Lojas Americanas e B2W Digital 26 de junho de 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lojas Americanas e B2W Digital 26 de junho de 2013"

Transcrição

1 Thiago Gramari, CNPI Revisão de Preço Lojas Americanas e B2W Digital 26 de junho de 2013 Market perform Ticker LAME4 Preço de mercado em 25/06/2013 R$ 14,88 Preço para 31/12/13 R$ 19,50 Potencial de valorização 31% Setor Comércio Varejista Free Float 60% Min (52 sem) R$ 11,94 Máx (52 sem) R$ 19,51 Volume em R$ (21d) k Fonte: Economatica / BB-BI Market perform Ticker BTOW3 Preço de mercado em 25/06/2013 R$ 6,42 Preço para 31/12/13 R$ 14,80 Potencial de valorização 130% Setor Comércio eletrônico Free Float 37,2% Min (52 sem) R$ 5,44 Máx (52 sem) R$ 19,92 Volume em R$ (21d) 5.865k Fonte: Economatica / BB-BI jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 Fonte: Economatica / BB-BI nov-12 dez-12 jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 LAME4 IBOV BTOW3 jun-13 Visando incorporar as alterações nas perspectivas macroeconômicas bem como os últimos resultados reportados, revisamos nossas projeções e o preço alvo de Lojas Americanas e B2W Digital. Estimamos um target price para dezembro de 2013 de R$ 19,50 para LAME4 e de R$ 14,80 para BTOW3, o que corresponde a um potencial de valorização de 30,6% e 131%, respectivamente, em relação ao fechamento de 24/06/2013 com recomendação de Market perform para Lojas Americanas e para B2W Digital. Lojas Americanas (Consolidado) Índices Econômicos (R$ milhões) (E) 2014 (E) 2015 (E) Receita Líquida , , , ,7 EBIT 1.334, , , ,2 EBITDA 1.565, , , ,8 Dívida Bruta 3.653, , , ,3 Dívida Líquida 2.197, , , ,8 Margem Bruta (%) 29,1% 29,5% 29,8% 30,5% Margem EBITDA (%) 13,4% 14,2% 14,8% 15,8% Margem Líquida (%) 3,4% 4,0% 4,4% 4,8% ROE (%) 47,8% 46,1% 41,0% 36,8% ROA (%) 3,3% 4,5% 5,1% 5,6% Fonte:BB-BI Múltiplos (E) 2014 (E) 2015 (E) EV/EBITDA 11,8 9,1 7,3 6,0 EPS 0,39 0,59 0,76 0,95 P / E 49,6 33,3 25,7 20,7 P / BV 23,7 15,4 10,6 7,6 Fonte:BB-BI B2W Digital Índices Econômicos (R$ milhões) (E) 2014 (E) 2015 (E) Receita Líquida , , ,0 EBIT 236,8 384,8 547,1 762,0 EBITDA 331,2 479,4 655,8 887,4 Dívida Bruta 2.758, , , ,1 Dívida Líquida 1.388, , , ,4 Margem Bruta (%) 23,8% 24,2% 25,0% 26,3% Margem EBITDA (%) 6,9% 8,0% 9,1% 10,8% Margem Líquida (%) ,0% ROE (%) ,4% ROA (%) ,1% Fonte:BB-BI Múltiplos B2W Digital (E) 2014 (E) 2015 (E) EV/EBITDA 13,5 9,3 6,8 5,0 EPS ,02 P / E ,4 P / BV 2,6 2,9 3,3 3,3 Fonte:BB-BI Lojas Americanas 1 / 10

2 Nossa análise foi baseada no método do fluxo de caixa descontado em valores nominais. O período analisado para a companhia foi de 10 anos com uma taxa de crescimento na perpetuidade de 5,0% e WACC de 11,8% (beta de 0,80, taxa livre de risco de 5,3%, prêmio de mercado de 4,2%, risco país de 1,25% e diferença entre as inflações brasileira e americana de 4,26%). Tese de Investimento Cenário macroeconômico no Brasil Apesar de nos últimos trimestres os dados macroeconômicos para o setor mostrarem ligeiro arrefecimento, temos observado uma evolução positiva nos principais drivers para o setor nos últimos anos. Nesse sentido, acreditamos que as vendas no varejo manterão trajetória ascendente ao longo dos próximos anos, influenciadas, principalmente, pelo aumento da renda e da estabilidade do nível de desemprego, pelo controle da inflação e também pelo aumento na disponibilidade de crédito e na confiança do consumidor. 14,0% 12,0% 10,0% 8,0% 6,0% 4,0% Taxa de Desemprego 5,8% Rendimento Médio Real (R$) ,0% ,0% Fonte: IBGE Fonte: IBGE 35% 30% Meta Selic (a.a.) 20,0% Inflação (12 meses) 25% 15,0% 20% 15% 10% 8,00% 10,0% 5,0% 6,5% 5% 0,0% jan/02 set/02 mai/03 jan/04 set/04 mai/05 jan/06 set/06 mai/07 jan/08 set/08 mai/09 jan/10 set/10 mai/11 jan/12 set/12 mai/13 jan/02 set/02 mai/03 jan/04 set/04 mai/05 jan/06 set/06 mai/07 jan/08 set/08 mai/09 jan/10 set/10 mai/11 jan/12 set/12 mai/13 Fonte: Bacen Fonte: IBGE 7,2% 155 Crédito Pessoa Física 14,8% 15,2% 15,2% 15,7% ,9% 13,0% ,0% Índice de Confiança do Consumidor 113, Fonte: IBGE e Bacen Crédito PF % PIB set-05 jun-06 Fonte: FGV mar-07 dez-07 set-08 jun-09 mar-10 dez-10 set-11 jun-12 mar-13 2 / 10

3 Adicionalmente, vale lembrar que o Brasil está vivendo uma mudança em sua estrutura social. A ascensão das classes C e D e o aumento do poder aquisitivo favorecem o varejo configurando-se como importante pilar para o avanço da demanda agregada já que tornam o mercado consumidor mais volumoso e disposto a empregar seus recursos em bens antes não adquiridos ou adquiridos em menor frequência, principalmente os itens de maior valor agregado. Além disso, o empenho do governo em reaquecer a economia deve favorecer o varejo, já que o consumo continuará sendo um dos principais vetores de sustentação para o crescimento do PIB em Evolução das Classes Sociais 5,3% 7,6% 11,8% 32,5% 37,6% 55,0% 38,7 milhões de pessoas entraram para a Classe C nos últimos 8 anos com forte demanda de consumo reprimida 62,1% 54,8% 33,2% D+E C A+B Fonte: FGV Mix variado de produtos e estrutura de varejo multicanal A companhia possui um amplo mix de produtos em seu portfólio, oferecendo desde produtos alimentícios e de vestuários, de menor valor agregado, até aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos. O mix variado propicia maior flexibilidade de adaptação às mudanças econômicas e ao comportamento de compra dos consumidores. A estrutura multicanal de vendas é abordada através das lojas físicas, nos formatos Tradicional e Express, e do comércio eletrônico (B2W Digital). Assim, através do e-commerce, a empresa tem a possibilidade de ofertar produtos que em alguns casos não estão disponíveis nas lojas físicas. Plano de expansão Sempre Mais Brasil Um dos pontos mais sensíveis na análise da Lojas Americanas refere-se à estratégia de expansão. Ao final do 1T13, a Companhia contava com 732 lojas, sendo 466 do formato Tradicional e 266 do formato Express. Abertura de Lojas Receita líquida "mesmas lojas" % 8% 9% 9% 10% E 2014E 2015E E 2014E 2015R Fonte: Empresa e BB-BI Fonte: Empresa e BB-BI 3 / 10

4 407 Área de venda (mil m²) e Evolução do número de lojas Cidades com Lojas Americanas; 255 Cidades com potencial para abertura de lojas; T07 1T08 1T09 1T10 1T11 1T12 1T13 Cidades Brasileiras; 5150 Número de Lojas Área de venda (mil m²) Fonte: Empresa e BB-BI Fonte: Empresa e BB-BI B2W Digital Assim como na análise da Lojas Americanas, nossa análise foi baseada no método do fluxo de caixa descontado em valores nominais. O período analisado para a companhia foi de 10 anos com uma taxa de crescimento na perpetuidade de 4,0% e WACC de 13,5% (beta de 1,10, taxa livre de risco de 5,3%, prêmio de mercado de 4,2%, risco país de 1,25% e diferença entre as inflações brasileira e americana de 4,26%). Tese de Investimento A B2W Digital é a empresa com maior participação no comércio eletrônico no Brasil, foi resultado da fusão entre Americanas.com e Submarino em dezembro de Atualmente, a empresa detém as marcas Americanas.com, Submarino, Shoptime, BLOCKBUSTER Online e SouBarato além das empresas controladas B2W Viagens, Ingresso.com e Submarino Finance. A Lojas Americanas S.A. é a acionista controladora da B2W, com aproximadamente 63% das ações da Companhia. O gráfico a seguir resume a estrutura societária da B2W: Fonte:Empresa Os anos de 2010 e 2011 ficaram marcados por alguns gargalos logísticos que prejudicaram a operação, impactando significativamente a imagem da empresa. Contudo, o que vemos é que a B2W vem elevando o nível de serviço e aumentando o grau de satisfação dos clientes. Ao longo de 2012, quando comparado ao ano anterior, verificou-se uma significativa melhora nos números nos diversos canais de reclamação dos clientes, reflexo da evolução dos processos operacionais e logísticos (abertura de quatro novos Centros de Distribuição), base para a sustentação do crescimento da companhia. Em continuidade à estratégia de se aproximar cada vez mais dos clientes, a B2W Digital anunciou o investimento de R$ 1,0 bilhão para os próximos três anos em logística, tecnologia e inovação, com a previsão de abertura de mais dez centros de distribuição até / 10

5 E-commerce no Brasil No ano de 2012, o setor encerrou com um faturamento de R$ 22,5 bilhões, alta de 20,3% em relação ao ano de 2011, quando alcançou R$ 18,7 bilhões em vendas de bens de consumo. Segundo a 27 edição da pesquisa WebShoppers, realizada pela a e-bit, os números do comércio eletrônico brasileiro continuarão avançando ao longo dos anos e a perspectiva é de que encerre o ano de 2013 com faturamento aproximado de R$ 28,0 bilhões e um CAGR estimado, entre 2011 e 2017, de 15,3%. 50,0 45,0 40,0 35,0 30,0 25,0 20,0 15,0 10,0 5,0 Faturamento e-commerce (R$ bi) 42,0 43,9 38,3 33,5 28,0 22,5 18, E 2014E 2015E 2016E 2017E Conexões Banda Larga no Brasil (em milhares) 22,2 25,8 30,2 34,0 37,4 40,2 42, E 2014E 2015E 2016E 2017E Fonte: E-bit e BB-BI Fonte: Barômetro Cisco Evolução do número de e-consumidores (em milhões) 32,0 42,2 48,3 54,6 61,7 69,7 78,8 Penetração Conexão Banda Larga Crescimento A/A 19,8% 20,9% 18,6% 17,0% 15,2% 11,1% 13,1% 3,4% 1,9% 2,1% 1,8% 1,5% 1,3% 1,1% E 2014 E 2015 E 2016 E 2017 E (E) 2014 (E) 2015 (E) 2016 (E) 2017 (E) Fonte: E-bit (27 edição Webshoppers) e BB-BI Fonte: E-bit (27 edição Webshoppers) e BB-BI Competitividade, riscos e desafios do setor O e-commerce brasileiro é caracterizado pela concentração, contudo, é um mercado com poucas barreiras à entrada de novos competidores. Segundo pesquisas e informações divulgadas pelas empresas, em 2011, cinco grandes empresas detinham aproximadamente 60% do total do faturamento. A B2W Digital é a maior delas, com as plataformas Americanas.com, Submarino e Shoptime, com cerca de 25% do market share, seguida pela Nova Pontocom e Comprafacil.com, com 19% e 9%, respectivamente. Empresas do e-commerce 2011 Vendas (R$ bi) Market Share 1 B2W Digital 4,7 25% 2 Nova Pontocom 3,5 19% 3 Comprafacil.com 1,7 9% 4 MagazineLuiza.com 0,8 4% 5 Saraiva.com 0,5 3% Outros 7,4 40% Total e-commerce brasileiro 18,7 100% Fonte: E-bit e Empresas Um dos principais desafios para o setor refere-se à logística de distribuição. Devido ao complexo regime fiscal no Brasil, com regras e taxas diferentes para cada Estado, as empresas ainda têm grande dificuldade em conseguir agilidade e eficiência na hora de distribuir os produtos. 5 / 10

6 Valuation e Projeções - Lojas Americanas (Consolidado) Resumo (R$ mil) Premissas para Valor da Empresa Valor Total para a Firma Beta 0,80 Dívida Líquida ( ) WACC 11,8% Valor para os acionistas Taxa livre de risco 5,3% Número de ações (milhões) Prêmio de Mercado 4,2% Valor justo por ação (R$) - LAME4 19,50 Crescimento perpetuidade 5,0% Valor justo por ação (R$) - LAME3 18,00 Índices Econômicos (R$ mil) (E) 2014 (E) 2015 (E) Receita Líquida EBIT EBITDA Dívida Bruta Dívida Líquida Margem Bruta (%) 32,8% 33,2% 33,4% 33,6% Margem EBITDA (%) 18,0% 18,6% 19,0% 19,4% Margem Líquida (%) 5,7% 6,9% 7,6% 8,2% ROE (%) 47,8% 45,9% 40,9% 36,7% ROA (%) 5,5% 7,0% 7,7% 8,2% Índices de Estrutura (E) 2014 (E) 2015 (E) Dívida Curto Prazo/Dívida (%) 20% 20% 20% 20% Dívida/Dívida + Patrimônio Líquido 0,82 0,76 0,71 0,65 Dívida Líquida/EBITDA 4,1 3,2 2,8 2,4 Dívida Bruta/EBITDA 4,1 3,3 2,9 2,6 Demonstração do Resultado (R$ mil) (E) 2014 (E) 2015 (E) Receita Operacional Líquida (-) CPV ( ) ( ) ( ) ( ) Lucro Bruto Despesas operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) (-) Vendas ( ) ( ) ( ) ( ) (-) Administrativas ( ) ( ) ( ) ( ) EBIT (+) Resultado Financeiro ( ) ( ) ( ) ( ) EBT (-) IR + CSLL ( ) ( ) ( ) ( ) Resultado Líquido Balanço Patrimonial Sintético (R$ mil) (E) 2014 (E) 2015 (E) ATIVO Circulante Caixa e Bancos + Títulos e valores imobiliários Contas a receber de clientes Estoques Impostos a Recuperar Outros Realizável a Longo Prazo Impostos a Recuperar IR e CS diferidos Depósitos Judiciais Outros Permanente Investimentos Imobilizado Intangível PASSIVO Circulante Empréstimos e Debêntures Fornecedores Impostos a Recolher Salários e Encargos / 10

7 Instrumentos Financeiro Derivativos Outros Exigível a Longo Prazo Empréstimos e Debêntures Impostos a Recolher Provisões para contingências Provisões para perda com investimento Outros Patrimônio Líquido Capital Social Lucros Retidos Valuation e Projeções - B2W Digital Resumo (R$ milhões) Premissas para Valor da Empresa Valor Total para a Firma Beta 1,10 Dívida Líquida ( ) WACC 13,5% Valor para os acionistas Taxa livre de risco 5,3% Número de ações (milhões) Prêmio de Mercado 4,2% Valor justo por ação 14,80 Crescimento perpetuidade 4,0% Índices Econômicos (R$ mil) (E) 2014 (E) 2015 (E) Receita Líquida EBIT EBITDA Dívida Bruta Dívida Líquida Margem Bruta (%) 23,8% 25,0% 26,0% 26,3% Margem EBITDA (%) 6,9% 8,8% 10,1% 10,8% Margem Líquida (%) -3,5% -1,4% -0,4% 0,2% ROE (%) -17,6% -9,1% -3,6% 1,8% ROA (%) -3,6% -1,7% -0,6% 0,3% Índices de Estrutura (E) 2014 (E) 2015 (E) Dívida Curto Prazo/Dívida (%) 22% 22% 22% 22% Dívida/Dívida + Patrimônio Líquido 2,85 3,24 3,53 3,67 Dívida Líquida/EBITDA 4,2 3,7 3,2 3,0 Dívida Bruta/EBITDA 8,3 5,5 4,2 3,6 Demonstração do Resultado (R$ mil) (E) 2014 (E) 2015 (E) Receita Operacional Líquida (-) CPV ( ) ( ) ( ) ( ) Lucro Bruto Despesas operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) (-) Vendas ( ) ( ) ( ) ( ) (-) Administrativas (81.600) ( ) ( ) ( ) EBIT (+) Resultado Financeiro ( ) ( ) ( ) ( ) EBT ( ) ( ) (46.844) (-) IR + CSLL (8.070) Resultado Líquido ( ) (81.045) (30.917) Balanço Patrimonial Sintético (R$ mil) (E) 2014 (E) 2015 (E) ATIVO Circulante Caixa e Bancos Contas a receber de clientes Estoques Impostos a Recuperar Outros Realizável a Longo Prazo Impostos a Recuperar IR e CS diferidos Depósitos Judiciais Outros / 10

8 Permanente Investimentos Imobilizado Intangível PASSIVO Circulante Empréstimos e Debêntures Fornecedores Impostos a Recolher Salários e Encargos Instrumentos Financeiro Derivativos Outros Exigível a Longo Prazo Empréstimos e Debêntures Impostos a Recolher Provisão riscos tributários, cíveis e trabalhistas Provisão para plano de assistência médica Outros Patrimônio Líquido Capital Social Lucros Retidos ( ) ( ) ( ) ( ) 8 / 10

9 Disclaimer Informações Relevantes Este relatório foi produzido pelo BB-Banco de Investimento S.A. As informações e opiniões aqui contidas foram consolidadas ou elaboradas com base em informações obtidas de fontes, em princípio, fidedignas e de boa-fé. Entretanto, o BB-BI não declara nem garante, expressa ou tacitamente, que essas informações sejam imparciais, precisas, completas ou corretas. Todas as recomendações e estimativas apresentadas derivam do julgamento de nossos analistas e podem ser alternadas a qualquer momento sem aviso prévio, em função de mudanças que possam afetar as projeções da empresa. Este material tem por finalidade apenas informar e servir com instrumento que auxilie a tomada de decisão de investimento. Não é, e não deve ser interpretado como uma oferta ou solicitação de oferta para comprar ou vender quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. É vedada a reprodução, distribuição ou publicação deste material, integral ou parcialmente, para qualquer finalidade. Nos termos do art. 18 da ICVM 483, o BB - Banco de Investimento S.A declara que: 1 - A instituição pode ser remunerada por serviços prestados ou possuir relações comerciais com a(s) empresa(s) analisada(s) neste relatório ou com pessoa natural ou jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse dessa(s) empresa(s); o Conglomerado Banco do Brasil S.A pode ser remunerado por serviços prestados ou possuir relações comerciais com a(s) empresa(s) analisada(s) neste relatório, ou com pessoa natural ou jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse dessa(s) empresa(s). 2 - A instituição pode possuir participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% do capital social da(s) empresa(s) analisada(s), mas poderá adquirir, alienar ou intermediar valores mobiliários da empresa(s) no mercado; o Conglomerado Banco do Brasil S.A pode possuir participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% do capital social da(s) empresa(s) analisada(s), e poderá adquirir, alienar e intermediar valores mobiliários da(s) empresa(s) no mercado. Informações Relevantes Analistas O(s) analista(s) de investimento, ou de valores mobiliários, envolvido(s) na elaboração deste relatório ( Analistas de investimento ), declara(m) que: 1 - As recomendações contidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação ao BB-Banco de Investimento S.A e demais empresas do Grupo. 2 Sua remuneração é integralmente vinculada às políticas salariais do Banco do Brasil S.A. e não recebem remuneração adicional por serviços prestados para o emissor objeto do relatório de análise ou pessoas a ele ligadas. Thiago Gramari Analista Itens O(s) analista(s) de investimentos, seus cônjuges ou companheiros, detêm, direta ou indiretamente, em nome próprio ou de terceiros, ações e/ou outros valores mobiliários de emissão das companhias objeto de sua análise. 4 Os analistas de investimento, seus cônjuges ou companheiros, possuem, direta ou indiretamente, qualquer interesse financeiro em relação à companhia emissora dos valores mobiliários analisados neste relatório. 5 O(s) analista(s) de investimento tem vínculo com pessoa natural que trabalha para o emissor objeto do relatório de análise. 9 / 10

10 Disclaimer Administração Gerente-Executivo Eduardo César do Nascimento Equipe de Pesquisa Gerente - Nataniel Cezimbra Renda Variável Agronegócios Andréa Aznar Henrique Koch Bancos e Serviços Financeiros Nataniel Cezimbra Carlos Daltozo Bens de Capital e Small Caps Mário Bernardes Junior Construção Civil Wesley Bernabé Consumo Priscila Tambelli Thiago Gramari Logística e Transportes Mário Bernardes Junior Petróleo, Gás e Petroquímico Carolina Flesch Utilities e Concessões Rafael Dias Renato Hallgren Siderurgia, Mineração, Papel e Celulose Victor Penna Telecom Nataniel Cezimbra Renda Fixa e Estratégia de Mercado Hamilton Moreira Alves Andre Ferreira Equipe de Vendas Atacado Gerente - Cleber Aguiar Bruno Finotello João Carlos Floriano Luciana de Carvalho Marcela Santa Ritta Thiago Cogo Pires Viviane Ferro Candelária Wagner Silveira Neustaedter Varejo Gerente - Marconi Maciel Distribuição e varejo Mário Francisco D Amico Márcio Carvalho José BB Securities 4th Floor, Pinners Hall Old Broad St. London EC2N 1ER - UK (facsimile) Managing Director - Eduardo Nascimento +44 (207) Deputy Managing Director Renato Bezerra +44 (207) Director of Sales Trading Boris Skulczuk +44 (207) Head of Sales Nick Demopoulos +44 (207) Institutional Sales Annabela Garcia +44 (207) Melton Plumber +44 (207) Renata Kreuzig +44 (207) Trading Bruno Fantasia +44 (207) Gianpaolo Rivas +44 (207) Head of Research Paul Hollingworth +44 (207) Structured Products Hernan Lobert +44 (207) Banco do Brasil Securities LLC 535 Madison Avenue 34th Floor New York City, NY USA (Member: FINRA/SIPC/NFA) Managing Director Rubens Cardoso +1 (646) Institutional Sales Charles Langalis +1 (646) DCM Richard Dubbs +1 (646) Sales Trader Daniela Valle +1 (646) Michelle Malvezzi +1 (646) Myung Jin Baldini +1 (646) BB Securities Asia Pte Ltd 6 Battery Road #11-02 Singapore, Managing Director Rodrigo Afonso Institutional Sales José Carlos Reis Paco Zayco BB-Banco de Investimento S.A. BB-BI Rua Senador Dantas, º andar Rio de Janeiro RJ - Brasil Tel. (21) Fax (21) / 10

Petrobras. Flash de Mercado e Revisão de Preço. Política de preços. Petróleo e Gás

Petrobras. Flash de Mercado e Revisão de Preço. Política de preços. Petróleo e Gás Flash de Mercado e Revisão de Preço Política de preços A nova política de preços de diesel e gasolina da Petrobras, conforme divulgado em fato relevante hoje após o fechamento do mercado, tem como objetivos:

Leia mais

JSL 22 de abril de 2013

JSL 22 de abril de 2013 , CNPI Market Perform Código da ação JSLG3 Preço de mercado em 19/04/2013 R$ 15,53 Target-price para 31/12/2013 R$ 17,00 Potencial de valorização 9,5% Setor Logística e Transportes Min (52 sem) R$ 8,03

Leia mais

GOL. Revisão de Preço. Melhora nas perspectivas, com cenário favorável e boa capacidade de management. Quais os riscos? Transportes Aviação

GOL. Revisão de Preço. Melhora nas perspectivas, com cenário favorável e boa capacidade de management. Quais os riscos? Transportes Aviação GOL Revisão de Preço Melhora nas perspectivas, com cenário favorável e boa capacidade de management Revisamos nosso modelo de avaliação e projeções para a companhia aérea GOL. O novo preço-potencial para

Leia mais

campanhas de marketing focadas na Copa do 1T13 A/A T/T

campanhas de marketing focadas na Copa do 1T13 A/A T/T Magazine Luiza Crescimento surpreendente de vendas O desempenho do primeiro trimestre do ano foi de desempenho surpreendente para o Magazine Luiza, superando não só a média do seu mercado de atuação, como

Leia mais

Lojas Renner. Resultado 1T14 e Revisão de Preço. Trimestre de recuperação de margens. Comércio Varejista

Lojas Renner. Resultado 1T14 e Revisão de Preço. Trimestre de recuperação de margens. Comércio Varejista Resultado 1T14 e Revisão de Preço Trimestre de recuperação de margens O 1T14 foi de performance positiva para a Lojas Renner, tanto na venda de mercadorias, quanto nos serviços financeiros. A receita líquida

Leia mais

Ânima Educação. Resultado 3T14 e Revisão de Preço. Integração com USJT impulsiona margens. Small Caps Educação

Ânima Educação. Resultado 3T14 e Revisão de Preço. Integração com USJT impulsiona margens. Small Caps Educação Resultado 3T14 e Revisão de Preço Integração com USJT impulsiona margens O resultado líquido reportado pela Anima veio positivo em R$ 49,9 milhões, um aumento de 67,4% com relação ao mesmo período do ano

Leia mais

Siderurgia e Mineração

Siderurgia e Mineração Relatório Setorial - Jan 2015 Victor Penna, CNPI victor.penna@bb.com.br Começando o ano com o pé esquerdo Nome Ticker Cotação (R$) Jan-15 Variação (%) Mês 2015 LTM Market Cap (R$ mi) EV (R$ mi) Dívida

Leia mais

Siderurgia e Mineração

Siderurgia e Mineração Relatório Setorial - Dez 2014 Victor Penna, CNPI victor.penna@bb.com.br Mais um mês de queda em um ano ruim para os papéis Nome Ticker Cotação (R$) Dez-14 Variação (%) Mês 2014 LTM Market Cap (R$ mi) EV

Leia mais

BRF 3 de Novembro de 2015

BRF 3 de Novembro de 2015 3 de Novembro de 2015 Resultado 3T15 e revisão de preço: resultados internacionais compensaram fraco desempenho no mercado doméstico A BRF divulgou resultados mistos no 3T15. O cenário desafiador no Brasil

Leia mais

Lojas Americanas e B2W

Lojas Americanas e B2W Resultado 3T14 e Revisão de Preço Lame acelera programa de expansão: 800 lojas em 5 anos Os resultados do 3T14 da Lojas Americanas mostraram uma performance positiva de vendas (+13,2%), mesmo frente a

Leia mais

Varejo e Consumo. Relatório Setorial - Fev 2014. Resultados positivos não sustentaram preços das ações. Variação no mês (%)

Varejo e Consumo. Relatório Setorial - Fev 2014. Resultados positivos não sustentaram preços das ações. Variação no mês (%) Relatório Setorial - Fev 2014 Resultados positivos não sustentaram preços das ações Maria Paula Cantusio, CNPI paulacantusio@bb.com.br Nome Ticker Cotação (R$) Fev-14 Raia Drogasil RADL3 16,53 Pão de Açúcar

Leia mais

Natura 26 de julho de 2012

Natura 26 de julho de 2012 Priscila Tambelli, CNPI priscilatambelli@bb.com.br thiago.gramari@bb.com.br Resultado 2T12 Natura 26 de julho de 2012 Outperform Ticker NATU3 Preço de mercado em 25/07/12 R$ 49,20 Preço para 31/12/13 R$

Leia mais

Infraestrutura de Transportes

Infraestrutura de Transportes Relatório Setorial - Out 2014 Volatilidade, novo ciclo de alta dos juros e nível da atividade ditarão o cenário para o setor na bolsa Renato Hallgren, CNPI renatoh@bb.com.br Nome Ticker Cotação (R$) Out-14

Leia mais

Raia Drogasil 19 de fevereiro de 2016

Raia Drogasil 19 de fevereiro de 2016 Raia Drogasil 19 de fevereiro de 2016 Resultado 4T15: resultado sólido, perspectivas para o futuro seguem positivas A Raia Drogasil reportou um resultado sólido, reafirmando a resiliência do seu negócio

Leia mais

SLC Agrícola. Revisão de Preço. Equilíbrio e visão de longo prazo. Agronegócios Agricultura

SLC Agrícola. Revisão de Preço. Equilíbrio e visão de longo prazo. Agronegócios Agricultura Revisão de Preço Equilíbrio e visão de longo prazo Revisamos nossas projeções e atribuímos rating Outperform à companhia, com preço alvo de R$ 23,60 para dezembro de 2014, o que representa upside de 31,1%

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

Mills 25 de fevereiro de 2013

Mills 25 de fevereiro de 2013 Wesley Bernabé, CNPI wesley.bernabe@bb.com.br Outperform Ticker MILS3 Preço de mercado em 22/02/2013 R$ 33,60 Preço para 31/12/2013 R$ 36,50 Upside 8,6% Setor Engenharia e Free Float 61,4% Min (52 sem)

Leia mais

Renda Fixa. Análise de Mercado

Renda Fixa. Análise de Mercado Renda Fixa renda-fixa-brasil, risco-brasil, fra-cambial, juros-brasileiros, paridade-descoberta-das-taxas-de-juros, us-treasuries, análise-do-dólar, análise-do-di-futuro, bond-soberano-brasileiro, siautukowatari

Leia mais

Variação (%) Mês 2014 LTM

Variação (%) Mês 2014 LTM Agronegócios Relatório Setorial - Jun 2014 Preço das commodities caem pelo segundo mês consecutivo Nataniel Cezimbra, CNPI nataniel.cezimbra@bb.com.br Luciana de Carvalho, CNPI luciana_cvl@bb.com.br Márcio

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Restoque 22 de março de 2016

Restoque 22 de março de 2016 Restoque 22 de março de 2016 Resultado 4T15: novamente abaixo do esperado; atualizando nossas estimativas Em nossa visão, os resultados do 4T15 da Restoque vieram negativos, com o top line e a rentabilidade

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

NUTRIPLANT ON (NUTR3M)

NUTRIPLANT ON (NUTR3M) NUTRIPLANT ON (NUTR3M) Cotação: R$ 1,79 (18/06/2014) Preço-Alvo (12m): R$ 2,10 Potencial de Valorização: 18% 4º. Relatório de Análise de Resultados (1T14) Recomendação: COMPRA P/L 14: 8,0 Min-Máx 52s:

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

Carteira de Dividendos Maio/15

Carteira de Dividendos Maio/15 A Carteira de Dividendos Planner encerra abril com valorização de 5,23% acumulando ganho de 4,53% no ano A Carteira de Dividendos leva em consideração os seguintes itens na escolha das ações: i) forte

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda 19/02/2010 CETIP S.A BALCÃO ORGANIZADO DE ATIVOS E DERIVATIVOS A Companhia A CETIP S.A. - Balcão Organizado de Ativos e Derivativos ( Companhia ou CETIP ) opera o maior Mercado Organizado para Ativos de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Natura 21 de outubro de 2015

Natura 21 de outubro de 2015 Natura 21 de outubro de 2015 3T15: vendas no Brasil seguem ainda mais pressionadas Os resultados da Natura no 3T15 foram mistos. No Brasil, as vendas continuaram a apresentar deterioração em um ritmo ainda

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 4T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com Conclusão Aumento

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

MRV. Início de Cobertura. Crescimento com experiência. Imobiliário Incorporação

MRV. Início de Cobertura. Crescimento com experiência. Imobiliário Incorporação Início de Cobertura Crescimento com experiência Iniciamos a cobertura da MRV com recomendação Market Perform e preço-alvo de R$ 8,50 para dezembro de 2015, o que representa um upside potencial de 16,4%

Leia mais

Spinelli Análise VisaNet

Spinelli Análise VisaNet Spinelli Análise VisaNet 02 de outubro de 2009 Destaques: VNET3 Preço alvo: R$ 20,62 Cotação: R$ 17,00 Upside: 21,3% Empresa: A VisaNet é a empresa líder da indústria de cartões de pagamento no mercado

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Deiro Gerente Financeiro & de

Leia mais

Conference Call. Maio 2008

Conference Call. Maio 2008 Conference Call Maio 2008 Cenário macro O Brasil é Investment Grade: E agora? Taxa de câmbio/ taxa de juros Atração de capital de longo prazo Potencial impacto positivo no PIB Disponibilidade de crédito:

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%)

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%) 103 Contexto Operacional A seguir seguem os comentários sobre o desempenho da S.A. referentes ao exercício de 2014. Com intuito de proporcionar a visibilidade anual dos resultados, tais comentários são

Leia mais

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias

Leia mais

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016.

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016. RELEASE DE RESULTADOS Relações com Investidores Marcelo Moojen Epperlein Diretor-Presidente e de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brinsurance.com.br Ana Carolina Pires Bastos Relações com

Leia mais

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 1 I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 2 Crédito ainda em Expansão, mas Desacelerando 30,7% Crescimento do Crédito 15,1% 20,6% 18,8% 16,4% 14,7% 11,7% 2008

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

PETROBRAS Resultado Neutro no 4T09 e PN 2010-14

PETROBRAS Resultado Neutro no 4T09 e PN 2010-14 Analista PETROBRAS Resultado Neutro no 4T09 e PN 2010-14 A Petrobras divulgou na última sexta-feira seus resultados referentes ao 4T09 e ao fechamento de 2009 que mostraram um desempenho um pouco mais

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

M Dias Branco. Revisão de Preço

M Dias Branco. Revisão de Preço M Dias Branco Revisão de Preço Pronta para aquisições: Forte geração de fluxo de caixa para a empresa, sustentação de margens em níveis atrativos, baixa alavancagem financeira e intenso crescimento do

Leia mais

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda. Suas unidades de negócio estão divididas em:

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda. Suas unidades de negócio estão divididas em: 23/04/2010 FERTILIZANTES FOSFATADOS S.A. - FOSFERTIL A Companhia COMPRA Código em Bolsa FFTL4 Setor FERTILIZANTES Cotação em 08/04/10 R$ 17,27 Preço Alvo R$ 28,43 Potencial de Valorização 64,61% Valor

Leia mais

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 O FII BTG Pactual Corporate Office Fund é um fundo de investimento imobiliário do tipo corporativo, ou seja, tem como objetivo investir em ativos imobiliários

Leia mais

A/A A/A 21,1% 8.088, ,8 14,5% 18,1% 2.263, ,0 12,6% -0,7 p.p. 28,0% 28,4% -0,4 p.p. 56,1% 411,6 298,8 37,8%

A/A A/A 21,1% 8.088, ,8 14,5% 18,1% 2.263, ,0 12,6% -0,7 p.p. 28,0% 28,4% -0,4 p.p. 56,1% 411,6 298,8 37,8% Perspectivas positivas para a varejista O ano de 2013 foi bastante desafiador para o Magazine Luiza. Após um primeiro semestre fraco, marcado por um cenário macroeconômico instável e pelo atraso na maturação

Leia mais

Relatório Analítico 19 de abril de 2012

Relatório Analítico 19 de abril de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa AM BV4 Segmento de Atuação Principal Alimentos Categoria segundo a Liquidez 1 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 80,99 Valor Econômico por Ação (R$) 81,05 Potencial

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

04 de maio de 2015. A Carteira Dinâmica apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015

04 de maio de 2015. A Carteira Dinâmica apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015 A apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015 Período: 04/05 a 08/05 Com base em análises fundamentalistas, apresentamos alternativas de investimento no curto prazo. Acreditamos

Leia mais

EBITDA cresce 10,8% no 3T15 e Margem EBITDA atinge 57,9%

EBITDA cresce 10,8% no 3T15 e Margem EBITDA atinge 57,9% Resultados 3T15 EBITDA cresce 10,8% no 3T15 e Margem EBITDA atinge 57,9% Belo Horizonte, 10 de novembro de 2015 - A Companhia de Locação das Américas (Locamerica) (BM&FBOVESPA: LCAM3) divulga seus resultados

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

A/A 9M13 9M12 A/A 12,9% ,5% 10,5% ,4% -1,2 p.p. 56,8% 57,9% -1,1 p.p. 4,3% 446,4 422,2 5,7%

A/A 9M13 9M12 A/A 12,9% ,5% 10,5% ,4% -1,2 p.p. 56,8% 57,9% -1,1 p.p. 4,3% 446,4 422,2 5,7% Resultado 3T13 e Revisão de Preço Vendas surpreendem no períodoo A Renner finalizou o 3T13 com um crescimento de 12,9% em sua receita líquida consolidada. A operação de varejo foi impulsionada pela assertividade

Leia mais

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa Análise XP Fundamentos Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa A Empresa A Senior Solution está presente, há mais de 17 anos, no segmento de Tecnologia da Informação no mercado brasileiro, sendo uma

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15

B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15 B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15 Marketplace continua em rápido desenvolvimento, crescendo 750% e atingindo participação de 10,1% do GMV total Rio de Janeiro, 12 de

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

DESTAQUES DO DIA. Sua opção de Renda Fixa na Bolsa. Belo Horizonte, 05 de Janeiro de 2011 INFLAÇÃO

DESTAQUES DO DIA. Sua opção de Renda Fixa na Bolsa. Belo Horizonte, 05 de Janeiro de 2011 INFLAÇÃO Belo Horizonte, 05 de Janeiro de 2011 DESTAQUES DO DIA INFLAÇÃO A inflação de janeiro, medida pelo IPC- Fipe fechou com alta de 0,54%, acumulando 6,4% em 2010. Outros índices de inflação, o IGP- DI e o

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago A. Deiro Gerente Financeiro &

Leia mais

autopeças (oficinas mecânicas, lojas, frotistas, centros-automotivos e concessionárias).

autopeças (oficinas mecânicas, lojas, frotistas, centros-automotivos e concessionárias). Mário Bernardes Junior, CNPI mariobj@bb.com.br Início de Cobertura Fras-Le 19 de setembro de 2012 Outperform Código da ação FRAS4 Preço de mercado em 18/09/2012 R$ 4,45 Preço para 31/12/2013 R$ 7,00 Potencial

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 TELECONFERÊNCIA 3T12 Quarta-feira, 14 de novembro de 2012 Horário: 13:00 p.m. (Brasil) - 10:00 a.m. (US EST) Telefone: +55 (11) 4688.6361

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011 RESULTADOS 2T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 26 de julho de 2011 DESTAQUES DO 2T11 Impacto macroeconômico > IPCA 12 meses: +6,7% > Crescimento real GPA Alimentar: +2,3% > Aumento taxa Selic

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1T12

EARNINGS RELEASE 1T12 São Paulo, 16 de maio de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do 1º trimestre

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

Tributos sobre o Lucro Seção 29

Tributos sobre o Lucro Seção 29 Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda 23/07/2010 AMIL S.A. A Companhia COMPRA Código em Bolsa AMIL3 Setor SAÚDE Cotação em 15/07/10 R$ 15,00 Preço Alvo R$ 20,60 Potencial de Valorização 37,33% Valor de Mercado (em mil) R$ 5.426.775 Cotação

Leia mais

Análise Financeira de Balanço

Análise Financeira de Balanço UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Contabilidade Gerencial EPR 30 Análise Financeira de Balanço Juliano Jun Tatsumi nº11462 Marina Carvalho Brandão nº11466 Itajubá,

Leia mais

Marcopolo 4 de Maio de 2016

Marcopolo 4 de Maio de 2016 Marcopolo 4 de Maio de 2016 Resultado 1T16: Estrada acidentada e pára-brisa embaçado. O ano de 2016 não tem nada agradável a Marcopolo. A empresa registrou um fraco resultado do primeiro trimestre, com

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e

Leia mais

TIME UNICAMP CFA INSTITUTE RESEARCH CHALLENGE ANNA FOLTRAN GABRIEL DISSELLI GUSTAVO COELHO LUAN ORTEGA VICTOR PANETTA

TIME UNICAMP CFA INSTITUTE RESEARCH CHALLENGE ANNA FOLTRAN GABRIEL DISSELLI GUSTAVO COELHO LUAN ORTEGA VICTOR PANETTA TIME UNICAMP CFA INSTITUTE RESEARCH CHALLENGE ANNA FOLTRAN GABRIEL DISSELLI GUSTAVO COELHO LUAN ORTEGA VICTOR PANETTA Recomendação Preço atual BRL 15,95 Preço alvo BRL 17,49 UPSIDE 9,7% HOLD 21 19 Preço

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda 02/06/2010 YARA BRASIL FERTILIZANTES S.A. A Companhia A Yara International ASA é uma empresa global especializada em produtos agrícolas e agentes de proteção ambiental. A empresa, sediada em Oslo, tem

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010 Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL Outubro de 2010 Aviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

Release de Resultados 2T14

Release de Resultados 2T14 Release de Resultados 2T14 Barueri, 31 de julho de 2014 A Smiles S.A. (BM&FBOVESPA: SMLE3), um dos maiores programas de coalizão do Brasil com mais de 10 milhões de participantes inscritos, anuncia seus

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais