INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS E ACAMPAMENTOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS E ACAMPAMENTOS"

Transcrição

1 EXTENSÃO: 191,4 Km LOTE: CUSTO DE INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS E ALOJAMENTOS CANTEIRO DE OBRAS Edificações Área Fator de Area Custo / m2 Custo Total Equivalente ( m2 ) 5 S Desm. Dest. Limp. Árv. Até 0,15m 15000,00 100% 0, ,00 Carga, Transp. e Espalhamento (Brita Corrida) (m³) 500,00 100% 81, ,00 5 S Compact. de Aterro a 95% PN 1125,00 100% 2, ,25 Escritório Adm/Fisc % 787, ,80 Guarita 10 40% 787, ,60 Almoxarifado 70 40% 787, ,20 Ambulatório 40 60% 787, ,60 Lav./Lubr./ Borrach % 787, ,60 Oficina Mecânica % 787, ,00 Cipa 30 60% 787, ,70 Castelo D'Água 25 40% 787, ,50 Posto de Abastecimento 25 30% 787, ,38 Fossa Séptica 4 60% 787, ,36 Vestiários e Sanitários 60 60% 787, ,40 Deposito de Cimento 30 40% 787, ,80 Área Estac. Coberta % 787, ,25 Balança para Pesagem 60 50% 787, ,50 Área Estac. Descoberta 787,65 - Cozinha e Refeitório % 787, ,50 TOTAL DAS EDIFICAÇÕES DO CANTEIRO , Acessórios das Edificações Rede Energia Elétrica m 300,00 50, ,00 Padrão Energia Trifásica unid. 1, , ,00 Rede Hidráulica m 250,00 30, ,00 Rede de Esgoto Sanitário m 200,00 35, ,00 Cerca de Arame Farpado Mourão de Madeira m 500,00 15, ,00 Mobiliário de Canteiro mês 30,00 577, ,90 TOTAL DOS ACESSÓRIOS DAS EDIFICAÇÕES , Alugueis e Locações Quantidade Nº Meses Locação de Área p/ Canteiro e Alojamentos , ,00 Locação de Loboratório de Solo, Betume e Concreto , ,70 Locação de Equipamentos de Topografia , ,30 TOTAL CUSTO DE ALUGUEIS E LOCAÇÕES ,00

2 1.2 - INSTALAÇÕES DE PRODUÇÃO Instalações Quantidade Fator de Area Equivalente Custo unitário Custo Total Laboratório Central (solos, asfalto e concreto) 70 50% 787, ,75 Central de Carpint % 787, ,60 Central de Arm. e Concr % 787, ,40 Usina de Asfalto - 1ª Instalação 1 100% , ,32 Usina de Asfalto - 1ª Desmontagem 1 100% , ,88 Usina de Asfalto - 2ª Instalação 1 100% , ,32 Usina de Asfalto - 2ª Desmontagem 1 100% , ,88 Usina de Asfalto - 3ª Instalação 1 100% , ,32 Usina de Asfalto - 3ª Desmontagem 1 100% , ,88 Usina de Solos - 1ª Instalação 1 100% , ,67 Usina de Solos - 1ª Desmontagem 1 100% , ,34 Usina de Solos - 2ª Instalação 1 100% , ,67 Usina de Solos - 2ª Desmontagem 1 100% , ,34 Usina de Solos - 3ª Instalação 1 100% , ,67 Usina de Solos - 3ª Desmontagem 1 100% , ,34 Fossa Séptica - 1ª Instalação 1 60% 2.591, ,94 Fossa Séptica - 2ª Instalação 1 60% 2.591, ,94 Fossa Séptica - 3ª Instalação 1 60% 2.591, ,94 Castelo D'Água - 1ª Instalação 20 40% 787, ,20 Castelo D'Água - 2ª Instalação 20 40% 787, ,20 Castelo D'Água - 3ª Instalação 20 40% 787, ,20 Centralde Pré Moldados 50 40% 787, ,00 Áreas de Apoio p/ Usinas - 1ª Instalação 60 60% 787, ,40 Áreas de Apoio p/ Usinas - 2ª Instalação 60 60% 787, ,40 Áreas de Apoio p/ Usinas - 3ª Instalação 60 60% 787, ,40 TOTAL DAS INSTALAÇÕES DE PRODUÇÃO , Acessórios das Instalações de Produção Rede Energia Elétrica - 1ª Instalação m 150,00 50, ,00 Rede Energia Elétrica - 2ª Instalação m 150,00 50, ,00 Rede Energia Elétrica - 3ª Instalação m 150,00 50, ,00 Padrão Energia Trifásica - 1ª Instalação unid. 1, , ,00 Padrão Energia Trifásica - 2ª Instalação unid. 1, , ,00 Padrão Energia Trifásica - 3ª Instalação unid. 1, , ,00 Rede Hidráulica - 1ª Instalaçâo m 100,00 30, ,00 Rede Hidráulica - 2ª Instalaçâo m 100,00 30, ,00 Rede Hidráulica - 3ª Instalaçâo m 100,00 30, ,00 Rede de Esgoto Sanitário - 1ª Instalação m 100,00 35, ,00 Rede de Esgoto Sanitário - 2ª Instalação m 100,00 35, ,00 Rede de Esgoto Sanitário - 3ª Instalação m 100,00 35, ,00 Cerca de Arame Farpado - 1ª Instalação m 300,00 15, ,00 Cerca de Arame Farpado - 2ª Instalação m 300,00 15, ,00 Cerca de Arame Farpado - 3ª Instalação m 300,00 15, ,00

3 TOTAL DOS ACESSÓRIOS DAS EDIFICAÇÕES , ALOJAMENTOS Edificações Quantidade Nº Meses Custo / m2 Custo Total Residência de Engenheiros - Aluguel , ,60 Alojamento de Encarregados - Aluguel , ,60 Alojamento Básico - Aluguel , ,20 TOTAL DE EDIFICAÇÕES , Acessórios das Edificações Mobiliário de Canteiro mês 30,00 481, ,60 TOTAL DOS ACESSÓRIOS DAS EDIFICAÇÕES ,60 TOTAL 1 - CUSTO DE INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS E ALOJAMENTOS ,34 Obs.: Foi adotado o Custo médio / m2 (SINAPI-RO) = 787,65 (Março/2011)

4 2 - CUSTO DE MANUTENÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS E ALOJAMENTOS Mão de Obra Quantidade Nº Horas Carpinteiro 2,00 660,00 9, ,40 Pedreiro 2, ,00 9, ,80 Eletricista 1, ,00 9, ,40 Soldador 1,00 660,00 9, ,20 Montador 1, ,00 9, ,40 Pintor 1, ,00 9, ,40 Bombeiro 1, ,00 9, ,40 Ajudante 2, ,00 7, ,80 Servente 4, ,00 7, ,00 TOTAL MÃO-DE-OBRA DE MANUTENÇÃO , Equipamentos Quantidade Nº Horas E406 - Caminhão Tanque l 1 660,00 90, ,60 E403 - Caminhão Basculante - 6m³ 1 660,00 110, ,00 E409 - Caminhão Carroceria - 9 t 1 660,00 88, ,00 E503 - Grupo Gerador KVA ,00 96, ,00 E501 - Grupo Gerador - 40 KVA ,00 34, ,40 E434 - Caminhão Carroc. Guind ,00 99, ,00 E011 - Retroescavadeira 1 450,00 74, ,50 E411 - Caminhão Prancha 1 450,00 161, ,00 TOTAL EQUIPAMENTOS DE APOIO ,50 TOTAL 2 - CUSTO DE MANUTENÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS E ALOJAMENTOS , CUSTO DE MANUTENÇÃO DE CAMINHOS DE SERVIÇO E ACESSOS Equipamentos Quantidade Nº Horas E406 - Caminhão Tanque lt , ,00 E403 - Caminhão Basculante 6 m , ,00 E002 - Trator de Esteiras D6M , ,00 E010 - Carregadeira , ,00 E006 - Motoniveladora 120-H , ,00 TOTAL EQUIPAMENTOS DE APOIO ,00 TOTAL 3 - CUSTO DE MANUTENÇÃO DE CAMINHOS DE SERVIÇO E ACESSOS , CUSTO DE SINALIZAÇÃO DO TRECHO EM OBRAS Mão de Obra

5 Quantidade Nº Horas Custo unitário Custo Total Servente 4, ,00 7, ,00 Sinaleiro 8, ,00 7, ,00 Carpinteiro 1, ,00 9, ,60 Eletricista 1, ,00 9, ,40 Ajudante 2, ,00 7, ,40 TOTAL MÃO-DE-OBRA , Materiais Forn. Impl. Placa Sinal. Tot. Refl. m2 120,00 276, ,20 Confec. Barr. de Bloq. p/ Obra Classe I unid. 100,00 50, ,00 Forn. Cone Zebrado - Laran. e Branco unid. 600,00 50, ,00 Forn. de Bandeirolas de Sinal. unid. 30,00 15,00 450,00 Cúpula Luminosa (balde) unid. 250,00 15, ,00 Fita Sinalizadora m 5.000,00 0,10 500,00 TOTAL MATERIAIS , Equipamentos Quantidade Nº Horas E409 - Caminhão Carroceria - 9 t ,00 88, ,00 TOTAL EQUIPAMENTOS ,00 TOTAL 4 - CUSTO DE SINALIZAÇÃO DO TRECHO EM OBRAS , CUSTO DE RECUPERAÇÃO DE ÁREAS OCUPADAS PELO CANTEIRO, ALOJAMENTOS E USINAS Serviços 5 S Hidrossemadura m ,00 0, ,00 TOTAL SERVIÇOS ,00 TOTAL 5 - CUSTO DE RECUPERAÇÃO DE ÁREAS OCUPADAS PELO CANTEIRO, ALOJAMENTOS E USINAS ,00 CUSTO TOTAL PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS E ACAMPAMENTOS ( R$ ) ,24

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO Código: Serviço: Montagem de Usina de Asfalto - 40/60 t/h Unidade: und. Produção de Equipe: 0,12 Operacional E408 - Caminhão Carroceria - Mercedes Benz: 710/37-4t 1,00000 1,00000 0,00000 57,50 14,60 57,50

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO)

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO) M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DE DE MATO GROSSO UNIDADE LOCAL DE CÁCERES-MT PROGRAMA DE MANUTENÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO)

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO) M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIDADE LOCAL DE CÁCERES-MT PROGRAMA DE MANUTENÇÃO

Leia mais

Informador das construções

Informador das construções 02 01 TERRAPLENAGEM Informador das Contruções 02 01 01 DESMATAMENTO, DESTOC. E LIMP DE ÁRVORES, ARB. E VEGET. RASTEIRA (Execução na espessura de até 30 cm, incluindo remanejamento de material p/ fora da

Leia mais

MOBIL E DESMOBIL EQUIP. DISCRIMINAÇÃO UNID. QUANT. CONSUMO (Km) (ton)

MOBIL E DESMOBIL EQUIP. DISCRIMINAÇÃO UNID. QUANT. CONSUMO (Km) (ton) ------- MOBIL E DESMOBIL EQUIP M.T. - DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES Rodovia: BR 235/BA Trecho: DIV SElBA - DIV BAlPI Subtrecho: Ente BR-324/BA (Nova Remanso) - DIV. BAlPI Segmento:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ - RS PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ - RS Vera Cruz,RS, 04 de Junho de 2014 ORÇAMENTO PARA PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA LOCAL: CIPRIANO - VERA CRUZ - RS ÁREA TOTAL: 4.320,00 m² TABELA SINAPI- DATA BASE - MAR/2014-24,06%

Leia mais

MÃO DE OBRA Quant Salário Custo Horário T501 - Enncarregado de turma 1 21,35 21,35 T701 - Servente 3 7,64 22,93 Total 44,28

MÃO DE OBRA Quant Salário Custo Horário T501 - Enncarregado de turma 1 21,35 21,35 T701 - Servente 3 7,64 22,93 Total 44,28 Item 1.1 Serviço: Recomposição Mecanizada de Aterro e Erosões na Faixa de Domínio Unid: m³ Caminhção basculante rodoferroviário 10 m³ 1 1 0 268,02 13,91 268,02 Caminhção tanque rodoferroviário 6.000 l

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 02 TOTAL ITEM: 1 2.537.161,14

SUPLEMENTO Nº 02 TOTAL ITEM: 1 2.537.161,14 CO.GCM.A.00003.2014 1/59 SUPLEMENTO Nº 02 1. O presente suplemento tem como finalidade alterar o valor do orçamento de FURNAS citado no item 10, subitem 10.1 da pág. 21/154 e também alterar as Planilhas

Leia mais

ORÇAMENTO GERAL - PONTOS LOCALIZADOS

ORÇAMENTO GERAL - PONTOS LOCALIZADOS MT - DNIT OBJETO: ELIMINAÇÃO DE PONTOS LOCALIZADOS NA BR-364/RO TRECHO: ENTR. BR-174(A) (DIV. MT/RO) - DIV. RO/AC SUBTRECHO: FIM DA PISTA DUPLA - ENTR. RO-387 (P/ ESPIGÃO DO OESTE) SEGMENTO: Km 43,0 -

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL SEA - PR/RS CONCORRÊNCIA 01/2009

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL SEA - PR/RS CONCORRÊNCIA 01/2009 ANEXO I-D ORÇAMENTO ESTIMATIVO ANALÍTICO PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PELOTAS/RS ORÇAMENTO - PLANILHA ANALÍTICA BDI = 19,57% e LS = 176,82% DATA: JULHO/2009 CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEF. PREÇO(R$) TOTAL

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE PAVIMENTAÇÃO

PROJETO BÁSICO DE PAVIMENTAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO AGÊNCIA ESTADUAL DE EXECUÇÃO DOS PROJETOS DA COPA DO MUNDO DO PANTANAL FIFA 2014 PROJETO BÁSICO DE PAVIMENTAÇÃO OBRA: TRECHO: LOCAL: EXTENSÃO: ADEQUAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO

Leia mais

MOBILIZAÇÃO, IMPLANTAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS (UNIDADES FÍSICAS) Unid 1,00 5.900,00 5.900,00

MOBILIZAÇÃO, IMPLANTAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS (UNIDADES FÍSICAS) Unid 1,00 5.900,00 5.900,00 UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI OBRA: CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE CAMPUS PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK - DIAMANTINA - MG ORÇAMENTO BÁSICO ITEM DESCRIÇÃO

Leia mais

C O M P O S I Ç Ã O D E C U S T O S B Á S I C O S

C O M P O S I Ç Ã O D E C U S T O S B Á S I C O S CÓDIGO: A.01.100.01 SERVIÇO: LIMPEZA CAMADA VEGETAL EM JAZIDA : m² OPERACIONAL E.0.02 TRATOR DE ESTEIRAS C/ LÂMINA CAT-D6M 1,00 1,00-191,09 16,74 191,09 DE - 191,09 P.5.01 ENCARREGADO DE TURMA 1,00 0,50

Leia mais

Relação de Salários Maio/2010

Relação de Salários Maio/2010 Pág.: 1 Relação de s ADMINISTRATIVO ZELADOR (A) 520,33 769,53 174,93 ENGENHEIRO CIVIL 3.721,14 4.894,25 2.579,95 CONTADOR 2.030,59 2.955,70 1.512,68 AUX DE ESCRITORIO 1.048,15 734,63 667,99 ESCRITURARIO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA MEMORIAL DESCRITIVO É OBRIGATÓRIO A EXECUÇÃO DOS ENSAIOS DE CONTROLE TECNOLÓGICO DAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA, SENDO INDISPENSÁVEL À APRESENTAÇÃO DO LAUDO TÉCNICO DE CONTROLE TECNOLÓGICO E DOS RESULTADOS

Leia mais

PERCENTUAL DE REAJUSTE DO PISO AUMENTO REAL PISO 3,61%

PERCENTUAL DE REAJUSTE DO PISO AUMENTO REAL PISO 3,61% DATA BASE INPC SINDICATOS SALÁRIOS NORMATIVOS SALÁRIO NEGOCIADO PERCENTUAL DE REAJUSTE DO PISO AUMENTO REAL PISO PERCENTUAL DE REAJUSTE DE ALIMENTAÇÃO REAJUSTE GERAL AUMENTO REAL REAJUSTE GERAL OBSERVAÇÃO

Leia mais

PISOS SALARIAIS DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO PESADA EM GOIÁS DE 01 DE MAIO DE 2014 A 30 DE ABRIL DE 2015

PISOS SALARIAIS DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO PESADA EM GOIÁS DE 01 DE MAIO DE 2014 A 30 DE ABRIL DE 2015 PISOS SALARIAIS DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO PESADA EM GOIÁS DE 01 DE MAIO DE 2014 A 30 DE ABRIL DE 2015 No mês de maio, os empregadores representados pela Entidade Patronal, dentro da área de jurisdição

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA BDI (CONSTRUÇÃO CIVIL/SERVIÇOS) : 24,18% A PARTE CIVIL 3.864.407,57 4.388.368,63 GRUPO UC CANTEIRO DE OBRAS 5.465,16 5.728,96 1,00 CANTEIRO DE OBRAS 5.465,16 5.728,96 CANTEIRO DE OBRAS E OUTROS 5.465,16

Leia mais

Custos Totais de Implantação do Empreendimento PLANILHA 01 AEROPORTO

Custos Totais de Implantação do Empreendimento PLANILHA 01 AEROPORTO Custos Totais de Implantação do PLANILHA 01 AEROPORTO 1. Custo de aquisição do terreno, reassentamentos (com toda infraestrutura) e outras ações de caráter indenizatório. 2. Estudos ambientais 3. Projetos

Leia mais

1. Canteiro de Obra Campo Grande 03

1. Canteiro de Obra Campo Grande 03 1. Canteiro de Obra Campo Grande 03 A cidade de Campo Grande, localizada no estado do Rio Grande do Norte (RN), é um dos municípios no qual dispõe de boa estrutura para implantação de um dos três canteiros

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO Serviço: Montagem de usina de asfalto 90-120t/h sem administração (escritório e laboratório) Código: 1 N 01 210 04 Unid: und Utilização Custo Operacional Custo Código A-EQUIPAMENTO

Leia mais

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Junho/2015. Mão-de-Obra

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Junho/2015. Mão-de-Obra Direta MOD000050 Agente Operador de Tráfego Júnior h 11,95 MOD000100 Agente Operador de Tráfego Sênior h 14,51 MOD000150 Ajudante de instalação e manutenção de equipamentos (Caldeira, Gerador, Subestação,

Leia mais

R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S

R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes - DNIT Superintendência Regional no Estado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARISECRETARIA DA INFRAESTRUTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARISECRETARIA DA INFRAESTRUTURA ITEM REFER. ESPECIFICAÇÕES UN QUANT P. UNIT. MELHORAMENTO, RECONSTRUÇÃO E REFORMA DO SISTEMA VIÁRIO NO DISTRITO DE ABRANTES. 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.0.1 ORSE 0004 1.0.2 1.1.4.27 1.0.3 SINAPI 12488

Leia mais

01 - SERVIÇOS INICIAIS

01 - SERVIÇOS INICIAIS 01 - SERVIÇOS INICIAIS Levantamento Topográfico Levantamento planialtimétrico e cadastral de área urbana, para representação gráfica em escala entre 1:100 e 1:250 com curva de nível de 1m de equidistância

Leia mais

Instalações de Apoio de apoio no aterro. Gersina N. da R. Carmo Junior

Instalações de Apoio de apoio no aterro. Gersina N. da R. Carmo Junior Instalações de Apoio de apoio no aterro Gersina N. da R. Carmo Junior Instalações de Apoio de apoio no aterro As instalações de apoio são estruturas auxiliares que têm por objetivo garantir o funcionamento

Leia mais

: RECIFE PARNAMIRIM : ENTR. PE-144 ENTR. PE-180 (BELO JARDIM) : km 178,0 km 182,15 (CIDADE DE BELO JARDIM)

: RECIFE PARNAMIRIM : ENTR. PE-144 ENTR. PE-180 (BELO JARDIM) : km 178,0 km 182,15 (CIDADE DE BELO JARDIM) REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO RODOVIA TRECHO SUBTRECHO SEGMENTO EXTENSÃO

Leia mais

Custo Horário dos Equipamentos --------> 427,86 B Mão de Obra Quantidade T501 Encarregado de turma 0,50 23,3400. 11,67 T701 Servente 2,00 9,9300

Custo Horário dos Equipamentos --------> 427,86 B Mão de Obra Quantidade T501 Encarregado de turma 0,50 23,3400. 11,67 T701 Servente 2,00 9,9300 DERTERRA001 Desm. dest. limpeza áreas c/arv. diam. até 0,15 m Prod. Equipe: 1.444,00 m² E003 Trator de Esteira com Lâmina (259KW) 1,00 1,00 427,86 20,28 427,86 dos Equipamentos --------> 427,86 T501 Encarregado

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO E ORÇAMENTO - P.A.T.O.

PLANO ANUAL DE TRABALHO E ORÇAMENTO - P.A.T.O. MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES - DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO DNIT NOS ESTADOS DO AMAZONAS E RORAIMA - SRD/AM/RR RODOVIA: BR-230/AM TRECHO: DIV.

Leia mais

Insumos - EQUIPAMENTOS

Insumos - EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS - AQUISIÇÃO 3127 Vibrador de imersão, diesel 4 hp UN 2.200,00 3130 Máquina para bloco intertravado, (prensa), gasolina 3 hp UN 12.200,00 3001-CA Trator de esteiras, com lâmina, diesel 110

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES - MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE RODOVIA : BR-101/RN TRECHO : Av.

Leia mais

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br Assunto: Serviços Preliminares Prof. Ederaldo Azevedo Aula 2 e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br A obra de construção de edifícios tem seu início propriamente dito, com a implantação do canteiro de obras.

Leia mais

A MELHORIA CONTÍNUA PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA

A MELHORIA CONTÍNUA PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA A MELHORIA CONTÍNUA PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA Compromisso da Diretoria A GTECC tem como foco atender às expectativas do cliente de forma planejada, oferecendo soluções de Engenharia, Construção

Leia mais

PEDRO LEITÃO MAGYAR Superintendente

PEDRO LEITÃO MAGYAR Superintendente PEDRO LEITÃO MAGYAR Superintendente OBJETIVOS INSTITUCIONAIS Parceiro estratégico do Governo Estadual em seus planos de desenvolvimento; Redução das diferenças regionais no Estado de São Paulo; ContribuiçãoparageraçãodeempregoerendaemSP.

Leia mais

FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO

FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo permitida rasura e qualquer inclusão, exclusão ou alteração de campos, sob pena

Leia mais

Relatório de Composições

Relatório de Composições 01 CANTEIRO DE OBRAS 0101 CONSTRUÇÃO DO CANTEIRO Relatório de Composições 010101. ESCRITORIO m2 - COMPOSIÇÃO 010101. SERVENTE (120%) h 5,000000 M.O. 010104. PROFISSIONAL (120%) h 2,500000 M.O. 081901.

Leia mais

Anexo 1.4-10 - Histograma de Veículos e Equipamentos

Anexo 1.4-10 - Histograma de Veículos e Equipamentos Anexo 1.4-10 - Histograma de Veículos e Equipamentos LT 500 KV / ESTREITO - FERNÃO DIAS HISTOGRAMA - VEÍCULOS / EQUIPAMENTOS Ano 1 1 2 3 4 5 6 7 ITEM EQUIPES TOTAL GERAL 34 34 34 51 51 51 51 TOTAL POR

Leia mais

(67) 3320-1400 (segunda a sexta, das 7h às 18h30)

(67) 3320-1400 (segunda a sexta, das 7h às 18h30) CAMPO GRANDE / MS - 0/06/05 R. 3 de maio, 773, Centro. (67) 330-400 (segunda a sexta, das 7h às 8h30) Administrador Administrador de empresas Ajudante de carga e descarga de mercadoria Analista de sistemas

Leia mais

1 Auxiliar de Serviços Gerais 20 18 02 Ensino Fundamental Incompleto 40h 788,00 50,00

1 Auxiliar de Serviços Gerais 20 18 02 Ensino Fundamental Incompleto 40h 788,00 50,00 EXIGENCIAS DO * 1 Auxiliar de Serviços Gerais 20 18 02 Ensino Fundamental Incompleto 2 Coletor de lixo 04 04 Ensino Fundamental Incompleto. Prova de Aptidão Física (tem VII do Edital) 3 Coveiro 02 02 Ensino

Leia mais

SERVIÇOS PRELIMINARES ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2

SERVIÇOS PRELIMINARES ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 1/28 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 01 PESQUISA E REMANEJAMENTO DE INTERFERÊNCIAS... 2 02 ACESSO PROVISÓRIO... 2 ESTIVA... 3 04 PREPARO DO TERRENO... 4 05

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. * escavação dos materiais constituintes do terreno natural até o greide de terraplenagem indicado no projeto;

MEMORIAL DESCRITIVO. * escavação dos materiais constituintes do terreno natural até o greide de terraplenagem indicado no projeto; MEMORIAL DESCRITIVO Município: Piratini/RS Local da obra: Rua 24 de Maio, Rua Princesa Isabel e Rua Rui Ramos. Área total: 12.057,36 m² 1) Introdução: O presente Memorial Descritivo tem por finalidade

Leia mais

Planilha de Preços Unitários

Planilha de Preços Unitários 1.0 F(5)100% + H(4) + Geogrelha + H(3) Fresagem Contínua do Pav. (e = 5,0 cm) m3 4.009,300 142,92 573.009,15 Selagem das juntas m 30.270,793 3,34 101.104,44 CBUQ Faixa B t 7.778,045 118,34 920.453,84 CBUQ

Leia mais

Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras

Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras André Luís Gamino Professor Área de Construção Civil Canteiro

Leia mais

Relatório Comparativo do Contratado x Executado

Relatório Comparativo do Contratado x Executado Obra : 01 - Contratação de pessoa jurídica para execução das obras civis Dimensão : 0,000 UN Bem Público: : ARENA DA AMAZÔNIA Município : Manaus - 100,00% Grupo de Serviço : 200 - SERVIÇOS INICIAIS BÁSICOS

Leia mais

DIRETOR PRESIDENTE DIRETOR ADMINISTRATIVO SECRETÁRIA DA DIRETORIA Total:

DIRETOR PRESIDENTE DIRETOR ADMINISTRATIVO SECRETÁRIA DA DIRETORIA Total: Tabela Vigente em //0 RELAÇÃO QUANTITATIVA DE EMPREGOS 0 - DIRETORIA DIRETOR PRESIDENTE DIRETOR ADMINISTRATIVO SECRETÁRIA DA DIRETORIA 0 - DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS GERENTE DE RECURSOS HUMANOS ASSISTENTE

Leia mais

PCMAT. Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção. Empresa ABC Ltda. Obra: Trecho XXX BR 040/MG

PCMAT. Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção. Empresa ABC Ltda. Obra: Trecho XXX BR 040/MG PCMAT Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção Empresa ABC Ltda Obra: Trecho XXX BR 040/MG Empresa : ABC Ltda CNPJ: Inscrição Estadual: Endereço do Escritório Central:

Leia mais

República Federativa do Brasil Ministério dos Transportes Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes

República Federativa do Brasil Ministério dos Transportes Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes República Federativa do Brasil Ministério dos Transportes Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes Programa Integrado de Revitalização PIR-IV SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO DNIT NO ESTADO

Leia mais

CORTE E ATERRO DA VIA PROJETADA P/ IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL ALVORADA

CORTE E ATERRO DA VIA PROJETADA P/ IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL ALVORADA CORTE E ATERRO DA VIA PROJETADA P/ IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL ALVORADA MEMORIAL DESCRITIVO TERRAPLENAGEM PROJETO PLANIALTIMETRICO TERRENO NATURAL E PROJETADO E PROJETO SEÇÃO LONGITUDINAL DA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 6 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PA000063/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 31/01/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR074702/2010 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

ANEXO VII PLANILHAS DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS AGRUPAMENTO N.º... I Equipe com 1 caminhão

ANEXO VII PLANILHAS DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS AGRUPAMENTO N.º... I Equipe com 1 caminhão ANEXO VII PLANILHAS DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS CONCORRÊNCIA PARA REGISTRO DE PREÇOS N.º 03 / SMSP / COGEL / 2003. PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 2003-0.070.307-0 AGRUPAMENTO N.º... 1.1.- Mão-de-obra: I Equipe

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIA DUPLICAÇÃO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES

PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIA DUPLICAÇÃO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES I PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIA DUPLICAÇÃO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 INSTALAÇÃO DE CANTEIRO E ACOMPANHAMENTO VB 1,000 cento e vinte e seis mil, quatrocentos e noventa e sete 126.497,18 reais e dezoito 126.497,18

Leia mais

CÁLCULO DAS COMPOSIÇÕES DE PREÇOS (MEMÓRIA DE CÁLCULO)

CÁLCULO DAS COMPOSIÇÕES DE PREÇOS (MEMÓRIA DE CÁLCULO) SERVIÇO: MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA ( Conservação/Recuperação) RODOVIA: BR - 135/PI TRECHO: Div. MA/PI - Div. PI/BA SUB-TRECHO: ENTR BR-324(B)/PI-141/250(B)(ELISEU MARTINS) - ENTR PI-257 (REDENÇÃO) SEGMENTO:

Leia mais

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Regime de Contratação Comércio 1 Gerente de restaurante C.L.T. Aparecida Ensino Médio 1

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Regime de Contratação Comércio 1 Gerente de restaurante C.L.T. Aparecida Ensino Médio 1 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Regime de Contratação Local de Trabalho Escolaridade Gerente de restaurante Aparecida Médio 1 Comércio 2 Supervisor de produção da indústria alimentícia Aparecida

Leia mais

COLEGIADO. 3ª Reunião

COLEGIADO. 3ª Reunião COLEGIADO 3ª Reunião Cláudia, 04 de dezembro de 2014 AGENDA 1. Apresentação do Plano Ambiental de Construção (PAC) 2. Definição de agenda e pautas para o primeiro semestre de 2015 O FAS UHE Sinop está

Leia mais

PLANILHA RESUMO DO ORÇAMENTO

PLANILHA RESUMO DO ORÇAMENTO PLANILHA RESUMO DO ORÇAMENTO LOCAL: Av. Presidente Affonso Camargo, 330 - Jardim Botânico FINALIDADE: Viário - Estação Rodoviária de Curitiba - META 1 Item Discriminação Custo Total Incidência (R$) % 1.

Leia mais

Sistema Nacional de Emprego SINE Tocantins Painel de Vagas de Emprego 03 de agosto de 2015

Sistema Nacional de Emprego SINE Tocantins Painel de Vagas de Emprego 03 de agosto de 2015 SINE ARAGUAINA Descrição Identificação da Vagas Total Açougueiro 3362511 1 3373085 1 Armador de estrutura de concreto 3368718 1 Armador de ferragens na construção civil 3353412 1 Assistente administrativo

Leia mais

SEGUNDO TERMO ADITIVO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011-2012

SEGUNDO TERMO ADITIVO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011-2012 O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INSDUSTRIAS DA CONSTRUCAO PESADA INTERMUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO, CNPJ n. 05.400.195/0001-80, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). NILSON DUARTE COSTA,

Leia mais

VAGAS ATUALIZADAS ON-LINE NO SITE: www.sinebetim.org 1

VAGAS ATUALIZADAS ON-LINE NO SITE: www.sinebetim.org 1 Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), Divulgação para o município de Betim, das oportunidades de emprego, referente ao dia 10/08/2011 às 10:30hs. O SINE Betim não recebe currículos via e-mail,

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022878/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL:46215.010922/2012-52 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 16/04/2012 SINDICATO

Leia mais

VOLUME 4 - ORÇAMENTO E PLANO DE EXECUÇÃO DA OBRA

VOLUME 4 - ORÇAMENTO E PLANO DE EXECUÇÃO DA OBRA 37 38 39 ENBRAGEO (Taboão da Serra/SP) 40 41 42 43 44 45 FUNDESP (Jandira/SP) 46 47 48 49 50 51 GEOSONDA (Cotia/SP) 52 53 54 55 56 GLOBOGEO (São Paulo/SP) 57 58 59 60 SOLOTRAT (São Paulo/SP) 61 62 63 64

Leia mais

Impulsione sua carreira, profissionalize-se EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Impulsione sua carreira, profissionalize-se EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Impulsione sua carreira, profissionalize-se EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Apresentação EDUCAÇÃO PROFISSIONAL O Centro Tecnológico de Educação Profissional Serra, teve início em 2010, com o objetivo de oferecer

Leia mais

"VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil" SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO

VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO VALEC "VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil" SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO QUADRO DE SERVIÇOS A PREÇOS UNITÁRIOS SUCON Anexo: Nº VALEC FL : REV: 0 DATA : Mar/2010 TO DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS:

Leia mais

ANEXO XIII - PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS UNITÁRIOS - CPU S

ANEXO XIII - PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS UNITÁRIOS - CPU S COMP005 REMOÇÃO DE INSTALAÇÕES EXISTENTES (ELÉTRICAS, HIDRÁULICAS E ELETRÔNICAS) CJ E0000402 E0000199 CAMINHAO CARROCERIA - DE MADEIRA 15T H 4.8000 1,00 115,35 553.68 GUINDASTE H 1.197,2426 1,00 80,79

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO PÁTIO DE ARMAZENAMENTO DE COQUE REFINARIA ABREU E LIMA S.A. Área de Expedição e Manuseio de Coque RNEST Área-68

CONSTRUÇÃO DO PÁTIO DE ARMAZENAMENTO DE COQUE REFINARIA ABREU E LIMA S.A. Área de Expedição e Manuseio de Coque RNEST Área-68 CONSTRUÇÃO DO PÁTIO DE ARMAZENAMENTO DE COQUE REFINARIA ABREU E LIMA S.A Área de Expedição e Manuseio de Coque RNEST Área-68 1. INFORMAÇÕES GERAIS 21/07/2011 2 CARACTERÍSTICAS Escopo: Execução, sob o regime

Leia mais

PLANILHA DE CUSTO - PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA EM PMF

PLANILHA DE CUSTO - PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA EM PMF OBRA: EXECUÇÃO DE PAVIMENTAÇÃO EM PMF LOCAL: RUA I, HP, MOCAMBINHO PRAZO DE EXECUÇÃO: 180 dias Ministério da Integração Nacional MI Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba

Leia mais

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Fevereiro/2015. Mão-de-Obra

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Fevereiro/2015. Mão-de-Obra Direta MOD000050 Agente Operador de Tráfego h 11,37 MOD000100 Agente Operador de Tráfego Sênior h 13,81 MOD000150 Ajudante de instalação e manutenção de equipamentos (Caldeira, Gerador, Subestação, Redes,

Leia mais

Operação de usinas de reciclagem de RCD classe A

Operação de usinas de reciclagem de RCD classe A Operação de usinas de reciclagem de RCD classe A LEONARDO F. R. MIRANDA - PROF. DR. UFPR 8ª Edição, 28/08/14 1 Abertura de uma usina de reciclagem de RCD Desenvolvimento de um plano de negócios e pesquisa

Leia mais

MUNICÍPIO DE SANTANA DO RIACHO-ESTADO DE MINAS GERAIS

MUNICÍPIO DE SANTANA DO RIACHO-ESTADO DE MINAS GERAIS CNPJ: 18.715.458/00-92 PROJETO DE LEI 755/25. UNIFICAÇÃO DO ANEXO I DA LEI 262/98 E SUAS RESPECTIVAS ALTERAÇÕES POSTERIORES ANEXO I FOLHA I CARREIRA CLASSES CARGOS CÓD. VAGA ESCOLARIDADE R$ CARG.HOR. Técnico

Leia mais

CAMPINAS. Regime de Contratação Serviços 9 Vigilante C.L.T. Aguaí Ensino Médio 6. Serviços 2 Faxineiro C.L.T. Águas de Lindóia Ensino Fundamental 0

CAMPINAS. Regime de Contratação Serviços 9 Vigilante C.L.T. Aguaí Ensino Médio 6. Serviços 2 Faxineiro C.L.T. Águas de Lindóia Ensino Fundamental 0 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Regime de Contratação Local de Trabalho Escolaridade 9 Vigilante C.L.T. Aguaí Ensino Médio 6 2 Faxineiro C.L.T. Águas de Lindóia Ensino Fundamental 0 Comércio 1 Confeiteiro

Leia mais

11. Premissas e Critérios Adotados para Mobilização e Desmobilização e para o Projeto de Canteiro de Obra e dos Acampamentos

11. Premissas e Critérios Adotados para Mobilização e Desmobilização e para o Projeto de Canteiro de Obra e dos Acampamentos 217 11. Premissas e Critérios Adotados para Mobilização e Desmobilização e para o Projeto de Canteiro de Obra e dos Acampamentos 218 11.1 Critérios Adotados para o Projeto do Canteiro de Obras e do Acampamento

Leia mais

ANEXO VI MODELO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA

ANEXO VI MODELO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA ANEXO VI MODELO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA EDITAL Nº OBJETO: RAZÃO SOCIAL: CNPJ: INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº: TELEFONE/FAX/EMAIL O valor da proposta é de R$(), referente à execução dos serviços contratados

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO ESPECIALIDADE: ESCAVADEIRA HIDRÁULICA 1. Realizar com o zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados, executando a operação e manutenção de escavadeira hidráulica; 2. Executar terraplanagem, nivelamentos,

Leia mais

PROJETO BR-040 3ª ETAPA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS - FASE 1 BNDES. Sistema Rodoviário Federal Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal

PROJETO BR-040 3ª ETAPA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS - FASE 1 BNDES. Sistema Rodoviário Federal Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal BNDES 3ª ETAPA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS - FASE 1 Sistema Rodoviário Federal Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal GO BA DISTRITO FEDERAL MINAS GERAIS GOIÁS BR 116 BR 040 BR 381 ES PROJETO BR-040 SP RJ

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO T01 - ARQUITETO B C A D D D A A E D D C B D D A E C E A B C A D A B D E C E T02 - ENGENHEIRO AGRIMENSOR B C A D D D A A E D B A C C D A E D D A C B A E C D E B C E T03 - ENGENHEIRO CIVIL B C A D D D A

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI 1/7 MANUTENÇÃO DE REDE DE DRENAGEM 1. INFRA-ESTRUTURA 1.1 ESCAVAÇÃO MANUAL EM ÁREA URBANA 1.1.1 Escavação manual de vala ou cava em material de 1ª categoria, profundidade até 1,50m m 3 3.920,00 1.1.2 3,00m

Leia mais

Composições de Serviços da Obra

Composições de Serviços da Obra Composições de Serviços da Obra Obra 1354 - Galpão de Concreto Pre-moldado 20x100m PD=5m - Parque de Exposição BDI não aplicado Encargos sociais 1,659 Etapa 002 - SERVIÇOS TÉCNICOS Subetapa 002.005 - PROJETOS

Leia mais

RIBEIRÃO PRETO. Regime de Contratação Serviços 1 Faxineiro C.L.T. Barrinha Alfabetizado 0

RIBEIRÃO PRETO. Regime de Contratação Serviços 1 Faxineiro C.L.T. Barrinha Alfabetizado 0 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Regime de Contratação Local de Trabalho Escolaridade Serviços 1 Faxineiro Barrinha Alfabetizado Comércio 1 Repositor de mercadorias Cravinhos Alfabetizado Comércio

Leia mais

MINISTRO DOS TRANSPORTES Alfredo Pereira do Nascimento. DIRETOR GERAL DO DNIT Luiz Antônio Pagot. DIRETOR EXECUTIVO José Henrique Coelho Sadok de Sá

MINISTRO DOS TRANSPORTES Alfredo Pereira do Nascimento. DIRETOR GERAL DO DNIT Luiz Antônio Pagot. DIRETOR EXECUTIVO José Henrique Coelho Sadok de Sá DNIT MINISTRO DOS TRANSPORTES Alfredo Pereira do Nascimento DIRETOR GERAL DO DNIT Luiz Antônio Pagot DIRETOR EXECUTIVO José Henrique Coelho Sadok de Sá MANUAL DE CUSTOS DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES

Leia mais

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Regime de Contratação. Escolaridade Ensino Fundamental Serviços 2 Técnico de obras civis Aparecida Curso Técnico 0

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Regime de Contratação. Escolaridade Ensino Fundamental Serviços 2 Técnico de obras civis Aparecida Curso Técnico 0 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Outros 1 Mecânico de manutenção de motores diesel (exceto de veículos automotores) Regime de Contratação Local de Tralho Aparecida Escolaridade 2 Técnico de obras

Leia mais

ANEXO 01 - QUADRO DE CARGOS E VAGAS OFERTADAS

ANEXO 01 - QUADRO DE CARGOS E VAGAS OFERTADAS ANEXO 01 - QUADRO DE CARGOS E VAGAS OFERTADAS Cargo 001 Auxiliar Operacional de Construção - Carpinteiro Cargo 002 Auxiliar Operacional de Construção - Servente Cargo 003 Auxiliar Operacional de Construção

Leia mais

SUMÁRIO. 1 As máquinas possibilitam a construção 1. 4 Solos e rochas 94. 5 Equipamentos para compactação e estabilização do terreno 118

SUMÁRIO. 1 As máquinas possibilitam a construção 1. 4 Solos e rochas 94. 5 Equipamentos para compactação e estabilização do terreno 118 SUMÁRIO 1 As máquinas possibilitam a construção 1 Ser competitivo 1 A história dos equipamentos de construção 3 O setor da construção civil 10 Segurança 11 Os contratos de construção civil 13 O planejamento

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO BASE DE SOLO-CIMENTO Grupo de Serviço PAVIMENTAÇÃO Código DERBA-ES-P-07/01 1. OBJETIVO Esta especificação de serviço define os critérios que orientam a execução de base de solo-cimento,

Leia mais

TABELA DE PREÇOS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS RELATÓRIO ANALÍTICO DE COMPOSIÇÕES UNITÁRIAS (CONSTRUÇÃO CIVIL) - ADAPTADO AO SINAPI CONSTRUÇÃO CIVIL

TABELA DE PREÇOS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS RELATÓRIO ANALÍTICO DE COMPOSIÇÕES UNITÁRIAS (CONSTRUÇÃO CIVIL) - ADAPTADO AO SINAPI CONSTRUÇÃO CIVIL TABELA DE PREÇOS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS CONSTRUÇÃO CIVIL CONSTRUÇÃO CIVIL - COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS.xls CONSTRUÇÃO CIVIL - COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS.xls COMPOSIÇÃO 3 BARRACÃO, SANITÁRIO, ALMOX. E DEPOSITO

Leia mais

ANEXO VI - ORÇAMENTO

ANEXO VI - ORÇAMENTO ANEXO VI - ORÇAMENTO. PAVIMENTO RUA 24 DE MAIO 426.437,32 8.475,72... Escavação Carga e Transporte mat.ª Cat.c/ Escavadeira.200

Leia mais

Cia/Seção: Cmt Pel Cnst

Cia/Seção: Cmt Pel Cnst GUIA DE TRABALHOS DE ENGENHARIA CHEFE DA EQUIPE DE CBUQ CAPÍTULO 04 Cia/Seção: Cmt Pel Cnst DATA EMISSÃO: 13/03/2012 ATUALIZADO: 24/05/2012 REVISÃO: 1. DEFINIÇÃO DE CBUQ A sigla (CBUQ) define o Concreto

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO E202 Compressor de Ar - 400 PCM (89 kw) 1,00 1,00 0,00 68,63 17,27 68,63 E210 Martelete - rompedor 33 kg 3,00 1,00 0,00 16,08 15,35 48,24 E404 COMPOSIÇÃO DE PREÇO Demolição de dispositivos de concreto

Leia mais

BAURU. Ensino Fundamental Ensino Fundamental Outros 1 Eletricista de instalações C.L.T. Barra Bonita Curso Técnico 3

BAURU. Ensino Fundamental Ensino Fundamental Outros 1 Eletricista de instalações C.L.T. Barra Bonita Curso Técnico 3 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Agropecuária, Extrativa Vegetal, Regime de Contratação Local de Trabalho 2 Alimentador de linha de produção Bariri Comércio 1 Atendente de lanchonete Bariri Escolaridade

Leia mais

PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA MUNICÍPIO: INDAIAL PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PROJETO: PAVIMENTAÇÃO INTERTRAVADA COM BLOCO DE CONCRETO LOCALIZAÇÃO: TRECHO: RUA MINAS GERAIS (EST. 0+00 PP) AO PARQUE MUNICIPAL

Leia mais

Confira os detalhes das vagas de emprego

Confira os detalhes das vagas de emprego Confira os detalhes das vagas de emprego 01 DE AGENTE DE VENDAS DE SERVIÇOS 02 DE AJUDANTE DE COZINHA R$ 517.00- FUNDAMENTAL INCOMPLETO- 6 MESES DE 01 DE ALINHADOR DE DIREÇÃO SALÁRIO NÃO INFORMADO- FUNDAMENTAL

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TERRAPLENAGEM REMOÇÃO DE CAMADA SUPERFICIAL (0,20 M)

MEMORIAL DESCRITIVO TERRAPLENAGEM REMOÇÃO DE CAMADA SUPERFICIAL (0,20 M) MEMORIAL DESCRITIVO É OBRIGATÓRIA A APRESENTAÇÃO DE LAUDO TÉCNICO DE CONTROLE TECNOLÓGICO E OS RESULTADOS DOS ENSAIOS REALIZADOS EM CADA ETAPA DOS SERVIÇOS, CONFORME EXIGÊNCIAS DO DNIT Departamento Nacional

Leia mais

BAIXADA SANTISTA. Regime de Contratação Outros 2 Recepcionista de hotel C.L.T. Bertioga Ensino Médio 0

BAIXADA SANTISTA. Regime de Contratação Outros 2 Recepcionista de hotel C.L.T. Bertioga Ensino Médio 0 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Regime de Contratação Local de Trabalho Escolaridade Outros 2 Recepcionista de hotel C.L.T. Bertioga Ensino Médio 0 Outros 2 Camareiro de hotel C.L.T. Bertioga Ensino

Leia mais

Total de vagas: 5.565

Total de vagas: 5.565 Painel de vagas - CEAT em 12/04/2011 Total de vagas: 5.55 OCUPAÇÃO VAGAS BAIRRO 1 Açougueiro 17 EXPERIÊNCIA MÍNIMA (MESES) Escolaridade Mínima 2 Agente administrativo 1 ZONA OESTE Ensino Médio completo

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO Código: 2 S 02 501 51 Serviço: Tratamento superficial duplo c/ emulsão BC Unidade: m² Produção de Equipe: 343,0 Discriminação Qtde. Produtiva Improdutiva Produtivo ImImprodutivo Horário E007 - Trator Agrícola

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TIPO DE LICITAÇÃO: PREGÃO PRESENCIAL

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TIPO DE LICITAÇÃO: PREGÃO PRESENCIAL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TIPO DE LICITAÇÃO: PREGÃO PRESENCIAL CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS PARA CONSERVAÇÃO DA RODOVIA E MANUTENÇÃO DOS PAVIMENTOS DAS PISTAS DA RODOVIA ERS-784, DO KM 0,00 AO KM 14,92. 1.

Leia mais

Encargos Sociais, BDI e Curva ABC

Encargos Sociais, BDI e Curva ABC Senai Dendezeiros Área de Construção Civil Encargos Sociais, BDI e Curva ABC Unidade Curricular: Orçamento de Obras e Controle de Custos Emanuele Cristian Fer Senai Dendezeiros Área de Construção Civil

Leia mais

GABARITO PROVA OBJETIVA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE NOVA IGUAÇU. Edital n 01/2010 NÍVEL: FUNDAMENTAL INCOMPLETO

GABARITO PROVA OBJETIVA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE NOVA IGUAÇU. Edital n 01/2010 NÍVEL: FUNDAMENTAL INCOMPLETO NÍVEL: FUNDAMENTAL INCOMPLETO CARGOS: ARMADOR/ AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS/ BOMBEIRO HIDRAÚLICO/ CARPINTEIRO/ ELETRICISTA/ JARDINEIRO/ MANILHEIRO/ MARCENEIRO/ MECÂNICA DE MÁQUINA PESADA/ OPERADOR DE ACABADORA/

Leia mais

TERRAPLENAGEM KOHLER LTDA. Plano de Gestão do Canteiro de Obras do Novo Campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na cidade de Joinville

TERRAPLENAGEM KOHLER LTDA. Plano de Gestão do Canteiro de Obras do Novo Campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na cidade de Joinville Plano de Gestão do Canteiro de Obras do Novo Campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na cidade de Joinville Guabiruba/SC, Junho de 2010 Índice Índice página 02 Layout do canteiro página

Leia mais

PLANO DIRETOR CAMPUS UNIVERSITÁRIO UFOPA Versão Preliminar

PLANO DIRETOR CAMPUS UNIVERSITÁRIO UFOPA Versão Preliminar UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PLANO DIRETOR CAMPUS UNIVERSITÁRIO UFOPA Versão Preliminar PROJETO BÁSICO VISTA AÉREA DO CONJUNTO CAMPUS TAPAJÓS SETOR ESPORTIVO PLANTA GERAL DO CONJUNTO CAMPUS TAPAJÓS

Leia mais

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Maio/2014. Mão-de-Obra

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Maio/2014. Mão-de-Obra PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenaria FGV Direta MOD000050 Agente Operador de Tráfego Júnior 9,91 MOD000100 Agente Operador de Tráfego Sênior 13,37 MOD000150 Ajudante de instalação

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO COMPOSIÇÃO DE PREÇO CÓDIGO: 02.110.00 SERVIÇO: REGULARIZAÇÃO DO SUBLEITO : m² E.0.06 E.0.07 E.0.13 E.1.01 E.1.05 E.4.07 MOTONIVELADORA CAT 120 H TRATOR AGRÍCOLA M.FERGUSON MF292 ROLO COMPACT. PC AP CA25PC

Leia mais