Agente de Saúde I N S T R U Ç Õ E S

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agente de Saúde I N S T R U Ç Õ E S"

Transcrição

1 PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO GODÓI - RS Concurso Público nº 01/2011 ETIQUETA Agente de Saúde I N S T R U Ç Õ E S Leia e siga atentamente as instruções abaixo: 1. Acompanhe, com o fiscal, a conferência da paginação do seu Caderno de Prova, apontando qualquer falha encontrada. 2. Leia toda a prova para tomar contato com os assuntos em questão. 3. Em cada questão apenas uma das alternativas é correta. 4. Na avaliação desta prova, somente serão consideradas as respostas marcadas adequadamente no CARTÃO-RESPOSTA de computador, que não deve conter rasuras. Resposta com rasura será anulada. Também será anulada questão com mais de uma alternativa assinalada. 5. O tempo de duração desta prova é de até três horas, contado a partir do sinal do início da mesma. 6. Qualquer pedido de esclarecimento deverá ser dirigido, em voz alta, ao fiscal da sala. 7. As questões da prova são de múltipla escolha. Leia com atenção o(s) texto(s) e os enunciados das questões. Ao encontrar a alternativa correta, segundo o enunciado da questão, assinale a letra correspondente na grade de respostas a caneta. Para evitar rasuras no CARTÃO-RESPOSTA, assinale primeiro na GRADE-RASCUNHO, na última folha da Prova, que você pode destacar e levar consigo. 8. Os dois últimos candidatos que assinarem a Ata de Presença deverão acompanhar o fiscal de sala e apor sua assinatura no lacre do pacote das provas. 9. Estrutura da Prova por disciplina: Português - 01 a 10 (2,0 pontos) Legislação e Saúde Pública 11 a 20 (2,0 pontos) Conhecimentos Específicos 21 a 30 (3,0 pontos) 10 (dez) questões 10 (dez) questões 10 (dez) questões 14/05/2011 1

2 LINGUA PORTUGUESA (cada questão equivale a 2,0 (dois) pontos) Aumenta a obesidade em mulheres Estudo feito pela seguradora SulAmérica Saúde constatou um aumento no percentual de mulheres com Índice de Massa Corpórea (IMC) elevado (sobrepeso ou obesidade). Em 2009, esse percentual era de 35,1%, e, no ano passado, chegou a 39,8%. O número de mulheres obesas também deu um salto de 9,9% para 12,3 %. O IMC inadequado geralmente é acompanhado de outros problemas de saúde, como colesterol e pressão arterial elevados. Juntos, os riscos de ocorrerem complicações cardiovasculares, como infarto e AVC, aumentam. Ainda neste levantamento, a seguradora identificou que as pessoas que apresentavam o IMC igual ou superior a 25, ou seja, com sobrepeso e obesidade, também afirmaram ter hipertensão (10,8%). Entre os indivíduos com IMC normal, esse percentual cai para 2,2%. Acompanhando esta evolução, o percentual de mulheres com colesterol elevado saltou de 16,5% em 2009, para 23%, em Os dados foram coletados por meio do Saúde Ativa, programa de medicina preventiva da SulAmérica. Zero Hora, Vida, 12 de março de De acordo com o texto: a) Somente as mulheres tem tido a sua Massa Corpórea aumentada, os homens, no geral, não apresentam esse problema. b) O aumento da massa corporal não está relacionado ao aumento de peso ou obesidade. c) Colesterol e elevação na pressão arterial são problemas que surgem frequentemente nas mulheres que possuem um Índice de Massa Corporal elevado. d) O aumento da pressão arterial e do colesterol acompanha pessoas obesas, mas somente em casos raros. e) Entre os anos de 2009 e 2010 não tivemos aumento no percentual de mulheres com colesterol elevado. 2. O texto traz várias informações sobre a obesidade em mulheres. De acordo com os dados apresentados, marque a alternativa que não está de acordo com os que estão presentes no texto: a) O percentual de hipertensão cai para 2,2% em indivíduos com o IMC normal. b) O índice de pessoas que apresentam não só IMC igual ou superior a 25, mas também hipertensão é de 18, 8%. c) O número de mulheres que sofrem de obesidade aumentou de 9,9% para 12, 3% entre os anos de 2009 e d) No ano de 2009 o percentual de IMC era de 35,1%, já em 2010 passou para 38,8%. e) O número de mulheres com colesterol aumentou entre os anos de 2009 e Podemos considerar como temática central do texto: a) As maneiras de prevenção de doenças como obesidade e hipertensão. b) Como o sobrepeso e a obesidade dificultam a vida de uma pessoa. c) A necessidade de pessoas obesas terem um seguro de saúde e de vida. d) Uma pesquisa realizada por uma seguradora sobre como as pessoas estão se prevenindo da obesidade e da hipertensão arterial. e) Como os índices de obesidade ou sobrepeso em mulheres têm aumentado nos últimos dois anos. 4. O pronome esse, na linha 03, se refere a que ideia dentro do texto? a) Estudo feito pela seguradora SulAmérica Saúde; b) Percentual de mulheres com o índice de Massa Corpórea elevado; c) Sobrepeso ou obesidade; d) Seguradora Sul América Saúde. e) Número de mulheres; 5. Na frase a seguradora identificou que as pessoas que apresentavam o IMC igual ou superior a 25, ou seja, com sobrepeso e obesidade, também afirmaram ter hipertensão (10,8%). (linhas 07,08 e 09), as palavras sublinhadas, ou seja e também, no contexto da frase, trazem em si, respectivamente, a ideia de: a) Oposição e conclusão; b) Explicação e conclusão; c) Esclarecimento e Inclusão; d) Conformidade e proporção; e) Esclarecimento e Alternância. 2

3 6. Todas as palavras a seguir são acentuadas pela mesma regra que CORPÓREA (linha 02), exceto: a) metódico; b) área; c) planície; d) momentâneo; e) lírio. 7. A frase a seguir, Os dados foram coletados por meio do Saúde Ativa, programa de medicina preventiva da SulAmérica. (linha 13 e 14), foi retirada do texto e está de acordo no que se refere à concordância entre o sujeito e o verbo. Assinale a alternativa em que a frase também esteja correta quanto à concordância: a) Pessoas obesas tem que tomarem mais cuidado com a hipertensão arterial. b) Mulheres obesas desenvolve mais facilmente problemas cardiovasculares. c) Estudos mostram que ambas a obesidade e a hipertensão é fator de risco em mulheres. d) A maior parte das pessoas com massa corpórea acima de 25 é obesa. e) Ser obeso causam inúmeros problemas de saúdes, mostra os dados de uma pesquisa. 8. As palavras pressão (linha 6) e complicações (linha 6) são escritas com SS e Ç respectivamente. As palavras que também são escritas corretamente, com SS e Ç, respectivamente, na alternativa: a) exportassão desça; b) professor - expreções; c) derivassão - pontuação; d) proporssão justiça; e) recesso nasça. 9. Em qual das alternativas abaixo todos os verbos pertencem à mesma conjugação? a) fazer constatar elevar; b) ser dar ocorrer; c) aumentar ir estar; d) saltar levantar - identificar; e) apresentar ter cair. 10. A divisão silábica está correta em todas as palavras da alternativa: a) a té / ji boi a / ju iz; b) la goa / lam pa da / lam pi ão; c) me io / pás sei o / per spi caz; d) sin ce ro / si ni stro; e) sor rir / su i ci da / su mir. LEGISLAÇÃO e SAÚDE PÚBLICA (cada questão equivale a 2,0 (dois) pontos) 11. Conforme Art. 24 do Estatuto dos Servidores/Regime Jurídico Único do Município de Cândido Godói - Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio probatório por quanto tempo? a) 12 (doze) meses, durante o qual sua aptidão, capacidade e desempenho serão objeto de avaliação por Comissão Especial designada para esse fim; b) 24 (vinte e quatro) meses, durante o qual sua aptidão, capacidade e desempenho serão objeto de avaliação por Comissão Especial designada para esse fim; c) 6 (seis) meses, durante o qual sua aptidão, capacidade e desempenho serão objeto de avaliação por Comissão Especial designada para esse fim; d) 36 (Trinta e seis) meses, durante o qual sua aptidão, capacidade e desempenho serão objeto de avaliação por Comissão Especial designada para esse fim; e) 18 (dezoito) meses, durante o qual sua aptidão, capacidade e desempenho serão objeto de avaliação por Comissão Especial designada para esse fim. 12. De acordo com a Lei n 1.120/95, de 09 de março de 1995, Art. 6º do município de Candido Godói - A investidura em cargo público de provimento efetivo dependerá de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos. Neste sentido o Art. 7º apresenta os requisitos para ingresso no serviço público: I possuir a nacionalidade brasileira; II estar quites com as obrigações militares e eleitorais; III ter idade mínima de vinte e um anos; IV ter boa conduta pública e privada; V estar em gozo dos direitos Sociais; VI ter boa conduta técnica profissional; VII ter atendido às condições prescritas para o cargo. Assinale a alternativa que apresenta os itens que estão em conformidade com a Lei 1.120, Art. 6º: a) I; II; III e VI estão corretos; b) II; III; IV e VII estão corretos; c) I; II; IV; VII estão corretos; d) I; III; V e VI estão corretos; e) III; IV; V e VI estão corretos. 3

4 13. Ao Município de Cândido Godói, compete prover tudo quanto diga respeito ao seu peculiar interesse e ao bem estar de sua população, cabendo-lhe, privativamente, dentre outras, a seguinte atribuição: a) dispor sobre administração, utilização e alienação dos bens privados; b) dispor sobre organização, administração e execução dos serviços locais, dos entes privados; c) elaborar sua Lei de Diretrizes Orçamentárias e sua Lei Orçamentária Anual e seu Plano Plurianual de Investimentos; d) conceder, permitir ou autorizar os serviços de transporte coletivo e de táxis, fixando os respectivos percursos; e) legislar sobre assuntos de interesse econômico e privado. 14. Conforme Art. 53 da Lei Orgânica do Município de Candido Godói. O Processo Legislativo compreende a elaboração de: a) Leis Ordinárias, estabelecendo normas legislativas gerais, aprovadas pela Câmara Municipal e sancionadas pelo Prefeito; b) Decretos Legislativos, sobre matérias de competência do Executivo Municipal, com efeitos externos ao Poder Legislativo; c) Resoluções para regular matéria administrativa do Executivo Municipal; d) Leis Complementares que regulam as atividades internas do Poder Executivo; e) Elaborar as leis orçamentárias; Plano Plurianual - PPA; Lei de Diretrizes Orçamentárias LDO e Orçamentos Anuais LOA. 15. De acordo com o Manual de Normas de Vacinação/2001, a vacina contra poliomielite, efetuada como rotina nos serviços de saúde e em campanhas, é indicada para prevenção da paralisia infantil. Com relação à vacina contra poliomielite, marque a resposta correta: a) A vacina deve ser administrada via oral e cada dose corresponde a cinco gotas; b) A vacina deve ser administrada na boca e cada dose corresponde a 2 ml ou 20 gotas; c) A vacina deve ser administrada por via oral e cada dose corresponde a duas gotas; d) A vacina deve ser administrada na boca e cada dose corresponde a 1 ml ou 15 gotas; e) A vacina deve ser administrada via oral e cada dose corresponde a três gotas. 16. Assinale a alternativa incorreta. Conforme o Manual de Procedimentos de Vacinação, a vacina contra Hepatite B deve ser administrada: a) Nos menores de um ano de idade, a partir do nascimento, se possível, nas primeiras doze horas após o parto; b) Na faixa de um a 14 anos de idade, em áreas de alta endemicidade, considerando o risco de transmissão desde baixa idade; c) Nos doadores regulares de sangue para mantê-los em tal condição; d) Em grupos de risco, como exemplo, profissionais de saúde e populações indígenas; e) Apenas em crianças maiores de dois anos e em adultos de 14 a 39 anos. 17. De acordo com a Lei Nº de 28 de dezembro de 1990, quais são os membros que compõem o Conselho de Saúde? Assinale a alternativa correta: a) Representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários; b) Representantes da Secretaria de Educação, profissionais da assistência social e usuários de planos de saúde; c) Representantes do Ministério da Justiça, prestadores de serviço coletivos, profissionais de educação e usuários de serviços públicos; d) Representantes da Secretaria da Habitação e Moradia, prestadores de serviços religiosos, e profissionais de saúde de clinicas privadas; e) Representantes da Câmara Municipal de Vereadores, partidos políticos e das organizações sociais. 18. Conforme a Portaria Nº 399/GM de 22 de Fevereiro de 2006, quais são os três componentes do Pacto pela Saúde? Assinale a alternativa correta: a) Pacto pela Vida, Pacto pelo Consenso e Pacto de Gestão do SUS; b) Pacto pela Vida, Pacto pela Mulher e Pacto pelo Idoso; c) Pacto pela Vida, Pacto em Defesa do SUS e Pacto de Gestão do SUS; d) Pacto pela Gestante, Pacto pela Criança e Pacto pelo Idoso; e) Pacto pela Vida, Pacto em Defesa dos Direitos e Pacto de Gestão do SUS. 19. A Portaria Nº 648/GM de 28 de março de 2006, que aprova a Política Nacional de Atenção Básica, define áreas estratégicas para atuação em todo o território nacional. Dentre estas áreas podemos citar: Assinale a alternativa correta: a) A promoção do desenvolvimento sustentável; b) O controle da hipertensão arterial e o controle do diabetes mellitus; c) A prevenção e o controle do tabagismo; d) A redução da morbi-mortalidade em decorrência do uso abusivo de álcool; e) A prevenção da violência e estímulo à cultura de paz. 4

5 20. Assinale a alternativa correta. A Lei Orgânica da Saúde Nº 8.080/90 conceitua Vigilância Epidemiológica como: a) Um conjunto de ações capaz reduzir riscos e agravos à saúde e de intervir nos problemas sócio-ambientais decorrentes da estrutura, produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde; b) Um conjunto de ações capaz de eliminar ou prevenir riscos e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente; c) Ações que visem à recuperação e a reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho; d) Um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos; e) Um conjunto de atividades que se destina, à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (cada questão equivale a 3,0 (três) pontos) 21. O Guia sobre Doenças Infecciosas e Parasitárias do Ministério da Saúde descreve a Dengue como doença infecciosa febril aguda que pode ser de curso benigno ou grave, dependendo da forma como se apresente. Considera-se correto a forma: a) Infecção aparente em curso; b) Doença de início abrupto com febre baixa; c) Febre hemorrágica da dengue (FHD); d) Síndrome grave que causa dores musculares e abdominais; e) Doença parasitária que dura cerca de 5 a 7 dias. 22. Sobre o trabalho dos Agentes de Saúde descrito pelo Ministério da Saúde, encontramos orientações que os Agentes deverão utilizar quando na promoção do uso correto de medicamentos. Quanto à diferença entre remédio e medicamento, assinale a alternativa correta: a) O medicamento é apenas utilizado por adultos e o remédio tem características de uso pediátrico, ou seja, para crianças até 12 anos de idade; b) Remédio quando utiliza-se plantas medicinais e medicamentos quando utiliza-se tratamento farmacêutico; c) Medicamentos não são remédios, pois necessitam de receita médica para sua compra nas farmácias; d) Os Medicamentos destinam-se a exploração das propriedades medicinais de algumas plantas que precisam ser utilizadas corretamente, pois elas também podem ser prejudiciais à saúde; e) Remédios são os cuidados que utilizamos para curar ou aliviar os sintomas das doenças, como um banho morno, uma bolsa de água quente, uma massagem ou mesmo um medicamento. 23. Ao Idoso é assegurado, pela Lei Nº /2003, a atenção integral à saúde por intermédio do Sistema Único de Saúde (SUS) o acesso universal e igualitário. O Estatuto do Idoso foi instituído a regular os direitos assegurados às pessoas: Assinale a alternativa correta: a) Com idade igual a 60 (sessenta) anos até 70 (setenta) anos. Ao idoso internado ou em observação é assegurado o direito a acompanhante; b) Com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos. O idoso tem direito a educação, cultura, esporte, lazer, diversões, espetáculos, produtos e serviços que respeitem sua peculiar condição de idade; c) Com idade igual a 65 (sessenta e cinco) anos para mulheres e idade igual a 70 (setenta) para homens. Oportunidades de acesso do idoso à educação, adequando currículos, metodologias e material didático aos programas educacionais a ele destinados; d) Com idade igual a 60 (sessenta) anos para mulheres e idade igual a 65 (sessenta e cinco) para homens. Na admissão do idoso em qualquer trabalho ou emprego, é vedada a discriminação e a fixação de limite máximo de idade, inclusive para concursos, ressalvados os casos em que a natureza do cargo o exigir; e) Com idade igual ou superior a 65 (sessenta e cinco) anos. A participação dos idosos em atividade culturais e de lazer será proporcionada mediante descontos de pelo menos 50% (cinquenta por cento) nos ingressos para eventos artísticos, culturais, esportivos e de lazer, bem como o acesso preferencial aos respectivos locais. 24. A Lei Nº 8.069, de 13 de julho de 1990 trata do Estatuto da Criança e do Adolescente. Com base nesta lei, marque a alternativa correta: a) Considera-se criança a pessoa até doze anos de idade incompletos e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade; b) Considera-se criança a pessoa até dezesseis anos de idade completos e adolescente aquela entre dezesseis e dezoito anos de idade; c) Considera-se criança a pessoa até dez anos de idade completos e adolescente aquela entre dez e dezesseis anos de idade incompletos; d) Considera-se criança a pessoa até nove anos de idade completos e adolescente aquela entre nove e vinte anos de idade; e) Considera-se criança a pessoa até treze anos de idade incompletos e adolescente aquela entre treze e vinte anos de idade. 5

6 25. Conforme a Fundação Nacional de Saúde do Ministério de Saúde são consideradas doenças infecciosas de interesse para a saúde pública, exceto: a) Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA/Aids); b) Hepatites A, B, C, D e E; c) Dengue; d) Lesões por esforços repetitivos (LER); e) Febre Amarela. 26. De acordo com a Portaria Nº 44 GM de 03 de janeiro de 2002, Artigo 3º, dentre as atribuições dos Agentes Comunitários de Saúde na prevenção e no controle da dengue, podemos citar: Assinale a alternativa correta: a) Vistoriar os cômodos da casa, acompanhado pelo morador, para identificar locais de existência de larvas ou mosquito transmissor da dengue; b) Proceder à aplicação de imunotestes, conforme orientação da coordenação municipal do PACS e PSF; c) Coletar lâminas de sintomáticos e enviá-las para leitura ao profissional responsável e, quando não for possível esta coleta de lâmina, encaminhar as pessoas para a unidade de referência; d) Receber o resultado dos exames e providenciar o acesso ao tratamento imediato e adequado, de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde da Fundação Nacional de Saúde (Funasa); e) Coletar lâmina para verificação de cura LVC, após conclusão do tratamento, e encaminhá-la para leitura, de acordo com a estratégia local. 27. Conforme o Manual do Ministério da Saúde Pré-natal e Puerpério/2006, durante o pré-natal, a gestante deverá realizar quantas consultas? Assinale a alternativa correta: a) No mínimo quatro consultas, preferencialmente, uma no primeiro trimestre, duas no segundo trimestre e uma no b) No mínimo cinco consultas, preferencialmente, uma no primeiro trimestre, duas no segundo trimestre e duas no c) No mínimo seis consultas, preferencialmente, uma no primeiro trimestre, duas no segundo trimestre e três no d) No mínimo três consultas, preferencialmente, uma no primeiro trimestre, uma no segundo trimestre e uma no e) No mínimo dez consultas, preferencialmente, três no primeiro trimestre, três no segundo trimestre e quatro no último trimestre. 28. Em conformidade com o Guia Prático do PSF do Ministério da Saúde, a Equipe de Saúde da Família deve ser composta por quais profissionais? Assinale a alternativa correta: a) No mínimo, por 2 médicos generalistas (com conhecimento de clínica geral), 1 enfermeiro, 2 auxiliares de enfermagem e 4 Agentes Comunitários de Saúde; b) No mínimo, por 1 enfermeiro, 1 auxiliar de enfermagem e 6 Agentes Comunitários de Saúde; c) No mínimo, por 1 auxiliar de enfermagem e 4 a 6 Agentes Comunitários de Saúde; d) No mínimo, por 1 médico generalista (com conhecimento de clínica geral), 1 enfermeiro, 1 auxiliar de enfermagem e de 4 a 6 Agentes Comunitários de Saúde; e) No mínimo, por 1 médico generalista (com conhecimento de clínica geral), e 6 a 10 agentes Comunitários de Saúde. 29. De acordo com o Ministério da Saúde, nas Unidades Básicas de Saúde com Estratégia de Saúde da Família, todas as famílias devem ser visitadas pelo Agente Comunitário de Saúde (ACS). Assinale a alternativa correta com relação à periodicidade das visitas pelo ACS: a) O ACS deve visitar duas vezes por mês todas as famílias de sua microárea de abrangência; b) O ACS deve visitar uma vez por mês todas as famílias de sua microárea de abrangência; c) O ACS deve visitar três vezes por mês todas as famílias de sua microárea de abrangência; d) O ACS deve visitar uma vez por semestre todas as famílias de sua microárea de abrangência; e) O ACS deve visitar uma vez por ano todas as famílias de sua microárea de abrangência. 30. O Agente Comunitário de Saúde para realizar o seu trabalho utiliza instrumentos para identificação dos problemas, das necessidades e dos recursos existentes na comunidade. Dentre as alternativas, assinale aquela que não é atribuição do ACS: a) Entrevista; b) Visita domiciliar periódica; c) Mapeamento da comunidade; d) Cadastramento das famílias; e) Verificação de pressão arterial e administração de vacinas. 6

7 destacar GRADE-RASCUNHO PARA DESTACAR CONCURSO 01/2011 CÂNDIDO GODÓI a 20 - cada questão equivale a 2,0 (dois) pontos; 21 a 30 - cada questão equivale a 3,0 (três) pontos. PROVA TEÓRICA 14/05/2011 7

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ACS LÍNGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de textos

Leia mais

PORTUGUÊS. Pais devem conversar com os filhos antes de comprar material escolar¹

PORTUGUÊS. Pais devem conversar com os filhos antes de comprar material escolar¹ AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE I N S T R U Ç Õ E S 1. Aguarde autorização para abrir o caderno de provas. 2. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas aos

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC

PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC 26/07/2015 Nome do Candidato: CADERNO DE PROVA INSTRUÇÕES GERAIS: Caro (a) Candidato (a): Leia com o máximo de atenção e siga as seguintes

Leia mais

PROVA OBJETIVA. Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde - Nova Bassano/RS - Edital 04/2015. Nome do(a) candidato(a): ESF de Abrangência:

PROVA OBJETIVA. Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde - Nova Bassano/RS - Edital 04/2015. Nome do(a) candidato(a): ESF de Abrangência: PROVA OBJETIVA Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde - Nova Bassano/RS - Edital 04/2015 Nome do(a) candidato(a): ESF de Abrangência: Fique atento para as instruções abaixo: - As questões a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Cargo: ENFERMEIRO/ÁREA 1. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Prestar assistência ao paciente e/ou usuário em clínicas, hospitais, ambulatórios, navios, postos de saúde e em domicílio, realizar consultas e procedimentos

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE HERVAL D OESTE RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E/OU PROVAS E TÍTULOS, PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO

Leia mais

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE-PSF. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE-PSF. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40 CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO PRETO - SC AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE-PSF Nome do (a) Candidato (a) Número de Inscrição Este caderno de questões está assim constituído: DISCIPLINAS

Leia mais

CONSEP - Consultoria e Estudos Pedagógicos LTDA.

CONSEP - Consultoria e Estudos Pedagógicos LTDA. RESULTADO DOS RECURSOS CONTRA O GABARITO PRELIMINAR DO CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL DE ESPERANTINÓPOLIS-MA 1. Recurso Contra as Questões de PORTUGUÊS NIVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO para os cargos de: AUXILIAR

Leia mais

PROVA PRÁTICA ACS CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACANAÚ

PROVA PRÁTICA ACS CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACANAÚ QUESTÃO 01 O Agente Comunitário de Saúde tem como objetivo principal contribuir para a qualidade de vida das pessoas e da comunidade. Analise as opções abaixo e marque a alternativa incorreta: A) Conhecer

Leia mais

Estatuto do Idoso. Resumido. anos

Estatuto do Idoso. Resumido. anos Estatuto do Idoso Resumido 60 anos ESTATUTO DO IDOSO RESUMIDO O aumento da expectativa de vida do brasileiro representa um grande desafio para os governos bem como para a sociedade civil. O implemento

Leia mais

PROVA FORMAÇÃO DE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS Prefeitura Municipal de Ouro Preto 1- Assinale a alternativa que define o que é epidemiologia.

PROVA FORMAÇÃO DE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS Prefeitura Municipal de Ouro Preto 1- Assinale a alternativa que define o que é epidemiologia. 1- Assinale a alternativa que define o que é epidemiologia. a) Estudo de saúde da população humana e o inter relacionamento com a saúde animal; b) Estudo de saúde em grupos de pacientes hospitalizados;

Leia mais

Sistema Único de Saúde (SUS)

Sistema Único de Saúde (SUS) LEIS ORGÂNICAS DA SAÚDE Lei nº 8.080 de 19 de setembro de 1990 Lei nº 8.142 de 28 de dezembro de 1990 Criadas para dar cumprimento ao mandamento constitucional Sistema Único de Saúde (SUS) 1 Lei n o 8.080

Leia mais

D I Á R I O O F I C I A L

D I Á R I O O F I C I A L D I Á R I O O F I C I A L DO MUNICIPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ESTADO DO ESPÍRITO SANTO w w w. c a c h o e i r o. e s. g o v. b r ANO XXXX - Cachoeiro de Itapemirim - Quarta- Feira 18 de Janeiro de

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TERRITÓRIO A SAÚDE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TERRITÓRIO A SAÚDE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TERRITÓRIO A SAÚDE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO Marlúcio Alves UFU Bolsista programa CAPES/FCT Jul/dez 2011 A ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA - ESF

Leia mais

Palavras- chave: Vigilância epidemiológica, Dengue, Enfermagem

Palavras- chave: Vigilância epidemiológica, Dengue, Enfermagem ANÁLISE DAS NOTIFICAÇÕES DE DENGUE APÓS ATUAÇÃO DO SERVIÇO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA HOSPITALAR INTRODUÇÃO: A Dengue é uma doença infecciosa febril aguda de amplo espectro clínico e de grande importância

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002.

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. Cria e extingue cargos na estrutura do Quadro Permanente de Cargos, lei Municipal 1338/98, e dá outras providências. WOLMIR ÂNGELO DALL`AGNOL, Prefeito

Leia mais

Processo Seletivo Público para contratação de Agentes de Combate as Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS)

Processo Seletivo Público para contratação de Agentes de Combate as Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) PREFEITURA MUNICIPAL DE CANTAGALO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Processo Seletivo Público para contratação de Agentes de Combate as Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) 1. De acordo com

Leia mais

Programa do curso do Agente de Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias

Programa do curso do Agente de Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias Programa do curso do Agente de Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias Biologia do Aedes Aegypti, O mosquito Aedes aegypti se desenvolve por meio de metamorfose completa e seu ciclo de vida

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MAJOR VIEIRA CNPJ/MF 83.102.392/0001-27

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MAJOR VIEIRA CNPJ/MF 83.102.392/0001-27 EDITAL Nº 002/2015 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS PARA SUPRIR VAGA TEMPORÁRIA ORILDO ANTONIO SEVERGNINI Prefeito Municipal de Major Vieira, Estado de Santa Catarina, usando de suas atribuições legais, faz

Leia mais

Município de Doutor Pedrinho (Concurso Público 01/2014) Data: 25/05/2014 GABARITO FINAL

Município de Doutor Pedrinho (Concurso Público 01/2014) Data: 25/05/2014 GABARITO FINAL Município de Doutor Pedrinho (Concurso Público 01/2014) Data: 25/05/2014 CARGO Agente Comunitário de Saúde GABARITO FINAL QUESTÃO ALTERNATIVA CORRETA 01 B 02 A 03 A 04 C 05 D 06 A 07 C 08 D 09 B 10 A 11

Leia mais

O PROGRAMA SAÚDE DA FAMILIA NA COMPREENSÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

O PROGRAMA SAÚDE DA FAMILIA NA COMPREENSÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE O PROGRAMA SAÚDE DA FAMILIA NA COMPREENSÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE VIDAL, Kiussa Taina Geteins; LIMA, Flávia Patricia Farias; SOUZA, Alcy Aparecida Leite; LAZZAROTTO, Elizabeth Maria; MEZA, Sheila

Leia mais

CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: COORDENADOR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG INSTRUÇÕES:

CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: COORDENADOR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG INSTRUÇÕES: PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: COORDENADOR NOME: DATA: / / INSCRIÇÃO Nº: CPF ou RG: INSTRUÇÕES: 1. Você recebeu sua folha

Leia mais

Valores Propostos para o Programa no Período 2002 a 2005 2.002 2.003 2.004 2.005 Total Recursos 77,5 79,1 82,3 86,4 325,3

Valores Propostos para o Programa no Período 2002 a 2005 2.002 2.003 2.004 2.005 Total Recursos 77,5 79,1 82,3 86,4 325,3 Plano Plurianual 2.002 2.005 Saúde Objetivo Geral Principais secretarias envolvidas: SMS A Secretaria Municipal de Saúde, cumprindo o programa do Governo da Reconstrução, implantará o SUS no município.

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais Subchefia de Assuntos Federativos

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais Subchefia de Assuntos Federativos Agenda de Compromissos Governo Federal e Municípios 1. Erradicar a extrema pobreza e a fome 2. Educação básica de qualidade para todos 3. Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres

Leia mais

Diretoria de Ensino Região de Guaratinguetá Programa Escola da Família Projeto APE Ações Preventivas na Escola

Diretoria de Ensino Região de Guaratinguetá Programa Escola da Família Projeto APE Ações Preventivas na Escola Janeiro Calendário da Saúde e do Meio Ambiente 01 Dia Internacional da Paz / Confraternização Universal 02 - Dia do Sanitarista 02 - Dia da Abreugrafia 04 - Dia do Hemofílico 11 Dia do Controle da Poluição

Leia mais

LEI Nº 7.636, DE 31 DE JULHO DE 2013. CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DOS PRINCÍPIOS E DAS DIRETRIZES. Seção I Dos Princípios

LEI Nº 7.636, DE 31 DE JULHO DE 2013. CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DOS PRINCÍPIOS E DAS DIRETRIZES. Seção I Dos Princípios LEI Nº 7.636, DE 31 DE JULHO DE 2013. Institui a Política Municipal do Idoso, cria a Coordenadoria Municipal do Idoso e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL. Faço saber que a Câmara

Leia mais

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - PROVA TIPO 2 CONHECIMENTOS GERAIS. Vida e Morte

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - PROVA TIPO 2 CONHECIMENTOS GERAIS. Vida e Morte AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - PROVA TIPO 2 CONHECIMENTOS GERAIS PORTUGUÊS Vida e Morte A grande produção de armas nucleares, com seu incrível potencial destrutivo, criou uma situação ímpar na história

Leia mais

/ / www.cepp.com.br <<<<<<<<>>>>>>>> Buscando Alternativas e Criando Soluções

/ / www.cepp.com.br <<<<<<<<>>>>>>>> Buscando Alternativas e Criando Soluções PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 02/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: ENFERMEIRO PSF NOME: DATA: / / INSCRIÇÃO Nº: CPF ou RG: INSTRUÇÕES: 1. Você recebeu sua

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO Revoga a Lei n.º 2002/2009, de 11/12/2009 e institui a Guarda Mirim do Município de São Sebastião e dá outras providências. ERNANE BILOTTE PRIMAZZI, Prefeito Municipal de São Sebastião, no uso de suas

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10.

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. DISPÕE SOBRE A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS PARA ÁREA MÉDICA ESPECIALIZADA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. IRANI LEONARDO CHERINI PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Resposta ao Recurso da Candidata Camila Karla da Cunha Gonçalves

Resposta ao Recurso da Candidata Camila Karla da Cunha Gonçalves Resposta ao Recurso da Candidata Camila Karla da Cunha Gonçalves RESPOSTA: CORRETA PERMANECE A LETRA D QUESTÃO 42. A senhora Maria Cristina 22 anos, do lar, união estável, tem um filho de 2 anos(pedro).

Leia mais

PORTARIA Nº 1.886, DE 18 DE DEZEMBRO DE 1997

PORTARIA Nº 1.886, DE 18 DE DEZEMBRO DE 1997 PORTARIA Nº 1.886, DE 18 DE DEZEMBRO DE 1997 Aprova as Normas e Diretrizes do Programa de Agentes Comunitários de Saúde e do Programa de Saúde da Família. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas

Leia mais

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE II CONFERÊNCIA DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL Instrumental de Trabalho baseado nas Propostas Aprovadas na I Conferencia Estadual

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2013. Cargos: Agente Administrativo do CRAS e Auxiliar Administrativo do CREAS

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2013. Cargos: Agente Administrativo do CRAS e Auxiliar Administrativo do CREAS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2013 NOME: Cargos: Agente Administrativo do CRAS e Auxiliar Administrativo do CREAS INSTRUÇÕES 1.1. A prova é individual 1.2. Leia cuidadosamente cada questão, escolha

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO. Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS)

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO. Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS) PROCESSO SELETIVO PÚBLICO - EDITAL N.º 001/2012 PREFEITURA MUNICIPAL DE BREVES PROVA OBJETIVA: 1 de abril de 2012 NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS) Nome do Candidato:

Leia mais

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 12/2009

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 12/2009 RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 12/2009 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ, pelas Promotoras de Justiça adiante assinadas, nos autos de Inquérito Civil Público nº40/2009, instaurado para acompanhamento

Leia mais

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 721/2014 CADERNO DE PROVA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE INSTRUÇÕES AO CANDIDATO: 1- CONFIRA SEU NOME E CARGO NO CARTÃO-RESPOSTA. 2- ASSINE O CARTÃO-RESPOSTA. 3- CONFIRA SEU CADERNO

Leia mais

LEI Nº.1015 DE 11 DE NOVEMBRO DE 2013.

LEI Nº.1015 DE 11 DE NOVEMBRO DE 2013. LEI Nº.1015 DE 11 DE NOVEMBRO DE 2013. Dispõe sobre a Política Municipal de Atendimento ao Idoso do Município de São Gonçalo do Rio Abaixo, Cria o Conselho Municipal do Idoso e dá outras providências.

Leia mais

MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA

MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA BRASIL Ü 2025 32 milhões de idosos 6º LUGAR NO MUNDO 2002 15 milhões de Idosos LEGISLAÇÃO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA O IDOSO Lei Orgânica da Assistência

Leia mais

Sistema de Informação da Atenção Básica Situação de Saúde desde 1998 Notas Técnicas

Sistema de Informação da Atenção Básica Situação de Saúde desde 1998 Notas Técnicas Sistema de Informação da Atenção Básica Situação de Saúde desde 1998 Notas Técnicas Origem dos dados Os dados disponíveis são oriundos do Sistema de Informação da Atenção Básica - SIAB e gerados a partir

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Conversão da MPv nº 411-07 Presidência da Dispõe sobre o Programa Nacional de Inclusão de Jovens - Projovem, instituído pela Lei n o 11.129, de 30 de junho de 2005; altera a Lei n o 10.836, de 9 de janeiro

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ensino Médio e Superior

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ensino Médio e Superior ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONHECIMENTOS COMUNS A TODOS OS CARGOS Disciplina Língua Portuguesa Conhecimentos Gerais Disciplina Língua Portuguesa Matemática Conhecimentos Gerais Ensino Médio e Superior

Leia mais

Resposta ao Recurso da Candidata Nayara Alves de Oliveira

Resposta ao Recurso da Candidata Nayara Alves de Oliveira Resposta ao Recurso da Candidata Nayara Alves de Oliveira RESPOSTA: CORRETA PERMANECE A LETRA D QUESTÃO 42. A senhora Maria Cristina 22 anos, do lar, união estável, tem um filho de 2 anos(pedro). A mesma

Leia mais

Dispõe sobre a política nacional do idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências.. CAPÍTULO I. Da Finalidade

Dispõe sobre a política nacional do idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências.. CAPÍTULO I. Da Finalidade Dispõe sobre a política nacional do idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências.. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

Leia mais

SÍNTESE DO DIAGNÓSTICO SITUACIONAL UNIDADE SAÚDE DA FAMÍLIA VALDENOR CORDEIRO I BAIRRO: ALECRIM I E II, VILA OLÍMPICA EUNÁPOLIS-BAHIA

SÍNTESE DO DIAGNÓSTICO SITUACIONAL UNIDADE SAÚDE DA FAMÍLIA VALDENOR CORDEIRO I BAIRRO: ALECRIM I E II, VILA OLÍMPICA EUNÁPOLIS-BAHIA SÍNTESE DO DIAGNÓSTICO SITUACIONAL UNIDADE SAÚDE DA FAMÍLIA VALDENOR CORDEIRO I BAIRRO: ALECRIM I E II, VILA OLÍMPICA EUNÁPOLIS-BAHIA GREGÓRIO NETO BATISTA DE SOUSA 2010 1 INTRODUÇÃO A comunidade do Alecrim

Leia mais

FUNDO E ORÇAMENTO NA POLÍTICA DE ATENDIMENTO A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

FUNDO E ORÇAMENTO NA POLÍTICA DE ATENDIMENTO A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE FUNDO E ORÇAMENTO NA EFETIVAÇÃO DA POLÍTICA DE ATENDIMENTO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE Eugênia Aparecida Cesconeto 1 Política Social e Serviço Social INTRODUÇÃO O presente artigo tem por objetivo apresentar

Leia mais

PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE

PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE FEIRAS DE SAÚDE EM UBÁ MG Projeto realizado pela Prefeitura de Ubá MG, administração 2009-2012, em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenador Geral: Vereador

Leia mais

Estado de Mato Grosso Governo Municipal de Vila Rica CNPJ 03.238.862/0001-45

Estado de Mato Grosso Governo Municipal de Vila Rica CNPJ 03.238.862/0001-45 LEI MUNICIPAL Nº 1.307/2015 DE 25 DE MARÇO DE 2015 Autoriza o Chefe do Poder Executivo a proceder a Abertura de Crédito Adicional Suplementar para Criação de Fonte de Recursos nos Elemento de Despesa no

Leia mais

PROCESSO DE ELEIÇÃO EM DATA UNIFICADA DO CONSELHO TUTELAR DE UNAÍ-MG EDITAL 009/2015 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS FOLHA DE RESPOSTAS

PROCESSO DE ELEIÇÃO EM DATA UNIFICADA DO CONSELHO TUTELAR DE UNAÍ-MG EDITAL 009/2015 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS FOLHA DE RESPOSTAS CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA DE UNAÍ-MG PROCESSO DE ELEIÇÃO EM DATA UNIFICADA DO CONSELHO TUTELAR DE UNAÍ-MG EDITAL 009/2015 Nome Completo: Número de Inscrição: PROVA

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Hiperdia. PET-SAÚDE. Hipertensão arterial. Diabetes mellitus

PALAVRAS-CHAVE Hiperdia. PET-SAÚDE. Hipertensão arterial. Diabetes mellitus 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Gestão do Trabalho em Saúde

Gestão do Trabalho em Saúde Universidade Federal de Alagoas Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Prova de Conhecimentos Específicos da Especialização Lato Sensu UFAL 2012.1 Gestão do Trabalho em Saúde CADERNO DE QUESTÕES INSTRUÇÕES

Leia mais

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA Manual das ações programáticas 1 M o d e l o S a ú d e T o d o D i a PROGRAMA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DE AGRAVOS TRANSMISSÍVEIS INDICE INTRODUÇÃO... 5 FLUXOGRAMA DO ENVIO

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 16.627, DE 19 DE AGOSTO DE 2013. Define os exemplos de atribuições dos cargos de Arquiteto, Assistente Social, Contador, Enfermeiro, Fonoaudiólogo e Odontólogo, criado pela Lei Complementar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL ANEXOII ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PARA CONCURSO PÚBLICO PARA EMPREGO PÚBLICO Nº. 001/2010 JUNDIAÍ DO SUL PARANÁ 1. Para os cargos do grupo PSF Programa da Saúde da Família, conveniados com o Governo Federal:

Leia mais

Enfermagem PADRÃO DE RESPOSTA

Enfermagem PADRÃO DE RESPOSTA Enfermagem PADRÃO DE RESPOSTA Em termos de atendimento à proposta, espera-se que o estudante estabeleça relação entre a qualidade do serviço de esgotamento sanitário e de tratamento da água para o agravamento

Leia mais

Programa de Saúde Familiar Uma Análise na Região do Caparaó/ES

Programa de Saúde Familiar Uma Análise na Região do Caparaó/ES Programa de Saúde Familiar Uma Análise na Região do Caparaó/ES Letícia Polastrelli de Carvalho UVV Faculdade de Guaçuí guacui@uvv.br Marcio José Furtado UVV Faculdade de Guaçuí marciofurt@yahoo.com.br

Leia mais

PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011

PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011 PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011 Junho/2011 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. QUEM PODERÁ CONCORRER... 3 3. QUE TIPOS DE PROJETO PODERÃO SER APOIADOS... 4 4. QUAIS SÃO OS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO...

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem FERNANDA ARAUJO RODRIGUES

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem FERNANDA ARAUJO RODRIGUES 0 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem FERNANDA ARAUJO RODRIGUES Vivenciando a Saúde Comunitária na Unidade Básica de Saúde Glória Porto Alegre 2011 1 FERNANDA ARAUJO RODRIGUES

Leia mais

1 01. São funções da Vigilância Epidemiológica: I. coletar, analisar e interpretar os dados; II. divulgar as informações; III. recomendar ou adotar as medidas de controle; Está(ão) correta(s) apenas a(s)

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Viva intensamente. Cuide-se DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nossos órgãos internos HÁBITOS SAUDÁVEIS Para se ter qualidade com aumento da expectativa de vida,precisa-se manter hábitos saudáveis: Alimentação balanceada

Leia mais

TEXTO BÁSICO PARA SUBSIDIAR TRABALHOS EDUCATIVOS NA SEMANA DE COMBATE À DENGUE 1

TEXTO BÁSICO PARA SUBSIDIAR TRABALHOS EDUCATIVOS NA SEMANA DE COMBATE À DENGUE 1 TEXTO BÁSICO PARA SUBSIDIAR TRABALHOS EDUCATIVOS NA SEMANA DE COMBATE À DENGUE 1 A Dengue A dengue é uma doença infecciosa de origem viral, febril, aguda, que apesar de não ter medicamento específico exige

Leia mais

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES DENGUE

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES DENGUE DENGUE O que é? A dengue é uma doença febril aguda, causada por vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti (Brasil e Américas) e Aedes albopictus (Ásia). Tem caráter epidêmico, ou seja, atinge um grande

Leia mais

P.42 Programa de Educação Ambiental - PEA. Direitos e Deveres do Cidadão - 2013

P.42 Programa de Educação Ambiental - PEA. Direitos e Deveres do Cidadão - 2013 P.42 Programa de Educação Ambiental - PEA Direitos e Deveres do Cidadão - 2013 Todos os seres humanos nascem com direitos. MAS para terem validade, os direitos de uma pessoa têm de ser respeitados pelas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE EQUADOR - RN

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE EQUADOR - RN CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE EQUADOR - RN 17/01/2016 AGENTE COMUNITÁRIO de SAÚDE. CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE EQUADOR - RN 17 Janeiro de 2016 Nível Fundamental AGENTE COMUNITÁRIO

Leia mais

Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios. Para o ano de 2015

Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios. Para o ano de 2015 Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios Para o ano de 2015 O Plano Anual de Saúde de 2015 guarda uma característica própria: é o espelho da programação do PMS 2014/2017 aplicado

Leia mais

ERRATA. Na página 11, continuação do Quadro Esquemático das Normas Operacionais do Sus

ERRATA. Na página 11, continuação do Quadro Esquemático das Normas Operacionais do Sus ERRATA Secretaria de Saúde do DF AUXILIAR EM saúde - Patologia Clínica Sistema Único de Sáude - SUS Autora: Dayse Amarílio D. Diniz Na página 11, continuação do Quadro Esquemático das Normas Operacionais

Leia mais

Nome da Unidade de Atenção Básica: Tipo da Unidade: Número do CNES: Data da Visita: Emissor do Questionário: Número do Protocolo:

Nome da Unidade de Atenção Básica: Tipo da Unidade: Número do CNES: Data da Visita: Emissor do Questionário: Número do Protocolo: ASPECTO DO FORMULÁRIO: ACESSIBILIDADE NA UNIDADE DE SAÚDE 1) SOBRE ACESSIBILIDADE NAS DEPENDÊNCIAS DA UNIDADE: a) A unidade tem acessibilidade em todos os ambientes? (i) Onde não há? b) Todas as entradas

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

Identificar como funciona o sistema de gestão da rede (espaços de pactuação colegiado de gestão, PPI, CIR, CIB, entre outros);

Identificar como funciona o sistema de gestão da rede (espaços de pactuação colegiado de gestão, PPI, CIR, CIB, entre outros); ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PLANO DE AÇÃO REGIONAL DAS LINHAS DE CUIDADO DAS PESSOAS COM HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA, COM DIABETES MELLITUS E/OU EXCESSO DE PESO NO CONTEXTO DA REDE DE ATENÇÃO

Leia mais

Edital para Seleção de Estudantes. Edital nº 01/2013

Edital para Seleção de Estudantes. Edital nº 01/2013 Edital nº 01/2013 A Coordenação do Programa Rede de Atenção às Mulheres em Situação de Violência: Construindo e Fortalecendo, no uso de suas atribuições, faz saber que estarão abertas as inscrições para

Leia mais

Câmara Municipal de Itápolis 1

Câmara Municipal de Itápolis 1 Câmara Municipal de Itápolis 1 Apresentação Prezado Cidadão, Esta é a Cartilha da Boa Saúde de Itápolis, uma publicação da Câmara Municipal de Vereadores que tem por objetivo trazer à população informações

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem EMILYN MARTINS MATIAS RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II SERVIÇOS DA REDE BÁSICA

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem EMILYN MARTINS MATIAS RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II SERVIÇOS DA REDE BÁSICA Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem EMILYN MARTINS MATIAS RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II SERVIÇOS DA REDE BÁSICA CENTRO DE SAÚDE VILA DOS COMERCIÁRIOS ÁREA 17 AMBULATÓRIO DE

Leia mais

LEI Nº 467 DE 26 DE MARÇO DE 2014.

LEI Nº 467 DE 26 DE MARÇO DE 2014. LEI Nº 467 DE 26 DE MARÇO DE 2014. DISPÕE SOBRE O SERVIÇO VOLUNTÁRIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE IRAMAIA, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL 1 Art. 196: A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal Lei nº 5.905/73

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal Lei nº 5.905/73 PARECER CTSAB Nº 03/2014 Porto Alegre, 11 de agosto de 2014. Atuação do Profissional Enfermeiro na Atividade Física. I - Relatório Trata-se de solicitação de dúvida e emissão de parecer, encaminhada por

Leia mais

Prova do Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate de Endemias. SEMSA - Ponte Nova MG

Prova do Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate de Endemias. SEMSA - Ponte Nova MG Prova do Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate de Endemias. SEMSA - Ponte Nova MG Nome: Nota: INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA (LEIA ATENTAMENTE!) 1. A prova é individual

Leia mais

Atividade Física e Saúde na Escola

Atividade Física e Saúde na Escola Atividade Física e Saúde na Escola *Eduardo Cardoso Ferreira ** Luciano Leal Loureiro Resumo: Atividade física pode ser trabalhada em todas as idades em benefício da saúde. O objetivo do artigo é conscientizar

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ASSESSOR JURIDICO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 001/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ, ESTADO DO RONDÔNIA,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIAL SC - SECRETARIA DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 006 2016 CADERNO DE PROVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIAL SC - SECRETARIA DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 006 2016 CADERNO DE PROVA 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIAL SC - SECRETARIA DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 006 2016 CADERNO DE PROVA 14 DE MAIO Das 14 às 17: 30 horas 3 horas e 30 minutos de duração 30 QUESTÕES AGENTES COMUNITÁRIOS

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Palma Sola Caderno de Provas Edital de Emprego Público nº 001/2016

Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Palma Sola Caderno de Provas Edital de Emprego Público nº 001/2016 1 Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Palma Sola Caderno de Provas Edital de Emprego Público nº 001/2016 Prova: Conhecimento Especifico Português Matemática Prova para provimento do cargo

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DO MÉDICO I- Realizar consultas clínicas aos usuários de sua área adstrita; II- Participar das atividades de grupos de controle

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Saúde Complexo Regulador Estadual Central de Regulação das Urgências/SAMU. Nota Técnica nº 10

Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Saúde Complexo Regulador Estadual Central de Regulação das Urgências/SAMU. Nota Técnica nº 10 Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Saúde Complexo Regulador Estadual Central de Regulação das Urgências/SAMU Nota Técnica nº 10 LIBERAÇÃO E SOLICITAÇÃO DE AMBULÂNCIA DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação: Auxiliar

Leia mais

INCENTIVO PARA O FINANCIAMENTO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS POR CASAS DE APOIO PARA PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS

INCENTIVO PARA O FINANCIAMENTO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS POR CASAS DE APOIO PARA PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS NOTA TÉCNICA 32/2011 INCENTIVO PARA O FINANCIAMENTO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS POR CASAS DE APOIO PARA PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS Brasília, 18 de agosto de 2011. INCENTIVO PARA O FINANCIAMENTO DAS AÇÕES

Leia mais

LEI Nº 1528/2004. A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAUCÁRIA, Estado do Paraná, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 1528/2004. A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAUCÁRIA, Estado do Paraná, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1528/2004 "INSTITUI O SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS". A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAUCÁRIA, Estado do Paraná, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO POVO

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO POVO LEI Nº516/2012- DE 09 DE ABRIL DE 2012 Altera a Lei Municipal nº 280, de 30 de março de 2004, que dispõe sobre o Estatuto Geral do Servidores Públicos do Município de São José do Povo. JOÃO BATISTA DE

Leia mais

1948 Lista os direitos e deveres fundamentais de todo ser humano. 1959 Estabelece direitos universais das crianças.

1948 Lista os direitos e deveres fundamentais de todo ser humano. 1959 Estabelece direitos universais das crianças. LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DO PROGRAMA NACIONAL DE DST E AIDS PNDST-AIDS 1. Marcos Lógicos NORMATIVAS INTERNACIONAIS DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS 1948 Lista os direitos e deveres

Leia mais

ACES GRANDE PORTO I SANTO TIRSO / TROFA PROGRAMAS E PROJETOS

ACES GRANDE PORTO I SANTO TIRSO / TROFA PROGRAMAS E PROJETOS ACES GRANDE PORTO I SANTO TIRSO / TROFA PROGRAMAS E PROJETOS O Dec. Lei 28/2008 de 22 de Fevereiro, estabelece o regime da criação, estruturação e funcionamento dos agrupamentos de Centros de Saúde (ACES)

Leia mais

LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010

LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 Cria cargos de provimento efetivo de Agente de Combate a Endemias, Auxiliar de Tesouraria, Farmacêutico e Fiscal Ambiental. Bel. PEDRO PAULO PREZZOTTO, Prefeito Municipal

Leia mais

RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA E GABARITO PRELIMINAR

RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA E GABARITO PRELIMINAR RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA E GABARITO PRELIMINAR A FAFIPA Fundação de Apoio à FAFIPA, no uso de suas atribuições legais, TORNA PÚBLICOS os pareceres dos recursos deferidos

Leia mais

Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres

Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres Desastre: interrupção grave do funcionamento normal de uma comunidade que supera sua capacidade de resposta e recuperação. Principais causas de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAETÉ ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 2.574/2009

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAETÉ ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 2.574/2009 LEI Nº 2.574/2009 Dispõe sobre o Plano de Empregos e Salários dos Empregados Públicos do quadro permanente da área da SAÚDE do Município de Caeté. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber

Leia mais

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 066/2013 CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM COMPLEMENTAÇÃO Objetivo do Curso: Complementação

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Candidato: inscrição - nome do candidato Curso: código - nome / turno - cidade Língua Estrangeira: nome da língua Cotista:

Leia mais

Agente Visitador(a) do PIM

Agente Visitador(a) do PIM MUNICÍPIO DE CÂNDIDO GODÓI - RS PODER EXECUTIVO Processo Seletivo 03/2016 Nº de inscrição: NOME DO CANDIDATO: Agente Visitador(a) do PIM I N S T R U Ç Õ E S Leia e siga atentamente as instruções abaixo:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Carga Horária: 72 horas/aula

PLANO DE ENSINO. Carga Horária: 72 horas/aula PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professores: Dinamar aparecida Gomes dinamar_gomes@hotmail.com Período/ Fase: 1º Semestre:

Leia mais

NR5 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (205.000-5) DO OBJETIVO 5.1 A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA - tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho,

Leia mais

EDITAL 2013/2014. Programa de Apoio a Projetos Sociais

EDITAL 2013/2014. Programa de Apoio a Projetos Sociais EDITAL 2013/2014 Programa de Apoio a Projetos Sociais Inscrições abertas de 07/05/2012 à 01/07/2012 APRESENTAÇÃO Foi lançada a Seleção de Projetos 2013/2014 do Programa de Apoio a Projetos Sociais pela

Leia mais