Relatório da Reunião da Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas do Rio de Janeiro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório da Reunião da Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas do Rio de Janeiro"

Transcrição

1 1 Relatório da Reunião da Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 23 de julho de Presentes 23 companheiros representantes e observadores das 11 entidades do Movimento sindical e popular: SINDICATO DOS TRABALHADORES NO COMÉRCIO DE NOVA IGUAÇU E REGIÃO; SINDJUSTIÇA-RJ, SINDSCOPE, Minoria do SEPE-RJ, Minoria do SINDPETRO-RJ, Oposição do SINTUFRJ, Oposição do SINTECT-RJ, Oposição do Sindicato dos Bancários RJ, MTST, Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe e a Frente Nacional de Torcedores (FNT). Pauta: 1. Conjuntura (campanhas salariais, greves e mobilizações); 2. Movimento Popular (Remoções e atividades) 3. Caravana de Representantes das Entidades a CNE 1. Resolução de Conjuntura (campanhas salariais, greves e mobilizações); Considerando: a. Que o governo de Dilma Rousseff segue atacando os trabalhadores com arrocho salarial, inflação e políticas que visam à redução dos direitos dos trabalhadores; b. Que os trabalhadores de várias categorias realizam lutas de resistência em todo o país e também em nosso estado; c. Que neste momento segue a greve dos técnicos administrativos das quatro universidades aqui no Rio, segue a greve da educação estadual com forte enfrentamento e há mobilizações de trabalhadores que já estiveram em greve como os terceirizados da Petrobrás do Norte Fluminense e os petroleiros do Rio de Janeiro; d. Que os bancários, petroleiros, metalúrgicos e os trabalhadores dos correios tem sua data base no segundo semestre, algumas já iniciando a sua campanha salarial e os comerciários de Nova Iguaçu realizam sua campanha salarial emergencial por conta das festas de final de ano; e. Que o governo Sérgio Cabral e Eduardo Paes atacam as comunidades na tentativa de aumentar os lucros das empreiteiras e realizar remoções das comunidades, dos quilombolas com a desculpa de preparar a cidade e o estado para os jogos da Copa e as Olimpíadas;

2 2 f. Que falta um pouco mais de um mês para a jornada de mobilização de agosto e politicamente está tudo certo e confirmado. O Cartaz e o Manifesto Nacional de convocação da Jornada Nacional de Mobilizações já foram fechados e estão sendo distribuídos nesta reunião; g. Que estas duas convocatórias oficiais das atividades da jornada foram assinadas pela CSP Conlutas, as mais importantes entidades nacionais dos servidores públicos federais (Andes, Sinasefe, Fenasps, Condsef), o MST, o MTL, MTST, Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe, a Intersindical, a Anel e o CEPRS; h. Que esta vitória é fundamental para a ampliação na participação e presença das entidades e movimentos nas atividades da jornada e que queremos transformar as atividades da jornada, especialmente o ato nacional em Brasília no dia 24 de agosto, em uma importante manifestação nacional contra o governo Dilma e sua política econômica de arrocho, inflação e privatizações. A Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas RJ resolve: a. Seguir apoiando todas as lutas que se dão neste momento e fazer um esforço para a unificação de calendários e atividades destas mobilizações; b. Apoiar a luta contra o racismo institucional, a homofobia e o machismo: a violência policial, a luta contra as remoções das comunidades e dos quilombolas; c. Cercar de solidariedade à greve dos educadores estaduais e a dos técnicos administrativos das universidades federais; d. Participar e ajudar a construir uma plenária dos Servidores Públicos Federais da base do Andes, Sinasefe, Fenasps, Condsef, o MST, o MTL, o MTST, a Intersindical, a Anel, os servidores estaduais e municipais da saúde, da educação, junto com as demais categorias, entidades e movimentos em luta para a construção de atividades unitárias durante a Jornada Nacional de Lutas, partir do dia 17 até o dia 26 de agosto, como forma de fortalecer as campanhas salariais e o Dia Nacional de Lutas, contra as políticas do governo Dilma, Sérgio Cabral e Eduardo Paes; e. Fazer uma proposta a todas as categorias e movimentos em luta sobre a possibilidade de que esta plenária prepare também a caravana para o Dia Nacional de luta, no dia 24 de agosto, para Brasília. 2. Proposta de resolução sobre o Movimento Popular (remoções e atividades); Considerando: a. Que os governos de Sérgio Cabral e Eduardo Paes realizam uma série de remoções nas comunidades com a desculpa de preparar a cidade para os jogos da Copa e das Olimpíadas; b. Que estas remoções retiram as comunidades dos seus locais de moradia e levam estas famílias para localidades que distam em média 50 km dos seus locais de origem; c. Que estes jogos e mega eventos não são para a maioria dos trabalhadores, do povo e que não deixarão benefícios após seu término para a cidade e o estado, como já ocorreu em outras cidades do mundo que sediaram estes eventos;

3 3 d. Que neste dia 30 de julho, nesta cidade, vão estar representantes de 183 países, convocados pela FIFA, para realizar o sorteio das chaves dos jogos finais da Copa Mundial de Futebol de 2014; e. Que as comunidades atingidas pelas remoções e as obras faraônicas estão se organizando para realizar neste mesmo dia uma Marcha por uma Copa do Povo (30/07), com concentração a partir das 10 horas, no Largo do Machado; f. Que esta atividade também exige o fim das remoções, uma reforma urbana com a construção de casas dignas sob o controle dos trabalhadores, a garantia de mobilidade urbana e a restauração do Estádio Mário Filho, que está sendo destruído pelos governos de Cabral e Paes; g. Que é possível contar com a presença neste dia (30/07) com a presença de comunidades atingidas pela obras de preparação da Copa que ocorrem na cidade de São Paulo; h. Que o Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe organiza um Seminário sobre o Dia Latino Americano de Mulheres Negras precedido de panfletagens, no dia 27 de julho e que este Movimento ainda participa do Congresso Nacional dos Quilombos; i. Que o MTST, o Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe e a FNT organizam um Seminário para a construção do Setorial dos Movimentos Populares da CSP-Conlutas RJ no dia 20 de agosto. A Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas RJ resolve: a. Participar, organizar e convocar o Seminário sobre o Dia Latino Americano de Mulheres Negras precedido de panfletagens, no dia 27 de julho e ainda participa do Congresso Nacional dos Quilombos que ocorrerá de 01 a 06 de agosto; b. Participar da Audiência Pública no Ministério Público Federal, no dia 28 de julho, às 14 horas, pela interdição das obras no Estádio Mário Filho (Maracanã), já que se trata de um patrimônio histórico; c. Participar, organizar e convocar a atividade de 30 de julho em unidade com o Comitê Popular da Copa e Olimpíadas pelas reivindicações destes trabalhadores; d. Organizar nesta atividade uma coluna da Central com panfletos, bandeiras, adesivos, faixas e cartazes; e. Que diante da possibilidade de contar com a presença neste dia de comunidades atingidas pela obras de preparação da Copa que ocorrem na cidade de São Paulo entrar em contato com a CSP-Conlutas SP para viabilizar a vinda destes trabalhadores; f. Participar, organizar e convocar o Seminário para a construção do Setorial dos Movimentos Populares da CSP-Conlutas RJ no dia 20 de agosto. 3. Resolução sobre a caravana de representantes para CNE da CSP-Conlutas, em BH Considerando: a. Que a CSP-Conlutas realiza sua reunião ordinária de direção, a Coordenação Nacional de Entidades, nos dias 05, 06 e 07 de agosto, em Belo Horizonte; b. Que esta reunião se dá no momento em que ocorrem várias lutas, greves, mobilizações;

4 4 c. Que estas lutas de resistência devem se unificar para a construção da Jornada Nacional de Lutas que ocorrerá de 17 a 26 de agosto, com um Ato nacional no dia 24 de agosto, Dia Nacional de Lutas, em Brasília; d. Por tanto que a participação de um grande número de entidades e movimentos torna-se fundamental nesta reunião; e. Que as oposições, os movimentos populares e estudantil tem muita dificuldade de participação em atividades fora do estado por vários dias. A Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas RJ resolve: a. Garantir o aluguel de um ônibus para o transporte da delegação de representantes das entidades e movimentos do Rio de Janeiro na reunião da Coordenação Nacional de Entidades, a partir de um rateio entre as entidades, minorias e oposições desta despesa; b. Convocar todas as entidades e movimentos para que elejam os seus representantes para esta reunião, solicitando o envio de seus nomes e respectivas identidades que comporão a listagem de transporte. Foram aprovadas as seguintes Moções: 1. MOÇÃO DE APOIO À LUTA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DAS ESCOLAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO O Governo Sérgio Cabral mantém uma relação privilegiada com as empreiteiras, as multinacionais e os bancos. Para os seus amigos não falta dinheiro. São obras faraônicas de utilidade duvidosa. Todos os recursos destinados à educação vão parar nos bolsos das empresas, dos bancos e fundações. Enquanto isso nas escolas faltam professores, funcionários e equipamentos didáticos. Além disso, Cabral se recusa a fazer qualquer tipo de concessão de reajuste ou reposição de perdas salariais para repor o poder aquisitivo dos minguados salários. Um professor concursado, com formação universitária recebe um salário de menos de 700 reais. Um funcionário tem salário menor que o salário mínimo e seu plano de carreira é uma lei não é cumprida. A merendeira ou a bibliotecária tem o mesmo mísero salário. Por tudo isso e com a necessidade dos educadores oferecerem aos seus alunos um ensino de qualidade, a educação estadual entrou em greve a partir de 07 de junho. Estão acampados em frente a SEDUC (Secretaria Estadual de educação) a mais de 10 dias. Cabral promove a mesma política do governo Dilma. A quadrilha que se locupleta com o dinheiro público em Brasília é a mesma do Rio de Janeiro. Tudo veio à tona com a revelação de que Eike Batista, do Grupo EBX, emprestou um jatinho para Cabral festejar o aniversário de Fernando Cavendish, da Delta Construções, na Bahia. Eike e Cavendish são dois dos muitos generais que comandam a pilhagem de recursos públicos no estado fluminense.

5 5 A sangria de bilhões de reais que vão para o bolso da burguesia só é possível com a política de Cabral de arrocho salarial sobre os servidores, principalmente, a educação. Portanto, há dinheiro para reajustar os salários. Há dinheiro para remunerar com dignidade os aposentados e pensionistas. Tudo isso sem falar na eleição para as direções das escolas, na revitalização do IASERJ, a não extinção das 22 escolas noturnas, o cumprimento do plano de carreira dos funcionários e a regularização da situação dos animadores culturais, entre outras. É nessa situação que Cabral se recusa a reconhecer a greve e atender as justas reivindicações dos educadores fluminenses. Sendo assim, somos solidários com a luta destes trabalhadores. Sua luta é em defesa da educação estadual no Rio de Janeiro. Por isso exigimos que este governo atenda imediatamente todas as reivindicações, faça concurso público para o quadro de professores, funcionários e aumente os investimentos na educação. Não é possível que o Governo Cabral determine que no Rio tenha dinheiro para empreiteiro e não tenha para a educação pública. 2. MOÇÃO DE APOIO E SOLIDARIEDADE À GREVE DOS TRABALHADORES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS O Brasil é um dos poucos países no mundo onde um segmento da classe trabalhadora os servidores públicos não tem assegurado o direito à negociação coletiva. Os técnicos administrativos das universidades federais, por exemplo, tentam negociar sua pauta de reivindicações com o governo Dilma Rousseff (PT) desde o início do ano. Por isso estes trabalhadores inciaram uma poderosa greve que já dura quase dois meses. Neste momento, a direção majoritária da FASUBRA e as correntes cutistas se esmeram num esforço descomunal para derrotar a greve que enfrenta corajosamente o governo de Dilma Rousseff desde o dia 6 de junho. Foram contra a deflagração da greve e agora tentam derrotá-la. No entanto, a última palavra será dada pela base, que já demonstrou sua revolta se rebelando contra as direções cutistas em vários estados. A CSP-Conlutas reafirma seu apoio à luta do funcionalismo, sobretudo dos trabalhadores em greve nas Universidades Federais, e exige que a direção da CUT reveja sua posição e, ao invés de proteger um governo mergulhado em crises constantes de corrupção, se volte aos interesses dos trabalhadores e trabalhe pela unificação do movimento no sentido de levar a vitória aos trabalhadores das universidades e dos servidores federais em sua luta contra o desmonte do serviço público e em defesa de suas reivindicações.

6 6 3. MOÇÃO DE APOIO AOS TRABALHADORES SEM TETO ACORRENTADOS NO MINISTÉRIO DAS CIDADES Mais de 400 famílias organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) ocuparam no último dia 16 de julho uma grande área ociosa em Ceilândia Distrito Federal. Esta ocupação batizada com o nome de Gildo Rocha - foi resultado do fracasso de um longo processo de negociação com o Ministério das Cidades, SPU e Governo do Distrito Federal para solução do problema de moradia dessas famílias. Embora a maior parte das 400 famílias estivessem nas listas de cadastro habitacional (particularmente da CODHAB/DF) há muitos anos, em alguns casos dezenas de anos, o Governo Agnelo (PT) tratou a ocupação no pior estilo direitista: despejo sem ordem judicial, repressão, ameaças via imprensa e fechamento de negociações. Chegou a afirmar publicamente que não admitiria invasões criminosas, referindo-se ao movimento social, e que os invasores serão excluídos do cadastro habitacional e responsabilizados judicialmente. Quem te viu, quem te vê... A este tratamento vergonhoso para um governo que se afirma de esquerda somou-se a ineficiência das negociações conduzidas pelo Governo Federal, que gerencia o maior programa habitacional do país o Minha Casa, Minha Vida através do Ministério das Cidades e pode destinar terra para atendimento habitacional através da SPU. Por isso, o MTST permaneceu acampado por dois dias diante do Palácio do Buriti, sede do Governo do DF, e está desde o dia 20 com mais de 250 pessoas acampadas no Ministério das Cidades, inclusive com 4 companheiros acorrentados. É a demonstração da disposição de resistência até a vitória. A CEE da CSP-Conlutas declara seu total apoio à ocupação do Ministério das Cidades, ao acorrentamento e à luta dos trabalhadores sem-teto. Além disso, repudiamos o tratamento repressivo e a falta de negociação do Governo Agnelo (DF), exigindo o fim da criminalização do MTST por este governo. Exigimos ainda o atendimento imediato das reivindicações: liberação de um terreno e recursos para construção de moradia para as mais de 400 famílias do Acampamento Gildo Rocha, além de um local provisório para abrigo imediato das famílias.

7 7 4. MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE À LUTA DOS QUILOMBOLAS As organizações, quilombolas, entidades e ativistas negros e sociais reunidos no encontro quilombola negro e popular realizado no dia 16 de julho último, no Quilombo da família Silva, em Porto Alegre, vem perante a população e o povo brasileiro denunciar a grave situação de ataques aos direitos das comunidades quilombolas e fazer uma convocação para a luta e organização. A luta quilombola é secular. Hoje, informalmente, são mais de cinco mil comunidades nos mais variados graus de organização e mobilização pela defesa de seus direitos e em todos estados da federação. As reações contra esse processo de luta e organização do nosso povo vêm mostrando a sua face. A opção de desenvolvimento do Governo Dilma Rousseff exclui a maior parte do povo brasileiro e especificamente o povo negro e os povos indígenas. Esta política de Dilma reflete os interesses dos grandes latifundiários rurais e urbanos, grandes empreiteiras, empresas de papel e celulose e multinacionais contando com cumplicidade das grandes empresas de comunicação (escrita e falada). Há lutas recentes de resistência no Maranhão, Bahia, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Somos parte desta luta e nos solidarizamos com as famílias dos quilombolas. Exigimos do Governo Dilma a titulação imediata e sustentabilidade das terras quilombolas! Basta de racismo e assassinatos! Reparação já! Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas Central Sindical e Popular do Rio de Janeiro

3ª Plenária Nacional da Campanha O Petróleo tem que ser nosso, 12 e 13 de maio de 2009, Guararema/SP - ENFF.

3ª Plenária Nacional da Campanha O Petróleo tem que ser nosso, 12 e 13 de maio de 2009, Guararema/SP - ENFF. 3ª Plenária Nacional da Campanha O Petróleo tem que ser nosso, 12 e 13 de maio de 2009, Guararema/SP - ENFF. Encaminhamentos políticos e organizativos 1. Bandeiras programáticas unitárias Cancelamento

Leia mais

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 20 a 24 de outubro de 2014 Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial O diretor do SINDIJUFE-MT Pedro

Leia mais

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue:

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue: Brasília, 7 de setembro de 2015 Reunião com Ministério da Educação (MEC) e com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) realizada dia 04/09/2015 e Contraproposta da FASUBRA ao Governo Na

Leia mais

GOVERNOS INTENSIFICAM ATAQUES AOS NOSSOS DIREITOS! A

GOVERNOS INTENSIFICAM ATAQUES AOS NOSSOS DIREITOS! A BOLETIM DA REDE Nº 97 08/04/2016 GOVERNOS INTENSIFICAM ATAQUES AOS NOSSOS DIREITOS! A nossa resposta deve ser na luta e com greve! A nossa indignação deve ultrapassar os muros das Escolas e UMEIs diante

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA ESCLARECIMENTOS SOBRE A CONTRA-PROPOSTA APRESENTADA PELA SETEC/MEC NO DIA 18/09/2015. Companheiros (as) do Sinasefe em todo o Brasil, a última Plena de nosso sindicato votou algumas importantes resoluções:

Leia mais

Plano de lutas aprovado no Encontro Nacional dos Servidores do IBAMA, em Brasília/DF, nos dias 8 e 9 de abril de 2006.

Plano de lutas aprovado no Encontro Nacional dos Servidores do IBAMA, em Brasília/DF, nos dias 8 e 9 de abril de 2006. Plano de lutas aprovado no Encontro Nacional dos Servidores do IBAMA, em Brasília/DF, nos dias 8 e 9 de abril de 2006. Cobrar do governo o cumprimento dos acordos consensuados na Comissão de Reestruturação

Leia mais

ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL SUGESTÕES

ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL SUGESTÕES ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL 1) INTRODUÇÃO SUGESTÕES Ao longo dos seus vinte e oito anos e com a experiência de centenas de administrações que

Leia mais

Os ativistas do Espaço de Unidade de Ação e de diversas entidades sindicais, populares, estudantis, coletivos e partidos políticos reunidos no

Os ativistas do Espaço de Unidade de Ação e de diversas entidades sindicais, populares, estudantis, coletivos e partidos políticos reunidos no Os ativistas do Espaço de Unidade de Ação e de diversas entidades sindicais, populares, estudantis, coletivos e partidos políticos reunidos no Encontro Nacional dos Lutadores e Lutadoras em São Paulo no

Leia mais

PROGRAMA DE JAIR PEDRO AO GOVERNO DO ESTADO.

PROGRAMA DE JAIR PEDRO AO GOVERNO DO ESTADO. 1 PROGRAMA DE JAIR PEDRO AO GOVERNO DO ESTADO. Propostas para construir um Pernambuco para os trabalhadores Introdução As eleições, com financiamento de empresas, tornam-se um jogo de cartas marcadas,

Leia mais

RESOLUÇÃO POLITICA CEN 17-09-15

RESOLUÇÃO POLITICA CEN 17-09-15 RESOLUÇÃO POLITICA CEN 17-09-15 Reunida em São Paulo no dia 17 de setembro de 2015, a Comissão Executiva Nacional analisou a conjuntura recente do País e aprovou a seguinte resolução política: A oposição

Leia mais

II Conferência Nacional Por Uma Educação do Campo Luziânia, GO, 2 a 6 de agosto de 2004

II Conferência Nacional Por Uma Educação do Campo Luziânia, GO, 2 a 6 de agosto de 2004 II Conferência Nacional Por Uma Educação do Campo Luziânia, GO, 2 a 6 de agosto de 2004 DECLARAÇÃO FINAL (VERSÃO PLENÁRIA) Por Uma Política Pública de Educação do Campo QUEM SOMOS Somos 1.100 participantes

Leia mais

REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DATA: 28/06/2015 LOCAL: BRASÍLIA IMPERIAL HOTEL

REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DATA: 28/06/2015 LOCAL: BRASÍLIA IMPERIAL HOTEL REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DATA: 28/06/2015 LOCAL: BRASÍLIA IMPERIAL HOTEL PAUTA: (1) INFORME; (2) AVALIAÇÃO DA CONJUNTURA RECENTE; (3) ENCAMINHAMENTOS. Fórum das Entidades Nacionais

Leia mais

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST 10 a 14 de fevereiro de 2014 Entre os dias 10 e 14 de fevereiro de 2014, ocorrerá, em Brasília/DF, o 6º Congresso Nacional do MST, para o qual são esperados

Leia mais

Cartilha de princípios

Cartilha de princípios Cartilha de princípios 2 MTST - Cartilha de princípios AS LINHAS POLÍTICAS DO MTST O MTST é um movimento que organiza trabalhadores urbanos a partir do local em que vivem: os bairros periféricos. Não é

Leia mais

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico;

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico; PLANO DE LUTAS DA CUT/SP CALENDÁRIO DE ATOS PÚBLICOS 24/05 Ato em Brasília pela estabilidade do serviço público. Dia Nacional de lutas em defesa do funcionário público admitido em caráter temporário. Estabilidade

Leia mais

Pesquisa sobre a Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas. Território: Nova Santa Rita - RS

Pesquisa sobre a Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas. Território: Nova Santa Rita - RS Pesquisa sobre a Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas. Território: Nova Santa Rita - RS Objetivos da Pesquisa: 1.Relatar a história de luta e conquista da

Leia mais

RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS

RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS Data: domingo, 12 de junho de 2016 Local: sala 11 do Hotel Nacional, em Brasília Pauta: 1. Informes Nacionais PL 4250/2015, PL 4252/2015 e PLP 257/2016, Reforma

Leia mais

Referencial para o debate no V Encontro Estadual de Funcionários com base nas Resoluções do XV Congresso Estadual do Sintep-MT

Referencial para o debate no V Encontro Estadual de Funcionários com base nas Resoluções do XV Congresso Estadual do Sintep-MT Referencial para o debate no V Encontro Estadual de Funcionários com base nas Resoluções do XV Congresso Estadual do Sintep-MT A partir da lei nº 12. 014/09 que altera o Art. nº 61 da Lei de Diretrizes

Leia mais

Tudo que você precisa para organizar o movimento no seu local de trabalho!

Tudo que você precisa para organizar o movimento no seu local de trabalho! Tudo que você precisa para organizar o movimento no seu local de trabalho! Este documento tem o objetivo de facilitar a organização dos servidores em sua cidade e local de trabalho durante a jornada de

Leia mais

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS Data: 14/11/2014 Local: Sede da Fenasps Estados presentes: MG- SP- PR- RS- ES- SC- RN- CE e Oposição da BA e do DF. Nº de participantes: 65 Delegados e 10 Observadores

Leia mais

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES RESOLUÇÕES A Direção Nacional da CUT, reunida em Brasília no dia 05 de março de 2015, após avaliar a gravidade conjuntura nacional por ocasião da abertura do 12º CONCUT, aprovou como resolução o chamamento

Leia mais

Relatório da Plenária Nacional Setorial dos Servidores Civis dos Órgãos Militares - DOMC

Relatório da Plenária Nacional Setorial dos Servidores Civis dos Órgãos Militares - DOMC Relatório da Plenária Nacional Setorial dos Servidores Civis dos Órgãos Militares - DOMC Data: 24 e 25 de Fevereiro de 2007. Local: Auditório Luiz Fernando A. Campis (sede da CONDSEF) Estados Presentes:

Leia mais

GRUPO DE EDUCAÇÃO POPULAR (GEP)

GRUPO DE EDUCAÇÃO POPULAR (GEP) GRUPO DE EDUCAÇÃO POPULAR (GEP) Educar, Criar Poder Popular Julho, 2012 Apresentação Em 2012 o Grupo de Educação Popular (GEP) completa cinco anos. Um grupo que se uniu no início de 2008 pra resistir à

Leia mais

50 pontos do programa de governo do PSOL - Ivanete Prefeita para transformar Duque de Caxias:

50 pontos do programa de governo do PSOL - Ivanete Prefeita para transformar Duque de Caxias: 50 pontos do programa de governo do PSOL - Ivanete Prefeita para transformar Duque de Caxias: Duque de Caxias nas mãos do Povo: contra a corrupção e pela mudança 1) Garantir a participação popular e a

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS "As manifestações são parte indissociável do nosso processo de ascensão

Leia mais

PLANO DE AÇÃO SINDICAL

PLANO DE AÇÃO SINDICAL PLANO DE LUTAS 1. Plano de carreira - Continua em pauta, reiniciar a discussão como TJ. ISONOMIA; 2. URV das pensionistas - Continua em pauta, TJ não aceita responsabilidade, ajuizamos ação; 3. Reajustes

Leia mais

Entenda o Programa Fome Zero

Entenda o Programa Fome Zero Entenda o Programa Fome Zero 1. O que é o Programa Fome Zero? O Programa Fome Zero é um conjunto de ações que estão sendo implantadas gradativamente pelo Governo Federal. O objetivo é promover ações para

Leia mais

COMUNICADO Nº 18 25 DE JUNHO DE

COMUNICADO Nº 18 25 DE JUNHO DE COMUNICADO Nº 18 25 DE JUNHO DE 2015 O Comando Nacional de Greve, no Dia Nacional de Lutas, Mobilizações e Paralisações dos SPF s, realizou duas atividades externas (ato na Câmara dos Deputados e vigília

Leia mais

TESE AO 7º CONGRESSO DO SINDPEFAETEC: SINDPEFAETEC INDEPENDENTE, CLASSISTA E DE LUTA PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, DEMOCRÁTICA E DE QUALIDADE

TESE AO 7º CONGRESSO DO SINDPEFAETEC: SINDPEFAETEC INDEPENDENTE, CLASSISTA E DE LUTA PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, DEMOCRÁTICA E DE QUALIDADE TESE AO 7º CONGRESSO DO SINDPEFAETEC: SINDPEFAETEC INDEPENDENTE, CLASSISTA E DE LUTA PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, DEMOCRÁTICA E DE QUALIDADE Conjuntura Internacional A crise do capitalismo, iniciada

Leia mais

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vivemos um período de crises do sistema capitalista onde a única saída para estes senhores donos do capital é privatizar as nossas vidas. Nessa sede em transformar

Leia mais

Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014. Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN

Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014. Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014 Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN Companheiros, Encaminhamos, para ampla divulgação, a Carta de Aracaju (59º

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO FEDERAL Nº 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO FEDERAL Nº 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO FEDERAL Nº 2015 Dispõe sobre a regulamentação da profissão de educadora e educador social e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º - Fica regulamentada a

Leia mais

PLEBISCITO POPULAR. Por uma Constituinte Exclusiva Soberana do Sistema Político MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DA VOTAÇÃO

PLEBISCITO POPULAR. Por uma Constituinte Exclusiva Soberana do Sistema Político MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DA VOTAÇÃO PLEBISCITO POPULAR Por uma Constituinte Exclusiva Soberana do Sistema Político MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DA VOTAÇÃO 01 a 07 de Setembro de 2014 O presente manual contém todas as orientações para os procedimentos

Leia mais

RESOLUÇÕES DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS

RESOLUÇÕES DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS RESOLUÇÕES DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS DATA: 18 de junho de 2011 LOCAL: Hotel St. PAUL- Brasília/DF ESTADOS PRESENTES: PB- RS-PR-CE-RN-SP-MG-ES-RJ-DF-SC-SE-BA Nº. DE PARTICIPANTES: 317 PAUTA: 1) Informes

Leia mais

QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE?

QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE? Editorial QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE? Com a AMEAÇA DO CORTE DO PONTO, o Governo Dilma, novamente na figura do Secretário Eliezer A VIDA É DURA Pacheco, resolveu se posicionar mais à direita que

Leia mais

RESOLUÇÕES DO 2º ENCONTRO NACIONAL DE SAÚDE DO TRABALHADOR (A) DA CSP CONLUTAS

RESOLUÇÕES DO 2º ENCONTRO NACIONAL DE SAÚDE DO TRABALHADOR (A) DA CSP CONLUTAS RESOLUÇÕES DO 2º ENCONTRO NACIONAL DE SAÚDE DO TRABALHADOR (A) DA CSP CONLUTAS O 2º Encontro Nacional de Saúde do Trabalhador foi realizado nos dias 26 a 27 de fevereiro de 2016, no Clube do Sindicato

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MATO GROSSO

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MATO GROSSO DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MATO GROSSO EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE DIRETRIZ: Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade. Prioritária

Leia mais

MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA SOCIAL JÁ! www.transparenciajsocialja.com.br

MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA SOCIAL JÁ! www.transparenciajsocialja.com.br MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS www.transparenciajsocialja.com.br ALERTA BRASIL! PERIGO... NA POLÍTICA FINANCEIRA DO SETOR PÚBLICO, CONTINUAMOS NA ESTACA ZERO. SEM NENHUM CONHECIMENTO.

Leia mais

Para Além dos Muros! No Brasil e no mundo, o novo pede passagem!

Para Além dos Muros! No Brasil e no mundo, o novo pede passagem! No Brasil e no mundo, o novo pede passagem! Para Além dos Muros! Apesar daqueles que queriam decretar o fim da história e a morte das grandes mobilizações, o mundo todo está repleto de históricas lutas

Leia mais

30/04/2009. Entrevista do Presidente da República

30/04/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à imprensa estrangeira especializada (Around the Rings, Inside The Games, EFE, AP, Kyodo News, Reuters), após reunião

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL ORIENTAÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO 25º CONSINASEFE

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL ORIENTAÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO 25º CONSINASEFE Oficio Circular nº 003/2011 Brasília, 08 de fevereiro de 2011. ORIENTAÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO 25º CONSINASEFE No período de 17 a 20 de março de 2010, o SINASEFE estará realizando o seu 25º CONSINASEFE,

Leia mais

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes,

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes, III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL William Mendes, Secretário de Formação da CONTRAFCUT-CUT 1. INTRODUÇÃO No final dos anos setenta e início

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2012. (Do Sr. Stepan Nercessian)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2012. (Do Sr. Stepan Nercessian) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2012. (Do Sr. Stepan Nercessian) Requer informações ao Ministro da Educação sobre que medidas estão sendo desenvolvidas para cooperar tecnicamente com os estados que não

Leia mais

Por uma política pública, que garanta aos povos do campo, das florestas e das águas o direito à Educação no lugar onde vivem

Por uma política pública, que garanta aos povos do campo, das florestas e das águas o direito à Educação no lugar onde vivem CARTA DE CANDÓI/2013 Por uma política pública, que garanta aos povos do campo, das florestas e das águas o direito à Educação no lugar onde vivem No inverno de 2013, após treze anos da Carta de Porto Barreiro,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS. Mulheres negras e populares: Traçando Caminhos, Construindo Direitos

CHAMADA PÚBLICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS. Mulheres negras e populares: Traçando Caminhos, Construindo Direitos CHAMADA PÚBLICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Mulheres negras e populares: Traçando Caminhos, Construindo Direitos Inscrições: de 02 de fevereiro a 15 de março de 2015 A Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Leia mais

Três exemplos de sistematização de experiências

Três exemplos de sistematização de experiências Três exemplos de sistematização de experiências Neste anexo, apresentamos alguns exemplos de propostas de sistematização. Estes exemplos não são reais; foram criados com propósitos puramente didáticos.

Leia mais

COMPROMISSO NACIONAL PARA APERFEIÇOAR AS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014

COMPROMISSO NACIONAL PARA APERFEIÇOAR AS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 2 APRESENTAÇÃO COMPROMISSO NACIONAL PARA APERFEIÇOAR AS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 TM A realização da Copa do Mundo da FIFA 2014 TM no Brasil, muito mais do que uma oportunidade

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. Mundo Sindical SÃO PAULO (SP): TRABALHADORES DO TELEATENDIMENTO COMPÕEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Os trabalhadores do setor de teleatendimento compuseram a Pauta de Reivindicações para a Convenção Coletiva

Leia mais

nao e moleza Quem entende de avaliação é quem está na escola

nao e moleza Quem entende de avaliação é quem está na escola nao e moleza Quem entende de avaliação é quem está na escola Estudantes trabalhadores A Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas foi uma conquista dos trabalhadores. Desde os anos 50, diversos movimentos

Leia mais

Proposta aprovada: utilizar as duas estratégias no esforço para aprovação do PL7027/2013.

Proposta aprovada: utilizar as duas estratégias no esforço para aprovação do PL7027/2013. RELATÓRIO DE SUELY SILVEIRA, COORDENADORA DO SINDJUFE Como afirmou o coordenador da FENAJUFE e servidor do TRE-GO, João Batista, a Fenajufe realizou intervenção junto ao TSE sobre a majoração do auxílio

Leia mais

As diversas opções de aposentadoria para os Servidores Públicos Federais

As diversas opções de aposentadoria para os Servidores Públicos Federais As diversas opções de aposentadoria para os Servidores Públicos Federais Secretaria de Estudos, Pesquisas e Políticas Públicas e Secretaria de Formação Política e Sindical. SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO HQ se lga! i CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO Defender a CONSTITUINTE é um erro! Erro, por que? A direita vai aproveitar uma Constituinte

Leia mais

1. Alguém no Brasil acaba pagando a conta: Os salários dos parlamentares

1. Alguém no Brasil acaba pagando a conta: Os salários dos parlamentares 1. Alguém no Brasil acaba pagando a conta: Os salários dos parlamentares Gerhard Erich Boehme boehme@folha.com.br boehme@globo.com boehme@r7.com http://gboehme.blogspot.com/ O brasileiro é inimigo do Brasil,

Leia mais

país. Ele quer educação, saúde e lazer. Surge então o sindicato cidadão que pensa o trabalhador como um ser integrado à sociedade.

país. Ele quer educação, saúde e lazer. Surge então o sindicato cidadão que pensa o trabalhador como um ser integrado à sociedade. Olá, sou Rita Berlofa dirigente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Brasil, filiado à Contraf e à CUT. Quero saudar a todos os trabalhadores presentes e também àqueles que, por algum motivo, não puderam

Leia mais

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 ESTADOS GREVE/PERCENTUAL ES Greve * MG Greve a partir de 13/11 PR Greve * RJ Greve * RS Greve * SE Greve * BA Greve * SP Adesão a partir do

Leia mais

Declaração de Salvador

Declaração de Salvador Declaração de Salvador Os Chefes de Estado da República Federativa do Brasil, da República de Cabo Verde, da República da Guiné, da República Oriental do Uruguai, o Vice-Presidente da República da Colômbia,

Leia mais

ELEIÇÃO 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA BRASIL 27 DO BRASIL QUE TEMOS PARA O BRASIL QUE QUEREMOS E PODEMOS DIRETRIZES GERAIS DE GOVERNO

ELEIÇÃO 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA BRASIL 27 DO BRASIL QUE TEMOS PARA O BRASIL QUE QUEREMOS E PODEMOS DIRETRIZES GERAIS DE GOVERNO ELEIÇÃO 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA BRASIL 27 DO BRASIL QUE TEMOS PARA O BRASIL QUE QUEREMOS E PODEMOS DIRETRIZES GERAIS DE GOVERNO CUMPRIR E FAZER CUMPRIR A CONSTITUIÇÃO 1. Cumprir e fazer cumprir a

Leia mais

PDE não é discutido com Servidores da Educação

PDE não é discutido com Servidores da Educação EDITORIAL PDE não é discutido com Servidores da Educação O Governo lançou seu novo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) com muito alarde na mídia, falando sobre os milhões que vai gastar para a melhoria

Leia mais

ANÁLISE DA CONJUNTURA EDUCACIONAL BRASILEIRA

ANÁLISE DA CONJUNTURA EDUCACIONAL BRASILEIRA ANÁLISE DA CONJUNTURA EDUCACIONAL BRASILEIRA Breve balanço das principais atividades realizadas no âmbito educacional pela CONTEE na gestão que se encerra: 1-Participação na organização das etapas municipais,

Leia mais

AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE

AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE Com o objetivo de estimular o debate democrático, o Conselho Nacional de Saúde (CNS) apresenta à sociedade brasileira sua Agenda Propositiva para a Saúde

Leia mais

Pré-Sal O petróleo que pode mudar o Brasil

Pré-Sal O petróleo que pode mudar o Brasil Pré-Sal O petróleo que pode mudar o Brasil Tarsila do Amaral (Carnaval em Madureira, 1924) Mar Leito oceânico Sal Arte Petrobras (Geologia Pré-Sal) Rocha Petróleo O Pré-Sal é uma dádiva de Deus Aconteceu

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - ANDES-SN

SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - ANDES-SN SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - ANDES-SN InformANDES Informativo Nº 41 Brasília (DF) Dezembro de 2014 2 InformANDES/2014 É dentro de nós que o Ano Novo cochila e espera

Leia mais

Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB

Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB Resolução da 5ª reunião do CC - eleito no 12º Congresso Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB A maioria da nação enalteceu a eleição de Dilma Rousseff para a presidência da República

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº de 2009. (Do Sr. Chico Lopes) Art. 1º - Fica criada a profissão de Educador e Educadora Social, nos termos desta Lei.

PROJETO DE LEI Nº de 2009. (Do Sr. Chico Lopes) Art. 1º - Fica criada a profissão de Educador e Educadora Social, nos termos desta Lei. PROJETO DE LEI Nº de 2009 (Do Sr. Chico Lopes) Dispõe sobre a criação da profissão de educador e educadora social e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º - Fica criada a profissão

Leia mais

Primeiro trimestre de 2004: lucro de US$ 355 milhões (crescimento de 135%)

Primeiro trimestre de 2004: lucro de US$ 355 milhões (crescimento de 135%) CNM/CUT - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS METALÚRGICOS DA CUT DIEESE - DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS SUBSEÇÃO CNM/CUT ALCOA BRASIL 1 ALCOA NO MUNDO Resultados financeiros:

Leia mais

29 de maio de 2013 quarta-feira 08:00h: Recepção e credenciamento dos participantes do 53º Congresso da UNE- Conune Local: Praça Universitária

29 de maio de 2013 quarta-feira 08:00h: Recepção e credenciamento dos participantes do 53º Congresso da UNE- Conune Local: Praça Universitária 53º Congresso da União Nacional dos Estudantes (Conune) 29 de maio (quarta-feira) a 02 de junho (domingo) de 2013 Universidade Federal de Goiás e Pontifícia Universidade Católica de Goiás Goiânia GO Brasil

Leia mais

Plano de lutas PLENO EMPREGO

Plano de lutas PLENO EMPREGO Plano de lutas PLENO EMPREGO a) Impulsionar, junto com as outras centrais sindicais, a campanha nacional pela redução constitucional da jornada de trabalho sem redução de salários; b) Exigir a restrição

Leia mais

Aparticipação do movimento sindical brasileiro no processo de transição

Aparticipação do movimento sindical brasileiro no processo de transição Transição política e reconstrução sindical no Brasil Adhemar Lopes de Almeida * Aparticipação do movimento sindical brasileiro no processo de transição política e reorganização sindical pode ser divida

Leia mais

CARTILHA COM AS TABELAS SALARIAIS DO PCCTAE ACORDO 2012

CARTILHA COM AS TABELAS SALARIAIS DO PCCTAE ACORDO 2012 www.assufrgs.org.br Greve 2012 - Edição Especial - Agosto Associação dos Servidores da UFRGS, UFCSPA e IFRS - Campus Porto Alegre CARTILHA COM AS TABELAS SALARIAIS DO PCCTAE ACORDO 2012 Associação dos

Leia mais

PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA

PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA Brasília, 24 de Agosto de 2010. PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA Ao Povo Brasileiro e às organizações do campo e da cidade A questão energética, na

Leia mais

MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO

MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO Editorial MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO Ao analisar a conjuntura, podemos perceber que a necessidade de retomar o diálogo deve guiar nossos pensamentos, e, especialmente, as nossas ações, que por repetidas

Leia mais

ASSISTÊNCIA SOCIAL: UM RECORTE HORIZONTAL NO ATENDIMENTO DAS POLÍTICAS SOCIAIS

ASSISTÊNCIA SOCIAL: UM RECORTE HORIZONTAL NO ATENDIMENTO DAS POLÍTICAS SOCIAIS ASSISTÊNCIA SOCIAL: UM RECORTE HORIZONTAL NO ATENDIMENTO DAS POLÍTICAS SOCIAIS Mônica Abranches 1 No Brasil, no final da década de 70, a reflexão e o debate sobre a Assistência Social reaparecem e surge

Leia mais

8ª MARCHA DA CLASSE TRABALHADORA POR MAIS DIREITOS E QUALIDADE DE VIDA. Pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho

8ª MARCHA DA CLASSE TRABALHADORA POR MAIS DIREITOS E QUALIDADE DE VIDA. Pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho 8ª MARCHA DA CLASSE TRABALHADORA POR MAIS DIREITOS E QUALIDADE DE VIDA Pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho A s Centrais Sindicais (CGTB, CUT, CTB, FS, NCST e UGT),

Leia mais

(1º/8), a partir das 14 horas, quando serão reiniciados dos trabalhos legislativos. Vamos levar esse debate aos parlamentares para que eles se

(1º/8), a partir das 14 horas, quando serão reiniciados dos trabalhos legislativos. Vamos levar esse debate aos parlamentares para que eles se Defesa do Iaserj marcou ato público de médicos em Copacabana no domingo A luta por salários e condições dignas de trabalho para os médicos e demais servidores profissionais da rede pública de saúde, o

Leia mais

PNE: análise crítica das metas

PNE: análise crítica das metas PNE: análise crítica das metas Profa. Dra. Gilda Cardoso de Araujo Universidade Federal do Espírito Santo Ciclo de Palestras do Centro de Educação 2015 Metas do PNE Contexto Foram 1.288 dias de tramitação,

Leia mais

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Porto Alegre. 21 de maio de 2015. Edição 008 Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Dia 20 de maio de 2015 vai ficar marcado de maneira muito positiva para

Leia mais

Ação 2010 Marcha Mundial das Mulheres. Janeiro 2010

Ação 2010 Marcha Mundial das Mulheres. Janeiro 2010 Ação 2010 Marcha Mundial das Mulheres Janeiro 2010 Ação 2010 Marcha Mundial das Mulheres Em 2010 a Marcha Mundial das Mulheres Brasil estará em marcha de 08 a 18 de Março Estaremos em marcha com nossas

Leia mais

LIMITES E POSSIBILIDADES DO USO DO MARCO LÓGICO/ZOOP EM UMA MÉDIA ONG DE EDUCAÇÃO POPULAR. Cristina Schroeter Simião 1

LIMITES E POSSIBILIDADES DO USO DO MARCO LÓGICO/ZOOP EM UMA MÉDIA ONG DE EDUCAÇÃO POPULAR. Cristina Schroeter Simião 1 LIMITES E POSSIBILIDADES DO USO DO MARCO LÓGICO/ZOOP EM UMA MÉDIA ONG DE EDUCAÇÃO POPULAR. Cristina Schroeter Simião 1 I. Introdução do Marco Lógico/Zopp na Aditepp: Limites e Possibilidades. No ano de

Leia mais

Discurso Copa 2014. Senhoras Senadoras, Senhores Senadores. Amigos que nos acompanham pelas redes sociais e pela Agência Senado

Discurso Copa 2014. Senhoras Senadoras, Senhores Senadores. Amigos que nos acompanham pelas redes sociais e pela Agência Senado 1 Discurso Copa 2014 Senhor presidente, Senhoras Senadoras, Senhores Senadores Amigos que nos acompanham pelas redes sociais e pela Agência Senado Promessas são como juramentos. A beleza da promessa está

Leia mais

HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: AS TIPOLOGIAS HABITACIONAIS E O SEU REFLEXO NA PRODUÇÃO DA CIDADE ATRAVÉS DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: AS TIPOLOGIAS HABITACIONAIS E O SEU REFLEXO NA PRODUÇÃO DA CIDADE ATRAVÉS DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 316 HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: AS TIPOLOGIAS HABITACIONAIS E O SEU REFLEXO NA PRODUÇÃO DA CIDADE ATRAVÉS DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Gustavo Favaretto Martinez, Marcelo Batista Pigioni, Mayra

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Chapecó-SC, 23 de junho de 2006 Presidente: É um programa, talvez

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS 1. Assegurar, em regime de colaboração, recursos necessários para a implementação de políticas de valorização

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 001/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO

EDITAL DE SELEÇÃO 001/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO EDITAL DE SELEÇÃO 001/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO A Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais, organismo da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos

Leia mais

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal.

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. Para que serve o Cadastro Único? O Cadastro Único serve para que as famílias de baixa renda possam participar

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Sistema Nacional de Habitação Henrique de Lacerda Guerra* Sonho antigo da época marcada por intenso boom demográfico, A ABMH (Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação), criou

Leia mais

GREVE DOS SERVIDORES GARANTE APROVAÇÃO DO PLC 28 NO SENADO, E O FOCO, AGORA, É A SANÇÃO DA PRESIDENTE DILMA

GREVE DOS SERVIDORES GARANTE APROVAÇÃO DO PLC 28 NO SENADO, E O FOCO, AGORA, É A SANÇÃO DA PRESIDENTE DILMA Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 29 de junho a 03 de julho de 2015 GREVE DOS SERVIDORES GARANTE APROVAÇÃO DO PLC 28 NO SENADO, E O FOCO,

Leia mais

DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo. Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes

DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo. Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes O SR. FRANCISCO BATISTA JÚNIOR (PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes da nossa Mesa que, neste momento, estão dividindo

Leia mais

PARTIDO DOS TRABALHADORES DIRETÓRIO ESTADUAL DO CEARÁ

PARTIDO DOS TRABALHADORES DIRETÓRIO ESTADUAL DO CEARÁ REUNIÃO DA EXECUTIVA ESTADUAL RESOLUÇÃO PT CEARÁ: DIRETRIZES PARA O MODO PETISTA DE GOVERNAR O CEARÁ Após 32 (trinta e dois) anos da primeira disputa ao governo do estado, com a candidatura do inesquecível

Leia mais

2014: ANO ESTADUAL DA ÁGUA NO AMAPÁ

2014: ANO ESTADUAL DA ÁGUA NO AMAPÁ GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORA DE DESENVOLVIMENTO E NORMATIZAÇÃO DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS NÚCLEO DE ASSESSORAMENTO TÉCNICO PEDAGÓGICO UNIDADE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Leia mais

No entanto, a efetividade desses dispositivos constitucionais está longe de alcançar sua plenitude.

No entanto, a efetividade desses dispositivos constitucionais está longe de alcançar sua plenitude. A MULHER NA ATIVIDADE AGRÍCOLA A Constituição Federal brasileira estabelece no caput do art. 5º, I, que homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações e reconhece no dispositivo 7º a igualdade de

Leia mais

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA 2 Caixa, patrimônio dos brasileiros. Caixa 100% pública! O processo de abertura do capital da Caixa Econômica Federal não interessa aos trabalhadores e à população

Leia mais

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo 27/11/2014 - Teletime Rezende alerta que se escolherem ir à Justiça, teles saem perdendo O presidente da Anatel, conselheiro João Rezende, afirmou nesta quinta, 27, que a agência não concorda com a tese

Leia mais

PROPOSTAS BASE PARA COMPILAÇÃO FEITA EQUIPE DE SISTEMATIZAÇÃO

PROPOSTAS BASE PARA COMPILAÇÃO FEITA EQUIPE DE SISTEMATIZAÇÃO ANEXOS Propostas apresentadas pelas 21 Conferências Intermunicipais/Regionais de Educação /SC 2013 e sistematizadas pela Comissão de Monitoramento e Sistematização do Fórum Estadual de Educação/SC. PROPOSTAS

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 581/2007

PROJETO DE LEI Nº 581/2007 1 PUBLICADO DOC 09/02/2008, PÁG. 85 EMENDA Nº 01 AO PROJETO DE LEI Nº 581/2007 Altera-se redação do artigo 2º como segue Art. 2º. Ficam instituídas as carreiras dos servidores de nível superior da Prefeitura

Leia mais

Pedro Carrano e Thiago Hoshino Brasil de Fato (Curitiba (PR)

Pedro Carrano e Thiago Hoshino Brasil de Fato (Curitiba (PR) Nosso déficit não é de casas, é de cidade Raquel Rolnik defende que atualmente não há políticas para moradia, apenas políticas focadas no setor imobiliário e financeiro 22/10/2012 Pedro Carrano e Thiago

Leia mais