Índice. V$Pague / TEFLoja Manual do Usuário (Confidencial) 2 de 59

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. V$Pague / TEFLoja Manual do Usuário (Confidencial) 2 de 59"

Transcrição

1 Manual do Usuário O conteúdo desse documento destina-se exclusivamente ao seu destinatário, não podendo ser revelado fora de sua organização, não podendo ser duplicado, usado ou publicado, no total ou em parte, para qualquer outro propósito que não seja para o acompanhamento dos serviços solicitados.

2 Índice Introdução...3 Atualizações...4 Segurança...6 Fornecedor...6 Usuário...7 Sistema...10 Conceito...10 Características...10 Arquitetura e Conectividade...12 Topologia...12 Funções...13 Módulo Server (Concentrador)...13 Módulo Client (Terminal)...13 Fluxo Transacional...14 Instalação...19 Descompactando...19 V&SPague...20 V&SPagueServer...21 V&SPagueClient...22 Base de Dados...24 Desinstalação...30 Telas do Sistema V&SPague...34 Configurações do Sistema...34 Gerenciamento dos Servidores...35 Cadastro de Usuários...36 Administrador...36 Operador...37 Automação...37 Lojista...40 Cadastro de Terminal...41 Cadastro de Rede...42 Prioridade...42 Cadastro de Administrador...44 Cadastro de Estabelecimento...45 Cadastro de Rede por Loja...46 Prioridade...46 Cadastro de BIT's...47 Cadastro de Parâmetros...48 Pesquisa de Transações...49 Tratamento de Transações Pendentes...50 Histórico de Transações e Respectivas Mensagens...51 Relatório das Transações...52 Mensagem das Transações...53 Versão - Atualizando...54 Versão - Retrocedendo...56 Visualizar a Conexão...57 Visualizar Espaço de 59

3 Introdução Este documento descreve o funcionamento do sistema V&SPague, que processa de transações de Transferência Eletrônica de Fundos (TEF), além de consultas recarga de telefones, entre outras, comunicando-se com as redes VISANET, AMEX, TECBAN, BANRISUL, HIPERCARD, GETNET, GWCEL, POLICARD dentre venham a ser implementadas. vários tipos de cheque, REDECARD, outras que Definições Estabelecimento Comercial: Empresa que disponibiliza os serviços das Redes ao cliente. Administradora de Cartão ou Companhia: Empresa que possui algum tipo de serviço com cartão. Ex.: Mastercard, Visa, etc.. Rede Autorizadora: Mainframe que se comunica com os estabelecimentos e com os bancos para a efetivação das transações com cartão. Ex.: Redecard, Visanet, Tecban, etc.. Terminal ou PDV: Cada microcomputador equipado com pin-pad e impressora fiscal. Concentrador: Computador que gerencia as transações de todos os terminais de um estabelecimento. Pin-Pad: Leitor de trilha magnética do cartão. Transação: Troca de mensagens que ocorre entre o Estabelecimento Comercial e a Rede autorizadora para realizar uma operação de venda, consulta, etc.. Pendência: Transação que por motivos técnicos, encontra-se pendente de confirmação e deve ser confirmada ou cancelada pelo estabelecimento comercial. Cartão de Débito ou Bancário: É o cartão magnético emitido pelo banco, cuja utilização determina uma movimentação a débito na conta corrente do usuário. Cartão de Crédito: É o cartão magnético emitido pela companhia de cartão de crédito, a qual efetua cobertura a cada utilização, estando o proprietário do cartão sujeito às regras de limite de crédito, cobertura e financiamento determinado pela própria companhia. Cartão Múltiplo: É o cartão magnético emitido conjuntamente pelo banco e pela companhia de cartão de crédito, possuindo ao mesmo as duas funções: débito e crédito. O usuário opta pela função do cartão no momento da transação. Cartão Financeiro ou CDC: o cartão financeiro é um cartão específico para o setor de crédito direto ao consumidor, com regras e limites pré-acordados entre o tomador do financiamento e a instituição. Cartão Convênio: É um cartão específico para o setor de convênios como alimentação, combustível e farmácia, com regras e limites definidos pela empresa de convênio. BIN: Atualmente são os 6 primeiros números do cartão, mas já está previsto que está quantidade poderá variar. 3 de 59

4 Atualizações Versão Data Descrição 18/10/2010 Inclusão das configurações dos computadores para execução do V&SPague, V&SPagueServer e V&SPagueCLient. Alteração da configuração do computador em que será executado a base de dados /07/2010 Incluido em Cadastro->Usuário as informações recuperadas pelas Views para o cargo Automação. Incluido em Cadastro->Rede e Cadastro->Loja->Rede informações sobre como utilizar a Prioridade, que influencia no roteamento das transações para as redes. 19/04/2010 Implementado a rede Sccard. Implementado a rede Sicredi. Ajustes no processo de limpeza da base de dados. Implementado a Inicialização do VeSPague Server com execução de transações em paralelo, dando prioridade às Inicializações de Estabelecimentos/Lojas ativos ou aos que solicitarem transações primeiro. Implementado mais duas formas de comunicação sobre TCP/IP: X25 Over TCP/IP e Packet /03/2010 Implementado a rede Plenocard /01/2010 Alterado a rede de Visanet para Cielo. Criação do cargo Automação. Implementado a prioridade nas redes. Implementado a criptografia AES. Ajustes na comunicação com o pinpad VX /11/2009 Implementado a rede Dacasacard /10/2009 Implementado a rede Redetrel. Implementado a rede Banrisul com CHIP e Refeisul /11/2009 Ajustes no processo de sincronismo do V&SPagueServer. Ajustes de foco no V&SPagueClient j 25/10/2009 Ajustes no tratamento das transações pendentes. Criação de novas opções no V&SPague: Ferramenta->Espaço, Ferramenta->Conexão, Ferramenta->Versão->Atualizar /10/2008 Implementado a rede Convcard versão Implementado a rede Fidelize versão Implementado a rede Edmcard versão R1.01. Implementado a rede Telenet versão Implementado a rede Redecard versão L Implementado a rede Amex versão de 59

5 Versão 1.42 Data Descrição 30/07/2007 Implementado a rede Visanet versão 4.1. Implementado a rede Redecard versão L Implementado a rede Tecban versão Implementado a rede Banrisul. Implementado a rede Banese versão 8.4. Implementado a rede Getnet versão 5.0. Implementado a rede Gwcel versão 002. Implementado a rede Hipercard versão Implementado a rede Policard versão Implementado a rede Sorocred versão 03/08/ de 59

6 Segurança A segurança em um sistema TEF é altamente crítica, principalmente por envolver a movimentação de dinheiro em tempo real e deve ser criteriosa. Para tal, as empresas responsáveis pelo processamento das transações com cartão elaboraram um documento denominado Payment Card Industry - Data Security Standard (PCI DSS), que listam estas regras. Subdividiremos os itens em duas partes: Fornecedor Seguem as responsabilidades do fornecedor do sistema de TEF: 1. Instruir e esclarecer o usuário de TEF sobre todas as regras de segurança na utilização de um sistema de TEF; 2. Instalar e configurar o sistema de TEF dentro das normas exigidas pelo PCI; 3. Não armazenar dados de autenticação confidenciais após a autorização, mesmo se estiverem criptografados. (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 3.2) 4. Para solução de problemas nos clientes, que necessite coletar dados para análise, seguir as seguintes regras : (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 3.2) Somente coletar os dados críticos de autenticação quando necessário para a resolução de um problema específico; Armazenar os dados em um local específico, conhecido e com acesso limitado; Coletar somente uma quantidade limitada de dados necessária para a resolução de um problema específico; Armazenar os dados críticos de autenticação sempre criptografados; Remover com segurança os dados imediatamente após seu uso; 5. Configurar os acessos ao computador onde está instalado a base de dados do sistema V&SPague, ao computador onde é executado o V&SPagueServer e ao aplicativo V&SPague, através de usuários únicos e senhas complexas; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 8) 6. Utilizar recursos de segurança para acesso remoto remotamente o sistema V&SPague nos clientes. (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 8.3) quando for necessário acessar 7. Utilizar chaves e senhas com um mínimo de complexidade: (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI ) Não utilizar senhas ou contas genéricas, de grupo ou compartilhadas; Mudar as senhas dos usuários pelo menos a cada 90 dias; Exigir uma senha com comprimento mínimo de pelo menos sete caracteres; Utilizar senhas contendo caracteres tanto numéricos como alfabéticos; Não permitir que um indivíduo submeta uma nova senha que seja idêntica a qualquer uma 6 de 59

7 das quatro últimas que ele usou; Limitar a tentativa de acesso repetido por razão de bloqueio do ID do usuário a não mais de seis tentativas; Ajustar a duração do bloqueio para trinta minutos ou até que o administrador habilite o ID do usuário; Se uma sessão estiver inativa por mais de 15 minutos, exija que o usuário entre outra vez com a senha para reativar o terminal. 8. Registrar todos os acessos à base de dados do sistema; Este processo é configurado no momento da instalação do sistema V&SPague, sendo executado automaticamente através das funções do banco de dados; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 10) 9. Utilizar SSL para transmissão segura de dados; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 4.1) Usuário Seguem as responsabilidades do usuário do sistema de TEF: 1. O computador onde está instalado a base de dados do sistema V&SPague, e o computador onde é executado o V&SPagueServer, não devem estar conectados à Internet; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 1.3) 2. Instalar um firewall individual nos equipamentos portáteis ou computadores de propriedade de funcionários que possua conexão direta com a Internet, os quais sejam usados para o acesso à rede da organização; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 1.4) 3. Se a tecnologia wireless for utilizada no ambiente do sistema V&SPague, deve ser instalado um firewall. (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 1.3.8) 4. Em caso de utilização de redes wireless, deve-se utilizar equipamentos com o protocolo WPA2; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 2.1.1) 5. Normas para a utilização de redes sem fio: (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 4.1.1) Instalação de um perímetro de firewalls entre quaisquer redes wireless e as redes e o ambiente de cartões de pagamento e configuração destes firewalls para bloquear ou controlar qualquer tráfego do ambiente wireless; Mudar, nos ambientes wireless os padrões de wireless do prestador de serviço, incluindo, mas não limitado a, chaves WEP, padrão SSID, senhas, e SNMP community strings e desativação da transmissão de SSID. Ativar a tecnologia de Wi-Fi Protected Access (WPA) para a codificação e autenticação quando for capacitado a operar a WPA; Cifrar com tecnologias WPA ou WPA2, VPN IPSEC ou SSL/TLS as transmissões para redes sem fio que trafegam dados do portador. Nunca confiar exclusivamente em WEP para proteger confidencialidade e acesso em uma rede LAN sem fio. Se WEP for utilizado, fazer o seguinte: Usar no mínimo uma chave de criptografia de 104 bits e um valor de inicialização de 24 bits; Usar SOMENTE em conjunto com SSL/TLS; 7 de 59

8 Trocar as chaves compartilhadas WEP trimestralmente; Trocar as chaves compartilhadas WEP sempre que existirem mudanças das pessoas com acesso a elas; Restringir o acessado baseado em endereços MAC; 6. Criptografar dados do portador do cartão enviados por meio de tecnologias de envio de mensagens de usuário final (ex.: , sistemas de mensagens instantâneas, bate-papo). (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 4.2) 7. Configurar os acessos ao aplicativo e banco de dados V&SPague, através de usuários únicos e senhas complexas; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 8) 8. Utilizar chaves e senhas com um mínimo de complexidade: (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI ) Não utilizar senhas ou contas genéricas, de grupo ou compartilhadas; Mudar as senhas dos usuários pelo menos a cada 90 dias; Exigir uma senha com comprimento mínimo de pelo menos sete caracteres; Utilizar senhas contendo caracteres tanto numéricos como alfabéticos; Não permitir que um indivíduo submeta uma nova senha que seja idêntica a qualquer uma das quatro últimas que ele usou; Limitar a tentativa de acesso repetido por razão de bloqueio do ID do usuário a não mais de seis tentativas; Ajustar a duração do bloqueio para trinta minutos ou até que o administrador habilite o ID do usuário; Se uma sessão estiver inativa por mais de 15 minutos, exija que o usuário entre outra vez a senha para reativar o terminal; 9. Seguir as seguintes regras para a utilização de softwares de acesso remoto: (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 8.3) Configurar uma única senha para cada cliente; Permitir conexões somente de endereços IP/MAC específicos (conhecidos); Utilizar autenticação forte e senhas complexas para logins; Habilitar transmissão cifrada; Habilitar bloqueio de conta após certo número de tentativas falhas de login; Configurar o sistema para que um usuário remoto deva estabelecer uma conexão VPN, através de um firewall, antes de permitir o acesso; Habilitar a função de registro de atividades; Restringir o acesso às senhas do cliente somente ao pessoal autorizado; Estabelecer as senhas do cliente de acordo com as Exigências do PCI: Identificar todos os usuários com um nome de usuário único; Utilizar sempre autenticação com pelo menos dois fatores para os usuários: Senha; Dispositivos de identificação física; Autenticação biométrica; Codificar todas as senhas durante a transmissão e armazenamento em todos os componentes do sistema; Garantir a autenticação eficiente do usuário e administração da senha para os usuários não consumidores e administradores em todos os componentes do sistema. 10. O computador onde está instalado a base de dados do sistema V&SPague, e o computador onde é executado o V&SPagueServer, devem estar fisicamente localizados em local seguro, e de acesso restrito, e que haja o controle e registro das pessoas que tem acesso; (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 9) 11. Definir o uso apropriado por funcionários e prestadores de serviços das tecnologias críticas (por exemplo, tecnologias de acesso remoto, tecnologias sem fio, mídia eletrônica removível, laptops, dados pessoais/assistentes digitais (PDAs), uso de e uso da internet) de 8 de 59

9 acordo com as seguintes regras: (Requisito do padrão de segurança de dados do PCI 12.3) Aprovação explícita pela administração; Autenticação para o uso da tecnologia; Listar todos os dispositivos e funcionários com acesso; Etiquetar todos os dispositivos com a indicação do proprietário, informações de contato e objetivo; Uso aceitável da tecnologia; Localização aceitável da rede para estas tecnologias; Listar os produtos aprovados pela empresa; Configurar o desligamento automático da sessão com modem após um período de inatividade; Ativar os modems para os prestadores de serviço apenas quando for necessário, com imediata desativação após o uso; Desativar o armazenamento de dados do portador do cartão nas unidades de disco locais, floppy disks ou outra mídia externa quando os dados do portador do cartão forem acessados remotamente via modem. Também desativar as funções copiar-e-colar e imprimir durante o acesso remoto; 9 de 59

10 Sistema Conceito O V&SPague é um sistema de computador desenvolvido para auxiliar e facilitar a integração de empresas comerciais, como lojas, supermercados, etc., com os bancos e administradoras de cartão no que diz respeito à Transferência Eletrônica de Fundos (TEF). Características O sistema V&SPague foi desenvolvido de acordo com as normas ISO 8583, utilizando o conceito de transação de 3 pernas: 1ª perna: solicitação. A função da 1ª perna é solicitar à rede uma transação. 2ª perna: resposta da solicitação. A 2ª perna responde ao Terminal, autorizando ou não a transação. 3ª perna: confirmação da solicitação. A função da terceira perna é informar à rede autorizadora o status final da transação no terminal, ou seja, se foi concluída com sucesso. A 3ª perna é utilizada para transações autorizadas, enquanto que as não autorizadas não necessitam da 3ª perna. O status final da transação é informado no bit 39 da mensagem de confirmação da transação. O Sistema dispõe das seguintes transações padrão para todas as Redes: Cancelamento: Ocorre quando o cliente deseja cancelar uma transação. Esta transação somente ocorre a partir do Client, sendo necessário capturar os dados da venda original (cartão, valor, data, etc.) Desfazimento: Ocorre quando uma transação não foi finalizada adequadamente, por exemplo quando não envia a 2ª perna para a rede, por ocorrência de time-out, então o sistema envia automaticamente para a Rede Autorizadora uma mensagem desfazendo a transação que estava em andamento. Pode ocorrer também quando uma transação é resolvida manualmente através da tela de Pendências, no caso de o usuário desejar cancelar a transação, após confirmar com o usuário do Client que esta transação não foi realizada com sucesso. Sonda ou Consulta Status de Transação: Mensagem que a Rede Autorizadora envia para o Estabelecimento Comercial, quando uma transação fica pendente na Rede (não recebeu a 2ª perna da transação), a fim de tentar eliminar a pendência, a Rede fica aguardando uma mensagem de resposta do Estabelecimento confirmando ou cancelando a transação. Sign On/Off ou Logon/Logoff: Inicialização ou Fechamento da conexão com a Rede 10 de 59

11 Autorizadora. Geralmente ocorre uma vez ao dia. Além das transações padrão, existem transações específicas de cada rede, que foram desenvolvidas de acordo com cada documentação (REDECARD, VISANET, TECBAN e BANRISUL). Ex.: Venda Crédito, Venda Débito, Pré-Autorização, Cancelamento, etc. 11 de 59

12 Arquitetura e Conectividade Topologia A figura abaixo apresenta um esquema de interligação entre a Rede Local de Terminais PDV, conectada ao Concentrador em determinado Estabelecimento Comercial. Este por sua vez está interligado às Redes: REDECARD, VISANET, TECBAN, BANRISUL. Com relação à interligação entre V&SPague (Concentrador) e as Redes, hoje está homologado somente através do protocolo de comunicação X.25 - Link Dedicado (RENPAC). FRENTE DE CAIXA PDV 1 PDV N AM BIENTE ADM INISTRAÇÃO (RETAGUARDA) V&SPague CONCENTRADOR TEF RENPAC Rede 12 de 59

13 Funções Módulo Server (Concentrador) O Concentrador tem as seguintes funções: Receber as parametrizações necessárias; Receber as mensagens dos diversos terminais de um estabelecimento; Formatar as mensagens para enviar para a rede autorizadora; Desformatar as mensagens para enviar para o terminal; Estabelecer a comunicação com as redes habilitadas no sistema; Rotear as mensagens originadas nos diversos terminais; Controlar o fluxo de mensagens de solicitação e resposta entre os terminais e a rede. Módulo Client (Terminal) Client tem as seguintes funções: Obter a operação desejada, identificando se é uma operação com cartão de crédito, débito, etc., bem como o tipo de transação (venda, consulta, pré-autorização, etc.); Realizar a leitura do cartão magnético do cliente, através do pin-pad; Realizar a leitura da senha do cliente quando necessário; Realizar a comunicação com o concentrador, enviando e recebendo as transações; Realizar a impressão dos comprovantes das transações; 13 de 59

14 Fluxo Transacional A seguir Fluxo Transacional de uma venda (3 pernas) 1º PASSO: Client envia a 1ª perna para o Server. Filial 1 PDV 1 V&SPague CONCENTRADOR TEF PDV N 2º PASSO: Server envia a 1ª perna para a Rede. RENPAC V&SPague CONCENTRADOR TEF REDE ( VISANET, REDECARD, TECBAN OU BANRISUL) 14 de 59

15 3º PASSO: Rede envia a 2ª perna para o Server, autorizando ou não a transação. RENPAC Rede VeSPague CONCENTRADOR TEF 4º PASSO: 15 de 59

16 Server envia a 2ª perna para o Client. Se a transação foi autorizada, o comprovante da venda em cartão é impresso, caso contrário, o terminal exibe a mensagem de erro que foi enviada pela rede. Filial 1 PDV 1 V&SPague CONCENTRADOR TEF PDV N 5º PASSO: O Client envia a 3ª perna da transação para o Server. 16 de 59

17 Filial 1 PDV 1 V&SPague CONCENTRADOR TEF PDV N 6º PASSO: O Server envia a 3ª perna que recebeu do Client, para a Rede. Assim a transação está efetivada na Rede. 17 de 59

18 RENPAC V&SPague CONCENTRADOR TEF 18 de 59

19 Instalação O sistema V&SPague é fornecido para instalação através de um arquivo compactado, autoextraível chamado V&SPagueInstall. Importante: a instalação foi criada com a data de 01/01/2000, com o objetivo de permitir a execução de transações com data retroativa. Para que isso seja possível, os computadores onde o sistema for instalado devem estar com a data a qual se deseja efetuar as transações. Após a instalação a data do computador NUNCA poderá ser atrasada, caso contrário o comportamento do sistema será imprevisível. Descompactando Executar o arquivo VeSPagueInstall que se auto-extrairá em uma pasta previamente selecionada, criando os arquivos que serão utilizados na instalação. Ao ser executado será solicitado uma senha conforme abaixo: A senha deve ser solicitada à equipe de suporte da VBI através dos telefones (48) ou (48) , ou Preencha com a senha fornecida, respeitando maiúsculos e minúsculos, pressione [OK], e será solicitado a pasta para descompactação dos arquivos de instalação conforme abaixo: Selecione ou digite a pasta onde serão descompactados os arquivos de instalação e pressione [Install] para descompactá-los. 19 de 59

20 Após a descompactação, abrir uma console (no Linux executar o Terminal e no Windows executar o Command ou cmd), e entrar na pasta onde os arquivos de instalação foram descompactados. Por exemplo: Para o Linux execute o terminal e: ~]# cd \Temp\VeSPagueInstall Para o Windows execute o cmd ou command e: c:> cd \Temp\VeSPagueInstall O sistema V&SPague é sempre instalado na pasta VeSPague, a partir da raiz do disco selecionado (que hoje por motivos técnicos é o C:). Dentro desta pasta será criado uma estrutura de diretórios onde serão instalados cada um dos módulos, onde: VeSPague VeSPague\Server VeSPague\Client VeSPague\Java VeSPague\Database Instalação Instalação Instalação Instalação Instalação do do do do da V&SPague (GUI); V&SPagueServer; V&SPagueClient. Java; base de dados; Ao instalar o V&SPague, V&SPagueServer ou V&SPagueClient, o Java também o será. A sequencia de instalação dos módulos é indiferente. A seguir seguem os procedimentos de instalação de cada um dos módulos. V&SPague As configurações mínimas do computador para execução do V&SPague são:.... Windows XP com SP3 1 gigabyte de espaço disponivel em disco 512 megabytes de memória RAM (ideal 1 gigabyte) Memória virtual com 1 gigabyte (ideal 2 gigabytes) Dentro da pasta onde foram descompactados os arquivos de instalação, seguinte comando: entrar com o Install -v A instalação será iniciada, e se não existir a pasta C:\VeSPague as seguintes mensagens serão apresentadas: Criando a pasta C:\VeSPague... Pasta C:\VeSPague criada. Se a pasta C:\VeSPague já existir as seguintes mensagens serão apresentadas: A pasta "C:\VeSPague" já existe. A instalação será sobreposta... Para cancelar pressione [Ctrl-C] ou [Ctrl-Break], caso contrário Pressione qualquer tecla para continuar de 59

21 Caso o Java ainda não esteja instalado aparecerão as seguintes mensagens indicando a sua instalação: A instalação do JAVA será iniciada agora... Pressione qualquer tecla para continuar... Pressione qualquer tecla para que o Java seja instalado, e as seguintes mensagens serão apresentadas: Instalando o JAVA, aguarde... JAVA instalado. Pressione qualquer tecla para continuar... Caso o Java já esteja instalado as mensagens acíma referente a sua instalação não serão apresentadas. Continuando a instalação, as seguintes mensagens serão apresentadas: Instalando o V&SPague, aguarde... Neste momento serão criados os arquivos da instalação do V&SPague na pasta C:\Vespague. Após os arquivos serem criados, aparecerão as mensagens abaixo instruindo os procedimentos a serem executados para conclusão da instalação: V&SPague instalado em C:\VeSPague. Antes de executar o V&SPague deve-se editar o "VeSPague.dat" e substituir o "localhost" pelo "nome" ou "IP" do computador onde a base de dados foi instalada. Para facilitar a execução do V&SPague deve-se criar um atalho na área de trabalho do "C:\VeSPague\VeSPague.bat" e depois configurá-lo para executar minimizado. V&SPague instalado. Pressione qualquer tecla para continuar... Dar à pasta C:\VeSPague\Java\lib\ext\configuration o direito de gravação para o grupo de usuários Todos, para permitir gerar relatórios. V&SPagueServer As configurações mínimas do computador para execução do V&SPagueServer são:..... Windows XP com SP3 ou Windows 2003 Server ou superior 1 gigabyte de espaço disponivel em disco 1 gigabyte de memória RAM (ideal 2 gigabytes) Memória virtual com 1 gigabyte (ideal 2 gigabytes) 2 placas de rede Dentro da pasta onde foram descompactados os arquivos de instalação, seguinte comando: entrar com o Install -s 21 de 59

22 A instalação será iniciada, e se não existir a pasta C:\VeSPague as seguintes mensagens serão apresentadas: Criando a pasta C:\VeSPague... Pasta C:\VeSPague criada. Se a pasta C:\VeSPague já existir as seguintes mensagens serão apresentadas: A pasta "C:\VeSPague" já existe. A instalação será sobreposta... Para cancelar pressione [Ctrl-C] ou [Ctrl-Break], caso contrário Pressione qualquer tecla para continuar... Caso o Java ainda não esteja instalado aparecerão as seguintes mensagens indicando a sua instalação: A instalação do JAVA será iniciada agora... Pressione qualquer tecla para continuar... Pressione qualquer tecla para que o Java seja instalado, e as seguintes mensagens serão apresentadas: Instalando o JAVA, aguarde... JAVA instalado. Pressione qualquer tecla para continuar... Caso o Java já esteja instalado as mensagens acíma referente a sua instalação não serão apresentadas. Continuando a instalação, as seguintes mensagens serão apresentadas: Instalando o V&SPagueServer, aguarde... Neste momento serão criados os arquivos de instalação do V&SPagueServer na pasta C:\Vespague\Server. Após os arquivos serem criados, aparecerão as mensagens abaixo instruindo os procedimentos a serem executados para conclusão da instalação: V&SPagueServer instalado em C:\VeSPague\Server. Antes de executar o V&SPagueServer deve-se editar o "VeSPagueServer.dat" e substituir o "localhost" pelo "nome" ou "IP" do computador onde a base de dados foi instalada. Para facilitar a execução do V&SPagueSever deve-se criar um atalho na área de trabalho do "C:\VeSPague\VeSPagueServer.bat" e depois configurá-lo para executar minimizado. V&SPagueServer instalado. Pressione qualquer tecla para continuar... V&SPagueClient As configurações mínimas do computador para execução do V&SPagueClient são: 22 de 59

23 .... Windows XP com SP3 1 gigabyte de espaço disponivel em disco 512 megabytes de memória RAM (ideal 1 gigabyte) Memória virtual com 1 gigabyte (ideal 2 gigabytes) Dentro da pasta onde foram descompactados os arquivos de instalação, seguinte comando: entrar com o Install -c A instalação será iniciada, e se não existir a pasta C:\VeSPague as seguintes mensagens serão apresentadas: Criando a pasta C:\VeSPague... Pasta C:\VeSPague criada. Se a pasta C:\VeSPague já existir as seguintes mensagens serão apresentadas: A pasta "C:\VeSPague" já existe. A instalação será sobreposta... Para cancelar pressione [Ctrl-C] ou [Ctrl-Break], caso contrário Pressione qualquer tecla para continuar... Caso o Java ainda não esteja instalado aparecerão as seguintes mensagens indicando a sua instalação: A instalação do JAVA será iniciada agora... Pressione qualquer tecla para continuar... Pressione qualquer tecla para que o Java seja instalado, e as seguintes mensagens serão apresentadas: Instalando o JAVA, aguarde... JAVA instalado. Pressione qualquer tecla para continuar... Caso o Java já esteja instalado as mensagens acíma referente a sua instalação não serão apresentadas. Continuando a instalação, as seguintes mensagens serão apresentadas: Instalando o V&SPagueClient, aguarde... Neste momento serão criados os arquivos de instalação do V&SPagueClient na pasta C:\Vespague\Client. Após os arquivos serem criados, aparecerão as mensagens abaixo instruindo os procedimentos a serem executados para conclusão da instalação: V&SPagueClient instalado em C:\VeSPague\Client. Para executar o V&SPagueClient deve-se criar um atalho do "C:\VeSPague\Client\VeSPagueClient.bat" e depois entrar nas propriedades deste atalho e acrescentar na linha de comando como primeiro argumento o "nome" ou "IP" do computador onde o V&SPagueServer está sendo executado e como segundo argumento a porta na qual ele está aguardando a conexão e configurá-lo para executar minimizado. 23 de 59

24 V&SPagueClient instalado. Pressione qualquer tecla para continuar... Base de Dados O banco de dados utilizado pelo sistema V&SPague é o Oracle 10g XE, que tem capacidade para armazenar aproximadamente transações, devido ao seu limite de armazenamento de 4 gigabytes de dados. Caso se deseje armazenar mais informações será necessário adquirir o Oracle 10g SE. As configurações mínimas do computador para instalação do sistema gerenciador de banco de dados e da base de dados semente do sistema V&SPague são:..... Windows XP com SP3 ou Windows 2003 Server ou superior 40 gigabytes de espaço disponivel em disco (ideal 80 gigabytes) 2 gigabytes de memória RAM (ideal 4 gigabytes) Memória virtual com 2 gigabytes (ideal 4 gigabytes) No-break com capacidade de ½ hora e desligamento automático É necessário conectar-se no computador onde a base de dados será instalada como Administrador para Windows, ou root para o Linux. Conectar-se como usuário do grupo de Administradores ou root até aparentará instalar corretamente, mas não funcionará. Para instalar, abrir o console, entrar na pasta em que os arquivos de instalação foram descompactados, e entrar com o seguinte comando: Install -d A instalação será iniciada, e se não existir a pasta C:\VeSPague as seguintes mensagens serão apresentadas: Criando a pasta C:\VeSPague... Pasta C:\VeSPague criada. Se a pasta C:\VeSPague já existir as seguintes mensagens serão apresentadas: A pasta "C:\VeSPague" já existe. A instalação será sobreposta... Para cancelar pressione [Ctrl-C] ou [Ctrl-Break], caso contrário Pressione qualquer tecla para continuar... Após ser criada a pasta C:\VeSPague ou pressionada qualquer tecla, será verificado se a base de dados já está instalada. Caso a base de dados já esteja instalada, as seguintes mensagens serão apresentadas: Aparentemente o gerenciador de banco de dados e a base de dados do sistema V&SPague já estão instalados. Para instalá-los desde o inicio é necessário desinstalá-los antes. Para reinstalar apenas a base de dados do sistema V&SPague continue a instalação. Pressione [Ctrl-C] ou [Ctrl-Break] para cancelar, caso contrário Pressione qualquer tecla para continuar... Caso a instalação não seja cancelada, ela continuará na criação da base de dados do 24 de 59

25 sistema V&SPague, conforme apresentado mais abaixo. Caso a base de dados não esteja instalada, as seguintes mensagens serão apresentadas: A instalação do gerenciador de banco de dados iniciará agora e DEVE ser feita no diretório "C:\VeSPague\Database"... Pressione qualquer tecla para continuar... Ao ser pressionada qualquer tecla aparecerá a seguinte mensagem: Instalação do gerenciador de banco de dados iniciada... Atenção: neste momento será apresentada uma segunda tela para instalação do sistema gerenciador de banco de dados, conforme abaixo, enquanto esta tela ficará aguardando até a sua finalização. Esta tela será exibida por algum tempo durante a descompressão dos arquivos. Após a descompressão será apresentada a seguinte tela: 25 de 59

26 Tela apenas informativa. Pressione apresentada a seguinte tela: [Próximo] para continuar a instalação, e será Selecione Aceito os termos do acordo de licença e pressione [Avançar], e será apresentada a seguinte tela: 26 de 59

27 Pressione o botão [Procurar] e selecione C:\VeSPague\Database destino, conforme apresentado na tela seguinte: como pasta de Após selecionar a pasta destino pressione [Próximo] para continuar a instalação, e aparecerá a seguinte tela: 27 de 59

28 Informar duas vezes a mesma senha. Uma vez em Informar Senha e a segunda vez em Confirmar Senha. A senha escolhida pode ser qualquer uma. Após preenher as senhas pressione [Próximo] e aparacerá a seguinte tela: Tela com as configurações da instalação. Pressione [Instalar] para iniciar a instalação. Este processo demorará vários minutos, e serão apresentadas várias telas, e após concluido a instalação será apresentada a seguinte tela por trás da tela do console: 28 de 59

29 Desmarcar a opção Acionar a homepage do Banco de Dados e somente depois pressionar [Finalizar]. A tela de instalação será fechada, e no console aparecerá a seguinte mensagem: Instalação do gerenciador de banco de dados finalizada. Após a instalação do gerenciador de banco de dados, ou caso o mesmo já esteja instalado, será feita a criação da base de dados do sistema V&SPague, e as seguintes mensagens serão apresentadas: Os serviços do gerenciador de banco de dados serão parados para criação da base de dados do sistema V&SPague, aguarde... Serviços do gerenciador de banco de dados parados. A criação da base de dados do sistema V&SPague iniciará agora e pode levar vários minutos, aguarde... A partir deste momento será criado a base de dados do sistema V&SPague, o que pode levar vários minutos. Após a criação da base de dados, caso tenha ocorrido com sucesso, as seguintes mensagens serão apresentadas: Base de dados do sistema V&SPague criada. Reiniciando os serviços do gerenciador de banco de dados, aguarde... Serviços do gerenciador de banco de dados reiniciados. Base de dados do sistema V&SPague instalada. Ao finalizar a instalação a mensegm abaixo será apresentada. Visualize se as mensagens estão de acordo com as apresentadas acíma para garantir que a base de dados do sistema V&SPague foi instalada com sucesso, e somente após pressione qualquer tecla para encerrar 29 de 59

30 a instalação. Pressione qualquer tecla para continuar de 59

31 Desinstalação A desinstalação do V&SPague é sempre feita completa, isto é, o desinstalador não tem opção para desinstalar apenas um dos módulos. Para que a instalação seja feita é necessário estar conectado com direitos de Administrador, e não haver aplicativos do sistema V&SPague sendo executado. Para desinstalar o sistema V&SPague execute o Uninstall existente na pasta onde VeSPagueInstall foi descompactado. Ao executar o Uninstall, se o V&SPague não estiver instalado, será apresentada a seguinte mensagem e finalizado a desinstalação: V&SPague não instalado. Se o V&SPague estiver instalado, serão apresentada a seguinte mensagem: O V&SPague será completamente desinstalado... Para cancelar a desinstalação do V&SPague agora pressione [Ctrl-C] ou [CtrlBreak], caso contrário Pressione qualquer tecla para continuar... Para cancelar a desinstalação neste momento pressione [Ctrl-Break] ou [Ctrl-C]. Para continuar a desinstalação pressione qualquer tecla. Se a base de dados não estiver instalada, a etapa abaixo não será executada, caso contrário será apresentada a seguinte mensagem: Desinstalando a base de dados do V&SPague e o gerenciador de banco de dados, aguarde... Neste momento será executado o desinstalador da base de dados que apresentará a tela abaixo indicando a descompactação dos arquivos de configuração: 31 de 59

32 Após descompactar os arquivos de configuração da base de dados será apresentada a tela abaixo. Selecionar a opção Remover conforme a tela abaixo. 32 de 59

33 Pressionar [Próximo] e será solicitado a confirmação conforme a tela abaixo. Pressionar [Sim] para confirmar. A desinstalação levará vários minutos, e após ser concluída será apresentada a tela abaixo. 33 de 59

34 Pressione [Finalizar] e a tela será fechada, retornando para a tela onde iniciou-se a desinstalação. Base de dados do V&SPague e gerenciador de banco de dados desinstalados com sucesso... Caso a base de dados não esteja instalada, ou ao finalizar a desinstalação da base de dados, a seguinte mensagem será apresentada: Desinstalando o V&SPague, aguarde... Após concluir a desinstalação a seguinte mensagem será apresentada: V&SPague desinstalado. Pressione qualquer tecla para continuar de 59

35 Telas do Sistema V&SPague Configurações do Sistema Esta tela permite realizar as configurações do sistema V&SPague. 35 de 59

36 Gerenciamento dos Servidores Esta tela permite gerenciar os servidores. 36 de 59

37 Cadastro de Usuários Esta tela permite cadastrar os usuários que irão utilizar o sistema V&SPague. Cada usuário cadastrado está associado a um cargo, o qual determina quais as funcionalidades e informações ele pode acessar. Seguem abaixo cada um dos cargos e suas atribuições: Administrador Usuário responsável pela administração de todo o sistema, inclusive pela criação e manutenção de novos usuários. Ao ser instalado o sistema o já vem com o usuário Administrador criado e senha Administrador, a qual deve ser alterada logo após a instalação. 37 de 59

38 Operador Usuário com permissão para acessar todas as informações do sistema, tal como emissão de relatórios, e com algumas responsabilidades de manutenção, tal como tratamento de transações pendentes. Automação Usuário com permissão de acessar a base de dados utilizando outros aplicativos que não o V&SPague, com acesso de leitura a um conjunto de Views cujas informações podem ser utilizadas para integração com o sistema do cliente, além da geração de relatórios diversos. São as Views e suas respectivas colunas: VALOR_LOJA_TRANSACAO_V410 Recupera as transações canceladas. Segue o conteúdo: Coluna Tipo Descrição Sequencial number(18) Código V&SPague da transação. Data_Atual timestamp Data/hora da última atualização da transação. Estabelecimento varchar2(20) Código do estabelecimento. Loja varchar2(20) Código da loja dentro do estabelecimento. Terminal varchar2(20) Código do terminal dentro da loja. Rede varchar2(20) Código da rede através da qual a transação foi executada. Transacao_Nsu number(10) Número Sequencial Único da transação gerado pelo V&SPagueServer. VALOR_LOJA_TRANSACAO_V545 Recupera as transações executadas com sucesso e concluidas. Segue o conteúdo: Coluna Tipo Descrição Sequencial number(18) Código V&SPague da transação. Data_Atual timestamp Data/hora da última atualização da transação. Sequencia number(4) Ordem de criação dos BIT's da transação. Cancelar date Quando preenchido indica que a transação pode ser cancelada, e conterá a data até a qual a transação poderá ser cancelada. 38 de 59

39 Coluna Tipo Descrição Estabelecimento varchar2(20) Código do estabelecimento. Loja varchar2(20) Código da loja dentro do estabelecimento. Terminal varchar2(20) Código do terminal dentro da loja. Rede varchar2(20) Rede através da qual a transação foi executada. Tipo_Transacao varchar2(40) Tipo da transação executada. Perna number(2) Perna da transação ao qual os dados se referem conforme especificação ISO8583. Tipo_Cartao varchar2(20) Tipo do cartão usado na transação. Administrador varchar2(20) Administrador responsável pela emissão do cartão. Produto varchar2(255) Produto utilizado na transação. Identificacao_Externa varchar2(20) Identificação da transação relacionado à sistemas externos. Cartao_Bin number(20) BIN do cartão utilizado na transação. Cartao_Numero number(20) Parte do número do cartão permitido armazenar utilizado na transação. Cartao_Validade date Validade do cartão utilizado na transação. Cartao_Entrada char(1) Forma de entrada do cartão utilizado na transação (digitado, magnético, chip, etc.). Transacao_Inicio datetime Data/hora em que a transação iniciou. Transacao_Fim datetime Data/hora em que a transação terminou. Transacao_Conclusao datetime Data/hora em que a transação foi concluida no sistema, finalizando todas as pendencias existentes. Transacao_Decisao char(1) Quando preenchido indicará se a transação foi decidida Online ('O') ou Offline ('F'). Transacao_Pagamento varchar2(20) Forma de pagamento da transação (A vista, Parcelada, Pré-datada, etc.). Transacao_Financiado varchar2(20) Quando preenchido conterá por quem a transação foi financiada (Estabelecimento, Administradora, etc.). Transacao_Identificacao varchar2(40) Código da loja na rede a qual a transação foi executada. Transacao_Nsu number(10) Número Sequencial Único da transação gerado pelo V&SPagueServer. Transacao_Nsu_Rede number(10) Número Sequencial Único da transação gerado pela rede. Transacao_Valor number(21,9) Valor da transação. Transacao_Parcela number(4) Quantidade de parcelas da transação. Transacao_Entrada_Valor number(21,9) Quando preenchido conterá o valor da entrada da transação. Transacao_Parcela_Valor number(21,9) Quando preenchido conterá o valor de cada parcela da transação. Transacao_Cancelado_Valor number(21,9) Quando preenchido conterá o valor cancelado da transação. 39 de 59

40 Coluna Tipo Descrição Transacao_Autorizacao varchar2(16) Transacao_Comprovante_Via1 varchar2(4000) Quando preenchido conterá a 1ª via do Código da autorização da transação. comprovante da transação. Transacao_Comprovante_Via2 varchar2(4000) Quando preenchido conterá a 2ª via do comprovante da transação. Transacao_Comprovante_Resumido varchar2(4000) Quando preenchido conterá o comprovante resumido da transação. VALOR_LOJA_TRANSACAO_V775 Recupera todas as transações e sua situação. Segue o conteúdo: Coluna Tipo Descrição Sequencial number(18) Código V&SPague da transação. Data_Atual timestamp Data/hora da última atualização da transação. Estabelecimento varchar2(20) Código do estabelecimento. Loja varchar2(20) Código da loja dentro do estabelecimento. Terminal varchar2(20) Código do terminal dentro da loja. Rede varchar2(20) Código da rede através da qual a transação foi executada. Tipo_Cartao varchar2(20) Tipo do cartão usado na transação. Tipo_Transacao varchar2(40) Tipo da transação executada. Produto varchar2(255) Produto utilizado na transação. Cartao_Bin number(20) BIN do cartão utilizado na transação. Cartao_Numero number(20) Parte do número do cartão permitido armazenar utilizado na transação. Cartao_Validade date Validade do cartão utilizado na transação. Cartao_Entrada char(1) Forma de entrada do cartão utilizado na transação (digitado, magnético, chip, etc.). Transacao_Inicio datetime Data/hora em que a transação iniciou. Transacao_Fim datetime Data/hora em que a transação terminou. Transacao_Conclusao datetime Data/hora em que a transação foi concluida no sistema, finalizando todas as pendencias existentes. Transacao_Pagamento varchar2(20) Forma de pagamento da transação (A vista, Parcelada, Pré-datada, etc.). Transacao_Financiado varchar2(20) Quando preenchido conterá por quem a transação foi financiada (Estabelecimento, Administradora, etc.). Transacao_Identificacao varchar2(15) Código da loja na rede a qual a transação foi executada. Transacao_Data_hora datetime Data/hora da perna mais recente da 40 de 59

41 Coluna Tipo Descrição transação. Transacao_Nsu number(10) Número Sequencial Único da transação gerado pelo V&SPagueServer. Transacao_Valor number(21,9) Valor da transação. Transacao_Parcela number(4) Quantidade de parcelas da transação. Transacao_Autorizacao varchar2(16) Código da autorização da transação. Transacao_Resposta varchar2(3) Código de resposta da transação. Transacao_Situacao varchar2(11) Situação atual da transação conforme segue:. Desfeita. A desfazer. Com sucesso. Sem sucesso. Indefinida. Cancelada VALOR_CONTA_CONCILIACAO_V0 Recupera informações referente à conciliação. Para mais detalhes consultar o manual V&SPague Conciliação. Lojista Usuário que será autenticado no V&SPagueClient ao utilizar as operações administrativas, tal como Cancelamento, Reimpressão, etc.. 41 de 59

42 Cadastro de Terminal Esta tela permite o cadastro e a visualização de modelos de terminal (pinpad). 42 de 59

43 Cadastro de Rede Esta tela permite o cadastro das informações pertinentes à rede. Prioridade O conteúdo de Prioridade é numérico e vai de 0 a Quanto menor o valor maior a prioridade. 43 de 59

44 O campo Prioridade tem como função estabelecer qual rede tem prioridade sobre a outra quando uma transação puder ser executada por mais de uma rede. A transação será executada obrigatoriamente pela rede com maior prioridade. Caso haja algum problema com a rede de maior prioridade (ex.: problema de comunicação), a transação não será executada. Não é permitido cadastrar prioridades iguais. As redes que não tiverem a Prioridade preenchida serão tratadas igualmente, isto é, caso exista a possibilidade de executar uma transação por mais de uma rede sem prioridade, o operador deverá selecionar por qual delas a transação será executada. Ainda, para a rede Redecard é necessário alterar em Cadastro->Rede a Versão de L0402 para L1402 e posteriormente executar uma Inicialização qual fará uma carga de tabelas com todas as bandeiras. 44 de 59

45 Cadastro de Administrador Esta tela permite o cadastro de administradores e bins para todas as redes. 45 de 59

46 Cadastro de Estabelecimento Esta tela permite o cadastro do estabelecimento, loja e terminal. 46 de 59

47 Cadastro de Rede por Loja Esta tela permite efetuar o cadastro de redes por loja. Prioridade O campo Prioridade tem a mesma função que o de Cadastro->Rede, com a única diferença que se aplicará somente às redes de uma loja especifica. Quando não preenchido será considerado a prioridade de Cadastro->Rede. 47 de 59

48 Cadastro de BIT's Esta tela permite visualizar os mapas de bits das transações da rede. 48 de 59

49 Cadastro de Parâmetros Esta tela permite a visualização de parâmetros específicos para cada estabelecimento, loja, rede e terminal. 49 de 59

50 Pesquisa de Transações Esta tela permite pesquisar as transações realizadas no VeSPagueClient por filtros. 50 de 59

51 Tratamento de Transações Pendentes Esta tela permite visualizar e realizar o tratamento das transações pendentes pelo estabelecimento comercial. 51 de 59

52 Histórico de Transações e Respectivas Mensagens Esta tela permite consultar o histórico das transações realizadas no VesPagueClient. 52 de 59

53 Relatório das Transações Esta tela VesPagueClient. permite tirar relatórios referentes as transações realizadas no 53 de 59

54 Mensagem das Transações Esta tela permite verificar as mensagens geradas pelo processamento das transações realizadas no V&SPague. 54 de 59

55 Versão - Atualizando As atualizações do V&SPague são feitas manualmente, e são disponibilizadas através de comunicação prévia com o cliente, quando é passado um link de onde deverá ser efetuado o download. Seguem os passos para atualização da versão: Fazer o download do arquivo de instalação e descompactá-lo; Fazer o backup da base de dados; Fechar o V&SPagueServer caso esteja executando-o; Fechar todos os consoles V&SPague que estejam executando; Copiar o arquivo VeSPague.NEW para a pasta do console e executá-lo. Neste momento serão renomeados automaticamente os arquivos de VeSPague.jar para VeSPague.OLD e VeSPague.NEW para VeSPague.jar; Acessar a opção Ferramenta -> Versão -> Atualizar para atualizar a versão da base de dados, conforme imagem a seguir: Selecionar versão a atualizar e pressionar [Atualizar]. Neste momento a base de dados será atualizada; 55 de 59

56 Copiar os arquivos VeSPagueServer.NEW e VeSPagueClient.NEW para a pasta do V&SPagueServer e inicializar o V&SPagueServer; Executar o V&SPagueClient em cada um dos terminais, clicar com o botão direito em cima do ícone do mesmo, e selecionar a opção Atualizar. Neste momento o V&SPagueClient efetuará a atualização da versão copiando o VeSPagueClient.NEW localizado pasta do V&SPagueServer; Após efetuado a atualização reinicie o V&SPagueClient; Atualização finalizada. 56 de 59

57 Versão - Retrocedendo Só é possivel retroceder a versão do V&SPague para a versão que estava sendo usada anteriormente. Procedimentos para voltar a versão do V&SPague para versão anterior: Entrar na pasta do V&SPague e apagar o arquivo VeSPague.jar; Entrar na pasta do V&SPagueServer e apagar o arquivo VeSPagueServer.jar; Entrar na pasta V&SPagueClient de cada terminal e apagar o arquivo VeSPagueClient.jar. Ao reiniciar qualquer um dos programas acima, o.old será renomeado automaticamente para.jar. Versão retrocedida. 57 de 59

58 Visualizar a Conexão Essa tela permite visualizar a conexão dos servidores com as redes. 58 de 59

59 Visualizar Espaço Essa tela permite visualizar o espaço livre ou ocupado pelo sistema V&SPague. 59 de 59

Manual do Usuário (TEF Loja)

Manual do Usuário (TEF Loja) Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli www.fcdl-sc.org.br Manual

Leia mais

Instalação. Descompactando. O sistema V&SPague é fornecido para instalação através de um arquivo compactado, autoextraível

Instalação. Descompactando. O sistema V&SPague é fornecido para instalação através de um arquivo compactado, autoextraível Manual do Usuário O conteúdo desse documento destina-se exclusivamente ao seu destinatário, não podendo ser revelado fora de sua organização, não podendo ser duplicado, usado ou publicado, no total ou

Leia mais

Manual de Instalação (TEF LOJA)

Manual de Instalação (TEF LOJA) Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli Manual de (Neste documento

Leia mais

Cappta Cartões Guia de Utilização

Cappta Cartões Guia de Utilização Cappta Cartões Guia de Utilização Bem-vindo! Obrigado por utilizar a solução Cappta Cartões, a maneira mais simples e rápida de aceitar todos os tipos de cartão no varejo. Este manual detalha as principais

Leia mais

Introdução...4. 1 - Como utilizar a barra de ferramentas...5. 2 Como cadastrar o código do banco de dados...6. 3 - Como cadastrar usuários...

Introdução...4. 1 - Como utilizar a barra de ferramentas...5. 2 Como cadastrar o código do banco de dados...6. 3 - Como cadastrar usuários... Consulta Rápida O conteúdo desse documento destina-se exclusivamente ao seu destinatário, não podendo ser revelado fora de sua organização, não podendo ser duplicado, usado ou publicado, no total ou em

Leia mais

Arquitetura do Plug&Pay

Arquitetura do Plug&Pay Arquitetura do Plug&Pay Nac s Redes Redes Adquirentes (Visanet) checkout Automação Comercial Telefonia Modem VISANET Checkout (MS/Windows) Pinpad Compartilhado Pré-requisitos Técnicos Ter software de automação

Leia mais

GUIA RÁPIDO D-TEF (Uso Interno CAC) CONEXÃO DO EQUIPAMENTO PINPAD

GUIA RÁPIDO D-TEF (Uso Interno CAC) CONEXÃO DO EQUIPAMENTO PINPAD (Uso Interno CAC) CONEXÃO DO EQUIPAMENTO PINPAD Índice 1. EQUIPAMENTOS 3 2. INTRODUÇÃO AO SISTEMA TEF DEDICADO DIREÇÃO 5 3. REALIZANDO VENDAS 7 4. REALIZANDO VENDA COM REDES 5 9 5. VISUALIZAÇÃO DE RELATÓRIOS

Leia mais

MNDT-6.2-199 r 02 Página 2 de 24

MNDT-6.2-199 r 02 Página 2 de 24 1.TEF DISCADO... 3 2.Componentes... 4 3.COMO FUNCIONA?... 4 4.PINPADs utilizados na solução PCmultiTef +... 4 5.Gerenciador Padrão... 4 6.Redecard... 5 1.Instalação do Módulo Redecard... 5 2.Configuração

Leia mais

TEF Transferência Eletrônica de Fundos

TEF Transferência Eletrônica de Fundos 1. VISÃO GERAL 1.1 OBJETIVOS: O TEF é uma solução eficiente e robusta para atender as necessidades do dia a dia de empresas que buscam maior comodidade e segurança nas transações com cartões, adequação

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

Objetivo. Este documento tem como objetivo demonstrar o conceito, o processo de instalação e o funcionamento do SITEF (Tef dedicado).

Objetivo. Este documento tem como objetivo demonstrar o conceito, o processo de instalação e o funcionamento do SITEF (Tef dedicado). Sitef - Instalação Objetivo Este documento tem como objetivo demonstrar o conceito, o processo de instalação e o funcionamento do SITEF (Tef dedicado). O que é Sitef? O SiTef (ou tef dedicado) é um conjunto

Leia mais

Para que seja instalado o Bematef Total, é necessário que o computador onde seja efetuada a instalação

Para que seja instalado o Bematef Total, é necessário que o computador onde seja efetuada a instalação Rafael Ferreira Rodrigues REVISADO POR: Raquel Marques APROVADO POR: Renato Reguera dos Santos 1 - Objetivo Descrever o processo de instalação do Bematef Total. 2 - Campos de Aplicação É aplicável a área

Leia mais

STK VPN TEF IP Daruma (Configuração e Instalação) Ambiente ONLINE

STK VPN TEF IP Daruma (Configuração e Instalação) Ambiente ONLINE STK VPN TEF IP Daruma (Configuração e Instalação) Ambiente ONLINE Versão 1.0.0.6 Data: 23/05/2011 Pag. 1-20 Premissas: 1. Possuir um dos sistemas operacionais Windows a seguir: Windows XP, Vista, Windows

Leia mais

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo GETNET LAC

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo GETNET LAC Roteiro de Instalação e Configuração Módulo GETNET LAC Conteúdo 1. INTRODUÇÃO... 2 2. DESCRIÇÃO DO NEGÓCIO... 2 3. PRÉ REQUISITOS... 3 4. COMPONENTES DO MÓDULO... 4 5. INSTALAÇÃO DO MÓDULO... 4 5.1 BACKUP...4

Leia mais

Guia de Administração. Versão 1.05 (03 jan 2011)

Guia de Administração. Versão 1.05 (03 jan 2011) Guia de Administração Versão 1.05 (03 jan 2011) ÍNDICE 1. Sobre este documento... 4 Escopo... 4 Público... 4 Referências... 4 Avisos... 4 2. Histórico... 5 3. Glossário... 6 4. Introdução... 7 TEF Transferência

Leia mais

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado INTERFACE E AMBIENTE Versão - 09/2007 OBJETIVO OBJETIVO O Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado foi elaborado para apoiar a integração de Aplicativos

Leia mais

TransactionCentre Client

TransactionCentre Client TransactionCentre Client Manual de Instalação Client Connection Esta documentação, softwares e materiais disponibilizados são protegidos por propriedade intelectual e não podem ser copiados, reproduzidos

Leia mais

Procedimento de Instalação e Configuração do módulo- Rede versão L0502

Procedimento de Instalação e Configuração do módulo- Rede versão L0502 Procedimento de Instalação e Configuração do módulo- Rede versão L0502 Conteúdo 1. INTRODUÇÃO... 2 2. DESCRIÇÃO DO NEGÓCIO... 2 3. PRÉ-REQUISITOS... 2 3.1 INTERFACE PDV (CLIENT MODULAR OU CLISITEF) COM

Leia mais

SCRIPT DE ERROS Módulo TEF Visanet. Script TEF Discado ISO

SCRIPT DE ERROS Módulo TEF Visanet. Script TEF Discado ISO Script TEF Discado ISO Script TEF Discado Visanet 5.1A pág. 1-25 Versão 1.2 de 08/2003 ÍNDICE DESCRIÇÃO DO ERRO PÁGINA Erro na abertura do arquivo (Falta espaço em disco) 04 Iniciar terminal imediatamente

Leia mais

Manual do Cliente (TEF LOJA)

Manual do Cliente (TEF LOJA) Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli www.fcdl-sc.org.br 1 de

Leia mais

Manual do Usuário. Vixen PDV

Manual do Usuário. Vixen PDV 1 Manual do Usuário Vixen PDV 2 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ENTRANDO NO SISTEMA 4 2.1 TELA LOGIN 4 2.2 CARGA DE TABELAS LOCAIS 4 3. MENU INICIAL 5 4. BARRA DE STATUS 6 5. ABRINDO O CAIXA 6 6. VENDA 7 6.1

Leia mais

02/set/2010. Manual de instalação Plug&Pay

02/set/2010. Manual de instalação Plug&Pay 1. Sobre este documento... 4 Escopo... 4 Público... 4 Referências... 4 2. Glossário... 5 3. Introdução... 6 TEF Transferência Eletrônica de Fundos... 6 4. CGR (Central de Gerenciamento Remoto)... 7 5.

Leia mais

CERTIFICAÇÃO VISANET

CERTIFICAÇÃO VISANET CERTIFICAÇÃO VISANET PONTOS CRITICOS DE TRATAMENTO DE MENSAGENS E CAMPOS 1-Teste de comunicação: Verificar se o server está com as configurações corretas e se o client atende as especificações definidas

Leia mais

Manual do Lojista TEF Discado v.30

Manual do Lojista TEF Discado v.30 Manual do Lojista TEF Discado v.30 Versão 1.0.0.0 Junho 2005 Manual do Lojista TEF Discado V.30 - release 1.0 Página 1 de 62 ÍNDICE 1. FUNCIONAMENTO DO TEF DISCADO V.30... 3 1.1. ACESSO ÀS FUNÇÕES DO MÓDULO

Leia mais

Manual do sistema Lojamix PDV

Manual do sistema Lojamix PDV Manual do sistema Lojamix PDV Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...3 LISTA DE Siglas...4 Primeiros passos...5 Acessando o ambiente de configuração...5 Acessando

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SIGEP WEB

MANUAL DO USUÁRIO SIGEP WEB MANUAL DO USUÁRIO SIGEP WEB Sumário PRÉ- REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB... 4 PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA... 4 INSTALANDO O SIGEP WEB... 6 INICIANDO O SISTEMA... 6 INICIANDO O SISTEMA...

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a

Leia mais

Mobility PDV e Lite One

Mobility PDV e Lite One Mobility PDV e Lite One Revisão : 08/06/2007 Índice Tópicos Página Composição da Solução... 3 Modelos de Utilização... 4 Login do Config... 7 Periféricos... 8 Teclas de Função...12 Finalizadoras... 15

Leia mais

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES FAQ PERGUNTAS FREQUENTES 1 SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1.Quais são as características do Programa?...4 2.Quais são os pré-requisitos para instalação do Sigep Web?...4 3.Como obter o aplicativo para instalação?...4

Leia mais

Manual do Usuário. Frente de Caixa Store V.5.0.0. ACSN Desenvolvimento de Software do Brasil Ltda. Av. Dom Pedro II, 1211 Salto SP www.acsn.com.

Manual do Usuário. Frente de Caixa Store V.5.0.0. ACSN Desenvolvimento de Software do Brasil Ltda. Av. Dom Pedro II, 1211 Salto SP www.acsn.com. Manual do Usuário Frente de Caixa Store V.5.0.0 ACSN Desenvolvimento de Software do Brasil Ltda. Av. Dom Pedro II, 1211 Salto SP www.acsn.com.br Conteúdo Módulo 1: Visão Geral... 5 INTRODUÇÃO... 5 PROCEDIMENTO

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

V&SPagueClient. A P I s

V&SPagueClient. A P I s V&SPagueClient A P I s Alterado em 21/04/2010 Índice INTRODUÇÃO...5 ALTERAÇÕES...6 A P I S...8 SINTAX...8 COMUNICAÇÃO...8 PALAVRAS-CHAVE...10 aplicacao (X)...10 mensagem (X)...10 retorno (N) (o)...10 sequencial

Leia mais

Guia de Administração. Versão 1.12 (19 Fev 2014)

Guia de Administração. Versão 1.12 (19 Fev 2014) Guia de Administração Versão 1.12 (19 Fev 2014) ÍNDICE 1. Sobre este documento... 4 Escopo... 4 Público... 4 Referências... 4 Avisos... 4 2. Histórico... 5 3. Glossário... 7 4. Introdução... 8 TEF Transferência

Leia mais

Guia Técnico da Solução TEF Discado

Guia Técnico da Solução TEF Discado Guia Técnico da Solução TEF Discado INTERFACE E AMBIENTE Versão 2.3-07/2003 - INTERFACE E AMBIENTE - V 2.3 1 OBJETIVO O foi elaborado para apoiar a integração de Aplicativos de Automação Comercial ao ambiente

Leia mais

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Windows 8 Aula 2 1 - Introdução ao Windows 8 1.1. Novidades da Versão...21 1.2. Tela de Bloqueio...21 1.2.1. Personalizar

Leia mais

MANUAL CONFIGURAÇÕES ESPECIAIS. Cliente SiTef Modular

MANUAL CONFIGURAÇÕES ESPECIAIS. Cliente SiTef Modular F MANUAL DE CONFIGURAÇÕES ESPECIAIS Cliente SiTef Modular Versão 1.05b 14/11/2011 "Este documento possui informações e tecnologia de propriedade exclusiva da Software Express, não podendo, a não ser quando

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Configuração da Estação Sumário 1 CONCEITO... 3 2 FUNCIONALIDADES... 3 2.1 Banco de Dados... 3 2.2 Automação de Bombas... 6 2.3 Leitores RFID... 9 2.4 Medidor de Tanques...

Leia mais

MANUAL. Objetivo: Descrever o procedimento de instalação e uso do equipamento e software.

MANUAL. Objetivo: Descrever o procedimento de instalação e uso do equipamento e software. MANUAL Objetivo: Descrever o procedimento de instalação e uso do equipamento e software. Público alvo: Instaladores, prestadores de serviços, técnicos de manutenção, TI e supervisores. Revisão D 09/02/2011

Leia mais

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo BIGCARD

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo BIGCARD Roteiro de Instalação e Configuração Módulo BIGCARD Conteúdo 1. DESCRIÇÃO DO NEGOCIO... 2 2. INSTALAÇÃO DO MÓDULO... 2 2.1 BACKUP...2 2.2 INSTALAÇÃO...2 2.3 ROLLBACK...2 4. CONFIGURAÇÃO DO MÓDULO BIGCARD

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

DESKTOP TERMINAIS HÍBRIDOS

DESKTOP TERMINAIS HÍBRIDOS I. DADOS DO EQUIPAMENTO Nome do Equipamento Modelo Fabricante Nº RIT Desktop TERMINAIS HÍBRIDOS HP 1ª a 4ª Gerações Itautec 1ª a 4ª Gerações HP / ITAUTEC RIT169 Responsável pela elaboração Data da elaboração

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data 13/06/2012 Autor Rodrigo Cristiano Descrição

Leia mais

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo GetNet

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo GetNet Roteiro de Instalação e Configuração Módulo GetNet Conteúdo 1. INSTALAÇÃO DO MÓDULO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO MÓDULO GETNET NO SITEF... 2 3. TRANSAÇÕES PERMITIDAS JUNTO A ADMINISTRADORA GETNET... 13 4. CONFIGURAÇÃO

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais

Cadastramento de usuário. Acesse o site www.tefmatic.com.br. Clique no link Criar uma conta.

Cadastramento de usuário. Acesse o site www.tefmatic.com.br. Clique no link Criar uma conta. 1 Tutorial Tefmatic. Index: Cadastro de usuário no site Pag. 02 Cadastro de empresa parceira Pag. 04 Cadastro de clientes Pag. 05 Abertura de chamado técnico - Pag. 06 Impressão de boletos segunda via.

Leia mais

Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2

Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2 Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2 CONFIGURAÇÕES DA GUIA GERAIS DO STOREMANAGER... 2 Seção Geral... 2 BOTÕES DE CONFIRMAÇÃO... 3 Seção Código de Barras... 4 Seção Abertura / Fechamento de Caixa...

Leia mais

Manual Operacional SAT TS-1000

Manual Operacional SAT TS-1000 Manual Operacional SAT TS-1000 APRESENTAÇÃO O TS-1000 é o equipamento SAT da Tanca destinado a emissão de Cupons Fiscais Eletrônicos. Equipado com o que há de mais moderno em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Manual de Integração OPaf

Manual de Integração OPaf Manual de Integração OPaf Manual de instalação Layout de Integração 010 Aplicável à versão 4.1.0.0 e demais releases da suíte de aplicativos OPaf OPaf é marca registrada da ID Brasil Sistemas Ltda 1 Olá!

Leia mais

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO APRESENTAÇÃO O CPS FINANÇAS PESSOAIS é um software desenvolvido para gerenciar a movimentação financeira de forma pessoal, rápida e simplificada fornecendo relatórios e demonstrativos. Este manual é parte

Leia mais

PDV UNICO... 5 MANUAL PARA USUÁRIO... 5 CAMPOS DA TELA INICIAL DO PDV:... 6. Teclado Alfanumérico... 6. Status... 6. Link... 6. Pdv... 6. Op...

PDV UNICO... 5 MANUAL PARA USUÁRIO... 5 CAMPOS DA TELA INICIAL DO PDV:... 6. Teclado Alfanumérico... 6. Status... 6. Link... 6. Pdv... 6. Op... Sumário PDV UNICO... 5 MANUAL PARA USUÁRIO... 5 CAMPOS DA TELA INICIAL DO PDV:... 6 Teclado Alfanumérico... 6 Status... 6 Link... 6 Pdv... 6 Op... 7 Visor... 7 Opções... 7 OS PRINCIPAIS BOTÕES PRESENTES

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

INDÍCE 4. ATIVAÇÃO E FINALIZAÇÃO DO SITEF...84 ANEXO 1 - UTILITÁRIO EMULADOR 3270...96 ANEXO 2 - CONFIGURAÇÃO DAS REDES NO ROTEADOR DA CYCLADES...

INDÍCE 4. ATIVAÇÃO E FINALIZAÇÃO DO SITEF...84 ANEXO 1 - UTILITÁRIO EMULADOR 3270...96 ANEXO 2 - CONFIGURAÇÃO DAS REDES NO ROTEADOR DA CYCLADES... INDÍCE INTRODUÇÃO...2 1. O QUE É O SITEF?...3 1.1.CARACTERÍSTICAS DO SITEF...3 1.2. ARQUITETURA...5 2. COMO UTILIZAR O SITEF...7 2.1. AMBIENTE WINDOWS...7 2.2. REQUISITOS NECESSÁRIOS...8 2.3. CONFIGURANDO

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Manual de utilização do STA Web

Manual de utilização do STA Web Sistema de Transferência de Arquivos Manual de utilização do STA Web Versão 1.1.7 Sumário 1 Introdução... 3 2 Segurança... 3 2.1 Autorização de uso... 3 2.2 Acesso em homologação... 3 2.3 Tráfego seguro...

Leia mais

BackOffice do Lojista. Versão 1.24.1

BackOffice do Lojista. Versão 1.24.1 BackOffice do Lojista Versão 1.24.1 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Cinemática das transações... 4 2 BACKOFFICE... 5 2.1 Login... 5 2.2 Código da primeira conexão... 6 2.3 Dados de Acesso... 7 2.4 Plataforma...

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica 1. Arquitetura da Aplicação 1.1. O Banco Postal utiliza uma arquitetura cliente/servidor WEB em n camadas: 1.1.1. Camada de Apresentação estações de atendimento, nas

Leia mais

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE 1. Procedimentos de utilização pela empresa cliente... 01 2. Funcionalidades do WebSigom... 02 2.1. Cadastro... 03 2.2. Inserir um novo usuário... 03 2.3. Consultar os dados de

Leia mais

Grifon Alerta. Manual do Usuário

Grifon Alerta. Manual do Usuário Grifon Alerta Manual do Usuário Sumário Sobre a Grifon Brasil... 4 Recortes eletrônicos... 4 Grifon Alerta Cliente... 4 Visão Geral... 4 Instalação... 5 Pré-requisitos... 5 Passo a passo para a instalação...

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA 1 Sumário: 1. AR PDV...02 2. Registro / Login...03 3. Configuração...03 4. Abertura de Caixa...03 5. Registro de Vendas...04 a. Passos para Emissão do Cupom Fiscal...05 b. Inserindo Produtos...06 c. Formas

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Manual de Operaça o. Pit-Caixa. Versão 1.0

Manual de Operaça o. Pit-Caixa. Versão 1.0 Manual de Operaça o Pit-Caixa Versão 1.0 Sumário Iniciando o Programa... 3 Tela do Programa... 5 Menu Operador... 6 Abrir/Fechar Sessão... 6 Relatório Sessão... 8 Abrir Gaveta... 8 Efetuar Suprimento...

Leia mais

TOTVS Série 1 Varejo (Simples) - Módulo e-commerce

TOTVS Série 1 Varejo (Simples) - Módulo e-commerce Novo Módulo disponível no TOTVS S1 Varejo: permissão de utilização através de licença específica. Mesmo não adquirindo a licença de uso do módulo ele continuará presente na tela do usuário. 1 Na opção

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Uso

Manual de Instalação, Configuração e Uso Manual de Instalação, Configuração e Uso Este Manual destina-se ao usuário do sistema Smart Manager. É proibida a duplicação ou reprodução, no todo ou em parte, sob quaisquer formas ou qualquer meio, sem

Leia mais

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado INTERFACE E AMBIENTE Versão - 09/2007 Banrisul - INTERFACE E AMBIENTE 1 OBJETIVO O foi elaborado para apoiar a integração de Aplicativos de Automação Comercial

Leia mais

Página 1. Manual do Operador de Caixa

Página 1. Manual do Operador de Caixa Página 1 Manual do Operador de Caixa Página 2 Sumário Conhecendo a tela de abertura do sistema... 03 Tela principal do sistema... 05 Tela de consulta... 06 Inserir clientes na venda... 07 Funções especiais...

Leia mais

MicrovixPOS TEF dedicado e Impressoras Fiscais Homologadas

MicrovixPOS TEF dedicado e Impressoras Fiscais Homologadas MicrovixPOS TEF dedicado e Impressoras Fiscais Homologadas Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data Autor Descrição 13/06/2012 Rodrigo

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Manual Sistema WEB 1

Manual Sistema WEB 1 Manual Sistema WEB 1 APRESENTAÇÃO Nosso site na internet é o www.tercred.com.br onde apresentamos um pouco da nossa história, nossos produtos, a rede credenciada e outros serviços. Para acessar o Sistema

Leia mais

Solução Completa de Pagamento Eletrônico

Solução Completa de Pagamento Eletrônico Solução Completa de Pagamento Eletrônico Informações Gerais Leia antes de utilizar o software: É imprescindível a leitura deste material para o correto procedimento de administração deste produto. Revisão

Leia mais

Pré-autorização. Guia HOTÉIS

Pré-autorização. Guia HOTÉIS Guia HOTÉIS A pré-autorização é o produto ideal que garante o pagamento de reservas e despesas adicionais dos hóspedes. Ao realizar uma pré-autorização, o seu estabelecimento tem a segurança e a garantia

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

+ - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO. Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE

+ - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO. Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE + - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE De acordo com a Resol. 720/2014 Índice Capítulo I LM Gerenciador PDV NFC-E 1 - Executando o LM Gerenciador PDV NFC-E 2 Cadastros Capítulo

Leia mais

Manual para instalação e configuração do ambiente OFF-LINE de Testes de homologação do TEF Dedicado Daruma IP com Gerenciador Padrão

Manual para instalação e configuração do ambiente OFF-LINE de Testes de homologação do TEF Dedicado Daruma IP com Gerenciador Padrão Manual para instalação e configuração do ambiente OFF-LINE de Testes de homologação do TEF Dedicado Daruma IP com Gerenciador Padrão Aplicativo DTEF (OFF-LINE) Versão 1.0.0.9 Data: 06/10/2011 Pag. 1-35

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

TCEnet. Manual Técnico. Responsável Operacional das Entidades

TCEnet. Manual Técnico. Responsável Operacional das Entidades TCEnet Manual Técnico Responsável Operacional das Entidades 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Características... 3 3. Papéis dos Envolvidos... 3 4. Utilização do TCEnet... 4 4.1. Geração do e-tcenet... 4

Leia mais

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo BIN

Roteiro de Instalação e Configuração Módulo BIN Roteiro de Instalação e Configuração Módulo BIN Conteúdo 1. INTRODUÇÃO... 2 2. DESCRIÇÃO DO NEGÓCIO... 2 3. QUAL O TIPO DE CARTÃO... 2 4. PRÉ REQUISITOS... 2 5. INSTALAÇÃO DO MÓDULO... 3 6. COMPONENTES

Leia mais

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONFIGURAÇÕES BÁSICAS

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONFIGURAÇÕES BÁSICAS PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONFIGURAÇÕES BÁSICAS Acessando Global -> Configuração Básica, temos: Assistente de Configuração A funcionalidade principal do Assistente é configurar as informações básicas para

Leia mais

COPYRIGHT 2011 INTELECTA DISTRIBUIDORA DE TECNOLOGIA LTDA. Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil.

COPYRIGHT 2011 INTELECTA DISTRIBUIDORA DE TECNOLOGIA LTDA. Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil. COPYRIGHT 2011 INTELECTA DISTRIBUIDORA DE TECNOLOGIA LTDA. Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil. De acordo com as leis de Copyright, nenhuma parte desta publicação ou do software pode ser copiada,

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais