ajuste esta

Leia mais

Projeto Mulher Atuação

Projeto Mulher Atuação Projeto Mulher Atuação Relatório Geral da Consulta Participativa de Opinião Município de Mogi das Cruzes (SP) Bairros consultados: César de Souza, Jardim Aeroporto e Jundiapeba. Junho de 2012 SUMÁRIO SUMÁRIO...

Leia mais

generico.empauta.com 11 bilhões de reais em jogo BRASIL

generico.empauta.com 11 bilhões de reais em jogo BRASIL TRABALHO 11 bilhões de reais em jogo Divulgação Aula no Senai em São Paulo: modelo em discussão Haddad: mais técnicos, com nova divisão do dinheiro A discussão em torno do bilionário Sistema S tem o mérito

Leia mais

PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010. Pais e Alunos

PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010. Pais e Alunos PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010 Pais e Alunos Proposta de Trabalho Ensino Médio 2010 A partir de 2010 o nosso projeto pedagógico do Ensino Médio estará ainda mais comprometido com a formação integral

Leia mais

AULA. Natércia do Céu Andrade Pesqueira Menezes UNIVERSIDADE PORTUCALENSE. npmeneses@gmail.com. Doutora Sónia Rolland Sobral

AULA. Natércia do Céu Andrade Pesqueira Menezes UNIVERSIDADE PORTUCALENSE. npmeneses@gmail.com. Doutora Sónia Rolland Sobral MOTIVAÇÃO DE ALUNOS COM E SEM UTILIZAÇÃO DAS TIC EM SALA DE AULA Natércia do Céu Andrade Pesqueira Menezes UNIVERSIDADE PORTUCALENSE npmeneses@gmail.com Doutora Sónia Rolland Sobral UNIVERSIDADE PORTUCALENSE

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL

PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL PROFIS SOCIEDADE DE PROMOÇÃO SOCIAL DO FISSURADO LÁBIO PALATAL PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL BAURU - 2012 1- Identificação Instituição Responsável: PROFIS Sociedade de Promoção Social do Fissurado Lábio

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS

COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS FEVEREIRO / 2009 COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS MANAUS AM RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA DO COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANTA DE MANAUS, ANO 2009 - N 02 Para 55,6%

Leia mais

Bairro: Município: UF: CEP: Telefone: Tipo de Atividade Realizada na Empresa/ Instituição (Consultar anexo):

Bairro: Município: UF: CEP: Telefone: Tipo de Atividade Realizada na Empresa/ Instituição (Consultar anexo): 20 DADOS PARA O ACERVO TÉCNICO DO NUTRICIONISTA I - IDENTIFICAÇÃO DA NUTRICIONISTA: Nome: II- DADOS PARA COMPOSIÇÃO DO ACERVO TÉCNICO: CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS

Leia mais

Curso Gestão da Qualidade Qualidade de Serviços

Curso Gestão da Qualidade Qualidade de Serviços Gestão da Qualidade Qualidade em Serviços Clientes Diferentes... Expectativas Diferentes Resultados Diferentes 1 Parte 1 Serviços: Definições e Características Gerais O Crescimento dos Serviços País 1980

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente A PISOAG DO BRASIL está no mercado desde 1980, atuando com empresas nacionais e internacionais dos mais diversos segmentos, com qualidade, tecnologia e o elevado padrão de responsabilidade

Leia mais

JULIO CESAR PEREIRA SALGADO

JULIO CESAR PEREIRA SALGADO PROPOSTAS DE GESTÃO PARA O CARGO DE DIRETOR-GERAL IFSP campus Caraguatatuba NOVOS TEMPOS NOVO IF. JULIO CESAR PEREIRA SALGADO Tem 55 anos, é casado, pai de 2 filhos e natural de Pindamonhangaba SP. É formado

Leia mais

Pesquisa Pantanal. Job: 13/0528

Pesquisa Pantanal. Job: 13/0528 Pesquisa Pantanal Job: 13/0528 Objetivo, metodologia e amostra Com objetivo de mensurar o conhecimento da população sobre o Pantanal, o WWF solicitou ao Ibope um estudo nacional para subsidiar as iniciativas

Leia mais

TREINAMENTO, FEEDBACK E COACHING Como Continuamente Desenvolver sua Equipe

TREINAMENTO, FEEDBACK E COACHING Como Continuamente Desenvolver sua Equipe TREINAMENTO, FEEDBACK E COACHING Como Continuamente Desenvolver sua Equipe Dari Antonio de Mello Paz Diretor de Recursos Humanos dari@grupomuffato.com.br (45) 4009 5000 41 anos de história; 11.000 colaboradores;

Leia mais

Pesquisa SINTESP sobre formação profissional

Pesquisa SINTESP sobre formação profissional Pesquisa SINTESP sobre formação profissional O SINTESP, por intermédio de sua diretoria de Formação Profissional, sob a gestão da diretora Tânia Angelina dos Santos, juntamente com a diretoria de Comunicação

Leia mais

RELATÓRIO MESA DEVOLVER DESIGN (EXTENSÃO) Falta aplicação teórica (isso pode favorecer o aprendizado já que o aluno não tem a coisa pronta)

RELATÓRIO MESA DEVOLVER DESIGN (EXTENSÃO) Falta aplicação teórica (isso pode favorecer o aprendizado já que o aluno não tem a coisa pronta) 1ª RODADA RELAÇÃO PRÁTICA E TEORIA Pouca teoria, muitas oficinas Matérias não suprem as necessidades de um designer Falta aplicação teórica (isso pode favorecer o aprendizado já que o aluno não tem a coisa

Leia mais

Promotores da Iniciativa. Marca Registada

Promotores da Iniciativa. Marca Registada Promotores da Iniciativa Marca Registada 2 Índice Introdução 4 Metodologia 6 Resultados da Empresa 10 Benchmarking 19 Caracterização do Entrevistado Comentários dos Entrevistados Anexos 23 25 27 3 Introdução

Leia mais

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UFSCar SOB O OLHAR DOS ALUNOS DA TURMA 2013 DO POLO DE FRANCA (SP)

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UFSCar SOB O OLHAR DOS ALUNOS DA TURMA 2013 DO POLO DE FRANCA (SP) 1 O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UFSCar SOB O OLHAR DOS ALUNOS DA TURMA 2013 DO POLO DE FRANCA (SP) São Carlos - SP - maio/2015 Daniela Salgado Gonçalves da Silva - UFSCar - danisalgadoead@gmail.com Glauco

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS ABRIL DE 2012 JOB690 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

IQV INDICADORES DE QUALIDADE DE VIDA SUMÁRIO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA JOINVILLE, FLORIANÓPOLIS, BLUMENAU, CHAPECÓ, TUBARÃO

IQV INDICADORES DE QUALIDADE DE VIDA SUMÁRIO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA JOINVILLE, FLORIANÓPOLIS, BLUMENAU, CHAPECÓ, TUBARÃO IQV INDICADORES DE QUALIDADE DE VIDA SUMÁRIO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA JOINVILLE, FLORIANÓPOLIS, BLUMENAU, CHAPECÓ, TUBARÃO Qualidade de vida é ter condições de vida plena, gozar de saúde e respeito,

Leia mais

Indaial SC Abril 2012. Setor Educacional: 3. Educação Universitária

Indaial SC Abril 2012. Setor Educacional: 3. Educação Universitária MATERIAL DIDÁTICO PARA O ENSINO A DISTÂNCIA: PRODUÇÃO E CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS DIDÁTICOS UTILIZADOS PELOS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI Indaial SC Abril 2012 Hiandra Bárbara Götzinger

Leia mais

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: SERVIÇO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADES INTEGRADAS DE BOTUCATU

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: SERVIÇO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADES INTEGRADAS DE BOTUCATU TÍTULO: AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DO PROGRAMA ADOLESCENTE APRENDIZ EXECUTADO PELO TERCEIRO SETOR, NA VIVENCIA ATUAL DOS BENEFICIÁRIOS QUANTO À SUPERAÇÃO DE DIFICULDADES COTIDIANAS E DE INSERÇÃO AO TRABALHO.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE:

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE: PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO

Leia mais

Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável

Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável Anexo III da Resolução n o 1 da CIMGC Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável I Introdução A atividade de projeto do Projeto de MDL Santa Carolina (denominado Projeto Santa

Leia mais

P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria RH e área Corporativa Outros

P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria RH e área Corporativa Outros Favor indicar sua função na empresa: 37% 23% N=30 7% 13% 7% 13% P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria RH e área Corporativa Outros Outros: Agrônomo Agrícola Gestão da Qualidade e Meio

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 O COACHING...4 ORIGENS...5 DEFINIÇÕES DE COACHING...6 TERMOS ESPECÍFICOS E SUAS DEFINIÇÕES...7 O QUE FAZ UM COACH?...8 NICHOS DE ATUAÇÃO DO COACHING...9 OBJETIVOS DO COACHING...10

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Secretaria-Geral da Presidência Instituto Serzedello Corrêa

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Secretaria-Geral da Presidência Instituto Serzedello Corrêa ISC comemora resultados recordes em 2008 Nos últimos 4 anos o ISC dobrou o número de eventos promovidos e de matrículas efetivadas, atendendo, em média, 1.389 servidores e 637 convidados por ano Apurados

Leia mais

Prezamos pela Transparência, Excelência, Profissionalismo, Ética, Respeito e Solidariedade.

Prezamos pela Transparência, Excelência, Profissionalismo, Ética, Respeito e Solidariedade. JOVEM APRENDIZ A SERCIDADÃO Somos uma organização sem fins lucrativos, certificada como OSCIP que nasceu a partir da atuação de diversos profissionais das diferentes áreas de atuação. Nossos projetos buscam,

Leia mais

Recrutamento e Seleção de Pessoal

Recrutamento e Seleção de Pessoal Gestão de RH Prof. Roberto Huck Recrutamento e Seleção de Pessoal Roteiro da Teleaula 1.Conceito de Recrutamento; 2. As Fases do Recrutamento; 3.Avaliação do Processo de Recrutamento; 4.Conceito de Seleção;

Leia mais

A IMPORTÂNCIA E A VALORIZAÇÃO DA FORMAÇÃO EM TURISMO/HOTELARIA NO MERCADO HOTELEIRO DE RIBEIRÃO PRETO Ana Lúcia Olegário Saraiva 1

A IMPORTÂNCIA E A VALORIZAÇÃO DA FORMAÇÃO EM TURISMO/HOTELARIA NO MERCADO HOTELEIRO DE RIBEIRÃO PRETO Ana Lúcia Olegário Saraiva 1 1 A IMPORTÂNCIA E A VALORIZAÇÃO DA FORMAÇÃO EM TURISMO/HOTELARIA NO MERCADO HOTELEIRO DE RIBEIRÃO PRETO Ana Lúcia Olegário Saraiva 1 1. INTRODUÇÃO O turismo tem sido reconhecido como uma das atividades

Leia mais

Visão de Liberdade. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Visão de Liberdade. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Visão de Liberdade Mostra Local de: Maringá Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: CAP - Centro de Apoio Pedagógico / CONSEG - Conselho

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 02.07.15 EDITORIA: RODRIGO LOUREIRO. Classificação: Positiva

FECOMÉRCIO VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 02.07.15 EDITORIA: RODRIGO LOUREIRO. Classificação: Positiva FECOMÉRCIO VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 02.07.15 EDITORIA: RODRIGO LOUREIRO Classificação: Positiva VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 02.07.15 EDITORIA: NATAL Classificação: Positiva VEÍCULO: TRIBUNA DE

Leia mais

Formulário de Avaliação de Desempenho Individual Cedido

Formulário de Avaliação de Desempenho Individual Cedido e Identificação Dados do ciclo Ciclo de avaliação: Período avaliativo: 01/07/2014 a 30/06/2015 Unidade organizacional: Nome da equipe: Chefe da equipe: IDENTIFICAÇÃO DO AVALIADOR Matrícula: Nome: Cargo:

Leia mais

RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL

RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL Por quê o lado humano dos negócios está emergindo como uma indispensável vantagem competitiva? Era Industrial Taylor e Fayol Era do Conhecimento Tecnologia

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 0 2014 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CLAUDINO FRANCIO FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE SORRISO/MT Portaria Nº 004/2015 Dispõe sobre Relatório Apresentado pela Comissão Própria

Leia mais

Acrescido o Anexo Único pelo Decreto n 1.349/15, efeitos a partir de 26.08.15. ANEXO ÚNICO

Acrescido o Anexo Único pelo Decreto n 1.349/15, efeitos a partir de 26.08.15. ANEXO ÚNICO Decreto nº 2.489/06 Acrescido o Anexo Único pelo Decreto n 1.349/15, efeitos a partir de 26.08.15. ANEXO ÚNICO I - CRITÉRIOS PARA DEFINIÇÃO DO BENEFÍCIO O benefício fiscal será definido em função do enquadramento

Leia mais

Palavras Chave: 1. Tecnologia; 2. Educação; 3. Criança; 4. Aprendizado

Palavras Chave: 1. Tecnologia; 2. Educação; 3. Criança; 4. Aprendizado O USO DA TECNOLOGIA DA INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. UMA REFLEXÃO NO ENSINO COM CRIANÇAS. Alessandro Marco Rosini * * Mestre em Administração de Empresas e Doutorando em Comunicação e Semiótica pela PUCSP.

Leia mais