GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA MARANHÃO MAIS MÚSICA

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA MARANHÃO MAIS MÚSICA"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA MARANHÃO MAIS MÚSICA EDITAL FAPEMA Nº 43/2013 MÚSICA PRORROGAÇÃO Atividades Datas Data limite para submissão eletrônica das propostas 31/01/2014 Data limite para entrega da documentação impressa 03/02/2014 Divulgação dos resultados A partir de 31/03/2014 O Governo do Estado do Maranhão por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão FAPEMA, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior SECTEC, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação - SEDUC fazem saber, por via do presente Edital, que estão abertas as inscrições para a seleção de bolsistas de Apoio Técnico a projetos de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação, nos termos aqui estabelecidos. 1 OBJETIVO O presente Edital visa estimular a organização de bandas e fanfarras a partir da inserção de Instrutores e/ou Coreógrafos para atuarem nas Unidades Educacionais que possuem instrumentos de Bandas e Fanfarras. Os Instrutores e/ou Coreógrafos selecionados deverão atuar sob as orientações da coordenação de Bandas e Fanfarras/SAPE/SEDUC e desenvolver atividades musicais com alunos de ensino fundamental e médio. 1

2 2 CRONOGRAMA Evento Data Data limite para submissão eletrônica das propostas 24/01/2014 Data limite para entrega da documentação impressa 27/01/2014 Divulgação dos resultados A partir de 24/02/2014 Implementação das bolsas A partir de 01/03/ PROPONENTES 3.1 Instrutores e Coreógrafos de Bandas e Fanfarras. 3.2 Profissionais que tenham experiência prévia como instrutores e com a organização de bandas e fanfarras, comprovada por meio de declaração da Secretaria Estadual de Educação ou das secretarias municipais de educação. 4 RECURSOS FINANCEIROS 4.1 As propostas aprovadas serão financiadas com recursos do orçamento da FAPEMA no valor global estimado de R$ ,00 (seiscentos e noventa e seis mil reais), correspondendo a 100 (cem) bolsas, no valor de R$ 580,00 pelo prazo de 12 meses, improrrogáveis. 4.2 Fica a liberação dos recursos condicionada a disponibilidade orçamentária e financeira da FAPEMA. 4.3 Serão concedidas bolsas na modalidade de Estímulo Institucional BEI, destinadas a estimular o ensino de música nas escolas, como parte do Programa Maranhão Mais Música 5 REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES PARA OS CANDIDATOS À BOLSA Os candidatos deverão preencher os seguintes requisitos: 5.1 Possuir formação em música e apresentar a cópia do diploma do curso de maior titulação; 5.2 Ter experiência e domínio em atividades na área de música; 5.3 Ter disponibilidade de pelo menos 40h/mensais para realizar as atividades, considerando a carga diária mínima de 2 horas diárias, incluindo sábados, domingos e feriados, nas Unidades Educacionais ligadas as Secretaria Estadual de Educação. 5.4 Apresentar o plano de atividades com previsão de atividades diárias; 2

3 5.5 É vedada a utilização das bolsas para técnicos que pretendam exercer atividades indiretas, tais como: apoio administrativo, condução de veículos automotores e outras atividades similares. 6 OBRIGAÇÕES DO BOLSISTA EM CONSONÂNCIA COM SEDUC: 6.1 Acatar as orientações da SEDUC quanto às atividades a serem realizadas. 6.2 Organizar, preparar e criar atividades de acordo com o público alvo e o espaço físico; 6.3 Planejar as atividades de educação musical e formação de banda ou fanfarra, em conjunto com a equipe pedagógica da escola e em consonância com as orientações da SEDUC; 6.4 Controlar a freqüência dos alunos envolvidos nas atividades; 6.5 Participar de reuniões de organização e planejamento de atividades; 6.6 Solicitar com antecedência mínima de 15 dias, ao coordenador de bandas e fanfarras da SEDUC, os materiais necessários ao desenvolvimento das atividades; 6.7 Assumir a organização, distribuição e recolhimento dos instrumentos musicais, zelando pela integridade dos mesmos; 6.8 Apresentar a FAPEMA relatório semestral de atividades, pois a não apresentação nas datas estabelecidas no termo de outorga poderá ensejar no cancelamento da bolsa 7 CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE: O atendimento aos critérios de elegibilidade indicados abaixo são obrigatórios e imprescindíveis ao exame da proposta, enquadramento, análise e julgamento. A ausência ou insuficiência de informações sobre quaisquer deles resultará na desclassificação da proposta. 7.1 Propostas idênticas serão eliminadas automaticamente. 7.2 São requisitos obrigatórios ao proponente: a) Estar cadastrado no Sistema Patronage da FAPEMA ( b) possuir formação em música; c) ter currículo cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes, disponível no endereço d) ter experiência comprovada mediante declaração ou certificado em atividades que envolvem música; e) Estar adimplente com a FAPEMA; f) Não acumular a bolsa com outra modalidade, desta ou de outra agência de fomento; g) Ter disponibilidade de 40h/mensais para as atividades propostas; 3

4 h) Comprovar experiência (congressos, cursos de curta duração, curso de extensão, outros na área da música) mediante certificados ou declarações; i) É desejável a comprovação de experiência na regência de banda ou fanfarra por meio de certificados e/ou declarações de instituições idôneas, entre 2008 a APRESENTAÇÃO E ENVIO DAS PROPOSTAS 8.1 Documentação Eletrônica: Preenchimento de todos os campos do formulário eletrônico de solicitação, ao qual deverá ser anexado: a) Currículo atualizado do Candidato em modelo Lattes do CNPq; b) Cópia do diploma de ensino médio ou de graduação, c) Memorial descrevendo envolvimento em atividades acadêmicas e/ou profissional e/ou atividades como voluntário, com ênfase na música, que demonstrem criatividade, potencial de liderança, assim como vocações, incluindo um breve resumo do trabalho de conclusão de curso e/ou outra pesquisa relevante. Destacar a importância da banda ou fanfarra para o público alvo e para o estado do Maranhão. d) Plano de trabalho constando de 40h / mensais contendo a previsão das atividades a serem desenvolvidas no período, com atividades, com as máximas de 2 horas aulas diárias (incluindo sábados, domingos e feriados) em cada Unidade Educacional e carga horária didática para cada unidade educacional de atuação. 8.2 Documentação Impressa: a) Formulário eletrônico de solicitação, impresso e assinado pelo Proponente; b) Cópia da Carteira de identidade, do CPF e do comprovante de conta corrente no Banco do Brasil, indicando o número da conta e agência. c) Toda documentação eletrônica deverá ser impressa e ser idêntica a enviada eletronicamente. 8.3 Não serão aceitas propostas submetidas após o prazo final de recebimento estabelecido no subitem 1.2. Assim, recomenda-se o envio das propostas com antecedência, uma vez que a FAPEMA não se responsabiliza por propostas não recebidas em decorrência de eventuais problemas técnicos ou congestionamentos. 4

5 9 ANÁLISE E JULGAMENTO A seleção das propostas submetidas à FAPEMA, em atendimento a este Edital, será realizada por intermédio das seguintes etapas: 9.1 Etapa I Enquadramento e pré-seleção: Esta etapa, a ser realizada pela área técnica da FAPEMA, consiste no enquadramento e na pré-análise das propostas apresentadas quanto às exigências do edital. As propostas não enquadradas poderão não ser analisadas na etapa posterior. 9.2 Etapa II - Análise do mérito técnico-científico: Esta etapa consistirá na avaliação comparativa das propostas e de acordo com os critérios de julgamento abaixo, para os quais será atribuída nota de 0 (zero) a 10 (dez), conforme parecer de consultores ad hoc. 9.3 Etapa III Análise pelo Comitê de Julgamento: Após a etapa de análise dos consultores ad hoc, os projetos serão apreciados, conjuntamente, por um Comitê de Julgamento cujos membros serão definidos pela FAPEMA. O Comitê de Julgamento emitirá parecer sobre cada uma das propostas e elaborará uma planilha conforme a pontuação de cada uma das propostas. Todas as propostas, recomendadas ou não, farão parte da planilha e da ata de julgamento. A análise levará em consideração os seguintes critérios: a) Memorial descritivo das atividades já exercidas e justificativa para participar do presente edital; b) Experiência profissional; c) Plano de atividades proposto; d) Currículo Aprovação pela Diretoria Executiva da FAPEMA: Todas as propostas serão submetidas à apreciação da Diretoria Executiva da FAPEMA, que emitirá a decisão final sobre sua aprovação, observados os limites orçamentários deste Edital É vedado a qualquer membro do Comitê julgar projetos em que: a) participe da equipe do projeto ele próprio, seu cônjuge, companheiro ou parente, consangüíneo ou afim, em linha reta, ou na colateral até o terceiro grau; b) haja interesse direto seu; ou c) esteja litigando judicial ou administrativamente com qualquer membro da equipe do projeto ou seus respectivos cônjuges ou companheiros. 5

6 10 RESULTADO DO JULGAMENTO E IMPLEMENTAÇÃO DAS BOLSAS A relação das propostas aprovadas será divulgada pela FAPEMA a partir de 20/01/2014, no endereço É de responsabilidade do proponente informa-se sobre os resultados As propostas aprovadas serão contratadas como auxílio individual em nome do Proponente mediante assinatura de Termo de Outorga A existência de qualquer inadimplência ou pendência do proponente, constituirá fator impeditivo para a implementação da bolsa. 11 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS BOLSISTAS 11.1 A avaliação do desempenho do(s) bolsista(s) será feita mediante análise de relatório das atividades que deverá ser entregue à FAPEMA a cada 6(seis) meses de atividades executadas. O proponente deverá apresentar um relatório técnico final, até 30 (trinta) dias após o término da bolsa, contendo a descrição das atividades efetivamente desenvolvidas; 11.2 A FAPEMA se reserva o direito de, a qualquer momento, solicitar informações e/ou documentos adicionais e promover visitas técnicas, quando julgar necessário à avaliação e acompanhamento das propostas. 12 CANCELAMENTO DA OUTORGA A Outorga poderá ser cancelada pela Diretoria Executiva da FAPEMA, por ocorrência, durante sua execução, de fato cuja gravidade justifique o cancelamento, sem prejuízo de outras providências cabíveis em decisão devidamente fundamentada. 13 PUBLICAÇÕES As publicações científicas e qualquer outro meio de divulgação de trabalho de pesquisa e/ou de extensão apoiados pelo presente Edital, deverão citar, obrigatoriamente, o apoio da FAPEMA. É obrigatório colocar a marca da instituição da FAPEMA em todas as publicações. 14 IMPUGNAÇÃO Decairá do direito de impugnar os termos deste Edital o proponente que não o fizer até o segundo dia útil anterior ao prazo final estabelecido para recebimento das propostas. Não terá efeito de recurso a impugnação feita por aquele que, em o tendo aceitado sem objeção, venha a apontar, posteriormente ao julgamento, eventuais falhas ou imperfeições. 6

7 15 DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS Caso o proponente tenha justificativa para contestar o resultado do julgamento das propostas, poderá apresentar recurso por escrito dirigido à Diretoria Executiva da FAPEMA no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da data de divulgação dos resultados na página da FAPEMA. 16 REVOGAÇÃO OU ANULAÇÃO DO EDITAL A qualquer tempo, o presente Edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, seja por decisão unilateral da Diretoria Executiva da FAPEMA, seja por motivo de interesse público ou exigência legal, em decisão fundamentada, sem que isso implique direitos à indenização ou reclamação de qualquer natureza. 17 DISPOSIÇÕES FINAIS 17.1 É de exclusiva responsabilidade de cada proponente adotar todas as providências que envolvam permissões e autorizações especiais de caráter ético ou legal, necessárias para a execução do projeto Durante a fase de execução das propostas apoiadas, toda e qualquer comunicação deverá ser feita por meio de ofício dirigido à Diretoria Executiva da FAPEMA A FAPEMA não se responsabiliza por qualquer dano físico ou mental causado a bolsista durante a execução dos projetos, sendo de competência da instituição a oferta de seguro-saúde ou equivalente que dê cobertura de despesas médicas e hospitalares ao bolsista, nos eventuais casos de acidentes e sinistros que possam ocorrer em suas instalações O não cumprimento das disposições normativas e contratuais obriga o bolsista a ressarcir integralmente a FAPEMA de todas as despesas realizadas em seu proveito, corrigidas monetariamente de acordo com a correção dos débitos para com a Fazenda Nacional, acrescidas de juros de 1% (um por cento) do mês-calendário ou fração, conforme disposto na legislação federal vigente o bolsista deverá devolver à FAPEMA eventuais benefícios pagos indevidamente. Os valores pagos a maior serão deduzidos das mensalidades devidas, quando o devedor for bolsista em curso ou serão adotados procedimentos com vistas à cobrança administrativa ou judicial, quando o devedor não for mais bolsista da FAPEMA Esclarecimentos e informações adicionais acerca do conteúdo deste Edital podem ser obtidos encaminhando mensagem para o endereço: 7

8 18 CLÁUSULA DE RESERVA A Diretoria Executiva da FAPEMA reserva-se o direito de resolver os casos omissos e contraditórios e as situações não previstas no presente Edital. São Luís, 18 de dezembro de Rosane Nassar Meireles Guerra Diretora Presidente da FAPEMA 8

Programa Bolsa-Sênior

Programa Bolsa-Sênior CHAMADA PÚBLICA 09/2015 Programa Bolsa-Sênior A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná divulga a presente Chamada Pública e convida as instituições de ensino

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT

PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI, por meio da Fundação

Leia mais

Edital PPG-FÍSICA/UFPR nº 1/2016. Seleção de Candidatos ao Mestrado e ao Doutorado para o 1º Semestre de 2016

Edital PPG-FÍSICA/UFPR nº 1/2016. Seleção de Candidatos ao Mestrado e ao Doutorado para o 1º Semestre de 2016 Edital PPG-FÍSICA/UFPR nº 1/2016 Seleção de Candidatos ao Mestrado e ao Doutorado para o 1º Semestre de 2016 O Programa de Pós-graduação em Física da Universidade Federal do Paraná, em conformidade com

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ FUNEMAC SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ FUNEMAC SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA EDITAL N 06/2016 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº. 06/2016 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 05/2016 A FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ, instituição municipal de ensino superior, fundação pública,

Leia mais

EDITAL FAPEPI N 008/2012 ACORDO CAPES/FAPEPI BOLSAS DE DOUTORADO E AUXÍLIO PARA DOCENTES DE INSTIUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR

EDITAL FAPEPI N 008/2012 ACORDO CAPES/FAPEPI BOLSAS DE DOUTORADO E AUXÍLIO PARA DOCENTES DE INSTIUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR EDITAL FAPEPI N 008/2012 ACORDO CAPES/FAPEPI BOLSAS DE DOUTORADO E AUXÍLIO PARA DOCENTES DE INSTIUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí - FAPEPI, em conformidade

Leia mais

EDITAL FAPES Nº 003/2010

EDITAL FAPES Nº 003/2010 EDITAL FAPES Nº 003/2010 Seleção de propostas a serem apresentadas pelos Programas de Pósgraduação stricto sensu do estado do Espírito Santo, visando à concessão de quotas de bolsas para formação de recursos

Leia mais

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PPG

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PPG EDITAL Nº 17/2015 PPG/UEMA CONCESSÃO DE BOLSA DE FIXAÇÃO DE DOUTOR A Universidade Estadual do Maranhão - UEMA torna público e convoca os interessados a apresentarem propostas para obtenção de bolsas de

Leia mais

APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO EDITAL Nº030/ 2015 - AREC

APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO EDITAL Nº030/ 2015 - AREC APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO EDITAL Nº030/ 2015 - AREC O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI, por meio

Leia mais

EDITAL 10/2014. PROGRAMA MINEIRO DE PÓS-DOUTORADO PMPD lli ACORDO CAPES/FAPEMIG

EDITAL 10/2014. PROGRAMA MINEIRO DE PÓS-DOUTORADO PMPD lli ACORDO CAPES/FAPEMIG EDITAL 10/2014 PROGRAMA MINEIRO DE PÓS-DOUTORADO PMPD lli ACORDO CAPES/FAPEMIG A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG, atendendo à orientação programática da Secretaria de Estado

Leia mais

APOIO À DIFUSÃO DE AMBIENTE DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA DIGITAL NO ESTADO DO MARANHÃO EDITAL Nº 035 / 2015 STARTUPS

APOIO À DIFUSÃO DE AMBIENTE DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA DIGITAL NO ESTADO DO MARANHÃO EDITAL Nº 035 / 2015 STARTUPS APOIO À DIFUSÃO DE AMBIENTE DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA DIGITAL NO ESTADO DO MARANHÃO EDITAL Nº 035 / 2015 STARTUPS PRORROGADO Data limite para submissão eletrônica das propostas: 23/10/2015 O Governo do

Leia mais

Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa

Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa Chamada Pública 15/2014 Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico

Leia mais

EDITAL PROGRAMA INOVA UNIRIO PROPG/DPG 2016 (IN-UNIRIO) Edital IN-UNRIO n o 01/2016

EDITAL PROGRAMA INOVA UNIRIO PROPG/DPG 2016 (IN-UNIRIO) Edital IN-UNRIO n o 01/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PROPG Diretoria de Pós-Graduação - DPG EDITAL PROGRAMA INOVA UNIRIO PROPG/DPG 2016 (IN-UNIRIO) Edital IN-UNRIO

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA & RENAULT DO BRASIL

PROGRAMA DE BOLSAS FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA & RENAULT DO BRASIL CHAMADA PÚBLICA 21/2015 PROGRAMA DE BOLSAS FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA & RENAULT DO BRASIL A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná (FA) em parceria com o Renault do Brasil

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 06/2014

EDITAL FAPEMIG 06/2014 EDITAL FAPEMIG 06/2014 BOLSA DE INCENTIVO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DESTINADA A SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG, nos termos

Leia mais

EDITAL Nº 003/2016/PR-PPGI/IFAM, DE 25 DE MAIO DE 2016

EDITAL Nº 003/2016/PR-PPGI/IFAM, DE 25 DE MAIO DE 2016 EDITAL Nº 003/2016/PR-PPGI/IFAM, DE 25 DE MAIO DE 2016 PROGRAMA DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS DE CURSOS STRICTU SENSO - PAESS A PR- PPGI, no uso de suas atribuições estatutárias,

Leia mais

EDITAL Nº 002/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 002/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 002/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC/FAPEMIG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

EDITAL Nº 005/2015/PROPE SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE ORIENTADORES E PROPOSTAS DE ESTUDO PARA BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 005/2015/PROPE SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE ORIENTADORES E PROPOSTAS DE ESTUDO PARA BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 005/2015/PROPE SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE ORIENTADORES E PROPOSTAS DE ESTUDO PARA BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR PIBIC-JR/FAPEMIG

Leia mais

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010 Edital n.º 17/2010 Parceria / PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO / 2010 O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO FAPEMA

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO FAPEMA GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO FAPEMA PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA - PRONEX/FAPEMA/CNPQ EDITAL FAPEMA

Leia mais

CHAMADA CNPq/MCT - MZ nº 047/2012

CHAMADA CNPq/MCT - MZ nº 047/2012 CHAMADA CNPq/MCT - MZ nº 047/2012 CHAMADA PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2012 DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CNPq / MINISTÉRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MOÇAMBIQUE DETALHAMENTO GERAL 1. INTRODUÇÃO O Conselho Nacional

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Francisco César de Sá Barreto, no uso

Leia mais

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Pernambuco FACEPE convida as universidades públicas de Pernambuco, federais ou estaduais,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA DE APOIO A PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS ARTIGO/FAPEMA EDITAL FAPEMA Nº 09/2014 ARTIGO

Leia mais

EDITAL Nº. 41/2015. Programa Institucional de Iniciação Científica para o Ensino Médio - IC/EM. Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio

EDITAL Nº. 41/2015. Programa Institucional de Iniciação Científica para o Ensino Médio - IC/EM. Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio EDITAL Nº. 41/2015 Programa Institucional de Iniciação Científica para o Ensino Médio - IC/EM Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio A Universidade Católica de Santos, por meio da Pró-Reitoria de

Leia mais

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL.

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Período 2015/2016 O Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Sobral,

Leia mais

EDITAL FAPERGS/CAPES 013/2012 CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE

EDITAL FAPERGS/CAPES 013/2012 CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE EDITAL FAPERGS/CAPES 013/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS e em parceria

Leia mais

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB)

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB) Edital ProIC-EM/DPP/UnB PIBIC Ensino Médio (CNPq) 2013/2014 1. Preâmbulo O torna público o Edital do Programa Institucional de bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio (IC-EM) 2013-2014 da Universidade

Leia mais

PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Edital FAPERJ N. o 06/2007 PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia,

Leia mais

EDITAL N. 09/2006 FAPEMA/FINEP

EDITAL N. 09/2006 FAPEMA/FINEP EDITAL N. 09/2006 FAPEMA/FINEP FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLOGICO DO MARANHÃO FAPEMA, em parceria com a FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS FINEP, tornam público

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CMR. Edital 2014. Programa de Iniciação Científica Voluntária para o Ensino Fundamental e Médio

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CMR. Edital 2014. Programa de Iniciação Científica Voluntária para o Ensino Fundamental e Médio MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEX DEPA COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CMR Edital 2014 Programa de Iniciação Científica Voluntária para o Ensino Fundamental e

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DO EDITAL FAPEMA Nº 025 / 2015 PPG

PROGRAMA DE APOIO A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DO EDITAL FAPEMA Nº 025 / 2015 PPG PROGRAMA DE APOIO A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DO EDITAL FAPEMA Nº 025 / 2015 PPG PRORROGADO Data Limite da Submissão Online (inscrição): 18/09/2015 O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO CNPQ MODALIDADES: PIBIC E PIBITI / 2013 2014 EDITAL Nº 65/PROPESP/IFRO, DE 22 DE JULHO DE

Leia mais

EDITAL PROPI Nº 009/2014 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES

EDITAL PROPI Nº 009/2014 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES EDITAL PROPI Nº 009/2014 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ

Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ EDITAL PARA INGRESSO NO PROGRAMA BOLSA NOTA 10 FAPERJ 2015/1 Informamos que abriremos inscrições

Leia mais

Edital Pronametro nº 1/2014

Edital Pronametro nº 1/2014 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA NORMALIZAÇÃO, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Edital Pronametro nº 1/2014 Programa

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

Programa de Fluxo Contínuo para Apoio a Projetos Especiais

Programa de Fluxo Contínuo para Apoio a Projetos Especiais Chamada Pública nº 03/2012 Programa de Fluxo Contínuo para Apoio a Projetos Especiais A FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná, em conformidade com suas finalidades,

Leia mais

EDITAL PROPPI Nº 012/2015 APOIO A PROJETOS COOPERATIVOS DE PESQUISA APLICADA, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO.

EDITAL PROPPI Nº 012/2015 APOIO A PROJETOS COOPERATIVOS DE PESQUISA APLICADA, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO. EDITAL PROPPI Nº 012/2015 APOIO A PROJETOS COOPERATIVOS DE PESQUISA APLICADA, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO. O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

2 CLASSIFICAÇÃO DOS PROJETOS

2 CLASSIFICAÇÃO DOS PROJETOS GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO ESTADO DO MARANHÃO APOIO A PROJETOS DE PESQUISA EDITAL UNIVERSAL/FAPEMA EDITAL FAPEMA Nº 40/2014. O Governo

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 02/2013 PROGRAMA FAPESC DE RECURSOS HUMANOS EM CTI MESTRADO E DOUTORADO

CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 02/2013 PROGRAMA FAPESC DE RECURSOS HUMANOS EM CTI MESTRADO E DOUTORADO 1 OBJETIVO CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 02/2013 PROGRAMA FAPESC DE RECURSOS HUMANOS EM CTI MESTRADO E DOUTORADO A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina FAPESC, em parceria com

Leia mais

EDITAL FAPERN/CAPES 01/2013 APOIO AOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR (IES) DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

EDITAL FAPERN/CAPES 01/2013 APOIO AOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR (IES) DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL FAPERN/CAPES 01/2013 APOIO AOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR (IES) DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte

Leia mais

III. DO AUXÍLIO À PESQUISA APQ

III. DO AUXÍLIO À PESQUISA APQ EDITAL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INDUÇÃO A CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EM SAÚDE GERAÇÃO E DIFUSÃO DO CONHECIMENTO DE EXCELÊNCIA PAPES VII JOVEM CIENTISTA FIOCRUZ I. DEFINIÇÃO A Presidência da Fundação

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFCO E TECNOLÓGICO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO - 2011: CONCESSÃO INSTITUCIONAL ÀS IFES. Diretrizes para Elaboração do Projeto Institucional

PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO - 2011: CONCESSÃO INSTITUCIONAL ÀS IFES. Diretrizes para Elaboração do Projeto Institucional PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO - 2011: CONCESSÃO INSTITUCIONAL ÀS IFES Diretrizes para Elaboração do Projeto Institucional 1 Objetivos O Programa Nacional de Pós-doutorado da CAPES PNPD/2011: Concessão

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS

CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos

Leia mais

EDITAL FAPERGS/CAPES 13/2013 CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE

EDITAL FAPERGS/CAPES 13/2013 CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE EDITAL FAPERGS/CAPES 13/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS e em parceria

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 03/2016 BOLSAS DE FORMAÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO

CHAMADA PÚBLICA 03/2016 BOLSAS DE FORMAÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO CHAMADA PÚBLICA 03/2016 BOLSAS DE FORMAÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEG, conforme decisão de seu Conselho Superior torna público o lançamento do presente

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração torna público o presente Edital de abertura de inscrições,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL DE INCENTIVO AO ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA PROJETO

Leia mais

Faixa Financiamento Número de projeto Financiados A Até R$ 2.000,00 6

Faixa Financiamento Número de projeto Financiados A Até R$ 2.000,00 6 Edital n 001/2012 de seleção de projetos internos da FCS A FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE (FCS) DA Universidade Federal da Grande Dourados torna público o presente Edital e convida os pesquisadores vinculados

Leia mais

Programa de Auxílio à Pós-Graduação Stricto Sensu Acadêmico Notas Capes 5 e 6

Programa de Auxílio à Pós-Graduação Stricto Sensu Acadêmico Notas Capes 5 e 6 Chamada Pública 17/2014 Programa de Auxílio à Pós-Graduação Stricto Sensu Acadêmico Notas Capes 5 e 6 Acordo Capes/Fundação Araucária A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS COM ENFASE NO SETOR DE PETRÓELO E GÁS PRH 55

PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS COM ENFASE NO SETOR DE PETRÓELO E GÁS PRH 55 PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS COM ENFASE NO SETOR DE PETRÓELO E GÁS PRH 55 O Programa de Formação de Recursos Humanos da ANP com ênfase no setor petróleo, gás e biocombustíveis PRH 55, no âmbito

Leia mais

CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP

CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP CHAMADA Nº. 13/2013 DETALHAMENTO GERAL INTRODUÇÃO A (FUNCAP), vinculada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS EDITAL Nº 001/14 PROEN/DE, de 17 de fevereiro de 2014. PROGRAMA

Leia mais

EDITAL FAPERGS/CAPES 14/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO

EDITAL FAPERGS/CAPES 14/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO EDITAL FAPERGS/CAPES 14/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS e a COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES

Leia mais

PROGRAMA DE FOMENTO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO, TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO ESTADO DO PIAUÍ CHAMADA PÚBLICA FAPEPI N.º 001/2015

PROGRAMA DE FOMENTO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO, TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO ESTADO DO PIAUÍ CHAMADA PÚBLICA FAPEPI N.º 001/2015 PROGRAMA DE FOMENTO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO, TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO ESTADO DO PIAUÍ CHAMADA PÚBLICA FAPEPI N.º 001/2015 Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí FAPEPI torna público o lançamento

Leia mais

3.1. A Bolsa assegurará auxílio financeiro ao contemplado e será concedida em doze parcelas.

3.1. A Bolsa assegurará auxílio financeiro ao contemplado e será concedida em doze parcelas. EDITAL PIBIC-EM Nº 01/2015 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, com vistas à chamada para a seleção de bolsista de Iniciação Científica para o Ensino Médio PIBIC-EM, sob a Coordenação

Leia mais

EDITAL 03/2015 PROPIT BOLSA DE DOUTORADO PARA DOCENTE E APOIO À MOBILIDADE/FAPESPA

EDITAL 03/2015 PROPIT BOLSA DE DOUTORADO PARA DOCENTE E APOIO À MOBILIDADE/FAPESPA EDITAL 03/2015 PROPIT BOLSA DE DOUTORADO PARA DOCENTE E APOIO À MOBILIDADE/FAPESPA A (PROPIT) da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) em atenção ao Edital Nº 018/2014 da Fundação de

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 15/2014

EDITAL FAPEMIG 15/2014 EDITAL FAPEMIG 15/2014 PROGRAMA DE ATRAÇÃO DE ESTUDANTES DO MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY - MIT PARA INTERCÂMBIO EM EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA EM MINAS GERAIS A Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

Prefeitura Municipal de Valença-RJ

Prefeitura Municipal de Valença-RJ Prefeitura Municipal de Valença-RJ Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Valença-RJ EDITAL Nº 01, DE 27 DE JANEIRO DE 2015. Edital para Contratação Temporária de Bandas para apresentação no Carnaval

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE INCENTIVO À INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MODALIDADES IC/ICJR) EDITAL n 02/2012/DIPESP/IFAM-CMC/IC-ICJR

PROGRAMA INSTITUCIONAL PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE INCENTIVO À INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MODALIDADES IC/ICJR) EDITAL n 02/2012/DIPESP/IFAM-CMC/IC-ICJR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS DIRETORIA GERAL DO CAMPUS MANAUS CENTRO DIRETORIA DE PESQUISA E POS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL N o 02/ 2015 1. OBJETIVO DO PROCESSO SELETIVO

EDITAL N o 02/ 2015 1. OBJETIVO DO PROCESSO SELETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO - PROPPi FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FEUFF COORDENADORIA DE ENSINO A DISTÂNCIA - CEAD EDITAL N o 02/ 2015 A Universidade Federal

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA GERÊNCIA DE PROJETOS DE PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UPE

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA GERÊNCIA DE PROJETOS DE PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA GERÊNCIA DE PROJETOS DE PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UPE OBJETIVOS EDITAL IC PFAUPE - 2010 Promover o interesse pela pesquisa

Leia mais

Edital nº 017/2015 - PRORROGADO ATÉ 12/07/2015

Edital nº 017/2015 - PRORROGADO ATÉ 12/07/2015 FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS Núcleo de Prática de Pesquisa Edital nº 017/2015 - PRORROGADO ATÉ 12/07/2015 EDITAL DE SELEÇÃO - PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICANO PARA O ENSINO

Leia mais

MINUTA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 Fortalecimento da Ciência: Raça e Etnia

MINUTA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 Fortalecimento da Ciência: Raça e Etnia MINUTA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 Fortalecimento da Ciência: Raça e Etnia TERMOS DA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás FAPEG, em consonância com o Pacto Goiano

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO PARA BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMA DE INCENTIVO PARA BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMA DE INCENTIVO PARA BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO EDITAL nº 02/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO FATENEMODALIDADE MESTRADO E DOUTORADO O Diretor-Geral da Faculdade Terra

Leia mais

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/UFERSA,

Leia mais

Chamada MCTI/CNPq N º 16/2012 Tecnologias inovadoras na produção, prototipagem e/ou aumento de escala em nanotecnologia.

Chamada MCTI/CNPq N º 16/2012 Tecnologias inovadoras na produção, prototipagem e/ou aumento de escala em nanotecnologia. Chamada MCTI/CNPq N º 16/2012 Tecnologias inovadoras na produção, prototipagem e/ou aumento de escala em nanotecnologia. I - Chamada O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI e o Conselho Nacional

Leia mais

Programa Estágio de Curta Duração CAPES/Fundação Carolina

Programa Estágio de Curta Duração CAPES/Fundação Carolina SPArq nº 0000.01752/2011 Programa Estágio de Curta Duração CAPES/Fundação Carolina Edital CAPES nº. 02/2011 Publicada no DOU de 13/01/11 seção 3 pág. 24 A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica EDITAL 01/2016 Propit PROGRAMA DE APOIO AO DOUTOR RECÉM-CONTRATADO A (Propit), em atenção ao Edital Nº 006/2015 da Fundação Amazônia de Amparo à Estudos e Pesquisa (FAPESPA), em parceria com a Coordenação

Leia mais

EDITAL N 03/2015 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE MESTRADO. 2.2 O número de bolsas destinado aos programas de pós-graduação seguirá o seguinte critério:

EDITAL N 03/2015 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE MESTRADO. 2.2 O número de bolsas destinado aos programas de pós-graduação seguirá o seguinte critério: EDITAL N 03/2015 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE MESTRADO EDITAL Nº. 03/2015 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 02/2015 A FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ, instituição municipal de ensino superior, fundação pública, criada pela

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Comunitária da Universidade Salvador UNIFACS torna público e convoca

Leia mais

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS A Fundação Parque Tecnológico Itaipu Brasil, em parceria com a

Leia mais

2. VIGÊNCIA DOS PROJETOS Os projetos terão vigência de até 24 (vinte e quatro) meses a contar da assinatura do Termo de Outorga.

2. VIGÊNCIA DOS PROJETOS Os projetos terão vigência de até 24 (vinte e quatro) meses a contar da assinatura do Termo de Outorga. Publicação no D.O.E nº.- 32838 - pág.- 11 - de:- 09 / 07 / 14 - Caderno: Pub. Diversas EDITAL FAPEAM/MCT/CNPq/CT-INFRA n.º 016/2014 Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores Programa Primeiros

Leia mais

EDITAL FAPERGS/IBRAVIN 13/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO PROFISSIONAL

EDITAL FAPERGS/IBRAVIN 13/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO PROFISSIONAL EDITAL FAPERGS/IBRAVIN 13/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO PROFISSIONAL A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS e o INSTITUTO BRASILEIRO DO VINHO IBRAVIN tornam público

Leia mais

UNIVERSAL- CNPq N º 14/2011 I.1 - OBJETIVO I. 2 - APRESENTAÇÃO E ENVIO DAS PROPOSTAS. I - Chamada para Seleção de Projetos

UNIVERSAL- CNPq N º 14/2011 I.1 - OBJETIVO I. 2 - APRESENTAÇÃO E ENVIO DAS PROPOSTAS. I - Chamada para Seleção de Projetos UNIVERSAL- CNPq N º 14/2011 I - Chamada para Seleção de Projetos O Ministério da Ciência e Tecnologia e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq tornam pública a presente

Leia mais

CHAMADA CNPq nº 008/2014. PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014 DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CNPq / MINISTÉRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MOÇAMBIQUE I - CHAMADA

CHAMADA CNPq nº 008/2014. PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014 DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CNPq / MINISTÉRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MOÇAMBIQUE I - CHAMADA CHAMADA CNPq nº 008/2014 PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014 DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CNPq / MINISTÉRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MOÇAMBIQUE I - CHAMADA O - CNPq torna público a presente Chamada e convida

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SEBRAE-TO / SECT-TO INOVA TOCANTINS / PAPPE INTEGRAÇÃO - Nº 01 / 2010

CHAMADA PÚBLICA SEBRAE-TO / SECT-TO INOVA TOCANTINS / PAPPE INTEGRAÇÃO - Nº 01 / 2010 CHAMADA PÚBLICA SEBRAE-TO / SECT-TO INOVA TOCANTINS / PAPPE INTEGRAÇÃO - Nº 01 / 2010 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO À PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO EM MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE PROGRAMA INSTITUCIONAL PARA EXCELÊNCIA NA QUALIDADE DO STRICTO SENSU- APOIO AO PESQUISADOR A Universidade de Pernambuco - UPE considerando

Leia mais

Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa

Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa Seleção pública de propostas de projetos de pesquisa voltados ao desenvolvimento tecnológico e a inovação Veja a FAQ deste Edital O Ministério

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 15/2013

EDITAL FAPEMIG 15/2013 EDITAL FAPEMIG 15/2013 PROGRAMA DE COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO - PCCT A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG, atendendo à orientação programática da Secretaria

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa Divisão de Programas Especiais

Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa Divisão de Programas Especiais Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa Divisão de Programas Especiais Edital Nº 01/2016 - Convocação de Projetos de Pesquisa para Bolsas de Iniciação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA NUTEAD Núcleo de Tecnologia e Educação Aberta e a Distância

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA NUTEAD Núcleo de Tecnologia e Educação Aberta e a Distância EDITAL N 79/2010 - UEPG/NUTEAD/UAB PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS UAB/FNDE A Universidade Estadual de Ponta Grossa, através do Núcleo de Tecnologia e Educação Aberta e a Distância, no uso de suas atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 DIREÇÃO GERAL DO IFES CAMPUS VITÓRIA IFES DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas EDITAL N O 12, DE 23 DE ABRIL DE 2015 O Diretor Geral do Campus Campinas

Leia mais

EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS

EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS Edital para seleção de propostas de apoio à Organização de Olimpíadas de Ciências no Estado da Bahia

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegibilidades e restrições

1. Objetivo. 2. Elegibilidades e restrições Edital FAPERJ Nº 16/2015 Programa Apoio à Implantação, Recuperação e Modernização da Infraestrutura para Pesquisa nas Universidades Estaduais do Rio de Janeiro 2015 O Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU

REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU O Reitor da Universidade Vila Velha UVV torna público a todos os interessados que estão abertas, de 10 de junho de 2014

Leia mais

EDITAL Nº 002 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2010 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 002 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2010 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLÓGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS CONGONHAS DIRETORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO, PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2012-PROPPG, de 17 de janeiro de 2012.

EDITAL Nº 001/2012-PROPPG, de 17 de janeiro de 2012. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS PARA SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS (PIPECT/IFG) EDITAL Nº 001/-PROPPG,

Leia mais

Edital Proppex n 10/2016

Edital Proppex n 10/2016 Edital Proppex n 10/2016 Bolsas de Educação BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A CONVÊNIO DE APOIO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EDUCAÇÃO CHAMADA PARA PROJETOS DE ESTUDO VOLTADOS À PESQUISA DE GRUPOS DE PESQUISA DA

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO PIBITI/CNPq-UERGS 2011/2012

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO PIBITI/CNPq-UERGS 2011/2012 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO PIBITI/CNPq-UERGS 2011/2012 EDITAL PROPPG 005/2011 O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA. Edital 001/2013-PNPD/PPGQ Boa Vista, 19 de dezembro de 2013.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA. Edital 001/2013-PNPD/PPGQ Boa Vista, 19 de dezembro de 2013. Edital 001/2013-PNPD/PPGQ Boa Vista, 19 de dezembro de 2013. Processo seletivo de candidato à bolsa pelo Programa Nacional de Pós-Doutorado PNPD CAPES, com atuação no Programa de Pós - Graduação em Química

Leia mais

APOIO À PESQUISA CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO EM AGRICULTURA FAMILIAR EDITAL FAPEMA Nº 033 / 2015 - AGRIF

APOIO À PESQUISA CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO EM AGRICULTURA FAMILIAR EDITAL FAPEMA Nº 033 / 2015 - AGRIF APOIO À PESQUISA CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO EM AGRICULTURA FAMILIAR EDITAL FAPEMA Nº 033 / 2015 - AGRIF PRORROGADO Data limite para Inscrição online: 23/10/2015 O Governo do Estado do Maranhão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS Câmpus Universitário de Palmas EDITAL Nº 001/2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS Câmpus Universitário de Palmas EDITAL Nº 001/2013. EDITAL Nº 001/2013. CHAMADA PÚBLICA PARA PROJETOS NAS CATEGORIAS DE MONITORIA, EXTENSÃO E PESQUISA. O Diretor do da Fundação Universidade Federal do Tocantins, torna pública a presente Chamada referente

Leia mais

Programa de Pós Graduação Profissional - Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública ( Programa )

Programa de Pós Graduação Profissional - Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública ( Programa ) Programa de Pós Graduação Profissional - Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública ( Programa ) 1 - ESCOPO O Instituto Unibanco ( Instituto ) acredita na importância do desenvolvimento

Leia mais

Documento de Referência para Apresentação, Habilitação e Seleção de Núcleos de Tecnologia Assistiva

Documento de Referência para Apresentação, Habilitação e Seleção de Núcleos de Tecnologia Assistiva Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Apoio a Projetos de Tecnologias Social e Assistiva Documento de Referência para Apresentação, Habilitação

Leia mais

BOLSA CULTURA 2015 EDITAL 003/2014 BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA

BOLSA CULTURA 2015 EDITAL 003/2014 BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA Secretaria de Cultura Gestão 2012 2016 secult@contato.ufsc.br (48) 3721-2376 BOLSA CULTURA 2015 EDITAL 003/2014 BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA Em consonância com a Resolução Normativa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA NUEC EDITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA NUEC EDITAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA NUEC EDITAL A Universidade Federal Fluminense (UFF), por intermédio da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e do

Leia mais