FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP (19)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559"

Transcrição

1 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA Curso: Informática Informática Gestão de Negócios. Disciplina: Administração Financeira e Orçamentária. Professor(a): Darlan Marcelo Delgado. Lista de Exercícios:. Conteúdo Programático: DIVERSOS. Data: 08/11/2010. Exercícios Adicionais. Livro base: Matemática Financeira com HP 12C e Excel: uma abordagem descomplicada. Autor: Cristiano Marchi Gimenes. Editora: Pearson Prentice Hall, Parte 1 Revisão de tópicos úteis à matemática financeira (referente ao capítulo 1 do livro de Cristiano Gimenes). 1. Calcule utilizando o método da multiplicação. a) 4% de 25 b) 20% de 49 c) 33% de 120 d) 2,92% de e) 91% de 100 f) 0,45% de g) 0,38% de h) 0,041% de i) 28,49% de 75 j) 0,8499% de ,35 2. Ainda de acordo com o método da multiplicação, calcule: a) % b) % c) % d) % e) ,44% f) ,75% g) ,79% h) ,44% i) ,8744% Pág.. 1

2 j) ,04233% 3. Subtração (%): a) % b) % c) ,2549% d) 44 5% e) ,8244% f) ,32 4,98% g) ,77% h) % i) ,79982% j) % 4. Regra de 3 simples. a) Um quilo de queijo especial custa $ 47,00. Quanto você pagará por 537 gramas? b) $ 739 é 25% de quanto? c) $ 1.300,00 é 0,5% de quanto? d) Você aplicou determinada quantia e recebeu $ 132,00 de juros. Quanto você aplicou se a taxa do período foi de 22%? 5. Decomponha e calcule o resultado: a) 2 5 b) 31 2 c) 0,44 3 d) (1,02) 4 e) (1,22) 3 f) (0,98) 4 g) (2,9) 5 h) (10) 3 i) (1,004) 4 j) (1,098) 3 6. Reescreva em forma de potência: a) 64 b) c) 7 1, 04 d) 5 32 e) 360 2, 44 f) 180 1, 99 Pág.. 2

3 g) FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA h) 4 9 ( 1,03) i) ( 1,042) j) ( 1,69) 7. Calcule o valor de x nas equações abaixo: a) 4x 100 = 0 b) 32x = 0 c) 0,33x 120 = 0 d) 0,5x 62 = 0 e) ½ x 62 = 0 f) 1,33 x = 130 g) (1 + x) 4 = 16 h) (1 + x) ½ = 36 i) 2 X = 32 j) (1 + x) 3 = 27 Parte 2 Fundamentos da matemática financeira (referente ao capítulo 2 do livro de Cristiano Gimenes). 1. Diagramação das operações financeiras. a) Um amigo lhe empresta $ 2.400,00 e você vai pagá-lo daqui a 5 meses o valor de $ 2.700,00. b) Hoje você aplicou em um fundo de renda fixa o valor de $ ,00. Você sabe que terá o direito de resgatar $ ,00 daqui a 4 meses, descontados os impostos. c) Uma empresa investiu $ ,00 na compra de um veículo que será vendido daqui a 5 anos por $ ,00. d) Você está sacando hoje $ 2.399,00 referentes a uma aplicação de $ 1.530,00 feita há 29 meses. 2. Juros simples. a) Você emprestou $ 300,00 para seu irmão a juros simples. Ele deverá lhe pagar daqui a 9 meses. Considerando uma taxa de juros de 2% ao mês, quanto você deverá receber? b) Você paga hoje $ 1.200,00 por um empréstimo de $ 1.000,00 feito há 8 meses. Calcule a taxa mensal a juros simples. c) Depois de quanto tempo você terá o direito de resgatar $ 8.191,80 se aplicar hoje $ a 7,3% ao mês? Pág.. 3

4 d) Se você receber hoje $ 740,00 por um empréstimo de 3% a.m. qual o valor desse empréstimo? e) Um banco cobra 8% ao mês no cheque especial. No início do mês você utiliza $ 100,00 desse limite e cobre sua conta 14 dias após. Quanto você pagará de juros? 3. Juros compostos (noções). a) Você emprestou $ 300,00 para seu irmão a juros compostos. Ele deverá lhe pagar daqui a 9 meses. Considerando uma taxa de juros de 2% ao mês, quanto você deverá receber? b) Se você receber hoje $ 740,00 por um empréstimo de 3% a.m. qual o valor desse empréstimo? c) Hoje você aplicou $ 1.200,00 em um fundo que paga 1,37% a.m. (fixo) pelos próximos três meses. Desconsiderando impostos, quanto você terá o direito de sacar? c.1) Refaça o problema anterior considerando um imposto pago de 20% sobre a remuneração. d) Qual é a diferença entre juros simples e compostos? e) Quando o juro simples é maior que os juros compostos? Parte 3 Capitalização Composta Fluxos de Caixa Tipo Pagamento único (referente ao capítulo 5 do livro de Cristiano Gimenes) Você foi ao banco solicitar um empréstimo pessoal no valor de R$ 3.600,00 para ser pago em 5 meses. Seu gerente informa que a taxa para esse tipo de crédito é de 8,95% ao mês. Se o valor solicitado for liberado, quanto você pagará no final do período? 5.52 Calcule o valor futuro de um capital de $ 22.00,00, aplicado à taxa de juros de 5,8% a.m. pelo período de 2 anos Preencha os espaços em branco da tabela a seguir: Tempo Taxa Valor Presente Valor Futuro a 12 % a.a. $ 1.000,00 $ 1.254,40 b 3 meses 7 % a.t. $ 2.005,00 c 5 anos 2 % a.m. $ 170,00 d 11 % a.m. $ 789,00 $ ,54 e 2 anos 25 % a.a. $ 484,37 f 4 anos 30 % a.a. $ , Qual é o valor a ser pago por uma dívida de $ 5.000,00 considerando os seguintes prazos e taxas: Pág.. 4

5 a) 0,0256% ao dia 120 dias b) 1,089% a quinzena 2 meses c) 1% a.m meses d) 1,5% a.m. - 1 ano e) 2,8% a.b. 8 meses f) 4,5% a.t meses g) 34,60% ao quadrimestre 1 ano h) 8,5% a.s. - 6 meses i) 18,5% a.a meses 5.55 Um aparelho de DVD custa $ 780,00 à vista. Outra possibilidade é um único pagamento para 90 dias. Calcule o valor desse pagamento caso a loja cobre de juros 6,2% a.m Você solicitou um empréstimo de $ 600,00 em um banco para ser pago em 30 dias. Devido a problemas financeiros você deixa de pagá-lo na data combinada. Após muitas negociações com seu gerente, mais 2 meses lhe são dados para que o pagamento seja feito. Se a taxa para esse tipo de crédito é de 9,75% ao mês, quanto você pagará pelo empréstimo? 5.57 Considere uma duplicata no valor de R: $ 1.329,19 paga com prazo de 66 dias de atraso. Se uma taxa diária de 0,026% foi cobrada pelo atraso, calcule o valor a ser pago Você recebeu um dinheiro extra e decide antecipar a última parcela do financiamento de seu carro. Utilize os dados a seguir para calcular o valor a ser pago. Valor da parcela: R$ 820,00. Taxa do contrato: 1,90 % ao mês. Tempo: 20 meses Quanto rendeu de juros uma aplicação financeira de $ ,00 após 365 dias? Considere uma taxa de 17,25% ao ano Você deseja comprar um eletrodoméstico que custa $ 459,99. A loja o anuncia em 6 pagamentos sem juros. Como a empresa aceita cartão de crédito, você pede um desconto de 5% à vista. Considerando que sua proposta foi aceita, por quanto lhe saiu o aparelho? 5.61 Uma revendedora lhe vende um veículo que custa $ 8.000,00 por $ 3.000,00 de entrada e o restante em uma única parcela para 6 meses. Calcule o valor a ser pago ao término do período, se a taxa de juros cobrada foi de 5% a.m Um terreno é vendido por uma entrada de $ 5.000,00 mais uma parcela de $ ,00 após 1 ano e meio. O mesmo terreno pode ser comprado por $ ,00 à vista. Suponha que o comprador tem seu dinheiro aplicado a 3% a.m. O que deve ele fazer? Comprar à vista ou a prazo? 5.63 O escritório Cont. Assessoria deseja pagar antecipadamente duas duplicatas com vencimento em 6 e 12 meses. Sabendo que os valores de cada uma são de $ 7.800,00 e Pág.. 5

6 $ 9.500,00, respectivamente, o gerente do escritório sabe que essas duplicadas podem ser descontadas a 3,28% ao mês. Com base nessas informações, calcule o valor a ser desembolsado para uma taxa de 3,28% ao mês A empresa Rio dos três planeja comprar 5 títulos de outra empresa. Os valores de face de cada um dos títulos são os seguintes: $ ,00; $ ,00; $ ,00, $ ,00 e $ ,00. Suponha que os prazos de vencimento sejam iguais a 3, 6, 9, 12 e 15 meses, respectivamente. A taxa de desconto para essa operação é de 9% a.t., portanto: a)calcule o valor atual de cada título b)determine quanto a empresa pagará hoje pelos 5 papéis Determinado capital foi aplicado e após 3 meses produziu um montante de $ 2.321,00. Logo após 4 meses (ou seja, 7 em relação ao início) o montante era de $ 3.432,00. Sabendo que a taxa de juros se manteve constante desde o início da operação, determine: a) a taxa b) o valor aplicado no início 5.66 Uma pessoa consulta o extrato de sua aplicação após 2 meses e constata um saldo de $ 6.050,00. No mês seguinte, ela verifica um novo saldo de $ 8.052,55. Considere a taxa inalterada desde o início da aplicação e calcule a taxa de juros e o valor depositado inicialmente Um produto pode ser adquirido com 60% de entrada e o restante poderá ser pago depois de 2 meses com um acréscimo de 5% sobre o saldo remanescente. Calcule a taxa de juros mensal praticada pela empresa Em quanto tempo um capital dobra se aplicado a 1,96% a.m.? 5.69 Qual é a melhor opção, aplicar $ 4.200,00 a 1% ao mês durante 48 meses ou aplicar a 12% ao ano durante 4 anos? Parte 4 Capitalização Composta Sequência de Pagamentos (referente ao capítulo 6 do livro de Cristiano Gimenes) Vende-se uma moto por $ 5.000,00 à vista ou a prazo com 50% de entrada e mais 10 parcelas. Determine o valor das parcelas considerando uma taxa de 2% a.m Um carro zero é colocado à venda por R$ à vista ou em (1 + 35) parcelas. Se a taxa cobrada no financiamento for de 2,2 % a.m., qual o valor das parcelas? 6.79 Preencha os espaços em branco da tabela a seguir: Pág.. 6

7 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA nº de parcelas Taxa $ Valor Presente $ Parcela A % a.a. $12.000,00 B ,90 % a.s. $6.748,98,00 C ,69 % a.t. $92,51 D ,69 % a.m. $1.210,91 E ,22 % a.m. $2.938,92 F ,92 % a.m $58.050,00 G ,98 % a.m $ , Uma loja de eletrodoméstico oferece um liquidificador em 5 parcelas sem entrada de R$ 24,99, a taxa de juros cobrada é de 4,50% a.m. Qual o valor à vista do aparelho? 6.81 Você empresta a um amigo $ 3.000,00 para pagamento em 8 parcelas que sobem progressivamente todos os meses, como está descrito no fluxo de caixa abaixo. Qual a diferença entre as parcelas? Qual o montante recebido pelo empréstimo? $ Uma concessionária vende um automóvel à vista por $ ,00 ou em até em 36 parcelas. A taxa de abertura de crédito é de $ 300,00 e você tem duas opções: primeira opção, pagar a TAC no ato ou, segunda, financiá-la somando ao valor do carro. A taxa contratada é de 3% ao mês. Calcule o valor das 36 parcelas considerando as duas opções e escolha qual é a melhor para você João quer comprar um carro e vai até uma revendedora autorizada e se interessa pelo que custa R$ ,00 à vista. Ele pode ser parcelado em até 60 vezes à taxa de 2,54% a.m. O veículo velho de João foi avaliado em R$ 7.600,00 e será dado como entrada. A renda mensal de sua família é de R$ 3.200,00 e o Banco Y só aprovará o financiamento se a parcela comprometer no máximo 17% de sua renda. João está disposto a pagar o máximo permitido pelo banco e para isso está analisando algumas formas de pagamento. Determine o valor das parcelas para as alternativas de a a e. a) Entrada de R$ 7.600,00 e mais 12 parcelas. b) Entrada de R$ 7.600,00 e mais 24 parcelas. c) Entrada de R$ 7.600,00 e mais 36 parcelas. $ 300 $ 350 $ 400 $ 450 $ 500 $ 550 $ 600 $ 650 Pág.. 7

8 d) Entrada de R$ 7.600,00 e mais 48 parcelas. e) Entrada de R$ 7.600,00 e mais 60 parcelas. f) Qual a melhor forma de pagamento para João? 6.84 Você pretende depositar $ 100,00 todo mês a partir do próximo mês. Quanto você terá acumulado em 24 meses a 1,5% ao mês de rendimento? 6.85 Considere os dados do exercício anterior, supondo agora uma aplicação mais conservadora que paga em média 0,95% a.m Um semestre do curso de alemão pode ser pago em uma condição especial: uma entrada de $ 500,00 mais 6 prestações mensais iguais de $ 650,00. Qual o valor à vista do curso no caso de a escola cobrar uma taxa mensal de 4,5%? 6.87 Um banco remunera suas aplicações em média a 3% ao trimestre. Você pretende realizar 4 depósitos trimestrais, sendo o 1º para daqui a 90 dias, com o objetivo de acumular $ ,00 concomitantemente à última aplicação. Calcule o valor dessas parcelas A empresa Microhead trabalha com instrumentos de precisão e compra um equipamento novo para sua linha de produção que custa $ ,00. Esse aparelho é financiado em prestações bimestrais por 5 anos. Se a taxa ao bimestre for de 5,60%, calcule o valor de cada uma das parcelas Você negocia diretamente com o proprietário a aquisição de uma casa no valor de $ ,00. Ele lhe propõe que 20% seja dado como entrada e que o saldo remanescente seja financiado a 3,2% ao trimestre por 3 anos. As parcelas serão trimestrais. Calcule o valor de cada uma Você está interessado em um notebook. Ao consultar as ofertas de duas empresas você se depara com as seguintes alternativas: Primeira: Uma entrada de $ 3.000,00 mais 12 prestações mensais de $ 500,00. Segunda: Uma entrada de $ 1.800,00 mais 24 prestações mensais de $ 350,00. Sabendo que ambas as empresas financiam a 2% a.m., qual é a melhor alternativa? 6.91 Calcule o valor das parcelas em cada uma das situações sabendo que um apartamento custa $ ,00 e pode ser financiado da seguinte maneira: a) 40% do valor será dado como entrada. b) 20% do valor será pago em parcelas semestrais por 4 anos (taxa de 6% ao semestre). c) 10% do valor em 5 parcelas anuais (taxa de 12% ao ano). d)30% do valor em 6 anos, pago em parcelas mensais (taxa de 1% ao mês). Pág.. 8

9 6.92 Um banco lhe oferece um plano de aposentadoria nas seguintes condições: a) Depósitos mensais de $ 350,00 durante 20 anos. b) Findo tais depósitos o montante acumulado será de $ ,31. c) Você pode sacar o montante acumulado ou ter uma renda vitalícia de $ 1.500,00. Sabendo que seu dinheiro pode, a partir de hoje, ser aplicado a 1% ao mês e isso por tempo indeterminado, discuta a proposta do banco e decida se você deve aceitá-la Um governo anuncia a emissão de um título de $ ,00 que lhe dará o direito vitalício de receber o equivalente a $ ,00 por ano. Se a taxa média de aplicação de mercado for de 1,2% ao mês, esse é um bom negócio? 6.94 Cláudio possui dois filhos, um de 8 e outro de 4 anos. Ele planeja fazer uma poupança para custear a universidade de seus dois filhos. Para o mais velho, o tempo de poupança será de 10 anos e, para o mais novo, de 14 anos. Supondo que um curso superior custe em média $ ,00, quanto ele deve poupar mensalmente para custear o estudo dos dois filhos? (Taxa de aplicação de 0,91% ao mês.) 6.95 Uma pessoa pretende reformar a casa e estima que para isso exista um custo mensal de $ 5.000,00 por 10 meses. Entre a data atual e o início da reforma essa pessoa pode fazer 5 depósitos a cada mês (o primeiro é hoje e a retirada do montante, um mês após o último). O banco remunera suas aplicações a 1,2% ao mês. Qual o valor de cada depósito para que a reforma seja realizada? 6.96 José realizou um CDC junto a um banco o qual gerou 12 prestações de $ 252,58. Ele pagou 6 prestações, perdeu o emprego e não pôde mais pagar as parcelas nos 4 meses seguintes. Como as dívidas se acumularam, ele resolveu vender seu veículo, então procurou o banco e propôs quitar todo o débito. Qual é o valor devido se a loja do contrato foi de 4% a.m.? 6.97 João, filho de Marcelo, hoje tem 21 anos, cursa engenharia civil e está pensando como programar sua aposentadoria para daqui a 39 anos. Marcelo lhe explica que a essa altura da vida uma renda mensal de aproximadamente $ 5.000,00 seria suficiente. Considerando que João é estagiário de uma grande companhia e consegue aplicar parte de seu salário a 1,3888% ao mês, quanto ele deve poupar mensalmente para que realize tal projeto de vida? Quantos depósitos mensais de $ 50,00 serão necessários para obter o montante de $ 2.667,77? Junto ao último, considere uma taxa de aplicação de 3,7% a.m Paulo recebe uma mesada de $ 100,00 de Mara, sua mãe. Ele consegue poupar 52% desse valor mensalmente e pretende comprar um videogame de $ 800,00. Levando-se em consideração que sua poupança paga 0,6% ao mês, quantos depósitos ele deve fazer para que possa comprar o aparelho no último pagamento? A construtora Bigtower chegou à conclusão de que um novo empreendimento que demorou 3 anos e 9 meses para ser concluído lhe custou $ ,00. Ela deveria Pág.. 9

10 vendê-lo com uma margem de 30% sobre o preço de custo. Além disso, em caso de financiamento das 150 unidades desse empreendimento, a taxa de 1,0% ao mês deverá ser cobrada, pois é a média praticada pelo mercado. Porém, para compensar o risco assumido, a construtora exige um retorno maior, de 3,85% ao ano. Sabendo que cada unidade será financiada em 100 parcelas fixas (plano padrão), calcule: 1. O valor à vista de cada unidade e de cada uma das 100 parcelas, considerando a taxa de 1% ao mês. Nesse caso, a construtora não atinge seu objetivo. 2. O valor à vista de cada unidade e de cada uma das 100 parcelas para que tal objetivo seja alcançado e a taxa de mercado seja respeitada. 3. Supondo que essa seja uma realidade constante, qual a margem sobre o preço de custo que a construtora deveria sempre praticar? Parte 5 Amortização de Empréstimos (referente ao capítulo 8 do livro de Cristiano Gimenes) Você vai realizar um empréstimo para seu irmão de $ 8.000,00. A taxa acertada foi de 2% ao mês e o tempo, de 4 meses. Entretanto, você pediu que $ 3.000,00 fossem amortizados no primeiro mês, $ no segundo e $ 1.500,00 no terceiro e quarto mês. Calcule o valor das parcelas para cada período, monte uma planilha de amortização e faça a comprovação dos cálculos Refaça o exercício anterior sabendo que o sistema de amortização acertado entre você e seu irmão foi o SAC Uma televisão custa $ 2.500,00. Você vai comprá-la em 7 parcelas iguais pelo sistema Price. Sabendo que a taxa cobrada foi de 5% ao mês, calcule o valor das parcelas para cada período, monte uma planilha de amortização e faça a comprovação dos cálculos Um empréstimo de $ ,00 foi concedido para a sua empresa. A taxa de juros acertada foi de 16% ao ano. Os pagamentos são anuais e o tempo total é de 15 anos. Você, como gerente financeiro, deve determinar qual o saldo devedor, da parcela e dos juros pagos no início do ano Você vai adquirir um imóvel de $ ,00 pelo sistema Price. Se o tempo de financiamento for de 10 anos e a taxa de juros mensal de 1,5%, determine qual será o seu saldo devedor daqui a 70 meses e quanto você deverá ter pago até lá Considere os dados do exercício 8.16 e responda: a) Qual o valor dos juros pagos na quinta parcela? b) Qual o valor da sexta parcela? c) Qual o saldo devedor no início do quarto período? d) Quanto sua empresa pagará até o oitavo período? Pág.. 10

11 e) Quanto sua empresa pagará em todo o contrato? f) Em relação ao valor financiado, qual o valor percentual adicional pago pela sua empresa em todo o período? 8.19 Um banco empresta $ 850,00 para pagamento em 6 prestações mensais à taxa de 4% a.m. Construa a planilha de amortizações considerado o pagamento pelo Sistema Price Refaça o exercício 8.16 supondo que o sistema de amortização seja o Price Uma empresa recebeu um empréstimo de $ ,00 e comprometeu-se a devolvêlo em 5 anos, fazendo pagamentos trimestrais. A taxa contratada é de 26% a.a., ou 6.5% ao trimestre. Para que a empresa se organize, ela solicita ao departamento financeiro uma planilha desse financiamento Uma grande empresa fez um financiamento de $ ,00 junto a um Banco Estatal. Esse valor deverá ser pago em 20 anos (parcelas anuais) a uma taxa de juros anual de 19%. O sistema de amortização é o SAC e existirá carência de 4 anos para o primeiro pagamento. Com base nessas informações, calcule: a) Qual o valor do saldo devedor um período anterior ao início dos pagamentos? b) Quanto a empresa pagará de juros em todo o contrato? (em termos monetários) c) Qual o saldo devedor no início do 8º ano? Dica: atualize o saldo devedor no período de carência e somente depois proceda normalmente os demais cálculos O banco BMS Money libera o valor de $ ,00 para a empresa SuperMoldes. Esse valor deve ser financiado em 12 anos pelo sistema SAC a 5,2% ao semestre. Sabendo que os pagamentos são semestrais calcule: a) O valor da 1ª parcela. b) O valor pago de juros até a 7ª parcela. c) O valor pago até a 7ª parcela. d) O saldo devedor após terem sido pagas 8 parcelas. e) Quanto será pago de juros um todo o contrato. f) Qual o montante deverá ser pago ao final dos 12 anos. Parte 6 Equivalência de Capitais em Capitalização Composta (referente ao capítulo 9 do livro de Cristiano Gimenes) Um veículo é vendido à vista por $ ,00. A loja propõe uma entrada de 10% e o restante em 36 parcelas, sendo a primeira para daqui a 90 dias. Considerando uma taxa efetiva de 2% a.m., calcule o valor das parcelas. Pág.. 11

12 9.23 Hoje você deve 38 parcelas de $ 320,00 para uma financeira. Você pretende substituir essa dívida por outra com 24 parcelas. Se a taxa contratada e para a renegociação for de 3,90% a.m., qual o valor das novas parcelas? 9.24 Um título de $ 8.900,00 tem vencimento para 3 anos. Você pretende pagar $ 1.000,00 hoje e substituí-lo por outro (vencimento 18 meses). Se a taxa for de 4,2% a.m., qual será o novo valor desse título? 9.25 Uma importante loja de varejo anuncia uma casa completa por $ 5.980,00 e financia qualquer saldo nas seguintes condições: a) Pagamento de $ 1.200,00 daqui a 3 meses b) Mais 18 parcelas com a 1ª para daqui a 6 meses. Se a taxa cobrada for de 5,35% a.m., qual o valor de cada parcela? 9.26 Um imóvel de $ ,00 poderá ser pago nas seguintes condições à taxa de 1,5% a.m. b. Entrada: 10% c. $ ,00 a cada 6 meses por 3 anos d. $ ,00 na entrega das chaves daqui a 21 meses e. O saldo restante será em 100 parcelas fixas. Calcule o valor dessas parcelas Sua empresa deve 4 parcelas anuais de $ ,00 de $ 8.700,00 (primeira daqui a 1 ano). Você deseja propor que toda a dívida seja paga em 15 parcelas quadrimestrais iguais e fixas. Qual o valor dessas parcelas se a taxa for de 1,98%? 9.28 Uma cozinha completa é anunciada por 18 parcelas de $ 320,00 e a primeira para 60 dias. Qual o valor dessa cozinha à vista se a taxa for de 4,37% a.m.? 9.29 Sua loja precisa anunciar um veículo com IPVA quitado e com carência de pagamento. Se o referido veículo custar $ ,00 + IPVA de 4% e o saldo em 60 meses, qual será o valor das parcelas considerando a incorporação do IPVA, assim como uma taxa de 2,9% a.m.? 9.30 Compre um veículo Delta por $ ,00 nas seguintes condições: a. entrada de 10% b. 60% do valor em 36 meses c. 30% do valor em uma única parcela no final dos 36 meses. Calcule os valores a serem pagos se a taxa for de 1,65% a.m. Pág.. 12

13 Parte 1 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA Respostas dos Exercícios adicionais. 1. Calcule utilizando o método da multiplicação. a) 1 b) 9,8 c) 39,6 d) 62,31 e) 9,10 f) 112,50 g) 18,43 h) 5,248 i) 21,36 j) 123,06 2. Ainda de acordo com o método da multiplicação calcule: a) 135,66 b) 1.824,70 c) 533,93 d) 25,740 e) 1.305,72 f) ,00 g) 2.257,91 h) 1.235,59 i) 3.463,73 j) ,34 3. Subtração %: a) 1.814,40 b) 90 c) 897,45 d) 41,80 e) 7.719,32 f) ,52 g) 2.728,13 h) 1.512,00 i) ,70 j) 1.340,00 4. Regra de 3 simples. Pág.. 13

14 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA a) $ 25,24 b) $ 2.956,00 c) $ ,00 d) $ 600,00 5. Decomponha e calcule o resultado: a) 32 b) 961 c) 0, d) 1, e) 1, f) 0, g) 205,11 h) i) 1, j) 1, Reescreva em forma de potência: 1 2 a) b) c) 1, d) e) 2, f) 1, g) h) 1, i) 1, j) 1,69 Pág.. 14

15 7. Calcule o valor de x nas equações abaixo: a) x = 25 b) x = 100 c) x = 363,64 d) x= 124 e) x = 124 f) x = 17,06 g) x = 1 h) x = 5 i) x = 5 j) x = 2 Parte 2 2. Juros simples. a) $ 354,00 b) 2,5% c) 20 meses d) $ 627,12 e) $ 1.037,33 3. Juros compostos (noções). a) $ 358,53 b) $ 619,74 c) $ 1.249,99 c1) $ 1.240,00 d) Os juros simples são lineares e os compostos, exponenciais. e) Quando o período de capitalização for menor do que 1. Parte $ 5.526, $ , a) 2 anos b)$ 2.145,35 c) $ 557,77 d) 28 meses e) $ 10,00 f) $ 3.750, a) $ 5.155,96 b) $ 5.221,38 c) $ 5.634,13 d) $ 5.978,09 e) $ 5.583,96 f) $ 6.511,30 g) $ ,85 h) $ 5.425,00 i) $8.320, $ 934, $ 793,17 Pág.. 15

16 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA 5.57 $ 1.352, $ 562, $ 2.760, $ 438, $ 6.700, a prazo 5.63 $ , , , , , ,51 = $ , a)$10,2727% a.m. b)$1.730, % a.m. e $ 5.000, ,4695% a.m ,7101 anos 5.69 A melhor aplicação é de 1% ao mês. Parte $ 278, $ 1.386, a) 4.996,18 b) 1.500,00 c) 789,00 d) ,00 e) ,00 f) 2.205,95 g) 2.894, , d = +50,00 M = $3.800, ª: $ 1.145,09; 2ª: $ 1.158,84, a opção mais vantajosa é a 1ª a) $ 1.192,22 b) $ 685,15 c) $ 521,12 Pág.. 16

17 d) $ 442,68 e) $ 398,31 f) João deve financiar o carro em 36 parcelas de 521, , , $ 3.852, $ 5.975, $ , $ , ª) $ 8.287,67 2ª) $ 8.419,87. Melhor opção é a primeira alternativa, pois possui menor valor presente a)$80.000,00 b) $ 6.441,43 c)$5.548,19 d) $ 1.173, Não deve aceitar. Razões: 1º) Porque $ 350,00 aplicados por 20 anos a 1% ao mês produz um montante de $ ,37. 2º) Esse montante gera uma renda perpétua de $ 3.462,93. 3º)Caso você aceite a renda vitalícia, em caso de falecimento o banco pode ficar com o montante que você poupou Não, o título do governo paga menos do que 1% ao mês e os $ ,00 precisariam ser corrigidos por algum índice de inflação Para o filho mais velho, $ 222,22 e para o mais novo, $ 121,98, totalizando $ 344,20 mensalmente , , $ 566,26, mas João deve corrigir esse valor de acordo com seu aumento salarial depósitos ,75 períodos. Pág.. 17

18 Parte 5 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA É necessário elaborar as tabelas de amortização. Parte $ 1.667, $ 408, $ 2.146, $ 565, d) $ , $ 9.052, $ 3.767, $ 7.450,22 Pág.. 18

Pra que serve a Matemática Financeira? AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS MATEMÁTICA FINANCEIRA 20/01/2016. Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc

Pra que serve a Matemática Financeira? AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS MATEMÁTICA FINANCEIRA 20/01/2016. Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc MATEMÁTICA FINANCEIRA Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc Pra que serve a Matemática Financeira? 1 NOÇÕES GERAIS SOBRE A MATEMÁTICA

Leia mais

F=1.038,50. F = P. (1+i) n F=1.000(1+0,12) 4/12. F = P. (1+i) n J=F-P J=1.000(1+0,02) 12 1.000 = 268,24

F=1.038,50. F = P. (1+i) n F=1.000(1+0,12) 4/12. F = P. (1+i) n J=F-P J=1.000(1+0,02) 12 1.000 = 268,24 1 Quais serão os juros pagos pelo empréstimo de $1. durante um ano a uma taxa de 2% am? P=1. i=2%am n=1 ano(=12meses) F = P. (1+i) n J=F-P J=1.(1+,2) 12 1. = 268,24 3 Qual será o montante pago pelo empréstimo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO LISTA 2 1) Um título, com valor de face igual a $1.000,00,

Leia mais

Prof. Diogo Miranda. Matemática Financeira

Prof. Diogo Miranda. Matemática Financeira 1. Uma alternativa de investimento possui um fluxo de caixa com um desembolso de R$ 10.000,00, no início do primeiro mês, Outro desembolso, de R$ 5.000,00, ao final do primeiro mês, e duas entradas líquidas

Leia mais

Comentário Geral: Prova dentro dos padrões da banca examinadora. Questões fáceis: 6 Questões medianas: 2 Questões difíceis: 0

Comentário Geral: Prova dentro dos padrões da banca examinadora. Questões fáceis: 6 Questões medianas: 2 Questões difíceis: 0 Comentário Geral: Prova dentro dos padrões da banca examinadora. Questão passível de anulação: 27 Porém, não acredito que a banca anulará, veja o comentário Questões fáceis: 6 Questões medianas: 2 Questões

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS Parte integrante do curso Conhecendo a Calculadora HP 12C Prof. Geraldo Peretti. Página 1 Cálculos aritméticos simples. A) (3

Leia mais

Lista de Exercícios para a Prova Substitutiva de Matemática Financeira Parfor Matemática

Lista de Exercícios para a Prova Substitutiva de Matemática Financeira Parfor Matemática Lista de Exercícios para a Prova Substitutiva de Matemática Financeira Parfor Matemática 1. Se 35 m de um tecido custam R$ 140, quanto se pagará 12 m? 2. Se 20 tratores levaram 6 dias para realizar um

Leia mais

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Disciplina: Matemática Financeira I Prof.: Marcos José Ardenghi Séries Uniformes de Pagamento As séries uniformes de pagamentos, anuidades ou rendas são

Leia mais

prestação. Resp. $93.750,00 e $5.625,00.

prestação. Resp. $93.750,00 e $5.625,00. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA DISCIPLINA MAT191 - MATEMÁTICA FINANCEIRA PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO LISTA 3 1) Um bem é vendido a vista por $318.000,00

Leia mais

www.concurseiro10.com.br

www.concurseiro10.com.br 1) Um capital de R$ 18.000,00, aplicados a 6% ao ano, durante 8 anos, qual o juros produzido? a) 7.640,00 b) 6.460,00 c) 8.640,00 d) 9.000,00 2) Um investidor aplicou R$10.000,00, à taxa de 13% ao mês

Leia mais

22.5.1. Data de Equivalência no Futuro... 22.5.2. Data de Equivalência no Passado... 2. 22.5. Equivalência de Capitais Desconto Comercial...

22.5.1. Data de Equivalência no Futuro... 22.5.2. Data de Equivalência no Passado... 2. 22.5. Equivalência de Capitais Desconto Comercial... Aula 22 Juros Simples. Montante e juros. Descontos Simples. Equivalência Simples de Capital. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. Descontos: Desconto racional simples e

Leia mais

Capital = 100 Juros simples Juros compostos Nº de anos Montante simples Montante composto

Capital = 100 Juros simples Juros compostos Nº de anos Montante simples Montante composto Juros compostos Cada período, os juros são incorporados ao principal e passam, por sua vez, a render juros. Também conhecido como juros sobre juros. Vamos ilustrar a diferença entre os crescimentos de

Leia mais

Fórmula do Montante. - Valor Futuro após 1 período: F 1 = P + Pi = P(1 + i) - Valor Futuro após 2 períodos:

Fórmula do Montante. - Valor Futuro após 1 período: F 1 = P + Pi = P(1 + i) - Valor Futuro após 2 períodos: DEPARTAMENTO...: ENGENHARIA CURSO...: PRODUÇÃO DISCIPLINA...: ENGENHARIA ECONÔMICA / MATEMÁTICA FINANCEIRA PROFESSORES...: WILLIAM FRANCINI PERÍODO...: NOITE SEMESTRE/ANO: 2º/2008 Aula 3 CONTEÚDO RESUMIDO

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA BÁSICA

MATEMÁTICA FINANCEIRA BÁSICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - IFCH DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO ECONÔMICO - DEPE CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL

Leia mais

Lista de Exercícios 1

Lista de Exercícios 1 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Elétrica Disciplina de Engenharia Econômica TE142 2º Semestre de 2011 Professor James Alexandre Baraniuk Lista de Exercícios 1 1. Um jovem de 20 anos

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO:

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO: 1 MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO: O PRINCIPAL CONCEITO QUE ORIENTARÁ TODO O NOSSO RACIOCÍNIO AO LONGO DESTE CURSO É O CONCEITO DO VALOR DO DINHEIRO NO TEMPO. EMPRÉSTIMOS OU INVESTIMENTOS

Leia mais

GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples)

GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples) Bertolo MATEMÁTICA FINANCEIRA Gab_fin2 1 GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples) 1. Uma pessoa toma R$ 30.000,00 emprestados, a juros de 3% ao mês,

Leia mais

Matemática Régis Cortes JURO SIMPLES

Matemática Régis Cortes JURO SIMPLES JURO SIMPLES 1 Juros é o rendimento de uma aplicação financeira, valor referente ao atraso no pagamento de uma prestação ou a quantia paga pelo empréstimo de um capital. Atualmente, o sistema financeiro

Leia mais

EXERCÍCIOS IV SÉRIES DE PAGAMENTOS IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais

EXERCÍCIOS IV SÉRIES DE PAGAMENTOS IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais e mensais de $ 1.000,00 cada uma, dentro do conceito de termos vencidos, sabendo-se que

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA Roberto César Faria e Silva MATEMÁTICA FINANCEIRA Aluno: SUMÁRIO 1. CONCEITOS 2 2. JUROS SIMPLES 3 Taxa Efetiva e Proporcional 10 Desconto Simples 12 Desconto Comercial, Bancário ou Por Fora 13 Desconto

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA - ADMINISTRAÇÃO

MATEMÁTICA FINANCEIRA - ADMINISTRAÇÃO MATEMÁTICA FINANCEIRA - ADMINISTRAÇÃO DESCONTO 1) Determinar o desconto por fora sofrido por uma letra de R$ 5.000,00 à taxa de 5% aa, descontada 5 anos antes de seu vencimento. Resp: R$ 1.250,00 2) Uma

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV

MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV 01. (FGV) O preço de venda de um artigo foi diminuído em 20%. Em que porcentagem devemos aumentar o preço diminuído para que com o aumento o novo preço coincida com o original?

Leia mais

Matemática. Aula: 04/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Aula: 04/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Aula: 04/10 Prof. Pedro Souza UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Fábio Maia. AULA 1 - Juros Simples. Formulário: Juros Simples: j = C.i.n e Montante: M = C. (1 + i.

MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Fábio Maia. AULA 1 - Juros Simples. Formulário: Juros Simples: j = C.i.n e Montante: M = C. (1 + i. MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Fábio Maia AULA 1 - Juros Simples Juros Simples é o processo financeiro onde apenas o principal rende juros, isto é, os juros são diretamente proporcionais ao capital empregado.

Leia mais

UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5152 MATEMÁTICA FINACEIRA II PROF. FERNANDO GUERRA. LISTA DE EXERCÍCIOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5152 MATEMÁTICA FINACEIRA II PROF. FERNANDO GUERRA. LISTA DE EXERCÍCIOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5152 MATEMÁTICA FINACEIRA II PROF. FERNANDO GUERRA. 1 LISTA DE EXERCÍCIOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS 1) Certo banco concede um financiamento de 80.000

Leia mais

AFC/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira

AFC/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira 12/02/2006 AFC/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira Questão 11. Marcos descontou um título 45 dias antes de seu vencimento e recebeu R$370.000,000. A taxa de desconto comercial simples foi

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA Roberto César Faria e Silva MATEMÁTICA FINANCEIRA Aluno: SUMÁRIO 1. CONCEITOS 2 2. JUROS SIMPLES 3 Taxa Efetiva e Proporcional 10 Desconto Simples 12 Desconto Comercial, Bancário ou Por Fora 13 Desconto

Leia mais

EXERCÍCIOS DIVERSOS TRABALHO 1

EXERCÍCIOS DIVERSOS TRABALHO 1 EXERCÍCIOS DIVERSOS TRABALHO 1 01. O gerente de uma loja de presentes está fazendo o fechamento das vendas de brinquedos no período de véspera de natal. No dia 06/11/2006 foram vendidos 14 brinquedos a

Leia mais

JUROS SIMPLES - EXERCÍCIOS PARA TREINAMENTO - LISTA 02

JUROS SIMPLES - EXERCÍCIOS PARA TREINAMENTO - LISTA 02 JUROS SIMPLES - EXERCÍCIOS PARA TREINAMENTO - LISTA 0 01. Calcular a taxa mensal proporcional de juros de: a) 14,4% ao ano; b) 6,8% ao quadrimestre; c) 11,4% ao semestre; d) 110,4% ao ano e) 54,7% ao biênio.

Leia mais

Gran Cursos. Matemática Financeira Walter Sousa. Rendas Certas financiamentos e capitalizações. 1) Fluxo de Caixa. 1.1) Fluxo de Caixa Padrão

Gran Cursos. Matemática Financeira Walter Sousa. Rendas Certas financiamentos e capitalizações. 1) Fluxo de Caixa. 1.1) Fluxo de Caixa Padrão Matemática Financeira Walter Sousa Gran Cursos Rendas Certas financiamentos e capitalizações 1) Fluxo de Caixa Representa uma série de pagamentos ou recebimentos que ocorrem em determinado período de tempo.

Leia mais

Administração - UniFAI

Administração - UniFAI CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO UniFAI Matemática Financeira Exercícios - Parte II Desconto de Títulos de Crédito Desconto de um Conjunto de Títulos 1 Desconto de Títulos de Crédito 1) Calcular o desconto

Leia mais

UNIDADE DESCENTRALIZADA NOVA IGUAÇU - RJ ENGENHARIA ECONÔMICA E FINANCEIRA

UNIDADE DESCENTRALIZADA NOVA IGUAÇU - RJ ENGENHARIA ECONÔMICA E FINANCEIRA PARTE I 1 1) Calcular a taxa de juros trimestral proporcional às seguintes taxas: a) 24% ao ano. b) 36% ao biênio c) 6% ao semestre 2) Determinar a taxa de juros anual proporcional, das as seguintes taxas:

Leia mais

mat fin 2008/6/27 13:15 page 53 #50

mat fin 2008/6/27 13:15 page 53 #50 mat fin 2008/6/27 13:15 page 53 #50 Aula 4 DESCONTO NA CAPITALIZAÇ ÃO SIMPLES O b j e t i v o s Ao final desta aula, você será capaz de: 1 entender o conceito de desconto; 2 entender os conceitos de valor

Leia mais

1. (TTN ESAF) Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% ao ano, rendeu R$ 880,00 de juros. Durante quanto tempo esteve empregado?

1. (TTN ESAF) Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% ao ano, rendeu R$ 880,00 de juros. Durante quanto tempo esteve empregado? 1. (TTN ESAF) Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% ao ano, rendeu R$ 880,00 de juros. Durante quanto tempo esteve empregado? a) 3 meses e 3 dias b) 3 meses e 8 dias c) 2 meses e 23 dias d) 3 meses

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA AUTORIA: Prof Edgar Abreu CONTEÚDOS DE MATEMÁTICA FINANCEIRA EDITAL 2010 DA CEF 1. Funções exponenciais e logarítmicas. 2. Noções de probabilidade e estatística. Juros simples e compostos:

Leia mais

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa 1. Calcule o valor presente do fluxo de caixa indicado a seguir, para uma taxa de desconto de 1 % ao mês, no Resposta: $13.147,13 2.

Leia mais

! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento

! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento CAVALCANTE & COMO MONTAR O FLUXO DE CAIXA EM! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento Autores: Francisco

Leia mais

Matemática Régis Cortes. JURO composto

Matemática Régis Cortes. JURO composto JURO composto 1 O atual sistema financeiro utiliza o regime de juros compostos, pois ele oferece uma maior rentabilidade se comparado ao regime de juros simples, onde o valor dos rendimentos se torna fixo,

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária II

Administração Financeira e Orçamentária II Administração Financeira e Orçamentária II Capítulo 6 Matemática Financeira Série Uniforme de Pagamentos e de Desembolsos Sistemas de Amortização Análise de Fluxo de Caixa Séries Uniformes de Pagamentos

Leia mais

A CORREÇÃO MONETÁRIA

A CORREÇÃO MONETÁRIA A CORREÇÃO MONETÁRIA NO FINANCIAMENTO DE IMÓVEIS Cristiano Gimenes* Resumo Em linhas gerais, um imóvel pode ser adquirido à vista, a prazo ou por troca. Sobre a compra à vista não há problema, alguns cuidados

Leia mais

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA PORCENTAGEM MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA Quando é dito que 40% das pessoas entrevistadas votaram no candidato A, esta sendo afirmado que, em média, de cada pessoas, 40 votaram no candidato

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATEMATICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES

CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATEMATICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES DEFINIÇÕES: CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATEMATICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES Taxa de juros: o juro é determinado através de um coeficiente referido a um dado intervalo de tempo. Ele corresponde à remuneração da

Leia mais

Em minha opinião pessoal, não acredito que as duas questões sejam anuladas, porém não custa tentar!!!!

Em minha opinião pessoal, não acredito que as duas questões sejam anuladas, porém não custa tentar!!!! Vamos ao que interessa. As questões 69 e 75 são passíveis de anulação. Veja suas resoluções. Em minha opinião pessoal, não acredito que as duas questões sejam anuladas, porém não custa tentar!!!! A prova

Leia mais

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande 1.31. Introdução à Matemática Financeira Uma das aplicações das sequências é a Matemática Financeira. odemos associar os dois sistemas monetários com nossas As e Gs! O sistema de juros simples é associado

Leia mais

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER 1- Uma dívida no valor de R$ 60.020,54 deve ser paga em sete prestações postecipadas de R$ 10.000,00, a uma determinada taxa de juros. Considerando esta mesma taxa de juros, calcule o saldo devedor imediatamente

Leia mais

CAIXA ECONOMICA FEDERAL

CAIXA ECONOMICA FEDERAL JUROS SIMPLES Juros Simples comercial é uma modalidade de juro calculado em relação ao capital inicial, neste modelo de capitalização, os juros de todos os períodos serão sempre iguais, pois eles serão

Leia mais

Gabarito das Autoatividades MATEMÁTICA FINANCEIRA (ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEIS) 2010/2 Módulo II

Gabarito das Autoatividades MATEMÁTICA FINANCEIRA (ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEIS) 2010/2 Módulo II Gabarito das utoatividades (DSÇÃO/ÊS OBS) 2010/2 ódulo USSLV D GBO DS UOVDDS GBO DS UOVDDS D 3 UDD 1 ÓPO 1 1 Defina a atemática inanceira..: atemática inanceira é uma disciplina que estuda o valor do

Leia mais

Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy

Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy 1. (MDIC 2002 ESAF) Um contrato prevê que aplicações iguais sejam feitas mensalmente em uma conta durante doze meses com o objetivo

Leia mais

Página 2. 1 da quantia aplicada. Optando pelo. 1 ou 4

Página 2. 1 da quantia aplicada. Optando pelo. 1 ou 4 Página 1 01. (BB CESGRNRIO/201) Um cliente fez um investimento de 0 mil reais em um Banco, no regime de juros compostos. pós seis meses, ele resgatou 20 mil reais, deiando o restante aplicado. pós um ano

Leia mais

Para o cálculo dos juros siga corretamente este roteiro:

Para o cálculo dos juros siga corretamente este roteiro: Juro Simples Juro: é a remuneração do capital emprestado, podendo ser entendido, de forma simplificada, como sendo o aluguel pago pelo uso do dinheiro. Capital: qualquer valor expresso em moeda e disponível

Leia mais

UNIDADE 1. SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS

UNIDADE 1. SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS UNIDADE. SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS Empréstimo - Recurso financeiro que não necessita ser justificado quanto a sua finalidade; por exemplo: cheque especial e CDC(Crédito Direto

Leia mais

Análise e Resolução da prova de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual do Piauí Disciplina: Matemática Financeira Professor: Custódio Nascimento

Análise e Resolução da prova de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual do Piauí Disciplina: Matemática Financeira Professor: Custódio Nascimento Análise e Resolução da prova de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual do Piauí Disciplina: Professor: Custódio Nascimento 1- Análise da prova Neste artigo, faremos a análise das questões de cobradas na prova

Leia mais

Juros APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA: PROF. ALBERTO. APOSTILA ESPECIAL DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Profº Alberto CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Juros APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA: PROF. ALBERTO. APOSTILA ESPECIAL DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Profº Alberto CONSIDERAÇÕES INICIAIS APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA: PROF. ALBERTO Taxa de juros: relação percentual entre os juros cobrados, por unidade de tempo, e o capital [principal] emprestado. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Montante: capital

Leia mais

JURO SIMPLES. Exercícios de Aplicação. Tarefa I

JURO SIMPLES. Exercícios de Aplicação. Tarefa I I JURO SIMPLES Exercícios de Aplicação 01. O juro simples da aplicação de $ 1.200,00, durante 5 meses à taxa de 4% ao mês vale: a) $ 300,00. b) $ 240,00. d) $ 220,00. c) $ 280,00. e) $ 320,00. 02. O juro

Leia mais

FACULDADE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

FACULDADE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FACULDADE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE DISCIPLINA: Matemática Financeira e Engenharia Econômica TÓPICO: Sistemas de Amortização Prof: Khalil Conceito: O valor de uma prestação de um financiamento ou empréstimo

Leia mais

Conceitos de: juro, capital, taxa de juros, montante e capitalização simples

Conceitos de: juro, capital, taxa de juros, montante e capitalização simples UFS FM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTIA MTM 5151 MATEMÁTIA FINAEIRA I PROF. FERNANDO GUERRA. UNIDADE 1 JUROS SIMPLES onceitos de: juro, capital, taxa de juros, montante e capitalização simples Juro j É uma compensação

Leia mais

INTRODUÇÃO À MATEMÁTICA FINANCEIRA

INTRODUÇÃO À MATEMÁTICA FINANCEIRA INTRODUÇÃO À MATEMÁTICA FINANCEIRA SISTEMA MONETÁRIO É o conjunto de moedas que circulam num país e cuja aceitação no pagamento de mercadorias, débitos ou serviços é obrigatória por lei. Ele é constituído

Leia mais

Prof. Eugênio Carlos Stieler

Prof. Eugênio Carlos Stieler http://www.unemat.br/eugenio DESCONTOS CONCEITO A chamada operação de desconto normalmente é realizada quando se conhece o valor futuro de um título (valor nominal, valor de face ou valor de resgate) e

Leia mais

Prof. Dr. João Muccillo Netto

Prof. Dr. João Muccillo Netto Prof. Dr. João Muccillo Netto INTRODUÇÃO 1. Juros Segundo a Teoria Econômica, o homem combina Terra Trabalho Capital Aluguel Salário Juro para produzir os bens de que necessita. Juro é a remuneração do

Leia mais

CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor.

CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor. E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor. Com dívidas em quase 20 instituições diferentes, Joana fez uma lista

Leia mais

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros Módulo 2 Produtos TÍTULO e Serviços X Financeiros CRÉDITO PESSOAL Olá! Neste módulo, vamos aprofundar nossos conhecimentos sobre os produtos e serviços financeiros que podemos oferecer aos nossos clientes.

Leia mais

Introdução ao cálculo financeiro

Introdução ao cálculo financeiro Introdução ao cálculo financeiro Miguel Matias Instituto Superior Miguel Torga LICENCIATURA EM GESTÃO / 2ºANO 1ºSEM 2015/16 PROGRAMA 1. Introdução ao cálculo financeiro 2. Instrumentos financeiros de curto

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

SÉRIES UNIFORMES. Fórmulas das séries antecipadas. Fórmulas das séries postecipadas ( ) [ ( ) ( ) ] ] ( ) ( ) ] [ ( ) ( ) ( ) [ ( )] ( )

SÉRIES UNIFORMES. Fórmulas das séries antecipadas. Fórmulas das séries postecipadas ( ) [ ( ) ( ) ] ] ( ) ( ) ] [ ( ) ( ) ( ) [ ( )] ( ) UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE - FAC-CG CURSO: Graduação Tecnológica em Gestão Comercial Disciplina: Matemática Comercial e Financeira Prof.: Rosemberg Trindade

Leia mais

Março/2012 Parte 2. Pag.1. Prof. Alvaro Augusto

Março/2012 Parte 2. Pag.1. Prof. Alvaro Augusto Pag.1 Pag.2 Pag.3 Descontos Desconto é a liquidação de uma operação antes de seu vencimento, envolvendo um prêmio ou recompensa. Valor Nominal, Valor de Resgate ou Valor de Face é o valor de um título

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS ÍNDICE 1.0 - DOS EMPRÉSTIMOS...Página 2 2.0 - DA MODALIDADE... 2 3.0 - DOS LIMITES... 2 4.0 - DA CONCESSÃO... 3 5.0 - DOS PRAZOS... 4 6.0 - DA AMORTIZAÇÃO... 4

Leia mais

Título : B2 Matemática Financeira. Conteúdo :

Título : B2 Matemática Financeira. Conteúdo : Título : B2 Matemática Financeira Conteúdo : A maioria das questões financeiras é construída por algumas fórmulas padrão e estratégias de negócio. Por exemplo, os investimentos tendem a crescer quando

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Prof. Local. Flavio Nicastro. flavio.nicastro@attatecnologia.com.br. 13-11-2013 aula 4

GESTÃO FINANCEIRA. Prof. Local. Flavio Nicastro. flavio.nicastro@attatecnologia.com.br. 13-11-2013 aula 4 GESTÃO FINANCEIRA Prof. Local Flavio Nicastro flavio.nicastro@attatecnologia.com.br 13-11-2013 aula 4 Avaliação de Ativos e Valor Presente. Dinâmica 1 Exercícios de Valor Presente e Valor Futuro 1) Joaquim

Leia mais

Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais

Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais Juros Compostos Fórmulas - 1 RELAÇÃO ENTRE PMT E FV FV = PMT [ ( 1 + i ) n-1 + ( 1 + i ) n-2 + + ( 1 + i ) + 1 ] (A) Multiplicando por (1+i): FV = PMT [(1 +

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV 1 CAPÍTULO I Do Objeto Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da CASANPREV, dos Participantes, Assistidos

Leia mais

Matemática Profª Valéria Lanna

Matemática Profª Valéria Lanna Matemática Profª Valéria Lanna Para responder a questão 01, utilize os dados da tabela abaixo, que apresenta as freqüências acumuladas das notas de 20 alunos entre 14 e 20 pontos. Notas (em pontos) Frequência

Leia mais

Resolução Prova de RACIOCINIO LOGICO MATEMATICO (PARTE MATEMÁTICA) PROF RICARDO ALVES

Resolução Prova de RACIOCINIO LOGICO MATEMATICO (PARTE MATEMÁTICA) PROF RICARDO ALVES Resolução Prova de RACIOCINIO LOGICO MATEMATICO (PARTE MATEMÁTICA) PROF RICARDO ALVES 11 Observe a adição: Sendo E e U dois algarismos não nulos e distintos, a soma E + U é igual a (A) 13 (B) 14 (C) 15

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS Aprovado pela REDIR Nº. 257ª de 30/11/2010 e na 178ª Reunião do CD n 166ª de 03/12/2010. 1 REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS ÍNDICE 1.0 - DOS EMPRÉSTIMOS...Página

Leia mais

UNIDADE Correção monetária

UNIDADE Correção monetária UNIDADE 5 Correção monetária Correção monetária Curso de Graduação em Administração a Distância Objetivo Nesta Unidade, você vai estudar: o conceito de inflação, bem como o conceito de correção monetária;

Leia mais

Raciocínio Lógico-Matemático para Banco do Brasil

Raciocínio Lógico-Matemático para Banco do Brasil Aula 00 Raciocínio Lógico-Matemático Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Apresentação... 3 Juros Simples - Introdução... 5 Juros... 5 Formas de Representação

Leia mais

Banco do Brasil + BaCen

Banco do Brasil + BaCen 1. TAXA Taxa [ i ] é um valor numérico de referência, informado por uma das notações: Forma percentual, p.ex. 1%. Forma unitária, p.ex. 0,01 Forma fracionária centesimal, p.ex. 1/100. Ambos representam

Leia mais

Use o crédito de forma consciente

Use o crédito de forma consciente Guia Financeiro 2 Use o crédito de forma consciente O crédito pode ser muito útil, tanto para realizar sonhos, quanto resolver algumas pendências financeiras, desde que você tenha um orçamento controlado

Leia mais

UNIDADE. Noções de análise de investimentos

UNIDADE. Noções de análise de investimentos UNIDADE 6 Noções de análise de investimentos Curso de Graduação em Administração a Distância Objetivo Nesta Unidade, você vai descrever e aplicar os dois mais importantes métodos de avaliação de projetos

Leia mais

PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO MODALIDADE PRÉ-FIXADO (Preenchimento Obrigatório) Nome. Matrícula Lotação Tel. Comercial. Email: Carteira de Identidade CPF

PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO MODALIDADE PRÉ-FIXADO (Preenchimento Obrigatório) Nome. Matrícula Lotação Tel. Comercial. Email: Carteira de Identidade CPF ELETRA - FUNDAÇÃO CELG DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA www.eletra.org.br - versão: 05/2015 12.08.2015 - pág.: 1 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO MODALIDADE PRÉ-FIXADO (Preenchimento Obrigatório) ( ) ATIVO ( ) APOSENTADO

Leia mais

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA UNESPAR/PARANAVAÍ - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - 0 - PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA Setembro/204 UNESPAR/PARANAVAÍ - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - -. RENDAS CERTAS OU ANUIDADES Nas

Leia mais

Economia Doméstica - Finanças Pessoais -

Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Parte A Introdução e Visão Geral Parte B Planejamento e Acompanhamento - Técnicas Prof. Maurício Cury POUPAR x GASTAR Situação: Dois casais amigos onde, cada casal

Leia mais

Matemática Financeira Departamento de Matemática - UFJF

Matemática Financeira Departamento de Matemática - UFJF Matemática Financeira Departamento de Matemática - UFJF Notas de aulas Wilhelm Passarella Freire (Colaboração: André Arbex Hallack) Março/2009 Índice 1 Conceitos básicos e simbologia 1 1.1 Introdução......................................

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Texto para as questões de 31 a 35 conta saldo despesa de salários 10 COFINS a recolher 20 despesas de manutenção e conservação 20 despesa de depreciação 20 PIS a recolher 30 despesas

Leia mais

Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com

Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com 1- Q236904 - Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Matemática Financeira Assuntos: Amortização; Sistema Francês

Leia mais

Juros Simples. www.siteadministravel.com.br

Juros Simples. www.siteadministravel.com.br Juros Simples Juros simples é o acréscimo percentual que normalmente é cobrado quando uma dívida não foi pago na data do vencimento. Financiamento de casa própria A casa própria é o sonho de muitas famílias,

Leia mais

Exercícios base para a prova 2 bimestre e final

Exercícios base para a prova 2 bimestre e final Exercícios base para a prova 2 bimestre e final Razão e proporção 1) Calcule a razão entre os números: a) 3 e 21 b) 0,333... e 2,1 2) Determine a razão entre a terça parte de 0,12 e o dobro de 0,1. 3)

Leia mais

REGIME DE CAPTALIZAÇÃO COMPOSTA

REGIME DE CAPTALIZAÇÃO COMPOSTA REGIME DE CAPTALIZAÇÃO COMPOSTA No regime de Capitalização Composta, os juros prodzidos ao final de um dado período n se agregam ao capital, passando ambos a integrar a nova base de cálculo para o período

Leia mais

CENT RO DE CI ÊNCI AS S O CI AIS E APLI CADAS - CCS A

CENT RO DE CI ÊNCI AS S O CI AIS E APLI CADAS - CCS A UNIVERS IDADE PRESB ITER IANA M ACKENZIE CENT RO DE CI ÊNCI AS S O CI AIS E APLI CADAS - CCS A 01. Um empréstimo de $ 200.000,00, contratado a juros efetivos de 10% ao mês, no Sistema de Amortização Constante

Leia mais

Matemática Financeira. Flávio Rodrrigues

Matemática Financeira. Flávio Rodrrigues Matemática Financeira Flávio Rodrrigues Desconto de Títulos de Crédito Conceito: O Desconto é a diferença entre o valor futuro de um título (duplicata, nota promissória, letra de câmbio, cheque pré- datado

Leia mais

Guia Informativo Empréstimos Consignados

Guia Informativo Empréstimos Consignados 16/08/2012 PROCON Campinas Guia Informativo Empréstimos Consignados SÚMARIO: EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS:... 3 O que é o empréstimo consignado? 3 Quais os cuidados que se deve ter na contratação? 3 Como quitar

Leia mais

Cooperativa de Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da Policia Militar do Estado de São Paulo - Cooperacs - SP

Cooperativa de Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da Policia Militar do Estado de São Paulo - Cooperacs - SP POLÍTICA DE CRÉDITO MANUAL DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO C.C.M. DOS PRAÇAS E OFICIAIS DA PMESP COOPERACS SP Capítulo Seção Ítem Descrição 1 Apresentação 2 Linhas de Crédito 1 Empréstimo Parcelado 1 Conceituação

Leia mais

Norma do Empréstimo Pré-fixado Plano Prece III

Norma do Empréstimo Pré-fixado Plano Prece III Norma do Empréstimo Pré-fixado Plano Prece III Sumário - Objetivo -1/6 - Conceitos Básicos -1/6 - Competências - 2/6 - Condições para o Financiamento - 2/6 - Disposições Gerais - 6/6 - Vigência - 6/6 Objetivo.

Leia mais

Conceitos Básicos 09/10/2015. Módulo IV Capitalização Composta. CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA Montante e Juro Fórmulas Derivadas

Conceitos Básicos 09/10/2015. Módulo IV Capitalização Composta. CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA Montante e Juro Fórmulas Derivadas Módulo IV Capitalização Composta Danillo Tourinho S. da Silva, M.Sc. CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA Montante e Juro Fórmulas Derivadas Conceitos Básicos No sistema de juros compostos (regime de capitalização composta),

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Curso de Economia 5º Período 8 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Curso de Economia 5º Período 8 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS 8 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS Frequentemente, nas operações de médio e longo prazo, por razões metodológicas ou contábeis, as operações de empréstimos são analisadas período por período, no que diz respeito

Leia mais

ANÁLISE DE VIABILIDADE DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

ANÁLISE DE VIABILIDADE DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS ANÁLISE DE VIABILIDADE DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS Avaliação da Performance Financeira de Projetos 4.690.000 Veículos x 4,50 R$/veículo = 21.105.000 Receita bruta + (3.165.750) 15,0% Prefeituras e

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Módulo 3 Matemática Financeira II Para início de conversa... Notícias como essas são encontradas em jornais com bastante frequência atualmente. Essas situações de aumentos e outras como financiamentos

Leia mais

Introdução à Matemática Financeira

Introdução à Matemática Financeira Introdução à Matemática Financeira O que é melhor? Juros simples ou juros compostos? Pagar a vista ou comprar a prazo? ano? Receber hoje R$ 1,00 é melhor que receber o mesmo valor daqui a um Podemos ver

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO DISCIPLINA: ECONOMIA DA ENGENHARIA I PROFESSOR JORGE JUNIOR E.MAIL: JJUNIORSAN@CEUNES.UFES.BR Apostila integralmente

Leia mais

Elementos de Análise Financeira Juros Simples Profa. Patricia Maria Bortolon

Elementos de Análise Financeira Juros Simples Profa. Patricia Maria Bortolon Elementos de Análise Financeira Juros Simples Fórmulas de Juros Simples J C i n Onde: J = valor dos juros expresso em unidades monetárias C = capital. É o valor (em $) em determinado momento i = taxa de

Leia mais

Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Profa. Patricia Maria Bortolon

Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Profa. Patricia Maria Bortolon Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Juros Compostos Os juros formados em cada período são acrescidos ao capital formando o montante (capital mais juros) do período. Este montante passará a

Leia mais