NOVO CÓDIGO FLORESTAL: ASPECTOS LEGAIS AMBIENTAIS RELEVANTES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVO CÓDIGO FLORESTAL: ASPECTOS LEGAIS AMBIENTAIS RELEVANTES"

Transcrição

1 NOVO CÓDIGO FLORESTAL: ASPECTOS LEGAIS AMBIENTAIS RELEVANTES 25 de Setembro de 2012

2 ESPAÇOS TERRITORIAIS ESPECIALMENTE PROTEGIDOS Cabe ao Poder Público definir, em todas as unidades da Federação, espaços territoriais e seus componentes a serem especialmente protegidos, sendo a alteração e a supressão permitidas somente através de lei, vedada qualquer utilização que comprometa a integridade dos atributos que justifiquem sua proteção. (inciso III, art.225 da CF/88) Áreas públicas ou privadas, cobertas ou não por vegetação. Conservação da vegetação natural para garantir o equilíbrio dos ecossistemas existentes. Vedação do uso econômico direto. Princípios do Desenvolvimento Sustentável.

3 ESPAÇOS TERRITORIAIS ESPECIALMENTE PROTEGIDOS Principais marcos legais: Lei n /81 Política Nacional de Meio Ambiente Lei n /85 Dispõe sobre a Ação Civil Pública Lei n /98 Lei de Crimes Ambientais Lei n /00 Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) Lei n /12 (com as alterações promovidas pela MP n. 571/12) - Código Florestal 3 (três) espécies: Unidades de Conservação Áreas de Preservação Permanente Reserva Legal

4 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP Nas encostas, entre 25º e 45º, serão permitidos o manejo sustentável, atividades agrossilvipastoris e classificadas como de utilidade pública e interesse social. Fonte: O Estado de São Paulo A medição da área de proteção leva em consideração o leito do rio em períodos regulares e não mais nas cheias.

5 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP Estão dispensados de estabelecer a faixa de APP as acumulações naturais ou artificiais de água com superfície inferior a 1 (um) hectar. Na implantação de reservatório d água artificial destinado a geração de energia ou abastecimento público, é obrigatória a aquisição, desapropriação ou instituição de servidão administrativa das APPs criadas em seu entorno, conforme estabelecido no licenciamento ambiental, observando-se a faixa mínima de 30 metros e máxima de 100 metros em área rural, e a faixa mínima de 15 metros e máxima de 30 metros em área urbana. Os reservatórios de água destinados a geração de energia e abastecimento que foram registrados ou tiveram seus contratos de concessão assinados antes da Medida Provisória n. 2166, de , a faixa de APP será entre o nível operativo normal e a cota maxima maximorum. O Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório (PACUERA) não poderá exceder a 10% do total da APP.

6 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP Nas áreas urbanas, será observado o disposto nos respectivos Planos Diretores e nas Leis Municipais de Uso de Solo, sem prejuízo dos limites estabelecidos pelo Código Florestal. A intervenção ou a supressão de vegetação nativa somente ocorrerá nas hipóteses de utilidade pública, de interesse social ou de baixo impacto ambiental definidas no novo Código. Reconhece as obras de infraestrutura destinadas às concessões e aos serviços públicos de energia como atividade de utilidade pública. A supressão de vegetação em nascentes, olhos d'água perenes, dunas e restingas somente será autorizada em casos de utilidade pública. É obrigatório o prévio cadastramento no Cadastro Ambiental Rural CAR para a obtenção da autorização para a supressão da vegetação nativa.

7 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP Para se obter a autorização para a supressão de vegetação, não mais se exige comprovar a ausência de alternativas técnica e locacional da atividade e a inclusão de medidas mitigadoras e compensatórias pelo órgão ambiental competente Determina que não haverá, em qualquer hipótese, direito à regularização, futuras intervenções ou supressões de vegetação nativa, além das previstas nesta Lei. No caso de supressão não autorizada de vegetação realizada após 22 de julho de 2008, é vedada a concessão de novas autorizações de supressão de vegetação enquanto não cumprida a recomposição prevista no Código. Módulo Fiscal: unidade de medida agrária utilizada no Brasil, expressa em hectares, variável de acordo com o município. Corresponde à área mínima necessária a uma propriedade para que sua exploração seja economicamente viável.

8 RECUPERAÇÃO OBRIGATÓRIA DA APP Área do Imóvel Rural (em módulos fiscais) APP Ripária Largura do Curso D água 10m 10m > APP Nascentes APP Lagos e Lagoas Naturais APP Veredas 5m 5m 5m 5m 30m 8m 8m 8m 8m 30m 15m 15m 15m 15m 30m Limite (%) de APP nos Imóveis Rurais (art. 61-B) 10% 10% 20% Limite de recomposição garantido àqueles que, em , detinham até 4 módulos fiscais e desenvolviam atividades agrossilvipastoris nas áreas consolidadas em APP m 30m a 100m 15m 30m 50m Não há limite > 10 30m 30m a 100m 15m 30m 50m Não há limite MARÇO 2010 M&A OVERVIEW

9 RESERVA LEGAL Área contida em todo imóvel rural com cobertura de vegetação nativa mantida a título de Reserva Legal, sem prejuízo da aplicação das normas sobre as Áreas de Preservação Permanente. A localização será aprovada pelo órgão ambiental competente, observando: o Plano de Bacia Hidrográfica; o Zoneamento Ecológico-econômico e outras categorias de Zoneamento Ambiental; a proximidade com outra Reserva Legal, Área de Preservação Permanente, Unidade de Conservação ou outra área legalmente protegida. O registro no CAR desobriga a averbação no Cartório de Registro de Imóveis. Permitido o manejo sustentável da área mediante plano previamente aprovado.

10 RESERVA LEGAL O limite da Reserva Legal na Amazônia Legal pode cair para até 50% em municípios que tenham 50% de áreas protegidas e/ou terras indígenas em seu território. O poder público estadual, na Amazônia Legal, poderá reduzir para até 50% quando o Estado tiver Zoneamento Ecológico-Econômico aprovado e mais de 65% do seu território ocupado por unidades de conservação de domínio público e terras indígenas homologadas. Fonte: Filipe Borin - Yahoo Notícias

11 RESERVA LEGAL As áreas poderão ser somadas desde que não implique em conversão das áreas para o uso alternativo do solo. Fonte: Portal R7 Uso alternativo do solo: substituição da vegetação nativa por outras coberturas do solo.

12 RESERVA LEGAL Não é exigida para: empreendimentos de abastecimento público de água e tratamento de esgoto; áreas adquiridas ou desapropriadas para exploração de potencial de energia hidráulica, nas quais funcionem empreendimentos de geração de energia elétrica, subestações ou sejam instaladas linhas de transmissão e de distribuição de energia elétrica; áreas adquiridas ou desapropriadas com o objetivo de implantação e ampliação de capacidade de rodovias e ferrovias. A inserção do imóvel rural em perímetro urbano não desobriga o proprietário da manutenção da área de Reserva Legal que só será convertida com o registro do parcelamento do solo. Áreas Verdes Urbanas

13 RESERVA LEGAL Formas de regularização das propriedades que detinham, em , áreas de Reserva Legal em extensão inferior ao exigido pelo Código Florestal: Condução à regeneração natural Viabilidade técnica aprovada pelo órgão ambiental com isolamento total da área. Recomposição da vegetação A recomposição poderá ser realizada com espécies exóticas em até 50% da área. Aqueles que optarem por recompor terão direito à sua exploração econômica nos moldes previstos no Código Florestal. Condomínio Instituição da Reserva Legal em regime de condomínio entre propriedades rurais respeitado o percentual previsto relacionado a cada imóvel.

14 RESERVA LEGAL Compensação As áreas a serem utilizadas para compensação deverão ser equivalentes em extensão à área da Reserva Legal a ser compensada. A Compensação não poderá ser utilizada como forma de viabilizar a conversão de novas áreas para uso alternativo do solo. Somente para regularizar o que está irregular! Poderá ser feita através de: aquisição de Cota de Reserva Ambiental CRA; arrendamento de área sob regime de servidão ambiental; doação ao poder público de área localizada no interior de Unidade de Conservação de domínio público pendente de regularização fundiária; cadastramento de outra área equivalente em imóvel de mesma titularidade ou adquirida em imóvel de terceiro, com vegetação nativa estabelecida, em regeneração ou recomposição, desde que localizada no mesmo bioma.

15 RESERVA LEGAL

16 A FAMOSA ANISTIA AOS DESMATADORES Entre a data de publicação do CF e a implantação do PRA em cada Estado, bem como após a adesão ao PRA e seu cumprimento, o proprietário não poderá ser autuado por infrações cometidas antes de , relativas à supressão irregular de vegetação. As multas aplicadas estão suspensas. No entanto, só serão extintas após a recuperação da vegetação. Fonte: Portal R7 Os proprietários terão 2 anos para aderir ao PRA. MARÇO 2010 M&A OVERVIEW

17 A FAMOSA ANISTIA AOS DESMATADORES A assinatura do termo de compromisso para a adesão ao PRA suspenderá a punibilidade dos crimes previstos nos arts. 38, 39 e 49 da Lei de Crimes Ambientais, enquanto o termo estiver sendo cumprido. Art. 38. Destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente, mesmo que em formação, ou utilizá-la com infringência das normas de proteção. Art. 39. Cortar árvores em floresta considerada de preservação permanente, sem permissão da autoridade competente. Art. 48. Impedir ou dificultar a regeneração natural de florestas e demais formas de vegetação. Extingue-se a punibilidade com a efetiva regularização do imóvel.

18 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE TERRITORIAL RURAL - ITR Em acordo com a Lei n , de , são áreas não tributáveis do imóvel rural: Área de Preservação Permanente APP Reserva Legal. Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN. Servidão Ambiental Área de Interesse Ecológico Áreas cobertas com floresta nativa. No caso de áreas sob manejo florestal e/ou reflorestamento, pode-se obter o benefício de uma alíquota menor do imposto. O novo Código Florestal determina a dedução das Áreas de Preservação Permanente, de Reserva Legal e de uso restrito da base de cálculo do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural ITR, gerando créditos tributários.

19 OUTRAS DISPOSIÇÕES LEGAIS RELEVANTES Cria a compensação para uso alternativo do solo em área com espécies da fauna ou flora ameaçadas de extinção. Permanece a obrigação de registro no IBAMA dos estabelecimentos que comercializam e daqueles que adquirem motosserras, assim como a obtenção da licença para o porte e uso. O transporte e o armazenamento de madeira, lenha, carvão e outros produtos ou subprodutos florestais oriundos de florestas de espécies nativas, para fins comerciais ou industriais, requerem licença e emissão do DOF. Após 5 anos da data da publicação do Código, as instituições financeiras só concederão crédito agrícola para proprietários de imóveis rurais que estejam inscritos no CAR e que comprovem sua regularidade. A CAMEX está autorizada a adotar medidas de restrição às importações de bens de origem agropecuária ou florestal produzidos em países que não observem normas e padrões de proteção do meio ambiente compatíveis com as estabelecidas pela legislação brasileira.

20

21 MUITO OBRIGADA! Svetlana Miranda (31) As informações contidas na presente apresentação são válidas somente nesta data haja vista as constantes alterações legislativas que envolvem a matéria.

DISPOSIÇÕES PERMANENTES

DISPOSIÇÕES PERMANENTES Revista RG Móvel - Edição 31 DISPOSIÇÕES PERMANENTES CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR): O novo Código Florestal determina a criação do CAR (Cadastro Ambiental Rural) e torna obrigatório o registro para todos

Leia mais

Lei 20.922/13 Lei Florestal Mineira

Lei 20.922/13 Lei Florestal Mineira Lei 20.922/13 Lei Florestal Mineira 2014 Reserva Legal: Conceito: Nova Lei Florestal Mineira - Lei nº 20.922/2013 Área localizada no interior de uma propriedade ou posse rural, delimitada nos termos da

Leia mais

BR 116/RS Gestão Ambiental. Oficina para Capacitação em Gestão Ambiental

BR 116/RS Gestão Ambiental. Oficina para Capacitação em Gestão Ambiental BR 116/RS Gestão Ambiental Programa de Apoio às Prefeituras Municipais Oficina para Capacitação em Gestão Ambiental Novo Código Florestal Inovações e aspectos práticos STE Serviços Técnicos de Engenharia

Leia mais

Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental

Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental Segundo a Lei Federal 12.651/2012 e Decreto Federal 7.830/2012 ESALQ Março/Abril de 2014 Caroline Vigo Cogueto Centro de Monitoramento e Avaliação

Leia mais

CADASTRO AMBIENTAL RURAL. ELON DAVI JAGUSZEWSKI Engenheiro Florestal Técnico em Agropecuária CREA/SC 091.142-4

CADASTRO AMBIENTAL RURAL. ELON DAVI JAGUSZEWSKI Engenheiro Florestal Técnico em Agropecuária CREA/SC 091.142-4 CADASTRO AMBIENTAL RURAL ELON DAVI JAGUSZEWSKI Engenheiro Florestal Técnico em Agropecuária CREA/SC 091.142-4 MISSÃO DO SENAR Realizar a educação profissional e promoção social das pessoas do meio rural,

Leia mais

Entendendo o Novo Código Florestal II CBRA 2012. Eduardo Chagas Engº Agrônomo, M.Sc Chefe DRNRE / IDAF

Entendendo o Novo Código Florestal II CBRA 2012. Eduardo Chagas Engº Agrônomo, M.Sc Chefe DRNRE / IDAF Entendendo o Novo Código Florestal II CBRA 2012 Eduardo Chagas Engº Agrônomo, M.Sc Chefe DRNRE / IDAF O Idaf por definição O IDAF, é a entidade responsável pela execução da política, florestal, bem como

Leia mais

O NOVO CÓDIGO FLORESTAL Lei 12.651, de 25 de maio de 2012 - com as modificações da Medida Provisória 517, de mesma data

O NOVO CÓDIGO FLORESTAL Lei 12.651, de 25 de maio de 2012 - com as modificações da Medida Provisória 517, de mesma data O NOVO CÓDIGO FLORESTAL Lei 12.651, de 25 de maio de 2012 - com as modificações da Medida Provisória 517, de mesma data 1 Índice I. Conceitos... 4 II. Área de Preservação Permanente... 5 III. Áreas consolidadas

Leia mais

NOVO CÓDIGO FLORESTAL: IMPLICAÇÕES E MUDANÇAS PARA A REALIDADE DO PRODUTOR DE LEITE BRASILEIRO

NOVO CÓDIGO FLORESTAL: IMPLICAÇÕES E MUDANÇAS PARA A REALIDADE DO PRODUTOR DE LEITE BRASILEIRO NOVO CÓDIGO FLORESTAL: IMPLICAÇÕES E MUDANÇAS PARA A REALIDADE DO PRODUTOR DE LEITE BRASILEIRO Enio Resende de Souza Eng. Agr. M.Sc. Manejo Ambiental / Coordenador Técnico / Meio Ambiente Gestão do Produto

Leia mais

NOVO CÓDIGO FLORESTAL E CADASTRO AMBIENTAL RURAL

NOVO CÓDIGO FLORESTAL E CADASTRO AMBIENTAL RURAL NOVO CÓDIGO FLORESTAL E CADASTRO AMBIENTAL RURAL Eduardo de Mércio Figueira Condorelli desenvolvimentosustentavel@farsul.org.br Ibirubá (RS), 08 de maio de 2014 O TAMANHO DA AGROPECUÁRIA NACIONAL Área

Leia mais

Cadastro Ambiental Rural CAR

Cadastro Ambiental Rural CAR Cadastro Ambiental Rural CAR LEGISLAÇÃO Lei Federal nº 12.651/2012 Código Florestal Brasileiro; Lei Estadual n.º 20.922/2013 - Dispõe sobre as políticas florestal e de proteção à biodiversidade no Estado

Leia mais

Mais informações e a lista completa de signatários estão disponíveis no site da iniciativa, em www.dialogoflorestal.org.br.

Mais informações e a lista completa de signatários estão disponíveis no site da iniciativa, em www.dialogoflorestal.org.br. APRESENTAÇÃO Este documento apresenta em detalhes as propostas consolidadas pelo Diálogo Florestal como contribuição ao debate sobre a revisão do Código Florestal Brasileiro, em curso no Congresso Nacional.

Leia mais

Legislação Anterior Novo Código Florestal Avanços

Legislação Anterior Novo Código Florestal Avanços A APP era computada a partir das margens de rio ou cursos d água, pelo nível mais alto do período de cheia. Várzeas eram consideradas parte dos rios ou cursos d água, porque são inundadas durante o período

Leia mais

Prof. Charles Alessandro Mendes de Castro

Prof. Charles Alessandro Mendes de Castro ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE -NOVO CÓDIGO FLORESTAL MINEIRO LEI 20922/13 Prof. Charles Alessandro Mendes de Castro ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE(APPs) ART. 8º - São aquelas cobertas ou não por vegetação

Leia mais

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Aspectos relacionados com a Legislação Florestal / Mineração LEI FEDERAL 12651/12 Engª Amb. Adriana Maira Rocha Goulart Divisão de Apoio e Gestão dos Recursos

Leia mais

Módulo fiscal em Hectares 20 10 16 12

Módulo fiscal em Hectares 20 10 16 12 CÓDIGO FLORESTAL COMO SE REGULARIZAR O QUE É CÓDIGO FLORESTAL? O Código é uma lei que estabelece limites e obrigações no uso da propriedade,, que deve respeitar a vegetação existente na terra, considerada

Leia mais

MANUAL CEAF/CAOMA - NOVO CÓDIGO FLORESTAL (LEI Nº 12.651/2012)

MANUAL CEAF/CAOMA - NOVO CÓDIGO FLORESTAL (LEI Nº 12.651/2012) MANUAL CEAF/CAOMA - NOVO CÓDIGO FLORESTAL (LEI Nº 12.651/2012) O presente documento visa analisar, sucintamente, as principais alterações trazidas pela Lei n. 12.651/2012 e apresentar propostas de atuação

Leia mais

Prof. Pedro Brancalion

Prof. Pedro Brancalion Prof. Pedro Brancalion Reserva Legal: área localizada no interior de uma propriedade ou posse rural, delimitada nos termos do art. 12, com a função de assegurar o uso econômico de modo sustentável dos

Leia mais

Tema: Reserva Legal. Familiar/MMA

Tema: Reserva Legal. Familiar/MMA Tema: Reserva Legal Norma atual Proposta 1 Proposta Agricultura Proposta Movimento MAPA/ruralistas Familiar/MMA Socioambientalista Recuperação de RL: exige a Reconhecimento de Não aceitar anistia para

Leia mais

LEI Nº 12.651, DE 15.05.2012 LEI ESTADUAL Nº 20.922, DE 16.10.2013 CONFLITOS ENTRE A LEI FLORESTAL MINEIRA E O NOVO CÓDIGO FLORESTAL

LEI Nº 12.651, DE 15.05.2012 LEI ESTADUAL Nº 20.922, DE 16.10.2013 CONFLITOS ENTRE A LEI FLORESTAL MINEIRA E O NOVO CÓDIGO FLORESTAL LEI Nº 12.651, DE 15.05.2012 LEI ESTADUAL Nº 20.922, DE 16.10.2013 CONFLITOS ENTRE A LEI FLORESTAL MINEIRA E O NOVO CÓDIGO FLORESTAL Ricardo Carneiro youtu.be/_zmuohub3wo.webloc HISTÓRICO E ESTRUTURA

Leia mais

Novo Código Florestal Lei 12.651/12. Rodrigo Justus de Brito Advogado e Engº Agroº Especialista em Legislação Ambiental

Novo Código Florestal Lei 12.651/12. Rodrigo Justus de Brito Advogado e Engº Agroº Especialista em Legislação Ambiental Novo Código Florestal Lei 12.651/12 Rodrigo Justus de Brito Advogado e Engº Agroº Especialista em Legislação Ambiental Fevereiro - 2013 ROTEIRO 1. HISTORICO DO CODIGO FLORESTAL a. EVOLUCAO DOS CONCEITOS

Leia mais

Lei 12.651/2012. Prof. Dr. Rafaelo Balbinot Departamento. de Eng. Florestal UFSM Frederico Westphalen

Lei 12.651/2012. Prof. Dr. Rafaelo Balbinot Departamento. de Eng. Florestal UFSM Frederico Westphalen Lei 12.651/2012 Prof. Dr. Rafaelo Balbinot Departamento. de Eng. Florestal UFSM Frederico Westphalen Considerações Padrão Legal X Padrão de Qualidade Capacitação para aplicação da lei Análise individual

Leia mais

b) cinqüenta hectares, se localizada no polígono das secas ou a leste do Meridiano de 44º W, do Estado do Maranhão; e

b) cinqüenta hectares, se localizada no polígono das secas ou a leste do Meridiano de 44º W, do Estado do Maranhão; e MEDIDA PROVISÓRIA N o 2.166-67, DE 24 DE AGOSTO DE 2001. Altera os arts. 1 o, 4 o, 14, 16 e 44, e acresce dispositivos à Lei n o 4.771, de 15 de setembro de 1965, que institui o Código Florestal, bem como

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 149 DE 16 DE OUTUBRO DE 2009.

LEI COMPLEMENTAR Nº 149 DE 16 DE OUTUBRO DE 2009. LEI COMPLEMENTAR Nº 149 DE 16 DE OUTUBRO DE 2009. Cria o Programa Roraimense de Regularização Ambiental Rural RR SUSTENTÁVEL, disciplina as etapas do Processo de Licenciamento Ambiental de Imóveis Rurais

Leia mais

Prof. Pedro Brancalion

Prof. Pedro Brancalion Prof. Pedro Brancalion Decreto Federal 23793/34: Institui o Código Florestal Brasileiro (Getúlio Vargas) Art. 1º As florestas existentes no territorio nacional, consideradas em conjuncto, constituem

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA PARCELAMENTO DE SOLO: CODRAM 3414,40; CODRAM 3414,50; CODRAM 3414,60; CODRAM 3414,70; CODRAM 3415,10

TERMO DE REFERÊNCIA PARA PARCELAMENTO DE SOLO: CODRAM 3414,40; CODRAM 3414,50; CODRAM 3414,60; CODRAM 3414,70; CODRAM 3415,10 TERMO DE REFERÊNCIA PARA PARCELAMENTO DE SOLO: CODRAM 3414,40; CODRAM 3414,50; CODRAM 3414,60; CODRAM 3414,70; CODRAM 3415,10 O processo administrativo para aprovação e licenciamento de parcelamentos de

Leia mais

CONQUISTAS AOS AGRICULTORES NO CÓDIGO FLORESTAL

CONQUISTAS AOS AGRICULTORES NO CÓDIGO FLORESTAL CONQUISTAS AOS AGRICULTORES NO CÓDIGO FLORESTAL 1. DISPENSA AOS PROPRIETÁRIOS DE ÁREAS CONSOLIDADAS DE RECOMPOSIÇÃO DA RESERVA LEGAL Art. 61 a. Área rural consolidada: é a área de imóvel rural com ocupação

Leia mais

CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR)

CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR) CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR) Manual de inscrição do CAR para o proprietário rural Patrocínio: 2015 Sumário Lista de Siglas... 3 Apresentação... 4 1. O que é o CAR?... 5 2. Objetivo do CAR... 6 3. Vantagens

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS Autor: Poder Executivo LEI COMPLEMENTAR Nº 343, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2008 - D.O. 24.12.08. Cria o Programa Mato-grossense de Regularização Ambiental Rural MT LEGAL, disciplina as etapas do Processo de

Leia mais

Histórico. Decreto 7.029/2009 (Decreto Mais Ambiente) Lei Federal 12.651/2012 Decreto 7.830/2012

Histórico. Decreto 7.029/2009 (Decreto Mais Ambiente) Lei Federal 12.651/2012 Decreto 7.830/2012 Histórico Decreto 7.029/2009 (Decreto Mais Ambiente) Lei Federal 12.651/2012 Decreto 7.830/2012 É criado o Cadastro Ambiental Rural - CAR, no âmbito do Sistema Nacional de Informação sobre Meio Ambiente

Leia mais

CAPÍTULO 6 NOVO CÓDIGO FLORESTALBRASILEIRO (LEI 12.651/2012)

CAPÍTULO 6 NOVO CÓDIGO FLORESTALBRASILEIRO (LEI 12.651/2012) MANUAL DE DIREITO AMBIENTAL ROMEU THOMÉ ATUALIZAÇÃO DA 2ª PARA A 3ª EDIÇÃO CAPÍTULO 6 NOVO CÓDIGO BRASILEIRO (LEI 12.651/2012) NA PÁGINA 304: Onde se lê: Já em 25 de maio de 2012, e após intensos debates

Leia mais

Breve Histórico das Leis Ambientais Aplicadas à Propriedade Rural

Breve Histórico das Leis Ambientais Aplicadas à Propriedade Rural Breve Histórico das Leis Ambientais Aplicadas à Propriedade Rural Código florestal 1934 Código das águas Novo Código florestal 1965 Política Nacional de Meio Ambiente 1981 Mudança na mata ciliar 1986/9

Leia mais

ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE CONSOLIDADAS:

ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE CONSOLIDADAS: O mais importante Do novo Código Florestal Engª Agrônoma Carla Beck- FAEP/DTE As propriedades rurais ocupadas até 22 de julho de 2008, terão que cumprir as seguintes regras estabelecidas pelo novo Código

Leia mais

Cadastro Ambiental Rural (CAR)

Cadastro Ambiental Rural (CAR) Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Cadastro Ambiental Rural (CAR) Procedimentos e Prazos Nelson Ananias Filho Coordenador de Sustentabilidade Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Leia mais

LEGISLAÇÃO AMBIENTAL BRASILEIRA

LEGISLAÇÃO AMBIENTAL BRASILEIRA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL BRASILEIRA No Brasil, as leis voltadas para a conservação ambiental começaram a partir de 1981, com a lei que criou a Política Nacional do Meio Ambiente. Posteriormente, novas leis

Leia mais

CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR

CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Sindicato dos Produtores Rurais CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR

Leia mais

CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Esta Lei estabelece normas gerais sobre a proteção da vegetação, dispõe sobre as Áreas de Preservação Permanente e as áreas de Reserva Legal, define regras gerais

Leia mais

Iniciativa Verde. Pontos para aplicação do novo Código Florestal, Lei 12.651/12

Iniciativa Verde. Pontos para aplicação do novo Código Florestal, Lei 12.651/12 Iniciativa Verde Pontos para aplicação do novo Código Florestal, Lei 12.651/12 Roberto Ulisses Resende São Paulo, março de 2013 Introdução Esta é a primeira versão do documento elaborado pela Iniciativa

Leia mais

Posicionamento sobre proposta de novo Código Florestal

Posicionamento sobre proposta de novo Código Florestal Posicionamento sobre proposta de novo Código Florestal A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, Seção São Paulo, entidade sem fins lucrativos de âmbito nacional que preconiza a defesa

Leia mais

Reforma do Código Florestal

Reforma do Código Florestal Reforma do Código Florestal Esquema da apresentação Resumo da votação do Código Florestal na Câmara 25/04/2012 Principais alterações do Novo Código Florestal na Câmara dos Deputados 25/04/2012: 1. Programa

Leia mais

Rodrigo Justus de Brito Advogado e Engº Agroº Especialista em Legislação Ambiental. Fevereiro - 2013

Rodrigo Justus de Brito Advogado e Engº Agroº Especialista em Legislação Ambiental. Fevereiro - 2013 Rodrigo Justus de Brito Advogado e Engº Agroº Especialista em Legislação Ambiental Fevereiro - 2013 ROTEIRO 1. HISTORICO DO CODIGO FLORESTAL a. EVOLUCAO DOS CONCEITOS DE APP e RESERVA LEGAL b. PROCESSO

Leia mais

CÓDIGO FLORESTAL E A OPERACIONALIZAÇÃO DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL EM GOIÁS

CÓDIGO FLORESTAL E A OPERACIONALIZAÇÃO DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL EM GOIÁS Cristiane Silva e Souza Mestranda em Geografia, Universidade Federal de Goiás Instituto de Estudos Sócio-Ambientais IESA Goiânia, Goiás, Brasil geocristiane@gmail.com CÓDIGO FLORESTAL E A OPERACIONALIZAÇÃO

Leia mais

TEXTO EM VIGOR EM VERDE

TEXTO EM VIGOR EM VERDE BUREAUX JURÍDICOS ASSOCIADOS Porto Alegre-RS Brasília-DF São Paulo-SP Belo Horizonte-MG Ricardo Alfonsin Advogados Ricardo Barbosa Alfonsin OAB/RS 9.275 Breno Moreira Mussi OAB/RS 5.791 Arilei Ribeiro

Leia mais

LEI Nº 4.771, DE 15 DE SETEMBRO DE 1965

LEI Nº 4.771, DE 15 DE SETEMBRO DE 1965 LEI Nº 4.771, DE 15 DE SETEMBRO DE 1965 Institui o Novo Código Florestal.... Art. 3º Consideram-se, ainda, de preservação permanentes, quando assim declaradas por ato do Poder Público, as florestas e demais

Leia mais

Sistema de Cadastro Ambiental Rural

Sistema de Cadastro Ambiental Rural Sistema de Cadastro Ambiental Rural XX Simpósio Jurídico ABCE ÂNGELO RAMALHO ASSESSOR MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO DIRETORIA DE FOMENTO E INCLUSÃO FLORESTAL São Paulo, Outubro/2014

Leia mais

E qual é a nossa realidade???

E qual é a nossa realidade??? E qual é a nossa realidade??? Área urbana invadindo a beira de rio MUNIC 2012 - Dos 366 municípios que declararam sofrer problemas de deslizamento de terra, 25% também declararam ter como causa da degradação

Leia mais

Conhecendo as Leis. Sistema Jurídico Ambiental 1988 - O novo código florestal passa por 82 modificações sendo 67 por MP(1996-2001)

Conhecendo as Leis. Sistema Jurídico Ambiental 1988 - O novo código florestal passa por 82 modificações sendo 67 por MP(1996-2001) Conhecendo as Leis 1972 1988 1992 193-- 1965 1981 1986 1989 1996 1997 1998 2000/1 1964 1991 2005 O novo código florestal passa por 82 modificações sendo 67 por MP(1996-2001) Sistema Jurídico Ambiental

Leia mais

Comparação entre lei 4771 e PL relatado pelo Dep.Aldo Rebelo preparado por Zeze Zakia Versão preliminar ( APP)

Comparação entre lei 4771 e PL relatado pelo Dep.Aldo Rebelo preparado por Zeze Zakia Versão preliminar ( APP) Lei 4771 versão em vigor II área de preservação permanente: área protegida nos termos dos arts. 2 o e 3 o desta Lei, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos

Leia mais

Dispositivos da Lei. Destaques. Áreas de Preservação Permanente (APPs)

Dispositivos da Lei. Destaques. Áreas de Preservação Permanente (APPs) Cursos d água naturais perenes e intermitentes excluídos os efêmeros: art. 4º, inciso I. A proteção vale para os cursos d água naturais. Variados cursos d água, como resultantes de retificações, canalizações

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO -Meio Ambiente e Patrimônio Cultural- - NOTA TÉCNICA Nota técnica que expede a 4ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa, altera as Leis nºs 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nºs 4.771, de 15 de

Leia mais

INCONSTITUCIONALIDADES DO NOVO CÓDIGO FLORESTAL - AÇÕES DO MP -

INCONSTITUCIONALIDADES DO NOVO CÓDIGO FLORESTAL - AÇÕES DO MP - INCONSTITUCIONALIDADES DO NOVO CÓDIGO FLORESTAL - AÇÕES DO MP - XIII CONGRESSO BRASILEIRO DO MP DE MEIO AMBIENTE VITÓRIA/ES 19/04/2013 SANDRA CUREAU ADIS AJUIZADAS EM FACE DA LEI 12.651/2012 I. ADI nº

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO Lei 12.651/2012 (alterado pela Lei 12.727/2012) e Decreto Federal 7.830/2012 Exemplos de inclusões ou alterações conceituais na Lei 12.651/12: Conceito de Área de Preservação Permanente (art.3º, item II):

Leia mais

Prazos estabelecidos pelo Novo Código Florestal. Prazos para o Poder Público

Prazos estabelecidos pelo Novo Código Florestal. Prazos para o Poder Público Prazos estabelecidos pelo Novo Código Florestal Prazos para o Poder Público Artigo Obrigação Prazo 11, 5º 13, 2º 29 47 59 59, 1º 78-A 82 Conclusão do Zoneamento Ecológico- Econômico da Zona Costeira ZEEZOC

Leia mais

ecoturismo ou turismo. As faixas de APP que o proprietário será obrigado a recompor serão definidas de acordo com o tamanho da propriedade.

ecoturismo ou turismo. As faixas de APP que o proprietário será obrigado a recompor serão definidas de acordo com o tamanho da propriedade. São as áreas protegidas da propriedade. Elas não podem ser desmatadas e por isso são consideradas Áreas de Preservação Permanente (APPs). São as faixas nas margens de rios, lagoas, nascentes, encostas

Leia mais

INTRODUÇÃO: NOVO CÓDIGO FLORESTAL, UM MOMENTO DECISIVO PARA O BRASIL

INTRODUÇÃO: NOVO CÓDIGO FLORESTAL, UM MOMENTO DECISIVO PARA O BRASIL RESUMO PARA POLÍTICA PÚBLICA NOVO CÓDIGO FLORESTAL PARTE II: CAMINHOS E DESAFIOS PARA A REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL INTRODUÇÃO: NOVO CÓDIGO FLORESTAL, UM MOMENTO DECISIVO PARA O BRASIL A aprovação do novo

Leia mais

CAR Cadastro Ambiental Rural

CAR Cadastro Ambiental Rural CAR Cadastro Ambiental Rural CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR Lei nº 12.651 / 2012 Novo Código Florestal Art. 29. É criado o Cadastro Ambiental Rural - CAR, no âmbito do Sistema Nacional de Informação sobre

Leia mais

CADASTRO AMBIENTAL RURAL E AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE

CADASTRO AMBIENTAL RURAL E AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE CADASTRO AMBIENTAL RURAL E AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE O que são as APP e quais as suas funções Diferença entre APP e Reserva Legal Os diversos tipos de APP Sobre nascentes e olho d água diferenças

Leia mais

LEI FLORESTAL MINEIRA

LEI FLORESTAL MINEIRA LEI FLORESTAL MINEIRA PALAVRA DO PRESIDENTE Indústria sustentável Com satisfação, colocamos à disposição da Indústria mineira esta publicação sobre a Lei nº 20.922, de 16 de outubro de 2013, que trata

Leia mais

Novo Código Florestal Orientações Gerais ao Produtor Rural

Novo Código Florestal Orientações Gerais ao Produtor Rural Outubro 2012 Novo Código Florestal Orientações Gerais ao Produtor Rural Mediante a publicação da lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012; da lei nº 12.727, de 17 de outubro de 2012; e do Decreto nº 7.830,

Leia mais

LEI Nº 15.684, DE 14 DE JANEIRO DE 2015. (Projeto de lei nº 219/14 - Deputado Barros Munhoz - PSDB e outros)

LEI Nº 15.684, DE 14 DE JANEIRO DE 2015. (Projeto de lei nº 219/14 - Deputado Barros Munhoz - PSDB e outros) LEI Nº 15.684, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 (Projeto de lei nº 219/14 - Deputado Barros Munhoz - PSDB e outros) Dispõe sobre o Programa de Regularização Ambiental - PRA das propriedades e imóveis rurais, criado

Leia mais

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL (PRA) Histórico: Programa Mais Ambiente Brasil (Dec. 7.029/2009) OJN PFE-IBAMA 20/2010 - suspensa

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL (PRA) Histórico: Programa Mais Ambiente Brasil (Dec. 7.029/2009) OJN PFE-IBAMA 20/2010 - suspensa PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL (PRA) Legislação aplicável Lei 12.651/12 Decreto 7.830/12 IN MMA 02/2014 (CAR) IN IBAMA 12/2014 (6 de Agosto) Histórico: Programa Mais Ambiente Brasil (Dec. 7.029/2009)

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL. Zoneamento Ambiental. Espaços Territoriais especialmente protegidos ... Camila Regina Eberle camilaeberle@hotmail.

GESTÃO AMBIENTAL. Zoneamento Ambiental. Espaços Territoriais especialmente protegidos ... Camila Regina Eberle camilaeberle@hotmail. ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL GESTÃO AMBIENTAL Zoneamento Ambiental Espaços

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS GABINETE SECRETÁRIO PORTARIA N º 064, DE 04 DE AGOSTO DE 2014.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS GABINETE SECRETÁRIO PORTARIA N º 064, DE 04 DE AGOSTO DE 2014. GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS GABINETE SECRETÁRIO PORTARIA N º 064, DE 04 DE AGOSTO DE 2014. Disciplina no âmbito do Estado do Maranhão, os procedimentos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Apostila SICARMG Página 1

MANUAL DO USUÁRIO. Apostila SICARMG Página 1 MANUAL DO USUÁRIO - *Ultima atualização: 05/10/2015 Apostila SICARMG Página 1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 1 CONHECENDO O CAR... 4 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 RESUMO DO FUNCIONAMENTO DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR)...

Leia mais

Instrução Normativa nº 001, de 27 de janeiro de 2014

Instrução Normativa nº 001, de 27 de janeiro de 2014 Instrução Normativa nº 001, de 27 de janeiro de 2014 O diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo IDAF, usando das atribuições que lhe confere o artigo 48 do regulamento

Leia mais

Legislação Pertinente ao Licenciamento Ambiental

Legislação Pertinente ao Licenciamento Ambiental 1 Legislação Pertinente ao Licenciamento Ambiental Juceleine Klanovicz UNOPAR Universidade do Norte do Paraná Legislação Pertinente ao Licenciamento Ambiental Linha Dezenove, São Domingos do Sul, RS juceleinekla@bol.com.br

Leia mais

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012, D.O.U. 28.05.2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis n os 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de

Leia mais

Encontro Anual dos Dirigentes Municipais de Meio Ambiente

Encontro Anual dos Dirigentes Municipais de Meio Ambiente Encontro Anual dos Dirigentes Municipais de Meio Ambiente Engenheiro Ambiental Gabriel Simioni Ritter Diretor do Departamento de Biodiversidade Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Porto

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE, DO PLANEJAMENTO, DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA SEMAC, no uso de suas atribuições legais e

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE, DO PLANEJAMENTO, DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA SEMAC, no uso de suas atribuições legais e RESOLUÇÃO SEMAC N 12 DE 17 DE JULHO DE 2014. Aprova a Norma Técnica para Georreferenciamento de Áreas de Interesse Ambiental e de atividades sujeitas ao Licenciamento e Regularização Ambiental no IMASUL,

Leia mais

Saiba mais sobre o Novo Código Florestal Brasileiro e o CAR COLADO NA CAPA

Saiba mais sobre o Novo Código Florestal Brasileiro e o CAR COLADO NA CAPA Saiba mais sobre o Novo Código Florestal Brasileiro e o CAR COLADO NA CAPA Índice O que o agricultor brasileiro deve saber sobre o Novo Código Florestal?...1 Começando a regularizar o imóvel rural...2

Leia mais

VERDADES E MENTIRAS SOBRE O PROJETO DE LEI QUE ALTERA O CÓDIGO FLORESTAL

VERDADES E MENTIRAS SOBRE O PROJETO DE LEI QUE ALTERA O CÓDIGO FLORESTAL VERDADES E MENTIRAS SOBRE O PROJETO DE LEI QUE ALTERA O CÓDIGO FLORESTAL 1. Por que o código florestal precisa ser mudado? O Código Florestal de 1965 é uma boa legislação. Aliás, caso fosse exigido o cumprimento

Leia mais

O projeto de Código Florestal goiano em face da lei 12.651/2012

O projeto de Código Florestal goiano em face da lei 12.651/2012 Escola Superior do Ministério Público do Estado de Goiás Semana do Meio Ambiente O projeto de Código Florestal goiano em face da lei 12.651/2012 José Antônio Tietzmann e Silva PUC Goiás Rede Gaia Consultoria

Leia mais

NOVO CÓDIGO FLORESTAL LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I

NOVO CÓDIGO FLORESTAL LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I NOVO CÓDIGO FLORESTAL LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012 Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nºs 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de

Leia mais

Art. 6 o O SNUC será gerido pelos seguintes órgãos, com as respectivas atribuições:

Art. 6 o O SNUC será gerido pelos seguintes órgãos, com as respectivas atribuições: SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO CF/88 art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao

Leia mais

(i)direito de Propriedade, (ii) Uso Sustentável dos Recursos e (iii) Conservação dos Remanescentes Florestais

(i)direito de Propriedade, (ii) Uso Sustentável dos Recursos e (iii) Conservação dos Remanescentes Florestais (i)direito de Propriedade, (ii) Uso Sustentável dos Recursos e (iii) Conservação dos Remanescentes Florestais Édis Milaré milare@milare.adv.br www.milare.adv.br VII Congresso Latino Americano de Direito

Leia mais

Instrumentos Legais de Proteção Ambiental em Propriedades Rurais

Instrumentos Legais de Proteção Ambiental em Propriedades Rurais Instrumentos Legais de Proteção Ambiental em Propriedades Rurais Uberlândia Minas Gerais Abril de 2015 Índice Introdução... 2 Instrumentos de planejamento e gestão do uso do solo... 2 Zoneamento Ecológico-

Leia mais

I - Comparação entre o Código Florestal atual e o Substitutivo ao PL 1876/99 e apensados, de Relatoria do Deputado Aldo Rebelo.

I - Comparação entre o Código Florestal atual e o Substitutivo ao PL 1876/99 e apensados, de Relatoria do Deputado Aldo Rebelo. 1 I - Comparação entre o Código Florestal atual e o Substitutivo ao PL 1876/99 e apensados, de Relatoria do Deputado Aldo Rebelo. O substitutivo de relatoria do Deputado Aldo Rebelo, aprovado pela Comissão

Leia mais

Código Florestal Goiano. O que mudou?

Código Florestal Goiano. O que mudou? Código Florestal Goiano O que mudou? Sumário Apresentação Mão que planta e preserva 03 O que mudou no novo Código Florestal do Estado de Goiás 04 Capítulo I - Lei nº 18.104 13 Capítulo II - das Áreas de

Leia mais

Universidade Federal do Ceara UFC Centro de Ciências Agrárias Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola Disciplina: Seminário IA

Universidade Federal do Ceara UFC Centro de Ciências Agrárias Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola Disciplina: Seminário IA Fortaleza CE Janeiro/2013 Universidade Federal do Ceara UFC Centro de Ciências Agrárias Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola Disciplina: Seminário IA Renata Nayara Câmara M. Silveira Engenheira

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR CURSO INTENSIVO III Disciplina: Direito Ambiental Prof. Fabiano Melo Data: 09.12.2009 Aula nº 06 MATERIAL DE APOIO PROFESSOR Lei 4771/65 Art. 2 Consideram-se de preservação permanente, pelo só efeito desta

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE DO AMAZONAS

CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE DO AMAZONAS RESOLUÇÃO/CEMAAM/Nº01/08 Estabelece normas e procedimentos para regularização ambiental de TANQUES, VIVEIROS, BARRAGENS, PEQUENOS RESERVATÓRIOS, CANAIS DE IGARAPÉS E TANQUES REDE DESTINADOS PARA A AQÜICULTURA

Leia mais

Critérios Socioambientais para Concessão de Crédito na CAIXA Ação Madeira Legal. Juan Carlo Silva Abad GN Meio Ambiente SUDES / VIGOV

Critérios Socioambientais para Concessão de Crédito na CAIXA Ação Madeira Legal. Juan Carlo Silva Abad GN Meio Ambiente SUDES / VIGOV Critérios Socioambientais para Concessão de Crédito na CAIXA Ação Madeira Legal Juan Carlo Silva Abad GN Meio Ambiente SUDES / VIGOV ESTRATÉGIA AMBIENTAL CAIXA Portifólio de Produtos Socioambientais Risco

Leia mais

NOVO CÓDIGO FLORESTAL - LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012.

NOVO CÓDIGO FLORESTAL - LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012. Novo Código Florestal Comentado - Lei 12.651/2012 Tipo de norma: Lei Ordinária Número: 12.651 Fonte: Planalto (legislação) Âmbito: Federal Texto resumido e integral: NOVO CÓDIGO FLORESTAL - LEI Nº 12.651,

Leia mais

Regularização Ambiental do Imóvel Rural. no novo Código Florestal

Regularização Ambiental do Imóvel Rural. no novo Código Florestal Regularização Ambiental do Imóvel Rural no novo Código Florestal Sistema OCB CNCOOP, OCB e SESCOOP Presidente: Márcio Lopes de Freitas Superintendente: Renato Nobile Gerente-Geral da OCB: Tânia Zanella

Leia mais

Código Florestal contexto.problemas.propostas

Código Florestal contexto.problemas.propostas Código Florestal contexto.problemas.propostas tasso.azevedo@gmail.com 1. Contexto 2. Problemas 3. Propostas 1 Regulamentação sobre florestas Constituição Federal (1988) Código Florestal (1965) Lei de Crimes

Leia mais

AMBIENTAL E NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS SOBRE O CADASTRO AMBIENTAL RURAL - ( CAR )

AMBIENTAL E NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS SOBRE O CADASTRO AMBIENTAL RURAL - ( CAR ) AMBIENTAL E NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS 29/04/2015 27 PERGUNTAS E RESPOSTAS DIRETAS E ESSENCIAIS SOBRE O CADASTRO AMBIENTAL RURAL - ( CAR ) ÍNDICE POR ASSUNTO ITENS Nº Informações Gerais 1, 4, 9 Responsabilidade

Leia mais

2. DO CONCEITO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP

2. DO CONCEITO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP 1 DA TUTELA DAS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NA LEI FLORESTAL Boisbaudran Imperiano Advogado, Biólogo e Professor, Pós-graduado em Direito Ambiental; Pós-graduado em Direito do Trabalho; Pós-graduado

Leia mais

LEVANTAMENTO AMBIENTAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO DE REDES RURAIS

LEVANTAMENTO AMBIENTAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO DE REDES RURAIS Página 1 de 6 Treinamento Recomendado: - formal - leitura (sem necessidade de manter em registro) Controle de Revisão Revisão Data Item Descrição das Alterações - 27/02/2004 - Emissão inicial A 20/05/2005

Leia mais

-essa definição irá abranger mais de 90% das propriedades rurais brasileiras, as quais serão desobrigadas de restaurar as suas Reservas Legais.

-essa definição irá abranger mais de 90% das propriedades rurais brasileiras, as quais serão desobrigadas de restaurar as suas Reservas Legais. Tabela As mudanças mais sérias propostas pelo projeto de lei (PLC 30/2011) que visa alterar o Código Florestal atual, aprovadas em dezembro de 2011 pelo Senado Federal, e suas consequências comentadas.

Leia mais

SUMÁRIO LEI N.º 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

SUMÁRIO LEI N.º 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SUMÁRIO COMO ENTENDER O CÓDIGO Art. 1.º (VETADO) LEI N.º 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1.º-A 1-A.1 Do Estado socioambiental de Direito e o princípio do desenvolvimento

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República LEI Nº 11.428, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2006. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: TÍTULO I DAS DEFINIÇÕES, OBJETIVOS

Leia mais

Ano CXLIX N o - 102 Brasília - DF, segunda-feira, 28 de maio de 2012 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

Ano CXLIX N o - 102 Brasília - DF, segunda-feira, 28 de maio de 2012 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ISSN 1677-7042. Sumário PÁGINA Atos do Poder Legislativo... 1 Atos do Congresso Nacional... 9 Atos do Poder Executivo... 10 Presidência da República... 16 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento...

Leia mais

USO DA TERRA NO BRASIL 851 milhões de hectares

USO DA TERRA NO BRASIL 851 milhões de hectares USO DA TERRA NO BRASIL 851 milhões de hectares URBANIZAÇÃO E OUTROS USOS 4% AGRICULTURA 7% VEGETAÇÃO NATURAL (FLORESTAIS E OUTROS) 65% PASTAGENS 23% FONTES: MMA/IBGE-PAM(2010)/INPE/CENSO AGROPECUÁRIO 2006

Leia mais

http://www4.planalto.gov.br/legislacao/resenha-diaria/2012/maio-resenhadiaria#content

http://www4.planalto.gov.br/legislacao/resenha-diaria/2012/maio-resenhadiaria#content http://www4.planalto.gov.br/legislacao/resenha-diaria/2012/maio-resenhadiaria#content Lei nº 12.651, de 25.5.2012 - Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis n os 6.938, de 31 de agosto

Leia mais

Regulamenta o art. 21 da Lei no 9.985, de 18 de julho de 2000, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza.

Regulamenta o art. 21 da Lei no 9.985, de 18 de julho de 2000, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. DECRETO Nº 5.746, DE 5 DE ABRIL DE 2006 Regulamenta o art. 21 da Lei no 9.985, de 18 de julho de 2000, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 368, DE 2012

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 368, DE 2012 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 368, DE 2012 Altera a Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012, para dispor sobre as Áreas de Preservação Permanentes em áreas urbanas. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

Leia mais

AUTORIZAÇÃO PARA INTERVENÇÃO DE QUALQUER NATUREZA NA VEGETAÇÃO NATURAL OU IMPLANTADA de 16/08/2005

AUTORIZAÇÃO PARA INTERVENÇÃO DE QUALQUER NATUREZA NA VEGETAÇÃO NATURAL OU IMPLANTADA de 16/08/2005 08/11/2006 Pág 1 AUTORIZAÇÃO PARA INTERVENÇÃO DE QUALQUER Substitui a IS-19 NATUREZA NA VEGETAÇÃO NATURAL OU IMPLANTADA de 16/08/2005 1. FINALIDADE 1.1 Esta Instrução tem por finalidade estabelecer critérios

Leia mais

Resolução do CONAMA nº 379, de 19 de outubro de 2006

Resolução do CONAMA nº 379, de 19 de outubro de 2006 3. A F L O R A 125 no entorno de terra indígena demarcada deverá ser precedida de informação georreferenciada à Fundação Nacional do Índio-FUNAI, exceto no caso da pequena propriedade rural ou posse rural

Leia mais

Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental

Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental Considerando a Diretriz 2 do Plano Nacional de Segurança Alimentar: Promoção do abastecimento e estruturação de sistemas descentralizados,

Leia mais

Legislação brasileira sobre meio ambiente - tópicos Fabricio Gomes Gonçalves

Legislação brasileira sobre meio ambiente - tópicos Fabricio Gomes Gonçalves Legislação brasileira sobre meio ambiente - tópicos Fabricio Gomes Gonçalves Contextualizando... Adaptação do produtor rural sem condições novos critérios de uso da terra impostos aleatoriamente sem alicerces

Leia mais