ATA Nº 20/ REUNIÃO ORDINÁRIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATA Nº 20/2014 - REUNIÃO ORDINÁRIA"

Transcrição

1 ATA Nº 20/ REUNIÃO ORDINÁRIA Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Marcelino Ramos, realizada no dia 1º de setembro de 2014, às 19:00 horas, na Sala de Sessões, na Praça Padre Basso, junto ao Prédio da Prefeitura Municipal. Ao 1º (primeiro) dia do mês de setembro de 2014, às 19:00 horas, na Sala de Sessões, neste município de Marcelino Ramos, realizou-se a Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores, presidida pelo Senhor Presidente ANTONIO CARLOS GOMES DOS SANTOS, com a presença dos seguintes Senhores Vereadores: ADEMIR ANTONINHO MOMO, ANTONIO CARLOS GOMES DOS SANTOS, AQUILES CESARI, GILMAR DUTRA RIBEIRO, RODRIGO VECCHI, RUDI DREHER, RUY CARLOS FERRI, SÉRGIO ALEXANDRI e SERGIO ANTONIO BEAL. Abrindo a sessão, o Presidente ANTONIO CARLOS GOMES DOS SANTOS cumprimentou os vereadores e os assistentes, agradeceu a presença de todos e deu início a primeira parte da reunião onde será apreciada a prestação de contas do Poder Executivo (Exercício 2011), conforme combinado com vereadores na Ata n 18/2014. O Presidente solicitou a leitura do Parecer nº do TCE/RS e na sequência, do Parecer e Ata do Parecer da CUP sobre o Parecer Prévio do TCE/RS. Após a leitura dos pareceres, o Presidente solicitou a leitura do Projeto de Decreto Legislativo nº 002/2014. Após a leitura, o Presidente deixou o espaço livre aos vereadores para discussões sobre a Prestação de Contas Exercício O vereador Aquiles Cesari disse: " Me manifestei nesse relatório juntamente com os meus colegas, onde a gente buscou recursos aí pra que a gente pudesse fazer esse relatório, trabalhando em cima do que a gente conhece da Administração, conheceu a Administração de Paulo Fernando Tápia, onde eu fui vereador em 2011, assumindo como suplente, assumindo essa Casa e trabalhei nesse ano, então a gente teve o trabalho de buscar recursos para poder dar esse parecer e fazer com que a gente pudesse ver e dizer da maneira como o nosso Ex-Prefeito teve seus dois mandatos e a gente pôde trabalhar como toda comunidade, trabalhou junto, por isso dei esse parecer contrário ao Tribunal e favorável ao Ex-Prefeito Paulo Fernando Tápia, seria isso, muito obrigado." O vereador Sergio Antonio Beal disse: " Estamos aqui discutindo então a prestação de contas do Ex-Prefeito, ao qual temos um parecer do Tribunal de Contas do Estado rejeitando e gostaria de falar pra vocês que o Tribunal de Contas, que julga as contas do Prefeito, são pessoas qualificadas, pessoas treinadas, pessoas que recebem e não é pouco, para julgar as contas dos prefeitos, aqui nós temos seis pessoas do Tribunal de Contas, o Conselheiro Cezar Miola foi pela rejeição, o Conselheiro Pedro Henrique Poli de Figueiredo, o relator pela rejeição, o Conselheiro Marco Antonio Lopes Peixoto pela rejeição, Conselheiro Iradir Pietroski pela rejeição, o Conselheiro Estilac Martins Rodrigues Xavier pela rejeição e também o Procurador Geral substituto do Ministério Público junto a este Tribunal, Dr. Ângelo Gräbin Borghetti, seis a zero peça rejeição, como vereador, fiscal da população, que esse é o papel do vereador, fiscalizar e legislar para o bem do município, defender aqui nesta Casa os interesses do povo, o vereador é eleito para defender a população e não para defender uma Administração, o vereador após eleito ele não tem mais sigla partidária e nem amores políticos, ele tem o compromisso de ética e moral com a comunidade, eu deixo bem claro aqui, não tenho nada nem pessoal e nem político contra o Ex- Prefeito, mas eu tenho um parecer aqui do Tribunal de Contas, seis a zero, ao qual eu acho que eu não 1

2 estaria agindo justo se eu votasse contra, pois se o Ex-Prefeito não é culpado, que era o gestor, quem é o culpado, nós devemos lembrar que a política está muito desacreditada, quando a gente liga a TV, vê casos como o 'mensalão', que acabam virando em pizza, eu acho que nós como políticos temos sim um compromisso de moral e ética, não estou aqui nem pra condenar e nem pra inocentar ninguém, mas muito mais essas pessoas que julgam, que entendem mais que nós vereadores, então o gestor ele tem um compromisso e ele é responsável pela gestão e tem de responder pelos seus atos,se eu errar nesta Casa, terei que responder pelos meus atos perante a comunidade, estarei disposto a fazer isso, quando a gente entra na vida pública temos um compromisso a prestar com a nossa população e se por ventura cometermos erros, temos que arcar com a consequência, então senhores, o meu voto é pelo Parecer do Tribunal de Contas do Estado, muito obrigado, seria isso." O vereador Sergio Alexandri disse: " Quero voltar um pouquinho atrás Sr. Presidente, exatamente no dia 03 de outubro de 2011, o qual eu era o relator da CUP e que participei também do julgamento do processo da prestação de contas, então eu escrevi assim, em atenção a determinação e cumprimento como relator dessa Comissão Única de Pareceres, em referência ao Parecer do Tribunal de Contas, detalho, em entendimento a análise auditada pelo Tribunal de Contas referente ao ano 2009, o qual estabelece imputação de multa sobre irregularidades constantes no parecer prévio do TCE, com base no exposto, relativamente ao caso em foco sou de parecer que se aprove o Parecer pela aprovação das Contas do Prefeito, só tinha multas, Presidente Gilmar Dutra Ribeiro, vereador Momo era membro da CUP em Em 2010, o relator Valdecir Venturin, Presidente o Momo, membro Gilmar Dutra Ribeiro, o relator diz que em 2010 o parecer prévio decide pela aprovação das contas com ressalvas apontadas, imputação de multa administrativa e alerta ao Executivo para evitar reincidência das situações apontadas, essa situação que está hoje o parecer ouvintes, não vem de hoje, não foi o ano passado, já vem de 2009 pra cá, nós já estamos enfrentando essa situação há anos e digo aos senhores, 2012 será bem pior que essa, já tenho conhecimento que será o dobro, a multa imputada hoje ao Prefeito Municipal, a multa, é de mil quinhentos e oitenta e oito e ele tem que devolver aos cofres públicos esse valor que não é atual, vinte e cinco mil e setenta e cinco centavos, então quer dizer que nós somos superiores ao Tribunal de Contas, será que nós entendemos mais que o Tribunal de Contas para dar um parecer favorável ao Executivo, estaremos contribuindo para, não começar, mas que continue as malandragens, as falcatruas, enfim, todas as irregularidades possíveis, mais fico indignado ainda de ver um parecer, vereador Aquiles Cesari que é o relator, quatro páginas e meia para fazer um parecer e ainda por cima vir a dizer que no apontamento que trata o pagamento do ISSQN sem a devida imposição de multa e juros nos valores cobrados, salientamos, não é o Prefeito Paulo Fernando Tapia que emite guias para a cobrança de tributos, logicamente que não é, mas logicamente que ele é o Chefe do Executivo, não é o Prefeito que calcula os tributos, as multas e os juros quando devidos, mas quem que não sabe isso aqui minha gente, mas ele é o Chefe, ele é o mandante, ele manda na Prefeitura, pra exemplificar, o Prefeito não tem como saber quando o setor tributário lança os valores para cobrança de qualquer tributo, quer seja IPTU, ISSQN, ITBI e taxas de serviços e seus prazos, poxa vida, a gente fica as vezes com vergonha de ter que admitir, se for aprovado, situações como essa, nós como vereadores, o qual defendemos e ainda por sorte representamos a nossa população, todos nós nove estamos aqui com uma parcela de contribuição da população que nos colocou aqui, se não fosse a população que nos colocasse aqui Sr. Presidente, nos não seríamos nada, nós não teríamos nada a discutir, por isso meu voto será contrário ao parecer da CUP e sim ao parecer do Tribunal de Contas, não e possível que nosso município vai ir pra história Sr. Presidente, será uma das maiores coisa que nós vimos no município, a aprovação das contas irregulares do Executivo 2011, como já foi dito, não é uma questão de sigla partidária, é questão 2

3 de honestidade, onde está a honestidade, a moral, a ética de nós vereadores, será que existe moral, ética e bons costumes dessa Casa Sr. Presidente, de nós vereadores, eu faço um apelo a todos nós vereadores, será que amanhã nós teremos condições Sr. Presidente de sair na rua e dizer bom dia para as pessoas que irão nos cobrar, eu amanhã sou capaz de não sair de casa para não ter que ouvir como já ouvimos durante toda semana, peço ao vereador Du, vereador Serginho, vereador Rodrigo e eu, somos parceiros, somos oposição ou não, se nós somos oposição teremos de fazer o nosso voto com justiça, não é um voto partidário e sim justiça pela moral, pela ética e pelos bons costumes, seria isso Sr. Presidente." O Presidente pediu ordem aos assistentes do Plenário. O vereador Ademir Antoninho Momo disse: " Todos nós creio eu, os colegas, a população de Marcelino Ramos conhece muito bem o Ex-Prefeito Paulo Fernando Tápia, o seu modo de administrar, o seu jeito de trabalhar, o trabalho que ele prestou nesses oito anos de Administração Pública para o nosso município, uma pessoa de muito trabalho, uma pessoa honesta, uma pessoa que a gente acompanhava, seis horas da manhã ele estava lá em cima na garagem juntamente com o seu Secretário para encaminhar os trabalhos e muitas e muitas vezes eu acompanhei ele e até chamei a atenção dele, ele indo a Porto Alegre, saindo de madrugada e voltando no mesmo dia para estar aqui no município de volta trabalhando pelo bem dos munícipes, portanto eu vou ser bem breve, todos nós, repito, conhecemos muito bem o Ex-Prefeito Paulo Fernando Tapia, por isso eu li todo o parecer do Tribunal de Contas e não vi glosa nenhuma que o Prefeito Paulo Fernando Tapia é culpado sobre os apontamentos do Tribunal de Contas, o relator explicou muito bem, colocou muito bem no seu parecer todos os apontamentos, por isso senhores, eu peço aos vereadores, cada um é livre, vote, como achar melhor, mas eu aqui quero dizer que sou, meu voto é contrário ao parecer do Tribunal de Contas e voto favorável por absolver o Ex-Prefeito Paulo Fernando Tapia, era isso Sr. Presidente." O vereador Gilmar Dutra Ribeiro disse: " Essa matéria hoje discutida aqui já foi muito debatida em nossa comunidade, aonde a população de maneira geral ou absolve ou põe a culpa em cima do Prefeito Paulo Tapia, mas o que nós estamos discutindo aqui hoje, o que muitos também falam e nem sabem o que estão falando, muito fácil falar de vez em quando, falar em moral, falar em ética, mas o que as pessoas tem que ter na realidade é reconhecimento pelo trabalho dos outros, é ver e poder votar ou fazer qualquer coisa sem ter uma maldade muitas vezes, que é inadmissível, eu faço a minha política, que é pelo bem, venho de uma família aonde temos feito assim e pelo que nós temos colhido é um meio que dá certo, a política do bem, a política do reconhecimento, muito importante colega Ruy que nós possamos reconhecer a amizade das pessoas, reconhecer o trabalho, reconhecer muitas vezes até um favor que lhe é feito, porque coisa mais feia que pode existir no mundo é a ingratidão, então com referência a esta matéria de hoje, é bom deixar bem claro aqui a nossa população que o que se vota aqui hoje é a questão de se o Prefeito Paulo Tápia poderá ou não poderá futuramente concorrer a uma eleição e é isso que muita gente não quer, muita gente quer a eliminação dessa pessoa dos quadros ou de alguma eleição aqui em Marcelino Ramos e eu não vejo o porque ter esse medo, até porque os tempos mudam, hoje temos aí o exemplo do nosso país que as pessoas não vão atrás de partido enfim, o parecer do Tribunal de Contas, como bem diz, é um parecer e se fosse uma coisa definitiva, não teria porque nós estarmos aqui discutindo esse parecer que vem apontar algumas irregularidades do âmbito administrativo, mas como bem analisado todo o processo e analisando o que a CUP colocou, não dá pra apontar aqui nesse processo, a culpabilidade direta do Prefeito Municipal, somos críticos desde o Governo Paulo até o Governo Juliano de como funciona o nosso município, somos contra qualquer tipo de perseguição aqui no nosso município e qualquer tipo de não atendimento ao cidadão, não compactuamos com isso, agora, por causa disso não devemos pautar a decisão nesse sentido, então quero deixar bem claro aos ouvintes que nos acompanham, o que se 3

4 questiona aqui hoje é se o Prefeito Paulo Tapia poderá ou não concorrer futuras eleições, porque nesse parecer do Tribunal de Contas, se houver crimes apontados aqui, o Tribunal de contas já deve ter inclusive encaminhado ao Procurador Geral de Justiça e esse tomado as devidas providências para o processo cabível, questão de multa, se existir, ou glosa, também não passa aqui por esta Casa, vai ter que ser paga, inclusive já existe um título executivo nesse sentido, então hoje a votação aqui é votação política e usando desse meio político eu vou votar conscientemente, com tranquilidade, sabendo que vou agradar alguns, vou desagradar outros, mas esse aí é o grande ônus do político e nós precisamos ter posição, e essa votação poderia ser secreta e a meu pedido ela não é secreta porque nós temos que deixar bem claro aqui as nossas posições. Voltando ao que dizia o colega Momo, sou testemunha do empenho e a população marcelinense é testemunha do empenho desse Prefeito, que falei várias vezes, pecava muito na questão de política, mas com certeza o nosso município não terá uma outra pessoa que cuidou tão bem assim do nosso patrimônio, sete horas da manhã, seis da manhã, viagem a Porto Alegre no mesmo dia botando sua vida em risco, isso aí tudo em prol do nosso município, então isso aí deve ser reconhecido pelos colegas, pelos políticos, porque a política é isso aí, o que nós temos aqui é uma falha administrativa, não existe aqui um dolo do Prefeito Municipal, inclusive uma falha do jurídico do município, também o qual nós questionamos sempre, eu espero que amanha Ruy, o senhor fale com o Prefeito e rescindam o contrato com esse jurídico porque está bem claro aqui que o Prefeito Paulo Tapia, esgotado o prazo concedido não se manifestou quanto ao que lhe era imputado, duas vezes, então quer dizer o seguinte, o jurídico do município, isso que a CUP trouxe agora aqui pra nós o jurídico podia ter feito antes e enviado lá pro Tribunal de Contas pra eles analisarem e não o fez, então essas falhas existem, são imperdoáveis e eu quero que seja levado ao Prefeito Municipal que esse jurídico que hoje atua no município não faz bem ao nosso município, então diante disso, diante desse reconhecimento pelo trabalho prestado o meu voto é contrário ao parecer do Tribunal de Contas, obrigado." O vereador Rudi Dreher disse: " Me manifestar em relação ao, essa discussão é uma discussão técnica, já foi muito em colocado pelos colegas que posso até discordar de algumas maneiras do Ex-Prefeito Paulo Tapia, mas quando se fala em relação a administração ele deu parte da sua vida em prol do nosso município e muitas coisas foram feitas, é lógico que não podemos agradar gregos e troianos, é um dizer que não se pode agradar todos, mas em relação a esse julgamento eu quero lembrar um caso que aconteceu um dia, chegando lá em São Sebastião uma pessoa me disse assim, o Prefeito Realdo me prometeu uma estrada e os caras vieram e fizeram e cobraram, eu disse assim, o Prefeito não tem esse poder de saber uma vez que você deixou emitir a guia de pagamento tem que ser pago porque o Prefeito não tem acesso as contas, é o setor técnico, é os tesoureiros que fazem esse tipo de coisa, então aqui como diz aqui, o relatório, não houve dolo, não houve má intenção, o que está sendo feito agora é um julgamento praticamente político e quero dizer ao colega Serginho, o Serginho disse que tudo vira em pizza no Brasil, não, muitos foram pra cadeia já por erros que cometeram, aqui não é o caso, é coisa política, então quero dizer que admiro muito a maneira que o Tapia administrou, trabalhou, muitas vezes ele chegava em Coronel sete horas da manhã ele tava lá acompanhando as máquinas, trabalhando, se esforçando, é lógico que não merece essa condenação e sou favorável também a não aprovação do parecer, somos favoráveis que seja absolvido desse julgamento." O Presidente pediu ordem aos assistentes. O vereador Rodrigo Vecchi disse: " Sr. Presidente, quando nós colocamos o nosso nome à disposição pra comunidade e fomos eleitos por esta comunidade, nós quando viemos aqui na frente da Prefeitura assumir o mandato de vereador nós juramos a constituinte e juramos em síntese que nós tínhamos cinco princípios a cumprir enquanto no mandato de vereadores, são eles, o princípio da moralidade, o princípio da economicidade, o princípio da publicidade, o 4

5 princípio da legalidade e o princípio da impessoalidade, quero dizer com isso senhores vereadores, colegas que nos ouvem, ouvintes, que nesta noite de hoje nós estamos aqui principalmente trabalhando em dois princípios, o princípio da legalidade que é, uma Constituição Federal que cria um órgão fiscalizador, que cria um órgão que fiscaliza o Poder Executivo e o Poder Legislativo, que é o órgão mais temido por nós vereador, pelos prefeitos, pelos Vice-Prefeitos, pelos administradores, Tribunal de Contas, sempre foi assim e tem que ser assim, Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul por unanimidade condena o Prefeito Paulo Tápia por dezesseis itens e não só cinco itens como está elencado aqui no parecer da Comissão Única de Pareceres, aliás, quero dizer que este parecer da Comissão Única de Pareceres incrimina ainda mais o Executivo da época, porque afirma que não se pode afirmar de fato que tenha sido notificado, pelo amor de Deus, está no parecer do Tribunal de Contas as notificações, precisam, situações que precisam ser esclarecidas, ocorrem ações administrativas que precisam ser esclarecidas, então tem que ser criada uma CPI, julgam na fala de que a culpa não é do Prefeito, então de quem é a culpa de tudo isso aí, CPI, de quem é culpa, de quem é culpa, de quem é a atribuição, quem assina o cheque, o Estudo de Impacto Orçamentário é lei, então nós estamos aqui julgando a legalidade do fato, agora senhores e foi usado na fala de todos os vereadores aqui, vereadores que defendem esse parecer, nós temos que ter o princípio da impessoalidade, julgar Ruy, como Líder de Governo, o princípio da impessoalidade Presidente, e o que seria o princípio da impessoalidade, eu não julgo aqui a pessoa do Paulo Tapia, Rudi, Momo e colega vereador, Vossa Excelência Gilmar Dutra Ribeiro, o Paulo Tapia é um cidadão como nós todos aqui, está nas festas jogando futebol, é uma pessoa da comunidade, como pessoa ninguém pode falar nada dele, agora como administrador ele foi condenado e nós não podemos ir contra um parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, condenação por dezesseis itens, como é que eu vou chegar aqui pra fora e dizer pro eleitor que eu absolvi e fui contra o parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, administrativamente ele é condenado, que se julgue isso e não a pessoa do Prefeito que tem aqui os seus filhos que moram aqui, que trabalham aqui e sua esposa, ele e quero cumprimentar na rua como cidadão, agora, como administrador ele é condenado, era isso Presidente, o meu voto é manter o voto do Tribunal do Rio Grande do Sul." O vereador Ruy Carlos Ferri disse: " Já ouvi bastante o pessoal nos questionar a questão da moral, da ética, da impessoalidade e já passamos por essa Casa em outros momentos, já votamos matérias com essa complexidade, eu lembro que em 1990 eu estava aqui e o Prefeito era o Sr. Ilgo Alcides Schneider e o Vice o Sr. Realdo Colla e tiveram também as suas rejeições de contas apontadas pelo Tribunal de Contas em função do dinheiro recebido para fazer aqui uma eletrificação e não puderam fazer porque na época a inflação mês era 80%, quase três mil por cento ao ano e mesmo não sendo procurado por nenhum vereador na época, do partido do Governo, que era o PDS, mesmo não sendo procurado pelo seu Realdo e nem pelo Ilgo, quando eu cheguei aqui nesta Casa, além de eu votar favorável ao Governo Municipal, contra o parecer do Tribunal de Contas, ainda consegui convencer o Sr. Alfredo Seffrin que nós não poderíamos ter um voto político porque o Prefeito na época não conseguiu fazer a obra com a inflação que ali estava, tanto é verdade que nós ficamos doze anos quase no CADIN sem receber um recurso do Governo Federal, passou-se a administração do Sr. Ilgo e do Sr. Realdo, o Sr. Volmar Baschera não teve também a capacidade de retirar do CADIN e somente no Governo do Tibete o professo Terribile, como Secretário de Administração nos retirou e encaminhou o primeiro projeto que foi a patrulha agrícola e depois do Governo novamente o Sr. Realdo Colla veio pra Marcelino Ramos, se eu tivesse dado um voto político eu teria cassado ele naquele dia, mas não fiz isso porque eu sempre tive posições claras, muitas vezes minhas posições desagradam, desagradam até o Governo que aí está e desagradam também a população 5

6 que muitas vezes me tem como oposição e como um cão feroz, nunca fiz isso, poderia aqui repetir o que aconteceu no Governo do Sr. Tibete, Glademir da Costa Conceição quando aqui estava o meu pai e na época me custou muito caro porque nós demos também um voto e não era eu como vereador e meu pai acamado e doente com problema teve que entrar aqui nessa Casa e votar também que entendia que estava ocorrendo aqui uma votação política e que tirada os direitos daquele cidadão, foi quando eu tive que sair na época do partido que eu estava por não acompanhar aquela decisão e o próprio vereador Serjão também saiu e saímos todo mundo junto naquela tarde lá quando decidimos que aí também não podia, então hoje eu vou manter o meu espírito público como sempre tive, não deixo de ter ética e nem moral por votar outro parecer do Tribunal de Contas, ser Prefeito de uma cidade como Marcelino Ramos ou qualquer outro município, o Prefeito Municipal ele hoje do jeito que está ele depende do bom operador de máquinas que está lá no interior pra fazer o trabalho e ainda depende do motorista quando vai levar o doente, ele depende de todos os funcionários, porque se o Prefeito não tiver bons servidores ele certamente é cobrado porque se o motorista, o operador não fizer o trabalho a contento é a Administração que paga, tanto é verdade que o próprio Tribunal de Contas apontou que o setor tributário do município como responsável por não ter efetuado efetivamente o seu trabalho e juntamente concordo com o vereador Du quando ele fala do setor jurídico dessa administração, já deveria ter saído há muito tempo dessa Casa, há poucos dias passou por aqui também um Projeto de Lei, se nós não pedisse a retirada o atual Prefeito estaria também devolvendo dinheiro por falta de dados aí e aí a oposição fez um trabalho juntamente com nós e pedimos a retirada, então o jurídico que está aí, sob o meu ponto de vista já deveria ter saído há muito tempo, esse é o meu ponto de vista, não quero defender aqui o Sr. Paulo Tapia, tenho também, muitas vezes as minhas condições não são iguais as dele, mas quero dizer que ele aqui está endo julgado no ato político, se ele pode ou não pode ser candidato a Prefeito ainda, questão das multas, se ele vai responder, se vai ter condições ou não, já respondeu muitas dessas multas aí, eu quero citar aqui só que passou o Tribunal de Contas na questão do setor jurídico aqui está, o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, no serviço de auditoria municipal, assim mesmo, recebendo informações sobre a receita bruta aferida por semestre dos exercícios de 2009 e 2010, o setor de fiscalização municipal não atuou, não atuou através de procedimentos de fiscalização para obter a receita bruta mensal, aliás sequer calculou os acréscimos legais considerando as informações prestadas pelos contribuintes, portanto resta claro que auditada não tomou nenhuma iniciativa no sentido de apurar a correta base de cálculo e lançar ISS devido por tais prestadores de serviços relativos aos exercícios de 2009 a 2010, mesmo dispondo dos meios legais para tanto, é o que eu volto a dizer, se você na tua casa, os teus servidores não prestarem o serviço, quem vai pagar é o Prefeito, por isso quando muitas vezes dizem, o Prefeito foi muito bom, digo não, digo o Prefeito foi bom porque teve uma boa equipe de operadores, de motoristas e de vereadores e de parceiros que aí estavam, ninguém governa sozinho, o Prefeito ele depende de uma equipe, eu tenho respeito com todas pessoas que aí estão, estou aqui agora me pronunciando também com o respeito que é devido a esta Casa, esta aqui é a Casa do povo e cada um se manifesta conforme as suas convicções, jamais atropelei ninguém, sempre me manifestei da maneira que eu sou, corretamente e olhando na cara de cada um e no rosto, quantas vezes desagrado as pessoas, mas hoje nessa noite vou dizer, se o Sr. Paulo Tapia quiser concorrer e o povo de Marcelino Ramos entender que ele deve estar novamente poderá concorrer e se eu entender e se assim o meu partido e as pessoas que sempre me apoiaram entenderem que em 2016 que vai ter uma nova eleição deve ter uma manifestação contrária também vou fazer baseado em fatos, não em críticas pessoais que agora estão fazendo, não deixo de ser ético e nem moral por votar contra o parecer do Tribunal de Contas porque se não precisasse do nosso voto o 6

7 Tribunal de Contas não tinha encaminhado, quem não concordar que procure a justiça, certamente o Sr. Paulo Tapia, eu tenho certeza, que por erros jurídicos ainda vai se incomodar e muito, o Sr. Juliano Zuanazzi se não quiser, siga o conselho do vereador Du e o meu, esse setor jurídico que está aí já deu o que tinha pra dar, obrigado." O Presidente Antonio Carlos passou a Presidência ao Vice-Presidente para se manifestar. Aquiles Cesari assumiu e a Presidência e passou a palavra ao vereador Antonio Carlos Gomes dos Santos, que disse: " Quero endossar algumas palavras e dizer que muitos podem desagradar e outros agradar, mas eu estava olhando, vendo as prestações de contas dos últimos prefeitos que antecederam o Tibete, o Tapia, tem mais de quarenta itens e mais de duzentos mil pra devolver no caixa da Prefeitura, mas de duzentos mil reais, o Tapia também está sendo apontado, já pagou e com certeza se assim for condenado vai pagar, o Tapia já pagou, os outros ainda não pagaram e quero deixar aos colegas, tenho a convicção que nenhum deles houve dolo, nenhum Prefeito quis fazer uma administração ruim ou prejudicial ao erário público, está aí provado, está aí as caixinhas das prestações de contas, inclusive de um veio desfavorável, entrou com recursos e embargos, veio favorável depois, mas as multas lá a justiça, o Tribunal vai decidir depois se paga ou vinte ou trinta, ou cinquenta ou cem, essa nós não podemos mexer, dizer que é difícil, como o colega Du falou, trabalho que o Tapia fez pela cidade, um grande trabalho, como pessoa admiro ele também, o município em 2005 quando foi pego também estava numa situação difícil e conseguiu entrar no eixo, nem tudo tá perfeito, tem muita coisa pra fazer ainda, mas aí que vem o critério, houve dolo, ele quis errar, não, tenho a plena certeza que nem ele, nem o Realdo, nem o Tibete quiseram errar porque o Prefeito é da cidade, é dos munícipes e agora de repente a gente vê, uns não gostam do Pedro uns não gostam do Paulo, um partido não está na coligação, tá lá ou tá aqui e nós, eu já votei prestação de contas de vários prefeitos aqui, com vários apontamentos e o Tribunal faz um parecer, agora a questão é lá na frente na justiça se vai pagar, se vai ficar inelegível, se vai voltar, quero dizer que acima de tudo a família desses administradores, a família desses administradores, eu tenho a plena certeza, esses dias conversei com o Realdo lá em Erechim e via, a pessoa decai bastante, você pega um município, voe tenta fazer, corre, trabalha, eu e o Tapia dormimos no aeroporto em Brasília cinco horas no chão em busca de recursos, como muitos vereadores aqui buscaram recursos, como muitos prefeitos buscaram recursos e o Tribunal vem e aponta, porque o Estado não paga a conta, o Tribunal também fiscaliza o Estado do Rio Grande do Sul, e porque que não aponta e não faz devolver ou é uma bola de neve lá em cima, então isso tudo, nós de repente aqui está nas mãos nossas, nos votos nossos e a gente fala em moral, transparência, eu acho que todo ser humano tem que ser digno, as vezes você erra e não é por querer, acontece de errar e vida é cheia de surpresa, ou quem nunca errou erga a mão, nunca ninguém fez nada de errado, na política todo mundo é santinho, todo mundo são uns amores, não, não é assim e aí eu concordo quando o Gilmar falava, o Du, que o Tapia fez pra Marcelino e os outros prefeitos também fizeram, muitos outros prefeitos também fizeram, não conseguiram de repente fazer mais porque na época era difícil, está aí o que o Ruy falou, veio uma quantia 'x' pro Prefeito Ilgo fazer tantos metros de rede de luz, na época a poupança era boa, vamos aplicar pra fazer mais, o fio aumentou três vezes mais e não conseguiu fazer, ficamos oito anos no CADIN, o município sem receber recursos, foi dolo, não foi, não foi, e depois o saudoso José Juvelino Terribile que fez a defesa do Sr. Ilgo Schneider, está aí o Realdo, não houve dolo, tenho a absoluta transparência de que o Realdo não houve dolo, o Tibete não houve dolo e o Tapia também não, por isso o meu voto também é pela rejeição do parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, era isso senhores vereadores e comunidade." Aquiles Cesari retornou a presidência ao Presidente Titular. O Presidente reassumiu a presidência, ordenou a entrega das cédulas de votação e pausou a sessão para realização da votação secreta e contagem dos 7

8 votos. Reabrindo a sessão, com o auxílio dos vereadores Sergio Antonio Beal e Ademir Antoninho Momo para o escrutínio dos votos, o Presidente anunciou o resultado de 03 (três) votos a favor do parecer do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul e 06 (seis) votos pela rejeição do parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, sendo então rejeitado o Parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul por 06 x 03 votos. Por Questão de Ordem o vereador Sergio Alexandri disse: " Será que não é possível que no Decreto o senhor coloque o número de votos da votação, que aqui no Decreto não tem nada." O Presidente registrou que a votação é secreta conforme o Regimento Interno e que o resultado da mesma foi registrado em ata. Na segunda parte da Sessão Ordinária, nas correspondências recebidas do Prefeito Municipal, o Presidente solicitou a leitura dos Ofícios 436, 438, 439, 447, 451 e 456/2014. Na leitura do Ofício nº 447/2014, por Questão de Ordem, o vereador Sergio Alexandri disse: " Aqui acho que está errado aqui, quem pediu do leilão foi o vereador Sergio Alexandri." O Presidente informou que será corrigido. Não havendo proposições encaminhadas por vereadores, o Presidente deixou espaço para manifestação dos vereadores no Pequeno Expediente. O vereador Aquiles Cesari, juntamente com o vereador Sergio Antonio Beal, o Presidente e demais vereadores, solicitou envio de Voto de Pesar ao Sr. Altair Wosniak e sua esposa Clarice pelo trágico falecimento do filho Alex Wosniak, no último sábado, dia 30 de agosto, jovem este que teve sua infância em Marcelino Ramos e residia atualmente em Gaurama. O vereador Sergio Antonio Beal reforçou que foi uma fatalidade que ocorreu com o jovem Alex e se solidariza com os familiares. O Presidente colocou em votação a proposição dos vereadores. Não tendo mais vereador que quisesse se manifestar, o Presidente deu início ao Grande Expediente. Não havendo Matérias em Regime de Urgência Especial, o Presidente passou para as Matérias em Discussão Única. Por Questão de Ordem o vereador Ruy Carlos Ferri disse: " Nós juntamente com a CUP, com o vereador Du e os demais que a gente pôde falar a respeito do Projeto de Lei dos Taxis, já que há dois pareceres jurídicos, então nós pedimos que continue em tramitação e que não vá a votação hoje. Retirar da pauta." O Presidente colocou a proposição a apreciação do Plenário, não tendo manifestação contrária, o Presidente retirou o Projeto de Lei nº 038/2014 da pauta da reunião até que a CUP defina sua posição. Com a concordância dos vereadores, o Presidente solicitou a leitura somente do Parecer da CUP sobre o Projeto de Lei n 042/2014. Após a leitura, o Presidente registrou que o Presidente e o Membro da CUP foram favoráveis ao Parecer do Relator e colocou o Projeto de Lei em discussão. O vereador Aquiles Cesari disse: " Só me manifestar, eu fui favorável a este projeto onde tem um terreno para ser feito um poço para distribuição de água para as comunidades de Linha Tiradentes, Linha São Roque, que vem atender a todas aquelas famílias, um sonho antigo daquelas comunidades, daquelas famílias que há tanto tempo vem buscando esse benefício e hoje podem ser beneficiadas com recursos que vem do Estado e do município para enfim beneficiar aquelas famílias, então somos favoráveis porque sempre que é em benefício da população a gente busca atender e votar o mais breve possível." O vereador Gilmar Dutra Ribeiro disse: " Esse projeto, como disse o colega Cesari, ele vem atender uma antiga reivindicação daquelas famílias, mas o importante Sr. Presidente é levar em consideração aqui o espírito de humanismo representado pelo Sr. Darci e a Dona Ilse quando se propuseram a doar para o município esse espaço para que lá seja instalado esse poço, então além de todo bem que ele vem trazer ao município e aquelas pessoas que lá residem, é importante também destacar esse espírito de humanismo do marcelinense e agradecê-los pela doção que fizeram, obrigado." O vereador Sergio Alexandri disse: " Jamais nós poderíamos ir contra uma situação dessas que é poço artesiano para benefício das comunidades arredores, mas fica a preocupação desse vereador que de repente não se cometa o mesmo erro que cometeram na lá da Saúde, de repente pega gente inexperiente e fura e vão 8

9 achar água termal lá em baixo, depois fica vazando como está vazando até hoje, então fica o meu apelo a Vossa Excelência, Ruy Ferri, que é Líder de Governo, converse com o Executivo para que tome os cuidados necessários para que não passe do ponto da água boa, potável pro uso das pessoas, que se chegar a situação de ter eu furar até chegar na água termal que é água quente, aí nós teremos que dar um berro maior aqui como já foi dado, que não é possível admitir esse tipo de erro com máquinas do Estado, que com certeza será também esse poço perfurado com máquinas do Estado, com material e equipamentos do Estado, seria isso Sr. Presidente." O vereador Ruy Carlos Ferri disse: " Nós sempre somos favoráveis, já demos aqui o nosso voto, claro, as comunidades do nosso interior cada vez mais necessitam de água de qualidade e o Rio Grande do Sul é um dos estados, de acordo com uma matéria ontem no Zero Hora, que mais vai ter dificuldades em água potável depois do nordeste brasileiro, por incrível que pareça, uma porque os nossos rios estão contaminados, depois, estudos ambientais, matéria do Zero Hora de ontem determina que o Rio Grande do Sul, especificamente, é o estado que mais vai ter problemas no futuro, cada vez mais água de poços profundos. Questão do poço da comunidade da Saúde, eu não vou entrar na polêmica porque eu não sei exatamente conforme essa máquina chegou aqui, me chama atenção também, mas as informações que eu tenho é que não passou pelo município e que não é responsabilidade nenhuma da administração quanto a perfuração do poço, vou me informar vereador Sergio, questão da tramitação, como aconteceu e com quem foi feito ainda também não chegou a minha pessoa, é evidente e eu sempre penso no bem público e no bem comum, acredito que qualquer poço quando venha não pode vir pra beneficiar uma pessoa e sim a comunidade, porque se é pra beneficiar uma pessoa quem não gostaria de ter um poço na sua propriedade e ainda com dinheiro público, então eu condeno o ato, não me importa quem fez e quem encaminhou, agora, tenham a certeza que não foi o Executivo Municipal e não foi endossado pelo Sr. Prefeito Municipal, quem fez não sei." O vereador Ademir Antoninho Momo disse: " Seguindo o raciocínio do colega Ruy, só explicando pro colega Serjão, permite chamar assim, Serjão, conhecido, sobre a questão desse poço que Vossa Excelência citou da comunidade de Nossa Senhora da Saúde, então nós sabemos como o Ruy falou que o município não tem nada com isso, quem encaminhou esse poço, certamente foi tudo sob a responsabilidade lá do Quinto Rancho. Sob a questão da Nossa Senhora da Saúde tinha sido um pedido lá da comunidade de São Caetano que tem uma falta de água, em São Caetano a gente sabe que tem vários poços feitos e estão secos, deram seco, não teve essa sorte de ter água e foi feito um pedido da comunidade de São Caetano, se fosse possível, que fosse pegado aquela água que já tem um poço existente de água potável lá na comunidade de Nossa Senhora da Saúde, de tocar essa água pra comunidade de São Caetano, foi feito uma reunião daí com a comunidade lá de Nossa Senhora da Saúde e eles cederam esse poço que pode ser, que tem água sobrando, que pode ser passado pra cima pra comunidade de São Caetano, o poço aquele existente que tem lá, tem o poço existente lá na comunidade de Nossa Senhora da Saúde, então a Administração já está tratando, enviando um projeto da possibilidade de essa água chegar na comunidade de São Caetano. Esse Projeto de Lei é um projeto importante, com certeza virá outro igual a esse, virá outros igual a esse porque nós sabemos aqui, conhecemos todas as famílias aqui dessas duas comunidades aqui, essas famílias em época de estiagem tem muita dificuldade de água potável, então eu sou favorável, eu tenho também um pedido pra Administração Pública, a gente está encaminhando também recursos pra isso, pra que se faça também um poço ali na comunidade de Linha Soares, subindo em Coronel aí tem várias famílias que também tem dificuldade de água também em época de estiagem, então como eu disse, com certeza virá ainda projetos igual a esse aqui nessa Casa e com certeza nós vamos aprovar porque nós sabemos que anos após anos a estiagem sempre continua e essas famílias tem muita dificuldade de água potável pras suas 9

10 famílias, então eu sou favorável a esse projeto." O vereador Sergio Antonio Beal disse: " Sou favorável a este projeto, agradecer também a família Rovani que vai doar essa área, temos aí vários pedidos já, inclusive tem o poço lá na propriedade do Sr. Anzolin, na Linha Tiradentes também, me coloquei à disposição inclusive, tenho recurso sinalizado pra extensão de rede de água, mas a resposta veio que já teriam esse recurso, mas até agora eu não vi sair ainda nada lá, mas como entrou o assunto aqui, vocês vejam que alguma coisa desse assunto que vocês falaram sobre o poço não está fechando, pra começar a um ano atrás, não lembro exato a data, mas está lavrado em ata lá na comunidade de São Caetano, esteve lá nos visitando em um reunião o Sr. Prefeito Municipal e o Secretário de Agricultura, ao qual anunciou, anunciou que havia um recurso e um poço ia ser perfurado em São Caetano, só não sabiam o local ainda, isso está lavrado em ata, aí logo um tempo depois soubemos, foi até cogitado na baixada mais próximo ao Sr. Lino de Grandi, Parque Quinto Rancho talvez, nós precisava de água, tem que furar onde tem água, lógico, alguns dias depois me falaram que estavam furando um poço lá na propriedade ao qual eu passei por lá e vi as máquinas do Estado, no domingo esses dois serventes que estavam perfurando vieram jogar bocha em São Caetano com mais de dez pessoas na cancha, durante a conversa, pra não me alongar, sobre o assunto água, eles disseram que a ordem não era pra achar água potável, que era pra tocar o pau e furar até achar água termal, ficou até uma piada lá, muita gente deu risada, não acreditamos, porque nós já temos água termal, então alguma coisa não está fechando nessa história." O vereador Rodrigo Vecchi solicitou aparte e disse: " Colega vereador Serginho, não vamos se enganar colega vereador, vereador Momo aqui afirma que o Executivo não tinha conhecimento, está aqui o Secretário de Saúde, o fiscalizador aqui que tem o setor de meio ambiente na mão, como é que não vai passar na mão do Secretário de Saúde, pra perfurar um poço tem que passar na mão do setor de saúde, tem que passar no setor de agricultura, quando vão fazer uma fossa errada lá, vão lá em cima, multam o cara, não deixam o comerciante trabalhar e não vão saber que tem um poço pra furar na comunidade de São Caetano, isso é uma vergonha, Saúde, companheirada vereador Serginho." O vereador Sergio Antonio Beal prosseguiu dizendo: " Obrigado pela contribuição, só pra finalizar, eu gostaria de dizer a vocês que sou favorável que esse poço saia e sou parceiro pra ajudar na busca de recurso, mesmo porque a gente tem lá a Secretaria de Obras Públicas ao qual me sinalizaram que mediante projeto eles tem recursos." O Presidente Antonio Carlos passou a Presidência ao Vice- Presidente para se manifestar. Aquiles Cesari assumiu e a Presidência e passou a palavra ao vereador Antonio Carlos Gomes dos Santos, que disse: " Vamos se ter a matéria, mas como todo mundo foge da matéria, faz parte, o colega Rodrigo uma vez disse pro Ruy que não tinha medo de grito e agora se exaltou um pouquinho, mas faz parte da vida, nem nós, mas isso faz parte né, a gente grita, esperneia, nós também aqui em dois mil e um, dois, três e quatro esperneava aqui e não adiantava, a gente as vezes sabe, quer que as coisas andam pra frente, as vezes se faz coisa certa e tomara que tudo desse certo, quero parabenizar o Sr. Darci Rovani lá em baixo, a sua esposa, porque tem pessoas que ainda se doam, gostaria de dizer que esse recurso é do Deputado Marcon, pra ninguém ser o pai da criança, senão daqui uns dias vai dar um monte de nego lá, trezentos e doze mil se não me engano, veio pra mais alguns poços, tão vendo as licenças, tem que passar aqui pela Câmara mais pessoas que vão doar o terreno, tomara que dê água, que a gente sabe que uma água mineral hoje dois e cinquenta uma garrafinha né, então tomara que a gente consiga água pra resolver o problema de muitas famílias que hoje, tu já imagina se ontem ficamos sem água até as sete da noite, então o cara, sábado eu acho que foi, sábado, ficamos sem água, aí tu abre a torneira, tu imagina lá em São Paulo que estão racionando água, gente, aquelas águas que ninguém sabe o que é que toma, então tomara a Deus que dê água, tomara a Deus que dê água, por que assim é o mal, é uma coisa que no futuro nós vamos pagar muito 10

11 caro essa água, essas águas mineral quem é que sabe de onde é que vem, será que não tem três, quarto poços pra dentro das propriedades, entendeu, nós aqui infelizmente na época que foi furado o poço deu termal, será que nós não conseguimos em Marcelino fazer, aqui em Videira tem, tudo que é em redor tem água mineral, que fonte de riqueza que nós teria, mas então eu quero agradecer ao seu Rovani e dizer que vai vir mais projetos desse para mais perfurações de poços e tomara a Deus que dê água." O vereador Sergio Alexandri solicitou aparte e disse: " Gostaria já que foi citado a questão de São Caetano da ata, do vereador Serginho, gostaria que Vossa Excelência também conseguisse essa ata pra nós ter em mãos algum material que a gente possa questionar futuramente." O vereador Antonio Carlos Gomes dos Santos prosseguiu dizendo: " Com certeza, ou de repente baseado nessa ata buscar mais recurso pra fazer mais poço, água potável, fazer de água potável, então a gente tem que, muitas vezes eu vejo aí gente perfurando poço, ali em Coronel, se não me engano na Administração do Sr. Realdo, acho que foi furado um poço de cento e poucos metros e não deu água, não deu água, então assim, quando tu fura e gasta e dá água tu fica contente, agora quando tu fura e não dá água aí é coplicado, mas aqui também vieram aquela vez na busca de petróleo e deu água termal, que bom, hoje temos um balneário, ninguém sabe o que tem em baixo da natureza, e depois lembram quando foi relocado o balneário que deu aquela barretina, estourou tudo pra cima e tudo, quem que sabe o que tem lá em baixo, os velhinhos antigos acho que com a varinha sabiam mais do que agora." O vereador Ademir Antoninho Momo solicitou aparte e disse: " Rodrigo, muitas vezes é fácil dar soco na mesa, gritar, mas fazer é mais difícil, colega Serginho, sobre a ata que Vossa Excelência falou, questão de São Caetano existia mesmo para fazer esse poço ali na comunidade da Saúde, mais precisamente no De Grandi, mas pelo nosso conhecimento já tem dois poços que o Sr. Lino de Grande furou ali, mais de duzentos metros, ali em baixo na baixada, seco, então a Administração, nós sentamos e começamos a analisar, como tem um poço lá em baixo na comunidade de Nossa Senhora da Saúde com uma vazão muito grande de água, porque de repente arriscar gastar um dinheiro, fazer mais um poço e dar seco, então porque não trabalhar pra empurrar aquela água que tem lá que tem água garantida pra comunidade de São Caetano e o que foi decido." O vereador Antonio Carlos Gomes dos Santos prosseguiu dizendo: " Então pra finalizar dizer parabéns e que a gente consiga furar mais poço e poço, Rodrigo um grande abraço, a gente sabe que as vezes a gente fica um pouco exaltado, mas faz parte do debate." Retornando aos trabalhos da Câmara como Presidente, Antonio Carlos passou a palavra ao vereador Rodrigo Vecchi, que disse: " Sr. Presidente, sou favorável ao projeto, também parabenizar a família Rovani, é isso que nós queremos, perfuração de poços, o que não dá pra admitir é mentira e quando foi discutido esse projeto aqui foi falado que o Executivo não sabia de perfuração de poço de São Caetano, da Linha Saúde, sabia, então não venham aqui mentir e a população aqui não é burra de ficar escutando essa baboseira de que o município não sabia daquela perfuração daquele poço, sabia sim, era isso que eu queria falar, muito obrigado." O vereador Rudi Dreher disse: " Que bom que essa família doou esse terreno para que possa ser feito mais um poço artesiano, a gente sabe que a água é o bem mais precioso que a gente tem e só se dá valor, tem um dizer que diz água e energia elétrica só se dá valor quando falta, quando se vai na tecla e bate e não tem energia a gente dá valor a energia, quando vai na torneira, abre e não tem água é que se valoriza a água e vê o valor que tem, então que bom que vai ter mais e que venha mais redes de água no interior do município que nós temos muitas regiões do município que tem dificuldade de água, então quer dizer que está de parabéns a família." O vereador Ruy Carlos Ferri solicitou aparte e disse: " Realmente vereador Rodrigo, gostaria só de esclarecer, primeiramente eu sei que esse poço já está sendo motivo de questão até judicial, ao menos foi o que me informaram, eu como vereador, como cidadão marcelinense cobrei do Executivo 11

12 exatamente e volto a dizer, cobrei o porque desse poço ter sido perfurado e pelo número de metros que foi, porque todo mundo sabe que um poço de água potável ele não deve passar de 200 metros ou 300 porque ele vai atingir o tal de Aquífero Guarani a partir de quinhentos metros e não tem mais água potável porque se torna água mineral, principalmente aqui na nossa região, então eu gostaria, quem sabe e aqui agora eu vou fazer aquele papel que de novo o pessoal não vai gostar de mim, a oposição está aí, se a oposição já foi pro judiciário, já está questionando, que continue esse trabalho, vamos levantar, eu não sou contra, doa a quem doer, cobrei do Executivo e o Executivo me passou, não tenho nada, cobrei do Vice-Prefeito e ele me disse o mesmo, não temos nada a ver com esse poço, esse poço foi conseguido através da Secretaria de Desenvolvimento Regional, não sei qual é a sigla, não foi e não passou autorização nenhum pelo município, como foi feito, quem sabe à oposição cabe investigar melhor e levar pro judiciário, então pra não dizer que nós estamos sabendo e acobertando, não, eu da minha parte não sei, gostaria que também que Vossas Excelências pudessem fazer esse trabalho investigativo aí, eu acho importante, nós temos que ter poço sim e água pras comunidades, obrigado." O vereador Rudi Dreher disse: " Continuando, somos favoráveis a este projeto, obrigado." Não tendo mais vereador para se manifestar, o Presidente colocou o Projeto de Lei nº 042/2014 em votação. Aprovado por unanimidade. O Presidente solicitou a leitura somente do Parecer da CUP sobre o Projeto de Lei n 043/2014. Após a leitura, o Presidente registrou que o Presidente e o Membro da CUP foram favoráveis ao Parecer do Relator e colocou o Projeto de Lei em discussão. O vereador Aquiles Cesari disse: " Fizemos um relatório favorável a esse Projeto de Lei que vem beneficiar aquelas, a comunidade de Coronel e arredores, São Sebastião, Água Verde, Tiradentes, Suzana, um pedido daquela comunidade, daquelas comunidades e como foi feito uma contratação também do médico no início do ano, feito uma reunião, uma audiência onde a população disse que precisava um médico atendendo aquela comunidade e tão logo feita essa reunião foi licitado e hoje tem um médico trabalhando em especial no posto de Coronel Teixeira e novamente uma reivindicação que veio da comunidade pedindo para que fosse, que tivesse atendimento também no Hospital São Roque de Severiano, a Administração juntamente com a Secretaria de Saúde buscou fazer mais uma audiência pública para definir e decidir juntamente com as comunidades para fazer esse convênio e a comunidade toda aprovou nessa audiência pública do dia quinze que queria e realmente realizado, para ser realizado esse convênio juntamente com o Hospital São Roque onde a comunidade de Coronel fica mais perto, já tem um, já é como é que a gente pode dizer, acostumada a frequentar lá e nada melhor, conhecendo os médicos daquela comunidade, daquele hospital, queriam que fosse feito o convênio com Severiano de Almeida, foi feito um convênio lá no valor mensal que poderá ser até de doze mil reais para vários atendimentos, internações e pequenos procedimentos, então parabenizar a comunidade que tem, vai ter esse benefício e também a Secretaria de Saúde e a Administração pública que buscou fazer essa parceria junto com a comunidade e com o aval da comunidade para que esse benefício acontecesse e pudesse atender aquela comunidade de Coronel e arredores, meu voto é favorável, muito obrigado." O Presidente solicitou que os vereadores se manifestem de modo sucinto. O vereador Ademir Antoninho Momo disse: " Projeto de Lei importantíssimo pra toda aquela comunidade já citada pelo colega, mas aqui como está o nosso Secretário de Saúde, importante esse convênio com o Hospital São Roque de Severiano de Almeida, mas também não vamos poder dizer aqui do nosso Hospital aqui de Marcelino Ramos para melhorar também o atendimento, fazer um bom convênio aqui com o nosso hospital aqui de Marcelino Ramos, obrigada." O vereador Sergio Antonio Beal disse: " Também sou favorável ao convênio com o Hospital São Roque, estive lá nessa audiência pública, me fiz presente também nesse dia apoiando, ouvindo a reivindicação da comunidade e vi o anseio daquela comunidade que se 12

13 firmasse esse convênio e tal, inclusive pedindo com o Dr. Odecio, mas o Dr. Odecio se desligou do quadro do Hospital São Roque, mas fará o atendimento ali em Coronel na Unidade Básica e o encaminhamento, gostaria só de deixar registrado aqui que sou favorável a esse convênio, mas que falei lá naquela reunião que eu tenho um sonho que gostaria de um dia ver realizado, que por enquanto é um sonho distante, de ver nós termos asfalto até Coronel Teixeira e com isso trazer aquela população de Coronel de volta pra Marcelino aqui com um hospital qualificado, com profissionais qualificados, que essas pessoas viessem Marcelino Ramos, são marcelinenses né, assim comprando aqui, gastando aqui, ajudando o nosso comércio local, porque hoje nós perdemos muito entre Severiano, Concórdia, Viadutos, Marcelino s divide bastante, então sou favorável ao convênio com o Hospital São Roque, mas deixar registrado que seria importante trazer esse povo de Coronel Teixeira e BR, que voltassem a frequentar Marcelino Ramos e gastar aqui no comércio, ser atendido aqui, mas pra isso temos que dar condições de acesso e trafegabilidade, seria isso Sr. Presidente." O vereador Gilmar Dutra Ribeiro disse: " Quero dizer também que eu sempre fui contrário ao município investir em outros hospitais, mas eu também me curvo aqui a essa necessidade, essa carência que aquela população lá de baixo tem pra se deslocar até o nosso município, então voto favorável, dizer também que já aproveitando e parabenizar a diretoria do nosso hospital aqui da cidade pelo seu trabalho em se enquadrar para que possa receber recursos do Governo Federal, Municipal, Estadual, e dizer assim, foi com grande satisfação que eu vi a emissão de um exame de Raio-X aqui do hospital já instalado, então quero dizer o seguinte, temos já em nosso município um equipamento de Raio-X aonde essas fraturas poderão ser atendidas aqui e queremos sim no futuro ter aqui um hospital totalmente qualificado e podem contar conosco para que isso aconteça." O vereador Sergio Alexandri disse: " Para ser bem rápido nessa situação, também sou favorável, tudo que vem pra saúde é bom, como Vossa Excelência tem o costume de dizer que a doença não escolhe hora, é verdade, mas no parágrafo único do projeto como diz o projeto aqui, os senhores podem acompanhar, o período de atendimento citado no caput desse artigo dar-se-á de segundas a sextas-feiras no intervalo das onze e trinta horas até as treze horas, das dezessete até as sete horas do dia seguinte, e sábados, domingos e feriados a cobertura será de vinte e quatro horas em regime de sobreaviso médico, então não é de repente o dia interiro, tem um intervalo. No artigo terceiro, o município autorizará e liberará até oito AIHs mensais para internações clínicas com permanência maior de quarenta e oito horas, na letra 'b' do artigo quinto, realizar o serviço de saúde com responsabilidade, qualidade, respeito, atenção sem qualquer cobrança adicional a população que necessitar dos serviços desse convênio, o SUS não cobra nada pessoal da população de Coronel, Suzana, aonde quiser, não dê dinheiro na mão de ninguém porque o SUS não cobra, isso é o mais importante Sr. Presidente, seria isso." O vereador Ruy Carlos Ferri disse: " Foi uma bandeira nossa esse convênio e tivemos lá aquela plenária onde estava o nosso Secretário, os senhores vereadores, Prefeito Municipal e a população reivindicou, nós tivemos o Dr. Odecio, não que ele pediu pra sair do quadro, foi retirado do quadro do hospital em função de problemas administrativos lá, então vai continuar atendendo as unidades básicas de Marcelino Ramos, ou seja, Coronel Teixeira e depois em Suzana, mas nos plantão não vai estar, esse convênio começou no dia 31 de julho e vai até o dia, ou melhor, 1º de agosto de 2014 até 31 de julho de 2015, podendo ser prorrogado, ou seja, ele já está vigente em função de nós estar aprovando agora mesmo, mas ele já começou a contar desde o dia 1º de agosto, então por questão de tempo era isso Sr. Presidente, tenho certeza que a população será bem atendida." O vereador Rudi Dreher disse: " Quero dizer que somos favoráveis a esse convênio no Hospital São Roque, mas também quero deixar claro que grande parte da população gostaria que tivesse no plantão médico o Dr. Odecio, mas como que por problemas políticos sabidos por todos lá em 13

14 Severiano de Almeida ele não pode trabalhar no hospital, não faz parte do corpo clínico, então vai ser a equipe contratada pelo hospital, minha preocupação é, falando com uma cidadã de Severiano de Almeida, durante a madrugada precisou de médico de emergência e foi ao hospital e a médica não estava aí, não sei onde estava e passou a receita por telefone, o que no outro dia me dizia aquela pessoa que quando chegou aos ouvidos do Secretário de Saúde de Severiano ele ficou muito indignado e disse que não, que o hospital tem que ter o médico ali pra atender e consultar pessoalmente e não por telefone, então fica a minha preocupação, mas como nós dizíamos aquele dia foi feito por audiência pública, a população estava li, quem não estava agora, muitas pessoas reclamam, mas foi avisado e dito, tem que estar presente porque a audiência pública tem poderes de decisão e foi decidido, somos favoráveis e torcemos, tomaras que seja bem atendida a população porque o município está disposto a gastar até doze mil, o que for necessário para que a população seja bem atendida, então torcemos que dê certo, que funcione, torcemos pelo Secretário Valdecir Venturin, que dê tudo certo, porque a população precisa ser bem atendida e temos certeza que a Administração tem a maior ao vontade, o Secretário, que seja atendido todos da melhor maneira, era isso, muito obrigado." O Presidente Antonio Carlos passou a Presidência ao Vice-Presidente para se manifestar. Aquiles Cesari assumiu e a Presidência e passou a palavra ao vereador Antonio Carlos Gomes dos Santos, que disse: " Gostaria de dizer que eu estive naquela audiência pública, colega Rudi, hoje tem consulta online, hoje tu faz um Raio-X, manda online, vem na hora o negócio, tu é mesmo o cara que anda com esse negócio e dizer que a gente esteve naquela audiência pública lá e a gente conversou, debateu lá que todo mundo queria esse convênio e a gente, eu me coloquei naquela reunião e disse o seguinte, quando eu chego aqui no Dr. Cláudio de noite, meu guri esses dias queimando de febre, o médico que estiver lá vai me atender, se eu quiser escolher, puxa e paga, agora, o município está fazendo a parte dele, está fazendo o convênio, colega Sergio, durante o dia lá ficou o posto de Coronel, o pessoal vai no posto de Coronel, então depois das cinco vai pra lá, mas, ou vem pra cá né, só que assim, daí coloquei lá pra eles, porque assim, até fui cobrado, porque eu disse assim, se o Dr. Odecio ficar doente seis meses, o que a população faz lá em baixo, entendeu, tu vai no médico, hoje tem médicos novos, sabe, nada contra, eu acho que todo mundo, tu chega em Erechim no plantão quem é que te atende, quem está lá, então assim, eu acho que a municipalidade fez a parte dela, fez o convênio, o Dr. Odecio vai atender em Coronel, possivelmente licitações serão abertas pra Suzana, que o posto está quase concluído, a novela se arrastou um pouquinho, eu fui lá ver, está quase terminando, então pra dizer a vocês, é um importante passo que a Administração deu, a população de Coronel e arredores ficaram contentes, deu quase que unanimidade entre os presentes, obrigado." Aquiles Cesari retornou a presidência ao Presidente Titular. O Presidente reassumiu a presidência e colocou o Projeto de Lei nº 043/2014 em votação. Aprovado por unanimidade. O Presidente colocou a Ata n 19/2014 em votação. Aprovada por unanimidade. Nas Demais Proposições, o Presidente solicitou aos proponentes do Requerimento n 36/2014 se preferem que retire o mesmo da pauta ou deixe em tramitação o requerimento, em virtude do tempo já excedido para transmissão de rádio. Por decisão dos proponentes, o Presidente anunciou que o Requerimento será discutido e votado na próxima sessão. Finalizando a reunião, o Presidente repassou alguns recados e convocou os vereadores para a próxima Reunião Ordinária no dia 15 de setembro de Não tendo mais assunto a ser tratado, deu por encerrado os trabalhos da Sessão Ordinária do dia 1º de setembro de ANTONIO C. G. DOS SANTOS AQUILES CESARI ADEMIR A. MOMO Presidente Vice-Presidente Secretário 14

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 01 DE FEVEREIRO DE 2.012 Ao primeiro dia do mês de fevereiro de dois mil e doze, na Sede da Câmara Municipal, situada à Avenida Paraná, 1.725, às dezenove e trinta horas

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA SESSÃO, EXTRAORDINÁRIA, DA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 5ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO... Aos vinte e sete dias do mês de

Leia mais

Ata 2670 (dois mil seiscentos e setenta) da Câmara Municipal de Marumbi Estado do Paraná.

Ata 2670 (dois mil seiscentos e setenta) da Câmara Municipal de Marumbi Estado do Paraná. Ata 2670 (dois mil seiscentos e setenta) da Câmara Municipal de Marumbi Estado do Paraná. Aos (26) vinte e seis dias do mês de outubro de dois mil e quinze às 20hrs reuniram-se, nas dependências da Câmara

Leia mais

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho Ano 2 Lagedo, Domingo, 25 de janeiro de 2015 N o 8 Datas das próximas viagens da UFMG Data Casa 8 23 a 25 de janeiro de 2015 Lúcia 9 27 de fevereiro a 1 de março de 2015 Irene/Paulo 10 27 de março a 29

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Reunião do Conselho Coordenador do FMS

Reunião do Conselho Coordenador do FMS CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE GUARULHOS Reunião do Conselho Coordenador do FMS Ao vigésimo oitavo dia do mês de agosto de dois mil e treze, às quatorze horas e dezesseis minutos reuniu-se o Conselho Coodenador

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

operação, então eu conversando o comandante, comandante nós já estamos em uma situação difícil Policia

operação, então eu conversando o comandante, comandante nós já estamos em uma situação difícil Policia Ata da 19ª Sessão Ordinária, do 4º Período Legislativo, da 3ª Sessão Legislativa, da 3ª Legislatura da Câmara Municipal de Feliz Natal, Estado de Mato Grosso. Aos sete dias do mês de julho do ano de dois

Leia mais

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio Elenco: Olga Barroso Renato Beserra dos Reis Zilânia Filgueiras Sérgio Francatti Dodi Reis Preparação de Atores e Direção: Dodi Reis Coordenação

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Eu, Você, Todos Pela Educação

Eu, Você, Todos Pela Educação Eu, Você, Todos Pela Educação Um domingo de outono típico em casa: eu, meu marido, nosso filho e meus pais nos visitando para almoçar. Já no final da manhã estava na sala lendo um livro para tentar relaxar

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S ATA DA 9 a REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 33 a LEGISLATURA, 2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS,

Leia mais

Justiça Eleitoral Texto: Coordenadoria de Controle Interno do TRE/ES Criação dos Personagens: Redesenho e Diagramação:

Justiça Eleitoral Texto: Coordenadoria de Controle Interno do TRE/ES Criação dos Personagens: Redesenho e Diagramação: Justiça Eleitoral Texto: Coordenadoria de Controle Interno do TRE/ES Criação dos Personagens: Carla Ferreira dos Santos (cafer@terra.com.br) Direitos autorais cedidos ao Tribunal Superior Eleitoral/TSE.

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA 16/2016 Aos sete dias do mês de abril de dois mil e dezesseis, às quinze horas e cinco minutos, a presidente, vereadora Nazi Medeiros, deu por aberta a presente sessão, solicitando

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 32 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 30/09/2013 Aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CACIMBAS-PB

CÂMARA MUNICIPAL DE CACIMBAS-PB CÂMARA MUNICIPAL DE CACIMBAS-PB APROVADO EM TURNO ^áfe"^ ESTADO DA PARAÍBA NQfcjA (7/ / ^ ^I^Jô/f I ÍSS I C Â M A R A MUNICIPAL DE CACIMBAS HbS- TYW^^ PRIMEIRA SECRETARIA - MESA D\REJORJ$/JmfflJ ^fca^r

Leia mais

Câmara Municipal de Arceburgo Estado de Minas Gerais Poder Legislativo

Câmara Municipal de Arceburgo Estado de Minas Gerais Poder Legislativo Ata da Décima Quarta Sessão Ordinária. No dia vinte e sete de junho de dois mil e treze, na sala das sessões da Câmara Municipal, sita a Rua Francisco Pereira Borges, 371, à hora regimental. Presentes

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO 1 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA REALIZADA NO DIA DEZASSEIS DO MÊS DE OUTUBRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE Após a instalação dos respetivos órgãos municipais, o Sr. Presidente da Assembleia Municipal cessante

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira O SR. JOSÉ ANTÔNIO ROSA (PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira Mendes, na pessoa de quem cumprimento todos

Leia mais

comércio local, porque hoje não temos o SIM e o mesmo vende de porta em porta, estaremos apenas liberando para que eles possam vender no comércio

comércio local, porque hoje não temos o SIM e o mesmo vende de porta em porta, estaremos apenas liberando para que eles possam vender no comércio Ata da 04ª Sessão Ordinária, do 4º Período Legislativo, da 5ª Sessão Legislativa, da 5ª Legislatura da Câmara Municipal de Feliz Natal, Estado de Mato Grosso. Aos sete dias do mês de março do ano de dois

Leia mais

Escrito por WEBMASTER Douglas Ter, 25 de Setembro de 2012 10:07 - Última atualização Ter, 25 de Setembro de 2012 10:09

Escrito por WEBMASTER Douglas Ter, 25 de Setembro de 2012 10:07 - Última atualização Ter, 25 de Setembro de 2012 10:09 BÃO OCÊ QUERIA O QUE, SALÁRIO PRESIDIARIO R$ 960,00 REAIS PROS BANDIDO, TRAFICANTE, ESTRUPADOR E ASSASINOS E UM PAI DE FAMILIA TRABALHADOR UM SALARIO MINIMO DE R$ 622,00 REAIS, AI JA É MAIS DA CONTA, ACHO

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES DE MARQUES DE SOUZA Rua Getúlio Vargas 796 - CEP 95923 000 Fone/FAX: (51) 3705 1171 E-mail: camara@marquesdesouza.rs.gov.

CÂMARA DE VEREADORES DE MARQUES DE SOUZA Rua Getúlio Vargas 796 - CEP 95923 000 Fone/FAX: (51) 3705 1171 E-mail: camara@marquesdesouza.rs.gov. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 ATA Nº 020-03/15 Aos vinte cinco (25) dias do mês de maio do ano de dois mil e quinze,

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

08. Camilo Alfredo Faigle Vicari

08. Camilo Alfredo Faigle Vicari 08. Camilo Alfredo Faigle Vicari Nascido em São Paulo, em 1976, é biólogo e estudante de mestrado na UNIFESP. Em 26 de agosto de 2010 recebi Camilo numa sala de reuniões da UNIFESP. Ele chegou às 18h e

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE NORTELÂNDIA AVENIDA NICOLAU GOMES DE SOUZA, 1.349 CNPJ/MF N º 15.061.773/0001-55 FONE/FAX 0XX65-346-1611

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE NORTELÂNDIA AVENIDA NICOLAU GOMES DE SOUZA, 1.349 CNPJ/MF N º 15.061.773/0001-55 FONE/FAX 0XX65-346-1611 ESTADO DE MATO GROSSO Ata nº 021/2006 Ata da reunião ordinária do dia 10 de novembro de 2006, às 20.00 horas, no plenário das deliberações da Câmara Municipal de Nortelândia, onde se reuniram ordinariamente

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

22/05/2006. Discurso do Presidente da República

22/05/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura de protocolos de intenções no âmbito do Programa Saneamento para Todos Palácio do Planalto, 22 de maio de 2006 Primeiro, os números que estão no

Leia mais

ESTADO DA BAHIA CÂMARA MUNICIPAL DE ITARANTIM. Ata dasessãoordinártia da Câmara Municipal de Itarantim/BA, realizada no dia 06 de abril de 2015.

ESTADO DA BAHIA CÂMARA MUNICIPAL DE ITARANTIM. Ata dasessãoordinártia da Câmara Municipal de Itarantim/BA, realizada no dia 06 de abril de 2015. Ata dasessãoordinártia da Câmara Municipal de Itarantim/BA, realizada no dia 06 de abril de 2015. Aosseis dias do mês de abril, do ano dois mil e quinze, às 20:00 horas, na sede da Câmara Municipal de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO PRONUNCIAMENTO DO SENHOR MARCOS BERLITZ NA TRIBUNA POPULAR DA SESSÃO ORDINÁRIA DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009. SENHOR MARCOS BERLITZ: Em primeiro lugar, eu quero cumprimentar, então, o Senhor Presidente, na

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL

DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL O processo de emancipação e a primeira eleição municipal de São João da Ponta ocorreram com muitas dificuldades. Para entendermos um pouco mais como

Leia mais

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Câmara Municipal de Perdizes, Estado de Minas Gerais

Leia mais

Ata da Vigésima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Pedro de Alcântara/SC. Segundo Período Legislativo da Quinta Legislatura.

Ata da Vigésima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Pedro de Alcântara/SC. Segundo Período Legislativo da Quinta Legislatura. Ata da Vigésima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Pedro de Alcântara/SC. Segundo Período Legislativo da Quinta Legislatura. Aos vinte e cinco dias do mês de agosto do ano de dois mil e catorze,

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA.

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Aos quatro (04) dias do Mês de Março (03) do ano de Dois Mil e Treze (2013), às 17:35 horas, com a presença de nove (09) vereadores,

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

ATA Nº 2.072 DA 17 LEGISLATURA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 03 DE JUNHO DE 2.014.

ATA Nº 2.072 DA 17 LEGISLATURA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 03 DE JUNHO DE 2.014. ATA Nº 2.072 DA 17 LEGISLATURA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 03 DE JUNHO DE 2.014. Aos três dias do mês de junho de dois mil e quatorze, às 18:00hrs reuniram-se os Senhores Vereadores na Sala de Sessões da Câmara

Leia mais

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série.

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. EE Bento Pereira da Rocha HISTÓRIA DE SÃO PAULO Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. História 1 CENA1 Mônica chega

Leia mais

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Ivo Barcelos Assumpção, nasci dia 13 do doze de 1954 em Rezende, Estado do Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu estudei engenharia química na UFRJ, entrei

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila São Pedro

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila São Pedro , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila São Pedro São Bernardo do Campo-SP, 29 de dezembro de 2009 Nós vamos ganhar um pouco de tempo aqui.

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

Relatório Controle Interno 1º. Quadrimestre 2015

Relatório Controle Interno 1º. Quadrimestre 2015 Relatório Controle Interno 1º. Quadrimestre 2015 1. APRESENTAÇÃO Nos termos do artigo 74 da Constituição Federal, artigo 59 da Lei Complementar nº. 59, artigos, 63 a 66 da Lei Complementar nº. 33, de 28

Leia mais

Pra que serve tudo isso?

Pra que serve tudo isso? Capítulo 1 Pra que serve tudo isso? Parabéns! Você tem em mãos a base para o início de um bom planejamento financeiro. O conhecimento para começar a ver o dinheiro de outro ponto de vista, que nunca foi

Leia mais

Eu quero, mais uma vez, cumprimentar o nosso amigo Jacques Diouf, diretor-geral da FAO,

Eu quero, mais uma vez, cumprimentar o nosso amigo Jacques Diouf, diretor-geral da FAO, Discurso do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de apresentação da agenda das ações preparatórias da comemoração do Dia Mundial da Alimentação Data: 07/10/2004 Eu quero, mais

Leia mais

07/10/2004. Discurso do Presidente da República

07/10/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de apresentação da agenda das ações preparatórias da comemoração do Dia Mundial da Alimentação Palácio do Planalto, 07 de outubro de 2004 Eu quero, mais uma vez,

Leia mais

Câmara Municipal de Carnaubal

Câmara Municipal de Carnaubal Câmara Municipal de Carnaubal ATA DA 2º ( SEGUNDDA) SESSÃO ORDINÁRIA DO 1º PRIMEIRO PERÍODO LEGISLATIVO ANO 2015 Ata da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Carnaubal CE; realizada no dia 24 ( VINTE

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV

Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV DINO - Divulgador de Notícias Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV Marcos Tolentino conta sua trajetória e revela como o filho de um vendedor de carros

Leia mais

O ORÇAMENTO de são paulo

O ORÇAMENTO de são paulo GT Orçamento O ORÇAMENTO de são paulo PARA ONDE VAI O SEU DINHEIRO? FIQUE DE OLHO! Realização: Movimento Nossa São Paulo Grupo de Trabalho de Acompanhamento do Orçamento Municipal Pesquisa e texto: Carlos

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

1305ª Sessão Ordinária Aos oito dias do mês de setembro do ano de dois mil e quatorze, às dezoito horas, reuniu-se a Câmara de Vereadores de Arroio

1305ª Sessão Ordinária Aos oito dias do mês de setembro do ano de dois mil e quatorze, às dezoito horas, reuniu-se a Câmara de Vereadores de Arroio 1305ª Sessão Ordinária Aos oito dias do mês de setembro do ano de dois mil e quatorze, às dezoito horas, reuniu-se a Câmara de Vereadores de Arroio do Tigre em Sessão Ordinária, sob a presidência do vereador

Leia mais

Só que tem uma diferença...

Só que tem uma diferença... Só que tem uma diferença... Isso não vai ficar assim! Sei. Vai piorar. Vai piorar para o lado dela, isso é que vai! Por enquanto, só piorou para o seu, maninho. Pare de me chamar de maninho, Tadeu. Você

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 100 Discurso na cerimónia do dia

Leia mais

ATA 1066 MARILÂINE DE MORAES

ATA 1066 MARILÂINE DE MORAES ATA 1066 Aos vinte e cinco dias do mês de novembro de dois mil e quinze, às dezenove horas, reuniram-se para Sessão Ordinária, sob a Presidência da Vereadora MARILÂINE DE MORAES os seguintes Vereadores

Leia mais

do Ofício de encaminhamento do Projeto de Lei 021/2012. O presidente colocou em votação

do Ofício de encaminhamento do Projeto de Lei 021/2012. O presidente colocou em votação ATA Nº 08/2012 - REUNIÃO ORDINÁRIA Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Marcelino Ramos, realizada no dia 16 de abril de 2012, às 18:00 horas, na sala de sessões na Praça Pe. Basso,

Leia mais

Reunião de junho na Sede da Associação

Reunião de junho na Sede da Associação Ano 1 Lagedo, Domingo, 03 de agosto de 2014 N o 3 Reunião de junho na Sede da Associação Reunião na Sede da Associação. foto: Mirene Moraes, 29/06/2014. A reunião estava marcada para ter início as 13:00h.

Leia mais

ESTADO DO ACRE PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA ROSA DO PURUS

ESTADO DO ACRE PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA ROSA DO PURUS ESTADO DO ACRE PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA ROSA DO PURUS RUA PROFIRO DE MOURA SN/ CENTRO/CEP 69.955-000/ CNPJ Nº 84.306.547/0001-00/ FONE (68) 3615-1031 PODER LEGISLATIVO MESA

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processo de Certificação 07/06/2013

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processo de Certificação 07/06/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processo de Certificação 07/06/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar.

Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar. 16 Entrevista Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar. Fotos e texto: Alessandra Anselmi Fotos:

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA

UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA Entrevista realizada em: 5.6.2013 Hora: 16h30min. Local: Sala do prof. Almir Bueno CERES Caicó/RN

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL 1. O que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)? A Lei de Responsabilidade Fiscal é um código

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

PACIÊNCIA ZERO. Do atendimento ao cliente chato. De Wellington Rianc Della Sylva

PACIÊNCIA ZERO. Do atendimento ao cliente chato. De Wellington Rianc Della Sylva PACIÊNCIA ZERO Do atendimento ao cliente chato De Wellington Rianc Della Sylva 2013 SINOPSE Você que trabalha ou já trabalhou com atendimento ao usuário por telefone vai dizer que é verdade. Tem usuário

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 42 Discurso no Hotel Tropical MANAUS,

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 APMP: Como surgiu a ideia de prestar concurso para o MP? Desde

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara

ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara 1. Processo n: 1905/2006 2. Processo Auxiliar Apenso: 5461/2005 Auditoria Programada 3. Classe de Assunto: 04 Prestação de Contas 3.1. Assunto: 05 Prestação de Contas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 70 Cerimónia de sanção do projeto

Leia mais

101 desculpas para dar aos clientes

101 desculpas para dar aos clientes 101 desculpas para dar aos clientes Crystiano C. Alves Pequeno DEDICATÓRIA Agradeço primeiramente à DEUS; minha mãe; meus irmãos e familiares; meu amor; meus amigos, em especial à Gleice Flora que sempre

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com Antônio, Sara, Vânia e César. Sala da casa de Antônio e Sara. 1 Um longo silêncio. ANTÔNIO. Vai me deixar falando sozinho? Sara o fita e fica

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Art. 1º - O Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI- possui atribuições de caráter propositivo

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DO FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR- FAPS

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DO FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR- FAPS REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DO FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR- FAPS CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1.º - O Conselho Fiscal do Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor- FAPS, criado

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

mdic.empauta.com Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Clipping da imprensa Brasília, 15 de abril de 2008 às 14h20

mdic.empauta.com Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Clipping da imprensa Brasília, 15 de abril de 2008 às 14h20 Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Clipping da imprensa Brasília, 15 de abril de 2008 às 14h20 Diário de Cuiabá MT Novo perfil trará mudanças à Casa Civil...............................................

Leia mais