Sistema de Gestão de Benefícios - SGB

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Gestão de Benefícios - SGB"

Transcrição

1 MANUAL OPERACIIONAL Sistema de Gestão de Benefícios - SGB VERSÃO DO MANUAL V2.0 Secretaria Nacional de Renda e Cidadania - SENARC Departamento de Operação Coordenação-Geral de Benefícios - CGB Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 1

2 GARANTIAS E RESTRIÇÕES Copyright 2006 MDS. Todos os direitos são reservados. Este documento é protegido pela Lei dos Direitos autorais. Nenhuma parte pode ser reproduzida, traduzida sem prévia permissão escrita do MDS. MARCAS REGISTRADAS Todos os nomes de produtos mencionados neste documento são marcas registradas dos seus respectivos proprietários. MDS se reserva o direito de, a qualquer momento, gerar uma nova versão deste documento, corrigindo imprecisões, fazendo alterações ou acrescentando informações. O MDS não se responsabiliza pelo não cumprimento, por parte do usuário deste Manual, dos procedimentos aqui descritos para a execução das funções do Sistema de Benefícios ao Cidadão- SIBEC. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 2

3 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO OBJETIVOS PÚBLICO ALVO ABRANGÊNCIA DO SIBEC REQUISITOS PARA O USO DO SIBEC ORGANIZAÇÃO E USO DO MANUAL CANAIS DE ATENDIMENTO ORGANIZAÇÃO E ORIENTAÇÕES DE ACESSO AO SISTEMA FLUXOGRAMA DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA, BOLSA ESCOLA, AUXILIO GÁS E CARTÃO ALIMENTAÇÃO ENTENDENTO O FLUXOGRAMA CONCEITOS COMO TER ACESSO AO SISTEMA DE GESTÃO DE BENEFÍCIOS ACESSANDO O SIBEC PRIMEIRO ACESSO AO SISTEMA (USUÁRIOS NOVOS) CONHECENDO A TELA PRINCIPAL DO SIBEC BOTÕES DE COMPORTAMENTO PADRÃO FUNCIONALIDADES DO SISTEMA A OPÇÃO CONSULTA DO MENU Consulta Benefícios por Família Como localizar um NIS consultando o SIISO Consulta Benefícios por Beneficiário A OPÇÃO MANUTENÇÃO DO MENU Regras para a Manutenção na Família Cancelamento Reversão de Cancelamento Bloqueio Desbloqueio Reflexos das ações de manutenção no benefício Cancelamento Reversão de Cancelamento Bloqueio Desbloqueio FUNÇÃO MANUTENÇÃO DE SITUAÇÃO DO BENEFÍCIO Bloquear Desbloquear Cancelar Reverter Cancelamento A OPÇÃO RELATÓRIO DO MENU Relatório Cartões não entregues Relatório Folha de pagamento Relatório Consulta relatórios e arquivos Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 3

4 1 INTRODUÇÃO A Gestão de Benefícios é o conjunto permanente de processos e atividades, com o objetivo de realizar continuamente a transferência de renda às famílias participantes do Programa Bolsa Família - PBF. Assim, após a inclusão das famílias no Programa, toda a movimentação no benefício financeiro (bloqueios, desbloqueios e cancelamentos) compõe o processo denominado Gestão de Benefícios. Em consonância com o disposto no art. 8º da lei nº , de 9 de janeiro de 2005, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome MDS editou a Portaria nº 555, de 11 de novembro de 2005, descentralizando a gestão de benefícios aos municípios. A operacionalização da Gestão de Benefício é realizada, dentre outras maneiras, por intermédio do sistema informatizado, via Internet, denominado Sistema de Gestão de Benefícios do Programa Bolsa Família SGB.. É por meio deste sistema que bloqueios, desbloqueios, cancelamentos e reversões de cancelamentos de benefícios financeiros do Programa Bolsa Família são realizados. A CAIXA, responsável pelo desenvolvimento e manutenção de um Sistema de Gestão de Benefícios para o PBF, implantou um sistema informatizado que, por servir a outros propósitos, acabou sendo denominado SIBEC (Sistema de Benefícios ao Cidadão). Desta forma, para os objetivos deste manual o SGB e o SIBEC podem ser considerados sinônimos. A Secretaria Nacional de Renda de Cidadania - SENARC, em parceria com a Caixa Econômica Federal, para utilização do SISTEMA INFORMATIZADO DE GESTÃO DE BENEFÍCIOS DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA, elaborou este documento, denominado MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA DE BENEFÍCIOS AO CIDADÃO - SIBEC, que tem como objetivo fornecer informações gerais para uma boa operacionalização do sistema. A versão atual deste manual e suas atualizações estão disponíveis em meio eletrônico no endereço e também no SGB. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 4

5 1.1 Objetivos O Manual Operacional do SIBEC tem como objetivo prover aos usuários deste sistema todas as informações necessárias para uma eficiente operacionalização da Gestão de Benefícios do Programa Bolsa Família, nos seguintes módulos: Os processos operacionais do Programa Bolsa Família; A consulta aos benefícios do Programa Bolsa Família; As atividades de gestão de benefícios do Programa Bolsa Família; Os Relatórios dos benefícios do Programa Bolsa Família. 1.2 Público alvo Este manual foi desenvolvido para os usuários das prefeituras, do governo estadual, das Instâncias de Controle Social e Órgãos de Fiscalização e Controle, conforme perfil especificado no processo de credenciamento. Para utilizar o SIBEC considera-se que haja conhecimento sobre os assuntos: Conhecimentos básicos de uso de computadores e internet; Gestão de Benefícios do Programa Bolsa Família. Nota 1: É recomendável que os usuários do SIBEC participem de treinamento para seu uso 1.3 Abrangência do SIBEC O SIBEC abarca não só os benefícios financeiros do Programa Bolsa Família, mas também os dos programas remanescentes ainda vigentes. Este sistema, no entanto, não incorpora ainda o Programa Bolsa Alimentação. 1.4 Requisitos para o uso do SIBEC Para utilizar o SIBEC é necessário: Ter um computador com acesso a internet Que o usuário tenha senha de acesso; conforme as instruções do Guia de Credenciamento de Usuários, disponível no sítio do MDS. 1.5 Organização e uso do Manual Este Manual está organizado em itens com títulos numerados. Possui seções como esta introdução, apresenta conceitos relevantes para o uso do SIBEC e a descrição, passo a passo, de como utilizar as funções do Sistema. Foram também adotadas algumas convenções, para auxiliar o entendimento deste Manual e das operações realizadas no SIBEC. São elas: Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 5

6 CONVENÇÃO SIGNIFICADO EXEMPLO Palavra escrita no Formato: palavra de Origem Login estrangeira Palavra escrita no formato: Indicam textos que SIBEC-Menu ( Título da aparecem nas telas tela) Palavra escrita no FORMATO: Indica um botão na tela CONFIRMAR Palavra escrita no Formato: Frase precedida por Passo a), onde a letra indica a seqüência de execução das ações um procedimento: Frase no formato: Importante: Indica que é um campo na tela a ser preenchido Descrição de um conjunto de ações, passo a passo, do usuário com a finalidade de executar um procedimento. Campo NIS do responsável (este deve ser preenchido) Preencher campo NIS Indica uma ação ou passo a ser executado dentro de um procedimento de preencher dados numa tela. Ação ou recomendação importante que deve ser especialmente considerada na realização de um procedimento Frase precedida pela expressão Nota n :, onde n indica o número de seqüência da nota dentro de numa seção, item ou passo: Nota 1 : Informação útil na realização de um procedimento 1.6 Canais de Atendimento Para o esclarecimento de dúvidas, críticas e sugestões, entre em contato com : Telefone: (Central de Informações do MDS) Telefone: (CAIXA) Telefones: (61) Fax: (61) / 1615 (Coordenação- Geral de Atendimento da SENARC) Sítio: Nota 2 : É recomendável que regularmente seja visitado o sítio do MDS(www.mds.gov.br) para verificar a existência de novas informações sobre Gestão de Benefícios. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 6

7 2 ORGANIZAÇÃO E ORIENTAÇÕES DE ACESSO AO SISTEMA 2.1 Fluxograma do Programa Bolsa Família, Bolsa Escola, Auxilio Gás e Cartão Alimentação. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 7

8 2.2 Entendendo o fluxograma O diagrama acima apresenta o fluxo de operação do PBF dos Programas Remanescentes. Neste fluxo o município realiza o cadastramento e atividades de gestão de benefícios. A CAIXA, por sua vez, trata arquivos enviados pelos municípios, disponibiliza sistemas de informação aos municípios e ao MDS, dentre eles o SIBEC. Os municípios e o MDS podem realizar atividades de gestão de benefícios diretamente no SIBEC, afetando a geração da folha de pagamento dos Programas. Depois de cada folha de pagamento ser gerada pela CAIXA, o MDS repassa recursos financeiros para o pagamento dos benefícios. Pelos serviços prestados, a CAIXA é remunerada pelo MDS. Para melhor compreensão das gestão de benefícios é recomendada a leitura do Manual de Gestão de Benefícios, disponível no sítio do MDs na internet. Não obstante, na perspectiva do município, as informações e procedimentos que precisam de destaque neste diagrama são: 1. Manutenção/atualização dos dados da família no Cadastro Único - como os benefícios financeiros do PBF e dos Programas Remanescentes são concedidos com base em informações do CadÚnico, a Gestão de Benefícios é favorecida com uma administração eficiente deste cadastro pelo município. Neste sentido, quando os municípios, no instante do cadastramento, dão especial atenção a informações como renda per capita, composição familiar e dados de identificação de pessoas (nome completo, data de nascimento, documentação pessoal e etc.), o processo de concessão de benefícios do PBF é positivamente beneficiado. Igualmente, o processo de Gestão de Benefícios pelos Municípios aproveita, de modo automático, uma série de atualizações cadastrais efetuadas no CadÚnico. Por exemplo, a modificação na renda familiar per capita de uma família beneficiária do PBF no CadÚnico para valores superiores ao estabelecido pelo Programa implica o cancelamento do benefício. 2. Realização das atividades de gestão de benefícios no SIBEC - as atividades de gestão de benefícios, ao serem realizadas, levam à modificação da situação dos benefícios pagos às famílias, interrompendo permanentemente ou temporariamente o pagamento do benefício à família, podendo repercutir ou não sobre parcelas de pagamento ainda não sacadas. As parcelas de pagamento futuras também podem sofrer alteração, conforme cada caso. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 8

9 3. Acompanhamento sistemático da folha de pagamento no SIBEC Toda atividade de gestão de benefício realizada nos benefícios da família, seja via SIBEC ou por repercussão de alteração cadastral, tem seus reflexos apresentados diretamente na folha de pagamento disponibilizada para download no SIBEC. Logo, um acompanhamento sistemático da folha de pagamento no município possibilita, dentre outras coisas, a confirmação do processamento da atividade de gestão de benefício comandada via SIBEC ou com o aproveitamento de alterações cadastrais. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 9

10 2.3 Conceitos Esta seção apresenta os principais termos utilizados no Sistema de Benefícios, em ordem alfabética. TERMO Nota 3 : Alguns conceitos e terminologias foram introduzidos no SGB com modificações em relação aos sistemas antecessores. DEFINIÇÃO Beneficiário Indireto: Beneficiário: Benefício: Bloqueado: Cancelado: Competência: Concedido: Em pagamento: Família: Folha de pagamento: Pessoa natural não beneficiária do programa, mas cuja existência influencia no direito de um beneficiário. Pessoa que faz jus ao benefício e em função da qual este existe. É a pessoa-alvo do programa. Representa o relacionamento entre uma determinada pessoa e um programa social, podendo ser uma expectativa de direito de certa pessoa natural de perceber determinado valor periodicamente, durante um certo período de tempo, um direito propriamente dito ou um direito extinto. Aquilo que o benefício representa depende do estágio em que está num determinado momento, podendo evoluir ao longo da sua existência. É a situação assumida pelo benefício quando, por uma ação do MDS ou da Prefeitura, ocorre o bloqueio da família e/ou da criança do programa. Os beneficiários, com situação bloqueado geram folha de pagamento, porém essa situação impede a liberação do pagamento. É a situação assumida pelo benefício quando, por uma ação do MDS ou da Prefeitura, ocorre o cancelamento da família e/ou da criança do programa. Os beneficiários nessa situação não ocupam vaga no programa Mês/ano de referência de uma determinada parcela ou lançamento. Identifica o mês/ano no qual se materializa o direito à percepção de valor financeiro. Situação em que se encontra um benefício após passar pelas regras definidas para cada programa social. Beneficiário que passou pelas regras definidas para o programa. É a situação do benefício quando está disponível na base de pagamento. O conceito de família pode atingir duas dimensões: Genérico, ou seja, quando desvinculado de um Programa. Entende-se por família o grupo constituído pelo Responsável Legal mais as pessoas a ele vinculadas, independentemente de benefícios (família constante no SIISO). Específico, quando se referir a um Programa determinado. Entende-se por família o grupo constituído pelo Responsável Legal mais as pessoas a ele vinculadas e que possuem benefício de um determinado Programa no SIBEC. A família é identificada no SIBEC por intermédio desse relacionamento com o Responsável Legal. Periodicamente são geradas listagens para pagamento dos valores apurados mensalmente junto à lista de famílias com benefícios financeiros concedidos. Estas listagens são denominadas de folhas de pagamento, Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 10

11 cuja geração em cada mês de referência ocorre uma única vez para cada Programa. Liberado: Responsável Legal: Reversão de cancelamento Reincluído Rejeitado SIISO Titular: É a situação assumida pelo benefício após a geração da primeira folha, ou depois de um desbloqueio ou mesmo após a reavaliação de um benefício para o qual se demandou uma reversão de cancelamento. O beneficiário cujo benefício encontra-se nessa situação tem pagamento mensal disponível e ocupa vaga no programa Pessoa natural responsável pelo grupo familiar, condição esta assumida por ocasião do cadastramento. O Responsável Legal pela família pode ser também o Beneficiário e o Titular do benefício, a exemplo do Programa Bolsa Família e do Auxílio Gás. É o efeito reverso do cancelamento É a situação do benefício logo após ser comandado a reversão de cancelamento. É a situação assumida pelo benefício quando, após o comando de reversão de cancelamento, não passa pelas regras de reavaliação do PBF. Sistema de Informação Social Pessoa que recebe o benefício e em nome de quem é emitido o cartão magnético. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 11

12 2.4 Como ter Acesso ao Sistema de Gestão de Benefícios Para ter acesso ao SIBEC é necessário possuir senha de acesso, conforme explicado no documento Guia de Credenciamento ao Sistema Informatizado de Gestão de Benefício do Programa Bolsa Família, disponível na primeira parte deste documento e também no sítio do MDS na internet Acessando o SIBEC Passo a) Acessar o endereço na internet para ter acesso ao portal do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS Passo b) Na tela principal apresentada, no lado direito, clicar no cartão do Programa Bolsa Família, conforme ilustra a figura abaixo. Em seguida é apresentada a tela Bolsa Família. Nesta tela são mostradas informações importantes sobre o Programa. Nota 4 : É recomendado o acesso freqüente ao sitio do MDS no endereço eletrônico para estar atualizado com as novas informações. Passo c) Na tela Bolsa Família é apresentado um menu de opões de navegação, no lado direito. Para prosseguir no acesso ao sistema, basta clicar na opção Gestão de Benefícios, conforme figura abaixo Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 12

13 logo após ter selecionado a opção indicada é exibida a tela principal da Gestão de Benefícios. Esta tela traz informações bastante importantes sobre os processos de gestão de benefícios. Passo d) Na tela Gestão de Benefícios, clicar em Sistema de Gestão de Benefícios localizado na parte superior da tela e indicado pela figura abaixo. Em uma nova janela do navegador e já no ambiente tecnológico da CAIXA, é exibida a tela Informativo. Deste ponto em diante, todos os passos ocorrem diretamente no SGB/SIBEC. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 13

14 Importante: Importante: Também é possível acessar o SIBEC por meio da página da CAIXA (www.caixa.gov.br), clicando em Para sua cidade /Bolsa Família. Depois selecionar o botão Mais detalhes e na página seguinte, clicar em Sistema. O usuário deverá possuir a senha cidadão e a senha internet já deve ter sido cadastrada. Ver o Guia de Credenciamento de Usuários para o SIBEC ou os sítios do MDS ou CAIXA. Passo e) Na tela Informativo é apresentada uma nota de abertura com duas opções a serem escolhidas, neste caso clicar em Programa Bolsa Família, Bolsa Escola, Auxilio-gás e Cartão Alimentação, conforme figura abaixo. Na seqüência é exibida a tela de Identificação do Usuário Passo f) Na tela de Identificação do Usuário, preencher os campos NIS e Senha (senha da internet). Clicar no botão ENVIAR. Importante: O NIS é formado por 11 dígitos numéricos e a senha por 8 dígitos do mesmo tipo. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 14

15 Em seguida é apresentada a tela para identificação do CNPJ No caso de prefeitura,aparece o CNPJ e nome da prefeitura vinculado ao NIS anteriormente digitado. Nota 5 : Caso o usuário possua senha Internet de acesso ao SIBEC, vá para o item 7 deste manual. Caso contrário, siga o item Primeiro acesso ao Sistema (usuários novos) O objetivo deste item é fazer com que o novo usuário do sistema consiga realizar o cadastramento da senha internet de acesso ao SIBEC. Para complementar o entendimento a respeito do cadastramento de senhas, é importante ter lido o documento Guia de Credenciamento. Passo a) Na tela de Identificação do Usuário clicar no botão Cadastrar senha Internet, conforme ilustrado abaixo. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 15

16 Em seguida é apresentada a tela Identificação do Cidadão cadastramento de senha Internet. Passo b) informar o NIS e clicar em Cadastrar Senha Internet; para Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 16

17 Passo c) Digitar a senha do cartão cidadão que é obtida na agência da CAIXA de relacionamento da prefeitura e clicar em CONFIRMAR conforme indicado pela seta da figura abaixo. Nota 6 : Para saber mais sobre a senha do cartão cidadão, consulte o Guia de credenciamento constante da primeira parte deste manual. Nota 7 : Após o cadastramento da senha cidadão, na agência da CAIXA, é necessário aguardar 24h para realizar o acesso ao sistema para efetuar o cadastramento da senha internet. Passo d) Passo e) Ler o contrato que é apresentado na tela e, caso concorde com as condições, clicar em ACEITO Criar, digitar e confirmar uma senha de 8 dígitos numéricos para acesso ao SIBEC, (conforme orientações constantes na tela abaixo e clicar em CADASTRAR SENHA Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 17

18 Passo f) Ler o conteúdo de cadastramento de senha, conforme tela abaixo e clicar em OK Passo g) Fechar o sistema e repetir os passos do item 2.5 para novo acesso, doravante informando o número do NIS e senha, conforme abaixo: Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 18

19 2.7 Conhecendo a tela principal do SIBEC A tela principal do sistema é dividada em duas partes: a primeira localizada a esquerda é composta por um menu de navegação similar ao do windows explorer, na concepção de menu em árvore, permite a visualização de todas as opções de telas. A segunda localizada a direita, onde a logomarca do sistema é visualizada, serão apresentadas as telas do sistema, conforme solicitadas no menu. O SIBEC utiliza a facilidade de barra de rolagem para auxiliar a navegação no sistema. Assim, toda vez que aparecer a barra habilitada, é porque há campos ou itens a serem escolhidos ou vistos. Menu Barra de rolagem Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 19

20 2.8 Botões de comportamento padrão Esta seção apresenta os botões que aparecem nas telas do SIBEC, isto é, em todo o sistema e que se comportam sempre da mesma maneira, ou seja, sempre que forem utilizados vão executar a mesma função. Botão Voltar : retorna para a tela anterior; Botão Relatório: exibe os relatório disponíveis. 3 FUNCIONALIDADES DO SISTEMA Este capítulo apresenta as principais funcionalidades do sistema na realização de consultas, manutenções e emissões de relatórios. Cabe lembrar que além da execução das atividades de gestão de benefícios, o SGB permite consultar desde a situação do benefício de uma família específica, até informações gerenciais sintéticas, como a folha de pagamento dos Programas Bolsa Família e demais remanescentes no município. Nos próximos itens deste capitulo serão detalhados os passos para execução das funcionalidades do sistema. 3.1 A opção CONSULTA do Menu Esta funcionalidade permite a realização de consultas dos benefícios, por Família ou por Beneficiário constantes na base dos Programas Bolsa Família e Remanescentes (Bolsa Escola, Auxílio-Gás e Programa Cartão Alimentação) e ter informações sobre dados do responsável legal, beneficiários indiretos, data de nascimento, vagas ocupadas no programa, valor do benefício e situação dos benefícios dentre outras CONSULTA BENEFÍCIOS POR FAMÍLIA Passo a) No Menu, clicar na opção por seqüência Consulta, Benefícios, Por Família. É exibida a tela SIBEC- Consulta benefícios por família Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 20

21 Passo b) Passo c) Passo d) Passo e) Preencher o campo NIS do responsável legal - o NIS Número de Identificação Social é composto por 11 dígitos. Este campo é de preenchimento obrigatório. Caso não saiba o NIS de um determinado beneficiário, clicar em e pesquise-o no SIISO (ver item 3.3) Preencher o campo Nome do responsável legal - O nome do responsável legal da família é preenchido automaticamente assim que o NIS for encontrado na base de cadastro. Selecionar no campo Programa social, o programa desejado - Nesta caixa, aparecerá(ão) o(s) programa(s) social(is) pertinente ao beneficiário. Em geral, esta opção é preenchida automaticamente, salvo os casos em que exista mais de um programa relacionado para o beneficiário. clicar no botão LISTAR Para visualizar o resultado da Consulta de benefícios por família. Em seguida, é exibida a tela Consulta benefícios por família Nesta tela são apresentadas informações sobre o benefício da família, tais como: valor, situação, vagas ocupadas etc. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 21

22 Para conhecer o detalhamento dos tipos e situação do benefício, siga os passos abaixo, caso contrário vá para o item 7.3: Passo f) Na tela SIBEC- Consulta benefícios por família , selecionar o link (azul) na coluna Programa Social para ver detalhamentos do benefício. Em seguida, é exibida a tela SIBEC- Consulta benefícios por família Nesta tela, é possível saber qual(is) tipo(os) de benefício(s) a família recebe, valor, situação, validade etc. Passo g) Na tela SIBEC- Consulta benefícios - por família , clicar no link Nome (cor azul) para visualizar o detalhamento deste tipo de benefício. Em seguida, é exibida a tela de Consulta por Beneficiário , conforme figura abaixo. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 22

23 Nota 8 : Nota 9 : Nota 10 : Para visualizar o detalhamento de histórico familiar, clicar em Histórico Familiar e será disponibilizado a qualificação do beneficiário Para visualizar o histórico de situação de benefício, clicar em Histórico de Situação e será apresentado um histórico de alteração já realizadas para este beneficiário. A qualquer momento é possível emitir um relatório da consulta que esta sendo realizada, bastando para isso clicar no botão Relatório que aparece logo abaixo das informações do benefício. Passo h) Na tela SIBEC- Consulta benefícios - por família , ao clicar no campo é exibida uma lista contendo os dados de qualificação dos beneficiários indiretos, inclusive vigência. Nota 11 : A qualquer momento é possível emitir um relatório da consulta que esta sendo realizada, bastando para isso clicar no botão Relatório que aparece logo abaixo das informações do benefício COMO LOCALIZAR UM NIS CONSULTANDO O SIISO Nas telas onde é necessário o preenchimento do campo NIS sempre há uma lupa em seguida ao campo. Clicando nela é possível obter o NIS fazendo uma pesquisa no SIISO Sistema de Informações Sociais. A pesquisa pode ser feita por : Tipo/Número de Documento (selecionando um ou mais). Nome da Pessoa (podendo adicionar Nascimento e/ou Sexo e/ou Nome da Mãe). Ou ainda, acumulando os argumentos acima. Passo a) Ao clicar na lupa é exibida a tela SIISO Argumentos de pesquisa para localização. logo Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 23

24 Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 24

25 Passo b) Na tela SIISO Argumentos de pesquisa para localização - Documentos, selecionar o Tipo do Documento na lista, preencher o campo Código com seu número e os campos Sigla do Órgão Emissor e UF (se houver). Passo c) Clicar no botão INCLUIR. É exibida a mesma tela com o Tipo e Código preenchidos, transportados para o campo de relação de documentos. Nota 12 : É possível selecionar mais de um Tipo e Código para a mesma pesquisa, basta repetir os passos b) e c) Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 25

26 Caso queira fazer a pesquisa por outros tipos de informações, na tela SIISO Argumentos de pesquisa para localização - Outros Argumentos de Pesquisa, preencher o campo Nome da Pessoa e os outros campos, caso tenha as informações. Passo d) Na tela SIISO Argumentos de pesquisa para localização, na parte inferior, clicar no botão LOCALIZAR. São exibidos na parte de baixo da mesma tela SIISO os registros das pessoas que satisfazem os critérios indicados para a pesquisa. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 26

27 Passo e) Na mesma tela SIISO, em Lista de Pessoas Localizadas, selecionar a pessoa desejada. Clicar no botão TRANSPORTAR. O NIS da pessoa selecionada é exibido na tela que deu origem a pesquisa ( função Consulta ou Manutenção) CONSULTA BENEFÍCIOS POR BENEFICIÁRIO Passo a) Na tela SIBEC- Menu, clicar na opção Consulta, Benefícios, Por Beneficiário. É exibida a tela SIBEC- Consulta benefícios por beneficiário Passo b) Preencher o campo NIS do beneficiário - o NIS Número de Identificação Social é composto por 11 dígitos. Este campo é de preenchimento obrigatório. Caso não saiba o NIS de um determinado beneficiário, clicar em e pesquise-o no SIISO (ver item 9.2) Passo c) O campo Nome do beneficiário - O nome do responsável legal da família é preenchido automaticamente assim que o NIS for encontrado na base de cadastro. Passo d) Passo e) Selecionar no campo Programa social, o programa desejado - Nesta caixa, aparecerá(ão) o(s) programa(s) social(is) pertinente ao beneficiário. Em geral, esta opção é preenchida automaticamente, salvo os casos em que exista mais de um programa relacionado para o beneficiário. Clicar no botão LISTAR Para visualizar o resultado da Consulta de benefícios por família. Em seguida, é exibida a tela Consulta benefícios - por família Nesta tela são apresentadas informações sobre o benefício da família, tais como: valor, situação etc. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 27

28 Passo f) Na tela SIBEC- Consulta benefícios por beneficiário , ao clicar no campo Número (link em azul), é exibida a tela SIBEC- Consulta benefícios por beneficiário mostrando a situação do benefício para aquele número. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 28

29 Passo g) Na tela SIBEC- Consulta benefícios por beneficiário , clicar no botão HISTÓRICO DE SITUAÇÃO. É exibida a tela Consulta benefícios por beneficiário mostrando o histórico da situação do beneficiário. Nota 13 : Este botão só está habilitado quando já estiverem registradas as alterações cadastrais no SIBEC. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 29

30 3.2 A opção MANUTENÇÃO do Menu A opção manutenção do menu, permite a realização de atividades de gestão de benefícios: Bloqueio,desbloqueio, cancelamento e reversão de cancelamento. Quando estas atividades são realizadas, a situação do benefícios é modificada. Importante: É imprescindível ter domínio do conteúdo da Portaria GM/MDS nº 555 de 11 de novembro de 2005 para uma eficiente operacionalização do sistema com domínio de informação das atividades de gestão de benefício REGRAS PARA A MANUTENÇÃO NA FAMÍLIA CANCELAMENTO Atua sobre o benefício com situação de Liberado ou Bloqueado. O cancelamento no nível de Família cancela todos os benefícios da família, seja ele: básico, variáveis e extraordinários REVERSÃO DE CANCELAMENTO Atua sobre benefício com situação de Cancelado. A reversão de cancelamento em nível de Família, reverte o cancelamento do responsável legal e todos os benefícios( básico, variáveis e extraordinário), retornando-os à situação de reincluido quando da geração da folha de pagamento, porém, a situação da família é reavaliada na base do CADUNICO. Sendo superada a fase de reavaliação o benefício será colocado na situação de liberado, sendo pagas as parcelas retroativas Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 30

31 cabíeveis. Caso no processo de reavaliação for detectado que a família não cumpre as regras de inclusão do Programa, o benefício torna à situação de cancelado BLOQUEIO Atua sobre benefício com situação de Liberado e Em pagamento. O bloqueio no nível de Família, bloqueia todos os benefícios da família, seja ele: básico, variáveis e extraordinários DESBLOQUEIO Atua sobre benefício com situação de Bloqueado. O Desbloqueio no nível de Família, desbloqueia bloqueia todos os benefícios da família, seja ele: básico, variáveis e extraordinários REFLEXOS DAS AÇÕES DE MANUTENÇÃO NO BENEFÍCIO CANCELAMENTO O benefício na situação de cancelado não gera parcelas de pagamento na folha de pagamento. O cancelamento recai sobre todo o benefício, inclusive sobre parcelas não sacadas REVERSÃO DE CANCELAMENTO Libera as parcelas retroativas que forem marcadas para recebimento para a próxima folha de pagamento BLOQUEIO O benefício gera parcelas na folha de pagamento com status bloqueado e as parcelas não sacadas também são bloqueadas DESBLOQUEIO Libera todas as parcelas bloqueadas na base de pagamento, dentro da validade das parcelas, e o benefício passa a gerar parcelas na folha de pagamento. 3.3 Função Manutenção de Situação do Benefício Por intermédio desta função, é possível realizar as atividades de gestão de benefícios, que são: cancelamento, reversão de cancelamento, bloqueio e desbloqueio de benefícios. Passo a) Na tela SIBEC- Menu, clicar na opção Manutenção, Benefício, Situação. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 31

32 É exibida a tela SIBEC- Manutenção de situação de benefício Passo b) Passo c) Preencher o campo NIS do responsável legal - o NIS Número de Identificação Social é composto por 11 dígitos. Este campo é de preenchimento obrigatório. Caso não saiba o NIS de um determinado beneficiário, clicar em e pesquise-o no SIISO (ver item 9.2) O campo Nome do responsável legal - O nome do responsável legal da família é preenchido automaticamente, assim que o NIS for encontrado na base de cadastro. Passo d) Passo e) Selecionar no campo Programa social, o programa desejado - Nesta caixa, aparecerá(ão) o(s) programa(s) social(is) pertinente(s) ao beneficiário. Em geral, esta opção é preenchida automaticamente, salvo os casos em que exista mais de um programa relacionado para o beneficiário. Clicar no botão LISTAR Para visualizar o resultado da Consulta de benefícios por família. É exibida a tela SIBEC- Manutenção de situação de benefício , com os dados do NIS do responsável Legal. Sobreposta a esta, aparecerá uma tela de alerta sobre manutenção de benefício, conforme figura abaixo. Para prosseguir, clicar no botão OK. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 32

33 Nota 14 : Caso esteja digitando um NIS inválido, o sistema apresentará a seguinte mensagem Nota 15 : Caso esteja digitando um NIS não pertencente a seu município ou NIS sem benefício, o sistema apresentará a seguinte mensagem Nota 16 : Nota 17 : Caso tenha digitado um NIS convertido, a tela apresenta, no cabeçalho, os dois NIS: informando o ativo e o convertido. Este passo se aplica da mesma forma para o NIS do beneficiário indireto BLOQUEAR Passo a) Na tela SIBEC- Manutenção de situação de benefício , no campo Ação, na lista, selecionar Bloquear. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 33

34 Passo b) Na mesma tela, no campo Motivo, na lista, selecionar o motivo adequado a situação. Passo c) Preencher obrigatoriamente campo Justificativa. Nota 18 : O campo competência a partir de não é utilizado para os gestores municipais. Passo d) Na mesma tela, clicar no botão CONFIRMAR. É exibida a mensagem sobre Bloqueio. Passo e) Clicar no botão OK para confirmar a ação de bloqueio ou no botão CANCELAR para interromper a ação efetuada DESBLOQUEAR Passo a) Na tela SIBEC- Manutenção de situação de benefício , no campo Ação, na lista, selecionar Desbloquear. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 34

35 Passo b) Na mesma tela, no campo Motivo, na lista, selecionar o motivo adequado a situação. Passo c) Preencher obrigatoriamente o campo Justificativa. Passo d) Na mesma tela, clicar no botão CONFIRMAR. É exibida a mensagem sobre desbloqueio. Passo e) Clicar no botão OK para confirmar a ação de desbloqueio ou no botão CANCELAR para interromper a ação efetuada CANCELAR Passo a) Na tela SIBEC- Manutenção de situação de benefício , no campo Ação, na lista, selecionar Cancelar. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 35

36 Passo b) Na mesma tela, no campo Motivo, na lista, selecionar o motivo adequado a situação. Passo c) Preencher obrigatoriamente o campo Justificativa. Passo d) Na mesma tela, clicar no botão CONFIRMAR. É exibida a mensagem sobre cancelamento. Passo e) Clicar no botão OK para confirmar a ação de cancelamento ou no botão CANCELAR para interromper a ação efetuada REVERTER CANCELAMENTO Passo a) Na tela SIBEC- Manutenção de situação de benefício , no campo Ação, na lista, selecionar Reverter Cancelamento. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 36

37 Passo b) Preencher obrigatoriamente o campo Justificativa. Passo c) Na mesma tela, clicar no botão CONFIRMAR. É exibida a mensagem sobre reversão de cancelamento. Clicar no botão OK para confirmar a ação de reversão ou no botão CANCELAR para interromper a ação efetuada. 3.4 A opção relatório do menu Esta função permite a emissão de diversos tipos de relatórios, dentre eles: Analíticos acompanhamento operacional o cartões na entregues acompanhamento financeiro o folha de pagamento o benefícios não pagos o evolução de benefícios Consulta relatórios e arquivos Calendário operacional Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 37

38 Importante: Outros relatórios estão sendo implementados no SIBEC, por isso é importante consultar constantemente a versão mais recente deste manual para ficar atualizado com os novos relatórios do Sistema. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 38

39 3.4.1 Relatório Cartões não entregues Passo a) Na tela SIBEC- Menu, clicar na opção Relatório, Analítico, Acompanhamento Operacional, Cartões não entregues e aparecerá tela Cartões não entregues. Selecionar o tipo de Programa Social, a abrangência, a data da extração e clicar em SOLICITAR. Nota 19 : A informação constante no relatório refere-se a cartões emitidos num intervalo de 180 dias e que não possuem situação de ativados até a data de extração na base que gerencia os mesmos. Dado um mês de extração, é considerado o período de 180 dias, contados à partir do último dia do mês anterior à extração para verificar os EMITIDOS e a data do dia anterior à extração para verificar os cartões NÃO ATIVADOS. Exemplo: Para o Mês de Fevereiro de 2006, foi extraído relatório no dia considerando os cartões EMITIDOS entre e , que não constam como ATIVADOS até Uma nova emissão do relatório sobrepõe o relatório anterior. Adicionalmente é verificado se os NIS destes cartões tem benefícios ativos na base de pagamento da CAIXA, sendo que os sem benefícios ou com benefícios cancelados são excluídos da extração efetuada. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 39

40 Passo b) Na tela consulta relatórios e arquivos , marcar o campo seleção e clicar em SALVAR Passo c) Na tela Download de Arquivo que é a tela de transferência de arquivo, clicar em Abrir para visualizar o arquivo através da Internet ou clicar em Salvar para salvá-lo em seu computador. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 40

41 3.4.2 Relatório Folha de pagamento Passo a) Na tela SIBEC- Menu, clicar na opção Relatório, Analítico, Acompanhamento Financeiro, Folha de Pagamento e aparecerá a tela Folha de pagamento - por UF/município. Selecionar o tipo de Programa Social, a abrangência, a referência de pagamento e clicar em SOLICITAR Passo b) Na tela consulta relatórios e arquivos , marcar o campo seleção e clicar em SALVAR Passo c) Na tela Download de Arquivo que é a tela de transferência de arquivo, clicar em Abrir para visualizar o arquivo através da Internet ou clicar em Salvar para salvá-lo em seu computador. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 41

42 Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 42

43 3.4.3 Relatório Consulta relatórios e arquivos Passo a) Na tela SIBEC- Menu, clicar na opção Relatório, Consulta relatórios e arquivos e aparecerá a tela Consulta Relatórios e Arquivos Selecionar, na lista, o tipo de relatório, o programa social, o grupo de programas sociais, a abrangência, a data inicial da pesquisa e clicar em LISTAR Nota 20 : Nota : A data inicial da pesquisa não pode ser superior a 60 dias. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 43

44 Passo b) Na mesma tela clicar em Seleção para escolher o arquivo desejado e logo após clicar em Salvar Passo c) Na tela Download de Arquivo que é a tela de transferência de arquivo, clicar em Abrir para visualizar o arquivo através da Internet ou clicar em Salvar para salvá-lo em seu computador. Passo d) Realize a descompactação do arquivo. A descompactação do arquivo é realizada por programa próprio no computador do usuário. Exemplos de programas de compactação e descompactação de arquivos: Winzip, filpzip, Winrar,Brazip etc. Neste caso estamos utilizando o Filzip. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 44

45 Passo e) O Relatório será apresentado no editor de planilha padrão instalado no computador do usuário. A extensão do arquivo de relatório é CSV (comma separated values) por isso, assegure-se que o editor utilizado permita visualizar arquivos nesta extensão. Sistema de Gestão de Benefícios - SGB 45

Gestão de benefícios depende da correta elaboração de ofício e do preenchimento do FPGB

Gestão de benefícios depende da correta elaboração de ofício e do preenchimento do FPGB N 80 24 de maio de 2007 Gestão de benefícios depende da correta elaboração de ofício e do preenchimento do FPGB MDS orienta os municípios sobre a elaboração do documento e sobre o preenchimento do Formulário

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

SCNES - Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde

SCNES - Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde Ministério da Saúde Secretária Executiva Departamento de Informática do SUS SCNES - Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde Manual de Operação Versão 1.0 M 01 Rio de Janeiro 2006 GARANTIAS

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO CONTROLE DE ACESSO. Versão do Guia: 1.1

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO CONTROLE DE ACESSO. Versão do Guia: 1.1 SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO CONTROLE DE ACESSO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Fevereiro de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Leia mais

TEXTO ORIENTADOR PARA O CURSO DO SIBEC

TEXTO ORIENTADOR PARA O CURSO DO SIBEC 1 TETO ORIENTADOR PARA O CURSO DO SIBEC Antes de iniciar a capacitação presencial do SIBEC, é importante rever alguns pontos sobre a gestão do Programa Bolsa Família. Fique atento às informações que reunimos

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 31 SENARC/MDS Brasília, 17 de julho de 2009. Reeditada em 04 de janeiro de 2010. Assunto: Orienta quanto aos procedimentos necessários para regularização da situação das famílias

Leia mais

Guias e Manuais. Gestão de Benefícios. do Programa Bolsa Família VOLUME I. Programa Bolsa Família

Guias e Manuais. Gestão de Benefícios. do Programa Bolsa Família VOLUME I. Programa Bolsa Família Guias e Manuais 2010 Gestão de Benefícios do Programa Bolsa Família VOLUME I Programa Bolsa Família Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Manual de Gestão de Benefícios Volume I Concessão

Leia mais

Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais. Guia Rápido. O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão

Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais. Guia Rápido. O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais Guia Rápido O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão Janeiro de 2013 Apresentação Enfrentar a pobreza e as desigualdades

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único Instrução Operacional nº 35 SENARC/MDS Brasília, 15 de abril de 2010. Assunto: Divulga as orientações necessárias para a solicitação de cadastramento de usuários municipais no novo sistema de Cadastro

Leia mais

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS - OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS Índice 1. INTRODUÇÃO...5 2. MÓDULO DE GESTÃO DE

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR CAIXA SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 12-05/01/2015 1 ÍNDICE CAIXA CAIXA...1 CAIXA...2 CAIXA...2 1.Introdução... 2 2.Objetivo do Sistema...3 3.Usuário

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

Acompanhamento Familiar Programa Bolsa Família

Acompanhamento Familiar Programa Bolsa Família Acompanhamento Familiar Programa Bolsa Família 3 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Acompanhamento Familiar Programa Bolsa Família Brasília, 2009 2009 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

Sicon. Manual do Usuário

Sicon. Manual do Usuário 1 Sistema de Condicionalidades Sicon Manual do Usuário Versão 4.5 Março de 2013 2 Sumário Sumário... 2 Apresentação... 4 1. Objetivos... 5 2. O Usuário do Sicon... 6 2.1. Quem pode ser Usuário do Sicon?...

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Inclusão e Envio de Propostas

Inclusão e Envio de Propostas MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Abertura Automática de contas

Leia mais

FAQ Perguntas mais frequentes

FAQ Perguntas mais frequentes FAQ Perguntas mais frequentes Dezembro de 2014 Sumário 1. O que é o Programa Renda Melhor?... 4 2. Qual o objetivo do Renda Melhor?... 4 3. Quem tem direito a participar do Renda Melhor?... 4 4. Quais

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA MUNICÍPIO: ESTADO: DATA: / / PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA MUNICÍPIO: ESTADO: DATA: / / PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA Este questionário tem por objetivo fazer com que a sociedade participe da gestão pública, exercendo controle sobre as despesas efetuadas e orientando aos órgãos do

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO DE BOLSAS... 2

ÍNDICE 1. CADASTRO DE BOLSAS... 2 ÍNDICE 1. CADASTRO DE BOLSAS... 2 1.1. ACESSANDO A APLICAÇÃO... 2 1.2. GUIA : BOLSAS... 3 1.2.1. Instruções para preenchimento dos campos... 3 1.3. GUIA : OBSERVAÇÃO... 7 1.4. GUIA : UNIDADES... 8 1.4.1.

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

SISTEMA DE PRODUTOS E SERVIÇOS CERTIFICADOS. MÓDULO DO CERTIFICADOR MANUAL DE OPERAÇÃO Versão 2.4.6

SISTEMA DE PRODUTOS E SERVIÇOS CERTIFICADOS. MÓDULO DO CERTIFICADOR MANUAL DE OPERAÇÃO Versão 2.4.6 SISTEMA DE PRODUTOS E SERVIÇOS CERTIFICADOS Versão 2.4.6 Sumário Fluxograma básico do processo de envio de remessa... 5 Criar novo certificado... 6 Aprovar certificado... 16 Preparar e enviar remessa...

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO ADESÃO ESTADUAL VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Permitida a reprodução,

Leia mais

Manual Prático de Acesso Novo Hamburgo/RS. ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Manual Prático de Acesso Novo Hamburgo/RS. ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Novo Hamburgo/RS ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica SUMÁRIO Página LOGIN AO SISTEMA...3 EMITIR NOTA FISCAL ELETRÔNICA...7 CONSULTAR NOTA FISCAL ELETRÔNICA...12 CONSULTAR SOLICITAÇÕES DE CANCELAMENTO

Leia mais

Cadastro de Corretores Manual do Usuário

Cadastro de Corretores Manual do Usuário susep 2012 Cadastro de Corretores SUSEP - CGETI - COSIM Fevereiro/2012 Conteúdo Apresentação...3 Mapa do Sistema de Cadastro de Corretores...4 Padrões...5 Acesso ao Sistema...6 Menu Principal...6 Informações

Leia mais

Corregedoria-Geral de Justiça. Serviço Notarial e de Registro. Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO

Corregedoria-Geral de Justiça. Serviço Notarial e de Registro. Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO Corregedoria-Geral de Justiça Serviço Notarial e de Registro Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO Atualizado em 29/04/2015 CONTEÚDO APRESENTAÇÃO... 4 CAPÍTULO 1 DOWNLOAD DO SISNOR CARTÓRIO... 5 CAPÍTULO 2

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. Página1

MANUAL DE SISTEMA. Página1 Página1 Página2 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 3 2 Passo a Passo... 4 2.1. Visão inicial do Sistema Presença 4 2.2. Solicitar Acesso 5 2.3. Substituição do Operador Municipal Máster 7 2.4. Acessar

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Fevereiro de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Gabinete do Ministro

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Gabinete do Ministro Edição Número 251 de 30/12/2005 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Gabinete do Ministro GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N o 666, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2005 Disciplina a integração entre

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Gestão de condicionalidades

Gestão de condicionalidades Gestão de condicionalidades Condicionalidades no contexto de políticas públicas universais As condicionalidades são compromissos da família e do poder público O acesso aos serviços de saúde e educação

Leia mais

Guia de Atuação Das Instâncias de Controle Social do Programa Bolsa Família

Guia de Atuação Das Instâncias de Controle Social do Programa Bolsa Família Guia de Atuação Das Instâncias de Controle Social do Programa Bolsa Família Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) Brasília 2006 2006 Ministério

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social na Área de Educação

Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social na Área de Educação Manual do Usuário Introdução Com a publicação da Lei n 12.101, de 27 de novembro de 2009, os requerimentos de certificação originária e de renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência

Leia mais

Reeditada em, 03 de novembro de 2011.

Reeditada em, 03 de novembro de 2011. Instrução Operacional nº 44 SENARC/MDS Brasília, 29 de abril de 2011. Assunto: Orienta os municípios sobre os procedimentos para averiguação de famílias identificadas em processo de auditorias com indícios

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo Instruções de Acesso Portal de Cliente Primeiramente, confira a configuração de pop-up e versão do seu navegador, conforme instruções abaixo: Os navegadores e versões homologadas, são: Internet Explorer

Leia mais

PROGRAMA RENDA MELHOR

PROGRAMA RENDA MELHOR PROGRAMA FAQ Perguntas e Respostas Mais Frequentes Emissão em 17/02/2014. Rio de Janeiro Fevereiro/14 www.prm.rj.gov.br Sumário 1. O que é o Programa Renda Melhor?... 4 2. Qual o objetivo do Renda Melhor?...

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Maio -2013 Conteúdo Sumário... 2 PPD -IPD... 3 Adicionar Paciente... 4 Laudo Médico... 6 Avaliação do Enfermeiro... 11 Visita Domiciliar... 14 Dados do Paciente no Programa... 16 Histórico do

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na web... 3 Módulo Beneficiários... 3 1. INCLUSÃO DE MATRÍCULA ÚNICA, FAMÍLIAS E BENEFICIÁRIOS...4 Criar a Matrícula

Leia mais

Manual do Usuário Instituição

Manual do Usuário Instituição 1 Manual do Usuário Instituição Área Restrita Site de Certificação Controle: D.04.36.00 Data da Elaboração: 13/08/2014 Data da Revisão: - Elaborado por: TIVIT / Certificação ANBIMA Aprovado por: Gerência

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania QUESTIONÁRIO SOBRE A ATUAÇÃO DAS INSTÂNCIAS DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA - ICS MANUAL DE

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.1 ExpressoMG 14/10/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

MANUAL DO PROESC EDUCACIONAL

MANUAL DO PROESC EDUCACIONAL Manual do Proesc Educacional 2012 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 APRESENTAÇÃO --------------------------------------------------------------------------------------- 3 1.2 ACESSANDO O SISTEMA -------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Módulo Beneficiários Onde são criados os registros das famílias dos titulares e definidas coberturas assistenciais do plano de saúde, bem como os valores de custeio, os

Leia mais

www.siteware.com.br Versão 2.6

www.siteware.com.br Versão 2.6 www.siteware.com.br Versão 2.6 Sumário Apresentação... 4 Login no PortalSIM... 4 Manutenção... 5 Unidades... 5 Unidades... 5 Grupos de CCQ... 5 Grupos de unidades... 6 Tipos de unidades... 6 Sistema de

Leia mais

Manual do Usuário SISPETI. Sistema de Controle e Acompanhamento da Freqüência no Serviço Socioeducativo do PETI - SISPETI

Manual do Usuário SISPETI. Sistema de Controle e Acompanhamento da Freqüência no Serviço Socioeducativo do PETI - SISPETI Manual do Usuário SISPETI Sistema de Controle e Acompanhamento da Freqüência no Serviço Socioeducativo do PETI - SISPETI 2 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME- SECRETARIA NACIONAL DA

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA Presidência da República Controladoria-Geral da União O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA O Programa Bolsa Família foi instituído pelo Governo Federal, pela Lei nº 10.836, de 9 de janeiro

Leia mais

Módulo de Extensão SIGAA. Cadastro de Cursos

Módulo de Extensão SIGAA. Cadastro de Cursos Módulo de Extensão SIGAA Cadastro de Cursos ÍNDICE Instruções gerais Pg. 04 Recomendações Pg. 04 Acessibilidade ao sistema Pg. 04 Acesso ao SIGAA Pg. 04 Acesso ao módulo Pg. 05 Acesso ao tipo de extensão

Leia mais

Registro de Notificação

Registro de Notificação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Registro de Notificação Convenente

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 2. Tela Inicial... 2 3. Abrindo uma nova Solicitação... 3 4. Acompanhando as solicitações abertas... 4 5. Exibindo Detalhes da Solicitação... 6 6.

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP Extrato Financeiro Manual de Usuário FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Acesso ao formulário para geração do extrato... 3 Como gerar o extrato financeiro... 5 Conteúdo do extrato... 9 Anexo I Dúvidas / problemas

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Sistema Cadastro Único VERSÃO 7.5 MANUAL OPERACIONAL

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Sistema Cadastro Único VERSÃO 7.5 MANUAL OPERACIONAL Sistema Cadastro Único VERSÃO 7.5 MANUAL OPERACIONAL 1 S U M Á R I O 1 INTRODUÇÃO 1.1 APRESENTAÇÃO 1.2 ORGANIZAÇÃO E USO DO MANUAL 1.3 DÚVIDAS e CANAIS DE ATENDIMENTO 2 VISÃO GERAL DO SISTEMA CADASTRO

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

PORTARIA GM/MDS Nº 551, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2005

PORTARIA GM/MDS Nº 551, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2005 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME PORTARIA GM/MDS Nº 551, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2005 (Publicada no DOU nº 217, de 11 de novembro de 2005) Regulamenta a gestão das condicionalidades do

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

MANUAL DO SINASC_LOCAL

MANUAL DO SINASC_LOCAL MANUAL DO SINASC_LOCAL Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC - 2006 1 Módulo - Usuário Manual do Sinasc Módulo Usuário Capítulo 01 - Introdução O SINASC é um instrumento fundamental para informações

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é Atualizado: 22 / 04 / 2013 - FAQ - AI 1. Gestor de segurança da empresa 1.1. Usuários com e sem vínculos de representação 1.2. O que significa ser gestor de segurança 1.3. Como consultar os dados do gestor

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO PROCESSAMENTO DE CONTAS

BENNER WEB MÓDULO PROCESSAMENTO DE CONTAS BENNER WEB MÓDULO PROCESSAMENTO DE CONTAS 1 Módulo Processamento de Contas Na tela apresentada dos módulos do sistema selecionar o módulo Processamento de contas 1. PROCESSAMENTO DE GUIAS Inclusão de guias

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

Encontro Regional do Congemas Região Nordeste. Cadastro Único

Encontro Regional do Congemas Região Nordeste. Cadastro Único Encontro Regional do Congemas Região Nordeste Cadastro Único Camaçari/BA, 31 de outubro de 2012 I. Sistema de Cadastro Único - Versão 7 II. Guardião V7 Sistema de Monitoramento da disponibilidade e performance

Leia mais

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda Manual do Usuário Sistema Notapará Programa Nota Fiscal Cidadã Objetivo: Estabelecer orientações aos usuários do sistema Notapará, tais como: usabilidade, funcionalidade e navegabilidade. Manual do Usuário

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 36 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 2. REGRAS PARA CADASTRAMENTO... 5 3. SENHA WEB... 6

Leia mais