CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - AM Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2013.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - AM Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2013."

Transcrição

1 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO , , , ,17 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE , , , ,60 D CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA , , , ,57 D CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA , , , ,57 D BANCOS CONTA MOVIMENTO , , , ,80 D BANCOS APLICAÇÃO FINANCEIRA , , , ,77 D ADIANTAMENTOS DE SUPRIMENTO 0,00 300,00 300,00 0,00 D CRÉDITOS DE CURTO PRAZO , , , ,81 D CRÉDITOS A RECEBER , , , ,81 D CRÉDITOS DO EXERCÍCIO , , , ,53 D CRÉDITOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES , , , ,90 D PARCELAMENTO DE DÉBITOS , , , ,27 D PERDA ESTIM. C/ CRÉD. DE LIQUID. DUVID , ,43 0, ,89 C DEMAIS CRÉD. E VALORES DE CURTO PRAZO , , , ,69 D ADIANTAMENTOS CONC. A PESSOAL E A TERC , , , ,48 D ADIANTAMENTOS A PESSOAL ,05 0, , ,98 D ADIANTAMENTOS A TERCEIROS 915,37 0,00 915,37 0,00 D ADIANT. A PESSOAL C/VINC. ORÇAMENTÁRIA , , , ,50 D TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES A RECUPERAR ,46 553,75 0, ,21 D TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES A RECUPERAR ,46 553,75 0, ,21 D OUTROS CRÉDITOS E VALORES A RECEBER 3.036,00 0,00 0, ,00 D OUTROS CRÉDITOS E VALORES A RECEBER 3.036,00 0,00 0, ,00 D ESTOQUES ,45 0, , ,82 D ALMOXARIFADO ,45 0, , ,82 D ALMOXARIFADO ,45 0, , ,82 D VAR. DIMINUTIVAS PAGAS ANTECIPADAMENTE 6.912,07 0,00 628, ,71 D VAR. DIMINUTIVAS PAGAS ANTECIPADAMENTE 6.912,07 0,00 628, ,71 D VAR. DIMINUTIVAS PAGAS ANTECIPADAMENTE 6.912,07 0,00 628, ,71 D 1.2 ATIVO NÃO-CIRCULANTE , , , ,57 D ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO , , , ,30 D CRÉDITOS REALIZÁVEIS A LONGO PRAZO , , , ,30 D PARCELAMENTO DE DÉBITOS , , , ,35 D CRÉD EXERC. ANTERIORES NÃO EXECUTADOS , , , ,55 D DÍVIDA ATIVA EXECUTADA , , , ,34 D PERDA ESTIM. C/ CRÉD. DE LIQUID. DUVID ,72 0, , ,94 C INVESTIMENTOS, IMOBILIZADO E INTANGÍVEL ,99 0, , ,27 D INVESTIMENTOS 2.830,08 0,00 0, ,08 D INVESTIMENTOS 2.830,08 0,00 0, ,08 D IMOBILIZADO ,91 0, , ,19 D BENS MÓVEIS ,77 0,00 0, ,77 D BENS IMÓVEIS ,00 0,00 0, ,00 D DEPRECIAÇÃO ACUMULADA (-) ,86 0, , ,58 C

2 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL PASSIVO Pág. : 2

3 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL PASSIVO Pág. : 3 2 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO , , , ,58 C 2.1 PASSIVO CIRCULANTE , , , ,74 C OBRIG. TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS , , , ,70 C PESSOAL A PAGAR 0, , ,23 0,00 C PESSOAL A PAGAR 0, , ,23 0,00 C ENCARGOS SOCIAIS A PAGAR , , , ,70 C ENCARGOS SOCIAIS A PAGAR , , , ,70 C OBRIGAÇÕES DE CURTO PRAZO , , , ,63 C OBRIGAÇÕES DE CURTO PRAZO , , , ,63 C OBRIGAÇÕES FISCAIS DE CURTO PRAZO 413, , ,39 699,56 C DEPÓSITOS CONSIGNÁVEIS 7.141, , , ,90 C FORNECEDORES , , , ,17 C DEMAIS OBRIGAÇÕES DE CURTO PRAZO , , , ,80 C CONTAS A PAGAR , , , ,15 C CONTAS A PAGAR , , , ,15 C TRANSFERÊNCIAS LEGAIS 147, , ,32 565,82 C TRANSFERÊNCIAS LEGAIS 147, , ,32 565,82 C OUTRAS OBRIGAÇÕES ,51 249, , ,83 C OUTRAS OBRIGAÇÕES ,51 249, , ,83 C PROVISÕES DE CURTO PRAZO , , , ,61 C PROVISÕES TRABALHISTAS , , , ,79 C PROVISÕES TRABALHISTAS , , , ,79 C PROVISÃO P/RISCOS TRABALHISTAS E CÍVEIS 3.500,00 0,00 0, ,00 C PROVISÃO P/RISCOS TRABALHISTAS E CÍVEIS 3.500,00 0,00 0, ,00 C PROVISÃO DE COTA-PARTE , , , ,82 C PROVISÃO DE COTA-PARTE , , , ,82 C 2.3 PATRIMÔNIO LÍQUIDO ,84 0,00 0, ,84 C PATRIMÔNIO LÍQUIDO ,84 0,00 0, ,84 C PATRIMÔNIO SOCIAL ,84 0,00 0, ,84 C AJUSTES DE EXERCÍCIOS ANTERIORES ,69 0,00 0, ,69 D RESULTADOS ACUMULADOS ,53 0,00 0, ,53 C

4 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL VARIAÇÃO PATRIMONIAL DIMINUTIVA Pág. : 4 3 VARIAÇÃO PATRIMONIAL DIMINUTIVA , ,71 553, ,78 D 3.1 PESSOAL E ENCARGOS , ,66 0, ,27 D PESSOAL E ENCARGOS , ,66 0, ,27 D PESSOAL E ENCARGOS , ,66 0, ,27 D PESSOAL E ENCARGOS , ,66 0, ,27 D 3.3 USO DE BENS E SERVIÇOS , ,79 0, ,37 D USO DE BENS E SERVIÇOS , ,79 0, ,37 D USO DE BENS E SERVIÇOS , ,79 0, ,37 D USO DE BENS E SERVIÇOS , ,79 0, ,37 D 3.4 FINANCEIRAS , ,27 0, ,57 D FINANCEIRAS , ,27 0, ,57 D FINANCEIRAS , ,27 0, ,57 D FINANCEIRAS , ,27 0, ,57 D 3.5 TRANSFERÊNCIAS , ,00 0, ,00 D TRANSFERÊNCIAS , ,00 0, ,00 D TRANSFERÊNCIAS , ,00 0, ,00 D TRANSFERÊNCIAS , ,00 0, ,00 D 3.6 TRIBUTÁRIAS E CONTRIBUTIVAS , ,56 553, ,55 D TRIBUTÁRIAS E CONTRIBUTIVAS , ,56 553, ,55 D TRIBUTÁRIAS E CONTRIBUTIVAS , ,56 553, ,55 D TRIBUTÁRIAS E CONTRIBUTIVAS , ,56 553, ,55 D 3.7 DESVALORIZAÇÃO E PERDA DE ATIVOS , ,34 0, ,69 D DESVALORIZAÇÃO E PERDA DE ATIVOS , ,34 0, ,69 D DESVALORIZAÇÃO E PERDA DE ATIVOS , ,34 0, ,69 D DESVALORIZAÇÃO E PERDA DE ATIVOS , ,34 0, ,69 D 3.9 OUTRAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS DIMIN ,24 733,09 0, ,33 D OUTRAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS DIMIN ,24 733,09 0, ,33 D OUTRAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS DIMIN ,24 733,09 0, ,33 D OUTRAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS DIMIN ,24 733,09 0, ,33 D

5 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA Pág. : 5 4 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA ,26 0, , ,37 C 4.1 CONTRIBUIÇÕES ,55 0, , ,36 C CONTRIBUIÇÕES ,55 0, , ,36 C CONTRIBUIÇÕES ,55 0, , ,36 C CONTRIBUIÇÕES ,55 0, , ,36 C 4.2 EXPLORAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS ,17 0, , ,28 C EXPLORAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS ,17 0, , ,28 C EXPLORAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS ,17 0, , ,28 C EXPLORAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS ,17 0, , ,28 C 4.3 FINANCEIRAS ,20 0, , ,62 C FINANCEIRAS ,20 0, , ,62 C FINANCEIRAS ,20 0, , ,62 C FINANCEIRAS ,20 0, , ,62 C 4.4 TRANSFERÊNCIAS ,00 0,00 0, ,00 C TRANSFERÊNCIAS ,00 0,00 0, ,00 C TRANSFERÊNCIAS ,00 0,00 0, ,00 C TRANSFERÊNCIAS ,00 0,00 0, ,00 C 4.5 VALORIZAÇÃO E GANHOS COM ATIVOS 262,82 0,00 0,00 262,82 C VALORIZAÇÃO E GANHOS COM ATIVOS 262,82 0,00 0,00 262,82 C VALORIZAÇÃO E GANHOS COM ATIVOS 262,82 0,00 0,00 262,82 C VALORIZAÇÃO E GANHOS COM ATIVOS 262,82 0,00 0,00 262,82 C 4.9 OUTRAS VARIAÇÕES PATR. AUMENTATIVAS ,52 0, , ,29 C OUTRAS VARIAÇÕES PATR. AUMENTATIVAS ,52 0, , ,29 C OUTRAS VARIAÇÕES PATR. AUMENTATIVAS ,52 0, , ,29 C OUTRAS VARIAÇÕES PATR. AUMENTATIVAS ,52 0, , ,29 C

6 CONTROLE DE RESTOS A PAGAR Pág. : INSCRIÇÃO/CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 D INSCRIÇÃO/CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 D INSCRIÇÃO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 D INSCRIÇÃO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 D CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR ,00 0,00 0, ,00 C CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR ,00 0,00 0, ,00 C

7 CONTROLE DE RESTOS A PAGAR Pág. : EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 C EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 C EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR ,83 0,00 0, ,83 C RESTOS A PAGAR PROCESSADO A PAGAR ,99 0,00 0, ,99 C RESTOS A PAGAR PROCESSADO PAGO ,84 0,00 0, ,84 C

8 COMPENSAÇÕES Pág. : 8 7 CONTROLES DEVEDORES , , , ,78 D 7.1 ATOS POTENCIAIS ,60 0,00 0, ,60 D ATOS POTENCIAIS PASSIVOS ,60 0,00 0, ,60 D OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS ,60 0,00 0, ,60 D OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS ,60 0,00 0, ,60 D 7.2 DÍVIDA ATIVA , , , ,18 D DÍVIDA ATIVA , , , ,18 D CONTROLE DA DÍVIDA ATIVA , , , ,18 D CONTROLE DA INSC. DE CRÉD. EM DÍV. ATIVA , , , ,18 D

9 COMPENSAÇÕES Pág. : 9 8 CONTROLES CREDORES , , , ,78 C 8.1 EXECUÇÃO DOS ATOS POTENCIAIS , , , ,60 C ATOS POTENCIAIS PASSIVOS , , , ,60 C ATOS POTENCIAIS PASSIVOS A EXECUTAR , ,60 0, ,19 C OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS A EXECUTAR , ,60 0, ,19 C ATOS POTENCIAIS PASSIVOS EXECUTADOS 5.533,81 0, , ,41 C OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS EXECUTADAS 5.533,81 0, , ,41 C 8.2 EXECUÇÃO DA DÍVIDA ATIVA , , , ,18 C EXEC. DA INSC. DE CRÉD. EM DÍVIDA ATIVA , , , ,18 C CRÉD. INSC. EM DÍVIDA ATIVA A RECEBER , , , ,68 C ANUIDADES , , , ,94 C MULTAS , , , ,74 C CRÉDITOS INSC. EM DÍVIDA ATIVA RECEBIDOS ,94 0, , ,50 C ANUIDADES ,61 0, , ,48 C MULTAS ,33 0, , ,02 C

10 Resumo do Balancete Pág. : R E S U MO DO B A L A N C E T E ATIVO VARIAÇÃO PATRIMONIAL DIMINUTIVA PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA DIFERENÇA , , , ,37 0,00 ATOS POTENCIAIS PASSIVOS ,60

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - AM Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Novembro / 2013.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - AM Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Novembro / 2013. BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 4.974.118,17 507.672,45 596.145,95 4.885.644,67 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 3.266.926,60 426.700,41 515.432,99 3.178.194,02 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Março / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Março / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 1.543.261,71 238.294,47 513.920,19 1.267.635,99 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 693.440,20 144.392,35 429.891,01 407.941,54 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 91.806,07 71.672,46 44.422,16

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Agosto / 2014.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Agosto / 2014. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 11.172.775,88 871.577,67 961.321,07 11.083.032,48 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.814.378,58 747.062,86 843.500,48 4.717.940,96 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.590.302,48 441.011,53

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 1.267.635,99 199.024,16 243.515,58 1.223.144,57 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 407.941,54 177.708,38 222.564,32 363.085,60 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 119.056,37 76.325,59 56.861,51

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - SP Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2015. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - SP Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2015. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 6.962.923,94 955.075,63 999.851,97 6.918.147,60 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.575.224,25 286.194,78 341.306,07 2.520.112,96 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 998.084,67 206.815,23

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARANA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Novembro / 2016.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARANA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Novembro / 2016. ATIVO Pág. : 1 Anterior... Débito...... Crédito... 1 ATIVO 43.958.761,78 1.844.249,50 2.782.292,85 43.020.718,43 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 19.160.546,58 1.449.176,24 2.354.991,47 18.254.731,35 D 1.1.1 CAIXA

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2015.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2015. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 11.172.767,78 1.151.862,80 1.303.079,69 11.021.550,89 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.703.043,77 993.757,68 1.133.282,37 4.563.519,08 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.482.463,64

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2012. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2012. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 2.267.078,53 55.911,96 88.995,34 2.233.995,15 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 754.790,41 47.591,67 82.318,44 720.063,64 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 16.211,78 28.470,90 35.383,37

Leia mais

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.495.467,76 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.213.089,40 1.549.437,08

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.495.467,76 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.213.089,40 1.549.437,08 Pág. : 1 ATIVO 1 ATIVO 2.495.467,76 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.213.089,40 1.549.437,08 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 348.629,69 125.969,11 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 348.629,69

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público 1. Ativo 2. Passivo 1.1. Ativo Circulante 2.1. Passivo Circulante Bancos/Caixa (F) Obrigações em circulação pessoal a pagar (F) Créditos a receber (P) Dívida Ativa Provisões a curto prazo 13º salário (P)

Leia mais

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.442.880,41 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.144.421,39 1.549.437,08

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.442.880,41 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.144.421,39 1.549.437,08 Pág. : 1 ATIVO 1 ATIVO 2.442.880,41 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.144.421,39 1.549.437,08 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 361.818,48 125.969,11 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 361.818,48

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Fevereiro / 2015.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Fevereiro / 2015. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 16.096.043,30 2.339.232,09 2.364.930,98 16.070.344,41 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 11.467.890,04 2.266.367,32 2.286.853,21 11.447.404,15 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 7.374.705,51

Leia mais

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.225.971,91 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.936.427,45 1.549.437,08

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.225.971,91 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.936.427,45 1.549.437,08 Pág. : 1 ATIVO 1 ATIVO 2.225.971,91 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.936.427,45 1.549.437,08 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 255.562,12 125.969,11 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 255.562,12

Leia mais

FUNDAÇÃO DAS ESCOLAS UNIDAS DO PLANALTO CATARINENSE LAGES - SC BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE. Valores expressos em Reais ATIVO

FUNDAÇÃO DAS ESCOLAS UNIDAS DO PLANALTO CATARINENSE LAGES - SC BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE. Valores expressos em Reais ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO CIRCULANTE Notas 6.637.617 7.393.842 Disponibilidades 1.048.777 742.707 Créditos a receber de clientes 4.1 1.832.535 2.646.556 Créditos a receber - outros

Leia mais

Anexo 14 - BALANÇO PATRIMONIAL

Anexo 14 - BALANÇO PATRIMONIAL Página 1 de 3 CIRCULANTE 17.957.906,23 13.781.064,25 CIRCULANTE 2.918.670,71 3.459.718,41 Caixa e Equivalentes de Caixa 11.326.508,18 CRÉDITOS A CURTO PRAZO Clientes Crédito Tributário a Receber Dívida

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - BAHIA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - BAHIA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 9.636.699,15 6.183.906,04 6.058.627,85 9.761.977,34 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 5.510.723,89 5.458.792,41 5.105.727,80 5.863.788,50 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 1.816.495,94

Leia mais

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina BALANÇO PATRIMONIAL Em 31/12/2014 - Encerramento 9.817.136,65 40.159.587,34. Prazo 104.

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina BALANÇO PATRIMONIAL Em 31/12/2014 - Encerramento 9.817.136,65 40.159.587,34. Prazo 104. ATIVO PASSIVO Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa - Bancos Conta Movimento - Demais Contas Rede Bancária - Arrecadação Aplicações Financeiras de Liquidez Imediata - Intra OFSS Recursos Liberados

Leia mais

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO 100000000000 ATIVO 329.083,39 911.970,67 872.747,07 368.306,99 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 3.073,50 898.201,87 872.747,07 28.528,30 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 Balanço Financeiro Período: 01/01/2012 a 31/12/2012 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO Exercício Anterior

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE URUCARA

CÂMARA MUNICIPAL DE URUCARA JulhoPágina 1 de 6 100000000 02 ATIVO - 726.700,48 176.211,09 176.376,09 726.535,48 110000000 02 ATIVO CIRCULANTE - 20.757,34 176.211,09 176.376,09 20.592,34 111000000 02 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

Leia mais

CNPJ 47.902.648/0001-17. CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2015 (Em R$ Mil)

CNPJ 47.902.648/0001-17. CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2015 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2015 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 1.829 Fornecedores 58.422 Contas a Receber 238.880

Leia mais

Estado de Santa Catarina Tribunal de Contas de Santa Catarina EVENTOS c/c DÉBITO c/c CRÉDITO

Estado de Santa Catarina Tribunal de Contas de Santa Catarina EVENTOS c/c DÉBITO c/c CRÉDITO 001 Previsão orçamentária inicial da receita Estado de Santa Catarina 1 5.2.1.1.1.00.00 Previsão inicial da receita bruta 1 6.2.1.1.0.00.00 Receita a realizar 002 Previsão adicional da receita 1 5.2.1.2.1.XX.XX

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Ativo Circulante 1.149.479.180,77 989.839.743,43 Passivo Circulante 317.274.300,38 283.051.918,44 Caixa e Equiv. Caixa Moeda Nacional 800.954.874,69 676.326.925,34 Obrig.

Leia mais

Conta Descrição 30/06/2012 31/12/2011. 1 Ativo Total 13.041.716 13.025.168. 1.01 Ativo Circulante 955.080 893.603

Conta Descrição 30/06/2012 31/12/2011. 1 Ativo Total 13.041.716 13.025.168. 1.01 Ativo Circulante 955.080 893.603 Conta Descrição 0/06/0 //0 Ativo Total.0.76.05.68.0 Ativo Circulante 955.080 89.60.0.0 Caixa e Equivalentes de Caixa 5.8 7.9.0.0.0 Bens Numerários.0.0.0 Depósitos Bancários.69 6..0.0.0 Aplicações Financeiras.9.5.0.0

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - TOCANTINS Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2011.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - TOCANTINS Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2011. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 3.477.809,03 185.388,61 237.702,70 3.425.494,94 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.188.821,44 147.909,73 203.063,05 1.133.668,12 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 627.195,05 84.815,09

Leia mais

CREFITO/MT Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 9ª Região CNPJ: 00.577.473/0001-56

CREFITO/MT Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 9ª Região CNPJ: 00.577.473/0001-56 Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 9ª Região CNPJ: 00.577.473/0001-56 Balancete Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 1.474.008,93D 717.680,43 804.036,65 1.387.652,71D 1.1 - ATIVO

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO: MÊS DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c = (a-b)

Leia mais

CODIGO D E S C R I C A O SALDO ANTERIOR DEBITO CREDITO SALDO ATUAL

CODIGO D E S C R I C A O SALDO ANTERIOR DEBITO CREDITO SALDO ATUAL Cons. Reg. de Contabilidade do Estado SP Pagina: 1 1 ATIVO 204.379.312,75 D 23.202.808,18 25.377.464,14 202.204.656,79 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 58.962.341,22 D 19.810.014,49 21.723.866,59 57.048.489,12 D

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As orientações constantes deste manual devem ser observadas pelas Unidades Gestoras para encerramento do exercício,

Leia mais

EXERCÍCIO. Elaboração dos Demonstrativos Contábeis

EXERCÍCIO. Elaboração dos Demonstrativos Contábeis EXERCÍCIO Elaboração dos Demonstrativos Contábeis Considerando a Lei Orçamentária Aprovada para a Prefeitura de Belo Jardim para o exercício de X1, e os fatos contábeis ocorridos, lance os valores nos

Leia mais

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo 03698709/000109 Exercício: 2015 BALANCETEISOLADO EMPRESA MUNICIPAL DE TRANSPORTE URBANO EMTU (UG:5) Página 1 de 5 100000000 05 ATIVO 343.632,70 139.134,52 114.972,75 367.794,47 110000000 05 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

PLANO DE CONTAS - GÁS NATURAL

PLANO DE CONTAS - GÁS NATURAL 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.1.1 Disponibilidades 1.1.1.1 Caixa e Equivalentes de Caixa 1.1.1.1.01 Caixa 1.1.1.1.02 Depósitos Bancários em Moeda Nacional 1.1.1.1.03 Contas de Poupança 1.1.1.1.04 Numerários

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor PúblicoP. Tesouro Nacional

Plano de Contas Aplicado ao Setor PúblicoP. Tesouro Nacional Plano de Contas Aplicado ao Setor PúblicoP Tesouro Nacional 2009 A Estrutura de Plano de Contas no Mundo Plano de Contas do Reino Unido 1 Ativo 1.1 Ativo Fixo Intangível 1.3 Ativo Fixo Tangível 1.4 Equipamento

Leia mais

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA s s 100000000000 ATIVO 939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA

Leia mais

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL. FASF - Faculdade Sagrada Família - Curso de Administração - Disciplina Contabilidade Geral - 3º periodo

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL. FASF - Faculdade Sagrada Família - Curso de Administração - Disciplina Contabilidade Geral - 3º periodo ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL Introdução Já sabemos que o Patrimônio é objeto da contabilidade, na qual representa o conjunto de bens, diretos e obrigações. Esta definição é muito importante estar claro

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44 BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO ATIVO R$ CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44 Disponibilidades 1.222.288,96 946.849,34 Mensalidades a receber 4.704.565,74 4.433.742,86 Endosso para terceiros 1.094.384,84

Leia mais

CONTABILIDADE BÁSICA

CONTABILIDADE BÁSICA FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO CONTABILIDADE BÁSICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Conteúdo da Aula 5. UNIDADE V Grupo de contas do Balanço Patrimonial a. Conceito de curto e longo prazo na

Leia mais

CODIGO D E S C R I C A O SALDO ANTERIOR DEBITO CREDITO SALDO ATUAL

CODIGO D E S C R I C A O SALDO ANTERIOR DEBITO CREDITO SALDO ATUAL Cons. Reg. de Contabilidade do Estado SP Pagina: 1 Hora...: 10:12:15 Emissão: 15/09/15 1 ATIVO 193.896.669,68 D 18.009.577,65 21.306.909,29 190.599.338,04 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 47.872.616,86 D 13.988.605,35

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

DR - Empresa de Distribuição e Recepção de TV Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de

DR - Empresa de Distribuição e Recepção de TV Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

Implantação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP. A experiência do Estado do Rio Grande do Sul.

Implantação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP. A experiência do Estado do Rio Grande do Sul. Implantação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP. A experiência do Estado do Rio Grande do Sul. Público Alvo: Servidores de Prefeituras do Estado do Rio Grande do Sul que atuam na área contábil.

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 1. CONTEXTO OPERACIONAL O, criado pelo Decreto-Lei nº 9.295/46 publicado no Diário Oficial da União em 28/05/1946, com alterações

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO REFERENTES AOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais)

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO REFERENTES AOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais) DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO Adiantamento para futuro Capital Prejuízos aumento Explicativa n o social acumulados Subtotal de capital Total SALDO EM 01 DE DEZEMBRO DE 2010 255.719.100

Leia mais

CRP/PA Conselho Regional de Psicologia 10ª Região - Pa/Ap - CRP10 CNPJ: 37.115.540/0001-20

CRP/PA Conselho Regional de Psicologia 10ª Região - Pa/Ap - CRP10 CNPJ: 37.115.540/0001-20 Conselho Regional de Psicologia 10ª Região - Pa/Ap - CRP10 CNPJ: 37.115.540/0001-20 Balancete Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 723.347,50D 3.344.572,02 3.148.733,90 919.185,62D 1.1 - ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

A Contabilidade Aplicada ao Setor Público: Dimensão Patrimonial e Ambiente da Convergência

A Contabilidade Aplicada ao Setor Público: Dimensão Patrimonial e Ambiente da Convergência A Contabilidade Aplicada ao Setor Público: Dimensão Patrimonial e Ambiente da Convergência 1 Professor João Eudes Bezerra Filho ATIVO FINANCEIRO 305.000,00 PASSIVO FINANCEIRO 115.000,00 ATIVO FINANCEIRO

Leia mais

Aula 2 Contextualização

Aula 2 Contextualização Planejamento Financeiro Aula 2 Contextualização Profa. Claudia Abramczuk Definição da quantidade de capital para investimento Movimentações financeiras constituem o patrimônio da empresa O bom planejamento

Leia mais

ATIVO Notas 2009 2008

ATIVO Notas 2009 2008 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO Notas 2009 2008 CIRCULANTE Caixa e bancos 20.723 188.196 Contas a receber 4 903.098 806.697 Outras contas a receber 5 121.908 115.578 Estoques 11.805 7.673

Leia mais

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de março a março Anexo TC-01

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de março a março Anexo TC-01 Balancete do Sistema Orçamentário no Período de março a março 1. 1.1. 1.1.1. 1.1.1.1. 1.1.1.1.1. 1.1.1.1.1.19. 1.1.1.1.1.19.02. 1.1.1.1.1.19.04. 1.1.3. 1.1.3.8. 1.1.3.8.1. 1.1.3.8.1.08. 1.1.3.8.1.09. 1.1.5.

Leia mais

PLANO DE CONTAS ATIVO - CONTAS DEVEDORAS PASSIVO - CONTAS CREDORAS DESPESAS - CONTAS DEVEDORAS RECEITAS - CONTAS CREDORAS APURAÇÃO DE RESULTADO

PLANO DE CONTAS ATIVO - CONTAS DEVEDORAS PASSIVO - CONTAS CREDORAS DESPESAS - CONTAS DEVEDORAS RECEITAS - CONTAS CREDORAS APURAÇÃO DE RESULTADO PLANO DE CONTAS O plano de Contas normalmente é composto de cinco grupos. ATIVO - CONTAS DEVEDORAS PASSIVO - CONTAS CREDORAS DESPESAS - CONTAS DEVEDORAS RECEITAS - CONTAS CREDORAS APURAÇÃO DE RESULTADO

Leia mais

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO SECRETARIA DA FAZENDA BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 Receita Despesa ORÇAMENTÁRIA (1) ORÇAMENTÁRIA (5) Receitas Orçamentárias Despesas

Leia mais

RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a)

RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a) FUNDACAO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUI BALANÇO ORÇAMENTÁRIO Exercício 2015 RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a) RECEITAS CORRENTES 4.639.895,29

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Setembro / 2017.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Setembro / 2017. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 11.531.870,03 1.241.207,81 1.419.013,18 11.354.064,66 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 5.354.988,08 1.041.636,21 1.207.884,48 5.188.739,81 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 3.196.300,07

Leia mais

Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 008/2013

Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 008/2013 Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 008/2013 Brasília-DF Dezembro/2013 INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 008/2013 Assunto: Orientação

Leia mais

Balanço Patrimonial. Janeiro à Novembro de 2014 - Anexo 14, da Lei 4.320/64. Exercício Anterior

Balanço Patrimonial. Janeiro à Novembro de 2014 - Anexo 14, da Lei 4.320/64. Exercício Anterior Página 1 de 5 CIRCULANTE 3.458.065,56 1.875.217,00 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.816.152,90 1.000.561,87 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 2.816.152,90 1.000.561,87 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I

GESTÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I GESTÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I BALANÇO PATRIMONIAL 2 CONCEITO É a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, o Patrimônio e o Patrimônio Líquido

Leia mais

4. O balancete de verificação de uma certa empresa apresentava os seguintes saldos em 31.12.x1: $ 4.500 $ 2.750 $ 800 $ 4.250

4. O balancete de verificação de uma certa empresa apresentava os seguintes saldos em 31.12.x1: $ 4.500 $ 2.750 $ 800 $ 4.250 MÚLTIPLA ESCOLHA 1 Não integra o Ativo: a contas representativas de origem dos recursos b contas com saldo devedor c contas representativas de bens d contas representativas de direitos e capital fixo e

Leia mais

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06 Balancete Período: 01/05/2015 a 31/05/2015 Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 660.339,65D 383.449,46 379.045,53 664.743,58D

Leia mais

37.899.634,30 PASSIVO CIRCULANTE CRÉDITOS DE TRANSFERÊNCIAS A RECEBER EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTO CONCEDIDOS

37.899.634,30 PASSIVO CIRCULANTE CRÉDITOS DE TRANSFERÊNCIAS A RECEBER EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTO CONCEDIDOS MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS Balanço Financeiro Anexo 1 (Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público MCASP)Portaria STN nº 37/2012 5a edição BALANÇO GERAL DO EXERCICIO DE 201 PERÍODO(MÊS)

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ENCERRADAS EM 31/12/2014

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ENCERRADAS EM 31/12/2014 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ENCERRADAS EM 31/12/2014 1. CONTEXTO OPERACIONAL O Conselho Regional de Psicologia 7ª Região CRPRS, criado pela Lei 5.766/71, constitui uma Autarquia Federal

Leia mais

Índice do diário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE RIBEIRA DO AMPARO, em 16 de abril de 2014. TETIANA DE PAULA FONTES CEDRO BRITTO.

Índice do diário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE RIBEIRA DO AMPARO, em 16 de abril de 2014. TETIANA DE PAULA FONTES CEDRO BRITTO. Diário Oficial Ano: 2 Edição: 231 Páginas: 40 Atos Oficiais Decreto - Nº 0532/2014 Portaria - Nº 0054/2014 Contas Públicas Balanço Orçamentário - BALANÇO Índice do diário Atos Oficiais Decreto Nº 0532/2014

Leia mais

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa V Pagamento de fornecedores Retenção de IRF sobre serviços Retenção de IRF sobre salários Pró-labore Integralização de capital em dinheiro Integralização de capital em bens Depreciação ICMS sobre vendas

Leia mais

Código Grau Título Legenda 1 Ativo. 1.1.1 Caixa e Equivalentes de Caixa (A)

Código Grau Título Legenda 1 Ativo. 1.1.1 Caixa e Equivalentes de Caixa (A) 6. PLANO DE CONTAS É apresentada abaixo a estrutura do Plano de Contas elaborada para o Manual de Contabilidade do Serviço Público de Exploração da Infraestrutura Rodoviária Federal. Legenda: (A) Rubrica

Leia mais

Programas de Auditoria para Contas do Passivo

Programas de Auditoria para Contas do Passivo Programas de Auditoria para Contas do Passivo ATIVO CIRCULANTE Auditoria Contábil PASSIVO E PATRIMÔMIO LÍQUIDO CIRCULANTE Caixa, Bancos e Aplicações Financeiras Contas a Receber Estoques Impostos a Recuperar

Leia mais

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE E AUDITORIA PÚBLICA - SICAP/CONTÁBIL ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público Portaria Conjunta STN/SOF nº 02/2012 Portaria STN nº 437/2012

Leia mais

Conta Descrição (em R$ mil) 31/03/2011 31/12/2010. 1 Ativo Total 13.623.774 13.422.948. 1.01 Ativo Circulante 1.403.533 1.180.328

Conta Descrição (em R$ mil) 31/03/2011 31/12/2010. 1 Ativo Total 13.623.774 13.422.948. 1.01 Ativo Circulante 1.403.533 1.180.328 Conta Descrição (em R$ mil) /0/0 //00 Ativo Total.6.77..98.0 Ativo Circulante.0.5.80.8.0.0 Caixa e Equivalentes de Caixa 69.7 8.657.0.0.0 Bens Numerários.0 05.0.0.0 Depósitos Bancários.07.57.0.0.0 Aplicações

Leia mais

Análise Financeira. Universidade do Porto Faculdade de Engenharia Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Economia e Gestão

Análise Financeira. Universidade do Porto Faculdade de Engenharia Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Economia e Gestão Análise Financeira Universidade do Porto Faculdade de Engenharia Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Economia e Gestão Introdução Objectivos gerais avaliar e interpretar a

Leia mais

C N C. Indice 11 - CÓDIGO DE CONTAS CLASSE 1 - DISPONIBILIDADES 11 - CÓDIGO DE CONTAS... 1

C N C. Indice 11 - CÓDIGO DE CONTAS CLASSE 1 - DISPONIBILIDADES 11 - CÓDIGO DE CONTAS... 1 Indice 11 - CÓDIGO DE CONTAS... 1 CLASSE 1 - DISPONIBILIDADES... 1 CLASSE 2 - TERCEIROS*... 2 CLASSE 3 - EXISTÊNCIAS*... 4 CLASSE 4 - IMOBILIZAÇÕES*... 5 CLASSE 5 - CAPITAL, RESERVAS E RESULTADOS TRANSITADOS...

Leia mais

Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Contabilistas e Corretores de Seguros da Grande Belo Horizonte Ltda. SICOOB CREDITÁBIL

Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Contabilistas e Corretores de Seguros da Grande Belo Horizonte Ltda. SICOOB CREDITÁBIL BALANÇOS PATRIMONIAIS PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DEZEMBRO DE 2015 E 2014 A T I V O 31/12/2015 31/12/2014 Circulante 16.397.472,20 12.860.303,16 Disponibilidades 290.217,28 156.007,88 Relações Interfinanceiras

Leia mais

TCE-TCE Auditoria Governamental

TCE-TCE Auditoria Governamental TCE-TCE Auditoria Governamental Pessoal, vou comentar as questões da prova. 61. Considere as informações extraídas do Balanço Orçamentário, referentes ao exercício financeiro de 2014, de uma entidade pública:

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2015 (Em Reais)

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2015 (Em Reais) NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2015 (Em Reais) 1. CONTEXTO OPERACIONAL O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, Autarquia Federal nos termos da

Leia mais

10. Balanço Patrimonial. 10.1 Plano de Contas

10. Balanço Patrimonial. 10.1 Plano de Contas 10. Balanço Patrimonial 10.1 Plano de Contas É um elemento sistematizado e metódico de todas as contas movimentadas por uma empresa. Cada empresa deverá ter seu próprio plano de contas de acordo com suas

Leia mais

Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 005/2012

Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 005/2012 Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 005/2012 Brasília-DF Dezembro/2012 INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 005/2012 Processo CFC n.º 2012/000258

Leia mais

0001 CNPJ: Código T Classificação Nome

0001 CNPJ: Código T Classificação Nome 000..678/000-9 S ATIVO S. ATIVO CIRCULANTE S.. DISPONIVEL S...0 CAIXA...0.00 CAIXA GERAL 6...0.00 FUNDO FIXO DE CAIXA 7 S...0 BANCOS CONTA MOVIMENTO 8...0.00 BANCO DO BRASIL 9...0.00 CAIXA ECONOMICA FEDERAL

Leia mais

Esc 90 Telecomunicações Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Junho de 2010 para fins de incorporação

Esc 90 Telecomunicações Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Junho de 2010 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Junho de 2010 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo sob

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO (MÊS) : DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c

Leia mais

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25.

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25. 1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.217.589,73D 1.245.340,55D Atual1/8 ATIVO CIRCULANTE 588.962,97D 151.410,23D 194.301,54 188.047,63 166.550,72 160.296,81 616.713,79D 1.1.1.1.1.50.99

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Maio / 2017.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Maio / 2017. ATIVO Pág. : 1 Anterior... Débito...... Crédito... 1 ATIVO 11.823.854,34 1.630.291,01 1.637.970,85 11.816.174,50 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 5.604.644,35 1.384.037,39 1.378.057,03 5.610.624,71 D 1.1.1 CAIXA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA GRANDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA GRANDE PERIODO DE: Janeiro A T I V O S P A S S I V O Exercicio Exercicio Exercicio Exercicio E s p e c i f i c a c a o Atual Anterior E s p e c i f i c a c a o Atual Anterior ATIVO CIRCULANTE 2.668.911,71 1954.150,39PASSIVO

Leia mais

Net São José do Rio Preto Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de incorporação

Net São José do Rio Preto Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PÁGINA: 1 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO - 2005 ANEXO 14 ATIVO ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL 450.323.096,72 CAIXA 47.294,31 BANCOS CONTA MOVIMENTO 210.194.091,20

Leia mais

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL Introdução Já sabemos que o Patrimônio é objeto da contabilidade, na qual representa o conjunto de bens, diretos e obrigações. Esta definição é muito importante estar claro

Leia mais

SANTA CATARINA 1.1.2.1.9.99.00.00.00.0847 (49280) F CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/POUPANÇA 16.290,65D 81,45 0,00

SANTA CATARINA 1.1.2.1.9.99.00.00.00.0847 (49280) F CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/POUPANÇA 16.290,65D 81,45 0,00 Saldo Atual Agosto 1/11 1 ATIVO CIRCULANTE 52.433.883,22D 8.025.234,70D 6.219.762,87 1.993.560,05 4.801.778,99 1.596.845,70 53.851.867,10D DISPONÍVEL EM MOEDA NACIONAL 4.671.088,56D 1.020.406,80 8.421.949,05D

Leia mais

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro Segundo o MCASP, o é a demonstração contábil que evidencia, qualitativa e quantitativamente, a situação patrimonial da entidade pública, por meio de contas representativas do patrimônio público, além das

Leia mais

CONCEITO BALANÇO PATRIMONIAL 24/8/2012. Renato Tognere Ferron

CONCEITO BALANÇO PATRIMONIAL 24/8/2012. Renato Tognere Ferron BALANÇO PATRIMONIAL Renato Tognere Ferron CONCEITO É a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, o Patrimônio e o Patrimônio Líquido da Entidade.

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Fonte: Apresentação da Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT do Tesouro Nacional Última Atualização: 14/09/2009 1 Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor

Leia mais

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro Anexo TC-01

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro Anexo TC-01 Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro 1. 1.1. 1.1.1. 1.1.1.1. 1.1.1.1.1. 1.1.1.1.1.19. 1.1.1.1.1.19.02. 1.1.1.1.1.19.04. 1.1.3. 1.1.3.8. 1.1.3.8.1. 1.1.3.8.1.08. 1.1.3.8.1.09.

Leia mais

CRESS/MA - 2ª Região Conselho Regional de Serviço Social/MA CNPJ: 06.042.030/0001-47

CRESS/MA - 2ª Região Conselho Regional de Serviço Social/MA CNPJ: 06.042.030/0001-47 Conselho Regional de Serviço Social/MA CNPJ: 06.042.030/0001-47 Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA CRÉDITOS A CURTO PRAZO PASSIVO CIRCULANTE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS,

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 6. Apresentação. Demonstração do Balanço Patrimonial. Demonstração dos Fluxos de Caixa. Necessidade e Função

Contabilidade Pública. Aula 6. Apresentação. Demonstração do Balanço Patrimonial. Demonstração dos Fluxos de Caixa. Necessidade e Função Contabilidade Pública Aula 6 Apresentação Prof. Me. Adilson Lombardo Demonstração do Balanço Patrimonial Necessidade e Função Demonstração dos Fluxos de Caixa Demonstração do Resultado Econômico Contextualização

Leia mais

LMPG Auditores e Consultores

LMPG Auditores e Consultores LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA FINS DE SUPORTAR PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GALVÃO ENGENHARIA S.A. Em 29 de maio de 2015 MAIO DE 2015 Rua México, nº 11 13º andar Rio de Janeiro RJ Brasil

Leia mais

Contabilidade Decifrada. Módulo III - Demonstrações Luiz Eduardo

Contabilidade Decifrada. Módulo III - Demonstrações Luiz Eduardo Contabilidade Decifrada Módulo III - Demonstrações Luiz Eduardo Demonstrações Contábeis - balanço patrimonial; - demonstração do resultado do exercício; e, - demonstração de lucros ou prejuízos acumulados.

Leia mais

5 Análise do Balanço Patrimonial

5 Análise do Balanço Patrimonial 5 Análise do Balanço Patrimonial Essa análise tem por finalidade confrontar os dados e valores que constituem o Balanço Patrimonial correspondente ao exercício de 2002, com os do mesmo período de 2001,

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO. Aracaju - SE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O CIRCULANTE 160.805.445 138.417.

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO. Aracaju - SE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O CIRCULANTE 160.805.445 138.417. BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O 2008 2007 CIRCULANTE 160.805.445 138.417.550 DISPONIBILIDADES 19.838.758 6.355.931 Caixa e bancos 2.931.388 3.021.874 Aplicações de liquidez imediata 16.907.370

Leia mais

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC.

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC. 1 ANEXO III - PT/MPS Nº 95, DE 06 DE MARÇO DE 2007 DOU DE 07.03.07 MODELOS E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS SÃO AS EXTRAÍDAS DOS LIVROS, REGISTROS E

Leia mais

ATIVIDADE ESTRUTURADA

ATIVIDADE ESTRUTURADA ATIVIDADE ESTRUTURADA Disciplina: Análise das Demonstrações Financeiras Curso: Administração Prof.: Marcelo Valverde Período: 5º Pontos: de 0 a 2,0p AV1 Pede-se: 1) A análise financeira se utiliza de dois

Leia mais

Net Sorocaba Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 para fins de incorporação

Net Sorocaba Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

Tabela de Fatos - DCA 2014

Tabela de Fatos - DCA 2014 Tabela de Fatos - DCA 2014 Element siconfi-cor:p1.0.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.1.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.2.00.00

Leia mais

Um sistema que valoriza a Contabilidade e o seu objeto, o Patrimônio.

Um sistema que valoriza a Contabilidade e o seu objeto, o Patrimônio. Um sistema que valoriza a Contabilidade e o seu objeto, o Patrimônio. O FIPLAN e a nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público Plano de Contas Aplicado

Leia mais

11 MODELO DE PLANO DE CONTAS

11 MODELO DE PLANO DE CONTAS 11 MODELO DE PLANO DE CONTAS Apresentamos a seguir uma sugestão de plano de contas, para as empresas de construção civil, utilizável também por aquelas que trabalham com obras por empreitada MODELO DE

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.409/12. Aprova a ITG 2002 Entidade sem Finalidade de Lucros.

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.409/12. Aprova a ITG 2002 Entidade sem Finalidade de Lucros. RESOLUÇÃO CFC N.º 1.409/12 Aprova a ITG 2002 Entidade sem Finalidade de Lucros. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais e com fundamento no disposto na

Leia mais