2 102 /o rbmetes 05 Nº o vitamornfi mitelob

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 102 /o rbmetes 05 Nº o vitamornfi mitelob"

Transcrição

1

2 INTRODUÇÃO Temos o grato prazer de cumprimentar as Famílias dos nossos alunos, desejando que os seus educandos tenham um ano letivo que contribua, de forma consistente, para a sua formação humana e intelectual. Procuramos organizar a escola, na sua globalidade, para continuar a prestar o serviço que dignifique a nobre missão de educar crianças e jovens. Todo o grupo de Trabalho (Docentes e Auxiliares) se mantêm com o mais empenhado espírito de dedicação no relacionamento com os alunos e as suas famílias, estimulando a tão preciosa colaboração que os Encarregados de Educação devem prestar junto das Professoras e Educadoras dos seus filhos. Devido às circunstancias da crise económicofinanceira, baixamos os preços tentando colaborar com todas as famílias. Sinceros cumprimentos O DIRETOR ADMINISTRATIVO, (Luís Lourenço)

3 FUNCIONAMENTO A escola funciona todos os dias úteis do ano civil, fechando somente nos dias 24 e 31 de dezembro. O seu período de funcionamento é das 7,30 horas às 20,00 horas. Em agosto a escola funcionará se for garantida a frequência dum número razoável de alunos. CALENDÁRIO ESCOLAR DURAÇÃO DOS TEMPOS LETIVOS - 2º ciclo, 1º ciclo e jardim infantil 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Início Fim Início Fim Início Fim 10 setembro 14 dezembro 03 janeiro 15 março 02 abril 30 junho INTERRUPÇÃO DAS ATIVIDADES LETIVAS 2º ciclo, 1º ciclo e jardim infantil NATAL CARNAVAL PÁSCOA 17/12 a 02/01 11/02 a 13/02 18/03 a 01/04 PREÇÁRIO P/ ANO LETIVO 2012/2013 1ª prestação Propinas de frequência Grau de Ensino Anuidade Matrícula/ Inscrição Nº de prestações Valor de cada prestação Data de Pagamento 2º CICLO 3.428,00 150,00 11 (set. jul.) 298,00 set./2012 a jul./2013 1º CICLO 3.428,00 150,00 11 (set. jul.) 298,00 set./2012 a jul./2013 JARDIM INFANTIL MODALIDADE I 3.428,00 150,00 11 (set. jul.) 298,00 set./2012 a jul./2013 JARDIM INFANTIL MODALIDADE II 3.318,00 150,00 11 (set. jul.) 288,00 set./2012 a jul./2013 JARDIM INFANTIL MODALIDADE III 3.208,00 150,00 11 (set. jul.) 278,00 set./2012 a jul./2013 Nota: INFANTIL - MOD. I - inclui: inglês / ed. física / ed. musical / informática - MOD. II - inclui: inglês / ed. física / ed. Musical DESCONTOS PAGAMENTO ANTECIPADO DA ANUIDADE: 10% desconto IRMÃOS (todos) e FILHOS DE ANTIGOS ALUNOS: - Inscrição - 50%; Alimentação - 30%; Transporte - 50%; Judo - 50%; Ballet - 50%; Hip-Hop - 50%. ALUNOS NOVOS (Amigos): -10% s/ mensalidade (Por cada aluno recomendado) 2 PAGAMENTO POR TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA NIB: (BCP - Silva & Gaio, Lda.)

4 1. A anuidade engloba: 2º CICLO A matrícula/inscrição, a frequência de 1 de setembro a 31 de julho, o seguro escolar, informática e material de desgaste de educação visual e tecnológica. 1º CICLO A matrícula/inscrição, a frequência de 1 de setembro a 31 de julho, o seguro escolar, inglês, informática, ed. física, ed. musical e material de desgaste de expressão plástica. INFANTIL A matrícula/inscrição, a frequência de 1 de setembro a 31 de julho, o seguro escolar, inglês, informática, ed. física, ed. musical e material de desgaste de expressão plástica. JULHO As atividades desenvolvidas durante o mês de julho, dadas a saber aos enc. educação através do respetivo plano, estão incluídas na mensalidade, exceto a praia e a semana do acampamento que, no entanto, será a preços reduzidos. 2. O tempo não letivo do mês de agosto não está incluído na anuidade. 3. Nas férias intercalares: Natal, Carnaval e Páscoa, os alunos poderão frequentar a escola sem mais encargos com o pagamento da frequência. - Responsabilidade civil Capital por invalidez permanente Despesas de tratamento Capital por m Todos os alunos ficam abrangidos pelo seguro escolar que inclui as seguintes condições: 5. O pagamento da anuidade será decomposto em prestações, tendo os seguintes prazos: a) 1ª PRESTAÇÃO: MATRÍCULA cobrada no ato de inscrição. b) INFANTIL, 1º e 2º CICLOS: 11 prestações: frequência letiva. De setembro a junho a cobrar ao longo do ano letivo. Julho a cobrar 1/3 em cada um dos três meses seguintes ao início da frequência. 6. Os valores referentes à matrícula/inscrição, assim como à frequência do mês de julho não serão reembolsados em caso de desistência do aluno. 7. As prestações da anuidade devem ser pagas regularmente até ao dia 5 de cada mês. O pagamento deve ser efetuado na secretaria da escola ou através de envelope entregue ao pessoal autorizado. 8. É norma da escola organizar e prestar vários serviços e atividades de complemento curricular: visitas de estudo; idas ao teatro; cinema, circo, zoo; passeio à serra da Estrela; atividades lúdico-pedagógicas, etc. O material de apoio e as despesas com estas atividades não estão incluídos nas importâncias referentes aos tempos letivos, sendo cobradas separadamente. 9. Em caso de desistência de qualquer atividade ou serviço, não haverá reembolso das importâncias pagas. Todos devemos ser mais rigorosos neste ponto. SERVIÇOS FACULTATIVOS Transporte (2 viagens/dia) - (Conforme distância de 117,00 a 205,00) Alimentação: Almoço (2º Ciclo) 84,00 Almoço (1º Ciclo) 78,00 Almoço (Infantil) 76,00 Lanche 33,00 Assistência refeitório (Almoços) 20,00 Assistência refeitório (Lanches) GRÁTIS Estudo (1º e 2º Ciclos) 49,00 Método de Estudo 26,00 Catequese (1º e 2º Ciclos) (Serviço gratuito/paróquia de Cascais) 3

5 SERVIÇOS FACULTATIVOS (continuação) Judo 38,00 Ballet 38,00 Hip-Hop 38,00 Natação (Inscrição Anual) 30,00 Natação 45,00 Prolongamentos: Das 07h30 às 09h00 (Serviço gratuito) Das 16h00 às 18h00 (Serviço gratuito) Das 18h00 às 20h00 (Serviço gratuito) ATIVIDADES DE COMPLEMENTO CURRICULAR Inglês (1º Ciclo e Infantil) (Incluído na mensalidade) Informática (Incluído na mensalidade) Educação física (1º Ciclo e Infantil) (Incluído na mensalidade) Educação musical (1º Ciclo e Infantil) (Incluído na mensalidade) Atelier de expressão plástica (1º Ciclo) (Incluído na mensalidade) Coro (1º e 2º Ciclos) (Serviço Gratuito) Orquestra Orff (1º e 2º Ciclos) (Serviço Gratuito) INFORMAÇÃO GERAL 1. A escola criou no seu preçário descontos especiais para os filhos dos antigos alunos e, também, no caso de irmãos a frequentarem. Ver condições no preçário geral. 2. Os preços dos serviços facultativos só serão alterados, ao longo do ano letivo, se aspetos económicos de caráter geral assim o determinarem. 3. O pagamento das faturas deve ser efetuado até ao dia 5 de cada mês. Os serviços prestados ao aluno poderão ser suspensos em caso de não cumprimento desta norma. 4. Qualquer fatura pendente de pagamento, sofre um encargo de 40,00 referentes a despesas de secretaria, por cada período de 30 dias em atraso. 5. Se, em caso de doença comprovada com atestado médico, o aluno não vier à escola mais de cinco (5) dias seguidos, terá um desconto proporcional na alimentação. Os restantes serviços serão cobrados integralmente. Durante as férias letivas de Natal, Carnaval e Páscoa, não haverá desconto na alimentação dos alunos que não frequentarem a escola. Os restantes serviços também serão cobrados integralmente. 6. Para o bom funcionamento da escola e das turmas da Infantil, do 1º e 2º Ciclos, as atividades escolares começam obrigatoriamente às 09.00h. 7. As planificações das atividades de complemento curricular no que se refere ao inglês, informática, ed. física, ed. musical e exp. plástica, serão enviadas no plano mensal. Em relação ao judo e à natação, as planificações estão num dossier da escola, podendo ser consultadas pelos enc. educação. 8. Para melhor organização do nosso serviço de rouparia, agradecemos que solicite na secretaria uma requisição de equipamento, que será satisfeita no dia seguinte. 9. A data prevista para o começo da catequese é 08 de outubro para o 1º ciclo e 10 de outubro para o 2º ciclo A escola garante o fornecimento do PEQUENO-ALMOÇO aos alunos cujos Enc. Educação o solicitem.

6 HORÁRIO DAS ATIVIDADES DE COMPLEMENTO / ENRIQUECIMENTO CURRICULAR EDUCAÇÃO FÍSICA GRAU DE ENSINO INFANTIL 1º CICLO 2º CICLO HORÁRIO PROFESSOR 3 anos 2ª e 4ª Feira Joel Frazão 4 anos 2ª e 4ª Feira 5 anos 2ª e 4ª Feira 1º Ano 2ª e 4ª Feira 2º Ano 2ª e 4ª Feira 3º Ano 3ª e 5ª Feira João Pires 4º Ano 3ª e 5ª Feira 5º Ano 3ª e 5ª Feira 6º Ano 3ª e 5ª Feira EQUIPAMENTO P/ TODOS OS ALUNOS Sapatilhas para ginásio (todos os alunos) Fato de treino azul da escola Calção azul da escola T-Shirt branca c/ monograma da escola 1) O equipamento de ed. física de todos os alunos deve ser o adotado pela escola. Todo o equipamento de ed. física deve ser adquirido diretamente na escola. 2) Todo o equipamento é indispensável à frequência da disciplina. 3) Nos dias de educação física todos os alunos devem trazer o equipamento de ed. física vestido. Os alunos só farão esta aula se estiverem devidamente equipados. No entanto é absolutamente necessário que, após a aula de educação física, os alunos vistam a respetiva farda. NATAÇÃO GRAU DE ENSINO HORÁRIO PROFESSOR EQUIPAMENTO Infantil 3ª e 5ª Feira 1º Ciclo - 1º e 2º Ano 3ª e 5ª Feira 1º Ciclo - 3º e 4º Ano 3ª e 5ª Feira 2º Ciclo - 5º e 6º Ano 3ª e 5ª Feira José Augusto Nuno Pereira NOTA: Esta disciplina é ministrada na piscina do pavilhão desportivo do Dramático. INFANTIL GRAU DE ENSINO 1º CICLO INGLÊS 3 anos Todos os dias 4 anos Todos os dias 5 anos Todos os dias 1º Ano Todos os dias 2º Ano Todos os dias 3º Ano Todos os dias 4º Ano Todos os dias Fato de banho Chinelos Toalha Touca Óculos HORÁRIO PROFESSOR MATERIAL Mª João Barata Ana Margarida Martins 1 livro de inglês com software próprio para quadros interativos JUDO Grau de Ensino Horário Professor Equipamento Infantil 2ª e 4ª Feira 1º Ciclo - 1º e 2º Ano 2ª e 4ª Feira 1º Ciclo - 3º e 4º Ano 2ª e 4ª Feira 2º Ciclo - 5º e 6º Ano 2ª e 4ª Feira António Geraldes Kimono de Judo c/cinto apropriado 5

7 HORÁRIO DAS ATIVIDADES DE COMPLEMENTO / ENRIQUECIMENTO CURRICULAR (continuação) BALLET Grau de Ensino Horário Professor Equipamento Infantil 4ª e 6ª Feira 1º Ciclo - 1º e 2º Ano 4ª e 6ª Feira HIP-HOP Jéssica Evaristo TEMPO DIÁRIO DE ESTUDO Maillot Sapatilhas Saia Grau de Ensino Horário Professor Equipamento 1º Ciclo - 3º e 4º Ano 4ª e 6ª Feira 2º Ciclo - 5º e 6º Ano 4ª e 6ª Feira Jéssica Evaristo Roupa desportiva confortável Ténis para pavilhão GRAU DE ENSINO HORÁRIO PROFESSOR OBJETIVO 1º Ciclo 16.30h / 17.30h Professores do 1º ciclo 2º Ciclo Ana Margarida Atividade destinada a ajudar os alunos na organização do estudo e dos deveres de casa. Esta atividade começa no dia 17 de setembro. EDUCAÇÃO MUSICAL 1º CICLO HORÁRIO PROFESSOR MATERIAL 1º Ano 4ª feira 2º Ano 4ª feira 3º Ano 4ª feira 4º Ano 4ª feira 5º Ano 5ª feira 6º Ano 6ª feira GRAU DE ENSINO INFANTIL 1º CICLO 2º CICLO 4 anos 2º feira 5 anos 2ª feira 1º Ano 4ª feira 2º Ano 6ª feira 3º Ano 4ª feira 4º Ano 2ª feira Mariana Frazão INFORMÁTICA Software para quadros interativos Instrumentos musicais HORÁRIO PROFESSOR MATERIAL Professores titulares da Turma 5º Ano 2ª feira Luís Lourenço 6º Ano 3ª feira Luís Lourenço Computadores da escola Pen Software didático Escola virtual Internet CORO E ORQUESTRA ORFF GRAU DE ENSINO DIAS HORA PROFESSOR 6 1º CICLO Coro - 2ª Feira 2º CICLO Orquestra - 5ª Feira 13.15h h Mariana Frazão

8 CATEQUESE GRAU DE ENSINO DIAS HORÁRIO CATEQUISTA OBSERVAÇÕES 1º CICLO 2ª Feira h Mª Lurdes 2º CICLO 4ª Feira h Gouveia Disciplina sob a responsabilidade da paróquia de Cascais NOTA: Os encarregados de educação interessados em que os seus educandos frequentem esta atividade, devem passar pela secretaria da escola para preencherem a respetiva ficha de inscrição. Também deverão ter em conta a coincidência do horário da catequese com a carrinha. Esta disciplina começa a 08/10 (1º ciclo) e 10/10 (2º ciclo). CALENDÁRIO DE REUNIÕES COM ENC. EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR GRAU DE 1º Período 2º Período 3º Período ENSINO DATA HORA DATA a) HORA DATA b) DATA HORA 1 e 2 anos 18/ h 3 e 4 anos 19/ h 5 anos 20/ h de 07/01 a 31/01 De 07/01 a 31/01 De 07/01 a 31/01 Das 09.30h às 11,00h Das 09.30h às 11,00h Das 09.30h às 11,00h 1º CICLO 20/03 e 21/03 03/07 20/03 e 21/03 02/07 20/03 e 21/03 03/07 Das 09,00h às 14,00h Das 09,00h às 14,00h Das 09,00h às 14,00h a) Nesta data far-se-á uma avaliação participada com os enc. educação b) As reuniões de 20 e 21 de março serão individuais e terão o seguinte horário: Dia 20/03 Das 13.00h às 18.30h Dia 21/03 Das 09.00h às 14.30h. GRAU DE 1º Período 2º Período 3º Período ENSINO DATA HORA DATA HORA DATA a) DATA b) HORA 1º Ano 13/ h 07/ h 20/03 e 21/03 02/07 2º Ano 13/ h 07/ h 20/03 e 21/03 03/07 3º Ano 14/ h 08/ h 20/03 e 21/03 02/07 4º Ano 14/ h 18/ h 20/03 e 21/03 03/07 Das 09.00h às 14.00h Das 09.00h às 14.00h Das 09.00h às 14.00h Das 09.00h às 14.00h a) As reuniões de 20 e 21 de março serão individuais e terão o seguinte horário: Dia 20/00 Das 13.00h às 18.30h e Dia 21/03 Das 09.00h às 14.30h. b) Dentro deste horário o professor entrega as avaliações. GRAU DE ENSINO 2º CICLO 1º Período 2º Período 3º Período DATA HORA DATA HORA DATA a) DATA b) HORA 5º Ano 17/ h 09/01 18,00h 20/03 e 21/03 02/07 6º Ano 17/ h 09/ h 20/03 e 21/03 c) Das 09.00h às 14.00h Das 09.00h às 14.00h a) As reuniões de 20 e 21 de março serão individuais e terão o seguinte horário: Dia 20/03 Das 13.00h às 18.30h Dia 21/03 Das 09.00h às 14.30h. b) Dentro deste horário o diretor de turma entrega as avaliações. c) A reunião será marcada após o lançamento dos resultados das Provas Finais. NOTA: As reuniões individuais devem ser marcadas na secretaria da escola. 7

9 ATENDIMENTO SEMANAL AOS ENC. EDUCAÇÃO PROFESSOR TITULAR Educadora Mónica Antunes Educadora Helena Fontoura Educadora Andreia Godinho Professora Sofia Nunes Professora Cláudia Figueiredo Professora Mafalda Pinheiro Professora Ana Teresa Professora Ana Margarida Professora Ana Margarida INFANTIL 1º CICLO 2º CICLO DIA HORA 1 e 2 anos 4ª feira 16.30h 17.30h 3 e 4 anos 3ª feira 16.30h 17.30h 5 anos 5ª feira 16.30h 17.30h 1º Ano 3ª feira 16.30h 17.30h 2º Ano 2ª feira 16.30h 17.30h 3º Ano 4ª feira 16.30h 17.30h 4º Ano 5ª feira 16.30h 17.30h 5º Ano 2ª feira 13.00h 14.00h 6º Ano 3ª feira 13.00h 14.00h VALORIZAÇÃO PEDAGÓGICA ESCOLA VIRTUAL Este ano a escola vai continuar a disponibilizar aos alunos o projeto da Porto Editora Escola virtual. O projeto consiste num manual interativo com todas os conteúdos programáticos das várias disciplinas lecionadas na sala de aula, cujos principais benefícios são: Alunos: Maior motivação, melhor compreensão da matéria e autonomia no estudo. Professores: Rentabilização do tempo, enriquecimento das aulas e personalização dos conteúdos. Enc. educação: Monitorização do estudo e poupança em auxiliares educativos. Acompanhamento em casa. Instituição: Apoio à gestão educativa, metodologia mais dinâmica e apelativa, rentabilização dos recursos humanos. INOVAÇÃO PEDAGÓGICA (ALGUNS PRESSUPOSTOS) Use-o ou perde-o! Se não fizermos atividade física regular, com o tempo os nossos músculos ficam flácidos? A mesma lógica se aplica ao cérebro O nosso cérebro não é moderno! Uma boa parte dos erros inscritos no nosso comportamento são explicados por heranças primitivas de formas de raciocinar? Falta de método de estudo! Se há stress entre nossos alunos, não é por excesso de dedicação, ou seja, por estarem horas a mais em frente dos livros, mas por falta de hábito de estudar. O «hardware» cerebral constrói-se desde os primeiros meses de vida! O rápido crescimento do neo-cortex ocorre nos primeiros dez anos de vida de uma criança. E este desenvolvimento dendrítico (das dendrites, que são braços de recetores de células nervosas) converte-se no hardware da inteligência? As modernas pesquisas desenvolvidas nas fronteiras entre o cérebro, a mente e o comportamento, desvendaram um conjunto de princípios relevantes para a educação em geral, e a aprendizagem em particular como, por exemplo: o cérebro é um processador que trabalha em paralelo; a procura de significado é inata e ocorre através de padrões, sendo que as emoções são elementos críticos na formação dessa capacidade de identificação de padrões; todo o cérebro perceciona, em simultâneo, a parte e o todo e aprender envolve a atenção focalizada e a perceção periférica. 8

10 Projetos Inovadores 1. O ADN do Empreendedorismo 2. A Arte no Europa 3. Nova Disciplina - Métodos de Estudo 4. Centro de Apoio Psicopedagógico 5. O Cérebro que Escreve 6. Workshops para pais 7. Newsletter (mensal) O ADN do Empreendedorismo Projeto desenvolvido em três anos letivos Fase 1. Dimensão Científica. Ano letivo de Objetivo: promoção do pensamento científico (analítico, abstrato), com base na realização de um programa de experiências científicas de elevada especialização. Fase 2. Dimensão Empresarial. Ano letivo de Objetivo: promoção do perfil empreendedor. Fase 3. Dimensão Ética. Ano letivo de Objetivo: promoção das características do cidadão ativo, como núcleo base da vida em sociedade. A Arte no Europa Programa desenvolvido desde o ano letivo último, , visa promover o desenvolvimento de competências cognitivas e psicomotoras, e ainda o gosto pelos valores estéticos. A Arte, nomeadamente a Pintura, constitui um campo ótimo para estimular o gosto pelo estudo. Nova Disciplina - Métodos de Estudo Aprender como o Cérebro Pensa e como usar essa informação para aumentar os resultados do aluno. Composição: 4 Programas : 1. Programa de Memória; 2. Programa de Atenção e de Concentração; 3. Programa de leitura Lógico-Dinâmica; 4. Técnicas de Métodos de Estudo. Vantagens - são 8 principais: 1. Desenvolvimento de caraterísticas próprias do aluno disposto a aprender, tais como: capacidade de elaboração de projeto de estudo; capacidade de determinação; motivação e habilidade para aprender; 2. Eliminação da dispersão mental, e redução dos níveis de ansiedade e de tensão; 3. Reconhecimento, organização e síntese de ideias; 4. Elaboração de resumos 5. Memorizar sínteses, datas, nomes 6. Maior rapidez; 7. Preparação para os testes e os exames; 8. Aplicação aos conteúdos das disciplinas (de línguas, de matemática, de estudo do meio, de ciências da natureza e de história) OUTRAS INICIATIVAS: - O Cérebro que Escreve Encontro trimestral com escritoras nacionais. - Workshops para pais (um workshop por período escolar) - Newsletter (mensal) Centro de Apoio Psicopedagógico A Escola, a partir do próximo mês de outubro, disporá de um Centro de Apoio Psicopedagógico. O Centro é composto por uma equipa de profissionais (neuropedagogo, psicólogo, terapeuta da fala) que pretende contribuir para a prevenção, identificação e combate das dificuldades de aprendizagem, assim como o bem estar psicológico e social da criança e do jovem. 9

11 Serviços (Entrevista Inicial e Informativa/Tipos de Avaliação: Avaliação Psicomotora; Avaliação Psicopedagógica; Avaliação Psicológica; Avaliação de Linguagem). Intervenção (Intervenção Psicológica; Intervenção Psicomotora; Intervenção Psicopedagógica; Terapia da Fala) Programas de Enriquecimento (Programa de Enriquecimento Instrumental; Programa de Prevenção e de Estimulação da Linguagem; Desenvolvimento do Raciocínio; Ações de Formação). Apresentação de mais detalhes nas reuniões com os Encarregados de Educação. O Cérebro que Escreve Encontro trimestral com escritoras nacionais. Workshops para pais (um workshop por período escolar) Newsletter (mensal) PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 SETEMBRO 10 1º Dia de aulas Concurso da memória Chuva de ideias sobre as ciências Quem quer ser milionário Recreio de boas-vindas 17 Dia do aluno - Entrega de prémios 25 Futebol de Praia (1º e 2º Ciclo) 9 Fotógrafo vem à escola OUTUBRO NOVEMBRO 26 Feira das Ciências - Seminário/Colóquio Halloween 31 Acantonamento Jantar com os pais Jogo de pistas 05/11 a 14/12 Campanha de Natal 9 São Martinho 15 O cérebro que escreve Encontro com escritores DEZEMBRO JANEIRO 13 Encontros Musicais de Natal Museu Condes de Castro Guimarães 14 Festa de Natal 7 Dia de Reis Cantar as Janeiras ao Presidente da Câmara de Cascais 14 a 31 Feira do Livro Data a confirmar Torneio Inter-Escola (Jogo do Mata) FEVEREIRO 8 Festa de Carnaval Alice no País das Maravilhas Baile de Carnaval 21, 22 e 23 * Serra da Estrela 28 * Torneio de ginástica interno 10

12 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 (continuação) 15 MARÇO 14 ABRIL 8 a 12 3 Festa da Páscoa Jogos sem Fronteiras Olimpíadas do Cérebro Encontros Musicais O Despertar da Primavera - Museu Condes de Castro Guimarães Semana da Ciência Seminário Exposição dos Projetos Dia da Mãe Mexa-se pela sua saúde MAIO JUNHO 18 Festival de Educação Física 23 O cérebro que escreve Encontro com escritores 31 Dia Mundial da Criança TATOO - Festival da Criança 29 Festa de Final de Ano Letivo Data a confirmar Passeio de Finalistas ALGUMAS NORMAS REGULAMENTARES 1. Todos os alunos devem usar DIARIAMENTE o uniforme. Nos dias de educação física todos devem trazer o respetivo equipamento vestido. No entanto é absolutamente necessário que, após a aula de educação física, os alunos vistam a respetiva farda. O aluno que reincida no desrespeito desta norma, será sujeito à sanção prevista no regulamento. Apela-se a todos os encarregados de educação que colaborem neste nosso propósito de sensibilizarmos os alunos para um espírito de comunidade escolar que os faça sentir mais integrados e colaborantes. 2. Todas as roupas ou objetos/roupa dos alunos devem vir marcados com o seu nome. Deseja-se sempre a melhor organização e, sem objetos identificados, não é possível responsabilizarmo-nos pelos extravios. 3. Sempre que o aluno precise de tomar medicamentos na escola é necessário que a caixa do medicamento tenha o nome do aluno escrito e as horas em que o mesmo é tomado. Os alunos não devem trazer medicamentos dentro da pasta escolar. A vigilante que recebe a criança, quer na escola, quer na carrinha, é que deve ser portadora desse medicamento. 4. Se o aluno ficar doente, interrompendo a sua frequência escolar, os pais devem informar a Escola. No caso de ter sofrido uma doença infetocontagiosa, só pode regressar à escola com atestado médico comprovativo da cura. Se o aluno faltar mais de 3 dias consecutivos, terá de apresentar atestado médico. 11

13 ALGUMAS NORMAS REGULAMENTARES (continuação) 5. Os alunos não devem chegar atrasados às aulas. Os tempos letivos devem ser respeitados. Recomenda-se aos pais dos alunos que são transportados na carrinha da escola, que cumpram a entrega dos seus filhos dentro do horário. A pontualidade na passagem do nosso transporte depende do cumprimento de todos. Chamamos a atenção dos encarregados de educação para a necessidade de justificarem todas as faltas dos seus educandos, visto que a nova regulamentação assim exige. Utilize o impresso existente na caderneta do aluno. 6. Os alunos que saem da escola com autorização dos pais para irem almoçar ou regressarem a casa no fim do dia escolar sem acompanhamento do pessoal da escola ou da sua família, só o poderão fazer depois dos seus encarregados de educação assinarem uma declaração. O impresso para o efeito deve ser pedido na secretaria da escola. 7. Todos os alunos deverão cumprir as seguintes regras: Ser pontual Trazer o material necessário às diferentes disciplinas É obrigatória a assinatura do Enc. Educação nos documentos que a Escola exige É obrigatório trazer o caderno Escola/Família diariamente, o seu uso é para recados simples. Apelamos à colaboração dos Enc. Educação para que respeitem estas normas, contribuindo assim para o bom funcionamento da escola e melhor desempenho dos seus educandos. Os alunos que não cumpram as regras do ponto 5 serão sujeitos às sanções previstas no Regulamento Interno. SITE NA INTERNET O grupo de trabalho do externato Europa criou uma página na internet que ilustra a preocupação que temos em informar as famílias dos nossos alunos sobre as atividades que a escola organiza nas vertentes pedagógica, cultural, social e administrativa, em: VISITE-NOS PODE TAMBÉM ENTRAR EM CONTATO CONNOSCO ATRAVÉS DO NOSSO 12

C O L É G I O D O A M O R D E D E U S

C O L É G I O D O A M O R D E D E U S C O L É G I O D O A M O R D E D E U S N.ª Ref.ª: 311/3 * 20.08.2015 Assunto: Informações diversas: Ano Escolar 2015/2016 A todos os Pais e Encarregados de Educação Exmo/a Senhor/a Encarregado/a Educação,

Leia mais

Horário das aulas: De 2.ª a 6.ª feira das 07:30 às 19:30.

Horário das aulas: De 2.ª a 6.ª feira das 07:30 às 19:30. 12º Não é permitido aos Pais e Encarregados de Educação contactarem pessoalmente, ou através do telefone e, docentes e/ou alunos, durante os tempos letivos. 13º Os serviços cobertos pela anuidade obrigatória

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO 2007-2008

REGULAMENTO INTERNO 2007-2008 REGULAMENTO INTERNO 2007-2008 Regulamento Interno Ano Lectivo 2007/2008 1. Admissão 1.1. O colégio admite crianças com idades entre os 3 meses e os 6 anos. 1.2. No acto da inscrição são necessários os

Leia mais

Conforme REGIMENTO ESCOLAR, seguem informações importantes para o ano letivo 2015.

Conforme REGIMENTO ESCOLAR, seguem informações importantes para o ano letivo 2015. INFORMATIVO ESCOLAR Conforme REGIMENTO ESCOLAR, seguem informações importantes para o ano letivo 2015. PROFISSIONAIS EXPERIENTES Contamos com uma equipe de profissionais capacitados e qualificados para

Leia mais

Externato Flor do Campo

Externato Flor do Campo QUADRO NORMATIVO - 2010/2011 Externato Flor do Campo O MELHOR AMBIENTE PARA O SEU FILHO É pena perder-se em adulto o contacto com a criança que existe dentro de nós, com a criança que sonha, que fantasia,

Leia mais

Atividades de Enriquecimento Extracurricular

Atividades de Enriquecimento Extracurricular Atividades de Enriquecimento Extracurricular Ano letivo 2013-2014 www.escola31janeiro.pt Ao longo do ano letivo a Escola 31 de Janeiro oferece várias atividades extracurriculares, com vista ao aprofundamento

Leia mais

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2012/2013 REGULAMENTO I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2012/2013 REGULAMENTO I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2012/2013 REGULAMENTO I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1- O Externato João Alberto Faria - Infantil destina-se a crianças com idades entre os 3 anos (feitos

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO 2010-2011

REGULAMENTO INTERNO 2010-2011 REGULAMENTO INTERNO 2010-2011 1. Admissão e lotação 1.1. O colégio admite crianças com idades entre os 4 meses e os 6 anos. 1.2. A lotação da creche (dos 4 meses aos 3 anos) é de 56 crianças distribuídas

Leia mais

Creche Pré-Escolar 1º Ciclo

Creche Pré-Escolar 1º Ciclo Creche Pré-Escolar 1º Ciclo A NOSSA MISSÃO É O NOSSO COMPROMISSO... Contribuir para o desenvolvimento integral dos nossos Alunos. Ser uma escola que marca a diferença fazendo melhor. Ensinar com amor.

Leia mais

NORMAS ADMISSÃO E FUNCIONAMENTO A MELHOR PREPARAÇÃO PARA O AMANHÃ É A UTILIZAÇÃO APROPRIADA DO HOJE

NORMAS ADMISSÃO E FUNCIONAMENTO A MELHOR PREPARAÇÃO PARA O AMANHÃ É A UTILIZAÇÃO APROPRIADA DO HOJE NORMAS DE ADMISSÃO E FUNCIONAMENTO A MELHOR PREPARAÇÃO PARA O AMANHÃ É A UTILIZAÇÃO APROPRIADA DO HOJE NORMAS DE ADMISSÃO E FUNCIONAMENTO 1. CONDIÇÕES DE ADMISSÃO 1.1 O Colégio TAGUSPARK recebe crianças

Leia mais

COOPERATIVA DE ENSINO DE BENFICA, C.R.L. NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CEBE NO ANO LETIVO 2015/2016

COOPERATIVA DE ENSINO DE BENFICA, C.R.L. NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CEBE NO ANO LETIVO 2015/2016 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CEBE NO ANO LETIVO 2015/2016 1. FREQUÊNCIA 1.1. A frequência da CEBE está condicionada a que um dos pais e/ou encarregado de educação da criança se tornem sócios da CEBE, para

Leia mais

Regulamentos Internos

Regulamentos Internos Regulamentos Internos INFÂNCIA: Período para a construção de alicerces da personalidade de cada criança: Aprendendo a CONHECER, Aprendendo a FAZER, Aprendendo a SER C A I Q U E Ano Letivo 2015/16 1. VALÊNCIAS

Leia mais

Associação Escola 31de Janeiro ANO LETIVO 2014/2015

Associação Escola 31de Janeiro ANO LETIVO 2014/2015 ANO LETIVO 2014/2015 A Associação Escola 31 de Janeiro é uma Instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 31 de Janeiro de 1911. Foi uma das Instituições pioneiras ao nível associativo, dedicando-se

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR INDÍCE A) Noção... 2 B) Objetivos... 2 C) Destinatários... 2 D) Serviços do Centro de Atividades e Recursos (C.A.R.)... 2 E) Atividades... 3 F) Condições

Leia mais

TÍTULO V DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO CAPÍTULO II DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Seção I Das Disposições Gerais

TÍTULO V DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO CAPÍTULO II DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Seção I Das Disposições Gerais TÍTULO V DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO CAPÍTULO II DA EDUCAÇÃO BÁSICA Seção I Das Disposições Gerais Art. 22. A educação básica tem por finalidades desenvolver o educando, assegurar-lhe

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO 2012-2013

REGULAMENTO INTERNO 2012-2013 REGULAMENTO INTERNO 2012-2013 2 1. Admissão e lotação 1.1. O colégio admite crianças com idades entre os 4 meses e os 6 anos. 1.2. A lotação da creche (dos 4 meses aos 3 anos) é de 56 crianças distribuídas

Leia mais

Escola de Música Marista do EML REGULAMENTO 2015 /2016. Capítulo I Funcionamento da Escola de Música Marista

Escola de Música Marista do EML REGULAMENTO 2015 /2016. Capítulo I Funcionamento da Escola de Música Marista Capítulo I Funcionamento da Escola de Música Marista 1 A Escola de Música Marista (E.M.M) é dirigida por um coordenador, nomeado pela Direção do Externato Marista. É função desse coordenador dirigir a

Leia mais

Acabam de sair da Escola as crianças que ficaram nas atividades de verão. É um tempo diferente num espaço que lhes é familiar. Foi tudo muito bom.

Acabam de sair da Escola as crianças que ficaram nas atividades de verão. É um tempo diferente num espaço que lhes é familiar. Foi tudo muito bom. Lisboa, 29 de julho de 2015 Aos Pais dos nossos alunos Acabam de sair da Escola as crianças que ficaram nas atividades de verão. É um tempo diferente num espaço que lhes é familiar. Foi tudo muito bom.

Leia mais

Regulamento das Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) Jardim de Infância António José de Almeida

Regulamento das Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) Jardim de Infância António José de Almeida Regulamento das Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) Jardim de Infância António José de Almeida Artigo 1º Enquadramento As atividades letivas com as educadoras no Jardim de Infância António

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR (A.E.C.)

REGIMENTO DO PROGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR (A.E.C.) REGIMENTO DO PROGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR (A.E.C.) A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D E B E N A V E N T E INTRODUÇÃO Tendo por base os normativos legais

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO 2014-2015 1.º ANO. 18 de julho de 2014. Uma nova etapa. 1º Ciclo

REUNIÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO 2014-2015 1.º ANO. 18 de julho de 2014. Uma nova etapa. 1º Ciclo REUNIÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO Uma nova etapa 1.º ANO 2014-2015 18 de julho de 2014 1º Ciclo ORDEM DE TRABALHOS: 1. 1.º ano de 2014-2015 2. Disciplinas e Horários 3. Manuais e material escolar

Leia mais

Estúdio - Escola de Dança Clássica de Anna Mascolo EEDC-AM. O processo de inscrição é considerado completo com a entrega dos seguintes elementos:

Estúdio - Escola de Dança Clássica de Anna Mascolo EEDC-AM. O processo de inscrição é considerado completo com a entrega dos seguintes elementos: Estúdio - Escola de Dança Clássica de Anna Mascolo EEDC-AM Informação relevante Inscrição O processo de inscrição é considerado completo com a entrega dos seguintes elementos: Pedido de Inscrição devidamente

Leia mais

Anexo ao Regulamento/ Condições de funcionamento

Anexo ao Regulamento/ Condições de funcionamento Anexo ao Regulamento/ Condições de funcionamento INSCRIÇÕES Documentação a entregar: o Atestado médico: De acordo com o Decreto-Lei n.º 385/99, de 28 de setembro, que declare a inexistência de quaisquer

Leia mais

Componente de Apoio à Família

Componente de Apoio à Família Capítulo 056 Componente de Apoio à Família MR.003.01.Vers.1.0.a Página 1 de 11 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Planeamento e organização... 3 3. Funcionamento... 4 3.1. Períodos da CAF... 4 3.2. Horários

Leia mais

Regimento das Actividades de Enriquecimento Curricular 2014-2015

Regimento das Actividades de Enriquecimento Curricular 2014-2015 Regimento das Actividades de Enriquecimento Curricular 2014-2015 Índice Introdução 3 Artigo 1.º - Enquadramento 3 Artigo 2.º - Período de funcionamento/instalações 4 Artigo 3.º - Normas de inscrição/funcionamento

Leia mais

A Educação, conceito que tem sido objecto de múltiplas definições, constitui um processo centrado na pessoa integral do educando, que importa

A Educação, conceito que tem sido objecto de múltiplas definições, constitui um processo centrado na pessoa integral do educando, que importa A Educação, conceito que tem sido objecto de múltiplas definições, constitui um processo centrado na pessoa integral do educando, que importa promover em todas as dimensões e potencialidades. I NORMAS

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2014 / 2015 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 0/0 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 ÍNDICE - Introdução...

Leia mais

ESCOLA DE MÚSICA Mértola tem Melodia

ESCOLA DE MÚSICA Mértola tem Melodia ESCOLA DE MÚSICA Mértola tem Melodia Regulamento 2014/2015 O presente Regulamento estabelece as regras gerais de funcionamento da Escola de Música Mértola tem Melodia (MTM) e tem a vigência de Setembro

Leia mais

RI AEV assiduidade alunos CGT versão consulta pública Página 1

RI AEV assiduidade alunos CGT versão consulta pública Página 1 Artigo 54.º Faltas do aluno do ensino pré-escolar 1. No ensino pré-escolar, o conceito de falta aplica-se quando a criança não comparece durante todo o dia no Jardim de Infância ou nas atividades previstas

Leia mais

Regulamento Geral. As matrículas devem ser efetuadas o mais tardar até 15 de Setembro. As inscrições feitas em Junho e Julho beneficiam de desconto.

Regulamento Geral. As matrículas devem ser efetuadas o mais tardar até 15 de Setembro. As inscrições feitas em Junho e Julho beneficiam de desconto. Regulamento Geral Matrícula: Para efetuar a matrícula é necessário: Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão 1 Fotografia Pagamento da matrícula As matrículas devem ser efetuadas o mais tardar até 15

Leia mais

Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos

Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos Avaliação do impacto das atividades desenvolvidas nos resultados escolares de 2014/2015 Plano estratégico para 2015/2016 (Conforme

Leia mais

Aventura da Acrobática

Aventura da Acrobática Atividades Extracurriculares 2015-2016 Aos Pais Queridos pais: A nossa oferta de atividades extracurriculares pretende ser o mais variada possível, de modo a cobrir as áreas de interesse das nossas crianças.

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

GUIA DO ALUNO 2015. INFORMAÇÕES GERAIS Educação Infantil e 1º Ano SEDE HORTO

GUIA DO ALUNO 2015. INFORMAÇÕES GERAIS Educação Infantil e 1º Ano SEDE HORTO GUIA DO ALUNO 2015 INFORMAÇÕES GERAIS Educação Infantil e 1º Ano SEDE HORTO INÍCIO DAS AULAS Berçário e Integral: 5 de janeiro (2ª feira) HORÁRIO DE AULAS Educação Infantil: Manhã: 7h45 às 12h Tarde: 13h30

Leia mais

Plano de Formação. do Agrupamento

Plano de Formação. do Agrupamento Plano de Formação do Agrupamento Ano letivo 2014/2015 1/8 ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Caracterização do Agrupamento... 3 3. Identificação das necessidades de 4 4. Objetivos gerais a atingir com o Plano

Leia mais

INFORMATIVO Nº 1 / 2014. Senhores pais

INFORMATIVO Nº 1 / 2014. Senhores pais INFORMATIVO Nº 1 / 2014 Senhores pais Mais um ano se inicia... Não temos palavras para agradecer a confiança que depositam em nosso trabalho ao matricularem seus filhos na Premier. Após um período de alguns

Leia mais

GUIA PARA OS PAIS - EDUCAÇÃO INFANTIL

GUIA PARA OS PAIS - EDUCAÇÃO INFANTIL GUIA PARA OS PAIS - EDUCAÇÃO INFANTIL O QUE É? É um processo educativo que oscila entre a inserção e a autonomia. É uma etapa do sistema de educação que tem como objectivo proporcionar às crianças experiências

Leia mais

FACULDADE SERGIPANA - FASER COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

FACULDADE SERGIPANA - FASER COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE SERGIPANA - FASER COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO Atividades Complementares são atividades desenvolvidas pelos alunos, ao longo da vida acadêmica,

Leia mais

B1 - ATELIER BALÉ JOVEM (CICLO INTERMEDIÁRIO E CICLO PROFISSIONALIZANTE)

B1 - ATELIER BALÉ JOVEM (CICLO INTERMEDIÁRIO E CICLO PROFISSIONALIZANTE) B) PROJETOS ESPECIAIS O eixo de PROJETOS ESPECIAIS engloba as atividades extracurriculares, complementares ao PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM DANÇA. São atividades promovidas pela Escola com artistas convidados,

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA - 2015/16

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA - 2015/16 COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA - 2015/16 FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias divertidas Objeto e âmbito de aplicação O presente documento

Leia mais

PROGRAMA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES EDUCATIVAS - 2ºCICLO

PROGRAMA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES EDUCATIVAS - 2ºCICLO REGULAMENTO INTERNO PROGRAMA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES EDUCATIVAS - 2ºCICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. FILIPA DE LENCASTRE Artigo 1º Finalidade O presente Regulamento tem por finalidade estabelecer as

Leia mais

Despacho nº 9265-B/2013

Despacho nº 9265-B/2013 Regulamento Interno da Componente de Apoio à Família (CAF) dos Jardim-deinfância e das Escola Básica 1 (EB1) da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões 444 Ano Letivo 2014/15 Enquadramento...Quando as

Leia mais

Piscinas - Inscrições/preçário

Piscinas - Inscrições/preçário Piscinas - Inscrições/preçário Inscrições Para se inscrever nas aulas de natação municipal deverá dirigir-se à Secretaria das Piscina Municipal Documentos: Ficha de inscrição, 1 fotografia, fotocópia do

Leia mais

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR)

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Nota Introdutória Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Apoiar e promover os objetivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo

Leia mais

Normas DE. Atividades de Animação e Apoio à Família e Componente de Apoio à Família. Estabelecimentos de Educação e Ensino da Freguesia de Benfica

Normas DE. Atividades de Animação e Apoio à Família e Componente de Apoio à Família. Estabelecimentos de Educação e Ensino da Freguesia de Benfica Normas DE FuNcioNamENto Atividades de Animação e Apoio à Família e Componente de Apoio à Família Estabelecimentos de Educação e Ensino da Freguesia de Benfica O presente documento apresenta-se como um

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 27 de julho de 2015. Série. Número 135

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 27 de julho de 2015. Série. Número 135 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 27 de julho de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Despacho n.º 352/2015 Determina que no ano letivo 2015/2016 fique suspensa a componente

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação Ano letivo 2013/2014 Critérios de Avaliação 2013/2014 Introdução As principais orientações normativas relativas à avaliação na educação pré-escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA PARA DISCIPLINAS DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO NO PRIMEIROSEMESTRE DE 2010 - ENSINO SEMI PRESENCIAL CAMPUS SANT ANNA

EDITAL DE MATRÍCULA PARA DISCIPLINAS DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO NO PRIMEIROSEMESTRE DE 2010 - ENSINO SEMI PRESENCIAL CAMPUS SANT ANNA EDITAL DE MATRÍCULA PARA DISCIPLINAS DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO NO PRIMEIROSEMESTRE DE 2010 - ENSINO SEMI PRESENCIAL CAMPUS SANT ANNA O Prof. Raul Virginio da Silva Filho, Secretário Geral do Centro Universitário

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação

Projeto Pedagógico e de Animação Projeto Pedagógico e de Animação 1 - Memória Descritiva 2 Identificação e Caracterização da Instituição Promotora 3 - Objetivos Gerais 4 - Objetivos Específicos 5 - Princípios educacionais 6 Metodologias

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA - 2013/14. FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias em movimento

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA - 2013/14. FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias em movimento COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA - 2013/14 FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias em movimento Objeto e âmbito de aplicação O presente documento visa regular o funcionamento da Componente

Leia mais

CAMPUS DE JUDO 2014. Organização da Turma dos Judokinhas

CAMPUS DE JUDO 2014. Organização da Turma dos Judokinhas CAMPUS DE JUDO 2014 Organização da Turma dos Judokinhas 1 CAMPUS DE JUDO - TURMA DOS JUDOKINHAS (1ºTurno) 29/06/2014 a 04/07/2014 (2ºTurno) 06/07/2014 a 11/07/2014 (3ºTurno) 13/07/2014 a 18/07/2014 Quem

Leia mais

CEBE. Cooperativa de Ensino de Benfica, Crl REGULAMENTO INTERNO

CEBE. Cooperativa de Ensino de Benfica, Crl REGULAMENTO INTERNO CEBE Cooperativa de Ensino de Benfica, Crl REGULAMENTO INTERNO ÍNDICE Introdução 3 Pag 1 Regime de funcionamento 4 1.1 Horário 5 1.2 Acesso, circulação e saída da CEBE 6 2 Estrutura Pedagógica e Administrativa

Leia mais

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2009/2010 Condições e Serviços do Externato João Alberto Faria Infantil I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2009/2010 Condições e Serviços do Externato João Alberto Faria Infantil I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2009/2010 Condições e Serviços do Externato João Alberto Faria Infantil I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1- O Externato João Alberto Faria - Infantil destina-se

Leia mais

SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA

SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA Prezados Pais, Responsáveis e Alunos Recomendamos a todos que leiam com atenção cada uma destas orientações, pois os pais e responsáveis dos alunos matriculados no SER

Leia mais

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO 1. Apresentação O curso de Pós Graduação Lato Sensu em Psicologia Educacional da POSGLOGAL visa a formação profissional de graduados que tenham

Leia mais

DEPARTAMENTO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2012-2013. Critérios de avaliação

DEPARTAMENTO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2012-2013. Critérios de avaliação DEPARTAMENTO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2012-2013 Critérios de avaliação 0 MATRIZ CURRICULAR DO 1º CICLO COMPONENTES DO CURRÍCULO Áreas curriculares disciplinares de frequência obrigatória: Língua Portuguesa;

Leia mais

INFORMATIVO CURSOS EXTRACURRICULARES 2015 - I PARTE (Alemão, Ballet Clássico, Ponta e Solo, Jazz, Judô, Música, Teatro e Xadrez)

INFORMATIVO CURSOS EXTRACURRICULARES 2015 - I PARTE (Alemão, Ballet Clássico, Ponta e Solo, Jazz, Judô, Música, Teatro e Xadrez) 1 COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT Mantido pela Associação Escolar Benjamin Constant Declarada de Utilidade Pública Federal em 21.07.99 Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio São Paulo, 11 de dezembro

Leia mais

1. Apresentação. 2. Características Principais do Colégio Heliântia

1. Apresentação. 2. Características Principais do Colégio Heliântia I. O COLÉGIO HELIÂNTIA 1. Apresentação O Colégio Heliântia é um projeto de ensino privado que desenvolve a estratégia de Escola Total. Este conceito pretende a construção de um projeto educativo coeso

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

EXTERNATO DO OLIVAL BASTO REGULAMENTO INTERNO ATL

EXTERNATO DO OLIVAL BASTO REGULAMENTO INTERNO ATL EXTERNATO DO OLIVAL BASTO REGULAMENTO INTERNO ATL CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA 1 Âmbito de aplicação O presente regulamento aplica-se à frequência no ATL do Externato do Olival Basto, Lda. NORMA

Leia mais

2ª, 3ª, 5ª e 6ª feira, das 8h às 16h, na Secretaria Escolar (Não há

2ª, 3ª, 5ª e 6ª feira, das 8h às 16h, na Secretaria Escolar (Não há 1. Horário de atendimento para inscrição: 2ª, 3ª, 5ª e 6ª feira, das 8h às 16h, na Secretaria Escolar (Não há expediente na 4ª feira). 2. Documentos necessários: Cópia da certidão de nascimento. Declaração

Leia mais

Regulamento Interno de Técnica de Dança Clássica. Ano Letivo 2015/ 2016

Regulamento Interno de Técnica de Dança Clássica. Ano Letivo 2015/ 2016 Regulamento Interno de Técnica de Dança Clássica Ano Letivo 2015/ 2016 Consideram-se sujeitos ao cumprimento do presente regulamento todos os alunos de Ballet desta escola. 1. Aulas de Ballet As aulas

Leia mais

DEPARTAMENTO DA QUALIDADE

DEPARTAMENTO DA QUALIDADE DEPARTAMENTO DA QUALIDADE PLANO DE MELHORIA ESA 2013-2016 Objetivos gerais do Plano de Melhoria 1. Promover o sucesso educativo e melhorar a sua qualidade 2. Melhorar os processos e resultados pedagógicos

Leia mais

Projecto Educativo e Regulamento

Projecto Educativo e Regulamento Projecto Educativo e Regulamento Porto Índice Projeto Educativo 3 - Princípios e orientações gerais -... 3 INTRODUÇÃ O... 4 PRINCÍPIOS EDUCATIVOS... 6 OBJETIVOS EDUCATIVOS E LINHAS ORIENTADORAS DA AÇÃO...

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O calendário escolar constitui um elemento indispensável à planificação das atividades a desenvolver por cada agrupamento de escolas e escolas não agrupadas, tendo em vista a execução do seu projeto

Leia mais

Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Email

Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Email CAMPOSDEFÉRIAS2015 CAMPOS DE FÉRIAS Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Tel Email 15/6 22/6 29/6 06/7 13/7 20/7 KIDCAMPO STREETGYMN/ STREETDANCE MUSICENTRO FUTEBOL EQUITAÇÃO VOLEIBOL BASQUETEBOL

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia PASSO A PASSO PARA ATIVIDADES PRÁTICAS COMPLEMENTARES São atividades obrigatórias

Leia mais

MANUAL DO ALUNO SISTEMA DE AVALIAÇÃO

MANUAL DO ALUNO SISTEMA DE AVALIAÇÃO MANUAL DO ALUNO No presente Manual você encontrará uma síntese de procedimentos pedagógicos adotados pela Instituição e conhecerá as instalações e departamentos de apoio ao aluno. SISTEMA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

Colégio São Francisco Circ. nº. 001/16 1. AGENDA ESCOLAR 2. HORÁRIO a) Educação Infantil b) Ensino Fundamental I Ensino Fundamental II Ensino Médio

Colégio São Francisco Circ. nº. 001/16 1. AGENDA ESCOLAR 2. HORÁRIO a) Educação Infantil b) Ensino Fundamental I Ensino Fundamental II Ensino Médio Colégio São Francisco Circ. nº. 001/16 Senhores pais/responsáveis: Estamos iniciando mais um ano letivo. Este ano completamos 25 anos de trabalho e parceria com toda a comunidade escolar. Nestes 25 anos

Leia mais

Regimento Interno Unidade de Apoio Especializado para a Educação de alunos com Multideficiência e Surdocegurira Congénita Ano Letivo 2011/2012

Regimento Interno Unidade de Apoio Especializado para a Educação de alunos com Multideficiência e Surdocegurira Congénita Ano Letivo 2011/2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo Ano letivo 2011/2012 Regimento Interno Unidade de Apoio Especializado para a Educação de alunos com Multideficiência e Surdocegurira Congénita

Leia mais

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS)

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Relatório de Actividades do ano letivo 2014/15 A Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS), tutelada pela API e apoiada pelo Ministério da Educação,

Leia mais

EXTERNATO DO PARQUE CALENDÁRIO ESCOLAR PELA VIA DO CORAÇÃO E DO AMOR

EXTERNATO DO PARQUE CALENDÁRIO ESCOLAR PELA VIA DO CORAÇÃO E DO AMOR EXTERNATO DO PARQUE CALENDÁRIO ESCOLAR PELA VIA DO CORAÇÃO E DO AMOR 2013/2014 O Externato do Parque, usando a Pedagogia de Paula Frassinetti, procura Fazer da criança a razão de ser da Escola Criar um

Leia mais

Regulamento Ginásio Cardiofitness e Musculação

Regulamento Ginásio Cardiofitness e Musculação Época 2015/2016 Regulamento Ginásio Cardiofitness e Musculação Av. Francisco Pinto Pacheco nº 32 2660-262 Santo António dos Cavaleiros Telf: 21 989 87 80 Telm: 92 418 38 91/2 e-mail: geral@cecssac.pt www.webmail.cecssac.pt

Leia mais

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR INTRODUÇÃO ÍNDICE - Objectivos de Educação Pré-Escolar - Orientações Curriculares - Áreas de Conteúdo/Competências - Procedimentos de Avaliação - Direitos e Deveres dos Encarregados de Educação - Calendário

Leia mais

Colégio e Faculdade Kennedy Rua Paracatu Nº 115 Nossa Senhora da Conceição, João Monlevade CEP 35930-032 Telefone: 3851-3030

Colégio e Faculdade Kennedy Rua Paracatu Nº 115 Nossa Senhora da Conceição, João Monlevade CEP 35930-032 Telefone: 3851-3030 Trabalhamos para dar sentido, cada vez mais, à tão divulgada criação colaborativa. A diversidade de pontos de vista responsáveis multiplica nossa forma de ver o mundo. Colégio e Faculdade Kennedy Rua Paracatu

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O Despacho Normativo n.º 24/2000, de 11 de maio, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo Despacho Normativo n.º 36/2002, de 4 de junho, estabelece as regras orientadoras para a organização

Leia mais

Regulamento do Programa do Desporto Escolar 2014-2015

Regulamento do Programa do Desporto Escolar 2014-2015 Regulamento do Programa do Desporto Escolar 2014-2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DO DESPORTO ESCOLAR 2014-2015 ( a que se refere o Despacho nº9302/2014 de 17 de julho) 1. ÂMBITO O presente regulamento define

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO E DESPORTO

CENTRO DE ESTUDO E DESPORTO NOTA INTRODUTÓRIA Desde há muito que entendemos, no Clube de Ténis de Sassoeiros, que à formação académica dos nossos jovens deverá corresponder uma formação desportiva que contribua para o seu crescimento

Leia mais

Programa Olivais em Férias

Programa Olivais em Férias Capítulo 90 Programa Olivais em Férias Ano 2015 MR.003.01.Vers.1.0.a Página 1 de 8 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Planeamento e Organização... 3 3. Inscrição... 3 3.1. Valor a pagar... 3 3.2. Fichas de

Leia mais

REGULAMENTO Formação pós-graduada em modalidade de e-learning

REGULAMENTO Formação pós-graduada em modalidade de e-learning REGULAMENTO Formação pós-graduada em modalidade de e-learning Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor 3.1 (José João Amoreira) (Professor Doutor Rui Oliveira) Revisto e Confirmado por: Data de Aprovação

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS

CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS ANO LETIVO DE 2012/2013 CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS SUMÁRIO A PRINCÍPIOS GERAIS B - CRITÉRIOS

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 O NOSSO PROJETO CRESCER COM ARTE

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 O NOSSO PROJETO CRESCER COM ARTE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 O NOSSO PROJETO CRESCER COM ARTE CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADES OBJETIVOS RECURSOS 1 3 de setembro 14h -16h 3 de setembro 19h Acolhimento

Leia mais

SITUAÇÕES ESPECIAIS. Formação de Voluntários em Saúde. savlita 2015/16 DURAÇÃO DO CURSO OUTUBRO

SITUAÇÕES ESPECIAIS. Formação de Voluntários em Saúde. savlita 2015/16 DURAÇÃO DO CURSO OUTUBRO Universidade Católica Portuguesa - savlita SITUAÇÕES ESPECIAIS DURAÇÃO DO CURSO OUTUBRO 2015 a JUNHO 2016 ESTRUTURA DO CURSO Módulo 1 Voluntariado e Identidade Módulo 2 A saúde e a doença Módulo 3 Questões

Leia mais

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013 Série Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Aviso n.º 165/2013 Lista unitária de ordenação final do procedimento

Leia mais

Procedimentos Matrículas e Inscrições 2015/2016 1.º ciclo - Licenciatura

Procedimentos Matrículas e Inscrições 2015/2016 1.º ciclo - Licenciatura Instituto Politécnico de Beja Procedimentos Matrículas e Inscrições 2015/2016 1.º ciclo - Licenciatura Serviços Académicos (Sector I) Introdução O presente documento constitui um breve guia que visa ajudar

Leia mais

abla portugal 2012-2013 Jardim-de-Infância do Murtal

abla portugal 2012-2013 Jardim-de-Infância do Murtal abla portugal 2012-2013 Jardim-de-Infância do Murtal I Enquadramento Institucional A Associação de Beneficência Luso-Alemã é uma IPSS com sede no Junqueiro Carcavelos. Estabelecemos parceria com o Agrupamento

Leia mais

REGULAMENTO de. do MUNICÍPIO DE VIZELA TRANSPORTES ESCOLARES MUNICÍPIO DE VIZELA

REGULAMENTO de. do MUNICÍPIO DE VIZELA TRANSPORTES ESCOLARES MUNICÍPIO DE VIZELA REGULAMENTO de TRANSPORTES ESCOLARES do MUNICÍPIO DE VIZELA MUNICÍPIO DE VIZELA ÍNDICE Preâmbulo 2 Artigo 1.º Lei habilitante 3 Artigo 2.º Princípios gerais 3 Artigo 3.º Âmbito 3 Artigo 4.º Organização

Leia mais

VAMOS PROCURAR A ARQUITETURA 2ª Edição I ESPAÇOS PÚBLICOS

VAMOS PROCURAR A ARQUITETURA 2ª Edição I ESPAÇOS PÚBLICOS VAMOS PROCURAR A ARQUITETURA 2ª Edição I ESPAÇOS PÚBLICOS A Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN) convida todas as Instituições de Ensino da Região Norte, a participar na 2ª edição

Leia mais

Estamos oferecendo um plano especial para a sua Empresa a custo zero, através de convênio firmado (para dependentes legais do funcionário).

Estamos oferecendo um plano especial para a sua Empresa a custo zero, através de convênio firmado (para dependentes legais do funcionário). Na proposta curricular do CIE/Colégio e Curso, para 2008, consta atividades voltadas para os Cursos Infantil Ensino Fundamental (09 anos) Ensino Médio (1º, 2º e 3º), terão como principio básico, contribuir

Leia mais

Atividades Complementares. Gestão

Atividades Complementares. Gestão Atividades Complementares Gestão Sumário Gestão ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1. Atividades Complementares... 03 2. Computação e avaliação das Atividades Complementares... 03 3. Quadro das atividades com horas

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura 1 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas...

Leia mais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS : ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS

Leia mais

Escola de Música do Conservatório Nacional CalendárioAnual de Actividades 2014/2015

Escola de Música do Conservatório Nacional CalendárioAnual de Actividades 2014/2015 Escola de Música do Conservatório Nacional CalendárioAnual de Actividades 2014/2015 MÊS HORA DESCRIÇÃO Setembro 9 10:00 Conselho pedagógico (1ª reunião) 9 15:00 Reunião de Tutores e Diretores de Turma

Leia mais

REGULAMENTO 2014/2015. 1.1 A frequência nas várias valências depende da prévia inscrição a efetuar pelos pais ou pessoas que as tenham a cargo.

REGULAMENTO 2014/2015. 1.1 A frequência nas várias valências depende da prévia inscrição a efetuar pelos pais ou pessoas que as tenham a cargo. REGULAMENTO 2014/2015 1- ADMISSÃO DE CRIANÇAS 1.1 A frequência nas várias valências depende da prévia inscrição a efetuar pelos pais ou pessoas que as tenham a cargo. 1.2 A instituição dispõe de 3 valências,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA OLIVAIS EM FÉRIAS ANO 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA OLIVAIS EM FÉRIAS ANO 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA OLIVAIS EM FÉRIAS ANO 2015 Contactos da Junta de Freguesia Morada: Rua General Silva Freire, Lote C 1849-029 Lisboa Telefone: 21 854 06 90 Fax: 21 852 06 87 / 21 248 79 25 E-mail:

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG ESCOLA DE DESIGN ED COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO NUCLEO INTEGRADOR DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - NIPP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 Aprovado pelo

Leia mais

De forma a melhor adequar os objetivos das atividades às expectativas, necessidades e motivações dos jovens

De forma a melhor adequar os objetivos das atividades às expectativas, necessidades e motivações dos jovens O GO UP! Dão Lafões Summer Camp é um campo de férias, organizado pela CIMRDL Comunidade Intermunicipal da Região Dão Lafões, em regime residencial com a duração de 5 dias que pretende, de uma forma dinâmica

Leia mais

Joana Maria Barbosa Fernandes. Ensino do Português / Trabalhar com Crianças

Joana Maria Barbosa Fernandes. Ensino do Português / Trabalhar com Crianças Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Joana Maria Barbosa Fernandes Rua Abel dos Santos, nº72, 2785-175 Cascais (Portugal) 00351916510656 joana_mbarbosa@hotmail.com Sexo Feminino Data de nascimento 15 de

Leia mais